Issuu on Google+

1


2


PROPOSTA EDUCACIONAL Tudo começou em outubro de 1984 quando o casal de educadores Professor Artur Loureiro Mesquita e a Professora Elizabeth Aparecida Simões Mesquita fundaram a Escola de Educação Infantil Recanto do Bem-te-vi. Sempre tiveram o ideal e o sonho de criarem uma Instituição Educacional baseada no AMOR. E aí veio o grande desafio: fazer de uma escola não apenas um local que transmitisse conhecimento, mas que, sobretudo, visse cada aluno como único, um membro da família, amado, respeitado e educado. Isso ficou bem evidente quando os mantenedores criaram o Ensino Fundamental e escolheram o novo nome para a Instituição: “COLÉGIO MESQUITA”, pois como sempre sentiram a escola como uma grande família nada mais justo que levar o nome de seus fundadores. Em todos esses anos o lema do Colégio, EDUCANDO COM AMOR, vem sendo desenvolvido em todos os âmbitos: Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio. Hoje em dia, quem administra essa Instituição são os filhos dos fundadores: Professor Fábio, Professor Rodrigo e Professora Camila que com muita responsabilidade, amor e compromisso fazem o sonho de seus pais se tornarem realidade. Alunos, pais e escola envolvidos promovem o sucesso no caminho da educação. O Colégio Mesquita visa uma metodologia baseada em uma concepção de ensino – aprendizagem que integra estratégias didáticas diversificadas, possibilitando assim várias formas de intervenções pedagógicas a fim de desenvolver a construção do conhecimento e a superação das reais necessidades do aluno. Uma das características marcantes da proposta do Colégio é a de ver o aluno como um ser único, com suas habilidades, limitações e tempo próprio. O olhar diferenciado e o respeito do professor por esse ritmo é o que faz a diferença na educação. Nosso lema: “EDUCANDO COM AMOR”, é através da competência e comprometimento de todos os profissionais envolvidos, buscamos sempre a melhor qualidade de ensino.

Diretores do Colégio Mesquita

Colégio Mesquita

Colaboradores Diretora Camila Simões Mesquita Coordenadora Alda Romboli Greghi Valeria Hummel Maggia

Aux. de Coordenação Claudia Regina da Silva Jaqueline Alves Lima

Marketing Steffany Alves de Almeida

Secretária Aline da Silva Amaral

Publicação Colégio Mesquita: Editada sob a responsabilidade do seu quadro de profissionais, para os alunos, os pais e toda a equipe de trabalho. Produção: Editora Eco Vox Comunicação Tel.: (11) 3871-9292 Projeto Gráfico: Felipe” Emple Obs: O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva dos anunciantes.

3


ALFABETIZAÇÃO Prof.ª Giselle F. Lima Barros

O processo de ensino/aprendizagem da alfabetização deve ser organizado de modo que a leitura e a escrita sejam desenvolvidas numa linguagem real, natural, significativa e vivenciada. O indivíduo humano interage simultaneamente com o mundo real em que vive e com as formas de organização desse real dadas pela cultura. Essas formas culturalmente serão ao longo do processo de desenvolvimento, internalizadas pelo indivíduo e se constituirão no material simbólico que fará a mediação entre o sujeito e o objeto de conhecimento. Partimos da premissa de que aprender a escrever não é simplesmente aprender a codificar sons em sinais gráficos, assim como aprender a ler não é simplesmente decodificar sinais gráficos em sons. Aprender a ler e a escrever significa compreender as leis internas que organizam cada um desses sistemas em particular. A criança está exposta ao mundo letrado desde muito cedo, à medida que começa a se encantar pela tarefa de desvendar o mundo da escrita, passa a observá-lo mais detalhadamente (outdoors, placas, faixas, ruas,...). No 1º ano do Colégio Mesquita, a educação é feita de forma diversificada para a melhor compreensão do aluno. Os professores trazem materiais significativos para a sala de aula, como: textos diferenciados, caixa surpresa, objetos simbólicos, entre outros, fazendo com que o aluno use-os como objetos de reflexão sobre o sistema de escrita e a função da linguagem. Na sala de aula, as informações que as crianças já possuem sobre o sistema de escrita devem ser recuperadas e trabalhadas de forma reflexiva e sistemática; elas são o ponto de partida para a ação alfabetizadora. A aprendizagem no 1º ano acontece partindo de uma palavra significativa. Observem o trabalho realizado sobre a família silábica; ca, co e cu. A professora iniciou o conteúdo, partindo da palavra significativa: “cavalo”.

4

A professora dialogou com seus alunos sobre o significado desta palavra e fez perguntas, como: Quem já viu um cavalo de perto? Quem sabe imitar o galope do cavalo e o som que ele emite? Quais as letras que compõe a palavra cavalo? Qual é a primeira sílaba desta palavra? Após o diálogo com a classe, a professora fez a leitura de outros textos referente a palavra “cavalo”, levando a criança a perceber que há sequência entre as frases, ou seja, que há um todo construído para dar sentido e significado ao leitor. Em seguida a professora levantou outras palavras que tenham as sílabas ca, co e cu, explicando e fazendo intervenções quanto ao “emprego” e sons destas sílabas nas palavras. Para complementar o aprendizado foram feitas atividades no caderno de recorte e colagem e atividades no livro para melhor fixação do conteúdo. Como a palavra significativa era “cavalo”, para finalizar o conteúdo, a professora confeccionou com os alunos, um cavalo de pau usando um cabo de vassoura e um desenho da cabeça do cavalo, onde eles puderam pintar, colar e brincar. Foi um momento de aprendizagens amplas, construtivas e significativas e de total participação dos alunos. Sendo a alfabetização um meio de possibilitar o desenvolvimento integral do indivíduo inserido em sua realidade, capaz de questionar, refletir, investigar, descobrir, criticar, torna-se necessário, a realização real de um processo da construção da leitura e da escrita que permita ao indivíduo, a interpretação do mundo. A realização de novas propostas de alfabetização se concretiza através da interatividade entre professor e aluno como sujeitos de uma prática cooperativa instaurada na ação e na reflexão que ambos exercem sobre o objeto do conhecimento a ser desvelado.


BOA ALIMENTAÇÃO

Prof.ª Marisa Urban

Com o objetivo de orientar os alunos quanto a Educação Alimentar desenvolvemos o Projeto “Semana da Boa Alimentação”. Após pesquisas, apresentações e debates dos alunos sobre o tema, eles seguiram um cardápio saudável com frutas, verduras, legumes, bolos, sucos e etc; para sua alimentação durante uma semana. Encerramos o Projeto com um lanche comunitário saudável, certos de termos “plantado a semente” da boa alimentação.

5


BAILE DE CARNAVAL

Enfim chegou o tão esperado dia: “O grande baile de Carnaval”. Encontramos vários personagens no baile: fadas, super-heróis, seres aterrorizantes e muitas celebridades. O objetivo principal deste evento era a integração dos alunos de diferentes turmas, já que era o início do ano e muitos alunos ainda não se conheciam. O Colégio Mesquita agradece o envolvimento e participação de todos vocês. O baile foi apenas uma finalização do Projeto sobre o conhecimento do Carnaval. Levantamos com os alunos o significado desta data para a cultura brasileira. Assistiram a filmes relacionados ao tema e confeccionaram máscaras carnavalescas. Divertiram-se bastante.

COELHO KID Adivinhem quem esteve no Colégio Mesquita na Páscoa? Pregou uma peça em todas as crianças, pois aparecia e desaparecia rapidamente. Precisava de qualquer maneira encontrar o coelho, por isso, iniciamos um Concurso da Caça ao Coelho com a recompensa de Deliciosos Ovos de Chocolates. Enfim encontramos o coelho, e todos os alunos foram presenteados. Que Páscoa divertida e saborosa!!

6


A

proposta do Colégio Mesquita possui alguns eixos norteadores para todas as ações pedagógicas. Um dos eixos é o trabalho com a Leitura e Escrita primordialmente. De encontro com esta proposta o Estudo do Meio do 1º semestre foi a “CIDADE DO LIVRO que proporcionou uma viagem inesquecível ao mundo da literatura. Em uma livraria infantil, as crianças do Jardim ao 2º ano embarcam para uma cidade cenográfica por meio de uma coleção de livros gigantes, com personagens que interagem e ensinam a importância do livro e ajudam a formar, desde cedo o hábito da leitura. Para os alunos do 3º ao 5º ano, o Estudo do Meio é marcado pelo clima de mistério, aventura e descoberta. Com a ajuda do Detetive Xerox Holmes, os alunos iniciam uma investigação em uma editora abandonada. A cada novo mistério desvendado, o grupo aprende sobre o universo do livro e da leitura, explora o trabalho em equipe, a percepção e seus conhecimentos gerais, trabalhando medos, ansiedades e limites. De qualquer maneira, os alunos do Jardim ao 5º ano perceberam que a leitura pode nos levar a uma viagem mágica de emoções e fantasia, ao mesmo tempo que proporciona enriquecimento cultural.

7


CONHECENDO NOSSO BAIRRO

Os alunos do 3º ano do Ensino Fundamental caminharam ao redor do Colégio com o objetivo de vivenciarem a aprendizagem sobre localização. Percebemos que a aprendizagem acontece quando trazemos o conteúdo de sala de aula, para a realidade de cada aluno. Eles analisaram as características das ruas residenciais ou comerciais, reconheceram o endereço das ruas percorridas e onde encontrar suas identificações. No final do percurso, foram convidados a conhecer um restaurante localizado na Rua do Colégio. Os objetivos da aprendizagem foram atingidos de uma forma prazerosa e significativa.

8


DEIXA QUE EU CONTO...

Prof.ª Cecília Abreu

O projeto “Deixa que eu conto” visa incentivar à leitura, compartilhar e divulgar informações e saberes. Constitui-se de mais uma alternativa lúdica de consolidação do hábito e do interesse pela leitura, adotando a contação de história e apresentações artísticas como principais recursos pedagógicos. Primeiro, os alunos selecionam histórias em um acervo:. Um aluno por semana, sorteado, leva para casa um livro para er e se preparar para contar para os colegas de classe. É uma viagem no mundo imaginário, pois os alunos se caracterizam e interpretam fielmente as histórias lidas. Ao final do projeto, os alunos conhecem todas as histórias do acervo que contribuem para a formação do cidadão leitor.

MATERIAL DOURADO

Ensinar Matemática é desenvolver o raciocínio lógico, estimular o pensamento independente, a criatividade e a capacidade de resolver problemas. O Colégio Mesquita procura sempre alternativas para aumentar a motivação para a aprendizagem, desenvolver a autoconfiança, a organização, a concentração, estimulando a socialização e aumentando as interações do indivíduo com outras pessoas. O uso do material Dourado, nas séries iniciais torna os conceitos abstratos da matemática, mais concretos e compreensíveis à realidade das crianças. Problemas matemáticos a partir do cotidiano de cada um deles, também trazem a aprendizagem com mais facilidade.

9


FESTA DA FAMÍLIA “Observa o teu culto a família e cumpre teus deveres para com teu pai, tua mãe e todos os teus parentes. Educa as crianças e não precisarás castigar os homens” (Pitágoras) Sabe-se do importante papel que a família tem na formação e educação das crianças e jovens, como também da urgência em resgatar a sua condição de esteio e referência para formar cidadãos livres e conscientes. Para tanto, faz-se necessário que a família assuma a parceria com a escola, orientando e exigindo o cumprimento dos direitos e deveres dos seus filhos. Visando tudo isso, aconteceu em nosso Colégio a FESTA DA FAMÍLIA. Foram inúmeras apresentações dos alunos que sem dúvida emocionaram todos os presentes, além de proporcionar um momento de muita integração.

FOLCLORE Prof as Vanessa S. Bruschi e Camila L. de Abreu

A necessidade de se manter viva a cultura dos povos de forma a proporcionar e divulgar o conhecimento e as informações tão necessárias na construção de nossa história nos levou a desenvolver este projeto, que auxilia na compreensão do “HOJE”, baseado em experiências anteriores, resgatando o “ONTEM”, sem que o mesmo se apague e que as novas gerações tenham acesso a sua origem. Além de resgatar e valorizar as tradições folclóricas do nosso país. As lendas e personagens apresentados encantaram e divertiram nossas crianças, estimulando sua imaginação e fantasia. As etapas do projeto se constituíam no conhecimento de uma lenda por vez, encenação e construção artística de um personagem da mesma. A finalização aconteceu com uma exposição de todas as produções dos alunos.

10


LENDO, ESCREVENDO E CRIANDO Prof.ª. Andrea Martins Roveratti

O hábito de ler e escrever abre ao indivíduo portas para uma visão diferente do mundo, novas oportunidades de compreensão e interação. Uma poderosa ferramenta nos caminhos do saber. Acreditando e considerando essa realidade, o desafio foi lançado! Foi com muito capricho e entusiasmo que os alunos do 4º e 5º anos, “abraçaram” a ideia do projeto! A proposta foi iniciada com a escolha e leitura de uma obra literária de Monteiro Lobato e sua reescrita. A partir daí, os alunos criaram um cenário, montado dentro de uma caixa de sapato. Foi um show de criatividade e a finalização do projeto contou com a deliciosa presença dos alunos da Educação Infantil que foram apreciar e ouvir as histórias narradas pelos nossos brilhantes criadores! Sem dúvida um lindo trabalho de incentivo à leitura e apreciação da literatura brasileira!

11


Prof.“ Joelma

12


MOMENTOS DE AUTÓGRAFOS

Monica Rivolt de Castro Prof “ do 3º ano B do Ensino Fundamental I

“Formar leitores é uma tarefa que começa antes mesmo da alfabetização e se estende por toda a vida escolar.” O Colégio Mesquita e a equipe de professores, vem desenvolvendo o projeto “Momentos de Autógrafos” com as turmas da Educação Infantil ao Ensino Fundamental I há alguns anos. No decorrer do ano exploramos diversos gêneros textuais como: fábulas, cordéis, histórias em quadrinhos, cartas, poemas, jornais, anúncios, músicas, etc., objetivando estimular o prazer e o interesse pela leitura e escrita nas suas diversas formas e produção de gêneros textuais, atribuindo significado aos textos utilizados e produzidos. Os alunos conhecem os mais diversos tipos de gêneros textuais através de livros produzidos por eles próprios em sala de aula, onde todas as produções transmitem uma fidelidade de sentimentos e expressões dos próprios autores. Angustia, humor, esperança, amor e gratidão são alguns dos sentimentos expressados por cada aluno-escritor, seres sensíveis, críticos e formadores de opinião. Neste ano de 2011, os alunos do 3º ano, foram escolhidos para a criação de histórias escritas em Cordel. No início do ano, começaram as pesquisas mais aprofundadas sobre o tema, leitura de livretos, contação de histórias pelo professor e por alunos, estudo dos vocabulários, escrita e reescrita de histórias criadas pelos alunos, transformando-as em cordel e ilustrando-as com a xilogravura. Mesmo o cordel sendo um tema pouco utilizado e conhecido pela maioria das crianças, houve o despertar de um grande interesse e da motivação pela escrita deste gênero, estimulando a criatividade de cada um. O processo finalizou-se com o evento “Tarde de Autógrafos” onde as crianças fizeram uma apresentação coletiva para a família e, em seguida, cada aluno deu seu autógrafo nos livros produzidos. Levando consigo uma grande recordação e um grande estímulo, pois sabemos que todo esforço é recompensado quando o aluno adquire habilidades que serão usadas em sua vida.

13


PROJETO PÁTRIA AMADA Canção do Exílio “Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá; As aves, que aqui gorjeiam, Não gorjeiam como lá. Nosso céu tem mais estrelas, Nossas várzeas têm mais flores, Nossos bosques têm mais vida, Nossa vida mais amores. Em cismar, sozinho, à noite, Mais prazer encontro eu lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. Minha terra tem primores, Que tais não encontro eu cá; Em cismar — sozinho, à noite — Mais prazer encontro eu lá; Minha terra tem palmeiras, Onde canta o Sabiá. Não permita Deus que eu morra, Sem que eu volte para lá; Sem que desfrute os primores Que não encontro por cá; Sem qu’inda aviste as palmeiras, Onde canta o Sabiá.” Gonçalves Dias Pátria Amada? De que maneira? O cidadão brasileiro conhece o Hino Nacional? Assim, surge a necessidade de nossos alunos conhecerem a melodia do Hino Nacional, sua letra, seu significado e possibilidade de participar ativamente dos momentos onde o hino é executado. Todas as segundas-feiras, os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I se reúnem para juntos cantarem o Hino Nacional, homenageando a nossa “PÁTRIA AMADA”.

14


SUSTENTABILIDADE MEIO AMBIENTE “Meio ambiente - o conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas” (Lei nº 6.938, de 31.08.81 Brasil). “Consideram-se como meio ambiente todas as águas interiores ou costeiras, superficiais e subterrâneas, o ar e o solo” (Decreto-Lei nº 134, de 16.06.75 - Estado do Rio de Janeiro). O meio ambiente é um tema transversal, que deve ser explorado nas diversas disciplinas. É necessário que as pessoas abram sua consciência e mudem seu estilo de vida de consumo e descaso para um estilo de vida mais sustentável. A sustentabilidade pode formar cidadãos conscientes sobre os problemas do meio ambiente. Um dos nossos projetos que tem como tema a sustentabilidade é o Projeto RECICLANDO NOSSAS VESTIMENTAS.

Os alunos fizeram uma pesquisa sobre a preservação do meio ambiente, com registros. Através de seminário e materiais diversificados, como cartazes e panfletos divulgaram as ações. Enfim confeccionaram fantasias com materiais reciclados e desfilaram, maravilhosamente, para os alunos das outras turmas.

SEMANA DA CRIANÇA

Prof.ª Adriana Fialho G. Gonçalves

A semana da criança é sempre uma época muito alegre, que vem acompanhada de muita ansiedade para nossa criançada, já que é uma tradição aqui em nosso colégio acontecer nesta semana, além das surpresas, os Jogos Internos. Esta semana especial é voltada às atividades que se trabalha o coletivos, a diverão em grupo, o cooperativismo e o desenvolvimento social. Começamos com um Baile do Esquisito, onde cada um tinha que vir com um figurino esquisito, diferente e engraçada. Foi divertidíssimo! No dia seguinte, mudamos o figurino. Era o dia do lindo, onde cada criança estava com a roupa preferida. E a auto estima lá em cima! Nos dias seguintes foram realizados os nossos tradicionais Jogos Internos. O objetivo desta atividade em nosso Colégio vai além do âmbito esportivo, é um evento marcado pelo entusiasmo, pelo apoio, pela superação e principalmente pela amizade. Por isso, as turmas foram divididas por cores mesclando e integrando alunos do Jardim ao 5º ano. Algumas atividades eram destinadas aos alunos pequenos e outras aos maiores. Todos agiram com muita responsabilidade em relação aos seus grupos, mesmo nos momentos de derrota, o que observamos foram grupos animados, prevalecendo amizade, incentivo e determinação. Como sempre uma semana memorável com gostinho de quero mais! Valeu galerinha Mesquita! Até 2012!!

15


Instalações

16


do ColĂŠgio

17


Culinária do Saber

Prof. Iza

Desde o século XIX até algumas décadas atrás, a imigração contribuiu para o povoamento, a formação da nossa cultura e progresso do Brasil. Pensando neste fato histórico importante, o Colégio Mesquita proporciona aos seus alunos de Ensino Fundamental II a “Culinária do Saber”, que tem como objetivo explorar diferentes hábitos e culturas que contribuíram para a construção da nossa história. É através de atividades interdisciplinares desenvolvidas durante as aulas teóricas e práticas sobre a gastronomia de diferentes povos como: Árabes, Japoneses, Italianos, Alemães e Portugueses, que professores e alunos, empenham-se para a realização do Projeto. Durante esse processo, nossos alunos apresentam curiosidades sobre determinada cultura, enfatizam a localização dos países correspondentes, sua formação política, geológica, religião e costumes. Esse é um momento de interatividade, organização, disciplina e de intenso prazer, pois todos aproveitam a oportunidade para saborear os pratos sugeridos e elaborados por eles, adquirindo conhecimento sobre a história que existe por trás de determinada cultura.

18


Projeto Minha Cidade Na verdade, o grande fascínio de São Paulo é parecer-se com muitas cidades ao mesmo tempo e, por isso, não se parecer com nenhuma. Pensando nisso, com ênfase na disciplina de História e com o objetivo de proporcionar aos alunos o contato com diversos tipos de leitura, produção de texto e imagens, trabalhamos os pontos turísticos da cidade e a pesquisa.

Jogos na Matemática Prof» Karla

Ao realizar o Projeto com jogos, buscamos desenvolver o raciocínio lógico, estimular o pensamento independente, a criatividade e a capacidade de resolver problemas, pois se bem orientados, serão recursos pedagógicos eficazes para a construção do conhecimento. Assim, através dos jogos, buscamos alternativas para aumentar a motivação para aprendizagem, a organização, concentração, atenção, raciocínio lógico – dedutivo e o senso cooperativo visando à integração de todos.

19


Mangue

O Colégio Mesquita está promovendo o “Projeto Interdisciplinar Mangue”, com o objetivo de incentivar a pesquisa de campo e a teórica, aprimorar a construção de conhecimentos e levar os alunos a investigar “in loco” as principais características desse ambiente, sua biodiversidade, adaptações, importância sócio – econômica e os impactos ambientais. Esse Estudo do Meio – “Mangue”, além da oportunidade para a aquisição de conhecimentos científicos, proporciona visitas a alguns pontos turísticos como: Museu do Café (Santos), Monte Serrat (Bondinho), Aquário e Museu da Pesca (Santos). O projeto inclui também, atividades no Laboratório de Informática com a elaboração de folders em Português, Inglês e Espanhol e no Laboratório de Biologia com análise do material coletado.

Feira do Livro

Mesmo com o acelerado avanço tecnológico, o livro continua extremamente presente entre nós, apesar de muitos alardearem sua futura “aposentadoria”, ele ainda é a forma mais democrática e acessível de conhecimento. Ter um livro às mãos nos dá a sensação de companheirismo, cumplicidade e o gosto de estar buscando o saber. Ele é e será o nosso grande parceiro nos momentos de pesquisa, curiosidades, aprendizado e lazer. A pessoa que desenvolve o hábito da leitura nunca estará só.

20


Jogos Internos A prática esportiva tem sido reconhecida como um dos mais importantes recursos para a boa qualidade de vida. Além de, garantir a saúde física e mental, é também um valioso fator de socialização. Considerando seu real valor, o Colégio Mesquita programou para março os Jogos Internos, uma antiga tradição que no seu produto final são revelados talentos esportivos e humanos.

21


Sonhamundo

Profas Sandra Reche e Sandra Oliveira

Considerando a leitura primordial, o Colégio Mesquita realiza todos os anos o Projeto “Sonhamundo” – A Magia da Literatura Infantil, para despertar no aluno o prazer de ler e torná - lo ciente da sua importância. Este ano o trabalho teve como tema o Conto do dinamarquês, Hans Christian Andersen. A escolha foi feita para conhecermos mais detalhadamente as “ricas” histórias: O Patinho Feio, A Pequena Sereia, A Princesa e a Ervilha e o Soldadinho de Chumbo. Hans Christian Andersen nasceu numa família podre, na Dinamarca, em 1805. Seu pai era um sapateiro e sua mãe mal sabia ler, mas ela conhecia muitas histórias e as contava ao filho, menino inteligente e cheio

22


de ideias. Andersen cresceu ouvindo as lendas maravilhosas do folclore escandinavo e, embora sofresse com as dificuldades financeiras que a família enfrentava, sua imaginação se enriqueceu com as belíssimas histórias de sua terra. Quando jovem Hans Christian Andersen foi auxiliado por pessoas que reconheceram sua força de vontade e criatividade. Recebeu uma bolsa de estudo, trabalhou em teatro e chegou a escrever livros para adultos, mas ele não conseguia se esquecer das lendas de sua infância. Por isso, passou a publicá-las em pequenos livros dedicados às crianças, declarando: “Este é o meu presente para o mundo”.

23


Festa da

O Colégio Mesquita busca maneiras para integrar os alunos e a família em projetos que visam não só conteúdos, mas também a formação da cidadania, e pensando em trazê – la como parceira nesse processo a “Festa da Família surge como uma proposta para que juntos possamos trabalhar em prol daqueles que precisam de gestos de solidariedade, amor e carinho.

24


Família

Destacamos sua importância no processo de aprendizagem que tem por objetivo, mobilizar a todos incluindo os professores, equipe pedagógica, direção, funcionários, alunos e, principalmente, as famílias sobre o papel social da escola e sua participação efetiva. Este foi um momento em que todos ficaram embevecidos com a dedicação dos nossos alunos aos convidados e com a responsabilidade social como foco principal desta confraternização, saboreando um maravilhoso almoço beneficente.

25


Roteiro dos Bandeirantes

O Colégio Mesquita está sempre buscando estratégias diversificadas para ensinar o conteúdo de forma prazerosa aos alunos. Dessa forma, programamos o “O Roteiro dos Bandeirantes”, que é um Estudo do Meio para quem gosta de história e quer conhecer os caminhos feitos há séculos pelos homens que desbravaram o interior do Estado de São Paulo. Essa é uma viagem pela história do nosso Estado e é o traçado por onde passaram os desbravadores que partiram da Vila de São Paulo de Piratininga e caminharam pelo então desconhecido território nacional. Este Estudo do Meio engloba seis cidades paulistas e promete uma interessante viagem, de 180 quilômetros, partindo de São Paulo, rumo a Santana do Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Salto, Itu e Porto Feliz. As cidades do Roteiro fazem parte de um pólo de referência histórico-cultural para todo Brasil. São museus, fazendas, trilhas e caminhos dignos de serem explorados por novos desbravadores. Uma excelente oportunidade para os alunos se aprofundarem na história do Brasil, pisando nas mesmas terras por onde passaram personagens como Bartolomeu Bueno da Silva – O Anhanguera e Fernão Dias Paes Leme, o Caçador de Esmeraldas. Homens que deram, com bravura e determinação, o formato que o Brasil tem atualmente.

Projeto TCCEM Trabalho de Conclusão de Curso do Ensino Médio Tendo em vista a conclusão do curso do Ensino Médio e a importância de estar preparando o aluno concluinte para a continuidade dos estudos em nível superior, além daquilo que é rotineiro e que faz parte da proposta curricular, vimos à necessidade de aprofundar tais conteúdos através desse trabalho. E como principal meta que todos os alunos envolvidos apresentem de forma eficaz e com brilhantismo, a conclusão dos seus estudos através do trabalho desenvolvido.

26


27


28


Colégio Mesquita 1ª Edição - Referência em Ensino de Qualidade