Issuu on Google+


ColĂŠgio Mesquita


COLABORADORES Diretora: Camila Simões Mesquita | Coordenadoras: Alda Romboli Greghi e Valeria Hummel Maggia Aux. de Coordenação: Claudia Regina da Silva e Jaqueline Alves Lima | Secretária: Aline da Silva Amaral Marketing: Steffany Alves de Almeida Publicação Colégio Mesquita: Editada sob a responsabilidade do seu quadro de profissionais, para os alunos, os pais e toda a equipe de trabalho. Produção: Editora Eco Vox Comunicação Tel.: (11) 3871-9292 Diagramação: Marcos Lopes | Artes: Carine Amaro Obs: O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva dos anunciantes.

Colégio Mesquita


A caixa surpresa de

alfabetização

E

ste projeto é realizado com os alunos do Pré (5/6 anos) e tem como principal objetivo estimular a oralidade, a espontaneidade e as percepções sensoriais, além de aperfeiçoar cada vez mais o esquema corporal e o conhecimento das letras do alfabeto de forma significativa e prazerosa. A caixa é enviada toda sexta-feira, para o aluno sorteado, contendo um cartão com uma letra que será trabalhada na próxima semana, o aluno retorna para a escola na segunda-feira trazendo um objeto cujo nome se inicia com a letra contida na caixa. Nesse projeto é fundamental a contribuição da família na organização e na orientação da criança para a apresentação. Nota-se a curiosidade dos alunos já na chegada ao Colégio, animados e entusiasmados para descobrir qual a letra que será trabalhada na semana referente ao objeto trazido pelo colega. Em um momento de descontração terão que adivinhar o nome do objeto através de pistas citadas pela criança apresentadora, após a descoberta é iniciado o trabalho de alfabetização com músicas, registros e atividades diferenciadas. (Professora Juliana Jesus Chagas)

04 Colégio Mesquita


A Semana de

Arte Moderna de 1922 A

Semana de Arte Moderna de 1922 realizada em São Paulo teve como principal propósito renovar, transformar o contexto artístico e cultural urbano, tanto na literatura, quanto nas artes plásticas, além disso, foi uma forma de criar uma arte substancialmente brasileira, foi também uma forma de protesto contra movimentos anteriores, como por exemplo, o Parnasianismo, pois os modernistas defendiam uma arte libertária que impulsionasse o país a se modernizar. Por uma semana a cidade entrou em ebulição, sob a inspiração de novas linguagens, de experiências artísticas e de uma liberdade criadora sem igual. Novos conceitos e talentos despontaram tais como, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Anita Malfati, Tarsila do Amaral e Victor Brecheret. Através do conteúdo programático que incluía leituras diversas e apresentação de documentários, foi solicitado aos alunos do 3º ano do Ensino Médio que recriassem “A semana de Artes Neo-Moderna do Colégio Mesquita”, com a mesma proposta da Semana de Arte Moderna de 1922, eles então, se organizaram em grupos, escolheram um tema de cunho e tiveram de criar uma poesia, uma escultura e uma pintura com o seguinte questionamento: Se tivessem que promover uma mudança em seu país, qual seria ela? O respaldo dos trabalhos foi mais do que positivo, todos os grupos se posicionaram de forma coerente e madura, demonstrando serem bons conhecedores do mundo que o cercam, assim como, das mudanças que julgam necessárias para que o Brasil se torne um país melhor a cada dia. (Professora Eliana Cassia G. Lima)

Colégio Mesquita 05


PRoJeto ÁGUa (Evitando o desperdício)

O

projeto surge da necessidade de conscientizar os alunos sobre o uso adequado desse bem tão precioso, um recurso natural que move o planeta. Iniciamos o nosso trabalho, mostrando aos alunos o ciclo da água, para que eles pudessem entender como ela chega até nós. Discutimos em quais atividades cotidianas ela é necessária, qual sua importância e principalmente o uso inadequado dela. Nosso objetivo é fazer com que os alunos percebam que simples atividades provocam seu desperdício, e isso pode e deve ser evitado através de pequenas atitudes. Se cada um fizer sua parte, todos nós seremos beneficiados. (Professoras Jaqueline Alves e Thaís Mochi)

06 Colégio Mesquita


Contador de

históRias E

m todos os anos, os alunos do Colégio Mesquita recebem em sua lista de material, livros de leitura indicados para a faixa etária de cada turma. Os objetivos são o incentivo à pratica da leitura, a ampliação do vocabulário e o cultivo da “proximidade”, já que para nós, contar histórias, antes de tudo, é um ato de afeto e de aproximação. Em determinado bimestre, os alunos levam para suas casas um dos livros e junto de seus pais e familiares realizam a leitura do mesmo. Com o objetivo de valorizar esta leitura

na escola ainda mais, o Colégio convidou este ano e recebeu a visita de um contador de história. No 1º semestre do corrente ano, o contador Samuca esteve no Colégio nos períodos da manhã e da tarde. Ele contou a história dos livros já lidos permitindo que nossos alunos interagissem no desenvolvimento desta prática com muita criatividade. Despertado o interesse pela leitura, cada professor realizou em sala de aula um trabalho específico sobre o livro que, por sua vez, finalizou este projeto. (Professora Amanda Muller)

Projeto: Arte performática Entre os diferentes projetos desenvolvidos durante as aulas de Arte, foi oferecida ao 9°ano do Ensino Fundamental II, a oportunidade de desenvolver o projeto sobre o tema: “Identidade” A partir de estímulos e ideias apresentadas pelos próprios alunos, trouxemos o abstrato para o concreto e criamos uma performance interativa.Tivemos o envolvimento dos jovens, na sua totalidade, em todas as etapas do processo criativo, estimulando o trabalho em equipe e sua criatividade. Os resultados foram extremamente positivos, pois agora, o aluno não somente aprecia como também produz Arte. Assim, vimos nascer essa linda obra de arte profundamente significativa para os estudantes, uma vez que só veio à existência devido ao esforço coletivo. (Professora Vanessa Martins)

Colégio Mesquita 07


Culinária do

SABER O

projeto “Culinária do Saber” tem por objetivo integrar diversos tipos de conhecimento e habilidades com os alunos do Ensino Fundamental ll, englobando várias disciplinas. Os alunos se envolvem de uma maneira mais efetiva no processo ensino-aprendizagem, pois com a ajuda deles é escolhido um país ou uma determinada região de acordo com o que estão vendo em sala de aula, tornando assim, o projeto mais envolvente. Em seguida, estudam-se conteúdos pertinentes tais como: curiosidades do país ou região, cultura, aspectos geográficos, gêneros textuais diversos em português e espanhol, textos científicos e até noções de higiene e limpeza do ambiente, incluindo a sustentabilidade e o consumo consciente de alimentos, evitando o desperdício. Com todo esse “conteúdo”, os alunos colocam em prática tudo o que viram, divertindo-se na cozinha, preparando um prato típico e sentindo-se um pouco mais cidadãos do mundo, pois quem conhece não discrimina e passa a respeitar o outro. Integração, diversão, confraternização e acima de tudo, aprendizado e conhecimento são resultados garantidos nesse processo! (Professora Iza do Carmo Severino Queiroz)

08 Colégio Mesquita


Dia das

MÃES

2013

R

ealizamos em 11 de maio uma Festa em Comemoração ao Dia das Mães. Todos os anos, pensamos em algo bem legal para homenagear nossas eternas rainhas. Este ano não foi diferente e o tema foi: A MÃE E O TEMPO. No palco do Colégio fizemos uma viagem dos anos 60 aos tempos atuais, mostrando através de imagens as inuências do tempo e a mudança no comportamento das mães. Ficou a cargo das crianças as apresentações de danças referentes a cada década, relembrando sucessos que embalaram a juventude das nossas musas. O objetivo foi mostrar a evolução da mulher e o seu papel na sociedade e família. Mostrar que apesar de tanta evolução, tecnologia, mudança, o colo de mãe continua sendo o mesmo... o lugar mais confortável, seguro e mágico que existe! (Professora Adriana Fialho G. Gonçalves)

Colégio Mesquita 09


ESTUDO DO MEIO 2013 O

s pais entenderem a necessidade pedagógica das atividades extracurriculares, que muitas vezes recebem o nome de “estudo do meio” é de suma importância. As saídas pedagógicas, que muitas vezes são confundidas com simples passeio, são, por exemplo, fundamentais para a formação integral dos estudantes e funcionam como recursos pedagógicos que contribuem para tornar a aprendizagem mais estimulante e enriquecedora. Durante essas saídas, os alunos têm a oportunidade de conhecer lugares interessantes e divertidos, além de entrarem em contato, de forma dinâmica com o conteúdo pedagógico já desenvolvido na teoria. O tema eixo do Colégio Mesquita este ano é a SUSTENTABILIDADE, nos estudos do meio, os alunos conheceram e vivenciaram os temas propostos de seus respectivos níveis e anos. A turma da Educação Infantil (Jardim I e II) evidenciando o tema “RECICLAGEM – ALIMENTAÇÃO” visitou a Fábrica CHOCOMUNDO, onde foi retratada a história do chocolate interligada a assuntos como nutrição, ecologia, arte, higiene, industrialização e reciclagem de embalagens através de vídeos, maquetes e apresentações teatrais. Ao final os alunos puderam participar de uma oficina de chocolates com direito à degustação. Já os alunos do Pré e 1º ano tiveram a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos através da peça teatral “ECOLOGIA DEBAIXO D’ÁGUA” que além de falar sobre a poluição e o uso desenfreado dos recursos hídricos do planeta, também alertou os alunos sobre o uso da água no cotidiano doméstico. Os alunos dos 2º e 3º anos visitaram a SERRA DA CANTAREIRA – “NÚCLEO ENGORDADOR” onde puderam conhecer a Trilha do Macuco e observaram toda a Fauna e Flora, o antigo sistema de abastecimento de água de São Paulo, a Represa e o Centro de Visitantes com maquetes. Toda visitação teve como objetivo conhecer uma das maiores reservas naturais urbanas do mundo, o estudo do relevo, da ocupação urbana e a relação homem e meio ambiente. E os alunos do Ensino Fundamental I (4º e 5º anos) puderam aprofundar seus conhecimentos através do tema “SUSTENTANDO A HUMANIDADE – ALIMENTAÇÃO” visitando a Fábrica DI CUNTO, onde toda programação incluiu o Histórico da Fábrica, normas de higiene, os profissionais de cada área e suas tarefas, as matérias primas utilizadas, aulas de culinária e sua composição. Os alunos colocaram a “mão na massa” e confeccionaram seus próprios biscoitos.

10 Colégio Mesquita

Todas as escolas precisam ensinar as disciplinas básicas, mas as boas escolas vão além e oferecem atividades complementares, como por exemplo, as saídas pedagógicas, oferecendo aos alunos a possibilidade de conhecer novos lugares e diferentes situações de estudo. Estes são sempre relacionados a conteúdos curriculares e buscam o desenvolvimento cultural, social, pessoal e intelectual do aluno. (Assistente de Coordenação Gabriela Spadácio)


Projeto

GRUPO DE ESTUDO M

uito se tem analisado sobre o aprendizado com qualidade e, a busca por estratégias diferenciadas, que venham beneficiar o aluno com dificuldade é, e sempre será, uma preocupação do Colégio Mesquita. A Equipe Pedagógica entende que para seu aluno avançar terá que superar obstáculos e aprender fazendo com seus pares. Para tanto, o Colégio instituiu o Grupo de Estudo, no horário oposto ao horário de aula, num espaço em que um grupo de alunos aponta o assunto que vem dificultando seu avanço e trabalha o mesmo com o colega, numa linguagem

própria e descontraída facilitando sua compreensão. Esse projeto, além de favorecer o aluno na evolução dos seus conhecimentos, já o torna apto a realizar atividades em equipe, coisa que o mundo moderno vem exigindo em todas as áreas profissionais. Vale afirmar que o progresso dos alunos que apresentavam dificuldade e foram fiéis e assíduos à proposta do Grupo de Estudo, confirmou-se e, hoje, colaboram com aqueles que demonstram dúvidas desenvolvendo ainda o aspecto da solidariedade, tão necessário a nossa realidade atual. (Professor André Yasunori Lopes)

LITERATURA VIVA Esse é o IV Projeto “Literatura Viva”, que vai de encontro com a proposta do Colégio de trabalhar com a leitura e a produção textual. A cada ano escolhemos um gênero textual ou um escritor importante e nesse ano foi escolhida uma história que nos passa muitos ensinamentos “Os Músicos de Bremen” escrito pelos irmãos Grimn e adaptado por Sergio Bardotti com músicas de Chico Buarque de Holanda, como “Os Saltimbancos”. Os alunos fizeram pesquisas sobre a história, suas mú-

sicas e escritores, em seguida a turma foi dividida e começaram a reescrevê-la. Depois de tudo preparado e bem ensaiado chega o grande dia, as apresentações. Elas acontecem para os alunos do Jardim ao 4ª ano, que estão ansiosos para isso e todos os envolvidos estão de parabéns. O melhor de toda essa ação é presenciar o envolvimento, o nervosismo, a preocupação e a dedicação de cada aluno e continuar acreditando que a leitura e a escrita modificam a essência do homem. (Professora Andreia Mena)

Colégio Mesquita 11


Mapeando o

CORPO

12 Colégio Mesquita

Espaço é um conceito muito abstrato para uma criança e é a partir da sua realidade, do seu espaço vivido, por exemplo, da sua casa, onde ela se localiza que se deve começar esse trabalho de percepção. As atividades necessitam partir do espaço mais familiar para depois trabalhar com espaços mais distantes. As primeiras atividades devem envolver o próprio corpo da criança, permitindo-lhe perceber, primeiro, como seu corpo ocupa esse espaço, seja horizontalmente, seja verticalmente e em seguida a divisão clássica do corpo humano: cabeça, tronco e membros. Nesta dimensão os alunos do 2º ano passaram, então, a desenhar cada parte, com seus detalhes e espaçamento. Essa ação envolveu uma dupla de alunos em que cada um fez o contorno do outro deitado no chão, demonstrando assim aspectos como lateralidade, diferenças entre os seres e principalmente a noção de espaço. A resposta dos alunos a essa atividade se deu de forma vibrante e a participação de todos de maneira proveitosa e muito prazerosa. (Professora Luiza Cecília Abreu)


Estudo do meio: Museu da Língua Portuguesa, Estação da Luz, Pinacoteca, Parque da Luz e Mercado Municipal

O

estudo do meio realizado com os alunos do Ensino Fundamental II ofereceu a oportunidade de visita à Estação da Luz, Parque da Luz, Pinacoteca do Estado, Mercado Municipal e ao encantador espaço do Museu da Língua Portuguesa que proporcionou um reconhecimento do nosso idioma, suas origens, inuência histórica de outros povos em nossa língua e a apreciação da vida e obra do grande cronista Rubem Braga com a exposição “ Fazendeiros do ar.” Marcante momento de aprendizado, pois ao visitar um museu cada um amplia suas próprias ideias e sentimentos. É como dizia nosso poeta: “O passado não reconhece seu lugar está sempre presente.” (Mario Quintana) (Professoras Sandra Oliveira e Sandra Reche)

Manhã e Tarde de

AUTÓGRAFOS Baseado na nossa experiência de sala de aula e na necessidade de trabalhar a leitura e a escrita através dos diversos gêneros textuais, o Colégio Mesquita realiza o momento mágico de Autógrafos, que incentiva essa prática, dando importância à realidade na qual os alunos estão inseridos. Diante disso, temos a certeza de que é um dever nosso e que está em nossas mãos a responsabilidade de propiciar e preparar os alunos através do contato com diversas obras literárias, de conhecerem e fazerem uso das diferentes linguagens. Pensamos que para escrever bem é necessário escrever com grande frequência e, sobretudo, escrever e conhecer diferentes gêneros textuais. É desse modo que os alunos da Educação Infantil ao 5º ano do fundamental, desenvolvem e aprimoram seus conhecimentos, envolvidos em situações concretas de uso da língua. Esse rico trabalho resulta na construção de pequenas obras, produzidas pelos alunos e apresentadas aos pais e familiares nas famosas: Manhã e Tarde de Autógrafos! (Professora Andrea Martins Roveratti)

Colégio Mesquita 13


EDUCAÇÃO: INVESTIMENTO

Nome: Daniel Simões Baptista Estudou no Colégio Mesquita: de 1985 a 2000 Profissão: Gestor de Seguros Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Amizade

Nome: Carolina Urban Machado Estudou no Colégio Mesquita: de 1993 a 2007, concluiu a 3ª série do Ensino Médio Profissão: Farmacêutica Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Início de um sonho concretizado.

14 Colégio Mesquita

Nome: Thiago Vac Fernades Estudou no Colégio Mesquita: de 1993 a 2000, concluiu a 3ª série do Ensino Médio Profissão: Veterinário Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Família


COM RETORNO GARANTIDO

Nome: Tatiana Ceimy Destro Estudou no Colégio Mesquita: de 1991 a 2003 Profissão: Arquiteta Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Primeiros Passos

Nome: Fillipe Rabelo Massuda Estudou no Colégio Mesquita: de 1988 a 2002 Profissão: Eng. Elétrico com MBA em arquitetura de TI Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Aprendizado

Nome: Fernanda Satake Novaes Estudou no Colégio Mesquita: 1985 a 2000, concluiu a 3ª série do Ensino Médio Profissão: Médica (Endocrinologista) e se formou em 2009. Em apenas uma palavra descreva o Colégio Mesquita: Alicerce / Inesquecível.

Colégio Mesquita 15


Os sentidos

PARA O JARDIM

16 Colégio Mesquita

O

s alunos da Ed. Infantil desenvolveram no bimestre passado vivências de aprendizagens em que foram protagonistas de experimentações e percepções, durante as quais praticaram atividades lúdicas, puderam brincar de cientistas e participar de experiências que aguçaram os cinco órgãos dos sentidos. Cada etapa das atividades foi direcionada ao desenvolvimento e utilização de um dos sentidos, e assim, tinham que registrar numa folhinha de descobertas tudo aquilo que aprenderam com a experiência. No paladar, tiveram que experimentar, de olhos vendados, e descobrir alguns sabores de alimentos diferenciados. Já no olfato, tinham que identificar o cheiro de alguns alimentos e condimentos. Na percepção auditiva, fizeram um passeio pelo ambiente escolar, observando e escutando os diferentes tipos de sons que são produzidos em momentos de estudo. Também puderam trazer de casa variados tipos de objetos que produzem sons e assim explorá-los numa roda de conversa. O sucesso dos resultados das atividades que envolveram participação, entusiasmo, descontração entre todos do grupo, a troca de experiência e sugestões entre eles culminou com um momento significativo para o aprendizado. Valeram a pena as descobertas ao torná-los importantes cientistas infantis! (Professora Luciana)


Nosso diferencial: O INTEGRAL!

O

Período Integral do Colégio Mesquita vem ocupando diferentes espaços da escola, proporcionando aos educandos condições para a realização de atividades fora do seu período regular de aula, pois amplia o tempo para o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem. Acreditamos que as ações educativas ocorrem prioritariamente na escola, é nela que se dá a formação de crianças e jovens através do trabalho pedagógico. O desenvolvimento pleno destes alunos ocorrerá a partir do momento em que eles, além da orientação das tarefas tenham acesso ao teatro, à música, à informática, à natação, à culinária, à recreação e lazer. Melhorando, desta forma, o aproveitamento do tempo ocioso dos nossos educandos. Podemos afirmar com certeza que o Período Integral melhora o rendimento escolar, supre as necessidades extracurriculares dos educandos, mas acima de tudo, forma melhores cidadãos. Pensando nos valores de família enraizadas nesses 29 anos do Colégio Mesquita, podemos afirmar que esse 1º ano de Período Integral foi um diferencial aos que participaram diretamente e indiretamente. Esperamos você para fazer parte da família do Período Integral em 2014. (Professora Carolina Cardoso)

Colégio Mesquita 17


Manhã e Tarde de

AUTÓGRAFOS B

aseado na nossa experiência de sala de aula e na necessidade de trabalhar a leitura e a escrita através dos diversos gêneros textuais, o Colégio Mesquita realiza o momento mágico de Autógrafos, que incentiva essa prática, dando importância à realidade na qual os alunos estão inseridos. Diante disso, temos a certeza de que é um dever nosso e que está em nossas mãos a responsabilidade de propiciar e preparar os alunos através do contato com diversas obras literárias, de conhecerem e fazerem uso das dife-

rentes linguagens. Pensamos que para escrever bem é necessário escrever com grande frequência e, sobretudo, escrever e conhecer diferentes gêneros textuais. É desse modo que os alunos da Educação Infantil ao 5º ano do fundamental, desenvolvem e aprimoram seus conhecimentos, envolvidos em situações concretas de uso da língua. Esse rico trabalho resulta na construção de pequenas obras, produzidas pelos alunos e apresentadas aos pais e familiares nas famosas: Manhã e Tarde de Autógrafos! (Professora Andrea Martins Roveratti)

TCEM Trabalho de Conclusão do Ensino Médio Trata-se de um dos projetos do Colégio Mesquita, o qual tem por objetivo inserir o aluno concluinte do Ensino Médio no mundo da pesquisa científica, oferecendolhe a oportunidade de se descobrir profissionalmente. Muitos ex- alunos desta Instituição cursam o terceiro grau e, vários deles já se encontram no mercado de trabalho exercendo funções que nasceram justamente a partir do TCEM. Portanto, é gratificante para toda a equipe do Colégio Mesquita saber que contribuiu para esses resultados. É importante ressaltar, que o Brasil está carente de cientistas e colaborar para o avanço nesse campo é muito valioso. O jovem brasileiro, na sua grande maioria, termina o Ensino Médio sem noção sobre que carreira seguir, enfrentando algumas frustrações e falta de perspectiva, por isso o referido projeto vem sendo atualizado e aprimorado conforme a evolução

18 Colégio Mesquita

tecnológica, respeitando as necessidades ambientais, sociais e humanas, promovendo resultados cada vez mais modernos e realizadores. (Coordenadora Pedagógica: Alda Romboli Greghi)


Reinauguração da Fazendinha

A

fazendinha do Colégio é um espaço super divertido em que as crianças entram em contato com a natureza ao ar livre de um modo privilegiado, onde podem observar as diversas transformações que nela existem. Esse contato proporciona às crianças uma maior noção da realidade de um modo mais lúdico, também trabalha a criatividade e o cuidado com os animais. A expectativa pela reinauguração da mesma foi algo surpreendente por parte das crianças que já a conheciam e estavam ansiosas para voltarem a brincar lá e pelas que não conheciam também, pois queriam muito desfrutar do nosso “pedacinho da natureza”. Um dos aspectos que mais encantaram as crianças foi a criação do poço artesanal e de uma bela casinha. É um lugar onde as crianças brincam, correm, se divertem e vibram sempre que nascem novos habitantes da fazendinha, os coelhinhos! (Professoras Caroline Balan e Alline Geraldo)

Colégio Mesquita 19


Alunos do Colégio Mesquita: Parceiros do Meio Ambiente

U

m dos assuntos mais explorados pelos meios de comunicação tem sido a preservação do meio ambiente e o estímulo ao uso sustentável dos recursos naturais numa tentativa de, coletivamente, garantirmos às gerações que estão por vir um mundo melhor. Baseados nesse ideal, sempre que possível, agendamos estudos do meio como uma possibilidade de estabelecer relações claras entre os conteúdos trabalhados em sala de aula e a realidade que nos cerca. Um dos destaques deste ano foi a visita à nascente do rio Tietê, em Salesópolis, com o objetivo de observar as diferentes condições do rio conforme o lugar por onde ele passa, analisar as implicações ambientais relacionadas à poluição, perceber a im-

20 Colégio Mesquita

portância da preservação dos parques e ambientes naturais para a manutenção do equilíbrio do meio, constatar o resultado da modificação do meio ambiente pela ação do homem e conscientizar-se de que cada um de nós é corresponsável pelo futuro do mundo. Durante esse trabalho, pudemos constatar o empenho e realização por parte dos jovens alunos que souberam acumular significativos conhecimentos que, além de contribuírem para com os trabalhos que vêm sendo elaborados para a Feira Cultural 2013, mexeu com a sensibilidade de muitos que ainda não tinham amadurecido a necessidade de valorizar aspectos tão importantes. (Professora Suzany de Almeida D. Bastos)


SONHAMUNDO A magia da Literatura Infantil

A

tividade interdisciplinar que pensa na formação de futuros leitores tão necessários ao mundo moderno. O projeto estimula a criatividade, integração e cultura envolvendo alunos do Ensino Fundamental II, Ensino Fundamental I e Educação Infantil. O desempenho do trabalho é muito significativo, a parceria escola-família-aluno transforma todo o processo em um momento mágico em que todos tem a oportunidade de sonhar e perceber que é possível conhecer a nossa tão rica Literatura e a de outros países, tendo como protagonistas, os nossos alunos. A cada ano é selecionado um tema para as pesquisas do projeto, através de autores nacionais ou internacionais. Em 2013, a proposta versou sobre as obras de Ruth Rocha e Vinicius de Moraes, em comemoração aos 100 anos do nascimento do grande poeta. (Professora Sandra Reche e Sandra Oliveira)

Colégio Mesquita 21


SUSTENTABILIDADE “Projeto Reciclagem Jardim I e II”

A

tualmente muito se fala sobre o tema sustentabilidade, questões ambientais estão presentes nos diversos veículos midiáticos e no cotidiano de todos. Não precisamos ser nenhum especialista no assunto para saber que o quadro sobre preservação do meio ambiente está preocupante. Diante disto abordar o tema “Sustentabilidade” se tornou algo indispensável e essencial no âmbito escolar. O Colégio Mesquita assumiu o compromisso de desenvolver projetos abordando o tema em questão, exemplo disto é o projeto realizado pelos alunos do Jardim I e II que trabalharam o subtema “Reciclagem”. A preocupação das professoras na elaboração do projeto não se limitou a ensinar ações de preservação do meio ambiente, mas sim em despertar e problematizar a importância do respeito ao meio ambiente que vai além do controle dos impactos ambien-

22 Colégio Mesquita

tais. Sabemos que é preciso formar cidadãos conscientes a fim de que ocorra uma integração entre o conhecimento e a emoção, despertando uma reexão e mudança de conceitos e atitudes. Resgatar os valores humanos como: solidariedade, ética, respeito pela vida, amizade e responsabilidade sempre foram os nossos maiores objetivos. Conseguimos desenvolver o projeto de forma objetiva e consciente com os alunos do Jardim, observamos mudanças atitudinais no comportamento dos pequenos, que agora aderiram à coleta seletiva ao seu dia a dia, assumindo um papel de “Defensores da Natureza”. Com certeza esta experiência foi além da realização de um projeto, podemos definir como uma intervenção social que contribuirá na formação de cidadãos capazes de reetir criticamente sobre assuntos que movem e mudam o mundo. (Professoras Camila Abreu e Bruna Frigo)


TERCEIRO SETOR U

ma significativa parcela da sociedade acredita que o jovem de hoje não está preparado para o mercado de trabalho. Reexões ponderadas vêm sendo feitas nesse sentido pelos profissionais do Colégio Mesquita que atuam junto aos jovens deste século, observando que essa crença não procede. Para a Equipe desta Instituição, é bastante confortável apontar dados que contestam tal afirmação, pois no Projeto Terceiro Setor oferecido aos alunos, tem-se notado que existem algumas dúvidas, em virtude das novas profissões que surgiram a partir das novas tecnologias. Esse projeto veio para auxiliar o jovem, sanar suas dúvidas sobre o mercado de trabalho

através de palestras, encontros e fóruns de discussões a fim de que se planeje com mais facilidade o caminho que se deseja seguir num curso que o realize profissionalmente e o faça feliz. Para que a prática desse projeto tenha seu real valor e alcance os objetivos pretendidos em favor do futuro dos jovens, o Colégio Mesquita desenvolve uma sondagem sobre habilidades e competências, desde as séries finais do Ensino Fundamental, fazendo com que os profissionais que os receberem no Ensino Médio tenham condições de orientá-los sobre o lado profissional que mais lhe agradem. (Professor Edson Guilherme Isola)

Colégio Mesquita 23


Feira Cultural 2013

SUSTENTABILIDADE O

tema do projeto “Tietê Sustentável” que vem sendo trabalhado pelos alunos da 2ª série do Ensino Médio, tem por objetivo conscientizá-los, durante todo o processo da Feira Cultural 2013, sobre a importância da preservação e utilização desse recurso em favor da sustentabilidade para o Estado de São Paulo. Há de se reconhecer o valor desse rio, não apenas para o nosso Estado, mas para todo o meio ambiente e que vem sendo tão destratado por uma parcela da população sem nenhuma consciência e respeito. Portanto, falar sobre tal

24 Colégio Mesquita

assunto e não se preocupar com tão valioso recurso natural, que é o Rio Tietê, seria engajar-se aos atos daqueles que o depredam e o destratam. Trata-se de uma proposta para a conscientização, não somente do aluno envolvido, mas principalmente da comunidade interessada em preservar o Planeta desenvolvendo ações que favoreçam, com urgência a sustentabilidade e garanta a qualidade de vida para as futuras gerações. Para a população consciente está claro que se cada um fizer sua parte a proposta de mudanças avançará. (Professor Luciano Tozzo)


O Trem da

IDEOLOGIA O

projeto “Trem da Ideologia” trabalhou a variedade de inuências ideológicas as quais somos expostos todos os dias. Desde a ideologia do vício, representada pelo cigarro até a ideologia da educação tida nos livros. O trem nos traz uma extensa gama de ideologias em cada um dos seus vagões. A 3ª série do Ensino Médio procurou externar as complexas inuências no nosso dia a dia e que acabamos por não perceber. Trata-se mais de uma surpreendente curiosidade que acrescenta maior noção de funcionamento das metodologias do conhecimento. Os envolvidos, como um todo, nesse trabalho, acharam fantástico o projeto coordenado pela Professora Silvia Regina Avlasevicius no campo da Sociologia. O engajamento de cada estudante revela a gratificação e o reconhecimento pela ótima proposta que vem a ser a prova de tal sucesso do trabalho. (Aluno Leandro Leite Reche)

Colégio Mesquita 25


Dia dos

PAIS 2013 E

m 17 de agosto foi promovido no Colégio Mesquita o “I FESTIVAL DE FUTEBOL”, em comemoração ao dia dos pais. A pedido dos papais organizamos um evento onde contamos com times que disputaram em eliminatórias simples o título de campeão do Colégio. Nosso objetivo, além de incentivar a prática esportiva, foi proporcionar para as crianças a oportunidade de ver seus verdadeiros “ídolos” em ação.

26 Colégio Mesquita

Dirigidos pelas professoras, os alunos formaram torcidas para seus pais com gritos de guerra e plaquinhas de incentivo. Todos, enquanto pais foram vencedores, afinal as crianças tiveram a oportunidade de medalhar seus verdadeiros heróis, além de dar um abraço apertado cheio de orgulho. Parabéns a todos os papais que com espírito esportivo mostraram muita garra e entusiasmo! (Professora Adriana Fialho G. Gonçalves)


ColĂŠgio Mesquita



Colégio Mesquita 2ª Edição 2013