Page 1

ABRIL.MAIO.JUNHO.2015 PROGRAMA DO FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

18 A 21 JUNHO BB BLUES FEST


P.2

FICHA TÉCNICA Câmara Municipal da Moita

www.cm-moita.pt

Departamento de Assuntos Sociais e Cultura Divisão de Cultura e Desporto Fórum Cultural José Manuel Figueiredo Contactos Rua José Vicente | 2835-116 Baixa da Banheira Tel: 210 888 900 | Fax: 210 888 910 forum.cultural.jmf@mail.cm-moita.pt Coordenadas GPS: N 38.660858o W 9.045975o

Bilheteira

Galeria de Exposições

Horário: terça-feira a sábado, das 14:30H às 19:30H Dias de espetáculo e cinema: Uma hora antes do início do espetáculo ou sessão; encerra aquando do início do espectáculo ou sessão. Reservas por telefone: 210 888 900 (no horário de funcionamento da Bilheteira). As reservas têm que ser levantadas até uma hora antes do início do espetáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

Horário de inverno (de outubro a maio) De 3ª feira a 6ª feira, das 10:00H às 18:30H; Sábado, das 14:00H às 19:00H. Horário de verão (de junho a setembro) De 3ª feira a 6ª feira, das 10:00H às 13:00H e das 14:00H às 19:00H; Sábado, das 10:00H às 13:00H; Em dias de espetáculo ou cinema, a Galeria será aberta ao público uma hora antes do início do mesmo.


EDITORIAL

Daniel Figueiredo Vice-Presidente da Câmara Municipal

Datas não são apenas números; são histórias. Em Abril são histórias de esperança de um mundo mais justo e fraterno. O dia 25 de Abril de 1974 é uma data marcante na nossa história como povo e como nação, que fechou as portas ao obscurantismo e abriu caminho a uma revolução democrática, iluminada de sonho, de esperança e de vontade de transformação e progresso social, reflectida na Constituição da República Portuguesa. Repleta de simbolismo, é nesta data que o Fórum Cultural José Manuel Figueiredo foi inaugurado e completa, este ano, uma década de existência. Este equipamento cultural é uma conquista da Revolução de Abril e do Poder Local Democrático, que a partir dessa data se construiu, e foi o grande impulsionador da descentralização e da democratização cultural. Ao longo dos 10 anos do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo procurámos desenvolver uma política cultural voltada para os anseios e expectativas da comunidade, que rejeitasse a subordinação a critérios de programação mercantilistas, afirmando-se pelo respeito sobre a pluralidade das opções estéticas. A todos os que embarcaram nesta viagem cultural que já dura há uma década - ao movimento associativo, à comunidade escolar, aos pequeninos e pequenotes e suas famílias, ao público em geral, aos artistas, aos trabalhadores – o nosso obrigado! Viva o 25 de Abril!

Consulte a nossa programação em www.cm-moita.pt Nota: O autor deste texto não escreve segundo o novo acordo ortográfico.


P.4

ABRIL

MAIO

ATÉ29 “DO CINE-PARQUE AO FÓRUM CULTURAL: HISTÓRIA DE UMA VIAGEM”

02SÁB PROJETO DE PEQUENINO “LUZ DE PAPEL” PELO TEATRO ELEFANTE

10SEX “OS LIMITES DA LIBERDADE” PELO GRUPO “OS ZECAS”

02SÁB “OUTRO PAÍS” DE SÉRGIO TRÉFAUT

11SÁB “BLUES NIGHTS BY BBBF” GUITAR NOT SO SLIM

08SEX “KINE3IS DE MARINA POPOVA” PELA COMPANHIA DE DANÇA MARINA POPOVA

17SEX APRESENTAÇÃO DO LIVRO “ALFORGE DE HERANÇAS” DE FERNANDO FITAS 18SÁB “FUNGAGUINHOS” A MÚSICA DE JOSÉ BARATA MOURA PARA A INFÂNCIA 18SÁB “ALENTEJO, ALENTEJO” DE SÉRGIO TRÉFAUT 23QUI “LEITURAS ÀS QUINTAS” APRESENTAÇÃO DO LIVRO COMERES COM POEMAS PARA VIVER UM GRANDE AMOR” DE ANTÓNIO MURTEIRA PARTICIPAÇÃO DO GRUPO “MOÇOS D’UMA CANA” VIOLA CAMPANIÇA 25SÁB 10º ANIVERSÁRIO DO FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO “JOSÉ AFONSO: DE OUVIDO E CORAÇÃO” 26DOM FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS

MÚSICA

TEATRO

CINEMA

EXPOSIÇÕES

DANÇA

CONFERÊNCIAS/DEBATES/COLÓQUIOS

ATELIÊS

09SÁB WARM-UP - BB BLUES FEST 2015 CONCERTO COM IAN SIEGAL (UK), THE RAMBLERS (PT) E APRESENTAÇÃO DA CURTA-METRAGEM “DO MISSISSIPI AO TEJO” 16SÁB “A LENDA DO MENINO DA GRALHA (OU A HISTÓRIA DO MENINO QUE VIVIA NO MEIO DO MAR E QUERIA TER ASAS PELO TEATRO DO MAR 22SEX “RATOS E HOMENS” DE JOHN STEINBECK PELO GRUPO DE TEATRO AMADOR ENSAIARTE 23SÁB CONCERTO DE SOUL RISE 24DOM FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS 29SEX GERAJAZZ - ORQUESTRA GERAÇÃO ESPETÁCULO PEDAGÓGICO INTEGRADO NO BB BLUES FEST 31DOM 20ª EDIÇÃO SEMENTES MOSTRA INTERNACIONAL DE ARTES PARA O PEQUENO PÚBLICO “QUE ESCONDES TU?” PELO PIM-TEATRO


05SEX MELECH MECHAYA - GENTE ESTRANHA

18A21 BB BLUES FEST

13SÁB “A VELHA AMPULHETA” PELA PASSOS E COMPASSOS

27SÁB “CHICO E RITA” DE FERNANDO TRUEBA, JAVIER MARISCAL E TONO ERRANDO

14DOM FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS

P.5

JUNHO


P.6

Até 29 maio

abril EXPOSIÇÃO

Galeria de Exposições Destinatários: Geral | M/4 anos

“DO CINE-PARQUE AO FÓRUM CULTURAL: HISTÓRIA DE UMA VIAGEM”

No ano em que o Fórum Cultural José Manuel Figueiredo assinala 10 anos de existência, uma exposição onde vários objetos e imagens nos contam histórias, traçando um percurso desde o cinema ambulante no concelho, passando pelo Cine-Parque, até ao atual equipamento – Fórum Cultural –, tornando vivo um património que é de todos.


P.7

10 abril | 21:30H

TEATRO “OS LIMITES DA LIBERDADE” PELO GRUPO “OS ZECAS”

Auditório Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 60 minutos. Bilhete: Entrada gratuita. Levantamento de bilhetes a partir de dia 1 de abril. A peça é sustentada por uma narrativa de imagens e testemunhos sobre “O Antes e O Depois” de Abril de 1974, mas alterna com um discurso direto quando as personagens começam a ter vida própria deixando-se envolver em pequenos conflitos de conteúdos e formas. Os temas abordados circulam em volta da violência doméstica; da discriminação da mulher, vítima no acesso ao trabalho; da autoridade prepotente da família em relação aos filhos; da dependência da droga; das liberdades individuais, entre outros. Autores e atores: Mariana Bárbaro, Beatriz Bárbaro, Samuel Fitas, Joana Guerreiro, Miguel Gomes, Fátima Silvestre e Inês Raposo | Encenação: Luciano Barata


P.8

11 abril | 22:00H

MÚSICA BLUES NIGHTS BY BBBF GUITAR NOT SO SLIM Café-Concerto Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 120 min. Bilhete: 3 euros

Os Guitar Not So Slim são uma banda de Cáceres, representantes do melhor Blues que se faz do lado de lá da fronteira. Quando não estão em estúdio, percorrem a península cativando todos com o seu estilo particular de roots music em todo o tipo de palcos, grandes, pequenos, em formato quarteto, com voz feminina ou no esplendoroso formato Big Band com que se apresentaram no palco principal da Festa do Avante em 2013. Guitar Not So Slim, plugged ou unplugged, misturam o melhor dos dois lados do Atlântico com o canadiano Troy Nahumko na Guitarra e vozes, e com os espanhóis Moi Martin no baixo e vocais, Jose Luís Naranjo na Harmónica e Lalo Gonzalez na bateria. Depois de terem passado pelo BB Blues Fest, em 2013, os Guitar Not So Slim regressam com a sua música alegre, dançante e bem-disposta. Organização: BBBP - Associação BB Blues Portugal - em parceria com a Câmara Municipal e a União de Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira.


CONFERÊNCIAS/DEBATES/COLÓQUIOS P.9

17 abril | 21:30H

APRESENTAÇÃO DO LIVRO “ALFORGE DE HERANÇAS” DE FERNANDO FITAS, ILUSTRAÇÕES DE ANTÓNIO JEROMITO E PREFÁCIO DE JOSÉ CARMO FRANCISCO PARTICIPAÇÃO DO GRUPO CORAL “O SOBREIRO”, DO ATOR JOSÉ VAZ E DO ESCRITOR E.S. TAGINO Café-Concerto Destinatários: Geral | M/6 anos Entrada gratuita

Tem como pano de fundo as expetativas e sonhos de uma geração que acreditou ser possível erguer um futuro que supúnhamos roçar a bainha dos dedos, à espera que o agarrássemos, mas que traiçoeiramente deixámos que se fosse afastando do nosso horizonte, por inaptidão ou ingenuidade. Organizado em duas partes, o livro evoca, na primeira parte, a “construção da casa”, como metáfora da construção de um país, um pouco à imagem do imaginário traçado por Virgílio, em Eneida. A segunda parte remete-nos para a imagética de um tempo em que os silêncios e os gestos fraternos se transformaram em gritos de revolta dos sonhos sufocados ou, se quisermos, num repositório de afetos, memórias, emoções, nostalgias e raivas, assentes na analogia pai-país, país-pai.


P.10

18 abril | 16:00H

MÚSICA “FUNGAGUINHOS” A MÚSICA DE JOSÉ BARATA MOURA PARA A INFÂNCIA Auditório Destinatários: Família | M/4 anos Duração: 60 min. Entrada gratuita. Levantamentos de bilhetes a partir de 7 de Abril.

Crescer com o José Barata Moura foi um privilégio e ouvi-lo e partilhá-lo hoje faz tanto sentido como sempre fez: as histórias, as metáforas, a filosofia, o balanço, as vozes das crianças nem sempre disciplinadas no estúdio. Numa hora, não conseguimos que entrem todos na lagarta, e tanto podíamos fazer uma lista das que ficam de fora como das que vamos conseguir tocar. Mas a beleza das lagartas é que nunca estão terminadas e esta é uma lagarta em movimento: cabem os que foram o primeiro público e que se vão recordar das canções e cabem os atuais destinatários delas, que não vão querer esquecer. Venham fazer esta lagarta! Voz: Joana | Violino: Mar | Baixo e arranjos: Ricardo | Percussão: Jorge


CINEMA “ALENTEJO, ALENTEJO” DE SÉRGIO TRÉFAUT Portugal | 2014 | documentário | 96’ Auditório Destinatários: Geral | M/12 anos Entrada gratuita Alentejo, Sul de Portugal. Dezenas de grupos amadores reúnem-se regularmente para ensaiar antigos cantos polifónicos e para improvisar modas sobre o tempo presente. Isto é o cante. O cante, nascido nas tabernas e nos campos, transmitiu-se ao longo de várias gerações. Nas últimas décadas, com a diáspora alentejana, novos grupos surgiram na periferia de Lisboa e em diversos países de emigração. Muitos deles formados por adolescentes e crianças, provando que o cante está vivo e é o traço identitário de toda uma população. “Alentejo, Alentejo” é uma viagem a um modo de expressão musical único e à paixão dos seus intérpretes.

23 abril | 21:30H

CONFERÊNCIAS/DEBATES/COLÓQUIOS “LEITURAS ÀS QUINTAS” APRESENTAÇÃO DO LIVRO “COMERES COM POEMAS PARA VIVER UM GRANDE AMOR”, DE ANTÓNIO MURTEIRA PARTICIPAÇÃO DO GRUPO “MOÇOS D’UMA CANA” VIOLA CAMPANIÇA Galeria de exposições Destinatários: Geral M/6 anos Entrada gratuita.

“Poderão ser pequenas coisas aquelas sobre as quais escrevo neste livro. As estórias que conto. As viagens, os lugares, os amigos de que falo. Os pensamentos que penso. Os oitenta comeres que vos apresento. Contudo, como referiu Saramago, “só se nos detivermos a pensar nas pequenas coisas chegaremos a compreender as grandes”. No verão, na casa do pinhal, frente ao Atlântico, e, depois, em Évora, cidade duas vezes milenar, onde podemos ilusionar os espaços percorridos pelos homens do Paleolítico e do Neolítico, os sons da marcha das legiões romanas fundadoras, da cavalaria árabe e berbere conquistadora, ou das ordens da cristandade reconquistadoras, frente a frente comigo mesmo, quero pensar as ´pequenas´ coisas. Quero reinterpretar estórias e viagens e projetá-las no pensamento, interrogá-las, para compreender os acontecimentos do tempo presente. (…).” Viola Campaniça: instrumento de eleição e tradição de Castro Verde assume-se atualmente como embaixador de identidade do concelho. O mais recente contributo na salvaguarda e dinamização deste instrumento prende-se com a dinamização da viola campaniça nas escolas, fruto de uma parceria estabelecida entre a Câmara Municipal, a Escola Secundária de Castro Verde e a Cortiçol.

P.11

18 abril | 21:30H


MÚSICA

P.12

25 abril | 21:30H

10.º ANIVERSÁRIO DO FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO “JOSÉ AFONSO: DE OUVIDO E CORAÇÃO” Auditório Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 70 min. Bilhete: Entrada gratuita Levantamento de bilhetes a partir de dia 14 de Abril “De Ouvido e Coração”, a criação musical de José Afonso impõe-se como património rico de invenção e desafio. Este concerto propõe uma abordagem de canções de José Afonso nas fronteiras da música erudita, do jazz, do flamenco e das músicas tradicionais. Piano: Amílcar Vasques-Dias | Violino: Luís Pacheco Cunha | “Cantora” de flamenco: Esther Merino

26 abril | 11:00H

CINEMA INFANTIL FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS Auditório Destinatários: Família | M/4 anos Duração: aprox. 55’ Entrada gratuita Começamos esta aventura com um passeio pelo parque, onde os pombos nos vão querer roubar o lanche. De seguida ajudamos o Pequeno Rudy a encontrar o caminho para casa. Foxy & Meg levam-nos a visitar o Museu, enquanto a Miriam prepara uns deliciosos batidos. Ainda há tempo para ir ao Dentista com o Mancha e o Manchinhas e o Ginjas fica encarregue das limpezas. Por fim, o Paulo defende a sua vida numa árdua luta contra o Dragão. Vamos ajudá-lo?


02 maio | 15:30H E 17:00H

TEATRO

PROJETO DE PEQUENINO “LUZ DE PAPEL” PELO TEATRO DO ELEFANTE Auditório Destinatários: bebés dos 3 aos 36 meses Duração: 30 min Entrada gratuita mediante inscrição prévia a partir de dia 28 de abril Lotação: 20 bebés e 2 acompanhantes por sessão Estreia do espetáculo-jogo que parte de imagens projetadas que criam sucessivas e surpreendentes composições visuais. A sobreposição de formas e padrões dá origem a imagens complexas que estimulam as capacidades criativas de todos os espetadores. A projeção é realizada em vários écrans, sobre diversos materiais e texturas, como por exemplo o corpo da atriz, que se relaciona com os elementos virtuais. Esta relação é desenvolvida quer no campo da corporalidade, quer pela integração da expressão e comunicação vocais. Os caminhos são infindáveis e as histórias intermináveis neste projeto que propõe aos bebés um olhar pleno de liberdade criativa, e de exploração de universos sensoriais. Autoria do projeto e Interpretação: Rita Sales | Operação Técnica: Fernando Casaca

02 maio | 21:30H

CINEMA “OUTRO PAÍS” DE SÉRGIO TRÉFAUT Portugal | 1999 | documentário | 70’ Auditório Destinatários: Geral | M/12 anos Entrada gratuita

A Revolução Portuguesa (1974-75) vista através dos olhares de alguns dos mais importantes fotógrafos e cineastas que testemunharam o evento. Quais eram os seus sonhos e expetativas? O que ficou do sonho da revolução? Um documentário que reúne arquivos históricos excecionais.

P.13

maio


P.14

08 maio | 21:30H

DANÇA “KINE3IS DE MARINA POPOVA” PELA COMPANHIA DE DANÇA MARINA POPOVA Auditório Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 90 min. c/ intervalo Bilhete: 6,09 euros

“kine3is” surge da ideia transversal de que a dança é movimento e, ao longo de quase três dezenas de coreografias, os bailarinos da Companhia de Dança Marina Popova são os tradutores desta linguagem do movimento, transportando o público ao longo de onze paisagens muito distintas. Marina Popova organiza, em torno destes onze quadros coreográficos, diferentes estilos de dança, associando ainda na forma da palavra, outras tentativas de definir o que é “movimento”, convidando o público à reflexão sobre o caráter global e unificador desta inexorável força. Direcção e coreografia: Marina Popova | Bailarinos / intérpretes: Ana Jorge, Catarina Frade, Carolina Russo, Isabel Oliveira, João Évora, Lucília Duarte, Marco Rodrigues, Patrícia Frade, Marina Popova | Ideia, concepção de imagem e cenografia: Marina Popova e Marco Rodrigues | Desenho de figurinos: Marina Popova, Carla Frade | Execução de figurinos: Carla Frade | Fotografia: Imagem promoção 2015 - Pedro Deodato Quadros Coreográficos: Buenos Aires: Nazaré Zacarias; .Lisboa: Manuela Rocha; New York: Jorge Bonito; Paris: Jorge Bonito; Madrid: Marco Rodrigues; Roma: Jorge Bonito; Rio de Janeiro: Nazaré Zacarias; Luanda: António Carvalheira; São Petersburgo: Marco Rodrigues Desenho e edição de som/vídeo: Marco Rodrigues | Desenho de luz: Luís Mota | Voz/narração: Isabel Oliveira Produção: Companhia de Dança Marina Popova | Co-produção: Câmara Municipal do Barreiro


P.15

09 maio | 21:30H

MÚSICA

Auditório Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 120 min. Bilhete: 6 euros

WARM-UP - BB BLUES FEST 2015 CONCERTO COM IAN SIEGAL (UK), THE RAMBLERS (PT) E APRESENTAÇÃO DA CURTA-METRAGEM “DO MISSISSIPI AO TEJO”

Esta é a noite de apresentação da IV edição do BB Blues Fest que irá realizar-se de 18 a 21 de junho, com a revelação do cartaz completo e de muitas outras novidades. Logo às 21:30h, vai ser exibida a curta-metragem “Do Mississipi ao Tejo”, produzida por Miguel Martins e realizada por Sérgio Diamantino. Este documentário mostra-nos uma visão diferente da edição passada do BB Blues Fest: a preparação, o ambiente, as blues nights, os músicos, os concertos e muito mais, “aguçando-nos o apetite” para o próximo festival. A banda lisboeta The Ramblers vai subir ao palco neste warm up para apresentar ao público do BB Blues Fest o seu mais recente trabalho “Weet Floor”. O palco do Fórum Cultural vai depois ser ocupado por Ian Siegal (UK). Este bluesman e multifacetado artista inglês promete uma noite diferente e uma experiência fantástica, misturando humor, histórias e muitas canções. No seu percurso, Ian Siegal soma prémios e distinções: Contemporary Album of the Year – Blues Music Awards Nominee 2012 e 2013, Album of the year – British Blues Awards 2013, Male Vocalist of the Year – British Blues Awards 2011, 2012 e 2013, Song of The Year – British Blues Awards 2013, Acoustic Artist of the Year – British Blues Awards 2012, Blues Band of the Year - British Blues Awards 2010. A não perder! Organização: BBBP - Associação BB Blues Portugal - em parceria com a Câmara Municipal e a União de Freguesias de Baixa da Banheira e Vale da Amoreira.


TEATRO

P.16

16 maio | 16:00H

“A LENDA DO MENINO DA GRALHA (OU A HISTÓRIA DO MENINO QUE VIVIA NO MEIO DO MAR E QUERIA TER ASAS…)” PELO TEATRO DO MAR Auditório Destinatários: Família | M/4 anos Duração: 45 min. Lotação: 150 espectadores Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; Maiores de 12 anos - 3,05 euros O Teatro do Mar, dando prossecução ao seu projeto de resgatar elementos da identidade cultural da região de Sines, e desenvolvendo uma dramaturgia inspirada na história, mitos e contos tradicionais desta região, baseou-se numa lenda da freguesia de Porto Covo, em concreto da Ilha do Pessegueiro – “A Lenda do Menino da Gralha” – para criar o seu espetáculo, recuperando assim, para as novas gerações, parte do património imaterial do concelho. A lenda e os factos históricos associados são reinventados de uma forma fictícia e poética, dando origem à criação de um texto dramatúrgico original, da autoria de Julieta Aurora Santos, o que vem enriquecer o património artístico da Companhia e da região. A história é narrada por uma personagem onírica, a Maresia, uma figura central que suspende na cintura da sua extensíssima saía de mar, uma ilha. É o espírito daquele mar, como testemunha de todos os acontecimentos, quem nos conta as aventuras do menino e da sua amiga gralha, na Ilha do Pessegueiro. Uma história sobre o desejo de liberdade e paz num mundo que tende a desaparecer. As ruínas do fortim e a ameaça real de submersão da ilha surgem como elementos simbólicos de uma memória que se pretende recuperar e perpetuar. Texto e Encenação: Julieta Aurora Santos | Interpretação: Sandra Santos (Maresia) | Manipulação: Fábio Rocha de Carvalho (Menino), Luís João Mosteias (Gralha/Soldado), Sérgio Vieira (Capitão) | Cenografia e Adereços: João Calvário | Construção Cenográfica: João Calvário, Hugo Custódio | Construção de Marionetas: Sérgio Vieira, Sandra Santos, Carlos Campos, Luís João Mosteias | Figurinos: Sandra Santos | Banda Sonora Original: Zé Dado | Direção Técnica: Luís João Mosteias | Operação de Luz: Luís Santos | Operação de Som: Julieta Aurora Santos | Produção Executiva e Promoção: Natasha Bulha Costa Secretariado e Administração: Sónia Custódio | Imagem Gráfica (cartaz): António Caetano


P.17

22 maio | 21:30H

TEATRO

Auditório Destinatários: Geral | M/12 anos Duração: 105 min. Bilhete: 3,66 euros

“RATOS E HOMENS” DE JOHN STEINBECK PELO GRUPO DE TEATRO AMADOR ENSAIARTE ENCENAÇÃO E DIREÇÃO CÉLIA FIGUEIRA

“Os homens como nós, que trabalham nas herdades, são os camaradas mais solitários do Mundo. Não têm família. Não pertencem a lugar algum. Chegam a uma herdade e trabalham até juntarem algum dinheiro e depois vão à cidade e deitam-no fora e então não têm outro remédio senão entrar noutra herdade. Não podem esperar nada do futuro. Vi centenas de homens e cada um deles com um pedaço de terra na cabeça. Nenhum desgraçado conseguiu sequer comprar um naco de terra. Ficam só com ela na cabeça... só a têm na cabeça. Um homem fica louco quando não tem ninguém. Não importa quem... apenas uma companhia. Uma pessoa sente-se tão só que até fica doente. Mas connosco é diferente! Porque... eu tenho-te para cuidar de mim e tu me tens a mim para cuidar de ti...” John Steinbeck Elenco: Vítor Peres, Pedro Sottomayor, Bruno Quintas, Manuel Madeira, Nelson Prates, Miguel Reis, José Cavaleiro, Cláudio Fernandes, Eliana Rita | Tradução e dramaturgia: Pedro Sottomayor | Encenação e direcção: Célia Figueira Som: José Cavaleiro e Ana Ruas | Operador de som: Ana Teresa | Projecto de iluminação: Célia Figueira | Guarda-roupa: Trabalho Colectivo | Cenário: Célia Figueira, Vitor Peres e Anaté | Montagem do cenário: Trabalho Coletivo


P.18

Foto: Fernando Mendes

23 maio | 21:30H

MÚSICA CONCERTO DE SOUL RISE Auditório Destinatários: Geral M/6 anos Duração: 90 min. Bilhete: 3,66 euros

Banda formada em 2009, influenciada pela fusão harmónica e melódica de estilos de música como jazz e blues, com o groove dos ritmos do reggae, hip-hop e funk. Esse grupo pretende transmitir mensagens de alusão ao estado de vida ocorrentes no quotidiano em que se depara, construindo um movimento em que o intuito é promover a boa conduta através da música. Depois de quatro anos de preparação e criação de identidade, concorreu ao Concurso de Bandas do Sumol Summer Fest 2014 e venceu, tendo como prémio a atuação na abertura deste mesmo festival. Depois de atuações na Semana do Caloiro na Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa, e de outros palcos, sempre visando o público jovem e festivaleiro, Soul Rise dedica-se agora a promover o seu projeto, lançando em modo digital, e para download gratuito, o seu primeiro trabalho: EP “Rise Up”. Nelson Oliveira:Voz | Ana Moreira: Voz | Mafalda Cunha: Percussão /Voz secundária | Ivan Falé: Guitarra Ritmo João Lourenço: Guitarra Solo | Tiago Silva: Teclados | Telmo Gonçalves: Baixo | Miguel Vaz: Bateria


CINEMA INFANTIL FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS Auditório Destinatários: Família | M/4 anos Duração: aprox. 55’ Entrada gratuita Neste mês, há mulheres que vivem vidas de sonho, meninas mimadas que adoram o circo e amigas que vão à piscina! Há dois amigos que decidem pintar a sua casa. Por falar em casa e em amizade, o nosso rapaz Bolota vai descobrir que a entreajuda é o melhor do mundo. Ginjas usa o telefone para ouvir o rumor dos animais da floresta. No final vamos voltar a falar de amizade para celebrar um Natal muito especial. Que felicidade ter um mês com estes filmes tão divertidos!

P.19

24 maio | 11:00H


P.20

29 maio | 15:00H

MÚSICA GERAJAZZ – ORQUESTRA GERAÇÃO ESPETÁCULO PEDAGÓGICO INTEGRADO NO BB BLUES FEST Auditório Destinatários: Turmas das escolas do 1º ciclo do concelho da Moita

No âmbito do programa Orquestra Geração, surgido em 2007 e que aplica em Portugal a metodologia do “ El Sistema” da Venezuela, achou-se por bem alargar o espectro de oferta musical e, com a colaboração do Hot Clube de Portugal, passou-se a ter um seminário de dois dias onde os instrumentistas de sopro estudam intensamente o Jazz. Muitos grandes talentos se têm afirmado neste campo da música e agora, com o apoio da Fundação BNP PARIBAS, é possível acelerar a formação, sempre com a colaboração do Hot Clube de Portugal, organizando-se quatro workshops anuais e estabelecendo a meta de ao fim dos próximos três anos se constituir uma JazzBand com mais de vinte músicos. A GERAJAZZ tem atuado em cerimónias oficiais como o Dia Internacional de Nelson Mandela, que decorreu na Assembleia da República, nos Encontros de Jazz da Amadora, no Teatro de S. Luís e também no próprio Hot Clube de Portugal verdadeira catedral do Jazz em Portugal. Apresenta-se integrada no BB Blues Fest com um reportório de clássicos de Blues e Jazz, numa tarde infantil dirigida aos mais jovens.


P.21

31 maio | 16:00H

TEATRO 20ª EDIÇÃO SEMENTES – MOSTRA INTERNACIONAL DE ARTES PARA O PEQUENO PÚBLICO “QUE ESCONDES TU?” PELO PIM-TEATRO Auditório Destinatários: Família | M/3 anos Duração: 60 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada. Levantamento de bilhetes a partir de dia 19 de Maio

Uma atriz e um ator num palco vazio. Ao fundo duas pilhas de jornais velhos, as quais serão, em breve, o alimento deste jogo: cenário, objetos e marionetas saem deste lixo que renasce, reutilizado em obra de arte. Num mundo de navegantes, onde cada qual guarda o seu tesouro numa caixa, as pessoas abrem caminhos e encontram ilhas onde se sentem mais defendidas e aborrecidas, sozinhas. Autoria: Colectivo Pim | Interpretação: Alexandra Espiridião e João Sérgio Palma | Condução técnica: Válter Simões Dramaturgia, cenografia e figurinos: Colectivo Pim


P.22

05 junho | 21:30H

junho MÚSICA

Violino: João da Graça Clarinete: Miguel Veríssimo Guitarra: André Santos Contrabaixo: João Novais Percussão: Francisco Caiado Técnico de som: Sérgio Milhano Técnico de luz: Sérgio Falcão

MELECH MECHAYA - GENTE ESTRANHA Auditório Destinatários: Geral | M/6 anos Duração: 70 min. Bilhete: 3,66 euros

Os Melech Mechaya são uma das mais excitantes bandas portuguesas do momento, com uma expansão notável a nível internacional. Com meio milhão de visualizações no YouTube, este quinteto de Lisboa e Almada atuou mais de 250 vezes em 10 países de 3 continentes. A banda trabalhou com artistas premiados como Frank London, Mísia, Amélia Muge, Pedro da Silva Martins (Deolinda) ou a Companhia de Teatro Catalã La Fura Dels Baus. Os últimos dois álbuns foram distribuídos internacionalmente pela histórica editora italiana de músicas do mundo Felmay. O disco de 2011, “Aqui em Baixo Tudo é Simples”, figurou na lista de melhores discos do ano da revista Blitz, esteve várias semanas no Top de várias rádios dos EUA, Espanha e Portugal, e foi nomeado para Melhor Disco Instrumental nos Independent Music Awards. O novo álbum “Gente Estranha”, editado em março de 2014, atingiu o 3º lugar no Top iTunes PT de Músicas do Mundo e foi eleito melhor disco do ano para os leitores da BandCom. O single “Gente Estranha” atingiu o 14º lugar no Blue Top da MTV.


P.23

13 junho | 21:30H

DANÇA/TEATRO FÍSICO

Produção Passos e Compassos/ 2014

“A VELHA AMPULHETA” PELA PASSOS E COMPASSOS Auditório Destinatários: Geral M/6 anos Duração: 40 min. Bilhete: 3,66 euros

Está vazia a velha ampulheta. A areia tornou-se pó e com ele o tempo voou, levando consigo a história e a humanidade. Num cenário intemporal duas personagens desconhecidas cruzam-se na busca da sua consciência. O encontro inesperado com a sua individualidade é-lhes oferecido pela descoberta de um objecto há muito desconhecido… Criação e cenografia: Ricardo Mondim | Encenação e interpretação: Ricardo Mondim e Rita Carvalho | Música: Um Corpo Estranho - Pedro Franco e João Mota | Músico convidado/ contrabaixo: Vítor Coimbra | Produção e masterização: Sérgio Miendez | Figurinos: Zé Nova | Imagem gráfica: Xoto c/ fotografia de Carlos Teixeira

Agradecimentos: A todos os que ainda “sonham”


P.24

14 junho | 11:00H

CINEMA INFANTIL FILMINHOS INFANTIS À SOLTA PELO PAÍS Auditório Destinatários: Família | M/4 anos Duração: aprox. 55’ Entrada gratuita Aprendemos com o Maestro como preparar-nos para a sessão deste mês. E depois vamos com Aleksander enfrentar os monstros que se escondem debaixo de nós. Vamos ajudar o Mancha e o Manchinhas a cozinhar uma refeição bem saborosa, mas de caminho temos de chamar o médico para curar a estranha doença do irmão da Miriam. Por falar em coisas estranhas, o Ginjas arranjou um espelho muito esquisito! Mais esquisito ainda é vermos em Junho um filme sobre o Natal, mas é precisamente nessa época que estão a Foxy e a Meg. E o que dizer sobre o rapaz que vive numa bolha e os animais que descobrem que não é muito divertido viver numa cidade? Acabamos a sessão com seis bateristas a fazer um assalto musical!


MÚSICA P.25

18 a 21 junho

IV BB BLUES FEST Todos os espaços do Fórum Cultural Destinatários: Geral | M/6 anos Bilhete: 1 dia - 6,09 euros | 2 dias - 9,12 euros Famílias ou Grupos – Na compra de cinco bilhetes do mesmo tipo, oferta do sexto bilhete. A quarta edição do BB Blues Fest volta, este ano, entre os dias 18 e 21 de Junho. O BB Blues Fest tem apostado sempre na qualidade do seu cartaz, apresentando os melhores nomes do blues português e internacional, numa simbiose perfeita que celebra as raízes deste género musical e esta edição não vai ser exceção. Durante o festival, são dinamizadas diferentes atividades que vão além dos espetáculos em Auditório e no Café-Concerto, nomeadamente workshops e exposições e também, com um registo mais descontraído, o Blues Piquenique, no Parque José Afonso. O BB Blues Fest resulta de uma parceria entre a Associação BB Blues Portugal, a Câmara Municipal da Moita e a União de Freguesias da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira. Está, desde já, convidado a assistir ao IV BB Blues Fest.

Acompanhe o IV BB Blues Fest em: www.bbbluesfest.com.pt www.cm-moita.pt www.ufbbva.pt www.facebook.com/bbbluesfest www.facebook.com/cmmoita


CINE ESPLANADA

P.26

27 junho | 21:30H

“CHICO E RITA” DE FERNANDO TRUEBA, JAVIER MARISCAL, TONO ERRANDO Espanha | Reino Unido | 2010 Animação, romance, musical | 94’ Destinatários: Geral M/12 anos Entrada gratuita

Em junho, o cinema no Fórum Cultural sobe à esplanada para uma sessão ao ar livre onde poderá ainda tomar um café enquanto assiste a este filme de animação imperdível. Havana, Cuba, 1948. Chico é um jovem pianista apaixonado por jazz. Rita sonha ser uma grande cantora. Unidos pela música, separados pela fama, vivem um romance com todos os ingredientes da tradição latina, repleto de encontros e desencontros, como se fossem personagens de um bolero. Vencedor do Festival de Goya na categoria de Melhor Filme de Animação, participou ainda nos festivais Cartoom Movie, Festival de Toronto, New York Film Festival, Anima Audience Award e Festival de Miami.


P.27

PLANTA DA SALA


Nยบ 140/15 - GIRP/CMM

Profile for Município da Moita

Programa do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo  

abril . maio . junho 2015

Programa do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo  

abril . maio . junho 2015

Advertisement