Issuu on Google+

SETEMBRO.OUTUBRO.NOVEMBRO.DEZEMBRO.2013 PROGRAMA DO FÓRUM CULTURAL JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

12 OUTUBRO | 16:00H “CINDERELA” FESTA DA MARIONETA ARTEMREDE


P.2

FICHA TÉCNICA Câmara Municipal da Moita Departamento de Assuntos Sociais e Cultura | Divisão de Cultura Fórum Cultural José Manuel Figueiredo Contactos Rua José Vicente | 2835-116 Baixa da Banheira Tel: 210 888 900 | Fax: 210 888 910 forum.cultural.jmf@mail.cm-moita.pt Coordenadas GPS: N 38.660858o W 9.045975o Bilheteira Horário: terça-feira a sábado, das 14:30H às 19:30H Dias de espectáculo e cinema: Uma hora antes do início do espectáculo ou sessão. Reservas por telefone: 210 888 900 (no horário de funcionamento de Bilheteira). As reservas têm que ser levantadas até 1H antes do início do espectáculo, com um limite de cinco bilhetes por reserva.

www.cm-moita.pt


EDITORIAL

Rui Garcia Vice-Presidente da Câmara Municipal da Moita

Num contexto em que o Poder Local Democrático tem vindo a sofrer um ataque feroz, e é alvo de uma reforma administrativa autárquica que em nada beneficia as populações, continuamos a acreditar na importância do investimento na cultura porque esta é uma condição determinante de emancipação social. E, apesar de todas as reduções nas transferências do orçamento de Estado para os Municípios, levamos até vós uma programação onde queremos garantir que todos têm as mesmas oportunidades e condições no acesso à cultura. Em 2011, a despesa das Câmaras Municipais com as actividades culturais ascendeu aos 406,80 milhões de euros, enquanto que a despesa consolidada do Ministério da Cultura não ultrapassou os 215,5 milhões de euros (cf. Estatísticas da Cultura – 2011, do INE). O Poder Local Democrático é, assim, o grande motor de desenvolvimento cultural nas nossas freguesias, vilas e cidades. E, no nosso concelho, reafirmamos o compromisso da política desta autarquia no investimento nas artes e na cultura. Convidamo-lo a percorrer as páginas desta agenda e a descobrir um vasto leque de oferta para os pequeninos e para os pequenotes, seja em família ou em contexto escolar. Saboreie a Festa da Marioneta que ao longo dos anos nos delicia com pequenos tesouros artísticos. Descubra também os encantos do jazz e da ópera em Outubro, mês onde se comemora o Dia Mundial da Música, criado com o objectivo de levar esta forma de expressão a todas as pessoas e lugares. Acolhemos ainda a Banda Musical do Rosário, a única no nosso concelho. Queremos prestar um serviço público de qualidade, e por isso não ficamos por aqui: segue-se o teatro, a dança, o cinema e as artes plásticas, seja para os pequenos, jovens ou graúdos. O importante é garantir a democratização e a descentralização da cultura, com qualidade. Pensamos estar no bom caminho, e esperamos que nos acompanhe neste percurso, mesmo que estejamos a atravessar uma profunda recessão económica, que estrangula os orçamentos familiares, mas que não nos impede de sonhar e de aspirar a um mundo melhor. Só assim podemos avançar e caminhar para este mundo a que aspiramos, mais justo e solidário.

Consulte a nossa programação em www.cm-moita.pt


P.4

SETEMBRO 20SEX “LA LIGNE DE VIE” PELA COMPANHIA DE DANÇA DE ALMADA

19SÁB “A VERDADEIRA HISTÓRIA DA TOMADA DO CARVALHAL” PELA ESTE - ESTAÇÃO TEATRAL

27SEX PROJETO “ÀS 10H TOCAS À PORTA” EURICO S. & ACOUSTICROAD

22 E 23 “RETRATOS” PELO TEATRO EXTREMO INTEGRADO NO MÊS DO IDOSO

28SÁB “QUEM SOU EU?” OFICINA DE FILOSOFIA PARA PAIS E FILHOS DE RITA PEDRO

25SEX CONCERTO GALA LÍRICA POR QUARTETO VOCAL LÍRICO COM PIANO 26SÁB “O PROBLEMA DO CORVO” PELA PARTÍCULAS ELEMENTARES TEATRO DE MARIONETAS FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE

OUTUBRO 04A26 “ORIENTE” DE CRISTINA SALVADOR

27DOM “MEGAMIND” DE TOM MCGRATH

04SEX COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA MÚSICA “HAJIME” POR ANDRÉ CARVALHO QUINTETO

31QUI ÓPERA ROCK “FELIZMENTE HÁ LUAR” PELO PROJETO MOINHOS DE VENTO NÚCLEO DE ARTES PERFORMATIVAS DA MOITA

05SÁB “PEIXE JAPONÊS: SUBMERGIR NAS LENDAS E HISTÓRIAS DA CULTURA NIPÓNICA. O DESENHO, O PAPEL E A AVENTURA DA IMAGINAÇÃO” COM CRISTINA SALVADOR 05SÁB PROJETO “DE PEQUENINO” “AFINAL O CARACOL” PELA ANDANTE 12SÁB “CINDERELA” PELO TEATRO MARIONETAS DO PORTO FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE 16, 17 E 18 “O PEQUENO PÁSSARO E A FOLHA” MOSTRA DE FILMES DO FESTIVAL DE ANIMAÇÃO DE LISBOA - MONSTRINHA QUINZENA DA EDUCAÇÃO RECEÇÃO AOS NOVOS ALUNOS

MÚSICA

TEATRO

CINEMA

EXPOSIÇÕES

DANÇA

CONFERÊNCIAS/DEBATES/COLÓQUIOS

ATELIÊS


DEZEMBRO

1SEX ÓPERA ROCK “FELIZMENTE HÁ LUAR” PELO PROJETO MOINHOS DE VENTO NÚCLEO DE ARTES PERFORMATIVAS DA MOITA

6SEX CONCERTO DE NATAL “2 GERAÇÕES” PELO CORO DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DO BARREIRO E PELOS ALUNOS DA ESCOLA DE MÚSICA AUD’ART

1A30 “TRIMEZÃO” DE LUIS FERNANDO GRAÇA; RICARDO COXIXO E VICTOR LOUREIRO

7SÁB PROJETO “DE PEQUENINO” “ESTRELINHAS DE LÔ PELA DANÇARTE - PASSOS E COMPASSOS

2SÁB PROJETO “DE PEQUENOTE” “PÉ DE BALANCÉ” PELA DANÇARTE - PASSOS E COMPASSOS

13SEX DANÇA PELA PEQUENA COMPANHIA DA ACADEMIA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE SETÚBAL

9SÁB BANDA MUSICAL DO ROSÁRIO 22SEX “CATABRISA” PELA COMPANHIA INSTÁVEL FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE 23SÁB “PROMETEU” PELA LAFONTANA PRODUÇÕES ARTÍSTICAS FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE 24DOM “MONSTROS: A UNIVERSIDADE” DE DAN SCALAN 29SEX “RETRATOS” PELO TEATRO EXTREMO 30SÁB PROJETO “ÀS 10H TOCAS À PORTA” “MACUMBA STEREO” POR LA CHANSON NOIRE

15SÁB “ORIGEM DOS GUARDIÕES” DE PETER RAMSEY

P.5

NOVEMBRO


P.6

20 setembro | 21:30H

setembro DANÇA

Coreografia: Carla Jordão Música: Michael Galasso, Jonh Zorn Figurinos e cenário: Carla Jordão e Fauze El Kadre Interpretação: 5 bailarinos Desenho de luz: Cláudia Rodrigues

“LA LIGNE DE VIE” PELA COMPANHIA DE DANÇA DE ALMADA Auditório

Destinatários: geral M/12 Duração: 50 min. | Bilhete: 6,09 euros

Partindo do trabalho de René Magritte, é representado, em cena, parte do universo artístico deste pintor, cujas obras marcaram um período importante na história da arte. Cinco intérpretes, dois masculinos e três femininos, desenvolvem uma narrativa com uma linguagem Magrittiana, figuras presentes em várias obras do artista. Na peça coreográfica “La Ligne de Vie”, o observador é transportado para uma narrativa específica, mas igualmente aberta, tornando possível uma leitura sem limites para o imaginário.


MÚSICA PROJETO “ÀS 10H TOCAS À PORTA” EURICO S. & ACOUSTICROAD Auditório

Destinatários: geral M/6 Duração: 90 min. | Bilhete: 3,66 euros Voz e Guitarra: Eurico S. | Percussão: David Campos | Violino: Ricardo Maciel | Contrabaixo e Saxofone: Fernando Salema

Eurico S. & AcousticRoad - Trata-se de um projeto que tem como objetivo garantir originalidade e personalidade, através da interpretação dos seus originais e cover’s. Com cerca de 1 ano e meio de existência cumpre calendário de Lisboa a Faro. “O Céu não é um limite, mas um Objetivo!” é um dos lemas e filosofias que se entranha nesta equipa. Melhor que isto é vê-los e ouvi-los e tirarem as vossas conclusões!

28 setembro | 15:30H

ATELIÊS “QUEM SOU EU?” OFICINA DE FILOSOFIA PARA PAIS E FILHOS DE RITA PEDRO Galeria de Exposições | Duração: 120 min.

Destinatários: pais e filhos (crianças dos 6 aos 11 anos) Entrada gratuita mediante inscrição prévia de 17 a 25 de setembro “Temos nomes, mas se calhar não são verdadeiros! Quem sou eu?”, “Quem é a mãe das mães?”, “As pedras têm alma?”, “Um coelhinho de chocolate pode fazer parte dum museu?”. Oficina para todos os que se perguntam pelo porquê das coisas! Venha descobrir e admirar-se com alguns dos enigmas mais improváveis da metafísica, da ética e da estética! Precisamos da sua imaginação, não há respostas certas nem erradas, só ideias novas, criativas! É livre de pensar pela sua cabeça, de partilhar as suas experiências e opiniões. Há um lugar para si no espaço dos filósofos. Os mais ousados podem levar as ideias nos bolsos e misturá-las com as suas vidas.

P.7

27 setembro | 21:30H


P.8

04 a 26 outubro

outubro EXPOSIÇÃO

EXPOSIÇÃO DE ILUSTRAÇÃO “ORIENTE” DE CRISTINA SALVADOR Galeria de Exposições | Destinatários: geral M/4 Abertura: 4 outubro | 21:00H

Uma exposição inspirada num continente com vários continentes dentro de si: a Ásia. Um culto à diversidade e ao exotismo, numa ilustração feita de linha, cor, caligrafia, colagem e estampagem, sempre com o traço caraterístico da autora.


P.9

04 outubro | 21:30H

MÚSICA

COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA MÚSICA “HAJIME” POR ANDRÉ CARVALHO QUINTETO

Com o álbum de estreia “Hajime”, o André Carvalho Quinteto tem demostrado ser uma nova força do panorama do jazz nacional. O quinteto, liderado pelo contrabaixista e compositor André Carvalho, tem-se apresentado dentro e fora do País, destacando-se o prémio de “Melhor Grupo”, obtido no Bucharest International Jazz Competition. Além disso, o quinteto participou, em 2012, no Cairo Jazz Festival onde teve o apoio do Instituto Camões. De referir também que o álbum de estreia - “Hajime” venceu recentemente o prémio “Carlos Paredes 2012”. Além fronteiras, o quinteto tocou em alguns clubes em Viena, cidade onde o contrabaixista residiu. Em Portugal, destacam-se as apresentações no Hot Clube de Portugal, C.C. Vila-Flor, C.C. Vila das Aves, Ondajazz, OutJazz 2009 e 2010, Jazz ao Norte, Be-Jazz, entre muitas outras.

Auditório

Destinatários: geral M/6 Duração: 60 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada. Levantamento de bilhetes a partir do dia 27 de setembro.

Saxofone alto e Soprano: Jorge Reis | Guitarra: Bruno Santos Vibrafone: Jeffery Davis | Contrabaixo: André Carvalho Bateria: João Rijo


OFICINA

P.10

05 outubro | 15:30H

OFICINA DE ILUSTRAÇÃO “PEIXE JAPONÊS: SUBMERGIR NAS LENDAS E HISTÓRIAS DA CULTURA NIPÓNICA. O DESENHO, O PAPEL E A AVENTURA DA IMAGINAÇÃO” COM CRISTINA SALVADOR Galeria de Exposições Destinatários: crianças dos 7 aos 10 anos Duração: 90 min. Entrada gratuita mediante inscrição prévia de 24 de setembro a 3 de outubro.

Uma exposição inspirada num continente com vários continentes dentro de si: a Ásia. Um culto à diversidade e ao exotismo, numa ilustração feita de linha, cor, caligrafia, colagem e estampagem, sempre com o traço característico da autora. Para além da visita à exposição, as crianças poderão participar numa oficina de ilustração com a artista Cristina Salvador.

05 outubro | 15:30H E 17:00H

TEATRO PROJETO “DE PEQUENINO” “AFINAL O CARACOL” PELA ANDANTE - ASSOCIAÇÃO ARTÍSTICA Auditório | Duração: 25 min. Destinatários: bebés dos 6 aos 36 meses e acompanhantes 15:30H | bebés dos 25 aos 36 meses 17:00H | bebés dos 6 aos 24 meses Entrada gratuita mediante inscrição a partir de dia 1 de outubro.

Espetáculo para bebés com poesia de Fernando Pessoa. Encenação e sonoplastia: Fernando Ladeira | Poemas: Fernando Pessoa | Interpretação e pesquisa: Cristina Paiva | Ilustrações, figurino e espaço cénico: Mafalda Milhões | Música: Joaquim Coelho


TEATRO P.11

12 outubro| 16:00H

FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE “CINDERELA” PELO TEATRO DE MARIONETAS DO PORTO Auditório Destinatários: família M/4 Duração: 55 min. Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros

Esta não é uma Cinderela tradicional. Há uma reescrita, um tanto ou quanto anacrónica, da história tradicional, a partir das versões de Perrault e Grimm. Personagens saídos de outros contos de fadas caem do céu para dificultar a vida a Cinderela. Há uma Bruxa Má que detesta histórias com final feliz e um Lobo Mau disfarçado de GNR a patrulhar as estradas da floresta. Os Sete Anões são chamados para salvar a Cinderela da morte certa, na sua qualidade de especialistas em técnicas de salvamento de meninas envenenadas. A Fada Madrinha é uma tia irascível e ajusta contas com a Bruxa Má, num combate de wrestling. No final, Cinderela casa mesmo com o príncipe e têm imensos filhinhos, para descanso de todos. Encenação, texto e cenografia: João Paulo Seara Cardoso Marionetas: a partir de desenhos de João Vaz de Carvalho | Música: Paul Ferrer | Figurinos: Pedro Ribeiro | Coordenação de movimento: Isabel Barros | Desenho de luz: António Real e Rui Pedro Rodrigues | Produção: Sofia Carvalho | Interpretação: Edgard Fernandes, Sara Henriques, Shirley Resende | Operação de luz: Rui Pedro Rodrigues | Assistentes de produção: Edgard Fernandes, Pedro Miguel Castro | Oficina de construção : Rui Pedro Rodrigues (coordenação e modelação), Inês Coutinho (pintura), Nuno Valdemar Guedes, Filipe Garcia | Construção cenográfica: Américo Castanheira, Tudo-Faço | Design gráfico: Jorge Cerqueira | Fotografia de cena: Susana Neves | Apoio: Balleteatro Auditório Co-produção: Teatro de Marionetas do Porto/Auditório de Espinho/FIMS - Chão de Oliva


P.12

19 outubro | 21:30H

TEATRO

Auditório Destinatários: geral M/12 Duração: 60 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada. Levantamento de bilhetes a partir de dia 11 de outubro.

“A VERDADEIRA HISTÓRIA DA TOMADA DO CARVALHAL” PELA ESTE - ESTAÇÃO TEATRAL

Encenação e Dramaturgia: Nuno Pino Custódio Cenografia e Figurinos: Marta Carreiras Música: José Reis Fontão Desenho de Luz: Pedro Fino Interpretação: Carlos Pereira, Leonor Cabral e Pedro Luzindro Interpretação Musical: Alexandre Barata, António Supico, Alfredo Abrantes e José Emílio Martins

– De quem é o Carvalhal? – É do Senhor Garrett… Em 1890, a família Garrett, uma das mais importantes do distrito, explorava as pastagens do Carvalhal e a Irmandade do Santíssimo as castanhas. O povo do Souto da Casa, por sua vez, detinha o cultivo da terra. Mas houve uma época em que o rico proprietário incumbiu o seu feitor, António Antunes Aquém, de ocupar todos os terrenos e não deixar que se cultivasse. Então, os sinos tocaram a rebate, o povo juntou-se e Aquém, desde o alto da Serra até ao povoado, foi obrigado a carregar um pesado tronco de castanheiro às costas. A ESTE – Estação Teatral encontra nesta já lendária história da sua região o rudimento para criar um novo espetáculo que serviu de inspiração para a Revolução dos Cravos, em Abril de 1974, e se nos depara hoje como feliz metáfora de uma sociedade que permite, com assustadora passividade, que poucos Garrett fiquem com todas as castanhas…


P.13

23 e 23 outubro | 14:30H

TEATRO

Criação coletiva | Coordenação: Fernando Jorge Lopes | Interpretação: Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes, Francisca Lima, João Dacosta e Rui Cerveira | Desenho de Luz: Celestino Verdades | Cenografia: Fernando Jorge Lopes, Celestino Verdades e Zé Rui Assistente de Cenografia: David Claudino | Figurinos e Adereços: Arminda Moisés Coelho | Música Original: João Dacosta | Movimento: Maria João Garcia | Consultadoria Pedagógica: Ana Gouveia | Produção Executiva: Sofia Oliveira | Comunicação e Assessoria de Imprensa: Nádia Monteiro | Assistente de Produção: Paula Almeida | Estágio de Produção: Margarida Costa | Promoção: Vitor Pinto Ângelo Animação Vídeo: Manuel Barrisco | Realização Vídeo Promocional: João Varela | Design Gráfico e Fotografia: P2F atelier Fotografia Capa: Vítor Cid

INTEGRADO NO MÊS DO IDOSO “RETRATOS” PELO TEATRO EXTREMO Auditório

Duração: 90 min. com intervalo Destinatários: população sénior do concelho M/12 Neste nosso Portugal, a invulgar família Barata, com o negócio de uma agência funerária em crise, convoca uma reunião para encontrar soluções. A astuta família decide invocar os antepassados. Com a intervenção do público tudo faz para os trazer aos nossos dias e assim reanimam, uns mais, outros menos, Bocage, Camões, Fernando Pessoa, a Marquesa de Alorna, Guerra Junqueiro, Antero de Quental e Eça de Queirós, que nos trazem outras visões de tempos difíceis no nosso País. Uma comédia musical que propõe divertir e ainda surpreender a assistência com um mistério a desvendar em cada sessão.


P.14

25 outubro | 21:30H

MÚSICA “CONCERTO GALA LÍRICA” POR QUARTETO VOCAL LÍRICO COM PIANO Auditório Duração: 90 min. Destinatários: geral M/6 Bilhete: 6,09 euros Soprano: Filipa Lopes | Mezzo-soprano: Natália Brito | Tenor: Carlos Guilherme | Baixo: João Miranda | Piano: Pedro Vieira de Almeida


P.15

26 outubro | 16:00H

TEATRO

Texto: Martinho S. | Interpretação: Carlos Silva | Encenação: Leonor Bandeira Sonoplastia: dOAM | Marionetas: Leonor Bandeira | Cenografia: Carlos Silva Produção: Partículas Elementares

FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE “O PROBLEMA DO CORVO” PELA PARTÍCULAS ELEMENTARES TEATRO DE MARIONETAS Auditório | Destinatários: família M/4 Duração: 45 min. Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros

Um espetáculo divertido, intimista e ternurento que tem como ponto de partida velhas caixas de madeira que, pouco a pouco, foram sendo habitadas por personagens peculiares... O Rato, a Doninha, a Toupeira, o Senhor Ouriço, que é o Presidente da Assembleia dos Bichos, e entre muitos outros, a Gralha Julieta e o Corvo Cardoso. Ora o Corvo é mentiroso e em Assembleia deliberou que todos deveriam ajudá-lo a resolver o seu problema... Com um trabalho cenográfico sóbrio, interessante e que apela à imaginação, “O problema do Corvo” é sem dúvida um espetáculo que vale a pena assistir!


MÚSICA

Direção bailarinos: Daniela Casimiro Encenação e Direção: Laura Camarão Guião adaptado e letras: Laura Camarão Cartaz: Eliomar Henrique | Interpretação: Diogo Lopes, Daniela Casimiro, Loic Bagnoud, Dinis Caldeira, Ana de Fátima Durão, Pedro Marujo, Rebeca Saraiva, Fátima Zorro, Pedro Gonçalves, Daniel Marques, André Costa, Alexandre Rodrigues, João Ângelo | Coro e bailarinos: Projeto Moinhos de Vento – Núcleo de Artes Performativas da Moita Banda de palco: Diogo Lopes (bateria); João Ângelo (Baixo); Eduardo Figueira e António Miguel Viana (guitarras); Pedro Marujo (teclas).

ÓPERA ROCK “FELIZMENTE HÁ LUAR” (REPOSIÇÃO) PELO PROJETO MOINHOS DE VENTO NÚCLEO DE ARTES PERFORMATIVAS DA MOITA Auditório Destinatários: escolas do 3º ciclo e secundário M/12 Duração: 110 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada.

P.16

31 outubro | 15:30H

Num País subjugado pela tirania e entristecido pela miséria, eleva-se um sonho de liberdade: a figura do general Gomes Freire de Andrade, herói e defensor de uma causa, nascida ontem, mas renascida hoje, num paralelismo que se quer presente. Adaptação musical da obra homónima de Sttau Monteiro.


CINEMA QUINZENA DA EDUCAÇÃO - RECEÇÃO DOS NOVOS ALUNOS MOSTRA DE FILMES DO FESTIVAL DE ANIMAÇÃO DE LISBOA MONSTRINHA Auditório | Duração total: 49 min. Destinatários: alunos do 1º ano das escolas de 1º ciclo

Dinamarca | 2012 | 3D | Cor | 4’49’’

O Festival de Animação de Lisboa – MONSTRA tem como objetivo central disseminar o cinema de animação enquanto obra artística, dramatúrgica, narrativa e estética por si ou em transversalidade e diálogo com outras artes, contribuindo para o enriquecimento e crescimento de cada participante (espetador ativo) enquanto ser pensante e interventivo. A MONSTRINHA | A MONSTRA dos mais pequenos é o espaço embrionário do conhecimento da animação alternativa e diversificada. Aqui se propõem programas de filmes que raramente são divulgados nos circuitos comerciais e televisivos. Os filmes da MONSTRINHA são sempre falados em português ou em linguagem internacional para que as crianças se concentrem nas histórias, cinematografia e plástica de cada filme. A MONSTRINHA pretende criar novos e mais inteligentes públicos, baseando a sua programação na qualidade e na diferença.

27 outubro | 11:00H

CINEMA INFANTIL

“O PEQUENO PÁSSARO E A FOLHA” DE LENA VON DÖHREN Suíça | 2012 | 2D | Cor | 4’

“ZÉ DOS PÁSSAROS” DE PAULO SOUSA, SILVINO FERNANDES Portugal | 2002 | 16’09’’

“O ABC DOS PASSARINHOS” DE DIEK GROBLER África Do Sul | 2001 | 2D | Cor | 5’

“AS FÉRIAS DO BONIFÁCIO” DE FIODOR KHITRUK

Rússia | 1965 | 2D | Cor |19’45’’

“ASA” DE ASGER GREVIL

“MEGAMIND” DE TOM MCGRATH Animação/comédia | Estados Unidos | 2010 | M/6 | 96’ Auditório | Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros Ao longo dos anos, Megamind tem tentado conquistar Metro City. Cada tentativa é um colossal falhanço, devido ao herói mascarado “Metro Man”, um herói invencível, até ao dia em que Megamind o liquida. Subitamente, Megamind fica sem planos. É um supervilão sem super-herói. Megamind decide que a única saída é criar um novo herói para o seu inimigo, chamado “Titan”, o qual promete ser maior, melhor e mais forte do que o Metro Man alguma vez foi.

P.17

16, 17 e 18 outubro


P.18

01 novembro | 15:30H E 21:30H

novembro MÚSICA

Auditório Destinatários: geral M/12 Duração: 110 min. 15:30H | Escolas 21:30H | Geral Bilhete: 3,66 euros

ÓPERA ROCK “FELIZMENTE HÁ LUAR” (REPOSIÇÃO) PELO PROJETO MOINHOS DE VENTO NÚCLEO DE ARTES PERFORMATIVAS DA MOITA Num País subjugado pela tirania e entristecido pela miséria, eleva-se um sonho de liberdade: a figura do general Gomes Freire de Andrade, herói e defensor de uma causa, nascida ontem, mas renascida hoje, num paralelismo que se quer presente. Adaptação musical da obra homónima de Sttau Monteiro.

Direção bailarinos: Daniela Casimiro | Encenação e Direção: Laura Camarão | Guião adaptado e letras: Laura Camarão | Cartaz: Eliomar Henrique | Interpretação: Diogo Lopes, Daniela Casimiro, Loic Bagnoud, Dinis Caldeira, Ana de Fátima Durão, Pedro Marujo, Rebeca Saraiva, Fátima Zorro, Pedro Gonçalves, Daniel Marques, André Costa, Alexandre Rodrigues, João Ângelo | Coro e bailarinos: Projeto Moinhos de Vento – Núcleo de Artes Performativas da Moita | Banda de palco: Diogo Lopes (bateria); João Ângelo (Baixo); Eduardo Figueira e António Miguel Viana (guitarras); Pedro Marujo (teclas).

1 a 30 novembro

EXPOSIÇÃO

Galeria de Exposições Destinatários: geral M/4 Abertura dia 1 às 21:00H

EXPOSIÇÃO DE ARTES PLÁSTICAS “TRIMEZÃO” DE LUIS FERNANDO GRAÇA; RICARDO COXIXO; VICTOR LOUREIRO

“… À mesa estavam eles sentados, conversando os três, número que Deus fez, barcas e animais, naves e figuras navegando rumo a um futuro… Afinal não é todos os dias que os três se sentam juntos à mesa, mas cá estão!...”


DANÇA PROJETO “DE PEQUENOTE” “PÉ DE BALANCÉ” PELA DANÇARTE – PASSOS E COMPASSOS Auditório Destinatários: família M/3 | Duração: 50 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada a partir de dia 29 de Outubro. Estamos todos convidados a dançar e a pensar... ou a pensar e depois dançar?! Enfim, veremos... Balançamos, desequilibramos, oscilamos e comparamos, para poder escolher. Entre um balanço e outro, motivamos pensamentos e a brincar falamos de “coias sérias”. Descobrimos a importância das artes, das expressões e das escolhas na construção do nosso dia-a-dia. Com algumas pistas, adereços, movimentos e música, convidamos os mais novos a filosofar através da dança!

Coreografia e figurinos: Sofia Belchior com a colaboração dos intérpretes | Composição musical: António Machado | Música: Suites para Violoncelo – J.S. Bach – excertos | Texto: Sofia Belchior | Voz: Joana Machado Desenho de luz e técnica: António Machado e Sofia Belchior | Interpretação: DançArte – Companhia residente no Teatro S. João, Palmela - Rita Carvalho e Ricardo Mondim | Imagem: gráfica João Belchior

9 novembro | 21:30H

MÚSICA BANDA MUSICAL DO ROSÁRIO Auditório Destinatários: geral M/6 Duração: 90 min. Entrada gratuita mediante reserva antecipada. Levantamento de bilhetes a partir de dia 1 de Novembro.

P.19

2 novembro | 16:00H


P.20

22 novembro

DANÇA E TEATRO DE SOMBRAS

Texto: Eugénio Roda a partir do livro Catavento (edições Eterogémeas) de Gémeo Luís e Eugénio Roda | Conceção e Direção coreográfica: Joana Providência | Dramaturgia: Eugénio Roda (Emílio Remelhe) | Criação, cenografia e figurinos: Gémeo Luís | Interpretação: Filipe Caldeira | Música: Manel Cruz | Direção Técnica: Ricardo Alves | Produção executiva: Companhia Instável | Uma Encomenda: Maria Matos Teatro Municipal | Co-produtores: Centro Cultural Vila Flor, Cine-teatro Joaquim D’Almeida, Comédias do Minho, Companhia Instável, Fundação Lapa do Lobo, Fundação Casa da Música e Maria Matos Teatro Municipal

FESTA DA MARIONETA - ARTEMREDE “CATABRISA” PELA COMPANHIA INSTÁVEL

Comédias do Minho | Companhia Instável | Co-produtores: uma encomenda do Maria Matos – Teatro Municipal em co-produção com o Centro Cultural Vila Flor, Cine-teatro Joaquim de Almeida, Comédias do Minho, Companhia Instável, Fundação Casa da Música, Fundação Lapa do Lobo

Auditório | Duração: 50 min.

Destinatários: escolas do concelho e família | M/6 Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros

10:30H E 14:30H | escolas do 1º ciclo do concelho 21:30H | família M/6 Olha à tua volta: tudo se mexe. Tudo mexe com tudo. Até a respirar mexemos com o ar. Já ouviste dizer que esta brisa que sentes no cabelo pode vir do outro lado do mundo, onde uma pequena borboleta bate as asas? Ou que pode vir do teu interior, da tua força de vontade? Talvez esta seja uma história sobre o vento, pois é com o vento que vão e vêm as sementes, é com o vento que vão e vêm as ideias e a vontade de mudar o mundo. Um menino, em tudo igual a todos os meninos, vive as maiores aventuras de sempre: a aventura da curiosidade, do desejo, da descoberta, do espanto, da invenção, a aventura de quem nasce e cresce com o corpo e a mente aos rodopios.


TEATRO

TEATRO DE SOMBRAS E MULTIMÉDIA FESTA DA MARIONETA ARTEMREDE “PROMETEU” Pela LAFONTANA PRODUÇÕES ARTÍSTICAS Auditório

Destinatários: família M/6 Duração: 60 min. Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros

Segundo a mitologia grega, depois de Zeus ter criado os seres vivos, coube a Prometeu e seu irmão Epimeteu a tarefa de atribuir a cada animal variados dons e aptidões naturais; alguns receberam asas, outros, patas velozes, garras afiadas, carapaças de proteção, etc. Quando chegou a vez do homem, que deveria ser superior a todos os animais, Epimeteu esgotara já todos os recursos. Recorre então a seu irmão Prometeu, que rouba o fogo dos deuses, assegurando desta feita a superioridade dos homens sobre os outros animais. Como punição a Prometeu, Zeus ordena a Hefestos que o acorrente para sempre ao cume do Monte Cáucaso, onde todos os dias uma águia devorava o seu fígado que se regenerava sempre. Aos homens também castiga Zeus, criando a mortal Pandora e enviando-a como noiva a Epimeteu. Juntamente com Pandora, manda uma caixa fechada, contendo um segredo que nunca deveria ser desvendado. Movida por uma imensa curiosidade, Pandora abre a caixa, libertando para todo o sempre os males da humanidade. Encenação e Interpretação: Marcelo Lafontana | Dramaturgia: José Coutinhas Musical original: José Alberto Gomes | Espaço cénico: Sílvia Fagundes | Desenho de personagens: Luís da Silva | Sistema multimédia: Luís Grifu | Direção técnica: Pedro Cardoso | Fotografia de cena: J. Pedro Martins | Captação de vídeo: Paulo Agra Coprodução: LFA / Casa da Música / Festival de Curtas Metragens Apoio: Câmara Municipal de Vila do Conde | Universidade de Évora

Co-produção LFA | Casa da Música | Festival de Curtas Metragens

P.21

23 novembro | 16:00H


TEATRO

“RETRATOS” PELO TEATRO EXTREMO

Neste nosso Portugal, a invulgar família Barata, com o negócio de uma agência funerária em crise, convoca uma reunião para encontrar soluções. A astuta família decide invocar os antepassados. Com a intervenção do público tudo faz para os trazer aos nossos dias e assim reanimam, uns mais, outros menos, Bocage, Camões, Fernando Pessoa, a Marquesa de Alorna, Guerra Junqueiro, Antero de Quental e Eça de Queirós, que nos trazem outras visões de tempos difíceis no nosso País. Uma comédia musical que propõe divertir e ainda surpreender a assistência com um mistério a desvendar em cada sessão.

P.22

29 novembro | 10:30H e 14:30H

Auditório Destinatários: escolas do 3º ciclo e secundário do concelho da Moita M/12 Duração: 90 min. com intervalo

Criação colectiva | Coordenação: Fernando Jorge Lopes | Interpretação: Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes, Francisca Lima, João Dacosta e Rui Cerveira | Desenho de Luz: Celestino Verdades | Cenografia: Fernando Jorge Lopes, Celestino Verdades e Zé Rui | Assistente de Cenografia: David Claudino | Figurinos e Adereços: Arminda Moisés Coelho | Música Original: João Dacosta | Movimento: Maria João Garcia | Consultadoria Pedagógica: Ana Gouveia | Produção Executiva: Sofia Oliveira | Comunicação e Assessoria de Imprensa: Nádia Monteiro Assistente de Produção: Paula Almeida | Estágio de Produção: Margarida Costa | Promoção: Vitor Pinto Ângelo Animação Vídeo: Manuel Barrisco | Realização Vídeo Promocional: João Varela | Design Gráfico e Fotografia: P2F atelier | Fotografia Capa: Vítor Cid

30 novembro | 21:30H

MÚSICA PROJETO “ÀS 10H TOCAS À PORTA” “MACUMBA STEREO” POR LA CHANSON NOIRE Auditório | Destinatários: geral M/12 Duração:60 min. Bilhete: 3,66 euros Concerto de promoção para ‘Macumba Stereo’, terceiro álbum do projeto La Chanson Noire, com performance a voz e piano. Sangnoir traz desta feita um pequeno grupo de convidados surpresa para dar a conhecer o terceiro e derradeiro álbum de La Chanson Noire, “Macumba Stereo”, gravado entre Londres e Lisboa, revisita os primeiros temas do projecto e tem o selo Necrosymphonic/Raging Planet.


CINEMA INFANTIL P.23

24 novembro | 11:00H

“MONSTROS: A UNIVERSIDADE” DE DAN SCALAN Animação/comédia | Estados Unidos | 2013 | M/6 | 104’ Auditório | Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros Desde que o universitário Mike Wazowski era um pequeno monstro, que sonhava em ser Assustador e sabe melhor que ninguém que os melhores Assustadores vêm da Universidade dos Monstros (MU). Mas durante o seu primeiro semestre na MU, os planos de Mike vêem-se subitamente alterados quando conhece o grandalhão James P. Sullivan, “Sulley”, um Assustador com um talento natural. O espírito competitivo fora de controlo de ambos faz com que sejam expulsos do prestigiado curso de Sustos da Universidade. Para piorar a situação, eles percebem que vão ter de trabalhar juntos, com um estranho grupo de monstros inadaptados, caso queiram que as coisas dêem certo.


P.24

06 dezembro | 21:30H

dezembro MÚSICA

CONCERTO DE NATAL “2 GERAÇÕES” PELO CORO DA UNIVERSIDADE SÉNIOR DO BARREIRO E PELOS ALUNOS DA ESCOLA DE MÚSICA AUD´ART COM A DIREÇÃO DA MAESTRINA OLGA PANCHENKO Auditório Destinatários: geral M/6 Duração: 90 min. Entrada gratuita mediante reserva prévia. Levantamento dos bilhetes a partir de dia 29 de novembro. Concerto de Natal que junta gerações. Este encontro de vozes e instrumentos, com “Sonoridades Natalícias”, propõe preencher os espíritos de todas as idades.

07 dezembro | 15:30H e 17:00H

ATELIÊS

Ideia e concepção: Sofia Belchior e António Machado | Movimento e orientação: Sofia Belchior c/ apoio de Joana Machado Sonoplastia: António Machado | Produção: Passos e Compassos | Apoios: Município de Palmela e Governo de Portugal/ DGArtes

PROJETO “DE PEQUENINO” “ESTRELINHAS DE LÔ PELA DANÇARTE – PASSOS E COMPASSOS Auditório | Duração: 60 min. Destinatários: bebés com mais de 1 ano e crianças até aos 4 anos (inclusive), pais e acompanhantes. Entrada gratuita mediante inscrição prévia a partir de dia 3 de Dezembro.

O Natal é um novelo de lã, feito de histórias e ideias doces; Com estrelas, mas também dança, música, luz, cor e muita ternura. O Natal é mágico e as estrelas também. As estrelinhas, são estrelas pequenas, simpáticas e despertas, com olhinhos bem abertos. Flocos, sapatinhos, chapéus, duendes, brinquedos e muito mais surgem numa história desenrolada com carinho. A lã envolve de mimos as estrelinhas e oferece o conforto de um momento especial, partilhado em família.


P.25

13 dezembro | 10:30H e 14:30H

DANÇA PELA PEQUENA COMPANHIA DA ACADEMIA DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE SETÚBAL Auditório Destinatários: turmas do 1º ciclo das escolas do concelho da Moita Duração: 55 min.

A Academia desenvolve a formação de Bailarinos nos Cursos Básico e Secundário de Dança, promovendo uma intensa ligação à atividade cénica através de apresentações públicas. Estas duas sessões, no Fórum Cultural, pretendem contribuir para a aproximação dos alunos do 1º Ciclo à linguagem da dança, estimulando o interesse e a curiosidade pelo movimento e pela música.


CINEMA INFANTIL

P.26

15 dezembro | 11:00H

“ORIGEM DOS GUARDIÕES” DE PETER RAMSEY Animação/comédia | Estados Unidos | 2012 | M/6 | 97’ Auditório | Bilhete: menores de 12 anos - 1,84 euros; maiores de 12 anos - 3,05 euros Os guardiões são seres imortais cuja função é proteger as crianças do Mal, preservando a sua inocência, esperança e capacidade de sonhar. Eles trazem a alegria e os sonhos aos seus corações e, enquanto elas acreditarem no poder das artes mágicas, estarão protegidas. Porém, quando o terrível Pitch, um poderoso espírito maligno, decide aparecer e fazer o medo penetrar em todos os corações humanos, a doce Fada dos Dentes, o imperturbável Coelhinho Melo, o impetuoso Norte, o destemido Jack Gelado e o sábio Sandman decidem unir as suas forças e enfrentarem o combate das suas vidas.


P.27

PLANTA DA SALA


CONTRACAPA.ai 1 11-09-2013 17:44:43

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

Nยบ 299/13 - DIRP/CMM

K


Programa do Fórum Cultural José Manuel Figueiredo