Page 1

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO Aveiro Castelo Branco Coimbra Guarda Leiria Viseu

alto patrocínio:

patrocínio:

edição:

Esta revista faz parte in tegrante do DIÁRIO AS BEIRAS de 23 de novembro DE 2019 e não pode ser vendida separadamente


79356

79347


79314


novembro 2019 | Diário As Beiras

04 Abertura O capital humano que precisa ser humanizado 06|12 António Valadas “Qualificação dos

eles escrevem connosco

12|14 Nuno Mangas “Aposta nos clusters para a competitividade e internacionalização” 16|18 Nogueira Santos “O capital humano

24 | José Carlos Alexandrino

recursos humanos é um dos pilares da ação do IEFP”

26 | Carlos Monteiro 28 | Helena Teodósio Presidente -Câmara Presidente -Câmara Municipal da Figueira da Foz

Presidente - CIM Região de Coimbra

Municipal de Cantanhede

tem sido o fator determinante para o sucesso da Celbi”

20|22 José Couto “Na região Centro faltam

recursos humanos nas empresas em qualidade e em quantidade”

39 | Metodologia 42 | Análise Região Centro: Indústria pesada reforça faturação em Aveiro e Coimbra 44| Análise Distrito de Coimbra: Maior faturação é nos dois concelhos mais populosos

48 | 59 Rankings Por setor de atividade 60 |61 | Rankings 50 maiores empresas

30 | Sónia Matias

32| António Veiga Simão

34 | Pedro Machado

Presidente - CCDRC

Presidente Turismo Centro de Portugal

Diretora de Recursos Humanos-Lusiaves

36 | Fernando Regateiro

118 | Jorge Loureiro 120 | Teresa Vice-presidente Mendes

Presidente do CA - CHUC

da AHRESP

Presidente do IPN

122 | Raúl Almeida

124 | Jorge Conde

Presidente da AIRC

Presidente do IPC

125 | Cristina Albuquerque

da região Centro

62 | 87 | Rankings 1000 Maiores Empresas do Distrito de Coimbra

Vice-reitora - UC

88 | 102 | Rankings Por concelho do distrito de Coimbra 104 | 105 | Análise Por distrito da região Centro

106 | 115 Rankings Aveiro, Castelo Branco, Guarda, Leiria e Viseu

126 | Andrea Sousa

127 | Rui Alírio

128 | André Figueiredo

Docente - Instituto Miguel Torga

Vogal CA - Iparque

Gestor do Grupo Automóveis do Mondego

130 | Nuno Lopes

131 | Horácio Pina Prata Presidente

116|117 Ranking 100 Maiores Empresas Exportadoras do Centro

Presidente da ACIFF

do NERC 79392

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

índice


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79237


novembro 2019 | Diário As Beiras

O capital humano que precisa ser humanizado Agostinho Franklin diretor

A

história da empregabilidade anda de par com o desenvolvimento da sociedade industrializada e dos processos de rentabilização que esse mesmo momento histórico exigia. Quando Marx faz emergir o conceito de alienação estava apenas a consciencializar as transformações decorrentes do modus produtor anterior para as novas condições e exigências que a organização intensiva dos processos de produção exigiam ou criavam a necessidade. E durante dois séculos a tónica foi sendo colocada nas tecnologias, na organização do trabalho (Chaplin e a imagem do trabalho repetitivo do seu filme é, também, uma boa consciencialização desse problema) e em outras variáveis que, melhoradas, iriam também potenciar a ‘competitividade’ nos locais de trabalho. E durante esse tempo a variável humana foi considerada como uma black box, a quem eram introduzidos estímulos diversos (vencimento, condições ambientais...) pressupondo que reagiria de forma automática e melhorada — na quantidade e na qualidade do produto realizado. As transformações também sociais, também económicas, também nos modelos de gestão, fizeram surgir a necessidade de introduzir na equação da competitividade a variável ‘humano’ revestida agora de linguagem do métier: o capital

humano. Considerando-se que a ‘caixa preta’ anterior, se chamada a introduzir a sua ‘motivação’, o seu envolvimento, a sua ‘humanidade’, no produto realizado — e no processo — seriam muito mais eficazes, qualitativamente superiores quer para a estrutura quer para o produto individual realizado. E, por isso, o reforço do capital humano como tónica a evidenciar nos processos produtivos é uma das formas de ir buscar novas energias e competências que antes eram omissas ou colocadas do lado da estrutura ou da entidade empresarial. A introdução das soft skils e da valorização das atitudes e dos comportamentos para as dinâmicas da empresa são exemplo dessas novas preocupações a ter em conta no enquadramento do capital humano. A revista e a conferência que o Diário As Beiras hoje lhe propõe dá o devido reconhecimento a essa preocupação transversal registada nas dinâmicas das empresas — a de que a revalorização do capital humano, das pessoas, no contexto das empresas é variável potenciadora da sua melhoria e da sua competitividade, num mundo globalizante que, cada vez mais, dá voz e reconhecimento à participação e envolvimento individual em tempo real ou próximo disso.

Coordenação Dora Loureiro TexTo // António Rosado (análise dos quadros), Dora Loureiro, Jot’Alves FoTograFia// Carlos Jorge Monteiro, Pedro Ramos, DR Diretor Agostinho Franklin Chefe De reDação Dora Loureiro reDação Dora Loureiro, Paulo Marques (repórter coordenador) , António Alves, António Rosado, Bernardo Neto Parra, Bruno Gonçalves, Carlos Jorge Monteiro, Cátia Vicente, Emanuel Pereira,Jot’Alves, José Armando Torres, Maria Inês Morgado, Patrícia Cruz Almeida , Pedro Ramos o meu jornal, a minha Dep. comercial Ana Paula Ramos, Mónica Palmela, João Ribeiro PROPRIEDADE paginação Sojormedia Beiras SA Carla Fonseca, Daniela Marques, Ricardo Silva e Victor Rodrigues

ContaCtos seDe: Rua Abel Dias Urbano, n.º 4 2.º 3000-001 Coimbra, tel. 239 980 280, 239 980 290, Telem: 962 107 682, administrativos@ asbeiras.pt reDação Tel. 239 980 280, redaccao@asbeiras.pt

PubliCiDaDe tel. 239 980 287, publicidade@asbeiras.pt ClassifiCaDos tel. 239 980 290, classificados@asbeiras.pt assinaturas tel. 239 980 289, assinaturas@asbeiras.pt impressão Multiponto

79342

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

4 ABERTURA


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79134


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

6 ENTREVISTA

novembro 2019 | Diário As Beiras

António Valadas da Silva, presidente do IEFP

“Qualificação dos recursos humanos é um dos pilares da ação do IEFP” Ao disponibilizar programas de qualificação, o IEFP “está a dar um importante contributo para o emprego qualificado e para inserção profissional”, afirma António Valadas da Silva, presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), em entrevista ao DIÁRIO AS BEIRAS A qualificação de recursos humanos está entre as principais estratégias do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP)? Obviamente que sim, até porque a qualificação dos recursos humanos constitui um dos principais pilares da ação do IEFP, que tem por missão promover a criação e a qualidade do emprego através da execução de políticas

ativas de emprego, constituindo a formação profissional umas das suas principais ferramentas. O acesso ao emprego, bem como a sua manutenção estão intrinsecamente ligados às competências detidas pelas pessoas. Neste contexto a formação profissional desempenha um papel estratégico quer na aquisição e desenvolvimento de

competências requeridas pelo mercado de trabalho, quer na sua atualização. É preciso não esquecer os importantes desafios que se colocam às empresas e às pessoas no contexto das profundas mudanças relacionadas com a transformação digital e com a designada Indústria 4.0, concretamente ao nível das alterações dos sistemas produtivos e das 


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79231


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

8 ENTREVISTA

novembro 2019 | Diário As Beiras



competências requeridas para trabalhar num mercado global e para cuja resposta é fundamental a aprendizagem ao longo da vida. Aliás, na definição dos planos de atividade dos seus Serviços de Formação, o IEFP identifica como áreas prioritárias as tecnologias de informação, comunicação e eletrónica (TICE), aposta nas respostas formativas de dupla certificação (escolar e profissional) que visam aumentar os níveis de empregabilidade das pessoas desempregadas que não tenham completado o nível secundário, bem como na definição de programas de formação à medida das necessidades das empresas, procurando, deste modo, responder às suas necessidades específicas.

79402

Essa estratégia tem sido desenvolvida, em alguns casos, através da celebração de protocolos específicos com diversas entidades. De que áreas surgem mais solicitações para apoio na requalificação de recursos humanos?

Ao disponibilizar programas de qualificação, muitos deles de dupla de certificação, o IEFP está a dar um importante contributo para o emprego qualificado e para inserção profissional das pessoas que infelizmente se confrontam com situações de desemprego

O IEFP recebe solicitações em matéria de qualificação de diferente natureza, desde pedidos de qualificação inicial até pedidos muito específicos de formação contínua. Por exemplo, o impacto das TICE e mais genericamente das mudanças tecnológicas e as transformações que induzem no mercado de trabalho, exigem a qualificação e a requalificação de uma parte significativa da população em idade ativa, sendo esta uma área que tem vindo a suscitar uma particular atenção por parte deste Instituto. Na verdade, as baixas qualificações, e em particular, as baixas competências digitais têm um impacto significativo na produtividade e no potencial de crescimento da nossa economia que é preciso ultrapassar. Para responder a este desafio, foi criada a Iniciativa Nacional de Co m petên c ias D igitais e .2 0 3 0 (“Portugal INCoDe.2030”) que estabelece um conjunto de objetivos que abrangem públicos muito


diferenciados, desde os que necessitam de competências básicas para garantir a inclusão social e alfabetização digital, até públicos específicos que necessitam de competências na análise de big data, produção e disseminação de informações, segurança , uso intensivo de TIC, no processo de aprendizagem ao longo da vida ou I&D com vista à produção de conhecimento ou ao desenvolvimento de formas avançadas de computação científica. Ora, o IEFP assume especiais responsabilidades no âmbito desta Iniciativa uma vez que é o coordenador nacional do Eixo da Qualificação (Eixo 3), que tem por objetivo dotar a população ativa dos conhecimentos necessários a um mercado de trabalho que cada vez mais exige competências de natureza digital. Nesta linha, o Instituto tem vindo a desenvolver várias ofertas formativas de diferente natureza, de que se salienta a requalificação profissional na área das TIC de pessoas desempregadas com

ENTREVISTA 9 A formação profissional desempenha um papel estratégico quer na aquisição e desenvolvimento de competências requeridas pelo mercado de trabalho, quer na sua atualização

formação de nível superior, através da colaboração de instituições de ensino superior e de empresas. Para esse efeito foi estabelecida uma parceria estratégica entre o IEFP, o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP), que envolve 14 Institutos Politécnicos de todo o País e que assumem a realização da formação de acordo com referenciais construídos em estreita ligação com empresas. Estas ações compreendem cerca de 400h de formação tecnológica e um estágio de igual período em contexto real de trabalho. Outro exemplo que gostaria de sublinhar releva da área da aeronáutica. Neste caso, o IEFP procedeu à instalação de um espaço de formação, devidamente equipado e adaptado, nos Serviços de Formação de Évora e de Setúbal e organizou percursos de formação específicos, construídos com o contributo de empresas do setor. Tratase de uma área na qual não detínhamos qualquer experiência, sendo que este

79393



1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras



esforço constituiu um importante contributo para a qualificação de profissionais deste setor e para a formação de um cluster que se tem revelado muito importante para o País. Tem sido aliás um caso de bastante sucesso. Mas também na área do Turismo, importa salientar a celebração de um acordo de cooperação entre o IEFP e o Turismo de Portugal, com o objetivo de implementar projetos e iniciativas que contribuam para a qualificação dos recursos humanos deste setor, designadamente, ações de formação para ativos empregados do setor da restauração, da hotelaria e do turismo e requalificação de pessoas com habilitação superior, em situação de desemprego. Esta parceria revela-se igualmente estratégica, porquanto, como todos sabemos, o sector tem tido um crescimento exponencial nos últimos anos a que também não é estranho o reconhecimento de Portugal como o melhor destino

turístico do mundo pelo terceiro ano consecutivo o que coloca desafios importantes ao nível da qualificação dos recursos humanos. Estes são apenas alguns poucos exemplos do muito que faz o IEFP em matéria de qualificação da nossa população. Os Centros de Formação Profissional e a rede Centros Qualifica do IEFP, vocacionada para a realização de processos de reconhecimento, validação e certificação de competências para os profissionais do setor, têm conseguido dar seguimento a esta estratégia? Os Serviços de Formação Profissional e os Centros Qualifica da rede do IEFP têm tido um papel determinante na implementação desta estratégia, com resultados muito positivos, quer no acolhimento dos cidadãos que procuram respostas de qualificação, quer assegurando o desenvolvimento do diagnóstico em cada caso e o seu encaminhamento para os percursos

de qualificação mais ajustados ao respetivo perfil vocacional. O encaminhamento pode ser efetuado para diversas ofertas de formação profissional ou para outras formas de conclusão da qualificação, como seja o caso dos processos de RVCC (escolar, profissional ou de dupla certificação). Assim, nos casos em que os candidatos apresentam perfil compatível com o desenvolvimento de um processo de RVCC, os Centros Qualifica asseguram o desenvolvimento desses processos e certificam as competências validadas. Como, muitas vezes, os candidatos obtêm apenas uma certificação parcial das suas competências – por não deterem todas as que se encontram previstas no referencial – o Centro Qualifica define um plano de formação que é necessário seguir com vista a obter a certificação completa e encaminha o candidato para o serviço de formação do IEFP ou para qualquer outra entidade formadora da região para que possa concluir a sua

64160

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

10 ENTREVISTA

Adémia de Baixo - Coimbra

Atrium Solum, Celas, Mealhada, Ansião, Soure, Vinha da Rainha e Vila Nova de Anços


qualificação. Em síntese, diria que o trabalho extremamente importante destas estruturas tem vindo a ser desenvolvido em linha com as metas traçadas, as quais frequentemente se verifica terem sido ultrapassadas. Deixe-me ainda referir que só os Centros Qualifica da rede do IEFP contam com a inscrição de cerca de 40.000 pessoas por ano.

79127

O IEFP está a apostar também, para além das formações presenciais, em cursos e formações e-learning? Sim, é verdade. Temos aliás vários exemplos de percursos desenvolvidos através deste tipo de formação e vários projetos piloto em desenvolvimento, nomeadamente, na área da formação pedagógica de formadores. São exemplos de cursos de formação em b-learning, promovidos pelo IEFP, na área da formação contínua de formadores, o e-Formador e o Formador de Unidades de Formação

ENTREVISTA 11 de Curta Duração a distância (formato híbrido). O IEFP tem vindo a desenvolver também algumas ações de formação em b-learning dirigidas a desempregados, designadamente em técnicas de procura de emprego, desenvolvimento pessoal e empreendedorismo. A qualificação dos recursos humanos tem sido importante na estratégia de redução da taxa de desemprego em Portugal? Naturalmente, que o crescimento económico que se vem registando , tem contribuído significativamente para a redução da taxa de desemprego que, recorde-se, passou de 16, 2% em 2013 para menos de metade em 2018 (7%), de acordo com dados do INE. É evidente que o IEFP, através da execução das políticas ativas de emprego e de formação profissional, tem tido também um papel relevante quer na disponibilização de medidas de apoio à contratação, quer no apoio à conversão de contratos a termo

em sem termo, quer na colocação de jovens em programas de estágios profissionais que se constituem como forma de aprendizagem em contexto real de trabalho com resultados muito positivos na inserção profissional de jovens à procura de emprego, quer ainda na realização de programas de formação ajustados às necessidades das empresas e das pessoas. Está demonstrado que quanto mais elevados forem os níveis de qualificação das pessoas, mais facilmente se empregam e se adaptam às mudanças, têm maior apetência para processos de aprendizagem ao longo da vida e estão menos tempo desempregadas. Ora, ao disponibilizar programas de qualificação, muitos deles de dupla de certificação, o IEFP está seguramente a dar um importante contributo para o emprego qualificado e para inserção profissional das pessoas que infelizmente se confrontam com situações de desemprego.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

DR

Nuno Mangas, presidente do IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação

78905

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

12ENTREVISTA


ENTREVISTA13

Aposta nos clusters para competitividade e internacionalização Em entrevista ao DIÁRIO AS BEIRAS, Nuno Mangas, presidente do IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, destaca o novo ciclo de apoio à política de clusterização empresarial, vocacionada para o reforço da competitividade da economia portuguesa Quais são, neste momento, as áreas prioritárias de atuação do IAPMEI Agência para a Competitividade e Inovação? O IAPMEI, enquanto agência de apoio para a competitividade e inovação empresarial assenta as suas prioridades em quatro vetores chave:

1. Estimular o empreendedorismo qualificado e inovador, intervindo para a promoção do empreendedorismo inovador e suportado em conhecimento, dinamização do ecossistema e apoio a projetos nas suas diversas fases desde a conceção à aproximação ao mercado. 2. Aumentar e consolidar a dimensão

crítica das empresas nacionais, desenvolvendo iniciativas orientadas para o investimento, para o financiamento e para as estratégias de eficiência coletiva. 3. Capacitar as empresas, os seus RH e as suas lideranças, promovendo o reforço de competências, em temas relevantes e emergentes para a inovação e para a

79136





1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

14 ENTREVISTA

novembro 2019 | Diário As Beiras



competitividade empresarial. 4. Atuar em proximidade e reduzir custos de contexto, contribuindo para melhorar o desempenho competitivo das empresas. Qual o impacto que é esperado dos novos Pactos Setoriais para a Competitividade e Internacionalização, nos respetivos setores de atividade e na economia nacional? Os pactos setoriais para a competitividade e internacionalização pretendem facilitar a mobilização da sociedade civil para uma estratégia e missão comuns, associadas às dinâmicas de trabalho em rede e iniciativas colaborativas orientadas para níveis crescentes de competitividade empresarial, em particular através das dinâmicas de clusterização. Assim, a aposta do Ministério da Economia na promoção de estratégias de eficiência coletiva, centradas nos clusters de competitividade e a concretização destes pactos setoriais trará impactos positivos na competitividade e internacionalização dos associados dos clusters e, pelo efeito de arrastamento, nas empresas dos setores que estes clusters representam na economia nacional. Os pactos setoriais corporizam um conjunto de medidas e ações setoriais, como sejam, a transição digital, a economia circular e a descarbonização e transição energética, passando pela capacitação do capital humano, a inovação e I&D e, ainda, a melhoria da envolvente regulamentar e legal das empresas. Resumidamente poderemos dizer que os impactos esperados estão centrados nos desafios que hoje se colocam às empresas, sejam de natureza económica, social, ambiental ou tecnológica, exigindo dos vários intervenientes uma elevada capacidade de adaptação que importa antecipar e preparar. Alguns destes clusters – como os da fileira florestal; da vinha e do vinho; ou do turismo – podem contribuir para dinamizar o tecido económico da região? Os clusters de competitividade devem atuar, preferencialmente, com impacto à escala nacional e possuir comprovada vocação internacional, ou seja, atuar em fileiras ou cadeias de valor que em

A aposta do Ministério da Economia na promoção de estratégias de eficiência coletiva, centradas nos clusters de competitividade e a concretização destes pactos setoriais trará impactos positivos na competitividade e internacionalização dos associados dos clusters e, pelo efeito de arrastamento, nas empresas dos setores que representam

termos de valor acrescentado, criação de emprego, capacidade exportadora e internacionalização permitam obter níveis mais elevados de desenvolvimento económico. Contudo, a abrangência

territorial da atividade económica dos membros associados dos clusters, em particular as pequenas e médias empresas, estando fixadas em determinadas regiões e gerando emprego nessas regiões contribuirão para a dinâmica económica e para a fixação das populações. Porquê a escolha da criação de clusters nestes setores de atividade? Em 2017, visando enquadrar as iniciativas estratégicas de eficiência colectiva, iniciou-se um novo ciclo de apoio à política de clusterização empresarial, vocacionada para o reforço da competitividade da economia portuguesa, promoção da inovação e estímulo à internacionalização. É neste contexto, sob a responsabilidade do IAPMEI, que o Ministério da Economia reconheceu um conjunto de clusters de competitividade de vários setores que teve subjacente um conjunto de critérios que, uma vez cumpridos, permitiu que os clusters fossem reconhecidos. De que forma é feito o apoio a estes clusters? O IAPMEI faz o acompanhamento e monitorização da atividade dos clusters de competitividade reconhecidos, pelo que a nossa proximidade é elevada e assídua, no sentido de analisarmos e acompanharmos a sua evolução em termos daquilo que são as suas metas e objetivos, mas também como facilitadores das dinâmicas colaborativas necessárias à implementação das ações dos clusters, nomeadamente na implementação das medidas recentemente inscritas pelos clusters nos pactos setoriais. De mencionar, por exemplo, que pelo carácter transversal das matérias relacionadas com os recursos humanos espelhadas nos pactos setoriais, já nos encontramos a trabalhar com os clusters e com as entidades competentes nestas áreas num plano de atuação para a implementação de algumas das iniciativas referidas nos pactos setoriais. Outro exemplo do apoio que prestamos é a preparação e divulgação de conteúdos de informação técnica com interesse para os clusters e seus associados, relacionada com incentivos nacionais, abertura de concursos a programas europeus, eventos e missões internacionais, entre outros.


71591

Que outras iniciativas estão programadas pelo IAPMEI, com o objetivo de apoiar a competitividade e internacionalização das empresas nos próximos anos? O IAPMEI apoia as empresas ao longo de todo o ciclo de vida, desenvolvendo um conjunto vasto de iniciativas das

quais destaco apenas algumas. Na área dos sistemas de incentivos do PT 2020, destaco o apoio à inovação produtiva, à qualificação empresarial e ao I&D. Neste âmbito, arrancámos recentemente, em parceria com a AICEP e com o apoio do ISCTE, com um projeto de aplicação de Inteligência artificial na gestão dos Sistemas de incentivos. Este projeto, com a duração de 2 anos, visa a melhoria da eficiência e fiabilidade dos objetivos e da gestão de riscos na fase de candidatura e análise dos projetos beneficiários dos sistemas de incentivos do Portugal 2020, com recurso a técnicas de aprendizagem automática. A aplicação da ciência de dados à gestão de sistemas de incentivos é completamente inovadora, não tendo sido implementada por mais nenhuma entidade congénere em Portugal e no resto da Europa. Na área da capacitação empresarial, projetamos ampliar as ações desenvolvidas pela nossa Academia PME a áreas pertinentes para as empresas dentro do contexto digital.

Na área o financiamento às empresas, continuaremos empenhados no apoio ao desenvolvimento de instrumentos de crédito e capital. É intenção do IAPMEI robustecer o Portal do Financiamento às empresas com novas formas de financiamento. Ainda nesta área está previsto lançarmos em 2020 a plataforma de transação de empresas e a plataforma PME Líder, que inclui um catálogo e uma app com informação sobre estas empresas que possa funcionar como catalisador de negócio. Ao nível do empreendedorismo, iremos continuar a estimular a iniciativa empreendedora qualificada através dos programas como o StartUp Voucher, StartUp Visa ou Tech Visa e outros que entretanto estão a ser desenvolvidos. No que se refere à assistência empresarial, continuaremos a atuar numa lógica de proximidade através da nossa rede de apoio local assegurado pelos Centros de Apoio Empresarial (CAE) do IAPMEI, espalhados por todo o território nacional.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Qual é o balanço possível, neste momento, da implementação destes clusters? Cada cluster apresenta as suas especificidades, sendo que de forma geral estão a implementar os seus programas de ação. Por exemplo, no que respeita ao indicador % Atividades Previstas Iniciadas, 12 em 16 Clusters (75% dos Clusters), deu início a, pelo menos, 75 % das atividades previstas, sendo que 50% destes as iniciou na totalidade. Por outro lado, verificou-se que 10 em 16 Clusters (62,5%) desenvolveram novas atividades. Por outro lado, verificou-se que 10 em 16 Clusters (62,5%) desenvolveram novas atividades para além das inicialmente previstas em sede de contrato-programa, segundo o indicador % Novas Atividades.

ENTREVISTA15

79282

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

“O capital humano tem sido fator determinante para o sucesso da Celbi” Nogueira Santos, do conselho de administração da Celbi, reconhece que a empresa tem dificuldades em encontrar mão-de-obra especializada A Celbi depara-se com a dificuldade de encontrar mão-de-obra especializada na região da Figueira da Foz? Sim. De facto, a Celbi tem vindo a encontrar dificuldades no recrutamento de profissionais especializados, quer sejam quadros médios ou superiores. A situação de quase pleno emprego do país, a localização da unidade fabril e a

79394

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

16 ENTREVISTA

escassez de profissionais com formação técnica adequada não tem permitido uma base de recrutamento confortável. As empresas de trabalho temporário que trabalham com a Celbi também se queixam do mesmo? Os prestadores de serviços que executam empreitadas nas áreas da manuten-

ção industrial e na execução dos projetos de investimento que levamos a cabo têm, com muita frequência, manifestado sérias dificuldades em obter mão de obra disponível para cumprir com os prazos e com a qualidade dos serviços que contrataram. Nomeadamente, na construção civil, tem-se assistido a sérias dificuldades das empresas em




ENTREVISTA 17

DR

79349

Nogueira Santos, do conselho de administração da Celbi

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras



atrair profissionais que lhes permitam cumprir os compromissos assumidos. Considera que a formação profissional ministrada no concelho e na região está adequada às especificidades da economia, em particular da indústria? Desde sempre que há uma grande discussão entre a disparidade encontrada entre a formação ministrada nas escolas e as reais necessidades do tecido empresarial. Hoje, eu penso que essa dicotomia não está tão acentuada. As escolas estão muito mais próximas das empresas e as empresas muito mais colaborativas com o meio académico. Obviamente que os resultados não são ainda os desejados. A política de estágios levada a cabo pelas empresas, o fornecimento de equipamentos técnicos às escolas, para que os cursos não sejam só de papel e lápis, a organização de ações de formação técnica e a organização de cursos com recurso a docentes com experiência empresarial são sinas inequívocos de uma mudança salutar. De que forma valoriza a Celbi o seu capital humano? A Celbi desde sempre, talvez fruto de uma cultura sueca oriunda do seu primeiro acionista, teve e tem uma grande orientação para a obtenção de resultados. Essa cultura tem passado de geração em geração e isso tem permitido que a empresa apresente ao longo dos anos índices de rentabilidade assinaláveis. O capital humano tem sido fator determinante para a história de sucesso da Celbi. A retenção e valorização de talentos é uma preocupação constante de qualquer gestor da Celbi. Desde logo, há uma grande preocupação no acolhi-

71473

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

18 ENTREVISTA As escolas estão muito mais próximas das empresas e as empresas muito mais colaborativas com o meio académico. Obviamente que os resultados não são ainda os desejados. A retenção e valorização de talentos é uma preocupação constante de qualquer gestor da Celbi

mento e iniciação dos novos elementos. A formação técnica e o desenvolvimento de competências pessoais e profissionais são uma constante e imperiosa realidade. A inovação tecnológica, através de contínuos investimentos, permite trabalhar numa fábrica moderna com

trocas de experiências quer a nível local quer internacional. Para além disso, há todo um pacote de regalias salariais, sociais e complementares que permitem à Celbi ser bastante competitiva no panorama do mercado de trabalho nacional. Estamos na era da inteligência artificial e a robótica está a eliminar cada vez mais postos de trabalho. A Celbi está a prepararse para substituir pessoas por máquinas a grande escala? O setor de atividade no qual a Celbi se insere é de grande intensidade de capital, ou seja, é necessário fazer um grande esforço de investimento para manter a sustentabilidade das fábricas, seja no plano técnico, ambiental e económico. Por isso, estamos atentos às evoluções da denominada Indústria 4.0, da digitalização e da robótica, as quais encaramos como desafios e oportunidades para o aumento da eficiência e da competitividade da empresa. No entanto, não é previsível, no curto e médio prazo, que a mão de obra especializada possa ser substituída por robótica, além daquela que já incorporamos. Defende que as empresas devem pagar Segurança Social pelos robôs que substituem pessoas? Acho que temos tendência, perante uma situação desconhecida ou de futuro, a aplicar as soluções que conhecemos no presente. Acho que os robôs não irão pagar Segurança Social, agora que terá de existir uma outra distribuição da riqueza, de forma que os Estados possam enquadrar socialmente os executantes de um conjunto de profissões que irão desaparecer, disso não tenho dúvidas.


www.openlimits.pt

Sistemas e Comunicações | Soluções de Gestão | Cibersegurança Faça a sua empresa chegar mais longe, usando as Tecnologias de Informação certas no momento certo. Veja como alcançar resultados alinhando as infraestruturas de comunicação e os sistemas de gestão com a estratégia do seu negócio na máxima segurança.

Visite www.openlimits.pt

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79345

Até onde consegue levar o seu negócio? Com a tecnologia certa, mais além.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

20 ENTREVISTA

novembro 2019 | Diário As Beiras

Na região Centro “faltam recursos humanos nas empresas em qualidade e em quantidade” O presidente do CEC - Conselho Empresarial do Centro considera que a requalificação dos recursos humanos, em muitos casos imposta pela indústria 4.0, é hoje crucial para as empresas. José Couto sublinha também a dificuldade em recrutar, na região Centro, quadros médios e superiores. Esta é a perceção da realidade pelo CEC, que congrega à volta de quatro dezenas de associações, que correspondem a cerca de 40 mil trabalhadores, nos seis municípios da região Centro Na região Centro ainda é fácil, para as empresas, recrutar pessoal qualificado para as suas necessidades, ou depende das áreas? Não há nenhum fórum empresarial, não há nenhum debate acerca das empresas em que não exista uma manifestação, por parte dos seus responsáveis, sobre a falta de recursos humanos. Falta de recursos humanos em termos de quantidade, mas também em termos de qualidade. Hoje, uma das questões que mais sobressai nestas discussões é a qualificação dos recursos humanos. Primeiro, porque nos faltam muitos quadros médios e superiores com competências para os desafios que as empresas enfrentam, mas também pela necessidade de requalificação dos quadros que existem. A requalificação dos recursos humanos é hoje uma questão premente para muitas das empresas?

Hoje, requalificar pessoas, requalificar um stock de recursos humanos da região, é condição sine qua non para muitas empresas enfrentarem o desafio da competitividade

A questão da requalificação dos recursos humanos está hoje muito presente, é crucial para as empresas, porque existe um desafio, que é o desafio da tecnologia, da indústria 4.0, que determina que as empresas tenham que entender que precisam de novos quadros para tratar de novos assuntos, de novas questões tecnológicas, mas também que aqueles que têm hoje devem poder também fazer parte da solução e, para isso, têm que ser requalificados. Existe um stock de quadros médios e superiores na região, como em todo o país, que necessita de ser requalificado, e não são apenas as pessoas mais velhas. Hoje é uma constatação que mesmo pessoas que saíram dos bancos das universidades ou de escolas tecnológicas, precisam de ser reavaliadas e reorientadas para cursos de formação que não deitem a perder a sua experiência e o seu saber, mas que capitalizem isso.


ENTREVISTA 21

DB-Carlos Jorge Monteiro

José Couto, presidente do CEC/CCIC - Conselho Empresarial do Centro/Câmara de Comércio e Indústria do Centro

Portanto, hoje, requalificar pessoas, requalificar um stock de recursos humanos da região, é condição sine qua non para muitas empresas enfrentarem o desafio da competitividade. Existem zonas do interior da região que veem esta situação agravada pela desertificação? Assistimos às duas situações. Na região Centro temos empresas que para contratarem um quadro é o “caminho das pedras”. Porque os quadros que são

formados nas nossas universidades, muitas vezes partem rapidamente para outros destinos, quer porque têm oportunidades de emprego, oportunidades de estágio, e depois é muito mais dif ícil voltarem aos locais onde estudarem ou onde sempre habitaram. Depois temos esta dificuldade. Há cidades da região Centro onde existe uma manifesta falta de engenheiros. Por exemplo, no caso de Viseu, temos necessidade de encontrar mais engenheiros para as empresas que lá estão localizadas, que

já manifestaram essa necessidade. Estas empresas têm que fazer um esforço acrescido para recrutar, relativamente a outras cidades do país, nomeadamente do litoral. E muitas delas têm que pagar um prémio, isto é, têm que aumentar os salários, para poderem contratar pessoas no litoral ou nos grandes centros urbanos, porque ainda é dif ícil, muitas vezes, esses recursos perceberem que podem ter uma melhor qualidade de vida ou que o seu rendimento pode ser maior no interior do país. 

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

22ENTREVISTA 

Como se podem contornar estas dificuldades de atrair quadros especializados para as empresas do interior do país? É preciso haver um esforço de comunicação para transmitir a esses jovens que no interior também há oportunidades. Aliás, é esse mesmo o lema do nosso Congresso dos Empresários, que vai decorrer em janeiro: “Região Centro, um território de oportunidades”. É preciso mostrar que existem essas oportunidades, que existem cá empresas e que, provavelmente, eles farão parte da solução para aumentar a qualidade de vida e a coesão dos territórios.

70824

Com que tipo de medidas poderia o Governo contribuir para as soluções para estes problemas, isto é, facilitar a deslocação de recursos para zonas do interior do país e a requalificação dos recursos existentes? O CEC afirma, há vários anos, que não haverá desenvolvimento do interior e não se conseguirá parar a desertificação se não incrementarmos a atividade económica e a atividade produtiva na região Centro. E para isso é preciso captar o interesse de um grande investimento para a região, que seja um investimento âncora. Se tivermos um grande investimento na região Centro, nem interessa onde seja, provavelmente conseguiremos captar o interesse dos quadros, aumentar os consumos intermédios, para além de aumentarmos o rendimento e a criação de riqueza na região, esta será uma forma de pressão para as cidades se modernizarem e oferecerem outro tipo de serviços. Captar um grande investimento para a região Centro, seja nacional, seja internacional, é crucial – e para o interior sobretudo – para caminharmos na ques-

novembro 2019 | Diário As Beiras

Captar um grande investimento para a região Centro, seja nacional, seja internacional, é crucial para caminharmos na questão do desenvolvimento do interior e pararmos a desertificação da região. O mercado influencia o mercado, faz mercado, e atrás desse investimento poderão vir outros de menor dimensão

tão do desenvolvimento do interior e pararmos a desertificação. É evidente que o mercado influencia o mercado, faz mercado, e atrás desse investimento poderão vir outros de menor dimensão. E a mobilidade que as vias de comunicação da região Centro permitem dará esta possibilidade de as pessoas não saírem das suas cidades, das suas vilas e aldeias, e poderem deslocar-se para um lugar onde aumentem a atividade económica. Considera que será fundamental que se unam esforços, da parte de diversas entidades, para concretizar esse grande investimento na região Centro? Para nós era importantíssimo que se concretizasse esse grande investimento, que os autarcas da região Centro e as associações empresariais – e o CEC está bastante empenhado nisso – conseguissem captar a atenção de investidores nacionais e internacionais, conseguissem fazer pressão sobre o Governo, sobre o AICEP e outras entidades, para termos um investimento que fosse âncora para a região. Isto não é a solução, mas faz parte da solução. Na legislatura anterior houve um grande enfoque nos programas de requalificação dos cidadãos, nomeadamente de desempregados. Acha que essas medidas têm sido positivas, têm sido orientadas para as necessidades? O CEC tem realizado um conjunto de ações no âmbito do Programa de Formação-Ação. Trata-se de formação dirigida às empresas, que está muito construída em função das suas necessidades, em que o foco são as empresas e a sua atividade, o seu contexto, e essa formação deverá continuar. Para além

Promoção de Desenvolvimento Empresarial! Dinamizamos pessoas e negócios.

www.aec.pt AEC – Associação Empresarial de Cantanhede T. 231.429.185 - T 933.429.485 - geral@aec.pt


de que a formação dirigida aos gestores e aos responsáveis, empresários e empresárias da região, tem também tido um efeito que consideramos muito positivo, porque era clara, para não dizer que continua a ser, a lacuna em termos de conhecimento que existia nas cúpulas das empresas, nos responsáveis das empresas. Esta formação é fundamental, dirigida aos empresários e às empresas e aos seus colaboradores, e continua a ser fundamental a requalificação.

43053

A introdução da Indústria 4.0 veio colocar também novos desafios às empresas e à necessidade de qualificação dos recursos humanos? Sim, outra vertente é aquela formação de que falei ao princípio. Exatamente como hoje vamos ter novas profissões, derivadas da Indústria 4.0, novas necessidades nas empresas, novos entendimentos, uma gestão de recursos humanos que vai ser diferente da que tínhamos há 10 anos, e tendo como

ENTREVISTA 23 A breve prazo é expetável que venha a haver uma retração na área da produção, na atividade produtiva, e poderemos ter um abrandamento nesta procura de quadros

princípio que os recursos humanos continuam a fazer a diferença, é preciso ter mais competências, melhores colaboradores, no sentido de mais qualificados, dentro das empresas. A questão da falta de recursos humanos sente-se muito nos quadros médios e superiores, na qualidade, mas também em quantidade, faltam-nos pessoas. A breve prazo é expetável uma retração na área da produção, na atividade produtiva, e poderemos ter um abrandamento nesta procura de quadros. Mas esta é uma situação diferente daquela questão da requalificação dos quadros médios e superiores. Porque é nestas alturas que as empresas vão muitas vezes ter que incorporar novas tecnologias, reformular a sua atividade produtiva. Portanto têm que pensar em ir buscar novas profissões, novas competências, mas também, como estratégia, em requalificar aqueles quadros que têm dentro das empresas.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


24 OPINIÃO Aposta no ensino profiss para reforçar o capital hu José Carlos Alexandrino Presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra

Na CIM Região de Coimbra, estamos a fazer uma forte aposta nesta vertente da educação

79407

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

novembro 2019 | Diário As Beiras

O

Capital Humano é o verdadeiro impulsionador que permite o crescimento, o desenvolvimento e a sustentabilidade da economia. Este é o fator que tem contribuído fortemente para o aumento do conhecimento que torna real a estruturação e qualificação de produtividade. Para ter sucesso e uma vida profissional gratificante, é por isso indispensável que se dê importância ao Capital Humano, para que cada pessoa disponha das competências certas através das diversas vias que existem para as adquirir. A educação e a formação profissionais são disso exemplos fundamentais, aliando uma sólida aprendizagem em contexto laboral à teoria necessária. Verifica-se, no entanto, que o discurso vigente relativo ao Ensino Profissional não acentua a

sua valorização, a dupla certificação é entendida como modalidade que permite o sucesso escolar de um conjunto de jovens sem perfil para os cursos científico-humanísticos colocando, neste contexto, exigências acrescidas ao nível das práticas letivas e recursos pedagógicos. Ou seja, a aprendizagem e outras formas de Formação Profissional continuam a ser vistas pela maioria como uma segunda escolha relativamente ao ensino universitário e académico, quando, na realidade, são um dos métodos mais eficazes de dotar pessoas com as competências de que o mercado laboral necessita. Segundo Marianne Thyssen, comissária europeia do Emprego, Assuntos Sociais, Competências e Mobilidade dos Trabalhadores, 40% dos empregadores europeus não conseguem encontrar candidatos


OPINIÃO 25

sional umano

79377

com as competências adequadas para desenvolver as suas empresas e inovar. Esta é uma realidade dramática, se pensarmos que mais de 20 milhões de pessoas na Europa estão à procura de emprego. É urgente intervir para colmatar esta inadequação entre procura e oferta de competências e, em Portugal, as inscrições na formação profissional têm aumentado. Na Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, estamos a fazer uma forte aposta nesta vertente da educação, estando a assistir a uma evolução favorável da participação dos jovens em educação e formação, com destaque para a diminuição da taxa de abandono escolar precoce, que em 2001 era de 41%, tendo passado

para 5% em 2017. Num estudo de antecipação de necessidades de qualificações, realizado este ano na Região de Coimbra, destaca-se a importância da coerência da rede de ensino profissional, no sentido de assegurar uma fileira de continuidade de estudos para o ensino superior, incentivando a opção pelo ensino profissional e o desenvolvimento das competências dos diplomados que optam pela via do trabalho. Reforça-se a importância da capacitação de professores, formadores e tutores na área das didáticas do ensino profissional, assim como a dimensão da ligação ao território e aos empregadores locais, central para a qualidade do ensino

profissional, daí a importância de reforçar a cooperação escola-empregadores. Importa assim aumentar a incidência da formação ao longo da vida e encorajar a aprendizagem em contexto laboral. A Europa apoia Portugal com 3,8 mil milhões de euros destinados à educação e à formação através do Fundo Social Europeu. Contribuindo igualmente para a diminuição das taxas de desemprego, Portugal e a Região de Coimbra devem, mais do que nunca, investir no seu capital humano para otimizar a oferta e a procura de emprego, sendo a formação profissional uma excelente forma de adquirir as competências de que o mercado de trabalho necessita.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


Carlos Monteiro Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz

O capital humano são as pessoas, e as pessoas são criadoras de valor

79389

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

26OPINIÃO

novembro 2019 | Diário As Beiras

Capital humano: aposta n do conhecimento e de co

V

ivemos, nos dias de hoje, num contexto de globalização, onde as novas estratégias de negócio apresentam o Capital Humano como uma das principais vantagens no mundo empresarial, um ativo intangível, de dif ícil mensuração, que assegura o potencial de aprimorar cada dimensão competitiva de uma empresa, e é a chave da sua agenda de modernidade. Funcionários, trabalhadores ou mesmo colaboradores, com autonomia e liberdade para criar e inovar, com inteligência organizacional e consciência coletiva, é um dos fatores da inovação nas empresas, nas organizações.

O capital humano está inerentemente ligado ao desenvolvimento económico, que tem como finalidade fomentar a criação de emprego, incentivar o investimento sustentável, disseminar a cultura, atrair e reter visitantes e dinamizar o comércio e que, para o Município da Figueira da Foz, representa uma aposta clara, contando com parcerias e projetos a desenvolver entre a Figueira da Foz e vários centros de decisão geograficamente próximos do Concelho, e também com as Universidades, Institutos Politécnicos e Centros Tecnológicos inseridos na Região, assim como parcerias dos serviços do Gabinete de Apoio ao Investidor / Gabinete de Inserção


na valorização ompetências

79236

Profissional com um conjunto de entidades locais, nomeadamente com a Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, o a IEFF, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Marefoz, entre outras. De modo a potenciar o ecossistema do empreendedorismo e promover a dinâmica empresarial no concelho, o Município inaugurou, em janeiro deste ano, um espaço de Coworking “Mercado de Ideias”, situado no Mercado Municipal da Figueira da Foz, local central e privilegiado da cidade, de fácil acesso, rodeado de comércio e serviços, proporcionando aos utilizadores do espaço uma

melhor gestão do tempo no desenvolvimento das suas atividades, dos seus conhecimentos e competências. Porque, afinal, o Capital Humano são as pessoas, e as pessoas são criadoras de valor, o Município tem vindo a desenvolver, a nível interno, uma política de valorização do conhecimento, de competências e experiências, ou seja, de criação de valor e aumento de resultados, no sentido de granjear uma organização mais inovada.

De modo a promover a dinâmica empresarial no concelho, o Município inaugurou, em janeiro deste ano, um espaço de Coworking “Mercado de Ideias”, situado no Mercado Municipal da Figueira da Foz

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO 27

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

Capital humano é o mais importante ativo das organ Helena Teodósio Presidente da Câmara Municipal de Cantanhede

Recursos humanos têm uma função crucial, no sentido em que deles depende o resultado da adoção de soluções 79372

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

28OPINIÃO

F

ace à rapidez das alterações tecnológicas e ao ambiente fortemente concorrencial que caracteriza a atividade económica no âmbito do fenómeno da globalização, as empresas estão confrontadas com desafios cada vez mais complexos, desafios que impõem respostas assertivas às dinâmicas dos mercados, nomeadamente através da incorporação ou adaptação de métodos e práticas que reforcem a sua competitividade. Sendo certo que tais processos têm de ser desenvolvidos à luz do posicionamento estratégico das entidades empresariais perante as perspetivas de evolução dos setores em que operam e considerando todos os fatores envolvidos na

sua atividade, os recursos humanos têm nesse âmbito uma função absolutamente crucial, no sentido em que deles depende o resultado da adoção de soluções que favoreçam o aumento da produtividade e acrescentem valor ao fruto do seu trabalho. O capital humano é efetivamente o mais importante ativo das organizações, no entendimento de que a capacidade destas para atingirem os objetivos a que se propõem passa muito pelo modo como os seus quadros e colaboradores respondem às crescentes exigências da sua atividade. É daí que decorre a preocupação das empresas em atraírem e fixarem talento, o que, obviamente, pressupõe também a criação


anizações nalmente em interação positiva nas equipas de que fazem parte. Enquanto autarca, atribuo especial relevância a estes aspetos, sobretudo porque entendo que me cabe a responsabilidade de acentuar as vantagens comparativas do concelho de Cantanhede relativamente à atração de empresas competentes, inovadoras e competitivas, de modo a assegurar a evolução da base produtiva para setores de elevado valor acrescentado e a levar mais longe o processo de desenvolvimento económico e social numa base sustentável.

79346

de mecanismos que permitam potenciá-lo e rentabilizá-lo, sem esquecer o investimento regular na qualificação profissional, na valorização dos métodos de trabalho, na implementação de boas práticas e no desenvolvimento de uma cultura organizacional orientada para a inovação. Esses são, a meu ver, os maiores desafios que se colocam às lideranças, aos gestores, porquanto qualquer estratégia empresarial depende muito da existência de competências adequadas e, mais do que isso, do desenvolvimento de dinâmicas coletivas integradoras que proporcionem aos recursos humanos oportunidades para se realizarem profissio-

Enquanto autarca, atribuo especial relevância a estes aspetos, porque entendo que me cabe a responsabilidade de acentuar as vantagens comparativas do concelho de Cantanhede relativamente à atração de empresas competentes, inovadoras e competitivas

Volvo XC40 NADA MAIS DO QUE PRECISAS

MADE BY SWEDEN*

VOLVOCARS.PT

Consumo combinado de 5,5 a 5,9 l/100 km e emissões de CO 2 de 143 a 154 g/km.

Rua Manuel Madeira – Marcos da Pedrulha Apartado 8115 – 3021-901 COIMBRA

*Criado pela Suécia

www.ascendumauto.pt +351 239 490 700

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO29

Diário As Beiras | novembro 2019


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

30OPINIÃO Sónia Matias Directora de Recursos Humanos do Grupo Lusiaves

79348

Nos processos de inovação e mudança, garantir o bem-estar, no dia-a-dia do trabalho também passa por definir o que é trabalho, repetitivo e sistematizar processos eliminando os desnecessários, gerir as expectativas criadas nas equipas e realocar o talento se necessário

novembro 2019 | Diário As Beiras

O bem-estar dos colaboradores nos processos de inovação

A

aposta na Digitalização de processos e automação dos sistemas é um desafio que a Indústria 4.0 veio impor às organizações. Este desafio cria a necessidade de dar aos colaboradores todas as ferramentas necessárias para realizar a mudança, garantido o seu bem estar profissional. Na Lusiaves, com 33 anos de história, o investimento em inovação tem sido constante, contudo nos últimos anos decidimos ir mais longe, e para além da automação de sistemas e investimentos em tecnologia de ponta, que melhoram os postos de trabalho dos nossos operadores, percebemos que era estratégico apostar na uniformização dos processos nas diversas áreas de negócio. Todos estes investimentos, que vêm garantir as melhores condições de trabalho, estão a ser acompanhados de muitas horas de formação e de gestão de mudança. Quisemos garantir o bem-estar dos nossos colaboradores e por esse motivo eles têm estado no centro das decisões. Ao longo dos anos, temos vindo a desenvolver vários projetos neste sentido, e a formação e a comunicação são os instrumentos base em momentos de gestão de mudança como é o caso do paradigma da indústria 4.0. Durante estes processos de inovação e mudança, garantir o bem-estar, no dia a

dia do trabalho, também passa por definir o que é trabalho repetitivo e sistematizar processos eliminando os desnecessários, gerir as expectativas criadas nas equipas e realocar o talento se necessário. Deve haver uma estratégia mapeada, pois ajuda a motivar as equipas e os envolvidos no processo de transformação digital, assim como a promover o sucesso do talento interno. Para realizar a jornada rumo à Inovação e conseguirmos produtos e serviços de melhor qualidade, temos de ter os colaboradores felizes, pois temos de perceber que a transformação passa por todos os envolvidos e não apenas por uma imposição da Administração. Será preciso modificar comportamentos e a cultura organizacional para que o negócio sobreviva à era digital.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79303


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

32 OPINIÃO António Veiga Simão Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC)

Capital humano – o novo desafio da estratégia empresarial

A

Região Centro apresenta a taxa de desemprego mais baixa do país, característica que apresenta ao longo do tempo, mesmo em tempos de crise. Atualmente, segundo os dados mais recentes e que respeitam ao terceiro trimestre de 2019, a taxa de desemprego nacional é 6,1% e a da região é 4,8%. O emprego tem apresentado uma trajetória crescente, destacando-se a taxa de emprego dos 20 aos 64 anos que é de 76,6% na região e de 75,4% no país. Esta taxa ultrapassa a meta estabelecida pela União Europeia para 2020 (75,0%), é uma das mais elevadas entre as regiões portuguesas e tem sido, de forma sustentada ao longo do tempo, superior ao valor nacional e ao valor médio da União Europeia (28). Estes bons níveis de emprego fizeram, contudo, emergir novos problemas e novos desafios. Neste momento, o problema principal deixou de ser o desemprego e passou a ser a falta de qualificações da população que, por sua vez, está a travar a criação de emprego. Esta situação foi já objeto de alerta por parte do Banco de Portugal, referindo no seu boletim estatístico que o número de empresas com dificuldade em contratar pessoal qualificado está acima da média histórica. Temos falta de recursos humanos em áreas que são fundamentais e que colocam em risco o desempenho, a capacidade produtiva e o investimento na região e no país. Contratar recursos humanos qualificados e mais especializados

48083

O problema principal deixou de ser o desemprego e passou a ser a falta de qualificações da população que, por sua vez, está a travar a criação de emprego. Banco de Portugal indica que o número de empresas com dificuldade em contratar pessoal qualificado está acima da média histórica

novembro 2019 | Diário As Beiras

é, neste momento, uma dificuldade para as empresas portuguesas e dissuasor para quem quer investir em determinados territórios. Neste caso, pode afirmar-se que a crise teve impacto já que houve uma elevada emigração de recursos muito qualificados e abriu-se uma nova perspetiva global de mercado de trabalho que vai muito além do mercado nacional e com salários e condições de trabalho mais diferenciadoras e competitivas. Também ao nível da educação e da formação, a região apresenta bons resultados com uma das mais baixas taxas de abandono escolar precoce do país (10,5%) e uma das mais elevadas percentagens de população jovem (30 aos 34 anos) com formação superior (35,5%). Também ao nível da inovação, a região tem feito o seu percurso, com cada vez um maior número de empresas com projetos de I&D e de inovação e a trabalhar em parceria com as entidades do Sistema Científico e Tecnológico. De destacar aliás, na edição de 2019 do Regional Innovation Scoreboard, o facto da Região Centro ter sido classificada, pela primeira vez, como forte inovadora regional (segundo grupo de desempenho em matéria de inovação). Para este posicionamento contribuiu o seu bom desempenho relativo em variáveis como a proporção de PME´s com inovação intramuros, a proporção de PME´s com inovação de produto/processo ou a despesa das empresas em inovação. No entanto, estes indicadores refletem o

Empresa que se destina aos transportes de mercadorias por conta de outrem em território Nacional. Dispomos de um variado serviço na área dos transportes desde camiões de grande tonelagem a veículos de transporte de mercadorias mais pequenos. Rua Jaime Cortesão 3025 - 471 São João do Campo Coimbra Tel.: 239 961 513 Fax: 239 964 337 Telemóvel: 967 250 777

Não hesite em procurar os nossos serviços. Vai ficar satisfeito. A qualidade e a eficácia do serviço são o nosso cartão-de-visita.


40044

comportamento médio na Região Centro. Vários estudos colocam em evidência uma realidade da Região Centro e do país: a dicotomia entre as regiões mais desenvolvidas e as menos desenvolvidas; a dicotomia entre as regiões com população mais jovem e as regiões com população mais envelhecida; a dicotomia entre regiões mais inovadoras e regiões com pouca atividade económica. São estas assimetrias e dicotomias que também relevam quando se discute o capital humano na região. O capital humano está intrinsecamente ligado à competitividade. Deste modo, o investimento que é feito nesta área é da maior importância estratégica para o país e para as regiões, pois o seu retorno permite corrigir desequilíbrios estruturais que ainda persistem ao nível das desigualdades sociais e do desenvolvimento económico, influenciando fortemente a escolarização da população, a produtividade dos recursos humanos e a própria especialização da economia. Assim, o Programa Operacional Capital Humano (PO CH), a par dos Programas Operacionais Regionais, constitui um importante instrumento de financiamento do PORTUGAL 2020 no domínio temático do capital humano, visando o reforço das qualificações das pessoas através da promoção do sucesso educativo e da redução do abandono escolar; a melhoria da empregabilidade ajustando a oferta formativa às necessidades do mercado de trabalho; o reforço do ensino superior e das qualificações da população adulta; e a promoção da qualidade e inovação no sistema de educação e formação, encontrando-se estruturado através de 5 eixos prioritários. A sua dotação financeira é de 3,1 mil milhões de euros financiados pelo Fundo Social Europeu. Até 30 de junho de 2019, na Região

231 419 060

Centro, no PO CH estavam aprovados 957,0 milhões de euros de FSE, correspondendo a um total de despesa elegível de 1,1 mil milhões de euros. Deste valor de fundo, já se encontravam validados 591,1 milhões de euros, traduzindo-se numa taxa de realização deste programa operacional na região de 61,8%, a mais elevada de entre os vários programas operacionais. O PO CH foi responsável pelo financiamento de 17,5% dos apoios aprovados para a região. Estes recursos estão concentrados com maior incidência no apoio à qualificação dos jovens por via sobretudo dos cursos profissionais do ensino secundário e de ofertas alternativas do ensino básico, promovendo o sucesso educativo e o combate ao abandono escolar, reforçando ainda a empregabilidade dos seus destinatários. Também importantes são os apoios que visam o aumento da população com o ensino superior como qualificação, como bolsas de estudo para alunos carenciados e empréstimos, mas também e bolsas de doutoramento e pós-doutoramento, de cursos técnicos superiores profissionais (cursos TesP) e de uma linha de crédito para estudantes do ensino superior. Destaque ainda para os apoios à qualificação ao longo da vida, promovendo melhores condições de empregabilidade (exemplo dos cursos de educação e formação de adultos/cursos de aprendizagem que visam a atualização do conhecimento, das qualificações e das competências dos trabalhadores adultos). Apesar de todo este esforço na região, necessitamos de incentivar ainda mais a inovação e a colocação de recursos humanos qualificados nas empresas. Os projetos para inserção de pessoal altamente qualificado nas empresas têm tido uma procura muito reduzida e todos sabemos que não

231 419 069

podemos ter inovação sem qualificação. Isto aplica-se também aos pequenos negócios a nível local que devem ser incentivados a inovar, já que são a nossa base social e metade nem sequer está ainda no mercado digital. É necessário também capacitar as universidades e outras instituições para um nível de maior excelência como o Horizonte 2020. Para além da priorização destes investimentos em termos de capital humano, a CCDRC considera fundamental continuar a reconhecer, distinguir e dar protagonismo às boas práticas na região, apostando entre outras, nas seguintes áreas: i) Empreendedorismo Jovem, promovendo o Concurso Regional de Ideias de Negócio nas Escolas em estreita articulação com as CIM; ii) Dinâmica Empresarial, realizando anualmente a Gala das Empresas Gazela com a atribuição de galardão a todas estas empresas e com o qual a CCDRC foi distinguida com o 1.º Prémio Nacional dos Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2018, na categoria de “Desenvolvimento do ambiente Empresarial”; iii) Empreendedorismo 50+, destacando a importância de iniciar o investimento empresarial em idades superiores a 50 anos. Como todos sabemos, devemos ser persistentes nas políticas para que os bons resultados da região superem os choques dos períodos anteriores e haja assim efeitos positivos. Devemos dar continuidade às políticas que temos vindo a desenvolver, ou seja, continuar a colocar maior concentração de meios na ciência, inovação e nas empresas, mantendo a aposta nos fatores imateriais de competitividade, como as competências e a criatividade, de modo a ultrapassar problemas de organização, de gestão e de qualificação dos recursos humanos.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO 33


34 OPINIÃO Capital humano qualific desafio para o turismo Pedro Machado Presidente da Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal

A escassez de mão-de-obra no turismo é um problema com que os nossos empresários já se deparam no dia a dia

79401

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

novembro 2019 | Diário As Beiras

A

atividade turística assume-se, cada vez com mais veemência, como um setor decisivo para a economia portuguesa. Ano após ano, os indicadores económicos dão conta da importância fulcral de uma atividade que é determinante para o equilíbrio da balança comercial e que tem a capacidade de fazer chegar o destino Portugal a todos os cantos do mundo. É fundamental que o sucesso registado nos anos mais recentes tenha sustentação para o futuro e que o crescimento de 45% das receitas turísticas registado nos últimos quatro anos seja para continuar. Os alicerces para que tal aconteça tem vindo a ser construídos de forma sólida. As instituições públicas, leia-se as entidades regionais de

turismo, as comunidades intermunicipais, as autarquias ou os governos, têm sabido trabalhar de forma muito próxima com os empresários e associações privadas do setor. Poucas serão as áreas de atividade da economia nacional em que a colaboração entre público e privado renda frutos tão evidentes e notórios. Nada disto seria, no entanto, possível sem a dedicação do capital humano das empresas do setor, que empregam já mais de 400 mil trabalhadores – e que, há que reconhecer, nem sempre são devidamente recompensados. O trabalho constitui uma dimensão fundamental da condição humana e é da mais elementar justiça que os trabalhadores sejam parte ativa da atividade turística.


ficado: o Os salários praticados nas empresas ligadas à atividade turística – tanto no Centro de Portugal como no país – não têm, em regra, acompanhado o aumento das receitas. É necessário tornar atrativo, economicamente e socialmente, o trabalho no Turismo, até para se conseguirem captar os melhores valores e, assim, aumentarse o nível de qualidade do serviço prestado. As empresas que dispõem de capital humano mais qualificado são aquelas que, por consequência, têm condições para proporcionar um melhor serviço aos seus clientes e estes, os turistas e viajantes, são cada vez mais exigentes e informados, não se compadecendo com falhas. Acresce que a escassez de mão-de-obra no turismo é um problema com que os nossos empresários já se deparam no dia a dia. E isto apesar de a Organização Internacional do Tra-

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO 35

Diário As Beiras | novembro 2019

Urge, pois, apostar decisivamente na formação de profissionais, jovens e menos balho estimar que o setor do alojamento e restauração, juntamente com o setor de serviços jovens, do setor privado, serão os principais criadores nesta área.Perto De Si de emprego nos próximos cinco anos. A União Europeia Alargar Urge, pois, apostar decisivamente na formação de profissionais, jovens e menos jovens, o leque nesta área. Alargar o leque de cursos superiode cursos res e de cursos profissionais que abordem o superiores Turismo é um caminho a seguir, assim como o é a requalificação de profissionais que vee de cursos nham de outras áreas. E, fundamentalmente, profissionais adequar a compensação dos trabalhadores ao que abordem valor que acrescentam à atividade turística, que é muito. Capacitar e qualificar o capital o turismo humano é um desafio que precisa de ser vené um caminho cido, também no Turismo e em particular no a seguir Centro de Portugal.

79396

A União Europeia Perto De Si A União Europeia Perto De Si A União Europeia Perto De Si

A União Europeia De Si A União Europeia PertoPertoDe Si

A União Europeia Perto De Si

Sabe que a UE pode investir na sua empresa? Fale connosco! europedirect-regiaodecoimbra.pt

europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt

+351 239 795 207

europedirectregiaodecoimbra

ciedcoimbra

Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra

Sabe que a UE pode investir na sua empresa? Fale connosco! europedirect-regiaodecoimbra.pt Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra

europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt

+351 239 795 207

europedirectregiaodecoimbra

ciedcoimbra

COFINANCIADO PELA ENTIDADE Sabe que a UE pode investir na sua empresa? Fale PROMOTORA connosco! UNIÃO EUROPEIA europedirect-regiaodecoimbra.pt

europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt

+351 239 795 207

europedirectregiaodecoimbra

ciedcoimbra

Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra

Sabe que a UE pode investir na sua empresa? Fale connosco! Sabeeuropedirect-regiaodecoimbra.pt que a UE pode investir europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt na sua empresa? Fale connosco! +351 239 795 207

COFINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA

ENTIDADE PROMOTORA

COFINANCIADO PELA UNIÃO EUROPEIA

ciedcoimbra europedirectregiaodecoimbra +351 239 795 europedirect-regiaodecoimbra.pt Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt 207 Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra

europedirectregiaodecoimbra

Sabe que a UE pode investir na sua empresa? Fale connosco! europedirect-regiaodecoimbra.pt Rua do Brasil, N.º 131, 3030-175 Coimbra

COFINANCIADO PELA

europedirect@cim-regiaodecoimbra.pt UNIÃO EUROPEIA COFINANCIADO PELA europedirectregiaodecoimbra UNIÃO EUROPEIA

ENTIDADE

+351 239 795 207 PROMOTORA ENTIDADE ciedcoimbra PROMOTORA

ciedcoimbra

ENTIDADE PROMOTORA


Fernando J. Regateiro Presidente do Concelho de Administração do CHUC

A generalidade dos profissionais do CHUC cumpre as suas tarefas com superior empenho e dedicação, há alguns que surpreendem pelo mais que criam, inovam e acrescentam ao legado que lhes foi dado para cuidar.

79304

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

36 OPINIÃO

novembro 2019 | Diário As Beiras

O CHUC e o seu capital humano: a razão de ser o maior hospital do País e um grande hospital

P

ara o alcance de “outcomes” de excelência num hospital, é condição necessária e maior, a disponibilidade de capital humano de superior qualidade. Com a qualidade a assentar no conhecimento, nas aptidões e habilidades, na maturidade e capacidade crítica, no talento e na sua retenção, na criatividade e na capacidade de transformar criatividade em inovação. Contudo, há outras exigências também maiores: que, a par de uma visão clara e adequada, a liderança tenha um sólido pensamento estratégico e uma gestão cuidada e personalizada dos recursos humanos, capazes de gerar um alinhamento estratégico dos seus profissionais com a visão perfilhada. Para o sucesso deste alinhamento, deste caminho, contam, sobremaneira, a motivação para o desempenho das tarefas específicas e o compromisso com a criação e a inovação, generosos graus de autonomia e de correlativa responsabilidade, e elevados níveis de realização profissional e de qualidade de vida. Assim, e ao contrário do que admitem teorias clássicas dirigidas genericamente para a criação de valor, o capital humano de um grande hospital não é, nem poderia ser, “homogéneo” e “substituível”. No Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), o capital humano é de superior qualidade e superiormente motivado, é o rosto do compromisso com o agir que faz acontecer, um rosto multifacetado e insubstituível que é a base da ele-

vada diferenciação, da capacidade para “resolver” situações complexas, o responsável pela qualidade e pelos elevados níveis de confiança dos doentes. No CHUC, cada profissional é respeitado por razão da dignidade intrínseca da pessoa que é, na sua realidade humana única e irrepetível, investida de sentimentos, de um querer e de uma vontade. Sendo relevante e certo que a generalidade dos profissionais do CHUC cumpre as suas tarefas com superior empenho e dedicação, há alguns que surpreendem pelo mais que criam, inovam e acrescentam ao legado que lhes foi dado para cuidar. Estou mesmo em crer que a “função hospital” em Coimbra atravessou a espessura do tempo e se robusteceu, desde a criação do primeiro hospital nesta cidade, em 1093, ainda antes da fundação de Portugal, até à atualidade expressa no CHUC, porque, nos hospitais de Coimbra, se criou o hábito de fazer bem, ou até melhor do que os outros, mas também se criou o hábito de criar e inovar! Esta tem sido a forma encontrada, por cada geração de profissionais de saúde, para respeitar e honrar as gerações que a antecederam e para sustentar e valorizar a herança recebida – criar e inovar para a acrescentar, e assim a poder transmitir mais enriquecida e melhor capacitada. Por tudo isto, o CHUC é, hoje, o maior hospital do País e um grande hospital!


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79093

Diรกrio As Beiras | novembro 2019


79437

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO


METODOLOGIA39 Metodologia das bases de dados Diário As Beiras

Os ranks são elaborados pela Informa D&B para o Diário As Beiras. QUEM ESTÁ NAS MAIORES As Maiores do Distrito (Coimbra, Aveiro, Castelo Branco, Guarda, Leiria e Viseu) resultam da aplicação de uma metodologia rigorosa na recolha e análise de dados por parte da Informa D&B. Em parceria com o Diário As Beiras foram selecionados um conjunto de indicadores e rácios económico-financeiros que permitem avaliar o desempenho de cada uma das entidades presentes. A inclusão neste rank pressupõe que as entidades tenham sede ou morada principal no respetivo distrito, prevalecendo a morada da sede. Devem ainda realizar a entrega da informação financeira individual, referente ao último ano fiscal disponível. É necessário também que a mesma seja uma entidade não-financeira. As entidades são ordenadas por volume de negócios, sendo selecionadas as Maiores. Este rank, para além dos dados demográficos e de contacto sobre cada entidade, apresenta também os seguintes indicadores e rácios: volume de negócios (ano N e ano N-1); variação do volume de negócios; resultados líquidos; valor acrescentado bruto; rentabilidade das vendas e serviços prestados; rentabilidade do ativo; rentabilidade do capital próprio; solvabilidade; valor total de exportações; n.º de empregados. GLOSSÁRIO: Volume de negócios - É o montante que resulta da venda e prestação de serviços, após dedução dos descontos e abatimentos sobre vendas, do imposto sobre o valor acrescentado e de outros impostos diretamente ligados ao volume de negócios. Crescimento do volume de negócios - Evolução das vendas e prestações de serviços, entre o exercício corrente e o anterior, em percentagem.

Resultado líquido - Lucros ou prejuízos (caso seja negativo) de uma entidade, num determinado período de tempo, geralmente o exercício económico que, em regra, coincide com o ano civil. Valor Acrescentado Bruto - Soma das vendas e prestação de serviços, trabalhos para a própria empresa, variação de produções, subsídios destinados à exploração e receitas suplementares, menos os consumos intermédios e os fornecimentos e serviços externos. Rentabilidade das vendas - Mede a capacidade da entidade para gerar resultado líquido a partir das vendas e outros proveitos de exploração, apresentando o resultado obtido pela entidade por cada unidade monetária de vendas. Rentabilidade do ativo - Mede a capacidade dos ativos da entidade em gerar retorno financeiro. O cálculo é efetuado pela divisão dos resultados líquidos pelo valor líquido dos ativos da entidade. Um resultado elevado significa que os ativos da entidade têm elevada capacidade para gerarem retorno financeiro. Rentabilidade do capital próprio - Mede a capacidade dos capitais próprios da entidade em gerar retorno financeiro. Assumindo que os capitais próprios da entidade representam a sua situação patrimonial líquida, isto é, o seu valor contabilístico, pode-se considerar a rendibilidade do capital próprio como sendo a rendibilidade da entidade. O cálculo é efetuado pela divisão dos resultados líquidos pelo valor dos capitais próprios da entidade. Solvabilidade - Expressa a capacidade da entidade para satisfazer os compromissos com terceiros, à medida que estes vão vencendo. Valores superiores a 1, indicam que o património da entidade é suficiente paracobrirtodasassuasdívidas,dizendo-seassimqueestaésolvente. Total de exportações - Vendas e prestação de serviços destinados ao mercado externo (comunitário e extra-comunitário). Empregados - Número de funcionários ao serviço da entidade no final do exercício.

SOBRE A INFORMA D&B

79306

A Informa D&B lidera, em Portugal e Espanha, a oferta de informação e conhecimento sobre o tecido empresarial. A atuar em Portugal há mais de 110 anos, acompanhámos a evolução do País e a forma de fazer negócios, desenvolvendo ferramentas e análises tão inovadoras quanto tecnologicamente avançadas. Continuamos a proporcionar ao mercado informação relevante e de confiança, para fundamentação das decisões de negócio nas empresas. A informação produzida pela Informa D&B é utilizada em Portugal por 95% das entidades bancárias, 45% das grandes empresas e 21% das PME, servindo mais de 450 mil utilizadores, que consultam anualmente mais de três milhões de relatórios sobre empresas, através das marcas INFORMA e EINFORMA. A Informa D&B está integrada na D&B Worldwide Network, a maior rede de informação mundial sobre empresas e outras organizações.

Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


79409

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO Por setor de atividade

itecons.uc.pt

ECONOMIA CIRCULAR

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

ECONOMIA DIGITAL

Envolvemo-nos na definição e validação de estratégias que visam a transição para uma economia mais circular

Realizamos estudos e desenvolvemos ferramentas que visam alcançar uma maior eficiência energética

Apoiamos processos de substituição de serviços físicos por equivalentes virtuais, maximizando a produtividade

O Itecons detém conhecimento e meios diferenciados para responder aos desafios da indústria — Identificamos medidas que visem melhorar a gestão de recursos, aumentar a eficiência energética e reduzir os impactes ambientais de produtos e processos — Aplicamos metodologias de avaliação de ciclo de vida e eco-design, com vista à definição de soluções mais circulares e mais sustentáveis — Envolvemo-nos no desenvolvimento de novos materiais e produtos com integração de resíduos e subprodutos industriais — Aplicamos meios de simulação e modelação numérica com vista à caracterização e otimização de produtos e sistemas — Apoiamos os fabricantes na marcação CE de produtos de construção inovadores, mesmo quando estes não estão abrangidos por normas harmonizadas


INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO PARA A CONSTRUÇÃO, ENERGIA, AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

INSTITUTO DE REFERÊNCIA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ECO-INOVAÇÃO


Por setor de atividade

novembro 2019 | Diário As Beiras

Região Centro Indústria pesada reforça faturação em Aveiro e Coimbra Os grandes grupos Prio, Peugeot Citröen (PSA), Altri e Navigator – que lideram a tabela, cada um com faturação entre 500 milhões e mil milhões de euros – são seguidos por estruturas igualmente consolidadas na região, como a Renault Cacia, Faurecia, Bondalti (ex-CUF), Bosch , Alves Bandeira, Coficab, Yazaki Saltano, Lusiaves e Ferpinta Citröen, de Mangualde, embora o grupo automóvel também tenha crescido, com mais 98 milhões de euros de faturação. Entretanto, o grande grupo exportador Navigator coloca a sua nova insígnia “Brands” no 4.º lugar e a clássica “Pulp Figueira” no 7.º, enquanto a Navigator Ródão saiu do Top 50, deixando o distrito de Castelo Branco apenas com duas empresas representadas nas “50 maiores da região”: Celtejo (do Grupo Altri) e iogurtes Danone. No topo – aproximando-se dos mil milhões de faturação – a refinaria de Prio (Supply) reforça a liderança, com mais 187 milhões de euros do que no ano 79222

O

s primeiros lugares da lista “50 maiores grupos empresariais dos seis distritos da Região Centro” foram disputados taco a taco em 2018, com a curiosidade do 2.º e 4.º lugares da tabela terem aumentado o volume de negócios nos mesmos 106 milhões de euros. É o caso, respetivamente, da Prio Energy (distrito de Aveiro) e da Celulose Beira Litoral – Celbi (Figueira da Foz, distrito de Coimbra). Estes resultados fizeram com que a Celbi tenha ultrapassado a Navigator, aproximando-se do 3.º lugar da Peugeot

79171

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

42 SETORES

anterior. Com todos os grupos industriais do Top 5 em franco crescimento, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), do Setor Empresarial do Estado, consegue preservar o 6.º lugar, embora o resultado líquido seja negativo, na ordem dos 80 milhões de euros. O distrito de Aveiro perde duas empresas na lista (deixando de ter metade da tabela), lugares conquistados por Coimbra e Leiria. Com menos 23 milhões de euros de faturação, em relação ao exercício contabilístico anterior, a Amorim & Irmãos (rolhas de cortiça) é a maior descida no Top 10 dos seis distritos.


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79108


Por setor de atividade

novembro 2019 | Diário As Beiras

Distrito de Coimbra Maior faturação é nos dois concelhos mais populosos

Os concelhos (cidades) de Coimbra e Figueira da Foz são os que revelam maior dinâmica empresarial. Todavia, vários gigantes da indústria e comércio de Cantanhede continuam a figurar no Top 50 do distrito, enquanto outros concelhos – como Vila Nova de Poiares, Montemor-o-Velho, Tábua, Condeixa-a-Nova e Penela –mantêm a sua empresa emblemática

P

ela primeira vez nos últimos anos, a Celbi (Celulose da Beira Interior) ultrapassou a Navigator (ambas com sede na Figueira da Foz) na tabela das “Mil Maiores Empresas” do distrito. Isso teve a ver com dois fatores: por um lado, o aumento de faturação da Celbi, para 544 milhões (mais 10% de subida que a sua vizinha); por outro lado, a reestruturação do grupo Navigator, que surge este ano com a insígnia “Brands”, com 525 milhões de faturação. A “Paper Figueira”, que liderava a tabela no ano anterior,

71494

 71472

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

44 SETORES

O PAPEL Principal e teu! OCIGENE OCIEDADE DE PRODUTOS DE HIGIENE, S.A.

www.paperprime.pt

www.trevipapel.com


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79125


novembro 2019 | Diário As Beiras



baixou para cerca de 51 milhões, correspondente à 21.ª posição. A entrada direta da Expoenteurbano, Unipessoal para o 9.º lugar – com uma faturação de 170 milhões de euros na comercialização por grosso de computadores, equipamentos periféricos e programas informáticos – é um caso surpreendente. Com apenas dois funcionários e sede numa sala da Rua Padre Estevão Cabral, em Coimbra, foi contactada para este fim pelo DIÁRIO AS BEIRAS, tendo respondido que já não está a operar. Entre as “1000 Maiores Empresas” do distrito de Coimbra, há 12 com um volume de negócios acima dos 100 milhões

de euros/ano, quatro das quais se situam entre os 200 milhões e os 300 milhões, enquanto outras quatro atingem valores entre os 300 e os 600 milhões de euros. No outro extremo da tabela, na edição 2019 das “1000 Maiores”, só as empresas com mais de 981 mil euros conseguem figurar na lista, o que excluiria, pelos menos, 44 empresas da edição transata, quando o valor mínimo de entrada era de 930 mil euros. Por outro lado – aliás, como se regista todos os anos – há 127 firmas que deixaram de constar porque, na sua maioria, “à data de produção do presente ranking, a entidade ainda não

havia publicado as contas de 2018”, refere a Informa D&B. Entre estes, há vários nomes de referência no tecido empresarial regional, como a Quinta de Jugais (produtos alimentares), Feedzai (tecnologia), Incarpo (indústria de carnes), Sociedade Figueira Praia (casino), e Ramos Catarino (decoração e construção civil). Quanto a maiores variações positivas do volume de negócios, nos primeiros 200 lugares regista-se o caso da firma Ring Proporties (desenvolvimento de projetos de edif ícios), em 176.º lugar do ranking, que passou de uma faturação de 35 mil euros para 6,7 milhões de euros.

79103

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

46SETORES


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79140


novembro 2019 | Diário As Beiras

Produção de papel em crescimento com a Celbi a ultrapassar a Navigator Os maiores grupos do tecido industrial do distrito mantêm-se centrados na Figueira da Foz e em Cantanhede. Quase todos aumentaram o volume de negócios, enquanto as descidas foram pouco significativas

A

troca de posições entre as duas gigantes da celulose com fábricas vizinhas no concelho da Figueira da Foz é a principal mudança na tabela do subsetor da “Indústria de Materiais” no distrito de Coimbra. A Celbi assumiu a liderança, enquanto a sociedade Navigator Papel Figueira da Foz desceu para 2.º lugar, agora sob designação de Navigator Brands, mantendo os mais de 500 funcionários, mais do dobro dos trabalhadores da Celbi neste concelho. Por outro lado, as alterações operadas no grupo Navigator levaram à saída da Headbox (operação e controlo industrial) que ocupava a 8.ª posição da tabela da “Indústria de Materiais”, e a 16.ª das maiores do distrito. Aliás, as 10 maiores empresas deste subsetor têm, quase todas, sede na Figueira da Foz, com duas honrosas exceções, que são a Fapricela e Mahle, ambas instaladas

em Cantanhede e geradoras de quase um milhar de funcionários no seu conjunto. A Fapricela fabrica redes, arames, redes eletrossoldadas, arame e cordão de aço para pré e pós-esforço de baixa relaxação e arames para molas. Por seu lado, a Mahle foi fundada em 1990 como Cofapeuropa e integrada em 1997 na multinacional Mahle Componentes de Motores, contribuindo para a inovação no fabrico de anéis de pistão,

entre outros componentes. Exemplo de estabilidade é também a Verallia, na Fontela (antiga Vidreira do Mondego), que mantém o mesmo volume de negócios e de colaboradores em relação ao ano transato. O mesmo acontece com as empresas Plasfil e Microplásticos, ambas a subirem o volume de negócios e o número de trabalhadores, agora a rondar os 250 colaboradores por cada uma.

Indústria de materiais posição 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

1 2 4 10 12 16 21 30 34 35

nome CELULOSE BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A. NAVIGATOR BRANDS, S.A. NAVIGATOR PULP FIGUEIRA, S.A. FAPRICELA - INDÚSTRIA DE TREFILARIA, S.A. VERALLIA PORTUGAL, S.A. MAHLE - COMPONENTES DE MOTORES, S.A. NAVIGATOR PAPER FIGUEIRA, S.A. ALTRI FLORESTAL, S.A. PLASFIL - PLÁSTICOS DA FIGUEIRA, S.A. MICROPLÁSTICOS, S.A.

concelho FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ CANTANHEDE FIGUEIRA DA FOZ CANTANHEDE FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ

volume de negócios 544.190.687 525.272.543 358.365.285 151.555.259 101.168.904 68.663.235 50.784.211 40.448.563 37.632.011 37.097.218

empregados 254 555 15 361 245 617 435 56 249 244

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

79102

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

48SETORES


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79399


novembro 2019 | Diário As Beiras

Tecnologia de produção faz aumentar a qualidade alimentar O aumento de faturação das conservas Cofisa, da Figueira da Foz, teve como consequência a subida da empresa ao 2.º lugar, por troca com os bolos e bolachas da Dan Cake, de Coimbra. Goegraficamente, as empresas do Top 10 são de sete diferentes concelhos do distrito de Coimbra

O

aumento de faturação em 2018 da Cofisa, conservas de peixe, teve como consequência a sua subida ao 2.º lugar da tabela distrital do subsetor da indústria alimentar, por troca com a Dan Cake, fabricante de bolos e bolachas embaladas, com unidade no Bairro de Santa Apolónia, Coimbra. No topo, mantendo a regularidade de produção dos últimos anos, a Lusiaves, fundada há 33 anos, é especialista na produção de frango, frango do campo e peru, bem como galinhas reprodutoras, ovos para incubação e abate de aves. Destaca-se ainda pelo volume de postos de trabalho gerados que se cifra, este ano, em 1.058, mais uma dezena do que no ano anterior. No 4.º lugar, a indústria alimentar Frijobel, com sede em Penela, mostra um crescimento acima da média, com mais

cinco milhões de euros, acompanhada pelas empresas que se seguem na tabela, que são a S&A e Lugrade, respetivamente de Montemor-o-Velho e Coimbra. Entretanto, a Quinta de Jugais saiu da tabela, por não apresentação de contas a tempo de elaborar este ranking, e a Maçarico, conhecida pela produção de azeitonas, subiu à 7.ª posição, ultrapassando a Probar, mas com uma faturação anual muito semelhante. A empresa de produtos lácteos VHumana, com 13 anos de existência a partir de Cantanhede, passa a integrar, nesta edição, o subsetor alimentar, acompanhada da também entrada direta da Frutorra-Pimenta. Esta última é uma empresa com sede em Degracias, concelho do Soure, fundada em 1988, operando no setor de importação, transformação e distribuição de diversos aperitivos, frutos e legumes secos.

Indústria alimentar posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

LUSIAVES - INDÚSTRIA E COMÉRCIO AGRO-ALIMENTAR, S.A. COFISA - CONSERVAS DE PEIXE DA FIGUEIRA, S.A. DAN CAKE (PORTUGAL), S.A. FRIJOBEL - INDÚSTRIA E COMÉRCIO ALIMENTAR, S.A. S & A - SOCIEDADE INDUSTRIAL DE APERITIVOS, S.A. LUGRADE - BACALHAU DE COIMBRA, S.A. MAÇARICO, S.A. PROBAR - INDÚSTRIA ALIMENTAR, S.A. VHUMANA, S.A. FRUTORRA - PIMENTA, LDA

7 17 23 26 42 44 61 63 64 65

concelho FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA PENELA MONTEMOR-O-VELHO COIMBRA MIRA COIMBRA CANTANHEDE SOURE

volume de negócios 218.969.074 55.687.925 50.016.474 44.803.871 33.610.720 29.045.920 22.889.066 22.815.644 21.856.357 21.746.832

empregados 1.058 243 450 180 207 129 208 260 11 63

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B 79305

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

50SETORES


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

78014


novembro 2019 | Diário As Beiras

Hospitais públicos e privados ao lado da indústria de medicamentos Para além das unidades de saúde públicas EPE (CHUC e IPO), os maiores grupos de prestação de cuidados de saúde são a Sanfil e o Hospital da Luz Coimbra; enquanto, na distribuição de medicamentos, a Cooperativa Plural lidera destacada

U

m menor volume de negócios do que no ano transato, descendo da fasquia dos 400 milhões de euros, e com um resultado líquido de cerca de 80 milhões de euros negativos, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) – a operar como Entidade Empresarial do Estado (EPE) – mantém-se, todavia, no topo da tabela, tal é a sua dimensão, com mais 7.703 colaboradores. A outra unidade de saúde pública EPE desta tabela de “serviços de saúde e medicamentos” é o Instituto de Oncologia, que está na 4.ª posição, também baixando a faturação, mas aumentando o número de colaboradores, que já ultrapassa um milhar. Quanto à iniciativa privada do subsetor, a cooperativa de distribuição de medi-

camentos, com sede na zona norte do concelho de Coimbra – Plural – mantém a 2.ª posição nos “Serviços de Saúde e Medicamentos”, bem como a 8.ª das “Mil Maiores Empresas” do distrito. Aumentou a faturação em 12 milhões de euros, ultrapassando a fasquia dos 200 milhões, seguida pelo laboratório de produção de medicamentos Empifarma, que ainda cresceu mais, aumentando 28 milhões de euros. No mesmo setor, a Bluepharma, com sede em São Martinho do Bispo, aumenta a faturação em oito milhões, em relação ao anterior período homólogo. Acresce que outra empresa do grupo, Bluepharma Genéricos, tem uma entrada direta para a 10.ª posição. Quanto aos hospitais privados de Coimbra, a Sanfil mantém a 6.ª posição, enquanto o Hospital da Luz (antiga Idealmed) se situa na 8.ª posição, com menos 2,3 milhões de euros.

Serviços de Saúde e Medicamentos posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

CENTRO HOSPITALAR E UNIVERSITÁRIO DE COIMBRA, E.P.E. PLURAL - COOPERATIVA FARMACÊUTICA, C.R.L. EMPIFARMA - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. INST. PORT. ONCOLOGIA DE COIMBRA FRANCISCO GENTIL,E.P.E. BLUEPHARMA - INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, S.A. SANFIL - CASA DE SAÚDE DE SANTA FILOMENA, S.A. PROQUIFA - SOCIEDADE QUÍMICO FARMACÊUTICA DO CENTRO, LDA HOSPITAL DA LUZ COIMBRA, S.A. FARMALABOR - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. BLUEPHARMA GENÉRICOS - COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS, S.A.

3 8 11 24 29 62 71 72 74 107

concelho COIMBRA COIMBRA MONTEMOR-O-VELHO COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA CONDEIXA-A-NOVA COIMBRA

volume de negócios 399.344.827 207.741.547 143.611.634 46.514.417 42.061.895 22.856.185 20.634.639 20.589.889 19.998.639 11.851.847

empregados 7.703 285 101 1.004 423 194 20 186 130 20

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

56775

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

52 SETORES

JP João Pinheiro & FILHOS LDA

Rua da Alfândega, 22 3080 Figueira da Foz joaopinheirofilhosffoz@gmail.com joaopinheirofilhos@sapo.pt

Tel.: (+351) 233 422 612 Tlm.: (+351) 966 796 482 Fax: (+351) 233 428 089

JP

João Pinheiro & FILHOS LDA


Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79303


novembro 2019 | Diário As Beiras

Negócios do setor automóvel recuperam da crise de há cinco anos A vitalidade dos subsetores dos combustíveis e dos pneus (cujas maiores empresas têm sede em concelhos em redor de Coimbra) acompanham o aumento de vendas de viaturas novas e usadas

N

um subsetor muito competitivo, como é o comércio automóvel e os serviços relacionados, a grande mudança desta tabela específica em relação ao ano passado é a saída da empresa especializada em pneus do Grupo Alves Bandeira, e a reentrada direta para o 7.º lugar da Ascendum Automóveis, representante da marca Volvo. Todavia, o Grupo Alves Bandeira – com um universo de 16 empresas, algumas resultantes da fusão dos grupos Alves Bandeira e Petroibérica – reforça a liderança, com um aumento de volume de negócios de 41 milhões de euros, no mercado nacional e internacional. De resto, os grupos que operam no mercado e que têm sede, principalmente em Coimbra, mantiveram as suas posições

relativas e, todos, com aumento de faturação. A Auto-Industrial, concessionária em Coimbra das viaturas Opel, com sede no Arnado, subiu seis milhões de euros; a Sodicentro (representante das marcas Mercedes Benz e Smart) cresceu mais de dois milhões de euros; a Litocar (concessionário Renault, que foi alargando o seu âmbito a outras marcas) também aumentou a faturação em cerca de 1,6 milhões de euros, enquanto a Litocar H (do mesmo universo) subiu 0,6 milhões. Também em processo de expansão a outras marcas, o reconhecido concessionário Peugeot Automóveis do Mondego cresceu cerca de sete milhões de euros, de acordo com os dados mais recentes, semelhante à subida da M. Coutinho Centro.

Comércio e serviços automóvel posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ALVES BANDEIRA & CA., S.A. AUTO INDUSTRIAL, S.A. SODICENTRO - COMÉRCIO DE VEÍCULOS, LDA LITOCAR - DISTRIBUIÇÃO AUTOMÓVEL, S.A. M.COUTINHO CENTRO - COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS, S.A. EURO TYRE - COMERCIALIZAÇÃO DE PNEUS, LDA ASCENDUM AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL, LDA JOSÉ ANICETO & IRMÃO, LDA AUTOMÓVEIS DO MONDEGO, LDA LITOCAR H - COMÉRCIO AUTOMÓVEL, S.A.

5 13 15 19 25 32 36 38 40 46

concelho V. NOVA DE POIARES COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA CANTANHEDE COIMBRA CANTANHEDE COIMBRA COIMBRA

volume de negócios 269.085.383 85.947.747 70.018.128 51.834.766 46.296.666 38.519.842 37.016.640 36.747.061 34.333.463 28.110.209

empregados 473 262 153 139 174 43 74 55 114 33

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

79109

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO Por setor de atividade

54 SETORES


Rua Vale Paraíso, s/n.º - Eiras - 3020-501 Coimbra Tel.: 239 433 220 | Fax: 239 433 229 E-mail: info@proquifa.com

Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

42206

Como grossista de medicamentos, distribuímos diariamente pelos nossos clientes confiança e simpatia...


novembro 2019 | Diário As Beiras

Reabilitação faz crescer indústrias de equipamento e mobiliário A construção civil registou crescimentos significativos em 2018, com tendência para continuar em 2019. Todavia, a maior subida do volume de negócios no distrito de Coimbra é de empresas de instalações elétricas, torneiras e móveis

D

esde que o DIÁRIO AS BEIRAS associou na mesma tabela – nas últimas edições anuais da revista Mil Maiores Empresas – o subsetor do mobiliário à construção civil e materiais de construção, que o grupo de mobiliário Aquinos (com sede em Tábua) vem reforçando a sua liderança. Com três empresas representadas nesta lista específica, os Aquinos, bem como dois grandes fabricantes de equipamento, que são a Efapel (produtos elétricos com sede na Lousã) e a Roca Torneiras (Cantanhede), somam constantes aumentos de faturação anual, enquanto as construtoras (na sua maioria) marcam passo.

Este ano não é diferente, registando apenas a alteração, que é a entrada da construtora da Figueira da Foz Centro-Cerro, e saída da CIPConstrução, de Oliveira do Hospital, que baixou muito a faturação de um ano para o outro. Do grupo Aquinos, tanto a empresa mãe como a Gofoam, especializada em transformação de espuma para colchões e sofás, registam aumento de faturação, respetivamente de 4,5 milhões e 4,8 milhões, enquanto a Novaqui baixa o volume de negócios em seis milhões de euros. Assim , as empresas de construção neste Top 10 são a Canas, da Figueira da Foz (com posição consolidada), a já referida Centro-Cerro e a A. Baptista de Almeida.

Mobiliário, construção civil e materiais de construção posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

AQUINOS, S.A. NOVAQUI - EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIO DE CONFORTO, S.A. EFAPEL - EMPRESA FABRIL DE PRODUTOS ELÉCTRICOS, S.A. ROCA TORNEIRAS, S.A. CANAS - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, S.A. GOFOAM - INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇAO ESPUMA, LDA HUNTER DOUGLAS PORTUGAL, S.A. CENTRO-CERRO-EMPRESA DE CONSTR. CIVIL E OBRAS PÚB.,S.A. DOMINÓ - INDÚSTRIAS CERÂMICAS, S.A. A.BAPTISTA DE ALMEIDA, S.A.

14 27 31 41 45 53 83 85 93 104

concelho

volume de negócios

TÁBUA TÁBUA LOUSÃ CANTANHEDE FIGUEIRA DA FOZ TÁBUA FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA DA FOZ CONDEIXA-A-NOVA COIMBRA

85.628.087 44.085.415 38.651.008 34.002.705 28.452.373 24.837.766 16.806.238 16.502.141 14.387.317 12.261.341

empregados 1.617 407 387 168 357 136 127 59 183 58

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B 71603 61479

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

56SETORES

s


Empresa de brindes entre madeiras, eletrodomésticos e supermercados A situação privilegiada da Paul Stricker – empresa de desenvolvimento e comércio de brindes promocionais para empresas – permitiu-lhe um forte crescimento, embora o comércio por grosso de madeiras continue a liderar

E

m percentagem de crescimento, é a empresa Paul Stricker – fundada em 1944, com sede em Coimbra e especializada no desenvolvimento e distribuição de brindes promocionais a profissionais do mesmo setor – que mais cresce este ano no setor do comércio no distrito. Embora mantenha o 5.º lugar, regista um aumento de nove milhões de euros de faturação, ultrapassando os 38 milhões de euros, com forte aposta na internacionalização. Com 157 funcionários, conta com um total de 800 colaboradores por vários pontos do globo. Entretanto, a tabela é fundamentalmente constituída por duas empresas de comercialização de madeiras por grosso: uma muito maior (Altri Abastecimento) do que outra (Abastena). Mantêm o 1.º e 2.º lugares. A Altri afirma-se como “agente ativo na investigação,

na gestão de florestas e na defesa da biodiversidade”. A Abastena, para além da área comercial, conta com uma área dedicada à certificação florestal FSC® - Forest Stewardship Council®. A seguir às empresas de madeira, surgem três insígnias de montagem e venda de eletrodomésticos, respetivamente de Condeixaa-Nova (Macorlux e Lojas Hello), Figueira da Foz (Sorefoz) e Cantanhede (Mário Miranda da Almeida). São detentoras de posições estáveis na tabela há já alguns anos, a que se juntam, na base da tabela, estruturas comerciais tipo hipermercados e supermercados: Distrimarialvas e Distrilhada (em Cantanhede/Mealhada), bem como os supermercados Inter Condeixa. Destaque para a entrada direta da empresa Batatas Mirense (Mira), que iniciou a laboração em 1997, especializada em embalamento e comercialização de batatas e cebolas.

Comércio (por grosso e a retalho) posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ALTRI ABASTECIMENTO DE MADEIRA, S.A. ABASTENA - SOCIEDADE ABASTECEDORA DE MADEIRAS, LDA. MACORLUX - ELECTRODOMÉSTICOS, S.A. SOREFOZ - ELECTRODOMÉSTICOS E EQUIPAMENTOS, S.A. PAUL STRICKER, S.A. MÁRIO MIRANDA DE ALMEIDA, S.A. DISTRIMARIALVAS - DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR DE CANTANHEDE, S.A. INTER CONDEIXA - SUPERMERCADOS, LDA BATATAS MIRENSE, LDA DISTRILHADA - SUPERMERCADOS, S.A.

6 20 22 33 39 49 67 76 79 82

concelho FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA CONDEIXA-A-NOVA FIGUEIRA DA FOZ CANTANHEDE CANTANHEDE CANTANHEDE CONDEIXA-A-NOVA MIRA CANTANHEDE

volume de negócios 239.946.267 51.271.905 50.555.531 38.023.053 36.115.963 25.912.133 21.014.168 19.529.716 17.729.394 16.954.331

empregados 0 28 40 59 247 47 78 66 69 95

79116

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

SETORES 57

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

Abastecimento Água e energia são negócios em crescimento Empresas municipais de água e saneamento, bem como parques eólicos, são as maiores estruturas empresariais do setor, a que se junta a recolha e valorização de lixo pela ERSUC e a produção de energia de biomassa do Grupo Altri

A

s empresas de prestação e produção de serviços de energia, água, saneamento e reciclagem, reunidas nesta tabela anual da revista “Mil Maiores Empresas”, não têm sofrido grandes oscilações das respetivas posições, de edição para edição. A liderança volta a pertencer, sem surpresa, ao Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Centro Litoral de Portugal, com mais sete milhões de euros de faturação, numa tabela que integra os maiores parques aerogeradores da região e as empresas gestoras da água e saneamento dos concelhos/cidades de Coimbra, Figueira da foz e Cantanhede. Como grande novidade este ano, surge o nome Bioelétrica da Foz. Trata-se de uma

estrutura empresarial do universo Altri que entra diretamente para o 2.º lugar da tabela e 28.º das maiores do distrito de Coimbra. É a presença da Altri, a 100%, no setor da energia renovável de biomassa, com uma grande unidade no perímetro industrial da Marinha das Ondas, com capacidade de cerca de 28 MW de potência instalada. Entretanto, está a ser construída outra central mesmo ao lado, com 34.5 MW de potência instalada. Pela região, a Bioelétrica detém quatro outras centrais de produção de biomassa florestal: Mortágua (8,6 MW de potência instalada); Ródão (localizada nas instalações fabris da Celtejo) com 12,8 MW de potência instalada; e Constância (localizada nas instalações fabris da Caima, com capacidade de 12,8 MW de potência instalada).

Serviços de produção e fornecimento de energia, água, saneamento e reciclagem posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ÁGUAS DO CENTRO LITORAL, S.A. BIOELÉCTRICA DA FOZ, S.A. PARQUE DE PAMPILHOSA DA SERRA - ENERGIA EÓLICA, S.A. ERSUC - RESÍDUOS SÓLIDOS DO CENTRO, S.A. AC - ÁGUAS DE COIMBRA, E.M. PEA - PARQUE EÓLICO DA SERRA, S.A. PARQUE EÓLICO DE TREVIM, LDA EÓLICA DAS SERRAS DAS BEIRAS, S.A. ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A. INOVA-EMP. DES. ECON. E SOCIAL DE CANTANHEDE, EM, S.A.

18 28 47 54 57 70 73 80 103 155

concelho

volume de negócios

COIMBRA FIGUEIRA DA FOZ PAMPILHOSA DA SERRA COIMBRA COIMBRA PAMPILHOSA DA SERRA LOUSÃ ARGANIL FIGUEIRA DA FOZ CANTANHEDE

55.238.342 43.256.948 26.713.258 24.774.923 24.444.636 20.750.899 20.373.766 17.582.174 12.312.351 7.426.948

empregados 213 0 0 329 272 3 0 0 97 136

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B 79126

Por setor de atividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

58SETORES

www.ondazulviagens.com

Já pode fazer as suas reservas online no site da OndAzul. Experimente ! É cómodo, rápido e tem uma lista numerosa de produtos e serviços turisticos ao seu dispor. Telefone: 231 422 503 - email: info@ondazulviagens.com Quinta de São Mateus - Lote 3C Loja 2 3060-209 CANTANHEDE PORTUGAL GPS: N40º 20.801’ - W8º 34.997


Critical software afirma-se nas soluções tecnológicas Embora Coimbra tenha sido a cidade geradora de atuais gigantes empresariais da tecnologia de software como são os casos da Feedzai e da Wit Software, é a Critical Software que maior ligação umbilical mantém com a cidade

A

saída da gigante de tecnologia Feedzai da tabela este ano, por não publicação das contas de 2018 à data de elaboração deste ranking, abriu portas a entradas de novas empresas para a segunda metade da tabela. Embora tenha surgido no Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, a Feedzai não consta nesta lista, mesmo sendo uma das startups portuguesas que se afirmam como líderes mundiais pelas suas capacidades de inovação. Assim, a Critical Software, com um aumento de faturação de quase 12 milhões de euros (cerca de 1/3 do volume de negócios total), assume-se como praticamente hegemónica no setor em Coimbra. Fundada em 1998, conta com escritórios em Coimbra e noutros pontos do país, bem como na Europa

e resto do mundo. A empresa fornece soluções de tecnologia para indústrias, dos setores aeroespacial, energia, transportes, finanças e defesa. Em paralelo, enquanto líder mundial da tecnologia de precisão ótica e digital, a Olympus detém uma unidade em Coimbra, que faturou cerca de 14,5 milhões de euros, mais um milhão do que no ano anterior. Para 2020 prevêse que o grupo se instale num terreno com 25,500 m² do iParque de Coimbra, para liderar a prestação de serviços de reparação de endoscópios. Destaque ainda para a presença no 3.º lugar da tabela, da G9Telecom, que presta serviços de engenharia e telecomunicações há mais de uma década e meia, alcançando os 4,5 milhões de euros de faturação e, subindo quatro posições, a Take The Wind.

Indústria e comércio de novas tecnologias posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

CRITICAL SOFTWARE, S.A. OLYMPUS SERVICE FACILITY PORTUGAL-TEC.ÓPT.DIGITAIS,LDA G9TELECOM, S.A. TAKE THE WIND, LDA RCSOFT - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, UNIPESSOAL, LDA ISA - INTELLIGENT SENSING ANYWHERE, S.A. MEDICINEONE, LIFE SCIENCES COMPUTING, S.A. WFSW, UNIPESSOAL LDA TRIFIDA - COMÉRCIO DE MATERIAL INFORMÁTICO, LDA OPENLIMITS - BUSINESS SOLUTIONS, LDA

37 91 238 325 350 429 445 470 505 532

concelho COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA

volume de negócios 36.969.354 14.546.736 4.502.204 3.290.230 3.040.374 2.473.651 2.347.156 2.247.603 2.036.048 1.932.289

empregados 320 127 20 29 34 26 46 24 4 36

79417

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Dom Mira, Lda Zona Industrial de Mira Polo 2 | Lote 9 , 3070-490 Mira Tel: +351 231 452 911 Fax: +351 231 452 913 E-mail: geral@dom.com.pt Website: www.dom.com.pt

Por setor de atividade 1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

SETORES59

Diário As Beiras | novembro 2019


* no seu distrito

posição* 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

79137

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

60 RANKING 1 2 1 1 2 3 4 3 4 5 6 7 5 6 1 9 7 10 11 8 2 12 9 13 14 15 16 2 10 3 11 17 3 4 18 19 20 1 5 21 4 5 2 6 6 22 23 7 7 24

novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas da região Centro

nome

distrito sede social

setor de atividade

PRIO SUPPLY, S.A. PRIO ENERGY, S.A. PEUGEOT CITRÖEN AUTOMÓVEIS PORTUGAL, S.A. CELULOSE BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A. NAVIGATOR BRANDS, S.A. CENTRO HOSPITALAR E UNIVERSITÁRIO DE COIMBRA, E.P.E. NAVIGATOR PULP FIGUEIRA, S.A. RENAULT CACIA, S.A. FAURECIA - ASSENTOS DE AUTOMÓVEL, LDA BONDALTI CHEMICALS, S.A. BOSCH TERMOTECNOLOGIA, S.A. AMORIM & IRMÃOS, S.A. ALVES BANDEIRA & CA., S.A. ALTRI ABASTECIMENTO DE MADEIRA, S.A. COFICAB PORTUGAL - COMPANHIA DE FIOS E CABOS, LDA YAZAKI SALTANO DE OVAR - PRODUTOS ELÉCTRICOS, LDA LUSIAVES - INDÚSTRIA E COMÉRCIO AGRO-ALIMENTAR, S.A. NAVIGATOR PULP CACIA, S.A. FERPINTA - INDÚSTRIAS DE TUBOS DE AÇO DE FERNANDO PINHO TEIXEIRA, S.A. PLURAL - COOPERATIVA FARMACÊUTICA, C.R.L. SONAE ARAUCO PORTUGAL, S.A. PETROIBÉRICA - SOCIEDADE DE PETRÓLEOS IBERO LATINOS, S.A. EXPOENTURBANO, UNIPESSOAL, LDA POLIVOUGA - INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS, S.A. GROHE PORTUGAL - COMPONENTES SANITÁRIOS, LDA COMPANHIA INDUSTRIAL DE RESINAS SINTÉTICAS - CIRES, LDA BOSCH SECURITY SYSTEMS - SISTEMAS DE SEGURANÇA, S.A. NOVADIS, UNIPESSOAL, LDA FAPRICELA - INDÚSTRIA DE TREFILARIA, S.A. LUSO FINSA - INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MADEIRAS, S.A. EMPIFARMA - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. COLEP PORTUGAL, S.A. SANTOS BAROSA - VIDROS, S.A. MIBEPA - IMPORTAÇÃO, COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO, LDA AMORIM FLORESTAL, S.A. SIMOLDES - PLÁSTICOS, S.A. COOPLECNORTE - AQUISIÇÃO E FORNECIMENTO DE BENS E SERVIÇOS, C.R.L. CELTEJO - EMPRESA DE CELULOSE DO TEJO, S.A. RACENTRO - FÁBRICA DE RAÇÕES DO CENTRO, S.A. PLANOS FÉRRICOS PORTUGAL II, UNIPESSOAL, LDA HUF PORTUGUESA - FÁBRICA DE COMPONENTES PARA O AUTOMÓVEL, UNIP., LDA LABESFAL - LABORATÓRIOS ALMIRO, S.A. DANONE PORTUGAL, S.A. MEIGAL - ALIMENTAÇÃO, S.A. ROCA, S.A. SOLVERDE - SOCIEDADE DE INVESTIMENTOS TURÍSTICOS DA COSTA VERDE, S.A. RIA BLADES, S.A. AUTO JÚLIO, S.A. CENTRO HOSPITALAR TONDELA-VISEU, E.P.E. (CHTV, E.P.E.) ECCO’LET (PORTUGAL) - FÁBRICA DE SAPATOS, LDA

AVEIRO AVEIRO VISEU COIMBRA COIMBRA COIMBRA COIMBRA AVEIRO AVEIRO AVEIRO AVEIRO AVEIRO COIMBRA COIMBRA GUARDA AVEIRO COIMBRA AVEIRO AVEIRO COIMBRA VISEU AVEIRO COIMBRA AVEIRO AVEIRO AVEIRO AVEIRO LEIRIA COIMBRA VISEU COIMBRA AVEIRO LEIRIA LEIRIA AVEIRO AVEIRO AVEIRO CASTELO BRANCO LEIRIA AVEIRO VISEU VISEU CASTELO BRANCO VISEU LEIRIA AVEIRO AVEIRO LEIRIA VISEU AVEIRO

Fabricação de produtos petrolífero Comércio por grosso de produtos pe Fabricação de veículos automóveis Fabricação de pasta Locação de propriedade intelectual Atividades dos estabelecimentos de Fabricação de pasta Fabricação de outros componentes e Fabricação de outros componentes e Fabricação de outros produtos quím Fabricação de aparelhos não elétri Fabricação de rolhas de cortiça Comércio a retalho de combustível Comércio por grosso de madeira em Fabricação de outros fios e cabos Fabricação de outros fios e cabos Abate de aves (produção de carne) Fabricação de pasta Fabricação de tubos, condutas, per Comércio por grosso de produtos fa Fabricação de painéis de partícula Comércio por grosso de produtos pe Comércio por grosso de computadore Fabricação de embalagens de plásti Fabricação de outras torneiras e Fabricação de matérias plásticas s Fabricação de aparelhos e equipame Comércio por grosso de bebidas alc Fabricação de produtos de arame Fabricação de painéis de fibras de Comércio por grosso de produtos fa Fabricação de embalagens metálicas Fabricação de vidro de embalagem Comércio por grosso de outros bens Indústria de preparação da cortiça Fabricação de outros componentes e Comércio por grosso não especializ Fabricação de pasta Fabricação de alimentos para anima Comércio por grosso de minérios e Fabricação de outros componentes e Fabricação de medicamentos Comércio por grosso de leite, seus Comércio a retalho de carne e prod Fabricação de artigos cerâmicos pa Lotarias e outros jogos de aposta Outras indústrias transformadoras Comércio de veículos automóveis li Atividades dos estabelecimentos de Fabricação de calçado


líferos refinados tos petrolíferos óveis

ectual e produtos similares, exceto direitos de autor tos de saúde com internamento

ntes e acessórios para veículos automóveis ntes e acessórios para veículos automóveis s químicos orgânicos de base, n.e. elétricos para uso doméstico iça tível para veículos a motor, em estabelec. especializados ra em bruto e de produtos derivados cabos elétricos e eletrónicos cabos elétricos e eletrónicos arne)

s, perfis ocos e respetivos acessórios, de aço tos farmacêuticos tículas de madeira tos petrolíferos tadores, equipamentos periféricos e programas informáticos plástico ras e válvulas icas sob formas primárias uipamentos para comunicações as alcoólicas ame ras de madeira tos farmacêuticos álicas ligeiras agem s bens intermédios, n.e. ortiça ntes e acessórios para veículos automóveis cializado de produtos alimentares, bebidas e tabaco

animais de criação (exceto para aquicultura) ios e de metais ntes e acessórios para veículos automóveis

, seus derivados e ovos e produtos à base de carne, em estabel. especializados cos para usos sanitários posta doras diversas, n.e. eis ligeiros tos de saúde com internamento

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

61

volume de negócios

resultado líquido 2018

empregados

913.413.015 769.537.477 552.264.343 544.190.687 525.272.543 399.344.827 358.365.285 357.721.385 340.418.834 310.516.274 291.289.171 284.111.518 269.085.383 239.946.267 234.006.719 221.908.281 218.969.074 210.966.473 209.343.508 207.741.547 202.631.158 178.547.143 170.133.436 170.049.561 165.245.309 161.732.069 158.684.349 154.554.425 151.555.259 146.522.198 143.611.634 142.202.454 141.463.216 139.614.605 133.955.474 132.908.621 132.013.943 129.735.507 128.940.863 125.864.993 122.923.664 118.864.226 117.779.787 116.349.771 115.516.290 114.968.949 114.757.171 110.710.627 110.107.243 109.446.180

5.922.214 5.271.624 8.618.322 137.820.735 20.527.986 -79.951.444 75.237.559 8.779.666 47.888.761 22.632.409 16.622.259 18.715.911 2.239.874 3.323.725 21.643.120 4.760.148 13.021.575 29.365.991 19.750.507 401.929 44.072.998 1.019.266 433.868 3.491.452 4.691.444 3.157.709 5.465.649 -557.821 6.725.894 17.491.202 1.214.037 11.708.302 19.760.388 496.686 13.654.024 6.206.806 24.428 7.883.761 4.251.552 3.410.496 5.329.702 7.954.165 9.905.489 4.565.563 19.752.153 6.382.744 10.975.910 671.375 -18.255.990 3.571.647

34 567 810 254 555 7.703 15 1.103 2.019 249 1.080 890 473 0 599 2.264 1.058 112 429 285 720 27 2 248 619 113 663 611 361 314 101 979 559 8 416 1.117 140 200 73 0 418 665 78 374 937 1.077 806 139 2.413 1.172

79139

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


novembro 2019 | Diário As Beiras

Informa D&B 1000 maiores empresas do distrito de Coim

A Informa D&B é a empresa que, em Portugal e Espanha, lidera a oferta de informação e conhecimento sobre o tecido empresarial, ajudando a fundamentar as decisões de negócio dos se de dados mundial sobre empresas. Através de ferramentas e análises inovadoras, disponibiliza o acesso a informação relevante para a condução dos negócios dos clientes, entre os quais s duas marcas INFORMA e EINFORMA. 95% das entidades bancárias, 45 % das grandes empresas e 21 % das PME portuguesas são clientes ativos da Informa D&B, que consultam anualm

ranking* nome

concelho sede social

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49

CELULOSE BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A. FIGUEIRA DA FOZ NAVIGATOR BRANDS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ CENTRO HOSP. UNIVERSIT.DE COIMBRA,E.P.E. COIMBRA NAVIGATOR PULP FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ ALVES BANDEIRA & CA., S.A. V. N. POIARES ALTRI ABASTECIMENTO DE MADEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ LUSIAVES-IND. COM. AGRO-ALIMENTAR, S.A. FIGUEIRA DA FOZ PLURAL-COOPERATIVA FARMACÊUTICA, C.R.L. COIMBRA EXPOENTURBANO, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA FAPRICELA-INDÚSTRIA DE TREFILARIA, S.A. CANTANHEDE EMPIFARMA-PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. MONTEMOR-O-VELHO VERALLIA PORTUGAL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ AUTO INDUSTRIAL, S.A. COIMBRA AQUINOS, S.A. TÁBUA SODICENTRO - COMÉRCIO DE VEÍCULOS, LDA COIMBRA MAHLE - COMPONENTES DE MOTORES, S.A. CANTANHEDE COFISA-CONS. PEIXE DA FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ ÁGUAS DO CENTRO LITORAL, S.A. COIMBRA LITOCAR - DISTRIBUIÇÃO AUTOMÓVEL, S.A. COIMBRA ABASTENA-SOC. ABAST. DE MADEIRAS, LDA. COIMBRA NAVIGATOR PAPER FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ MACORLUX - ELECTRODOMÉSTICOS, S.A. CONDEIXA-A-NOVA DAN CAKE (PORTUGAL), S.A. COIMBRA INST.PORT.ONC.COI.FRANCISCO GENTIL,E.P.E. COIMBRA M.COUTINHO CENTRO-COMÉRCIO DE AUT., S.A. COIMBRA FRIJOBEL-IND. E COMÉRCIO ALIMENTAR, S.A. PENELA NOVAQUI-EQUIP. E MOB. DE CONFORTO, S.A. TÁBUA BIOELÉCTRICA DA FOZ, S.A. FIGUEIRA DA FOZ BLUEPHARMA-INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, S.A. COIMBRA ALTRI FLORESTAL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ EFAPEL-EMP. FABRIL DE PROD. ELÉ., S.A. LOUSÃ EURO TYRE-COMERCIALIZAÇÃO DE PNEUS, LDA CANTANHEDE SOREFOZ-ELECTROD. E EQUIPAMENTOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ PLASFIL - PLÁSTICOS DA FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ MICROPLÁSTICOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ ASCENDUM AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA CRITICAL SOFTWARE, S.A. COIMBRA JOSÉ ANICETO & IRMÃO, LDA CANTANHEDE PAUL STRICKER, S.A. CANTANHEDE AUTOMÓVEIS DO MONDEGO, LDA COIMBRA ROCA TORNEIRAS, S.A. CANTANHEDE S & A-SOC. IND. APERITIVOS, S.A. MONTEMOR-O-VELHO TREVIPAPEL-TRANSF. CORTE DE PAPEL, S.A. LOUSÃ LUGRADE - BACALHAU DE COIMBRA, S.A. COIMBRA CANAS - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ LITOCAR H - COMÉRCIO AUTOMÓVEL, S.A. COIMBRA PARQUE PAMP. SERRA-ENERGIA EÓLICA, S.A. PAMP. DA SERRA SRAMPORT - TRANSMISSÕES MECÂNICAS, LDA COIMBRA MÁRIO MIRANDA DE ALMEIDA, S.A. CANTANHEDE

50 51 52

UNITED RESINS-PRODUÇÃO DE RESINAS, S.A. ALVES BANDEIRA TYRES, S.A. C.B.I.- INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A.

79166

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

62 RANKING

FIGUEIRA DA FOZ V N.DE POIARES TÁBUA

capital social

vol.de negócios

var. vn 2017/2018

80.000.000 50.000 138.550.000 51.100.000 6.950.300 2.050.000 11.490.000 1.802.425 100.000 30.000.000 240.000 22.446.000 20.000.000 1.202.000 498.798 7.460.050 4.823.703 40.225.811 4.000.000 225.000 52.450.000 4.597.875 16.750.000 27.000.000 3.060.000 4.600.000 1.760.000 50.000 4.550.000 63.150.000 12.384.000 100 10.959.275 4.600.000 777.200 1.100.000 3.500.000 2.000.000 1.400.000 750.000 9.976.000 3.706.734 3.200.000 2.800.000 5.000.000 500.000 50.000 139.663 2.500.000

544.190.687 525.272.543 399.344.827 358.365.285 269.085.383 239.946.267 218.969.074 207.741.547 170.133.436 151.555.259 143.611.634 101.168.904 85.947.747 85.628.087 70.018.128 68.663.235 55.687.925 55.238.342 51.834.766 51.271.905 50.784.211 50.555.531 50.016.474 46.514.417 46.296.666 44.803.871 44.085.415 43.256.948 42.061.895 40.448.563 38.651.008 38.519.842 38.023.053 37.632.011 37.097.218 37.016.640 36.969.354 36.747.061 36.115.963 34.333.463 34.002.705 33.610.720 29.501.665 29.045.920 28.452.373 28.110.209 26.713.258 26.178.068 25.912.133

24,03 13,84 -5,61 17,97 18,09 7,29 -2,89 6,20 - 12,70 23,67 -0,40 6,61 5,50 3,14 -9,89 10,17 14,93 3,31 1,62 -16,58 0,42 -4,20 -3,69 16,82 13,34 -12,76 8,63 23,09 30,04 10,85 11,70 1,00 3,09 1,77 53,99 45,57 10,67 32,61 24,86 5,60 5,20 13,44 15,61 2,14 2,27 3,98 -5,35 -0,26

2.500.000 5.400.000 125.000

25.872.729 25.329.996 25.120.594

-7,13 -35,33 -12,02


Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

oimbra

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

dos seus clientes. Com mais de 100 anos de experiência, a Informa D&B está integrada na D&B Worldwide Network, a maior rede de informação empresarial, que dá acesso à maior base quais se encontram em Portugal mais de 14 mil empresas. A base de dados empresariais da Informa D&B é a mais utilizada em Portugal servindo mais de 450 mil utilizadores através das nualmente mais de três milhões de relatórios sobre empresas.

res. líquido

VAB

rentabil. (%)

rent. ativo(%)

rent. cap. próp.(%)

solvabil.(%)

exportação total

empregados

137.820.735 20.527.986 -79.951.444 75.237.559 2.239.874 3.323.725 13.021.575 401.929 433.868 6.725.894 1.214.037 18.947.591 4.832.902 3.020.967 2.375.310 14.196.529 1.467.376 2.688.576 621.298 273.588 294.958 2.588.858 1.173.456 -3.277.565 331.934 1.243.673 4.630.061 -1.900.440 5.232.287 4.880.693 8.780.503 3.911 1.730.841 2.690.003 1.056.743 18.705 6.286.470 3.361.844 3.167.445 287.506 2.602.279 2.468.240 310.368 872.164 970.774 467.657 9.898.161 1.128.815 503.561

231.802.233 23.713.738 167.095.568 68.791.970 12.287.176 3.735.577 35.812.033 8.151.441 1.350.048 25.585.077 4.873.404 39.872.398 6.027.777 25.299.977 5.974.707 28.177.822 6.049.145 31.469.168 5.102.054 1.632.481 41.702.270 5.795.744 13.571.218 27.672.464 4.321.437 5.710.273 9.182.861 16.202.191 16.151.652 6.567.152 19.317.893 2.458.349 4.217.731 11.850.974 7.552.423 1.275.673 21.932.099 4.973.932 9.857.353 2.511.475 5.624.719 7.076.366 3.993.671 3.995.585 7.799.810 1.638.220 22.220.381 6.008.785 936.141

25,33 3,91 -20,02 20,99 0,83 1,39 5,95 0,19 0,26 4,44 0,85 18,73 5,62 3,53 3,39 20,68 2,63 4,87 1,20 0,53 0,58 5,12 2,35 -7,05 0,72 2,78 10,50 -4,39 12,44 12,07 22,72 0,01 4,55 7,15 2,85 0,05 17,00 9,15 8,77 0,84 7,65 7,34 1,05 3,00 3,41 1,66 37,05 4,31 1,94

15,56 18,20 -26,11 36,79 3,19 7,14 12,49 1,05 7,59 3,71 2,48 23,90 4,38 4,33 9,27 39,01 3,74 0,49 2,41 1,72 3,17 9,49 1,73 -3,17 1,51 3,56 6,85 -1,17 8,01 3,74 13,79 0,03 7,15 9,90 2,95 0,15 17,92 13,20 4,69 1,99 7,85 8,53 0,98 3,49 4,31 5,37 18,00 9,11 3,96

47,85 26,11 56,80 50,77 12,21 43,25 22,80 3,29 81,27 8,61 10,60 38,52 18,25 13,93 19,26 60,40 9,32 2,76 7,64 6,16 6,12 11,64 39,96 -4,26 7,89 8,52 17,92 -5,30 19,95 4,53 17,07 0,74 10,36 24,91 8,92 0,42 45,90 15,46 14,85 9,90 10,30 15,53 4,36 9,06 9,91 22,74 70,48 11,18 6,39

48,21 229,93 -31,49 263,00 35,39 19,77 121,14 47,25 10,30 75,54 30,62 163,49 31,63 45,11 92,84 182,46 66,97 21,59 46,03 38,67 107,67 441,41 4,52 292,05 23,72 71,89 61,87 28,35 67,06 477,08 420,76 3,80 222,91 66,02 49,40 55,25 64,08 584,34 46,18 25,23 320,01 121,93 29,20 62,61 76,93 30,93 34,30 438,98 162,55

444.941.907 634.116 - 0 0 0 12.122.513 - 0 124.575.141 1.979 15.786.867 304.152 72.331.599 47.193 68.549.002 22.100.309 0 0 0 0 1.483.328 - 0 104.447 5.980.987 34.404.483 0 34.382.135 0 11.971.170 4.778.572 234.577 33.339.598 18.153.906 61.560 - 13.589.211 29.301.317 2.234 23.309.591 6.199.988 12.998.216 4.226.232 3.895.611 0 0 25.200.146 1.235.914

254 555 7.703 15 473 0 1.058 285 2 361 101 245 262 1.617 153 617 243 213 139 28 435 40 450 1.004 174 180 407 0 423 56 387 43 59 249 244 74 320 55 247 114 168 207 142 129 357 33 0 138 47

1.008.121 445.733 749.121

4.128.810 841.634 4.414.995

3,90 1,76 2,98

2,95 1,80 3,97

6,37 4,69 11,08

86,05 62,23 55,86

24.840.885 12.388.508 24.400.423

41 27 261

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Somisis, Sociedade de Manutenção e Sistemas Industriais, Lda.

71503

Centro Comercial Solmar | Rua Rogério Reynaud, 22 Loja 14 | Buarcos | 3080-251 – Figueira da Foz Telef. 233 438 537 | Telem. 966 490 153 Email: geral@somisis.pt

Empresa apoiada por: Governo da República Portuguesa

UNIÃO EUROPEU Fundo Social Europeu

14

15

16

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

63

Diário As Beiras | novembro 2019


ranking

nome

53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117

GOFOAM-INDÚSTRIA E TRANSF. ESPUMA, LDA TÁBUA ERSUC - RESÍDUOS SÓLIDOS DO CENTRO, S.A. COIMBRA LITOCAR BI - COMÉRCIO AUTOMÓVEL, S.A. COIMBRA ANSELL PORTUGAL-IND.GLOVES,SOC.UN., LDA V. N.POIARES AC - ÁGUAS DE COIMBRA, E.M. COIMBRA OMYA, S.A. SOURE ANÍBAL ANTUNES BANDEIRA, LDA LOUSÃ PRADO - CARTOLINAS DA LOUSÃ, S.A. LOUSÃ MAÇARICO, S.A. MIRA SANFIL-CASA DE SAÚDE SANTA FILOMENA,S.A. COIMBRA PROBAR - INDÚSTRIA ALIMENTAR, S.A. COIMBRA VHUMANA, S.A. CANTANHEDE FRUTORRA - PIMENTA, LDA SOURE GELCENTRO-COM.PROD.AL.CONGELADOS, LDA COIMBRA DISTRIMARIALVAS-DISTR. AL. CANTAN., S.A. CANTANHEDE ADM PORTUGAL, S.A. CANTANHEDE GUM CHEMICAL SOLUTIONS, S.A. CANTANHEDE PEA - PARQUE EÓLICO DA SERRA, S.A. PAMP. DA SERRA PROQUIFA-SOC. QUÍMICO FARMAC.CENTRO,LDA COIMBRA HOSPITAL DA LUZ COIMBRA, S.A. COIMBRA PARQUE EÓLICO DE TREVIM, LDA LOUSÃ FARMALABOR-PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. CONDEIXA-A-NOVA ÁGUAS DAS CALDAS DE PENACOVA, S.A. PENACOVA INTER CONDEIXA - SUPERMERCADOS, LDA CONDEIXA-A-NOVA FERREIRA MORAIS & MORAIS, LDA COIMBRA ACUINOVA - ACTIVIDADES PISCÍCOLAS, S.A. MIRA BATATAS MIRENSE, LDA MIRA EÓLICA DAS SERRAS DAS BEIRAS, S.A. ARGANIL RODOVIÁRIA DA BEIRA LITORAL, S.A. COIMBRA DISTRILHADA - SUPERMERCADOS, S.A. CANTANHEDE HUNTER DOUGLAS PORTUGAL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FUCOLI-SOMEPAL - FUNDIÇÃO DE FERRO, S.A. COIMBRA CENTRO-CERRO-EMP.CONST CI.OB. PÚB,S.A. FIGUEIRA DA FOZ PINEWELLS, S.A. ARGANIL SULPASTEIS-COM. IND. PROD. AL. CONG.,LDA ARGANIL PEREIRA & SANTOS, S.A. COIMBRA SIMÕES & RODRIGUES, S.A. PENELA FRESBEIRA-IND. CARNES, LDA V. N. POIARES OLYMPUS SERVICE FACILITY PORTUGAL COIMBRA DAVION-INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. OL.DO HOSPITAL DOMINÓ - INDÚSTRIAS CERÂMICAS, S.A. CONDEIXA-A-NOVA AUTO MARAN (COIMBRA), S.A. COIMBRA FRUTI-TAIPINA, LDA CANTANHEDE EMPRESA FIGUEIRENSE DE PESCA, LDA FIGUEIRA DA FOZ SPECIALITY MINERALS (PORTUGAL) FIGUEIRA DA FOZ JTSL-SOL. TÉC. MAN. METALOMECÂNICA, S.A. PENACOVA ERNESTO MORGADO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ TRIDEC-SIST. DIREC. SEMI-REBOQUES, LDA CANTANHEDE NOVA FIGUEIRADIS-SOC. DISTRIBUIÇÃO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ NUTRIVA-PROD. DISTR. ALIMENTAR, LDA COIMBRA ÁGUAS DA FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ A.BAPTISTA DE ALMEIDA, S.A. COIMBRA GLOBALKILN - REFRACTORY COMPANY, S.A. FIGUEIRA DA FOZ EUROTÁBUA, S.A. TÁBUA BLUEPHARMA GENÉRICOS-COM. MED., S.A. COIMBRA LOBO, ALVES, AMARAL - SILOAL, S.A. COIMBRA ALRON-PROD. JANTES ALUMÍNIO, UNIP., LDA CANTANHEDE IBANIDIS, LDA COIMBRA OLIVEIRA, PINHO & FILHOS, LDA MIRA DIAS & FILHOS-TRANS. INTER., LDA MONTEMOR-O-VELHO FORTE-CAMIÕES, MÁQUINAS E REP., LDA COIMBRA PECOMARK PORTUGAL COIMBRA REI & REI, LDA CANTANHEDE ACORFATO - INDUSTRIA DE CONFECÇÕES, S.A. TÁBUA INTERCIR-CENTRO CIRÚRGICO COIMBRA, S.A. COIMBRA

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 50.000 8.500.000 1.000.000 3.000.000 40.000 3.745.792 399.038 2.000.000 9.000.000 7.700.010 9.000.000 500.000 100.000 2.080.000 62.500 500.000 70.423 50.000 150.000 2.000.000 500.000 3.550.000 2.500.000 200.000 525.000 16.050.000 850.000 50.000 6.008.349 62.500 921.053 7.095.000 820.300 4.700.100 1.500.000 354.740 150.000 500.000 100.000 3.600.000 2.500.000 2.500.000 125.000 1.247.750 2.669.650 360.000 1.000.000 5.000 50.000 400.000 1.500.000 1.500.000 100.000 2.418.000 2.000.000 750.000 2.000.000 30.000 125.000 600.000 5.000 1.000.000 12.470 100.000 502.095

vol.de negócios 24.837.766 24.774.923 24.678.807 24.449.950 24.444.636 24.190.612 24.049.257 23.146.411 22.889.066 22.856.185 22.815.644 21.856.357 21.746.832 21.151.200 21.014.168 20.983.025 20.873.900 20.750.899 20.634.639 20.589.889 20.373.766 19.998.639 19.850.108 19.529.716 19.162.977 18.932.491 17.729.394 17.582.174 17.555.020 16.954.331 16.806.238 16.773.518 16.502.141 15.845.689 15.542.551 15.420.543 14.673.596 14.649.881 14.546.736 14.453.132 14.387.317 14.288.112 13.805.391 13.735.547 13.650.374 13.538.079 13.342.416 12.993.379 12.808.114 12.432.768 12.312.351 12.261.341 12.219.595 12.198.819 11.851.847 11.822.184 11.274.791 10.726.507 10.713.991 10.651.787 10.633.457 10.609.247 10.564.929 10.502.376 10.344.839

var. vn 2017/2018 24,20 4,15 -5,85 22,00 -4,50 -1,11 11,73 -0,29 7,97 1,89 -0,95 -13,06 16,01 4,68 3,92 6,00 22,87 4,61 5,66 17,99 3,21 10,21 -7,47 1,81 -2,40 21,21 15,06 6,55 4,35 5,28 5,87 0,42 62,86 29,13 -0,75 4,67 23,38 -2,78 9,08 0,33 -6,13 -8,03 7,41 42,51 -4,36 10,64 9,01 - -0,10 13,93 -1,01 3,29 12,42 8,88 62,22 4,78 20,67 6,28 25,73 0,65 15,09 4,73 -0,27 13,09 11,95

64149

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

64 RANKING


805.623 90.068 95.269 1.551.774 286.569 803.302 26.412 127.103 663.892 2.636.370 -910.405 261.901 2.270.436 510.759 591.257 906.765 718.124 2.399.152 577.885 -2.136.400 6.879.491 641.426 2.728.890 172.309 68.404 2.168.549 1.113.110 5.567.785 2.105.878 332.813 2.115.734 1.348.258 1.643.301 1.707.691 808.767 353.161 2.193.392 86.082 997.145 164.786 127.539 17.070 53.593 291.830 814.547 116.442 101.650 -32.263 -146.118 23.615 1.855.563 638.574 1.061.797 667.788 689.707 205.774 1.124.029 17.953 36.371 2.866 469.594 900.696 609.537 660.717 186.993

VAB 3.744.701 12.271.226 1.051.915 9.932.749 9.922.346 5.638.417 934.452 3.967.971 3.802.656 6.327.438 5.219.479 640.818 4.302.709 2.120.434 2.028.581 1.792.669 2.977.705 14.018.766 1.548.425 4.076.547 16.739.339 5.199.162 6.418.752 1.471.810 913.119 6.775.091 4.974.662 14.768.908 2.692.300 1.596.065 6.182.424 7.805.908 2.562.543 3.964.111 3.345.272 1.357.020 4.479.280 1.673.354 4.417.491 4.668.063 4.448.466 2.027.162 1.959.321 1.776.342 1.801.403 9.717.562 1.959.398 2.460.688 766.033 3.370.400 7.767.403 2.860.191 10.784.121 3.515.471 2.031.407 1.089.095 3.561.840 725.332 770.388 4.393.647 831.185 1.732.739 1.011.490 3.868.869 3.112.573

rentabil. (%) 3,24 0,36 0,39 6,35 1,17 3,32 0,11 0,55 2,90 11,53 -3,99 1,20 10,44 2,41 2,81 4,32 3,44 11,56 2,80 -10,38 33,77 3,21 13,75 0,88 0,36 11,45 6,28 31,67 12,00 1,96 12,59 8,04 9,96 10,78 5,20 2,29 14,95 0,59 6,85 1,14 0,89 0,12 0,39 2,12 5,97 0,86 0,76 -0,25 -1,14 0,19 15,07 5,21 8,69 5,47 5,82 1,74 9,97 0,17 0,34 0,03 4,42 8,49 5,77 6,29 1,81

rent. ativo(%) 3,65 0,10 0,94 8,27 0,35 5,24 0,58 0,59 2,20 6,65 -3,39 3,60 26,65 5,01 6,57 11,72 6,55 4,78 4,85 -5,70 12,22 3,39 23,46 5,24 1,60 5,37 9,86 5,55 8,49 4,63 20,89 7,62 5,68 6,64 7,46 5,27 14,22 0,92 11,09 1,12 0,51 0,16 0,88 2,73 10,33 1,54 0,47 -0,51 -3,80 0,10 6,00 6,48 19,38 2,18 9,74 4,04 11,63 0,82 0,79 0,04 7,03 20,45 10,52 11,41 1,54

rent. cap. próp.(%) 42,86 0,21 5,70 11,87 0,45 7,38 2,45 1,66 4,14 12,83 -12,99 8,67 40,74 12,86 18,19 27,95 32,65 97,56 7,79 -82,18 54,81 12,19 31,82 8,38 6,15 12,80 14,43 24,43 11,86 13,27 25,37 11,02 16,72 20,50 11,76 10,62 20,36 2,82 25,19 3,34 1,02 0,34 2,05 7,86 19,03 8,72 1,50 -0,83 7,62 0,57 10,68 10,84 72,97 5,94 15,86 10,66 13,38 3,91 2,30 0,10 22,31 28,93 20,71 26,88 6,72

solvabil.(%) 9,31 101,58 19,64 229,51 352,44 244,33 30,75 54,80 112,72 107,61 35,36 71,10 189,19 63,79 56,60 72,19 25,07 5,16 164,93 7,45 28,70 38,52 280,66 166,66 35,13 72,42 215,74 29,37 251,99 53,54 465,78 224,12 51,45 47,90 173,26 98,44 231,61 48,20 78,68 50,24 99,41 91,37 75,89 53,37 118,68 21,45 46,12 161,24 -33,25 20,76 128,07 148,88 36,16 58,08 159,24 61,02 665,12 26,36 52,37 75,87 46,03 240,94 103,30 73,72 29,82

exportação total

65 empregados

89.769 136 0 329 0 33 24.445.941 357 0 272 1.652.202 55 0 44 13.384.539 117 12.576.646 208 0 194 2.233.053 260 12.752.004 11 81.635 63 177.311 72 41 78 11.225.211 40 11.202.846 39 0 3 331 20 0 186 0 0 1.356.693 130 463.579 79 0 66 1.034 53 18.924.767 112 364.591 69 0 0 0 134 0 95 6.219.116 127 7.195.897 225 12.490.936 59 11.882.363 52 1.390.863 116 5.892 57 8.865.297 80 349.130 59 13.756.989 127 14.075.665 265 6.262.923 183 20.880 74 5.908.419 76 13.372.758 39 0 9 8.000.488 237 3.609.997 59 12.857.212 85 3.787 91 2.835.378 140 0 97 0 58 8.865.638 244 0 243 7.418.594 20 0 26 11.200.816 80 5.040.218 21 525.072 18 33.845 114 21.078 7 0 22 23.550 14 10.404.749 238 0 138 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

coimbra@praxis.pt

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

res. líquido

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

64148

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


ranking

nome

118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183

MONTESODI - SUPERMERCADOS, LDA MONTEMOR-O-VELHO LEAL & SOARES, S.A. MIRA SUPERMESURA - SUPERMERCADOS, LDA COIMBRA GÁSPROCAR-COM. COMBUSTÍVEIS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ CLIBED, LDA TÁBUA ETAC-EMPRESA TRANS. ANTÓNIO CUNHA, S.A. COIMBRA DISTRIPROENÇA SUPERMERCADOS, LDA MIRA CANTOLIVA, S.A. CANTANHEDE MATISILVA - CARNES, LDA CONDEIXA-A-NOVA PELICHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CLIPER CERÂMICA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ AMBITERMO-ENG. EQUIP. TÉRMICOS, S.A. CANTANHEDE ALCOLEOS - ÓLEOS DE ALCARRAQUES, S.A. COIMBRA BARREIROS & VILAS, LDA COIMBRA LINEVE, LDA MONTEMOR-O-VELHO SUPERFOZ - SUPERMERCADOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CRISTALMAX - INDÚSTRIA DE VIDROS, S.A. CANTANHEDE QUADROMOR-ELECT. INSTRUMENTAÇÃO, S.A. MONTEMOR-O-VELHO SILVA & IRMÃOS, LDA OLIV. HOSPITAL NOVOS CONSTR. CIDÁLIO SOARES RAMOS, LDA CANTANHEDE CADIMARTE - CONSTRUÇÕES, LDA CANTANHEDE QUITÉRIOS-FÁBR. QUADROS ELÉCTRICOS, LDA MIRA ALFARROXO TRADING, LDA FIGUEIRA DA FOZ ALCINO MARTINS, UNIPESSOAL, LDA SOURE CJR MOTORS, S.A. COIMBRA MALTHA GLASS RECYCLING PORTUGAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ PERFUME-ARTE-COME.ART. COS. CENTRO, LDA SOURE DISTRILAVOS - SUPERMERCADOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ NUTRIMPOR - IMPORTAÇÃO E NUTRIÇÃO, LDA COIMBRA CALADO & DUARTE, LDA PENELA CASA DO FRIO-DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR, LDA COIMBRA MATOBRA-MAT. CONSTRUÇÃO E DECOR., S.A. COIMBRA A.V.M.COSTA-COM. COMB. E PNEUS, LDA FIGUEIRA DA FOZ PRECERAM-INDUSTRIAS DE CONSTRUÇÃO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ AZURIBÉRICA - TÊXTIL, S.A. OLIV. HOSPITAL CLIMACER, LDA COIMBRA ÂMBAR PORTUGAL, LDA CANTANHEDE INOVA CANTANHEDE WINDPARK, LDA PENELA HELENOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ VÍCIOS URBANOS-REPRES. COMÉRCIO, LDA COIMBRA ADEGA COOPERATIVA DE CANTANHEDE, C.R.L. CANTANHEDE PETROPOSTOS-COM. COMBUSTÍVEIS, LDA COIMBRA DALIFAL-DISTR. PRODUTOS ALIMENTARES, LDA COIMBRA HELUKABEL PORTUGAL, LDA COIMBRA IRMÃOSCOMBUSTÍVEIS, LDA OLIV. HOSPITAL JOAQUIM FERNANDES MARQUES & FILHO, S.A. OLIV. HOSPITAL CARLOS NUNES & IRMÃOS CONDEIXA-A-NOVA MEGAFLUXO-COM. EQUIP. INDUSTRIAIS, LDA COIMBRA LITOFISH, LDA FIGUEIRA DA FOZ SUPERTÁBUA - SUPERMERCADOS, LDA PENACOVA FERDIFER, S.A. LOUSÃ MRG - CONSTRUCTION, S.A. COIMBRA TRANSACTOR,LOGÍSTICA-TRAN. SERV., LDA FIGUEIRA DA FOZ DISTRIARGANIL - SUPERMERCADOS, LDA ARGANIL JTP 2-CONSTR. PREST. SERVIÇOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CARSISTEMA PORTUGAL-REPRESENTAÇÕES, S.A. COIMBRA RING PROPERTIES, S.A. COIMBRA VEIGA LOPES, S.A. PENACOVA GONFIL-ARMAZ.IMP. MAT. ELÉCTRICO, S.A. COIMBRA TRANSBOLHO-TRANSP. DE MERCADORIAS, LDA CANTANHEDE ANYWIND - ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA PAMP. DA SERRA SUPERSOURE - SUPERMERCADOS, LDA SOURE STEMLAB, S.A. CANTANHEDE RICARDO CORREIA & CORREIA, LDA COIMBRA VIEIRA CORDEIRO, S.A. SOURE

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 62.500 800.000 200.000 510.000 1.500.000 500.000 68.834 250.000 606.500 264.500 5.125.000 1.971.020 50.000 50.000 3.400.000 99.999 910.015 800.000 1.000.000 500.000 500.000 5.000.000 50.000 10.000 977.778 636.448 124.699 200.000 60.000 249.399 374.098 500.000 14.964 1.500.000 150.000 605.000 210.000 11.647.332 3.125.000 3.000.000 20.000 933.405 980.000 345.100 50.000 50.000 600.000 500.000 50.000 750.000 50.000 500.000 1.000.000 125.000 200.000 100.000 500.000 50.000 150.200 750.000 249.399 55.000 62.500 5.201.000 75.000 300.000

vol.de negócios 10.328.601 10.302.847 10.196.367 10.181.841 10.134.425 10.108.646 10.080.507 10.066.893 9.991.191 9.778.710 9.692.902 9.474.441 9.243.347 9.156.520 9.041.646 9.019.101 8.968.556 8.753.057 8.748.743 8.657.581 8.336.349 8.316.817 8.284.247 8.218.826 8.211.620 8.166.296 8.067.030 8.029.028 8.027.829 7.984.899 7.898.913 7.797.003 7.790.871 7.740.649 7.675.885 7.572.481 7.496.782 7.426.948 7.423.392 7.403.922 7.366.474 7.345.344 7.332.621 7.155.530 7.129.908 7.095.959 7.080.985 7.063.289 7.040.777 7.037.019 6.988.924 6.911.646 6.862.111 6.844.198 6.752.092 6.737.824 6.726.993 6.678.825 6.569.620 6.553.039 6.543.975 6.539.228 6.538.124 6.525.588 6.515.266 6.480.973

var. vn 2017/2018 -1,69 -1,70 84,45 -42,37 16,16 -3,40 6,92 -4,35 -3,04 1,19 -10,62 -9,68 82,60 14,66 22,08 10,60 7,19 37,04 -0,21 2,47 45,73 12,74 6,71 34,30 21,08 7,00 -0,85 7,03 7,98 27,99 0,64 13,32 9,18 - 0,15 20,38 20,34 2,44 8,05 -0,96 11,79 35,62 21,20 0,32 68,33 30,64 20,35 1,65 446,25 -0,57 6,65 289,80 -28,91 12,30 4,03 14,44 11,64 18.982,36 -0,02 10,02 16,89 -3,62 9,83 7,85 9,47 37,90

71492

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

66 RANKING


-81.966 749.460 -228.680 181.969 459.632 -813.719 38.877 -204.372 53.151 46.100 66.202 1.215.793 895.848 73.314 705.066 3.885 157.477 865.348 79.589 179.497 -29.314 921.759 201.622 132.264 183.517 957.054 214.820 73.588 47.696 213.572 40.829 86.320 2.498 5.089.698 274.249 228.348 761.504 220.881 113.731 532.550 60.478 280.121 3.649 13.379 105.909 58.317 74.660 419.497 331.106 371.325 4.119 -228.865 -1.289.992 129.607 58.897 71.479 250.543 1.529.500 129.267 269.485 602.631 811.460 19.300 260.711 269.188 633.298

VAB 911.640 3.259.072 507.595 628.561 1.750.475 2.018.001 922.508 1.362.977 1.225.361 4.218.569 2.934.286 4.407.598 1.514.534 399.161 1.567.146 868.387 2.877.940 7.133.500 4.062.077 1.735.955 2.031.908 3.173.418 1.041.971 300.534 857.917 2.105.275 1.411.317 650.119 682.129 2.443.818 845.748 1.060.621 249.829 2.894.407 3.190.398 1.684.586 1.088.980 3.714.405 2.420.874 4.577.461 355.446 2.188.586 228.704 706.729 593.378 377.071 1.171.024 2.293.287 824.279 1.268.673 739.104 -46.928 511.117 592.888 784.606 2.626.014 910.811 2.151.113 1.249.659 684.719 3.020.075 4.114.285 556.145 3.412.075 5.201.839 3.500.189

rentabil. (%) -0,79 7,27 -2,24 1,79 4,54 -8,05 0,39 -2,03 0,53 0,47 0,68 12,83 9,69 0,80 7,80 0,04 1,76 9,89 0,91 2,07 -0,35 11,08 2,43 1,61 2,23 11,72 2,66 0,92 0,59 2,67 0,52 1,11 0,03 65,75 3,57 3,02 10,16 2,97 1,53 7,19 0,82 3,81 0,05 0,19 1,49 0,82 1,05 5,94 4,70 5,28 0,06 -3,31 -18,80 1,89 0,87 1,06 3,72 22,90 1,97 4,11 9,21 12,41 0,30 4,00 4,13 9,77

rent. ativo(%) -3,06 3,33 -11,02 2,93 3,56 -2,82 1,75 -1,93 0,94 0,84 0,29 10,35 27,75 4,03 8,93 0,12 2,07 9,80 0,86 4,37 -0,38 10,22 3,04 7,87 4,80 14,52 3,73 5,76 1,58 3,06 0,88 0,70 0,49 19,11 7,34 5,26 31,96 0,64 0,87 5,40 5,74 2,36 0,11 0,28 2,44 4,12 1,29 7,32 5,50 3,24 0,15 -1,38 -8,41 4,38 4,28 2,08 4,60 24,94 3,32 6,23 11,84 15,89 1,29 2,22 11,74 17,35

rent. cap. próp.(%) -4,49 8,25 77,88 8,68 7,49 -227,60 9,95 -6,24 8,39 2,01 0,64 18,45 39,75 11,54 14,39 0,21 6,21 41,11 1,98 16,49 -1,57 12,03 4,97 36,56 17,45 18,17 9,73 12,16 5,38 5,37 3,64 3,56 2,52 20,67 15,49 47,65 77,72 0,90 1,42 7,06 8,03 4,93 0,37 1,07 51,74 7,28 2,57 29,32 18,13 8,11 0,32 -3,56 -63,05 11,82 8,38 6,79 14,73 38,50 10,74 7,11 26,10 29,98 4,07 4,94 27,82 -80,75

solvabil.(%) 214,14 67,81 -12,39 51,04 90,46 1,26 21,42 44,72 12,62 71,86 85,75 127,75 231,24 53,73 163,68 129,70 49,88 31,31 76,00 36,03 32,28 564,93 156,94 27,42 37,99 398,41 62,32 90,06 41,59 132,04 31,73 24,46 24,38 1.224,95 90,13 12,42 69,86 250,26 157,55 325,99 251,32 91,74 44,72 35,44 4,95 130,54 100,89 33,29 43,50 66,72 90,79 62,88 15,40 58,91 104,31 44,27 45,41 183,92 44,67 701,04 83,06 112,72 46,34 81,98 72,98 -17,68

exportação total

67 empregados

0 40 1.599.814 98 0 50 0 34 4.295.379 94 0 352 0 57 1.794.603 59 146.017 51 5.926.523 102 5.499.051 103 3.204.577 100 5.855.035 13 0 36 45.228 27 0 43 667.796 93 7.453.145 194 8.150.912 300 0 59 0 107 615.815 56 0 21 45.500 4 161.563 34 - 23 0 65 0 30 55 36 0 132 0 42 253.741 38 0 10 18.402 63 7.021.231 221 0 46 2.698.389 2 4.012 136 173.071 89 5.114 186 0 18 - 40 0 14 141 27 2.399.831 16 0 13 0 52 3.193 57 7.040.564 13 1.700.604 37 0 37 0 1 0 47 110.586 24 0 43 0 162 1.085.556 11 0 5 0 61 590 18 0 52 5.513.667 108 0 39 710.566 69 4.916.436 152 3.731.041 120 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

res. líquido

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

79193

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


ranking

nome

184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248

LUSIMAT, S.A. CANTANHEDE BARATA E MARCELINO-ENG. ENERGÉTICA, S.A. COIMBRA DSP-DISTR. SPORTSWEAR PROMOCIONAL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ PAULINO & RODRIGUES, LDA CANTANHEDE CONSTRIND, LDA FIGUEIRA DA FOZ BRASÃO DE LA ESPADA MIRA EÓLICA DO ESPIGÃO, S.A. MIRANDA DO CORVO EUROCASH 2 - CASH AND CARRY, LDA CANTANHEDE MOBIPEOPLE-TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, LDA COIMBRA VILA GALÉ COIMBRA-INV. TUR. IM., S.A. COIMBRA ERTECNA-EMP. REVESTIMENTOS TÉCNICOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ FASTER - PRODUTOS ALIMENTARES, LDA LOUSÃ JOAQUIM MACHADO, S.A. COIMBRA MATAD.REG.BEIRA SERRA,S.A.- EM LIQ.O OLIV. HOSPITAL PORTEPIM-SOCIEDADE DE REPRESENTAÇÕES,S.A. COIMBRA SERRIALU, LDA COIMBRA SUBSONIZA, LDA FIGUEIRA DA FOZ TRANSPORTES FERRÃO & MARTINS, LDA TÁBUA CALDEIRA & CALDEIRA, LDA FIGUEIRA DA FOZ ENTREVENTOS - ENERGIAS RENOVÁVEIS, S.A. COIMBRA M.N.CARVALHO & CA., LDA V. N. POIARES GAZMONDEGO-DISTR. COMBUSTÍVEIS, LDA COIMBRA EMPRESA DE PESCA S.JACINTO, S.A. COIMBRA HÉLIX - INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES, S.A. FIGUEIRA DA FOZ ESTAÇÃO DAS COLINAS - UNIPESSOAL, LDA COIMBRA BIOVIA-ENGENHARIA E GESTÃO AMBIENTAL,S.A. COIMBRA CERDOMUS - INDÚSTRIAS CERÂMICAS, S.A. COIMBRA OPERFOZ-OPER. PORTO DA FIG. DA FOZ, LDA FIGUEIRA DA FOZ UNITRACTORES-EQU. FLO. INDUSTRIAIS, LDA V. N. POIARES DISNACK, LDA COIMBRA PLASTDIVERSITY-COM. ARTIGOS PLÁSTICO,LDA FIGUEIRA DA FOZ SIMETRIAXIAL - METALOMECÂNICA, LDA PENACOVA TRANSPORTES MARIANO & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CENTROQUÍMICA-SOC. PROD. QUÍ. CENTRO,LDA COIMBRA RUI & DINORA, LDA GÓIS MACOP - MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, S.A. PENACOVA TRANSNIZA-SOC. TRANSPORTES, S.A. FIGUEIRA DA FOZ GAFIDES FIGUEIRA DA FOZ TALINAMED, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA CINOV - INDÚSTRIA E COMÉRCIO, S.A. COIMBRA PENLAC - LÁCTEOS DA PENÍNSULA, LDA MONTEMOR-O-VELHO INDÚSTRIA DE CARNES DA GÂNDARA, LDA FIGUEIRA DA FOZ CENTROTORNEIRAS, LDA COIMBRA BELCHIM CROP PROT. PORTUGAL,UNIP., LDA FIGUEIRA DA FOZ LUPABIOLÓGICA LAB. COSMÉTICA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FOZTRÁFEGO-AGÊNCIA MAR. FIGUEIRA, LDA FIGUEIRA DA FOZ PNEUS RECTA DO NORTE, LDA CANTANHEDE LOG-LOGÍSTICA INTEGRADA AUTOMÓVEL, S.A. COIMBRA JPAIVA - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA COIMBRA REPROSET-COM. CONS.INFORMÁTICOS, LDA COIMBRA EDIÇÕES ALMEDINA, S.A. COIMBRA RESIMADEIRAS-RESINAS E MADEIRAS, LDA TÁBUA CAMPILUSA-ART.CAMP.MÓVEIS DE JARDIM,LDA COIMBRA ESPECTRO-SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, S.A. COIMBRA G9TELECOM, S.A. COIMBRA ARMAZÉNS DE MERCEARIA A.MONTEIRO, S.A. OLIV. HOSPITAL CARLOS ALBERTO DA FONSECA NETO, LDA CANTANHEDE SOCITOP, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA BIOPOWER, LDA MIRANDA DO CORVO OÁSIS PLAZA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FRUTIBAIRRADA-COM. FRUTAS E LEGUMES,LDA COIMBRA PETROGIR-COMB. LUBRIFICANTES, LDA COIMBRA TMIP - TRANSPORTES E LOGÍSTICA, LDA SOURE ANTÓNIO SIMÕES LOPES, SUCESSORES, LDA LOUSÃ TRANSP. ROD. MER. REP. & RODRIGUES, S.A. CONDEIXA-A-NOVA

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 1.600.000 1.000.000 1.050.000 29.928 50.001 2.634.775 50.000 1.000.000 30.000 5.000.000 230.000 500.000 50.000 1.080.000 500.000 310.000 20.000 249.399 99.760 450.005 660.000 690.000 1.500.000 2.000.000 5.000 501.000 1.000.000 600.000 250.000 10.000 5.000 250.000 1.050.000 100.000 10.000 1.005.000 350.000 50.000 50.000 1.070.000 30.000 139.664 103.000 5.000 275.000 250.000 50.000 105.000 250.000 100.000 50.500 9.976 87.500 500.000 680.000 500.000 149.639 49.880 5.000 50.000 125.000 300.000 300.003 12.470 400.200

vol.de negócios 6.246.727 6.237.121 6.217.271 6.125.150 6.101.487 6.096.303 6.024.794 5.922.575 5.915.021 5.906.618 5.767.931 5.766.244 5.684.671 5.655.130 5.637.100 5.624.091 5.585.495 5.497.821 5.475.279 5.430.329 5.419.457 5.360.781 5.314.203 5.295.326 5.237.797 5.212.070 5.211.307 5.190.429 5.150.055 5.144.740 5.109.406 5.102.853 5.093.282 5.085.783 5.076.883 5.031.430 5.025.417 4.991.786 4.918.344 4.861.508 4.830.589 4.829.135 4.813.094 4.805.673 4.781.652 4.723.595 4.708.440 4.706.902 4.647.851 4.643.917 4.619.927 4.556.348 4.530.801 4.509.310 4.502.204 4.481.489 4.480.700 4.466.332 4.419.097 4.406.373 4.399.775 4.393.531 4.375.992 4.375.827 4.361.295

var. vn 2017/2018 1,73 -9,22 -14,17 -1,64 85,21 5,32 -1,14 1,40 12,07 12,76 7,15 9,47 3,42 -7,05 7,55 22,83 8,94 5,59 14,44 -2,34 23,90 2,82 -0,67 -2,88 - 11,99 5,00 -4,93 59,21 52,28 20,13 -9,26 -5,91 7,17 6,48 -3,47 3,08 4,72 16,52 -0,46 57,62 -12,25 2,12 -9,00 -8,39 3,51 8,21 -6,33 8,47 5,98 -4,61 27,50 5,83 12,72 -17,15 9,43 13,30 -16,11 112,08 5,51 12,22 48,43 -10,35 -0,68 -9,66

56690

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

68RANKING


res. líquido 1.113.012 178.223 593.978 162.741 694.126 -85.076 2.334.089 284.050 230.185 2.495.066 323.161 -79.373 69.331 -355.091 361.603 139.766 45.495 20.461 107.914 2.527.043 431.867 2.865 630.117 33.733 6.304 432.041 27.329 -14.283 281.038 236.536 573.596 83.304 6.894 206.401 4.104 412.788 9.575 268.527 130.967 109.596 12.124 17.840 34.802 -779.998 186.457 763.594 128.932 387.156 449.746 46.043 290.405 5.606 255.028 307.807 1.208.311 73.194 7.343 25.896 261.798 36.461 19.753 -12.508 36.828 3.039 33.080

VAB 1.439.586 3.155.447 1.400.987 1.037.722 5.215.252 1.565.186 4.973.389 544.050 2.103.334 4.288.400 1.935.489 758.186 1.201.714 434.399 1.382.040 2.069.976 135.606 1.959.143 712.048 4.676.944 958.116 950.829 3.273.982 2.505.615 142.426 1.024.523 1.805.635 1.682.649 859.899 1.010.915 1.950.307 3.740.565 1.647.316 952.446 521.653 1.149.530 1.220.895 2.679.193 518.365 633.341 32.465 772.446 823.561 18.003 2.487.648 1.211.654 348.237 948.935 1.483.195 159.898 1.679.664 546.826 577.576 702.507 2.007.340 365.626 611.325 1.467.767 738.251 2.191.986 617.562 57.707 653.536 139.349 1.632.878

rentabil. (%)

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%)

17,82 2,86 9,55 2,66 11,38 -1,40 38,74 4,80 3,89 42,24 5,60 -1,38 1,22 -6,28 6,41 2,49 0,81 0,37 1,97 46,54 7,97 0,05 11,86 0,64 0,12 8,29 0,52 -0,28 5,46 4,60 11,23 1,63 0,14 4,06 0,08 8,20 0,19 5,38 2,66 2,25 0,25 0,37 0,72 -16,23 3,90 16,17 2,74 8,23 9,68 0,99 6,29 0,12 5,63 6,83 26,84 1,63 0,16 0,58 5,92 0,83 0,45 -0,28 0,84 0,07 0,76

rent. cap. próp.(%)

15,04 2,51 8,33 5,90 22,49 -1,20 8,18 6,47 9,23 17,02 9,55 -2,38 2,99 -19,59 5,24 2,49 10,71 0,57 4,04 21,10 9,45 0,10 8,49 0,53 3,03 12,30 0,30 -0,24 8,32 14,13 10,91 1,65 0,16 3,94 0,15 7,02 0,30 7,90 5,16 2,51 1,34 0,57 0,99 -9,80 5,58 18,41 17,28 58,51 7,34 2,69 5,01 0,16 4,91 8,69 29,78 3,92 0,26 0,49 14,88 0,11 1,43 -0,69 1,10 0,52 0,60

21,16 4,80 11,97 9,08 64,14 -2,81 19,60 12,87 25,41 24,74 24,64 -7,24 144,42 -62,39 7,51 11,65 21,87 1,54 8,22 27,47 13,34 0,33 10,23 1,48 5,93 28,19 1,63 -0,68 24,50 34,76 18,19 14,74 0,37 9,81 1,17 7,62 1,23 14,14 18,94 3,53 30,05 1,62 6,82 466,78 7,94 20,52 29,00 99,12 10,99 4,51 10,61 0,51 15,69 14,10 35,57 5,76 0,51 1,60 32,32 -1,13 7,34 -5,35 2,42 1,02 2,77

solvabil.(%) 246,05 109,80 229,09 185,56 54,00 74,17 71,69 101,22 57,08 220,48 63,28 48,98 2,11 45,77 230,75 27,11 95,88 58,01 96,82 330,74 243,14 43,45 488,45 55,34 104,65 77,44 22,18 54,85 51,42 68,45 149,82 12,60 74,52 67,22 14,47 1.161,78 32,34 126,79 37,44 246,76 4,69 54,52 16,92 -2,06 236,26 871,36 147,40 144,05 201,27 148,41 89,49 44,53 45,55 160,69 513,99 212,17 101,42 43,75 85,31 -8,69 24,16 14,81 83,50 105,53 27,93

exportação total 5.694.931 0 2.078.099 0 5.182.943 5.965.654 0 43.297 4.552.372 0 2.425.223 71.290 81.519 0 10.518 1.442.212 0 2.522.300 2.441 0 54.842 0 1.472.833 1.477.717 0 3.300.747 1.501.931 0 568 131.497 3.914.819 3.092.994 2.697.647 37.788 0 5.502 1.316.079 4.985.077 1.283 0 379.014 4.231.920 2.553 213.231 0 385.034 0 0 0 86.704 347.927 1.603.559 73.613 42.872 97.103 25.788 364.169 0 39.018 0 0 0 2.344.254 0 1.004.282

69 empregados 143 164 38 28 155 69 0 14 68 65 34 53 56 46 7 74 7 67 22 0 27 30 49 189 9 11 83 15 19 30 48 135 56 32 30 29 49 125 13 16 2 40 30 10 66 5 18 26 45 8 35 29 13 14 20 26 23 61 15 18 34 14 16 6 48

Rua Abílio Fernandes

77788

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

ARMAZÉNS CALHABÉ Rua D. Francisco de Lemos

Universidade - Polo II

Loja:

Rua do Brasil, 486/8 3030-775 COIMBRA Tel. 239 090 163 - Telm. 912 210 128 loja@armazenscalhabe.com

Armazém: Rua D. Francisco de Lemos (Junto ao Pólo II da UC) 3030-789 COIMBRA Tel. 239 721 423 / 4 / 5 Telm. 916 613 802 contactos@armazenscalhabe.com

Escritório: Rua D. Francisco de Lemos (Junto ao Pólo II da UC) 3030-789 COIMBRA Tel. 239 711 080 - Telm. 919 908 821 Fax 239 712 079 comercial@armazenscalhabe.com geral@armazenscalhabe.com

Polo II

Polo II (passagem superior)

Rotunda da Portela

www.armazenscalhabe.com

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

70 RANKING ranking

nome

249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259 260 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 271 272 273 274 275 276 277 278 279 280 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 301 302 303 304 305 306 307 308 309 310 311 312 313 314 315 316 317 318 319 320 321 322 323 324 325 326 327 328 329 330 331 332 333

TRANSPORTES FERREIRA & OLIVEIRA, LDA FIGUEIRA DA FOZ LUBRICENTRO DOIS- OME. COMB. AUT.,LDA MONTEMOR-O-VELHO VIGIASONDAS, LDA FIGUEIRA DA FOZ AGENCIA MARITIMA EUROFOZ, LDA FIGUEIRA DA FOZ CONSTRUCENTRO-CONSTR. CIVIS CENTRO,LDA COIMBRA CIP - CONSTRUÇÃO, S.A. OLIV. HOSPITAL QUINTA DAS LÁGRIMAS COIMBRA CARLOS GIL LOUSÃ SOMARO, LDA FIGUEIRA DA FOZ REGIVIR-EMPR. TRAB. TEMP. FOR. PES.,LDA FIGUEIRA DA FOZ JÚLIO DE OLIVEIRA & CA., LDA CANTANHEDE CATARINOS-ALIMENTAÇÃO ESPECIALIZADA, LDA COIMBRA MARGEM ESTÁVEL, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA PARALELO ALTERNATIVO-COM. COMB., LDA COIMBRA SIRMAF-SOC. IND. REC. MÁQ.-FER., LDA COIMBRA INTERHOLIHOSPITAL-SUPERMERCADOS, LDA OLIV. HOSPITAL FOZVIAS, UNIPESSOAL, LDA PENACOVA TYMREST - RESTAURANTE RÁPIDO, LDA COIMBRA DISPAN V. N. POIARES JARRY-COM. COMP. ACES. IND. MOLDES, LDA COIMBRA SÉRGIO G.OLIVEIRA, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE ARNAUT & FILHOS, LDA MIRANDA DO CORVO SOC. DE TRANSPORTES POIARENSE, LDA V. N. POIARES ALCIDES DOS SANTOS ANTUNES, LDA CANTANHEDE ANTÓNIO MARIA VELOSO & CA., S.A. OLIV. HOSPITAL FERNANDO LAMEIRA-FRUTAS E TRANSP.,LDA COIMBRA BRIOSA - CONSERVAS DE PESCADO, LDA FIGUEIRA DA FOZ CLÍNICA OFTALMOLÓGICA JOAQUIM MIRA, S.A. COIMBRA VÍTOR MANUEL FACHADA PAPIZES, LDA COIMBRA FERROALVA-FER. E MAT. DE CONST. ALVA,LDA PENACOVA INTEGRITY, S.A. COIMBRA G.W.I.- INVESTMENTS, S.A. COIMBRA SWTL, LDA COIMBRA AZENHA & GONÇALVES, LDA FIGUEIRA DA FOZ C.T.G.A.-CENTRO TECN. GESTÃO AMB., LDA COIMBRA PICLIMA-PROJ. INST. DE CLIMAT., LDA MIRANDA DO CORVO VALOVO II, AVICULTURA, LDA ARGANIL TRANSPORTES CASCÃO & MANUELA, LDA MONTEMOR-O-VELHO MONDEGOPEÇAS-COM. ACES. AUTOMÓVEIS, LDA COIMBRA SOL ALVA - MECÂNICA DE PRECISÃO, S.A. ARGANIL DOM MIRA, LDA MIRA TRANSP. ROD. MERC. DE AGUIEIRA, S.A. PENACOVA SILVAS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ MACOIMBRA-MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, S.A. COIMBRA SALRIFARMA-PRODUTOS FARMACÊUTICOS, LDA CONDEIXA-A-NOVA SILVA TOMÉ IRMÃOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ QUINTA DO CELÃO II, LDA COIMBRA ARMAZÉNS DO CALHABÉ COIMBRA ERNESTO VIEIRA & FILHOS, S.A. COIMBRA ISIDOVIAS - INVESTIMENTOS, LDA LOUSÃ SUPORTE-EMPR. TRABALHO TEMPORÁRIO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FLORESTSUL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FOZ BRICO-SOC. DISTR.E BRICOLAGE, LDA FIGUEIRA DA FOZ JOSÉ DE ALMEIDA GOMES & FILHOS, LDA COIMBRA TRANSFRAGA-TRANS. MERCADORIAS, LDA V. N. POIARES HIGIMARTO-IND. COM. PROD. HIG. LIM., LDA COIMBRA SERQUEIJOS PIMENTA-FAB. QUE. RAB., LDA PENELA BOM PULSO GIN. MAN. REABILITAÇÃO, LDA COIMBRA T & D - AUTOMÓVEIS, LDA ARGANIL ATRIUMERCADOS-GESTÃO DE SUPER.,UNIP.,LDA COIMBRA ELECTROCLIMA-ELECT. CLIMATIZAÇÃO, LDA COIMBRA MAQUITUDO-SOC. MÁQU.FERRAMENTAS, LDA FIGUEIRA DA FOZ J.SILVAS & CA., LDA V. N. POIARES IMACENTRO-CLÍNICA IMAG. MÉD. CENTRO,S.A. COIMBRA ESPIGA DE OURO V. N. POIARES LITORAL REGAS-COM. APOIO À AGRIC.,LDA MIRA GADANHA - PAVIMENTOS, LDA PENELA PACOCAL-POSTO AB. COMBUST. CATRAIA, LDA OLIV. HOSPITAL FRIQUENTAL-IND. COMÉRCIO ALIMENTAR, LDA MONTEMOR-O-VELHO ALVES BANDEIRA LUBS, S.A. V. N.POIARES PROPYRO-PRODUTOS PIROTÉCNICOS, LDA CANTANHEDE ATLANTIPLATEAU, LDA CANTANHEDE SOCIEDADE INDUSTRIAL DUARTES, LDA CANTANHEDE FILARVINA, LDA CANTANHEDE AQUISAVE, LDA TÁBUA R2P - RECICLAGEM E PEÇAS, S.A. PENACOVA TAKE THE WIND, LDA COIMBRA AMADEU GONÇALVES CURA & FILHOS, LDA OLIV. HOSPITAL HOSPITAL CUF COIMBRA, S.A. COIMBRA VALE & TEIXEIRA, LDA COIMBRA BATATAS CLIMÉRIO, LDA MIRA SATISFAZ EXEMPLO PRO. IMOBILIÁRIA, LDA COIMBRA EQUIPAN-COM., PRO., IND. ALIMENTAR, LDA COIMBRA TIAGO COSTA NEVES, UNIPESSOAL, LDA LOUSÃ J.M.D.NEVES-TRANSP., UNIPESSOAL, LDA COIMBRA

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 200.000 5.000 20.000 199.519 600.000 1.100.000 1.546.900 49.880 58.335 99.760 24.940 100.000 182.176 5.000 300.000 200.000 125.000 125.000 100.000 500.000 150.000 124.699 500.000 250.000 250.000 150.000 748.197 50.000 450.000 99.760 50.000 120.000 51.250 74.820 22.394 250.000 100.000 125.000 82.500 1.000.000 20.000 501.500 374.430 250.000 450.000 20.000 50.000 150.000 3.333.340 500.000 125.000 55.000 75.000 100.000 249.399 350.000 449.000 6.700 5.000 160.000 20.000 31.940 75.000 50.000 125.000 100.000 100.000 249.399 400.000 2.060.000 80.000 5.000 124.699 1.150.000 125.000 50.000 1.000.000 500.000 1.250.000 25.200 50.000 500.000 49.880 69.000 125.000

vol.de negócios 4.359.149 4.353.295 4.331.022 4.329.100 4.325.427 4.322.261 4.320.309 4.299.001 4.201.783 4.182.269 4.145.923 4.110.315 4.079.273 4.078.184 4.053.662 4.052.507 4.005.534 3.978.238 3.954.246 3.944.639 3.944.188 3.942.194 3.856.460 3.855.955 3.845.318 3.822.299 3.816.451 3.814.354 3.772.784 3.757.852 3.744.071 3.738.265 3.737.414 3.724.259 3.723.733 3.721.328 3.712.355 3.707.414 3.693.233 3.691.995 3.685.002 3.680.349 3.680.335 3.651.420 3.650.930 3.639.797 3.635.054 3.604.899 3.590.153 3.589.992 3.583.307 3.562.515 3.536.900 3.535.054 3.534.747 3.534.130 3.528.771 3.508.499 3.475.969 3.454.398 3.446.413 3.428.755 3.426.530 3.399.151 3.388.873 3.380.305 3.354.970 3.352.629 3.338.530 3.328.220 3.324.054 3.322.070 3.318.857 3.301.811 3.301.084 3.296.408 3.290.230 3.287.520 3.287.512 3.279.205 3.278.890 3.275.667 3.273.245 3.261.502 3.259.965

var. vn 2017/2018 8,70 8,16 - 7,62 -31,51 -63,27 7,51 5,69 5,18 0,76 4,63 -2,53 5,46 18,48 -7,06 6,64 55,41 8,71 0,36 4,93 14,60 41,20 6,09 14,09 7,80 -1,99 8,79 28,83 6,43 -7,73 31,99 52,08 21,71 35,60 44,11 5,28 -9,14 34,80 13,65 -2,40 14,26 5,77 15,13 12,73 8,83 -10,72 -11,61 15,05 702,56 -23,65 1,97 64,74 6,97 7,08 9,44 10,65 12,54 64,01 -4,30 11,73 -12,97 11,62 2,38 -0,38 6,97 -16,90 51,01 5,70 4,35 -1,66 8,45 -45,55 38,36 -1,39 12,15 6,38 43,34 6,35 -13,00 -4,00 27,30 923,65 -1,70 6,53 -0,86


res. líquido 29.538 25.543 15.666 -21.907 -121.650 -2.506.271 -260.556 32.270 3.644 26.244 27.071 31.110 393.101 -1.369 368.117 2.858 646.655 245.312 86.000 413.358 165.098 237.853 1.573 9.165 10.925 -11.965 3.328 838.969 248.655 6.989 1.205.783 12.134 12.574 240.178 212.841 250.772 228.941 76.074 192.571 295.689 112.492 -203.787 149.027 105.103 451.771 22.006 5.376 180.199 18.968.966 83.680 34.760 1.745.348 164.321 59.996 26.614 203.276 93.689 520.580 -80.734 67.164 106.427 490.738 20.068 549.645 6.468 191.546 183.647 30.897 30.918 117 296.218 17.151 514.855 -14.679 -21.149 201.971 1.581.490 87.014 -2.431.800 -33.882 61.571 668.812 32.827 67.728 26.505

VAB 1.660.672 224.689 125.242 -19.336 585.954 -727.255 2.525.056 1.537.974 319.015 4.116.921 141.595 390.882 946.339 128.238 1.764.824 344.655 1.641.107 1.246.335 404.178 755.603 346.579 622.016 1.747.295 642.014 406.159 193.062 997.017 1.716.512 899.045 222.725 2.939.188 284.991 256.774 550.868 2.311.032 1.226.795 533.357 903.320 880.698 1.793.120 1.066.712 1.313.613 1.990.005 608.535 1.062.973 241.266 448.246 589.514 -633.291 901.754 3.507.353 -35.634 631.013 332.276 1.019.607 790.089 667.441 1.528.878 -90.175 626.246 1.352.117 1.205.619 521.396 1.292.663 1.348.362 967.225 1.114.634 225.711 569.395 176.772 766.793 30.423 1.159.862 391.898 2.601.758 589.502 2.805.562 823.571 -774.400 338.966 399.625 867.014 428.495 268.819 1.276.400

rentabil. (%) 0,68 0,59 0,36 -0,51 -2,81 -57,99 -6,03 0,75 0,09 0,63 0,65 0,76 9,64 -0,03 9,08 0,07 16,14 6,17 2,17 10,48 4,19 6,03 0,04 0,24 0,28 -0,31 0,09 22,00 6,59 0,19 32,21 0,32 0,34 6,45 5,72 6,74 6,17 2,05 5,21 8,01 3,05 -5,54 4,05 2,88 12,37 0,60 0,15 5,00 528,36 2,33 0,97 48,99 4,65 1,70 0,75 5,75 2,65 14,84 -2,32 1,94 3,09 14,31 0,59 16,17 0,19 5,67 5,47 0,92 0,93 0,00 8,91 0,52 15,51 -0,44 -0,64 6,13 48,07 2,65 -73,97 -1,03 1,88 20,42 1,00 2,08 0,81

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 1,27 11,25 5,66 -0,99 -2,10 -27,99 -1,20 0,95 0,32 1,69 3,52 2,16 18,54 -1,21 12,54 0,37 22,12 12,78 4,90 17,99 7,14 8,75 0,05 0,13 0,29 -1,10 0,11 23,95 6,22 0,44 40,47 0,24 1,33 6,17 6,35 7,68 3,35 9,94 7,12 5,35 2,82 -9,43 3,45 3,48 21,77 1,01 0,36 8,23 19,16 1,61 3,61 29,34 12,11 3,53 0,82 6,62 4,48 20,96 -2,85 7,44 3,26 13,17 1,19 7,94 0,32 6,44 11,70 4,15 0,74 0,00 8,34 3,64 18,44 -0,32 -1,82 9,10 36,25 1,66 -36,92 -6,82 4,35 36,89 1,06 8,27 1,30

rent. cap. próp.(%) 18,80 26,86 41,64 -1,62 -769,47 -593,88 -16,60 2,89 0,60 3,68 6,34 3,77 29,85 -4,01 22,08 1,20 39,46 24,27 9,91 31,50 40,08 15,76 0,09 0,38 0,47 -1,80 0,22 26,43 10,58 19,71 61,65 2,44 11,73 13,85 14,87 14,89 18,16 18,02 15,53 6,81 8,46 -20,66 10,48 10,66 26,33 4,65 3,14 20,93 19,22 4,03 10,85 79,86 42,74 5,03 4,48 11,01 8,46 45,02 29,06 19,02 4,34 18,62 1,77 13,45 1,34 18,13 28,31 5,92 1,42 0,00 17,70 13,10 22,48 -1,19 -26,18 21,29 40,00 2,37 108,05 -9,91 7,59 54,74 6,16 16,71 3,21

solvabil.(%) 7,27 72,08 15,73 155,93 0,27 4,95 7,78 49,23 112,14 85,49 125,21 134,88 164,04 43,23 131,53 44,85 127,54 111,28 97,76 133,16 21,67 124,75 138,32 53,48 157,85 155,78 105,23 965,06 142,74 2,26 191,05 11,07 12,84 80,22 74,58 106,55 22,66 122,89 84,65 364,84 49,95 83,92 49,11 48,47 477,04 27,87 13,02 64,82 29.769,26 66,30 49,83 58,09 39,54 235,71 22,39 150,58 112,67 87,06 -8,92 64,17 302,09 241,48 207,31 144,09 30,97 55,11 70,48 234,44 108,61 94,16 89,02 38,40 456,15 35,98 7,45 74,66 966,03 233,46 -25,47 220,45 134,44 206,60 20,73 97,93 67,72

exportação total 2.624.467 0 24.741 1.455.721 0 0 0 0 0 27.604 0 5.864 0 0 542.775 0 0 0 0 581.291 317.466 0 1.867.697 1.678.681 10.285 302.573 855.995 0 11.814 13.781 1.250.633 3.738.265 0 0 0 5.375 0 3.707.414 52.761 3.197.963 351.716 1.419.280 178.839 26.097 0 1.226.208 408.605 0 0 0 0 2.409.943 0 3.743 885.642 0 57.151 0 0 0 22.207 83.132 0 0 975.452 96.160 0 0 0 1.214.811 644.600 0 847.665 28.077 36.000 621.462 2.952.948 0 0 0 119.405 0 4.148 107 1.005.575

71 empregados 51 10 7 5 36 56 90 78 18 7 7 13 16 9 45 27 31 73 13 8 9 21 47 36 20 9 75 17 22 7 55 0 13 9 122 44 16 26 28 58 75 60 89 17 18 7 27 14 2 42 302 3 24 15 43 19 26 38 6 32 54 20 21 19 39 19 38 10 36 13 9 0 26 19 92 13 29 46 33 15 14 4 25 19 40

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

72 RANKING

novembro 2019 | Diário As Beiras

ranking

nome

334 335 336 337 338 339 340 341 342 343 344 345 346 347 348 349 350 351 352 353 354 355 356 357 358 359 360 361 362 363 364 365 366 367 368 369 370 371 372 373 374 375 376 377 378 379 380 381 382 383 384 385 386 387 388 389 390 391 392 393 394 395 396 397 398 399 400 401 402 403 404 405 406 407 408 409 410 411 412 413 414 415 416 417

MONTAEL-MAT. CONSTR. REPRESENT., S.A. COIMBRA OLIVEIRALIMENTAR, LDA OLIV. HOSPITAL LIQUILENTES-COM.PRODUTOS DE ÓPTICA, LDA COIMBRA JÚLIO SIMÕES, LDA CANTANHEDE PECUÁRIA CARRIÇO & MACHADO, LDA CANTANHEDE CAVALEIRO & CA., LDA FIGUEIRA DA FOZ CARLOS TOMÉ & VÍTOR JOSÉ-SUPERM., LDA MIRANDA DO CORVO ADRIANO BARBOSA DE AZEVEDO, LDA MONTEMOR-O-VELHO SÉRGIO CARVALHO-COMÉRCIO AUTOMÓVEIS, LDA SOURE ARMINDO RUIVO & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CÉLIA MARQUES, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ BETUMES VALE LONGO, LDA PENELA BOLETACAR, UNIPESSOAL, LDA MONTEMOR-O-VELHO SUPERPOIARES-SUPERMERCADOS, LDA V. N. POIARES TRANSOLIVEIRA-TRANSP. MERCADORIAS, LDA OLIV. HOSPITAL LADO RENOVADO - CONSTRUÇÕES, LDA COIMBRA RCSOFT-SISTEMAS DE INFOR.,UNIPESSOAL,LDA COIMBRA VIUVA BORRALHO & FILHOS, LDA MIRA PAULO AMARAL, UNIPESSOAL, LDA OLIV. HOSPITAL VESAM - ENGENHARIA, S.A. CANTANHEDE MESSIAS (CONSTRUÇÕES), S.A. COIMBRA FARMACIA SÃO JOSÉ, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA DIATON-CENTRO DE TOMOGR. COMPUT., S.A. COIMBRA ASTROPOR-ACT. COM. REPR., LDA V. N. POIARES WALK ON BY, LDA COIMBRA X-ACTION, LDA COIMBRA J.J.HERMÍNIOS, LDA CANTANHEDE NEWREPRI - NOVAS REPRESENTAÇÕES, LDA COIMBRA VALMARQUES-SOC. AGR. PECUÁRIA, LDA MONTEMOR-O-VELHO BIANCHI VENDING PORTUGAL COIMBRA MARY SKY - TABACARIA, LDA COIMBRA BENJAMIM F.LIMEDE, LDA CANTANHEDE ALMEIDA & ALVES, LDA COIMBRA CIVIFRAN - CONSTRUÇÕES, LDA COIMBRA WOODSER - INDÚSTRIA EM MADEIRA, LDA CANTANHEDE EZEQUIEL PANÃO JORGE, LDA COIMBRA UOC UNIDADE DE OFTALMOLOGIA COIMBRA,S.A. COIMBRA PEL - PARQUE EÓLICO DA LOUSÃ, LDA PENELA KEMI - PINE ROSINS PORTUGAL, S.A. CANTANHEDE QUEIJOS LAGOS-QUEIJOS E DERIVADOS, LDA OLIV. HOSPITAL COIMBRIS-PROD. ALIM., UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE CONSTRUÇÕES CASTANHEIRA & JOAQUIM, LDA ARGANIL BASICARRE, LDA COIMBRA NOVA GAMA GOURMET-IND. ALIMENTAR, S.A. COIMBRA BRICO TAVEIRO-SOC. DISTR. BRICOLAGE, LDA COIMBRA SOMISIS-SOC. MAN. SIST. IND., LDA FIGUEIRA DA FOZ PEREIRA, MONTEIRO & ALMEIDA, LDA OLIV. HOSPITAL UNIÃO DE FACTO, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ CLÍNICAS LEITE, LDA COIMBRA J.R.C.-CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS,S.A. CONDEIXA-A-NOVA BRITOS - ACESSÓRIOS DE FARMÁCIA, LDA COIMBRA CUT CUT, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA MARSERRA ALIMENTAR, LDA OLIV. HOSPITAL ALVAMARISPEIXE - COMÉRCIO DE PEIXE, LDA FIGUEIRA DA FOZ MOISÉS CORREIA DE OLIVEIRA MONTEMOR-O-VELHO LOUSANI COSMÉTICA, LDA LOUSÃ ESTRELA BEIRÃ - GESTÃO DE IMÓVEIS, LDA TÁBUA GERAÇÃO DAS PALAVRAS, LDA MIRANDA DO CORVO GOLDARCOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ PROPOSTA DO DIA, LDA CANTANHEDE COIMPACK - EMBALAGENS, LDA COIMBRA STAND NUNES DOIS, LDA TÁBUA LOPES, RODRIGUES & SOUSA, LDA COIMBRA FLORA LUSITANA, LDA CANTANHEDE HÉLDER DOMINGUES FÉLIX-SOC. UNIP., LDA PENELA TEANDM-TEC., ENG. E MATERIAIS, S.A. COIMBRA FARMÁCIA SAÚDE, LDA FIGUEIRA DA FOZ ENCOSTAZEITE, LDA V. N. POIARES FERTICENTRO-CENTRO ESTUDOS FERT., S.A. COIMBRA BEFERSAN-CONSTRUÇÕES, UNIPESSOAL, LDA MONTEMOR-O-VELHO IS.MAR.DUARTE COELHO CUNHA MART.,UN,LDA ARGANIL LAB. ANÁL. CLÍ. JOSÉ MANUEL CHAU, S.A. PENELA PARQUE EÓLICO DE MALHADAS-GÓIS, S.A. PAMP. DA SERRA FIG INDÚSTRIAS GRÁFICAS, S.A. COIMBRA FÁBRICA DE RADIADORES DO ALVA, LDA ARGANIL COIMBRA APARTHOTEL, S.A. COIMBRA AUTOGARSILVA, LDA MIRANDA DO CORVO J. C. ROSA - CONSTRUÇÕES, LDA COIMBRA PAVICER - PAVIMENTOS CERÂMICOS, LDA TÁBUA COSTUMES & PALADARES DO ATLÂNTICO, S.A. CANTANHEDE M.N.MARTINS-TRANS., UNIPESSOAL, LDA LOUSÃ PASCOAL & VENEZA, LDA FIGUEIRA DA FOZ JOSÉ ALEXANDRE DAS NEVES FIGUEIREDO,LDA OLIV. HOSPITAL ABRUNHEIRO & MAIA, LDA MONTEMOR-O-VELHO

concelho sede social

capital social 300.000 50.000 100.000 400.000 12.470 200.000 5.000 249.399 100.000 100.000 60.000 10.000 5.000 24.940 142.000 70.000 25.000 80.000 25.000 50.000 500.000 5.000 2.000.000 12.470 25.000 40.000 50.000 100.000 25.000 100.000 85.000 149.639 5.000 100.000 100.000 74.820 50.000 50.000 100.000 181.000 130.000 100.000 100.000 250.300 200.000 25.000 7.482 5.000 5.000 466.238 50.000 100.000 150.000 5.000 302.272 124.699 60.000 40.000 100.000 80.000 345.000 10.000 100.000 89.784 218.000 1.250.000 100.000 10.000 50.010 75.000 10.000 434.997 60.000 550.000 175.000 176.400 284.375 50.000 500.000 55.010 125.000 35.000 125.000 45.000

vol.de negócios 3.256.883 3.250.989 3.236.357 3.230.608 3.229.675 3.199.386 3.191.933 3.184.974 3.173.656 3.169.324 3.136.636 3.113.077 3.109.632 3.097.046 3.071.323 3.067.127 3.040.374 3.037.959 3.017.805 3.007.403 2.990.658 2.983.413 2.980.937 2.979.081 2.943.375 2.936.040 2.935.319 2.934.175 2.921.455 2.885.347 2.884.088 2.877.881 2.860.905 2.857.354 2.855.276 2.850.086 2.846.089 2.845.899 2.842.653 2.838.312 2.836.563 2.835.827 2.832.646 2.821.092 2.811.234 2.803.219 2.797.839 2.793.552 2.771.623 2.765.428 2.759.765 2.748.854 2.747.347 2.737.663 2.736.064 2.735.945 2.733.767 2.726.913 2.721.419 2.714.817 2.708.706 2.706.496 2.703.460 2.694.384 2.660.750 2.654.233 2.648.022 2.644.240 2.641.407 2.632.363 2.628.084 2.619.115 2.615.941 2.601.512 2.599.799 2.583.136 2.576.830 2.572.500 2.569.144 2.566.843 2.566.365 2.555.263 2.551.912 2.548.104

var. vn 2017/2018 12,90 -1,20 -3,67 8,74 - 19,74 -5,05 - 7,03 63,21 46,38 18,22 -4,84 10,41 1,24 27,65 13,17 7,00 12,10 2,32 251,84 -3,08 -2,96 -1,83 6,74 10,90 10,65 9,37 106,62 16,96 10,35 17,45 55,35 48,34 7,24 35,53 4,38 0,74 179,61 -5,67 11,97 17,22 2,93 -1,54 4,77 15,29 1,82 43,44 6,79 60,95 6,72 29,90 10,34 14,49 7,47 3,35 -73,53 4,56 -2,00 -4,98 13,63 -4,43 -3,81 20,54 3,44 18,78 0,95 -23,25 30,42 45,65 4,33 8,73 0,43 -11,28 114,06 4,42 -7,77 112,47 0,14 2,70 21,02 0,41 -6,61 80,43


res. líquido 54.932 4.629 93.617 149.031 2.438 160.189 5.765 21.335 206.144 56.015 119.216 147.579 170.453 22.945 32.758 5.734 403.791 -5.664 15.195 205.800 -11.967 196.563 42.800 296.346 139.002 34.982 49.218 60.715 53.009 216.180 12.141 91.922 303.341 25.676 276.660 87.449 360.679 1.265.799 -267.319 79.818 32.841 526.370 157.646 187.762 47.287 179.730 -1.855 113.134 414.849 145.938 49.400 356.167 68.650 -18.892 61.695 303.136 572.950 39.342 1.233.447 49.444 7.222 81.402 64.170 141.773 -33.178 540.568 115.608 2.343 208.428 -155.218 145.064 301.658 1.060.838 4.854 7.897 354.680 133.381 339.590 78.174 12.943 161.969 222.661 43.280 -58.915

VAB 496.278 73.464 531.089 1.146.379 277.118 1.014.659 322.976 643.324 369.448 1.174.558 798.014 222.934 445.016 511.019 841.343 470.722 1.616.783 84.631 515.174 875.784 119.374 736.792 1.057.847 688.526 692.349 541.843 215.786 124.304 571.909 534.956 169.709 410.932 1.127.070 722.083 923.737 397.459 1.122.142 2.360.607 270.908 729.911 152.190 1.085.824 830.729 1.191.861 444.307 1.080.548 93.386 656.654 1.318.162 1.064.781 417.177 818.273 498.393 243.437 1.614.612 857.746 1.083.056 138.432 881.659 322.755 608.842 136.787 693.115 875.997 677.098 1.724.964 709.565 125.684 1.352.915 296.298 630.435 1.262.883 2.069.202 174.350 379.038 1.296.329 352.816 442.297 700.154 505.417 607.196 749.528 191.045 235.016

rentabil. (%) 1,69 0,14 2,89 4,61 0,08 5,01 0,18 0,67 6,50 1,77 3,80 4,74 5,48 0,74 1,07 0,19 13,28 -0,19 0,50 6,84 -0,40 6,59 1,44 9,95 4,72 1,19 1,68 2,07 1,81 7,49 0,42 3,19 10,60 0,90 9,69 3,07 12,67 44,48 -9,40 2,81 1,16 18,56 5,57 6,66 1,68 6,41 -0,07 4,05 14,97 5,28 1,79 12,96 2,50 -0,69 2,25 11,08 20,96 1,44 45,32 1,82 0,27 3,01 2,37 5,26 -1,25 20,37 4,37 0,09 7,89 -5,90 5,52 11,52 40,55 0,19 0,30 13,73 5,18 13,20 3,04 0,50 6,31 8,71 1,70 -2,31

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 1,76 0,35 3,72 5,49 0,40 4,23 1,12 1,16 11,14 3,38 3,37 24,51 12,89 1,93 0,94 0,43 16,69 -3,58 1,08 4,56 -0,15 8,28 0,59 6,80 2,78 2,34 8,97 8,23 1,86 8,17 4,18 4,01 24,49 0,90 14,08 2,65 5,70 24,63 -3,66 3,63 1,97 18,53 8,63 9,23 3,45 13,13 -0,33 6,58 9,82 2,65 2,42 19,84 4,65 -5,01 3,97 11,12 10,03 4,99 54,75 6,12 0,24 5,69 2,09 7,26 -1,27 9,27 3,62 0,32 16,54 -36,67 5,19 7,72 36,07 0,13 0,26 12,73 6,72 17,02 1,72 0,86 10,88 12,35 3,14 -7,28

rent. cap. próp.(%) 3,77 0,45 5,50 13,88 1,31 5,30 7,47 2,22 31,49 19,95 10,94 35,31 21,45 11,53 2,08 2,07 24,41 -7,86 2,18 8,05 -0,25 10,58 1,57 11,04 6,95 7,55 14,90 25,41 8,43 30,15 8,88 6,03 44,05 4,23 21,45 4,86 22,97 75,94 -20,60 5,59 7,35 24,19 23,28 20,66 13,93 18,21 -0,39 18,58 27,54 5,91 2,86 33,04 9,11 -17,69 9,90 16,92 33,04 17,41 80,89 10,27 0,60 17,91 2,97 13,99 -1,92 15,43 10,65 1,25 29,98 236,14 7,50 8,80 92,46 0,21 0,62 17,10 27,51 38,51 1,88 4,45 27,68 42,07 13,23 -29.800,24

solvabil.(%) 87,55 356,34 208,57 65,38 43,47 397,34 17,69 109,52 54,71 20,38 44,51 226,84 150,68 20,09 82,53 26,26 216,19 83,69 98,57 130,32 156,12 358,86 59,28 160,53 66,47 44,75 151,47 47,91 28,30 37,17 88,90 198,83 125,18 26,97 190,97 120,04 33,01 48,01 21,58 185,91 36,61 327,27 58,85 80,73 32,96 258,80 544,62 54,82 55,42 81,07 541,58 150,31 104,06 39,48 67,01 191,79 43,60 40,18 209,46 147,19 66,94 46,56 237,17 107,90 197,10 150,41 51,36 34,24 123,13 -13,44 224,16 717,57 63,96 168,48 71,84 291,25 32,33 79,19 1.052,19 23,80 64,80 41,53 31,18 0,02

exportação total 49.624 115.184 92.622 48.252 85.392 0 0 1.726.614 0 0 0 0 0 0 1.845.540 0 685.042 0 0 2.258.562 0 0 0 12.138 0 45.255 0 1.563.635 0 28.213 0 0 0 0 0 0 0 0 2.235.983 0 0 147.846 0 27.983 0 0 0 0 0 0 0 1.249.737 0 243.904 0 59.210 0 0 0 0 634.281 0 0 176.875 0 1.120.915 0 144.728 0 0 0 0 0 0 1.868.285 0 738 0 459.148 1.679.348 482.650 0 0 0

73 empregados 21 7 15 35 8 22 24 14 4 61 13 0 6 29 30 20 34 8 18 18 4 17 23 12 18 23 7 6 53 7 11 13 26 19 22 13 16 0 7 34 13 23 44 72 22 34 8 14 17 33 12 21 22 14 68 21 1 7 54 13 37 4 33 25 13 20 18 1 24 20 16 47 0 1 19 47 16 3 24 30 14 24 4 22

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

74 RANKING

novembro 2019 | Diário As Beiras

ranking

nome

418 419 420 421 422 423 424 425 426 427 428 429 430 431 432 433 434 435 436 437 438 439 440 441 442 443 444 445 446 447 448 449 450 451 452 453 454 455 456 457 458 459 460 461 462 463 464 465 466 467 468 469 470 471 472 473 474 475 476 477 478 479 480 481 482 483 484 485 486 487 488 489 490 491 492 493 494 495 496 497 498 499 500 501 502

VASCO FIGUEIREDO, LDA SOURE FERNANDO AZENHA & FILHO, LDA FIGUEIRA DA FOZ STOLT SEA FARM (POR)-PISCICULTURA, S.A. CANTANHEDE ERA UNIVERSITÁRIA-MED. IMOBILIÁRIA, LDA COIMBRA METALCENTRO-CONST. METAL., LDA CANTANHEDE REBELO & OLIVEIRA-CO. TUBOS HIDR., LDA COIMBRA CIPROS-COM. IND. PROD. SEGURANÇA, LDA FIGUEIRA DA FOZ SISFOZ, LDA MONTEMOR-O-VELHO RECURSUPER, LDA MIRANDA DO CORVO ABRANTES, ALMEIDA & SIMÕES, LDA PENACOVA GIL & PEDROSA, LDA FIGUEIRA DA FOZ ISA-INTELLIGENT SENSING ANYWHERE, S.A. COIMBRA IHT, LDA SOURE HOTÉIS DONA INÊS, LDA COIMBRA VIVISOL PORT.-CUID. DOM., UNIP., LDA CONDEIXA-A-NOVA SOLPRAIA - CONFECÇÕES, S.A. ARGANIL ARMANDO PINHO & FILHOS, LDA CANTANHEDE EUROMADEIRA-EMPR. MADEIRAS INDUST., LDA ARGANIL FRUTAS DO MONDEGO, LDA COIMBRA ELIZABETE ALVES LOPES BAPTISTA,UNIP.,LDA COIMBRA MARIA MURTA - FARMÁCIA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FARDIOTOP, PROD. SERV. FARM., LDA COIMBRA BRICOCANTANHEDE-SOC.DISTR. BRICOLAGE,LDA CANTANHEDE P3P J. PAULO PEREIRA-ARQU.ASSOCIADOS,LDA COIMBRA LITOGRAFIA COIMBRA, S.A. COIMBRA PITA, LOPES & COUTINHO, LDA COIMBRA FACHAIMPER, LDA FIGUEIRA DA FOZ MEDICINEONE, LIFE SCIENCES COMPUTING,S.A. COIMBRA MÉTRICA EXEMPLAR, LDA FIGUEIRA DA FOZ BINÓMIO - PRODUTOS ALIMENTARES, LDA COIMBRA FARMÁCIA GONÇALVES OLIV. HOSPITAL SODIAVINTES - SUPERMERCADOS, LDA OLIV. HOSPITAL VENTILÁQUA, S.A. COIMBRA MACOATLANTICO, LDA LOUSÃ JOALPLAS - INDUSTRIA DE PLASTICOS, LDA MIRANDA DO CORVO PLACOLAS-COMÉRCIO DE PLADUR E GESSO, LDA PENACOVA DOMINGO NO MUNDO-SOC. ENTR., LDA COIMBRA ABEL LOURENÇO FREIRE-COM. MADEIRAS, LDA PENELA TRANSPORTES BARRACA, LDA CANTANHEDE TIBÉRIO CABRAL, HERDEIROS, LDA OLIV. HOSPITAL PARQUE EÓLICO DE VALE GRANDE, S.A. ARGANIL ÁLVARO MATOS BANDEIRA & FILHOS, LDA GÓIS SATELNET, LDA COIMBRA FINDSTER TECHNOLOGIES, S.A. COIMBRA RECAMBICER-COM.REPRES.IND.CER.,UNIP.,LDA COIMBRA FEB - CAFÉS, S.A. COIMBRA CORTITRANS-SOC.MADEIRAS E TRANSP., LDA PENACOVA CRISOTUBOS-COM. TUBOS E ACESSÓRIOS, LDA CANTANHEDE PONIX, S.A. LOUSÃ CONVERDE, S.A. CANTANHEDE TRANSPORTES JOSÉ FERREIRA & ACURCIO, LDA FIGUEIRA DA FOZ CAVALEIRO & ABREU, LDA COIMBRA WFSW, UNIPESSOAL LDA COIMBRA MIRANBEBIDAS, COMÉRCIO DE BEBIDAS, LDA LOUSÃ QUIMIJUNO - PRODUTOS QUÍMICOS, LDA CONDEIXA-A-NOVA EUROCONDEIXA-TRANS. CONDEIXA, LDA CONDEIXA-A-NOVA SOTINAR LISBOA-REPRES. TINTAS, LDA COIMBRA SISTMAVA-SISTEMAS DE ELECTR. CLI., LDA COIMBRA RODOMONDEGO-TRANS. MERCADORIAS, LDA MONTEMOR-O-VELHO RUI DOS LEITÕES-ACT. HOTELEIRAS, LDA COIMBRA MARIANO RAMOS - MADEIRAS, LDA LOUSÃ CCEL - CASA DAS CARNES DO ERVEDAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ DIÁRIO DE COIMBRA, LDA COIMBRA AUTO-MECÂNICA TABUENSE, LDA TÁBUA VALTER FERREIRA ARCANJO, LDA COIMBRA S.V.P.AUTO SOC. DE VENDA DE PEÇAS, LDA COIMBRA GYPTEC ENERGIA, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ PRORRESINA - PRODUTOS RESINOSOS, LDA GÓIS DIMEXA-DISTR., IMP. EXPORTAÇÃO, LDA COIMBRA POLYMARK PORTUGAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ ONDACOIMBRA-COM. REP.VEÍ. MOT., LDA COIMBRA MOURA & SANTOS, LDA CONDEIXA-A-NOVA MANUEL DA SILVA & FILHO OLIV. HOSPITAL OFTALTEC-INSTR. CIRÚR. QUALIDADE, LDA COIMBRA ESTRELA ARTESANAL, QUEIJARIA, LDA OLIV. HOSPITAL CH BUSINESS CONSULTING, S.A. COIMBRA FIO BLUE-SOC. CONST., UNIPESSOAL, LDA COIMBRA GRATUITEMA, S.A. MONTEMOR-O-VELHO EUROFOODS PORTUGAL-EXP., IMPORTAÇÃO, LDA FIGUEIRA DA FOZ IDEAL DRINKS-SERVIÇOS E DISTRIB., LDA COIMBRA CNP - COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES, LDA CANTANHEDE FARMÁCIA ISABEL FOLHAS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA ENVIMAN-MANUT. SISTEMAS AMBIENTAIS, LDA COIMBRA IRMÃOS LOPES & CARDOSO, LDA OLIV. HOSPITAL M.F. METALÚRGICA FIGUEIRENSE, LDA FIGUEIRA DA FOZ

concelho sede social

capital social 60.000 50.000 800.000 35.100 100.000 284.702 5.000 150.010 5.000 997.596 125.000 99.881 600.000 5.000.000 100.000 241.000 50.000 125.000 50.000 5.500 542.000 100.000 105.000 377.000 500.000 75.000 110.000 143.400 50.000 50.000 50.085 20.000 455.500 25.000 100.000 150.000 5.000 5.000 125.000 36.911 50.000 5.986 6.000 92.127 126.000 305.355 145.000 404.940 60.000 22.479.813 250.000 65.000 64.973 100.000 300.000 200.000 125.000 5.000 250.000 50.000 125.000 550.000 24.940 5.000 100.000 598.557 5.000 5.000 850.000 101.000 100.000 5.000 250.000 35.000 399.038 1.000.000 5.000 300.000 150.000 150.000 25.000 5.000 5.000 220.500 37.410

vol.de negócios 2.537.878 2.531.526 2.528.984 2.507.782 2.497.899 2.497.201 2.487.030 2.486.661 2.484.462 2.481.400 2.476.533 2.473.651 2.471.751 2.455.049 2.449.774 2.435.238 2.433.553 2.433.224 2.419.445 2.412.030 2.393.946 2.392.980 2.388.226 2.372.715 2.354.434 2.353.372 2.349.536 2.347.156 2.342.840 2.340.706 2.339.984 2.334.571 2.326.397 2.323.674 2.312.941 2.310.529 2.298.814 2.297.099 2.293.777 2.289.850 2.287.587 2.287.409 2.285.043 2.282.629 2.280.160 2.278.400 2.275.708 2.273.077 2.270.127 2.269.923 2.268.815 2.253.263 2.247.603 2.222.417 2.207.169 2.205.611 2.197.137 2.189.363 2.188.847 2.183.470 2.177.570 2.174.647 2.154.412 2.153.228 2.151.401 2.151.281 2.134.137 2.133.242 2.121.021 2.118.342 2.116.337 2.109.992 2.106.071 2.101.485 2.101.258 2.090.808 2.083.314 2.078.032 2.078.023 2.074.537 2.068.551 2.056.311 2.054.890 2.054.386 2.054.086

var. vn 2017/2018 6,88 7,79 32,00 20,32 25,39 21,18 7,23 17,06 -13,01 25,59 11,30 23,40 41,30 6,22 79,63 -9,00 -1,11 7,72 4,47 2,55 2,83 8,26 27,72 63,71 -2,24 101,49 7,31 -10,91 41,65 6,75 5,68 156,43 4,95 75,65 0,05 32,94 29,72 -11,03 12,69 8,60 4,72 31,57 -5,36 845,03 25,68 25,77 8,86 22,23 45,51 -2,47 23,69 15,60 69,76 2,06 0,68 15,01 6,66 10,01 18,24 6,38 42,70 10,81 -0,61 8,96 -2,99 -2,99 0,96 28,59 1,71 27,99 15,08 1,15 -29,77 5,06 15,47 3,31 -24,54 10,51 10,36 29,92 1,42 -0,13 53,52 33,20 -4,24


res. líquido 20.506 76.846 554.636 587.232 2.187 25.957 315.843 186.448 7.822 6.458 3.368 -383.290 47.701 390.430 344.689 -179.915 30.034 58.647 145.617 170.714 54.117 186.920 11.524 399.912 35.993 167.685 21.097 -300.214 35.526 46.441 245.774 52.356 289.031 182.324 211.768 121.152 110.195 7.068 29.213 13.411 -62.347 83.622 1.754 -424.563 172.048 -157.046 341.343 52.699 3.739.682 -3.995.957 114.174 1.231 182.963 4.613 117.954 131.178 104.088 262.446 17.696 374.082 42.142 204.331 -13.285 -22.016 233.733 89.439 352.009 75.151 127.065 87.203 21.458 65.102 30.903 291.486 50.846 25.817 392.353 31.621 809 -187.453 14.611 101.338 60.317 151.917 21.135

VAB 229.518 198.159 954.748 1.060.743 1.675.979 820.283 1.023.852 832.553 240.029 314.098 929.268 1.165.120 641.385 1.585.855 1.513.284 1.092.780 171.597 545.522 371.154 646.181 621.963 326.553 356.927 554.783 1.080.374 572.870 705.748 1.529.903 1.536.303 359.138 505.377 753.809 927.643 357.096 564.296 340.569 276.585 356.295 655.527 62.995 1.818.263 406.016 487.062 128.262 597.551 473.454 469.393 338.645 2.218.839 53.426 1.166.224 393.545 1.910.139 376.864 356.709 879.270 552.840 974.352 888.829 973.394 648.968 693.982 82.578 77.611 919.415 782.155 449.220 291.066 293.039 557.501 163.386 899.224 572.471 787.610 412.505 1.006.098 773.766 912.324 128.428 213.520 88.050 456.468 643.313 1.051.395 1.249.108

rentabil. (%) 0,81 3,04 21,93 23,42 0,09 1,04 12,70 7,50 0,31 0,26 0,14 -15,49 1,93 15,90 14,07 -7,39 1,23 2,41 6,02 7,08 2,26 7,81 0,48 16,85 1,53 7,13 0,90 -12,79 1,52 1,98 10,50 2,24 12,42 7,85 9,16 5,24 4,79 0,31 1,27 0,59 -2,73 3,66 0,08 -18,60 7,55 -6,89 15,00 2,32 164,73 -176,04 5,03 0,05 8,14 0,21 5,34 5,95 4,74 11,99 0,81 17,13 1,94 9,40 -0,62 -1,02 10,86 4,16 16,49 3,52 5,99 4,12 1,01 3,09 1,47 13,87 2,42 1,23 18,83 1,52 0,04 -9,04 0,71 4,93 2,94 7,39 1,03

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 2,23 4,64 14,89 18,53 0,13 0,79 11,91 4,78 1,03 0,27 0,18 -11,68 1,79 4,09 18,25 -14,57 1,92 2,38 8,07 7,23 3,10 10,27 1,07 24,24 0,56 10,35 1,58 -11,84 3,52 2,57 17,15 2,29 14,43 20,17 10,13 9,64 14,60 0,51 1,96 3,86 -0,45 3,02 0,15 -22,64 11,01 -5,42 16,54 2,49 22,07 -12,01 4,81 0,10 6,11 0,28 4,99 10,07 10,36 22,47 1,07 19,37 3,59 13,22 -0,69 -9,61 7,68 3,83 17,71 8,75 3,95 6,30 2,83 16,99 1,37 13,30 1,85 0,60 23,56 2,05 0,06 -4,23 19,07 5,21 5,20 5,96 1,42

rent. cap. próp.(%) 4,20 7,02 24,54 21,84 0,33 2,00 18,21 8,33 3,34 0,40 1,35 106,19 5,32 5,79 35,98 -201,02 5,88 7,28 14,23 8,81 12,62 29,59 7,52 67,25 1,44 29,29 4,45 111,72 16,41 13,25 19,07 38,96 30,71 52,54 14,07 20,96 40,78 1,92 7,71 13,15 4,03 6,14 0,46 -55,92 45,30 -65,45 23,36 10,20 22,70 -23,54 11,66 0,73 10,91 1,96 8,01 17,08 29,06 58,39 2,56 23,07 7,50 17,26 -2,98 -46,97 9,97 8,08 20,92 27,68 12,86 26,66 11,14 -98,15 8,27 15,32 4,88 0,99 37,41 11,24 0,20 -24,99 66,31 6,11 51,83 8,82 2,07

solvabil.(%) 113,32 195,05 154,30 559,00 63,46 65,53 189,21 134,81 44,56 198,26 15,33 -9,91 50,66 240,91 102,97 7,81 48,39 48,57 130,91 458,70 32,51 53,17 16,52 56,36 63,63 54,64 54,99 -9,58 27,32 24,02 897,00 6,25 88,63 62,31 256,96 85,21 55,74 36,08 34,01 41,55 -10,10 96,44 49,65 68,01 32,10 9,03 242,24 32,31 3.481,69 104,16 70,10 16,67 127,55 16,89 165,10 143,66 55,42 62,56 72,11 524,67 91,82 326,69 29,85 25,71 334,38 90,32 551,48 46,19 44,38 30,95 34,08 -14,75 19,88 657,28 60,74 155,72 170,20 22,37 43,49 20,36 40,37 577,62 11,16 207,70 216,28

exportação total 0 3.580 2.528.750 0 0 199.601 50.102 0 0 217.276 1.750.840 1.700.188 1.042.181 881.381 2.651 2.429.283 10.250 1.346.233 0 0 0 0 0 0 56.231 - 0 44.295 1.863.747 24.811 0 0 822.110 2.203.752 2.241 420 0 0 933.346 0 0 23.517 583 1.924.073 0 206.102 0 140.205 0 2.269.923 1.660.321 0 2.247.603 0 377.884 333.470 50.399 0 0 0 765.314 275.699 2.039 0 936.289 28.901 0 658.763 476.490 1.591.705 0 0 0 4.952 147 193.590 0 0 1.929.258 312.652 0 0 0 0 0

75 empregados 9 7 15 9 90 28 18 25 20 14 37 26 17 35 33 96 6 32 9 12 14 0 17 1 40 8 34 46 49 9 13 45 20 9 21 11 4 17 28 6 0 6 19 16 10 15 10 12 4 13 21 24 24 14 8 34 10 29 26 23 20 19 7 9 36 35 0 9 11 16 7 67 30 9 21 20 9 33 3 8 6 11 42 49 56

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

76RANKING

novembro 2019 | Diário As Beiras

ranking

nome

503 504 505 506 507 508 509 510 511 512 513 514 515 516 517 518 519 520 521 522 523 524 525 526 527 528 529 530 531 532 533 534 535 536 537 538 539 540 541 542 543 544 545 546 547 548 549 550 551 552 553 554 555 556 557 558 559 560 561 562 563 564 565 566 567 568 569 570 571 572 573 574 575 576 577 578 579 580 581 582 583 584 585 586 587 588

MINICASH-CO. PROD. ALI., LDA PAMP. SERRA CONSTR. SANT.-CONST. CIV.OBRAS PÚB.,LDA OLIV. HOSPITAL TRIFIDA-COM. MATERIAL INFORMÁTICO, LDA COIMBRA SANFIL MEDICINA, S.A. COIMBRA FÁBRICA DE PAST. CONF. S.SILVESTRE, LDA LOUSÃ SABIR HOTÉIS, LDA FIGUEIRA DA FOZ EUROPRICE-COM. REPR., SOC. UNIP., LDA MONTEMOR-O-VELHO CLÍ. MÉDICO DENT.-FRANCISCO DELILLE, LDA COIMBRA MONTESI, MONT.ELETR.SER.IND.,UNIP.,LDA FIGUEIRA DA FOZ IRMÃOS NORINHO, LDA FIGUEIRA DA FOZ SER. PALETES DE MADEIRAS HENRIQUES, LDA OLIV. HOSPITAL SOLUMBURGUER - REFEIÇÕES RÁPIDAS, LDA COIMBRA LOJAS GÓIS-COM.OURO,PRATAS RELÓGIOS,LDA COIMBRA A.M.CACHO & BRÁS, LDA CONDEIXA-A-NOVA PAULA INÊS MOREIRA DINIS, LDA ARGANIL NRG-SISTEMAS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS,LDA COIMBRA COSTA & FIGUEIREDO, LDA FIGUEIRA DA FOZ VM, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA LOUZANPEL-TRANSFOR. PAPEL DA LOUSÃ, LDA LOUSÃ ANTONINO DIAS FERNANDES, LDA ARGANIL LUSARUBI-MÁQ. APLI.MAT. CER.,UNIP.,LDA COIMBRA TRANSPORTES SIMÕES & RODRIGUES, LDA PENACOVA COMOCEL-CONSTR. MODERNA DO CENTRO,LDA COIMBRA STREAK - ENGENHARIA EM AUTOMAÇÃO, LDA FIGUEIRA DA FOZ NEUROMEMÓRIA - SERVIÇOS MÉDICOS, LDA COIMBRA LABORATÓRIO AEMINIUM, LDA COIMBRA FERREIRA DE SOUSA-CONS.CIV.OBR.PÚB.,LDA COIMBRA SOTINAR-SOC. REPR. DE TINTAS, LDA COIMBRA MÁRIO CUNHA & CUNHA, LDA LOUSÃ OPENLIMITS - BUSINESS SOLUTIONS, LDA COIMBRA MÓVEIS TRALHÃO, LDA SOURE AMMA 1981-TÊXTIL, S.A. ARGANIL PRISNOV-IND. QUAD. ELÉC. AUT., LDA COIMBRA PNEUS DO OCEANO-COM. PNEUS E ACES., LDA COIMBRA CLARA FORTUNATO-SOC. UNIP., LDA V. N. POIARES ANTÓNIO CARVALHO & LIMA, LDA V. N. POIARES J.CARDOSO & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ LUMINESCÊNCIAS, S.A. CANTANHEDE VIRTUAL POWER SOLUTIONS, S.A. COIMBRA GLOBOVAC, LDA COIMBRA FRIOPASTEL-COM.IND.PROD.ALI.CONG.,LDA TÁBUA QUINTA DA VARZEA, TURISMO, LDA COIMBRA PORTINSURANCE-CONSULTORES SEGUROS, LDA CANTANHEDE SABORES DO MONDEGO - RESTAURAÇÃO, LDA COIMBRA MANUEL PEDROSA OLIVEIRA & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ SALSICHARIA SOARES & DAMIÃO, LDA ARGANIL EXPOFLOR CORP - SUCURSAL EM PORTUGAL ARGANIL QUEIJARIA DA LICÍNIA, LDA SOURE CONDUCTOR MANUTENÇÃO E SERVIÇOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ CRUZ & CRUZ, LDA SOURE ARSÉNIO M.R.FERREIRA, UNIPESSOAL, LDA PENACOVA HÁBITOS & MÉTODOS, LDA COIMBRA FERNANDO DE OLIVEIRA INOCÊNCIO,UNIP.,LDA MIRA VIVESPORT, LDA MIRA SIMPLESMENTE MAR, LDA FIGUEIRA DA FOZ VENDA VALL - COMÉRCIO, LDA PAMP. SERRA JOSÉ ANTÓNIO J.BRITO-ELEC.CLI., LDA OLIV. HOSPITAL H2TEC - SOLUÇÕES AMBIENTAIS, S.A. MONTEMOR-O-VELHO MEDICISINT, LDA COIMBRA PROGCAZEITE, LDA COIMBRA HOTEL OSLO, LDA COIMBRA LAG.AZEITE DO RABAÇAL-JÚLIO & FILHOS,LDA PENELA ARMINDO DE FREITAS CARREGADO, LDA SOURE PENADRINK, LDA COIMBRA MICRO TOOLS-IND., COM. MOLDES, LDA FIGUEIRA DA FOZ SILVA & CARMO, LDA MONTEMOR-O-VELHO MARNOBRE, LDA FIGUEIRA DA FOZ IDEALMED-UNIDADE HOSP. DE COIMBRA, S.A. COIMBRA CASTRO GONÇALVES, UNIPESSOAL, LDA SOURE YDIGITAL MEDIA, S.A. COIMBRA ANTÓNIO CARVALHO, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA IOBOM-DISTR. PRODUTOS ALIMENTARES, LDA COIMBRA SILVA & GRADE, LDA LOUSÃ GIL DOS LEITÕES, LDA SOURE GRAÇA AZENHA & FILHAS MONTEMOR-O-VELHO ACTIVE SPACE TECHNOLOGIES-ACT.AERO.,S.A. COIMBRA ZNWIRE, LDA MIRA CEDAP-CENTRO DIAG.ANÁTOMO-PATOLÓGICO,LDA COIMBRA IMPÉRIO DAS CARNES, LDA OLIV. HOSPITAL CLIMÁBITUS-MAN. CLIMATIZAÇÃO, LDA COIMBRA MONTEPAN-COM. PRODUTOS ALIMENTARES, LDA MONTEMOR-O-VELHO SABER DE EXCELÊNCIA, LDA CANTANHEDE AMARAL E ANDRADE, LDA MONTEMOR-O-VELHO SELT, LDA COIMBRA SILVEIRINHO - MADEIRAS E AUTOMÓVEIS, LDA PENACOVA TECIPA - TRANSFORMAÇÕES PAPELEIRAS, LDA FIGUEIRA DA FOZ

concelho sede social

capital social 5.000 2.500.000 25.000 850.000 50.000 175.000 120.000 35.000 20.000 150.000 100.000 100.000 1.600.000 498.798 250.000 5.000 50.000 5.000 184.901 200.000 250.000 125.000 1.000.000 50.000 5.100 195.141 29.928 150.000 200.000 160.000 1.385.000 50.000 150.000 5.000 5.000 50.000 300.000 50.000 720.000 200.000 125.000 315.000 55.000 5.000 125.000 600.000 10.000 94.775 600.000 250.000 85.000 50.000 30.000 256.000 20.000 115.000 70.000 40.000 140.000 349.159 12.500 2.530.000 45.000 24.940 150.000 20.000 1.200.000 5.000 50.000 5.000 50.000 5.000 50.000 10.000 251.600 5.000 50.000 20.000 50.000 5.000 5.000 30.000 75.000 99.760 49.880

vol.de negócios 2.037.144 2.036.633 2.036.048 2.035.005 2.034.737 2.027.881 2.025.306 2.024.891 2.024.702 2.023.230 2.023.074 2.018.643 2.016.154 2.015.303 2.012.934 2.010.844 2.009.226 2.001.446 2.000.316 1.999.355 1.991.153 1.985.085 1.978.850 1.976.295 1.966.446 1.961.314 1.956.470 1.939.809 1.939.186 1.932.289 1.931.142 1.929.300 1.921.765 1.921.011 1.920.536 1.919.036 1.917.738 1.912.837 1.907.762 1.905.536 1.903.465 1.902.393 1.901.327 1.897.856 1.894.317 1.890.102 1.889.194 1.887.364 1.884.763 1.883.223 1.883.179 1.872.573 1.864.528 1.863.101 1.852.307 1.847.705 1.847.410 1.838.170 1.831.585 1.830.549 1.828.502 1.823.165 1.821.692 1.818.334 1.810.372 1.809.162 1.806.800 1.805.987 1.802.017 1.798.041 1.795.514 1.794.259 1.791.016 1.787.031 1.783.587 1.783.401 1.774.842 1.774.464 1.773.768 1.771.387 1.768.568 1.760.722 1.756.782 1.754.290 1.748.881 1.748.516

var. vn 2017/2018 -4,48 24,61 19,39 1.048,98 -5,24 -3,72 1,77 5,72 30,96 -0,05 1,33 -1,84 -6,47 -21,92 6,19 20,47 0,32 8,55 2,75 -10,55 23,21 -0,99 -53,53 44,63 14,31 - -21,69 -5,77 270,89 -9,70 40,93 125,96 10,22 30,07 1,58 -16,28 1,88 137,35 41,91 8,09 12,00 6,29 3,33 19,16 13,95 14,40 29,84 13,04 -7,48 6,50 171,63 -12,82 12,56 70,10 14,22 59,59 -14,53 83,36 18,49 28,09 4,55 30,31 -11,03 28,32 23,85 - -2,36 -1,35 26,21 -31,37 -11,76 6,57 -2,77 -4,74 3,70 -4,17 -26,99 12,77 79,40 -4,36 21,39 11,75 6,52 0,81 5,33 12,88


res. líquido 65.779 121.457 35.682 13.889 -173.938 2.597.839 390.632 7.715 62.183 12.407 301.999 4.337 59.409 101.314 38.013 110.927 -18.749 -23.956 135.141 23.098 215.658 6.972 167.546 223.581 817.956 9.854 78.595 52.938 7.213 89.040 10.700 172.988 66.014 64.926 190.248 -13.309 31.384 155.581 89.449 160.193 145.017 224.479 56.750 66.443 18.476 45.315 66.784 63.716 38.498 101.268 29.995 -79.444 65.717 81.778 90.571 1.968 17.391 8.181 86.767 6.955 833.389 12.600 32.966 31.716 -223.561 105.637 53.893 -129.505 24.027 -16.183 27.866 52.311 58.777 13.043 47.886 -817.576 36.948 227.489 -71.310 51.611 1.332 178.508 36.002 3.614 25.252 443.117

VAB 133.186 715.413 122.308 985.768 974.031 151.683 664.765 887.204 1.296.573 319.355 883.493 605.433 567.042 515.837 483.914 448.088 341.559 28.396 544.739 942.600 497.743 682.388 300.356 769.255 1.735.609 908.896 842.193 446.607 590.922 1.042.991 585.048 1.895.246 430.471 283.019 542.531 44.193 295.545 507.379 1.201.668 581.929 696.163 897.946 705.983 787.177 368.681 551.050 365.786 480.494 794.394 1.126.360 194.886 80.435 133.431 175.811 1.524.049 294.434 560.962 515.697 1.016.583 116.090 1.325.564 175.408 837.118 227.775 553.641 550.164 215.279 1.752.939 406.043 755.537 316.598 234.192 440.955 130.879 351.242 1.288.076 204.401 793.989 203.206 757.136 248.113 793.214 445.211 769.656 116.443 681.230

rentabil. (%) 3,23 5,96 1,75 0,68 -8,55 128,11 19,29 0,38 3,07 0,61 14,93 0,21 2,95 5,03 1,89 5,52 -0,93 -1,20 6,76 1,16 10,83 0,35 8,47 11,31 41,60 0,50 4,02 2,73 0,37 4,61 0,55 8,97 3,44 3,38 9,91 -0,69 1,64 8,13 4,69 8,41 7,62 11,80 2,98 3,50 0,98 2,40 3,54 3,38 2,04 5,38 1,59 -4,24 3,52 4,39 4,89 0,11 0,94 0,45 4,74 0,38 45,58 0,69 1,81 1,74 -12,35 5,84 2,98 -7,17 1,33 -0,90 1,55 2,92 3,28 0,73 2,68 -45,84 2,08 12,82 -4,02 2,91 0,08 10,14 2,05 0,21 1,44 25,34

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 14,61 4,10 3,68 0,34 -10,35 24,73 11,18 0,40 9,95 2,00 14,67 0,46 1,93 4,52 2,99 7,46 -2,23 -4,00 4,22 0,85 31,12 0,57 3,49 14,40 24,99 0,44 3,52 5,06 0,15 4,19 0,42 12,55 2,87 3,14 8,77 -1,11 2,20 19,87 1,85 8,92 7,82 16,52 2,12 9,25 1,17 1,72 9,86 8,10 3,54 4,61 1,45 -24,61 13,34 23,73 4,53 0,13 0,66 0,96 5,05 0,64 22,66 1,86 0,47 2,93 -8,46 8,05 8,83 -0,45 1,61 -0,62 2,66 7,39 3,36 1,24 9,29 -12,04 3,39 9,08 -8,38 4,23 0,15 36,89 1,97 0,29 2,48 17,74

rent. cap. próp.(%) 15,61 5,50 15,61 1,62 -47,59 58,23 12,68 1,83 63,23 3,43 18,59 0,78 7,96 6,00 5,70 25,03 -14,25 -20,92 9,30 2,21 50,73 2,68 5,05 20,25 27,18 1,50 7,38 14,62 0,20 8,74 0,70 89,21 6,86 4,72 9,69 -1,71 4,00 70,09 8,65 12,04 10,61 25,11 3,36 59,51 2,30 -13,73 20,53 25,00 26,20 7,70 2,59 264,53 26,03 44,12 15,38 0,65 20,43 3,80 11,32 3,68 26,22 3,51 0,92 31,01 -336,62 15,69 15,35 -4,05 4,41 -1,40 12,11 16,64 3,68 4,72 19,33 -95,93 7,81 13,40 25,46 8,77 1,91 72,06 10,99 0,56 3,67 19,38

solvabil.(%) 1.450,52 294,22 30,82 27,05 27,80 73,80 745,91 28,01 18,68 140,36 374,25 144,74 32,09 305,62 110,45 42,42 18,59 23,61 83,22 62,21 158,78 26,84 223,04 246,00 1.138,86 41,67 91,45 52,84 271,05 92,21 147,50 16,38 71,70 197,86 956,58 185,90 122,24 39,58 27,27 285,96 280,84 192,34 171,98 18,40 104,09 -11,12 92,45 47,92 15,61 149,16 127,35 -8,51 105,05 116,36 41,79 26,20 3,35 33,76 80,68 20,88 635,32 112,93 105,50 10,42 2,58 105,37 135,37 12,40 57,53 78,78 28,21 79,88 1.074,49 35,39 92,60 14,34 76,74 210,46 -24,76 92,99 8,66 104,88 21,86 107,43 209,29 1.084,48

exportação total 0 0 4.428 0 0 0 27.525 1.546 0 53.703 0 0 0 0 0 0 3.866 0 278.328 292.243 4.381 1.494.562 0 834.835 0 0 0 0 481.633 528.728 169.937 0 0 6.951 0 0 0 0 200.339 985.080 953.677 0 0 0 44.663 97.322 0 970 0 1.472.500 619.885 0 0 1.499.373 3.000 0 0 0 0 0 0 108.386 388.439 65.016 0 0 0 0 0 1.376.889 0 0 0 0 0 1.543.795 1.375.250 0 29.720 456 0 0 0 1.071.044 111 137.747

77 empregados 10 32 4 24 83 32 11 36 62 8 35 40 23 25 15 16 18 4 23 46 5 20 8 24 4 33 30 12 23 36 19 154 13 14 11 6 13 12 39 14 23 32 28 58 14 21 16 32 44 32 6 11 3 4 45 24 29 28 36 7 20 8 46 12 36 17 7 0 13 14 11 9 10 4 18 57 3 16 19 27 12 33 11 47 8 9

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

78RANKING

novembro 2019 | Diário As Beiras

ranking

nome

589 590 591 592 593 594 595 596 597 598 599 600 601 602 603 604 605 606 607 608 609 610 611 612 613 614 615 616 617 618 619 620 621 622 623 624 625 626 627 628 629 630 631 632 633 634 635 636 637 638 639 640 641 642 643 644 645 646 647 648 649 650 651 652 653 654 655 656 657 658 659 660 661 662 663 664 665 666 667 668 669 670 671 672 673 674

L.R.P. - BRITAS DO CENTRO, S.A. SOURE LITOCAR ARAL - COMÉRCIO AUTOMÓVEL, S.A. COIMBRA FIGUEIRA DOMUS FIGUEIRA DA FOZ MODAINTERACTIVA, LDA COIMBRA CONFORLUX-COM. ELECT. COMB., LDA PAMP. SERRA MRG - ENGINEERING & SOLUTIONS, S.A. COIMBRA ENGIPOLIS-ENG.CONSTRUÇÃO,UNIPESSOAL,LDA MIRANDA DO CORVO VIVEIROS PLANSEL-PLANTAS SEL., LDA MONTEMOR-O-VELHO PHAGECON-SERVIÇOS E CONS. FARMA., LDA COIMBRA GARAGEM ESTRELA DE CANTANHEDE CANTANHEDE PRESENT TECHNOLOGIES,SER. INF., LDA COIMBRA TRIUNFOREVELAÇÃO-SUPERMERCADOS, LDA CANTANHEDE FRUTAS BRITO’S, LDA OLIV. HOSPITAL SILVINO COSTA & COSTA, LDA PENELA SANTIGADO, LDA CANTANHEDE SOPLACAS, S.A. CANTANHEDE EXUMAS CONSULTING GROUP, LDA MIRA MACODAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ WHITEONE - MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA, LDA COIMBRA VOLTENERGY - ENGENHARIA E SERVIÇOS, LDA COIMBRA NSOL-SOL. GLOBAIS MERCADO, UNIP., LDA COIMBRA 111 SPORT - COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS,LDA COIMBRA FARMÁCIA CRUZ, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE AGRO PLURAL, LDA CANTANHEDE ALAVANCA MÁGICA, LDA COIMBRA PREDICENTRO - PREDIAL DO CENTRO, LDA COIMBRA NINHO DA CARRIÇA - AVICULTURA, LDA FIGUEIRA DA FOZ PENELATERRAPLANAGENS-DES. E TER., LDA PENELA RRMP, LDA CANTANHEDE TOREXTRANS-TRANS. INTERNACIONAIS, LDA ARGANIL LUÍS FILIPE F. V. CARVALHO, UNIP., LDA CANTANHEDE DIAGONALFUSION COIMBRA ADVANCED GREEN-ENG. NAT. E URBANA, LDA ARGANIL SANTOS & FERNANDES-ARM.UTIL.PORLAR,LDA COIMBRA PREDIBAND-CONSTR. ACT. IMOB., S.A. V. N. POIARES CRITICALFLOW, UNIPESSOAL, LDA TÁBUA FERNANDES & CALADOS-MAT. CONSTRUÇÃO,LDA PENELA IMO - AUTO - LAVAGENS, S.A. V. N. POIARES PLASTIFOZ-PLÁST. TÉC. ENGENHARIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ NATURIDADE PENELA, S.A. PENELA PENELMAR-TRANS. ROCHAS ORNAMENTAIS, LDA PENELA EQUITECTO-EQUIP. ALU. TECTOS FALSOS,LDA OLIV. HOSPITAL DUNIMEX - EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS, LDA OLIV. HOSPITAL MOÍNHO VELHO DO MONDEGO COIMBRA GRUPO LUSIAVES - SGPS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ SARGAÇO & CRUZ II, LDA CANTANHEDE MANUEL SILVA BATATA & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ TERMOPOR-IND. TERMICAS DE PORTUGAL, LDA COIMBRA LEIRIPESADOS - COMÉRCIO DE PEÇAS, LDA COIMBRA QUICARMOTORS, LDA FIGUEIRA DA FOZ JOSÉ DOMINGUES FERNANDES MATEUS, LDA MIRA NUNES & FILHOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ MERCADO ABAST. REGIÃO DE COIMBRA, S.A. COIMBRA FNWAY - CONSULTING, LDA MIRA MY DARA INTERNATIONAL, LDA LOUSÃ P.A.C.-VALE MONDEGO-POSTO ABA.COMB.,LDA SOURE DREAM CAR, LDA MIRA SÃO TEOTÓNIO-SOC. ENS.,CUL.EDU.CRI.,S.A. COIMBRA JOSÉ GARCIA, LDA LOUSÃ B.B.F.-TECNOLOGIAS DO AMBIENTE, LDA COIMBRA IMPORSEAL-VED., ROL. ACESSÓRIOS, LDA COIMBRA INTERMANOS-COMÉRCIO INTERNACIONAL, LDA CONDEIXA-A-NOVA FARMÁCIA SECADES, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE LINO DOS SANTOS HENRIQUES, LDA CANTANHEDE DOMINGUES & GOMES FIGUEIRA DA FOZ TOPCON POSITIONING PORTUGAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ EUROCOMPONENTES-COMP. VEI. AUT., LDA CONDEIXA-A-NOVA TRANSP. FERN. SIMÕES MONTEIRO,UNIP.,LDA CONDEIXA-A-NOVA PROFIFORMA COIMBRA LE MARSOUIN - REDES DE PESCA, LDA SOURE CASA DE REPOUSO-O SOLAR DAS CHÃS, LDA MIRANDA DO CORVO DAPAVAL-DISTR. PROD. ALI., AZ. REF., LDA FIGUEIRA DA FOZ JOSE SARILHO & FILHOS CANTANHEDE AUTOAVAL-ACES. AUT.DO MONDEGO, LDA COIMBRA FARMÁCIA MOÇO, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA FLASHFRESCURA, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ TORRE DE PALMA, LDA COIMBRA SCRAPLUSO-IND. COM. RECICLAGENS, LDA CANTANHEDE ISIDOCONSTRUÇÕES-CON. COM. IMÓVEIS, LDA COIMBRA RAMALPOMBEIRO, CONSTRUÇÕES, LDA ARGANIL VALDITARO - ILUMINAÇÃO, LDA MIRANDA DO CORVO LOUSATÊXTIL-IND. MAL. E BORD. LOUSÃ, LDA LOUSÃ FLUMENGOLD - INVESTIMENTOS, S.A. ARGANIL INDUSSTOCK-EQUIP. PARA A INDÚSTRIA, LDA COIMBRA BIF PORTUGAL, S.A. PAMP. DA SERRA CLÍNICA DE MONTES CLAROS, LDA COIMBRA

concelho sede social

capital social 1.000.000 1.000.000 1.790.217 15.000 99.760 2.500.000 5.000 500.000 60.000 49.880 55.000 2 30.000 80.000 100.000 3.000.000 1.000 249.399 5.000 150.000 150.000 25.000 250.000 5.000 5.000 1.500.000 10.200 125.000 100.000 249.399 5.000 5.000 90.000 399.038 50.300 20.000 130.000 249.399 45.000 151.000 250.000 9.976 24.940 20.000 70.000.000 10.000 168.086 200.000 100.000 5.000 200.000 14.964 2.750.000 50.000 150.000 74.820 5.000 150.000 270.000 280.000 22.500 25.000 145.000 5.000 373.680 158.335 50.000 125.000 250.000 6.000 125.000 19.952 5.000 35.000 5.000 5.000 5.000 50.000 24.940 150.000 5.000 100.000 50.000 5.000 50.000 15.000

vol.de negócios 1.741.507 1.724.092 1.722.109 1.716.149 1.714.968 1.711.681 1.708.056 1.694.610 1.689.143 1.688.217 1.681.446 1.677.355 1.670.783 1.668.894 1.667.944 1.655.028 1.652.489 1.652.305 1.648.970 1.648.229 1.644.530 1.643.933 1.643.870 1.642.236 1.641.821 1.639.850 1.637.465 1.637.175 1.631.471 1.628.527 1.628.009 1.627.415 1.626.852 1.626.725 1.625.704 1.621.163 1.620.713 1.620.088 1.615.591 1.612.355 1.610.710 1.610.575 1.608.788 1.608.532 1.603.500 1.601.765 1.601.022 1.599.236 1.599.204 1.592.134 1.586.381 1.582.895 1.581.846 1.577.808 1.574.219 1.572.119 1.571.906 1.565.922 1.561.964 1.560.363 1.553.502 1.552.763 1.551.824 1.550.653 1.550.000 1.547.202 1.543.615 1.542.756 1.541.678 1.526.665 1.523.958 1.522.372 1.517.933 1.517.517 1.515.810 1.513.917 1.509.465 1.507.820 1.506.550 1.505.701 1.504.720 1.501.032 1.500.760 1.500.514 1.499.556 1.492.242

var. vn 2017/2018 -14,30 -19,37 0,60 -33,83 27,17 -71,00 8,92 7,15 2,13 -3,84 9,71 -9,34 8,51 -7,36 23,66 7,27 439,35 8,17 29,19 286,45 1,97 -16,06 3,50 -3,47 -10,15 -24,15 12,07 24,12 63,53 -5,85 8,91 32,30 46,02 1,79 21,55 44,06 -16,06 -8,10 3,94 0,36 -3,68 271,41 12,14 7,00 241,90 15,38 -2,59 48,40 11,04 -4,39 -29,31 5,94 3,07 -4,84 20,92 6,59 7,96 10,61 11,59 -9,33 6,13 7,04 2,26 47,18 148,80 30,93 12,51 30,87 150,87 1,09 14,18 -5,09 19,40 20,21 7,20 7,57 25,04 1,65 34,33 7,68 -8,75 -7,07 54,01 33,89 -38,13 143,86


res. líquido -85.881 -240.239 648.753 -47.552 24.804 -2.483.406 18.774 37.730 482.780 24.423 359.290 1.499 75.951 75.577 2.120 -720.802 282.316 95.314 133.890 228.799 145.426 33.886 42.278 36.543 27.117 108.140 27.049 48.822 154.205 1.921 125.661 157.456 92.855 85.242 60.661 116.313 236.204 94.662 112.783 -203.230 29.124 8.648 114.677 186.592 21.254.614 80.329 -85.991 24.036 11.940 127.179 94.235 14.381 602.572 371.762 92.327 4.544 61.422 58.085 43.796 84.998 22.479 41.879 89.559 70.156 171.274 -64.469 48.266 43.023 342.624 69.176 74.127 1.362 372.253 19.453 84.106 1.724 -98.576 74.852 -36.417 69.269 30.567 151.340 10.282 68.437 -4.080.816 1.865

VAB

rentabil. (%)

359.858 -4,93 258.999 -13,93 1.553.083 37,67 241.580 -2,77 132.472 1,45 -1.646.469 -145,09 450.781 1,10 933.951 2,23 1.307.713 28,58 392.974 1,45 1.512.248 21,37 169.200 0,09 272.763 4,55 320.399 4,53 89.797 0,13 895.413 -43,55 754.469 17,08 396.780 5,77 442.921 8,12 507.026 13,88 480.171 8,84 94.789 2,06 282.651 2,57 179.505 2,23 69.917 1,65 291.164 6,59 350.916 1,65 599.997 2,98 833.446 9,45 406.867 0,12 375.448 7,72 628.715 9,68 304.956 5,71 173.269 5,24 470.114 3,73 256.204 7,17 440.504 14,57 521.312 5,84 717.106 6,98 1.069.879 -12,60 208.378 1,81 87.253 0,54 358.625 7,13 739.554 11,60 376.992 1.325,51 217.310 5,02 1.455.884 -5,37 644.376 1,50 386.691 0,75 217.241 7,99 540.184 5,94 197.231 0,91 1.183.320 38,09 1.316.704 23,56 435.704 5,86 111.069 0,29 150.967 3,91 2.365.248 3,71 397.180 2,80 489.279 5,45 434.331 1,45 138.430 2,70 361.242 5,77 198.135 4,52 177.886 11,05 254.307 -4,17 371.867 3,13 793.142 2,79 1.224.351 22,22 632.871 4,53 904.476 4,86 157.235 0,09 761.593 24,52 301.450 1,28 344.836 5,55 131.908 0,11 711.976 -6,53 162.103 4,96 -15.454 -2,42 385.210 4,60 708.335 2,03 866.101 10,08 -1.090.145 0,69 536.107 4,56 -13.787 -272,13 286.406 0,12

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) -1,74 -24,56 4,30 -1,59 3,10 -6,38 1,20 1,67 24,05 4,36 25,00 0,88 5,73 10,30 0,40 -17,08 16,52 6,10 25,15 35,10 6,10 3,69 4,47 3,71 6,02 2,80 2,03 5,34 5,36 0,12 36,75 13,53 11,47 2,73 0,49 8,91 12,61 3,92 5,18 -4,05 1,23 1,29 12,02 35,68 8,49 10,10 -16,74 2,04 0,95 11,90 5,35 8,73 3,83 5,22 2,53 1,69 12,17 2,83 2,73 4,06 2,53 4,45 11,11 10,14 10,22 -5,15 5,58 4,46 6,78 10,54 3,11 0,22 18,26 2,15 13,53 0,41 -2,47 5,07 -4,38 5,70 5,81 12,23 0,33 6,02 -4,49 0,09

rent. cap. próp.(%) -10,05 -52,79 12,34 -1,89 5,95 -8,73 4,66 5,58 27,48 8,01 37,50 3,46 8,22 21,03 1,67 11,34 60,94 6,91 32,77 81,94 14,00 13,39 5,01 8,66 11,46 4,10 26,44 15,35 21,35 0,24 94,15 34,44 18,09 3,25 1,26 32,25 24,32 6,96 14,08 -56,98 3,75 20,24 34,69 58,37 9,46 26,01 15,02 3,04 2,40 24,50 12,62 202,77 5,51 7,09 4,85 32,32 37,70 6,94 8,32 5,94 6,03 8,83 14,95 29,14 25,70 10,53 16,92 18,13 42,47 21,37 8,75 0,47 20,05 3,78 18,16 1,53 -3,83 6,34 -80,33 10,91 10,55 16,12 0,72 15,59 29,06 0,20

solvabil.(%) 20,97 86,99 53,52 528,85 108,74 271,30 34,51 42,76 700,55 119,58 200,11 34,35 229,40 96,03 31,51 -60,09 37,18 753,98 329,87 74,94 77,26 38,08 839,22 74,92 110,49 213,83 8,33 53,31 33,52 104,42 64,01 64,74 173,20 521,09 62,72 38,17 107,72 129,16 58,17 7,65 49,15 6,84 53,05 157,28 876,85 63,46 -52,71 203,42 65,54 94,37 73,49 4,50 228,14 279,09 108,63 5,52 47,67 68,63 48,88 215,84 72,28 101,73 288,93 53,41 66,02 -32,82 49,14 32,61 19,00 97,32 55,09 86,81 1.024,52 131,76 291,99 36,05 181,53 396,91 5,76 109,48 122,75 313,85 82,98 62,89 -13,40 81,36

exportação total 0 0 0 0 0 0 0 61.274 674.607 0 1.165.386 0 11.411 0 0 667.738 0 80.504 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1.167.014 989.640 0 0 0 0 0 93.184 0 0 19.988 0 0 8.031 819.510 0 0 0 0 52.793 6.322 0 0 0 0 0 45.624 0 0 0 16.869 0 0 639.347 0 0 0 408.859 287.658 0 0 1.510.320 0 584 0 218 0 61.239 736.166 6.000 0 0 1.099.426 33.986 0 82.653 0 0

79 empregados 21 13 14 19 6 5 21 59 29 22 44 12 12 9 1 36 1 10 5 9 13 3 12 6 2 8 6 30 21 16 9 17 6 13 9 3 8 4 18 65 9 3 4 32 0 7 90 15 8 10 12 14 9 15 27 4 2 122 17 11 16 6 10 7 5 10 10 39 23 39 50 8 14 11 7 7 34 9 0 20 48 36 2 20 3 25

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

80RANKING ranking

nome

675 676 677 678 679 680 681 682 683 684 685 686 687 688 689 690 691 692 693 694 695 696 697 698 699 700 701 702 703 704 705 706 707 708 709 710 711 712 713 714 715 716 717 718 719 720 721 722 723 724 725 726 727 728 729 730 731 732 733 734 735 736 737 738 739 740 741 742 743 744 745 746 747 748 749 750 751 752 753 754 755 756 757 758 759 760

PRAXIS - CERVEJAS DE COIMBRA, LDA COIMBRA PAULA ANDREA AMARAL ANDRADE, UNIP., LDA CANTANHEDE CONSTEEL-METALOMECÂNICA E SERVIÇOS, LDA CANTANHEDE TRANSPRADO-TRANS. NAC. INT., LDA FIGUEIRA DA FOZ CUNFIL - INDÚSTRIA DE CARROÇARIAS, LDA TÁBUA MICROPROJECTO-PROJ. ENGENHARIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ BETA - VIAGENS E TURISMO, LDA COIMBRA PROMEI CENTRO COIMBRA I.P.B.R. FARMÁCIAS, LDA COIMBRA EQUIPBAND-EQUIP. E ASSISTÊNCIA, S.A. V. N. POIARES BALAÚSTRE DA CIDADE SUPERMERCADOS, LDA OLIV. HOSPITAL HABIOLIVEIRA - CONSTRUÇÕES, LDA OLIV. HOSPITAL HIEVILA-EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS,LDA COIMBRA FARMÁCIA ANTUNES, UNIPESSOAL, LDA MIRANDA DO CORVO ROGÉRIA CAMPOS, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ TRANSP. CHRISTOPHE TRAVASSO, UNIP., LDA CONDEIXA-A-NOVA PONTEFOZ-CONSTR.CIVILOBR.PUB.,UNIP.,LDA FIGUEIRA DA FOZ CNCA FARMÁCIAS, LDA COIMBRA ROSETE - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA CANTANHEDE ANTÓNIO DE JESUS MIRANDA, LDA CONDEIXA-A-NOVA MIRAPACK, LDA MIRA WELLGIVEN, LDA OLIV. HOSPITAL OLIVEIRA & PAIVA-ENG.CONSTRUÇÃO, LDA COIMBRA PASTELARIA VENUS-BOUTIQUE DE PÃO, LDA COIMBRA GRUPEME-SERV. SISTEMAS DE SEGURANÇA, LDA COIMBRA BOLSA PREDIAL DE CANTANHEDE, S.A. CANTANHEDE JOSÉ MANUEL HENRIQUES COSTA COIMBRA POOLPLACA PORTUGUESA-PLÁSTICOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ ROMAZÓLEO MIRANDA DO CORVO GASODUEÇA-COM. COMBUSTIVEIS, LDA MIRANDA DO CORVO TURBOCLINIC, LDA COIMBRA ALFREDO FARRECA RODRIGUES, LDA FIGUEIRA DA FOZ ANACLETO CARDOSO CAÇÃO, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ FIGÁSFOZ - SISTEMAS DE GÁS, LDA FIGUEIRA DA FOZ NEORTIC - MAGALHÃES DE ALMEIDA, LDA CANTANHEDE MOVIESTRADA - TRANSPORTES, LDA LOUSÃ CASA DO APICULTOR ARGANIL LITOGESTE-GESTÃO E INVESTIMENTOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ BETTERTECH-AN. IMPL. SIST. INF., LDA COIMBRA TORRICENTRO-SOC. CONST. CENTRO, S.A. CANTANHEDE TENDERNESS TENDECY, UNIP., LDA OLIV. HOSPITAL CIP COFRAGEM, S.A. OLIV. HOSPITAL ICNAS - PRODUÇÃO - UNIPESSOAL, LDA COIMBRA HOMAR, LDA MONTEMOR-O-VELHO FERNANDO SILVA & CARVALHO, LDA PENACOVA VISION CARE, S.A. COIMBRA CLASSINEUTRA, LDA COIMBRA SNACK - BAR O FERNANDO - HOTELARIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ DOMINGOS GÓIS SIMÕES & FILHOS, LDA CONDEIXA-A-NOVA MENDES, LDA OLIV. HOSPITAL NOVAPERCAMPO, LDA MONTEMOR-O-VELHO FERNANDA, SIMÕES & CA, LDA CONDEIXA-A-NOVA FARMÁCIA LOUREIRO, LDA COIMBRA FARMÁCIA BARROS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA QUINTA DO MUROZ-PRO. AGR. ANIMAL, LDA MONTEMOR-O-VELHO MÁRIO DE FREITAS-COM. FARMACÊUTICO, LDA LOUSÃ GRACIOUSCIRCLE - ENERGY, LDA MIRA PADRÕES D’OUTONO, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE TREVO-COM. SERV. TAB. PAPELARIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ GUARDADO & MARTINS, LDA SOURE AGRO-MONDEGO-REPR.AGRÍCOLAS, LDA FIGUEIRA DA FOZ NETNBUY.COM, LDA COIMBRA FORTCLIMA - INSTALAÇÕES MECÂNICAS, LDA CANTANHEDE BJT CAR, LDA COIMBRA TUBIMPER - TUBOS E REVESTIMENTOS, LDA ARGANIL SEIALAB-LAB. ANÁL. CLÍNICAS DE SEIA,S.A. OLI. HOSPITAL PROPESADOS - PEÇAS E ACESSÓRIOS, LDA COIMBRA APFF-ADMIN. PORTO FIGUEIRA DA FOZ, S.A. FIGUEIRA DA FOZ MARIA MANUELA DIAS, UNIPESSOAL, LDA LOUSÃ SEGMON-SIST. GLOBAIS DE SEGURANÇA, LDA COIMBRA CLIZONE, LDA MONTEMOR-O-VELHO MANUEL SILVA SALEIRO, LDA CANTANHEDE MILLER MENDES, LDA COIMBRA M4K, LDA COIMBRA COROA, LDA GÓIS RITUALNORMA-MED. IMOBILIÁRIA, LDA OLIV. HOSPITAL CONSTR. ARMINDO OLIVEIRA,UNIPESSOAL,LDA OLIV. HOSPITAL WERT AUTO, SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ DOCE VIVER, LDA CONDEIXA-A-NOVA FARM. TERESA BERNARDES ANTUNES,UNIP.,LDA COIMBRA FOESPE - CORTE E ABATE DE ÁRVORES, LDA PENELA CPU ARCHITECTS INTERNATIONAL, LDA COIMBRA ALBINO CARVALHEIRO & FILHOS, LDA CANTANHEDE VIDEIRA & FILHOS, LDA COIMBRA MARCHA COMPLETA-TRANS., UNIPESSOAL, LDA COIMBRA CURIOSOPINIÃO-IMP.EXP.CARNES,UNIP.,LDA CANTANHEDE

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 715.000 314.022 6.000 249.399 500.000 24.940 100.000 350.000 20.000 575.300 5.000 105.000 245.000 25.000 101.000 125.000 27.000 250.000 49.880 250.000 25.000 260.663 67.000 10.475 250.000 1.300.000 50.000 200.000 400.000 49.880 5.000 498.800 25.000 50.000 27.500 125.000 50.000 4.000.000 25.000 17.000.000 261.500 50.000 50.000 250.000 50.000 50.000 5.000 19.952 150.000 3.000 50.000 74.820 5.000 5.000 100.000 100.000 1.790.000 5.000 5.000 100.000 200.000 5.000 125.000 4.950 25.000 411.104 150.000 10.000.000 15.000 75.000 30.000 10.000 5.000 900.000 95.000 60.000 83.000 5.000 550.000 5.000 69.500 25.000 50.000 50.000 125.000 5.000

vol.de negócios 1.489.563 1.486.747 1.485.863 1.483.649 1.482.612 1.479.101 1.478.591 1.477.661 1.471.311 1.469.377 1.461.598 1.458.470 1.458.040 1.457.927 1.457.395 1.455.161 1.450.818 1.447.564 1.446.746 1.445.564 1.444.042 1.442.818 1.442.209 1.439.006 1.437.467 1.434.716 1.432.279 1.431.813 1.429.188 1.428.533 1.428.125 1.427.041 1.426.884 1.424.405 1.419.334 1.417.479 1.416.613 1.414.840 1.414.796 1.409.911 1.406.239 1.402.417 1.399.860 1.398.986 1.398.891 1.392.160 1.388.230 1.387.126 1.386.207 1.385.112 1.384.042 1.376.045 1.373.864 1.372.548 1.369.033 1.368.829 1.366.835 1.366.122 1.365.273 1.364.366 1.364.282 1.358.944 1.358.038 1.357.544 1.352.476 1.351.987 1.351.090 1.347.816 1.347.669 1.346.515 1.343.821 1.343.503 1.342.540 1.341.943 1.340.335 1.337.959 1.337.746 1.334.003 1.329.712 1.329.699 1.327.176 1.325.895 1.324.981 1.319.741 1.318.689 1.317.894

var. vn 2017/2018 7,63 139,11 174,44 5,91 -5,22 -51,94 30,75 2,11 4,13 -12,86 13,44 -7,37 -45,75 4,34 -5,77 33,89 8,30 0,20 4,65 -0,96 3,64 -4,99 131,51 7,02 14,46 -12,54 2,60 7,41 -17,02 15,26 -4,93 12,21 10,29 14,63 29,65 -1,76 -17,44 -10,42 10,97 257,04 2,75 40,94 9,85 -8,88 6,20 49,64 1,50 1,01 -0,67 150,71 -10,22 -8,61 2,27 2,77 7,04 5,19 - - 2,00 16,00 -13,00 -7,00 8,00 21,00 40,00 -1,00 -4,00 -3,00 1,00 39,00 3,00 18,00 -8,00 -30,00 6,00 36,00 25,00 6,00 2,00 2,00 11,00 6,00 -6,00 5,00 24,00 -


res. líquido 161.314 134.027 78.340 4.672 36.388 120.460 34.188 13.156 42.857 37.792 26.190 197.853 6.852 180.027 -20.174 90.457 7.853 15.088 11.662 8.665 14.524 28.647 60.428 104.633 178.355 -403.279 8.093 4.440 13.249 -12.610 31.771 12.368 34.431 45.046 84.592 56.982 52.208 477.764 7.032 -343.904 67.704 22.867 180.143 2.287 97.987 968.370 -17.773 303.005 27.813 35.165 14.396 4.119 70.077 90.744 50.455 17.813 -400.209 16.480 27.549 166.320 12.151 118.680 10.863 16.285 98.718 351.224 87.027 394.280 4.073 142.700 138.379 16.717 -76.585 -547.184 31.331 253.081 25.788 5.826 155.440 47.420 116.896 4.455 21.184 17.174 92.268 16.355

VAB 757.955 373.201 1.413.075 589.975 508.582 1.084.740 114.854 608.358 292.367 432.669 247.414 685.955 192.274 438.839 284.848 670.343 1.103.653 362.885 199.119 498.800 498.699 171.837 320.106 751.377 957.002 1.152.630 573.517 813.267 215.482 37.778 151.657 607.822 286.613 335.434 296.308 696.634 490.327 1.319.044 794.140 -327.865 300.245 427.973 672.581 387.424 348.803 1.328.531 810.721 797.076 1.003.043 182.487 119.283 180.193 261.250 284.272 501.461 210.930 408.680 41.689 114.420 687.238 267.175 187.944 499.741 75.687 245.321 855.953 383.222 265.090 167.743 823.190 400.872 156.106 326.287 126.257 370.087 470.656 645.588 53.179 805.277 265.214 515.029 546.598 115.510 317.875 558.623 68.916

rentabil. (%) 10,83 9,01 5,27 0,31 2,45 8,14 2,31 0,89 2,91 2,57 1,79 13,57 0,47 12,35 -1,38 6,22 0,54 1,04 0,81 0,60 1,01 1,99 4,19 7,27 12,41 -28,11 0,57 0,31 0,93 -0,88 2,22 0,87 2,41 3,16 5,96 4,02 3,69 33,77 0,50 -24,39 4,81 1,63 12,87 0,16 7,00 69,56 -1,28 21,84 2,01 2,54 1,04 0,30 5,10 6,61 3,69 1,30 -29,28 1,21 2,02 12,19 0,89 8,73 0,80 1,20 7,30 25,98 6,44 29,25 0,30 10,60 10,30 1,24 -5,70 -40,78 2,34 18,92 1,93 0,44 11,69 3,57 8,81 0,34 1,60 1,30 7,00 1,24

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 7,56 21,26 20,67 0,43 1,75 14,70 10,31 0,58 6,10 2,19 6,71 13,72 0,40 6,51 -1,43 11,75 0,73 1,37 1,04 0,82 0,77 1,12 10,15 34,82 10,54 -3,76 0,51 0,24 1,01 -3,19 5,57 0,40 1,93 4,20 12,18 6,77 4,06 3,54 0,35 -1,34 8,70 1,95 8,25 0,10 13,51 13,71 -0,49 48,18 0,85 5,86 1,06 0,63 4,33 3,21 1,30 1,99 -3,43 12,49 13,24 10,71 0,93 9,07 0,84 4,15 5,94 9,83 4,98 2,48 0,36 20,79 18,80 5,18 -3,01 -43,01 1,75 49,82 1,79 1,14 8,60 9,49 13,43 0,35 3,81 5,29 10,84 4,40

rent. cap. próp.(%) 23,50 27,75 62,97 0,98 2,74 27,31 27,57 1,75 25,81 4,32 50,69 32,90 0,80 6,81 -3,07 19,49 3,24 4,16 7,10 1,72 4,90 4,38 28,81 65,67 17,51 -89,51 0,99 0,32 1,72 -4,78 8,19 0,84 5,37 37,98 29,46 11,18 9,15 7,10 2,23 -1,62 11,24 2,56 17,79 0,17 21,67 17,62 -12,27 59,93 1,63 34,42 4,95 12,54 6,13 -23,96 6,74 2,29 -12,11 76,72 21,96 19,43 3,31 24,80 2,13 19,92 14,02 10,37 7,66 2,59 0,43 59,75 33,93 14,15 -4,56 -170,88 33,72 66,16 3,67 4,63 13,10 11,67 29,19 0,59 14,84 12,02 17,03 45,58

solvabil.(%) 47,43 328,12 48,87 80,26 176,74 116,52 59,75 49,13 30,96 102,78 15,27 71,58 98,30 2.146,22 87,48 151,83 28,83 49,03 17,08 91,80 18,70 34,48 54,37 112,90 151,27 4,38 106,66 328,05 143,43 200,88 212,25 92,74 56,13 12,43 70,51 153,30 79,63 99,32 18,79 470,49 341,63 320,61 86,52 133,26 165,72 350,42 4,20 410,08 109,86 20,51 27,20 5,28 240,50 -11,82 23,87 653,99 39,42 19,45 151,68 122,96 39,06 57,62 65,73 26,34 73,52 1.807,06 185,49 2.234,79 536,53 53,35 124,26 57,70 193,55 33,63 5,48 304,90 95,60 32,72 191,07 436,14 85,21 148,74 34,51 78,59 174,88 10,68

exportação total 480.683 0 1.324.390 0 9.873 0 23.353 4.378 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1.351.238 0 0 0 0 63.908 1.431.813 0 0 921.762 0 683 0 0 128.309 837.701 0 0 0 0 0 99.050 0 113.942 1.392.160 0 0 0 0 3.661 0 0 0 0 0 0 0 0 3.214 1.600 0 0 0 72.660 0 17.766 1.610 0 0 0 0 0 31.389 0 0 0 0 0 0 0 5.850 0 0 180.275 169.620

81 empregados 25 8 38 17 28 65 3 18 9 19 19 20 10 6 11 30 69 11 15 20 39 3 14 41 36 2 31 31 4 5 8 28 7 15 9 28 24 2 26 0 6 12 21 16 8 6 52 23 39 7 8 9 10 8 11 9 38 1 5 19 12 4 18 2 2 19 7 34 7 29 11 10 7 37 8 8 40 3 81 8 12 22 6 9 16 1

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

82RANKING ranking 761 762 763 764 765 766 767 768 769 770 771 772 773 774 775 776 777 778 779 780 781 782 783 784 785 786 787 788 789 790 791 792 793 794 795 796 797 798 799 800 801 802 803 804 805 806 807 808 809 810 811 812 813 814 815 816 817 818 819 820 821 822 823 824 825 826 827 828 829 830 831 832 833 834 835 836 837 838 839 840 841 842 843 844 845 846

nome

concelho sede social

MONTALVO, PECUÁRIA E TURISMO, LDA MIRA F.A.CORTEZ & FILHOS, LDA LOUSÃ A.J.SIMÕES, LDA PENACOVA ROSÁRIO & COSTA, LDA COIMBRA GRACINDA MANUELA ANTUNES-FARM., UN., LDA FIGUEIRA DA FOZ MINI MER. BEIRÃO RIBEIRO & SARAIVA, LDA OLIV. HOSPITAL ANDES FULL TRADING, LDA CANTANHEDE SUBLINHAR, LDA COIMBRA AGROCALVETE - SOLUÇÕES AGRICOLAS, LDA FIGUEIRA DA FOZ MUNDIVESTE-IND. COM. VESTUÁRIO, LDA OLIV. HOSPITAL BROSSECAR-IND. COM. ESC.AUTO,UNIP.,LDA VILA N. POIARES FIMARTEL-IND. ELÉCTRICA DE COIMBRA, LDA COIMBRA MIROLIVA II - ALIMENTAR, S.A. MIRA BFT-COM. AUT. E MATERIAL DE SEG., S.A. COIMBRA MANUEL ALFREDO MARQUES & FILHOS, LDA COIMBRA NELSON GOMES DOS SANTOS, UNIP., LDA CONDEIXA-A-NOVA HERMES & FILHOS, LDA MONTEMOR-O-VELHO TERRA MOLHADA, LDA COIMBRA FSCLARA, LDA COIMBRA CRAPTUR-APART. TUR., UNIPESSOAL, LDA OLIV. HOSPITAL FARMÁCIA GALVÃO, LDA ARGANIL REMATES E RETOQUES, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE FEZEMETAL-SOC. TUBAGENS IND. MET., LDA FIGUEIRA DA FOZ MANUEL MARQUES DA SILVA & FILHOS, LDA MIRANDA DO CORVO EXTINTEL, SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS,LDA COIMBRA INTERÁGUA-TECN. GESTÃO DA ÁGUA, LDA FIGUEIRA DA FOZ LOBO & ARZIL.-COM.PEÇAS ACES.AUTO.,LDA COIMBRA REIS PASCOAL - FARMÁCIA, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ CONSTRUÇÕES GOUVEIA & FILHO, LDA OLIV. HOSPITAL DOGNAEDIS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA CORDEIROVENDING-SERVIÇOS DE VENDING,LDA SOURE OVOFRUTA-COMÉRCIO DE OVOS E FRUTAS, LDA PENELA PROCHOICE, LDA PAMP. DA SERRA CSA - COMERCIO E DISTRIBUIÇÃO, LDA OLIV. HOSPITAL PREVASSIST-MANUT. IND., UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE VANTAGENS DO HÁBITO, LDA MIRANDA DO CORVO SANTOS SIMÕES & ALMEIDA, LDA COIMBRA HIDROELÉCTRICA DO ZEZERE, S.A. PAMP. SERRA RESTAURANTE ALBATROZ, LDA COIMBRA LAVRIMADEIRAS, LDA V. N. POIARES FIGUEIRADIS-SOC.DISTRIBUIÇÃO, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FERNANDO MARQUES & MARQUES, LDA CANTANHEDE AGROMAX, LDA MONTEMOR-O-VELHO V.A.B.-VEÍC. AUT. BEIRAS, S.A. OLIV. HOSPITAL FARMÁCIA TORRES PADILHA, UNIPESSOAL,LDA LOUSÃ MUSICA.COM - INSTRUMENTOS MUSICAIS, LDA COIMBRA DF.L.M.-SERV. DISTR. MÁQ. AUT., LDA MIRA J.RASCÃO, LDA COIMBRA VIA SOLAR-ENER. SOLAR E AQUECIMENTOS,LDA ARGANIL MOBILE PARTNERS, UNIPESSOAL, LDA MIRA FARMÁCIA MONTEIRO, LDA OLIV. HOSPITAL PROQUATROMATIC-PEÇAS E AUT., UNIP., LDA MONTEMOR-O-VELHO SABORES SEM PARÊNTESES, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA ELÍSIO FERREIRA CARDOSO & FILHO, LDA FIGUEIRA DA FOZ BLACHERE PORTUGAL-COM. ILUMINAÇÃO, LDA COIMBRA TRANSP. JOSÉ MIGUEL SARAIVA, UNIP., LDA FIGUEIRA DA FOZ MACOPIRES, LDA MONTEMOR-O-VELHO VENTIPLAST - MOLDAGEM DE PLÁSTICOS, LDA CANTANHEDE ISOMARCA - ENGENHARIA, LDA COIMBRA GOODPAN, LDA COIMBRA GIL DIAS-SOC. CONSTRUÇÃO CIVIL, LDA FIGUEIRA DA FOZ PROPOSTA PRINCIPAL-SUPERMERCADOS, LDA ARGANIL FARMÁCIA ISABEL PEREIRA, S.A. COIMBRA LABOR. ANÁLISES CLÍNICAS DE SÃO JOSÉ,LDA COIMBRA ELOGIO PLURAL - MEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA,LDA COIMBRA ANDRÉ PEDRO RODR. DOS SANTOS, UNIP. LDA SOURE SERGOLOG, LDA COIMBRA VENTURA, SERENO & ANACLETO, LDA MIRA MURATUS, LDA FIGUEIRA DA FOZ PRIETO & REIS, LDA ARGANIL CONIMBRITEX - AGENCIAÇÃO E TRADING, LDA COIMBRA PR HOTEL - EQUIPAMENTOS HOTELEIROS, LDA COIMBRA LIIONFORCE-BATERIAS E COMPONENTES, S.A. COIMBRA PNEUSMIR, LDA MIRA FARIA MOITA, LDA COIMBRA TJB - TRANSPORTES, LDA PENELA PENTACOOL-EQUIP. HOTEL. REFRIGERAÇÃO,LDA CANTANHEDE LAREIRAS FERNANDO CARVALHO, LDA V. N. POIARES ÓPTICA MÉDICA - PRAIA DE BUARCOS, LDA COIMBRA PINK STORE, LDA LOUSÃ NEFROVALES, S.A. COIMBRA SALSICHARIA SERRA D’ALVA, LDA OLIV. HOSPITAL DECORMAR-SOC. TRANS. MÁR. GRANITOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ SOBRAIS-FÁBR. RAD. COMP. TÉRMICOS, LDA CANTANHEDE RAQUEL MARTINS ROSA, UNIPESSOAL LDA COIMBRA SOCORREIAS-MAT.CONST.,ÁGUAS E ELEC.,LDA OLIV. HOSPITAL

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 1.100.000 50.000 75.000 300.000 5.000 5.000 5.000 66.000 50.000 8.480 10.000 149.640 250.020 200.000 155.000 10.000 61.000 5.000 5.000 5.000 100.000 120.000 5.000 99.760 5.000 385.000 108.000 10.000 340.000 50.000 32.000 5.000 5.000 5.000 50.000 5.000 15.000 997.596 100.000 5.000 55.308 49.880 15.000 149.739 152.629 50.000 30.000 8.000 225.000 5.000 24.940 1.000 1.000 50.000 50.000 250.000 125.000 255.000 30.000 15.000 400.000 5.000 400.502 5.000 6.000 5.000 200.000 49.880 5.000 84.744 83.444 70.000 50.000 99.760 37.500 650.000 5.000 25.000 5.100 15.000 50.500 99.760 200.000 224.459 5.000 99.760

vol.de negócios 1.316.107 1.315.809 1.314.169 1.311.371 1.308.373 1.308.270 1.307.086 1.306.576 1.305.989 1.305.178 1.305.160 1.304.721 1.304.074 1.303.807 1.303.505 1.298.225 1.298.128 1.296.650 1.296.619 1.295.977 1.295.958 1.294.293 1.290.410 1.289.993 1.287.238 1.286.538 1.281.265 1.280.765 1.280.300 1.279.580 1.270.946 1.269.385 1.267.800 1.265.141 1.260.218 1.259.752 1.257.856 1.257.067 1.255.696 1.254.509 1.252.800 1.252.218 1.249.393 1.247.798 1.246.256 1.242.653 1.242.083 1.241.110 1.240.914 1.239.027 1.229.684 1.229.526 1.229.250 1.229.098 1.228.400 1.227.616 1.224.275 1.223.308 1.220.289 1.218.564 1.217.860 1.216.134 1.214.976 1.214.965 1.213.540 1.212.258 1.210.559 1.209.281 1.206.841 1.203.875 1.203.858 1.201.580 1.199.003 1.195.629 1.191.798 1.191.210 1.190.741 1.190.421 1.189.289 1.188.321 1.187.390 1.186.332 1.185.689 1.184.637 1.184.135 1.183.474

var. vn 2017/2018 -2,00 29,00 4,00 9,00 2,00 6,00 36,00 10,00 5,00 -10,00 -27,00 -21,00 8,00 15,00 10,00 3,00 -3,00 91,00 45,00 5,00 24,00 -17,00 34,00 0,00 279,00 17,00 -2,00 44,00 37,00 28,00 -1,00 -22,00 5,00 -36,00 -5,00 7,00 35,00 5,00 0,00 2,00 17,00 5,00 -3,00 0,00 8,00 12,00 7,00 -16,00 74,00 -1,00 8,00 58,00 96,00 -24,00 3,00 9,00 53,00 -11,00 -10,00 65,00 -21,00 1,00 5,00 -14,00 -6,00 5,00 78,00 9,00 33,00 16,00 9,00 3,00 -2,00 25,00 11,00 42,00 36,00 -1,00 26,00 9,00 6,00 14,00 -1,00 3,00 12,00


res. líquido 6.050 82.137 45.522 1.309 109.791 114.677 93.307 206.618 84.548 40.865 166.957 -763.625 -111.039 444.211 34.541 120.943 15.152 6.553 144.124 2.552 69.885 13.320 58.525 20.644 149.856 31.268 22.252 24.520 138.592 1.274.529 81.169 5.768 17.939 4.663 12.180 9.038 -78.375 660.092 121.010 61.237 169.425 15.500 61.646 72.594 75.761 12.857 2.038 31.579 64.034 176.523 22.113 47.134 63.072 143.373 13.728 101.308 77.193 201.120 26.000 61.694 140.858 -40.397 40.595 208.599 35.846 30.601 4.278 46.328 20.205 286.920 108.178 16.592 120.963 70.804 118.769 200.629 55.343 47.929 -15.077 72.915 179.001 56.033 -13.277 124.164 99.250 131.828

VAB 362.717 250.503 338.429 310.582 330.231 310.679 159.290 429.345 169.214 818.390 496.754 262.123 51.318 264.876 235.458 322.801 142.375 14.041 367.494 720.613 318.689 544.202 708.974 354.331 536.126 278.091 255.046 298.650 847.580 575.782 345.350 150.206 740.934 133.310 367.355 126.891 390.429 1.140.038 470.310 305.864 436.463 155.571 174.862 324.333 287.374 170.304 390.786 651.739 340.840 471.791 285.262 124.380 226.455 460.163 579.238 183.029 264.416 590.481 333.958 234.945 527.401 53.352 262.681 715.756 314.515 71.707 435.574 318.581 331.618 725.155 265.111 381.184 288.351 239.186 355.013 651.044 275.150 158.783 449.992 297.555 349.441 206.389 486.756 635.724 271.762 745.271

rentabil. (%) 0,46 6,24 3,46 0,10 8,39 8,77 7,14 15,81 6,47 3,13 12,79 -58,53 -8,51 34,07 2,65 9,32 1,17 0,51 11,12 0,20 5,39 1,03 4,54 1,60 11,64 2,43 1,74 1,91 10,82 99,61 6,39 0,45 1,41 0,37 0,97 0,72 -6,23 52,51 9,64 4,88 13,52 1,24 4,93 5,82 6,08 1,03 0,16 2,54 5,16 14,25 1,80 3,83 5,13 11,66 1,12 8,25 6,31 16,44 2,13 5,06 11,57 -3,32 3,34 17,17 2,95 2,52 0,35 3,83 1,67 23,83 8,99 1,38 10,09 5,92 9,97 16,84 4,65 4,03 -1,27 6,14 15,08 4,72 -1,12 10,48 8,38 11,14

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 0,19 6,00 4,95 0,07 6,17 19,70 14,21 18,05 10,58 2,17 10,72 -112,86 -17,35 27,84 1,92 2,97 1,02 1,52 28,56 0,03 5,59 2,98 8,93 1,22 8,65 1,93 1,60 6,71 5,17 43,91 9,83 2,67 0,81 0,50 0,63 1,90 -4,59 11,68 10,40 3,70 8,55 1,37 6,80 4,30 7,99 1,64 0,21 3,24 3,42 24,72 2,27 5,40 22,72 9,86 1,55 14,15 11,93 14,63 3,32 5,08 7,07 -22,14 5,86 11,60 8,53 5,15 0,35 7,32 4,86 34,55 15,19 1,42 19,37 9,47 8,28 13,82 11,67 3,59 -1,81 13,16 20,28 3,19 -0,96 11,08 3,67 9,62

rent. cap. próp.(%) 0,35 8,05 12,74 0,28 27,36 26,49 99,90 33,09 24,41 3,05 10,96 138,35 -29,85 35,97 3,16 10,83 1,27 8,98 46,79 0,09 7,88 16,24 22,15 2,50 10,10 19,03 3,43 19,55 22,88 59,49 26,37 5,89 1,00 0,64 5,69 13,58 -36,82 21,59 16,33 11,59 15,23 1,84 25,68 10,86 10,04 7,16 1,77 6,80 4,16 27,74 3,08 25,71 83,84 14,27 6,25 32,81 20,04 21,76 5,30 -46,61 12,94 -112,79 8,85 12,52 13,88 9,56 1,83 14,80 31,44 43,58 29,38 6,76 29,67 11,74 12,02 16,61 24,44 15,20 -5,85 30,40 36,75 5,21 -2,26 26,18 4,41 16,76

solvabil.(%) 113,99 293,48 63,56 32,30 29,15 290,11 16,58 120,08 76,47 245,90 4.408,72 -44,93 138,84 342,28 156,11 37,87 403,78 20,40 156,68 61,27 243,21 22,48 67,60 94,60 596,96 11,29 87,36 52,25 29,18 281,77 59,44 82,65 420,82 338,47 12,46 16,27 14,23 117,83 175,56 46,98 128,09 289,66 36,04 65,67 389,77 29,73 13,51 91,16 462,63 819,98 277,32 26,60 37,17 223,73 32,81 75,86 147,26 205,50 166,95 -9,83 120,45 24,42 195,82 1.254,80 159,61 116,62 23,91 97,88 18,27 382,87 107,10 26,65 187,89 417,32 221,28 496,16 91,39 30,97 44,67 76,31 123,14 157,14 73,60 73,33 494,79 134,72

exportação total 0 1.337 31.907 0 0 0 490.976 0 143.272 178.930 1.305.160 31.070 283.560 36 0 0 34.656 21.189 0 716 0 0 37.261 0 752 99.374 0 0 0 572.212 0 0 0 0 0 0 0 0 0 408.606 0 0 0 0 0 17.074 0 0 10.698 0 0 0 0 21.058 307.541 0 0 0 0 0 1.065 0 0 0 0 0 8.672 5.130 3.200 0 0 90 268.553 1.332 0 120.000 0 560 0 0 0 487.526 158.882 423.963 0 0

83 empregados 17 10 16 14 5 10 2 12 6 64 32 18 9 5 8 8 7 1 7 49 7 33 8 9 22 15 12 8 15 31 15 12 5 10 11 8 28 1 17 10 0 8 8 12 8 8 21 33 16 9 8 4 14 14 25 2 6 13 18 10 15 10 6 17 5 2 17 16 17 34 5 11 8 9 6 10 10 6 18 16 6 6 20 20 6 29

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

84 RANKING ranking

nome

847 848 849 850 851 852 853 854 855 856 857 858 859 860 861 862 863 864 865 866 867 868 869 870 871 872 873 874 875 876 877 878 879 880 881 882 883 884 885 886 887 888 889 890 891 892 893 894 895 896 897 898 899 900 901 902 903 904 905 906 907 908 909 910 911 912 913 914 915 916 917 918 919 920 921 922 923 924 925 926 927 928 929 930 931 932

CADIMADENTE-COM.,IMP.EXP.MAT.DENT.,LDA COIMBRA TAMARGUEIRA FARMA, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ FIGUEIRA GLOBAL-SUPERMERCADOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ INVESTIDEIA, LDA PENELA TRANSP. MERC. DA SERRA DO SICÓ, LDA SOURE MARIA ISABEL CORREIA MESQUITA, LDA COIMBRA SEIXAS & SIMÕES, LDA COIMBRA GESFROTA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ LOUSAMOTOS - MOTOS E EQUIPAMENTOS, LDA LOUSÃ MADELJOR-METAL. SARAIVA RIBEIRO, LDA ARGANIL TAVAREDE CAR-CENTRO DE MANUT. VEÍ., LDA FIGUEIRA DA FOZ MANUEL INÁCIO, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA AMBARPE - CONSTRUÇÕES, LDA LOUSÃ FARMÁCIA HEBEL, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA CORDEIRO & PEÇA, LDA CANTANHEDE DKM CONTROL, LDA COIMBRA BICATRANS - TRANSPORTES, LDA FIGUEIRA DA FOZ FAR. FÁTIMA ALMEIDA SOUSA, UNIP., LDA MONTEMOR-O-VELHO FARMÁCIA HORIZON, LDA CANTANHEDE A.P.A. - IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO, LDA FIGUEIRA DA FOZ FLOEMA, LDA CONDEIXA-A-NOVA TRANSPORTES SARAIVA & FILHA, LDA OLIV. HOSPITAL DIVERCENTRO-SIST. DIV. TEC. AVAN., LDA COIMBRA SOLAR BILLADONNES,CASA DE REP.SAÚDE,LDA PENACOVA J.GUERRA, LDA OLIV. HOSPITAL JORGE EDGAR PADILHA GASPAR, UNIP., LDA V. N. POIARES CWJ - COMPONENTES, S.A. FIGUEIRA DA FOZ FOZPOR-EMPR. TRAB.PORT. FIG. FOZ, LDA FIGUEIRA DA FOZ A.M.C.PORTO-COM. PAV. MADEIRA, UNIP.,LDA CANTANHEDE MAU FEITIO, LDA COIMBRA J.SUBTIL & FILHOS, LDA PENELA FRUTAS DO BISPO-COM. PROD.ALI., LDA COIMBRA SENHA & CONTRA SENHA-GEST. IMAGEM, LDA COIMBRA JOAQUIM JORGE NEVES, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA DELEME II - CARPINTARIA, LDA CANTANHEDE GISPERT-COM. EQU. ESCR. PRE.SERVIÇOS,LDA COIMBRA TRANS SERRANO-AVENTURA, LAZER E TUR. LDA GÓIS ROSA CARTAXO & LIMA, LDA COIMBRA LORSENIOR - ACTIVIDADES SOCIAIS, LDA COIMBRA KTOG, LDA COIMBRA EXIGENOTA-GÁS,REDES MONT.AP.,UNIP.,LDA COIMBRA NUNO ALEXANDRE OLIV. LOPES, UNIP., LDA FIGUEIRA DA FOZ TRANSCOITENSE - TRANSPORTES, LDA TÁBUA SUPERMACO - MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, LDA TÁBUA SANTOS & LOURENÇO, LDA CANTANHEDE TRANSPORTES D. M. ALVAREZ, LDA COIMBRA INTERGRAN - GRANITOS DO INTERIOR, LDA TÁBUA TEDITEL-TEC. DECOR. INTERIORES, LDA COIMBRA FOZGLASS, COMÉRCIO DE VIDRO, LDA FIGUEIRA DA FOZ LEITÃO & SANTOS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA SARIECO, LDA COIMBRA MALÓ MIXED FARMING, LDA COIMBRA PAULA GONÇALVES PEREIRA, LDA FIGUEIRA DA FOZ MORTAGUA & SILVA, LDA FIGUEIRA DA FOZ N.F.PEGADO-EMP. SIN. PUBL., UNIP., LDA ARGANIL KLOTGAS, LDA COIMBRA MELODIAS DO MAR-TABAC., UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ FRUTAS AGOSTINHO CASEIRO, LDA OLIV. HOSPITAL AZENHA & IRMÃO, LDA MONTEMOR-O-VELHO CAPRICHOS SERRA D`ESTRELA, LDA OLIV. HOSPITAL ENE-KOLLA-SOC. IND. COM. COLAS, LDA V. N. POIARES VÍTOR MANUEL CAMPOS, LDA CANTANHEDE LEADER FOREVER, LDA CONDEIXA-A-NOVA JOSE MARQUES SIMPLICIO, LDA TÁBUA CLIORS, LDA COIMBRA PLANOCONFORTO - CONSTRUÇÕES, LDA COIMBRA WORLDEXPERIENCE-SOLUÇÕES DE VENDING, LDA COIMBRA JHS-SO. COMP. IND., UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ STOFEL & SANTOS-IND. TÊXTIL, LDA OLIV. HOSPITAL ALVES & SANTOS, LDA COIMBRA VICENTE & VICENTE-IND. IL. DEC., LDA GÓIS VIAGENS LUNAR - SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ PM AMARO - CONSTRUÇÕES, LDA OLIVEIRA DO HOSPITAL RENINSTAL, UNIPESSOAL, LDA PENACOVA ANTÓNIO SARAIVA, LDA COIMBRA WE SPACE INTELLIGENT, LDA COIMBRA DIODORO-PASTELARIA BOUTIQUE DE PÃO, LDA COIMBRA SALCEL, LDA CANTANHEDE ALFREDO PINTO MORGADO-MADEIRAS, UNI.,LDA ARGANIL RADIANTVOICE, UNIPESSOAL, LDA CONDEIXA-A-NOVA MARTINS & GOMES, LDA PENACOVA METALOMECÂNICA CURADOS, LDA FIGUEIRA DA FOZ FARMÁCIA ROCHA, LDA CONDEIXA-A-NOVA JETROMER-TRAN. ROD. MERCADORIAS, LDA SOURE PAULA MURTA - FARMÁCIA, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA ESTEVES & MARTINS, LDA FIGUEIRA DA FOZ

concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 5.000 50.960 5.000 300.000 150.000 14.964 250.000 250.000 172.320 149.639 69.000 104.450 29.928 100.974 56.500 5.000 50.000 55.000 5.000 249.399 12.500 125.000 50.000 200.000 500.000 5.000 200.000 90.000 50.000 15.000 49.880 5.000 5.000 5.000 70.000 20.000 100.000 128.500 250.000 15.000 5.000 5.000 125.000 9.976 49.880 125.000 299.000 100.000 10.000 77.500 15.000 670.000 5.000 5.000 12.500 5.000 5.000 15.000 100.000 200.000 100.000 10.000 125.000 100.000 7.000 100.000 20.000 5.000 500.000 59.856 50.000 100.000 5.000 5.000 5.000 5.000 15.000 75.000 50.000 500 125.000 15.000 5.000 125.000 5.000 42.000

vol.de negócios 1.183.284 1.183.216 1.182.318 1.180.698 1.179.796 1.176.449 1.175.411 1.175.236 1.174.909 1.173.355 1.172.643 1.172.570 1.172.500 1.171.747 1.169.589 1.169.472 1.167.154 1.164.315 1.161.846 1.161.203 1.159.846 1.156.957 1.156.933 1.154.572 1.152.989 1.151.747 1.149.314 1.147.807 1.145.336 1.145.101 1.144.732 1.144.458 1.143.883 1.140.083 1.139.319 1.135.229 1.134.911 1.134.100 1.132.564 1.131.117 1.127.188 1.126.887 1.124.104 1.121.849 1.117.209 1.113.367 1.111.812 1.110.204 1.107.813 1.105.934 1.105.336 1.102.709 1.100.801 1.100.452 1.098.021 1.094.995 1.089.213 1.088.664 1.087.236 1.086.286 1.085.925 1.085.893 1.085.262 1.083.775 1.079.499 1.078.983 1.078.057 1.077.968 1.076.307 1.074.529 1.074.118 1.073.805 1.072.911 1.071.550 1.070.127 1.068.267 1.068.110 1.065.384 1.063.423 1.062.092 1.059.902 1.059.866 1.058.544 1.056.627 1.053.298 1.052.750

var. vn 2017/2018 6,00 138,00 -10,00 -13,00 -7,00 -1,00 -22,00 29,00 69,00 23,00 2,00 17,00 - 2,00 -5,00 115,00 205,00 - 4,00 0,00 39,00 20,00 15,00 0,00 -28,00 14,00 -12,00 -15,00 34,00 7,00 -14,00 4,00 146,00 18,00 7,00 9,00 52,00 6,00 9,00 9,00 6,00 8,00 11,00 0,00 5,00 -12,00 2,00 2,00 18,00 33,00 2,00 1,00 -12,00 6,00 12,00 5,00 1,00 2,00 8,00 4,00 1,00 -22,00 15,00 - 19,00 4,00 30,00 0,00 6,00 9,00 5,00 86,00 44,00 9,00 311,00 4,00 5,00 31,00 174,00 39,00 -22,00 -3,00 18,00 -1,00 31,00


res. líquido 48.052 91.264 3.214 73.941 38.626 43.677 83.534 108.588 48.837 109.461 21.264 16.075 177.969 110.837 241.010 47.930 34.600 3.652 1.359 6.397 86.795 59.646 18.890 101.053 -131.931 63.748 -369.867 -369.190 74.448 32.718 35.004 -49.178 160.766 17.314 4.178 5.623 62.165 39.159 106.055 2.771.043 37.318 147.845 65.161 120.828 67.510 49.717 12.297 150.742 120.976 44.776 162.701 38.846 13.012 36.337 178.310 32.312 3.865 6.955 16.363 3.749 146.065 66.450 -83.485 19.868 344.388 9.279 45.095 154.470 223.809 121.156 76.575 -7.344 93.947 185.198 46.057 4.153 87.708 135.057 81.480 29.255 62.169 106.405 24.096 7.253 -12.441 -8.355

VAB 172.393 305.262 132.222 184.273 240.757 300.277 274.511 505.936 109.256 500.002 350.353 100.666 253.891 322.612 464.209 385.885 242.740 246.828 244.467 390.793 562.212 165.573 112.279 289.346 464.128 119.213 216.121 897.899 216.406 314.154 210.473 84.412 670.401 194.157 402.446 287.176 217.112 257.058 786.973 1.116.143 147.677 550.668 441.206 258.429 189.521 736.625 299.521 347.199 493.566 102.482 399.538 180.561 264.704 460.432 440.194 241.529 118.679 144.957 394.958 69.569 353.201 142.924 217.281 172.874 709.482 205.001 160.993 441.466 578.244 510.844 488.494 75.253 310.709 525.457 427.744 60.200 509.910 323.280 277.594 111.515 269.976 694.637 191.354 410.448 254.781 467.520

rentabil. (%) 4,06 7,71 0,27 6,26 3,27 3,71 7,11 9,24 4,16 9,33 1,81 1,37 15,18 9,46 20,61 4,10 2,96 0,31 0,12 0,55 7,48 5,16 1,63 8,75 -11,44 5,53 -32,18 -32,16 6,50 2,86 3,06 -4,30 14,05 1,52 0,37 0,50 5,48 3,45 9,36 244,98 3,31 13,12 5,80 10,77 6,04 4,47 1,11 13,58 10,92 4,05 14,72 3,52 1,18 3,30 16,24 2,95 0,35 0,64 1,51 0,35 13,45 6,12 -7,69 1,83 31,90 0,86 4,18 14,33 20,79 11,28 7,13 -0,68 8,76 17,28 4,30 0,39 8,21 12,68 7,66 2,75 5,87 10,04 2,28 0,69 -1,18 -0,79

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 5,04 26,65 0,80 7,88 2,65 3,44 6,53 11,75 8,85 5,71 2,80 4,95 17,80 20,78 39,76 7,26 5,19 1,37 0,10 0,10 8,15 14,99 2,50 5,88 -3,29 12,02 -5,87 -95,88 7,54 5,65 2,85 -9,88 8,09 2,48 0,30 0,82 15,10 11,19 2,42 92,42 8,17 11,54 5,94 6,47 4,81 1,94 0,68 8,32 9,00 20,16 11,15 1,73 1,57 7,31 16,63 10,47 1,97 0,92 1,23 0,54 10,51 10,46 -9,95 1,69 41,86 1,87 5,79 21,36 15,51 11,60 2,38 -2,12 20,10 29,64 6,93 1,46 25,41 13,36 13,59 5,89 12,49 2,32 7,26 1,12 -0,95 -0,81

rent. cap. próp.(%) 14,10 59,02 1,28 14,74 4,50 6,18 9,27 24,15 14,54 15,02 8,91 6,42 75,39 24,43 63,31 67,93 16,09 3,11 0,11 0,61 22,24 23,74 4,57 18,45 -23,29 37,12 -10,33 -232,10 27,32 11,73 5,57 -600,54 29,39 6,50 1,14 3,29 17,50 13,91 11,04 99,55 9,80 17,48 6,50 7,48 5,11 21,17 0,83 9,41 13,56 456,94 12,15 1,96 -4,98 14,15 20,65 61,40 2,71 14,30 2,29 2,28 19,63 23,61 -60,50 3,50 51,56 6,46 25,42 39,81 18,34 14,52 5,02 -5,79 92,39 69,60 9,38 81,72 42,45 17,35 29,40 32,64 24,36 3,82 13,55 4,11 -2,82 -3,85

solvabil.(%) 55,54 82,34 170,06 114,93 142,97 125,65 238,14 94,72 155,55 61,36 45,89 336,03 30,90 568,77 168,79 11,96 47,61 78,75 1.834,26 18,73 57,80 171,42 120,87 46,72 16,46 47,88 131,77 70,38 38,13 93,13 104,72 1,67 37,97 61,75 35,47 33,06 628,29 412,43 28,04 1.297,32 499,27 194,31 1.063,19 639,12 1.627,80 10,09 441,37 764,71 197,74 4,62 1.119,90 746,91 -23,99 106,80 413,54 20,56 266,39 6,90 116,50 30,99 115,18 79,47 19,67 92,95 431,40 40,74 29,47 115,85 547,87 397,08 90,53 57,64 27,80 74,16 282,23 1,82 149,16 335,50 85,91 22,04 105,21 154,90 115,55 37,60 50,88 26,85

exportação total 0 0 0 14.628 52.791 0 246.375 12.449 0 72.187 0 0 0 0 202.752 139.855 0 0 0 0 2.664 0 84.021 0 58.126 0 0 0 3.218 0 0 0 0 90 0 3.964 0 0 0 1.131.031 0 3.159 328.372 297 0 1.113.367 191.902 2.893 324 0 6.162 0 0 0 81.758 0 0 0 15.458 28.863 0 0 777.989 6.104 0 0 0 26.902 730.092 0 272.838 0 0 0 91 0 0 0 0 67.425 237.201 1.220 0 952.908 0 0

85 empregados 6 8 7 5 10 8 8 10 3 18 14 4 0 7 4 10 9 7 8 10 24 6 5 6 39 2 25 43 5 15 8 5 23 7 22 13 11 6 30 2 6 11 16 6 2 7 21 8 16 2 9 1 8 17 13 10 6 8 16 4 7 4 13 9 5 11 7 15 9 23 19 3 10 18 17 3 27 4 7 2 8 12 8 15 7 20

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


ranking

nome

933 934 935 936 937 938 939 940 941 942 943 944 945 946 947 948 949 950 951 952 953 954 955 956 957 958 959 960 961 962 963 964 965 966 967 968 969 970 971 972 973 974 975 976 977 978 979 980 981 982 983 984 985 986 987 988 989 990 991 992 993 994 995 996 997 998 999 1000

MODERNAÇÃO - GESSO DECORATIVO, LDA SOURE ILOVEDIGITAL, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA BULE DE CHÁ - PADARIA E PASTELARIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ FOZOVO - AGRO PECUÁRIA, LDA FIGUEIRA DA FOZ TRANSSÓLIDOS - TRANSPORTES, LDA COIMBRA FAPILOR-FÁBRICA PALITEIRA DE LORVÃO, LDA PENACOVA M.CARDOSO CORREIA & FILHOS, LDA CANTANHEDE REACEL - RELÓGIOS E ACESSÓRIOS, LDA COIMBRA SHUANGJIE YE, LDA FIGUEIRA DA FOZ MOVICARVALHO-COM. IND., MOB. CARP., LDA LOUSÃ CONDEIXAGÁS-COM. DISTR. GÁS, LDA CONDEIXA-A-NOVA VOITH PAPER FRS, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA EDUCOACH, S.A. COIMBRA RDLIGHT, LDA ARGANIL ESTREITORIENTAL, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE I.M.C.L.-IND. MOLDES CERÂMICOS, LDA CANTANHEDE JAMARKET, UNIPESSOAL, LDA PENELA CARLOS ALBERTO ROSA, LDA COIMBRA AGROBAÍA-COM. IND. AL. ANIMAIS, LDA COIMBRA MAR. J. SILVA BOLAS CARNIÇA, UNIP., LDA TÁBUA MEDIVARIS - REPRESENTAÇÕES MÉDICAS, LDA COIMBRA RAUL CORREIA - REPRESENTAÇÕES, LDA ARGANIL CASA PEDRO TAIPINA, LDA CANTANHEDE TRANSPORTES BRAZ, LDA COIMBRA PERFILTECTO-FAB. COM. PER. PLÁSTICO, LDA SOURE MIGUEL JOÃO, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA TIS-TECHN. AND INTELLIGENT SYSTEMS, LDA COIMBRA QUINTA DO OLHEIRO, LDA CANTANHEDE FERTAPER-METAL. FER. TAVARES PEREIRA,LDA TÁBUA AQUITRAL-COM. COMBUSTÍVEIS, LDA MONTEMOR-O-VELHO PLACOCENTRO-GIL GONÇ. MENDES, UNIP.,LDA CANTANHEDE FERROLIVEIRA-COM. FERRO, LDA OLIV. HOSPITAL STOFFUS-IND. PORTUGUESA DE SOFÁS, LDA CANTANHEDE SIGMAWORLD, UNIPESSOAL, LDA COIMBRA REFERENCES AND ADVICES, UNIPESSOAL,LDA LOUSÃ NLF - MADEIRAS, LDA V. N. POIARES SIDMOR-SOC.IND.DEC.,MET.OF.REP.,LDA FIGUEIRA DA FOZ NUMIARCOS, LDA COIMBRA FORMA Z - ENGENHARIA, LDA COIMBRA MAGIC BALANCE - SOLUÇÕES INTEGRADAS, LDA COIMBRA CLARO & ÓBVIO, LDA COIMBRA LOPES & MARQUES, LDA COIMBRA CARDOSO & NEVES, LDA MIRANDA DO CORVO MONDEFOZ TRANSPORTES, LDA FIGUEIRA DA FOZ C.A.- CONSTRUTORA DO ALVA, S.A. OLIV. HOSPITAL SALCOIN-SERV. METALOMECÂNICA, UNIP., LDA MIRA DIAS DE FESTA,ACT. HOTELEIRAS,LDA COIMBRA ESK EXPORT, UNIPESSOAL, LDA PENACOVA PAULA ALHINHO MARTINS, UNIPESSOAL, LDA FIGUEIRA DA FOZ JOSÉ FERREIRA & FILHO, LDA FIGUEIRA DA FOZ PINTURAS VITOR PISCO, LDA PENACOVA ALTURA SUGESTIVA, UNIPESSOAL, LDA MONTEMOR-O-VELHO QUIAIOS HOTEL-EMPRE. TURÍSTICOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ CICLOCEDE, LDA COIMBRA APPLIANCE ARTS PORTUGAL FIGUEIRA DA FOZ L.T.D.-LABORATORIO TECNICO DENTARIO,LDA COIMBRA CAJAF, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE FRESCO & GOMES, LDA MIRA REDÁGUAS - SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES,LDA OLI. HOSPITAL IBEROCOMPOUNDS, LDA SOURE AUGUSTUS-INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS,LDA FIGUEIRA DA FOZ RUI SIMÕES DIAS, UNIPESSOAL, LDA LOUSÃ JÚLIA DUARTE & FILHOS, LDA CANTANHEDE NEOVALOR-SERVIÇOS AMB. SAÚDE, S.A. COIMBRA HORÁCIO COSTA III COIMBRA SOLIEN-SOL. INT. ENGENHARIA, LDA COIMBRA FARMÁCIA MIRALDO, UNIPESSOAL, LDA CANTANHEDE ANTÓNIO JOSÉ & FILHOS, LDA GÓIS

79362

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

86RANKING concelho sede social

novembro 2019 | Diário As Beiras

capital social 368.976 10.000 9.000 498.798 50.000 217.200 99.760 500.000 6.000 125.000 5.000 5.000 50.000 7.500 5.000 324.219 50.000 25.000 7.500 25.000 400.000 250.000 5.000 249.400 25.000 5.000 105.000 10.000 299.279 12.500 50.000 130.000 135.000 55.000 50.000 20.000 40.000 100.000 5.000 2.400 5.000 25.000 158.000 249.399 700.000 100.000 5.000 30.000 505.000 150.000 5.000 20.000 1.500.000 5.000 50.000 24.940 5.000 75.000 312.000 100.000 225.000 10.000 130.000 300.000 5.000 50.000 477.000 50.000

vol.de negócios 1.052.638 1.052.379 1.048.169 1.047.549 1.047.174 1.046.179 1.045.062 1.044.759 1.043.307 1.043.245 1.043.111 1.041.677 1.039.627 1.039.348 1.038.189 1.037.356 1.036.593 1.036.000 1.035.095 1.034.674 1.033.960 1.031.825 1.028.062 1.027.958 1.027.867 1.020.113 1.019.998 1.019.641 1.019.169 1.017.780 1.015.419 1.014.708 1.013.633 1.013.341 1.013.152 1.012.451 1.012.058 1.011.161 1.010.226 1.010.221 1.006.228 1.005.366 1.004.988 1.001.261 1.000.055 998.938 998.707 998.695 996.909 995.811 994.581 994.511 993.405 993.369 991.279 991.231 988.943 987.997 987.025 986.652 985.903 985.714 983.265 983.149 982.595 982.161 981.539 980.923

var. vn 2017/2018 24,00 82,00 -6,00 11,00 23,00 -9,00 1,00 -4,00 29,00 40,00 5,00 3,00 1,00 21,00 - -2,00 8,00 127,00 -1,00 4,00 -6,00 -8,00 -1,00 7,00 2,00 25,00 0,00 -10,00 -21,00 0,00 -1,00 30,00 7,00 -1,00 258,00 10,00 13,00 -4,00 106,00 19,00 0,00 - 2,00 13,00 -11,00 27,00 20,00 48,00 -5,00 -1,00 12,00 1,00 74,00 -5,00 4,00 268,00 7,00 51,00 6,00 -23,00 25,00 34,00 -44,00 4,00 38,00 1,00 13,00


res. líquido

79299

20.096 -80.850 58.235 27.204 75.339 8.568 109.712 29.715 77.445 465.941 2.566 66.519 41.594 219.777 130.579 -116.889 33.587 184.787 55.966 27.163 15.867 13.818 175.878 33.922 22.939 42.821 194.410 13.376 1.258 9.538 3.482 35.080 56.430 8.742 60.571 31.372 24.428 84.789 85.516 515.128 -32.981 16.358 26.725 2.551 56.223 174.994 44.915 59.351 32.090 -26.808 123.540 26.484 -79.923 86.973 -197.740 101.846 205.580 40.637 10.574 34.698 64.548 61.727 42.793 -8.481 48.224 22.782 40.524 1.208

VAB 185.731 6.983 440.931 121.495 413.264 248.608 431.419 347.103 207.547 444.962 154.861 804.573 673.114 411.494 156.184 576.757 203.949 233.758 118.600 178.814 215.533 233.247 377.131 370.606 139.143 132.703 667.381 411.747 493.520 65.773 135.193 198.771 402.122 263.154 149.249 229.630 643.448 282.018 241.277 653.886 363.813 237.072 204.722 335.285 -64.502 857.374 323.326 106.728 275.895 217.404 679.816 379.846 427.617 117.573 57.787 715.843 388.549 75.017 424.972 105.830 527.470 139.627 345.405 513.890 144.405 728.268 231.711 128.884

rentabil. (%) 1,91 -7,68 5,56 2,60 7,19 0,82 10,50 2,84 7,42 44,66 0,25 6,39 4,00 21,15 12,58 -11,27 3,24 17,84 5,41 2,63 1,53 1,34 17,11 3,30 2,23 4,20 19,06 1,31 0,12 0,94 0,34 3,46 5,57 0,86 5,98 3,10 2,41 8,39 8,47 50,99 -3,28 1,63 2,66 0,25 5,62 17,52 4,50 5,94 3,22 -2,69 12,42 2,66 -8,05 8,76 -19,95 10,27 20,79 4,11 1,07 3,52 6,55 6,26 4,35 -0,86 4,91 2,32 4,13 0,12

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 2,66 -68,92 12,09 2,60 11,71 0,51 10,30 1,02 15,65 19,69 0,65 20,14 6,21 18,98 67,82 -3,69 7,69 29,97 8,05 7,29 1,03 1,44 13,56 4,98 3,70 9,04 7,18 1,20 0,03 1,94 0,46 3,13 5,60 0,98 13,71 4,35 1,86 11,45 19,72 78,60 -5,01 0,82 7,74 0,31 2,41 13,49 15,52 14,21 1,73 -1,81 7,64 8,07 -2,50 15,83 -17,79 11,03 57,97 26,24 1,86 4,74 5,68 7,25 5,24 -1,14 10,30 1,59 4,41 0,11

rent. cap. próp.(%) 5,04 383,32 29,41 -1,91 19,98 0,95 11,94 1,08 -49,79 35,53 0,74 38,34 -21,60 26,55 97,24 -10,32 24,77 70,35 10,17 52,00 2,08 2,29 14,38 8,48 20,36 26,03 17,06 2,47 0,07 2,37 0,56 6,96 14,24 3,16 37,78 21,38 3,16 63,16 59,85 99,79 151,16 1,54 8,55 0,79 -4,20 14,63 79,56 32,40 7,46 -3,82 9,85 37,42 -11,63 37,52 -122,06 21,65 61,05 36,08 9,10 10,74 109,53 24,21 21,69 -1,97 16,60 3,01 5,05 0,18

solvabil.(%) 112,05 -15,24 69,82 -57,71 141,55 116,32 626,41 1.865,05 -23,91 124,36 694,56 110,65 -22,33 250,77 230,56 55,71 44,98 74,22 379,84 16,31 97,88 168,64 1.654,16 141,92 22,23 53,23 72,67 94,16 79,56 454,52 451,74 81,61 64,90 45,17 56,98 25,56 143,42 22,15 49,13 370,95 -3,21 113,21 956,59 64,68 -36,44 1.182,78 24,23 78,11 30,21 89,48 346,44 27,48 27,33 73,01 17,06 103,90 1.877,10 266,63 25,76 79,03 5,47 42,72 31,85 136,11 163,45 111,25 685,08 142,46

exportação total

87 empregados

8.495 8 0 5 0 26 0 7 0 16 177.218 12 616.612 17 429 14 0 10 1.837 17 0 9 1.015.564 9 0 48 0 7 0 1 0 22 0 13 0 1 0 4 0 6 0 9 0 8 3.962 7 0 17 404.216 7 0 5 9.885 16 0 18 0 24 0 3 42.038 6 49 5 144.174 26 63.042 12 0 4 0 9 3.781 28 0 29 611.576 9 1.010.221 1 0 22 1.019 9 0 11 482.383 12 0 14 0 1 0 24 998.029 1 0 7 671 12 0 30 0 27 0 34 0 0 0 9 0 17 969.250 1 0 4 0 16 23.481 5 287.763 18 5.039 3 0 15 0 30 262 4 597.979 17 0 6 Fonte : Rank elaborado D&B 0 pela Informa 6

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

88 EMPRESAS

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Arganil

1.º

Eólica das Serras das Beiras, S.A.

Volume de negócios € 17.582.174 Variação volume de negócios 6,55 % Resultado líquido € 5.567.785 Exportações 0 N.º empregados 0 ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

80 86 87 172 285 288 307 375 404 408

nome EÓLICA DAS SERRAS DAS BEIRAS, S.A. PINEWELLS, S.A. SULPASTEIS-COM. IND. PROD. ALIME. CONG., LDA DISTRIARGANIL - SUPERMERCADOS, LDA VALOVO II, AVICULTURA, LDA SOL ALVA - MECÂNICA DE PRECISÃO, S.A. T & D - AUTOMÓVEIS, LDA CONSTRUÇÕES CASTANHEIRA & JOAQUIM, LDA ISABEL MAR. DUARTE COELHO CUNHA MARTINS,UNIP.,LDA FÁBRICA DE RADIADORES DO ALVA, LDA

vol. de negócios 17.582.174 15.845.689 15.542.551 6.752.092 3.712.355 3.691.995 3.475.969 2.835.827 2.628.084 2.599.799

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. 6,55 29,13 -0,75 4,03 -9,14 -2,40 -4,30 17,22 4,33 114,06

N.º empregados 0 52 116 43 16 58 6 23 16 19

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Cantanhede

1.º

Fapricela - Indústria de Trefilaria

Volume de negócios € 151.555.259 Variação volume de negócios 12,70 % Resultado líquido € 6.725.894 Exportações 124.575.141 N.º empregados 361 ranking* ranking 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

10 16 32 38 39 41 49 64 67 68

pornome vol.de negócios FAPRICELA - INDÚSTRIA DE TREFILARIA, S.A. MAHLE - COMPONENTES DE MOTORES, S.A. EURO TYRE - COMERCIALIZAÇÃO DE PNEUS, LDA JOSÉ ANICETO & IRMÃO, LDA PAUL STRICKER, S.A. ROCA TORNEIRAS, S.A. MÁRIO MIRANDA DE ALMEIDA, S.A. VHUMANA, S.A. DISTRIMARIALVAS-DISTR. ALIME. CANTANHEDE, S.A. ADM PORTUGAL, S.A.

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 151.555.259 68.663.235 38.519.842 36.747.061 36.115.963 34.002.705 25.912.133 21.856.357 21.014.168 20.983.025

variação de vol.neg. 12,70 -9,89 11,70 10,67 32,61 5,60 -0,26 -13,06 3,92 6,00

N.º empregados 361 617 43 55 247 168 47 11 78 40

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79291


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

90 EMPRESAS Coimbra

1.º

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra

Volume de negócios € 399.344.827 Variação volume de negócios -5,61 % Resultado líquido € -79.951.444 Exportações 0 N.º empregados 7.703 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

CENTRO HOSPITALAR E UNIVERSITÁRIO COIMBRA, E.P.E. PLURAL - COOPERATIVA FARMACÊUTICA, C.R.L. EXPOENTURBANO, UNIPESSOAL, LDA AUTO INDUSTRIAL, S.A. SODICENTRO - COMÉRCIO DE VEÍCULOS, LDA ÁGUAS DO CENTRO LITORAL, S.A. LITOCAR - DISTRIBUIÇÃO AUTOMÓVEL, S.A. ABASTENA-SOCIEDADE ABASTECEDORA DE MADEIRAS, LDA. DAN CAKE (PORTUGAL), S.A. INST.PORT.ONCOLOGIA COI.FRANCISCO GENTIL,E.P.E.

3 8 9 13 15 18 19 20 23 24

vol. de negócios 399.344.827 207.741.547 170.133.436 85.947.747 70.018.128 55.238.342 51.834.766 51.271.905 50.016.474 46.514.417

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. -5,61 6,20 - 6,61 3,14 14,93 3,31 1,62 -4,20 -3,69

N.º empregados 7.703 285 2 262 153 213 139 28 450 1.004

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Condeixa-a-Nova

1.º

Macorlux - Electrodomésticos

Volume de negócios € 50.555.531 Variação volume de negócios 0,42 % Resultado líquido € 2.588.858 Exportações € 1.483.328 N.º empregados 40 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

MACORLUX - ELECTRODOMÉSTICOS, S.A. FARMALABOR - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. INTER CONDEIXA - SUPERMERCADOS, LDA DOMINÓ - INDÚSTRIAS CERÂMICAS, S.A. MATISILVA - CARNES, LDA CARLOS NUNES & IRMÃOS-FRIO IND. COMERCIAL, LDA TRANSP. RODOV. MERC. REPOLHO & RODRIGUES, S.A. SALRIFARMA - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, LDA J.R.C. - CONSTRUÇÃO E OBRAS PÚBLICAS, S.A. VIVISOL PORTUGAL-CUID. DOMICILIÁRIOS, UNIP., LDA

22 74 76 93 126 165 248 293 383 432

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 50.555.531 19.998.639 19.529.716 14.387.317 9.991.191 7.063.289 4.361.295 3.650.930 2.765.428 2.449.774

variação de vol.neg. 0,42 10,21 1,81 -6,13 -3,04 1,65 -9,66 8,83 60,95 79,63

N.º empregados 40 130 66 183 51 57 48 18 33 33

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79220


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

92 EMPRESAS

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Figueira da Foz

1.º

Celulose Beira Industrial (Celbi)

Volume de negócios € 544.190.687 Variação volume de negócios 24,03 % Resultado líquido € 137.820.735 Exportações € 444.941.907 N.º empregados 254 ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

nome

1 2 4 6 7 12 17 21 28 30

CELULOSE BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A. NAVIGATOR BRANDS, S.A. NAVIGATOR PULP FIGUEIRA, S.A. ALTRI ABASTECIMENTO DE MADEIRA, S.A. LUSIAVES-INDÚSTRIA E COMÉRCIO AGRO-ALIMENTAR, S.A. VERALLIA PORTUGAL, S.A. COFISA - CONSERVAS DE PEIXE DA FIGUEIRA, S.A. NAVIGATOR PAPER FIGUEIRA, S.A. BIOELÉCTRICA DA FOZ, S.A. ALTRI FLORESTAL, S.A.

vol. de negócios 544.190.687 525.272.543 358.365.285 239.946.267 218.969.074 101.168.904 55.687.925 50.784.211 43.256.948 40.448.563

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. 24,03 13,84 17,97 7,29 -2,89 -0,40 10,17 -16,58 8,63 30,04

N.º empregados 254 555 15 0 1.058 245 243 435 0 56

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Góis

1.º

Rui & Dinora

Volume de negócios € 5.076.883 Variação volume de negócios 6,48 % Resultado líquido € 4.104 Exportações 0 N.º empregados 30

ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7

218 459 485 749 883 917 1000

nome RUI & DINORA, LDA ÁLVARO MATOS BANDEIRA & FILHOS, LDA PRORRESINA - PRODUTOS RESINOSOS, LDA COROA, LDA TRANS SERRANO - AVENTURA, LAZER E TURISMO, LDA VICENTE & VICENTE-IND. ILUM. DECORAÇÃO, LDA ANTÓNIO JOSÉ & FILHOS, LDA

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 5.076.883 2.287.409 2.133.242 1.340.335 1.134.911 1.074.118 980.923

variação de vol.neg. 6,48 31,57 28,59 6,00 52,00 9,00 13,00

N.º empregados 30 6 9 8 11 19 6

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


79227

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

94 EMPRESAS

Lousã

1.º

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Efapel - Empresa Fabril de Produtos Eléctricos

Volume de negócios € 38.651.008 Variação volume de negócios 10,85 % Resultado líquido € 8.780.503 Exportações € 11.971.170 N.º empregados 387 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

EFAPEL-EMPRESA FABRIL DE PRODUTOS ELÉCTRICOS, S.A. TREVIPAPEL - TRANSFORMAÇÃO E CORTE DE PAPEL, S.A. ANÍBAL ANTUNES BANDEIRA, LDA PRADO - CARTOLINAS DA LOUSÃ, S.A. PARQUE EÓLICO DE TREVIM, LDA FERDIFER, S.A. FASTER - PRODUTOS ALIMENTARES, LDA ANTÓNIO SIMÕES LOPES, SUCESSORES, LDA CARLOS GIL-OBR.PUB.,CONSTR.CIVIL E MONT.ELECT.,LDA ISIDOVIAS - INVESTIMENTOS, LDA

31 43 59 60 73 169 195 247 256 298

vol. de negócios 38.651.008 29.501.665 24.049.257 23.146.411 20.373.766 6.911.646 5.766.244 4.375.827 4.299.001 3.589.992

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. 10,85 13,44 11,73 -0,29 3,21 289,80 9,47 -0,68 5,69 -23,65

N.º empregados 387 142 44 117 0 1 53 6 78 42

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Mira

1.º

Maçarico

Volume de negócios € 22.889.066 Variação volume de negócios 7,97 % Resultado líquido € 663.892 Exportações € 12.576.646 N.º empregados 208 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

MAÇARICO, S.A. ACUINOVA - ACTIVIDADES PISCÍCOLAS, S.A. BATATAS MIRENSE, LDA OLIVEIRA, PINHO & FILHOS, LDA LEAL & SOARES, S.A. DISTRIPROENÇA SUPERMERCADOS, LDA QUITÉRIOS - FÁBRICA DE QUADROS ELÉCTRICOS, LDA BRASÃO DE LA ESPADA-DESIGN, PROD. COM. MOB., S.A. DOM MIRA, LDA LITORAL REGAS-COMÉRCIO E APOIO À AGRICULTURA, LDA

61 78 79 111 119 124 139 189 289 314

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 22.889.066 18.932.491 17.729.394 10.713.991 10.302.847 10.080.507 8.316.817 6.096.303 3.685.002 3.380.305

variação de vol.neg. 7,97 21,21 15,06 25,73 -1,70 6,92 12,74 5,32 14,26 -16,90

N.º empregados 208 112 69 18 98 57 56 69 75 19

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


71587

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

96EMPRESAS

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Miranda do Corvo

1.º

Eólica do Espigão, S.A.

Volume de negócios € 6.024.794 Variação volume de negócios -1,14 Resultado líquido € 2.334.089 Exportações 0 N.º empregados 0 ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

190 242 270 284 340 391 410 426 452 595

nome EÓLICA DO ESPIGÃO, S.A. BIOPOWER, LDA ARNAUT & FILHOS, LDA PICLIMA-PROJ.INSTALAÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO, LDA CARLOS TOMÉ & VÍTOR JOSÉ - SUPERMERCADOS, LDA GERAÇÃO DAS PALAVRAS, LDA AUTOGARSILVA, LDA RECURSUPER, LDA JOALPLAS - INDUSTRIA DE PLASTICOS, LDA ENGIPOLIS-ENG.E CONSTRUÇÃO, UNIPESSOAL, LDA

vol. de negócios 6.024.794 4.419.097 3.942.194 3.721.328 3.191.933 2.726.913 2.576.830 2.484.462 2.312.941 1.708.056

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. -1,14 112,08 41,20 5,28 -5,05 4,56 -7,77 -13,01 0,05 8,92

N.º empregados 0 15 21 44 24 7 16 20 21 21

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Montemor-o-Velho

1.º

Empifarma - Produtos Farmacêuticos, S.A.

Volume de negócios € 143.611.634 Variação volume de negócios 23,67 % Resultado líquido € 1.214.037 Exportações € 1.979 N.º empregados 101 ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

11 42 112 118 132 135 224 250 286 317

nome EMPIFARMA - PRODUTOS FARMACÊUTICOS, S.A. S & A - SOCIEDADE INDUSTRIAL DE APERITIVOS, S.A. DIAS & FILHOS - TRANSPORTES INTERNACIONAIS, LDA MONTESODI - SUPERMERCADOS, LDA LINEVE, LDA QUADROMOR - ELECTRICIDADE E INSTRUMENTAÇÃO, S.A. PENLAC - LÁCTEOS DA PENÍNSULA, LDA LUBRICENTRO DOIS-COM. COMB. E AUTOMOVEIS, LDA TRANSPORTES CASCÃO & MANUELA, LDA FRIQUENTAL - INDÚSTRIA E COMÉRCIO ALIMENTAR, LDA

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 143.611.634 33.610.720 10.651.787 10.328.601 9.041.646 8.753.057 4.830.589 4.353.295 3.707.414 3.338.530

variação de vol.neg. 23,67 5,20 0,65 -1,69 22,08 37,04 57,62 8,16 34,80 4,35

N.º empregados 101 207 114 40 27 194 2 10 26 36

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

34530


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

98 EMPRESAS Oliveira do Hospital

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

1.º Davion - Indústria de Vestuário Volume de negócios € 14.453.132 Variação volume de negócios 0,33 % Resultado líquido € 164.786 Exportações € 14.075.665 N.º empregados 265 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

DAVION - INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. SILVA & IRMÃOS, LDA AZURIBÉRICA - TÊXTIL, S.A. IRMÃOSCOMBUSTÍVEIS, LDA JOAQUIM FERNANDES MARQUES & FILHO, S.A. MATAD. REG. BEIRA SERRA, S.A. - EM LIQUIDAÇÃO ARMAZÉNS DE MERCEARIA A.MONTEIRO, S.A. CIP - CONSTRUÇÃO, S.A. INTERHOLIHOSPITAL - SUPERMERCADOS, LDA ANTÓNIO MARIA VELOSO & CA., S.A.

92 136 152 163 164 197 239 254 264 273

vol. de negócios 14.453.132 8.748.743 7.675.885 7.095.959 7.080.985 5.655.130 4.481.489 4.322.261 4.052.507 3.845.318

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. 0,33 -0,21 0,15 30,64 20,35 -7,05 9,43 -63,27 6,64 7,80

N.º empregados 265 300 221 13 52 46 26 56 27 20

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Pampilhosa da Serra

1.º

Parque de Pampilhosa da Serra - Energia Eólica

Volume de negócios € 26.713.258 Variação volume de negócios 3,98 % Resultado líquido € 9.898.161 Exportações 0 N.º empregados 0 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

PARQUE DE PAMPILHOSA DA SERRA-ENERGIA EÓLICA, S.A. PEA - PARQUE EÓLICO DA SERRA, S.A. ANYWIND - ENERGIAS RENOVÁVEIS, LDA PARQUE EÓLICO DE MALHADAS-GÓIS, S.A. MINICASH - COMÉRCIO DE PRODUTOS ALIMENTARES, LDA VENDA VALL - COMÉRCIO, LDA CONFORLUX-COM. ELECTROD. E COMBUSTÍVEIS, LDA BIF PORTUGAL, S.A. PROCHOICE, LDA HIDROELÉCTRICA DO ZEZERE, S.A.

47 70 179 406 503 558 593 673 793 798

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 26.713.258 20.750.899 6.539.228 2.615.941 2.037.144 1.847.705 1.714.968 1.499.556 1.267.800 1.257.067

variação de vol.neg. 3,98 4,61 -3,62 0,43 -4,48 59,59 27,17 -38,13 -22,00 35,00

N.º empregados 0 3 108 0 10 24 6 3 5 1

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


EMPRESAS99 Por concelho do distrito de Coimbra

Penacova

1.º

Águas das Caldas de Penacova

Volume de negócios € 19.850.108 Variação volume de negócios -7,47 % Resultado líquido € 2.728.890 Exportações € 463.579 N.º empregados 79 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ÁGUAS DAS CALDAS DE PENACOVA, S.A. JTSL-SOLUÇÕES TÉCNICAS MANUT. METALOMECÂNICA, S.A. SUPERTÁBUA - SUPERMERCADOS, LDA VEIGA LOPES, S.A. SIMETRIAXIAL - METALOMECÂNICA, LDA MACOP - MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO, S.A. FOZVIAS, UNIPESSOAL, LDA FERROALVA-FER. MATERIAIS DE CONSTR. DO ALVA, LDA TRANSP. ROD. MERCADORIAS DE AGUIEIRA, S.A. R2P - RECICLAGEM E PEÇAS, S.A.

75 98 168 176 215 219 265 278 290 324

vol. de negócios 19.850.108 13.538.079 6.988.924 6.569.620 5.102.853 5.031.430 4.005.534 3.757.852 3.680.349 3.296.408

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol. neg. -7,47 10,64 6,65 -0,02 -9,26 -3,47 55,41 -7,73 5,77 6,38

N.º empregados 79 237 37 61 135 29 31 7 60 13

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Penela

1.º

Frijobel - Indústria e Comércio Alimentar

Volume de negócios € 44.803.871 Variação volume de negócios 13,34 % Resultado líquido € 1.243.673 Exportações € 5.980.987 N.º empregados 180 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

FRIJOBEL - INDÚSTRIA E COMÉRCIO ALIMENTAR, S.A. SIMÕES & RODRIGUES, S.A. CALADO & DUARTE, LDA WINDPARK, LDA SERQUEIJOS PIMENTA-FABR. QUEIJOS DO RABAÇAL, LDA GADANHA - PAVIMENTOS, LDA BETUMES VALE LONGO, LDA PEL - PARQUE EÓLICO DA LOUSÃ, LDA HÉLDER DOMINGUES FÉLIX-SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA LABORAT. ANÁLISES CLÍNICAS JOSÉ MANUEL CHAU, S.A.

26 89 147 156 305 315 345 371 398 405

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 44.803.871 14.673.596 7.984.899 7.423.392 3.528.771 3.354.970 3.113.077 2.845.899 2.660.750 2.619.115

variação de vol.neg. 13,34 23,38 27,99 8,05 12,54 51,01 18,22 0,74 3,44 8,73

N.º empregados 180 80 132 89 26 38 0 0 13 47

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

100EMPRESAS Soure

1.º

novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Omya

Volume de negócios € 24.190.612 Variação volume de negócios -1,11 % Resultado líquido € 803.302 Exportações € 1.652.202 N.º empregados 55 ranking por vol.de negócios ranking * 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

58 65 141 144 180 183 246 342 418 430

nome OMYA, S.A. FRUTORRA - PIMENTA, LDA ALCINO MARTINS, UNIPESSOAL, LDA PERFUME-ARTE-COM. ARTIGOS COSMETICOS DO CENTRO,LDA SUPERSOURE - SUPERMERCADOS, LDA VIEIRA CORDEIRO, S.A. TMIP - TRANSPORTES E LOGÍSTICA, LDA SÉRGIO CARVALHO - COMÉRCIO AUTOMÓVEIS, LDA VASCO FIGUEIREDO, LDA IHT, LDA

vol. de negócios 24.190.612 21.746.832 8.218.826 8.067.030 6.538.124 6.480.973 4.375.992 3.173.656 2.537.878 2.471.751

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

variação de vol.neg. -1,11 16,01 34,30 -0,85 9,83 37,90 -10,35 7,03 6,88 41,30

N.º empregados 55 63 4 65 39 120 16 4 9 17

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Tábua

1.º

Aquinos

Volume de negócios € 85.628.087 Variação volume de negócios 5,50 % Resultado líquido € 3.020.967 Exportações € 72.331.599 N.º empregados 1.617 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

AQUINOS, S.A. NOVAQUI-EQUIPAMENTOS E MOBILIÁRIO DE CONFORTO, S.A. C.B.I.- INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. GOFOAM - INDÚSTRIA E TRANSFORMAÇAO ESPUMA, LDA EUROTÁBUA, S.A. ACORFATO - INDUSTRIA DE CONFECÇÕES, S.A. CLIBED, LDA TRANSPORTES FERRÃO & MARTINS, LDA RESIMADEIRAS - RESINAS E MADEIRAS, LDA AQUISAVE, LDA

14 27 52 53 106 116 122 201 235 323

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

vol. de negócios 85.628.087 44.085.415 25.120.594 24.837.766 12.198.819 10.502.376 10.134.425 5.497.821 4.556.348 3.301.084

variação de vol.neg. 5,50 -12,76 -12,02 24,20 8,88 13,09 16,16 5,59 27,50 12,15

N.º empregados 1.617 407 261 136 243 238 94 67 29 92

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79344


novembro 2019 | Diário As Beiras

Por concelho do distrito de Coimbra

Vila Nova de Poiares

1.º Alves Bandeira & Ca. Volume de negócios € 269.085.383 Variação volume de negócios 18,09 % Resultado líquido € 2.239.874 Exportações 0 N.º empregados 473 ranking por vol.de negócios ranking *

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

ALVES BANDEIRA & CA., S.A. ALVES BANDEIRA TYRES, S.A. ANSELL PORTUGAL-IND. GLOVES, SOC. UNIPESSOAL, LDA FRESBEIRA - INDÚSTRIA DE CARNES, LDA M.N.CARVALHO & CA., LDA UNITRACTORES-EQUIP. FLOR. INDUSTRIAIS, LDA DISPAN SOC. DE TRANSPORTES POIARENSE, LDA TRANSFRAGA - TRANSPORTES DE MERCADORIAS, LDA J.SILVAS & CA., LDA

vol. de negócios

* Posição no ranking do distrito de Coimbra

269.085.383 25.329.996 24.449.950 14.649.881 5.419.457 5.150.055 3.954.246 3.856.460 3.534.747 3.426.530

variação de vol.neg.

N.º empregados

18,09 -35,33 22,00 -2,78 23,90 59,21 0,36 6,09 9,44 2,38

473 27 357 59 27 19 13 47 43 21

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

79286

5 51 56 90 204 212 267 271 303 311

71537

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

102EMPRESAS

Há catorze anos no mercado reforçámos o nosso objetivo de ser um parceiro de primeira escolha. Esse reforço complementa-se com a aquisição de uma segunda máquina de produção de vedantes para maior capacidade de resposta aos nossos clientes. Oferecemos segurança nos nossos serviços e confiabilidade nos nossos produtos. Somos PME Líder desde 2013 e PME Excelência desde 2016! Um muito obrigado a todos os nossos clientes, colaboradores e fornecedores!

Venham conhecer-nos através do nosso site: www.imporseal.pt ou nas nossas instalações: Alto da Romeira, Armazém 8, Zona Industrial da Pedrulha - Coimbra Tel.239 499 080/9 Fax.239 492 048 Tlm.914 973 444 Tlm.917 658 660 email:geral@imporseal.pt


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79352


Aveiro 25 grupos empresariais acima dos 100 milhões As empresas do universo Prio (Supply e Energy), ambas em Ílhavo, voltam a liderar a “tabela de gigantes” que se regista no distrito de Aveiro no que diz respeito a volume de negócios. É que, nesta edição, são 25 os grupos empresariais com faturação acima dos 100 milhões de euros, ou seja – apenas em termos de comparação – o dobro das empresas com esta performance no distrito de Coimbra. No caso do universo empresarial Prio no distrito, às duas empresas do topo, que subiram 24,3% e 16% de faturação, junta-se a Prio Bio, em 30.º lugar, atingindo uma faturação conjunta de quase 1,8 mil milhões de euros, mais 300 milhões do que no ano transato e que acumulam com crescimento de um valor semelhante de 300 milhões de euros de 2016 para 2017. Entretanto, há troca de posições do 3.º para o 4.º lugar, com a Renault Cacia a ultrapassar a Faurecia (assentos de automóvel). Ainda entre as primeiras classificadas, a quebra de faturação da Amorim& Irmãos e da Companhia Cires resultou, respetivamente, em descidas de dois e quatro lugares. A mais significativa variação positiva do volume de negócios das 50 maiores do distrito de Aveiro é da Ferromar (Ovar), que se apresenta como entrada direta para a 35.ª posição, tal como se regista em posições mais abaixo da tabela, com a ERT Têxtil (São João da Madeira), Bresfor (Ílhavo), Sasal (São João da Madeira) e Valmet (Ovar). A maior descida, de 19% e sete posições, foi da EDA, estofos e assentos de São João da Madeira, com um comportamento em sentido contrário à apresentação das contas do 2017, quando quase havia duplicado o volume de negócios. 79285

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

104 ANÁLISE

novembro 2019 | Diário As Beiras

Castelo Branco Celuloses em ciclos contrários

Guarda só duas empresas acima dos 100 milhões

Aquilo que seria de esperar no distrito de Castelo Branco – a liderança da tabela pertencer a um dos dois grupos do universo da produção de papel – volta a registar-se este ano, com a Celtejo (Grupo Altri) a reconquistar o 1.º lugar à fábrica de iogurtes Danone. As posições tinham-se invertido um ano antes, tal como em 2016, quando tinha sido o outro fabricante de pasta de papel de V. V. de Ródão (Navigator) a liderar. Desta vez, a Celtejo destaca-se, aproveitando também a descida de faturação das duas restantes. Logo abaixo do pódio, a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco (EPE) mantém-se estável, enquanto o outro representante do Setor Empresarial do Estado – Centro Hospitalar da Cova da Beira, na Covilhã – desaparece do Top 50. A Schreiber Foods Portugal cresce 19%, subindo uma posição, para 5.º, por troca com a Frulact. A merecer destaque está o produtor de lanifícios e vestuário Paulo Oliveira, que investiu, nos últimos anos, mais de 15 milhões de euros em equipamento, afirmando-se no setor têxtil da região, onde a maior parte das unidades já encerrou. Nesta senda de progresso, acaba de lançar a gama de produtos Oliveira Green, de lã e poliéster reciclado, numa política de sustentabilidade da empresa. Assim, o volume de negócios subiu 11% e a empresa trepou quatro lugares. Igualmente importante foi a subida de 5 lugares da Beralt Tin And Wolfram. Trata-se de uma recuperação impressionante do complexo de exploração das Minas da Panasqueira, que labora há mais de cem anos, e agora a todo o vapor. O aumento de faturação em 2018 foi de 57%, que acumula com um crescimento de 27% do ano anterior. A funcionar também como indicador da dinâmica empresarial da região, para entrar no Top 50 deste ano do Distrito de Castelo Branco foi necessário faturar 9,3 milhões de euros, mais 600 mil do que no ano passado.

Com uma relativa estabilidade nos primeiros 10 lugares do Top 50 da Guarda, é mais abaixo que se registam as maiores mudanças. Os três primeiros – Coficab, Est-Empresa Senelense deTabacos (EST) e Águas do Vale do Tejo – mantêm as posições, por esta ordem, com todos a aumentar a faturação. Todavia, a Águas do Vale do Tejo ficou a “uma unha negra” de reentrar nos gigantes dos 100 milhões, quando já havia faturado 193 milhões em 2016, antes da queda para 90 milhões em 2017. Esse fenómeno foi resultado da reorganização de todo o sistema, na sequência da cisão da Águas de Lisboa e Vale do Tejo. Assim, o distrito da Guarda só tem uma empresa acima dos 200 milhões e outra acima dos 100 milhões. No extremo inferior, é necessário faturar 5,5 milhões para constar do Top 50, valor semelhante ao ano passado. No sobe e desce das empresas, por volume de faturação, regista-se o crescimento da Palegessos, do 13.º para o 9.º lugar, tendo subido 22%; enquanto a Avys Wholesale (serviços de telecomunicações) desceu de 5.º para 14.º, com uma quebra de 44%. Em sentido contrário, a Hen-Serviços Elétricos, cresceu 44%, passando do número 36 para o 23, e os supermercados Super Guarda desceram quatro posições, em consequência de variação negativa de 5% de faturação. O fabricante de peças de maquinaria de Gouveia, Salemo&Merca também quebrou 5% e desceu quatro posições. A queda foi maior para a Patrimvs Indústria, de Seia, descendo de 26.º para 42.º. As entradas diretas foram da ENATEnergias (Sabugal), Olipal (Sabugal), Pabi (Pinhel) e Floresta Bem Cuidada S.A. (Guarda).

Profissionais de Fabrico de Vestuário de Trabalho e Hotelaria Orgulhosamente fabricado em Portugal

Rua Central, 510 – Selho S.Jorge | 4835-314 Guimarães | Tels: 253.514152 / 961349086


Leiria Grupo Lusiaves com

ANÁLISE105 Viseu Tabela liderada pelo Grupo PSA não espelha dimensão do Grupo Visabeira

O facto da organização interna da empresa Lusiaves contemplar duas designações – “Lusiaves Indústria e Comércio Agroalimentar S.A.” e “Grupo Lusiaves” – faz com que a apresentação dos resultados financeiros consolidados surjam, ao mesmo tempo, nos rankings dos distritos de Coimbra e Leiria. Se no distrito de Coimbra se encontra em 7.º lugar (atendendo ao facto da sede da produção ser na Marinhas das Ondas, Figueira da Foz), já o designado Grupo Lusiaves entra este ano, diretamente, para o 1.º posto da lista de Leiria, com sede administrativa em Marrazes. Ao mesmo tempo, outras três grandes empresas do Grupo ocupam o 5.º lugar (Racentro), 15.º lugar (Perugal) e 48.º lugar (Lusicresce). Na tabela, o 2.º lugar é ocupado pela Novadis (do universo Sociedade Central de Cervejas/Heineken), que liderava no ano anterior, enquanto a vidreira Santos Barosa, da Marinha Grande, ultrapassa a Mibepa, subindo ao pódio. Com um aumento de faturação de 3,66%, a Cabopol, de Porto de Mós, ascende ao clube 100 milhões (faturação), que aumenta assim para oito membros no distrito. Registe-se a entrada direta do Centro Hospitalar do Oeste, constituído Entidade Pública Empresarial (EPE) em junho de 2018.

A reentrada do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu EPE na lista deste ano (após ausência nas contas de 2017) permite que a sede do distrito recoloque uma empresa (neste caso pública) no Top 10. Num distrito onde as grandes empresas estão pulverizadas por vários concelhos – com predominância de Mangualde, Tondela, Nelas e Oliveira de Frades – a tabela é, como tem sido, liderada pela Peugeot Citröen, de Mangualde. Os números deste grupo automóvel em Portugal são impressionantes, com um aumento do volume de negócios de 21,42%, que acumula com os 8% do ano anterior. Com sete grupos empresariais a faturar acima dos 100 milhões, regista-se a saída deste “clube” da Prio Bio, de Oliveira de Frades, compensada com entrada do referido centro hospitalar. Os restantes “100 milhões” são a Sonae Arauco, Luso Finsa, HUF Portuguesa, Labesfal e Meigal. Por outro lado, o carismático Grupo Visabeira – com nome associado, desde sempre, a Viseu – só apresenta cerca de 23 milhões de euros de volume de negócios nesta lista. Todavia, o resultado consolidado da Visabeira em 2018 é muito maior: 745 milhões de euros, um aumento de 16,8% de faturação nas suas diversas áreas operacionais, com 68% obtidos na internacionalização.

79138

várias empresas no ranking assume liderança

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas do distrito de Aveiro ranking 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 57164

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

106RANKING nome PRIO SUPPLY, S.A. PRIO ENERGY, S.A. RENAULT CACIA, S.A. FAURECIA-ASSENTOS DE AUTOMÓVEL, LDA BONDALTI CHEMICALS, S.A. BOSCH TERMOTECNOLOGIA, S.A. AMORIM & IRMÃOS, S.A. ALVES BANDEIRA & CA., S.A. YAZAKI SALTANO DE OVAR-PRO. ELÉC.,LDA NAVIGATOR PULP CACIA, S.A. FERPINTA PETROIBÉRICA-SOC.PETR.IBERO LAT.,S.A. POLIVOUGA-IND. DE PLÁSTICOS, S.A. GROHE PORTUGAL-COMP. SANIT., LDA COMP.IND.RESINAS SINTÉTICAS-CIRES,LDA BOSCH SECURITY SYSTEMS-SIST.SEG.,S.A. COLEP PORTUGAL, S.A. AMORIM FLORESTAL, S.A. SIMOLDES - PLÁSTICOS, S.A. COOPLECNORTE PLANOS FÉR. PORT. II,UNIPESSOAL,LDA SOLVERDE-SOC.INV.TUR.COSTA VERDE,S.A. RIA BLADES, S.A. ECCO’LET (PORT)-FÁB. DE SAPATOS,LDA GESTAMP AVEIRO-IND. ACES. AUT., S.A. ALTICE LABS, S.A. C.N.C.B.-COMP.NAC.COM.BACALHAU,S.A. EDA-ESTOF. ASSENTOS, UNIPESSOAL, LDA AMORIM - REVESTIMENTOS, S.A. PRIO BIO, S.A. KIRCHHOFF AUTOMOTIVE PORTUGAL, S.A. AMORIM CORK COMPOSITES, S.A. TEKA PORTUGAL, S.A. SORGAL-SOC. DE ÓLEOS E RAÇÕES, S.A. FERROMAR-COM.IND.FER.PINHO TEIX.,S.A. GRÉS PANARIA PORTUGAL, S.A. VISTA ALEGRE ATLANTIS, S.A. SANITANA-FÁB. SANIT. ANADIA, S.A. AVISABOR-IND. AGRO-ALIMENTAR, S.A. TJA - TRANSPORTES J.AMARAL, S.A. RAMADA AÇOS, S.A. LACTICOOP ERT TÊXTIL PORTUGAL, S.A. BRESFOR - INDÚSTRIA DO FORMOL, S.A. ADRA-ÁGUAS DA REGIÃO DE AVEIRO, S.A. PAVIGRÉS CERÂMICAS, S.A. ENTREPOSTO A.FONTES, S.A. SASAL-ASSENTOS PARA AUTOMÓVEIS, S.A. FUNFRAP - FUNDIÇÃO PORTUGUESA, S.A. VALMET, LDA

concelho sede social

capital social

vol. de negócios

ÍLHAVO ÍLHAVO AVEIRO S. J. MADEIRA ESTARREJA AVEIRO S. M. FEIRA MEALHADA OVAR AVEIRO OLIV.E AZEMÉIS MEALHADA ALBERG.-A-VELHA ALBERG.-A-VELHA ESTARREJA OVAR VALE DE CAMBRA S. M. FEIRA OLIV. AZEMÉIS OLIV. BAIRRO VAGOS ESPINHO VAGOS S. M. FEIRA OLIV. AZEMÉIS AVEIRO ÍLHAVO S. J. MADEIRA S. M. FEIRA ÍLHAVO OVAR S. M. FEIRA ÍLHAVO OVAR OVAR ÍLHAVO ÍLHAVO ANADIA ESTARREJA ESTARREJA OVAR AVEIRO S. J. MADEIRA ÍLHAVO AVEIRO ANADIA AVEIRO S. J. MADEIRA AVEIRO OVAR

500.000 450.000 9.980.000 14.975.000 30.550.000 2.500.000 14.300.000 6.950.300 4.500.000 77.500.000 10.000.000 2.300.000 750.000 4.987.979 15.000.000 100.000 27.000.000 37.423.725 2.000.000 24.000 8.400.000 30.000.000 50.000 8.270.000 22.083.575 200.000 3.750.000 50.000 5.500.000 6.700.000 3.400.000 10.000.000 10.000.000 5.730.000 3.915.000 16.500.000 10.000.000 42.500.000 1.075.000 1.500.000 17.000.000 1.881.000 2.502.000 2.000.000 17.500.000 7.250.000 3.008.370 350.000 13.697.550 2.095.000

var. vn 2017/2018

913.413.015 769.537.477 357.721.385 340.418.834 310.516.274 291.289.171 284.111.518 269.085.383 221.908.281 210.966.473 209.343.508 178.547.143 170.049.561 165.245.309 161.732.069 158.684.349 142.202.454 133.955.474 132.908.621 132.013.943 125.864.993 114.968.949 114.757.171 109.446.180 108.147.693 99.322.900 96.189.946 92.049.390 92.031.074 91.966.263 81.235.925 80.800.688 79.734.722 76.929.400 76.745.603 75.626.368 73.438.240 72.746.586 70.263.945 68.827.044 66.754.413 65.455.013 63.611.125 62.750.538 61.848.617 60.419.667 59.731.178 57.621.424 57.050.794 56.890.001

24,30 16,00 3,10 -5,81 4,04 6,33 -7,47 18,09 9,50 16,50 1,39 11,23 14,73 8,16 -6,50 30,10 -0,11 12,32 17,92 0,75 8,20 6,32 -7,22 1,51 12,33 -4,18 14,25 -19,24 -6,88 -9,43 7,31 9,87 6,64 3,84 221,93 2,19 20,42 -0,68 7,61 9,08 4,18 4,14 18,32 18,33 3,42 6,70 10,96 10,96 5,20 7,46

JOSÉ MANUEL SOBREIRO

DESPACHANTE OFICIAL • DESPACHOS ADUANEIROS • IMPORTAÇÃO/EXPORTAÇÃO • INTRAST LEGALIZAÇÃO DE AUTOMÓVEIS

Tel.: 234 42 92 13 / Fax: 234 38 36 58 / Email: josesobreiro@mail.telepac.pt

JOSÉ MANUEL SOBREIRO • DESPACHANTE OFICIAL, UNIPESSOAL, LDA. * Lg. dos Moinhos - E.N. 109/7 - Tirtife - Sala 7 * Aveiro


Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

res. líquido

10.897.929 26.751.588 62.755.295 66.955.214 59.996.313 69.029.627 55.531.638 12.287.176 60.046.158 40.097.344 37.013.873 3.648.445 24.489.358 23.591.212 13.187.201 27.575.600 41.448.682 31.032.489 13.913.337 -3.661.707 4.003.583 90.320.304 29.488.737 30.370.741 24.317.907 49.375.726 4.718.512 10.210.029 12.992.486 13.154.767 22.276.783 17.476.823 10.359.491 6.233.684 5.291.902 20.591.863 35.467.831 24.514.310 9.066.486 26.634.617 7.831.507 4.897.873 9.326.865 8.760.296 15.222.708 13.213.140 3.200.831 15.218.183 13.400.372 16.185.685

rentabil. (%) 0,65 0,69 2,45 14,07 7,29 5,71 6,59 0,83 2,15 13,92 9,43 0,57 2,05 2,84 1,95 3,44 8,23 10,19 4,67 0,02 2,71 5,55 9,56 3,26 -11,75 29,84 2,77 4,90 0,07 7,68 3,83 2,56 -0,01 2,37 1,86 3,75 5,04 6,25 3,90 1,71 107,24 9,54 1,74 8,18 1,42 1,32 2,22 8,26 0,47 8,86

rent. ativo(%) 4,02 4,11 4,07 18,66 10,92 13,72 7,53 3,19 3,22 18,74 10,82 2,17 3,11 9,60 2,91 8,25 3,74 7,49 3,77 0,09 6,35 4,09 10,52 7,54 -4,48 21,99 13,13 21,60 0,05 14,48 7,50 2,49 -0,02 5,32 3,15 3,45 2,85 6,18 14,19 3,69 73,46 4,01 2,61 15,23 0,32 0,73 5,00 26,42 0,78 13,90

rent. cap. próp.(%)

solvabil.(%)

14,19 39,52 34,52 13,50 13,30 44,10 68,08 37,76 23,01 90,24 32,31 73,78 19,73 61,73 12,21 35,39 4,30 299,36 24,82 308,39 11,73 1.187,48 7,68 39,27 5,37 137,67 37,06 34,96 5,86 98,37 23,00 55,98 6,92 117,53 25,20 42,31 18,69 25,31 1,51 6,08 19,91 46,88 6,28 186,35 35,07 42,87 12,49 152,23 -9,02 98,77 31,70 226,37 18,48 245,40 90,24 31,47 0,09 150,15 17,99 411,82 16,34 84,80 7,46 50,13 -0,07 38,23 20,79 34,38 3,61 691,99 6,52 112,51 11,24 33,87 8,00 338,53 21,28 200,07 9,72 61,13 125,18 142,02 4,74 551,27 11,06 30,88 22,64 205,58 4,64 7,34 0,94 350,17 16,06 45,17 84,31 45,63 1,30 148,08 25,51 119,77

107

exportação total 0 10.568 355.517.159 328.693.612 102.717.052 235.116.941 243.390.641 0 208.263.458 0 144.283.776 8.946.704 102.176.642 158.603.786 93.620.469 145.329.428 108.803.997 6.140.715 81.759.698 - 71.723.646 0 66.915.429 56.535.849 83.987.871 44.577.775 7.543 71.894.969 - 15.969.185 66.009.540 62.609.490 37.638.680 20.953.328 2.531.767 43.511.421 40.469.428 41.475.964 8.856.948 9.778.374 4.653.163 - 41.205.595 23.010.972 0 52.927.084 318.986 56.923.581 56.890.835 41.035.616

empregados 34 567 1.103 2.019 249 1.080 890 473 2.264 112 429 27 248 619 113 663 979 416 1.117 140 0 1.077 806 1.172 690 351 81 163 392 40 489 457 397 186 165 428 1.488 723 287 902 216 102 259 44 273 652 90 596 371 429

Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B 57035

5.922.214 5.271.624 8.779.666 47.888.761 22.632.409 16.622.259 18.715.911 2.239.874 4.760.148 29.365.991 19.750.507 1.019.266 3.491.452 4.691.444 3.157.709 5.465.649 11.708.302 13.654.024 6.206.806 24.428 3.410.496 6.382.744 10.975.910 3.571.647 -12.711.750 29.640.930 2.667.855 4.506.181 62.947 7.059.959 3.108.944 2.064.818 -8.738 1.820.069 1.427.814 2.839.678 3.699.752 4.547.134 2.739.993 1.175.338 71.585.571 6.243.569 1.105.061 5.135.731 877.074 798.005 1.327.786 4.758.461 269.137 5.041.448

VAB

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

www.peninsularps.pt Terminal TIR – Bloco Serviços Sala 4 * 3801-301 AVEIRO PORTUGAL Email: info@peninsularps.pt

ENINSULAR

PORT SERVICES

SOLUÇÕES TRANSPORTES MARÍTIMOS E LOGÍSTICA PORTUÁRIA PARA O SEU NEGÓCIO

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas do distrito de Castelo Branco

ranking

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

CELTEJO-EMPRESA DE CELULOSE TEJO,S.A. DANONE PORTUGAL, S.A. NAVIGATOR TISSUE RÓDÃO, S.A. UNID.LOCAL DE SAÚDE DE CAST.BR.,E.P.E. SCHREIBER FOODS PORTUGAL, S.A. FRULACT-INDÚSTRIA AGRO-ALIMENTAR, S.A. PAULO DE OLIVEIRA, S.A. PALSER - BIOENERGIA E PALETES, LDA GENERVENTOS DO PINHAL INTERIOR SCUTVIAS-AUTOEST. BEIRA INTERIOR, S.A. LESTENERGIA-EXPL. PARQUES EÓLICOS, S.A. UNITOM-SOC. GERAL DE COMÉRCIO, LDA GENERG VENTOS DA GARDUNHA-EN. RE., S.A. PAPER PRIME, S.A. ENFORCESCO, S.A. FRANCISCO LAIA NUNES, LDA BERALT TIN AND WOLFRAM (PORTUGAL), S.A. JOSÉ AFONSO & FILHOS, S.A. A PENTEADORA-SOC.IND.PENT.FI.LÃS,S.A. CENTAURO INTERNACIONAL PORTUGAL TELECOM DATA CENTER, S.A. PINHOSER-IND. DE MADEIRAS DA SERTÃ, LDA TWINTEX-INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES, LDA MRN-MANUT. RODOVIAS NACIONAIS, S.A. TALENTER - GESTÃO DE PROJETOS, S.A. FITECOM-COM. INDUSTR. TÊXTIL, S.A. AMATOSCAR BEIRAS-COM. AUTOMÓVEL, S.A. BENOLI - CONFECÇÕES, LDA FÁBRICAS LUSITANA-PROD. AL., S.A. A.F.CARRETO & FILHOS, S.A. EUROBEIRAS, LDA TRANSPORTES EDUARDO CARDOSO, LDA HEADING - RECURSOS HUMANOS, LDA SOC. IND. CONFECÇÕES - DIELMAR, S.A. JOSÉ LOURENÇO-PNEUS E COMBUST., LDA JOSÉ LOURENÇO & FILHOS, LDA COVIPNEUS, LDA JAIME ALBERTO, LDA DISTRICOVILHÃ - SUPERMERCADOS, LDA A.D.C. - ÁGUAS DA COVILHÃ, E.M. CORREIA & CORREIA, LDA GOOD MOOD RICA GRANJA-PROD. COM. AVÍCOLA, S.A. TORRE - SOCIEDADE DE CONFECÇÕES, S.A. JOALPE - INDÚSTRIA DE EXPOSITORES, S.A. DISTRIPROENÇA SUPERMERCADOS, LDA MECALBI - ENGINEERING SOLUTIONS, LDA BRING FOCUS 2 GROUP, S.A. DINEFER-ENG. E SIST. INDUSTRIAIS, S.A. NORSNACK COMERCIAL, LDA

concelho sede social V. V. RÓDÃO CASTELO BRANCO V. V. RÓDÃO CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO COVILHÃ COVILHÃ SERTÃ OLEIROS CASTELO BRANCO PENAMACOR FUNDÃO CASTELO BRANCO V. V. RÓDÃO COVILHÃ SERTÃ COVILHÃ OLEIROS COVILHÃ CASTELO BRANCO COVILHÃ SERTÃ FUNDÃO CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO COVILHÃ CASTELO BRANCO COVILHÃ CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO COVILHÃ PROENÇA-A-NOVA CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO PROENÇA-A-NOVA PROENÇA-A-NOVA FUNDÃO COVILHÃ COVILHÃ COVILHÃ SERTÃ IDANHA-A-NOVA PROENÇA-A-NOVA BELMONTE COVILHÃ PROENÇA-A-NOVA CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO COVILHÃ

capital social 39.500.000 21.609.000 100.482.500 14.116.000 50.000 5.350.000 2.500.000 5.800.000 50.000 49.200.000 5.000.000 2.500.000 50.000 3.700.000 720.000 150.000 12.260.929 700.510 8.120.000 4.249.403 15.000.000 4.700.000 500.000 50.000 260.000 900.000 345.000 50.877 200.000 150.000 250.000 700.000 25.000 6.700.000 1.000.000 150.000 1.100.000 600.000 110.000 9.000.000 310.000 5.000 4.000.000 3.742.200 1.000.000 68.834 220.000 162.500 350.000 40.000

vol. de negócios 129.735.507 117.779.787 87.072.010 68.708.424 64.987.565 57.896.424 37.573.951 36.405.298 34.825.386 32.729.861 32.169.982 31.028.144 29.906.485 28.759.674 28.428.851 27.758.612 25.628.327 23.252.055 20.434.945 18.552.486 18.512.916 18.469.735 18.325.727 16.267.574 15.568.418 14.011.026 13.694.292 13.330.066 13.323.226 12.866.343 12.776.945 12.617.699 12.545.505 12.529.254 12.493.690 12.275.575 11.900.610 11.719.183 11.238.030 11.235.608 11.226.128 11.095.760 10.950.688 10.482.898 10.223.842 10.080.507 10.046.744 9.518.447 9.350.544 9.307.986

var. vn 2017/2018 6,99 -4,79 -21,27 2,44 19,31 -6,60 11,02 4,84 3,99 5,73 -5,56 -35,04 2,14 108,81 6,51 14,36 56,98 15,10 11,44 -7,64 13,09 1,89 72,20 4,55 13,59 35,34 5,01 -6,93 4,23 33,22 15,52 32,76 16,97 0,03 2,34 39,23 -23,62 12,71 2,67 1,47 11,56 4.018,91 9,89 -18,86 -0,91 6,92 12,30 86,71 -6,52 244,37

Mediação imobiliaria | AMI: 16186

Rua Nova da Junqueira, Cova Do Ouro | 3030 - 444 Coimbra Tel:239 715 867 | Fax: 239 715 867 | Alvará: 28746

Rua Câmara Pestana, Lote 2 - Loja 1 e 2, 3030 - 163 Coimbra

79341

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

108 RANKING


res. líquido 7.883.761 9.905.489 6.652.323 -4.167.235 2.424.517 2.649.987 5.864.187 2.623.522 12.492.283 10.853.552 11.676.126 397.108 9.814.277 -120.009 21.149 535.618 5.620.787 1.746.577 1.026.485 1.158.211 169.103 1.904.413 705.363 8.947.713 66.092 844.150 488.037 31.854 181.866 120.431 248.229 42.647 79.800 -816.092 1.139.528 268.249 199.288 824.779 21.463 755.056 1.559.721 1.613.960 610.091 503.884 1.505.150 38.877 4.561.441 617.584 1.634.966 718.221

VAB 42.358.806 18.508.181 18.264.123 40.620.077 10.090.163 11.656.374 14.634.129 10.061.188 26.682.671 12.346.432 27.097.737 1.357.698 23.082.676 3.316.354 -484.897 1.199.547 14.540.530 6.226.479 6.646.213 6.669.522 17.223.882 5.230.153 1.319.889 12.944.767 4.550.526 4.540.524 391.527 2.163.032 2.155.693 996.134 1.575.061 4.488.124 11.468.157 5.029.694 2.485.048 521.475 1.324.608 2.321.681 1.024.190 4.578.016 4.801.749 2.994.220 2.304.232 4.567.660 3.123.469 922.508 6.707.677 3.061.742 3.830.041 2.502.528

rentabil. (%) 6,08 8,41 7,64 -6,07 3,73 4,58 15,61 7,21 35,87 33,16 36,30 1,28 32,82 -0,42 0,07 1,93 21,93 7,51 5,02 6,24 0,91 10,31 3,85 55,00 0,42 6,02 3,56 0,24 1,37 0,94 1,94 0,34 0,64 -6,51 9,12 2,19 1,67 7,04 0,19 6,72 13,89 14,55 5,57 4,81 14,72 0,39 45,40 6,49 17,49 7,72

ÇÃO A G E DEL A V NO RVE A G L A

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) rent. cap. próp.(%) 3,48 10,84 3,91 -4,78 7,62 3,23 7,35 8,04 11,38 3,91 6,69 1,40 7,90 -0,33 0,43 7,64 13,39 7,48 4,02 5,75 0,22 9,89 4,62 79,10 1,24 6,79 10,71 0,56 0,78 2,24 3,88 0,48 3,04 -5,07 7,69 6,48 2,22 14,42 1,02 2,54 11,95 38,45 4,12 3,28 7,67 1,75 31,89 5,71 15,97 26,68

7,28 16,99 4,24 -9,51 14,13 6,84 7,85 11,57 49,26 15,53 31,44 7,43 46,38 -1,18 61,60 15,19 72,18 19,22 4,45 8,43 0,61 13,17 17,18 99,33 7,93 14,43 44,33 1,62 1,14 5,86 21,32 2,64 -8,91 -26,28 11,27 11,64 4,10 20,68 2,30 5,52 17,62 59,51 7,09 5,77 10,58 9,95 37,77 41,71 29,99 75,67

solvabil.(%) 91,67 176,30 1.181,55 101,01 117,17 89,52 1.453,62 227,68 30,04 33,68 27,02 23,14 20,53 38,27 0,70 101,15 22,77 63,74 948,75 213,69 56,97 301,68 36,83 390,97 18,46 88,90 31,84 53,04 215,98 61,77 22,27 22,05 -25,43 23,89 215,05 125,65 117,59 230,55 79,87 84,95 210,91 182,57 138,59 131,28 263,50 21,42 542,51 15,87 113,88 54,46

109

exportação total

empregados

82.752.811 200 2.883.276 78 0 216 123 1.266 18.667.394 158 53.365.819 296 28.332.996 509 7.979.742 185 0 0 0 23 0 0 30.931.677 6 0 0 6.063.147 51 0 9 0 39 25.121.771 281 16.354.442 131 17.861.769 354 7.124.024 187 490.457 106 3.564.788 65 18.293.847 35 0 38 5.306 267 12.845.173 175 0 49 12.824.355 143 150.963 86 5.508.067 26 0 42 7.707.242 14 0 822 7.891.517 413 478.092 70 0 11 1.959.574 55 24.960 78 0 71 0 142 91.740 123 261.687 31 7.391.439 32 8.143.098 318 8.509.449 87 0 57 9.930.563 40 9.208.160 68 9.036.420 102 206.610 81 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

JPAIVA - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, LDA Morada: Cruzamento da Casa Meada, 3040-573 Antanhol Tlf: 239 722 739 email: geral@jpaiva.pt site: www.jpaiva.pt; NIPC: 501 656 855 Cap.Social: 250 000€ Alvará nº. 1824

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

79302

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas do distrito da Guarda

ranking

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

COFICAB PORTUGAL-COMP. FIOS E CABOS,LDA GUARDA E.S.T.-EMPRESA SENENSE DE TABACOS,S.A. SEIA ÁGUAS DO VALE DO TEJO, S.A. GUARDA UNIDADE LOCAL DE SAÚDE DA GUARDA, E.P.E. GUARDA DURA AUTOMOTIVE PORTUGUESA GUARDA ACI-AUTOMOTIVE COMPOUNDING INDUSTRY,LDA GUARDA INDÚSTRIAS ALIMENTARES GELGURTE, LDA GUARDA FLOPONOR, S.A. TRANCOSO PALEGESSOS-IND. COM. PAL.E GESSOS, S.A. SABUGAL TRANSPORTES BERNARDO MARQUES, S.A. GUARDA FINICLASSE 2000-COM. GEST. AUT. GUARDA SODECIA POWERTRAIN GUARDA, S.A. GUARDA MATOS & PRATA-VEÍ., MÁQ. PEÇAS, S.A. GUARDA AVYS WHOLESALE, LDA GUARDA FRIGUARDA - PRODUTOS CONGELADOS, LDA GUARDA OLANO PORTUGAL, TRANSPORTES, S.A. GUARDA MATIBOM-MAT. INDÚSTRIAS DE CARNE, LDA PINHEL QUEIJOS TAVARES, S.A. SEIA ANTÓNIO SARAIVA & FILHOS, LDA GUARDA OLANO PORT. LOGÍSTICA E DISTR., LDA GUARDA JUST IN TIME-TRANS. LOGÍSTICA, S.A. GUARDA AFONSO & FILHOS, LDA TRANCOSO HEN - SERVIÇOS ENERGÉTICOS, LDA GUARDA PRISCA - ALIMENTAÇÃO, S.A. TRANCOSO TRANS-NATE-TRANS. INTER., S.A. CELOR. DA BEIRA PARQUE EÓLICO DA SERRA DO RALO, S.A. CEL. DA BEIRA SUPERGUARDA - SUPERMERCADOS, LDA GUARDA MAQUIGUARDA-COM. MÁQ. VEÍ. EQUIP., LDA GUARDA SEMPREVIVA-IMP. EXPORTAÇÃO, S.A. SEIA GENERG VENTOS DE TRANCOSO-EN.REN.,S.A. TRANCOSO EÓLICA DA LOMBA, S.A. GUARDA SUPERCÔA - SUPERMERCADOS, LDA V. N. FOZ CÔA ÊXITOCORRENTE - COMBUSTÍVEIS, LDA SEIA LIM - MECANO INJECTORA, LDA GUARDA LACTIPEDROS-SOC. LACTICÍNIOS, S.A. AGUIAR DA BEIRA LACTO SERRA-COM. FAB. LACT., S.A. AGUIAR DA BEIRA GRIPHARMA, S.A. GUARDA SALEMO & MERCA, LDA GOUVEIA MRG - CONSTRUCTION, S.A. SEIA MTA-COM. MÁQ., TRAC. AUTOMÓVEIS, LDA GUARDA ENAT - ENERGIAS, LDA SABUGAL PATRIMVS INDÚSTRIA, S.A. SEIA OLIPAL-CENTRO COM. MÁQ. FE. SABUGAL LDA SABUGAL D-LOG ORGANIZAÇÃO DE TRANSPORTES, LDA GUARDA PABI, S.A. PINHEL JOÃO TOMÉ SARAIVA-SOC. CONSTRUÇÕES, LDA GUARDA LACTIBAR - LACTICÍNIOS DO SABUGAL, S.A. SABUGAL FLORESTA BEM CUIDADA, LDA GUARDA LACTOVIL-LACTICÍNIOS DE TRANCOSO, S.A. TRANCOSO SUPERGOUVEIA - SUPERMERCADOS, LDA GOUVEIA

79412

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

110 RANKING

concelho sede social

capital social 2.000.000 1.000.000 83.759.578 26.577.236 1.050.000 555.000 2.500.000 1.460.000 299.310 500.000 1.110.200 3.150.000 3.250.000 30.000 2.000.000 2.000.000 300.000 2.423.900 615.000 1.750.000 370.000 274.339 100.000 175.000 3.120.670 50.000 200.000 400.000 1.300.000 52.000 50.000 69.000 150.000 10.000 2.000.000 572.500 50.500 1.500.000 1.000.000 530.000 300.000 975.000 74.820 125.000 605.000 300.000 2.100.000 75.000 5.500.000 110.000

vol. de negócios 234.006.719 106.713.243 98.513.665 89.219.433 48.276.355 47.427.415 34.485.565 33.381.033 27.769.391 27.033.174 25.198.656 25.119.024 23.710.931 20.883.180 19.712.281 17.186.013 15.477.974 13.431.069 13.165.596 12.103.315 10.754.124 9.836.343 9.564.386 9.360.710 9.211.985 9.136.276 8.825.542 8.769.979 8.364.194 7.773.248 7.630.827 7.420.810 7.121.826 7.062.803 7.041.413 7.026.671 7.003.717 6.890.605 6.862.111 6.655.144 6.511.448 6.135.271 6.057.373 6.038.539 5.974.787 5.919.440 5.747.415 5.634.234 5.577.414 5.555.774

Ajudamos a sua empresa a inovar e a crescer internacionalmente www.een-portugal.pt

var. vn 2017/2018 6,86 2,38 9,16 -9,32 -2,82 29,88 -4,14 32,14 22,23 7,26 4,28 0,39 -4,44 -44,86 8,20 -7,39 -0,34 10,42 12,47 6,38 11,68 7,96 44,07 4,89 12,71 0,52 -5,27 7,69 3,67 3,38 7,79 6,07 19,78 6,98 1,75 10,13 7,18 -5,19 -28,91 10,98 18,01 -31,99 39,84 -1,48 50,72 -2,35 -5,76 104,75 -6,56 1,16


res. líquido 21.643.120 1.090.500 5.943.127 -17.983.112 -3.536.209 3.688.270 961.062 1.459.928 1.798.012 46.171 435.323 3.951.348 56.810 56.996 795.136 18.013 66.685 1.230.198 215.037 482.271 98.323 241.061 182.576 86.590 220.026 4.073.173 71.021 115.932 585.749 2.724.405 2.274.733 328.618 187.805 38.858 657.880 219.112 221.146 119.672 -1.289.992 161.151 -113.388 1.336.191 164.497 20.233 25.089 175.517 176.365 1.360.044 322.142 28.051

VAB 37.001.454 1.929.167 40.783.225 45.011.180 4.620.797 6.835.111 7.916.192 6.916.551 4.951.141 10.712.809 2.759.415 10.309.408 621.145 295.951 2.072.980 6.251.284 1.498.570 3.706.064 2.806.727 2.237.067 4.631.548 679.397 534.007 1.391.970 3.528.462 7.850.737 1.512.199 755.193 2.242.238 6.083.183 6.674.507 1.166.685 356.582 170.154 1.966.268 1.594.278 1.760.707 3.475.402 511.117 948.563 -61.985 1.097.544 1.182.999 1.778.290 421.872 1.511.607 1.293.530 3.253.191 984.067 845.805

rentabil. (%)

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%)

9,25 1,02 6,03 -20,16 -7,32 7,78 2,79 4,37 6,47 0,17 1,73 15,73 0,24 0,27 4,03 0,10 0,43 9,16 1,63 3,98 0,91 2,45 1,91 0,93 2,39 44,58 0,80 1,32 7,00 35,05 29,81 4,43 2,64 0,55 9,34 3,12 3,16 1,74 -18,80 2,42 -1,74 21,78 2,72 0,34 0,42 2,97 3,07 24,14 5,78 0,50

toria de imagem óptica | ourivesaria | relojoaria | consul

9,42 7,16 0,56 -19,15 -12,52 12,72 3,81 4,01 11,18 0,17 3,29 14,94 0,37 0,59 8,13 0,12 0,63 14,64 1,78 2,66 1,58 5,37 8,20 0,90 2,46 10,25 3,99 2,55 9,58 6,71 4,42 16,07 10,32 7,75 7,08 2,71 2,68 0,68 -8,41 3,10 -5,24 6,31 2,76 0,57 0,43 5,12 2,93 32,86 2,55 1,71

rent. cap. próp.(%) 14,84 26,38 2,96 115,54 -22,41 31,37 5,40 9,86 17,75 0,45 11,51 30,05 1,50 10,13 20,96 0,52 3,90 23,24 5,72 8,90 2,49 8,16 17,87 2,70 12,20 47,05 30,76 12,92 14,61 46,94 26,34 20,42 33,30 14,65 8,58 5,11 5,38 2,04 -63,05 12,31 -20,65 24,65 4,38 1,73 1,93 12,65 3,58 40,27 3,79 3,85

solvabil.(%) 173,74 37,24 23,44 -14,22 126,51 68,23 238,77 68,53 170,33 62,66 39,99 98,88 32,91 6,17 63,36 28,73 19,19 170,29 45,07 42,58 174,95 193,07 84,81 50,05 25,29 27,86 14,93 24,62 190,51 16,69 20,16 368,89 44,93 112,38 471,56 113,49 98,91 50,30 15,40 33,71 34,01 34,40 169,96 49,18 28,98 67,95 450,80 443,52 205,03 80,50

exportação total

111 empregados

222.582.722 599 0 58 0 0 - 1.422 39.249.480 424 30.627.361 71 3.088.194 142 194.762 206 2.354.009 100 2.217.764 335 0 76 19.113.682 259 55.754 85 20.883.131 0 202.421 50 8.296.213 153 1.497.222 94 303.444 66 4.228 121 2.480.778 53 8.958.490 112 0 24 0 9 1.183.303 56 5.041.337 118 0 0 0 75 0 26 296.332 39 0 0 0 0 0 40 0 11 0 14 267.477 34 528.504 33 0 38 4.129.231 125 0 47 17.119 32 0 7 0 77 514.931 25 0 54 418.904 12 212 75 120.356 72 197.450 78 587.177 20 0 45 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

Primamos por si na Figueira da Foz

79359

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas do distrito de Leiria

ranking

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

LUSIAVES-IND. COM. AGRO-ALIMENTAR, S.A. LEIRIA NOVADIS, UNIPESSOAL, LDA LEIRIA SANTOS BAROSA-VIDROS, S.A. MARINHA GRANDE MIBEPA-IMP., COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO,LDA LEIRIA RACENTRO-FÁB. RAÇÕES DO CENTRO, S.A. LEIRIA ROCA, S.A. LEIRIA AUTO JÚLIO, S.A. CALDAS DA RAINHA CABOPOL - POLYMER COMPOUNDS, S.A. PORTO DE MÓS METALMARINHA MARINHA GRANDE BOMCAR - AUTOMÓVEIS, S.A. LEIRIA CENTRO HOSPITALAR DE LEIRIA, E.P.E. LEIRIA SCHAEFFLER PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA CALDAS DA RAINHA BOLLINGHAUS STEEL, S.A. MARINHA GRANDE EUROPEAN SEAFOOD INVESTMENTS PORT.,S.A. PENICHE PERUGAL - PRODUÇÃO AVÍCOLA, LDA LEIRIA GALLOVIDRO, S.A. MARINHA GRANDE CMP - CIMENTOS MACEIRA E PATAIAS, S.A. LEIRIA RESPOL - RESINAS, S.A. LEIRIA BENECAR - AUTOMÓVEIS, S.A. ALCOBAÇA SUINICOMÉRCIO - COMÉRCIO DE SUÍNOS, LDA LEIRIA CRISAL - CRISTALARIA AUTOMÁTICA, S.A. MARINHA GRANDE LUBRIFUEL-COMB. LUBRIFICANTES, LDA LEIRIA CISTER-IND. PRODUTOS ALIMENTARES, LDA ALCOBAÇA SOC. AGRÍ. DA QUINTA DA FREIRIA, S.A. BOMBARRAL VMF - ENERGIA, LDA LEIRIA PCDIGA, LDA LEIRIA RAIMUNDO & MAIA, S.A. ALCOBAÇA NOVARES PORTUGAL, S.A. LEIRIA FCSI-FUEL CARD SERVICE INTER.,UNI.,LDA CALDAS DA RAINHA IBER-OLEFF-COMP. TÉC. PLÁSTICO, S.A. POMBAL C.A.C.II-COMP. AVÍCOLA DO CENTRO, S.A. LEIRIA GUI-COMBUSTÍVEIS GUILHERMINOS, LDA LEIRIA BALBINO & FAUSTINO, LDA ALCOBAÇA L.P.M. - COMÉRCIO AUTOMÓVEL, S.A. LEIRIA T.S. - THOMAZ DOS SANTOS, S.A. CALDAS DA RAINHA BLOCOTELHA-STEEL CONSTRUCTIONS, S.A. PORTO DE MÓS DDO - DERIVADOS DE OVOS, LDA POMBAL MOVITER - EQUIPAMENTOS, S.A. LEIRIA DEROVO - DERIVADOS DE OVOS, S.A. POMBAL PANICONGELADOS-MASSAS CONGELADAS, S.A. LEIRIA ULTRAPOLYMERS PORTUGAL, S.A. MARINHA GRANDE PROPECUÁRIA-VETER. FARMACÊUTICA, LDA PORTO DE MÓS BOURBON AUTOMOTIVE PLAST. MAR.GR., S.A. MARINHA GRANDE CENTRO HOSPITALAR DO OESTE, E.P.E. CALDAS DA RAINHA MD MOLDES-MANUEL DOMINGUES, UNIP., LDA LEIRIA ANÍBAL DE OLIVEIRA CRISTINA, LDA LEIRIA CONSTRUÇÕES PRAGOSA, S.A. BATALHA LUSICRESCE - PRODUÇÃO AVÍCOLA, LDA LEIRIA CONSTRUÇÕES J.J.R.& FILHOS, S.A. LEIRIA LUBRIGAZ, S.A. LEIRIA

79351

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

112 RANKING

concelho sede social

capital social 11.490.000 5.000.000 7.500.000 8.025.000 3.000.000 13.359.850 675.000 3.750.000 1.000.000 1.200.000 29.930.000 5.075.000 2.650.000 50.000 5.000 9.000.000 8.000.000 10.000.000 633.075 1.500.000 14.620.494 300.000 5.957.267 8.000.000 391.151 150.000 7.481.969 7.150.000 5.000 5.020.350 3.000.000 500.000 9.420.000 349.500 1.300.000 5.923.435 1.500.000 4.000.000 6.522.429 2.786.610 101.210 800.000 2.640.000 7.000.000 600.000 2.000.000 10.000.000 5.000 5.890.000 500.000

vol. de negócios 218.969.074 154.554.425 141.463.216 139.614.605 128.940.863 115.516.290 110.710.627 101.609.636 90.640.370 90.276.348 87.683.943 78.571.304 78.019.743 76.796.296 69.425.958 65.469.371 64.851.862 61.414.403 60.668.427 59.825.032 56.940.406 56.125.888 54.794.207 53.978.949 52.107.236 51.184.343 50.925.806 50.163.875 45.830.469 44.385.639 43.683.460 43.360.159 43.297.183 42.793.286 42.260.205 40.779.724 40.378.712 38.702.425 38.077.032 36.064.629 33.780.544 32.834.026 32.684.899 32.199.474 31.490.988 30.234.730 29.321.256 29.313.983 29.051.082 28.941.227

var. vn 2017/2018 -2,89 2,81 6,44 -3,84 0,05 -6,51 10,24 3,66 12,48 12,06 -1,28 29,21 12,78 -16,12 39,80 6,86 5,29 -5,33 14,84 -5,08 2,89 26,82 11,78 2,41 14,16 21,89 -11,96 3,19 141,95 13,58 6,11 19,22 10,69 4,41 10,77 10,37 10,32 7,08 7,13 12,46 0,94 12,68 -14,47 - -22,70 17,91 0,43 -51,54 0,94 -10,74


res. líquido 13.021.575 -557.821 19.760.388 496.686 4.251.552 19.752.153 671.375 9.920.762 1.427.591 534.265 -10.599.314 1.480.068 4.574.732 2.764.390 3.095.864 7.292.618 13.358.969 3.918.730 2.116.798 833.155 3.478.754 456.923 5.430.613 4.363.307 424.301 1.261.485 1.724.433 3.784.046 266.733 -777.835 2.590.372 368.656 924.913 843.946 220.838 845.266 246.585 1.756.277 1.639.125 957.328 393.615 1.369.965 3.958.963 -17.900.646 3.744.198 2.555.313 535.011 1.049.774 2.552.083 98.515

VAB 35.812.033 22.389.018 57.636.941 2.548.706 7.556.875 38.470.545 3.090.537 13.498.194 2.740.852 6.787.048 49.532.684 22.648.815 16.955.642 13.853.167 4.219.454 28.428.255 16.670.255 8.778.557 6.879.794 1.595.763 16.332.551 1.826.728 9.054.126 1.424.975 1.585.016 3.887.399 3.955.933 18.559.227 972.206 12.832.869 3.875.909 718.545 6.893.737 1.271.275 2.677.766 12.914.881 1.442.134 5.567.973 3.568.875 10.149.015 56.021 5.463.536 10.490.563 10.260.858 7.928.809 7.339.533 7.846.270 1.951.074 7.696.196 22.476

rentabil. (%) 5,95 -0,36 13,97 0,36 3,30 17,10 0,61 9,76 1,58 0,59 -12,09 1,88 5,86 3,60 4,46 11,14 20,60 6,38 3,49 1,39 6,11 0,81 9,91 8,08 0,81 2,46 3,39 7,54 0,58 -1,75 5,93 0,85 2,14 1,97 0,52 2,07 0,61 4,54 4,30 2,65 1,17 4,17 12,11 -55,59 11,89 8,45 1,82 3,58 8,78 0,34

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 12,49 -1,27 12,83 1,50 17,84 11,16 2,49 13,89 7,53 1,80 -13,21 3,37 11,71 4,87 44,98 5,49 18,65 3,04 6,50 6,53 8,33 3,60 9,77 5,87 3,42 7,34 3,76 8,04 5,16 -1,40 5,45 3,30 2,65 8,33 0,71 2,03 2,24 5,25 5,41 1,51 18,21 8,33 17,16 -34,30 8,90 12,03 1,01 13,40 7,11 0,67

rent. cap. próp.(%) 22,80 -6,30 20,58 4,47 53,02 21,58 9,57 19,98 26,99 13,92 -28,53 5,72 23,90 8,39 99,81 16,42 24,60 10,78 25,39 24,99 12,61 14,61 15,64 7,98 9,93 38,02 6,99 13,28 37,43 -3,27 14,11 16,82 5,13 33,11 0,76 4,44 5,63 9,81 9,70 6,82 25,29 25,10 22,00 70,92 15,18 19,11 2,03 14,59 12,60 2,53

solvabil.(%) 121,14 25,34 165,55 50,53 50,70 107,19 35,26 228,08 38,73 14,90 86,24 143,11 96,00 138,50 82,04 50,22 313,50 39,22 34,38 35,39 195,01 32,67 166,52 277,29 52,55 23,92 116,44 153,09 15,99 74,99 62,82 24,37 106,87 33,64 1.391,00 83,78 65,92 115,40 126,07 28,50 257,23 49,66 353,83 -32,60 141,65 170,09 97,64 1.122,83 129,67 35,84

exportação total

113 empregados

12.122.513 1.058 8.182 611 43.966.747 559 21.971.376 8 5.530 73 92.554.585 937 22.624 139 75.041.932 195 59.038.460 24 26.110 146 - 2.091 78.427.540 511 76.104.811 268 75.874.284 812 0 10 1.838.377 256 1.675.952 158 60.071.079 110 0 139 3.507.257 20 50.587.202 364 14.545 43 17.771.980 122 23.039.067 220 0 53 2.030.870 94 16.474.477 96 34.127.451 627 61.818 20 19.314.077 530 4.613.343 72 0 15 2.262.419 226 50.261 94 0 100 21.814.994 260 7.992.370 44 2.834.997 73 8.206.497 64 6.560.228 231 35.874 12 45.332 67 28.084.481 252 0 1.619 28.093.251 54 1.440.470 108 87.910 239 0 70 650.000 222 39.277 94 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

79121

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


novembro 2019 | Diário As Beiras

50 maiores empresas do distrito de Viseu

ranking

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50

PEUGEOT CITRÖEN AUT. PORTUGAL, S.A. MANGUALDE SONAE ARAUCO PORTUGAL, S.A. MANGUALDE LUSO FINSA-IND. COM. MADEIRAS, S.A. NELAS HUF PORTUGUESA-FÁB.COMP.AUT.,UNIP.,LDA TONDELA LABESFAL - LABORATÓRIOS ALMIRO, S.A. TONDELA MEIGAL - ALIMENTAÇÃO, S.A. MANGUALDE CENTRO HOSPITALAR TONDELA-VISEU, E.P.E. VISEU PATINTER-PORT. AUT. TRANS., S.A. MANGUALDE BROSE-SIST.FECH.AUT.,UNIPESSOAL LDA TONDELA BORGSTENA TEXTILE PORT., UNIP., LDA NELAS MARTIFER-CONSTR. METAL., S.A. OLIV. FRADES VIATEL-TECNOLOGIA DE COMUNICAÇÕES, S.A. VISEU RUI COSTA E SOUSA & IRMÃO, S.A. TONDELA SAVIBEL - SOCIEDADE AVÍCOLA, S.A. OLIV. FRADES CAMPOAVES - AVES DO CAMPO, S.A. OLIV. FRADES F.H.C. - FARMACÊUTICA, S.A. MORTÁGUA AVICASAL - SOCIEDADE AVÍCOLA, S.A. SÃO PEDRO DO SUL EÓLICA DO ALTO DOURO, S.A. ARMAMAR MEIVCORE, LDA VISEU ASCENDI BEIRAS LITORAL E ALTA VISEU AKWEL TONDELA (PORTUGAL), LDA TONDELA COELHO & DIAS, S.A. VISEU CRIZAVES-CENTRO DE ABATE DE AVES, S.A. TONDELA EDIVISA-EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, S.A. VISEU GÁSCOMB-EMP. GASES E DER. PETRÓ., LDA MANGUALDE LABORATÓRIOS BASI-IND. FARM., S.A. MORTÁGUA LACTICÍNIOS DO PAIVA, S.A. LAMEGO J.L.S.-TRANSPORTES INTERNACIONAIS, S.A. VISEU PUREVER INDUSTRIAL SOLUTIONS, S.A. NELAS VISABEIRA - INFRAESTRUTURAS, LDA VISEU C.B.I.- INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. MANGUALDE GIALMAR - PRODUTOS ALIMENTARES, S.A. TONDELA EMBEIRAL-ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, S.A. VISEU AUTO MARTINAUTO, S.A. VISEU BODUM PORTUGUESA - PRODUÇÃO, S.A. TONDELA SOSOARES - CAIXILHARIAS E VIDROS, S.A. VISEU PARQUE EÓLICO DO DOURO SUL, S.A. MOIM. DA BEIRA GRUPO VISABEIRA, S.A. VISEU GENERG VENTOS DO CARAMULO TONDELA FRESENIUS KABI PHARMA PORTUGAL, LDA TONDELA COMBSANTOS, LDA VISEU TRANSDEV INTERIOR, S.A. CASTRO DAIRE LAMEGUIPER-SOC. DISTRIBUIÇÃO, S.A. LAMEGO BRINTONS-IND. ALCATIFAS, LDA VOUZELA MOVIDA-EMPRE. TURÍSTICOS, S.A. VISEU CARMO, S.A. OLIV. FRADES LEMOS & IRMÃO, S.A. VISEU S.F.P.C.-SOC. FRA.PORT. CAPACETES, S.A. CARREGAL DO SAL TEXLAAUTOMOTIVE - TEXTEIS, LDA CARREGAL DO SAL IRMÃOS ALMEIDA CABRAL, LDA PEN. DO CASTELO

79376

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

114 RANKING

concelho sede social

capital social

vol. de negócios

var. vn 2017/2018

75.000 17.898.430 21.204.000 1.500.000 6.500.000 1.200.000 46.540.000 2.613.320 3.000.000 3.591.345 7.500.000 16.000.000 10.000.000 2.200.000 3.800.000 5.000.000 5.830.500 50.000 300.000 51.000.000 590.673 4.000.000 6.000.000 10.900.000 102.100 1.326.935 3.250.000 1.250.000 4.200.000 3.491.585 125.000 2.600.000 750.000 900.000 500.000 7.500.000 50.000 115.125.630 50.000 925.000 250.000 600.000 50.000 560.000 25.500.000 1.000.000 800.000 500.000 249.399 500.000

552.264.343 202.631.158 146.522.198 122.923.664 118.864.226 116.349.771 110.107.243 91.841.269 84.149.695 80.872.959 78.531.275 70.840.470 61.876.269 59.777.704 51.872.908 49.791.443 49.626.840 40.456.910 39.126.911 38.997.080 38.437.137 38.248.294 29.249.912 28.887.508 27.952.822 27.614.832 25.867.072 25.767.736 25.492.013 25.191.175 25.120.594 24.872.938 24.860.925 24.787.554 24.733.390 24.014.267 23.903.319 23.027.165 21.404.764 21.143.823 21.098.053 20.583.532 20.398.509 19.356.136 18.630.380 18.042.589 17.398.203 17.359.026 17.109.129 17.000.046

21,42 -2,23 18,19 7,72 -3,06 5,45 5,40 -3,82 -13,33 7,87 54,74 6,58 2,20 34,86 -2,48 -12,84 -0,95 10,49 62,50 51,75 24,24 3,96 7,10 66,12 -6,57 12,28 6,06 5,08 5,30 -22,97 -12,02 -0,06 7,92 8,10 9,62 15,67 7,33 718,11 6,49 -1,99 19,01 4,61 5,13 -1,41 12,58 11,14 -3,10 13,74 71,19 11,24


Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

res. líquido

71459

8.618.322 44.072.998 17.491.202 5.329.702 7.954.165 4.565.563 -18.255.990 753.323 1.473.789 8.771.615 4.459.658 17.412.825 242.353 815.537 1.447.632 5.782.807 643.790 -4.298.401 436.801 31.851.954 2.471.779 1.304.286 792.573 1.751.730 92.553 2.303.282 362.162 -208.613 356.643 391.589 749.121 1.717.669 896.891 453.601 671.913 5.203.633 -1.617.747 53.944.846 7.390.522 -5.359.771 28.799 2.301.050 1.015.534 550.946 4.330.576 1.090.334 -3.290 1.122.645 909.921 1.006.775

VAB 42.312.572 10.919.320 25.044.957 22.433.844 33.728.836 14.360.379 55.719.277 37.357.654 6.068.645 22.295.422 25.286.529 13.448.807 7.190.267 3.590.661 7.426.064 4.978.447 5.256.390 33.236.217 18.061.808 28.865.061 13.270.771 5.067.554 3.305.537 9.473.959 849.529 7.090.196 3.888.354 10.618.214 5.309.290 7.630.105 4.414.995 4.732.325 2.485.777 2.321.879 3.746.202 9.371.282 19.794.017 12.433.752 16.603.411 4.813.408 1.100.956 7.297.371 2.849.665 5.498.967 13.000.536 2.260.066 1.292.525 5.091.279 2.375.291 6.149.081

rentabil. (%) 1,56 21,75 11,94 4,34 6,69 3,92 -16,58 0,82 1,75 10,85 5,68 24,58 0,39 1,36 2,79 11,61 1,30 -10,62 1,12 81,68 6,43 3,41 2,71 6,06 0,33 8,34 1,40 -0,81 1,40 1,55 2,98 6,91 3,61 1,83 2,72 21,67 -6,77 234,27 34,53 -25,35 0,14 11,18 4,98 2,85 23,24 6,04 -0,02 6,47 5,32 5,92

Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

rent. ativo(%) 4,86 17,18 11,17 12,27 6,63 20,40 -15,05 1,20 5,36 17,29 3,40 12,48 0,33 5,65 6,53 6,16 3,57 -2,08 2,84 5,30 11,36 4,93 6,36 2,63 2,67 3,98 2,04 -0,71 1,45 0,74 3,97 9,10 3,62 4,62 2,72 14,25 -0,96 6,77 9,61 -2,73 0,80 6,72 6,21 3,62 2,20 5,88 -0,07 10,86 15,90 7,35

rent. cap. próp.(%) 22,08 38,51 16,79 32,11 9,43 38,21 -36,00 2,00 12,56 31,26 15,24 37,17 1,60 13,35 10,41 8,43 8,32 -161,75 26,30 25,55 16,82 6,29 9,57 8,07 6,00 9,16 8,38 -1,30 5,45 2,81 11,08 17,38 7,78 7,51 14,68 16,77 -5,66 16,73 49,08 -12,27 4,86 34,10 8,51 5,40 9,74 12,93 -0,13 22,67 28,82 19,22

solvabil.(%) 28,21 80,54 198,72 61,85 236,64 114,50 71,87 149,78 74,29 123,78 28,73 50,54 25,61 73,38 168,51 271,76 75,35 1,30 12,09 26,17 208,14 360,93 198,12 48,40 80,23 76,85 32,11 122,67 36,06 35,63 55,86 110,04 87,07 160,10 22,75 564,19 20,42 67,93 24,34 28,63 19,80 24,55 269,58 202,31 29,14 83,38 98,19 91,91 123,05 61,91

exportação total

115 empregados

501.005.802 810 97.285.113 720 88.670.277 314 122.719.662 418 96.942.557 665 8.343.298 374 - 2.413 59.877.146 1.048 84.149.695 184 79.969.949 540 34.769.639 741 0 495 29.878.576 104 0 125 13.424.488 182 36.299.637 37 686.808 248 0 0 16.772.358 457 0 3 35.989.859 561 3.059.294 159 109.276 148 0 196 0 58 7.458.077 161 4.654.584 137 10.016.346 278 12.487.359 153 0 370 24.400.423 261 6.753.593 119 0 56 0 80 0 208 2.886.860 157 0 0 0 455 0 0 238.637 45 0 72 0 281 4.009 125 19.300.810 240 0 86 7.698.973 57 4.294 65 17.305.431 224 14.821.559 58 0 152 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

116 RANKING

novembro 2019 | Diário As Beiras

100 maiores empresas exportadoras do Centro

posição

nome

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70

PEUGEOT CITRÖEN AUTOMÓVEIS PORTUGAL, S.A. CELULOSE BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A. RENAULT CACIA, S.A. FAURECIA - ASSENTOS DE AUTOMÓVEL, LDA AMORIM & IRMÃOS, S.A. BOSCH TERMOTECNOLOGIA, S.A. COFICAB PORTUGAL - COMPANHIA DE FIOS E CABOS, LDA YAZAKI SALTANO DE OVAR - PRODUTOS ELÉCTRICOS, LDA GROHE PORTUGAL - COMPONENTES SANITÁRIOS, LDA BOSCH SECURITY SYSTEMS - SISTEMAS DE SEGURANÇA,S.A. FERPINTA-IND.TUBOS AÇO DE FERN.PINHO TEIXEIRA,S.A. FAPRICELA - INDÚSTRIA DE TREFILARIA, S.A. HUF PORTUGUESA-FÁBR.COMP.AUTOMÓVEL,UNIPESSOAL,LDA COLEP PORTUGAL, S.A. BONDALTI CHEMICALS, S.A. POLIVOUGA - INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS, S.A. SONAE ARAUCO PORTUGAL, S.A. LABESFAL - LABORATÓRIOS ALMIRO, S.A. COMPANHIA IND. RESINAS SINTÉTICAS - CIRES, LDA ROCA, S.A. LUSO FINSA-INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MADEIRAS, S.A. BROSE-SIST. FECH. AUTOMÓVEIS, UNIPESSOAL, LDA GESTAMP AVEIRO-IND. ACESSÓRIOS DE AUTOMÓVEIS, S.A. CELTEJO - EMPRESA DE CELULOSE DO TEJO, S.A. SIMOLDES - PLÁSTICOS, S.A. BORGSTENA TEXTILE PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA SCHAEFFLER PORTUGAL, UNIPESSOAL, LDA BOLLINGHAUS STEEL, S.A. EUROPEAN SEAFOOD INVESTMENTS PORTUGAL, S.A. CABOPOL - POLYMER COMPOUNDS, S.A. AQUINOS, S.A. EDA - ESTOFAGEM DE ASSENTOS, UNIPESSOAL, LDA PLANOS FÉRRICOS PORTUGAL II, UNIPESSOAL, LDA MAHLE - COMPONENTES DE MOTORES, S.A. RIA BLADES, S.A. KIRCHHOFF AUTOMOTIVE PORTUGAL, S.A. AMORIM CORK COMPOSITES, S.A. RESPOL - RESINAS, S.A. PATINTER-PORT. AUTOMÓVEIS TRANSPORTADORES, S.A. METALMARINHA-COM. INTER. RESÍDUOS METÁLICOS, S.A. SASAL - ASSENTOS PARA AUTOMÓVEIS, S.A. FUNFRAP - FUNDIÇÃO PORTUGUESA, S.A. ECCO’LET (PORTUGAL) - FÁBRICA DE SAPATOS, LDA FRULACT - INDÚSTRIA AGRO-ALIMENTAR, S.A. PAVIGRÉS CERÂMICAS, S.A. CRISAL - CRISTALARIA AUTOMÁTICA, S.A. ALTICE LABS, S.A. SANTOS BAROSA - VIDROS, S.A. GRÉS PANARIA PORTUGAL, S.A. SANITANA - FÁBRICA DE SANITÁRIOS DE ANADIA, S.A. ERT TÊXTIL PORTUGAL, S.A. VALMET, LDA VISTA ALEGRE ATLANTIS, S.A. DURA AUTOMOTIVE PORTUGUESA TEKA PORTUGAL, S.A. F.H.C. - FARMACÊUTICA, S.A. AKWEL TONDELA (PORTUGAL), LDA MARTIFER - CONSTRUÇÕES METALOMECÂNICAS, S.A. NOVAQUI-EQUIP. MOBILIÁRIO DE CONFORTO, S.A. BLUEPHARMA - INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, S.A. NOVARES PORTUGAL, S.A. PLASFIL - PLÁSTICOS DA FIGUEIRA, S.A. UNITOM - SOCIEDADE GERAL DE COMÉRCIO, LDA ACI - AUTOMOTIVE COMPOUNDING INDUSTRY, LDA RUI COSTA E SOUSA & IRMÃO, S.A. PAUL STRICKER, S.A. PAULO DE OLIVEIRA, S.A. MD MOLDES - MANUEL DOMINGUES, UNIPESSOAL, LDA BOURBON AUTOMOTIVE PLASTICS MARINHA GRANDE, S.A. SRAMPORT - TRANSMISSÕES MECÂNICAS, LDA

1 1 3 4 7 6 1 9 14 16 11 10 4 17 5 13 2 5 15 6 3 9 25 1 19 10 12 13 14 8 14 28 21 16 23 31 32 18 8 9 48 49 24 6 46 21 26 3 36 38 43 50 37 5 33 16 21 11 27 29 28 34 12 6 13 39 7 45 43 48

concelho

distrito

MANGUALDE VISEU FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA AVEIRO AVEIRO SÃO JOÃO DA MADEIRA AVEIRO SANTA MARIA DA FEIRA AVEIRO AVEIRO AVEIRO GUARDA GUARDA OVAR AVEIRO ALBERGARIA-A-VELHA AVEIRO OVAR AVEIRO OLIVEIRA DE AZEMÉIS AVEIRO CANTANHEDE COIMBRA TONDELA VISEU VALE DE CAMBRA AVEIRO ESTARREJA AVEIRO ALBERGARIA-A-VELHA AVEIRO MANGUALDE VISEU TONDELA VISEU ESTARREJA AVEIRO LEIRIA LEIRIA NELAS VISEU TONDELA VISEU OLIVEIRA DE AZEMÉIS AVEIRO VILA VELHA DE RÓDÃO CASTELO BRANCO OLIVEIRA DE AZEMÉIS AVEIRO NELAS VISEU CALDAS DA RAINHA LEIRIA MARINHA GRANDE LEIRIA PENICHE LEIRIA PORTO DE MÓS LEIRIA TÁBUA COIMBRA SÃO JOÃO DA MADEIRA AVEIRO VAGOS AVEIRO CANTANHEDE COIMBRA VAGOS AVEIRO OVAR AVEIRO SANTA MARIA DA FEIRA AVEIRO LEIRIA LEIRIA MANGUALDE VISEU MARINHA GRANDE LEIRIA SÃO JOÃO DA MADEIRA AVEIRO AVEIRO AVEIRO SANTA MARIA DA FEIRA AVEIRO COVILHÃ CASTELO BRANCO ANADIA AVEIRO MARINHA GRANDE LEIRIA AVEIRO AVEIRO MARINHA GRANDE LEIRIA ÍLHAVO AVEIRO ANADIA AVEIRO SÃO JOÃO DA MADEIRA AVEIRO OVAR AVEIRO ÍLHAVO AVEIRO GUARDA GUARDA ÍLHAVO AVEIRO MORTÁGUA VISEU TONDELA VISEU OLIVEIRA DE FRADES VISEU TÁBUA COIMBRA COIMBRA COIMBRA LEIRIA LEIRIA FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA FUNDÃO CASTELO BRANCO GUARDA GUARDA TONDELA VISEU CANTANHEDE COIMBRA COVILHÃ CASTELO BRANCO LEIRIA LEIRIA MARINHA GRANDE LEIRIA COIMBRA COIMBRA

vol. de neg.2018 552.264.343 544.190.687 357.721.385 340.418.834 284.111.518 291.289.171 234.006.719 221.908.281 165.245.309 158.684.349 209.343.508 151.555.259 122.923.664 142.202.454 310.516.274 170.049.561 202.631.158 118.864.226 161.732.069 115.516.290 146.522.198 84.149.695 108.147.693 129.735.507 132.908.621 80.872.959 78.571.304 78.019.743 76.796.296 101.609.636 85.628.087 92.049.390 125.864.993 68.663.235 114.757.171 81.235.925 80.800.688 61.414.403 91.841.269 90.640.370 57.621.424 57.050.794 109.446.180 57.896.424 60.419.667 56.940.406 99.322.900 141.463.216 75.626.368 72.746.586 63.611.125 56.890.001 73.438.240 48.276.355 79.734.722 49.791.443 38.437.137 78.531.275 44.085.415 42.061.895 50.163.875 37.632.011 31.028.144 47.427.415 61.876.269 36.115.963 37.573.951 31.490.988 32.684.899 26.178.068

exportação total 501.005.802 444.941.907 355.517.159 328.693.612 243.390.641 235.116.941 222.582.722 208.263.458 158.603.786 145.329.428 144.283.776 124.575.141 122.719.662 108.803.997 102.717.052 102.176.642 97.285.113 96.942.557 93.620.469 92.554.585 88.670.277 84.149.695 83.987.871 82.752.811 81.759.698 79.969.949 78.427.540 76.104.811 75.874.284 75.041.932 72.331.599 71.894.969 71.723.646 68.549.002 66.915.429 66.009.540 62.609.490 60.071.079 59.877.146 59.038.460 56.923.581 56.890.835 56.535.849 53.365.819 52.927.084 50.587.202 44.577.775 43.966.747 43.511.421 41.475.964 41.205.595 41.035.616 40.469.428 39.249.480 37.638.680 36.299.637 35.989.859 34.769.639 34.404.483 34.382.135 34.127.451 33.339.598 30.931.677 30.627.361 29.878.576 29.301.317 28.332.996 28.093.251 28.084.481 25.200.146


Todos os valores foram recolhidos e analisados pela Informa D&B e referem-se às contas individuais (2018), publicadas na IES – Informação Empresarial Simplificada e/ou disponíveis na BD Informa D&B.

posição

nome

71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100

BERALT TIN AND WOLFRAM (PORTUGAL), S.A. COVILHÃ CASTELO BRANCO UNITED RESINS - PRODUÇÃO DE RESINAS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA ANSELL PORTUGAL-IND. GLOVES, SOC. UNIPESSOAL, LDA VILA NOVA DE POIARES COIMBRA C.B.I.- INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. MANGUALDE VISEU C.B.I.- INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. TÁBUA COIMBRA ROCA TORNEIRAS, S.A. CANTANHEDE COIMBRA SOCIEDADE AGRÍCOLA DA QUINTA DA FREIRIA, S.A. BOMBARRAL LEIRIA BRESFOR - INDÚSTRIA DO FORMOL, S.A. ÍLHAVO AVEIRO COFISA - CONSERVAS DE PEIXE DA FIGUEIRA, S.A. FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA MIBEPA - IMPORTAÇÃO, COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO, LDA LEIRIA LEIRIA BLOCOTELHA - STEEL CONSTRUCTIONS, S.A. PORTO DE MÓS LEIRIA SORGAL - SOCIEDADE DE ÓLEOS E RAÇÕES, S.A. OVAR AVEIRO AVYS WHOLESALE, LDA GUARDA GUARDA IBER-OLEFF-COMPONENTES TÉCNICOS EM PLÁSTICO, S.A. POMBAL LEIRIA BRINTONS - INDÚSTRIA DE ALCATIFAS, LDA VOUZELA VISEU SODECIA POWERTRAIN GUARDA, S.A. GUARDA GUARDA ACUINOVA - ACTIVIDADES PISCÍCOLAS, S.A. MIRA COIMBRA SCHREIBER FOODS PORTUGAL, S.A. CASTELO BRANCO CASTELO BRANCO TWINTEX - INDÚSTRIA DE CONFECÇÕES, LDA FUNDÃO CASTELO BRANCO MICROPLÁSTICOS, S.A. FIGUEIRA DA FOZ COIMBRA A PENTEADORA-SOC. IND.PENT. FIAÇÃO DE LÃS, S.A. COVILHÃ CASTELO BRANCO CISTER - INDÚSTRIA DE PRODUTOS ALIMENTARES, LDA ALCOBAÇA LEIRIA S.F.P.C.-SOC. FRANCO PORTUGUESA DE CAPACETES, S.A. CARREGAL DO SAL VISEU MEIVCORE, LDA VISEU VISEU RAIMUNDO & MAIA, S.A. ALCOBAÇA LEIRIA JOSÉ AFONSO & FILHOS, S.A. OLEIROS CASTELO BRANCO PRIO BIO, S.A. ÍLHAVO AVEIRO COIMBRA VERALLIA PORTUGAL, S.A. FIGUEIRA DA FOZ TEXLAAUTOMOTIVE - TEXTEIS, LDA CARREGAL DO SAL VISEU DAVION - INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO, S.A. OLIVEIRA DO HOSPITAL COIMBRA

17 50 56 31 52 41 24 44 17 4 36 34 14 30 44 12 78 5 23 35 19 23 48 19 27 18 30 12 49 92

concelho

distrito

vol. de neg. 2018

117 exportação total

25.628.327 25.121.771 25.872.729 24.840.885 24.449.950 24.445.941 25.120.594 24.400.423 25.120.594 24.400.423 34.002.705 23.309.591 53.978.949 23.039.067 62.750.538 23.010.972 55.687.925 22.100.309 139.614.605 21.971.376 40.779.724 21.814.994 76.929.400 20.953.328 20.883.180 20.883.131 44.385.639 19.314.077 19.356.136 19.300.810 25.119.024 19.113.682 18.932.491 18.924.767 64.987.565 18.667.394 18.325.727 18.293.847 37.097.218 18.153.906 20.434.945 17.861.769 54.794.207 17.771.980 17.359.026 17.305.431 39.126.911 16.772.358 50.925.806 16.474.477 23.252.055 16.354.442 91.966.263 15.969.185 101.168.904 15.786.867 17.109.129 14.821.559 14.453.132 14.075.665 Fonte : Rank elaborado pela Informa D&B

71285

Para adquirir esta base de dados com um desconto de 20% sobre o preço de tabela e ter acesso a informação de marketing e económico-financeira sobre estas empresas e quem as gere, contacte-nos através do e-mail informadb@informadb.pt ou do telefone 213 500 373.

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

Diário As Beiras | novembro 2019


Jorge Loureiro Vice-presidente da AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal

O principal fator para o sucesso de qualquer estratégia turística, de um qualquer destino turístico, são “as pessoas”, neste caso os recursos humanos, os trabalhadores desta atividade, pois sem este “capital humano” não existe atividade turística

novembro 2019 | Diário As Beiras

O setor do Turismo, do Alojamento e da Restauração

O

setor do Turismo, e particularmente os setores da restauração e bebidas e do alojamento turístico, têm sido vitais para o crescimento do emprego nos últimos anos em Portugal, sendo setores com uma relevância significativa no contexto nacional, com o setor do Turismo a empregar mais de 441.000 pessoas (11,3% do total nacional). Só o Canal HORECA (restauração e alojamento), que representa 78,5% dos postos de trabalho do setor do Turismo, tem a seu cargo mais de 346.500 postos de trabalho, cerca de 8,9% do total nacional, e registou um crescimento, entre 2016 e 2018, de +17,7% (+49.300 novos postos de trabalho). E esta dinâmica nacional na nossa empregabilidade é, naturalmente, o reflexo do crescimento sustentado que as empresas têm tido, em todas as nossas regiões, onde a Região Centro não é exceção, muito pelo contrário. No Canal HORECA, a NUT II Centro é responsável pelo emprego de 48.835 pessoas (14,1% do total nacional), sendo a 3ª região com maior nível de empregabilidade, ficando apenas atrás da Área Metropolitana de Lisboa e da NUT II Norte. Entre 2015 e 2017 (último ano disponível), a empregabilidade cresceu +13,1%, ou seja, criou mais 5.660 novos postos de trabalho. No entanto, a escassez de mão-de-obra é hoje uma realidade, e um constrangimen-

to, para as nossas empresas, uma vez que a atratividade para estes Setores continua a ser um problema, fruto das suas características intrínsecas. E é indiscutível que o principal fator para o sucesso de qualquer estratégia turística, de um qualquer destino turístico, são “as pessoas”, neste caso os recursos humanos, os trabalhadores desta atividade, pois sem este “Capital Humano” não existe atividade turística. Perante este cenário com que nos deparamos atualmente, torna-se necessário captar o interesse dos jovens, desde muito cedo, para as profissões ligadas ao Turismo, mas também é necessário ter a capacidade e os meios adequados para incutir, em qualquer pessoa, o interesse por estas profissões, e formá-la através de formação de início de carreira. É assim urgente a promoção de iniciativas e de instrumentos que possam favorecer a atração de recursos humanos para estes Setores, dignificando-se as profissões e os seus profissionais, para o que pode contribuir uma melhor e mais cuidada informação sobre as profissões e respetivas ofertas educativas e/ ou formativas. Deve, também, ser levada a cabo uma campanha de valorização das profissões do Turismo, que atraia, nomeadamente, jovens, e para profissões tradicionalmente encaradas erradamente - como menos atrativas/dignas. 79363

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

118OPINIÃO

Membro Fundador

www.grupohigimarto.com.pt Indústria e Comércio de Produtos de

Higiene e Limpeza

Encelência 2015

Rua de São Lourenço, 617 | 3045-478 Taveiro | Tel.: 239 984 433 | Fax: 239 985 377 | higimarto@grupohigimarto.com.pt


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79223


Teresa Mendes Presidente do Instituto Pedro Nunes

O Instituto Pedro Nunes tem a missão de fazer a ligação entre a ciência e o tecido empresarial e, quanto aos recursos humanos, tem um importante papel complementar da formação académica com que um estudante sai da universidade

novembro 2019 | Diário As Beiras

Capital humano – um desafio para as organizações

V

ivemos numa era em que o talento humano é visto cada vez mais como “o” fator determinante no desenvolvimento de uma organização. Numa economia global, fortemente competitiva, os poucos recursos que não podem ser facilmente imitados são o talento, a motivação e o saber-fazer das pessoas. A evolução tecnológica coloca as organizações perante um enorme desafio, exigindo um forte investimento no capital humano, quer através de formação contínua, quer através da capacidade de reter talento, o que se torna particularmente dif ícil nos casos em que os recursos humanos, mesmo a nível mundial, são escassos, o que acontece presentemente em muitos domínios da engenharia, em particular na engenharia informática. Perante uma realidade em constante mutação, sobretudo a nível tecnológico, as empresas valorizam certos conhecimentos e competências dos seus colaboradores, que vão desde a formação, o domínio de idiomas, a capacidade de contribuir com ideias inovadoras, a capacidade de aprendizagem ou a versatilidade. Também os processos de recrutamento têm vindo a sofrer alterações com a inovação tecnológica. Os robôs de seleção trazem um novo formato de recrutamento, com o seu software capaz de fazer uma seleção prévia dos candidatos mais qualificados, antes de

chegarem ao departamento de recursos humanos. O Instituto Pedro Nunes tem a missão de fazer a ligação entre a ciência e o tecido empresarial e, no que se refere aos recursos humanos, tem um importante papel complementar da formação académica com que um estudante sai da universidade, através do acolhimento de inúmeros bolseiros que, iniciando-se na investigação científica, estão nos seus laboratórios envolvidos em projetos com empresas, sendo deste modo expostos a uma vivência diferente que os prepara para uma melhor integração no mercado de trabalho. Para além disso, o IPN diagnostica necessidades de formação e organiza formações à medida para empresas, ajudando-as a valorizar o seu capital humano. Com o objetivo de facilitar o recrutamento de quadros para as empresas da sua Incubadora e da sua Aceleradora, o IPN organiza regularmente estágios de verão, intermediando o contacto dessas empresas com estudantes das mais variadas formações. Gerindo esses estágios de curta duração, dá, por um lado, a possibilidade à empresa de conhecer novos potenciais colaboradores e, por outro lado, permite ao estudante a imersão, durante o tempo do estágio, em ambiente empresarial.

57313

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

120 OPINIÃO


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79378


novembro 2019 | Diário As Beiras

O desafio de atrair e reter talento Raul Almeida Presidente da AIRC - Associação de Informática da Região Centro

A retenção de talentos tem-nos permitido desenvolver capacidades dinâmicas, nomeadamente na capacidade de adaptação e de inovação. A AIRC tem no seu capital humano o seu maior ativo e sua imensa mais-valia

A

AIRC - Associação de Informática da Região Centro sempre teve e tem – desde a sua fundação, há 37 anos – no seu capital humano o seu maior ativo e sua imensa mais-valia. O grande desafio na nossa estratégia empresarial é atrair e reter talento, em paralelo com a prestação de serviços de qualidade e excelência aos nossos Associados e Clientes. Deparamo-nos com algumas dificuldades no acompanhamento da evolução salarial com os nossos mais diretos concorrentes. Uma vez que a AIRC é uma Entidade Pública, e tem de seguir o quadro salarial da Função Pública. Enquanto que os que connosco concorrem são do setor privado, tendo, por isso, uma maior liberdade para gerir a sua massa salarial. Apesar desta contrariedade, a AIRC é líder de mercado na sua área de atuação e estamos sempre atentos às necessidades de todos os que connosco trabalham, especialmente ouvintes das opiniões e sugestões dos trabalhadores da AIRC. Estamos em permanente processo interno de melhoria contínua, no sentido de proporcionar bem-estar, bom ambiente e boas condições de trabalho nas nossas instalações e no acompanhamento das deslocações dos nossos Consultores às instalações dos nossos Associados e Clientes. No atual contexto empresarial – especialmente na área em que a AIRC centra a sua atividade, nas novas tecnologias e no desenvolvimento de software que dê resposta

79309

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

122 OPINIÃO

ambipombal@ambipombal.pt | Telf. 236 215 937

www.ambipombal.pt

cabal às necessidades, diárias e em constante mudança e atualização, da Administração Local – captar capital humano e reter talento com qualificações superiores e muito especializadas, ao mesmo tempo que investimos no desenvolvimento das capacidades que promovam o crescimento, tanto ao nível do capital humano como da própria Organização é, para nós, um desafio permanente. A retenção de talentos tem-nos permitido desenvolver capacidades dinâmicas, nomeadamente na capacidade de adaptação e de inovação. O facto de na AIRC haver uma forte orientação para a aprendizagem, assim como práticas internas de qualidade e eficiência que promovem o compromisso com a Organização, têm influenciado positivamente a retenção de talentos e consequentemente o desenvolvimento de capacidades dinâmicas, cruciais para o sucesso da AIRC. O relacionamento, o acompanhamento de proximidade e a abertura deste canal de comunicação, permanente e ativa, entre a Direção da AIRC e os seus trabalhadores é a chave do nosso sucesso e é o caminho que estamos – e queremos continuar – a trilhar. Sendo esta uma das nossas principais apostas estratégicas de desenvolvimento do nosso capital humano e evolução da nossa Organização, a par do permanente investimento na aprendizagem e no desenvolvimento de novas Aplicações Informáticas.


79229

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO


novembro 2019 | Diário As Beiras

Reter talento exige melhorar a qualidade de vida das pessoas

Jorge Conde Presidente do Politécnico de Coimbra

O

Capital Humano é o mais importante capital de uma organização. Muitas são as abordagens que o demonstram e comprovam e, visto do lado “dos interesses” do Ensino Superior, podemos desde logo afirmar que quem mais estuda, é melhor remunerado. Noutra perspetiva é também melhor sucedido, mais feliz no desempenho de funções, etc. Hoje, o grande desafio de uma organização são as pessoas, a sua seleção, a sua formação, o seu desenvolvimento e, claro, a capacidade da empresa para otimizar o nível de competências de cada trabalhador. Não menos importante, a sua capacidade de reter os mais talentosos, pelo maior tempo possível. A gestão de pessoas começa desde logo numa seleção, que passa cada vez mais pela questão de “o que pode você fazer por esta empresa” e cada vez menos pelo CV, ou seja, cada vez menos pelo que fez no passado. O recrutamento de um extraordinário quadro, não adaptável aos objetivos da organização, é um erro de consequências imprevisíveis. Outra das questões cada vez mais importante na estratégia empresarial da gestão de pessoas é conhecê-las bem, por forma a desenvolver as suas competências, alinhando-as com as metas e objetivos da organização, retirando o máximo de potencial da equipa. Claro que tudo isto é importante para a organização, mas tem de o ser também para a pessoa. O Capital Humano é extraordinariamente volátil, por assentar num conjunto

É, pois, necessário que as organizações percebam a importância cada vez maior do “ser pessoa”, do “ser família”, e que reter talento é um desafio que passa por melhorar a qualidade de vida das pessoas

de premissas como: realização profissional, articulação com a vida privada, disponibilidade para formação, progressão hierárquica, valorização salarial, para mencionar apenas as mais óbvias. A título de exemplo contarei uma conversa. Há dias, num outro país europeu, um dado quadro de uma grande empresa referia, no decorrer da conversa, que o seu horário era das 17h às 9h. Perante a minha hesitação, o meu interlocutor acrescentava que das 9h às 17h cumpria o horário da empresa. É, pois, necessário que as organizações percebam a importância cada vez maior do “ser pessoa”, do “ser família”, e que reter talento é um desafio que passa por melhorar a qualidade de vida das pessoas, melhorando as condições de trabalho, melhorando a recompensa e melhorando a articulação com a vida pessoal e familiar. As organizações necessitam de se constituir de pessoas competentes, eficazes e pragmáticas no cumprimento de funções, simultaneamente criativas e empreendedoras, de forma a poderem desenvolver-se e desenvolver a empresa. Tendo pessoas destas, temos talento, que importa reter. Uma nota final, para reforçar que tudo é mais fácil com gente, à partida, competente, criativa, empreendedora, etc., e que isso se encontra com maior facilidade nas Instituições de Ensino Superior. O Politécnico de Coimbra orgulha-se de ser o formador inicial de muito do talento colocado nas maiores empresas da Região.

ÁREAS: Arbitragem

Família e Sucessões

Contencioso

Direito Fiscal

Direito Bancário

Reestruturações e Insolvências Comercial e Sociedades ÁREAS: Direito Penal e Contra-Ordenacional Direito da Saúde Arbitragem Família e Sucessões Direito Bancário Contratos Contencioso Direito

Desporto

Público

Comercial e Sociedades Contratos Desporto

WWW.CAPA-ADVOGADOS.COM ÁREAS:

SÓCIOS: 7

Contencioso

Reestruturações e Direito do Trabalho

Direito Penal e Contra-Ordenacional

Insolvências

Direito Público

Direito do Trabalho

Direito da Saúde

ADVOGADOS E COLABORADORES: 20

ÁREAS: WWW.CAPA-ADVOGADOS.COM Arbitragem Família e Sucessões WWW.CAPA-ADVOGADOS.COM SÓCIOS: 7 Arbitragem Contencioso

Direito Fiscal

79192

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

124 OPINIÃO

Família e Sucessões Direito Direito Fiscal

Fiscal

Direito Bancário

Direito BancárioADVOGADOS E COLABORADORES: 20 Reestruturações e

Reestruturações e Insolvências Comercial e Sociedades DireitoARNADO Penal eInsolvências BUSINESS CENTER - Rua João de Ruão, n.º 12. 1.º andar, Esc. 5 e 6 - 3000-229 Coimbra Comercial e Sociedades Direito Penal e

CAPA - SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Castanheira, Almeida, Pereira, Mateus Ferreira e Associados - Sociedade de Advogados, RL Contra-Ordenacional Contra-Ordenacional Direito da239 Saúde TEL 239 842 730 239 842 731 | FAX 842 732 | E-MAIL geral@capa-advogados.com Direito da-Saúde Contratos Contratos CAPA - SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Direito Público Direito Castanheira, Almeida, Pereira, Mateus Ferreira e Associados - Sociedade Advogados, RL do Trabalho DireitodePúblico Desporto

Desporto

WWW.CAPA-ADVOGADOS.COM

WWW.CAPA-ADVOGADOS.COM

SÓCIOS: 7

SÓCIOS: 7

ARNADO BUSINESS CENTER - Rua João de Ruão, n.º 12. 1.º andar, Esc. 5 e 6 - 3000-229 Coimbra | FAX 239 842 732 | E-MAIL geral@capa-advogados.com

Direito do 730 Trabalho TEL 239 842 - 239 842 731

ADVOGADOS E COLABORADORES: 20

ADVOGADOS E COLABORADORES: 20


Novos desafios na formação dos cidadãos

N

79235

o mundo atual, globalizado e reticular, o paradigma do trabalho encontra-se sujeito a profundas transformações, com impacto, não apenas nos sistemas produtivos, mas também nas vivências e expectativas individuais e coletivas. A própria conceção de tempo - linear, previsível e mensurável – inerente à sociedade salarial fordista, transmuta-se. O tempo de trabalho perde o estatuto de marcador das demais temporalidades sociais. O ciclo de vida deixa de ser concebido como um processo contínuo e relativamente previsível, logo, controlável aprioristicamente, para se tornar cada vez mais flexível, aleatório e fragmentado. Neste contexto, o conceito de carreira perde progressivamente relevância e a vida ativa estrutura-se, doravante, já não em duas etapas distintas - trabalho e reforma -, mas em fases aleatórias e imbricadas de atividade e inatividade. O desafio atual é, pois, o de gerir a flexibilidade dos percursos e a construção da melhor empregabilidade (e já não a mera manutenção do emprego), assumindo a incerteza como dimensão substantiva. Os processos a desencadear para esse efeito centram-se expressamente na capacitação do capital humano e na garantia de formação ao longo da vida, assumindo a reversibilidade e a precariedade dos percursos como um dado incontornável e perene. As chamadas “políticas do curso de vida”

procuram, assim, gerar e manter as capacidades e competências dos sujeitos ao longo de várias idades e desafios socio-laborais. A formação de cidadãos e profissionais proativos, que concebam o empreendedorismo como uma atitude na busca de soluções inteligentes e sustentáveis é, neste quadro analítico, particularmente relevante, colocando ao ensino superior desafios renovados. Tais desafios associam-se não só com a decisão dos conteúdos a lecionar, mas sobretudo, sobre como fazê-lo, remetendo-nos para uma reflexão intimamente associada às estratégias pedagógicas a utilizar face à transformação das exigências do mundo atual e do perfil dos estudantes que hoje frequentam o ensino superior. Deste modo, é necessário valorizar, em primeira instância, a educação para uma atitude inovadora e proativa - ability to turn ideias in action -, confiante e cooperativa face às possibilidades e limitações, pessoais e contextuais, bem como promover uma perceção mais positiva sobre o self e mais crítica e fundamentada sobre as políticas e as dimensões, ou prioridades, essenciais do desenvolvimento. Isto não significa descurar todo um conjunto de saberes estruturantes e de princípios gerais que devem continuar a pautar o ensino superior, mas antes associarlhe o complemento necessário à preparação para a “vida real”, necessariamente mutante, plural e imprevisível.

Cristina Albuquerque Vice-Reitora da Universidade de Coimbra

A formação de cidadãos e profissionais proativos, que concebam o empreendedorismo como uma atitude na busca de soluções inteligentes e sustentáveis é particularmente relevante, colocando ao ensino superior desafios renovados

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO125

Diário As Beiras | novembro 2019


Andrea Sousa Professora Auxiliar do Instituto Superior Miguel Torga

Determinar o talento que desejamos agregar numa organização, parece ser fácil com as ferramentas que as práticas de gestão proporcionam. Difícil parece ser atrair e reter pessoas que contribuem com o seu talento, para concretizar os objetivos organizacionais

79397

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

126 OPINIÃO

novembro 2019 | Diário As Beiras

Organizações precisam cada vez mais de talentos

N

o centro das organizações obviamente que poderá, e deverá estar, uma estratégia bem planeada, muito escalpelizada e até audaciosa, para fazer face às exigências dos vários clientes, bem como à imprevisibilidade da economia. As organizações que não se empenham no seu planeamento estratégico terão fortes probabilidades de chegaram onde não querem. E para chegar onde querem, precisarão cada vez mais de pessoas talentosas que agreguem valor, não tanto de recursos humanos. Gerir a mudança e a imprevisibilidade nas organizações obrigará a uma agilidade organizacional, por parte dos seus líderes, na identificação do perfil de talentos que as organizações necessitarão para continuar a ser ágeis e apetecíveis aos seus stakeholders. Determinar o talento que desejamos agregar numa organização, parece ser relativamente fácil com o desenvolvimento de ferramentas que as práticas de gestão proporcionam. Dif ícil parece ser atrair e reter pessoas que possam contribuir, com o seu talento, para a concretização dos objetivos organizacionais e, simultaneamente, alinhar o mindset destes com o ADN organizacional, definindo o target do employer branding. Estas pessoas são o principal agente de

“marketing” das organizações, são por excelência os principais embaixadores da marca das organizações, mas também são o ativo mais imprevisível. Parece que o novo desafio de qualquer estratégia organizacional está em saber quem são estas pessoas, como as poderão atrair e até quando as devem reter. As organizações já captaram os babys boomers, que hoje parecem ser os infoexcluídos, a geração X que são, ou foram, os trabalhólicos e, agora, os millenares que todos rotulam de voláteis, mas com os quais todas as organizações ainda contam e contarão porque a gestão desta multiplicidade de ativos assume um papel particularmente crítico, no sucesso da estratégia organizacional. As organizações não estão sozinhas neste desafio. O ensino também pode e deve contribuir para a concretização desta estratégia global. Articular, reinventar, transferir e provocar no ensino a crítica, o improviso e astúcia na argumentação é, certamente, educar para a mudança e para a constante imprevisibilidade organizacional. Esta missão educacional exige que o ensino seja cada vez mais permeável e considere que no centro devem estar, não só as pessoas que forma, independentemente da geração a que pertencem, mas também as organizações, que precisam destas pessoas, com talento, porque não haverá outras!


O Capital iParque – O valor dos recursos humanos

O

criadas com os vários parceiros empresariais e de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) da região. Vem isto a propósito de destacar os Recursos Humanos num Parque Tecnológico como o iParque. São eles hoje, o ativo mais importante na fórmula de sucesso de uma organização. A autonomia criativa e a capacidade de inovação, aliadas às competências técnicas, convertem as pessoas num dos pilares, bem como recurso ativo duma organização empresarial. Como ativos, os Recursos Humanos precisam de ser valorizadas e estimulados para que todas as suas capacidades e todo o seu potencial sejam direcionados para os objetivos corporativos, convertendo-se assim em valor para uma organização, como seja um Parque de Ciência e Tecnologia. O Coimbra iParque tem atualmente 262 pessoas a desenvolverem atividade laboral, onde 106 são mulheres e 156 são homens. Com destaque para 5 doutorados (1 mulher e 4 homens), 16 mestres (14 mulheres e 2 homens) e ainda 175 licenciados (74 mulheres e 101 homens). É de evidenciar, que do total de empregos referidos, destacam-se mais de duas dezenas, ligados diretamente a atividades de IDI. A gestão de pessoas no atual cenário macroeconómico é fundamental para a sustentabilidade de qualquer organização, uma vez que a implementação dos adequados processos de Recursos Humanos terão impacto direto na satisfação e motivação dos Colaboradores, na produtividade, na criatividade e na inovação. No Coimbra iParque, entende-se como fundamental estimular a criatividade, porque a capacidade de inovação está nas pessoas e não nos serviços, produtos ou processos.

Rui Alírio Vogal do Conselho de Administração iParque - Parque para a Inovação em Ciência, Tecnologia e Saúde, EM, SA

A autonomia criativa e a capacidade de inovação, aliadas às competências técnicas, convertem as pessoas num dos pilares, bem como recurso ativo duma organização empresarial

71463

O iParque – Parque para a Inovação em Ciência, Tecnologia e Saúde, E.M., S.A. surgiu em 13 de fevereiro de 2004 com o objetivo de “dinamizar e apoiar pólos de inovação tecnológica, incubadoras de empresas e outras iniciativas associadas ao desenvolvimento económico, empreendedorismo, inovação e investigação”, conforme consta dos seus estatutos. Um Parque de Ciência e Tecnologia, também chamado de Tecnopolo, além de congregar num mesmo lugar, diversas atividades de pesquisa e desenvolvimento em áreas de alta tecnologia (high tech), como sejam centros de pesquisa, institutos e empresas, facilita os contactos pessoais e institucionais entre esses atores, dando origem a uma economia de aglomeração do desenvolvimento tecnológico. Por isso mesmo, o iParque tem ainda como missão o desenvolvimento e a modernização do tecido empresarial da cidade de Coimbra e da sua região, através de ações de promoção, de criação e de instalação de empresas de elevado conteúdo tecnológico, de consultoria e de formação orientadas para a inovação, desenvolvimento experimental e incorporação de novas tecnologias. Claro que, nos principais objetivos do Coimbra iParque, está presente a criação de condições de fixação de empresas de base científica e tecnológica, capazes de dinamizar a atividade económica, atraindo investimentos e promover a criação de emprego. Mas também a promoção da inovação e o contributo para a fixação na cidade e na região de Coimbra do conhecimento gerado nas instituições científicas associadas e de quadros qualificados, considerando ainda o trabalho em rede com outras ofertas complementares na região Centro de Portugal, tirando partido das sinergias

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO 127

Diário As Beiras | novembro 2019

INDÚSTRIA DE QU

INSTALAÇÕES E QUADROS ELÉTRICOS www.cinov.pt Sede/Fábrica: Parque Industrial Taveiro, Lote 14 | Apartado 33 | 3045-508 Taveiro | Telef. 239 980 070 | Fax 239 980 089 prisnov@cinov.pt

QUADROS ELÉCTRICOS PARA TODAS AS APLICA

INDÚSTRIA - ÁGUAS – AVAC – SERVIÇOS - COMÉR


novembro 2019 | Diário As Beiras

O mais valioso património dinâmico das empresas André Figueiredo Gestor do Grupo Automóveis do Mondego

A cultura e a estratégia de qualquer empresa tem de ser muito bem assimilada por todos para que os objetivos finais sejam conseguidos

H

oje, como sempre, o factor humano continua a ser fundamental, quer no desenvolvimento tecnológico, sobre o qual temos assistido a um desenvolvimento atómico, quer no sucesso ou insucesso das empresas. A sociedade tem vindo a sofrer alterações enormes, mudando os seus hábitos, tanto na forma de comprar como nas rotinas diárias. Temos tudo muito mais próximo e com muito mais rapidez ,mas a sensação de falta de tempo é generalizada. As empresas, principalmente as de prestação de serviços e retalho, têm como grande desafio adaptarem-se a estas novas rotinas, tornando e adaptando todos os seus colaboradores às necessidades dos seus clientes. A cultura e a estratégia de qualquer empresa tem, em primeira instância, de ser muito bem assimilada por Todos para que os objectivos finais sejam conseguidos. Ou seja, sem um rumo e uma definição partilhada entre todos será muito difícil alcançar o sucesso. As empresas hoje têm muito mais objectivos finais do que somente os seus resultados económicos

( objectivo máximo da sua existência ). Na verdade, a capacidade que as empresas têm de ter é centraremse na especialização das suas Pessoas dando-lhes meios de evolução e de uma percepção clara da sua função, assim como da importância da sua eficiência para o sucesso da mesma. Juntando a tudo isto uma redefinição das etapas e em que momentos do processo é preciso assegurar o seu papel. Enquanto Gestor, compreendo que nas empresas, sejam elas de que dimensão forem, nem toda a população segue diariamente índices de motivação ou de satisfação elevados. A questão monetária é, e será sempre, fundamental mas factores como a especialização contínua, a partilha, o comportamento da empresa no mercado e uma clara comunicação interna são também fundamentais para assegurar os melhores. É disto que se trata, sermos os melhores como um todo e não como um só. O Capital Humano é o Patrimómio mais valioso de uma empresa. É nele que mais se deve investir, pois, intangível como é, a sua falta como um Todo será fatal a qualquer empresa. 79338

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

128 OPINIÃO


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79408


79233

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

novembro 2019 | Diário As Beiras

Nuno Lopes Presidente da ACIFF - Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz

Este avanço tecnológico permite libertar os recursos humanos das tarefas repetidas e monótonas, permitindo capitalizar esse tempo na estimulação da sua criatividade

Recursos humanos continuam a ser o melhor activo de qualquer empresa

A

ctualmente vivemos numa economia global, em plena integração da Indústria 4.0. Assistimos a um desenvolvimento exponencial da inteligência artificial ao serviço das empresas, a Google anuncia que alcançou a “supremacia quântica” com o seu chip sycamore (segundo os quais executa em 200 segundos uma tarefa que os computadores convencionais levariam 10 mil anos a concluir) e os processos fabris estão cada vez mais autónomos e eficientes. Tudo isto levanta novos paradigmas aos gestores das empresas: o que fazer com o Capital Humano? Este avanço tecnológico permite libertar os recursos humanos das tarefas repetidas e monótonas, permitindo capitalizar esse tempo na estimulação da sua criatividade, optimizando a eficácia do planeamento estratégico através de uma gestão mais eficiente dos dados obtidos e processos operacionais. Fazendo uma leitura por este prisma, o capital humano continua a ser um vector crucial no sucesso de qualquer organização. A evolução tecnológica das empresas requer profissionais cada vez mais qualificados, com competências diversificadas e actualizações constantes. O trabalho tende a ser mais flexível, integrado em equipa, com perspectivas de progressão na carreira e consideração pelo tempo dedicado à família. Os serviços de RH das empresas enfrentam assim o desafio de formar os actuais activos com as competências necessárias para o acompanhamento tecnológico, recrutar novos profissionais com elevadas competências multidisciplinares e de reter os talentos que lhes permitam alcançar um desenvolvimento sustentado e harmonioso. Há uma tendência cada vez maior, para os próprios consumidores optarem por empresas com responsabilidade social e preocupação ambiental. Os produtos têm que contar uma “história” e proporcionar uma boa experiência no acto da sua aquisição.


O

Capital Humano surge no atual contexto económico como o fator crítico de produção. São vários os estudos que traçam cenários até 2030 de extinção de 50% das profissões, respondendo a uma acelerada transição civilizacional com dimensões múltiplas e transversais como as do digital, energético, ambiental, social e, global. A uma escala semelhante novas profissões surgirão correspondendo a novos cenários de enquadramento de competências, experiências, aptidões e atitudes do fator humano nas novas cadeias de valor produtivas. Num mundo em mudança acelerada é por isso o Capital Humano que explica a diferença da competitividade, isto é, à capacidade de países, regiões, empresas e pessoas se adaptarem e aplicarem o conhecimento e novas tecnologias. Perante a relevância deste fator num cenário de concorrência global, os desafios lançados às empresas portuguesas são particularmente extraordinários. Portugal parte da mais baixa taxa de produtividade do trabalho de toda a União Europeia (UE), da mais alta taxa de abandono escolar, de um dos piores níveis de qualificação profissional e um dos mais elevados riscos de pobreza e de exclusão social, segundo a avaliação feita há dez anos pela Comissão Europeia, da convergência de Portugal com as metas definidas na “Estratégia de Lisboa” para a

sociedade do conhecimento. Um cenário negro que, não obstante os sinais de recuperação, tarda em evidenciar resultados. É consensual que os modelos de formação ao longo da vida derivados de antigas configurações de educação para a juventude ou da aprendizagem corporativa não dão resposta aos requisitos de uma procura que exige rapidez, diversidade e flexibilidade. Não obstante o esforço aplicado ao nível local por todas as partes interessadas a falta de coordenação entre agentes públicos e privados irá continuar a perpetuar a baixa qualificação da força de trabalho e, o grande desajuste relativamente à procura irá continuar a manter a requalificação como investimento pouco atrativo. Urge dar resposta a estes desafios com uma atitude transformadora coordenando a ação dos três pilares interessados e com responsabilidade direta: Governo, Empregadores e Sistema de Educação/Formação. Observando em particular o nosso âmbito privilegiado de ação, a Região de Coimbra, e por extensão todo o Centro, beneficia de uma Rede de Centros Urbanos e de Infraestruturas de Ensino/Formação particularmente alinhada com os requisitos de ação. Um terreno ótimo para tal intervenção, se quiserem aceitar o desafio da NERC de uma ação piloto que sirva de orientação a um Plano de Requalificação do Trabalho em Portugal.

Horácio Pina Prata Presidente da NERC - Associação Empresarial da Região de Coimbra

Num mundo em mudança acelerada é por isso o capital humano que explica a diferença da competitividade, isto é, a capacidade de países, regiões, empresas e pessoas se adaptarem e aplicarem o conhecimento e novas tecnologias

79257

Capital humano explica a diferença da competitividade

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

OPINIÃO131


novembro 2019 | Diário As Beiras

Observatório Nacional de Recursos Humanos

O

Observatório Nacional de Recursos Humanos (ONRH) foi fundado em 2002 e resulta de uma parceria sólida estabelecida entre entidades com experiência e valências complementares: a APG - Associação Portuguesa de Gestão das

Pessoas, a APQ - Associação Portuguesa para a Qualidade, a Qmetrics - Serviços de Consultoria, Gestão e Avaliação da Qualidade e da Satisfação, SA, e a QUAL - Formação e Serviços em Gestão da Qualidade, Lda., que constituíram um consórcio que procura desenvolver

com a isenção, a credibilidade e o rigor necessários este projeto. O Observatório Nacional de Recursos Humanos pretende estimular a recolha, tratamento, organização e comparação dos resultados obtidos ao nível das pessoas por um número crescente de 

79219

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

132 OPINIÃO


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79228


novembro 2019 | Diário As Beiras



poderosa e eficaz ferramenta de gestão. Quais são os principais objetivos do ONRH? O sistema de avaliação desenvolvido pelo ONRH permite em particular: - Avaliar o clima laboral das organizações, percecionado pelos seus colaboradores; - Conhecer os níveis de satisfação, motivação, envolvimento e de lealdade dos colaboradores das organizações, em termos globais e dentro de vários subgrupos relevantes; - Conhecer (em termos de relações de causa-efeito) e quantificar os principais determinantes da satisfação; - Comparar os dados relativos às variáveis estudadas com valores agregados de referência para todas as organizações portuguesas aderentes ao ONRH. Pode-se deste modo evidenciar o posicionamento relativo de uma determinada organização, de forma global e nas diferentes vertentes alvo de estudo, face aos valores médios, mínimos e máximos alcançados

79334

organizações pública e privadas. Este observatório, através da medição do clima laboral, permite desenvolver um sistema de avaliação e compreensão dos fatores conducentes à satisfação, lealdade e envolvimento dos colaboradores, baseado num conjunto de indicadores disponibilizados periodicamente. Podem assim definir-se referenciais legítimos de comparação de valores e resultados centrados nos colaboradores, tendo por base parâmetros relevantes contemplados em modelos de satisfação dos colaboradores, referenciais da qualidade e excelência. Assente numa metodologia rigorosa e científica de recolha e tratamento da informação, o tratamento estatístico avançado que é efetuado a partir dos dados obtidos em cada organização permite identificar de um modo muito pragmático domínios concretos de intervenção prioritária e implementação de ações de melhoria, convertendo assim a avaliação da satisfação dos colaboradores numa

79300

1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

134 OPINIÃO

no universo de participantes no Observatório; - Identificar e quantificar áreas prioritárias de melhoria; - Efetuar análises detalhadas dos resultados obtidos, incluindo sugestões relacionadas com possíveis áreas de melhoria identificadas. Depois, cada organização aderente ao ONRH recebe um relatório detalhado, que traduz toda a informação relevante que é possível retirar dos questionários empregues junto dos colaboradores, e naturalmente possui características de confidencialidade, sendo uma preciosa ferramenta de gestão para uso interno. Adicionalmente, o ONRH, enquanto barómetro nacional da satisfação do colaborador, promove anualmente a divulgação dos valores agregados disponíveis a partir de todas as respostas obtidas a partir dos colaboradores das diversas organizações aderentes ao Observatório.


1000 MAIORES EMPRESAS DO CENTRO

79371


79243


79356


71226

Multiplicamos soluções e oportunidades, visões e possibilidades. E para que a sua empresa tenha financiamento e também futuro, Multiplicamos Valor. Em teoria, prestamos garantias financeiras. Na prática, fazemos muito mais: Assumimos o risco do crédito com outras entidades financeiras, facilitando o acesso das empresas a financiamento em condições e prazos mais vantajosos. A nossa história sempre se caracterizou pela Multiplicação de Valor, e ao longo do nosso trajeto, apoiámos, impulsionámos e modernizámos milhares de PME nos setores da Agricultura, Indústria, Comércio, Serviços, Construção e Transportes.

Garval - Sociedade de Garantia Mútua, S.A. Praceta João Caetano Brás, nº 10, 2005 - 517 Santarém Geral + 351 243 240 080 Fax + 351 243 240 089 www.garval.pt

Profile for DIÁRIO AS BEIRAS

Revista 1000 Maiores Empresas do Centro 2019  

Revista "1000 Maiores Empresas do Centro" publicada no dia 23 de novembro de 2019 pelo DIÁRIO AS BEIRAS

Revista 1000 Maiores Empresas do Centro 2019  

Revista "1000 Maiores Empresas do Centro" publicada no dia 23 de novembro de 2019 pelo DIÁRIO AS BEIRAS

Advertisement