Page 1

ABRIL.MAIO.JUNHO.2013 PROGRAMA DO FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

JUNHO BB BLUES FEST VÁRIOS CONCERTOS


P.2

FICHA TÉCNICA Câmara Municipal da Moita Departamento de Assuntos Sociais e Cultura | Divisão de Cultura Fórum Cultural José Manuel Figueiredo Contactos Rua José Vicente | 2835-116 Baixa da Banheira Tel: 210 888 900 | Fax: 210 888 910 forum.cultural.jmf@mail.cm-moita.pt Bilheteira Horário: terça a sábado, das 14:30H às 19:30H Dias de espectáculo e cinema: Uma hora antes do início do espectáculo ou sessão. Reservas por telefone: 210 888 900 (no horário de funcionamento de Bilheteira). As reservas têm que ser levantadas até 1H antes do início do espectáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

www.cm-moita.pt


EDITORIAL

Rui Garcia Vice-Presidente da Câmara Municipal da Moita

Na cultura podemos encontrar o retrato do nosso mundo e do compromisso dos homens e mulheres com o progresso das suas comunidades. A arte liberta os nossos sentidos e estimula a criação, a imaginação e o envolvimento na transformação da vida. Este programa chega às vossas mãos em Abril, mês que para sempre associaremos à liberdade e à democracia, mês em que os portugueses puseram fim a uma longa noite escura que os condenava às desigualdades, à miséria e ao atraso generalizado, para tomarem nas suas mãos a construção de um País regido pela justiça e pelo progresso social, rumo a uma sociedade liberta da exploração. Hoje, a luta pelos valores de Abril é a luta contra o regresso dessas realidades que deixámos para trás nesses tempos luminosos da Revolução dos Cravos. Pelo pão, pela justiça social, pela dignidade, pelo futuro, é diária a luta, seja na rua ou nos palcos, que exige de todos determinação e confiança. Contem connosco! Iniciamos Abril com um concerto de Blues que pretende abrir o apetite para o BB Blues Fest, um festival organizado pelo Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, em conjunto com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia da Baixa da Banheira. Acolhemos o “Concerto de Bombos “ pelos Tocá Rufar, um projecto de ensino da música de percussão que ocorre em muitas das nossas escolas. No final de Maio, acolhemos o projecto da terra “Moinhos de Vento” – Núcleo de Artes Performativas da Moita. E, finalmente, propomos um espectáculo de Flamenco com o Grupo El Camino, que contará com a participação do grupo moitense Soledad. A peça do Teatro Meridional: “O Sr Ibrahim e as Flores do Corão”, Prémio do Público no 29º Festival Internacional de Teatro de Almada, é outro espectáculo a que não pode faltar. E no ano em que se comemora o Centenário do Nascimento de Álvaro Cunhal, propomos a peça “Um Dia os Réus Serão Vocês: O Julgamento de Álvaro Cunhal”, pela Companhia de Teatro de Almada. O tema da peça também nos faz refletir sobre o contexto social que se vive actualmente em Portugal, e que nos exige, a todos, uma resistência a um sistema que põe em causa todos os direitos conquistados com o 25 de Abril e traduzidos na Constituição Portuguesa aprovada em 1976. Apareçam, e um pouco antes de cada espectáculo bebam um café ou chá no nosso Café-Concerto! A todos, muitos e bons espetáculos! Consulte a nossa programação em www.cm-moita.pt


P.4

ABRIL 05SEX BB BLUES FEST - WARM-UP “CATMAN AND THE BLUES DOOZERS” 06SÁB PROJETO “DE PEQUENOTE” “O CORPO DO SOM” 12SEX “ENTRETANTO” DE MARCO RODRIGUES 19SEX “OS BARRIGAS E OS MAGRIÇOS” PELO TEATRO FÓRUM DE MOURA, EM PARCERIA COM O TEATRO EXTREMO COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL 19SEX MESA REDONDA “A REVOLUÇÃO PORTUGUESA: O PASSADO E O FUTURO DO PODER LOCAL DEMOCRÁTICO” COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL 20SÁB NOVO CIRCO “A BALADA DO ABSURDO” PROJETO ÀS 10H TOCAS À PORTA 23ABRIL A 18MAIO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA “O TRABALHO E OS TRABALHADORES” 28DOM “SAMMY 2”

MAIO 03SEX “AS QUATRO ESTAÇÕES” PELA COMPANHIA PORTUGUESA DE BAILADO CONTEMPORÂNEO COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA DANÇA 04SÁB PROJETO “DE PEQUENINO” “NA BARRIGA” PELA COMPANHIA CAÓTICA 10SEX “O SR. IBRAHIM E AS FLORES DO CORÃO” PELO TEATRO MERIDIONAL 18SÁB CONFERÊNCIA “VOLTAR À TERRA: A REFORMA AGRÁRIA HOJE” COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL 18SÁB “CONCERTO PARA BOMBOS” PELOS TOCÁ RUFAR 26DOM “FORÇA RALPH” 31SEX OPERA ROCK “FELIZMENTE HÁ LUAR” PROJETO ÀS 10H TOCAS À PORTA


08SÁB EL CAMINO - GRUPO DE FLAMENCO COM A PARTICIPAÇÃO DO GRUPO DE SEVILHANAS E FLAMENCO “SOLEDAD” 16DOM “UM DIA OS RÉUS SERÃO VOCÊS: O JULGAMENTO DE ÁLVARO CUNHAL” PELA COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA 21, 22, 25, 26, 27, 28 E 29 BB BLUES FEST

MÚSICA

TEATRO

CINEMA

EXPOSIÇÕES

DANÇA

CONFERÊNCIAS/DEBATES/COLÓQUIOS

ATELIÊS

P.5

JUNHO


P.6

05 abril | 21:30H BB BLUES FEST - WARM-UP “CATMAN AND THE BLUES DOOZERS” Auditório | Bilhete: €3,66

Destinatários: M/6 Duração: 90Min.

Espetáculo de apresentação do BB Blues Fest, um festival promovido pelo Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, em parceria com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia da Baixa da Banheira, que irá decorrer em junho.

abril MÚSICA

Catman and The Blues Doozers Nascidos no seio do antigo Catacumbas Jazz Bar, lugar de culto do Blues e Jazz no Bairro Alto, Catman and The Blues Doozers é o alter-ego de Manuel Pais (Catman). Os concertos e Jams do Catacumbas Jazz Bar foram-se tornando, ao longo dos seus 15 anos de existência, local de referência para todos os amadores de Jazz e/ou Blues. Dispondo de um ambiente acolhedor e informal, muitas foram as bandas que ali atuaram tendo mesmo algumas ali nascido. Continuando a tradição do Blues de Chicago e apresentando alguns originais da banda, Catman and the Blues Doozers são a banda convidada para o Warm-up BB Blues Fest, mantendo viva a alma e o espírito do Catacumbas. Assistir-se-á pois a uma noite de celebração do Blues prevendo-se que, no final do espetáculo, o palco seja partilhado pelos amigos músicos que queiram participar. O convite está feito, a festa do Blues é garantida!


P.7

06 abril | 15:30H E 17:30H

DANÇA

Orientação: Joana Louçã (bióloga e investigadora do corpo), Lyncoln Diniz (ator)

PROJETO “DE PEQUENOTE” “O CORPO DO SOM” MOVIMENTO PARA PAIS E FILHOS PELO C.E.M. - CENTRO EM MOVIMENTO

As crianças e os pais devem trazer roupa e calçado confortável

Auditório

Destinatários: dos 3 aos 5 anos | Duração: 60Min. Entrada gratuita mediante inscrição prévia, através do tel.: 210 888 900 Viajamos através do universo cromático e sonoro, com propostas para descobrir e vivenciar o corpo em movimento, relacionando-o com a percepção de cores e de sons, através de materiais plásticos, de elementos da natureza e de obras de arte.


P.8

12 abril | 21:30H

MÚSICA “ENTRETANTO” DE MARCO RODRIGUES Auditório | Bilhete: €9,12

Destinatários: M/3 | Duração:75Min. O espetáculo “EntreTanto” celebra o novo disco de Marco Rodrigues. É um álbum de muitas vontades. Parte da demanda de Marco Rodrigues em querer aprofundar ainda mais a sua identidade artística. Em 2013, Marco Rodrigues volta com um álbum pejado de vontades e um lado feminino muito particular (o disco conta com poemas de Manuela de Freitas, Inês Pedrosa, Luísa Sobral, Isabel Noronha, entre outras personalidades). Ao vivo celebra-se o talento de Marco Rodrigues de uma forma intimista, clara e inesquecível. Depois de uma longa viagem até Lisboa (na adolescência), de uma dedicação total ao fado (idade adulta), com 2 discos que lhe traçaram o caminho (“Tantas Lisboas”/2010 e “Fados da Tristeza Alegre”/2006), Marco Rodrigues assume mais a composição e a maioria da performance de viola de fado em “EntreTanto”.


FÓRUM DA JUVENTUDE P.9

13 abril | 16:30H

Café-Concerto Destinatários: Associações Juvenis, Associações de Estudantes, Instituições/Associações que trabalhem com e para jovens, Grupos Informais de Jovens e Juventudes Partidárias INFOS: Será disponibilizado um autocarro para transporte dos interessados. Para inscrições ou informações contactar o Gabinete de Juventude da Câmara Municipal da Moita através do 21 081 70 51 ou através do e-mail juventude@mail.cm-moita.pt

19 abril | 11:00H E 14:30H

TEATRO COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL “OS BARRIGAS E OS MAGRIÇOS” PELO TEATRO FÓRUM DE MOURA, EM PARCERIA COM O TEATRO EXTREMO Auditório

Destinatários: Escolas do 1º ciclo do concelho da Moita Duração: 20Min. s/ intervalo Através de poderosas imagens, Álvaro Cunhal conta às crianças a luta travada pelos Magriços por uma vida liberta da opressão dos Barrigas, pela partilha justa dos meios de produção. A revolta dos Magriços levou ao derrube dos Barrigas no dia 25 de Abril de 1974. A presente versão cénica evolui em dois discursos complementares: o discurso narrado e o discurso visual pela manipulação de imagens, formas e objetos. Juntos fazem a ponte entre passado, presente e futuro. Autor: Álvaro Cunhal | Versão cénica: Catarina Pé-Curto e Jorge Feliciano | Encenação: Jorge Feliciano Interpretação: Andreia Egas | Cenografia e figurino: Catarina Pé-Curto | Apoio à manipulação: Ângela Ribeiro Grafismo: Catarina Pé-Curto | Fotografia: Jorge Feliciano | Produção executiva: Vítor Alegria e Sofia Oliveira Promoção: Victor Pinto Ângelo | Assessoria de imprensa e divulgação: Nádia Monteiro Assistência de produção: Paula Almeida Criação: Teatro Fórum de Moura, em parceria com o Teatro Extremo.


SEMINÁRIO

P.10

19 abril | 21:30H

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL MESA REDONDA: “A REVOLUÇÃO PORTUGUESA: O PASSADO E O FUTURO DO PODER LOCAL DEMOCRÁTICO” Café-Concerto Foram vários os ensaios e as obras de análise de Álvaro Cunhal sobre a Revolução de Abril: “A Revolução Portuguesa: O Passado e o Futuro”, “A Verdade e a Mentira na Revolução de Abril: A Contra-revolução Confessa-se ” e “Rumo à Vitória: As Tarefas do Partido na Revolução Democrática e Nacional”. Tendo como ponto de partida estas obras debate-se, hoje, o futuro da Revolução de Abril e do poder local democrático numa conjuntura de crise e de avanço do capitalismo financeiro.


P.11

20 abril | 17:00H E 21:30H

NOVO CIRCO

NOVO CIRCO PROJETO ÀS 10H TOCAS À PORTA “A BALADA DO ABSURDO” POR LEO LOBO

“A Balada do Absurdo” A vida não é um problema para ser resolvido, mas um mistério para ser vivido. Era uma vez… o Acordar! És aquilo que te rodeia, mas também a oportunidade de transformar. Esta é a estória de uma Busca, sem querer chegar à Meta. Feita através da partilha do riso e choro. Este naufrágio é inspirado na Arte do Clown Contemporâneo e Grotesco. Explorando a Poesia emocional e gestual, substituindo a palavra. “As cinzas bem espalhadas, são boa terra para novas sementes”

Duração: 45Min. | M/6 Café-Concerto Bilhete: €1,84 m/12 e €3,05 M/12

Criação e interpretação: Leo Lobo

Leo Lobo


P.12

23 abril a 18 maio

EXPOSIÇÃO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA “O TRABALHO E OS TRABALHADORES” COMEMORAÇÕES DO 39º ANIVERSÁRIO DO 25 DE ABRIL

Galeria de Exposições

28 abril | 11:00H

“O Trabalho e os Trabalhadores” é uma exposição que pretende valorizar e dignificar os trabalhadores portugueses e de todo o mundo que, com os seus saberes, o seu trabalho e a sua luta, asseguram a existência da vida humana e o progresso social. Realizada para a Festa do Avante em 2012, esta exposição contou com a colaboração de35 fotógrafos e foto-jornalistas. (…) Quando a humanidade, na atual fase do seu desenvolvimento, acumulou um potencial científico-técnico, produtivo e cultural que permite assegurar o bem-estar, uma vida liberta da miséria e das angústias e incertezas do viver quotidiano, a existência de que esse potencial seja posto ao serviço dos povos tornou-se hoje uma exigência incontornável e condição para a própria sobrevivência da humanidade.

CINEMA INFANTIL “SAMMY 2” DE BEN STASSEN COM PAT CARROLL, CARLOS MCCULLERS II E CINDA ADAMS Animação | Bélgica | 2012 | M/4 | 88’ Auditório | Bilhete: € 1,84 m/12 e € 3,05 M/12 Sammy e Ray, duas tartarugas e grandes amigos, estão a desfrutar um período de descanso enquanto encaminham os recém-nascidos Ricky e Ella para o mar. Num momento de distração, acabam apanhados na rede de um caçador furtivo que os vende a um aquário do Dubai. Uma vez no aquário, Sammy e Ray acabam por servir de cobaia ao terrível Mega D, um cavalo-marinho muito mafioso, nos seus planos de fuga. No entanto, com a ajuda dos seus novos amigos, Jimbo, um peixe balão de olhos esbugalhados, Lulu, uma energética lagosta com dupla personalidade, Annabel, uma polvinho meiga e ainda toda uma família de pinguins, Sammy e Ray decidem planear a sua própria fuga….


P.13

03 maio | 11:00H E 14:30H

MAIO DANÇA

Título: As 4 Estações Coreografia: São Castro Música: António Vivaldi - “As Quatro Estações” Figurinos, Luzes E Adereços: São Castro Direção Técnica: Paulo Vinagre

“AS QUATRO ESTAÇÕES” PELA COMPANHIA PORTUGUESA DE BAILADO CONTEMPORÂNEO COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA DANÇA Auditório | Duração: 45 a 50 Min. | M/4 Destinatários: escolas do 1º ciclo do concelho da Moita

Primavera, verão, outono e inverno, começam e recomeçam, intercalam-se e sucedem-se sem nunca terminar. As 4 estações envolvem toda a transformação mágica do ser humano, da natureza e das suas influências no meio em que vivemos. Sol ou chuva? Quente ou frio? Este espetáculo é um projeto coreográfico infantil com o objetivo de estabelecer conceitos que favoreçam a caracterização das estações do ano, sensações físicas e estados de espírito. Associadas às estações estão também períodos do ano em que acontecem certas atividades ou acontecimentos que marcam a vida e crescimento do ser humano: a escola começa no outono, o Natal acontece no inverno, as férias são no verão, na primavera tudo se enche de flores. Este projeto é também uma oportunidade de dar a conhecer uma importante obra musical e abrir caminho ao gosto pelo movimento e pela Arte em geral.


P.14

04 maio | 15:30H E 17:00H

TEATRO

Concepção e encenação: Caroline Bergeron | Interpretação: Catarina Santana | Banda sonora e música: António Pedro | Cenografia e objetos: Caroline Bergeron | Agradecimentos: André Calado, Miguel Estanislau, Tânia Guerreiro, Madalena Walenstein, Susana Menezes e Vanessa Mourato Reis | Operação de luz e som: Caroline Bergeron | Forro da tenda: Chloé Maxin Desenho de luz: André Calado

PROJETO “DE PEQUENINO...” “NA BARRIGA” PELA COMPANHIA CAÓTICA Duração: 30 A 40Min. s/ intervalo Auditório | Entrada gratuita mediante inscrição prévia, através do T.: 210 888 900 15:30H - crianças dos 25 meses aos 3 anos 17:00H - bebés dos 13 aos 24 meses Um espetáculo engraçado e terno que leva os espectadores numa viagem atribulada aos momentos que antecederam os seus nascimentos. Numa tenda-útero vão ver e ouvir uma representação um pouco delirante do que talvez tenham vivido in útero. Depois de ajudar espermatozóides desajeitados, de algumas festinhas, abanões e alguns truques para não ter de sair todo nu cá para fora, os espetadores vão nascer uma segunda vez com o protagonista bebé, passando, a custo, por um tubo de saída... E claro, toda gente receberá um certificado de segundo nascimento oficialíssimo!


Duração: 90Min. s/ intervalo | M/12 Auditório | Bilhete: €6,09 Prémio Público no 29.º Festival Internacional de Teatro de Almada

10 maio | 21:30H

TEATRO

Texto: Eric-Emmanuel Schmitt Tradução: Carlos Correia Monteiro de Oliveira | Versão cénica e encenação: Miguel Seabra | Interpretação: Miguel Seabra (texto) e Rui Rebelo (música) Espaço cénico: Marta Carreiras e Miguel Seabra | Figurinos: Marta Carreiras Música original e sonoplastia: Rui Rebelo | Desenho de luz: Miguel Seabra | Assistência de encenação: Marta Carreiras | Fotografia: Nuno Figueira | Assistência de cenografia e construção de adereços: Marco Fonseca | Montagem: Marco Fonseca e Nuno Figueira | Operação de luz: Nuno Figueira | Produção executiva: Natália Alves | Direção de produção: Maria Folque | Produção: Teatro Meridional Direção artística do Teatro Meridional: Miguel Seabra e Natália Luiza

No ano em que o Teatro Meridional comemora os seus 20 anos de existência e numa altura em que o contexto social e político promove, inquietantemente, a insegurança, escolhemos contar uma história onde a simplicidade e dimensão afetiva são o esteio da representação: o “encontro” de um homem com outro homem que aconteceu no tempo de uma vida, tal como o “encontro” acontece no lugar do teatro. Se cada um de nós olhar para trás na sua vida, seguindo a via do entendimento da memória, perceberá certamente que em cada uma delas existiu, existiram e/ou existem figuras tutelares que determinam as pessoas que hoje somos. E, porque tantas vezes nos cruzamos com elas sem lhes devolver o seu significado profundo ou tantas vezes as deixamos partir sem lhes dizer a importância que tiveram, este é um texto sobre a escolha de caminhos e a importância da amizade. O espetáculo segue uma das linhas de trabalho do Teatro Meridional, que se prende com a encenação e adaptação de textos maiores da dramaturgia mundial, prosseguindo um formato de espectáculo contado na voz de um único ator e acompanhado por um músico ao vivo.

P.15

“O SR. IBRAHIM E AS FLORES DO CORÃO” PELO TEATRO MERIDIONAL


P.16

18 maio | 16:00H

CONFERÊNCIA COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DO NASCIMENTO DE ÁLVARO CUNHAL CONFERÊNCIA: “VOLTAR À TERRA: A REFORMA AGRÁRIA HOJE” Café-Concerto


P.17

18 maio | 21:30H

MÚSICA

Direção e concepção: Rui Júnior e Maria do Ó Elenco: Rui Júnior e Maria do Ó, Duarte Santos, Guilherme Salgueiro, Rui Pinto, Tânia Lopes, Tiago Araújo e Tomás Moital Sonorização: João Magalhães Iluminação: Pedro Rua

“CONCERTO PARA BOMBOS” PELOS TOCÁ RUFAR Duração: 60Min. | M/6 Auditório | Bilhete: €1,84 m/12 e €3,05 M/12 O “Concerto para Bombos” é um espetáculo musical para toda a família com concepção e direção de Rui Júnior e Maria do Ó que tem como elementos centrais o bombo português e a percussão tradicional portuguesa. Interpretado por Rui Júnior, acompanhado por um belíssimo elenco de percussionistas, o “Concerto para Bombos” eleva o bombo a um novo patamar, transportando a música tradicional para o âmbito da contemporaneidade exaltando a sua identidade.


CINEMA INFANTIL

P.18

26 maio | 11:00H

“FORÇA RALPH” DE RICH MOORE VOZES: JOHN C. REILLY, SARAH SILVERMAN, JACK MCBRAYER, JANE LYNCH | PRODUTOR: CLARK SPENCER Animação/Comédia | Estados Unidos | 2012 | M/6 | 118’ Auditório | Bilhete: € 1,84 m/12 e € 3,05 M/12 Dos estúdios de animação da Walt Disney chega-nos “Força Ralph”, uma hilariante aventura ao estilo dos jogos arcade. Há décadas que Ralph vive na sombra de Fix-It Felix, Jr., o herói e a estrela do seu jogo, o bom da fita que acaba sempre por salvar o dia. Cansado de ser sempre o mau da fita, Ralph decide tratar do assunto com as suas gigantescas mãos e embarca numa viagem pelo universo Arcade, através de múltiplas gerações de jogos de vídeo para provar que também ele tem o que é necessário para ser um herói.


MÚSICA P.19

31 maio | 21:30H ÓPERA ROCK PROJETO “ÀS 10H TOCAS À PORTA “FELIZMENTE HÁ LUAR” PELO PROJETO MOINHOS DE VENTO NÚCLEO DE ARTES PERFORMATIVAS DA MOITA Duração: 110Min. | M/6 Auditório | Bilhete: €3,66

Num país subjugado pela tirania e entristecido pela miséria, eleva-se um sonho de liberdade: a figura do general Gomes Freire de Andrade, herói e defensor de uma causa, nascida ontem, mas renascida hoje, num paralelismo que se quer presente (adaptação musical da obra homónima de Sttau Monteiro).

Ficha Artística e Técnica: General Gomes Freire de Andrade: Diogo Lopes; Matilde de Melo: Daniela Casimiro; D. Miguel Forjaz: Loic Bagnoud; Principal Sousa: Dinis Caldeira; M. Beresford: Ana de Fátima Durão; Manuel: Pedro Marujo; Rita: Rebeca Saraiva; Maria: Fátima Zorro; Vicente: Pedro Gonçalves; Morais Sarmento: Daniel Marques; Antigo Soldado: André Costa; Sousa Falcão: Alexandre Rodrigues; Andrade Corvo: João Ângelo Coro e bailarinos: Projecto Moinhos de Vento – Núcleo de Artes Performativas da Moita. Banda de palco: Diogo Lopes (bateria); João Ângelo (Baixo); Eduardo Figueira e António Miguel Viana (guitarras); Pedro Marujo (teclas). Direção bailarinos: Daniela Casimiro Encenação e Direção: Laura Camarão Guião adaptado e letras: Laura Camarão Cartaz: Eliomar Henrique


P.20

08 junho | 21:30H

junho MÚSICA

Guitarra Flamenca e Canto: Xavier Llonch Canto: Catarina Nogueira Guitarra Flamenca: Nuno Rocha Percussão: Jorge Machado Dança: Maria José Navarro, Íris Caldeira e Josão Hydalgo

EL CAMINO GRUPO DE FLAMENCO COM A PARTICIPAÇÃO DO GRUPO DE SEVILHANAS E FLAMENCO “SOLEDAD” Duração: 80Min. c/ intervalo | M/6 Auditório | Bilhete €3,66

Formado por Xavier Llonch, guitarrista e cantor, o grupo de flamenco “El Camino” promove e divulga a Arte Flamenca através da realização de espetáculos, animações, workshops e aulas. O grupo de flamenco “El Camino” formou-se através da paixão, trabalho e amizade. Sempre na tradição do flamenco, o grupo “El Camino” vive o flamenco profundo e o flamenco de festa. Músicos e bailarinas juntam-se pelo mesmo gosto, cada um com a sua expressão. Vozes, sapateados e instrumentos musicais viajam em palcos, oferecendo uma arte antiga que se alimenta de cada moda que passa. Uma arte que nasceu na Andaluzia com origens em várias culturas como a Árabe, Judaica, Cigana, entre outras. Hoje em dia o grupo “El Camino” ensina e atua em todo o Portugal.


TEATRO P.21

16 junho | 17:00H “UM DIA OS RÉUS SERÃO VOCÊS: O JULGAMENTO DE ÁLVARO CUNHAL” PELA COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA Duração: 60Min. | M/12 Auditório | Bilhete €3,66 Dramaturgia de Rodrigo Francisco, segundo uma ideia original de Joaquim Benite. Com Luís Vicente, no papel de Álvaro Cunhal Direção: Rodrigo Francisco Intérpretes: Luís Vicente, João Farraia, Manuel Mendonça e Joaquim do Carmo Vídeo: Catarina Neves Luz e cenografia: Guilherme Frazão

Luís Vicente interpreta Álvaro Cunhal no espetáculo “Um Dia os Réus Serão Vocês: O Julgamento de Álvaro Cunhal”, uma criação da Companhia de Teatro de Almada – com dramaturgia de Rodrigo Francisco, segundo uma ideia original de Joaquim Benite – baseado na defesa que o líder comunista apresentou para si próprio no tribunal que o julgou entre 2 e 9 de Maio de 1950, e que assinala o centenário do nascimento de Álvaro Cunhal (1913-2005). Preso pela PIDE a 23 de Março de 1949, o líder comunista recusou-se a prestar declarações sobre as suas atividades políticas, sendo barbaramente espancado pela polícia política. Após a condenação, esteve detido durante 11 anos, oito dos quais em regime de isolamento. Evade-se da fortaleza de Peniche, em 1960, juntamente com outros oito presos políticos. Homenagem a todos, homens e mulheres, heróis anónimos que dedicaram as suas vidas à defesa da liberdade, muitos desaparecidos às mãos criminosas e jamais julgadas da PIDE, o espetáculo é um contributo para a preservação da memória da resistência antifascista que colaborou para a queda do regime deposto em 1974.


P.22

21, 22, 25, 26, 27, 28 e 29 junho

MÚSICA

BB BLUES FEST

A II edição do BB Blues Fest, celebra as raízes do Blues e cruza-as visualmente com as origens da Baixa da Banheira. A programação variada desta edição contempla 7 dias de programação, 4 concertos em auditório, 4 concertos no exterior do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, 3 sessões de café-concerto, debates, exibição de documentário, workshops, exposição permanente, lançamento editorial e master classes. Num cartaz marcado pela influência da harmónica, destaque para a presença americana de Little Mike & The Tornadoes.

Destinatários: M/6 Todos os espaços do Fórum Cultural

Consultar programa próprio. www.bbbluesfest.com.pt O BB Blues Fest é uma vez mais promovido pelo Centro de Atletismo da Baixa da Banheira, em parceria com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia da Baixa da Banheira.


P.23

PLANTA DA SALA


Nยบ 116/13 - DIRP/CMM

Programa do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo  

Abril, Maio e Junho de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you