Page 1

ANO 22 - EDIÇÃO 1674 - R$ 2,00

TERÇA-FEIRA 03 DE DEZEMBRO 2019 www.omunicipio.com

O que falta para o começo da formação de 500 soldados e 35 oficiais da PM-SC CONTRACAPA

A semana começa sob domínio de ar seco PÁGINA 02

Cerca de 115 mil adultos em SC foram aos postos de saúde para tomar a vacina contra o sarampo PÁGINA 05


02

03 de Dezembro de 2019

• www.omunicipio.com

GERAL

A semana começa sob domínio de ar seco A

semana está começando sob o domínio de um ar seco. Uma das imagens de satélite da manhã de hoje mostrava um pouco mais de nuvens só entre o Vale do Itajaí e o Norte. Com a pouca nebulosidade associada ao ar seco, baixa umidade do ar e pouco vento, o dia começou gelado na Serra. As menores temperaturas foram: 1,4°C em Bom Jardim da Serra 2,2°C Urupema 3°C São Joaquim 3,5°C Urubici O dia vai seguir com sol e poucas nuvens na maior parte das cidades. Só no Norte e Vale um pouco mais de nuvens, mas com a presença do sol. Temperaturas subindo para trazer uma tarde entre 24 e 27°C boa parte das cidades. O final da madrugada serão novamente ameno com frio na Serra. O sol aparece entre nuvens - elas estarão mais no Norte e Vale do Itajaí - em todas as cidades. A temperatura sobe trazendo uma tarde de 30°C no Oeste e entre 25 e 27°C nas outras regiões. Entre o final da tarde e o início da noite para quarta, poucas cidades do Oeste e Meio Oeste tem chance de chuva fraca e isolada.

Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá. Salmos 37:5

Expediente Fundado em 07 de junho de 1997

Fones: (48) 3624-2456

Editor Chefe: Reinor Marcolino - Reg.SC 02.423-JP Designer/Diagramação: Fabio Julio Gonçalves Correção: Jatênia Elza Serafim da Silva Desenhos: Vitor Bitencourt Colaboradores: Jaison Bez Fontana, Evandro Marques Pacheco, Arilton Barreiros, João Carlos Idalêncio. Impressão: Gráfica Alternativa - Criciúma

Whatsapp: (48) 99671-3638 E-mails: diarioomunicipio@gmail.com Site: www.omunicipio.com Facebook: http://www.facebook.com/ jornalomunicipiojaguaruna Circulação: Gravatal, Jaguaruna, Sangão,

Treze de Maio, Pedras Grandes, Morro da Fumaça, Capivari de Baixo e Tubarão. Assessoria Jurídica: Diógenes Luiz Mina de Oliveira - OAB/SC 26.894

Matérias assinadas e colunas são de responsabilidade de seus autores


03 de Dezembro de 2019

www.omunicipio.com •

03

GERAL

Bancos fazem mutirão para negociar dívidas em atraso C

omeça nesta segunda-feira (2) a Semana de Negociação e Orientação Financeira, que ocorrerá até sexta-feira (6) em todo o país. Durante o mutirão, organizado pelo Banco Central e pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), parte das agências bancárias de todo o país, de sete instituições financeiras (Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco Pan, Caixa Econômica, Itaú e Santander), terá o horário estendido até as 20h para oferecer orientação financeira e negociar dívidas em atraso de seus clientes, em condições especiais. A lista completa pode ser acessada no site Papo Reto, da Febraban. A negociação ainda poderá ser feita nas demais agências desses bancos, localizadas em todo o território nacional, no horário normal de funcionamento, nos canais digitais das instituições e pela plataforma consumidor.gov.br. Segundo a Febraban, os bancos Votorantim e Safra também participam da iniciativa, somente por meio dos canais digitais. Banrisul O Banrisul informou que oferecerá desconto sobre o total da dívida e nos juros. Além do atendimento nas agências, o banco oferece o Portal de Solução de Dívidas, localizado em seu site, e por meio do aplicativo Banrisul Digital, na função Resolva Dívidas em Atraso. No site do Banrisul, o cliente tem acesso ainda a orientações financeiras na área Crédito Consciente. Banco do Brasil O BB dará descontos de até 92% na liquidação de dívidas e oferecerá prazos que podem chegar a 120 meses, além de até 180 dias de carência. O banco também oferecerá, promocionalmente, taxas de juros até 14% menores para as operações de renegociação. Além das agências, o banco também dá a opção de atendimento

digital pelo Portal de Renegociação de Dívidas e pelo aplicativo do BB. Bradesco O Bradesco informou que participa do mutirão da dívida com prazos e taxas diferenciadas, de acordo com o perfil dos clientes. “O Bradesco vai participar da Semana da Negociação e Orientação Financeira, organizada pela Febraban e o Banco Central, oferecendo prazos e taxas diferenciadas para a renegociação de dívidas. As condições serão estruturadas de acordo com o perfil de cada cliente. Vamos realizar intensiva comunicação com clientes potenciais. As Agências e canais de atendimento estarão preparadas para atender aos clientes com alçada para negociar eventuais sugestões de condições para a renegociação dos pagamentos”, disse em nota. Caixa Econômica Federal Segundo a Caixa, na

renegociação do crédito comercial, os clientes podem quitar dívidas que estejam em atraso há mais de 1 ano, com até 90% de desconto para pagamento à vista, de acordo com as características da operação. Podem ainda unificar os contratos em atraso e parcelar em até 96 meses, realizar uma pausa no pagamento de até uma prestação vencida ou a vencer e efetuar a repactuação da dívida, com possibilidade de aumento do prazo. As condições também englobam os contratos habitacionais. Uma das alternativas oferecidas compreende o pagamento de um valor de entrada e a incorporação do restante da dívida em atraso às demais prestações do contrato, permitindo que o cliente retome seu fluxo de pagamento mensal. Para outro grupo de clientes, há possibilidade, após o pagamento da entrada, de fazer acordo para pagamento de uma prestação por mês na data de vencimento, durante três meses consecutivos. Após esse prazo, as demais

prestações que ainda estiverem em atraso serão incorporadas ao saldo do contrato. Para o cliente que tem saldo na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), outra opção é utilizar o recurso para reduzir a prestação em até 80% por 12 meses. Essa condição vale para clientes que apresentam até três parcelas do financiamento em atraso. Segundo a Caixa, as condições variam de acordo com as características do contrato e o tipo de operação. A renegociação também pode ser feita por meio deste site, via telefone e WhatsApp 0800 726 8068, nos perfis do banco no Facebook e no Twitter, APP Cartões Caixa, nos caminhões Você no Azul e nas agências. Na habitação, os clientes contam ainda com a possibilidade de renegociar a dívida pelo serviço Habitação na Mão do Cliente, nos telefones 3004-1105 (capitais), opção 7, ou 0800 726 0505 (demais cidades).

Itaú Unibanco O atendimento no Itaú Unibanco ocorrerá nas agências, pelo site, aplicativo e na central telefônica. Segundo o banco, o cliente vai encontrar taxas reduzidas, a partir de 1,99% – nesse caso, para débitos com mais de 90 dias de atraso –, e prazo de até 30 dias para o pagamento da primeira parcela. Quem for pessoalmente renegociar pode obter desconto de até 90% nas dívidas com atraso superior a um ano; ter a opção de pagamento da dívida renegociada em até 6 vezes, com parcelas fixas; ou parcelamento, em até 60 meses do valor devido. Santander O Santander informou que a renegociação envolve descontos de até 90% no valor da dívida. Clientes com atrasos de até 60 dias terão reduções nas taxas de até 20%. Já para acordos com atrasos acima de 60 dias, dependendo do caso, os descontos serão de até 90% no valor total

da dívida. As condições especiais serão válidas para as modalidades crédito pessoal, consignado, capital de giro, conta garantida, Santander Master, descontos de recebíveis e cartão de crédito nos canais de relacionamento do banco (aplicativo, central telefônica, portal de renegociação e agências). No período da campanha, o Santander também manterá algumas de suas agências abertas até as 20h para o atendimento, com orientação financeira aos clientes. Dívidas com bancos Segundo levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), a maior parte das dívidas (53%) em aberto no país está ligada a instituições financeiras. Já o comércio responde por uma fatia de 17% do total de dívidas. O setor de comunicação foi responsável por 12% das pendências e as contas de água e luz, por 10%.


04

• www.omunicipio.com

03 de Dezembro de 2019

GERAL

Operação Marias da Polícia Civil prende 48 pessoas por violência doméstica em Santa Catarina

A Polícia Civil realiza nesta quarta-feira, 27, a Operação Marias para frear os índices de violência doméstica em Santa Catarina. A mobilização resultou em 48 prisões, 41 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão, além de 620 fiscalizações de medidas protetivas, conforme balanço atualizado no fim da tarde. Também foram apreendidas armas e munição com suspeitos. Estão mobilizados mais de 350 policiais civis das 30 Delegacias Regionais do estado. As prisões são preventivas ou de sen-

tença definitiva, determinadas pela Justiça, e motivadas por crimes como violência sexual, estupro de vulnerável, ameaça, descumprimento de medida protetiva e posse irregular de arma de fogo. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Koerich, destacou a ação como forma de reduzir os índices de feminicídios e de prevenção à violência contra a mulher no estado. “Há um ditado popular que diz que em briga de marido e mulher a gente não mete a colher, mas

em Santa Catarina a Polícia Civil mete a colher sim. Nós defendemos as vítimas, temos programas de conscientização, ações sendo realizadas pelas Delegacias da Mulher, eixos temáticos, seminários e, principalmente, contamos com a população para que faça as denúncias para a polícia poder agir”, ressaltou o delegado-geral. A coordenadora das Delegacias de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMIs), Patrícia Zimmermann, enfatizou que os policiais continuarão nos próximos dias em busca do cumprimento de todos os mandados judiciais. No total, a Polícia Civil espera cumprir 81 mandados de prisão expedidos pela Justiça contra suspeitos de violência doméstica, 23 mandados de busca e apreensão e 1.211 fiscalizações de medidas prote-

Sistema de repasse diário do ICMS aos municípios completa 10 anos em Santa Catarina D

esde 2009, o Governo de Santa Catarina repassa diariamente aos 295 municípios os valores referentes à arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O sistema, que transfere a cota-parte de 25% do imposto às Prefeituras, foi desenvolvido pela equipe técnica da Secretaria da Fazenda (SEF)

e completou 10 anos de implantação neste mês. “Somos pioneiros neste sistema de repasses e, com isso, garantimos que as prefeituras possam fazer a gestão dos recursos com segurança”, disse o secretário da SEF, Paulo Eli. Entre janeiro e novembro de 2019, os municípios receberam R$ 5,2 bilhões em transferências

de ICMS. A solução garante agilidade e organização na gestão das prefeituras. Além do imposto, cada município recebe diariamente sua parte no rateio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

tivas. “O importante é que as vítimas possam ter a certeza de que a Polícia Civil está aqui para proteger essas mulheres e que atua incessantemente em defesa delas. Estamos dentro dos 16 dias de ativismo e hoje é uma operação nacional, quando as Delegacias da Mu-

lher têm se mobilizado para cumprir essas ordens judiciais em um incremento maior dessas ações”, disse a delegada. Sobre a operação O nome “Marias” faz referência a Maria da Penha Maia Fernandes, vítima emblemática de

violência doméstica, referencial na luta em defesa dos direitos das mulheres e cujo nome é emprestado à lei “Maria da Penha”. A operação tem caráter nacional em parceria com o Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC) e é realizada também em outros estados.

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE JAGUARUNA AVISO DE LICITAÇÃO – RETIFICAÇÃO E PRORROGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 56/2019-PMJ, PREGÃO PRESENCIAL COM REGISTRO DE PREÇO Nº 38/2019-PMJ. Cujo critério de julgamento é o de MENOR PREÇO GLOBAL, no dia 18 de dezembro de 2019, às 09:00 horas, tendo como objeto: “CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA, ATRAVÉS DE PROCESSO LICITATÓRIO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL COM REGISTRO DE PREÇO PARA EVENTUAL FORNECIMENTO DE MATERIAL PARADIDÁTICO NA ÁREA AMBIENTAL PARA ATENDIMENTO AO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA PREFEITURA DE JAGUARUNA, ATRAVÉS DO FORNECIMENTO DE KITS EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA ALUNOS, EDUCADORES E COORDENADORES PEDAGÓGICOS DO ENSINO FUNDAMENTAL, PERTECENTES À REDE MUNICIPAL DE ENSINO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARUNA. A DESCRIÇÃO MÍNIMA DOS PRODUTOS, QUANTIDADES E VALORES MÁXIMOS, ENCONTRAM-SE ANEXOS AO EDITAL”. “FICA RETIFICADO O PRESENTE PROCESSO LICITATÓRIO NO ITEM 22.1, NO PREÇO UNITÁRIO E TOTAL DO ITEM 4, E NO PREÇO TOTAL GERAL DA PLANILHA DO ANEXO II – TERMO DE REFERENCIA.” O Edital e seus anexos na íntegra encontram-se a disposição para obter através do endereço Av. .Duque de Caxias, 290 Centro, Jaguaruna/SC. E-mail licitacao.pmj@hotmail.com. Telefone (48) 3624-8400 Horário das 07:00 horas às 13:00 horas. Jaguaruna (SC), 02 de dezembro de 2019. Edenilson Montini da Costa – Prefeito Municipal.


03 de Dezembro de 2019

www.omunicipio.com •

05

GERAL

Cerca de 115 mil adultos em SC foram aos postos de saúde para tomar a vacina contra o sarampo A

segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo terminou no sábado, 30, quando houve o Dia D de imunização contra a doença em todas as cidades catarinenses. Realizada entre os dias 18 e 30 de novembro, a segunda etapa levou 114.751 jovens adultos às unidades de saúde do estado para tomar a vacina. Destas, 46.654 receberam a dose. Os demais estavam com a situação vacinal em dia. A segunda fase foi destinada a jovens adultos com idade entre 20 e 29 anos, faixa etária mais acometida pela doença em Santa Catarina. “Jovens adultos nesta faixa etária precisam ter tomado duas doses da vacina ao longo da vida”, explica a chefe da divisão de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina, Arieli Fialho. Apesar de a campanha ter terminado, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) ressalta que as doses da vacina continuam disponíveis para pessoas com até 49 anos em todas as mais de mil salas de vacinação do estado. De

acordo com a gerente de imunização da Dive, Lia Quaresma Coimbra, muitos catarinenses ainda precisam ser vacinados. Conforme estimativa do Ministério da Saúde, nesta segunda etapa, 420 mil jovens adultos em SC deveriam ter se imunizado contra a doença. “O sarampo pode deixar sequelas e, em casos mais grave, levar à morte. A vacina é a única forma de prevenção, por isso a gente reforça que é muito importante que todos estejam vacinados”, afirma Coimbra. Quem precisa se vacinar: - bebês com idade entre seis e 11 meses: dose zero - crianças com um ano: dose um - crianças com um ano e três meses: dose dois e última dose por toda a vida Aqueles que não sabem se já estão imunizados, precisam atualizar a situação vacinal de acordo com a faixa etária: - de 20 a 29 anos: duas doses - de 30 a 49 anos: uma dose

Registro Automático permite abertura de empresas em poucos minutos em Santa Catarina O

Governo de Santa Catarina lança nesta segunda-feira, 2, o Registro Automático para abertura de empresas no estado e avança rumo à simplificação e desburocratização. Com a novidade, o tempo médio do processo para algumas atividades passa de 40 para cinco minutos. A iniciativa é da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE). “Abrir uma empresa em poucos minutos já é realidade em Santa Catarina. No Governo Sem Papel, seguimos priorizando entregas cada vez mais ágeis e eficientes à população. E o Registro Automático faz parte deste processo de modernização e simplificação. Estamos trabalhando para incentivar o empreendedorismo e o desenvolvi-

mento, gerando assim, mais oportunidades e menos burocracia ao catarinense”, ressalta o governador Carlos Moisés. Seguindo as diretrizes da Lei da Liberdade Econômica, a Jucesc utiliza da inovação para colocar à disposição dos usuários um serviço totalmente simplificado e rápido. Nesta primeira etapa, o serviço digital será disponibilizado para abertura de negócios com as naturezas jurídicas de Empresário Individual (EI), Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI) e Responsabilidade Limitada (LTDA), que permite vários sócios e o capital é livre. Em um segundo momento, também poderá ser usado para extinções e alterações. “A tecnologia que o sistema da Jucesc Digital utiliza permite aos

usuários efetuarem o registro de empresas durante as 24 horas do dia, sete dias da semana, em qualquer cidade do estado”, acrescenta o presidente da Jucesc, Juliano Chiodelli. O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, destaca o trabalho realizado para dar mais segurança e celeridade ao empreendedor catarinense. “Assim como a Jucesc já trabalha na simplificação e desburocratização de abertura de empresas, o Governo Sem Papel também é uma realidade no dia a dia da SDE, onde os processos já ocorrem de maneira totalmente virtual. A inovação tem sido nosso pilar no incentivo de ações que facilitem a vida do cidadão, contribuindo para o crescimento sustentável do nosso estado”, frisa.

Passo a passo Na Pesquisa Prévia de Viabilidade (PPV) é feita uma avaliação de nome e endereço para verificação se há algum impedimento para criação da empresa. Depois dessa etapa, assim que o sistema da Jucesc confirma o pagamento do Documento de Arrecadação do Estado de Santa Catarina (DARE), imediatamente o registro é efe-

tuado. Empresários e sócios assinam o documento através de certificado digital, utilizando um contrato padrão, definido pelo DREI Departamento Nacional de Registro Empresarial e Integração. A análise é feita pela Junta Comercial em até dois dias após o registro. Mesmo que haja algum tipo de erro que precisa ser resolvido, o empresário tem 30 dias para fazer as

correções, sem prejuízo do registro já efetivado. “Tudo foi elaborado e pensado para dar agilidade ao processo. O Registro Automático é a completa automatização do registro mercantil, no qual a segurança e a celeridade são as maiores contribuições para a simplificação na abertura de empresas em Santa Catarina”, finaliza o presidente da Jucesc.


06

03 de Dezembro de 2019

• www.omunicipio.com

GERAL

13º salário: mais brasileiros vão gastar com presentes do que com pagamento de dívidas O

recebimento do 13º salário é sempre um período de alívio para o bolso dos consumidores. Trata-se de um dinheiro extra que pode ajudar tanto no pagamento de dívidas, quanto nas comemorações de Natal e Réveillon. Uma pesquisa feita em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que neste ano, mais brasileiros vão se utilizar desse dinheiro extra para adquirir presentes. Na comparação com 2018, aumentou de 23% para 32% o percentual de trabalhadores que vão gastar ao menos parte do 13º salário com a compra de presentes. Em contrapartida, o pagamento de dívidas em atraso é a quarta opção mais citada, com 15% de citações. Em segundo lugar ficou a intenção de poupar ou investir os recursos do 13º salário (24%), seguido daqueles que vão destinar o dinheiro extra para as comemorações de Natal e Ano Novo (22%). Há ainda 15% de pessoas que vão priorizar o pagamento de contas básicas, como água e luz, por exemplo e, 14% que vão realizar alguma viagem. Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o cenário econômico pouco melhor do que em anos anteriores pode estimular uma disposição maior dos brasileiros em ir às compras com o 13º salário. “O país se recupera lentamente da crise e ainda sofre com os efeitos negativos da recessão,

como desemprego elevado e renda comprimida. Ainda assim, o período mais agudo das dificuldades já foi superado, o que de certa forma, pode estimular um otimismo maior dos brasileiros na hora ir de ao consumo”, afirma a economista. De qualquer modo, mesmo com o relativo otimismo do brasileiro em gastar neste Natal, a recomendação da economista do SPC Brasil é que consumidores inadimplentes devem destinar esse dinheiro para quitar dívidas com o pagamento pendente e recuperar o crédito na praça. “A prioridade deve ser sempre sair do vermelho e evitar pagamento de juros que se acumulam. Se o consumidor tem apenas uma dívida em aberto, é mais

fácil resolver o problema com a chegada deste dinheiro extra. Caso exista mais de uma, a regra geral é priorizar as dívidas que têm os juros mais altos como, por exemplo, cheque especial e cartão de crédito”, afirma Marcela. 52% dos consumidores pretendem fazer ‘bicos’ para comprar mais presentes Caso o consumidor realmente queira utilizar o 13º para a compra de presentes, a dica é não dividir em muitas parcelas para não sobrecarregar o orçamento com as contas de início de ano, explica o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli. “O ideal é fugir dos parcelamentos e negociar descontos atrativos nas lojas,

preferencialmente pagando à vista. Pechinchar deve ser um hábito permanente do consumidor. As famosas lembrancinhas também podem ser um recurso útil para quem quer presentear sem gastar muito”, afirma Vignoli. A pesquisa do SPC Brasil também mostra que 52% dos entrevistados pretendem fazer bicos ou outras atividades para garantir um dinheiro extra neste fim de ano e, assim, garantir a compra de mais presentes ou de melhor qualidade. “Organização é a palavra mais importante neste Natal. É importante planejar a aquisição de presentes sabendo exatamente o que se quer comprar. Faça uma lista de pessoas que deseja presentear e pesquise valores dos

presentes. Depois, defina um limite de gastos. O consumidor deve tomar cuidado para não sobrecarregar o orçamento do começo do ano, quando é preciso lidar com despesas sazonais pesadas como o IPTU e o IPVA, por exemplo”, orienta Vignoli. Feirão on-line do SPC Brasil vai até 15 de dezembro. Descontos podem chegar a 90% Para ajudar os consumidores que possuem contas em atraso a recuperarem seu crédito na praça, o SPC Brasil promove até o dia 15 de dezembro um Feirão On-line de Renegociação das dívidas. Para participar, basta acessar o site do SPCe

se cadastrar. Após a autenticação das informações, o consumidor poderá consultar dentro do próprio site se há pendências em seu CPF e se essas dívidas estão disponíveis para renegociação na plataforma. As condições especiais vão desde um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar a dívida, até descontos de 90%. São mais de 120 empresas que participam da ação e contempla 15 cidades, sendo 11 capitais (São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, São Luis, Teresina, Rio Branco e Manaus) e quatro cidades do interior do país (Feira de Santana – BA, Ibirité – MG, Pato Branco – PR e Santo Antônio da Platina – PR).


03 de Dezembro de 2019

www.omunicipio.com •

07

SEGURANÇA

Assaltantes invadem mercado e fogem com malote de dinheiro

U

m mercado localizado no bairro Vila Esperança, em Tubarão, foi alvo de um assalto à mão armada na

manhã desta segunda-feira, dia 2. Segundo informações preliminares da Polícia Militar (PM), não houve pesso-

as feridas e os criminosos fugiram levando um malote com dinheiro – o valor roubado não foi divulgado.

O assalto foi registrado por volta das 9h15. Dois criminosos chegaram em uma moto e outros dois em um Honda

Fit. Os que estavam na moto invadiram o local portanto armas de fogo e anunciaram o roubo. Após uma ação rápida,

eles fugiram com o dinheiro e até o momento nenhum suspeito foi localizado. A Polícia Civil investiga o caso.

Jovem é preso com 60 pedras de crack e nove porções de maconha em Tubarão U

m jovem de 20 anos foi preso por tráfico de drogas em Tubarão. A ocorrência foi registrada na noite desse domingo, dia 1, às 22 horas, no

bairro Passagem. Foram apreendidas 60 pedras de crack, nove porções de maconha e R$ 826. De acordo com a Polícia Militar (PM), uma guar-

nição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) estava realizando rondas na localidade, quando percebeu um homem em atitude suspeita. Os

(48) 3628-1261 (48) 98843-6550 (48) 98836-1632

Rodovia BR-101, - km-341 S-03 Humaitá de Cima, Tubarão, SC - Cep: 88708-350

policiais se aproximaram do suspeito., mas ao notar a presença da PM, ele tentou se desfazer de um objeto. O homem foi abordado e em revista pesso-

al, os policiais encontraram dez pedras de crack e nove porções de maconha. Já no objeto em que ele tentou jogar fora foram encontradas mais pe-

dras de crack e dinheiro. Ao todo, foram apreendidas 60 pedras de crack, nove porções de maconha e R$ 826. Ele foi encaminhado à delegacia.


08

• www.omunicipio.com

03 de Dezembro de 2019

GERAL

O que falta para o começo da formação de 500 soldados e 35 oficiais da PM-SC A

Polícia Militar (PM-SC) estava pronta para começar o formação de 500 soldados e 35 oficiais da corporação nesta segunda-feira, 2 de dezembro. Inclusive foi esta a data divulgada inicialmente para os aprovados. Mas o governo do Estado ainda não autorizou a inclusão dos novos servidores, o que é esperado pelo comando da PM ainda em 2019. Na semana passada, os responsáveis pelos concursos divulgaram um comunicado informando que ainda

não havia a confirmação da data para começo da formação. Houve reação por parte de alguns dos aprovados, que dizem ter se desligado de seus empregos para cumprir o que pede o edital. Segundo a corporação, porém, o texto pede a comprovação de desligamento somente depois de publicada a nomeação no Diário Oficial com posterior apresentação de documentos. O comitê gestor do governo se reúne nesta quarta-feira, 4 de

dezembro, e deve debater a inclusão dos novos policiais. Falta somente a aprovação do grupo para que os servidores sejam oficializados. Nos bastidores havia uma possibilidade de o Executivo deixar a nomeação para 2020 diante dos poucos dias úteis neste mês de dezembro. Segundo apurou a coluna, a promessa do governador Carlos Moisés da Silva é de que ainda em 2019 a inclusão será feita. Desta vez, diferente de formações anteriores, todo o curso será

feito em Florianópolis. Os soldados e oficiais vão ser capacitados

no centro de ensino da Trindade. No caso dos soldados são nove me-

ses, enquanto para os oficiais vão ser dois anos.

Profile for Diário O Município

ED.1674 - TER 03-12-2019  

ED.1674 - TER 03-12-2019  

Advertisement