Page 1

M

O

R

U

M

B

I

ABR 12

ano 12 | 93ª | ABR12 dolcemorumbi.com

INVADIMOS A PRAIA DELE

ANO

12

|

93a

Roger Rocha: a essência do Ultraje a Rigor, a cara do rock no Brasil.

YOU • FOCO • DMAIS • SOGOOD • MORUMBIS

Capa_93.indd 1

20/04/2012 17:44:38


2 •

Espelho_Dolce_93.indd 2

ABRIL

20/04/2012 17:47:08


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 3

ABRIL

•

3

19/04/2012 18:38:17


editorial

Fádua Capellari

ANO 12 • EDIÇÃO

93

• 2012

editorial@dolcemorumbi.com

O CRIADOR Nasci junto com o lançamento do primeiro disco de uma das bandas que vai ficar pra sempre no cenário musical brasileiro. Aprendi a gostar de rock com tios mais novos e primos moleques e cabeludos. Cresci ouvindo, dentre outras bandas dos anos 1980 e 1990, o Ultraje a Rigor. E quando vi Roger Rocha chegar, passou um filme na minha cabeça. Aos 55 anos e muitos CDs depois, ele continua com aquele mesmo jeito escrachado que nós conhecemos de shows ou da TV. Nosso vizinho, ídolo de gerações, divide com a gente um pouco das milhares de histórias que viveu. ‘Já está gravando?’, pergunta. E engrossa a voz, e fala mais alto. E a gente ouve, e divide aqui com vocês.

DIRETORIA: Denise Gonçalves

PUBLISHER

Denise Gonçalves • denise@dolcemorumbi.com REDAÇÃO E PRODUÇÃO

Fádua Capellari • editorial@dolcemorumbi.com COORDENAÇÃO

Agda Sarain • atendimento@dolcemorumbi.com ANALISTA DE MÍDIAS SOCIAIS

Raquel Bennington • socialmedia@dolcemorumbi.com ARTE / PROJETO GRÁFICO

Ari Maia • arimaia@ag33.com.br DIAGRAMAÇÃO

Marcos Müller • arte@dolcemorumbi.com REVISÃO

Roseli Gonçalves JORNALISTA RESPONSÁVEL

Fádua Capellari / MTb 60.174

10 34 52 74 90

DEPARTAMENTO COMERCIAL DIRETORA

sumário

Ana Paula Freitas • anapaula@dolcemorumbi.com REPRESENTANTES COMERCIAIS

CAPA ESPECIAL MÃOS 14 ACHADOS 19 HI-LO 22 MINHAS ESCOLHAS

Andrea Mendes • andrea@dolcemorumbi.com Lilian Videira • lilian@dolcemorumbi.com Kelly Gabarron • kelly@dolcemorumbi.com DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO

Alice Cristina Gonçalves • financeiro@dolcemorumbi.com GERENTE DE LOGÍSTICA

Sergio Falsetta • sergio@dolcemorumbi.com

CAPA MÚSICA E TECNOLOGIA 40 DO MEU JEITO 42 PREVIEW

COLABORARAM NESTA EDIÇÃO:

Amanda Medrado, Claudia Castellan, Floriano Serra, Luciano Palma, Paulo Amaral, Rosa Richter Tiragem 18 mil exemplares – IMPRESSÃO PROL DISTRIBUIÇÃO Gratuita • via courier para mailing VIP

CAPA ULTRAJANTEMENTE INQUIETO 61 APRENDI QUE... 64 CONSULTA MENSAL

CAPA ARRIBA MORUMBI 76 DESCOBRI NO MORUMBI 78 LUGAR INESQUECÍVEL

A REVISTA DOLCE é uma publicação da Página 8 Editora Ltda.-ME. A editora não se responsabiliza pelas opiniões emitidas nos artigos assinados. Ninguém pode retirar produtos nem quaisquer outros materiais em nome desta publicação sem autorização expressa, por escrito, em papel timbrado, da diretoria da Editora Página 8. CONTATOS: COMERCIAL, PRODUÇÃO E REDAÇÃO Rua Charles Spencer Chaplin, 315 - cj 02 – 05642-011 – SP Tels.: (11) 3740-3500

comercial@dolcemorumbi.com

Esta publicação pertence ao SENHOR. DOLCE MORUMBI APOIA:

CAPA MADONNA: ELA VEM AÍ!

4 •

Espelho_Dolce_93.indd 4

90 ISMÚSICA 92 ISTEATRO / ISCINEMA

escoladopovo.org

ABRIL

20/04/2012 17:48:31


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 5

ABRIL

•

5

19/04/2012 18:39:37


6 •

Espelho_Dolce_93.indd 6

ABRIL

19/04/2012 18:40:05


Por Denise Gonçalves denise@dolcemorumbi.com

AVANTPREMIÈRE

DO MORUMBI PARA O BRASIL

Nasceu aqui no Morumbi a primeira franquia de Administração e Serviços Condominiais do país. Depois de três anos de desenvolvimento – que envolveu percepO Morumbi poderá ser a região esção do mercado, pesquisas, análises jurídicas, desenvolvimento de novos procolhida para o lançamento de um cessos e softwares específicos – a Manager lançou a ideia e, em menos de um modelo inovador de serviços e TV ano, já contabiliza quatro franquias, duas em São Paulo, uma em Santos e outra interativa para o Brasil. O novo caem Curitiba. O diretor executivo da Manager, Marcelo Mahtuk, ressalta os atribunal, lançado no segundo semestre tos do negócio: “O investimento é baixo, não há limite de território em um mercade 2011 na Europa, deverá chegar do em expansão, e é altamente lucrativo, além de o franqueado contar com todo ao Brasil em breve, junto com um o nosso know-how”. O momento, agora, é de escolher bons representantes para a serviço de aplicativos de mobilidade. Uma viagem pelos sabores do bairro. é a proposta do Passaporte Gastronômico e marca. “Nosso maior desafioEssa é identifi car pessoas que sejam empreendedoras O canal permite ao assinante prodo Morumbi, que foi implantado, 2010, pelo proprietário restaurante Era Uma tenham afinidades com em a vida condominial”, finaliza do Mahtuk. duzir, editar, e partilhar conteúdos Vez Um Chalezinho..., Ricky Marcellini, e está em sua terceira edição. “Até cinco anos com amigos, além de compartilhar atrás éramos menos de 10 restaurantes. Precisávamos criar a cultura de que nós, através de Facebook e Twitter os promoradores, nos tornássemos habitués das boas casas do Morumbi. Surgiu a idéia de gramas que estão sendo assistidos fazer um guia, mas que trouxesse um atrativo a mais”. Na época, os sites de compras no canal. A ideia é disponibilizar um coletivas ainda não tinham chegado ao Brasil criando a cultura dos grandes desconpacote de televisão mais abrangente Celebridades da música, do futebol e das artes foram os grandes doadoresados itens a leilão parafoibenefi a Escola do Povo, tos, que já era o ‘atrativo mais’ dolevados passaporte. “Não fácil,ciar mas mostramos aos e de completo, com na conteúdos e de apliParaisópolis, noite de 17 abril. Gilson Rodrigues (abaixo, direita) foi o anfitrião da noite eapostando estava animado a possibilidade restaurantes queànós, ‘Chalezinho’, estávamos nossascom fichas e investindo cações multiplataforma de mostrar as realizações(incluindo que vêm sendo conquistadas pela comunidade. Um vídeo foi mostrado aos convidados,noque tambémTivemos assisna ideia de tornar o passaporte um símbolo de entretenimento Morumbi. acesso banco e informações on-Orquestra Filarmônica tiram aaapresentações de balé e da de custos Paraisópolis. Enquanto no palcoque desfinão lavam, entre itens, baterias que abrir os para que acreditassem tinha finsoutros lucrativos”. Até hojeejá line), adaptadas utilização emcom os queridos violões, a platéiapara também contava músicos Benito di Paula e Gilbert Stein, moradores do bairro e entusiastas da causa. foram distribuídos 52.000 passaportes. Segundo Ricky, esse número deve crescer, smartphone, tablet, computador e e muito. “Queremos fazer duas edições ao ano, cada uma com 30 mil exemplares”. televisão.

REPÚBLICA DO MORUMBI

UMA CAUSA A SER ARREMATADA

CONEXÃO MORUMBI-REINO UNIDO

Fotos: Mila Nagaoka

Agora, os alunos do Colégio Pentágono têm a oportunidade de fazer, no Brasil, o Ensino Médio Internacional por meio do programa IFY (International Foundation Year), da inglesa NCC, rede mundial com mais de 200 centros de ensino. Com professores nativos de países de língua inglesa, o programa é desenhado para ensinar habilidades que permitam ao aluno seguir seus estudos universitários internacionalmente, bem como prepará-lo para trânsito em situações acadêmicas e profissionais avançadas - congressos, seminários, negociação, cursos de especialização, mestrado, doutorado, bem como oportunidades profissionais em empresas multinacionais. O curso acontece simultaneamente com o Ensino Médio brasileiro.

www.dolcemorumbi.com www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 7 6-11_Apresentacao+MatDenise.indd 9

ABRIL FEVEREIRO

• •

7 9

20/04/2012 3/1/1217:49:06 6:31 AM


A NOSSA TV Acabam de ser instalados os primeiros aparelhos para transmitir os programas da Morumbi.TV em locais abertos. Os pioneiros a terem acesso à programação são os frequentadores do Shopping Open Center, que totalizam em média 45 mil pessoas por mês. ‘Tenho certeza de que essa iniciativa será um sucesso’, comenta o administrador do shopping, Adilson Marante. Além dos três aparelhos de 40 polegadas dedicados à Morumbi. TV no Open Center, em breve uma das unidades da padaria Sabor das Massas também passará a transmitir a programação local.

GUARDA-COSTAS VIRTUAL O bairro do Morumbi deverá ser o pri-

UMA BOA PIZZA, UM BOM VINHO... meiro de São Paulo a receber o piloto de implantação do guarda-costas virtual A Padaria Sabor das Massas desenvolveu uma carta de vinhos os vários Agentto. Com para ele éacompanhar possível criar uma sabores das suas pizzas. A equipe da Morumbi.TV foi à unidade Dep. João Sussumupara Hirata e rede social dedaproteção - primeiro aprovou a novidade! a família do usuário e então para seus

NO CLIMA DO DIA DAS MÃES A simpática campanha de Dia das

FICA A DICA Mães do Shopping Open Center apro-

Querxima uma os dicalojistas de ondedos encontrar um moconsumidores. Com possibilidade de participação a torista pra levar o filho a balada? Ou onde partir de compras no valor de R$ 10 comer acarajé no Morumbi? A assessora os clientes poderão ganhar prêmios de eventos internacionais Hélene Péridos próprios lojistas. caud concentrou os curiosos do bairro Veja o vídeo na Morumbi.TV no Fikadika Morumbi, perfil do Facebook

que já conta com mais de mil integrantes. amigos próximos. Diante de qualquer O grupo foi criado para a troca de sugesproblema, como acidentes, colapsos ou tões, recomendações e reclamações recrimes, a rede de proteção é avisada e poderá acompanhar o que está aconteferentes a diversos serviços criados no O lado de lá da Marginal Pinheiros tem interpretadocedo. de forma distorcida a movimentação sido feita aqui no Morumbi, sinalizando um A Polícia Militartoda também deverá que tem bairro, e é exclusivamente voltado para abandono que não existe. Os protestos nas ruas eestar as mobilizações pela internet mostram exatamente o contrário: este aqui é um lugar que integrada àfeitas solução. O programa moradores e comerciantes locais. “Semos seus moradores gostam tanto que estão até brigando para defendê-lo. Reivindicando segurança, subprefeitura, iluminação, planejamento coAgentto é instalado no celular, sua utipre me vejo na saia de negar erente de mobilidade, limpeza de praças – tudo para que oé bairro fique melhor!imperceptíSe está difícil de entender, vamos dizerjusta ao mundo quala inclué a verdalização simples e quase são de pessoas por serem de fora do bairde: “Eu AMO o Morumbi. Por isso estou aqui!” – aqui nas ruas protestando, aqui na internet trocando informações, aqui dando entrevista, aqui em vel, e a solução será gratuita, através reunião com a subprefeitura. Ficou claro? ro” comenta Helene. O sucesso do grupo de uma parceria com associações do

EU AMO O MORUMBI. POR ISSO ESTOU AQUI

bairro - sendo a Samovis, presidida por Jorge Eduardo de Souza, a pioneira.

já rendeu um encontro presencial, realizado no início de fevereiro no restaurante Atmosphere - onde a anfitriã Helene (na foto, a esq.) recebeu vários integrantes, que só se conheciam no ambiente virtual. Quer mais uma dica? Em breve deve ser organizado o primeiro bazar do grupo.

10 SETEMBRO 8 • •ABRIL

6-11_Apresentacao+MatDenise.indd 10 Espelho_Dolce_93.indd 8

3/1/1217:49:09 6:31 AM 20/04/2012


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 9

ABRIL

•

9

19/04/2012 18:40:40


estilo Por Cláudia Castelan

MÃOS ACESSÓRIOS E CUIDADOS NO INVERNO 2012 Novas tendências, novos desejos, novo folhear

incluímos aí os esmaltes. Para este inverno são

de revistas... Mas para “apontar” as tendências

os metalizados que se impõem como novidade,

da próxima estação, nada como um bom aces-

seguidos dos escuros. Só é preciso cuidado para

sório e mãos bem cuidadas para começar o tra-

não exagerar na roupa metalizada, outra ten-

balho. Não é novidade que de alguns anos para

dência, e querer combinar o esmalte. Neste caso,

cá, a indústria dos cosméticos cresceu muito, e

um basiquinho cremoso é a melhor indicação.

10 •

Espelho_Dolce_93.indd 10

ABRIL

20/04/2012 17:49:29


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 11

ABRIL

•

11

20/04/2012 17:49:36


Mas não basta apenas uma unha bem

as pulseiras também possuem um

e ficar somente com os anéis. O má-

feita, os acessórios nas mãos são in-

significado de proteção e união do

ximo de modernidade! Mas lembre-

dispensáveis em qualquer produção.

homem com as energias cósmicas.

-se, de nada adianta um acessório

Atualmente, a tendência é abusar

As bolinhas teriam “o poder” de nos

poderoso se as mãos não estiverem

das cores e volumes, brincando, as-

lembrar de afastar pensamentos e

bem cuidadas. Elas têm um papel

sim, com vários estilos diferentes a

vibrações ruins. Para quem se atra-

essencial na nossa vida e devem, as-

cada produção. Há, nos dias de hoje,

palha com tantas pulseiras e prefere

sim como as outras partes do corpo,

uma forte apreciação do estilo boho

os anéis, a dica são os double rings,

ser bem cuidadas. Para evitar racha-

chic, que é um hippie evoluído, e até

ou seja, os anéis duplos (que são

duras e ressecamento, encontramos

grifado. Entrando nessa onda, surgiu

usados em dois ou três dedos ao

no mercado vários tipos de cremes

o “pulseirismo”, a moda que usa vá-

mesmo tempo). Essa tendência foi

– com proteção solar, hidratação

rias pulseiras no estilo hippie moder-

lançada no ano passado e começou

profunda, textura fina, aroma suave...

ninha, combinadas com braceletes

aparecendo nas clutchs de Alexan-

Para ter as mãos revitalizadas, mais

de ouro e relógios de marca. O estilo

der Mcqueen, e como a ideia, além

jovens, hidratadas e macias é funda-

hi-lo tem sido marcado pelas pul-

de superoriginal, é bem bacana,

mental hidratá-las diariamente.

seiras “shamballas”, um hit mundial.

logo as antenadas de plantão de-

Não servindo apenas para enfeitar,

ram um jeito de eliminar as clutchs

Cuide-se e bons apontamentos!

AS CORES FORAM VISTAS NAS PRINCIPAIS SEMANAS DE MODA NACIONAL, E AS PRINCIPAIS MARCAS DE COSMÉTICOS JÁ LANÇARAM AS TENDÊNCIAS. AS PRINCIPAIS SÃO: » Grafite A cor será a vedete da temporada. Risqué lançou um esmalte de nome Grafite mesmo, que se assemelha com o tom a ser usado no inverno seguindo o rastro da Chanel que lançou o Graphite, que também colore de cinza e deixa o brilho prateado. » Dourado O dourado, por também possuir o brilho metalizado, estará entre os tops da temporada. Para quem deseja apostar na cor, a dica é investir no Garota da Capa, da Natura, e Filete, da Risqué. » Roxo O roxo também será visto, mas apesar de ser uma cor escura, ele estará entre os poucos esmaltes coloridos para a temporada, que pede por mais brilho e metalizado que cores. Ótimo para usar com roupas de tons neutros e com os borgonhas, já que estes tons são tendência no vestuário. » Inglesinhas Para as mulheres mais básicas, o inverno reserva unhas naturais clarinhas ou inglesinhas, que são aqueles modelos de francesinhas coloridas. Para a temporada elas ganham tons mais escuros, como o preto nas pontas e base no restante. » Café e Lilás A cor café ganha adaptações, seria um café com leite, um marronzinho que vai dar o que falar. Semelhantes a ele é possível adquirir o Particuliére (Chanel), Jackie ou Café Creme, ambos da Impala. Seguindo o mesmo estilo, está o lilás acinzentado, uma cor bem romântica e sóbria. É possível ter a cor através do esmalte Desfecho, da Colorama.

12 •

Espelho_Dolce_93.indd 12

ABRIL

20/04/2012 18:19:30


Espelho_Dolce_93.indd 13

19/04/2012 18:41:37


ACHADOS & DESCOBERTOS

S O D S O A T R H E ADCESCOB

Mavala Esmalte 226 Sparkling Morumbi Farma R$ 26,13

Fotos: Assessoria de Imprensa / Raquel Bennington

&

iem cu has b n u f e di es e mão acessórios t n e s e pre utos e m, enfeitam d gio? A o o r l p e m as de otege ia ouuvir u os dic enovam, pr o (tendênc m Quer o a d as ,r ad . Aqui postiç ratam lte metaliz s d a i h h dadas n e u u as... esma ntes, dos q odern idrata m rencia h a! Tem s d a a n r s i t l l es ul xam as, bo te dei ), crem is descolad o n r e inv as ma tono/ s para o v i s e ade

a Tá n mão

14 •

Espelho_Dolce_93.indd 14

ABRIL

20/04/2012 17:50:04


Creme para as MĂŁos R$ 16,90 Cera Nutritiva Granado R$ 18,50

Cattleya Pink Creme

Esmaltes Multi-Chromes Aurora Boreal Ludurana Drogabem R$ 17,90 cada

Lixas Coloridas Rosa Vaidosa R$ 2,90

Endurecedor de unhas Mavala Scientifique Morumbi Farma R$ 70,61 cada

Restaurador e Fortalecedor de unhas Rosa Vaidosa R$ 54,18 cada

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 15

ABRIL

•

15

20/04/2012 17:49:48


ACHADOS & DESCOBERTOS

Sabonete líquido Vivian Gray Emura Drogarias R$ 17,90

Bolsa Blue Shoes

R$ 59

Removedor de esmaltes Artdeco Kerala R$ 29,90

16 •

Espelho_Dolce_93.indd 16

Carimbo para unhas R$12,90 Esmalte para carimbo Ambos Portal Cosméticos R$ 5,80

Blue Shoes – Tel.: 3569-6668 • Cattleya – Tel.: 3749-9573 • Drogabem – Tel.: 3742-3000 • Emura Drogaria – Tel.: 3507-4829 Jorge Alex – Tel.: 2338-8620 • Morumbi Farma – Tel.: 3742-9220 • Portal Cosméticos – Tel.: 3746-9166 • Rosa Vaidosa – Tel.: 2386-8460 •Kerala – Tel.: 43063244

Carteira de mão envelope em gliter Jorge Alex R$ 149,90

ABRIL

20/04/2012 17:50:03


HI-LO

Amanda é moradora do Morumbi, publicitária e editora do blog Pop & Glam. Moda, beleza, estilo, dicas, tendências. Tudo bem acessível e com precinhos incríveis!

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 17

ABRIL

17

19/04/2012 18:42:00


18 •

Espelho_Dolce_93.indd 18

ABRIL

19/04/2012 18:42:21


HI-LO

Amanda é moradora do Morumbi, publicitária e editora do blog Pop & Glam. Moda, beleza, estilo, dicas, tendências. Tudo bem acessível e com precinhos incríveis!

BOLSABIG BOLSA A bolsa da foto é da Zara. Um sucesso da marca desde a coleção passada, que voltou com novas cores. A it girl Olivia Palermo foi clicada com a sua e as fotos – claro – apareceram em várias revistas e sites de moda do mundo todo. Além de linda, ela é XL! Cabe tudo o que a gente precisa e mais um pouco. ZARA MorumbiShopping – Av. Roque Petroni Jr, 1089 – Tel.: 2101-1950

A COBRA

DEU O BOTE!

A estampa de cobra (píton) surgiu nas coleções de verão e estampou os editoriais de moda das principais revistas. No inverno, o píton continua forte e por todos os lados. Fiz uma seleção de acessórios que amei e encontrei no nosso bairro. Vale a pena investir. A pulseira é Ciça e Renata, a bolsa é Jorge Alex e os sapatos Empório Naka. Jorge Alex – Rua Deputado João Sussumu Hirata, 120 Tel.: 2338-8620 Empório Naka Shopping Jardim Sul – Av. Giovanni Gronchi, 5819 Tel.: 3502-3770 – www.emporionaka.com.br

MIXDECORES Para deixar o look mais despojado e cheio de bossa, aposte no mix de pulseiras coloridas com strass e miçangas. Bem pertinho da ponte Cidade Jardim, fica o showroom da marca Ciça e Renata. Lá você vai encontrar bijoux de todos os tipos e para todos os gostos. Os precinhos são bem amigos e as pulseirinhas das fotos são todas de lá! Ciça e Renata Bijoux – Rua Dr. Alberto da Silveira, 77 Tel.: 3031-0542 – www.cicaerenata.com.br

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 19

ABRIL

19

20/04/2012 17:50:08


HI-LO

A M A N D A

ENTREVISTA Queridos leitores, este mês preparei uma surpresa: convidei a Renata Betti Yasuda para dar ótimas dicas para vocês. Moradora do bairro do Morumbi e blogueira do blog Amici per Amici, nossa convidada é esposa, blogueira, linda e mãe da Duda. Quem acompanha o Amici diariamente, como eu, fica por dentro das melhores dicas de moda e beleza. Dicas de maquiagem ? A Helena, que também faz o blog junto com a Renata, faz vídeos rápidos e deliciosos de ver. As dicas de make são incríveis e, acreditem: necessárias! Amo e super indico.

1

DICA DE BELEZA:

Trattare: lugar onde sempre faço pé, mão, depilação, e cabelo com aquele preço bem amigo, mesmo. É pertinho da minha casa, nunca preciso ligar e marcar hora porque sempre tem alguém disponível, e o melhor de tudo é que os serviços são impecáveis!! Anotem essa dica! O endereço é: Rua Salim Izar, 197 Jardim Guedala – Tel.: 3721-9009

2

DICA DE MODA:

Flower Power: roupas super na moda e um ótimo preço com a vantagem de não ter que ir ao shopping. Flower Power – Rua Guihei Vatanabe, 31 Tel.: 3722-1477 / 3722-2944

3 4

DICA DE CASA:

Loja Day by Day. Qualquer coisa que falta em casa corro pra lá! Tem tudo com ótima qualidade e preços incríveis. Têm também várias opções de presente e quando surge um jantar de última hora na casa de um amigo, passo lá e compro uma lembrancinha. Sempre me socorre numa emergência. Rua Dep. João Sussumu Hirata, 800 Tel.: 3739-0906

PARA CRIANÇAS:

O Espaço Infância Magic Camp é do lado da minha casa. Vou poder levar a minha filha lá para se divertir, ter contato com outras crianças e ao mesmo tempo aprender inglês. Rua Itapacurai, 170 (esquina com a Rua Dr. Chibata Miyakoshi, 90) – Tels.: 3758-0880 / 3758-1209

Renata Betti Yasuda Moradora do

Morumbi e blogueira do blog Amici per Amici

20 •

Espelho_Dolce_93.indd 20

ABRIL

20/04/2012 17:50:11


VISUALNATURAL O mercado de estética e beleza é um dos que mais cresce no Brasil e no mundo. E como a inovação não tem limites, a grande novidade no segmento de cabelos e perucas são as perucas Front Lace e Full Lace, sensação na Europa, Estados Unidos e, agora, no Brasil. Feitas com cabelos naturais ou sintéticos, os fios são costurados um a um em uma micropele, que passa a impressão de eles terem saído diretamente do couro cabeludo. Aqui no Morumbi elas estão disponíveis na Black & Orange Hair.

Fios naturais eram raros e muito caros, por isso, muitas perucas eram feitas com crina de cavalo, de bode e também com lã.

Black & Orange Hair – Av. Giovanni Gronchi, 5170 Tel.: 2339-8847

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 21

1660

foi nesse ano que a peruca se popularizou.

ABRIL

21

20/04/2012 17:50:17


MINHAS ESCOLHAS

“TODO ADOLESCENTE QUER

MUDAR O MUNDO

MAS NÃO QUER AJUDAR A MÃE A LAVAR A LOUÇA”

Essa é possivelmente a melhor frase para resumir a temida fase da adolescência. E não dá para os pais escaparem dela, apesar de serem os filhos que se acham as maiores vítimas. Esse drama mútuo é inevitável – e compreensível. Em primeiro lugar, graças aos hormônios enlouquecidos que impregnam o corpo dos jovens nessa época. Em segundo lugar, por causa dos conceitos enlouquecidos que impregnam a mente deles. “Vejo os jovens um pouco perdidos num mundo competitivo, cheio de opções e que nos exige tanto”, conta a psicóloga Triana Portal. “Hoje as expectativas são sempre muito altas, não vale HOJE AS ser médio, é como se todos tivessem EXPECTATIVAS que ser perfeitos. Isso pesa”. As exigênSÃO MUITO ALTAS. cias vão desde frequentar todas as baladas disponíveis até usar as roupas da NÃO VALE SER moda, numa cobrança por status periMÉDIO, TODOS gosamente precoce. Nessa fase de senPRECISAM SER timentos intensos, o preconceito pode PERFEITOS. se tornar a raiz de um abalo na ainda frágil autoestima do adolescente. Os problemas podem se agravar com o distanciamento dos pais. Segundo Tria-

22 •

Espelho_Dolce_93.indd 22

na, “os pais estão pouco disponíveis, seja em tempo, pois trabalham muito para dar tudo de bom para esse filho, ou mesmo emocionalmente, pois não conseguem penetrar nesse estágio tão peculiar da sua vida. Há um desconforto, como se esse filho já não fosse mais aquele velho conhecido e estivesse se tornando um estranho, uma pessoa diferente. Outros pais, ainda, estão presos nas suas bolhas e pouco se interessam por esse filho”. A pedido de Dolce, a psicóloga listou dicas valiosas para os pais lidarem com os adolescentes de hoje em dia: - Fortalecer o vínculo – os pais terão mais facilidade se sempre tiveram uma relação próxima com o filho. Se não foi assim, talvez seja a hora de vincular. Mesmo que demonstrem querer distância dos pais, nessa fase da vida há muitas inseguranças, e poder confiar e contar com os pais é importantíssimo. O ideal é fortalecer esse vínculo, mesmo que pareça difícil. - Colocar-se no lugar do outro – não adianta o pai ficar tomando por base como as coisas foram para ele décadas atrás. Ele precisa colocar-se no lugar do filho no

ABRIL

20/04/2012 17:50:19


dia de hoje e no contexto em que ele vive, para assim entender seu mundo e suas demandas. - Tolerância – não tem jeito, jovem dá trabalho, tira os pais do sério mesmo. A paciência vai ser testada, e muito, mas não desista do seu filho. Travar uma guerra com ele só vai piorar as coisas. Seja tolerante e parceiro, dessa forma o jovem passa a admirá-lo e respeitá-lo, e pensará duas vezes antes de desapontá-lo. - Modelo – salvo alguns casos de jovens estudiosos e comprometidos com seus deveres, muitos tendem a relaxar nessa fase. Chamar à atenção, dar castigo, cortar regalias talvez não seja o caminho mais efetivo. O ideal é fazê-lo refletir sobre o que quer da vida, usar como exemplos pessoas de sua admiração. O jovem precisa estar ciente de que o investimento para o futuro é agora, e o retorno vai ser proporcional ao esforço. Explique que ele vai

ter que arcar com a opção de vida que fizer. Se optar por abandonar os estudos, não vai poder chorar lá na frente porque o amigo é juiz e ganha um bom salário. - Responsabilidade pelos atos – infringiu uma regra do condomínio e levou multa, faça-o pagar com sua mesada; o jovem se indispôs com um professor e o desacatou, que se retrate. Não tome a frente para limpar tudo de errado que seu filho fizer, deixe-o experimentar o desprazer de fazê-lo. - Valor ao trabalho - falamos sobre tolerância e paciência, mas isso não significa deixar passar que seu filho perdeu o notebook, ou vive deixando seus pertences por aí sem o menor apreço. Ensinar o valor das coisas, do trabalho, é fundamental para fazê-lo mais centrado no momento e um bom cidadão para o futuro.

Dolce perguntou: qual é a maior dificuldade que você tem com seu filho adolescente?

"Minha filha de 15 anos se apaixonou por um rapaz que mora em Minas Gerais. Está fazendo de tudo para conhecê-lo, mas é difícil conseguirmos resolver, ele não tem parentes aqui para hospedá-lo. Só que ela surtou quando começamos a programar uma viagem em família para Orlando – ela diz que não vai enquanto não for para Minas!" Valéria Cidrine

"Como trabalho o dia inteiro, meu filho de 14 anos fica sozinho, acha que já é independente e pode tomar todas as decisões. Pega táxi e vai para onde quer, do jeito que quer. Pelo menos ele me avisa para onde está indo..." Lilian Araújo

"Tenho enteados adolescentes, e acho que nós, madrastas, temos mais dificuldades porque os filhos não são nossos. Ufa, eu que o diga... o ciúme, então, é dramático!" Silvane Turlão

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 23

ABRIL

23

20/04/2012 17:50:18


DESACELERE O TEMPO

NA VELOCIDADE DA LUZ Ferramenta que combate os sinais da idade, a luz pulsada intensa é um método que consiste na emissão de uma luz que recupera o colágeno e preenche o espaço entre as rugas, dando à pele um aspecto mais jovem e saudável. Na Não+Pêlo seu poder é aliado a um exclusivo gel que, com apenas algumas sessões, melhora a luminosidade e a delicadeza da pele de forma simples e segura. O procedimento pode ser realizado em diversas áreas do corpo (mãos, rosto, colo e pescoço) e o preço é bem pequenininho: só R$ 60 por área e sessão.

» VANTAGENS

Indolor, eficaz e duradouro, esse método não é invasivo, não danifica a pele e elimina consideravelmente problemas de foliculite. » GELADINHO BOM

O sistema de refrigeração Sub Zero Intenso possui efeito similar ao de uma anestesia local, o que garante um processo indolor. » TODO MUNDO PODE

Não+Pêlo Portal do Morumbi – Rua Dr. Luiz Migliano,

A luz pulsada intensa trata uma va-

1110 – lj. 09 – Tel.: 3742-7689

riedade maior de pelos, como ruivo

portaldomorumbi.sp@naomaispelo.com.br

escuro, loiro escuro e peles morenas médias.

ROUPADEFESTA A Elegance Multifashion inseriu ao seu acervo modelos super confortáveis para noivas e debutantes até a numeração 66. A loja tem oficina de costura própria, roupas masculinas e de bebês para todas as ocasiões; e também faz pacotes para diversas ocasiões, como casamentos, festas de 15 anos, formaturas e eventos empresariais, com vantagens, descontos e precinhos que valem muito a pena. Elegance Multifashion – Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1014 Tel.: 3739-4811 – www.elegancemultifashion.com.br

Foi convidada para ser madrinha? Nada de entrar em pânico por causa do vestido! Confira os modelos da Elegance.

» Alianças de casamento

Ano1800 Nessa época elas já vinham escritas com frases como ‘para sempre’ e ‘eu te amo’.

24 •

Espelho_Dolce_93.indd 24

15 Caracteres. Esse é o número máximo de letras usadas nas gravações.

18k ou 24k. Qual a aliança dos seus sonhos?

ABRIL

20/04/2012 17:50:26


» O SHIATSU

Terapia de massagem oriental de equilíbrio físico e energético. Resgata a harmonia mental e, ao mesmo tempo, alivia as tensões e o estresse. » CONSULTE SEU MÉDICO

Antes de iniciar a terapia, fale com o seu obstetra. O início só é permitido após 12 semanas, com autorização dele. » CUIDADOS

Existem pontos específicos que não devem ser estimulados durante o período gestacional. Procure um profissional especializado em gestantes para realizar o tratamento.

GRAVIDEZ SEM DORES A gravidez é um momento muito especial, mas tem lá os seus desconfortos, como retenção de líquidos, dores nas costas e interrupções no sono. Para minimizar esses males, além da drenagem linfática, existem outras técnicas que oferecem bons resultados, como o Shiatsu. Ele traz alívio profundo às dores na região cervical, torácica e lombar. Além desses pontos, também relaxa o trajeto do nervo ciático/esquiático, diminuindo os pinçamentos, dores e dormências. O Fit Spa dispõe de fisioterapeutas especialistas em obstetrícia. Isso significa relaxamento, menos ansiedade e mais bem-estar para uma gestação tranquila e muito mais saudável. Fit Spa – Rua José Ramon Urtiza, 650 Tel.: 2503-0512 / 2501-9512 www.fitspa.com.br

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 25

ABRIL

25

20/04/2012 17:50:33


PARAFINA PARA

HIDRATAR

Já ouviu falar da hidratação feita com parafina? Recomendada para peles ressecadas ou muito ressecadas, ela normaliza o pH da pele, suaviza e rejuvenesce, e pode ser feita nas mãos e nos pés. O passo-a-passo é super relaxante: primeiro usa-se um gel antisséptico para higienizar, depois é feita uma esfoliação com creme e, em seguida, aplica-se a parafina aquecida, que fica na pele por 20 minutos. Para finalizar, é feita uma massagem com creme hidratante. Bom, né? No Neo Studio a hidratação para as mãos custa R$ 26 e a dos pés R$ 39. Neo Studio – Rua José Ramon Urtiza, 522 Tel.: 3739-0909 – www.studioneo.com.br

A parafina é aplicada na pele a mais ou menos 37°. Em seguida coloca-se luvas plásticas para que o calor não se perca.

26 •

Espelho_Dolce_93.indd 26

» VELUDINHO

A parafina é absorvida e não agride a pele. Ela melhora o aspecto de rachaduras e deixa as mãos e os pés super sedosos. » O PRODUTO

A parafina é derivada do petróleo e formada por hidrocarbonetos saturados (carbono e hidrogênio). Foi desenvolvida pelo químico alemão Carl Reichenbach. » MULTIUSO

Branca, sem odor e não-tóxica, ela é usada como matéria-prima na fabricação de giz de cera, embalagens de proteção, cosméticos, alguns alimentos, tintas e combustíveis.

ABRIL

20/04/2012 17:50:37


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 27

ABRIL

•

27

20/04/2012 17:51:13


MIXDEARTES Está a fim de conhecer um pouco mais sobre o esporte que está fazendo a cabeça dos brasileiros? Pegue suas luvas, faça uma aula de MMA na Wet Academia e fique em forma para enfrentar os desafios do seu dia-a-dia. Elas acontecem às terças-feiras, às 15h, e às quintas, às 20h45. O MMA – Artes Marciais Mistas (Mixed Martial Arts) é um esporte de contato que utiliza diversas técnicas de lutas em pé e de solo, e são disputadas dentro de um Octagon. Elas se tornaram populares nos EUA em 1993, quando Rorion Gracie e outros sócios criaram o primeiro torneio de UFC. Wet Academia – Rua Domingos Olímpio, 155 Tels.: 3501-9531 / 3744-6394

As artes marciais mistas

648 d.C Os primeiros combates misturando estilos diferentes de lutas aconteceram nos Jogos Olímpicos da Grécia.

1994 Foi criado o Free Style Japan Championship ou Open Free Style Japan, eram os dois maiores torneios de MMA do mundo.

1 bilhão de dólares

Esse é o valor do UFC, que domina mais de 90% do mercado mundial de MMA.

www.wetacademia.com.br

28 •

Espelho_Dolce_93.indd 28

ABRIL

20/04/2012 17:51:24


ÓCULOS DE SOL TAMBÉM NO

INVERNO! Está pensando em renovar os armários com peças de coleção outono/inverno? Que tal mudar os óculos também? Acessório de moda importante e que confere personalidade e estilo ao visual, são eles (de grau ou de sol) que mudam a cara de qualquer look. Tendência para 2012, os de armações coloridas, gatinho e retrô chegam com tudo para completar um poderoso trio e fazer você arrasar naqueles dias onde casacos e botas são as melhores companhias. Na ótica a.Oculista, grande variedade de cores, modelos e grifes com preços acessíveis e, o melhor, pagamento em até 12x sem juros. a.Oculista – Rua Dep. João Sussumu Hirata,

Fotos: Victor Hugo

467 – Tel.: 3742-5005 – www.aoculista.com

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 29

ABRIL

29

20/04/2012 17:51:34


30 •

Espelho_Dolce_93.indd 30

ABRIL

20/04/2012 18:22:28


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 31

ABRIL

•

31

19/04/2012 18:43:10


32 •

Espelho_Dolce_93.indd 32

ABRIL

19/04/2012 18:43:28


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 33

ABRIL

•

33

19/04/2012 18:43:43


tecnologia Por Luciano Palma

MÚSICA E

TECNOLOGIA

EM TOTAL HARMONIA! Apesar de toda a badalação em torno da Geração Y , fazer parte da Geração X tem lá seus benefícios: nós vivemos as belezas de dois mundos distintos: o analógico e o digital. Presenciamos uma das maiores mudanças tecnológicas, comparável a novidades disruptivas introduzidas durante o Iluminismo ou a Revolução Industrial: a transição do mundo dos átomos para o mundo dos bits, nas palavras de Negroponte. Acompanhamos o surgimento de tecnologias que, aqueles que hoje nascem, acreditam que elas sempre estiveram aí: a telefonia celular, a

34 •

Espelho_Dolce_93.indd 34

Internet, a computação móvel... Conhecemos a música puramente analógica (como nas gerações anteriores), mas hoje desfrutamos sua versão digital (a única conhecida pelas novas gerações). Apreciar música na adolescência de um X era uma atividade recheada de romantismo e com muita interação física: me lembro que um dos prazeres era colocar, com precisão, a agulha no início da faixa, sem beliscar o final da música anterior. A sensação era de poder, literalmente, tocar as músicas.

ABRIL

20/04/2012 17:53:06


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 35

ABRIL

•

35

20/04/2012 17:53:07


ANALÓGICO OU DIGITAL? Conhecemos a música puramente analógica (como nas gerações anteriores), mas hoje desfrutamos sua versão digital (a única conhecida pelas novas gerações).

NA REALIDADE, A TECNOLOGIA NOS LEVOU ALÉM: O ENTUSIASMO COM A MÚSICA �CABE NOS MEROS 600 GB DE UM IPAD. TODO ESTÚDIO FOI PARAR ENTRE A TELA DE VIDRO E A CARCAÇA DO TABLET!

Quem gostava de música precisava ter espaço no armário para guardar os LPs, carinhosamente chamados de bolachões . Para reproduzir música com mais qualidade e potência do que proporcionavam os (nem tão) saudosos 3 em 1 , era necessário adquirir equipamentos caros, normalmente modulares: pick-ups (toca-discos) e tape-decks (toca-fitas), que eram usados aos pares para permitir a reprodução em fitas K-7; o pré-amplificador, o amplificador e um par de caixas que ocupavam um belo espaço... e isso era só o começo, pois para gravações mais interessantes ainda existiam o equalizador, o mixer, a câmara de eco e o redutor de ruídos (para lidar com o incômodo chiado produzido pelas fi-

36 •

Espelho_Dolce_93.indd 36

tas). Lendo isso hoje, a impressão é de estar montando um estúdio, mas todos esses equipamentos não eram incomuns nas casas da classe média-alta dos anos 1980. Hoje você pode fazer praticamente tudo o que toda essa parafernália proporcionava usando o mesmo notebook que você usa para trabalhar. Isso inclui armazenar todos os discos que ocupavam um armário inteiro! Com programas como o Virtual DJ, você passa a ter uma mesa de som que um apaixonado por música dos anos 1980 teria dificuldades até de imaginar! A mixagem que exigia equipamento especial e uma boa dose de treino e paciência, pode ser feita automaticamente pelo software – basta definir o tempo de transição entre uma mú-

ABRIL

20/04/2012 17:56:09


10 anos no Morumbi

40% Rack c/painel large

25%

Sofá Valência 3 lugares

40% 30%

Poltrona Francesca

Bar Flash

Rua Nelson Gama de Oliveira, 277 - Morumbi (atrás do Shopping Jardim Sul) Tel 3507-4852

Sofás Salas de jantar Racks Acessórios Camas Móveis de jardim www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 37

30% Banco Macau

Av. Ibirapuera, 3303 Loja 18 Shopping Móveis Moema Tel 5542-2539

25%

Aparador espelhado Luxor

ABRIL

37

19/04/2012 18:45:04


sica e outra. O software é tão poderoso que detecta o ritmo de cada música (bpm, ou batidas por minuto), e ajusta as duas músicas, acelerando a mais lenta e atrasando a mais rápida para que, durante a mixagem, as batidas de ambas as músicas coincidam. Tudo é feito de forma gradual, sendo praticamente imperceptível quando a mixagem é feita com músicas com ritmo parecido. Simplesmente impressionante! Na realidade, a tecnologia nos levou além: o entusiasmo com a música �cabe� nos meros 600 Gb de um iPad. Meu filho pode, hoje, fazer bem mais do que eu fazia com aquele emaranhado de metal e de cabos: ele pode PRODUZIR música com o Garage Band, um software que custa 4,99 dólares e permite criar músicas usando técnicas de �sampling� (captura de um som qualquer e modulação deste som em qualquer tom, usando tecnologia digital). Todo estúdio foi parar entre a tela de vidro e a carcaça do tablet! Meu filho nem imagina o espaço que isso ocuparia no �tempo analógico! O efeito da evolução é tão impressionante que há poucos dias, quando ele mos-

trou uma de suas �composições� a uma tia desavisada, ela ouviu e disse: “Que música bonita, eu conheço”�. Ele explicou que ela não podia conhecer, porque ele tinha acabado de compor� ali, na sala. Era verdade. Se eu tenho um Mozart em casa? Não – eu sou pai coruja, mas nem tanto! A questão é que o software é tão avançado que permite a um leigo criar arranjos que soam de forma harmônica. Ok, ok... meu filho é demais, mas o Garage Band deu uma força... rs. A evolução não para por aí. Softwares como o SoundHound ou o Shazam fazem algo que muitos classificariam como bruxaria: você instala o programa no seu smartphone, e através do microfone, ele �escuta� a música, identifica-a e pode buscá-la na Internet e reproduzi-la. Com poucos toques você pode comprar a versão original e baixá-la para o aparelho. Não ficou impressionado? Então experimente CANTAR a música para o software. Se você for minimamente afinado(a), ele também trará a música para você. Essa bruxaria tem nome: Tecnologia!

TODAS ESSAS COISAS QUE MUITA GENTE CLASSIFICA COMO BRUXARIA TEM NOME: TECNOLOGIA.

38 •

Espelho_Dolce_93.indd 38

ABRIL

20/04/2012 17:56:38


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 39

ABRIL

•

39

19/04/2012 18:45:30


DO MEU JEITO

TUDONUMLUGAR SÓ

ensa

Foto: Assessoria de Impr

Analiso cada programa que assisto, e isso já rendeu projetos interessantes.

O escritório é o meu cantinho preferido de casa. Ali, além do computador, tenho várias TVs ligadas na Record e em outras emissoras. Gosto de acompanhar a programação, analiso cada programa que assisto e, a partir disso, tento criar coisas novas para a TV brasileira. E olha que esse hábito já rendeu alguns projetos interessantes... É também o lugar onde eu leio os jornais, as revistas e meus livros. E ainda tenho o telefone ao alcance. Ou seja, é um cantinho eclético. Neste momento, venho estudando os perfis dos participantes da próxima edição de A Fazenda.

Britto Jr. é jornalista, apresentador na Rede Record e morador do Morumbi.

40 •

Espelho_Dolce_93.indd 40

ABRIL

20/04/2012 17:56:39


Espelho_Dolce_93.indd 41

19/04/2012 18:45:58


MUNDO

HIGH-TECH Produtos, recursos, possibilidades, criatividade. Isso é tecnologia!

O MUNDO NA PONTA DOS DEDOS O SmartWatch, da Sony, é o novo objeto de desejo dos antenados em tecnologia. Primeiro relógio com funções de smartphone, ele é fácil de usar, possui display touch ultra-sensível, usa o sistema Android, faz downloads de aplicativos, é compatível com a maioria dos telefones Sony Xperia e alguns aparelhos Motorola, HTC e Samsung, se conecta com o telefone via Bluetooth, oferece a opção de aceitar ou não chamadas, silenciar o microfone, acessar as redes sociais, assistir filmes e ouvir música. Sua pulseira emborrachada (e descolada!) é removível e ele pode ser preso a alças ou roupas como um clipe. Ufa! Por enquanto e, infelizmente, só está à venda nos EUA por US$ 149,99. Queremos uma pulseira de cada cor!

RECICLAGEM HIGH-TECH

ICQ NO IPAD

O Departamento de Energia do Laboratório Oak Ridge, nos Estados Unidos, desenvolveu um processo que permite a utilização do polietileno (usado em sacolas plásticas) para a fabricação de fibras de carbono (usadas atualmente em carros de corrida, equipamentos esportivos e aviões, por exemplo). Enquanto as famosas sacolinhas estão sendo banidas dos supermercados, as fibras poderão ser usadas na fabricação de materiais porosos (adequados para filtragem), catálise e colheita eletroquímica de energia. O novo processo está em fase de patenteamento e, segundo Amit Naskar, da Divisão de Ciência e Tecnologia dos Materiais, suas possibilidades de uso são infinitas. Entenda melhor aqui: www.ornl.gov.

Quem não se lembra do famoso ‘oh, ow’ do mensageiro instantâneo que virou febre no fim dos anos 1990? Segundo a desenvolvedora ICQ LLC, ele reaparecerá no iPad. O aplicativo ainda não está disponível. Em sua triunfal reaparição, ele trará suporte para bate-papo com amigos no Facebook e GoogleTalk, poderá ser configurado para receber atualizações do Facebook, Twitter, YouTube e Flickr, terá suporte para mensagens push em dispositivos iOS, as mensagens poderão ser lidas mesmo estando off, entre outras vantagens. Para matar a saudade da florzinha, baixe o seu na iTunes Store!

42 •

Espelho_Dolce_93.indd 42

ABRIL

20/04/2012 17:57:10


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 43

ABRIL

•

43

19/04/2012 18:46:17


QUE

PREGUIÇA! Os gatinhos não vão querer sair da toca.

Esse conjunto de casinha e comedouro/bebedouro superfofo foi feito especialmente para gatinhos preguiçosos, que adoram tirar um soninho no meio da tarde. Em formato oval, com cantinho escuro e aconchegante, a toca garante uma soneca mais prazerosa e com maior privacidade para os bichanos. A casinha também é de fácil limpeza, reciclável, à prova de mordidas e arranhões, antimofo, antiestático, repele poeira e não retém odor. Está à venda na Eco Pet do Brasil. Eco Pet do Brasil Rua Regente Leon Kaniefsky, 493 Tels: 3854-8223 / 3854-4557

250 Raças de gatos

2,520% Kge7Kg

15a20anos É o tempo de vida de gatinhos criados em casa

SUSTENTABILIDADESOLIDÁRIA Além de criar soluções diferentes, a Todeschini foi além e fechou duas importantes parcerias para um mundo cada vez mais integrado e atuante de mudanças. A primeira foi com o Instituto Via Viva, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que realiza ações inovadoras para um mundo sustentável e incentiva a promoção de organizações socioambientais responsáveis. A segunda foi com a Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência), uma organização filantrópica de assistência social que promove competências e visa a autonomia, a segurança e a dignidade.

É é o peso que eles atingem

» GESTÃO DE RESÍDUOS

A empresa destina ao Instituto Via Viva as madeiras que sobram das montagens para que a organização reaproveite e desenvolva trabalhos sociais e sustentáveis com portadores de deficiência. » INSTITUTO VIA VIVA

Desempenha o papel de agente integrador de tecnologia e processos, que passam a assegurar benefícios sociais, ambientais e econômicos para a humanidade. » AVAPE

Atua no atendimento, defesa e promoção de direitos, inclusão profissional, reabilitação e capacitação de pessoas com deficiência e de cidadãos em situação de risco social.

44 •

Espelho_Dolce_93.indd 44

ABRIL

20/04/2012 17:57:16


» GUERREIROS DA LUZ

Já faz um tempinho que o lançamento original do famoso jogo Final Fantasy aconteceu: foi em 18 de dezembro de 1987 para os games Famicom e MSX2. » OS MAIS VENDIDOS

A campeã mundial de games é a Nintendo, com os consoles Wii e DS, seguidos por Xbox 360 da Microsoft, e o Playstation 3, da Sony. » NÚMEROS

Uma pesquisa da agência GfK Consumer Choices revelou que, em 2011, foram vendidos 935 mil videogames no Brasil, 53% a mais que em 2010.

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 45

GAME ARTE O artista japonês Yoshitaka Amano, criador dos personagens do game Final Fantasy, se reuniu com os alunos dos cursos de Design de Animação e Design de Games, da Universidade Anhembi Morumbi, no último dia 2 de abril. Reconhecido internacionalmente por integrar o time de artistas japoneses responsáveis pela base da cultura pop contemporânea japonesa, o artista também participou do evento Game World, onde expôs 31 obras na mostra ‘Yoshitaka Amano’. Dono do estúdio ‘Studio Dev Loka’, ele conquistou o prêmio Bram Stoker em 1999, por sua colaboração na série Sandman, de Neil Gaiman.

ABRIL

45

20/04/2012 17:57:32


LIVROS E

TECNOLOGIA A Livraria Cultura disponibilizou o uso do app ScanLife. Agora os clientes podem escanear o código de barras dos produtos, acessar informações sobre o item selecionado e comprar via dispositivo móvel. Por falar em celular, uma pesquisa realizada pela Pew Internet & American Life Project com 2,2 mil americanos, revelou que 27% dos entrevistados declararam não ter finalizado alguma tarefa porque o celular não estava por perto. A mesma pesquisa revelou que 29% dos jovens entre 18 e 29 anos desligaram seus aparelhos nos últimos 30 dias para se sentirem ‘desconectados’.

46 •

Espelho_Dolce_93.indd 46

» QR CODE

É um código de barras em 2D que pode ser escaneado por aparelhos celulares que têm câmera fotográfica e serve para redirecionar o acesso ao conteúdo publicado em algum site. » EXCLUSIVIDADE

A Livraria Cultura foi escolhida pela Kipling, a famosa marca do macaquinho, como a livraria oficial para a venda da sua nova linha de papelaria. Encontre no shopping Market Place. » BRASIL, O PAÍS DO CELULAR

Só em 2011 foram vendidos cerca de 65 milhões de aparelhos celulares no Brasil.

ABRIL

20/04/2012 17:57:21


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 47

ABRIL

•

47

19/04/2012 18:46:40


PARA O SEU BENEFÍCIO Em março a Academia Kainágua recebeu a certificação Wellness Center, by Technogym. Considerada a marca mais importante em equipamentos esportivos (fornecerá e montará um centro de treinamento exclusivo para os atletas brasileiros para as Olimpíadas em Londres), a empresa testou e aprovou todos os equipamentos oferecidos pela academia da família. Academia Kainágua Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 515 Tel.: 3628-6990 – www.kainagua.com.br

48 •

Espelho_Dolce_93.indd 48

ABRIL

20/04/2012 17:57:37


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 49

ABRIL

•

49

19/04/2012 18:47:01


50 •

Espelho_Dolce_93.indd 50

ABRIL

19/04/2012 18:47:20


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 51

ABRIL

•

51

19/04/2012 18:47:43


capa Por Fádua Capellari – Fotos Marco Costa / Festival SWU Marcos Hermes

ROGER RIGOR AS HISTÓRIAS DO GUITARRISTA DO ULTRAJE

A

Em uma hora e meia, Roger Rocha contou e explicou coisas, fez caras, piadas, mágica, graça. Falou das suas letras, do sarcasmo, do cinismo, dos palavrões em suas músicas, de política, bom humor, o rock no Brasil, a democracia em outros países, Twitter, fãs legais, abusados, Ultraje, discos, The Beatles, outras bandas, Agora é Tarde, Morumbi, Festival SWU, censura e a tal da história do QI. Falou de um jeito muito sério, ao mesmo tempo engraçado. Pura essência, sem forçar nenhuma barra. O cara nasceu assim.

Roger chegou acelerado, como uma visita rápida que só passa para dar um oi. Desceu as escadas do CPV, onde fizemos fotos e entrevista, observando tudo. Entrou no estúdio e já foi logo falando dos óculos escuros que eu havia pedido pra ele levar. ‘Ó, trouxe este aqui que é de encaixar no de grau porque eu sou míope’. E ri. Ri fácil, de tudo e dele mesmo. E arranca gargalhadas da gente o tempo todo. Roger não perde nenhuma piada. Está inquieto, se mexe. Mexe no iPhone. Enquanto posa, diz umas duas ou três vezes que está tímido e desvia o olhar, mas não para de fazer graça. Defesa? Talvez. Nós olhávamos para ele não só como um simples personagem de capa. Estávamos felizes de estar ali, ouvindo as histórias de um ídolo, uma pessoa que marcou e ainda marca gerações de um país inteiro com suas músicas ácidas. Também somos fãs, pô! Ele nos conta que morou na Vila Mariana, Pinheiros e Jd. Paulistano antes de vir parar no Morumbi, em 1989. ‘Antes do Shopping Jardim Sul’. Falamos de grandes shows, ele relembra o histórico da Av. Paulista, em 1987; o Festival SWU, em 2011. ‘Aquele que eu briguei com o cara lá’, diz rindo. Nos conta que parou de fumar há

52 •

Espelho_Dolce_93.indd 52

dez anos e que engordou alguns quilos. Entre um clique e outro, puxa o rosto para trás, diz que precisa fazer uma plástica. Chegou perfumado. Pergunto se é vaidoso. ‘Não sou metrossexual, mas me cuido. Faço a barba todo dia, não saio de casa desarrumado nem para ir à padaria. As pessoas me conhecem’. De calça jeans, camiseta azul-marinho e tênis, ele brinca, mais uma vez, agora com o uso do Photoshop. ‘Vai usar, né?’. Em seguida solta ‘Podemos fazer uma foto assim ou fica ridículo?’, diz enquanto levanta os óculos. Ele grava para o programa Agora é Tarde, na Band, todos os dias, durante mais ou menos três horas. É são-paulino, músico e mágico. Fez alguns truques com coisas que tinha no bolso enquanto era fotografado. Ouvia e falava com todo mundo ao mesmo tempo, porque todo mundo queria falar com ele. Ora em tom de humor, ora de protesto, os discos do Ultraje a Rigor renderam prêmios, sucessos e, sem querer, algumas polêmicas. Quem nunca cantou alto alguma música da banda? À frente do grupo, o guitarrista e, consequentemente, vocalista, Roger Rocha hoje está com 55 anos e mostra que, com o passar do tempo, está mais afiado que nunca.

ABRIL

20/04/2012 17:57:47


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 53

ABRIL

•

53

20/04/2012 17:57:51


Há exatos 29 anos, em abril de 1983, vocês participaram do projeto Boca no Trombone, onde fizeram o primeiro show com composições próprias. Aí vocês gravaram o primeiro compacto, ‘Inútil/ Mim quer tocar’, que teve problemas com a censura. Isso foi um ‘desestímulo’ para quem estava começando? Não, porque na época o ambiente era muito diferente. Parece que hoje em dia o pessoal já pensa no marketing, nos bastidores, parece que a última coisa que o cara pensa é na música. E ali a gente começou sem saber que estava fazendo parte de um movimento.

tinham experiência em gravar rock, as rádios não estavam preparadas. Mas, enfim, a gente ia tendo essas pequenas vitórias. E como nasceu sua paixão pela música? Eu tinha um radinho de pilha que ganhei ainda pequeno e dormia com ele embaixo do travesseiro. Eu fazia brincadeiras, talvez para quem não é músico não faça muito sentido, mas era assim: a música tocava, eu desligava o rádio e continuava cantando, aí ligava novamente pra ver se ainda acompanhava no mesmo lugar. Aprendi violão meio que sozinho também, minha mãe começou

EU MESMO CHEGUEI A PROPOR O FIM DO ULTRAJE, O PESSOAL NÃO ESTAVA MUITO A FIM E EU JÁ ESTAVA CANSADO.

Começamos como uma banda cover porque a gente gostava muito, eu não tinha a pretensão de estourar, fazer carreira na TV. Apesar de sermos cover, a gente já tinha um arranjo nosso, uma personalidade musical que já era engraçada antes até de começarmos a compor as nossas músicas. Eram outros integrantes, mas o mesmo espírito. Daí começou a surgir um interesse das gravadoras. O ‘Inútil’, entre gravação e sair disco, foram seis meses e isso não era normal, por causa da censura. Mas qualquer coisa era um estímulo. Acho que o mais decepcionante foi ouvir o disco pela primeira vez porque não soava como a gente tocava. Nem a gente tinha experiência com estúdio, nem os estúdios

54 •

Espelho_Dolce_93.indd 54

a aprender e eu peguei os cadernos dela e comecei a tocar e acho que foi por causa do filme dos Beatles, Help, que assisti aos nove anos. Eu sempre tive essa vontade e, naquela época, era uma coisa meio ‘ser artista não é profissão’. Foi assim até eu entrar pra faculdade, eu falei que queria fazer música e meu pai falou ‘Não, escolhe outra coisa’. Daí eu fiz testes vocacionais que deram em primeiro lugar Música (risos), mas, na ordem, o segundo era arquitetura, então eu fiz arquitetura, que não cheguei a concluir. Junto com esse curso, eu dava aulas de inglês para pagar o meu curso de Composição e Regência, na Fundação das Artes São Caetano do Sul. Também fiz conservatórios, estudei

ABRIL

20/04/2012 17:58:00


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 55

ABRIL

•

55

19/04/2012 18:48:31


flauta. Fui para os EUA em 1979 com a ideia de estudar música em Boston, mas não foi possível. Foi uma experiência de vida muito forte, a primeira vez em que vi uma democracia funcionando, porque o Brasil ainda estava meio na ditadura até 1985, eu não acreditava em várias coisas que via.

OUÇO MUITA COISA POR CAUSA DA PROFISSÃO, MAS FICO PROCURANDO COISA ANTIGA. OUÇO BASICAMENTE MÚSICAS DOS ANOS DE 1920 ATÉ 1970.

Como o quê? Eles não mudam uma linha de ônibus sem perguntar para a população. Eu pensava ‘Ah, então pode? É assim?’ (risos). Coisas que até hoje a gente não vê aqui. Não só a democracia, mas o exercício da cidadania, que aqui ainda se confunde muito caridade e outras coisas. Aqui a gente é muito enganado, o sistema todo é corrompido e muito difícil de ser mudado. Eu cresci numa época musical muito rica, com o psicodelismo, e quando a gente começou havia muitas letras políticas, a gente vinha de Gilberto Gil, Chico Buarque, Caetano Veloso. As coisas eram faladas por analogias, metáforas; isso tudo contribuiu pra minha formação como músico. O Ultraje ainda é uma banda querida, conhecida. Pra ela ser formada, algo de muito legal ligava você aos demais integrantes. O que era? Eu e o Leôspa (primeiro baterista) começamos a tocar por amor ao The Beatles. A gente via filminho em fã-clube. Juntamos os ami-

56 •

Espelho_Dolce_93.indd 56

gos que já tocavam em bares, éramos unidos por essa avacalhação, sempre fomos assim. Com o tempo a gente começou a compor, eu principalmente, e a influência era música dos anos 1960 e 1970. O rock passou por um período muito ligado à música clássica e ao jazz, até começou a ficar chato. Nós participamos desse movimento, e foi ele que nos manteve no começo. Depois vieram as trocas de integrantes, bom, eles tinham que se adaptar a mim, na verdade... (risos) Você chegou a pensar que o Ultraje ia acabar? Sim, e cheguei a propor isso, o pessoal não estava muito a fim. Eu mesmo quis acabar com tudo porque estava cansado, por causa das condições... É difícil ter banda de rock no Brasil? Hoje em dia é bem mais fácil até por nossa causa. No começo a gente ia num bar onde só tocava MPB e falava ‘posso tocar aí?’, e o cara respondia ‘ah, pode’. Tivemos que arrumar um lugar onde era o espaço de outro tipo de música. Com o tempo isso foi ficando melhor, o Brasil virou roteiro de bandas e festivais internacionais, existem mais lojas de música. O moleque hoje em dia é como eu descrevi no Rebelde sem Causa, a mãe já dá a guitarra e tal... (risos). Várias coisas foram sendo ajeitadas por nossa causa, com o tempo cansa ficar dando murro em ponta de faca.

ABRIL

20/04/2012 17:58:08


E o que você gosta e ouve de verdade? Hoje em dia eu ouço muita coisa por causa da profissão, procuro com vontade, não tenho preconceito. Em termos de rock é difícil pintar algo que a gente fale ‘poxa, nunca ouvi isso’. Principalmente porque o próprio rock já tem 60 anos de idade e, apesar de ser sempre associado com rebeldia e juventude, ele já é uma música como o blues, jazz. Eu fico procurando coisa antiga, hoje em dia é uma maravilha com o You Tube. Ouço basicamente coisas dos anos de 1920 até 1970. Em termos de música, o que será ‘eterno’ no Brasil? Da Jovem Guarda, que afetou a minha geração, todos são ídolos. Falando de rock, acho que a nossa geração fez esse trabalho. Hoje atingimos a molecada que aprendeu a gostar da gente com os pais. Temos um público que descobriu as nossas músicas através do Twitter, continuamos arranjando fãs e isso me surpreende, porque fizemos um trabalho muito idealista, não achávamos que era possível virar o que virou. Cada um tinha um estilo, a gente não sabia o que estava fazendo. O Barão Vermelho é uma coisa, o Ultraje, o Ira, o Titãs, a Blitz eram outras. As músicas valem até hoje, não parecem datadas, a letra ainda tem a ver com a juventude. É muito fácil escutar que ‘não dá para comparar o rock dos anos 1980 e 1990 com o que tem hoje no mercado’... Olha, eu acho até que essa nova geração do rock ajudou a gente porque, por falta de opção, o pessoal continuou a ouvir coisas antigas (risos). Eu, por exemplo, sou fã do Chuck Berry, eu não espero que ele lance um disco novo, eu sou fã do que ele fez nos anos 1950, 1960. O The Rolling Stones, idem. E é o que a gente fez. Hoje em dia tem muito hater, principalmente no Twitter, gente invejosa, que fala ‘ah, mas eles não fazem música nova’. Não, não fazemos. Isso é uma escolha. E você responde... Sim, e, às vezes, respondo irritado. (risos) E como é esse relacionamento? Outro dia o Mauricio Ricardo falou ‘É, eu discuto com esses idiotas, porque eu acho que tenho a minha obrigação como Jedi’. Isso foi uma piada, mas eu me sinto meio assim. Não é simplesmente largar mão. Caetano, Chico, tinham aquela obrigação de, por estarem na mídia, procurar esclarecer quem é menos favorecido, um pouco daquele coitadismo do brasileiro, que eu não concordo, mas que a gente sabe que existe, e fica aquela ‘obrigação’ de ensinar. E eu me sinto assim, quero tentar. Porque não é só ‘ah, o cara é ignorante’, é uma questão de cidadania mesmo. São coisas que a gente aprendia em casa e que hoje o cara não aprende. Meu pai já dizia ‘o ser humano não é uma ilha’. Hoje em dia é ‘dane-se, eu faço o que eu quiser’. A internet está parecendo uma terra sem leis, o que é público não é de ninguém. Não! O que é público é de todo mundo. Então, eu entro numas, o cara fica discutindo, ele pensa ‘eu não estou conversando com uma pessoa do outro lado, é só um cara, um personagem, uma coisa que eu vi na TV’. Eu falei isso outro dia no Twitter “ninguém chega pra você ao vivo e fala ‘pô, você é horrível!” e no Twitter o cara fala isso. Meu, eu nem te conheço! (gargalhada). Eu fui agredido, eu aprendi a não levar desaforo pra casa. Mas estou aprendendo a controlar isso e a bloquear essas pessoas nefastas (gargalhada).

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 57

TWITTER

Hoje em dia em dia tem muita gente invejosa, que fala ‘ah, mas eles não fazem música nova’. Não, não fazemos. Isso é uma escolha.

ABRIL

57

20/04/2012 18:09:34


O GUITARRISTA DO ULTRAJE No Brasil dão valor ao cara que é cantor, que é o que eu faço pior, na verdade.

Você já declarou numa entrevista “Odeio que todo mundo se refira a mim como ‘o vocalista do Ultraje”. Você criou a banda, a manteve viva até hoje e, com o passar do tempo, se sobressaiu, fato que acontece com muitos outros vocalistas por aí. Por que isso te incomoda? É verdade... Bom, na verdade me incomoda só o fato de não me chamarem de guitarrista. É uma coisa de cultura musical. Aqui dão valor ao cara que é cantor, que é o que eu faço pior, na verdade. A ideia baseada nos Beatles era que os quatro cantassem alternando vocais, mas o fato é que com o tempo foi sobrando mais pra mim. E o estilo do Ultraje é muito baseado na minha guitarra, mas o canto encobre esse trabalho. Eu sempre procuro espalhar o resto. Agora com o programa acho que, um por um, eles ficarão mais conhecidos. Eu nunca quis ter carreira solo. Me ofereceram isso desde o começo, mas o que eu acho legal é a vida em banda, como eram os meus ídolos. Você perguntou se eu era vaidoso, eu não tenho essa vaidade, por exemplo. Suas músicas contêm palavrões, sarcasmos, ironias... Esse caminho foi natural ou proposital? A gente não sabia que aquilo ia tocar no rádio. Eu nem gosto do palavrão gratuito e fiz uma música que tem um de propósito, que é a ‘Nada a Declarar’, e ainda achei engraçado escolher o menor palavrão que tinha (risos). Eu usei o palavrão para criticar músicas que só falavam baixarias. Também tem a ‘Filha da Puta’, que tem uma linha de raciocínio, algo como ‘morar no Brasil é como ter a mãe na zona’. Mas no começo tinha a ‘Zoraide, vê se não me pentelha’, que a gente achava que podia, mas não podia, então gravamos ‘penteia’. A ‘Marilou’ não é minha, eu só colaborei com a questão da vaquinha depois (risos), mas essa tem um tom meio que de brincadeira de criança. Todas essas a gente não esperava que fossem virar. Com a ‘Nada a Declarar’ eu fiz quatro músicas para um disco ao vivo e falei ‘bom, essa não vai tocar, porque fala palavrão’, mas foi justamente a que estourou. Qual música do Ultraje fica para sempre? A ‘Inútil’. Eu acho difícil o brasileiro mudar de mentalidade, porque não tem como, só se apagar tudo e começar de novo, e esbarra no sistema político do Brasil, que é uma espécie de herança do Império, uma coisa de nobreza, o cara acha que aquilo é um direito conquistado dele ‘ah, agora eu sou político’. E aí têm os amigos do político e os parentes do político, que são uma espécie de hierarquia. E essa hierarquia é cruel como foi o Império aqui no Brasil. O cara chegou aqui para tirar tudo e tratar nego como lixo. E foi essa cultura que ficou, bem diferente de países onde as pessoas se mudaram por outros motivos. Esses criaram um país pra eles, não como aqui, que vieram uns caras explorar. E isso está tão arraigado que o próprio sistema, todo ano de eleição, diz ‘você tem que votar direito’. Isso não adianta. Por mais que você vote direito, alguns cargos são indicados, é botar uma maçã boa numa cesta de maçãs podres. É muito difícil. ‘Inútil’ vai durar séculos e séculos. O que te deixa mal-humorado? A incompetência e o que eu chamo de ignorância voluntária, que é o cara ter acesso a escola e a educação e, mesmo assim, escolhe ser ignorante e cretino. E eu vejo isso no que eu vivo diariamente, no trânsito, no supermercado; essa falta de cortesia. Não se pensa no coletivo, é ‘farinha pouca, meu pirão primeiro’. Isso me irrita muito.

58 •

Espelho_Dolce_93.indd 58

58 •

SETEMBRO

ABRIL

20/04/2012 18:09:46


E por onde você anda aqui no bairro? O Shopping Jardim Sul é praticamente o meu bairro. É um lugar onde eu posso largar o carro e passear, e vou desde que inaugurou. Me sinto à vontade, todo mundo me conhece. Eu ia ao Burle Marx uma época, mas ando de skate, surfo; não dá pra surfar aqui no bairro (risos) e lá no parque não pode andar de skate... O Ultraje, assim como outras bandas dos anos 1980 e 1990, deixou uma herança musical muito rica para as bandas que vieram depois desse período... Eles não aproveitaram, mas nós deixamos... (risos) O que você, como músico, e o que o Ultraje, como banda, contribuíram com isso? No Brasil tem MTV, festivais e lojas de música por causa da nossa geração, que criou um público e um nicho de mercado para o rock. Eles têm esse ambiente favorável, ‘eu quero uma guitarra’, vou à loja e compro. A pessoa pode facilmente ter aula desse instrumento, o pai dele não vai achar ruim. Isso é o que deixamos de melhor. Eu continuo, de qualquer forma, como o paladino da justiça quando, ao tocar pequenos trechos de alguma música no Agora é Tarde, por exemplo, eu vejo no Twitter o cara me perguntando que música era, e é legal falar que ela foi feita nos 1950. Eu continuo procurando instruir no rock, ter um pouco de professor, de querer ensinar. Muito legal essa participação do Ultraje a Rigor no programa Agora é Tarde, na Band. Como é que pintou o convite? Vou até fazer uma piada; ele caiu como uma luva porque eu estava começando a pensar nos dias de hoje. Estou com 55 anos, tenho restrições de distância, não ando de avião, e mesmo de ônibus há lugares em que se fica quase impossível de

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 59

ir, como o Nordeste. Eu estava numa fase de querer escolher, fazer shows mais perto de São Paulo. Ali tocamos músicas que nos estimulam como músicos, é uma coisa divertida, como já era o ambiente em que a gente vivia e ainda vive, parece o fundão do ginásio, nos damos superbem. Temos total liberdade para dar pitaco, compor vinhetas, escolher as músicas. Fomos os escolhidos pelo Danilo Gentili. E vocês já se conheciam? Pessoalmente não, só via Twitter, e foi lá que ele me mandou uma mensagem. Para o programa eu trabalho umas quatro horas por dia, três dias por semana e à tarde, porque eu acordo tarde, tenho essa rotina alterada. Vou dormir quatro, cinco horas da manhã e já é assim há muitos anos, é difícil quebrar esse hábito. É perto de casa, não pego trânsito, então é ‘a fome com a vontade de comer’. É tudo perfeito, eu e a banda estamos adorando. Pra terminar, o lance do QI... Isso mais te ajudou ou atrapalhou ao longo dos anos? Descobri aos 17, ao fazer um teste vocacional. Fiz outro teste dois anos depois, com o mesmo resultado, e não pensei mais na história. Em 2000, aos 44, soube da Mensa e resolvi fazer o teste por curiosidade. Foi quando recebi o resultado do teste Raven, de 172 pontos. O QI não é um número absoluto, depende do teste feito. Uma escala absoluta considera a porcentagem da população a estar nessa faixa de QI. Eu estou numa faixa menor do que 1% da população. O QI alto é como se fosse um motor potente num carro: é um bom ponto de partida, mas você precisa saber dirigir para tirar proveito do motor. Felizmente, fui bem educado e orientado. Aprendo tudo muito facilmente. Respondendo sua pergunta, acho que mais ajudou.

O Brasil, hoje “Está melhor do que eu esperava, mas é muito difícil saber até quando a Dilma aguenta isso. As pessoas falam ‘todo mês cai um ministro, ela está pondo ordem na casa’. Não! É porque as coisas estão explodindo na cara. Nenhum político ou partido vai chegar e dar jeito sozinho na coisa. Quem estuda sobre o assunto e sabe um pouco mais de História percebe o que está acontecendo. As pessoas falam ‘o PT é um governo para os pobres’. Não é! Só se sai da miséria com educação, e isso não interessa para governo nenhum. Não é esse sistema paternalista ‘vou dar saúde e transporte’. Isso não vai funcionar jamais”.

ABRIL

59

20/04/2012 17:58:30


COLUNA DO PAULO

PELO SAGRADO DIREITO DE

IR E VIR

POR PAULO AMARAL

VIRAMOS REFÉNS NO MEIO DA RUA. POR ALGUNS MINUTOS FICAMOS SEM SABER O QUE ESTAVA ACONTECENDO.

Era um domingo típico de outono, ensolarado, sem nuvens e com a temperatura agradável. Saí com a família para o almoço e fomos a um restaurante perto da Giovanni Gronchi e, num ambiente tranquilo, passei horas agradáveis com a mulher e os filhos. Mas o roteiro do domingo perfeito estava prestes a acabar. Logo na saída do restaurante percebi uma estranha movimentação de policiais. As motocicletas iam e vinham pela rua em alta velocidade e as viaturas passavam com policiais apreensivos deixando as metralhadoras à mostra. Ainda tentei dar meia volta, mas o trânsito parou. Viramos reféns no meio da rua. Por alguns minutos ficamos sem saber o que estava acontecendo. Víamos o vai-e-vem dos policiais, e as crianças dentro do carro já davam sinais de preocupação. Quando já tinha decidido abandonar o carro e procurar um abrigo, descobri o motivo de tanta movimentação. Uma fila de ônibus subia a Rua Deputado João Sussumu Hirata em direção ao estádio do Morumbi. Eram as torcidas organizadas do Santos, que naquela tarde jogaria com o São Paulo pelo Campeonato Paulista. Os jovens que passavam dentro dos ônibus pareciam estar preparados para uma guerra. Com os rostos pintados e a cara amarrada, desafiavam a todos por onde passavam. Era para eu me sentir aliviado com a descoberta, mas a tensão permaneceu até que o último dos 20 ônibus passasse por nós e que os policiais, enfim, liberassem o trânsito. Compreendo a preocupação da polícia em escoltar o grupo de torcedores. A violência das torcidas organizadas é mesmo um caso de polícia e merece atenção especial das nossas autoridades, mesmo que um efetivo tão grande seja deslocado para fazer essa proteção. Eu me lembro do tempo em que eu frequentava uma torcida organizada. Éramos jovens amigos unidos pelo amor a um time de futebol. Os nossos “adversários” eram também nossos amigos que só torciam para um outro time. Não sei o que mudou porque há muito tempo não frequento as torcidas organizadas, e hoje quando vou ao estádio tomo o cuidado de ficar perto da porta de saída. Talvez o meu grupo de torcedores não representasse a realidade das demais torcidas organizadas, mas sei que o clima alegre que caracterizava os jogos de futebol da minha época deu lugar a troca de ofensas, selvageria e tensão. Vi meninos e meninas naqueles ônibus, pensei nos pais que ficaram em casa, sofri com a agonia deles. Nós vamos sediar uma Copa do Mundo e nos preocupamos se os estádios vão ficar prontos ou se teremos uma seleção competitiva. Mas será que teremos mais educação entre os torcedores? Que influência um evento desse porte pode ter no comportamento das torcidas? O público de uma Copa é diferente dos que costumam frequentar os estádios nos campeonatos locais, é mais festivo e convive em paz nos estádios durante os jogos. O que fazer para que essa atitude alegre se estenda para depois da Copa do Mundo? Como tornar nossas praças esportivas pontos de encontro das famílias? Gostaria de sair do almoço no restaurante aos domingos e esticar o passeio com a família até o estádio. Por enquanto, me resta ficar acuado dentro de um carro esperando a torcida passar.

* Paulo Amaral é morador do Morumbi e jornalista da Rede Globo de televisão, onde edita o Jornal Hoje.

60 •

Espelho_Dolce_93.indd 60

ABRIL

20/04/2012 17:58:41


APRENDI QUE

FUI ENGANADO POR UM FRANQUEADOR

Escolhi uma empresa que achei que fosse idônea, que tivesse um produto diferenciado, bem cuidado, e fiz a compra da franquia. Fui enganado.

Minha sorte na vida é que me adapto muito rápido. Já morei em Nova York, Asti, Fortaleza, Rio de Janeiro... Sou advogado, trabalhei e viajei muito. Até que, há três anos, senti a necessidade de buscar algo meu, dominar bem um negócio. Pesquisei alguns setores e, a princípio, fiquei entre a área moveleira, a de alimentação, e o turismo. Acabei me decidindo pela área de decoração, pela qual sou apaixonado. Fiz vários cursos, fui conhecer melhor as empresas da área. É uma escolha difícil, qualquer representação ou franquia que você escolha serão os fornecedores com quem você vai lidar, os consumidores que você vai atender. Moro no Morumbi há 17 anos, queria atender ao público daqui. Escolhi uma empresa que achei que fosse idônea, que tivesse um produto diferenciado, bem cuidado, e fiz a compra da franquia. Fui enganado. Foi muito difícil, eu estava no começo. Eu tinha entrado em contato com outros franqueados, todos estavam contentes, por isso tomei a decisão. Comecei a montar a loja para essa marca com investimentos altos em arquitetura, parte elétrica. Preparei-me para trabalhar para ela. Mas foi criada uma comissão de franqueados para discutir algumas questões, sobre como melhorar os problemas individuais e, logo na primeira reunião, vi que os problemas eram enormes. Era uma marca tradicional, conhecida, tomei um susto. ‘Mas há dois meses vocês falaram que estava tudo ok...’. Isso foi no início de 2011. Comecei a ficar preocupado, mas ponderei que todas as empresas, de certa forma, têm problemas. Em setembro a situação ficou insustentável, e eu desisti da marca. Foi muito complicada essa ruptura, existem problemas contratuais, teria que ser judicialmente porque a empresa descumpriu várias normas. Àquela altura eu gostava e já estava muito envolvido com o ramo

moveleiro, mas achava que só iria trocar de problema – questões como prazo, qualidade, montagem com defeito – é só entrar em sites de reclamação pra ver. Até que me indicaram uma loja na Al. Gabriel Monteiro da Silva, chamada Brinna. Móveis excelentes, focados em um público superelitizado. Fui procurá-los. O diretor me atendeu e contou que ela já era suficiente para atender à cidade. Mas disse: ‘Acabamos de lançar uma nova marca, chamada Duo Casa, com loja-teste em Balneário Camboriú. Vamos expor na feira Casa Brasil, em Bento Gonçalves, por que você não vai lá conhecê-la?’. Eu estava desanimado, com a crença de trocar seis por meia dúzia. Conversei com a minha mãe (minha sócia na loja), e ela me aconselhou a ir. ‘Você não tem nada a perder. Se não gostar, descarta’. Fui à feira, todas as marcas estavam expondo, mas a Duo Casa foi a única na qual vi um diferencial, principalmente pela qualidade de fabricação e a parceria com um centro de design de Milão. Voltei animado, fiz as pesquisas necessárias (já estava craque nisso) e acabei optando pela marca. Ela era o que eu buscava, não adiantava eu querer fazer a coisa certa se não tivesse por trás uma empresa que desse esse respaldo. Eu busco essa seriedade profissional, tanto em qualidade quanto em prazo. Fiz as adaptações necessárias na loja e abrimos as portas em janeiro deste ano. Acabei apresentando a marca à cidade, com o privilégio de ser no Morumbi. Aprendi que, mesmo nas situações em que você pensa estar seguro, pode estar vulnerável; mas que vale a pena ‘bancar’ as próprias ideias. Eu queria prestar um serviço de qualidade e não abri mão disso por nada, nem com todas as dificuldades pelas quais passei. Valeu a pena, e muito. Troquei uma vassoura por um aspirador de pó de última geração.

Antonio Forghieri Silveira é advogado, empresário e morador do Morumbi. www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 61

ABRIL

61

20/04/2012 17:58:45


METABOLISMO

INTELIGENTE O ato de fazer seis pequenas refeições ao dia, em vez de duas ou três grandes refeições, acelera o metabolismo basal, queimando maior quantidade de energia. Segundo o endocrinologista Alexandre Ferreira, o estômago vazio por muito tempo secreta Grelina, um hormônio que avisa ao cérebro a necessidade de reabastecer seus estoques de energia. O resultado? Quanto maior o período de jejum, mais sinais serão emitidos ao cérebro e mais comida necessitará ser ingerida na próxima refeição para saciar-se. Portanto, para baixar os números na balança, coma a cada três horas. Dr. Alexandre Ferreira – Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 839 – cj. 32 – Tels.: 3739-1589 2528-4625

» DOENÇA MULTIFATORIAL

Várias doenças causam alterações hormonais que favorecem a obesidade: disfunção das glândulas tireoide, hipófise, ovários, testículos e suprarrenais. » GORDURINHA INDESEJADA

Em situações de estresse físico ou emocional há maior produção de cortisol, que em altos níveis aumenta o depósito de gordura, especialmente no abdômen. » DE TRÊS EM TRÊS

A alimentação constante e a ausência do jejum prolongado ajudam a manter os níveis de proteína elevados, algo essencial para a construção muscular.

www.dralexandreferreira.com.br

62 •

Espelho_Dolce_93.indd 62

ABRIL

20/04/2012 17:58:54


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 63

ABRIL

•

63

19/04/2012 18:49:04


CONSULTA MENSAL

GRAVIDEZ APÓS OS 35:

QUAIS SÃO AS MINHAS CHANCES? Com o novo papel da mulher nas últimas décadas, frequentemente elas buscam a gestação após os 35 anos. A partir desta idade, há perda da quantidade e qualidade dos folículos dos ovários e começa a ficar mais difícil para engravidar. Na consulta, cabe ao especialista identificar as pacientes de risco para infertilidade. Um exame de sangue específico pode avaliar, por exemplo, a reserva de folículos restantes nos ovários. Uma vez tendo os exames alterados, a solução pode ser antecipar a decisão de engravidar ou mesmo optar pelo congelamento de óvulos, criando uma verdadeira reserva para o futuro. Consulte um especialista para uma avaliação! A fertilidade tem início na prevenção. Dr. Thomas Miklos (Clínica Vie!) – Rua Karl Richter, 16 6° e 9° andares – Tel.: 3772-2000 – www.clinicakronfly.com.br Foto Marco Costa

PSICÓLOGO A UM CLIQUE Foi pensando em quem precisa de tempo, praticidade e rapidez, que a moradora do Morumbi e psicóloga Milene Rosenthal lançou, em 2011, o Psicolink, um dos primeiros sites do Brasil a oferecer orientação psicológica online, ou seja, para quem não tem tempo (ou é tímido) para uma consulta ‘ao vivo’. O Psicolink é homologado pelo Código de Ética do Conselho Federal de Psicologia e funciona 24h. www.psicolink.com.br

OBESIDADE E DEPRESSÃO:

RELAÇÃO DE RISCO

PUBLIEDITORIAL

Obesidade e depressão estão diretamente relacionadas. Obesos têm 55% de chances de desenvolver depressão, e depressivos, 58% de se tornarem obesos. Os transtornos alimentares estão intimamente ligados à depressão. 30% dos obesos que realizam tratamentos para emagrecer apresentam transtorno do comer compulsivo e, destes, 75% têm ou terão depressão. Entender esta relação entre obesidade e depressão ajuda a prevenir e a criar estratégias de tratamento. Endocrinologia - Dr. Alexandre Ferreira CRM 108.116 – Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 839 cj. 32 Tel.: 3739-1589 / 2528-4625 www.dralexandreferreira.com.br

64 •

Espelho_Dolce_93.indd 64

ABRIL

20/04/2012 17:59:19


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 65

ABRIL

•

65

19/04/2012 18:49:33


A PRIMEIRA IMPRESSÃOÉ A QUE FICA PUBLIEDITORIAL

A estética facial e o sorriso estabelecem um padrão de beleza que começa com a cor dos dentes. Produtos de higiene bucal prometem resultados “branqueadores” e muitas vezes decepcionam, pois não geram o resultado esperado. O clareamento mais seguro e eficaz é o realizado com a supervisão de um dentista, que utiliza agentes químicos que removem os pigmentos responsáveis pelo amarelamento. Além deles, o profissional pode usufruir de luzes fotoativadoras (leds) que aceleram a ação dos produtos e não causam sensibilidade após a aplicação. Técnicas de clareamento caseiro podem ser realizadas em conjunto com as de consultório, variando a concentração do agente e a frequência do uso da moldeira de silicone com o gel. Para um clareamento seguro, é recomendado check-up para avaliação das restaurações existentes e da higiene bucal, pois o produto deve agir sobre o esmalte, e não sobre placa bacteriana, tártaro ou cáries. Durante o processo, recomenda-se não ingerir alimentos escuros, como chocolate, beterraba, café, vinho tinto, refrigerantes cola, chá preto, sucos artificiais, salgadinhos condimentados industrializados e tabaco. Com estes cuidados o resultado é garantido e seguro, proporcionando satisfação imediata e um lindo sorriso! Dra Graziella Gelli – CRO 67.325 – R. Itamira, 06 – Sala 05 – Tel.: 3742-1747 dra.g.gelli@rightsmile.com.br

66 •

Espelho_Dolce_93.indd 66

ABRIL

20/04/2012 17:59:33


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 67

ABRIL

•

67

19/04/2012 18:49:59


ATUALIZAÇÃO CONTÍNUA

Representando a Clínica Weiss de Odontologia Especializada, o dr. Kurt Weiss participou da International Implantology Week, a Semana Internacional de Implantodontia, onde fez uma imersão em Implantodontia Avançada, que privilegia os últimos avanços práticos e tecnológicos da especialidade. O evento aconteceu na primeira semana de abril, na Universidade de Columbia, em Nova York. Clínica Weiss – Rua Dr. Luiz Migliano, 1110 6° e 8° andar – Tel.: 3744-8997 www.clinicaweiss.com.br

68 •

Espelho_Dolce_93.indd 68

ABRIL

20/04/2012 17:59:41


Espelho_Dolce_93.indd 69

19/04/2012 18:50:20


70 •

Espelho_Dolce_93.indd 70

ABRIL

19/04/2012 18:50:40


UM SORRISO MAIS BONITOATRAVÉS DO PUBLIEDITORIAL

TRATAMENTO ORTODÔNTICO

A busca por tratamentos ortodônticos vem de uma mudança de conceitos e exigências sociais da estética, aliada à saúde e ao bem-estar das pessoas. Um lindo sorriso ajuda a encantar amigos, namorado... E também a conquistar bons empregos e status social. Estudos feitos na Universidade de Michigan analisaram fotos de pessoas com dentes tortos e normais. A conclusão destes estudos mostrou que pessoas com os dentes alinhados foram classificadas como mais atraentes, inteligentes, agradáveis e extrovertidas. Estudos também apontam que pessoas satisfeitas com seu sorriso são mais felizes e confiantes. Mais do que irradiar felicidade, a saúde da boca e, consequentemente, seu sorriso bonito, são sinais de um organismo saudável e de uma boa autoestima. Através da Ortodontia, ciência que evoluiu muito nos últimos anos, conquistar um belo sorriso tornou-se possível. Em geral, ele é a primeira coisa que as pessoas notam em nós. Hoje temos aparelhos com avançada tecnologia e com ótima estética, alguns quase transparentes, muito mais confortáveis, completando o tratamento de maneira efetiva em um tempo muito menor e com menos visitas ao dentista. Ao investirmos na qualidade dos dentes, estamos nos preparando para um futuro com menos problemas e custos na saúde bucal. O sorriso é o nosso cartão de visitas para o mundo que nos cerca e ele, com certeza, nos ajuda em nossas conquistas. Caso você já tenha desejado um sorriso mais bonito, faça o Tratamento Ortodôntico, de uma forma rápida, efetiva e acessível! Clínica Dente Jovem Rua Adalívia de Toledo, 143 Tels.: 5090-0442 / 9491-6915 Av. Iraí, 143 cj 42 – Moema Tels.: 5090-0442 / 9491-6915

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 71

ABRIL

71

20/04/2012 17:59:41


DECLARADA GUERRA

À FLACIDEZ!

PUBLIEDITORIAL

O tratamento da flacidez de pele tem ganhado novos aliados. Hoje conhecemos a pele e seu metabolismo como nunca e, por isso, novos equipamentos e terapêuticas puderam ser desenvolvidos. Uma grande invenção foi a radiofrequência (RF), um tipo de energia que penetra na pele e gera um aquecimento “de dentro para fora”. Esse calor estimula a contração do colágeno que já temos e a formação de ainda mais colágeno. E é justamente esta proteína que dá firmeza e sustentação à nossa pele. A radiofrequência (RF) tem sido utilizada com segurança e bons resultados há alguns anos. Agora surgem aparelhos de segunda e terceira gerações, com novas combinações de tecnologias. Com isto otimizam-se os resultados e o conforto dos pacientes. Um deles, o FREEZE, associa a RF a Pulsos Eletromagnéticos. Estes, por sua vez, têm a capacidade de aumentar a proliferação de fibroblastos (células produtoras de colágeno) e ainda a vascularização sanguínea no local. O resultado é um efeito de Skin Tightening ainda mais potente e a possibilidade de tratar flacidez corporal associada à celulite pela melhora da circulação de sangue e aumento do metabolismo no local. O aparelho tem duas opções de ponteiras – uma menor para face, pescoço e colo, e outra maior, para tratamento de glúteos, coxas e abdômen. Falando em abdômen, o FREEZE é superindicado para tratar a flacidez pós-parto. E pode ser iniciado a partir do terceiro ou quarto mês, com liberação do obstetra. Nos tratamentos corporais são indicadas de 6 a 8 sessões, que devem ser semanais. “Tenho gostado bastante dos resultados, e as pacientes também. Ele não dá choquinhos como as antigas RF faziam, a sensação é bem mais agradável. Por ele ser multipolar, o aquecimento acontece de maneira mais uniforme, sem concentrar o calor em pequenos pontos”, comenta Dra. Isabela. Nos tratamentos faciais os intervalos podem ser quinzenais e associados a outras modalidades, como Luz Pulsada, conforme a necessidade de cada paciente. “A vantagem do FREEZE é que a ponteira pequena permite tratar áreas mais delicadas, como contorno dos olhos, que eram difíceis de acessar com os aparelhos de primeira geração”, explica Dra. Isabela.

Dra. Isabela Fleischfresser Poffo – CRM 143.736 Av. Albert Einstein, 627 – Bloco A1 – Sala 1 Hospital Albert Einstein – Tel.: 2151-5421

72 •

Espelho_Dolce_93.indd 72

ABRIL

20/04/2012 17:59:51


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 73

19/04/2012 18:51:10


ARRIBA M O R U M B I

O Ticanos nasceu ali na Guilherme Dumont Villares há cerca de um mês e já faz o maior sucesso no Morumbi. Primeiro restaurante mexicano do lado de cá da ponte, ele foi idealizado pelo Sérgio Vitoriano, um apaixonado pela excentricidade do país. É ele mesmo quem ensina o passo-a-passo de um dos pratos mais conhecidos e apreciados pelos brasileiros (tanto os que vivem aqui quanto os que viajam para lá): o Chilli.

FAÇA VOCÊ MESMO 250 g de feijão 150 g de carne moída (de preferência patinho) Azeite Sal, cebola e alho Pimenta (a gosto) Queijo cheddar (a gosto) Catchup (a gosto) Cozinhe o feijão normalmente. Numa panela à parte, prepare a carne moída com um pouco de cebola, alho e sal (essa mistura precisa ser leve para não interferir no sabor final do prato). Amasse o feijão até formar uma pasta e misture com a carne já fritinha. Acrescente o azeite, o queijo cheddar e a pimenta (vá provando até que fique com o sabor e ardor desejados). Enfeite com pimenta dedo-de-moça cortada em tiras. Serve duas pessoas. TROCA-TROCA - Acompanhe esse prato ardidinho com o sabor suave dos nachos e tortillas. - Quer variar o acompanhamento? Batatas palito com cheddar por cima e bruschettas também caem muito bem.

Ticanos – Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 572 – Tel.: 3501-1029 www.ticanoscomidamexicana.com.br / www.ticanoscm.blogspot.com

74 •

Espelho_Dolce_93.indd 74

ABRIL

20/04/2012 18:00:01


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 75

ABRIL

•

75

20/04/2012 18:00:03


DESCOBRI NO MORUMBI

CELEBRAR

LUGAR PARA

Para a advogada Camila Barreto basta uma data especial que lá estão, ela e o marido, no restaurante ‘Era uma vez um Chalezinho...’. Foram sete anos de namoro, mais 18 de casamento e lá se vão 25 anos juntos. Desde 2001, quando a casa abriu suas portas aqui no Morumbi, ela faz questão de dividir suas alegrias com o charmoso local. ‘Amo tudo o que tem aqui e não é só pela comida, que é espetacular. A música ao vivo, o piano, o clima romântico...’, suspira. Entre os pratos preferidos estão as fondues de Carne ao Vinho, a de Chocolate (foto), e o Creme de Aspargo. ‘Era uma vez um Chalezinho...’ – Rua Itapimirum, 11 – Tel.: 3501-9322 www.chalezinho.com.br

Perfeito para confraternizações e jantares com amigos, foi construído e inaugurado em 2001, com arquitetura de chalé suíço, lareira, luzinhas, flores, poço dos desejos e ambientes diversificados. Considerado uma das principais casas de fondue do Brasil, possui em seu cardápio pratos saborosos e irresistíveis da cozinha europeia.

76 •

Espelho_Dolce_93.indd 76

Foto: Raquel Bennington

‘Era uma vez um Chalezinho...’

ABRIL

20/04/2012 18:00:12


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 77

ABRIL

•

77

19/04/2012 18:51:44


Fotos: Arquivo Pessoal

LUGAR INESQUECÍVEL

ARTEEMFLORENÇA

APROVEITEI A NOITE QUENTE PARA SENTARME À BEIRA DO RIO E EXPERIMENTAR A COZINHA TOSCANA.

Esta pequena cidade italiana que visitei no verão de 2011 tem um passado tão forte que, às vezes, temos a impressão de já ter estado lá em outra vida. Talvez este sentimento seja porque Florença nos leva ao começo da Era Cristã. Um passado grandioso, que percorreu a Idade Média e a época áurea do Renascimento. No dia em que cheguei fui direto ao Batistério, um dos prédios mais antigos da cidade. Dizem que foi ali o berço do Renascimento, por causa das portas esculpidas, chamadas de Portas do Paraíso, tamanha a beleza do trabalho. E o Davi de Michelangelo? Esta imensa escultura de mármore se tornou um ícone de Florença. Não só por causa de sua imponência, mas principalmente por conta de seu papel na história da arte. Vale lembrar que a estátua que está na Piazza della Signoria é apenas uma cópia. A original está num importante museu da cidade. Florença é rica em obras de Michelangelo, como a escultura em madeira de Cristo na cruz, de uma beleza sem tamanho. Ela tem lugar de destaque numa capela da cidade. Mas nem só de museus e igrejas vive Florença. Pelas ruas provincianas fui encontrando surpresas, como pequenos restaurantes, cafés e antiquários. Encontrei também cópias dos bronzes de Cellini e Donatello. Tive também a oportunidade de visitar a Ponte Vecchio à noite, sob um luar incrível. A atmosfera era deliciosa, principalmente porque aproveitei a noite quente para sentar-me num restaurante à beira do rio e experimentar uma das estrelas da cozinha toscana. As opções são variadíssimas, mas não deixe de comer o ravióli com molho de trufas negras. Sem sombra de dúvida, Florença foi uma viagem especial. Esta linda cidade continua até hoje abraçando e divulgando os ideais da arte e da beleza.

Adriana Ramos é jornalista e moradora do Morumbi.

78 •

Espelho_Dolce_93.indd 78

ABRIL

20/04/2012 18:00:18


NOVOMENU

O público pediu e o Inside Grill & Salad atendeu: em junho tem novidade no cardápio! A apresentação dos pratos foi feita na noite de 27 de março para um seleto grupo de jornalistas que provaram as novas delícias. Dolce também esteve por lá e agora registra seu veredito: eles são incríveis! No novo menu serão inclusos o Pop Corn Chicken Pomegranede (cubos de frango empanados em farinha especial Inside com molho de romã, acompanhados de samossas de legumes) e o Caramelized Kobe (carne de gado Wagyu caramelizado em shoyu Kikkoman, acompanhado de mashed potato com creme de Wasabi). Preparados com shoyu Kikkoman, a casa acertou mais uma vez na escolha dos ingredientes. O frango, macio e suculento, contrastou com o crocante da casquinha e o com o sabor azedinho/doce do molho de romã. A carne de Kobe casou perfeitamente com o ardidinho do Wasabi, e o resultado dessa combinação única de sabores, só para reforçar, estará no menu do restaurante a partir de junho. Inside Grill & Salad – Rua Pasquale Gallupi, 39 – Tel.: 3501-5748 www.insidegrillsalad.com.br

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 79

VOCÊ SABIA? A carne de Kobe é composta de cortes produzidos a partir da carne do gado Wagyu, uma raça originária do Japão. Segundo especialistas, esta é uma das carnes mais saborosas e macias, graças à sua gordura entremeada nas fibras. Os animais são alimentados com cerejas e maçãs e, antes das refeições, bebem cerveja (sim, cerveja!) com uma mistura de grãos. Eles também recebem massagens, são escovados com saquê e escutam música clássica para acalmar os ânimos. Vida boa, não?

ABRIL

79

20/04/2012 18:00:29


PREPARE-SE PARA SER FISGADO Pratos suculentos acompanhados por ingredientes super saborosos

Preparados especialmente para o ‘Fest Truta’, que acontece até o dia 5 de maio no restaurante ‘Era uma vez um Chalezinho...’, um dos ambientes gastronômicos mais típicos e charmosos de São Paulo. O preço é de R$ 47,60 por pessoa. - Truta Florata com espinafre ao molho de espinafre, acompanha batatas cozidas sem casca. - Truta Suave Primavera regada por manteiga clarificada, acompanha risoto primavera. - Truta Tradicional Jambalaya regada por amêndoas torradas na manteiga, acompanha purê de mandioquinha. - Truta Tropical Adocicada regada com manteiga clarificada, acompanha ravióli de muçarela de búfala ao creme de uva Itália. - Truta Brasileira Cítrica regada ao molho de alcaparras com rodelas de limão, acompanha arroz com passas e batatas ao Catupiry. - Truta Meio-Doce Exótica. Filé de truta grelhado com nozes e maçã verde ao molho levemente cremoso de Catupiry, acompanha arroz de aspargos. - Truta Prima Donna. Filé de truta grelhado com presunto cru e alho poró, acompanha arroz branco. Era uma vez um Chalezinho... Rua Itapimirum, 11 – Tel.: 3501-9322 www.chalezinho.com

80 •

Espelho_Dolce_93.indd 80

ABRIL

20/04/2012 18:00:43


IGUAL AO DA VOVÓ Sabe aquele bolo caseiro, com gostinho e cheirinho de casa de vó? A Lutti Bolos Caseiros faz igualzinho pra você ter quentinho em casa, todos os dias. Para acompanhar, deliciosos biscoitinhos, geleias e caldas; além de quiches, massas, focaccias, polpetones e jantares completos. Para o Dia das Mães, data especial onde todo mundo se junta, a Lutti aceita encomendas. Liga lá! Lutti Bolos – Rua José Jannarelli, 409 Tel.: 2894-4945

Tem a linha tradicional, especial, light e diet.

VAI UM

DOCINHO?

Empresa dedicada à arte de preparar sobremesas, a Sweety Ice apresenta mais uma das suas delícias: a Torta Domo, feita com base de amêndoas, musse de chocolate meio amargo e cobertura de ganache de chocolate. Resista, se puder. Sweety Ice – Rua dos Três Irmãos, 137 – Tel.: 3725-9888 www.sweetyice.com.br

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 81

ABRIL

81

20/04/2012 18:00:48


RECONHECIMENTO

INTERNACIONAL A safra Quinta do Valado Touriga Nacional 2009 foi considerada pelos críticos tão excepcional quanto a de 2008, que conquistou o 7º lugar no ranking ‘Top 100 Wine Spectator 2011’. Esse vinho possui equilíbrio impecável e maduro, com intensos aromas de tostados (café) e especiarias. Na boca, sabores poderosos de amora, café torrado e azeitona preta. Um vinho longo, de textura fina e sedutora, cheiro de chocolate amargo, notas de especiarias asiáticas e pão torrado. Feito com uva 100% Touriga Nacional, é perfeito para beber agora ou até 2020. Encontre na DiVinum Vinhos, por R$ 126. DiVinum Vinhos – Rua Ascencional, 156 Tel.: 2936-2229 – www.divivinumvinhos.com

COMBINAÇÃO DIFERENTE

» ENÓLOGO

Profissional formado, responsável pela produção e aspectos relacionados com o produto final: vinificação, estabilização, envelhecimento, engarrafamento, controle de qualidade, análise sensorial dos vinhos etc. » ENÓFILO

Apreciador, amante e estudioso de vinhos, aquele que se dedica profissionalmente ou por prazer a estudar o maravilhoso mundo dos vinhos. » SOMMELIER

Profissional especializado, conhecedor de vinhos e todos os assuntos relacionados ao seu serviço. Trabalha em restaurantes e lojas de vinhos, elaborando cartas, orientando os clientes a respeito da melhor escolha para acompanhar os alimentos escolhidos, além de cuidar da compra, armazenamento e rotação de adegas.

Quer juntar os amigos num bate-papo descontraído e inovar o cardápio de comes e bebes? Acrescente ao menu... peras! Elas realçam o sabor de vinhos e queijos, e vão muito bem com saladas ou in natura. Veja alguns acompanhamentos: - Peras D’Anjou de cor verde-clara, sabor doce e suave, combinam muito bem com queijo tipo Camembert ou Fresco de Cabra. O vinho ideal é o Chardonnay ou o Pinot Gris; - Peras D’Anjou vermelhas, doces e suaves, combinam perfeitamente com os queijos Gouda e Cheddar. Harmonize com vinhos Syrah e Cabernet Sauvignon; - Peras Bartlett mudam da cor verde para o amarelo quando amadurecem. Casam bem com queijos azuis, como Gorgonzola e Roquefort, de Cabra Feta, e com os vinhos Riesling e Prosecco; - Peras Comice, doces e suculentas, ficam excelentes com queijos finos, como o Brie e de Cabra envelhecido. Harmonize com os vinhos Chardonnay e Riesling; - Peras Bosc têm cor café e formato do corpo alongado. A polpa é firme e doce e é uma ótima opção para decoração de pratos sofisticados. Combine com o queijo azul ou Cheddar, acompanhadas de vinhos Pinot. Encontre essas delícias no St. Marchè Open Mall Panamby.

82 •

Espelho_Dolce_93.indd 82

ABRIL

20/04/2012 18:02:45


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 83

ABRIL

•

83

19/04/2012 18:52:17


BEBIDA SAUDÁVEL A caixinha já diz tudo! Mais natural, só pegando a fruta do pé. O primeiro suco de tangerina integral em caixinha do país é feito com frutas selecionadas na Região Sul e no interior de São Paulo. Com apenas 80 kcal por copo (200 ml), quem adora a fruta agora vai poder tomar um suco fresquinho, sem água, sem adição de açúcar ou qualquer outro aditivo químico. A novidade já pode ser encontrada no St. Marchè do Open Mall Panamby. Saúde! St. Marchè Open Mall Panamby Rua José Ramon Urtiza, 975 Tel.: 3773-0000 www.stmarche.com.br

Meio ambiente Gasto de CO2 com as caixinhas do bem™ Embalagem Envasamento Transporte

19% 23%

84 •

Espelho_Dolce_93.indd 84

58%

ABRIL

20/04/2012 18:03:45


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 85

ABRIL

•

85

19/04/2012 18:52:42


86 •

Espelho_Dolce_93.indd 86

ABRIL

19/04/2012 18:53:02


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 87

ABRIL

•

87

20/04/2012 18:19:32


88 •

Espelho_Dolce_93.indd 88

ABRIL

19/04/2012 18:53:21


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 89

ABRIL

•

89

19/04/2012 18:53:37


ISMÚSICA

ELAVEM AÍ Tudo bem, o show ainda está longe (será em dezembro), mas, a gente não podia deixar de dizer que a Madonna vem cantar no nosso bairro de novo! Com o lançamento de seu 12° álbum de estúdio, o MDNA, a eterna Material Girl entrou em 1° lugar da Billboard na categoria Dance Club Songs, com a música Girls Gone Wild. Diva! MDNA TOUR Estádio do Morumbi – Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 – Dia 04 de dezembro de 2012 Horário: 20h – Classificação etária: 14 anos

ISMÚSICA Concerto – Fundação Maria Luísa e Oscar Americano Ronaldo Rolim Piano 6 de maio

Quarteto Camargo Guarnieri e Vera Astrachan Cordas e Piano 20 de maio Av. Morumbi, 4077 – Tel.: 3742-0077 www.fundacaooscaramericano.org.br Capacidade do auditório climatizado:

107 lugares Ingressos: R$ 20 / R$ 10 (estudantes e acima de 60 anos) Promoção: ao adquirir uma assinatura no valor do ingresso inteiro, ou duas no valor de meio ingresso, você ganha um vale-chá. Estacionamento com manobrista no local:

ISCINEMA

R$ 12 por veículo.

VIVOOPEN AIR Imagine um cinema a céu aberto, como nos filmes americanos. Adicione música ao vivo e festas conhecidas pela cidade. Sensação na Europa desde 1988, o Vivo Open Air chegou ao Brasil há 10 anos, em 2002. Desde então, já passou por Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Na edição 2012, ele ocupa o Jockey Club até o dia 6 de maio. Entre clássicos e novidades do cinema, confira a programação no site da Vivo. Jockey Club de São Paulo Av. Lineu de Paula Machado, 1263 Tel.: 2161-8300 – www.jockeysp.com.br

90 •

Espelho_Dolce_93.indd 90

Credicard Hall Duran Duran 2 de maio Péricles 4 e 5 de maio Roxette 10 de maio Leonardo 10 e 11 de maio Bom Gosto 18 de maio Fernando & Sorocaba 19 e 20 de maio Paula Fernandes 25, 26 e 27 de maio Av. das Nações Unidas, 17955 – Estacionamento no local e na rua Bento Branco de Andrade Filho (atrás do Credicard). www.credicard.com.br – Acesso pela Marginal Pinheiros e Ponte Transamérica.

ABRIL

20/04/2012 18:04:35


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 91

ABRIL

•

91

19/04/2012 18:53:55


ISTEATRO

ISCINEMA

O projeto de teatro infantil Domingo é Dia de Teatro apresenta a sua programação de maio. As peças são gratuitas e acontecem no auditório da Livraria Cultura do Shopping Market Place, às 15h e às 17h. Você pode doar 1 kg de alimento não-perecível pela troca do ingresso: dessa vez o benefício será em prol da Casa Lar Sonho de Criança, entidade sem fins lucrativos que acolhe crianças e adolescentes em situação de risco social.

Perdeu as estreias da telona ou quer fugir do agito das grandes salas? Aproveite o final de semana e coloque a sua lista de filmes em dia! Em maio, encontre na Premiere Video:

Confira a programação:

Dia 6 Espetáculo: Para onde vai, de onde vem?, com Cia. Laço de Abraço Sinopse: em um dia de muito sol, os personagens Pato e Berê resolvem se refrescar na piscininha inflável que fica no quintal. Como o sol do meio-dia é muito forte, eles resolvem entrar em casa e voltar mais tarde. Ao retornarem, uma surpresa: a água da piscina sumiu. Mas pra onde ela foi? A aventura começa quando eles resolvem descobrir o paradeiro da água. Nesta busca, aprendem sobre o seu ciclo, de onde ela vem e pra onde ela vai.

Dia 13 Espetáculo: Sonhei em ser palhaço, com Cia buBiÔ ficO LÔ! Sinopse: o garoto malabarista Caio sempre sonhou em ser palhaço, mas nunca encontrou alguém que ensinasse os segredos da palhaçada. Até que um dia, Tuingo, um palhaço muito esperto, divertido e atrapalhado, resolve ajudar Caio, mas pede em troca aulas de malabares. Será que eles vão conseguir?

Dia 20 Espetáculo: Pinóquio, com Cia Imagini Sinopse: Gepeto só tem um sonho na vida: ter um filho de verdade. E quando uma fada vem atender ao seu desejo e dá vida a um boneco de madeira, começa a linda história de Pinóquio. Como uma metáfora do crescimento e amadurecimento, o boneco passa por diversas experiências que o levam a entender o verdadeiro significado da vida.

Dia 27 Espetáculo: Dom Quixote para Crianças, com Ópera Cômica Sinopse: as inesgotáveis lições de humildade, justiça, ingenuidade e de defesa dos fracos e oprimidos são fontes de inspiração para a versão infantil deste clássico, em que as crianças podem se identificar com as engraçadas e bem-humoradas aventuras (ou desventuras?!) do cavaleiro da triste figura. Shopping Market Place – Auditório da Livraria Cultura Av. Dr. Chucri Zaidan, 902 Tel.: 3048-7000 www.marketplace.com.br

92 •

Espelho_Dolce_93.indd 92

Albert Noobs, com Glenn Close, Mia Wasikowska, Aaron Johnson. A história se passa na Irlanda, século XIX. Albert Nobbs (Glenn Close) trabalha como mordomo e esconde um segredo: é, na verdade, mulher. Sua farsa é ameaçada quando o pintor Hubert Page (Janet McTeer) divide o quarto com Albert por não haver outro disponível no hotel em que ambos trabalham.

Gênero: Drama Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, com Daniel Craig, Rooney Mara e Christopher Plummer. Harriet Vanger (Moa Garpendal) desapareceu há 36 anos sem deixar pistas numa ilha no norte da Suécia. Mesmo após tanto tempo, seu tio Henrik Vanger (Christopher Plummer) ainda está à procura e decide contratar Mikael Bomkvist (Daniel Craig), um jornalista investigativo. Para isso, ele vai contar com a ajuda de Lisbeth Salander (Rooney Mara), uma investigadora particular incontrolável e antissocial.

Gênero: Suspense

Os Descendentes, com George Clooney, Shailene Woodley e Beau Bridges. Matt King (George Clooney) vê sua vida mudar completamente quando a esposa Elizabeth (Patricia Hastie) sofre um acidente de barco e entra em coma. Desde então cabe a Matt cuidar das filhas Scottie (Amara Miller) e Alexandra (Shailene Woodley), que é desbocada e de gênio difícil. Ela surpreende o pai ao contar que sua mãe o estava traindo. A notícia afeta profundamente Matt, que passa a querer saber quem era o amante de sua esposa e se ela o amava.

Gênero: Comédia dramática

O Garoto da Bicicleta, com Cécile de France, Jérémie Renier, Olivier Gourmet. Cyril Catoul (Thomas Doret) tem 11 anos e um objetivo: encontrar o pai, que o deixou num orfanato. Ele conhece Samantha (Cécile de France), a administradora de um salão de cabeleireiro, mas não consegue reconhecer o carinho com o qual é tratado por ela, graças à raiva que sente por ter sido abandonado ainda criança.

Gênero: Comédia dramática

Habemus Papam, com Michel Piccoli, Nanni Moretti, Jerzy Stuhr. Após a morte do Papa, o conclave do Vaticano se reúne para escolher seu sucessor. Após várias votações, enfim, há um eleito. Os fiéis, amontoados na Praça de São Pedro, aguardam a primeira aparição do escolhido (Michel Piccoli), mas ele não vem a público por não suportar o peso da responsabilidade. Tentando resolver a crise, os demais cardeais resolvem chamar um psicanalista (Nanni Moretti) para tratar o novo Papa.

Gênero: Comédia dramática

Premiere Morumbi – Rua Regente Leon Kaniefsky, 501 – Tel.: 3723-2790 Premiere Portal – Rua Mal. Hastimphilo de Moura, 233 – Tel.: 3771-5428 www.premiereonline.com.br

ABRIL

20/04/2012 18:04:46


EXPOSIÇÃONOPALÁCIO Até o dia 29 de julho, o Palácio dos Bandeirantes apresenta a exposição ’90 anos depois – A Semana da Arte Moderna’, que traz destaques como ‘A Ventania’ (1915), de Anita Malfatti, e a pintura ícone da cidade de São Paulo, ‘Operários’ (1933), de Tarsila do Amaral. A exposição apresenta obras dos mais importantes artistas brasileiros, precursores e decorrentes da Semana de Arte Moderna, que mudaram o panorama da arte brasileira, e conta com textos de membros da ABCA – Associação Brasileira de Críticos de Arte. 90 anos depois – A Semana de Arte Moderna Palácio dos Bandeirantes – Avenida Morumbi, 4500 – Tel.: 2193-8282 – www.acervo.sp.gov.br

» Semana de Arte Moderna

Aconteceu em São Paulo nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922, no Teatro Municipal. Cada um desses dias foi dedicado a um tema: pintura e escultura, poesia, literatura e música. » Novas ideias

O evento marcou época ao apresentar conceitos artísticos, como a poesia através da declamação, a arte plástica exibida em telas, esculturas e maquetes de arquitetura, com desenhos arrojados e modernos. » Participaram

Por lá passaram nomes consagrados do modernismo brasileiro, como Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Víctor Brecheret, Sérgio Milliet, Heitor Villa-Lobos, Tácito de Almeida e Di Cavalcanti, entre outros.

SONHO COLORIDO Dia 25 de março as arquitetas Ana Novak e Vanessa Rivera, do escritório N2R Arquitetura e Interiores, coordenaram a ação voluntária ‘Trote Solidário’ na Comunidade do Jardim Colombo, que resultou na pintura da fachada de aproximadamente 50 casas e áreas de circulação importantes da comunidade. A ação foi idealizada pela rede Papel Solidário, com a parceria de 100 alunos calouros da Universidade Adventista – UNASP, além de arquitetos e engenheiros que colocaram a mão na massa (e na tinta!) para levar mais cor e vida à comunidade.

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 93

A DISNEY ÉAQUI! O shopping Jardim Sul ganhou, em março, um quiosque da rede Fantasia, empresa licenciada para comercializar produtos Disney no Brasil. O ponto oferece itens exclusivos e supervariados, como eletrônicos, brinquedos, materiais de papelaria, jogos interativos, bolsas e artigos para a casa que agradam todas as idades. Fantasia Shopping Jardim Sul – Tels.: 2589-9300 / 2589-9400 www.fantasia.com.br

ABRIL

93

20/04/2012 18:05:09


MORUMBI SAÚDE

COLUNA DA ROSA

COLUNA DA ROSA

AS GRANDES CONQUISTAS DO MUTIRÃO DA

POR ROSA RICHTER POR ROSA RICHTER Segundo dados da CET a Via Perimetral irá desafogar o Trânsito da Av. Giovanni Gronchi em 40 %, e a PONTE BURLE MARX terá NOVO TRAÇADO E NOVO NOME: MAYNARD E ITAPAIÚNA. Em 2002, por ocasião das plenárias do Plano Diretor da Capital, a Associação Panamby, preocupada com o incontrolável aumento populacional de nosso bairro e o total descaso dos Caro leitor, políticos locais, apresentou duas propostas:

• A construção de uma nova avenida e via que ligasse a Av. João Dias à Av. Prof. Francisco Morato No último dia 31 de março, das 9h às 17h, na E.E. Luiz Gonzaga Travassos da Rosa, a AMO • Uma ponte sobre o Rio Pinheiros na altura do Parque Burle Marx entre as pontes Morumbi e João Dias. Jardim Sul realizou o 5º Mutirão da Saúde, em parceria com Bioqualynet, PAYOT, Padaria As duas propostas foram acatadas, passando a fazer parte IB daMorumbi, Lei do Plano Diretor. durante um encontro Sabor das Massas, Dolce Morumbi, Oral-B, Prof.Em Dr.2004, Cláudio Basbaum, Clínica com o então prefeito José Serra, apresentamos os anteprojetos da via e da ponte. Embora tenha demonstrado grande interesse, Martinez, Dra. Flávia Arantes Advocacia e Consultoria, Dra. Priscila Nahas, Associação ele nos falou que dificilmente teriaConseg tempo hábil, licitação demoraria meses, até anos e que a ponte entraria na Panamby, Portalpois do uma Morumbi, subprefeitura de Campo Limpo, Polícia Militar, Instituto Campos Avançados, Projeto Aqui como do Morro, Sociedade Amigos do Bairro do Operação Água Espraiada. Foi nesse momento que eu, Rosa Richter, presidente da Associação Panamby, perguntei Jardim Santo Antônio, Fundação Getúlio Vargas e Pro Security. se caso doássemos o Projeto Básico da Via Perimetral à prefeitura ele a executaria. Com o SIM do prefeito José Serra, iniciei Durante todo o dia foram oferecidos gratuitamente serviços de: Dermatologia, Vascular, um trabalho com todas as empresas que desenvolviam empreendimentos aqui no Morumbi. E foi através de um pool junClínico Geral, Aplicação de Flúor, Palestra de Planejamento Familiar, Palestra de Higiene ESTIVERAM to aos empreendedores imobiliários que aqui atuavam que consegui o suficiente para contratarmos a empresa projetista. Pessoal, Palestra de Higiene Bucal, Maquiagem, Medicação para Verminose, Auxílio PRESENTES Após muitas idas e vindas, fizemos, em Oftalmológica, 2006, a entregaTriagem do Projeto Básico da Via Perimetral à prefeitura durante uma Jurídico, Triagem Odontológica, Aferição de Pressão e Glicemia. APROXIMADAreunião no gabinete doNesse prefeitoMutirão José Serra. estiveram presentes aproximadamente 1.450 pessoas e foi um MENTE 1.450 A prefeitura contratou grande as obras, dentro de um pacote de urbanização de Paraisópolis, envolvendo o deslocamento de sucesso! PESSOAS esta oportunidade para todos os nossos parceiros e voluntá-de áreas trêsEmil famílias. A Via Aproveito sofreu diversos atrasos por força deagradecer problemasacom desapropriações e desocupações FOI UM GRANrios, pois sem eles nada teria acontecido. invadidas, mas temos a promessa de entrega até o final deste ano.

DE SUCESSO!

PONTE MAYNARD E ITAPAIÚNA A obra, que ligará o Jardim Santo Antônio ao Morumbi, teve seu traçado alterado após longos estudos e audi-

AS DUAS PONTES TERÃO OS NOMES DE MAYNARD, QUE VIRÁ DO JARDIM SANTO ANTÔNIO; E ITAPAIÚNA, QUE SAIRÁ DO MORUMBI.

ências públicas. Como forma de preservar o Parque Burle Marx e as áreas verdes do entorno, um novo projeto foi apresentado e dividido em duas pontes que terão os nomes de Ponte Maynard, a que vem do Jardim Santo Antônio, e Ponte Itapaiúna, a que sairá do Morumbi. O custo da intervenção na região ficará em torno de R$ 600 milhões, incluindo o prolongamento da avenida Chucri Zaidan, que ganhará mais 3.240 metros até a Av. João Dias. Será preciso desapropriar imóveis residenciais, comerciais ou industriais. Os custos dessas desapropriações não constam nesses R$ 600 milhões. As obras estão incluídas na Operação Urbana Água Espraiada. Uma operação urbana possibilita a construção de empreendimentos imobiliários acima dos limites do zoneamento de certa região em troca de pagamentos à prefeitura, que só pode usar o dinheiro em melhorias nessa mesma região. A Secretaria de Infraestrutura Urbana, responsável pela obra, informou que o projeto da nova ponte teve como diretriz respeitar os limites do Parque Burle Marx, sem que fossem atingidos ou comprometidos sua vegetação e acessos.

* Rosa Richter é pedagoga, presidente da Associação Cultural e de Cidadania do Panamby e presidente da AMO Jardim Sul.

94 100 • ABRIL • SETEMBRO

Espelho_Dolce_93.indd 94 100-105_Morumbis_Rosa+Floriano.indd 100

20/04/2012 3/1/12 18:07:44 7:05 AM


ONDE ENCONTRAR A + Saúde – 3139-8000 A Oculista – 3742-5005 Ápice Educação Infantil –3721-7690 Atmosphere Bistrô e Bar – 3743-6039 Berçário e Escola Habitat – 3749-0303 BlueShoes –3569-6668 Brazolin Outlet – 3739-5118 Brucke Pilates – 2503-2671 Cattleya – 3749-9573 C&C – 4001-0100 Celmar – 3507-3464 Clínica Dente Jovem – 5090-0442 Clínica Open Center – 3772-5292 Clínica Vie – 3772-2000 Clínica Weiss – 3744-8997 CLL – Centro Latino de Línguas 3501-9662 Costelaria Rancho do Vinho – 3744-5899 CPV – 3740-2111 CVC – cvc.com.br/lojas D. Neide do Morumbi – 5225-0906

www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 95

Doctor Feet – 2638-9996 Dr. Alexandre Ferreira – 3739-1589 Dra. Graziella Gelli – 3742-1747 Dra. Isabela Poffo–2151-5421 Dra. Lorena Loreiro – 3461-0226 DrogaBem – 3742-3000 Duo Casa – 3742-0005 Empório Santa Joana – 3507-6050 Emura Drogarias – 3772-4416 Escola da Vila – 3751-5255 / 3726-3578 Espaço Prana – 3044-7444 / 2667-2016 Feijão e Cia. – 3501-5163 FernandaAulasParticulares–2863-6989 Fisk – 2337-2268 FitSpa – 2501-9512 Gustavo Borges Academia – 3744-1476 Hevi Odonto – 3507-4303 HideoBareTemakeria–4508-3257 Hospital Leforte – 3723-4700 Ideall Design – 3507-4852 / 5542-2539 IF Planejados – 5842-3940

Imóveis no Morumbi – 3755-9991 Infonet Ware – 3744-3170 Inside Grill & Salad – 3501-5748 Jardim Sul Imóveis – 3773-3303 Jorge Alex – 2338-8620 Kalmma Spa e Kalmma Hair Spa 2476-9837 Kerala – 4306-3244 Lavanderia Portal – 3772-4563 / 3501-4167 Liquorice True Fashion – 3742-3770 Lo Studio – 3776-7280 Lúcia Bonalumi – 3501-0228 Lugar do Sul Churrascaria – 3744-1959 Mais Stilo Hair – 3741-0938 Makis Place – 3742-2610 Manager – 3745-5227 MB Flores – 3745-1130 Método DeRose – 3776-7092 Miss e Mister Lui – 3063-4617 Moça Bonita – 3742-9200 / 3739-4694

Morumbi Farma – 3742-9220 Motor Max – 3743-9381 Mundo Zoo – 3721-8236 Neo Studio – 3739-0909 Outback Steakhouse – 3743-6411 Play Fitness – 3744-7075 Portal Cosméticos – 3746-9166 Portal Decor – 3741-0368 / 3758-5850 Predilecta – 2592-5099 Rosa Vaidosa – 2386-8460 Revestt Solution – 3742-0917 Salomão Zoppi – 5576-7878 Sharlack Viagens – 3744-9395 Shopping Open Center – 3744-9455 Sport’s Bar Bomboliche – 3773-4334 Super Pizza Pan – 3739-0458 Ticanos Comida Mexicana – 3501-1029 Todeschini – 3502-3633 / 2538-1621 Ultra Fight – 3061-0216 Vanity Hair – 2738-3845 Wet Academia – 3501-9531

ABRIL

95

20/04/2012 18:26:10


96 •

Espelho_Dolce_93.indd 96

ABRIL

20/04/2012 18:19:40


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 97

ABRIL

•

97

19/04/2012 18:54:38


COLUNA DO FLORIANO

SOCORRO!

TEM UM GERENTE NA MINHA CAMA!

POR FLORIANO SERRA

Toda casa requer um mínimo de organização para funcionar bem e permitir ao casal uma vida confortável, asseada e funcional. Em resumo, todos precisamos nos sentir bem em casa, e a permanência nela deve ser sempre um motivo de satisfação. Hoje em dia é comum os dois membros do casal trabalharem fora e manterem uma profissional administrando a casa. Mas ainda encontramos bastante o modelo tradicional no qual o homem trabalha fora e a mulher fica em casa – o que não quer dizer que ela trabalhe menos que ele ou que suas atividades sejam menos importantes. De qualquer forma, tornou-se comum – salvo as exceções – que o parceiro “cobre” da parceira o controle da organização da casa – independente de ela trabalhar fora ou não. Essa é uma postura tradicional, histórica, herdada do tempo dos nossos avós. Como também é histórico que o parceiro se coloque na posição de “gerente” do lar... Passa a existir um problema na relação quando o estilo de “gerenciamento” do parceiro é autocrático, ditatorial e perfeccionista. Assim como nas empresas, há gerentes que levam em conta o fato de que as responsabilidades são de todos. Mas infelizmente ainda há aqueles que julgam que só os colaboradores devem tocar o barco, e a ele compete apenas vigiar, apontar os erros, dar as ordens de reparo e cobrar os resultados. Se isso acontece dentro de uma casa, a coisa fica ruim, muito ruim, na relação do casal. O ambiente, as relações e os objetivos de uma empresa nada têm a ver com os de um lar. Aqui, os resultados e os “lucros” buscados são outros. E a natureza e a forma das relações também. Só para lembrarmos um exemplo neste item: o que numa empresa seria considerado assédio sexual, na relação de um casal esse “assédio” é um comportamento altamente desejado e esperado por ele e por ela... Há parceiros que parecem não perceber essa diferença e, com frequência, agem como se a casa fosse PASSA A EXISTIR uma empresa e eles fossem seus gerentes – casos em que o “quadro de funcionários” é constituído UM PROBLEMA NA pela parceira e, quando há, os filhos. Numa situação assim, o clima da casa tende a ficar muito pesado e tenso, acumulando medo, raiva, ressentimentos e mágoas. RELAÇÃO QUANComo se sabe, numa casa todos têm deveres e responsabilidades e, de forma democrática e educada, DO O ESTILO DE esses deveres e responsabilidades devem ser informados e compartilhados entre todos. A parceira é “GERENCIAMENadulta e sabe disso – logo, não precisa ser cobrada e muito menos tratada como funcionário. Mesmo TO” DO PARCEIRO os filhos, ainda que sejam pequenos, devem ser orientados de forma adequada. Jamais poderemos esÉ AUTOCRÁTICO, quecer que numa família, ao contrário do contexto de uma empresa, há um diferencial fundamental e DITATORIAL E PERespecífico: o amor. Ele é o objetivo, o resultado buscado, o lucro, e deve permear o clima e as relações. FECCIONISTA. De qualquer forma, convém lembrar que, se algum parceiro – ele ou ela – tem o hábito de agir como “chefe” na relação amorosa, deve saber que, assim como numa empresa, seu principal “funcionário” – ele ou ela, repito – pode pedir a conta. Ninguém deseja isso, certo?

* Floriano Serra é psicólogo, palestrante e autor de vários livros e inúmeros artigos sobre o comportamento humano. Acaba de lança seu primeiro romance “Nunca é Tarde”, pela editora Vida&Consciência.

98 •

Espelho_Dolce_93.indd 98

ABRIL

20/04/2012 18:08:43


www.dolcemorumbi.com

Espelho_Dolce_93.indd 99

ABRIL

•

99

20/04/2012 17:47:48


100 •

Espelho_Dolce_93.indd 100

ABRIL

20/04/2012 17:47:30

Dolce Morumbi 93  

INVADIMOS A PRAIA DELE: Roger Rocha: a essência do Ultraje a Rigor, a cara do rock no Brasil.