Page 1

www.informationmanagement.com.br

A revista dos profissionais da informação Ano 13 - Número 85 - 2019

CONGRESSO

SP 2019

Do papel ao digital: Entrevista com Luís Bairão, CEO da Ricoh


Os associados da ABEINFO te soluções para o gerenci

Associação de Empresas e Profissionais da Informação

A mais importante associação para quem precisa entende A ABEINFO é um núcleo associativo do Instituto Information Management com o propósito de reunir Usuários e Fornecedores de Tecnologias para o Gerenciamento de Informações com o objetivo de Promover o Desenvolvi-

mento do Mercado, a Capacitação de sua Força de Trabalho e principalmente as Novas Tecnologias para a Gestão de Informações que estão possibilitando Melhoria de Produtividade, Otimização de Recursos e Governança.


em as melhores tecnologias e iamento de informações www.acesscorp.com.br

www.agmlogistica.com.br

www.armazemdedados.com.br

www.arktec.com.br

www.arquivar.com.br

www.asg.com

www.automate.com.br

www.cassdoc.com.br/

www.centralinf.com.br/

www.cogra.com.br

www.docteka.com/

www.dootax.com.br

www.easydrive.com.br

www.guardwell.com.br

www.hdbsystems.com.br

www.ibsdocs.com.br

www.ltigroup.com.br

www.metrofile.com.br

www.memovip.com.br

www.mycroarq.com.br/

www.navisystem.com.br

www.osas.com.br

www.paarquivos.com.br

www.renova.net.br

www.rnp.br

www.rrdoc.com.br

www.scansystem.com.br

www.sicolos.com.br

www.stoque.com.br

www.tecmach.com.br

www.templo.cc

www.validcertificadora.com.br

www.infox.com.br

www.workprint.com.br

www.interfy.io

www.3adigitall.com.br

er a importância da Gestão de Informações nos negócios

Associe sua empresa Conheça os benefícios: http://bit.ly/2GMYKgJ ABEINFO – Associação das Empresas e Profissionais da Informação. Rua Anhanguera, 627 – Barra Funda – 01135-000 – São Paulo / SP –Tel : (11) 3392-4111 - Email: contato@iima.com.br


Conheça o Calendário de Eventos 2019

PUBLISHER

Eduardo David eduardo@iima.com.br CONSELHO EDITORIAL

Walter Koch - Wilton Tamane - José Guilherme Junqueira Dias Angelo Volpi - Cinthia Freitas - Luiz Alfredo Santoyo - Christian Ribas Marcio Teschima - Carlos Bassi ATENDIMENTO AO CLIENTE

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

PRODUÇÃO GRÁFICA

Evento

Data

Local

10 - SET

Matsubara Hotel Rua Coronel Oscar Porto, 836 – Paraíso, São Paulo – SP

26 - SET

IESB - Instituto de Educação Superior de Brasília Sgan 609, S/N cjD L2, Brasília, DF

27 - SET

IESB - Instituto de Educação Superior de Brasília Sgan 609, S/N cjD L2, Brasília, DF

03 - OUT

Matsubara Hotel Rua Coronel Oscar Porto, 836 – Paraíso, São Paulo – SP

15 - OUT

Matsubara Hotel Rua Coronel Oscar Porto, 836 – Paraíso, São Paulo – SP

15 - OUT

Matsubara Hotel Rua Coronel Oscar Porto, 836 – Paraíso, São Paulo – SP

24 - OUT

EVENTO ONLINE

05 - NOV

TRYP PAULISTA HOTEL Rua Haddock Lobo, 294 São Paulo / SP

Halan Santos

marketing@iima.com.br WEB DESIGNER

Igor de Freitas

Brasília

Brasília

CSC - Centro de Serviços Compartilhados

Hospitais & Farma

Administração & Finanças

21 - NOV

A definir

22 - NOV

A definir

03 - DEZ

TRYP PAULISTA HOTEL Rua Haddock Lobo, 294 São Paulo / SP

Belo Horizonte

Belo Horizonte Indústria 4.0

igor@iima.com.br

ADMINISTRAÇÃO

Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br Mariana Dantas mariana@iima.com.br CENTRAL DE ATENDIMENTO - (11) 3392-4111 INFORMATION MANAGEMENT – Revista especializada no tema Gerenciamento de Informações, Documentos e Digital Business. Distribuição Nacional. Publicação oficial do INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT – IIMA - Rua Anhanguera, 627 Barra Funda - 01135-000 - São Paulo - SP

O INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA é uma organização que reúne profissionais e empresas que trabalham com processos envolvendo o gerenciamento de documentos e informações. Sua missão é promover a capacitação profissional e o desenvolvimento do mercado por meio um amplo portfólio de serviços como Cursos, Congressos, Consultoria, Livros e Publicações, Certificações, Workshops, Programas Educacionais ao vivo, entre outros. Um corpo multidisciplinar composto por Consultores, Analistas, Professores, Jornalistas e Pesquisadores está na base da produção do conhecimento gerado diariamente pelo INSTITUTO com o objetivo de ajudar os profissionais e empresas a lidarem com o Caos da Informação e a constante evolução tecnológica. O IIMA conta hoje com 40 mil profissionais participantes. DIREÇÃO

Eduardo David eduardo@iima.com.br Tadeu Nunes tadeu@iima.com.br CONSULTORIA E CURSOS

Wilton Tamane consultoria@iima.com.br ATENDIMENTO AO ASSOCIADO

Gicelia Azevedo

gicelia@iima.com.br

CONSELHO TÉCNICO:

Walter Kock consultor, autor, palestrante Wilton Tamane consultor, professor e palestrante Márcio Teschima empresário, palestrante Tadeu Cruz professor, autor , palestrante Angelo Volpi notário, professor, autor e palestrante Carlos Bassi consultor, professor e palestrante José Guilherme J. Dias professor, consultor e palestrante Cínthia Freitas professora, autora consultora e palestrante PARA SE ASSOCIAR LIGUE: (11) 3392-4111 ramal 29 ou acesse: www.abeinfobrasil.com.br INSTITUTO INFORMATION MANAGEMENT - IIMA Rua Anhanguera, 627 - Barra Funda 01135-000 - São Paulo - SP Tel: (11) 3392-4111

Associação das Empresas e Profissionais da Informação

www.abeinfobrasil.com.br

Participe: contato@iima.com.br

www.informationmanagement.com.br www.informationmanagement.com.br


NESTA NESTAEDIÇÃO EDIÇÃO

NÚMERO 85 2019 NÚMERO 79 | FEVEREIRO DE |2019

Entrevista com Peggy Winton, CEO da AIIM

06

Ipsa volupta ecerem velibustis etusdae volorro id quodit doluptae volorior re doloribus cullo tenda ipsum, occusandisci conestem iniet et odia voluptatus quas ad quam, São

08 16

Fotos do evento

Paulo celebrou os 10 anos do InformationShow, o maior evento da

América Latina sobre tecnologias e processos para o gerenciamento de informações

26

Homenageados nos 10 anos de InformationShow

INSIGHTS

40

46

64 72

WEBNEWS

78

Qual será o futuro de Dataprev e Serpro?

5 fatores que ajudam a tornar as instituições de assistência médica mais avançadas

LGPD: Seus dados, meus bens! Como a Inteligência Artificial está recriando a experiência do usuário

Inteligência Artificial alia dados científicos a evidências colhidas na prática para criar o futuro da saúde

As empresas criarão suas próprias redes 5G?

OPINIÃO

Saiba por que uma logística inteligente começa com o conceito de IoT Como o Open Authentication beneficia os usuários e se relaciona com a LGPD?

www.informationmanagement.com.br

32

Depoimentos dos participantes

90

Tadeu Cruz

O espaço profundo e as nossas deficiências cotidianas!

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

5


ENTREVISTA

Luís Bairão, CEO da Ricoh

Do papel ao digital Entrevista com Luís Bairão, CEO da Ricoh

A

multinacional do setor de impressoras está pronta para tornar o mundo cada vez mais digital. Com a aquisição da DocuWare, em julho de 2019, a Ricoh reforça possibilidades de trabalho em soluções de automação de fluxo de trabalho e gestão de documentos. Para saber mais a respeito do futuro das atuações da Ricoh no Brasil, a INFORMATION MANAGEMENT entrevista Luís Bairão, CEO da empresa.

6

INFORMATION MANAGEMENT | ABR 2019

INFORMATION MANAGEMENT: A aquisição da DocuWare aponta uma guinada da Ricoh para o ambiente digital? LUÍS BAIRÃO: A Ricoh tem em seu portfólio a entrega de soluções digitais há anos, suas aquisições nos últimos anos estão voltadas ao ambiente digital justamente para ampliar e fortalecer este portfólio de soluções, somos reconhecidos como uma integra-

dora de soluções a partir de nosso core business, entregando através de nossas soluções uma melhor experiência para nossos clientes, seus funcionários e até aos clientes de nossos clientes. Nesse sentido a aquisição da DocuWare complementa e fortalece nosso portfólio de soluções em documentação digital. IM: Além da aquisição da DocuWare, quais as ações orgânicas que

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Gestão da Informação na prática, ao vivo 2010

2012

2011 2015

2013

2014 2016 2018

2019

13 e 14 de Agosto Reserve estas datas!

2017

Venha fazer parte desta história Participe do

13 e 14 de Agosto - Rooftop 5 - São Paulo/SP Informações: Tel (11)3392-4111 - contato@iima.com.br

Realização: Associação das Empresas e Profissionais da Informação

www.abeinfobrasil.com.br

Promoção:


ENTREVISTA apontam o crescimento da Ricoh para soluções digitais no ambiente de trabalho?

soluções ainda melhores ao nosso cliente que deve se focar apenas em seu core business.

LB: A Ricoh já desenvolve soluções para ambientes digitais dentro da sua estrutura, como por exemplo soluções cognitivas como ERICA (Enterprise Ricoh Intelligence Cognitive Assistant) para atendimento ao cliente e Smart Doctor para a vertical de saúde, assim como estruturou atendimento comercial e suporte às verticais de educação, saúde e recentemente varejo com soluções criadas para atender as necessidades específicas desses mercados verticais.

IM: Quais novidades podemos esperar dentro do setor de impressões corporativas? LB: A Ricoh está lançando uma nova linha de equipamentos multifuncionais, chamadas IM - Inteligent Machines, esses equipamentos além de possuírem um custo de impressão mais baixo, estão totalmente prontos para embarcar soluções das mais diversas para integração segura e confiável com os sistemas dos clientes. Oferecem ainda a possibilidade de acessar a nuvem e ferramentas de controle e utilização mais robustas e inteligentes que permitem ampliar a capacidade de lidar com documentos digitais de todo tipo, ajudando ainda mais os negócios de nossos clientes.

IM: As tendências tecnológicas são prósperas ou ameaçadoras ao mercado de impressões? LB: Definitivamente são prósperas, o Mercado de impressão office é muito estável e não deve mudar muito nos próximos anos, a busca é sempre por um custo melhor de impressão, estudos do IDC apontam para um crescimento do mercado de serviços de impressão na América Latina e Brasil para os próximos anos, o mercado de impressão para comunicação gráfica e embalagens cresce muito em função das novidades tecnológicas, entendemos que as tendências tecnológicas são uma excelente oportunidade para ajustar nosso portfólio e entregar

www.informationmanagement.com.br

IM: É possível traçar um comparativo entre o mercado brasileiro da Ricoh com a atuação global da empresa? LB: A atuação Global da empresa é igual em todos os países do mundo, seguimos a mesma estratégia em busca do melhor aos nossos clientes. Existem algumas diferenças entre mercados mais maduros, onde a busca por soluções integradas é maior, e mercados como o Brasil onde a busca

ainda é por preços. Porém essa realidade local já está mudando, vemos que os clientes, ao incorporarem novas tecnologias digitais, necessitam que sua infra-estrutura atenda suas novas demandas, a Ricoh Brasil está pronta para atendê-los com nossos equipamentos e soluções desenvolvidos para trabalhar no novo cenário de transformação digital. IM: Recentemente, a Ricoh Brasil foi reconhecida pela BLI PaceSetter 2019-2020, na categoria “Redes Hospitalares”. Qual a motivação de investir em saúde? LB: O Mercado de saúde é um dos que mais cresce em termos de investimento em tecnologia, e a Ricoh entendeu que através de suas soluções conseguiria se diferenciar na integração de tecnologia versus ambiente hospitalar, melhorando a trajetória e o cuidado do paciente dentro de sua jornada dentro de hospitais e clinicas, além de trazer retorno financeiro às empresas da área através de redução de custos e tempo com atividades internas que não estão ligadas diretamente ao cuidado com pacientes. A Ricoh cria e desenvolve tecnologia para que nossos clientes possam cuidar ainda melhor dos seus clientes.

2019 ABR | INFORMATION MANAGEMENT

8


to Go e Sit


CONGRESSO

São Paulo celebrou os 10 anos do InformationShow, o maior evento da América Latina sobre tecnologias e processos para o gerenciamento de informações 10

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


Nos dias 13 e 14 de agosto, alguns dos mais renomados profissionais do mercado se reuniram para debater sobre o futuro da gestão da informação em uma edição muito especial Em um mundo caracterizado pela ascensão de novas tecnologias, o objetivo de muitas empresas é a constante busca por conhecimento para que o seu negócio não fique para trás. Processos, que antes eram realizados manualmente, agora são executados por robôs. Entretanto, a implantação de novas ferramentas resulta em um longo e complicado processo de aprendizado. www.informationmanagement.com.br

Pensando nisso, o Instituto Information Management e a ABEINFO - Associação de Empresas e Profissionais da Informação realizaram mais uma grande edição de sucesso do InformationShow São Paulo nos dias 13 e 14 de agosto. Entretanto, a edição foi ainda mais especial para os congressistas. Isso porque as organizações comemoraram os 10 anos do evento. O congresso, considerado o maior evento de gestão da informação da América Latina, reúne anualmente alguns dos principais especialistas quando se trata do assunto. Durante os encontros, os congres-

sistas encontram uma oportunidade de entender os aspectos e implicações desse cenário de mudança rápida no Brasil e no mundo. Com 25 edições de sucesso realizadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e Curitiba, o congresso contou com mais de 500 conferências, mais de 600 horas de conteúdo e keynotes nacionais e internacionais. Durante encontro em São Paulo, que foi realizado no Centro de Convenções Rooftop 5, os antigos palestrantes e patrocinado2019 | INFORMATION MANAGEMENT

11


CONGRESSO

Painel - Documentos como fonte de dados para Business Intelligence

res receberam um certificado de reconhecimento pela contribuição ao desenvolvimento dos profissionais de da indústria do Gerenciamento da Informação no Brasil. Foram mais de 18 horas de conteúdo para que os congressistas pudessem entender como utilizar as tecnologias de ECM, Big Data, Analytics, RPA, Inteligência Artificial, Blockchain, Machine Learning, Computação Cognitiva entre outras tecnologias que têm contribuído com o gerenciamento de informações nas empresas. Confira um pouco do que foi debatido nos dois dias da edição comemorativa do InformationShow São Paulo. Informação: passado e futuro Com o surgimento das redes sociais, smartphones e a popularização do analytics, por exemplo, as empresas ao redor do mundo estão diante de novas dimensões. Como consequência, a indústria da gestão da informação foi radicalmente transformada nos últimos 10 anos. 12

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

Diante deste cenário, Atle Skjekkeland, president of the Digital Value Institute e Walter Koch, pioneiro na gestão eletrônica de documentos no Brasil e consultor internacional em ECM, iniciaram o evento com a palestra “Information and Data Management - de onde veio e para onde vai nos próximos 10 anos”. Fazendo um balanço dos 10 anos que se passaram e dos 10 anos que estão por vir, os palestrantes demonstraram como o surgimento de novas tecnologias têm revolucionado a gestão da informação. “Nos próximos 10 anos contaremos com mais uma série de conceitos como a inteligência artificial, uma regulação crescente da informação e a transformação digital da sociedade, alavancando a Quarta Revolução Industrial”, explicaram os profissionais. Trilhões de gigabytes de dados Atualmente, o apelidado “caos da informação” tornou-se uma das maiores preocupações para as empresas ao redor do mundo.

Isso porque trilhões gigabytes de dados são gerados e crescem de forma exponencial. A pergunta que fica é: o que faremos com essas informações? Pensando nisso, o InformationShow São Paulo 2019 contou com o painel “Transformando Dados em Intelligent Information”, moderado por Jose Guilherme Junqueira D. de Souza, diretor da ABEINFO e consultor. Além disso, ele também contou com a participação dos convidados Christian Ribas, diretor da Clicksign Gestão de Documentos S/A, Felipe Fernandes, que trabalha com o desenvolvimento de sistemas e aplicações na Lab245 Software e Miriam Vasco, diretora da IP SENSE e presidente da SUCESU-SP. Ao gerar um debate, o painel refletiu sobre como “é necessário a criação de uma estratégia para garantir que os dados sejam úteis, bem como a utilização de ferramentas de BI e de Inteligência Artificial. ”

www.informationmanagement.com.br


ACELERE A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DO SEU NEGÓCIO COM A PLATAFORMA INTERFY

Uma única plataforma com tudo o que seu negócio precisa para entrar no mundo digital 7 produtos totalmente integrados para facilitar a gestão das empresas

ECM

BPM

CRM

SWC

ERP

DSS

BI

Gestão de Conteúdo Empresarial

Gestão de Processos de Negócios

Gestão de Relacionamentos com Cliente

Captura Web Inteligente

Software de Gestão Empresarial

Sistema de Assinatura Digital

Inteligência de Negócios

to Go e Sit

Conceito One-Stop Shop, que permite que qualquer empresa contrate os produtos diretamente pelo site, de forma fácil e sem burocracia, e passe a usar a tecnologia de imediato, na modalidade (SaaS - Software as a Service), sem fidelização.

interfycorp.com

USA

BRASIL

1500 Parl Center Drive The Office - Metrowest Orlando - FL

Av. Dr. Chucri Zai Conjutos 311 a 314 - Berrini São Paulo - SP

+1 786 353-5568

+55 11 5929-8900


CONGRESSO

Novos cenários A transformação Digital já é uma realidade. Essa mudança traz a certeza de uma sociedade voltada ao universo digital e, ao mesmo tempo, um enorme obstáculo. É cada vez mais necessário ter uma gestão da informação que garanta essa transição de maneira positiva.

automação. Assim, David Dias, Diretor da área de Artificial Intelligence, Robotics & Advanced Analytics da Accenture LATAM, apresentou o tema “Intelligent Automation – A fusão entre Inteligência Artificial e Robotics”.

quem as medidas exigidas pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Seguir diretrizes e comportamentos básicos para proteger os dados da população, especificamente pessoas físicas, é uma obrigação.

A partir da palestra de Dias, que contou com a apresentação de casos reais, os palestrantes tiveram uma visão ampla sobre como a introdu-

Estar em conformidade com a lei, garante que as empresas não encontrem problemas no futuro. E para ajudar a vencer esses obstáculos, o InformationShow São Paulo contou com três palestras importantes sobre o assunto. Sendo elas: • “LGPD: você já começou a se preparar? ”, apresentada por Evelyn Cristina Pinto, especialista em Governança de Dados na IBM Brasil e Luiz Antonio Godoy, especialista em Governança de Dados na IBM Brasil.

Entrega de Certificado de Reconhecimento do Congresso InformationShow

Diante dessa realidade, Luiz Guimarães, Engenheiro de Soluções na ASG Technologies, apresentou o tema “A Gestão da Informação alavancando a Transformação Digital”. Ao levantar cenários que envolvem a gestão da informação, o palestrante explicou como é possível alavancar iniciativas de maneira segura e ao mesmo tempo apresentou a importância da governança de dados e da gestão de conteúdo digital na rotina das empresas. Automação inteligente Para simplificar os processos que são realizados no dia a dia, muitas companhias têm avançado na jornada de

14

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

ção de ferramentas cognitivas como NLP (Processamento de Linguagem Natural), NLG (Natural Language Generation), Machine Learning, Deep Learning e reconhecimento visual integrado ao RPA, estão revolucionando a automação, a ponto de deixá-la mais inteligente.

• “LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Como ela Afetará seus Negócios”, apresentado por Cristina De Luca e com a participação do convidado Fernando Nery, Sócio-fundador na Modulo Security Solutions. • “Como resolver os desafios da LGPD? ”, apresentado por Guilherme Bueno, Diretor de – TI Pontus Vision.

“Esta jornada está redefinindo a forma como as empresas trabalham. Não é uma mudança apenas de tecnologia é uma mudança que afeta o mercado e a cultura da organização”, explicou o palestrante.

De acordo com os palestrantes “Respeitar às normas da LGPD não é mais uma escolha, e sim um compromisso com o seu cliente. Em 2020, a lei brasileira entrará em vigor e você não deveria “deixar para amanhã” a adequação dos processos e sistemas da sua empresa no que diz respeito à gestão da informação”.

Os desafios da LGPD

Cyber Criminals: perigo constante

Agosto de 2020. Esse é o tempo limite para que as empresas se ade-

No Brasil e no mundo, o grande número de crimes virtuais responsável

www.informationmanagement.com.br


REUNIMOS pessoas IMPORTANTES para sua EMPRESA fazer NEGÓCIOS IMPORTANTES

Há mais de dez anos o Instituto Information Management – IIMA vem realizando importantes encontros de atualização de conhecimento e capacitação, reunindo a elite dos profissionais que trabalham com processos de Informação. Foram mais de 50 encontros em sete capitais do Brasil com participação de mais de 12 mil profissionais. Quer fazer bons negócios em 2019? Venha mostrar as soluções de sua empresa em nossos encontros.

EM

2019 REALIZAREMOS 21 IMPORTANTES REUNIÕES ORGANIZAÇÃO & GESTÃO de

CONHEÇA AS CONDIÇÕES PARA PARTICIPAR Contatos: Tel.: (11) 3392-4111 Email: contato@iima.com.br www.iima.com.br

Realização:

Promoção: +


Painel – LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Como ela Afetará seus Negócios por ataques que incluem vazamento de informações, e afeta pessoas físicas e jurídicas, tem se tornado constante. Assim, Alexandre Mattos, advogado, analista de sistemas, especialista em Crimes Digitais e Membro da Comissão de Direito e TI da OAB/RJ, ficou responsável por ministrar a palestra “Cyber Criminals – O Perigo Mora ao Lado”. “No Brasil, manipular dados sem permissão e obter acesso indevido a sistemas são alguns do cyber crimes mais comuns”, explicou Mattos. Pensando nisso, o palestrante detalhou como os criminosos atuam e também ajudou a entender como as ações virtuais podem ser evitadas. Análise de dados Em um mercado cada vez mais competitivo, a análise de dados é essencial para as empresas. Isso porque companhias que estão em constante busca por melhorias em seus proces-

16

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

sos, acabam sendo mais competitivas e ao mesmo tempo garantem a sua sobrevivência diante de mudanças. Como consequência, o InformationShow São Paulo 2019 teve como um de seus principais temas de destaque o painel “Documentos como fonte de dados para Business Intelligence”, que foi moderado por Camila Deniculi Vila Verde, sócia co-fundadora e diretora executiva da empresa Doc Expert. “A análise de dados é ponto chave para a inteligência competitiva. Correlacionar informações, prever cenários, se fazer as perguntas corretas e obter respostas assertivas é uma necessidade”, analisou Camila. Revolucionando o Gerenciamento de Informações Com a enorme quantidade de dados que toma conta das empresas nos dias atuais, é necessário encontrar alternativas tecnológicas para facilitar o gerenciamento da informação. Isso porque os dados não estruturados podem trazer sérias consequências no futuro.

Diante desse desafio, que representa uma verdadeira barreira para as organizações brasileiras, o evento contou com a apresentação da palestra “Transformando o gerenciamento das informações com Inteligência Artificial e Machine Learning”, que foi ministrada por Diogo Cezari, coordenador de Smarter Cities da MAGNA SISTEMAS e Humberto Palma, Data & AI Tech Sales na IBM. De acordo Barros, “algumas organizações já estão utilizando o IBM Watson Explorer para descobrir tendências e parâmetros que melhoram a tomada de decisões, o atendimento ao cliente e o ROI, entre outros”. Foi uma oportunidade única de entender como explorar todos os dados não estruturados de forma inteligente, com análise de texto avançada e recursos de machine learning. Brasil digital Em um país onde a cultura do papel ainda domina muitos serviços, a des-

www.informationmanagement.com.br


CONGRESSO

burocratização total do Governo apresenta desafios. No entanto, muitos processos já estão sendo digitalizados para facilitar a rotina do cidadão. Durante a palestra “Transformação Digital do Governo”, guiada por Ciro Avelin, secretário Adjunto de Governo Digital do Ministério da Economia, os congressistas tiveram uma ampla visão sobre como a Secretaria de Governo Digital tem trabalhado na digitalização de serviços. “Somente neste ano, foram digitalizados mais de 300 serviços que antes exigiam deslocamentos e presença física dos brasileiros em sua solicitação, economizando milhões de reais e de horas para os usuários e também para o Estado”, analisou Ciro. “A Secretaria de Governo Digital tem a meta, até o fim de 2020, de digitalizar 1.000 serviços, além de unificar os canais digitais do governo e agilizar o registro de empresas”. RPA integrado com IA, Chatbot e Ura O RPA pode ser definido como “Uma força capaz de executar as ações idênticas a um usuário humano, eliminando erros e aumentando a velocidade de execução nos processos”.

Contudo, as empresas precisam prestar atenção nos processos que devem ser automatizados. O poder do RPA Para apresentar os benefícios e os obstáculos da Automação Robótica de Processos, o evento contou com a palestra de Fábio Lucchini, Gerente do Departamento de Gerenciamento Inteligente de Imagens (IIM) na Stoque, com o tema: “Desafios e benefícios de se utilizar ferramentas inteligentes de RPA no mundo corporativo”. A apresentação descreveu os benefícios e os desafios envolvidos na implantação de RPA em empresas de grande porte e também detalhou os ganhos e as dificuldades envolvidos em todo o processo - da etapa de desenvolvimento até a entrega do projeto. A partir da apresentação de casos de sucessos reais, foi possível entender na prática como o RPA pode revolucionar a maneira de conduzir processos nas companhias. Máquinas x humanos Encerrando a edição especial de 10 anos do InformationShow São Paulo,

Rene de Paula Jr, Líder de Pensamento Exponencial na BRQ, instigou os congressistas presentes ao ministrar a palestra “Máquinas X Humanos: Defina Humanos”. “O desafio maior para a Inteligência Artificial é alcançar a complexidade e o poder da mente humana, mas como fazer isso sem entender o que nos torna humanos de verdade? ”, indagou Rene. Assim, a palestra trouxe pesquisas e insights importantes que foram cruciais para que o público pudesse entender melhor a mente humana, culturas, sociedades, a sociedade e principalmente como podemos voltar a ser mais humanos. Lançado em setembro de 2010, o congresso tornou-se o maior e mais importante evento da América Latina sobre tecnologias e processos para o gerenciamento de informações corporativas. Além disso, o evento promovido pelo Instituto Information Management e a ABEINFO - Associação de Empresas e Profissionais da Informação se consolidou como ponto de encontro anual para os 12 mil profissionais que já participaram das edições de sucesso. É uma oportunidade única para quem procura tendências,

Assim, Vinícius Dutra, Consultor de Pré-Vendas e Especialista em RPA da WDG Automation, listou as razões pelas quais a inovação deve ser aplicada e explicou como as organizações devem utilizar o mecanismo com eficiência durante a palestra “RPA integrado com Inteligência Artificial, Chatbot e URA”. De acordo com o palestrante, automatizar processos garante vantagens que vão desde custo de mão de obra até redução de erros.

www.informationmanagement.com.br

Luis Fernando Camargo Faria

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

17


18

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

1

2

3

4

5

6

7

8 www.informationmanagement.com.br


9

10

1- Luis Fernando Camargo Faria; 2 - Painel – LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Como ela Afetará seus Negócios; 3 - Felipe Fernandes; 4 - Christian Ribas; 5 - Coffee Break; 6 - Luiz Guimarães; 7 - Credenciamento; 8 - Coffee Break; 9 - Felipe Fernandes, Christian Ribas, José Guilherme Junqueira de Souza e Miriam Vasco; 10 - Daniel Klafke; 11- Convidados durante o Coffee Break; 12 - Mauricio Dias; 13 - Walter Koch; 14 - Miriam Vasco, 15 - José Guilherme Junqueira de Souza

11

www.informationmanagement.com.br

12

13

14

15 2019 | INFORMATION MANAGEMENT

19


20

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

1

2

3

4

5

6

7

8 www.informationmanagement.com.br


9

10

1- Irene Kanonykhina; 2 - David Dias; 3 - Estande Arquivar; 4 - Estande 3A Digitall; 5 - Estande Gomac; 6 - Estande IBM; 7 - Estande Arktec; 8 - Estande Serpro; 9 - Estande ASG; 10 - Luiz Antonio Godoy; 11 - Rony Vainzof; 12 - Estande IBS Docs; 13 - Estande Scan System; 14 - Estande WDG; 15 - Showcase – INFORMAÇÃO À SERVIÇO DO MERCADO: Tecnologia e Informação Impulsionando Negócios

11

www.informationmanagement.com.br

12

13

14

15 2019 | INFORMATION MANAGEMENT

21


22

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

1

2

3

4

5

6

7

8 www.informationmanagement.com.br


9

10

1- Showcase – LGPD: você já começou a se preparar?; 2 - Alessandra Silveira; 3 - Guilherme Bueno; 4 - Alexandre Mattos; 5 - Rene de Paula Jr; 6 - Painel - Documentos como fonte de dados para Business Intelligence; 7 - Daniel Klafke, Edenilza Magalhães, Camila Deniculi Vila Verde, Rafael de Tarso Schroeder e Suzana Reis; 8 Público presente; 9 - Suzana Reis; 10 - Fernando Nery; 11 - Camila Deniculi Vila Verde; 12 - Showcase – Como resolver os desafios da LGPD?; 13 - Mauro Vaskevicius; 14 - Painel – LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Como ela Afetará seus Negócios; 15 - Cristina de Luca

11

www.informationmanagement.com.br

12

13

14

15 2019 | INFORMATION MANAGEMENT

23


24

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

1

2

3

4

5

6

7

8 www.informationmanagement.com.br


9

10

1- Cristina de Luca, Rony Vainzof, Mauro Vaskevicius e Fernando Nery; 2 - Humberto Palma; 3 - Diogo Cezari; 4 - Estande Serpro; 5 - Fábio Lucchini; 6 - Painel: Documentos como fonte de dados para Business Intelligence; 7 - Rafael de Tarso Schroeder; 8 - Edenilza Magalhães; 9 - Suzana Reis; 10 - Vinicius Dutra; 11 - Palestra - Máquinas X Humanos: Defina Humanos; 12 - Ciro Avelino; 13 - Fábio Lucchini, Luís Ribeiro e Ricardo; 14 - Estande IBS Docs; 15 - Estande WDG

11

www.informationmanagement.com.br

12

13

14

15 2019 | INFORMATION MANAGEMENT

25


26

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

1

2

3

4

5

6

7

8 www.informationmanagement.com.br


9

10

1- Guilherme Bueno; 2 - Estande Abaris; 3 - Estande Gomaq; 4 Estande IBM; 5 - Estande Arktec; 6 - Participação de Priscila Papazissis Matuck; 7 - Humberto Palma; 8 - Sorteio ABBYY; 9 - Sorteio ScanSystem; 10 - Sorteio Stoque; 11 - Sorteio WDG Automation; 12 e 13 - Sorteio ASG Technologies; 14 - Sorteio ABBYY 15 Sorteio ScanSystem

11

www.informationmanagement.com.br

12

13

14

15 2019 | INFORMATION MANAGEMENT

27


Homenageados DF

10 anos

CONGRESSO

SP

OAB/SP Pinheiros - Renata Fonseca Andrade / IIMA - Eduardo David

Positivo Tecnologia - Vicente B. Soares

Image One - Alexandre Maiali

Fiveware Solutions - Sergio Valeiro e Alexandre Maiali

IIMA - Luciana Gottsfritz / WDG Automation - Vinicius Dutra

SEC4YOU Ciber Security - Oerton Fernandes

IT2B - Rodrigo Gonçalves

Docsystem Corporation - Leonice Mariano Martins

Inpartec - Carlos C. Citrangulo Jr.

SML - Helder Marques e José Guilherme Junqueira

3A Digitall - Roberto Brant

CLICKSIGN - Christian Ribas

Fujitsu do Brasil - Alexandre Cardoso

W3K Tecnologia - Daniel Klafke

DOC Expert - Edenilza Magalhães

28

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


Arquivar - Gustavo Azevedo Teixeira

Doc Expert - Camila Deniculi Vila Verde

Bradesco - Sandro Tiozzo

Qualisign Informática - Luiz Antonio Valentini Rodrigues

Ibsolution - Fabricio Treviso

ABEINFO - José Guilherme J. D. de Souza

W3K Tecnologia - Daniel Klafke

COMPLINE - Luiz Gonzaga Filho

WDG Automation - Vinicius Dutra e Luis Caramuru

Selbetti - Edvandro Chaves Silva

Arktec - Sidney Rivetti

Vicente Troiano

WM Tamane Consultoria - Wilton Tamane

Informsys - Carlos Alberto Bassi

Image Ware - Walter Koch

Metrofile Brasil - Selma Machida e Maurício Alves

Advanced Consultores - Luiz Alfredo Santoyo

Universidade Federal do Ceará - Maralyza Pinheiro

www.informationmanagement.com.br

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

29


Homenageados 10 anos INFORMATIONSHOW

TCG do Brasil - Bruno Zampaglione

LAB245 - Maria Luiza Reis e Felipe Fernandes

Scansystem - Ricardo Monteiro

Gomaq - Danilo Munhoz

SUCESSU -SP - Miriam Vasco

Analytics Data - Claudia Chamas

Accenture do Brasil - David Dias

ASG Technologies - Paulo Padrão

PRTI Digital - Mauricio Dias

Metrofile Brasil - Selma Mochida e Mauricio Alves

DIRWA - Mauricio Castro

Reed Exhibitions Alcantara Machado - Mauro Vaskevicius

CITS / USP - Rafael Tarso Schroeder

Telefonica | Vivo - José Antônio Galves

NICE - Ingrid Imanish

Serpro - Alessandra de Alcântara Silveira

Ciatécnica - João Gubolim Jr.

Latourrette Consulting - Edgar Pinheiro

30

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


Homenageados 10 anos INFORMATIONSHOW

Stoque Soluções - Fábio Lucchini

Jornalista UOL - Cristina De Luca

Modulo Security - Fernando Nery

Lab 245 - Felipe Fernandes

Magna Sistemas - Diogo Cesari

VISTO Tecnologia - Marcio Teschima

LTI Group - Mario Gabriel de Salles

Kodak Alaris Brasil - Paulo Fernandes

Softexpert - Herminio Valmor Gonçalves

Tecmach - Anderson Conesa e Vanessa Conesa

EBOX - Marcelo Araújo

PA Arquivos - Paulo Pereira

Equipe Stoque

Tecmach - Vanessa Conesa e Anderson Conesa

IBM do Brasil - Debora Telles

PRTI Digital - Mauricio Dias / ABBYY - Irene Kanonykhina

IBM do Brasil - Humberto Palma

Pontus Vision - Guilherme Bueno

www.informationmanagement.com.br

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

31


Homenageados 10 anos INFORMATIONSHOW

Técnica - Suely dos Santos

Accenture - Paulo Ossamu

Accenture - Paulo Ossamu e Felipe Emerenciano

Secret. Adjunto do Gov. Digital - Ciro Avelino

Estec Tecnologia - Alvaro Esper

Pontus Vision - Guilherme Bueno e Ado Fonseca

IIMA - Gicélia Azevedo / Ciro Avelino

Store ID - André Alckmin

Open Text - Daniel Dias Pinto

SERPRO - Valdísia Domisio

Equipe - Access Gestão de Documentos

Kodak Alaris - Felipe Fontes

DocExpert - Ligia Ferreira, Camila Deniculi e Edenilza Magalhães

Ricoh Brasil - Flavia Ferreira, Cristiano Silva e Antonio

Acervo Serviços - Felix Martins, Kamila Laurindo, Karoline Laurindo e Carlos Laurindo

Arquivar Campinas - Luiz Domingos

Lab 245 - Maria Luiza Reis

DocExpert - Camila Deniculi Vila Verde

32

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


Homenageados 10 anos INFORMATIONSHOW

W3K Tecnologia - Daniel Klafke / Dox Soluções - Danubia Mancini e Antônio Amorin

CCEE - William Matsubara, Tatiane Vicola e Diego Moreira

PRTI Digital - Mauricio Dias

Grupas - Claudenir Martins e Patrícia Longhi

Archivo Tecnico - Narcizo Junior

OAB/RJ - Alexandre Mattos

IMA - Walter Koch / Bradesco - Sandro Tiozzo / Digital Consultant - Pedro Goulart

L3 - Antonio Pires

Cesari - Roberto Gonzales e Adriana Carmona

Ricoh Brasil - Cristiano Silva

3A Digitall - Ricardo Roder

Mauricio Dias, Ricardo Monteiro e Alexandre Cardoso

Arktec - Fernanda Pinheiro

ASG Technologies - Patricia Apollonio

WGD Automation - Andressa Lopes, Lara Sena, Daniel Carnielli e Lenise Silveira

Sandra Mletchol

Gomaq - Eduardo Simionato

Equipe IIMA

www.informationmanagement.com.br

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

33


DEPOIMENTOS DEPOIMENTOS

William Matsubara Gerente de Tesouraria - CCEE

Participar do Information Show São Paulo 2019 foi um grande aprendizado e uma excelente troca de experiência! Pude observar durante o evento as inovações no setor de Informação e as soluções que o mercado dispõe para colaborar com eficiência e transparência na resolução dos desafios que encontramos no ambiente interno! Para mim, o ponto alto do evento foi a palestra do Diretor David Dias sobre Intelligent Automation com uma elucidação dos desafios e novidades e linguagem clara para todos os presentes.

Acredito que o evento nos foi muito proveitoso oportunizando acompanhar as tendências e tecnologias disponíveis para automação de processos de forma inteligente. Vejo com muito bons olhos a aplicação de RPA e AI na administração pública, mas, a chave é obter o apoio da alta administração. Necessário seria um bom planejamento estratégico dotado de visão holística para evitar contratação de mão-de-obra e aplicar soluções inteligentes nos processos administrativos públicos. Esse é o desafio.

Julio Alberto Lago Vanz

O congresso foi muito produtivo com diversas soluções de inteligência artificial, LGPD, sistemas digitais do governo e a transformação digital, excelente para startups que buscam expandir no mercado, tive uma valiosa experiência conectando idéias e compartilhando conhecimentos. Vanessa Morfeu Gerente de Projetos Startup Busca Cargas

O evento Information Show deste ano foi o melhor que participei até hoje, pois cobriu os assuntos mais relevantes do momento, como LGPD, RPA, AI e Transformação Digital. O painel que mais me chamou a atenção foi a do Sr. Ciro Avelino, Secretário Adjunto do Min. Economia, com o tema Governo Digital - Cidadão Empoderado, trazendo ao público as iniciativas do Governo na transformação digital dos processos e serviços ao cidadão, visando a desburocratização e maior eficiência.

Rodrigo Rossoni Ribeiro Diretor Executivo – Fast Scan

Diego Moreira dos Santos Gerência de Compras, Infraestrutura e Serviços - CCEE

34

Na minha opinião o evento estava muito bem organizado, a escolha do local foi muito feliz e os palestrantes foram de alto nível. Saí com uma nova perspectiva quanto a “TransMUTAÇÃO” Digital, como cunhou um dos palestrantes. Minha única dica, fica para a compilação de temas. Temas como LGPD e RPA ficaram repetitivos e espaçados. Claro que as empresas querem “vender seu peixe”, mas acho que poderia ter sido compilada a parte conceitual. Por exemplo, apresenta-se com painel/ palestra a parte conceitual do RPA, depois as empresas apenas apresentam seus cases. Assim não ficaria disperso o tema e repetitivo.

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


CONGRESSO

Gostei muito do evento, por isso agradeço todo trabalho realizado pelos organizados para se melhorar a cada ano. O evento trouxe a oportunidade de fazer networking com muitos clientes e parceiros potenciais. Neste ano especialmente destacou-se o alto nível de palestras, parabéns com isso e ainda mais êxitos no futuro! Irene Kanonykhina Gerente Regional América Latina - ABBYY

No geral foi muito bom, os conteúdos de outros lugares estão convergindo, ou seja, o mercado está encontrando soluções e existe muita gente boa. Carlos Alberto Keiji Nakafori

Administração De Empresas - UNIFIEO

Suely Dias dos Santos CEO - Técnica Gestão Documental

Acompanho o evento desde o seu início. É uma iniciativa fundamental para o mercado de Gestão Documental, fornecendo conteúdo de alta qualidade à toda a nossa comunidade. A participação das empresas de qualquer porte é importante para adquirirem conhecimento sobre os diversos assuntos que envolvem os documentos, obtendo subsídios para que consigam vencer de forma eficiente os desafios de gerenciar os arquivos, acompanhar as tendências e as rápidas mudanças que ocorrem. O evento potencializa nas empresas não só expressivo conhecimento para seus times sobre o assunto, mas o senso de prioridade sobre riscos e oportunidades no campo da gestão documental, abrindo os horizontes e a visão de diretores e gestores responsáveis pelas decisões. O IIMA e o seu fundador estão de parabéns pela iniciativa, pelo empenho e sobretudo pela grande contribuição não só ao meio da gestão documental, mas educacional, social e econômico brasileiros.

O InformationShow 2019 é um evento imperdível na agenda de qualquer profissional que queira estar por dentro dos principais acontecimentos nas área de serviços de TI. Esse ano o destaque foram as soluções de RPA e OCR de captura e impressão de dados variáveis na nuvem. Ótima oportunidade para conhecer as tendências de mercado e expandir a rede de relacionamentos! Agustin Sylvester Sócio diretor – Direct.data

Eduardo Viegas

Especialista de Estratégia Digital - Telefonica

O evento Information Show de 2019 atendeu as minhas expectativas, é a minha primeira participação neste evento, parabéns pela organização e dinamismo. Os temas abordados nos levam a pensar e refletir sobre como estará o mundo da informação daqui alguns anos. Como comentado sobre o nosso novo petróleo “Os Dados” atrelado as tecnologias de AI, RPA e Machine Learning moldarão o mercado e quem conseguir surfar e tirar o máximo de proveito destas vertentes criará um império e valores agregados seja para o cliente final , seja para o modelo do seu negócio e até mesmo a sua sobrevivência.

www.informationmanagement.com.br

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

35


DEPOIMENTOS DEPOIMENTOS

Fabricio Nunes Gerente de portfólio de projetos Digitais Amil Internacional S.A.

No InformationShow2019 tive a oportunidade de interagir com diversos profissionais da área de tecnologia e conhecer algumas empresas com ótimos produtos digitais. As palestras foram de bom nível e com conteúdo extremamente relevantes. Destaco a apresentação do Ciro Avelino do Ministério de Economia que além da apresentação bem conduzida e conteúdo animador, abriu um canal bem interessante entre o mercado e o governo. E ainda o Vinicius Dutra da WDG com uma visão de esteira e um produto que sem dúvida fará a diferença em diversos negócios. A organização do evento, ao meu ver teve muito sucesso em levar ao palco os assuntos e tecnologias mais relevantes no momento atual da transformação digital do mercado brasileiro e até mundial.

É sempre bom poder participar do INFORMATIONSHOW, rever alguns amigos, compartilhar experiências profissionais e principalmente expandir minha rede de relacionamentos. Recomendo!! Bruno Zampaglione Diretor Operacional TCG PROCESS

Ciro Avelino Secretário Adjunto de Governo Digital - Ministério da Economia

Entendemos na Secretaria de Governo Digital como de extrema relevância eventos como este, em que é possível compartilhar nossas estratégias, ações e resultados para transformação digital do governo. Além de poder interagir com o um público especialista e escutar e entender os problemas que tratamos por uma perspectiva que não é para nós possível perceber. Atacar um problema tão complexo exige esforço conjunto de toda sociedade e momentos de permeabilidade como esse nos ajuda com possíveis ajustes ou reforço em nossa atuação.

Excelente evento! Trouxe temas desafiadores que nos fazem repensar as estratégias das nossas empresas para o futuro, quero também parabenizar toda a direção por manter um evento em tão alto nível por uma década. Marcelo Dorigati Carreira Access – Diretor de Marketing e Vendas

Eu sou até suspeito para dizer, porque eu sou fã de vocês. Acontece que o information show é agora uma ferramenta indispensável para atualizar os conhecimentos de nossa indústria. Desejo a toda equipe e ao meu amigo Eduardo muito sucesso e tudo de bom. Obrigado Alexandre Maiali Diretor – CEO da Image One

36

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


CONGRESSO

O evento foi muito interessante porque temos a oportunidade de conhecer outros executivos que já possuem experiência na implantação de RPA e AI. Dessa forma podemos aprender mais rapidamente e evitar erros. Antonio Pires de Oliveira L3 CRM

Nós, da WDG Automation, ficamos felizes em contribuir com uma iniciativa que movimenta o mercado de tecnologia e se propõe a apresentar ações e soluções que estão fazendo a diferença no Brasil e no mundo. Por mais um ano, tivemos a oportunidade de demonstrar a força do RPA e como a utilização de uma plataforma única e integrada é capaz de potencializar os resultados e transformar o jeito de fazer negócio. É sempre um prazer fazer parte desta história.

Fernando Garnero Presidente da IMA

Vinícius Dutra

Consultor de Pré-Vendas e Especialista em RPA WDG Automation

Participar da 10ª edição do Congresso INFORMATIONShow foi surpreendente pela qualidade do line up dos palestrantes e relevância dos assuntos e conhecimentos compartilhados em Inteligência Artificial, Machine Learning, Computação Cognitiva, Big Data e tantos outros o que proporcionou uma abertura ainda maior dos horizontes a serem atingidos. A troca de experiências sobre as mais recentes tecnologias e o uso para Gestão Pública foi ímpar. Os relacionamentos que ali foram iniciados, me fazem crer que há um movimento gigantesco no sentido expandir e difundir cada vez mais os conhecimentos adquiridos para que possam ser utilizados da melhor forma possível em prol de resultados ainda mais significativos. Parabenizo toda a equipe que organizou este fantástico congresso e já com expectativas muito positivas para o próximo.

Assim como o próprio nome do evento diz: Information Show, é um evento repleto de muita informação, muita tecnologia, muitas empresas e pessoas interessantes. As palestras sempre trazem muito conteúdo, as preocupações que temos que ter e as tendências para o mercado. Natanael Pessoa Departamento Comercial – Arquivar

www.informationmanagement.com.br

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

37


DEPOIMENTOS DEPOIMENTOS O congresso Informationshow trouxe temas relevantes e atuais, como a LGPD e uso de RPA e inteligência artificial nos negócios. O contato com parceiros que trouxeram novidades interessantes na área de gestão documental, digitalização e uso inteligente da informação de maneira geral foi muito enriquecedor. Silvana Papareli Shared Services Consultant -Siemens

O evento foi oportunidade de atualizar em novas tecnologias e nas melhores práticas para transformação digital. O meu objetivo com a participação foi identificar oportunidades de aplicação da IA em Operações. O vasto material e cases do assunto certamente ajudará na adoção de ferramentas de IA na operação que gerencio.

Gerson Rodrigues Gerente Operações -Ticket Serviços S/A

Glauco Lehdermann Sócio - Capital Executivo

Participei do INFORMATIONSHOW SP pela primeira vez e foi sensacional. A qualidade dos palestrantes, os temas relacionados à tecnologia e legislação e os cases apresentados me ajudaram a entender melhor este momento de revolução digital, pelo qual estamos passando. A forma como o evento foi organizado me proporcionou estabelecer networking de alta qualidade, verificar os produtos / serviços em exposição, bem como identificar parceiros que, através de seus produtos, irão agregar valor às soluções que oferecemos aos nossos clientes.

“O congresso Information Show 2019 abordou os temas que estão mais impactando as organizações no momento, dando um overview das tecnologias no passado, presente e futuro para embasar a transformação dos documentos e dados como informação para extração de insights, além de reforçar o impacto de legislações como a LGPD, que nos faz refletir sobre os modelos de desenvolvimento das soluções, levando em consideração os dados individuais das pessoas dentro e fora das corporações. Parabéns ao Instituto Information Management e seus parceiros pelo excelente evento!”

Vanderson Cavalcanti Document manager – Mtel

A gestão de informação é o coração do processo de transformação digital. A 10a edição do Congresso INFORMATIONSHOW fez a ponte entre a automação e o cumprimento às novas regulamentações de proteção de dados. Essa foi uma contribuição importante para a ampliação da discussão no cenário corporativo Ingrid Imanishi

Advanced Solutions Manager - NICE Ltd.

38

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


CONGRESSO

Luiz Roberto Sócio - RN Gestão

Estive presente visitando os stands para conhecer as tecnologias emergentes que buscam a melhoria do processo gerencial, principalmente a Gestão de Documentos, bem como os processos de digitalização de documentos. Tendo em vista que estou desenvolvendo um artigo técnico utilizando IoT, RPA, Big Data e IA voltados à prevenção de Fraudes, Roubos e Desvios de Recursos, julgo importante destacar as visitar junto a: IBSDOCS - Realizei uma longa conversa com o Sr.Wagner Ferreira sobre o M-Files, que trata de um sistema muito amigável de gestão de documentos; WDG Automation - No stand conversei co mo Sr. Vinícius Dutra sobre o sistema de RPA, voltado a automação de processo de gestão documental e plenamente integrado a ERPs de mercado; PRTi Digital - Conversando com o Sr. Marcos Lucania obtive informações sobre a extração de dados de documentos ao mesmo tempo que é possível Gestão de Documentos mais eficaz.

O Congresso me trouxe diversas informações novas de excelentes profissionais nas palestras o que aumentou muito os meus conhecimentos. O que me chamou a atenção foi a feira de negócios com a exposição e demonstração de produtos e serviços da área. Alexandre Mattos Portal Baw

Fábio Carvalho

O evento foi muito promissor. Nos mostraram exemplos de robôs cognitivos, abordando como e onde eles podem ser empregados. Tivemos também choque de realidade temporal, quando nossos palestrantes compararam a linha de transformação digital no Brasil com a linha do tempo de transformação a nível mundial. Falando de aprendizado, conseguimos benchmarks estratégicos. Percebemos também que nossas soluções estão de acordo com o que o mercado está trabalhando, com dinamismo.

Estratégia Digital e Inovação Telefônica Brasil

O Congresso InformationShow SP foi um evento muito rico em conteúdo permitindo que todos os participantes possam estar atualizados sobre as tendências no mercado de gestão da informação, trazendo especialistas da área assim como líderes de empresas do segmento privado e do governo que puderam compartilhar suas experiências na implementação de processo e ferramentas para a Transformação Digital. Uma outra característica importante destes eventos é a possibilidade da realização de networking entre diferentes pessoas do mercado, o que sempre permite conhecermos novos profissionais e novas empresas que atuam no segmento.

www.informationmanagement.com.br

Paulo Fernandes LATAM Region Managing Director - Alaris

2019 | INFORMATION MANAGEMENT

39


INSIGHTS

Os insights reproduzidos na Information Management são de total responsabilidade dos seus autores

Marcelo Lancerotti Country Manager da Wolters Kluwer Health no Brasil

5 fatores que ajudam a tornar as instituições de assistência médica mais avançadas Instituições de assistência médica que conseguem atingir níveis máximos de eficiência em suas operações, na qualidade do atendimento e em um melhor controle de gastos, têm em comum uma combinação de recursos que contribuem significativamente para estes bons resultados. Em geral, são atributos que facilitam a tomada de decisões compartilhadas e, principalmente, ajudam a garantir que a assistência médica seja eficiente e efetiva, em alinhamento com as necessidades dos pacientes e, independente, de sua localização geográfica. Alguns atributos são essenciais para que uma instituição de assistência médica seja considerada avançada e esteja no caminho certo para melhorar a sua efetividade clínica, o que inclui reduzir a variabilidade do cuidado por meio da consolidação de protocolos padrões. Nos Estados Unidos, por exemplo, de acordo com pesquisas, cerca de 38% do total das instituições de saúde tem prejuízos com procedimentos conside-

40

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

rados desnecessários. Nesse sentido, destaco cinco fatores fundamentais para a modernização e eficiência dos processos: #1 Alinhamento Sistemas de informação robustos e combinados com análises avançadas podem ajudar na tomada de decisões assertivas e na obtenção de melhores resultados clínicos que beneficiam tanto as instituições de assistência médica, como pacientes. #2 Paciente no centro do cuidado Promover a educação em saúde e o diálogo entre pacientes e médicos ajuda a criar níveis elevados de engajamento. #3 Evidência A aderência a recomendações e melhores práticas de assistência médica universais são apontadas como protagonistas no aprimoramento do processo e resultados.

#4 Conhecimento O aprendizado constante e apoiado em conhecimentos médicos baseado em evidências deve ser aplicado em todo o processo de cuidado, estendido para toda a comunidade científica e até mesmo aos próprios pacientes. #5 Cultura A cultura motiva e mobiliza equipes de cuidados prolongados a adotarem uma filosofia centrada no paciente e a firmarem um compromisso com qualidade, segurança e eficiência. As instituições de assistência médica que adotam essas premissas e se apoiam em recursos avançados de suporte à decisão clínica, alcançam maior efetividade clínica e reduzem os problemas que impactam negativamente o desempenho final dos resultados. Deste modo, a avanço certamente virá.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Carlos Alberto Ferraiuolo Diretor de Tecnologia e Inovação da Access Brasil

LGPD: Saiba como a lei vai estimular a robotização de processos

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), prevista para entrar em vigor em meados de 2020, foi sancionada no início de julho pelo presidente Jair Bolsonaro. Mas o veto a alguns dispositivos, como os direitos dos usuários quando objeto de decisões automatizadas, vem provocando discussões.

42

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

A nova redação da LGPD alterou as regras para a revisão de decisões automatizadas, como no caso de discordância na concessão de crédito a uma pessoa. No texto aprovado anteriormente pelo Congresso, esse procedimento só poderia ser feito por pessoa natural, obrigação que foi excluída na redação final, sob alegação de que

a regra prejudicaria a “análise de risco de crédito e novos modelos de negócios de instituições financeiras” e a partir de agora essa revisão também poderá ser realizada por sistemas automatizados. Em entrevista à Agência Brasil, o advogado Renato Leite, especialista em privacidade de dados, ques-

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

tionou a exclusão da obrigação alegando que essa automatização – um novo sistema para revisar o outro sistema – implica em processos cada vez menos transparentes. “O titular continua sendo sujeito a processos discriminatórios e não terá possibilidade de auditar isso corretamente”, alega o advogado.

discriminações, o que faz parte do escopo de sistemas desenvolvidos com tecnologias de última geração. Vale lembrar que inicialmente um robô não toma decisões sobre informações. Algoritmos de Inteligência Artificial aportados em um robô é que vão entregar novas capacidades ao processo.

Mas o que acontece é exatamente o contrário. Com a robotização de processos, o serviço de formalização de contratos de crédito obedece a regras internas de cada negócio da instituição financeira, assim como a exigências legais que devem ser cumpridas em cada tipo de operação.

Além disso, atendendo a outras normas da LGPD – a segurança dos dados – todas as informações são digitalizadas e armazenadas seguindo regras e políticas claras de segurança e de governança. Estejam armazenadas em ambientes cloud ou On Premise, as informações são protegidas por sistemas que impedem invasões e violações, e rígidas regras de acesso e de permissões. E também contam com a funcionalidade de controle de temporalidade, o que garante a sua destruição segura após o prazo de retenção dos dados previsto na lei.

As regras para a concessão de financiamento de veículos, de crédito pessoal, consignado ou imobiliário, entre outras operações, são inseridas na base do sistema e posteriormente confrontadas com a documentação entregue por cada cliente. E instituições financeiras de renome no mercado sempre disponibilizam, de forma clara, essas regras, o que garante a transparência do processo.

Benefícios da robotização de processos vão além das regras

Em mercados altamente competitivos, como é a regra atual, as empresas precisam focar no seu Outra forma de garantir a transcore business e buscar as melhores parência na avaliação das insoluções para otimizar seus procesformações é ter o processo bem sos, ganhando agilidade e condocumentado e o algoritmo fiabilidade nos resultados. Nesse devidamente “treinado” para evitar cenário de negócio, não existe mais

44

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

espaço para o modelo mecânico e manual de gestão em tarefas repetitivas como, por exemplo, a formalização de contratos no setor financeiro. E os stakeholders – desenvolvedores e usuários - estão atentos a essa tendência, buscando inovadores serviços de BPO (Business Process Outsourcing – Terceirização de Processos de Negócio), customizados para atender as regras internas e política de crédito, por exemplo, de cada instituição (banco, lojista, empresa de seguro, entre outras), avaliando os dados históricos de cada cliente com total segurança. Ao deixar de lado as tarefas repetitivas, a área financeira pode alocar as pessoas em funções mais estratégicas e gerenciais, que realmente gerem mais valor para o negócio e mais satisfação para os clientes. Temos certeza de que o futuro das formalizações de contratos, entre outras tarefas repetitivas da área financeira, está na robotização de processos, que garante mais qualidade no serviço, transparência e segurança para as empresas e para os usuários, atendendo, entre outras, as normas da LGPD.

www.informationmanagement.com.br


VEJA MAIS

economia PARA QUEM TEM COMO META,

O F E R E C E M O S C O M O R E S U LTA D O . • Guarda de documentos • Digitalização de documentos • Gestão de Contratos • Validação de créditos • Check-list de Contratos

to Go e Sit

• Dossiês de Funcionários • Secure Dataroom • Fornecimento de mão de obra especializada • Gerenciamento do projeto junto ao cliente • Formalização física e sistêmica de documentos • Apoio logístico para movimentação de documentos

Escolher a Memovip como parceira do seu banco é contar com serviços especiais, de alta qualidade, capazes de minimizar custos e economizar um tempo valioso. Temos soluções do tamanho exato da sua necessidade, infraestrutura física incomparável para armazenagem de documentos, o melhor custo benefício do mercado e disponibilidade de atuação em todo o território nacional.

31

3419 7200

MEMOVIP.COM.BR


INSIGHTS

Tim Morris Diretor de Produtos e Parcerias da Empresa na Região EMEALAAP

Inteligência Artificial alia dados científicos a evidências colhidas na prática para criar o futuro da saúde

Vivemos a era da inteligência artificial (IA). Esta tecnologia está modificando a maneira como trabalhamos, brincamos e vivemos – e continuaremos a fazê-lo, conforme a sociedade avança. O setor da saúde não está por fora deste fenômeno: do reconhecimento de imagem e da tradução automática à realização de diagnósticos

46

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

clínicos, os benefícios da IA ​​são amplos. E tudo começa com a coleta do grande volume de dados que este mercado gera. Chegamos então ao big data, ou seja: uma ampla coleção de dados brutos, com muita informação, prontos para serem desbravados! Porém, quando essa massa é

transformada em conhecimento por meio de machine learning e outras tecnologias de IA, temos novas fontes de evidências, que podem oferecer informações valiosas aos profissionais de saúde, ajudando na tomada de decisões embasadas em evidência para melhorar os resultados.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Hoje em dia, as plataformas de apoio à decisão ajudam médicos e enfermeiros a deliberarem com base nas informações médicas mais recentes, provenientes de pesquisas científicas e até mesmo baseadas em evidências.

Como então podemos preparar esses dados para esta era da inteligência artificial, para atingirmos todo o seu potencial de valor?

Aproveitando todos os benefícios da IA ​​e da machine learning, os cientistas e pesquisadores podem Quando olhamos para esses enanalisar as informações existentes saios clínicos, publicações em peri- dos pacientes para extrair novas ódicos e diretrizes de cuidados, descobertas, com hipóteses muitas percebemos que leva muito tempo vezes não abordadas em pesquipara tudo isso chegar ao profissas científicas anteriores. sional de saúde ou paciente. Em média, são necessários 17 anos Por intermédio desta análise, os para que apenas 14% das novas dados do mundo real se transdescobertas científicas encontrem formam em evidências do mundo seu caminho até a prática diária. real - em outras palavras: dados brutos, não estruturados e anteAo mesmo tempo, a maioria dos riormente inutilizáveis ​​tornam-se dados de saúde que coletamos conhecimento acionável em tempo é desestruturada, exigindo um real, acelerando o caminho da trabalho extenso para organizar, evidência para a prática. codificar e identificar antes de qualquer análise. As tomadas de decisões clínicas são feitas com base em evidências Além disso, os dados são provereais por intermédio do uso de nientes de várias fontes, estão em IA. Se bem tratada, a Inteligênvários formatos diferentes e em cia Artificial tem o potencial de um volume cada vez maior. reduzir o tempo que as novas descobertas levam para encontrar De acordo com a IBM, entre um caminho para a prática. registros eletrônicos de saúde (EHRs), diagnósticos digitalizados Por exemplo, na Alemanha, a e dispositivos médicos usáveis, Elsevier fechou uma parceria um paciente vai gerar mais de com um prestador de serviços de um milhão de gigabytes de dados saúde para avaliar seis milhões de relacionados à saúde durante a conjuntos de dados de pacientes vida, dobrando a quantidade de anônimos, juntamente a dados de dados médicos existentes de dois 25 milhões de publicações médicas. a cinco anos.

48

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

No entanto, os dados de evidências do mundo real por si só não são suficientes. Combinando dados gerados por pacientes com evidências acadêmicas, os profissionais de saúde são capazes de criar opções de tratamento personalizadas. Nesse contexto é que os protocolos clínicos crescem de importância dentro dos prontuários eletrônicos. Atualmente, no Brasil, os gestores já estão sensibilizados para a importância da adoção dos processos e já perceberam também que, além da produtividade, a redução de ocorrências indesejadas ou não planejadas gera economia de custos. O grande desafio é escolher onde aplicar a tecnologia para que esses ganhos sejam exponenciais tanto na qualidade do atendimento ao paciente e segurança do mesmo quanto em recursos. Investir na coleta, padronização e estruturação de dados, aliada ou não a IA, certamente é um caminho seguro para obter ganhos nas duas frentes, garantir as melhores práticas de cuidado possível ao mesmo tempo que tornam as empresas do setor mais eficientes.

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


INSIGHTS

Fábio Vieira Responsável pelos produtos de Gestão de Ativos da Atech

Indústrias que mantiveram investimentos em gestão de ativos vão ter recuperação mais rápida nos próximos anos

Toda economia passa por momentos de crise. Nos Estados Unidos, foi em 2008, com a falência do Lehman Brother, um dos bancos de investimento mais tradicionais do país, o que provocou um efeito dominó no mercado global. Em 2010, foi a vez da Grécia ocupar as manchetes dos noticiários econômicos. E, o Brasil, segundo a Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), enfrenta uma recessão econômica desde 2014.

50

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

Mas o cenário já é mais promissor. Embora o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) tenha revisado a sua projeção para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2% para 0,8% em 2019, para 2020 as projeções já são mais otimistas, com previsão de crescimento do PIB para 2,50%. Além disso, mantendo o otimismo necessário para gerenciar um negócio, vamos lembrar de como o

Japão e a Alemanha transformaram todas as dificuldades dos períodos pós-guerra em oportunidades, investindo principalmente em qualidade e eficiência em seus processos de operação e manutenção. E será que a sua indústria está pronta para se encaixar nessa perspectiva de crescimento e manter o otimismo? Os ativos que compõem a sua linha de produção estão prontos para suportar um aumento

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Unidades em todas as regiões do Brasil: RS: Caxias do Sul e Passo Fundo. SC: Chapecó e Florianópolis. PR: Cascavel, Curitiba e Londrina. SP: Campinas, São José dos Campos, São Carlos e São Paulo. MG: Belo Horizonte (M), Ipatinga, Montes Claros, Porteirinha e São Lourenço. RJ: Duque de Caxias, Macaé e Rio de Janeiro. ES: Vitória. BA: Salvador e Feira de Santana. SE: Aracaju. AL: Maceió. PE: Recife. PB: João Pessoa. RN: Natal e Mossoró. CE: Fortaleza. MA: São Luis. PI: Teresina. PA: Belém. AP: Macapá. AM: Manaus. MT: Cuiabá. MS: Campo Grande. Bolívia: Santa Cruz de la Sierra.


INSIGHTS

de demanda ou mesmo formatar novos produtos e reduzir o time-to-market? A área de gestão de ativos faz parte do planejamento estratégico do seu negócio? E é exatamente na atividade de gestão de ativos que empresas podem identificar novas oportunidades, identificando processos que ampliem a produtividade e o valor gerado pelos ativos. Com a esperada retomada da economia brasileira, as indústrias já estão buscando aumentar a produtividade, mas ao mesmo tempo ainda não contam com fôlego financeiro para grandes investimentos em ativos. E sem grandes investimentos na expansão das plantas, a saída é otimizar os ativos existentes. Nelson Cabral de Carvalho, membro da Abraman (Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos) lembra que “antes considerava-se que a manutenção e a gestão de ativos eram um centro de custos.

52

dessa opinião, e acrescenta que a boa manutenção e gestão de ativos tem sido fundamental para a otimização e aproveitamento dos parques produtivos, contribuindo para manter ou minimizar perdas de produtividade. “Com uma gestão de ativos proativa e manutenção preventiva e preditiva, as empresas têm melhores condições para reagir ao aumento de produção, assim que houver recuperação de demanda”. Como manter a competitividade pós-crise? Como se vê, a implantação de uma correta estratégia de manutenção de ativos é considerada fundamental para manter a competitividade em um momento de retomada da economia. O que nos leva a um outro desafio: como identificar e implantar a melhor estratégia nesse cenário que também inclui a necessidade de embarcar na jornada da transformação digital, rumo à Indústria 4.0?

A filosofia atual é que essa área é um centro de resultados. Nessa fase de retomada da economia, quanto mais se puder tirar valor dos ativos existentes, melhor. Essa estratégia gera a oportunidade da empresa ganhar mais com uma maior produtividade e confiabilidade dos equipamentos”.

A resposta está na digitalização e automação dos processos de gestão de ativos, garantindo mais agilidade no compartilhamento e análise de dados e, consequentemente, ações preditivas que garantam a disponibilidade e confiabilidade dos equipamentos.

José Ricardo Roriz Coelho, da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), compartilha

O ideal é contar com sistema único de gestão de ativos, capaz de automatizar todos os ciclos do processo

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

de manutenção, com soluções de abrangem as seguintes etapas: Monitoramento de Condição do Ativo, que permite a tomada de decisão durante a produção e manutenção; a eliminação de manutenções preventivas desnecessárias, e a identificação rápida de problemas quepossam afetar a segurança operacional e ambiental. Planejamento e Programação da Manutenção, que fornece um sistema atualizado de recursos, bem como a gestão de execução das atividades críticas, o nivelamento da carga de trabalho da equipe, integrando e otimizando missões planejadas e agendamentos de última hora considerando o risco dos ativos. Gestão da Execução de Manutenção, que fornece dashboards amigáveis para o gerenciamento dos ativos; consulta a estoque de peças, monitoramento dos chamados de manutenção, alocação dos custos de manutenção, encaminhamento de chamado para equipe de campo de forma simples e humanizada. Gestão da Estratégia do Ativo, com a verificação do grau de confiabilidade do ativo; identificação dos equipamentos que estão gerando mais quebras, bem como dos ativos que estão impactando a performance produtiva, e auxílio na construção da gestão de risco.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Mark Cattini CEO da ClickSoftware para América Latina

Prestação de Serviços na Era da Experiência do Cliente

Nos últimos 10 anos, houve uma grande mudança na área de atendimento ao cliente. As expectativas dos clientes estão aumentando e agradá-los é, de fato, o padrão. Pesquisas apontam que 65% dos consumidores consideram que uma experiência positiva com uma marca é mais influente do que a publicidade tradicional. Essa grande mudança acelerou principalmente em função de empresas como Uber e Amazon, que introdu-

54

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

ziram novos modelos de negócios e redefiniram a experiência do cliente. Mesmo indústrias que tradicionalmente não se diferenciavam na prestação de serviços, agora se veem forçadas a se atualizar. De acordo com o mais recente relatório do CXTrends, maior estudo sobre experiência do cliente no Brasil, 55% das empresas não estão satisfeitas com o atendimento que prestam, 48% ainda não possuem metas de

atendimento e relacionamento, 35% não monitoram a satisfação e 49% aumentaram o investimento em gestão de atendimento ao cliente, sendo esta a área de maior investimento entre as empresas. Já sobre a percepção dos clientes, a pesquisa revelou que 68% dos consumidores não acham que os profissionais de atendimento são qualificados como deveriam e 72% dos clientes classificam como mediano ou ruim o atendimento recebido atualmente.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Agilidade e inovação aprimoram a experiência do cliente Para melhorar os níveis de serviço e, ao mesmo tempo, continuar aumentando a eficiência operacional, nessas novas condições de negócios, as organizações devem manter um alto nível de agilidade nos negócios. Em outras palavras, as equipes de serviço em campo devem ser capazes de responder rapidamente a ambientes em mudança, satisfazer os clientes com prestação de serviços contínua e medir o impacto. Do ponto de vista gerencial, as decisões devem ser estrategicamente alinhadas para atender aos imperativos de negócios, como custos de serviços e conformidade com o SLA. As organizações de serviços devem responder rapidamente a mudanças e incertezas. Uma maneira de garantir a agilidade dos negócios é através da constante inovação. Existem dezenas de exemplos de ex-líderes do setor que falharam devido à falta de inovação contínua. A Kodak, a Blackberry, a JCPenney e a Blockbuster são apenas alguns nomes familiares que não seguiram a direção do mercado e, posteriormente, pagaram o preço. Embora os detalhes em torno de cada exemplo sejam únicos, a única coisa em comum é que nenhuma dessas empresas conseguiu manter sua inovação ou agilidade. Por outro lado, a Amazon tem sido chamada de “uma das empresas mais ágeis do planeta”, o que é uma pedra angular de seu vencedor modelo de negócios. Há muitas razões pelas quais as empresas não conseguem inovar, e uma

56

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

das mais significativas é a relutância em adotar a mudança. O gerenciamento de mudanças é um elemento vital para a maioria das empresas acompanharem as tendências mais recentes, ajudando-as a obter uma vantagem competitiva. Sem uma estrutura adequada de gerenciamento de mudanças em vigor, as empresas que estão enfrentando uma transformação não terão a adesão de que precisam. Na indústria de serviços em campo, existem dois objetivos críticos que as empresas precisam manter em vista para ter sucesso. A primeira delas é a eficiência, para garantir os recursos adequados com as habilidades e peças certas, no local e momento correto. Depois a eficácia, que significa a garantia de uma pronta correção, para fornecer uma experiência positiva ao cliente no ponto de serviço. As empresas que mantêm esses objetivos em primeiro plano são as que oferecem as melhores experiências para os clientes. Mas um dos principais desafios que essas organizações enfrentam é como medir o seu impacto. A importância da mensuração para otimizar a experiência do cliente ‘Você respeita o que você inspeciona’ – Esta é uma frase eficiente. O fato é que, se a sua empresa puder identificar os principais indicadores de desempenho e estabelecer uma linha de base, ela poderá ser medida e aprimorada.

simplesmente perguntar ao cliente. De acordo com o especialista em atendimento ao cliente e experiência, Shep Hyken, pesquisas breves são uma maneira ideal de solicitar feedback. Elas permitem que os clientes forneçam rapidamente um feedback valioso e honesto imediatamente após a chamada de serviço, enquanto a visita ainda está fresca em sua memória. Capturar outros indicadores é importante para entender todo o quadro. Mesmo sem feedback direto dos clientes, os líderes de negócios podem observar outras métricas e fazer inferências para entender se seus clientes estão satisfeitos. Alguns indicadores como retenção, renovações e upsells sinalizarão um trabalho bem feito. Compromissos perdidos, várias visitas para um reparo e janelas longas de compromissos resultarão em clientes insatisfeitos mesmo que não estejam lhe dizendo isso. A experiência do cliente é, sem dúvida, crucial para todas as empresas de serviços. Mas é claro que nem todas as organizações podem ser a número um em seu mercado. Ao invés de buscar a perfeição, as empresas que buscam consistência, previsibilidade e cumprimento de promessas provavelmente proporcionarão grandes experiências aos clientes. Desde que o serviço atenda ou exceda as expectativas, a experiência do cliente pode ser o seu grande diferencial competitivo.

Naturalmente, uma maneira eficaz de saber se sua empresa está entregando uma experiência satisfatória é

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


INSIGHTS

Alfredo Santos CMSO da SEC4YOU

4 passos para implementar sua Estratégia Digital Segura

A pesquisa Global sobre fraudes e crimes econômicos, denominada “Tirando a Fraude das Sombras” e realizada pela PWC em 2018, apontou que o número de fraudes está crescendo. Em 2014 37% dos executivos brasileiros entrevistados afirmaram que a organização já foi vítima de alguma fraude ou crime econômico, já no ano passado (2018), esse número aumentou para 53%, ou seja, um aumento de 16% em ataques cibernéticos. Com isso, surge a preocupação com a segurança de informações que aumentam proporcionalmente ao crescimento dos negócios.

58

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

Uma das formas de proteção contra fraudes e roubos de informações é a autenticação, como, PIN/senhas, geolocalização, impressão digital, reconhecimento de voz, reconhecimento facial, reconhecimento ocular, análise comportamental, entre outras.

proprietário da senha tem acesso à mesma e existem mecanismos que facilitam o acesso de criminosos a informações de usuários. Ou seja, o meio digital é um mecanismo frágil, por isso é necessário estabelecer estratégias de segurança eficazes.

Porém, diversas pessoas usam a mesma senha para diferentes serviços, para sermos exatos 61%, é o que aponta a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, realizada em 2018 que entrevistou 2.055 brasileiros. Além disso, não é garantido que somente o verdadeiro

A Delloite realizou em 2018 a pesquisa Global Mobile Consumer Survey³ onde indicou que o dispositivo com mais acesso pelos brasileiros é o mobile (92%). Com isso, as empresas procuram aproveitar a “onda do momento”, ou seja, por que não utilizar o mobile para

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

facilitar o acesso do consumidor aos produtos e serviços do mercado e como um canal para ampliar a segurança digital?

informações pessoais, por esse motivo, precisamos estabelecer múltiplos fatores de autenticação (MFA).

Os mobiles além de serem incluídos nas estratégias de negócio, precisam ser acrescentados nas estratégias de segurança. Vamos pensar em um exemplo real:

Isso seria como “legitimar o usuário”, ou seja, fazer com ele confirme que é realmente quem diz ser. Juntando os métodos de autenticação como, PIN/senha e geolocalização, é possível estabelecer critérios de autenticação de acordo com cada nível de ação na aplicação. Por exemplo, muitos usuários possuem rotinas específicas para acessar um aplicativo bancário, se o usuário geralmente acessa o aplicativo durante o dia e em casa, é de se estranhar que ele queira realizar um depósito de R$50.000 durante a madrugada e em lugar diferente. Essa é a hora de certificar que é realmente o proprietário da conta que está tentando realizar tal ação, então, de forma automatizada o usuário, além de, inserir uma senha deverá receber e confirmar um código enviado ao seu celular. Isso bem orquestrado traz comodidade para os bons usuários e desafio para os maus usuários.

Um banco cria uma aplicação onde o usuário consegue abrir a sua conta, realizar transações, saques, depósitos, empréstimos tudo de forma online, em qualquer lugar, hora e dispositivo. Porém, para o consumidor usufruir de todas as funções da aplicação ele deverá fornecer os seus dados pessoais, por isso é preciso estabelecer regras e controles para certificar-se de que o usuário é realmente quem diz ser e garantir a proteção de suas informações pessoais. Vamos pensar em passos para a Estratégia Digital Segura: 1. Estabelecer um controle de acesso aos novos usuários Ao abrir uma conta de forma totalmente digital o consumidor precisa comprovar que as informações apresentadas são realmente dele, para então, o banco fornecer o acesso ao mesmo na aplicação. Esse processo, conhecido como Onboarding de usuários, pode ser feito por foto/vídeo de face, escâner de digital e documentos, entre outros processos de segurança que auxiliam na fomentação do primeiro login na ferramenta. 2. Proteger cada ação de acordo com nível de risco Existem diversas formas de autenticação e utilizar somente um método pode ser perigoso para um banco que armazena

60

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

3. Garantir a segurança em cada login A senha única ou One Time Password (OTP), fornece uma senha para cada acesso do usuário, ou seja, ele não terá uma senha única/estática e sim uma combinação diferente para cada ação que solicitar na aplicação. Dessa forma, elevamos a segurança sem alterar a experiência dos usuários, pois esse desafio só será requisitado quando o usuário se comportar de forma diferenciada. 4. Lei Geral de Proteção de Dados A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em agosto de 2020, dispõe sobre o tratamento

de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade. No exemplo citado, percebemos que inúmeros dados pessoais são compartilhados e armazenados, por isso, para uma estratégia digital segura a empresa precisa esclarecer ao usuário para que, com quem e onde irá utilizar tais informações, além de comprovar aos órgãos competentes (Autoridade Nacional de Dados) que o processo de tratamento de dados está de acordo com a lei. Tudo isso parece um grande desafio ao Data Protection Officer (DPO) – pessoa encarregada de administrar todo o fluxo de informações na empresa, desde sua coleta até seu tratamento. Então, para auxiliar esse profissional, ferramentas que apresentam uma visão clara dos consentimentos dos consumidores, dados e fluxos, além de apresentar relatórios completos sobre cada usuário, surgem no mercado com grande potencial de alavancar as estratégias digitais seguras. Por tanto, garantir a segurança dos dados pessoais dos usuários desde do Onboard, até a cada acesso e ações solicitadas é lei. E, com os cibercrimes aumentando a cada ano, os desafios para as empresas aumentam. Logo, para aproveitar sem medo a “onda do momento” que são as soluções mobiles e, alavancar os negócios as estratégias digitais seguras, além de, estarem de acordo com LGPD precisam garantir fielmente a transparência ao consumidor. Então, como você está se preparando para aproveitar as oportunidades de negócios com segurança?

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


INSIGHTS

Rodrigo Pereira Gerente de Contas da Fluke do Brasil

O impacto do roubo de energia para o bolso do consumidor A indústria brasileira já convive há tempos com os impactos econômicos do aumento do custo de energia elétrica. E o roubo de energia tem agravado ainda mais esse cenário, uma vez que, além de acarretar riscos de acidentes graves para a população, também onera o consumidor final, uma vez que este desvio é repassado para a tarifa de energia. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), as fraudes no Brasil são gigantescas, representando mais do que 31,5 mil gigawatts, quantidade suficiente para abastecer o estado de Santa Catarina por um ano, por exemplo.

acordo com o Instituto Acende Brasil. Para a concessionária, o principal problema decorrente do roubo de energia é o financeiro. Além disso, existem defeitos em equipamentos provocados por um mau dimensionamento, uma vez que dificulta estimar o consumo em determinadas regiões, caso elas tenham sido fraudadas. O furto gera ainda um aumento no tempo de trabalho dos colaboradores em campo para corrigir as instalações com fraude.

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

A tecnologia tornou-se grande aliada no combate ao roubo de energia na medida em que ajuda as concessionárias nessa identificação do local exato da fraude. Assim, não é preciso quebrar paredes ou danificar estruturas para encontrar onde está ocorrendo o desvio. A fraude é identificada mais rapidamente e sem prejuízos estruturais e a correção é feita.

Como evitar o roubo de energia

Para resolver a questão do furto de energia as concessionárias têm Além disso, segundo a Associainvestido em soluções inteligentes ção Brasileira de Distribuidores de que monitoram a energia consumiEnergia, a ligação clandestina é con- da X a registrada de maneira online, siderada a segunda maior causa de facilitando então o controle e a morte no país relacionada à energia identificação dessas fraudes. elétrica. O avanço da tecnologia permitiu o Esse tipo de ocorrência já foi resdesenvolvimento de equipamentos ponsável por um prejuízo de R$ capazes de identificar com precisão 4,5 bilhões e, se não houvesse esta onde ocorrem os furtos. Desta forperda de energia, a tarifa poderia ma, as concessionárias conseguem ser aproximadamente 5% menor, de não só diminuir as perdas por rou-

62

bo, mas também melhorar a redistribuição de energia e a qualidade dos equipamentos da rede, reduzindo a tarifa para o consumidor final.

Apesar de a ANEEL levar em consideração o valor da energia furtada e os custos para identificar e coibir as irregularidades quando estabelece o quanto a energia custa para cada consumidor, as fraudes pioram consideravelmente a qualidade do serviço prestado. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções no fornecimento de energia.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Ricardo Hayashi Responsável por produtos para Conexões Inteligentes

Saiba por que uma logística inteligente começa com o conceito de IoT

Não é de hoje que as notícias sobre os custos logísticos no Brasil não são animadoras. Desde o ano 2000 a Fundação Cabral, através do seu Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Logística, Supply Chain e Infraestrutura, realiza a Pesquisa de Custos Logísticos.

64

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

Na primeira edição do estudo, os custos logísticos representavam cerca de 10,5% do faturamento bruto das empresas. De lá para cá, esse percentual nunca diminuiu e, na última versão, divulgada em 2018, apresentou o maior índice, alcançando 12,37%

do faturamento bruto das empresas brasileiras do setor industrial. Com isso, o Brasil apresenta o maior custo logístico entre as 20 principais economias do mundo. Como reverter essa situação? Com inteligência de negócios, baseada na “Internet das Coisas”, ou

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

IoT (Sigla do inglês “Internet of Things”), onde caminhões, equipamentos, sensores, câmeras e muitas outras “coisas” trocam informações em tempo real. A capacidade oferecida pelas tecnologias e sistemas de IoT para integrar todos esses dados, e os transformarem em inteligência com ferramentas de Data Analytics, é que vai garantir a eficiência da cadeia logística, reduzindo custos, flexibilizando trajetos, entre outras ações que gerem mais valor para o negócio. Se antes as empresas não conseguiam integrar seus centros de distribuição ou gerenciar a frota de caminhões (própria ou terceirizada), esse cenário muda com a chegada das tecnologias de IoT. E, internamente, dispositivos localizados em diferentes unidades da empresa, ou mesmo de empresas diferentes, também trocam informações em tempo real sobre compras e estoque, otimizando a logística em toda a cadeia de suprimentos.

desenvolvidas para otimizar a sua gestão. Os dados enviados pelos sensores ampliam a capacidade de análise e tornam o processo de tomada de decisão mais assertivo, baseado não apenas na experiência dos gestores, mas principalmente em dados confiáveis sobre o desempenho dos ativos, condições das estradas, trânsito, monitoramento da saúde dos veículos ou comportamento dos motoristas, entre outras variáveis. As equipes dos centros de controle de operações, por exemplo, ganham a capacidade de tomar decisões rápidas e assertivas, já que todos os processos – rota percorrida, tempo de direção, acidentes, temperatura da carga, perfil do condutor, uso de combustível e de pneu - são monitorados em tempo real.

Outra área que atinge um novo patamar com a adoção das soluções de IoT é a manutenção da frota, onde os sensores enviam dados sobre o estado do motor e notificam automaticamente os Assim, a integração entre todas as gerentes de frota sobre possibilietapas da cadeia produtiva são au- dade ou ocorrência de danos ou tomatizadas e ganham inteligência. falhas/panes, permitindo o agendamento de manutenções preditivas e O impacto da IoT no preventivas. transporte logístico Além disso, essas informações, E como o transporte é um dos quando transformadas em insights, maiores gargalos da logística, podem ser usadas para limitar diversas soluções de IoT têm sido o desgaste do motor, reduzir os

66

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

tempos e números de paradas pela necessidade de manutenções corretivas ou desnecessárias, aumentar a média de quilômetros percorridos por litro e, indiretamente, reduzir as emissões de CO2. Assim, com todos esses dados, a empresa pode manter um histórico sobre cada veículo da frota, das rotas utilizadas para as entregas, e dos respectivos motoristas, viabilizando análises de desempenho, detecção de intercorrências, levantamento de rotas que provocam muitas perdas (sejam por sinistros, ou por danos nos produtos transportados ou manutenções recorrentes nos veículos), e, claro, reduzir custos e otimizar as entregas, gerando mais valor para os negócios e para os clientes. A grande lição é que, apesar dos desafios na implementação de novas tecnologias, os benefícios que podem ser alcançados com a adoção da IoT superam todas as dificuldades. As empresas precisam criar uma agenda de inovação e buscar parceiros confiáveis e com a expertise necessária para seguirem juntos nessa jornada.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Walter Sanches CIO da Termomecanica, empresa líder no setor de transformação de cobre e suas

Quando a inteligência artificial e a integração fazem a diferença na jornada rumo à Indústria 4.0

Investimentos em inovação, sustentabilidade e em aperfeiçoamento de processos são fundamentais para o aumento da competitividade da indústria no Brasil. O setor tem enorme relevância no cenário econômico e é responsável, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), por 22% do Produto Interno Bruto (PIB), 49% das exportações, 67% da pesquisa e desenvolvimento do setor privado e 9,4 milhões de empregos. Por ser uma área fundamental para o País e na qual a concorrência é acirra-

68

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

da, lograr êxito exige um desenvolvimento contínuo de inovação, fatores que convergem à Indústria 4.0 – tema que está sendo muito discutido atualmente. O setor industrial está entrando no universo de TI de modo efetivo desde o advento do termo “Indústria 4.0”. Sabemos que evoluir na aplicação do conceito é preciso aperfeiçoar os processos e ser preditivo. Olhar para o passado não basta. E como acredito no poder das boas práticas e, a meu ver, ideias para inspirar sempre são bem-vindas e aju-

dam a tornar a jornada menos árida, gostaria de compartilhar a experiência que estou vivenciando. Sou responsável pela área de tecnologia da Termomecanica, indústria de transformação de cobre com um volume total de vendas em 2018 acima de 76 mil toneladas. No Brasil, contamos com três unidades fabris e dois centros de distribuição. Na América Latina, contamos com uma unidade produtiva no Chile e outra na Argentina. São milhares de processos envolvidos e a complexidade para

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

estabelecer a gestão de tudo isso é gigantesca. No contexto da competividade, o planejamento estratégico surge como uma ferramenta crucial para atingirmos nossos objetivos. Queremos ser uma Indústria 4.0 e enxergamos que há várias etapas a serem vencidas. Uma delas foi investir em um projeto de Planejamento de Vendas e Operações (S&OP, sigla em inglês) -, que é um método integrado e moderno de administração logística e empresarial, capaz de gerar um ciclo contínuo de mudanças que impactam positivamente nos resultados. No nosso caso, o S&OP foi implantado para substituir a forma de decisão de vendas e produção. O modelo anterior era sólido e estava lastreado nas ocorrências de vendas e produção recentes, mas não na demanda futura. Além do impacto direto nos negócios, em termos de cultura organizacional, o projeto trouxe a quebra de visão departamental no processo principal, que é o de Vendas, Planejamento e Operações. Para ter uma ideia dos resultados obtidos, apenas sobre as vendas, comparando o período inicial e o final da implementação, o projeto colaborou efetivamente para que houvesse um incremento de 11% das vendas. Indústria digitalizada Batizamos essa iniciativa de “Termointegração”, justamente para fortalecer a ideia de compartilhamento de

70

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

decisões e operações. Inicialmente, focamos no entendimento de nossas necessidades e, a partir daí, iniciamos um trabalho de desenvolvimento de ferramentas de apoio, com informações para a tomada de decisão. Os processos, incluindo o de tomada de decisão, foram automatizados por meio da construção de Árvores de Decisão. Fatores como a presença de muitas unidades de manutenção de estoque (SKUs - Stock Keeping Unit), a análise sobre a estratégia de produção a aplicar para cada produto, no intuito de obter um melhor tempo de resposta para o cliente e o menor estoque possível, têm que ser automatizados, especialmente na Indústria 4.0. Para ajudarmos a reduzir o estoque e agilizar o atendimento, empregamos Inteligência Artificial, e o conceito de “Machine Learning”.

A eficiência dos resultados O S&OP trouxe eficiência aos pedidos, melhoria no processo de faturamento e a criação de uma metodologia de planejamento de demanda entre as áreas Comercial e Industrial, resultando em um menor lead time de fabricação, melhor aproveitamento de equipamentos e em avanços na produtividade da mão de obra. Em relação aos custos, houve redução de estoque de produtos acabados. Essa informação é relevante, pois, trabalhamos com uma commodity como matéria-prima e a eficiência na redução de estoque melhoram os resultados e diminui os riscos financeiros. Ressalto que a própria dinâmica do S&OP permite o desenvolvimento de processo cíclico, resultando em propostas de avanços estratégicos e operacionais. Uma vez que esse processo alimenta todas as áreas com dados e permite ter uma visão ampla do comportamento como um todo, individualmente, as áreas executam e propõem melhorias nelas próprias e no restante do processo.

Na prática, uma vez que dispomos de um grande número de itens diferentes em estoque pode ser que, no momento do pedido, algo que tenhamos em estoque atenda mais rapidamente um cliente do que o SKU que ele está solicitando, por exemplo. E, essa Digo sempre que o aprendizado substituição é potencializada hoje pelo sobre S&OP foi fundamental, seja aprendizado de máquina. pela oportunidade de colocar em evidência a necessidade de aplicar a Também aplicamos ferramentas de TI na indústria ou pela possibilidade Analytics para a tomada de decisões, de rever estratégias na medida em de BPM (Business Process Manageque caminhamos nesse terreno pouco ment) para suporte ao processo e explorado. Com isso, acredito termos Árvore de Decisão, para estratégias dado um importante passo na jornada referentes à produção. rumo a Indústria 4.0.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Helsen Rossi Arquiteto de Soluções na SEC4YOU

Como o Open Authentication beneficia os usuários e se relaciona com a LGPD? Todo usuário de internet se conecta a diversas redes sociais e sites durante a navegação e, para isso, utiliza credenciais de acesso (identificação e senha). Além, claro, de precisar realizar novos cadastros em cada novo app que queira se conectar. Mas existe um mecanismo que simplifica esse processo: Open Authentication ou OAuth. OAuth é um padrão aberto para autorização, atualmente está na sua versão 2.0, e permite que usuários se conectem em sites de terceiros por meio de suas contas do Google, Facebook, etc. Atualmente, podemos citar algumas das principais bases de usuários que utilizam este padrão, são Facebook, Google, LinkedIn e WeChat e atuam como Authorization Servers (provedores de identidade). Juntas, detém a maior base de usuários do planeta! Tais redes armazenam as informações do usuário e os conectam em outros sites sem que o usuário precise preencher tudo de novo. Dessa forma, utiliza-se apenas um login e uma senha para conexões em diferentes

72

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

aplicativos e o usuário pode escolher quais dados são compartilhados com os aplicativos, podendo cancelar o compartilhamento das informações com estes aplicativos através de um painel de controle oferecido pelos provedores de identidade. Onde fica a Lei Geral de Proteção de Dados nesse contexto?

O passo após o consentimento está no tratamento dos dados, ou seja, qual a garantia de que os aplicativos irão armazenar de forma correta as informações que foram solicitadas no Onboard do usuário e como o DPO (Data Protection Officer) vai controlar isso? Nesse sentido, falamos em governança do consentimento! Esse procedimento busca responder:

Na Europa, um dos padrões tecnológicos utilizados para atender a GDPR é o OAuth aplicado juntamente com OpenID Connect. Isso é, a decisão de compartilhar ou não os dados ficam com o usuário. Por exemplo, um aplicativo permite que o usuário se conecte com a conta do Google. Então o Google informa ao usuário que tal aplicativo deseja acessar alguns dados como nome, e-mail e telefone. Se o usuário permitir, poderá acessar o aplicativo e seu aceite fica registrado sendo o “consentimento”. Onde entra a Governança desse consentimento e a segurança dos dados?

que processo de negócio continua utilizando os dados do usuário; período de vigência do consentimento; se deve ou não expirar, por alguma demanda legal. As funcionalidades do OAuth mencionadas não se resumem nas linhas acima, mas nos permitem fomentar a respeito da tradicional disciplina de Segurança da Informação e seus desdobramentos atuais como a Lei Geral de Proteção de Dados sendo peça importante na estratégia apoiando a Governança da Privacidade.

www.informationmanagement.com.br


anúncio ANÚNCIO

to Go e Sit


INSIGHTS

Tomás Ferrari Sócio fundador da GeekHunter

A Tecnologia a Favor do RH Diferente dos outros setores, a área de Recursos Humanos relutou (e muito!) para investir em tecnologia. No começo, as páginas amarelas eram utilizadas por empresas que buscavam profissionais técnicos. Posteriormente surgiram sites de emprego, conhecidos como job boards, que tinham como objetivo alocar vagas no ambiente digital. Atualmente, já existem ferramentas voltadas para o engajamento, seleção e entrevistas de candidatos, que usam algoritmos, Inteligência Artificial e dados para identificar bons perfis técnicos e características comportamentais dos candidatos. Uma das tendências atuais é a utilização do People Analytics, que através de Big data consegue melhorar a qualidade das contratações e a performance dos times. Com uma análise bem avançada dos dados, ainda é possível eliminar decisões subjetivas, antecipar tendências e identificar caminhos para aumentar a produtividade da empresa. Além disso, existem soluções para executar testes e avaliar profissionais em tempo real, como é o caso da HackerRank e da Codility. Outras servem ainda para gestão e automação de

74

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

processos seletivos, como a Kenoby, Gupy e Recrutee. Também existem opções que traçam o mapeamento comportamental, como é o caso da Solides.

fazendo com que muitas organizações ultrapassem o orçamento, percam projetos ou ainda acabem contratando uma pessoa que não condiz 100% com a função.

Nesse cenário, há ainda os marketplaces, mais conhecidos por reunirem empresas e candidatos em um só espaço e que, diferente dos job boards, utilizam dessas ferramentas, acelerando a contratação e filtrando candidatos de acordo com o perfil que a empresa espera entrevistar, por exemplo.

A utilização dessas tecnologias permite agregar maior assertividade e rapidez no dia a dia de trabalho, conduzindo a tomadas de decisões mais estratégicas, acelerando as etapas e, consequentemente, selecionando candidatos mais alinhados aos valores da marca que irá representar.

Embora, essas soluções estejam à disposição para auxiliar as empresas a selecionarem os melhores talentos, ainda existe certa resistência por parte de alguns profissionais de RH, que acreditam que essas tecnologias irão eliminar os empregos dos seres humanos. Por isso, a importância de se mudar o mindset do setor como um todo. Sabemos que o processo de contratação muitas vezes pode ser longo e árduo, levando meses até que o profissional mais adequado seja encontrado. Quanto mais tempo leva para ser finalizado, maior é o custo,

Além disso, por meio de muito benchmarking, o responsável pela área de RH pode aprender melhores práticas aplicadas a processos seletivos, novas metodologias e, ao mesmo tempo, ser criativo para customizá-las frente às peculiaridades de cada negócio. É essencial, ainda, manter uma cultura de sempre testar muitas alternativas que possam ajudar neste contexto. Nem sempre o que funciona muito bem para uma empresa, vai funcionar para a outra. A velocidade com que a tecnologia evolui é muito alta e não podemos ficar reféns de uma única forma de selecionar profissionais.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


INSIGHTS

Carlos Rodrigues Vice-presidente da Varonis para a América Latina

Políticas de privacidade: aceitar sem ler é hábito comum entre os internautas Todos já viram essa cena (e provavelmente já protagonizaram): você baixa um novo aplicativo ou cria uma conta em algum serviço online em que precisa concordar com as políticas de privacidade e simplesmente clica em “concordo” sem nem ler o que estava escrito. Essa prática é comum, e é assim que as empresas acabam coletando uma série de dados pessoais e compartilhando com outros negócios no mínimo “duvidosos”.

Quando o assunto são os serviços gratuitos, é preciso levar em consideração que existe uma troca, na qual o usuário fornece seus dados pessoais às empresas em troca de serviços. Ou seja, a menos que se pague por isso, o usuário não é um consumidor, mas um produto.

Toda vez que é feito um cadastro em um aplicativo, esse serviço pede acesso a fotos, localização, arquivos de música e o que quer que você esteja A verdade é que essas políticas são escutando. Muitas políticas incluem difíceis para o usuário comum entenaté termos que, essencialmente, dizem der. Nenhum desses textos é feito para que a empresa pode mudar a políticonsumidores, mas por advogados ca a qualquer momento sem emitir com o objetivo de proteger a empresa. nenhum aviso. Segundo uma pesquisa realizada pela Varonis em julho deste ano com o objetivo de entender quanto tempo leva em média para ler as políticas de privacidade de algumas das empresas bem conhecidas, essa leitura pode tomar mais de 26 minutos – se hoje um vídeo de dois minutos já é suficiente para fazer um usuário sair da página, imagine um documento, escrito em linguagem jurídica. Esses textos requerem, no mínimo, um nível de ensino médio e, em alguns casos, até superior, para ser compreendido.

76

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

Como a LGPD deve mudar este cenário A LGPD, que deve começar a valer no próximo ano, deve trazer mais transparência em relação ao modo como as empresas lidam com dados pessoais, reforçando uma série requisitos em relação ao uso e ao compartilhamento de dados pessoais. A LGPD deve dar mais transparência às políticas de privacidade ao exigir que os sites exponham de forma clara e detalhada todos os dados que vão

ser armazenados e o motivo. Também vão precisar atualizar a permissão dos usuários sempre que se tratar de dados sensíveis, como condições de saúde, sexualidade e posição política. Além disso, vai ser fundamental adotar as ferramentas adequadas de gestão de dados para se adequar à LGPD, e isso inclui a capacidade de identificar dados pessoais em risco, protegê-los por meio das permissões apropriadas e outros princípios de privacidade. reestruturação de permissões ajuda a reduzir a exposição dos dados regulados pela LGPD, identificando quem tem acesso a essas informações e garantindo os controles preventivos apropriados, eliminando áreas de alto risco, simplificando o ambiente. As empresas também vão precisar garantir que seu ecossistema de soluções de tecnologia para a gestão dos dados permita cumprir com o requisito de manter as informações apenas enquanto estão sendo usadas para o proposto informado, devendo ser excluídas de todas as bases de dados caso não se enquadrem mais neste perfil.

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

Desenvolver

Orquestrar

Governanรงa


WEB NEWS Cientista de dados chega à marca de 100 pedidos de patentes de software Scott Zoldi, diretor de análise da empresa de software analítico Fico, alcançou um marco na ciência de dados com a apresentação do seu 100º pedido de patente de software, o que o classifica como um “inventor”.

Nova empresa de Elon Musk quer conectar cérebro a computadores Em março de 2018, vinha à tona mais um dos projetos ousados e engenhosos de Elon Musk, CEO da SpaceX e da Tesla: a conexão entre um cérebro humano e computadores. A essa nova empresa foi dado o nome de Neuralink.

As empresas criarão suas próprias redes 5G? Na visão de executivo da Openet, empresas estão percebendo que operadoras não estão se movendo com rapidez para atender às necessidades atuais de 5G. Quando o frenesi da tecnologia 5G começou crescer rapidamente, o mercado corporativo a viu como uma oportunidade atraente; uma fonte alternativa de receita que justificaria, de alguma forma, o enorme investimento em infraestrutura de 5G com um ROI muito atraente.

Qual será o futuro de Dataprev e Serpro? Serpro e Dataprev, duas das maiores empresas estatais de TI do país, entraram na lista de companhias que o governo pode privatizar até o final do ano. A divulgação aconteceu no Palácio do Planalto nesta quarta-feira, 21, após uma reunião do presidente Jair Bolsonaro com o conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

78

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


WEB NEWS

Plataforma da Digitalk atinge média de 60% de conversões positivas Com foco no omnichannel e IA, mensalmente a empresa tem transacionado uma média de 20 milhões de interações pela plataforma, sendo 92% por canal digital. A Digitalk, startup que desenvolveu a plataforma omnichannel baseada em inteligência artificial do mercado brasileiro, acaba de atingir a marca de 200 milhões de interações realizadas via sistema.

Especialista em TI e Telecom alerta sobre a importância do tratamento de dados pessoais A associada da área de tecnologia, mídia e telecomunicações do escritório Vinhas e Redenschi Advogados, Cecília Almada Cunha, diz que as empresas devem ficar atentas às novas decisões judiciais envolvendo proteção de dados pessoais.

Assespro aproxima-se do Governo Federal para promover avanços no setor de tecnologia O Paraná foi palco de uma reunião de aproximação entre a Federação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro) e o ministro Marcos Pontes, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Como a Inteligência Artificial está recriando a experiência do usuário Por meio de tecnologias cognitivas e de machine learning, IA está mudando paradigma da experiência do usuário e rompendo antigos padrões de consumo. O impacto da Inteligência Artificial (IA) está cada vez mais evidente na economia mundial, na transformação digital das empresas e na sociedade.

80

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


WEB NEWS

Como a cloud computing está impulsionando o mercado de data centers Apesar de muitas empresas estarem fechando seus data centers para migrar as operações para a nuvem, os centros de processamento de dados continuam sendo propriedades vantajosas. De acordo com informações do The Wall Street Journal, os prestadores de serviços de co-location (co-locação) estão aproveitando o rápido crescimento da cloud computing para alugar espaço em suas instalações.

Lei de Proteção de dados traz desafios a empresas, cidadãos e governo A Lei Geral de Proteção de Dados (No 13.709 de 2018) completou um ano neste mês. A norma estabeleceu regras de coleta e tratamento de informações de pessoas, empresas e instituições públicas, os direitos de titulares de dados, as responsabilidades de quem processa esses registros e as estruturas e formas de fiscalização e eventuais reparos em caso de abusos nesta prática.

Como aproveitar o potencial da IA para encantar o consumidor? E também gerar impacto de negócios. CTO da CI&T reflete sobre as estratégias das grandes companhias e lista passos para acelerar implementação da IA. A inteligência artificial (IA) é um assunto que está na pauta das organizações há alguns anos.

Wolters Kluwer Health tem dois novos líderes de vendas no Brasil Juliana Gomes e Fabiano Mallman assumem, respectivamente, a gestão das equipes de vendas para novos clientes e de negócios existentes. As mudanças na estrutura visam personalizar ainda mais o atendimento aos clientes, além de ampliar a adoção das soluções de efetividade clínica e colaborar para a redução da variabilidade do cuidado

82

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


WEB NEWS

Grupo Energisa moderniza infraestrutura de telecom com Avaya Interligação entre as unidades, ampliação no número de troncos e facilidade na utilização da telefonia IP levaram a companhia a expandir o projeto inicial e atingir mais de 8 mil posições com solução Avaya IP Office

Governo federal digitalizou 315 serviços em 2019 O governo federal apresentou hoje (22), de forma oficial, o portal único federal, o GOV.BR, que deverá abrigar todos os sitesde órgãos públicos federais até o final do ano que vem.

LGPD: Seus dados, meus bens! Quatorze de Agosto de 2020 é a data em que usuários e empresas de internet farão escolhas talvez sem volta. Entra em vigor a Lei 13.709/18. Lei essa que não é só número, tem nome e sobrenome, chamada Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Basta acrescentar uma informação (nome), e o dado outrora desinteressante (número) ganha outro valor, outra atenção, pois sabe-se que falamos da lei que obrigará empresas a revisarem todo o tratamento de dados

ABBYY FineReader 15 para a transformação digital mais rápida e fácil A ABBYY®, fornecedora global de tecnologias e soluções de Digital IQ, anunciou hoje o lançamento do ABBYY FineReader 15, um aplicativo PDF aprimorado para Windows que permite gerenciar qualquer tipo de documentos no ambiente de trabalho digital.

84

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


WEB NEWS

DINAMO Networks participa do Conip 2019 A DINAMO Networks, especialista em segurança de identidade digital e criptografia, participa da 14º edição do Conip 2019, maior evento de tecnologia e gestão interna de tribunais. O evento será realizado nos dias 28 e 29 de agosto no Hotel Royal Tulip em Brasília. Na ocasião o especialista em segurança de informações da DINAMO Networks, Ronaldo Eschiezaro, ministrará palestra de como facilitar o uso e a gestão dos certificados digitais nos tribunais.

Tendência de UX modifica experiência de consumo nos últimos anos UX, sigla em inglês para “experiência do usuário”, é a prática que busca entender e melhorar a vivência do consumidor com uma marca ou produto por meio dos contatos com seus elementos – passando pela navegação das plataformas e chegando ao consumo.

O dia a dia nada glamouroso de quem treina máquinas para pensar Provavelmente, você já ouviu falar que o futuro será repleto de ferramentas de inteligência artificial que dirigem carros, conectam aparelhos que mostram em segundos resultados de exames que levam semanas para serem processados. É bem provável que a nossa realidade no longo prazo seja assim mesmo. Mas agora, no presente, a realidade dessa tecnologia é muito mais modesta e operacional do que a gente pensa.

Future Cyber Futurecom 2019 discute a proteção de dados As tecnologias que facilitam a identificação de pessoas e a segurança dos dados se tornaram essenciais num mundo cada vez mais conectado como o que vivemos. As novas regulamentações General Data Protection Regulation que entrou em vigor na Europa; e a Lei Geral de Proteção de Dados, que entrará em vigor no Brasil em 2020, já são resultado da necessidade de se proteger os dados

86

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit


WEB NEWS

IBM traz para América Latina programa Skills Academy A IBM anuncia a implementação do programa IBM Skills Academy em países da América Latina para disponibilizar conteúdos, dinâmicas e programas que apoiam a necessidade iminente de requalificação e aprimoramento de profissionais para a era da economia digital na região.

Governo lança o Portal Gov.br Na última quinta-feira, 22, o presidente Jair Bolsonaro lançou o Portal Gov.br, ambiente desenvolvido pelo Serpro que vai reunir 3.300 serviços de governo até 2022. Segundo dados de consultoria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), após o final da migração, o ambiente deve gerar uma economia de R$ 6 bilhões com redução de custos para o governo e o cidadão.

CI&T inaugura espaço de inovação no Vale do Silício A CI&T, desenvolvedora brasileira especializada em transformação digital, inaugurou mais um dos seus espaços de inovação e transformação digital. Chamado de Prisma, o espaço foi instalado em São Francisco, nos Estados Unidos, e tem como principal objetivo impulsionar os resultados financeiros da empresa fora do País.

CRM Moderno: a tecnologia é uma discussão secundária A pergunta mais frequente que recebo em conversas iniciais sobre CRM é: “Qual a melhor ferramenta de CRM hoje?”. Porém, evitarei respondê-la nesse artigo, assim como evito em reuniões com Heads de CRM, marketing, ou até mesmo CEOs de startups.

88

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

www.informationmanagement.com.br


to Go e Sit

OSAS


OPINIÃO O espaço profundo e as nossas deficiências cotidianas! A NASA, agência espacial americana, ativou um relógio atômico, no dia 23 de agosto de 2019, que funcionará como uma espécie de GPS espacial para guiar futuros astronautas em suas viagens a outros planetas e naves autônomas navegando no espaço profundo. “Cada nave espacial que explora o espaço profundo é guiada por navegadores daqui da Terra. O Relógio Atômico do Espaço Profundo, DSAC sigla em Inglês para Deep Space Atomic Clock, mudará tudo isso, permitindo a navegação autônoma a bordo”, disse Jill Seubert, vice-diretora da pesquisa que desenvolveu o sistema. Qualquer relógio atômico precisa ser incrivelmente preciso para ser usado nesse tipo de navegação. A imprecisão de apenas um segundo no relógio pode significar a diferença entre pousar em Marte ou errar por milhares de quilômetros. O DSAC é 50 vezes mais estável que os relógios atômicos dos satélites de GPS. Além disso os pesquisadores estimam que o DSAC se defasará gradualmente um segundo a cada 10 milhões de anos e será um dos relógios mais precisos do universo. Nós somos uma espécie muito peculiar e particular, acreditando-se que existem milhares de outras nos universos conhecidos e desconhecidos. Somos capazes de criar um instrumento que permitirá guiar nossas naves com precisão infinitesimal em viagens a lugares nunca antes explorados, mas, ainda não sabemos como vamos alimentar 10 bilhões de seres humanos por volta do ano 2050. Pior, destruímos, inexoravelmente, o pla-

90

INFORMATION MANAGEMENT | 2019

neta, exaurindo seus recursos ano após ano, como se já pudéssemos “vazar daqui, numa boa” quando o ano de 2050 enfim chegar. Há uma série de deficiências cotidianas que ainda não somos capazes de resolver ou, pelo menos, apontarmos soluções plausíveis, factíveis, e que vão do aquecimento global às crises migratórias também globais. Em termos empresariais, nossas deficiências estão ligadas a coisas que vão da incapacidade de implantarmos processos melhorados, racionalizados a soluções para resolver a exclusão digital ainda presente em todo mundo, independentemente das gigantescas redes de satélites que estão sendo projetadas e construídas por empresas americanas. Tomemos, por exemplo, a necessidade inexorável das organizações de todos os tipos e tamanhos, implantarem os processos preconizados pela LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados, e que a maioria absoluta sequer ainda pensou em como implantar as obrigações oriundas da referida lei. Dia destes, conversando com um amigo que atua na área de gestão eletrônica de documentos, GED, perguntei como estava o sendo implantada a LGPD, ao que ele me respondeu: - Há uma certa histeria eletrônica em torno do tema. As empresas estão muito preocupadas com o acervo eletrônico, mas pouco ou nada preocupadas com

Tadeu Cruz tadeuj.cruz@gmail.

o acervo físico. E a quantidade de papel existente nas organizações ainda é enorme e crescente. Isto é o que eu chamo de deficiência cotidiana. Mas, ainda que estejam preocupadas com o acervo eletrônico, e segundo este meu amigo, pouco está sendo feito apesar das preocupações, até por conta da ignorância sobre processos, as organizações ainda não conseguem pensar corretamente no que é exigido pela LGPD. A Lei exige que sejam atualizados ou criados: • • • • • • • • • •

Mapa de fluxo de dados pessoais (Personal Data Flow Map). Tabela de temporalidade de guarda de logs de consentimento. Política de gestão de dados pessoais. Política para tratamento de dados pessoais para terceirizados. Termo de uso e Política de privacidade. Contratos. NDA. Check-list Compliance. Código de Conduta. Política de Segurança da Informação.

Mesmo as pequenas empresas têm condições de pensar na LGPD, até porque a complexidade de cada item acima está ligada ao tamanho de cada organização. As profundas deficiências cotidianas costumam ser relegadas, mas não podem ser apagadas da realidade.

www.informationmanagement.com.br


to Go e i St


to Go e Sit

Profile for Editora Guia

Revista IIMA 85  

Revista IIMA 85