Page 1

E D I Ç Ã O

BÚSSOLA Compass

MIAMI

REFÚGIO LUXO A POUCOS METROS DE SOUTH BEACH Getaway luxury right next to South Beach

contemporâneo ART BASEL MIAMI BEACH Contemporany Art Basel Miami Beach

E S P E C I A L

M I A M I


Fernanda pessoa de Queiroz

São Paulo • Av. brASil, 1.823 - jArdim AméricA • t.: 11 3894.7000 • eStAcionAmento no locAl de SegundA A SábAdo, dAS 10 àS 20h • domingoS e FeriAdoS, dAS 14 àS 18h


Ri

Ja

o

Rio de JaneiRo • Av. Ayrton SennA, 2150, bloco k - cASAShopping • bArrA dA tijucA • t.: 21 3325.7667 SegundAS, dAS 12 àS 22h • terçA A SábAdo, dAS 10 àS 22h • domingoS, dAS 15 àS 21h

Fotos do ambiente: kitty paranaguá

S

u Pa o ã

e lo

e od

iR ne


CARTA AO LEITOR /

DESTINOS

E no meio de um inverno eu finalmente aprendi que havia dentro de mim um verão invencível... Adoraríamos ter criado esta frase, mas ela é obra do genial escritor Albert Camus. Este especial de inverno reflete plenamente esta máxima do pensador franco-argelino – pode estar frio lá fora, mas vamos dar um jeito de esquentar a situação. Mas, para isto, precisamos sempre de algum apoio, pois, se uma andorinha só não faz verão, um graveto também não faz uma fogueira. Contamos, portanto, com a providencial ajuda do amigo Cesar Giobbi (Caetano que nos perdoe, mas ele é a mais perfeita tradução de Sampa), dando dicas de como curtir a metrópole paulista nesta estação. Pegamos a ponte aérea e fomos direto para a Suíça – mais precisamente, para a Casa da Suíça, tradicional endereço da gastronomia carioca, um dos deliciosos paradoxos desta grande cidade. Afinal, fondue combina com caipirinha? Bem, deixemos de lado estas questões, pois um pulo para o sul nos leva a conhecer o maravilhoso projeto de Isay Weinfeld para o Las Piedras Fasano, numa região idílica em Punta del Este, cercado de uma natureza admiravelmente selvagem – usando este termo no bom sentido, de intocada, original. Nossas botas de sete léguas nos levam a Oslo, cidade cosmopolita, jovem e vibrante. Passeiam pelo esplêndido projeto de Ana Maria Vieira Santos e retornam à nossa casa, nossa loja – encravada no coração do Jardim América, em São Paulo. Para que possamos refletir sobre esta temporada, aproveitando o tempo frio para a leitura, amigos, bons vinhos e outros prazeres que nos aqueçam, porque este é o tempo para a casa. Pois acreditamos que o inverno pode até cobrir nossa cabeça, mas uma eterna primavera reside dentro de nós.

Wair de Paula Eduardo Machado

10


Making Of 11


Índice

76

26

Universo B&C

B&C UNIVERSE

Beach & country comemora um ano de marca BEACH & COUNTRY CELEBRATES THE BRAND’S ONE YEAR ANNIVERSARY

26

mostra

SHOWCASE

em setembro 2ª mostra B&C de são Paulo 2ND B&C SHOWCASE IN SÃO PAULO, IN SEPTEMBER

26

The Look of home Alguns dos produtos selecionados para a 2ª mostra.

32

SOME SELECT PRODUCTS FROM THE 2ND SHOWCASE.

26

Leitura

ARTICLES

macaparana ganha o mundo e lança um livro MACAPARANA TAKES ON THE WORLD AND PUBLISHES A BOOK

26

Perfil

PROFILE

DÉBORA AGUIAR IMPRIME SUA MARCA COM LEVEZA E SOFISTICAÇÃO DÉBORA AGUIAR LEAVES HER MARK WITH A LIGHT HAND AND SOPHISTICATION

52

26

NA rede

ON THE WEB

cinco dicas para relaxar em alto estilo FIVE TIPS FOR RELAXING IN STYLE

26

Entrevista

INTERVIEW

Paulo bacchi: miami, a hora é agora. PAULO BACCHI: MIAMI, THE TIME IS NOW.

26

Bússula

COMPASS

Dicas de miami, atmosfera glamourosa e tropical TIPS ON MIAMI, GLAMOROUS AND TROPICAL ATMOSPHERE

14


62

26

O brasil no mundo BRAZIL IN THE WORLD

carlos miele. o luxo dos vestidos made in brazil CARLOS MIELE. LUXURIOUS DRESSES MADE IN BRAZIL

26

Cultura

CULTURE

Adrienne Arsht Center. a casa das artes ADRIENNE ARSHT CENTER. THE HOME OF THE ARTS

26

confissões

CONFESSIONS

PILOTO HÉLIO CASTRO NEVES BRILHA NO PROGRAMA DANCING WITH THE STARS. DRIVER HÉLIO CASTRONEVES SHINES ON THE DANCING WITH THE STARS TV SHOW.

0

11

26

refúgio

GETAWAY

FISHER ISLAND CLUB PROPORCIONA EXPERIÊNCIA ÚNICA A SEUS VISITANTES

26

FISHER ISLAND CLUB PROVIDES VISITORS WITH A UNIQUE EXPERIENCE

26

contedmporâneo CONTEMPORARY

Art basel. Quando miami se transforma na cidade da arte e do design ART BASEL. WHEN MIAMI BECOMES THE CITY OF ART AND DESIGN

26

especial

SPECIAL

o boom imobiliario de miami THE REAL ESTATE BOOM IN MIAMI

88

26

trilha sonora

SOUNDTRACK

raul boesel. das pistas para as pistas RAUL BOESEL. FROM THE RACETRACK TO THE DANCE FLOOR

26

editorial Linha externa st- tropez e st-barth ST- TROPEZ AND ST-BARTH OUTDOOR LINE

15


0800 474 333 www.docol.com.br


SEU ESTILO TEM MARCA.

TORNEIRA DOCOLSTILLO


COLABORADORES /

Collaborators

Expediente / Staff Wair de Paula Diretor de Marca Eduardo Machado Diretor de Marca e Relacionamento / Brand and Relations Director Projeto Editorial / Editorial Staff

PUBLISHING Rua Artur de Azevedo, 560 - Pinheiros - SP 05404-001 Tel:. 2182-9500 - www.j3p.com.br

Wair de Paula

Fábio Pereira Diretor de Criação / Creative Director Cesar Rodrigues Direção de Arte | Projeto Gráfico / Art Direction | Layout Chico Volponi Coordenador de Custom Publish / Custom Publish Coordinator Ana Maria Fiori Revisão / Proofreading Osmar Tavares Junior Arte Final / Final Art Giuliano Pereira Diretor Responsável / Chief Director Alessandra Bertone Gerente de Núcleo / Center Manager Tatiana Volpe Supervisora de Contas / Accounts Supervisor Redação e Edição / Writing and EditingCássia Gonçalves Daniel Piza Gilberto Júnior Publicidade / Publicity Diego Makul diegomakul@portalartefacto.com.br Executivas de conta / Account Executives Cindy Vega, Ana Conde, Elisangela Lara, Clarice Mattiello Colaboradores / Collaborators Adilson Rocchi, Ailton Alves, Carlos Zaluski, Edison Garcia, Fabio Augusto, Fabio Novaes, Marilia Teixeira, Meire Silva, Miriam Perdigão, Mônica Galvani, Nabi Neves, Rejane Zaverucha, Regina Strumpf, Ricardo Amaral, Tânia Rodrigues, Carla Dutra (Neiva Assessoria) Contato / Contact revista@artefactobc.com.br www.artefactobc.com.br Diretoria / Board of Directors

Eduardo Machado

20

Albino Bacchi Fundador Artefacto Braulio Bacchi Diretor Executivo Artefacto Paulo Bacchi CEO Internacional Artefacto Pedro Torres Superintendente


UNIVERSO B&C /

30

B&C UNIVERSE


Móveis e objetos misturam influências, estilos e épocas. Furniture and objects blend influences, styles and eras. POR/BY Sergio Zobaran fotos/photos Divulgação

D

irigida por Wair de Paula e Eduardo Machado, a Beach&Country comemora um ano de marca e de loja pioneira na Av. Brasil, em São Paulo, consagrando-se como o maior showroom de decoração de luxo na América Latina, em seus 5 mil metros quadrados. Para explicar seu conceito inicial e sua realidade atual, além das mostras anuais, entrevistamos o Diretor de Marca Wair de Paula.

M

B&C: Qual o conceito da B&C, e como ele surgiu – e por que esta nova marca da Artefacto foi criada? WP: Para atender a uma demanda percebida por nosso presidente, Sr. Albino Bacchi, para o mobiliario de alto padrão das casas de praia, campo ou montanha. Inicialmente, seria um conceito de outdoor furniture, mas foi expandido para um espectro mais amplo de produtos para este segmento, incluindo móveis, acessórios, tecidos, luminárias, etc.

B&C: What is the B&C concept and how did it come

anaged by Wair de Paula and Eduardo Machado, Beach&Country celebrates the brand’s one year

anniversary and the vanguard store on Av. Brasil, in São Paulo, which takes its place as Latin America’s largest luxury decorations showroom, with more than 5 thousand square meters of area. To explain the initial concept and the current situation, as well as the annual shows, we interviewed Brand Director Wair de Paula.

about? And why was this new Artefacto brand created? WP: To meet a demand that our president, Mr. Albino Bacchi, noticed for luxury furnishings for beach, country or mountain homes. Initially, it was to be an outdoor furniture brand, but it was expanded to include a broader spectrum of products for this segment, including furniture, accessories, fabrics, lighting, etc.

31


UNIVERSO B&C /

B&C UNIVERSE

What makes the brand’s products unique? And what are

B&C: O que diferencia seus produtos? E quais são as suas principais linhas? WP: Muitas peças únicas, tanto por conta de terem sido compradas como peça única mesmo, ou por terem acabamentos que as deixam com este caráter. Destaques para nossa linha de exterior, para a linha de acessórios (luminárias, cestos, caixas, almofadas, mantas, cachepots, ombrelloni, etc.) e para os móveis de fibra natural sofás, poltronas, camas, baús, mesas, cadeiras, etc.

its main lines? WP: There are many unique items, because they were purchased as one-off items or because their finishing makes them unique. Our outdoor line and our accessories line (lamps, baskets, boxes, cushions, blankets, plant pot holders, umbrellas, etc.) are especially noteworthy as well as furnishings made using natural fibers - couches, chairs, beds, chests, tables, chairs, etc.

B&C: In your mix of domestic and imported products of

B&C: Em seu mix de produtos nacionais e importados de diversos estilos, existe algum deles que se sobressaia? WP: As cadeiras, mesas e bancos feitos de raiz, as poltronas/chaises outdoor de madeira laqueada de branco, preto, azul, vermelho, verde ou hortênsia, as mesasde centro, aparadores e mesas de jantar feitas em madeiras antigas e mais uma infinidade de produtos.

various styles, does one of them stand out?

B&C: E quais as tendências da próxima coleção? WP: Detesto o termo tendência para a arquitetura de interiores – acho este termo acertado para a moda, mas não para a decoração. Acredito que haja um caminho que aponta para uma grande mistura de influências, estilos e épocas. China com África, Paris dos anos 1940 a 60, mais cores, arte popular brasileira, texturas – ou seja, o “put together” – respeitando, claro, as rígidas leis da proporção e equilíbrio.

B&C: And what are the trends for the next collection?

32

WP: The chairs, tables and benches made using roots, the outdoor chairs/chaises in white, black, blue, red, green or hydrangea varnished wood, coffee tables, sideboards, and dining room tables made of antique wood, plus countless other products.

WP: I hate the word trend when it comes to interior design - I think that this is the right word for fashion, but not for decoration. I believe that there is a path the points to a big mix of influences, styles and eras. China with Africa, 1940s to ‘60s Paris, a lot of colors, Brazilian popular art, textures – in other words, the “put together” look, yet respecting the steadfast rules of proportion and balance, of course.


B&C: A B&C nasceu em SP, cidade-sede da Artefacto. E hoje está instalada também no Rio. Como os demais mercados brasileiros são atendidos? WP: Fora SP/Rio, apenas a loja de Recife tem algumas peças da B&C. A dificuldade de gerenciar a logística de distribuição e controle dos produtos da B&C fora da sua praça, em virtude de suas características de unicidade e peças de edição limitada, nos impede de “abrir o leque” desta marca para outras praças com lojas como a nossa.

B&C: B&C was founded in SP, the city where Artefacto is headquartered. And today it also has facilities in Rio. How is the rest of the Brazilian market served? WP: Outside of SP/Rio, only the Recife store has a few B&C items. The hard part about managing distribution logistics and product control for B&C outside of its market, because of its unique characteristics and limited edition items, prevents us from “expanding the range” of this brand to other markets.

B&C: B&C, as well as the “classic” Artefacto store, also

B&C: A B&C, assim como a Artefacto “clássica”, também tem uma Mostra de Decoração, a caminhode sua segunda edição, em São Paulo. Este é a melhor maneira de apresentar os seus produtos? B&C: Contar com o talento dos pro-fissionais de decoração é muito mais interessante, pois permite o olhar destes sobre nossos produtos, nossa marca. E, desta forma, podemos demonstrar que nossos produtos se encaixam em diversos estilos de decoração – clássico, contemporâneo, despojado, moderno, etc.

has a Decoration Showroom which is on its way to its second edition in São Paulo. Is this the best way to present your products? WP: Relying on the talent of decorating professionals is very interesting, since it allows for their take on our products, our brand. That way, we can show that our products fit into several styles of decoration – classic, contemporary, basic, modern, etc.

B&C: Who are the architects and decorators you have for

B&C: Quem compõe o elenco de arquitetos e decoradores da 2ª Mostra B&C de SP, que começa em setembro? WP: Entre outros talentos, os de Ana Maria Vieira Santos, Deborah Roig, Clarisse Reade, Fernando Piva, Beto Galvez & Nórea de Vito, Sério Paulo Rabello, Dado Castelo Branco, Edgar Moura Brasil, João Mansur, Denise Barretto, Débora Aguiar e Gilberto Elkis.

the 2nd B&C Show in SP, which starts in September? WP: Among other talented architects and designers, we have Ana Maria Vieira Santos, Deborah Roig, Clarisse Reade, Fernando Piva, Beto Galvez & Nórea de Vito, Sério Paulo Rabello, Dado Castelo Branco, Edgar Moura Brasil, João Mansur, Denise Barretto, Débora Aguiar, and Gilberto Elkis.

33


UNIVERSO DESTINOSB&C / DESTINOS / B&C UNIVERSE

B&C: Depois de um ano, qual o balanço da empresa? WP: Um posicionamento de marca muito forte. Temos clientes que já voltaram à loja três, quatro vezes para comprar novos produtos, ou para estar a par dos lançamentos. E notamos que este conceito de marca, mais despretensioso, mas altamente profissional, atende a um desejo de nossos clientes de uma decoração mais personalizada, menos “universal” e mais próxima de seus anseios particulares.

B&C: After one year, what is the company’s position?

B&C: A revista: por que foi criada? E o que ela procura trazer aos seus leitores? Em que tiragem? WP: Para passar o conceito da marca. Não é uma revista que venda produtos, ela vende o conceito da B&C. Através da decoração, arte, gastronomia, viagens, moda, música e cultura geral, temos a intenção de atingir nossos clientes de uma forma mais holística, saindo do mero aspecto comercial. Acreditamos também que as empresas que se diferenciam do mercado oferecem serviços junto a seus produtos. A revista é uma espécie de serviço da marca. A tiragem atual é de 50 mil exemplares por número.

B&C: The magazine: why was it created? And what does it

B&C: Por quem a empresa é pensada e desenvolvida? E como cada um atua? WP: Eu e o Eduardo pensamos na parte de marketing, posicionamento de marca e produtos, com uma intensa participação do Sr. Bacchi, e o apoio inconteste de nossas equipes, tanto de produto quanto de publicidade e visual merchandising. Até o treinamento dos funcionários da B&C é diferenciado. Realmente, a soma de um grande número de talentos de diversas áreas compõe a base da empresa.

B&C: Why was this company conceived of and developed?

34

WP: The brand position is very strong. We have customers who have already returned to the store three, four times to buy new products, or to see what’s new. And we’ve noticed that this more unpretentious, yet highly professional, brand concept fulfills our customers’ desire for more personalized and less “universal” decoration that is closer to their particular wants.

aim to bring to its readers? What is the print run? WP: To provide the brand concept. It’s not a magazine that sells products, it sells the B&C concept. Through decoration, art, cuisine, travel, fashion, music and culture in general, we want to reach our customers in a more holistic manner and not just use the commercial aspect. We also believe that companies that set themselves apart in the market offer services along with their products. The magazine is a sort of brand service. The current print run is 50 thousand per edition.

And where does each person work? WP: Eduardo and I work on the marketing, brand and product positioning, with significant participation from Mr. Bacchi and the unwavering support of our teams, both in terms of product as well as publicity and visual merchandising. Even training for B&C employees is unique. Actually, there is a substantial amount of talent from several areas that make up the base of the company.


Os nossos cozinheiros,  nutricionistas,  supervisores e garçons  proporcionarão aos seus  convidados o prazer de  uma das mais ricas e  refinadas cozinhas do planeta. Seja uma grande  ou pequena recepção, em  qualquer lugar do estado  de São Paulo, levaremos  os 24 anos de experiência  do Buffet ARABIA. Do coquetel à sobremesa,  até a qualidade do café,  seus convidados nunca  provaram nada igual.

www.arabia.com.br

11 3061 2203


MOSTRA /

SHOWCASE

4. LIVING BAR

5. SALA LEITURA ‐ BANHOS PRAIA

Ana Maria Vieira Santos

Déborah Roig

Maria Bernadete Ortiz N.

Selma Tammaro

igor@anamariavieirasantos.com.br

secretaria@deborahroig.com.br

detinha@uol.com.br

selma@tammaroarquitetura.com.br

9. GALERIA DE CAMPO

10. Sala Íntima De Praia

11. QUARTO HÓSPEDES DE PRAIA

12. ESPAÇO GOURMET

Fernando Piva

Paulo Carvalho

Marina Linhares

Bianka Mugnatto

Beto Galvez Nórea De Vito

c.reade@terra.com.br

fernandopiva@fernandopiva.com.br

ps.carv@terra.com.br

anapaula@marinalinhares.com.br

bianka@biankamugnatto.com.br

beto@bninteriores.com.br

13. FAMILY ROOM PRAIA

14. ESTAR PRAIA

15. GALERIA DE PRAIA

16. QUARTO DE CAMPO

Paulo Marcelo Eurico Guedes

18. SALA LEITURA Myrna Porcaro Renata Florenzano

Sérgio Paulo Rabello

Marília Caetano

Zizi Zink

17. SALA DE ALMOÇO Carmem Mansor Fernando Azevedo Tiza Kan

sergio@sergiorabello.com.br

pmguedes@uol.com.br

marilia@mariliacaetano

arquitetura@zizezink.com.br

carmem.mansor@uol.com.br

florenzano@uol.com.br

36

1. VITRINA CASA I Lucas Alvarez José Manuel Maia De Almeida

2. PRAÇA - ENTRADA

Renata Copolla

lbalvarez@uol.com.br

contato@renatacopolla.com.br

7. STUDIO DE CAMPO

8. APARTAMENTO DE CAMPO

Clarisse Reade

3. APARTAMENTO DE PRAIA

6. VARANDA DE PRAIA

myrna@inet.com.br


19. ESTUFA

20. LIVING DE CAMPO

21. ESPAÇO DO ESCRITOR

22. VARANDA E JARDIM

23. SALA DE ALMOÇO DE FAZENDA

24. PRAÇA

Graciela Piñero

Dado Castello Branco

Jorge Delmas Edgar Moura Brasil

itarodrigues@mandic.com.br

gra@graciela.arq.br

victoria@dadocastellobranco.com.br

João Mansur

Rogério Ribas

jorge@delmasarquitetura.com.br

jardimpaulista@uol.com.br

joaomansur@joaomansur.com.br

2rst@uol.com.br

25. TERRAÇO

26. TERRAÇO

27. TERRAÇO

28. TERRAÇO

29. TERRAÇO Cris Paola Sanchez Dani Barella

30. TERRAÇO

Ita Rodrigues

Fábio Morizini

Denise Barreto

Beatriz Dutra

Lia Strauss

sanchezarquitetura@uol.com.br

Chris Hamoui

contato@fabiomorozini.com.br

dbarrett@denisebarretto.com.br

beatriz.dutra@uol.com.br

lstrauss@uol.com.br

sanchez.dani@uol.com.br

chruiva@hotmail.com

31. TERRAÇO

32. VARANDA GOURMET Cristina Mason Barbara Cristiane Rodrigues

33. VARANDA E JARDIM

34. CAFÉ Consuelo Jorge Murilo

35. LOUNGE

36. SPA

Josiani Sabino

barbaraepurchio@barbaraepurchio.com.br

Thatianna Nunes

pamella@consuelojorge.com.br

Débora Aguiar

Gilberto Elkis

josianisabino@terra.com.br

cristiane@barbaraepurchio.com.br

trhatianna@thatiannanunes.com.br

murilo@consuelojorge.com.br

deboraaguiar@deboraaguiar.com.br

gilberto@elkispaisagismo.com.br

37


MOSTRA /

SHOWCASE

TÉRREO / ground floor

DO TÉRREO AO TERRAÇO, AQUI VOCÊ ENCONTRA TODOS OS AMBIENTES DA B&C EM SEUS DEVIDOS LUGARES.

24

22

21

23

from the ground floor to the patio, here you will find every b&c environment in its proper place.

20

19

32

18 15

17 16 35

13

14 11

09

12

33

10

34 36

08 07 02 06 05 04

03 01

38


PAVIMENTO SUPERIOR / superior pavement

1. VITRINA CASA I Lucas Alvarez José Manuel Maia De Almeida

12. ESPAÇO GOURMET Beto Galvez Nórea De Vito

2. PRAÇA - ENTRADA Renata Copolla

13. FAMILY ROOM PRAIA Sérgio Paulo Rabello

23. SALA DE ALMOÇO DE FAZENDA João Mansur

3. APARTAMENTO DE PRAIA Ana Maria Vieira Santos

14. ESTAR PRAIA Paulo Marcelo Eurico Guedes

24. PRAÇA Rogério Ribas

4. LIVING BAR Déborah Roig 5. SALA LEITURA ‐ BANHOS PRAIA Maria Bernadete Ortiz N. 6. VARANDA DE PRAIA Selma Tammaro 7. STUDIO DE CAMPO Clarisse Reade

25

8. APARTAMENTO DE CAMPO Fernando Piva 9. GALERIA DE CAMPO Paulo Carvalho 10. Sala Íntima De Praia Marina Linhares 11. QUARTO HÓSPEDES DE PRAIA Bianka Mugnatto

26

15. GALERIA DE PRAIA Marília Caetano 16. QUARTO DE CAMPO Zizi Zink 17. SALA DE ALMOÇO Carmem Mansor Fernando Azevedo Tiza Kan

22. VARANDA E JARDIM Ita Rodrigues

25. TERRAÇO Fábio Morizini 26. TERRAÇO Denise Barreto 27. TERRAÇO Beatriz Dutra 28. TERRAÇO Lia Strauss

18. SALA LEITURA Myrna Porcaro Renata Florenzano

29. TERRAÇO Cris Paola Sanchez Dani Barella

19. ESTUFA Graciela Piñero

30. TERRAÇO Chris Hamoui

20. LIVING DE CAMPO Dado Castello Branco

31. TERRAÇO Josiani Sabino

21. ESPAÇO DO ESCRITOR Jorge Delmas Edgar Moura Brasil

32. VARANDA GOURMET Cristina Mason Barbara Cristiane Rodrigues 33. VARANDA E JARDIM Thatianna Nunes

27

34. CAFÉ Consuelo Jorge Murilo

28

35. LOUNGE Débora Aguiar 36. SPA Gilberto Elkis

29

30

31

39


THE LOOK OF HOME

01

Se a amostra ĂŠ assim, imagine a mostra inteira

Imagine os ambientes pensados por 36 renomados profissionais e ricamente decorados.Agora veja alguns dos produtos que selecionamos para nossos leitores. 02

03

04

04

| 4040


06

01. Poltrona Sansara 02. Sofรก Circa 03. Mesa Lateral Niraj 04. Mesa Lateral Timia 05. Chaise-Longue Lais 06. Diva Basile BD 07. Abajur Venice 08. Abajur Kaio Slim 09. Mesa Lateral Ziniah 10. Banco Elgon

07 10

08

09

10

41


THE LOOK OF HOME

03 01

02

03

04

05

4242|


06

08

09

07

09

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07. 08. 09. 10.

10

Buffet Yazal Estante Calais Luminรกria Lice Cesto Limosa Blow Cadeira Keese com Cesto Kobo pequeno Mesa de Jantar Livima Poltrona Wing Mesa Lateral Jolie Chaise-Longue 43


leitura /

ARTICLES

Macaparana ganha o

mundo Macaparana

wins over the world

O lançamento de um livro e um ano cheio de mostras e exibições faz com que o artista pernambucano ganhe cada vez mais destaque entre apreciadores de arte. A book release and a year full of shows and exhibits have garnered the artists from Pernambuco increasing attention from art lovers POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

44


45


leitura /

ARTICLES

E LANÇA UM LIVRO and publishes a book

J

á conhecido pelos leitores da B&C, pela matéria publicada na primeira edição da revista, o artista plástico Macaparana volta a ser notícia. Seu novo projeto, o livro Formas Cortadas - Videos Sequencias – mostra o artista em pleno exercício de seu metier, com obras criadas especificamente para este projeto. Disponível nas versões inglês e português, esse é primeiro livro sobre a obra do artista cujo conteúdo traz recortes de filmagens realizadas durante a produção de diversos trabalhos em seu atelier em São Paulo. Pintor, desenhista e escultor autodidata, o artista nascido José de Souza Oliveira Filho em 1952 ficou conhecido pelo nome de sua cidade natal em Pernambuco. Filho de alfaiate e comerciante, teve seu primeiro ateliê em um quartinho nos fundos da casa de seus pais quando ainda era criança. Radicado em São Paulo desde os 21 anos de idade, expôs no MASP pela primeira vez em 1977,

B

incentivado por Pietro Maria Bardi e pelo artista concreto Antonio Maluf. Na capital paulista conheceu Willys de Castro, que o incentivou na arte das esculturas e objetos. Seu trabalho vem sendo acompanhado de perto por Flavio Cohn, diretor de arte contemporãnea da galeria Dan, onde é representado há mais de 3 décadas. Na galeria, exibe suas “brincadeiras com formas e variações geométricas”. Flavio Cohn, inclusive, foi o curador do livro Formas Cortadas Vídeos-Sequências, lançado simultâneamente com um exposição individual no primeiro semestre de 2010.

Art Basel recebe Macaparana Macaparana vem ganhado já há algum tempo destaque no cenário das artes internacionais. Possui obras em acervos de vários museus e coleções particulares e no seu currículo constam coletivas em cidades como Recife, Rio de Janeiro,

&C readers already know about him from the article published in the magazine’s first edition, but artist Macaparana is back in the news. His new project, a book called Formas Cortadas – Vídeos Seqüências shows the artist while working at his craft, with

works of art created specifically for this project. The book is available in English and Portuguese versions and is the first book about the artist’s work which contains clippings from filming done while several projects were being produced at his São Paulo studio.A self-taught painter, sketch artist, and sculptor, the artist born José de Souza Oliveira Filho in 1952 became known by the name of the city where he was born in Pernambuco. The son of a tailor and businessman, his first studio was in a room at the back of his parents’ house when he was still a child. He has lived in São Paulo since he was 21 and held his first show at MASP in 1977, with the backing of Pietro Maria Bardi and concrete artist Antonio Maluf. In São Paulo, he met Willys de Castro, who encouraged him to do sculptures and objects.His work has been closely followed by Flavio Cohn, the director of contemporary art at the Dan gallery, where he has been represented for over 3 decades. At the gallery, he shows his “play with shapes and geometric variations.” Flavio Cohn was even the curator for the Cut Shapes Video-Sequences book, launched along with an individual show in the first half of 2010.

46


47


leitura /

ARTICLES

A atual série de

cortes, recortes e colagens vem

chamando a atenção de galeristas e colecionadores His current series of cuts, clippings and collages have caught the attention of gallery owners and collectors

48


São Paulo, Brasília, México, Tóquio, Nova York e Londres. Sua primeira mostra foi em 1984, na XXI Bienal Iberoamericana de Arte no México, como artista convidado. A entrada no circuito internacional significou o início de consolidação da sua carreira. Na última década, Macaparana passou a exibir seus trabalhos na ARCO International Fair em Madri. Isso permitiu que seu trabalho ganhasse maior visibilidade, e em 2009 apresentou na galeria Cayón, também em Madri, uma mostra individual de seus trabalhos feitos entre 1998 e 2008. A exposisão foi um sucesso e de lá foi levada para uma galeria em Barcelona. No ano passado, também teve seus trabalhos expostos na mais conceituada galeria da Argentina, a Laruche. Jorge-Mara Laruche, o proprietário, colocou Macaparana no eixo Madri - Buenos Aires, passando então a representar o artista fora do Brasil. O galerista levará as obras para a Art Basel em Miami, que ocorre em dezembro deste ano. Antes disso, em outubro, Macaparana participará de uma exposição coletiva na influente galeria Denise Rene em Paris.

Art Basel welcomes Macaparana

Macaparana has

been gaining importance on the international arts scene for some time now. He has work in collections at several museums and in private collections and he has been part of collectives in cities such as Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Mexico, Tokyo, New York, and London. His first show abroad was in 1984, at the XXI Bienal Iberoamericana de Arte, in Mexico, as a guest artist. His entry onto the international circuit meant the beginning of the consolidation of his career. In the last decade, Macaparana has shown his work at the ARCO International Fair in Madrid. This has allowed his work to gain greater visibility and, in 2009, he held an individual show of the work he has done from 1998 to 2008 at the Cayón gallery, also in Madrid. The show was a success and from there he was taken to a gallery in Barcelona. Last year, his work was also shown at the most respected gallery in Argentina, Laruche. The owner, Jorge-Mara Laruche, put Macaparana on the Madrid-Buenos Aires gallery scene, going on to represent the artist outside of Brazil. The gallery owner will take some of his work to Art Basel in Miami, which takes place in December

A evolução de seu trabalho

of this year. Before this, in October, Macaparana will take part in a

Segundo Flavio Cohn, a projeção internacional alcançada por Macaparana neste período da sua carreira se dá pela maturidade artística. Há quatro anos, José Oliveira deixou de lado suas esculturas em metal e pintura. Passou, então, a se dedicar à uma série de cortes, recortes e colagens com cartões. Essa transição reflete uma evolução do artista, ainda que Cohn não descarte uma eventual volta aos pincéis e metais.“Maca”, como prefere ser chamado, fundamenta seu trabalho unicamente no talento, sem se prender a uma escola ou corrente artística. Isso lhe permite variar os materiais com que trabalha, podendo explorar técnicas em diversas bases. Em entrevista, disse que “um detalhe observado num cartaz na rua ou a arquitetura de um prédio podem servir como inspirações para diversos trabalhos. É tudo uma questão de sensibilidade”. Seu trabalho atual, em papel, lhe confere possibilidades infinitas para expressar geométricamente suas emoções. Emoções que não param de conquistar seguidores. O Livro pode ser conferido através do site www.macaparana.net

collective show at the influential Denise Rene gallery, in Paris.

The evolution of his work According to Flavio Cohn, the international stardom achieved by Macaparana during this period in his career is a result of his maturity as an artist. For four years, José Oliveira has stopped making his metal sculptures and paintings. He has, since then, gone on to dedicating himself to a series of cuts, clippings and collages with cards. This transition reflects the artist’s evolution, although Cohn does not rule out a return to paintbrushes and metals. “Maca,” as he prefers to be called, bases his work solely in talent, without getting caught up in an artistic school or current of thought. This allows him to vary the materials with which he works, making it possible for him to explore techniques in several bases. In an interview, he said that “one detail seen on a poster on the street or the architecture of a building can serve as inspirations for several projects. It’s all a question of sensibility.” His current work, with paper, gives him infinite chances to geometrically express his emotions. Emotions that do not stop winning over followers.

49


leitura /

ARTICLES

Caso interesse / If you are interested EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS Individual shows: 2009 Galeria Cayon, Madrid

1980 Galeria Seta, São Paulo, SP 1979 Centro Campestre do Sesc, São Paulo, SP - MASP Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, SP 

2007 Dan Galeria, Sao Paulo – Brazil

1975 Galeria Portal, São Paulo, SP

2004 Sculptures and Paintings –

1974 Galeria Recife, Recife, PE

DAN Galeria – São Paulo, SP 2004 Drawings and Objects – Galeria Arte em Dobro

1972 Galeria Velha Mansão, Rio de Janeiro, RJ 1970 Galeria de Empetur, Recife, PE 

Rio de Janeiro, RJ

1994 Pinacoteca of the State of São Paulo, São Paulo, SP

Bienais, Feiras e Salões Bienialls, Fairs and Showings:

1991 MASP – Museum of Art of São Paulo, São Paulo, SP

2007 ARCO International Art Fair – Madrid, Spain

1989 Sala Mira Schendel, São Paulo, SP

2006 ARCO International Art Fair – Madrid, Spain

1988 Mônica Filgueiras de Almeida Galeria de Arte, São Paulo, SP

2005 ARCO International Art Fair – Madrid, Spain

1987 Galeria Bonino, Rio de Janeiro, RJ

1991 XXI Bienal Internacional de São Paulo - São Paulo, SP

2000 DAN Galeria – São Paulo, SP

Sesc Pompéia, São Paulo, SP 1986Mônica Filgueiras de Almeida Galeria de Arte, São Paulo, SP  1985Museu de Arte Brasileira FAAP, São Paulo, SP - Galeria Bonino, Rio de Janeiro, RJ  1983Galeria Bonino, Rio de Janeiro, RJ  - Mônica Filgueiras de Almeida Galeria de Arte, São Paulo, SP 

50

1986 IV Salão Paulista de Arte Contemporânea - Esculturas da Bienal no Metrô – São Paulo, SP  1985 V Salão Brasileiro de Arte - Fundação Mokiti Okada São Paulo, Rio de Janeiro and Tokyo  1984 XXI Bienal Iberoamericana de Arte – Guest Artist - Mexico  1971 IX Pré-Bienal de São Paulo, Recife, PE


51


perfil /

PROFILE

Projetando Designing Dreams POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

COM MAIS DE DEZENOVE ANOS DE PROFISSÃO, A ARQUITETA DÉBORA AGUIAR IMPRIME SUA MARCA COM LEVEZA E SOFISTICAÇÃO, SEMPRE PREOCUPADA COM O CONFORTO E NECESSIDADES DO CLIENTE. Débora Aguiar has been an architect for nineteen years, leaving her mark using a light hand and sophistication, constantly in tune with her customers’ comfort and needs.

D

e fala suave e jeito delicado, Débora Aguiar não deixa transparecer à primeira vista o que realmente é. À frente do escritório, uma grife da decoração e arquitetura contemporânea, a profissional, que acumula mais de dezenove anos de experiência, também pode ser chamada de empresária. Em uma frenética rotina diária, Débora comanda uma equipe de profissionais experientes que dão conta da incessante demanda por projetos que entram diariamente no escritório, divididos em arquitetura e decoração de interiores para imóveis residenciais e comerciais,

D

e conceitos para áreas comuns e pavimentos de lazer para novos empreendimentos bem como apartamentos modelo. Em busca constante de desafios, dedica-se à elaboração de projetos diferenciados, que transmitam muito conforto e bem-estar para o usuário, e na excelência dos serviços para o cliente, oferecendo soluções e segurança na execução das ideias. Para a arquiteta, é preciso constantemente romper fronteiras, tanto no estilo e nas tendências quanto na forma de usar os materiais e de projetar, sempre atenta aos detalhes de cada obra.

ébora Aguiar talks softly and delicately, she seems at first to be

areas and leisure floors for new developments as well as model apartments.

guarded about who she really is. She runs a contemporary architecture

She is always looking for a challenge and has dedicated herself to coming

and decoration label and, as a professional, she has over nineteen years of

up with special designs, that really transmit comfort and well-being to the

experience, hence the title of businesswoman. In her hectic daily routine,

user, while aiming for excellence in customer services, offering solutions

Débora manages a team of experienced professionals that take care of the

and security when executing concepts. The architect says that she is always

endless demand for projects that come into the office on an almost daily

looking to cross borders, both in style and trends as well as in how materials

basis. The projects are split between architecture and interior design for

are used and how designs are done. She is always aware of the details of

residential homes and commercial buildings. The firm also does common

each project.

52


53


perfil /

PROFILE

Atuação Global Atuando no mercado imobiliário há mais de sete anos, a empresária e arquiteta vem alcançando grande sucesso e visibilidade, ultrapassando barreiras e exportando talento. Seu trabalho pode ser encontrado em praticamente todo o Brasil, em cidades como Rio de Janeiro, Salvador, Vitória, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Natal, Porto Alegre e Recife. O pontapé inicial de projetos imobiliários em terras estrangeiras começou em 2006, com um empreendimento em Buenos Aires, Argentina e em Palm Beach, em Miami. O negócio com estrangeiros tem sido levado a sério por

Débora: em 2009 projetou dois condomínios em Luanda, um de casas e outro de apartamentos, que conta com restaurante temático, além ainda dos empreendimentos finalizados em Montevidéu e Buenos Aires. Também desenvolveu os conceitos arquitetônicos da rede de cafés e restaurantes canadense, SpiceSafar, em Nova York. Estão em estudos ainda projetos no Canadá, África do Sul e Emirados Árabes. Entre as recentes obras nacionais de projeção, destaque para a nova Artefacto Beach & Country, showroom de mais de 1.500 metros quadrados localizada em uma das principais vias da cidade de São Paulo, a Avenida Brasil.

Global Work Having worked in the real estate market for over seven years, the

of houses and another of apartments) in Luanda, which included thematic

businesswoman and architect has been achieving success and visibility,

restaurants. She has also done developments in Montevideo and Buenos

overcoming barriers and exporting talent. Her work can be found throughout

Aires and developed architectural concepts for Canada’s SpiceSafar franchise

almost all of Brazil, in cities such as Rio de Janeiro, Salvador, Vitória, Belo

of cafés and restaurants, in New York. She currently has preliminary projects

Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Natal, Porto

going on in Canada, South Africa, and the United Arab Emirates. Among

Alegre, and Recife. Her first real estate projects abroad began in 2006, with a

recent work she has designed here in Brazil, the new Artefacto Beach &

development in Buenos Aires, Argentina, and in Palm Beach, Miami. Débora

Country is noteworthy. It has an over 1,500 square meter showroom located

takes foreign deals seriously: in 2009 she designed two condominiums (one

on Avenida Brasil, a main artery in São Paulo.

54


Segredo do sucesso Em todos esses anos de carreira, Débora consagrou seu trabalho em mostras e exibições, como a Casa Cor paulista, da qual participa desde 1999, e da mostra Artefacto e WTC Hotel Design Floor by Casa Cor. Entre todos estes trabalhos voltados para o público, ela lembra com carinho de um específico. “O “mini-haras” que criei em 2003 para a Casa Cor é inesquecível. Em apenas 35 dias precisamos montar toda infraestrutura e logística para comportar sete ambientações e dois cavalos, que eram substituídos a cada semana. Era um espaço de quase 1000 m², lembra. Para ela o segredo está justamente em não distinguir um trabalho do outro. “Faço o projeto modelo como se fosse

para um cliente final, uma família, enfim, exatamente como faria para morar. Então, acho que transfiro algumas características do meu trabalho para esta criação, agregando soluções e valor aos empreendimentos. Para mim o importante é criar uma atmosfera de beleza, sofisticação, aconchego”, explica. O desafio é compor tudo isso dentro de um budget apertadíssimo, sem contar o prazo para executar, quase sempre exíguo. A seguir, Déboa conta para o leitor da B&C um pouco sobre sua nova linha de produtos para a Artefacto, o seu projeto dos sonhos e da sua atuação no mercado de Miami, para celebrar esta edição especial da revista.

Secret of success Throughout her entire career, Débora has consecrated her work at

distinguishing one job from another. “I do the model project as if it were

shows and exhibitions, such as Casa Cor in São Paulo, which she has

for an end customer, a family, or rather, exactly how I would do it to live in.

participated in since 1999, and the Artefacto show and WTC Hotel

So, I think that I transfer some features of my work to this creation, adding

Design Floor by Casa Cor. Among all of the work for audiences that she

solutions and value to developments. To me, what’s important is creating an

has done, she remembers one with special affection. “The ‘mini-horse

atmosphere of beauty, sophistication, warmth,” she says. The challenge is

farm’ that I made in 2003 for Casa Cor is unforgettable. In just 35 days

getting all of this into a very tight budget, without mentioning the almost

we had to set up all of the infrastructure and logistics to hold seven

always demanding deadline. Below, Débora tells B&C readers a little about

rooms and two horses, which were substituted every week. It was an

her new line of products for Artefacto, her dream project, and her work in

almost 1000 m² space,” she recalls. For her, the secret is precisely in not

the Miami market, to celebrate this special edition of the magazine.

55


perfil /

PROFILE

B&C: Quando e como foi o primeiro trabalho em Miami?

B&C: When was your first job in Miami and what was it like?

DA: Em 1992, recém-formada, tive a primeira

DA: In 1992, I was a recent graduate, and I had my first

oportunidade de fazer um projeto para uma família de clientes brasileiros, que me convidaram para fazer a casa que eles estavam construindo na cidade. Havia na época um boom de brasileiros indo para Miami, e esse projeto me rendeu outros cinco apartamentos, também para clientes daqui.

opportunity to do a project for a family of Brazilians, who asked me to do the house that they were building in the city. At the time, there was a boom in Brazilians moving to Miami and this project landed me five other apartments that were also for customers from Brazil. B&C: What are the main differences and similarities between customers in Miami and in Brazil? What do you like about jobs

56

B&C: Quais as principais diferenças e seme-lhanças

you’ve done in Miami?

entre os clientes em Miami e no Brasil? O que a atrai

DA: I see little difference. Customers are always looking for a

nos projetos que fez em Miami?

professional that they identify with, whether because they saw a

DA: Vejo poucas diferenças. O cliente sempre

job they did or they were referred. It doesn’t matter where they

procura um profissional com que ele se identifique, seja porque viu algum trabalho executado, seja por indicação. Não importa onde ele viva, ele espera um resultado com sofisticação, conforto e dentro de um planejamento que ofereça segurança na execução das ideias, respeitando o budget e os prazos. Ou seja, o cliente quer ter um projeto diferenciado, de acordo com suas necessidades, e busca um profissional que possa resolver isso da melhor forma possível. O que mais me atrai em projetos em Miami é a praticidade que existe em várias etapas de execução de obra e nas infinitas opções de produtos para acabamentos, revestimentos, iluminação, mobiliário, decoração... Lá se utilizam métodos construtivos mais rápidos e eficientes, mais limpos e com menos desperdício de materiais. Além de ferramentas que agilizam muito a execução. Com isso, obras que por aqui demoram meses, lá são executadas em semanas. As etapas de obra e suas aprovações são rápidas e eficientes. E é maravilhosos encontrar tudo que queremos, seja americano, europeu, chinês, brasileiro, e com preços mais justos, pois não há o absurdo da taxação de impostos que pagamos no Brasil.

live, they expect a sophisticated and comfortable result that is within a plan that offers security in executing ideas, respecting the budget and timelines. In other words, the customer wants a special project, according to his needs, and he looks for a professional that can resolve this in the best possible way. What I most like about jobs in Miami is the practicality that present in several stages of executing the project and in the countless choices of products for finishings, tiling, lighting, furnishings, decoration… There, they use very fast and efficient construction methods that are cleaner and waste less material. Plus they have tools that greatly facilitate execution. With this, projects that would take months here are done there in weeks. The project stages and their approvals are fast and efficient. And it is wonderful when we find everything we want, whether you’re American, European, Chinese or Brazilian, and at a fair price, since taxes there are not as outrageous as they are in Brazil. B&C: What would be the project of your dreams? DA: I dream about so many things! Creating an identity for network of hotels, doing a boutique hotel, doing my own beach house… The truth is that the project of my dreams is always the next one, every new challenge is interesting!


57


perfil /

PROFILE

B&C: Qual seria o seu projeto dos sonhos? DA: Sonho com tantas coisas! Em criar uma identidade para uma rede de hotéis, fazer um hotel-butique, fazer a minha casa na praia... A verdade é que o projeto dos sonhos é sempre o próximo, todo desafio novo é instigante!

B&C: You just designed a product line for Artefacto. Tell us a little bit about this partnership and what inspired you. DA: Artefacto does great work in the decoration market. It is a solid company that invests in training its employees and it is always concerned with innovating and offering solutions that can serve the project as a whole, with a good variety of sizes and finishes. I

B&C: Você acabou de desenhar uma linha de produtos para a Artefacto. Nos conte um pouco dessa parceria e o que te inspirou. DA: A Artefacto faz um trabalho maravilhoso no mercado de decoração. É uma empresa sólida, que investe no treinamento de seus funcionários, e tem preocupação constante em inovar e oferecer soluções que possam atender o projeto como um todo, com medidas e acabamentos bem variados. Gosto da forma que cuidam dos pedidos, resolvendo uma urgência, uma medida, um acabamento. Estão sempre dispostos a somar para fazer acontecer. Eu penso assim também. Este ano fiquei bem feliz com a oportunidade de desenvolver uma linha de produtos para eles, e está de encontro com um dos meus planos futuros de me dedicar também ao design de mobiliário, acessórios, luminárias, tecidos e tapetes.

58

like the way that they take care of orders, resolving an emergency, a size, a finish. They are always willing to go the extra mile to make it happen. That’s how I think too. This year I was so happy to have the opportunity to develop a product line for them, and it is in line with one of my future plans to also spend time doing design for furniture, accessories, lighting, fabrics and rugs. Inspiration comes from everywhere, especially nature. At times when I am outside, I have greater contact with myself, and that is when the ideas flow. Today, I increasingly note so many details that we see in nature, from a twisted vine to a stripe on a leaf. Everything can inspire. Trips also allow me time to come up with ideas. Looking at places, architecture, people, we educate our eyes.


59


perfil /

PROFILE

A inspiração vem de tudo, principalmente da natureza. É nos meus momentos ao ar livre que tenho maior contato comigo mesma, é quando as ideias fluem. Hoje observo mais e mais tantos detalhes que vemos na natureza, desde um trançado de cipó a um rajado de uma folha. Tudo pode inspirar. As viagens também permitem tempo para as ideias surgirem. Observando os lugares, as arquiteturas, as pessoas, educamos o nosso olhar. B&C: Como você vê o futuro da decoração? DA: Acho relativo falar apenas de uma tendência hoje em dia, pois com a velocidade da informação poderíamos dizer que tudo que é novo fica ultrapassado muito rápido. Tenho sim as minhas crenças, de que temos que investir e trabalhar pensando e ensinando a ter uma atitude mais sustentável, com menos desperdício, buscando materiais certificados, economia de tempo e energia. Como na vida moderna existe resposta rápida para tudo, eu também diria que uma tendência seria evitar o acúmulo desnecessário de coisas.

B&C: How do see the future for decoration? DA: I think it’s relative to just talk about a trend today, since with the speed of information, we can say that everything that is new becomes quickly outdated. I do have my beliefs, that we have to invest and work, thinking and teaching that a more sustainable attitude is necessary, with less waste, using certified materials, and saving time and energy. Since there is a fast answer for everything in modern life, I would also say that it would be good to try not to accumulate unnecessary things.

60


Suas janelas, seu estilo.

Toldos

Produtos sob medida para sua casa. Atendimento sob medida para suas necessidades.

Cortinas

Persianas Vestimos janelas e ambientes com seu sonho. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.040 11 3087 5834 www.arthurdecor.com.br 61


na rede /

ON THE WEB

Online Top Five. Para relaxar em alto estilo. relaxing in style.

www.kamalaya.com

www.cse.como.bz

www.fairmont.com/mayakoba

Dizem que é no COMO SHAMBHALA

Na Riviera Maia, o Willow Stream Spa, no

O Paraiso existe. Vencedor do Melhor

ESTATE, em Bali, que o ator britânico

Fairmont Mayakoba Hotel, a apenas 40

Destino de Spa no Asia Spa Baccarat

Daniel Craig conquistou aquele abdomem

minutos de carro da badalada (e cheia)

Awards, o Spa do Kamalaya Koh Samui

tanquinho. Com inúmeros programas de

Cancun oferece, entre vários serviços de

oferece programas de desintoxicação, ioga,

tratamento estético/fisioterapeutico, quase

seu menu de tratamentos, um feito a base

meditação, controle de peso e ate’ balanço

todos de origem oriental, este Spa Hotel,

de puro cacau mexicano, mel e argila maia.

emocional, em uma belíssimo projeto

cercado de verde, e’ cotado como um dos

Mas será que da para resistir ao cardápio

construído ao redor de uma antiga cave,

melhores do mundo em seu segmento.

calórico, típico da culinária local?

também local de meditação de monges budistas. Esta’ esperando o que?

It has been said that British actor Daniel Craig got his 6-pack

On the Mayan Riviera, the Willow Stream Spa, at the Fairmont

abs at the COMO SHAMBHALA ESTATE, in Bali. With countless

Mayakoba Hotel, is just 40 minutes by car from the exciting

Heaven does exist. Winner of the Best Spa Destination at

aesthetic/physiotherapeutic programs which almost all come

(and packed) city of Cancun. Among the many services offe-

the Asia Spa Baccarat Awards, the Kamalaya Koh Samui Spa

from the Orient, this Spa Hotel which is surrounded by nature

red on the menu are treatments based on pure Mexican co-

offers detoxification, yoga, meditation, weight control and

is one of the best in the world in its segment.

coa, honey, and Mayan clay. The only hard part will be saying

even emotional balance programs, in a beautifully designed

no to the high calorie menu, typical of the local cuisine.

building constructed around an old cave, which is also used by Buddhist monks to meditate. What are you waiting for?

www.starwoodhotels.com/whotels

www.therme-vals.ch

Literalmente no meio do nada, ou

Pelo simples fato de ter sido projetada

melhor, no centro de tudo o que e’bom

pelo genial arquiteto Peter Zumthor, este

– o W Retreat & Spa, nas ilhas Maldivas,

Spa já deveria figurar entre os melhores

literalmente cercado de água por todos os

do mundo – nem que fosse apenas por

lados. Único inconveniente – a tarifa diária

suas instalações monásticas, uma lição de

que varia de U$ 3mil a U$ 4mil. Mas vale

estética e coragem.

cada centavo – ou melhor, cent.

Due to the simple fact that it was designed by architectural

Literally in the middle of nowhere, or better yet, in the center

genius Peter Zumthor, this Spa should already be among the

of all that is good – the W Retreat & Spa, in the Maldives

best in the world - even if it were only because of its monas-

islands, is literally surrounded by water on all sides. The

tic facilities, which are a lesson in aesthetics and courage.

only inconvenience - the daily rates that vary from US$ 3 thousand to US$ 4 thousand. But it is worth every cent – or better yet, cent…

62


63


entrevista /

interview

MIAMI: A HORA É AGORA! EM ENTREVISTA PARA A REVISTA B&C, PAULO BACCHI CONTA SOBRE A HISTÓRIA DA ARTEFACTO EM MIAMI E SOBRE A CIDADE MAIS COSMOPOLITA DO SUL DOS ESTADOS UNIDOS.

POR/BY Helena Montanarini fotos/photos Paulo Brenta

H

á 8 anos em Miami, a Artefacto virou referência de loja de decoração em Miami, pela sua qualidade internacional e serviço brasileiro. O sucesso dessa empreitada deve-se a Paulo Bacchi, proprietário da marca, que mudou-se com a mulher e dois filhos para conquistar a América. Abrindo a terceira loja na Flórida, Paulo nos conta sobre a chegada da Artefacto em Miami, seus diferenciais e sua clientela estrelada na América. B&C: Como foi a decisão pessoal de mudar-se para Miami?

E

PB: Eu era presidente da Artefacto no Brasil, mas percebi que era hora de expandir a empresa e também estava buscando qualidade de vida. Depois de muita pesquisa, percebemos que realmente Miami possuía mercado para o nosso produto, com quase 40 mil residências em construção. Mas para fazer dar certo, eu deveria mergulhar de cabeça nesse projeto. Estava decidido a não voltar enquanto a Artefacto não estivesse estabelecida. Por isso vendi meu apartamento em São Paulo e mudei com minha família, como um novo projeto de vida.

ight years ago, in Miami, Artefacto became a benchmark decoration

PB: I was the CEO of Artefacto in Brazil, but I realized that the time had come

store in Miami due to its international quality and Brazilian service. Paulo

to grow the business and I was also seeking better quality of life. After a

Bacchi, the brand’s owner who moved with his wife and two children to

lot of research, we realized that Miami really had a market for our product,

conquer America, is responsible for the success of the venture. With the third

with almost 40 thousand homes being built. But, in order for it to work out,

store opening in Florida, Paulo tells us about Artefacto’s arrival in Miami, what

I needed to dive into this project head first. I decided that I wouldn’t return

makes it different, and the store’s celebrity clientele in the USA.

until Artefacto had become established. That is why I sold my apartment in

B&C: How did you make the personal decision to move to Miami?

São Paulo and moved with my family; it was like a new life project.

64


MIAMI: THE TIME IS NOW!

IN AN INTERVIEW TO B&C MAGAZINES, PAULO BACCHI TALKS ABOUT THE HISTORY OF ARTEFACTO IN MIAMI AND ABOUT THE MOST COSMOPOLITAN CITY IN THE SOUTHERN UNITED STATES.

65


entrevista /

interview

B&C: E a recepção da marca no mercado americano? PB: Em 2000 percebemos que a empresa estava pronta para exportar. Começamos então um projeto que levou 3 anos de pesquisa de mercado, para saber onde teríamos que nos adequar para atender o público de Miami, quais as expectativas do público e situação do mercado local. Por fim, em 2002, inauguramos a Artefacto em Coral Gables, com 2 mil metros quadrados. Desde o dia da abertura tivemos uma aceitação muito boa da mídia, dos profissionais de decoração e de clientes finais. Já eramos líderes de mercado no Brasil, mas isso não dizia muita coisa por lá, então o feedback da comunidade local nos deixou bastante satisfeitos.

B&C: And how was the brand received in the US market? PB: In 2000, we saw that the company was ready to export. So we began a project that took 3 years of market research to find out where we would have to adapt in order to serve Miami’s public, what their expectations were and what the local market situation was. Finally, in 2002, we inaugurated a 2 thousand meter square

B&C: Quais os fatores que levaram a essa aceitação tão boa? PB: Em primeiro lugar, tínhamos a relação preço/ qualidade melhor que dos italianos e americanos. Isso porque temos fabricação própria. Compramos a matéria prima e entregamos o produto já na casa da pessoa, e isso faz com que tenhamos preço mais atrativo que a concorrência, além de um controle de qualidade rigoroso de cada etapa. Mas o grande diferencial é que na época, em Miami, o mercado de decoração era bastante imaturo quanto ao relacionamento com o cliente. Com tantos anos de experiência no Brasil, sabíamos que o serviço oferecido ao cliente era um grande divisor de águas na hora de superar expectativas e agradar o consumidor. E foi nisso que investimos. Nos primeiros 2 anos de loja, eu tirei apenas 2 dias de folga, trabalhando de domingo a domingo, porque eu sabia que não podia causar nenhuma má impressão para o cliente, já que não tínhamos imagem construída por lá. Foi o custo de aprendizado que eu tive que ter. A “barriga no balcão” fez toda a diferença. 66

Artefacto store in Coral Gables. Since the day we opened, we have been well received by the media, decorating professionals and end customers. We were already market leaders in Brazil, but that doesn’t say much there, so we were pretty happy with the feedback from the local community. B&C: What factors led to this good reception? PB: First, we had a better price/quality relationship than Italian and American brands. That is because we do our own manufacturing. We buy the raw material and deliver the product ready at the person’s house and that makes our price more attractive than the competition’s, as well as the fact that we carry out rigorous quality control of each stage. But the big difference is that at the time, in Miami, the decorating market was quite immature regarding customer relationships. With so many years of experience in Brazil, we knew that the service you give customers is a watershed when it comes to surpassing expectations and pleasing the customer. And that was where we invested. In the first 2 years at the store, I only took off 2 days, working from Sunday to Sunday, because I knew that I couldn’t cause any bad impressions on customers, since we hadn’t built our image there yet. It was the cost of learning that I had to have. “Manning the counter” made all the difference.


67


entrevista /

interview

B&C: Como foi montada essa primeira loja? Como escolheram o local? PB: Essa primeira loja tem 2 mil metros quadrados, e está localizada em Coral Gables, perto da Ferrari, Gucci e Tiffany & Co, perto do shopping de classe A mais importante para os residentes de Miami, o Village of Merrick Park. Na época da inauguração da loja, estava sendo lançado o projeto do shopping. Coral Gables é o lugar dos Estados Unidos com a maior concentração de milionários com menos de 40 anos, ou seja, com vida social mais ativa e dispostos a gastar. Como não tinha equipe em Miami, levei cerca de 40 pessoas da nossa equipe brasileira para me auxiliar na montagem e execução da loja. Ainda tive a ajuda de Gilberto Elkis para o paisagismo. B&C: Como é o mercado em Miami? PB: A sociedade em Miami é muito dividida. Lá existem varias comunidades: a dos brasileiros, dos americanos, dos russos, dos colombianos, dos cubanos, dos franceses... E só a segunda geração desses imigrantes todos se conversam, pois foram alfabetizados em uma língua em comum e formam a sociedade atual. Precisamos aprender as características e diferenças de cada uma dessas culturas, para podermos ter um serviço diferenciado. O mercado de lá, assim como no resto do mundo, está se profissionalizando. As pessoas estão optando cada vez mais pelo serviço do decorador. Antigamente, a decoração era uma das responsabilidades da dona de casa. Hoje, com homens e mulheres no mercado de trabalho, poucos tem tempo de montar sozinhos uma casa. E mesmo quem dispõe de tempo, sabe que fazer sozinho pode custar mais caro do que com auxílio de um profissional da área. De qualquer forma, o consumidor que entra na loja está lá para realizar um sonho. Ele quer comprar o estilo de vida que nós oferecemos. B&C: E hoje vocês já tem três lojas... PB: Além da loja em Coral Gables, que atende bem a comunidade local, temos a loja do Aventura Mall. É uma loja gigante, com 4 mil metros quadrados, na entrada do shopping, focada para a decoração dos apartamentos novos daquela região, como a Trump Tower e de Sunny Island. Também temos uma nova loja em Fort Lauderdale, no formato boutique. Essa loja é bem voltada para os americanos, que são 90% dos clientes dessa unidade. Lá é a capital americana dos yatchs acima de 100 pés, então o trabalho é de decoração para esses barcos, com espumas e tecidos marítimos, sob medida.

68


“Com tantos anos de experiência no Brasil, sabíamos que o serviço oferecido ao cliente era um grande divisor de águas na hora de superar expectativas e agradar o consumidor.” “With so many years of experience in Brazil, we knew that the service you give customers is a watershed when it comes to surpassing expectations and pleasing the customer.“ B&C: How was the first store set up? How did you pick the location? PB: The first store is 2 thousand meters square and is located in Coral Gables, close to Ferrari, Gucci, and Tiffany & Co., close to the most important class A shopping for Miami’s residents, the Village of Merrick Park. When the store was inaugurated, the mall project was being launched. Coral Gables is the place with the highest concentration of millionaires under 40 years old in the United States, or rather, they have a more active social life and are willing to spend. Since I didn’t have a Miami team, I took around 40 people from our Brazilian team to help me to set up and run the store. I also had help from Gilberto Elkis with the landscaping.

B&C: What is the market like in Miami? PB: Miami’s society is very divided. There are many communities: Brazilian, American, Russian, Columbian, Cuban, French… And it is only the second generation of these immigrants that talk to each other, because they were educated in the same language and make up today’s society. We need to learn the characteristics and differences of each one of these cultures in order to provide differential service. The market there, like in the rest of the world, is becoming more professional. People are increasingly choosing decorator services. Before, decoration was one of the responsibilities of the housewife. Today, with men and women working, few people have time to set up a home themselves. And even those who do have time know that doing it alone can be more expensive than if they have help from a professional Anyway, the customer who comes into the store is there to fulfill a dream. He wants to buy the lifestyle that we offer.

B&C: And today you already have three stores. PB: In addition to the Coral Gables store, which serves the local community well, we have the Aventura Mall store. It is a huge 4 thousand square meter store at the entrance to the mall, geared towards decoration for new apartments in that region, such as the Trump Tower and Sunny Island apartments. We also have a new store in Fort Lauderdale, in boutique format. This store is very much geared towards Americans, who are 90% of the customers at this unit. Ft. Lauderdale is the US capital of over 100 foot yachts, so our work there is decorating these boats, with foams and sea-worthy materials that are custom made.

69


entrevista /

interview

B&C: E tudo é feito no Brasil? PB: Hoje temos duas linhas nas lojas dos EUA. A primeira é o nosso carro chefe, que são os móveis feitos 100% no Brasil por nós mesmos. A segunda eu costumo chamar de Passport Collection, com peças e acessórios de decoração que eu adquiro em viagens na Europa, Extremo Oriente e Africa e ofereço para meus clientes. Alguns jornalistas americanos vieram me perguntar qual era o estilo da Artefacto. Eu respondi que nosso móveis são de uma empresa contemporânea de decoração, com produtos de design como os italianos, charmosos como os franceses, um pouco do minimalismo asiático e a pimentinha da nossa Bahia, que faz todo o diferencial. E essa pimentinha aparece também na loja, com a música e o serviço.

B&C: Essa fómula deve conquistar muitos turistas que passam por Miami também. PB: Hoje nós vendemos muito para pessoas do México e para casas do Caribe, como St. Barth, Nassau e Turks & Caicos. Praticamente todos os resorts caribenhos possuem algum produto Artefacto dentro deles. Cinquenta por cento de tudo o que é produzido por nós é exportado para outros países sulamericanos. Além dos turistas, esses 8 anos conquistaram também celebridades que vivem ou tem casa em Miami. O casal Anna Kournikova e Enrique Iglesias, a cantora Gloria Estefan, os músicos Lenny Kravitz, Shakira, Juanes e Ricky Martin e o tenista Martin Del Potro, todos têm móveis Artefacto em suas casas da Flórida. Sem contar os milhares de brasileiros que têm imóveis por lá.

B&C: And is everything made in Brazil?

B&C: This formula must win you a lot of tourists that are passing through

PB: Today we have two lines in stores in the USA. The first is our breadwinner,

Miami as well.

which is 100% Brazilian made furniture that we make ourselves. The

PB: Today we sell a lot to people from Mexico and to houses in the Caribbean,

second, I usually call the Passport Collection, which has decoration items

such as St. Barth, Nassau, and Turks & Caicos. Almost all of the Caribbean

and accessories that I pick up on trips to Europe, the Far East and Africa

resorts have an Artefacto product. Fifty percent of everything that we produce

and that I offer my customers. Some US journalists have come to ask me

is exported to other South American countries. In addition to tourists, over

what Artefacto’s style is. I tell them that our furniture is from a contemporary

these 8 years we’ve also won over celebrities who live or have homes in

decoration company, with products designed like the Italians, charming like

Miami. Couple Anna Kournikova and Enrique Iglesias, singer Gloria Estefan,

the French, a little Asian minimalism, and a little spice from our Bahia, which

musicians Lenny Kravitz, Shakira, Juanes and Ricky Martin, and tennis player

makes all the difference. And that spice also shows up in the store, with the

Martin Del Potro all have Artefacto furniture in their Florida homes. Not to

music and the service.

mention the thousands of Brazilians that have homes there.

70


B&C: Depois de tanto tempo, o que te atrai na cidade? PB: É uma delícia morar em Miami, uma cidade de praia e cosmopolita, com gente de todos os lugares e culturas. Me tornei um apaixonado pela cidade, que de uns 10 anos para cá ganhou uma nova vida. Agora respira-se cultura, com a construção do New World Symphony, projetado pelo Frank Gehry e construída pela brasileira Odebretch e o novo Museu de Arte Moderna a ser inaugurado no próximo ano. A Art Basel, mais importante feira de arte contemporânea do mundo, também está na cidade. Durante a feira, a cidade se veste de festa e nós aproveitamos para fazer a Coletânea de Arte Brasileira dentro da loja. Este ano, além de termos a representação exclusiva do grande Carlos Araújo, vamos focar nos fotógrafos. A fotografia brasileira está super em voga e vamos explorar isso. Miami também tem grandes eventos de esporte, como o torneio de tênis Masters em março e as corridas de Fórmula Indy, GT e Nascar, além de ótimos campos de golfe e opções para quem gosta de pesca. Com tantas dicas da cidade, eu assino o guia que acompanha essa edição da B&C, com minhas dicas pessoais. Deixo aqui também o meu email pessoal, para que o leitor possa me procurar para tirar dúvidas sobre a cidade ou até mesmo manter algum contato. bacchi@artefacto.com

B&C: After so long, what attracts you to the city? PB: It is so nice to live in Miami. It’s a beach city and it’s cosmopolitan, with people from every place and culture. I fell in love with the city, which has taken on a new life since 10 years ago. Now, it breathes culture, with construction of the New World Symphony, designed by Frank Gehry and built by Brazil’s Odebretch developer, and the new Museum of Modern Art which will open next year. Art Basel, the most important contemporary art fair in the world, is also held in the city. During the fair, the city puts on its party gear and we take advantage to hold the Brazilian Art Collective inside the store. This year, not only will we have the exclusive representation of Carlos Araújo, we will also focus on photographs. Brazilian photography is really in vogue and we are going to explore this. Miami also has big sporting events, such as the Masters tennis tournament in March and the Indy, GT, and Nascar races, as well as excellent golf courses and fishing. With so many tips on things to do in the city, I wrote the guide that comes with this edition of B&C with my personal tips. Here’s my personal email, in case the reader wants to ask me about the city or even keep in touch. bacchi@artefacto.com

71


bússula /

72

COMPASS


MIAMI É O DESTINO ATMOSFERA GLAMOUROSA E TROPICAL – COM UM RITMO VIBRANTE ININTERRUPTO... UMA CIDADE QUENTE, SEXY, EMOCIONANTE E EM CONTÍNUA EVOLUÇÃO: POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

MIAMI IS THE DESTINATION Lush, Tropical airs – And a non-stop, vibrant pulse...

A city that is hot, sexy, thrilling and always evolving:

73


bússula /

COMPASS

ESTA É A NOVA MIAMI Miami é uma cidade de sonhos à beira mar, que proporciona experiências culturais diversas. Desde shows da Broadway, até espetáculos fascinantes com celebridades, apresentados em estádios do tamanho de um quarteirão. Além de balé, ópera e da New World Symphony, que atualmente se apresenta na magnífica sala de concertos projetada pelo visionário arquiteto Frank Gehry. Tudo isso entre praias e ilhas ensolaradas, dentro de uma atmosfera encantadoramente tropical. Por que viver em qualquer outro lugar? THIS IS THE NEW MIAMI Miami is a city of coastal dreams, and diverse cultural experiences. From Broadway shows to riveting celebrity concerts in city-block stadiums. Plus ballet, opera and the New World Symphony now positioned in the magnificent concert hall designed by visionary architect Frank Gehry. All this among enchanting tropicality, beaches and sundrenched islands. Why live anywhere else?

DANÇA | Dance Adrienne Arsht Center for the Performing Arts Florida Dance Association, no Motion Dance Center Miami Contemporary Dance Company Momentum Dance Company TEATRO | Theater Actor´s Playhouse, no Miracle Theater Colony Theater GableStage, no Blitmore Olympia Teatro do Gusman Center Ziff Opera House, no Adrienne Arsht Center MÚSICA | Sound American Airlines Arena BankUnited Center, na University of Miami Florida Grand Opera James L. Knight Center Kingtht Concert Hall, no Adrienne Arsht Center Miami Symphony Orchestra New World Symphony The Fillmore Miami Beach, no Jackie Gleason Theater 74


75


bússula /

COMPASS

MIAMI É ARTE

O novo centro global de arte nos Estados Unidos – Miami é o centro da arte na Riviera Americana. Nos últimos dez anos, Miami se tornou a verdadeira Meca da arte, graças, em grande parte, ao sucesso da Art Basel Miami Beach, a maior e mais prestigiosa feira de arte da América, que desde 2002 atrai centenas de milhares de pessoas todos os anos. Museus de arte de toda a região exibem suas coleções e a feira recebe impressionantes mostras itinerantes. Entretanto, a cena é realmente definida pelas florescentes galerias de artes e pelas impressionantes coleções privadas da região.

MIAMI IS ART American´s NEW GLOBAL ART HUB – Miami is the art nexus on the American Riviera. Over the past 10 years, Miami has become a true art mecca, thanks in no small part to the success of Art Basel Miami Beach, the biggest and most prestigious art fair in America, which attracts hundreds of thousands of people every year since 2002. Art museums throughout the area are boosting their collections and hostingexciting traveling exhibitions. But it is the burgeoning art neighborhoods and several impressive private collections that define the scene.

MUSEUS E COLEÇÕES PRIVADAS | Museums/Private Collections Bass Museum of Art De la Cruz Collection Contemporary Art Space Frost Art Museum Lowe Art Museum Miami Art Museum Museum of Art (Fort Lauderdale) Museum of Contemporary Art (North Miami) Rubell Family Collection The Margulies Collection, no Warehouse The Wolfsonian 76


77


bússula /

COMPASS

MIAMI É GOURMET

FRUTOS DO MAR LOCAIS, FRESCOS. Delícias do Caribe. Favoritos cubanos. Delícias italianas. Tapas criativas. Clássicos franceses. Comfort food de luxo. Combinações asiáticas de dar água na boca. O que você quiser. Miami tem tudo isso. Um paraíso para gourmets e para os que querem ver e ser vistos. E não se esqueça dos chefs famosos: Michelle Bernstein, Daniel Boulud, Scott Conant, Jonathan Eismann, Todd English, Alfred Portale, Douglas Rodriguez, Michael Schwartz e outros… MIAMI IS GOURMET Fresh, local seafood. Caribbean delights. Cuban favorites. Italian delicacies. Inventive Tapas. French classics. Deluxe comfort food. Mouth-watering Asian fusion. You name it. Miami´s got it. A food scene for gourmets and those who want to see and be seen. And don´t forget the celebrity chefs: Michelle Bernstein, Daniel Boulud, Scott Conant, Jonathan Eismann, Todd English, Alfred Portale, Douglas Rodriguez, Michael Schwartz and more…

OPÇÕES DE RESTAURANTE | Restaurant of Choice Bond St. Casa Tua Caviar Kaspia DB Bistro Moderne D. Rodriguez Cuba Hakkasan II Gabbiano Gotham Steak La Piaggia Meat Market Michael´s Genuine Fodd & Drink Michy´s 78

Mr. Chow Nobu Pacific Time Philippe Prime 112 Scarpetta Sra. Martinez STK Sugarcane Raw Bar Grill The Forge Zuma


79


bússula /

COMPASS

MIAMI É FASHION

Para apreciadores de moda e design, Miami oferece uma incrível variedade de opções para compras: o elegante complexo ao ar livre em Merrick Park; as boutiques e os showrooms da moda da Lincoln Road para uma aventura entre pessoas famosas; lojas artigos de luxo conceituais de alto custo, como as de Miami Beach; e as inigualáveis lojas de Bal Harbour, o mais exclusivo shopping center dos Estados Unidos. MIAMI IS FASHION For fashionistas and design-conscious buyers, Miami has an incredible variety of shopping options: the elegant, alfresco complex at Merrick Park; the trendy boutiques and showrooms in the people-watching experience on Lincoln Road; high-end concept stores like the on Miami Beach; and the unmatched Bal Harbour Shops, the most distinguished shopping mall in the United States.

PRINCIPAIS LOJAS | Top Shops Bottega Veneta Christian Dior Christian Louboutin Ferragamo Fendi Georgio Armani Gucci Hermes Lanvin Louis Vuitton Marc Jacobs 80

Marni Michael Kors Prada Ralph Lauren Roberto Cavalii Roger Vivier The Webster Thomas Pink Versace Y-3 Yves Saint Laurent


81


bússula /

COMPASS

MIAMI É ESPORTE

Em Miami, o glamour e o sol brilham também no mundo dos esportes. Torneios de tênis repletos de celebridades, em Key Biscayne; corridas de lanchas off-shore disputadas em águas azul-turquesa faiscantes; corridas NASCAR e INDY CAR; emocionantes partidas internacionais de pólo na praia; e jogos de basquete impressionantes, disputados em arenas na beira da praia – tudo isso está lá, e sempre com uma boa dose de glamour exótico. MIAMI IS SPORTS In Miami, glamour and sunshine shimmer all over the word of sports as well. Star-studded celebrity tennis tournaments on Key Biscayne; offshore powerboat racing on dazzling turquoise waters; NASCAR and Indy Car Championships; thrilling international polo matches on the beach; and larger-than-life basketball games in a splendid bayfront arena it´s all here, and always with a good dose of exotic glitz.

EVENTOS ESPORTIVOS | Sporting Events NASCAR e INDY CAR, na Homestead-Miami Speedway International Polo Club Palm Beach ISAF Sailling World Cup Miami Beach Polo World Cup Miami Heat e American Airlines Arena Sony Ericsson Open Sunny Isles Beach Offshore Powerboat Challenge Miami Super Boat Grand Prix 82


83


bússula /

COMPASS

MIAMI É VIDA NOTURNA

Seja um passeio de bar em bar pela famosa e iluminada Ocean Drive ou uma eletrizante aventura pelas casas noturnas para dançar com algumas das pessoas mais sexy do planeta, esta cidade tem muito para oferecer. Você pode esbarrar em celebridades em South Beach ou sentar sozinho em uma cabana VIP privativa, com uma garrafa de Dom Pérignon. Para cada noite passada em Miami há uma história para contar.

MIAMI IS NIGHTLIFE Wether it´s an eletric, neon permeated bar-hopping promenade on the famed. Ocean Drive strip or an exhilarating nocturnalclub adventure to dance with some of the hottest people on the planet, this city has so much to offer. You can rub shoulders with celebrities on South Beach or do your own thing with a bottle of Dom in your private VIP cabana, but remember, there´s a story to tell for every night out in Miami.

LUGARES DA MODA | Hot Spots Coco de Ville, Louis e Plunge Bar, no Gansevoort Hotel Club LIV, no Fontainebleau Florida Room e Rose Bar, no Delano Mansion Mokai Mynt Rok Bar Skybar, no Shore Club Set Wall e The Living Room, no W Hotel 84


85


bússula /

COMPASS

MIAMI É O LUGAR PARA VIVER

Sol eterno, praias cristalinas, belezas naturais, comida excelente, arte, vida noturna e uma mistura excitante de culturas de sangue quente – isso é Miami. Porém, há sempre mais para descobrir e quanto mais tempo você passa em Miami, mais você encontra jóias e tesouros escondidos. Cada bairro é único, desde as fabulosas casas de Coral

MIAMI IS THE PLACE TO LIVE

Gables e das torres de condomínio na Brickell

Eternal

Avenue, até os novos edifícios de tirar o fôlego de

great food, art and nightlife, and an exciting mix of

South Beach, como o W Hotel & Residences.

hot-blooded cultures – that´s Miami in a nutshell. But

sunshine, pristine beaches, natural beauty,

there´s always more to discover, and the more time you

Com todas essas opções de vida disponíveis, é fácil ficar desorientado. E é aqui que nós entramos: a

spend here, the more you´ll come across hidden gems and treasures. Each neighborhood is unique, from the fabled homes in Coral Gables and towering condos on

Artefacto, a renomada marca de design interior

Brickell Avenue to breathtaking new buildings on South

e estilo de vida de luxo, comandada por Paulo

Beach, such as the W Hotel & Residences.

Bacchi, uniu suas forças às da Piquet Realty, uma empresa internacional com soluções residenciais inovadoras, fundada pelo brasileiro Cristiano Piquet, para fornecer a você o pacote residencial

disoriented. That´s where we come in. Artefacto, the renowned high-end Brazilian interior design and lifestyle brand, helmed by Paulo Bacchi, has joined forces with

ótimo, mais adequado às suas necessidades e

Piquet Realty, an international firm of innovative real

desejos. Pense nisso como a solução ideal para

estate solutions founded by Brazilian native Cristiano

encontrar o sonho da sua vida em Miami: Piquet

Piquet, to provide you with the optimal residential

ajuda você a encontrar a casa ou o condomínio

package most fitting to your needs and desires. Think of

perfeito, enquanto, a Artefacto e Bacchi preparam um pacote personalizado de decoração, com um toque final e exclusivo de Miami. 86

With all the available living options, it´s easy to become

it as the ideal conduit to pursue your dream-life in Miami: Piquet helps you find your perfect home or condo, while Artefacto and Bacchi simultaneously prepare a custom interior package for the ultimate, distinctive Miami look.


87


brasil no mundo /

BRAZIL IN THE WORLD

O Luxo dos Vestidos Made in Brazil

Fabulous dresses Made In Brazil POR/BY Helena Montanarini fotos/photos Divulgação

COM TRABALHO QUE VALORIZA O ARTESANATO E JOIE-DE-VIVREBRASILEIROS, CARLOS MIELE SE DESTACA NO HALL DE ESTILISTAS RENOMADOS INTERNACIONALMENTE. With his work that celebrates the craftsmanship and joie-de-vivre of Brazil, Carlos Miele is among the most renowned international designers.

N

ascido em São Paulo e com criações disputadas por celebridades, Carlos Miele pode dizer que conquistou a América. Desde a abertura de sua loja em 2003 no Meatpacking District, em Nova York, suas criações agradaram a crítica internacional e fizeram de suas roupas escolhas acertadas para os eventos de red-carpet ao redor do globo. Considerado por Suzy Menkes, do The International Herald Tribune, como “mestre das cores vibrantes e do delicado trabalho artesanal” e “por ter levado o artesanato ao nível da alta-costura”, o designer sempre obteve uma excelente repercussão junto à imprensa internacional e principais formadores de opinião nos 14 desfiles apresentados na Semana de Moda de Nova Iorque, da qual faz parte atualmente.

W

ith celebrities clamoring to wear a Carlos Miele creation, the designer, born in São Paulo can say that he has conquered America. Since opening his store in 2003 in the Meatpacking District, in New York, Miele’s creations have been lauded by

international critics, making them the right choice when choosing something for the red carpet anywhere in the world. Considered by Suzy Menkes, of The International Herald Tribune, as the “master of vibrant colors and of delicate handiwork,” and “for having brought craftsmanship to the level of haute couture,” the designer has always been very well received by the international press and the top opinion makers in the 14 runway shows presented during New York Fashion Week, of which he is currently a part.

88


89


brasil no mundo /

BRAZIL IN THE WORLD

Sua capacidade em combinar design com consciência social permitiu que ele desenvolvesse parcerias inovadoras com cooperativas artesanais de diversas regiões do país, entre elas a Coopa-Roca, localizada na favela da Rocinha no Rio de Janeiro e parceira do designer há 10 anos. Miele traz as técnicas artesanais do dia-a-dia, que estavam aos poucos sendo esquecidas, como o fuxico, bordados à mão e valorização de materiais naturais. Com inspiração na moda praia, a coleção de verão 2011 do estilista se mostra não apenas autêntica, como também fácil de ser compreendida e vestida. Opções de blusas e vestidos com estampas de ondas abstratas parecem ter sido inspiradas no pôr-do-sol e litoral brasileiro. Os tons de azuis e corais se misturam às cores neutras tanto em vestidos longos para noite quanto em calças e saias para eventos diurnos.

H

is ability to mix design with social awareness has allowed him to develop innovative partnerships with crafts cooperatives in several regions of Brazil, among these is Coopa-Roca, located in the Rocinha shantytown of Rio de Janeiro, which has partnered with Miele for 10 years. Miele uses day to day

crafts techniques, which were being forgotten little by little, such as the rosette, embroidery done by hand, and appreciation of natural materials. The designer’s 2011 summer collection is inspired by beachwear and is not only authentic, but also easy to understand and wear. Choices of tops and dresses with abstract wave prints seem to have been inspired by the sunset at the Brazilian seaside. Blue and coral tones mix with neutral colors in both long evening dresses as well as in pants and skirts for day.

90


A CONQUISTA DA AMÉRICA Em agosto de 2005, o estilista se tornou membro do CFDA, o conceituado Conselho de Designers de Moda da América e considerado como um dos designers que representa “o futuro da moda” pelo jornal WWD. Convidado para integrar o seleto grupo que inclui nomes como Marc Jacobs, Carolina Herrera, Oscar de la Renta, Narciso Rodrigues e Ralph Lauren, Carlos Miele consolidou seu trabalho internacional e a marca que leva o seu nome se tornou a primeira brasileira a integrar a organização. No final de 2007, o paulistano apresentou ao mercado sua nova linha casual, a Miele. Com lojas no Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Londrina e Curitiba, a marca também é vendida em importantes lojas em mais de 24 países. Há 2 anos, a Miele teve sua primeira

loja internacional inaugurada em Miami e em maio de 2009 foi lançada a Miele Denim, uma coleção de jeans Premium, ultra-luxuosa criada e fabricada no Brasil para conquistar o mercado internacional. Atualmente as coleções de Carlos são vendidas em 27 países e agradam celebridades como Jennifer Lopez, Sandra Bullock, Alice Braga, Eva Longoria, Sarah Jessica Parker, Beyoncé, Heidi Klum, Alicia Keys, Brooke Shields e Camila Belle - eleita a nº 1 na lista das “10 mais bem vestidas” da Vogue América. Em 2010, ganhou destaque na imprensa ao ter uma de suas criações no seriado Gossip Girl. A protagonista Serena, interpretada pela atriz Blake Lively, apareceu com um vestido curto assimétrico de jérsey com aplicação de bordado no ombro, que logo virou hit entre garotas do mundo todo.

THE CONQUEST OF AMERICA In August 2005, Miele became a member of the CFDA, the respected Council

in Miami and in May 2009, Miele Denim was launched; the denim line is

of Fashion Designers of America, and is considered by the WWD newspaper to

a collection of premium, ultra-luxurious jeans created and manufactured in

be one of the designers who represents “the future of fashion.” Upon being

Brazil to win over the international market. Currently, Carlos’ collections are

invited to join this select group whose other members include Marc Jacobs,

sold in 27 countries and his clothes dress stars such as Jennifer Lopez, Sandra

Carolina Herrera, Oscar de la Renta, Narciso Rodrigues, and Ralph Lauren,

Bullock, Alice Braga, Eva Longoria, Sarah Jessica Parker, Beyoncé, Heidi Klum,

Carlos Miele consolidated his international work and the brand that carries his

Alicia Keys, Brooke Shields, and Camila Belle (who was named number 1 on

name became the first Brazilian brand to be a member of the organization. In

Vogue America’s “10 best dressed” list). In 2010, he gained notoriety in the

late 2007, the São Paulo native presented his new casual wear line, Miele. The

press when one of his creations was featured in Gossip Girl. The main character

brand has stores in Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Brasília, Belo Horizonte,

Serena, played by actress Blake Lively, appeared wearing a short asymmetrical

Londrina, and Curitiba and is also sold in major stores in over 24 countries.

jersey dress with an embroidered appliqué on the shoulder, which became a

Two years ago, the first international store for the Miele line was inaugurated

hit among girls around the world.

91


brasil no mundo /

BRAZIL IN THE WORLD

ARTISTA PLURAL Miele é também um artista multimídia que optou por um sistema informal para sua formação em artes. Sempre em constante experimentação, ele apresenta um trabalho que transita entre diferentes fronteiras e linguagens, concebendo performances de arte - tanto para palcos quanto para ruas, seriações fotográficas, livros e roteiros para vídeos de arte. Suas obras já foram apresentadas em museus e instituições de arte como o The Metropolitan Museum of Art, o The John Kennedy Center for the Performing Arts e o Museu de Arte Contemporânea (MAC) além de participar de diversas exposições individuais e coletivas em países como EUA, Inglaterra, Itália, Suíça, Nigéria, Holanda. Em recente entrevista, declarou: “O luxo, hoje, precisa inventar. As marcas não podem simplesmente fazer produtos. Elas também precisam construir ambientes que criem a experiência da marca. Que integrem arquitetura, arte, design, comércio e natureza”. O mérito de Miele está na sua persistência e coragem de buscar seus objetivos, atributos que o colocaram no auge da moda mundial. PLURAL ARTIST Miele is also a multimedia artist who chose an informal system for his education in the arts. He is constantly experimenting and his work moves between different borders and languages, conceiving of art performances – both for the stage as well as for the streets, photographic series, books and scripts for art films. His work has been shown in museums and institutions such as The Metropolitan Museum of Art, The John Kennedy Center for the Performing Arts, and the Museu de Arte Contemporânea (MAC), and he has also taken part in several individual and collective expositions in the USA, England, Italy, Switzerland, Nigeria, and Holland. In a recent interview, he stated that: “Luxury, today, needs to be invented. Brands cannot simply make products. They also need to build environments that create the brand’s experience. They integrate architecture, art, design, commerce, and nature.” Miele’s merit lies in his persistence and courage in seeking out his goals, features that place him at the top of global fashion.

92


Primeiro fabricante de ofur么 artesanal de madeira do mundo com o selo FSC Executamos projetos personalizados

Tel.: (11) 5505-4433 - banheiraofuro.com.br 93


Cultura /

culture

a casa das

artes Art House

Desde sua inauguração em 2006, o magnífico Adrienne Arsht Center colocou Miami na rota de grandes performances artísticas. Since its inauguration in 2006, the magnificent Adrienne Arsht Center has placed Miami on the circuit of great artistic performances. POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

94


O Adrienne Arsht Center se destaca por sua arquitetura contempor창nea em downtown Miami. Adrienne Arsht Center contemporary architecture brights in downtown Miami

95


Cultura /

P

culture

or muitos anos, o terreno localizado perto da ponte que liga downtown Miami para as praias foi um grande depósito de uma loja de departamento. Um prédio construído em 1929, antes da onda Art Deco que tomou a cidade na década de 30, fez com que ele ficasse datado e no esquecimento. O rápido crescimento da cidade fez com que ela ficasse sem um centro de cultura adequado à sua importância. Em 2001, para celebrar a revolução cultural que estava havendo na cidade, deram início às obras do Performing Arts Center. Cinco anos mais

F

tarde, Miami finalmente inaugurou o seu centro de artes, o segundo maior em área dos Estados Unidos, atrás apenas do Lincoln Center de Nova York. Com projeto arquitetônico do argentino Cesar Pelli e acútica projetada pelo renomado escritório Russell Johnson of Artec, o espaço foi construído pela incorporadora brasileira Odebrecht. O PAC, como foi chamado desde sua inauguração em 2006, mudou de nome em 2008 para Adrienne Arsht Center, depois de uma doação de 30 milhões de dólares feitas pela empresária e filantropa Adrienne Arsht.

or many years, the land located next to the bridge that connects downtown Miami to the beaches was a large warehouse for a department store. The building was constructed in 1929, before the wave of Art Deco that swept the city in the ‘30s, meaning that it was dated and forgotten. The city’s rapid

growth caused it to be without a cultural center that was at the same level as the city. In 2001, to celebrate the cultural revolution that was taking place in the city, work began on the Performing Arts Center. Five years later, Miami finally inaugurated its arts center, the second largest in area in the United States, with the Lincoln Center in New York being the largest. It was designed by Argentine architect Cesar Pelli and the acoustics were done by the renowned Russell Johnson of Artec firm. Construction was done by Brazilian developer Odebrecht. The PAC, as it has been known since its 2006 inauguration, changed its name in 2008 to the Adrienne Arsht Center, after a 30 million dollar donation was made by businesswoman and philanthropist Adrienne Arsht.

96


A acústica do Concert Hall impressiona pela qualidade e precisão. Concert Hall’s acoustics amazes the audience for its quality and precision.

O centro e seus eventos O complexo cultural é composto por 3 principais espaços. O Ballet Opera House acomoda 2,4 mil pessoas sentadas e que costuma receber balés, óperas, musicais e shows. No Concert Hall, projetado para apresentações de orquestras sinfônicas, 2,2 mil pessoas podem ser acomodadas sentadas. Essa sala pode ser transformada em um enorme salão, quando um piso falso é colocado por cima das cadeiras, e uma pista de dança é formada, capaz de alocar até 850 pessoas para jantares e bailes formais.

O terceiro espaço é o Studio Theater, comumente usado para apresentações menores de teatro e música. Um espaço de tamanha proporção virou casa para as principais organizações artísticas da cidade. Ocupam o local atualmente a Florida Grand Opera e o Miami City Ballet. Enquanto aguarda o final da construção de sua sede em Miami Beach projetada por Frank Gehry, a New World Symphony também divide o espaço.

The center and its events The cultural complex is made up of 3 main spaces. The Ballet Opera House holds 2,400 seats and usually receives ballets, operas, musicals, and shows. The Concert Hall, designed for symphonic orchestra performances, holds 2,200 seats. This hall can be transformed into a huge ballroom, when a false floor is placed on top of the chairs, forming a dance floor which can hold 850 people for dinners and formal dances. The third space is the Studio Theater, which is usually used for smaller theatrical and musical presentations. Such a space with these dimensions has become the home of the city’s top artistic organizations. The Florida Grand Opera and the Miami City Ballet currently occupy the space. While awaiting for construction to finish on its Miami Beach headquarters, designed by Frank Gehry, the New World Symphony is also sharing the space.

97


Cultura /

culture

O centro de artes e espetáculos nasceu como

símbolo de uma nova Miami,

preocupada com cultura e entretenimento. The arts center was born as a symbol of a new Miami, concerned with its culture and entertainment.

O lobby do Ballet Opera House mescla a construção contemporânea com elementos Art Déco The lobby at the Ballet Opera House mixes contemporary constructions with Art Déco elements.

Passado, presente e futuro Pelos palcos do Adrienne Arsht Center já passaram nomes como Gloria Estefan, Paul McCartney, o grupo de dança e música Fuerza Bruta e, agora em Agosto de 2010, a nossa cantora Gal Costa. Na agenda de shows do próximo ano, destacam-se grandes montagens de musicais da Broadway, como Bela e a Fera, Hair, Dreamgirls e o premiado Jersey Boys, além da dançarina mexicana Tania Perez-Salas e os comediantes stand-up Jerry Seinfeld e Whoppi Goldberg. De olho nas próximas gerações, o centro de artes performaticas oferece cursos para seus expectadores, com a finalidade de educar as futuras audiências em montagens clássicas e contemporâneas. Grandes companhias americanas também distribuem bolsas de estudo para os jovens artistas revelações, incentivando cada vez mais a qualidade de espetáculos do Centro Artístico de Miami. O Adrienne Arsht Center está localizado em: 1300 N. Biscayne Blvd. Miami, FL 33132. Info: +1 (305) 949-6722

Past, present and future Stars such as Gloria Estefan, Paul McCartney, and the dance and music group Fuerza Bruta have already graced the stages of the Adrienne Arsht Center and, now in August 2010, Brazilian singer Gal Costa will too. The schedule of shows for next year includes lavish Broadway musical performances such as Beauty and the Beast, Hair, Dreamgirls and the award-winning Jersey Boys, as well as Mexican dancer Tania Perez-Salas and stand-up comedians Jerry Seinfeld and Whoopi Goldberg. With an eye to future generations, the performing arts center offers its spectators classes aimed at educating future audiences in classical and contemporary stage set ups. Major American companies have also handed out scholarships to up and coming young artists, increasingly providing incentives for quality performances at Miami’s Center for the Arts. The Adrienne Arsht Center is located at: 1300 N. Biscayne Blvd. Miami, FL 33132. Information: +1 (305) 949-6722

98


100

Ace of the racetrack

CONFESSIONS

ÁS DAS PISTAS

confissões /

ESTRELA DA FÓRMULA INDY, O PILOTO HÉLIO CASTRONEVES BRILHA NOS EUA COMO CAMPEÃO DO PROGRAMA DANCING WITH THE STARS. Hélio Castroneves, star of the IndyCar Series, shines in the USA as the winner on the Dancing With The Stars TV show. POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

R

esidente de Miami desde 1996, o piloto de Fórmula Indy é hoje o maior nome brasileiro do automobilismo de sua categoria. Com 35 anos, teve como auge de sua carreira três vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis, em 2001, 2002 e 2009. Ao comemorar uma difícil vitória em 2000, em Detroit, subiu na grade junto ao público e ganhou então o apelido de Homem-Aranha da Indy. Na vida pessoal, a grande realização é sua filha de oito meses, Mikaella. Hélio também ganhou as manchetes recentes dos Estados Unidos ao ser o campeão do programa Dancing With The Stars. A seguir, Hélio nos conta sobre o começo de sua carreira, a popularização da Indy no Brasil e sua pesada rotina de treinos e corridas.

A

resident of Miami since 1996, the Indy Racecar driver is today the biggest name on the Indy circuit to come out of

Brazil. At 35 years old, he reached the top of his career with three wins at the Indianapolis 500 in 2001, 2002, and 2009. When he celebrated a hard-fought win in 2000, in Detroit, he ran to where the crowd was and climbed the fence, after which he gained the nickname of the Spider-Man of Indy. In his personal life, his greatest achievement is his eight-month old daughter, Mikaella. Hélio has also recently been in the headlines in the United States since he was named the winner of the Dancing With The Stars TV show. Below, Hélio tells us about the start of his career, how Indy is gaining popularity in Brazil, and his heavy-duty training and race routine.


101


confissões /

CONFESSIONS

B&C: Quando você começou a correr, o Brasil tinha grandes campeões de automobilismo, tanto na Fórmula 1 como na Indy, com Gil de Ferran e Emerson Fittipaldi. Como foi a entrada no automobilismo e a decisão de correr a Fórmula Indy? HC: Eu comecei a correr no kart em 1987 e meu sonho era ser piloto de Fórmula 1, como acontecia com praticamente todos os pilotos da minha geração. Fiquei no kart até o final de 1991 e conquistei vários títulos, com o Brasileiro, o Paulista, o Paulistano, Campineiro, etc. Corri em 1992 na Fórmula Chevrolet e nos dois anos seguintes na Fórmula 3 Sul-americana. Tudo isso enquanto morava em Ribeirão Preto. Em 1985 fui correr na Europa e participei do Campeonato Inglês de Fórmula 3. Eu estava, realmente, traçando o caminho para a Fórmula 1. Mas foi aí que surgiu uma oportunidade, através de um patrocinador, para fazer um teste na Indy Lights nos Estados Unidos. Felizmente fui bem, os caras gostaram de mim e eu da categoria. Recebi uma proposta que me agradou e me transferi para a Indy Lights. Passei dois anos na categoria, que é o último degrau antes da categoria principal, e estreei na Indy em 1998, e estou aqui até hoje sem planos de aposentadoria.   

B&C: When you first began racing, Brazil had big-time racecar champs, both in Formula 1 and in Indy, such as Gil de Ferran and Emerson Fittipaldi. What was it like getting into racecar driving and how did you decide to do Indy? HC: I started out in kart racing in 1987 and my dream was to be a Formula 1 driver, which is the case with almost all of the racecar drivers of my generation. I stayed with kart racing until the end of 1991 and won several titles, such as the Brasileiro, the Paulista, the Paulista, Campineiro, etc. In 1992, I raced in the Formula Chevrolet and in the next two years, in the Formula 3 Sudamericana. All of this was when I was living in Ribeirão Preto. In 1985, I went to Europe to race and I took part in the British Formula 3 Championship. I was actually working towards going into Formula 1. But, that was when an opportunity came up, through a sponsor, to do a test run at the Indy Lights in the United States. Fortunately I did well, the guys liked me and I liked the category. I got an offer that I liked and I transferred to the Indy Lights. I spent two years in the category, which is the last step before the main category, and I premiered in the Indy in 1998, and I’m still here and I have no plans of retiring.

B&C: A popularização da Indy no Brasil deve muito ao seu trabalho. Este ano tivemos a primeira corrida em território brasileiro, e já há grande expectativa para 2011. Qual a sensação de tornar-se uma referência em um esporte ainda sendo popularizado no País? HC: Fico agradecido por suas palavras e digo que é uma satisfação muito grande ser reconhecido pelo meu trabalho. Obviamente que eu dou a minha contribuição para a popularidade da Indy no Brasil, mas é um esforço de todos os pilotos da categoria, da atualidade e do passado, além dos organizadores e responsáveis pelas corridas aqui. Foi uma alergria muito grande para todos nós, pilotos brasileiros da Indy, correr em São Paulo em março último e foi um ato heróico organizar tudo aquilo em tão pouco tempo. Para 2011, tenho certeza, vai ser muito melhor. 102

B&C: The growing popularity of Indy in Brazil is due in large part to your work. This year, we had the first race in Brazil, and there is already a lot of expectation for 2011. How does it feel to have become a reference in a sport that is still gaining popularity in Brazil? HC: I’m thankful for your words and I would say that it makes me extremely happy to be recognized for my work. Obviously, I have contributed to popularizing Indy in Brazil, but it is a joint effort among all of the drivers in the category, from the past and the present, as well as the organizers and everyone responsible for the races here. We, the Brazilian Indy drivers, were all so happy to race in São Paulo last March and it has a heroic act to organize everything there in such a short time. For 2011, I’m sure it will be even better.


B&C: Como é sua rotina de treinos e viagens? HC: Eu não paro nunca. Eu viajo o ano inteiro e os compromissos dentro e fora das pistas são muito grandes. Atualmente, por uma restrição estabelecida pelo regulamento da Indy, os treinos são limitados. Mas mesmo assim, dentro dessa cota permitida, a equipe Penske está sempre preocupada em desenvolver os carros. Há os compromissos promocionais também. Veja, por exemplo, que eu estou respondendo essas perguntas para você aqui em Chicago, local da 14ª etapa do campeonato. Normalmente, você chega na cidade bem antes das atividades de pista, pois o contato com o público amante da Indy é muito gratificante e necessário para aumentar ainda mais a popularidade da categoria. Precisamos ter em mente que o público tem várias opções de esporte para acompanhar e torcer. Então, temos de dar o nosso melhor, sempre, para ser merecedor do carinho do público.

B&C: What is your training and travel routine like? HC: I never stop. I travel all year long and have very important commitments on and off the track. Right now, because of a restriction established by Indy regulations, training is limited. Nevertheless, within what is allowed, the Penske team is always looking to develop the cars. There are also promotional commitments. For example, you can see that I’m answering these questions for you from here in Chicago, where the 14th stage of the championship is held. Normally, you arrive in the city well before race activities begin, since contact with the Indy fans is really gratifying and necessary in order to raise the popularity of the category even more. We need to remember that the fans have many options when it comes to following and cheering for sports. So, we have to always do our best to be deserving of the love the fans give us.

B&C: Você já planeja desacelar a carreira? Quando isso acontecer, tem planos de investir em categorias de base e descobrir novos talentos? HC: Nada de aposentadoria. Quero pilotar até ficar velhinho (risos). Tenho 35 anos e no automobilismo norteamericano é muito comum pilotos com mais de 50 anos sendo competitivos e ganhando corridas. Obviamente que as corridas em monopostos não são para esse tipo de piloto, mas existe outras categorias no Estados Unidos que permitem essa permanência mais prolongada. Eu já tive equipe de Stock Car, no Brasil, e tenho planos de fazer algo nesse sentido, sem dúvida. 

B&C: Are you planning on slowing down in terms of your career? When you do, do you have plans to invest in base categories and in discovering new talent? HC: There will be no retirement. I want to drive until I’m an old man (laughs). I‘m 35 years old ad in US racecar driving it is very common to have drivers who are over 50 competing and winning races. Of course, formula cars are not the races for these kinds of drivers, but there are other categories in the United States that allow for this kind of prolonged career. I have already had a Stock Car team, in Brazil, and I have plans to do something along these lines, for sure.

103


confissões /

CONFESSIONS

B&C: Depois de tantos anos em pistas de corrida, você foi convidado para estrelar a pista de dança no programa “Dancing With The Stars”, onde foi campeão. Como foi o convite para participar e a experiência? HC: Para mim foi uma experiência totalmente nova. Aceitei o convite por causa do desafio e o meu objetivo era somente não ser desclassificado na primeira rodada. Para mim, passando da primeira degola, o que acontecesse a seguir seria lucro. Mas, sabe como é, eu me dedico muito ao que faço sempre. Então, com a ajuda da minha treinadora e parceira de dança, a fantástica atriz, cantora e dançarina Juliane Hough, dei o meu melhor, fui aprendendo e fomos avançando até vencer a grande final. Foi uma surpersa enorme, claro, mas fiquei muito contente com o resultado e a minha popularidade nos Estados Unidos, que já era grande, ficou maior ainda. Valeu muito. Mas não pense que eu sei dançar, pois não sei. Fiz aquilo tudo porque treinei bastante, cerca de oito horas por dia, coisa de atleta mesmo. Mas se tiver que fazer agora, vou ter de aprender tudo de novo (risos).

B&C: After so many years on the racetrack, you were invited to make your debut on the dance floor on the “Dancing With The Stars” TV show, which you won. How were you approached to participate and what was it like? HC: It was a totally new experience for me. I accepted the invitation because of the challenge and my only goal was not to be cut in the first round. For me, after surviving the first cut, whatever happened next would be extra. But, you know how it is, I really dedicate myself to what I do, always. So, with the help of my trainer and dancing partner, the wonderful actress, singer and dancer Juliane Hough, I gave it my best, I learned and we kept moving on until we won the grand finale. It was, of course, a huge surprise, but I was so happy with the result, and my popularity in the United States, which was already big, become even bigger. It was really worth it. But don’t think that I know how to dance, because I don’t. I did that because I trained a lot, around eight hours per day, which is really the way athletes train. But if I had to do it now, I would have to learn everything all over again (laughs).

B&C: E a vida em Miami? O que te atrai na cidade? Dizem que ela mudou muito nos últimos anos. HC: Desde que me mudei para os Estados Unidos, em 1996, moro na Flórida porque tem um clima bem parecido com o brasileiro e é um lugar muito bom para viver. Claro que não fico muito por lá, pois estou viajando o tempo todo, mas adoro o lugar. Você tem lugares maravilhosos em Miami para visitar e presença brasileira é muito grande na região, não apenas de turista mas também de moradores. Todo lugar que você vai acaba encontrando uma bandeira verde amarela. Isso é muito legal. Mas, hoje, a minha principal atividade quando estou em casa é brincar com a minha princesinha, minha filhinha Mikaella, de oito meses. Uma gatinha! 104

B&C: And life in Miami? What do you like about the city? They say that it has changed in recent years. HC: Since I moved to the United States, in 1996, I’ve lived in Florida, because it has a climate that is similar to Brazil’s and it’s a very good place to live. Of course, I’m travelling all the time, but I love it there. There are wonderful places to visit in Miami and there are a lot of Brazilians in the region, not just tourists, but residents. Everywhere you go you end up finding a green and yellow flag. That’s really cool. But, today, what I mostly do when I’m at home is play with my little princess, my baby girl Mikaella, who is eight months old. She’s so cute!


105


Refúgio /

GETAWAY

South beach Refúgio de luxo a poucos metros de

Luxury getaway right next to South Beach

DESTINO DE DESCANSO BADALADO, O FISHER ISLAND CLUB PROPORCIONA EXPERIÊNCIA ÚNICA A SEUS VISITANTES The Fisher Island Club is a well-known destination for rest, providing its visitors with a unique experience. POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

106


C

om apenas 218 imóveis, Fisher Island é um pedaço de terra ao sul de Miami Beach, cujo acesso só é feito de barco ou balsa. Apesar de ser bem perto do continente e das praias de Miami, a restrição de acesso assegura a aura exclusiva desta ilha-clube. Apesar de ser parte do município de Miami, a densidade populacional e o PIB per capita da ilha - o maior dos EUA em 2010, segundo o censo americano faz com que o local seja um mundo à parte do resto da cidade. Entre os proprietários de residências estão a atriz Julia Roberts, a apresentadora Oprah Winfrey e os tenistas André Agassi e Boris Becker.

W

ith just 218 pieces of real estate, Fisher Island is a piece of land south of Miami Beach, which can only be accessed by boat or ferry. Although it is quite close to the mainland and beaches of Miami, the restricted access ensures that this island club maintains its

exclusive atmosphere. Even though it is part of the city of Miami, the population density and GDP per capita on the island (which was the highest in the USA in 2010, according to the US census) makes this location a different world from the rest of the city. Among those who own homes on the Island are actress Julia Roberts, TV host Oprah Winfrey, and tennis players André Agassi and Boris Becker.

107


Refúgio /

GETAWAY

“MINHA ILHA POR SEU BARCO” Durante o desenvolvimento imobiliario de Miami no final do século XIX, o investidor Carl Fisher se encantou por um pedaço de terra com coqueiros e manguezais perto do continente. Depois de arrematá-la, levou centenas de navios com areia e terra para expandir aquela ilha, e transformá-la em seu paraíso particular. Em pouco tempo, a ilha dobrou de tamanho e constantes advertencias do governo local sobre a irregularidade

“MY ISLAND FOR YOUR BOAT” While Miami real estate was developing in the late 19th century, investor Carl Fisher fell in love with a piece of land close to the mainland that had coconut trees and mangroves. After purchasing the island, Fisher took hundreds of boats filled with sand and dirt out to the island to expand it and turn it into his own private paradise. In a short time, the island doubled in size and constant warnings from the local government concerning the island’s irregularity caused Fisher to become frustrated and lose his interest in enjoying the location.

108


da ilha fez com que Fisher se frustasse e perdesse o interesse em usufruir do local. Herdeiro de uma das maiores fortunas da América, William Vanderbilt interessou-se pela ilha, e ofereceu seu yatch de 250 pés em troca das terras, com o intuito de regularizar a situação e explorar a ilha. Com lendária troca feita, William construiu uma mansão em estilo Mediterrâneo de frente para o Oceano Atlântico.

William Vanderbilt, the heir to one of the largest fortunes in the US, took an interest in the island and offered his 250 foot yacht in exchange for the land, which he planned to bring up to code and exploit. Once the legendary exchange was made, William built a Mediterranean-style mansion facing the Atlantic Ocean.

109


Refúgio /

GETAWAY

HOTEL, CLUBE E SPA

HOTEL, CLUB AND SPA

Décadas mais tarde, com o crescimento de Miami, a família Vanderbilt loteou a ilha e a tornou em um clube privado, com instalações esportivas e seis restaurantes exclusivos. Os compradores dos lotes construíram residências particulares. A antiga mansão tornou-se a sede do clube, onde está instalado o exclusivo Fisher Island Hotel and Resort, membro da organização Leading Small Hotels of The World que seleciona os melhores hotéis do mundo. Os sócios do clube, residentes da ilha e visitantes do hotel podem desfrutar de seis restaurantes e bares, quatro piscinas e uma praia particular. Na marina, há equipamentos e instrutores de mergulho. Para os amantes de esportes, carrinhos estão à disposição de quem queira praticar o golfe no campo de nove buracos, assim como as dezoito quadras de tênis com piso de saibro, carpete e grama. Na hora de relaxar, o Spa Internazionale and Salon com quase 7 mil metros quadrados oferece massagens e tratamentos diferenciados para o corpo e rosto. Realmente um luxo para poucos.

Decades later, with the growth of Miami, the Vanderbilt family

110

split the island into lots and made it into a private club, with sporting facilities and exclusive restaurants. The people who bought the lots built private homes. The old mansion became the clubhouse, where the exclusive Fisher Island Hotel and Resort is located. The Resort is a member of the Leading Small Hotels of the World organization, which picks the best hotels in the world. Club members, the island’s residents, and visitors to the hotel can enjoy six restaurants and bars, four swimming pools and a private beach. There are diving instructors and equipment at the marina. For sports lovers, golf carts are available for anyone who wants to try out the nine-hole golf course and there are also eighteen tennis courts with clay, carpet, and grass courts. When it comes time to relax, the Spa Internazionale and Salon occupies almost 7 thousand square meters and offers special treatments for the body and face. It is really luxury for very few.


111


contempor창neo /

112

CONTEMPORARY


basel Miami

Uma vez por ano, sempre no início de dezembro, Miami se transforma na cidade da arte e do design.

Once a year, in early december, Miami transforms into the city of art and design.

POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

E

m uma semana, a cidade recebe milhares de visitantes, colecionadores e entusiastas da arte contemporânea e do design que interagem com uma seleção diversificada de eventos culturais. Esses eventos combinam exposições com um super programa de feiras de arte (são mais de 12 acontecendo no mesmo período!), festas e eventos culturais multidisciplinares de cinema, arquitetura, street art, música, moda e design. O início de todo esse movimento se deu há oito anos, quando, dentro da estratégia de criar um braço mais latino-americano, estreou a primeira edição da Art Basel Miami Beach. Sua contraparte europeia – Art Basel, acontece todos os anos na Basileia-Suíça e é considerada a mais importante feira de arte no mundo, possuindo uma tradição de mais de 40 anos!

O

ver one week, the city receives thousands of visitors, collectors and contemporary art and design enthusiasts who interact with a diverse list of cultural events. These events

combine shows into a mega-schedule of art fairs (more than 12 take place simultaneously!), parties, and multidisciplinary cultural events on cinema, architecture, street art, music, fashion, and design. This movement started eight years ago, when the first edition of Art Basel Miami Beach made its premiere, in an effort to create a more Latin American branch. Its European counterpart – Art Basel, takes place every year in Basel, Switzerland, and is considered to be the world’s most important art fair, with an over 40 year long tradition!

|113113


contemporâneo /

CONTEMPORARY

Caso interesseTus ut hicientem quis excea praeprestium sae nihicia voluptasInctatat ectotaque veruptiunt. Umque omnimporem aut aut unti officit emquam, imendipsa simincit, im fuga. João Mansur avalia: “Não há nada de novo acontecendo na arquitetura. A inspiração esta sempre na minha cabeça. Sou extremamente privilegiado”.

114


Art Basel Miami Beach é uma feira anual de arte contemporânea que reúne uma exclusiva seleção de boas galerias internacionais vindas de várias partes do mundo; em todas essas oito edições, o Brasil tem sido muito bem representado por galerias importantes como Galeria Luisa Strina, Galeria Marilia Razuk, Galeria Leme, Galeria Luciana Brito, entre outras. Esse ano, Art Basel Miami Beach acontecerá no período de 2 a 5 de dezembro, e como em todos os anos, as mais de 250 galerias vindas da América do Norte e do Sul, Europa, Ásia e África, ocuparão a área principal do Miami Convention Center em Miami Beach, trazendo trabalhos de mais de 2.000 artistas. Nesses dias de feira é muito comum encontrar pessoas de várias nacionalidades circulando pelos corredores, num entre e sai frenético pelos estandes das galerias; são principalmente colecionadores, artistas, curadores, críticos e art lovers, que transformam esse evento num enorme ponto de encontro para a arte e cultura! Aqui o importante é a conexão social, e nesse contexto os americanos sabem fazer negócios. Tanto os galeristas como os colecionadores competem igualmente para organizar festas, jantares e cocktails que acontecem depois das feiras. Todas as noites, durante uma semanas, sempre nesses encontros informais, em que as pessoas estão mais relaxadas, bons negócios de arte têm surgido.

Art Basel Miami Beach is an annual contemporary art fair that gathers an exclusively chosen group of good international galleries from all over the world; throughout the 8 years that it has been held, Brazil has been very well represented by important galleries such as Galeria Luisa Strina, Galeria Marilia Razuk, Galeria Leme, Galeria Luciana Brito, and others. This year, Art Basel Miami Beach will take place from December 2 to 5, and as with previous years, the more than 250 galleries from North and South America, Europe, Asia, and Africa will occupy the main area of the Miami Convention Center in Miami Beach, showcasing the work of more than 2000 artists. During the days that the fair is held, it is not unusual to find people of various nationalities walking the hallways, in a frenetic coming and going through the galleries’ stands. They are mostly collectors, artists, curators, critics and art lovers, who have transformed this event into a huge meeting place for art and culture! Social connections are what counts here, and in this respect, the Americans know how to do business. Both the gallery owners and the collectors go head to head to organize parties, dinners and cocktails that will take place after the fairs. Every night, over one week… and always in these informal meetings where people are more relaxed, good art deals take place. I usually call this fair, along with the other parallel fairs that take place, a giant amusement

| 115 115


contemporâneo /

CONTEMPORARY

João Mansur avalia: “Não há nada de novo acontecendo na arquitetura. A inspiração esta sempre na minha cabeça. Sou extremamente privilegiado”.

Eu costumo chamar essa feira, e todas as outras paralelas a ela, de um grande parque de diversão para adultos colecionadores e amantes da arte contemporânea! O astral e a energia que rondam a cidade aquecem o fraco inverno que começa a chegar! Nas feiras paralelas que acontecem na cidade durante essa semana de Art Basel Miami Beach, sempre costumo visitar as que mais trazem novidades. Não deixo de ir na Pulse Miami Fair, Art Asia, NADA Art Fair e na inédita Design Miami. Pulse Miami Fair – é a filial da feira Pulse de Nova Iorque, já está na 5ª edição em Miami e reúne um grande número de galerias americanas, sobretudo de artistas jovens, de vanguarda. As expressões de arte através de vídeos e performances são muito mostradas nos stands dessa feira. Hoje em dia, considero a Pulse como uma feira para encontrar arte não tão óbvia! Art Asia – sua maioria de expositores é asiática; nessa feira o fundamental é trazer artistas que desenvolvem trabalhos de arte com um novo e provocativo olhar da cultura oriental. NADA Art Fair – a feira reúne um público novo e jovem em termos de artistas e colecionadores. São 88 galeristas emergentes vindas de dezenove países. É a vanguarda desde a origem, como no próprio título da feira, New Art Dealers Alliance. Design Miami – Essa feira é reconhecida por trazer galerias de design que mostram mobiliário e objetos únicos ou de edição limitada; é a evidência clara dos mundos do design e da arte que se transformam em um só. Aqui o principal é o enfoque artístico para o design com status de uma obra de arte. 116

mais de 250 galerias ocuparão a área principal do miami convencial center aut unti officit emquam, imendipsa park for adult collectors and contemporary art lovers! The mood and energy in the city heat up the mild winter that is just setting in! I usually visit the parallel fairs that take place in the city during the week of the Art Basel Miami Beach that have the most new features. Don’t forget to visit the Pulse Miami Fair, Art Asia, NADA Art Fair, and the very special Design Miami. Pulse Miami Fair is the branch of the Pulse New York Fair. This is its 5th year in Miami and it gathers a large number of US galleries and especially young, vanguard artists. Expressions of art through video and performances can easily be found at this fair’s stands. Today, I would consider the Pulse to be a fair to find art that is not so obvious! Art Asia – the majority of the exhibitors are Asian. At this fair, it is fundamental to bring in artists that have developed art works with a new and provocative look at Eastern culture. NADA Art Fair – the fair brings together a new and young public in terms of artists and collectors. There are 88 new galleries from 19 countries. It has been a vanguard fair since it started, as can be seen in the title of the fair, New Art Dealers Alliance.Design Miami – This fair is recognized for bringing in design galleries that showcase furnishings and unique or limited edition items; it is clear evidence that the design and art worlds are melding into one. Here, the highlight is on the artistic approach to design with the status of a work of art


especial /

118

SPECIAL


o boom imobiliário de

MIAMI A VALORIZAÇÃO DO REAL EM RELAÇÃO AO DÓLAR E A NOVA FASE DA CIDADE ATREM CADA VEZ MAIS BRASILEIROS, QUE AGORA CONTAM COM FACILIDADES EXTRAS PARA DECORAR SEUS APARTAMENTOS NOS EUA.

THE REAL ESTATE BOOM IN MIAMI The increase in the value of the real versus the dollar and the city’s new phase are attracting more and more Brazilians, who now have additional options for decorating their apartments in the USA. POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

119


especiaL /

SPECIAL

A

crise do mercado imobiliário americano fez cair o preço dos imóveis nos grandes centros urbanos da América. Pessoas que haviam comprado apartamentos na planta não conseguiram completar a compra, pela falta de crédito disponível no mercado. Com isso, foi gerado um desequilíbrio entre a oferta de imóveis e a demanda de compradores. Combinada com a valorização do real frente ao dólar, a situação resultou em um ótimo mo-

T

mento para brasileiros investirem em uma residência nos EUA. Destino americano preferido por muitos brasileiros, Miami ainda passa por uma fase de renovação cultural, sediando eventos para todos os gostos e idades. A proximidade geográfica e grande oferta de voos também facilitam o acesso à cidade, que tem clima tropical e praias extensas. Com o aumento na procura por imóveis, imobiliárias locais passaram a focar o mercado brasileiro.

he crisis in the US real estate market caused the price of property in the

to invest in a home in the USA. As a preferred destination for many Brazilians,

country’s large urban centers to fall. People who had purchased apartments

Miami is still undergoing a phase of cultural renovation, hosting events for all

that were still being developed were unable to complete their purchases due to

tastes and ages. Its geographical proximity to Brazil and the frequent flights

the lack of available credit on the market. This caused an imbalance between

available make it easier to get to Miami, which has a tropical climate and an

the supply of properties and buyer demand. Add to that a stronger real against

abundance of beaches. With an increase in demand for properties, local real

the dollar, and the resulting situation was an excellent opportunity for Brazilians

estate agencies have begun to focus on the Brazilian market.

120


SERVIÇO EXCLUSIVO ARTEFACTO E PIQUET REALTY Para facilitar a vida de quem estiver comprando imóvel na Flórida, a Artefacto sai na frente e lança um serviço exclusivo. A partir de setembro, um representante da imobiliária sediada em Miami, Piquet Realty, terá um espaço dentro da loja Artefacto da rua Haddock Lobo, na capital paulista. Além de auxiliar na escolha da compra e oferecer oportunidades únicas para fazer negócio, o projeto das duas empresas facilitará a vida do comprador. Os imóveis comprados poderão ser decorados com os móveis da Artefacto, que se encarregará de cuidar de toda a montagem da residência, sem fazer com que o cliente precise se deslocar para acompanhar obras e recebimento de móveis. Com o auxílio da equipe de vendas da loja e dos corretores da imobiliária, o novo proprietário economizará tempo e preocupações, independentemente da ajuda de um arquiteto responsável. Paulo Bacchi, dono da Artefacto, comentou a parceria: “Queríamos sair na frente e entregar um serviço a mais. Muita gente fica receosa em comprar um imóvel fora do País porque sabe que a montagem dele vai exigir grande atenção e tempo. Agora, nossos clientes podem focar sua atenção em aproveitar a casa pronta”.

EXCLUSIVE SERVICE ARTEFACTO AND PIQUET REALTY To make life easier for new property owners in Florida, Artefacto is launching an exclusive service and gaining a leg up. Starting in September, a representative of Piquet Realty, a real estate agency based in Miami, will have an office within the Artefacto store on Rua Haddock Lobo, in São Paulo. Not only will the representative assist in making purchase choices and offer unique business opportunities, the two companies also have a plan to make buyers’ lives easier. All properties purchased will have the option of being decorated with furniture from Artefacto, which will be in charge of handling all of the home’s furnishings, without the customer having to travel in order to oversee work and receive furniture. With the help of the store’s sales team and real estate agents, new home owners will save time and worry, regardless of whether they have hired an architect to oversee their project or not. Paulo Bacchi, the owner of Artefacto, talked about the partnership and said that “we wanted to set ourselves apart and provide additional service. Many people are worried when they buy property abroad because they know that setting it up will demand a lot of attention and time. Now, our customers can focus their attention on enjoying a fully furnished home.”

121


especial /

SPECIAL

PIQUET REALTY A Piquet Realty, grande destaque entre as imobiliárias de Miami, é comandada por Cristiano Piquet. Nascido em Minas Gerais em uma família com histórico nos esportes automobilísticos, Cristiano sempre adquiriu imóveis como investimento pessoal. O que era um hobby, acabou transformando-se em profissão. Montou uma empresa que hoje é a imobiliária de maior crescimento do sul da Flórida. Seu diferencial é a ampla clientela de compradores internacionais, que conquista a confiança de quem quer vender seus imóveis em troca de representação exclusiva das propriedades.

PIQUET REALTY Piquet Realty, one of Miami’s major real estate agencies, is run by Cristiano Piquet. Born to a Minas Gerais to a family with a history in automotive sports, Cristiano had always purchased property as a personal investment. What started out as a hobby, ended up turning into a profession He set up a company and today it is the fastest growing real estate agency in southern Florida. The company is unique for its large portfolio of international buyers, which those wishing to sell their properties trust when making an exclusive listing with the agency.

122


123


BÚSSOLA TRILHA SONORA INTERNACIONAL / soundtrack

Batida Séria A serious beat O ex-piloto Raul Boesel se destaca na cena noturna brasileira. Former racecar driver Raul Boesel moves and shakes in the Brazilian nightlife scene. POR/BY Felipe Filizola fotos/photos Divulgação

A

o largar a carreira automobilistica, Raul Boesel decidiu apostar na música eletrônica. Para se tornar profissional, estudou meses com o DJ Fábio Castro antes da primeira apresentação. Depois de quase quatro anos atrás das pick-ups, Raul já passou pela fase de provação, e tem tido feedback positivo do seu público, que o acompanha na cheia agenda de festas e baladas. “Isso é a resposta ao trabalho sério e dedicação desde o inicio. Quando decidi aprender tocar, não queria que fosse apenas um hobby”, comenta. Sem se prender a um único estilo musical, Boesel acredita que o DJ deve se adaptar ao público e entender a reação de cada pista. Hoje, ele tende a focar seu som no techno e house. Além de tocar em diversos lugares do Brasil, Raul já se apresentou fora do Brasil. O maior convite no exterior, segundo ele, foi para tocar junto com o DJ Sharam, da dupla Deep Dish, na conferência de música eletrônica de Miami, a mais importante do setor, em Março deste ano. “A experiência foi incrível, por ter sido em Miami, onde morei muitos anos e de onde tenho ótimas recordações. Além, é claro, do prestigio de estar em um evento tão importante”. Quando perguntado sobre os lugares pra baladar em Miami, a resposta é rápida como suas batidas: “a clássica Mint e a famosa Space, para quem curte um som eletrônico mais pesado”.

W

hen he quit his career as a driver, Raul Boesel decided to start doing electronic music. In order to become a professional, he studied with DJ Fábio Castro for months before doing his first show. After almost four years behind the pick-ups, Raul has

already been through the testing phase and has gotten positive feedback from his fans, who follow him on his full schedule of parties and dances. “This is the answer to the serious work and dedication I put in from the start. When I decided to learn to play, I didn’t want it to just be a hobby,” he says. Boesel does not just stick to one musical style, but rather believes that the DJ should adapt to the audience and understand the reaction of each dance floor. Today, he tends to focus his sound on techno and house music. In addition to playing several places in Brazil, Raul has already done shows abroad. According to him, the best invitation he received from abroad was to play with DJ Sharam, of the Deep Dish duo, at the electronic music conference in Miami, which was held in March of this year and is the most important conference of its kind. “It was an amazing experience, because it was in Miami, where I lived for a long time and I have great memories of there. Beyond that, of course there is the prestige of being at such an important event.” When asked about the best places to party in Miami, the answer comes as fast as his beats: “Mint is a classic and there is the famous Space club, for those who like heavier electronic music.”

124 124 |


Raul leva a nova profissão a sério: “Quando decidi aprender a tocar, não queria que fosse apenas um hobby. Raul takes his new job seriously: “When I decided to learn to play, I didn’t want it to just be a hobby.


Ă€ MESASONORA / TRILHA

soundtrack

das pistas para as pistas

From the racetrack to the dance floor.

Gipsy Woman (Marcelo Nassi)

Say Something (Tovar)

Sweet Atom (Mark Henning)

Joel Star (Julian Chaptar) Kindergarten (Markus Wesen)

Deep House Giv me love (Dean Coleman Remix)

Devil Walking (Mark Knight)

Tech House

The World is Mine (Joe K Remix)

Let’s Get Back (Carlo Lio)

Come with Me (Rony Seikaly)

House Beds are Burning (Miami Chic)

The Secret (Joris Voorn)

Blue Monday (Lorne Padman & Christian Luke Remix)

Watergate (Marco Bailey)

Techno

2Gether (Roger Sanchez)

Progressive House 126 126 |


O melhor do design em iluminação

Tradição, inovação e qualidade há mais de 45 anos

Arquitetos luminotécnicos altamente capacitados para desenvolver os melhores projetos

Produtos das melhores marcas do mercado nacional e internacional de peças especiais

Consultoria e assessoria em iluminação

Profissionais com especialização luminotécnica em Frankfurt e Milão Projetos inovadores com Led’s e fibra ótica

Desenvolvimento

Atendimento por todo o estado de São Paulo

Revenda autorizada:

Avenida Ana Costa, 86 - Santos - SP

(13) 3234-3445

guidolustres@guidolustres.com.br

www.guidolustres.com.br

127


Decoração B&C.

Perfeita para o interior e exterior. B&C decoration. Perfect for indoors and outdoors.

128


129


130


Móveis rústicos e confortáveis para curtir a natureza. Comfortable and rustic furnishings for enjoying nature.

131


132


M贸veis modernos para aproveitar o Sol. Modern furniture for enjoying the Sun.

133


s u p e r s p o r t s . e x t r e m e b e n t l e y.

This is the new Bentley. Distinctive. Muscular. Extreme. A supercar propelled by revolutionary FlexFuel technology. Greater power and agility in a car without compromise, authentic in every sense. A two-seater with distinctive exterior and interior styling. A car created through the desire to explore new limits.

Representante oficial: Bentley São Paulo Showroom: Rua Colômbia 784, Jardim América, São Paulo, SP – Brasil Tel: 11 3086 8888 www.bentleysaopaulo.com.br The name ‘Bentley’ and the ‘B’ in wings device are registered trademarks. © 2010 Bentley Motors, Inc. Models shown: Continental Superports.

160

BENTLEY SÃO PAULO

B&C04  

Direção de arte em parceria com Cesar Rodriguez para Revista B&C. Set/2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you