Issuu on Google+

Dilma abre

o maior porto do Caribe Conclusão: 23h50 Ano 90 - Nº 24.050

www.dcomercio.com.br

Jornal do empreendedor R$ 1,40

O porto de Mariel, em Cuba, é o 1º de containers do Caribe. Ficou famoso por exportar prisioneiros e doentes mentais para a Flórida, em 1980 – os marielitos. A presidente Dilma, que pôs US$ 682 mi do BNDES no porto, vai acrescentar mais US$ 290 mi para concluí-lo, apesar de muitos críticos cobrarem investimentos em infraestrutura no Brasil. Para ela, a inauguração (na foto, com o ditador Raúl Castro) marca a amizade duradoura entre Brasil e Cuba. Pág. 6

São Paulo, terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Roberto Stuckert Filho/Presidência/Reuters

Agora lei pune empresa envolvida em corrupção Entra em vigor amanhã e prevê multa de até 20% do faturamento. Veja na pág. 5 o que muda. Reprodução

Página 4 Taba Benedicto/Futura Press/Estadão Conteúdo

Blog põe SP no mapa inglês O inglês Andy Martin retrata a Cidade que ama em The Book Is On The Table, o único blog brasileiro na lista do The Guardian. Pág. 8

Comércio eletrônico: 53 milhões de consumidores e quase ninguém vendendo. O que e como fazer para ser um dos grandes no mercado dominado por apenas 30% das lojas. Pág. 16 Tina Cezaretti/Hype

David Mdzinarishvili/Reuters

Empreendedores em Campus Enquanto a sétima edição da Campus Party, desta vez voltada para o empreendedorismo, tinha início, Samsung e Ericsson anunciavam acordo. Pág. 14 Ministério da Defesa do Egito/Reuters

Batalha da Ucrânia: das ruas para o Parlamento. Oposição apresentará suas exigências hoje, em sessão extra. Pág. 7 ISSN 1679-2688

24050

Já é Carnaval na 25 de Março Lojas recebem foliões com máscaras e fantasias. Pág. 11

9 771679 268008

Sisi para presidente do Egito General vira marechal (ao centro) e deve concorrer. Pág.7


DIÁRIO DO COMÉRCIO

2

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Persiste um excesso de gastos no governo que acaba por contribuir para elevar os preços. Roberto Fendt

O DIABO NA

SXC

TERRA DO SOL MÁRIO RIBEIRO

O discurso feito pela presidente Dilma em Davos soou como música para os ouvidos dos investidores. Entretanto, essa foi a parte mais fácil. Agora, cabe ao governo executar a partitura.

esta época, quem viaja pela chamada "RioBahia", impressiona-se com o número de retroescavadeiras, motoniveladoras e caminhões-caçambas na rodovia que sobe em direção ao Nordeste, com carnavalescas faixas informando que as máquinas fazem parte do chamado PAC-2. O mais certo seria dizer que se trata de deslavada campanha eleitoral fora de época para a reeleição da presidente. Uma propaganda ilegal, ostensiva,absurda, dentro do chamado programa "Vamos fazer o diabo" que a mandatária anunciou há um ano.

N

caravana de máquinas doadas às prefeituras de lugarejos é algo que soa como a promessa da música tema do filme Deus e o diabo na terra do sol, de Glauber Rocha, obraprima do cinema nacional: "O sertão vai virar mar, o mar vai virar sertão". Bem verdade que a transposição do rio São Francisco, que também iria virar mar para o Nordeste, tenhavirado exemplo de incúria administrativa e desperdício de dinheiro, já que é um deprimente caso de promessa eleitoreira não concluída. A caravana publicitária das máquinas é apenas uma gota d'gua em relação ao conjunto de diabólicas armações do Belzebu para emplacar a manutenção do petismo no poder.

A

MISSÃO EM DAVOS discurso da presidente Dilma em Davos foi em geral bem recebido pela plateia de autoridades e figuras da alta roda econômica internacional. Nem poderia ser de outra forma: ao aceitar discursar em Davos e ao dizer o que os presentes gostariam de ouvir, a presidente agradou.Mas ir lá e discursar constituem apenas a primeira parte da missão. Nessa parte a senhora presidente emitiu um sinal equivalente ao de Lula durante a campanha eleitoral que o sagrou presidente. Resta agora a parte mais difícil. Essa se desdobra em muitas e variadas ações, que darão conteúdo concreto às palavras presidenciais. Desses atos dependerá a reversão das expectativas dos investidores – não apenas daqueles no exterior, mas principalmente no Brasil. Sem investimentos novos não se acelera o crescimento; sem aceleração do crescimento não se garante o aumento do emprego e sem aumento do emprego não há como aumentar a renda do brasileiro comum.

suficiente para que os três níveis de governo equilibrem receitas e despesas. Persiste um excesso de gastos que acaba por contribuir para elevar os preços.

O

ara convencer os empresários a investir, porém, é necessário que esses percebam que o ambiente econômico é estável e garanta o retorno do capital investido. Do ponto de vista macroeconômico, três ordens de preocupações

P

ROBERTO FENDT

estão tolhendo o que o professor Delfim Netto chama de "espírito animal" dos empresários. O primeiro é o desequilíbrio fiscal. As contas públicas não podem ficar desajustadas – e, pior, em crescente desajuste – semhaver consequências. De forma geral essas consequências são o aumento da carga tributária, a aceleração da inflação, ou um desajuste também nas contas externas. Ou mesmo uma combinação dos três. A carga tributária continua crescendo, a despeito das inúmeras apostas de que já chegamos ao limite do percentual aceitável pela população. Em média, o cidadão brasileiro paga quase 41% do seu rendimento bruto em tributos sobre a renda, o patrimônio e o consumo, recolhidos aos governos federal, estadual e municipal, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Essa enorme carga tributária, limitadora do investimento, não é

inflação alta e instável é outro limitador do investimento. Torna-se difícil para a população conviver com a inflação ameaçando ultrapassar o teto da meta, especialmente quando vai ao supermercado.Para o empresário, fica difícil avaliar projetos de investimento – que darão retorno muitas vezes em futuro distante– em um ambiente em que não se pode prever o rumo da inflação.O déficit do governo acarreta também um encolhimento do saldo comercial do balanço de pagamentos. Até agora, essa redução do saldo comercial do País não criou dificuldades, já que a enorme liquidez do mercado internacional permitiu financiar com folga o déficit de nosso balanço de pagamentos como um todo. O problema reside agora na mudança do rumo da política monetária nos Estados Unidos e, possivelmente, em outros países desenvolvidos. A retirada dos incentivos do banco central dos EUA, mesmo em ritmo menor que o esperado anteriormente, reverterá ao longo do tempo os fluxos de capital de volta ao mundo desenvolvido. Nessas circunstâncias,

A

introduz-se um novo fator de incerteza: para onde irá a taxa de câmbio? A curto prazo, o BC vem injetando liquidez no mercado cambial para conter a volatilidade nesse mercado e evitar uma súbita desvalorização no real. A questão é saber como procederá a autoridade monetária caso a crise cambial que está ocorrendo na Argentina venha a contaminar outros países emergentes e provocar uma paralização dos fluxos de capitais a esses mercados.

elzebu está pouco se lixando para abastecimento de água porque a obsessão dele, segundo rezam as religiões, é por fogo no mundo e concretizar outra prática do petismo: fazer "o bicho pegar". As crises pipocam por

B

presidente tratou de dois desses temas em seu discurso em Davos. Afirmou que a responsabilidade fiscal é "princípio basilar" da política econômica brasileira. Disse também que o governo está buscando com determinação a convergência da inflação para o centro da meta. E prometeu fortalecer a responsabilidade fiscal e reduzir a expansão do crédito pelos bancos oficiais. A presidente também reiterou o "compromisso com a qualidade institucional, em especial com o respeito aos contratos existentes" e com um "ambiente atrativo aos investidores". Foram palavras que soaram como música para os investidores reunidos em Davos. Resta agora a segunda e espinhosa parte da missão: executar a partitura.

A

todo lado, com manipulação do superavit primário, o escândalo da apropriação indevida pela Caixa Econômica de contas de poupadores, as plataformas da Petrobrás que vão para o exterior sem terem ido, o uso dos "rolezinhos" como manipulação ideológica, as jogadas rasteiras do ex-presidente para cooptar os inumeráveis e insuportáveis partidos para ampliar a frente de apoio ao governo, as "vaquinhas" para pagar as multas dos mensaleiros, o caos urbano, as incertezas quanto à Copa do Mundo – mas nada altera o plano diabólico.Está tudo previsto. E pior, está tudo sob controle. ão adianta o exdelegado Tuma Filho publicar o livro Assassinato de Reputações porque o esquema pérfido faz com que as denúncias não prosperem e o livro desapareça das livrarias. Não adiantam as articulações na internet para que as pessoas parem de comprar, como forma de baixar os preços, porque para o governo não há inflação. Nesta toada segue o barco, como se o mar não estivesse revolto e o processo de enrolação e manipulação de números fosse um sucesso.

N

lauber, no fim da vida, fez uma séria revisão política sobre o que pensava na época do filme. Quem sabe dentro do famoso revisionismo comunista, seria melhor mudar o título, sem falar em Deus, e passar direto para O Diabo na terra do sol . Ficaria mais apropriado e o diabo ainda mais satânico.

G

MÁRIO RIBEIRO É JORNALISTA E

SXC

ROBERTO FENDT É ECONOMISTA

Presidente Rogério Amato Vice-Presidentes Alfredo Cotait Neto Antonio Carlos Pela Carlos Roberto Pinto Monteiro Cesário Ramalho da Silva Edy Luiz Kogut João Bico de Souza José Maria Chapina Alcazar Lincoln da Cunha Pereira Filho Luciano Afif Domingos Luís Eduardo Schoueri Luiz Gonzaga Bertelli Luiz Roberto Gonçalves Miguel Antonio de Moura Giacummo Nelson Felipe Kheirallah Nilton Molina Renato Abucham Roberto Mateus Ordine Roberto Penteado de Camargo Ticoulat Sérgio Belleza Filho Walter Shindi Ilhoshi

Fundado em 1º de julho de 1924 CONSELHO EDITORIAL Rogério Amato, Guilherme Afif Domingos, João Carlos Maradei, Marcel Solimeo Diretor de Redação Moisés Rabinovici (rabino@acsp.com.br) Editor-Chefe: José Guilherme Rodrigues Ferreira (gferreira@dcomercio.com.br). Editor de Reportagem: José Maria dos Santos (josemaria@dcomercio.com.br). Editores Seniores: chicolelis (chicolelis@dcomercio.com.br), José Roberto Nassar (jnassar@dcomercio.com.br), Luciano de Carvalho Paço (luciano@dcomercio.com.br), Luiz Octavio Lima (luiz.octavio@dcomercio.com.br), Marcus Lopes (mlopes@dcomercio.com.br) e Marino Maradei Jr. (marino@dcomercio.com.br). Editores: Cintia Shimokomaki (cintia@dcomercio.com.br), Heci Regina Candiani (hcandiani@dcomercio.com.br), Tsuli Narimatsu (tnarimatsu@dcomercio.com.br) e Vilma Pavani (pavani@dcomercio.com.br. Subeditores: Rejane Aguiar e Ricardo Osman. Redatores: Adriana David, Evelyn Schulke, Jaime Matos e Sandra Manfredini. Repórteres: André de Almeida, Karina Lignelli, Kety Shapazian, Lúcia Helena de Camargo, Mariana Missiaggia, Paula Cunha, Rejane Tamoto, Renato Carbonari Ibellis e Sílvia Pimentel. Editor de Fotografia: Agliberto Lima. Arte e Diagramação: José dos Santos Coelho (Editor), André Max, Evana Clicia Lisbôa Sutilo, Gerônimo Luna Junior, Hedilberto Monserrat Junior, Lino Fernandes, Paulo Zilberman e Sidnei Dourado. Gerente Executiva e de Publicidade Sonia Oliveira (soliveira@acsp.com.br) Gerente de Operações Valter Pereira de Souza (valter.pereira@dcomercio.com.br) Serviços Editoriais Material noticioso fornecido pelas agências Estadão Conteúdo, Folhapress, Efe e Reuters Impressão S.A. O Estado de S. Paulo. Assinaturas Anual - R$ 118,00 Semestral - R$ 59,00 Exemplar atrasado - R$ 1,60

FALE CONOSCO E-mail para Cartas: cartas@dcomercio.com.br E-mail para Pautas: editor@dcomercio.com.br E-mail para Imagens: dcomercio@acsp.com.br E-mail para Assinantes: circulacao@acsp.com.br Publicidade Legal: 3180-3175. Fax 3180-3123 E-mail: legaldc@dcomercio.com.br Publicidade Comercial: 3180-3197, 3180-3983, Fax 3180-3894 Central de Relacionamento e Assinaturas: 3180-3544, 3180-3176 Esta publicação é impressa em papel certificado FSC®, garantia de manejo florestal responsável, pela S.A. O Estado de S. Paulo.

REDAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E PUBLICIDADE Rua Boa Vista, 51, 6º andar CEP 01014-911, São Paulo PABX (011) 3180-3737 REDAÇÃO (011) 3180-3449 FAX (011) 3180-3046, (011) 3180-3983 HOME PAGE http://www.acsp.com.br E-MAIL acsp@acsp.com.br

PUBLICITÁRIO


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

3

COLETAR MAIS DADOS, HOJEEM DIA, NÃO SIGNIFICA MAIOR SEGURANÇA CIBERNÉTICA. SXC

O SILÊNCIO

DIANTE DOS LATROCÍNIOS or que ninguém parece dar importância aos latrocínios que tanto atormentam a população brasileira? Por que a imprensa não se refere a eles como uma "epidemia"? Por que nem o papa nem a presidente lembram deles quando fazem pronunciamentos na TV? Diferentemente dos homicídios, dos crimes de trânsito, do tráfico de drogas, do estupros, o latrocínio é o crime do acirramento da luta de classes, é sua manifestação suprema. Nada como um bom latrocínio para apavorar a burguesia. Homicídios são cometidos entre pessoas da mesma classe, entre amantes, em disputas de gangues. Crimes de trânsito "horrorizam" porque, de forma geral, enredos socialistas podem ser contados através deles (o playboy que atropelou o pedestre pobre, e assim por diante).

P

Uma agulha no palheiro digital TIM WHITE o ano passado, o setor privado americano gastou 67,2 bilhões de dólares em serviços de segurança cibernética. Entretanto, de acordo com uma investigação da Verizon, 60% das invasões bem sucedidas só foram detectadas meses depois de começado o ataque. Após os recentes ataques de alto nível contra a Target ( os hackers que atacaram a Target Corp comprometeram até 40 milhões de cartões de crédito e de débito), a Neiman Marcus e outros varejistas, a pergunta óbvia é: por que todo esse dinheiro não adiantou nada? Não é pela falta de tentativa. A maior parte do dinheiro é bem gasta, pagando por exércitos de engenheiros técnicos e aplicações de segurança de ponta.O problema não são os recursos, os funcionários ou os dados. É que muitas organizações simplesmente não sabem organizar as informações para identificar padrões suspeitos e fraquezas, pelo menos não rápido o bastante.

N

xistem informações demais, e muito pouca objetividade. O que precisamos, então, não é necessariamente de mais dinheiro ou informações, mas uma maneira melhor de saber o que elas significam – interpretar os dados para descobrir um ataque desconhecido em andamento ou antecipar o próximo. A quantidade de informações relacionadas à segurança que um empreendimento típico gerencia atualmente é surpreendente. Uma empresa do tamanho da Fortune 500

E

pode ter mais de um exabyte (um bilhão de gigabytes) de informações espalhadas em milhares de servidores e centenas de milhares de software de aplicativos. Geram-se avisos cada vez que um vírus facilmente bloqueado tenta obter acesso, ou um funcionário digita a senha errada. Em uma empresa de grande porte, isso pode significar milhares de avisos por dia, e todos devem ser investigados, tornando o trabalho de identificar os ataques perigosos uma tarefa desgastante. solução está em encontrar uma maneira de examinar os dados de forma que os analistas possam rapidamente identificar os padrões suspeitos. Em vez de programas para gerar mais dados, precisamos de ferramentas diferentes para interpretá-los. E as melhores ferramentas estão bem em nossas cabeças: nossos olhos. A área de análise gráfica, em rápido crescimento, envolve a criação de uma representação visual dos "objetos" dentro de uma organização: pessoas, dispositivos, computadores e aplicativos. As relações são exibidas como linhas unindo objetos .Com esse tipo de análise, os objetos e as suas relações revelam conexões que ficam escondidas nos números, mas são óbvias a olho nu. E permite que o usuário visualize,de imediato, o contexto mais amplo do objeto.

A

m ataque frustrado em um computador pode não levantar uma suspeita em si –, mas poderia, ca-

U

OBRAS ELEITOREIRAS RASTREAMENTO A inauguração feita pela Dilma do porto de Mariel, em Cuba, obra executada e concluída com nosso dinheiro, mostra que nosso desgoverno tem total desapreço pelas obras do Brasil, com obras como a Ferrovia Norte Sul, ampliação do Porto de Santos, Transposição do Rio São Francisco inacabadas, entre outras abandonadas. Nenhuma grande obra foi terminada após o PT assumir o governo, mas muitas foram lançadas com fim unicamente eleitoreiro. Leila Elston- SP

DE CELULARES O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) sempre se pautou pela defesa da privacidade e do sigilo dos usuários dos serviços de telecomunicações no Brasil e registra que as declarações na edição de 23/01 do Diário do Comércio, atribuídas ao Diretor de Regulação do SindiTelebrasil, Alexander Castro, não cor respondem àquelas dadas por ele em

so um analista visse, simultaneamente, que o alvo estava conectado a outros alvos críticos, ou que o ataque foi uma modificação de um recente ataque frustrado. O nosso cérebro conduz tais avaliações contextuais todos os dias, embora em uma escala menor e muito mais simples. Pense em quando ouvimos um barulho estranho. Dentro de uma fração de segundos a nossa mente relaciona o barulho ao seu contexto. Podemos então fazer perguntas criativas, explorando correlações aparentemente não relacionadas que um programa de computador jamais seria capaz de lidar. Foi tarde da noite? O cachorro da família está na sala? Se acontecesse no meio do dia, com o cachorro na sala, reagiríamos de maneira diferente do que se houvesse um barulho estranho tarde da noite, com o cachorro dormindo aos nossos pés e mais ninguém em casa. onsidere outro exemplo: meu telefone acaba de entrar misteriosamente em um site que nunca visitei, ou nunca tive a int e n ç ã o d e v i s i t a r. N o s s a s mentes fazem os mesmos tipos de perguntas contextuais: estou usando o telefone? Que hora é essa do dia? Quantos sites eu visitei nos últimos cinco minutos? Ou nos últimos 30 minutos? Um aplicativo novo pode estar entrando em sites para aumentar as receitas com anúncios? Todas essas informações já estão presentes na rede de dados de uma empresa. A análise gráfica facilita a apresenta-

C

entrevista à repórter Victória Brotto. (...) As prestadoras de telecomunicações atuam sempre no sentido de preservar o direito constitucional de seus clientes, de inviolabilidade do sigilo de dados e comunicações telefônicas, inclusive sobre localização. O Sinditelebrasil foi procurado pela repórter para esclarecer quais dados de usuários são armazenados pelas prestadoras e se tecnicamente seria possível, a partir das redes das prestadoras do SMP, se localizar um assinante. Em nenhum momento foi

ção de uma maneira visual para permitir que nossos olhos, e cérebros, façam o processamento de alto nível, possibilitando o entendimento rápido de todos estes eventos, posteriormente identificando a diferença que explicaria se isso foi um aplicativo malicioso ou apenas um spam inofensivo. Alguém, em algum lugar, tem de decidir com uma resposta rápida e precisa. E por que isso ainda não foi feito? A indústria já tentou. Contudo, a velocidade e a abrangência do poder de processamento não existiam até bem pouco tempo. E claro, com tanto dinheiro investido em métodos tradicionais de segurança cibernética, muitas empresas estão relutantes em tentar algo novo. Isso, certamente, deverá mudar em breve. Target prometeu fazer "mudanças importantes", e é provável que os varejistas de marca em todo o globo passem por auditorias de segurança e tomem medidas para se fortalecer contra os ataques e para proteger os dados dos clientes. Vencer na segurança cibernética, hoje, não significa coletar mais dados. Significa liberar as informações dos dados que já existem – e fazer isso não em semanas, dias e horas, mas sim em minutos e segundos.

A

tráfico é, acima de tudo, um tema de debate cultural (há até filmes nacionais em que traficantes viram heróis, como se sabe). Estupros demonstram como o "machismo" ainda impera na sociedade. Os latrocínios, porém, são desinteressantes do ponto de vista ideológico. Uma pessoa quer algo que não lhe pertence, e mata para tentar obtê-lo: não é este o enredo de todas as revoluções? Por isso, não se veem abaixo-assinados indignados pedindo providências contra a onda de latrocínios. Os políticos fingem que latrocínios são um dado da realidade, como os ventos ou as chuvas. É como se nada pudesse ser feito para evitá-los. Latrocínios não merecem discussão, debate ou edição especial de programa jornalístico. São papo

O

PAULO DINIZ ZAMBONI

proibido na sala de estar dos poderosos, que se protegem deles atrás de sofisticadas blindagens. ítimas de latrocínios são pessoas que, de alguma maneira, possuem algo que outras não têm. São "ricas" mortas por "pobres". Isto se parece de alguma maneira sombria com aquilo que é ensinado às crianças na escola, tem algo a ver com a estética dos opressores e oprimidos. Impossível combater os latrocínios e continuar ensinando a mesma ladainha marxista. As vítimas de latrocínio não merecem o choro da mídia na mesma proporção que atropelados e assassinados pelo cônjuge bêbado. Todos comemoram a diminuição dos "homicídios" (muitas vezes, são bandidos se matando entre si), mas são obrigados a fingir que os latrocínios nada significam.

V

alvez uma boa medida para o grau civilizatório de determinado país seja saber de que forma os latrocínios são tratados. Se ignorados, como no Brasil, é sinal de que a civilização passou longe. Mas a revolução está próxima, parece ter começado. Ou alguém imaginaria Lenin e Che Guevara protestando contra os latrocínios na sociedade?

T

PAULO DINIZ ZAMBONI É HISTORIADOR.PUBLICADO EM WWW.MIDIAAMAIS.COM.BR SXC

TIM WHITE É CHEFE GERAL DO GOVERNO E INTELIGÊNCIA DA YARCDATA, EMPRESA AMERICANA DE ANÁLISE DE DADOS. THE NEW YORK TIMES NEWS SERVICE/SYNDICATE

questionado ao diretor Alexander Castro ou ele se manifestou sobre vazamento de informações e muito menos sobre a situação da Ucrânia. É lamentável que o DCtenha usado o SindiTelebrasil para afirmar que no Brasil (...) “o rastreamento de pessoas – como o que aconteceu na Ucrânia "é possível, tecnicamente". Reiteramos que em nenhum momento o diretor foi questionado sobre o que acontece na Ucrânia. E não é possível que um diretor da entidade ateste o que foi feito em outro País, por prestadoras que não são representadas

pelo Sindicato. SINDITELEBRASIL RESPOSTA Em relação à matéria "Brasil pode rastrear celular de manifestantes", de 23/01 na página 5, o DC não vê falta de correspondência entre as declarações do diretor do SindiTelebrasil com o conteúdo publicado. Esclarecemos que a repórter omitiu o caso da Ucrânia justamente por entender , como diz textualmente o sindicato, 'não ser possível que um diretor da entidade ateste o que foi feito em outro País, por prestadoras

que não são representadas pelo Sindicato". Temos certeza de que nossos leitores entenderam que a comparação foi feita do ponto de vista didático e técnico sem qualquer pretensão de comprometer a idoneidade do SindiTelebrasil. TSULI NARIMATSU, EDITORA DE POLÍTICA


DIÁRIO DO COMÉRCIO

4

)KDC7O

A missão de senadores do PMDB, em São Luis, em solidariedade a Roseana Sarney, inspira grandes gozações.

gibaum@gibaum.com.br

MAIS: quem comanda o grupo é Renan Calheiros, ainda de baixo das novelas do jato da FAB e do recorde de comissionados.

2 “Todo mundo tem um Felix dentro de si. E o público aceitou que Assim não dá ele precisa de um homem para ser feliz.”

MATEUS SOLANO // agora transformado em arauto de comportamento homossexual. Fotos: BusinessNews

Pesadelo diário Dilma Rousseff já foi vaiada na abertura da Copa das Confederações. Agora, tem um pesadelo diário: é a grande possibilidade de que possa ser vaiada de novo na abertura da Copa do Mundo. Ela sempre lembra que Lula foi vaiado na abertura dos Jogos Panamericanos, no Rio, menos de um ano depois de ter sido reeleito presidente. E o pesadelo não abandona Dilma porque ela sabe que, num superevento como a abertura da Copa, o público é formado por pessoas de renda alta, que não suportam o PT e seus políticos e tampouco a Chefe do Governo.

VENDETTA Sérgio Cabral usou a caneta e exonerou todos os petistas que faziam parte de seu governo, numa reação contra o partido que apóia Lindbergh Farias. Só que não ficou nos grandes nomes: junto, serão exonerados mais 700 petistas que vinham trabalhando no governo fluminense. E Cabral está iniciando negociações com o Solidariedade, de Paulinho Pereira da Silva, para apoiar a candidatura de Luiz Fernando Pezão. Dependendo, como o Solidariedade está fechado com Aécio Neves, o PMDB do Rio poderá se bandear para os lados do mineiro.

Entre indicados, vencedores, participantes e convidados do superespetáculo da 56ª edição de entrega dos prêmios Grammy aos melhores da música, em Los Angeles, tinha de tudo: Jay Z, Daft Punk. Lorde, David Bowie, Led Zeppelin, Justin Timberlake e até Paul McCartney e Ringo Starr juntos no palco. Hoje, o Grammy é pensado e roteirizado como um programa de TV. E com direito, claro, a red carpet, onde as famosas exibem seus vestidos, acessórios e jóias: da esquerda para a direita, Beyoncé, usando Michael Costello; Katy Perry, de Valentino (com notas musicais na saia); Madonna, de Ralph Lauren; Rita Ora (Lanvin); e Taylor Swift, de Gucci.

Melhores da música

O governador de Pernambuco e pré-presidenciável Eduardo Campos e o marqueteiro de sua campanha a Presidência, Diego Brandy, decidiram realizar pesquisas qualitativas e quantitativas nos estados onde a exsenadora Marina Silva e integrante do Grupo Rede Sustentabilidade pedem candidaturas próprias. São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais estão na lista. A decisão de aplicar a pesquisa foi um dos motivos que fez com que Campos anunciasse o adiamento da decisão sobre alianças estaduais para março. Segundo um socialista do primeiro escalão, será uma tentativa de “abrir a cabeça” de Marina para a composição de novas alianças e sobre desperdício de “candidaturas próprias” em alguns estados, sem nenhuma chance.

Abrindo a cabeça

Outra preocupação

AMOSTRA A manifestação de sábado na cidade de São Paulo contra a realização da Copa do Mundo no Brasil, que reuniu cerca de duas mil pessoas, foi analisada pelo Planalto como uma amostra grátis do que pode acontecer no campeonato da Fifa, em junho. Teve depredação, carros incendiados e um manifestante foi baleado pela Polícia Militar. Convocado pelas redes sociais, reuniu black blocs, movimentos sociais e partidos da esquerda radical: 135 pessoas foram presas. Em menor escala, aconteceu em mais 11 capitais. Nada a ver com rolezinhos da periferia, mas nada impede que essas concentrações também comecem a ser usadas contra a Copa.

Quem está no Brasil, filmando mais uma história da franquia Rio, Eu Te Amo, é a modelo, atriz e cantora Vanessa Paradis, 41 anos. Roda sua participação em poucos dias, na Ilha de Paquetá, no Rio, sob direção de John Turturro, o mesmo de Transformers. Vanessa, 41 anos, foi casada durante 14 anos com o ator Johnny Deep, com quem teve dois filhos. Ela se tornou uma das conhecidas cantoras francesas de sua geração com seu primeiro single, Joe Le Taxi, que virou Vou de Taxi, com Angélica no Brasil.

Vanessa na terra

Junto e misturado Ana Carolina, bissexual assumida, acaba de lançar novo clipe da canção Libido onde, à certa altura, protagoniza um beijaço com homens e mulheres, regado a muito champanhe, uva e purpurina. Ela estréia seu novo show dia 31 em São Paulo, no Citibank Hall e depois segue em turnê pelo país. No final de março, apresenta-se em Angola e no começo de abril, em Portugal (Lisboa e Guimarães).

/ IN

Caipirinha de lichia.

/

O governador Geraldo Alckmin quer uma aliança com o PSB de Eduardo Campos, só que não esquece que um vice socialista, caso ele se reeleja, poderia proporcionar outros problemas lá na frente. Alckmin quer ser candidato ao Planalto em 2018, caso Aécio não consiga derrubar Dilma Rousseff e não gostaria de ter um vice do PSB no governo de São Paulo, por dez meses quando ele se desincompatibilizaria. Campos não eleito, ele se veria obrigado a dividir o palanque com o pernambucano, que tentaria o Planalto de novo.

OUT

Caipirinha de frutas vermelhas.

Suelen lá fora O jornal britânico The Guardian, que está fazendo uma série de matérias sobre o Brasil, às vésperas da Copa do Mundo, escolheu a atriz Isis Valverde para exemplificar o poder da TV no país. Título da matéria dela: A atriz que os brasileiros amam. E lembra sua personagem Suelen de Avenida Brasil : “A novela pegou a imaginação dos brasileiros para caracterizar o estilo de vida turbulento da classe C, uma classe cujo avanço econômico permitiu que milhões de brasileiros saíssem da pobreza para se tornar maiores consumidores”. Isis, do seu lado, defende mais educação, saúde, salário dos professores e garante que o maior mal do Brasil é a corrupção.

Paulinho da Viola vai comemorar 50 anos de carreira em 2014 com uma turnê nacional e um site, com conteúdo exclusivo, making of dos shows, mais histórias e contato com os fãs. O portal será lançado em março e a série de shows começa em abril, devendo atingir 12 grandes cidades. No orçamento inicial, incluindo gravação e lançamento de um CD e DVD ao vivo, estava estimado em R$ 4,6 milhões, só que a falta de patrocínio obrigou Cecilia Rabello, filha de Paulinho, a repensar o pacote. As empresas que queriam patrocinar incluíam presença dele em festas de final de ano ou trabalho de garoto-propaganda – e Paulinho pulou fora.

VELHOAMIGO Sandro Rosell, que renunciou à presidência do Barcelona depois das denúncias sobre as muitas nuvens negras que envolviam a contratação de Neymar pelo clube catalão, é grande amigo de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, que hoje mora em Miami, faz hemodiálise três vezes por semana e aguarda na fila do transplante de rim. Já atuaram juntos em outras oportunidades e em outras contratações. Há pouco tempo, Rosell foi visitar Teixeira em sua supermansão em Miami.

MISTURA FINA FORA outros extras incluídos na contratação de Neymar e por conta de tantos números, o Barcelona teve de revelar o salário real do jogador: 8,8 milhões de euros por temporada, totalizando 44 milhões de euros pelos cinco anos de compromisso. Em números daqui, R$ 2,3 milhões por mês. Toda essa discussão está sendo acompanhada pela Receita Federal, que deverá fazer um levantamento do volume que entrou (e saiu e para onde) da empresa N&N, tocada pelo pai do jogador.

GILBERTO Carvalho, secretário-geral da Presidência, deixará mesmo o Planalto em junho: trabalhará na campanha de Dilma – e no QG de São Paulo. Defensor do Volta, Lula, Gilbertinho já começa a falar na hipótese de Lula se candidatar ao Planalto em 2018.

TATÁ Werneck não foi contratada para protagonizar comercial da cerveja Devassa e tampouco para ser musa do camarote na Avenida. Ele estrelará uma campanha da cerveja Petra, do mesmo grupo Kirin, que comprou a Schincariol e levou junto a Devassa, a Glacial e a Petra, de consumo baixíssimo, por sinal.

A ABIN – Agência Brasileira de Inteligência acaba de ter negado seu pedido de concurso para preenchimento de 230 vagas de agentes. O “não” foi uma ordem direta da presidente Dilma que, até hoje, não se conformou pelo fato da agência não ter detectado previamente os protestos que sacudiram o país em junho do ano passado.

O JORNALISTA Carlos Chagas está lançando o primeiro volume do livro Os golpes dentro do golpe: 1964-1969, editado pela Record. Chagas é analista de política nacional até hoje e foi secretário de imprensa do presidente Costa Silva. Ele é pai da ministra-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Helena Chagas.

Colaboração:

Paula Rodrigues / Alexandre Favero

terça-feira, 28 de janeiro de 2014


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

5

"MENSALEIROS MERECEM OSTRACISMO" É o que avisa o presidente do Supremo Tribunal Federal, em Londres, em resposta às declarações do deputado petista João Paulo Cunha, que aguarda a ordem de prisão, em casa em São Paulo.

Empresa que se envolver em corrupção será punida em até 20% do faturamento

Arquivo pessoal

A manhã entra em vigor a lei que pune pequenas, médias e grandes empresas por corrupção ativa ou passiva. Victória Brotto nova e única lei anticorrupção que pune empresas por atos ilícitos de funcionários entra em vigor amanhã (29). Após anos de debate e compromisso do governo brasileiro com a Organização das Nações Unidas (ONU) e com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCED), o Brasil começará a punir qualquer empresa – grande, média ou pequena – que se envolver em corrupção, ativa ou passivamente. " A corrupção política só acontece porque existem agentes do setor privado dispostos a serem corrompidos ou a corromper", afirma Giovanni Falcetta, advogado especializado em processo civil pela PUC-SP, em direito público pelo Universidade Spacienze, em Roma, e coordenador de mecanismos de defesa e combate à corrupção – o chamado compliance – do escritório Aidar SBZ. Giovanni Falcetta conversou com o Diário do Comércio sobre o que muda e em que o Brasil avançará com a lei 12.846/2013 e dá dicas para o que pequenas e médias empresas devem fazer no sentido de monitorar, combater e punir a corrupção entre os funcionários. Isso porque a existência de um programa de monitoramento e combate será levado em conta na hora de penalizar uma empresa que estiver envolvida em algum ato ilícito. A lei 12.846, que parte de ações e pesquisas da Contro-

A

ladoria Geral da União (CGU) em parceria com ONGs em prol da transparência privada, prevê multas de até 20% do faturamento da empresa envolvida em corrupção além da publicação da condenação em jornais de grande tiragem.

sua empresa é uma multinacional, o custo vai ser elevado. O fato é que a empresa precisa ter um programa de proteção contra a corrupção equivalente ao seu tamanho e ao tamanho dos riscos aos quais está exposta.

DC – O Brasil já é signatário de ao menos três resoluções internacionais de combate à corrupção. Por que ter esta lei? Giovanni Falcetta – O Brasil é signatário de vários tratados e neles assumiu uma série obrigações. Entre elas ter uma legislação eficaz que punisse e coibisse a corrupção, e a lei 12.846/13 vem como resposta à comunidade internacional. Já temos leis e s p e c í f icas como a lei de improbidade a d m i n i strativa, lei de licitações, lei contra lavagem de dinheiro, mas faltava uma lei que punisse especificamente as empresas privadas. Essa lei veio preencher esse vácuo.

DC – Como é possível mapear esses riscos e criar um bom programa de compliance? GF – Uma boa análise de risco é ver se a empresa vende ou não para o governo, qual o tipo de interação com o governo, de que jeito são realizados os negócios e o quão formalizada está sua empresa. Com os riscos mapeados, você precisa ter uma direção comprometida com o assunto, não ser só u m c o mbate à corrupção de m an u a is . Os funcionários precisam ser treinados, precisam saber o que se espera deles, como a empresa lida com a questão, e como eles serão punidos caso haja algum ato ilícito. Se eu tivesse uma empresa que tivesse R$ 10 no caixa eu investiria em treinamento de pessoal. Depois, criar órgãos ou setores dentro da empresa que recebam as denúncias. Uma multinacional, por exemplo, criaria um setor específico, uma ouvidoria com um responsável por relatórios e balanços, uma pequena e média poderia fazer algo mais simples como uma caixa onde os funcionários colocariam suas denúncias. E, claro, a empresa tem que ter políticas de não retaliar o denunciante.

DC – O Instituto Ethos , durante seus estudos e conversas com empresas para pensar na melhor forma de regulamentar a lei, disse que a resistência é quanto ao custo de se criar mecanismos internos de combate à corrupção. Como o senhor avalia esta resistência? GF – O alto custo não se reflete na realidade. Você consegue ter um bom programa do chamado 'compliance' com custos pequenos. Claro que se

DC – Mapear riscos, promover a denúncia e monitoramento constante não gerará nas empresas um clima geral de desconfiança? GF – Mais ou menos. Mas acredito que essa desconfiança é boa para as empresas começarem a prestar mais atenção. No Brasil, o fazer denúncia é visto como algo ruim, algo negativo, logo taxamos os denunciantes de "dedo-duro" e isso não é bom. Precisamos criar uma cultura de denúncia dentro das empresas, é um ponto muito importante. O recado de que não se pode corromper nem ser corrompido e que o que quer que seja será investigado deve fazer parte de uma cultura empresarial a ser transmitida sempre. DC – A respeito do texto da lei, a CGU deixa algumas inseguranças como, por exemplo, não determinar qual órgão, em cada Estado, vai julgar os processos administrativos de corrupção no setor privado. FG – A CGU poderia ter indicado uma autoridade central, mas preferiu descentralizar falando que fica a cargo da autoridade máxima do órgão competente, que seria estipulado por cada Estado. Isso na prática gera uma insegurança sim e, para mim, é o ponto mais fraco da lei. Você não sabe quem irá analisar se sua empresa tem programas de monitoramento adequados e se checa denúncias, vai atrás de possíveis casos. É preciso uma pessoa que entenda do assunto, não é algo simples, e a CGU deixar isso em aberto é sim um ponto preocupante.

Acordo Cade-Siemens: um exemplo a não ser seguido. Vazamento de informações e uso político do caso comprometeram o sucesso do combate à corrupção Michaela Rehle/Reuters

caso da alemã Siemens – que recentemente fechou um acordo de leniência com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e denunciou o cartel para o fornecimento de trens para a CPTM e o Metrô de São Paulo e do Distrito Federal – tem boas lições a nos oferecer quando a intenção é o combate à corrupção. "Sem querer aqui analisar o mérito nem julgar os fatos ou a culpa dos envolvidos no caso, é triste a perda da oportunidade de oferecer à sociedade um exemplo do benefício que o acordo poderia legar ao ambiente de negócios no Brasil. A julgar pelos últimos acontecimentos, o acordo de leniência foi espezinhado por notícias escandalosas que estraçalharam a concepção positiva da iniciativa de cooperação com a investigação e os muitos benefícios que poderia acarretar", disse Isabel Franco, mestre em direito internacional pela Fordham Law University de Nova York e sócia responsável pela Área de Anticorrupção &

O

Acordo de leniência fechado entre Siemens e Cade: vazamento de informações comprometeu o processo.

Compliance do KLA-Koury Lopes Advogados. Segundo ela, " é lamentável como se tratou no País o acordo de leniência alegadamente envolvendo a Siemens, em que vazaram informações de toda sorte, possibilitando especulações extremamente maléficas a todos os players, minando o sigilo e, acima de tudo, o princípio da presunção de inocência". No entender da especialista em compliance, a maneira como se tratou o caso envolvendo a Siemens "foi tão desastrada que com certeza afastou qualquer

possível interessado em colaborar com as autoridades em qualquer hipótese". "Muito embora o acordo devesse parecer inicialmente vantajoso para os envolvidos em conduta infratora pela suposta imunidade concedida ao final de seus trâmites, neste caso houve uma verdadeira fraude protagonizada por quem visava a interesses escusos no processo", explicou. A Lei Anticorrupção ou Lei da Empresa Limpa (n.º 12.846), conhecida porque pune empresas por suborno, inovou ao oferecer aos infratores a possibilidade de

acordos de leniência, leniência que por sua vez está condicionada não só à colaboração efetiva com as investigações e o processo administrativo, mas também ao sucesso nos resultados. EUA Historicamente, o acordo de leniência inspirou-se na experiência dos EUA, e embora sejam juridicamente diferentes dos do Brasil, já alcançaram mais de US$ 31,6 bilhões em multas, confiscos e outras sanções em cerca de 2000 acordos. Portanto, é um exemplo de sucesso para nós. (Estadão Conteúdo/ABr)

Temos leis específicas, como a lei de improbidade administrativa, a lei de licitações, lei contra lavagem de dinheiro, mas faltava uma que punisse especificamente as empresas privadas. GIOVANNI FALCET TA, DO ESCRITÓRIO AIDAR SBZ

Sistemas de prevenção podem reduzir a pena em até 2/3 Atenuante é incentivo para o combate de atos ilícitos lei nº 12.846, esperar o juiz julgar proposta em 2010 e se houve dolo ou culpa. aprovada três anos "A acusação pode ser feita e depois pela Presidência da os argumentos serão República, no dia 1º de discutidos junto com os agosto de 2013, prevê argumentos de dolo ou punições administrativas culpa", afirma. e civis para as empresas que REDUÇÃO DE PENAS estiverem envolvidas em Cada Estado deverá corrupção – seja propina, uso determinar o órgão dos chamados laranjas, competente para julgar os suborno, fraudes em casos de corrupção por parte licitações.... E subscreve de pessoas jurídicas, mas, que se elas tiverem segundo a CGU, "a sistemas de prevenção de autoridade máxima desse corrupção, os chamados órgão é que ficará à frente sistemas de compliance, dos processos". há a possibilidade "Haverá uma comissão de de a empresa diminuir a dois servidores estáveis, de multa em até dois terços dentro deste órgão, que terão (caso colabore com as 180 dias para apurar as investigações e denúncias". seja Após todo o confirmado período de o seu defesa e envolvimento O grande passo acusação, em atos dessa lei é que agora caso fique ilícitos). comprovado As a empresa pode ser punições, punida diretamente que houve envolvimento segundo pelo ato de uma do réu em explicou pessoa, de um atos ilícitos, Renato de funcionário. ele – no caso, Oliveira a empresa – Capanema, RENATO CAPANEMA, DA CGU poderá coordenador colaborar geral de com a justiça através do Integridade da Controladoria chamado acordo de Geral da União (CGU), leniência, que poderá reduzir são de âmbito o tamanho da multa em administrativo e civil e até dois terços do valor vão desde publicação da total. "É o caso de entrega de condenação em jornais de documentos, identificação grande circulação até multas de outros envolvidos", em dinheiro equivalentes explica Capanema. a 20% do faturamento. Em casos de fusão ou de empresas coligadas ou PREVENÇÃO controladas, Os sistemas de prevenção Capanema afirma de corrupção e de punição, os que haverá uma chamados compliances, não "responsabilização são determinações diretas da solidária" sobre o grupo, lei, mas, em caso de denúncia que ficará ainda sob e processo administrativo, a investigação do comitê existência de um será um dos instalado pelo órgão elementos levados em conta competente de cada Estado. na hora da aplicação da pena. "O grande passo dessa Esses sistemas, chamados lei é que agora a empresa de compliance, devem ter, pode ser punida diretamente via de regra, uma central pelo ato de uma pessoa, de de denúncias, de apuração, um funcionário", diz o mapeamento de riscos coordenador da CGU. e educação e treinamento de pessoal. "Claro que analisamos RAPIDEZ cada sistema olhando a "Isso não quer situação da empresa, o dizer que essa pessoa, a mercado, o número de pessoa física, não sofrerá funcionários e etc", disse a responsabilização", coordenadora de política explica Capanema. A públicas do Instituto Ethos, chamada responsabilização Ana Angélica Bezerra, que direta não ficará em segundo plano no julgamento. Ou seja, afirma ainda que os custos para a implantação dos não será mais necessário, programas são viáveis. (VB) segundo diz o texto da lei,

A


DIÁRIO DO COMÉRCIO

6

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

A identidade cultural que nos une e esse porto (...)permanecerá como símbolo dessa amizade duradoura. Presidente Dilma Rousseff Stringer/Reuters

POLÍTICA EXTERNA

Porto de Mariel, 'símbolo de amizade duradoura' Dilma inaugura porto de onde 125 mil cubanos deixaram o país em 1980 m seu primeiro compromisso oficial em Cuba, ontem pela manhã, durante inauguração da primeira fase do Porto de Mariel, a presidente Dilma Rousseff classificou como injusto o bloqueio econômico imposto pelos Estados Unidos a Cuba desde os anos 60 e disse que há várias empresas brasileiras interessadas na segunda etapa do complexo portuário que, além dos US$ 682 milhões já investidos pelo BNDES, contará com aporte de mais US$ 290 milhões. "O Brasil acredita e aposta no potencial humano e econômico de Cuba", disse ela, ao discursar no local que em 1980 protagonizou o que ficou conhecido como Êxodo de Mariel - quando Fidel Castro "exportou" para os EUA 125 mil pessoas, a maioria delas prisioneiros e com problemas mentais. O financiamento pelo BNDES foi criticado pela oposição, que acha que os recursos deveriam ser aplicados no próprio Brasil. "O Brasil orgulha-se de se associar a Cuba neste que é primeiro porto terminal de contêineres do Caribe com capacidade de se integrar à cadeia logística interoceânica. Mesmo sendo submetido ao injusto bloqueio econômico, Cuba gera um dos três maiores volumes de comércio do Caribe", disse Dilma. Segundo ela, a segunda fase será a "a implantação da zona especial de desenvolvimento de Mariel, que se tornará peça-chave para a promoção do desenvolvimento econômico cubano".

E

Mesmo sendo submetido ao injusto bloqueio econômico, Cuba gera um dos três maiores volumes de comércio do Caribe. DILMA ROUSSEFF

O porto custou US$ 957 milhões: US$ 682 milhões foram financiados pelo BNDES. "Acreditamos que uma maneira de estimular essa aliança é aumentar os fluxos bilaterais de comércio. São enormes as possibilidades de desenvolvimento industrial, como na área de medicamentos de saúde e vacinas, pois a tecnologia de primeira linha na área é dominada por Cuba", disse Dilma. "A identidade cultural que nos une e esse porto que hoje inauguramos permanecerá como símbolo dessa amizade duradoura." A área do porto equivale a 450 km ² e, durante sua construção, criaram-se no Brasil 150 mil empregos diretos e indiretos. "Várias empresas brasileiras manifestaram interesse em instalar-se na zona especial", garantiu. Segundo Dilma, "o Brasil quer se tornar um parceiro econômico de primeira ordem para Cuba". ÊXODO DE MARIEL Voltado para a costa da Flórida, o porto se tornou conhecido pelo golpe de Fidel em 1980, o "Êxodo de Mariel" –

uma emigração em massa de cubanos para os EUA entre 15 de abril e 31 de outubro de 1980.Na época, o governo cubano anunciou que qualquer pessoa que queria deixar o país poderia fazê-lo. E o êxodo começou a ter implicações políticas negativas para o presidente dos EUA Jimmy Carter, quando se descobriu que boa parte dos exilados tinham sido libertados das prisões e instituições de saúde mental. Mais de 125 mil deixaram a ilha. Hoje, Dilma participa da abertura da Cúpula da Comunidade de Estados Latino Americanos e Caribenhos. O encontro marca a volta de Cuba (suspensa em 1962) aos organismos de integração. Cuba agora ressurge como país anfitrião da cúpula. (Agencias)

Dilma e Raúl Castro na inauguração do porto de U$ 957 milhões, o mais moderno da América Latina.

Dilma importará Mais (2 mil) Médicos presidente Dilma Rousseff aproveitou a cerimônia em Porto de Mariel para agradecer o envio de médicos cubanos ao Brasil. Desde o lançamento do programa Mais Médicos, Cuba enviou 5,4 mil profissionais para trabalhar nas periferias de grandes cidades e interior do País. "A participação dos médicos cubanos é amplamente aprovada pelo

A

povo brasileiro e é uma prova efetiva de solidariedade e coooperação que preside a relação entre os nossos países", reforçou. A partir de hoje mais 2 mil médicos cubanos desembarcam no Brasil. Este é o terceiro ciclo de profissionais que se integram ao programa federal, que também conta com a participação de brasileiros e cidadãos de outros países.

Esta terceira leva será enviada a postos de saúde de 412 municípios e a oito Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Os médicos cubanos são esperados nas cidades de Brasília, São Paulo e Fortaleza, onde realizarão uma avaliação e um curso preparatório de três semanas antes de serem enviados aos seus respectivos destinos no início de março. (Agências)

ELEIÇÕES 2014

PMDB e PT rompem aliança no Rio O divórcio após 7 anos, coloca em dúvida o empenho do PMDB fluminense na reeleição de Dilma Rousseff. Marcos de Paula/Estadão Conteúdo

rompimento da aliança entre PMDB e PT no Rio de Janeiro foi confirmado ontem com o anúncio petista de que deixa o governo de Sérgio Cabral (PMDB) em meio a divergências sobre as candidaturas para governador em 2014. O rompimento vem depois que tanto petistas quanto peemedebistas insistiram em candidaturas próprias para a sucessão de Sérgio Cabral. O divórcio, após sete anos de aliança entre as duas siglas no Estado, coloca em dúvida o empenho do PMDB fluminense na campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. O governador não abre mão

O

Cabral não abre mão de Pezão. de lançar seu vice, Luiz Fernando Pezão, para o posto, enquanto o PT deve lançar o senador Lindbergh Farias. O anúncio da saída petista do governo Cabral, comentada já desde o ano passado, foi feito após

ENGORDA A VAQUINHA DO PT O site de ajuda a Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, já arrecadou mais da metade da multa: R$ 242.421,37 até ontem. A quantia equivale a mais da metade dos R$ 466.888,90 que o petista tem que pagar até a próxima sexta-feira.

DIRCEU

O

ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no julgamento do Mensalão, recorreu ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal que determinou a suspensão da análise de eventuais pedidos feitos por sua defesa, como o de trabalho externo. Na semana passada, a Vara decidiu suspender a análise dos pedidos devido à denúncia de que Dirceu teria falado ao celular dentro do Complexo Penitenciário da Papuda com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia. A suspensão dos benefícios deverá durar enquanto o caso for investigado. No mínimo 30 dias. O advogado de Dirceu, José Luís de Oliveira Lima, quer que o STF revogue a decisão que determinou essa suspensão. O pedido poderá ser analisado pelo presidente do STF em exercício, ministro Ricardo Lewandowski. O ex-ministro de Lula está preso desde 16 de novembro de 2013.

reunião entre o governador e o presidente regional do PT, Washington Quaquá. Há cerca de 15 dias, a relação entre os dois partidos estremeceu de vez quando o diretório regional do PT confirmou a candidatura de Lindbergh e anunciou que deixaria o governo do fim do mês de fevereiro. O PMDB cogitou oferecer ao PT a vaga de candidato ao Senado, posto "reservado" para Cabral, que deixará o governo nos próximos dias, para tentar demover Lindbergh da candidatura ao governo do Estado. "Ficamos no governo a pedido do governador... Já queríamos ter feito em novembro do ano passado... como eles viram que não

.Ó..RBITA

ROSALBA FICA

O

presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, concedeu na sexta-feira uma liminar para manter a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, no cargo. Ela foi condenada por abuso de poder econômico e afastada do cargo por decisão do TRE-RN, que a tornou inelegível por 8 anos. A decisão do TRE ainda cassou os mandatos de Cláudia Regina (DEM) e de Wellingtton Filho (PMDB), prefeita e vice-prefeito de Mossoró, respectivamente. Nuno Guimarães/Folhapress

haveria retrocesso da candidatura do Lindbergh tomou-se a decisão", afirmou o petista Quaquá. Durante o fim de semana, uma troca de emails entre Cabral e Quaquá praticamente sacramentou o fim da relação. Cabral afirmou a Quaquá que não anteciparia a exoneração dos petistas em seu governo. Ao todo, segundo o PT local, o partido ocupa cerca de 400 vagas no Estado, mas esse número pode ser ainda maior. Entre os de maior peso estão Carlos Minc, exministro do Meio Ambiente e, que é secretário de Ambiente, e Zaqueu Teixeira, ex-chefe de polícia, que está à frente da secretaria de Assistência Social. (Reuters)

ESCALA EM LISBOA O PPS pediu ontem a abertura de um inquérito civil na Procuradoria-Geral da República para investigar a escala surpresa da presidente Dilma em Portugal, no sábado. Só com hospedagem foram gastos R$ 71 mil.

VERMELHO- PT

O

prefeito petista Mituo Takahashi, de Barrinha (SP) pintou, literalmente, a cidade na cor vermelha. Quem chega ao município de 30,5 mil habitantes, na região de Ribeirão Preto (a 313 km da capital), vê facilmente a grande quantidade de prédios e espaços públicos que estão com a mesma cor do seu partido. São praças, canteiros, bancos, parques, guias e sarjetas, postes e prédios públicos. Está tudo vermelho. Até as lixeiras da praça foram pintadas. Nem o prédio da prefeitura escapou. A cor também está presente dentro das escolas municipais. Em dezembro, Takahashi comprou 3.000 cadeiras e carteiras para substituir as antigas. Todas as cadeiras são vermelhas e as mesas escolares têm detalhes na mesma cor. Um grupo de vereadores da oposição decidiu que vai questionar o prefeito sobre o fato por entender tratar-se de propaganda. "O prefeito está extrapolando o amor ao partido", afirmou a vereadora Luzia Cursio (PMDB).

HACKERS

P

elo menos uma conta de email do governo do Estado de São Paulo foi hackeada ontem por um grupo ligado ao movimento Anonymous. Às 13h07, a reportagem recebeu um e-mail assinado pelo grupo no endereço imprensa@comunicacao.sp.gov.br, da assessoria de imprensa. A mensagem afirmava "System Hacked! Parece que o governo do estado de São Paulo foi Hackeado". O texto também trazia a frase "A "grande e velha mídia pode até ser deles, mas a internet é nossa" e era assinada pelo @AnonManifest. Em sua conta no Twitter o grupo se autointitula Anonymous Brasil. A página do grupo afirmou que hackeou o governo estadual, mas não especificou o quê. O site do governo, as contas no Twitter e no Facebook seguiram funcionando. No Twitter o grupo escreveu que "A PAZ acaba quando a repressão começa". O Anonymous é um grupo de hackers que ficou conhecido por atacar sites de governos e empresas.


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

7

OCEANO PACÍFICO A Corte Internacional de Justiça, em Haia, encerrou ontem décadas de disputas ao traçar uma nova fronteira marítima entre Peru e Chile, dividindo uma das regiões pesqueiras mais ricas do mundo.

Reuters - 22/05/13

Não há limites para o marechal Sisi Homem forte do Exército egípcio recebe promoção e prepara seu lançamento como candidato à Presidência do país. Com a concorrência banida, a vitória é garantida. Organismos internacionais temem a instalação de uma nova ditadura no país. omem forte do Egito, o general Abdel Fattah al-Sisi foi promovido ao cargo de marechal de campo, a patente mais alta do Exército, no que autoridades disseram ontem ser um sinal de que ele está prestes a lançar sua candidatura a presidente do país. Sisi se tornou imensamente popular entre setores liberais da sociedade egípcia, após liderar o golpe que depôs o presidente islamita Mohammed Morsi, em julho passado. Caso

H

se apresente às eleições, deverá ser o favorito, em um cenário sem representantes da Irmandade Muçulmana, banida pelo governo interino. Apoiadores o veem como uma figura decisiva, capaz de lidar com a instabilidade que tomou o Egito desde a revolução de 2011 que derrubou o autocrata Hosni Mubarak. Integrantes do comando militar egípcio afirmam que Sisi deverá anunciar sua candidatura nos próximos dias. Para isso, ele será obrigado a re-

nunciar a seu cargo no comando militar e como ministro da Defesa, já que o chefe de Estado deve ser um civil, segundo estipula a recém-adotada Constituição egípcia. Sisi, que era general, foi ascendido ontem pelo governo interino a marechal, a patente mais alta do Exército. O general reformado Hossam Sweilam, analista que ainda é bastante próximo às Forças Armadas, disse acreditar que a promoção foi uma honraria antes de Sisi disputar

o pleito presidencial. "Esta é uma medida tardia do Estado para homenagear o homem que retirou a Irmandade Muçulmana do poder", disse ele à Associated Press. "A medida serve para abrir caminho para que ele deixe o Exército com o título mais alto e participe das eleições." A eleição presidencial deverá acontecer em abril e os postulantes devem se inscrever até 18 de fevereiro. O anúncio do pleito à Presidência foi uma mudança na orDavid Mdzinarishvili/Reuters

dem original do plano de transição lançado pelos militares após a queda de Morsi. Inicialmente, previa-se a escolha do Parlamento antes da seleção ao presidente. Em nota, a Irmandade Muçulmana acusou o governo de alterar a ordem do plano de transição para lidar com a "obsessão" de Sisi para disputar a Presidência. Organizações internacionais também se preocupam com a possibilidade de ser criada uma nova ditadura no país. (Agências)

Simpatizantes consideram o marechal Sisi como o 'salvador da pátria' capaz de lidar com a instabilidade no Egito.

'Dia do julgamento' na Ucrânia A batalha nas ruas é transferida para o Parlamento

O Polícia mantém guarda em local de confrontos com manifestantes em Kiev. Presidente promete anistia aos detidos se houver desocupação.

Reprodução

NSA Um pássaro espião

Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA, da sigla em inglês) e a sua equivalente no Reino Unido utilizam aplicativos vulneráveis de smartphones, como o jogo "Angry Birds", para acessar informação pessoal ou dados de localização no mundo todo , revelaram os jornais The New York Times e The Guardian ontem. Além dos jogos, aplicativos de programas como Google Maps, Facebook, Flickr, LinkedIn e Twitter são rastreados em busca de informações como localização, idade, sexo e outros dados pessoais, segundo novos documentos vazados pelo ex-técnico da NSA Edward Snowden. (Agências)

A

.Ó..RBITA

ROUBO

U

m relicário com o sangue do papa João Paulo II foi roubado na noite de domingo da igreja de San Pietro della Iencca, em Abruzzo, na região central da Itália. O local era muito visitado pelo pontífice, que morreu em 2005 e será canonizado em abril. O caso foi qualificado pela Rádio do Vaticano como um "roubo sacrílego". A polícia suspeita que o sangue seja usado para um ritual satânico. (Agências)

AFP - 01/01/04

RECOMEÇO

E

m seu primeiro comentário público desde sua separação do presidente François Hollande, a ex-primeira-dama da França Valérie Trierweiler disse ontem que está muito bem, e afirmou a repórteres durante viagem à Índia que se sente "útil" fazendo caridade. "Não se preocupem comigo", disse a jornalista de 48 anos. A separação ocorreu menos de um mês após uma revista ter publicado fotos de Hollande, de 59 anos, fazendo visitas à atriz Julie Gayet, de 41 anos. (Reuters)

praças e prédios públicos. Os protestos no país começaram em novembro, quando o governo rejeitou um acordo com a União Europeia para se aproximar da Rússia. Mais cedo, Olena aumentou a tensão ao advertir que iria pressionar pela imposição do estado de emergência se os manifestantes não deixassem um edifício ministerial ocupado durante a noite. Os invasores saíram do local depois de resistirem à polícia por várias horas, mas disseram que retornarão se não houver nenhum progresso no Parlamento hoje. Resistência - Apesar das promessas de concessões feitas pelo presidente, o partido do governo disse ontem que não pretende ceder em nada. " O Pa r l a m e n t o a m a n h ã (terça-feira) não vai votar a renúncia do governo", disse o porta-voz do Partido das Regiões, Mykhailo Chechetov, à agência Interfax. Ele afirmou que a bancada também vai bloquear qualquer tentativa de refutar a legislação antiprotestos. "Nós somos categoricamente contra mudar essas leis. Do que estamos falando aqui? Um bandido tem de ir para a prisão", disse. (Agências)

Danish Siddiqui/Reuters

presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovych, concordou ontem em revogar algumas leis antiprotestos, após novo diálogo com líderes da oposição, durante encontro que foi visto como preparação para a sessão parlamentar extraordinária de hoje, na qual ele e seus aliados estarão sob pressão para fazer concessões exigidas pela população em protesto. Uma árdua batalha é esperada no Parlamento hoje, já que a oposição exige a rejeição da lei antiprotestos, a destituição do governo e anistia para os manifestantes detidos em dois meses de agitação no país. Para o líder opositor e exministro da Economia, Arseniy Yatsenyuk, a sessão marcará o "dia do julgamento". Segundo o site da Presidência, Yanukovych e os opositores concordaram em revogar leis antiprotestos na sessão especial do Parlamento, e a ministra da Justiça, Olena Lukash, afirmou que também será discutida a questão da "responsabilidade" do governo. Eles também concordaram que os prisioneiros detidos nas manifestações deverão ser anistiados, embora Yanukovych tenha condicionado essa anistia à desocupação de


DIÁRIO DO COMÉRCIO

8

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Em blog, uma São Paulo para inglês ver. Morando na zona norte, assistente social de Londres retrata a cidade

N

ta para a Copa do Mundo e retorna em julho para o Peru, onde vai ficar por outros três, quatro meses. Se não receber nenhuma proposta "excelente" de trabalho - "e propostas para dar aula de inglês não contam como excelentes" -, ele a a mulher, a brasileira Georgia Campello, voltam para Londres, onde se casaram em 2009.

São Paulo não é para visitar. É para morar. Quando você arranha a superfície da cidade descobre a beleza que existe embaixo. ANDY MARTIN

Segundo Martin, Georgia manteve apenas o nome de solteiro após o casamento devido à "enorme burocracia brasileira e britânica" para alterar o sobrenome. Yes, eles também têm burocracia. Lendo o blog, percebe-se que o inglês adora São Paulo, com toda a sua loucura - da falta de segurança e preços exorbitantes a ensaios de escola de samba. É vizinho da quadra da Mocidade Alegre e dois car-

navais foram suficiente para que o ziriguidum dos ensaios contagiasse sua fleuma britânica. Seu post sobre a mania do paulistano/brasileiro de comemorar tudo quanto é vitória com fogos de artifício, até campeonato da escola do filho de oito anos, faz o leitor rir já que quase todo mundo na cidade tem um vizinho assim. Sobre o Elevado Costa e Silva, disse: "O Minhocão é uma longa avenida suspensa que talvez seja o melhor exemplo de como São Paulo se tornou em uma cidade que privilegia dirigir a caminhar ou usar o transporte público". Grafite nos muros paulistanos? "A arte de rua em São Paulo, tanto a quantidade quanto a qualidade, está entre as melhores do mundo, se não for a melhor do mundo", declarou. "As ruas de São Paulo são uma tela viva", é o título de um dos seus artigos. Sob a superfície – "Com certeza Sampa não é espetacular logo de cara e um turista com apenas poucos dias disponíveis irá embora sentindo que não viu muita coisa ou que falta alguma coisa. São Paulo, no entanto, não é uma cidade para visitar. É uma cidade para morar. E quando você arranha a superfície descobre a beleza que existe embaixo - você apenas tem de se esforçar um pouco mais

Foto: And

o domingo, um inglês que mora no Limão, bairro na zona norte de São Paulo, desde fevereiro de 2012 foi avisado pelo jornal britânico The Guardian que seu blog The Book Is On The Table - tinha sido escolhido para integrar a seleção de melhores diários virtuais que retratam cidades no mundo inteiro. O fato de Andy Martin não ser brasileiro chama a atenção aqui, mas não é a única curiosidade. O The Book Is On The Table foi o único escolhido no Brasil. Aliás, de toda a América do Sul, apenas outro blog, em Buenos Aires, foi citado pelo Guardian. A título de comparação, na cidade paquistanesa de Lahore dois diários virtuais foram selecionados. Martin, 31, está indo embora de São Paulo amanhã. Após quase dois anos morando na cidade, não conseguiu emprego na área dele, assistência social, e está de mudança, por enquanto temporária, para o Peru. "Eu trabalhei com refugiados em Londres durante 10 anos, mas aqui o máximo que fiz foi trabalho voluntário", contou ontem. No Peru, vai ser supervisor de universitários ingleses que cursam assistência social na Grã-Bretanha e que irão trabalhar durante três ou quatro meses em Trujillo. Depois, vol-

y Martin

Kety Shapazian

Rua Traipu, em Santa Cecília, com o Minhocão ao fundo: "As ruas de São Paulo são uma tela viva". para ver isso", derrete-se. Chegou até a montar um itinerário de 36 horas para o site http://36hrs.in/ e, como não poderia de ser, incluiu aos interessados a "arranhar a superfície" lugares onde é possível beber uma boa cerveja artesanal. "A cerveja artesanal brasileira está melhorando", diz Martin, que semanalmente escolhe a Cerveja Brasileira da Semana para o blog. Os bo-

tecos da Capital também ganharam uma (divertida) explicação do inglês. "São Paulo ficou muito cara, mas Londres também é", afirma. Porém, ficou cara demais para quem sobreviveu estes dois últimos anos dando aulas de inglês para particulares e empresas, como o Banco Santander, por exemplo. O blog continua, seja em Trujillo ou em Londres. "Por di-

versas razões, eu decidi manter o blog ativo. Primeiramente, eu descobri que escrever pode ser bem catártico e algo pelo qual me apaixonei", diz. D e s d e j a n e i ro d e 2 0 1 2 , quando começou o blog, já teve 70 mil visitas no seu endereço http://thebookisonthetable.me/. Apenas ontem, com a ajuda do Guardian, teve até o começo da noite 800 'views'. "Em dia normal, são 100."

Yuri Weber/Estadão Conteúdo

LATROCÍNIOS BATEM RECORDE O 385 10,1%

Pintura no chão lembra os 242 mortos no incêndio da boate Kiss

Kiss: tragédia completa um ano. primeiro ano do incêndio da boate Kiss foi lembrado ontem com homenagens aos 242 mortos, manifestações de saudade, protestos e pressão sobre o Ministério Público para que responsabilize mais pessoas, em Santa Maria (RS). A programação reuniu familiares e amigos das vítimas, sobreviventes e pessoas solidárias a quem sofreu perdas na tragédia. Apesar de ser luto oficial, a cidade não parou e viveu um dia de movimento normal. Algumas lojas exibiram laços brancos e flores em suas vitrinas para marcar a data. A principal homenagem foi uma vigília, durante a madrugada, diante do prédio no qual funcionava a boate, no centro, para lembrar a madrugada em que a maioria das vítimas morreu asfixiada pelo cianeto libe-

O

rado na queima da espuma de revestimento da casa noturna. O asfalto da rua foi pintado com a silhueta de 242 corpos em movimento, como se estivessem dançando. Sobre um coração também desenhado no chão, familiares acenderam 242 velas, que ficaram no local até derreter e apagar, em uma representação das vidas que se extinguiram. Dilma – A presidente Dilma Rousseff usou seu perfil no Twitter para falar sobre a tragédia. "Passado um ano da tragédia em Santa Maria, a tristeza ainda está viva em nossos corações", escreveu Dilma, acrescentando que lembra "de cada mãe, de cada pai que abracei. Fui como presidenta oferecer conforto. Como mãe e avó, me uni na dor às famílias das vítimas". (Estadão Conteúdo)

número de vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte) atingiu em 2013 o maior índice em nove anos no Estado de São Paulo, enquanto os casos de homicídios caíram 8,2% em 2013, em comparação com 2012. De acordo com estatística criminal divulgada ontem pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Estado, foram 385 mortes por latrocínio registradas em 2013, inferior apenas ao número de vítimas de 2004, quando foram registradas 390 mortes durante assaltos. Na comparação com o ano passado, quando foram registradas 352 vítimas, as mortes por latrocínio subi-

mortes por latrocínio foram registradas no Estado de São Paulo em 2013

foi o salto registrado nas ocorrências de furtos e roubos de veículos, segundo dados do governo.

ram 9,38%. Em relação aos homicídios, foram 4.439 casos em 2013, ante 4.836 em 2012. O número de furtos permaneceu praticamente estável na comparação anual, com uma redução de 0,4%, passando de

545,3 mil casos em 2012 para 542,8 mil em 2013. Os dados mostram ainda alta de 8% no número de roubos em geral em todo o Estad o. O s c a s o s s u b i r a m d e 237.915 ocorrências, em 2012, para 257.054 em Carlos Monteiro

Câmeras monitoram rodovias ltrapassar pela direita, trafegar pelo acostam e n t o , f a z e r m a n obras arriscadas e falar ao celular são algumas das infrações que os motoristas cometem nas rodovias de São Paulo e que tempos atrás eram flagradas apenas por radares ou guardas rodoviários. Agora, os motoristas também podem ser multados pelas câmeras de monitoramento. Um policial militar rodoviário é mantido no Centro de Controle da concessionária, onde é feito o monitoramento do tráfego por câmeras. Nas estradas, a vi-

2013, o maior índice desde 1999, início da série histórica das estatísticas da SSP. Da mesma forma, o número de furtos e roubos de veículos saltou 10,14%, passando de 195.685 casos em 2012 para 215.525 em 2013, o maior índice desde 2001. Al ck mi n – Pela manhã, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) divulgou os dados positivos da pesquisa, ao adiantar para a imprensa que o número de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) tanto na capital paulista quanto nas demais cidades do Estado caiu de janeiro a dezembro de 2013, na comparação com o ano anterior. Mais sobre violência na pág. 3

Comandante da PM defende policiais que atiraram em jovem comandante-geral da Polícia Militar, Benedito José Meira, afirmou ontem que, com base nas informações que dispõe, os PMs que atiraram em um jovem durante os protestos do final de semana agiram em "legítima defesa". O estudante Fabrício Proteus Nunes, 22, foi atingido no peito e na virilha, na esquina das ruas Sabará e Piauí, em Higienópolis. Internado na Santa Casa, ele está em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos. Para Meira, "não houve excesso" e será analisado pela Corregedoria a proporcionalidade da reação dos PMs e se eles tinham outros meios de reagir. (Folhapress)

O

U

Fiscalização eletrônica: monitoramento por guardas continua. gilância continua com guardas em pontos estratégicos. Para o vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo, Carlos Monteiro, a medida prejudica uma função importante da abordagem policial. “Existem outras infrações que não podem ser capturadas pe-

los olhos das câmeras. Além disso, a presença policial impõe respeito. Como fica a fiscalização? E para quem dirige embriagado ou carro com pneu careca? Acho que a abordagem policial é muito importante e tem uma função essencial para a segurança de todos”, diz.


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

9

Mostra de alunos na Faap Alunos da Faap expõem 34 obras: pinturas, objetos, vídeos, instalações, fotos, gravuras, projeções. R. Alagoas, 903. Tel.: 3662-7198. Terça/sexta: 10h/20h; sábado/domingo: 10h/17h. Grátis. Livre.

Lucy Nicholson/Reuters

Ana Barella omingo passado, a cidade de Los Angeles foi palco da maior comemoração do cenário musical, o Grammy, que chegou em sua 56° edição. A má notícia para quem não assistiu é que perdeu um veradeiro show, com direto a reencontro dos Beatles Paul McCartney e Ringo Star, reboladas da diva Beyoncé, além da performance da banda Nine Inch Nails com o Queens of the Stone Age – destaque para o exNirvana, e líder do do Foo Fighters, Dave Grohl, na bateria. Já a boa notícia é que várias bandas que receberam o fonógrafo de ouro no domingo são destaque no festival Lollapalooza, que acontecerá no autódromo de Interlagos nos dias cinco e seis de abril. Entre estas, quem impressionou foi a cantora estreante Lorde (foto à direita), neozeolandesa de 17 anos que desbancou nomes como Katy Perry e Pink e levou os prêmios de melhor música e melhor performance com o hit Royals. Para que nunca ouviu falar da nova diva dos indies, que se apresentará em um palco modesto no primeiro dia do

D

festival, ela soa como Lana Del Rey, destaque do festival Terra do ano passado. O Imagine Dragons, que em 2013 invadiu as rádios com o hit Radioactive – tocado até a exaustão – também conquistou os juris e levou o prêmio de melhor performance de rock. E além de apresentarem uma mistura da música junto com M.a.a.d City, do rapper Kendrick Lamar, também farão show no primeiro dia do Lolla. Já a banda Vampire Weekend (foto abaixo), que ganhou na categoria melhor álbum de música alternativa com Modern Vampires Of The City, também promete enlouquecer seus fãs brasileiros no segundo dia do festival. O ano da eletrônica - Quem brilhou no Grammy, porém, foi a dupla francesa de música eletrônica Daft Punk, que levou cinco estatuetas – gravação do ano (Get Lucky), álbum do ano (Random Access Memories), performance pop em dupla ou grupo (Get Lucky, com Stevie Wonder, Pharrell Williams e Nile Rodgers), álbum de música eletrônica e melhor engenharia de som. Há mais de 20 anos a dupla mistura o pop rock com Fotos: Mario Anzuoni/Reuters

Banda Imagine Dragons durante o Grammy. eletrônica, porém, só no ano passado conquistaram o mundo da música e marcaram 2013 como o ano dos homens- robôs mudos (para manter o suspense eles só aparecem em público vestindo capacetes e nunca falam). Mas há quem afirme que 2014 será o ano de outra dupla de

eletrônica, o Disclosure. Os irmãos ingleses Guy e Howard Lawrence, perderam para o Daft Punk na categoria álbum do ano, porém prometem dominar a cena de 2014. Começando pela última divulgação do line up do Lollapalloza, na quinta passada, que traz a dupla como uma das atrações do primeiro dia.

Lollamania

ste é o terc eiro ano d o fes- in tival Loll die rock . apalooza Brasil, q u e já tr o u xe b a A lé m d a n d a s g ra s g ra n d d io s a s c n- ç õ e e s a tr ao m o Fo o s e dos g fi anhado g h (2012) e te rs g re s d e Pearl Jam rammys, que marc (2013). Neste an a rã o pres e n ç a , o fe o, o Lolla s ti v a l ta mudará de casa mbém c o n ta rá – passará c o m p e rf do Jocke C lu b p a o rm a n c e y de Ju ra o a u tó s lian Casa d ro blancas (v mo de interlago lista do S ocas – e prom trokes), P ete um line up co hoenix, P xies, New m nome is Order, Jo c o m o M use e e Nin h nny Marr (ex-guita e Inch Na rrista do ils no pri m e i ro d Smiths), - revela i a e A rc a ção do fo a d e Fi re lk Jake B Soundga e e ugg, ntre outr rd, atraç os. ões do s gundo d eia. Os preço s são salg De acord ados. O passe pa o com a p ra um dia rodução d o fe s ti v custa R$ 290. Já o a l, e s te a lolla pass n o o Lo ll também , que vale a para estará c os dois d in c o ias, está vezes m a io r s e por R$ 540. Para c o m p a ra garantir do com a festa do o seu é s acessar o ano pass ó ado: con site www rá com u ta- cke .premier.t m espaço ts i fo r fu n.com.br de 600 m metros q ou ir até il b il h e uadrado a te ri a s . O públic d o C it ib estimado o ( A v. a n k H a ll é de 160 das Naç mil fãs d ões Uni e 17.9 das, 55).

E

CLÁSSICO DE HITCHCOCK NO ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA CINEMA Charme e talento de Cary Grant. Em 15 filmes.

Um Corpo que Cai (Vertigo/1958). Com James Stewart e Kim Novak. Augusta 5. Tel.: 3288-6780. 14 anos.

inglês Cary Grant (19041986) dividiu com Humphrey Bogart, James Stewart , Gregory Peck e Henry Fonda a fama de serem os galãs mais carismáticos dos tempos dourados de Hollywood. Mas, cada um impôs um estilo. A Cary Grant coube o de ser o mais charmoso e elegante. Atuações em filmes de Hitchcock o consagraram. Entre eles, Interlúdio (1946), com Ingrid Bergman e Ladrão de Casaca (1956), com Grace Kelly. A marca de Cary Grant, agora, é relembrada em ciclo de 15 filmes, selecionados pelo Cinusp,

O

sob o título de Todos Querem Ser Cary Grant. A mostra vai até 9 de fevereiro. E tirou do baú obras produzidas e lançadas nas décadas de 1930 e 1940. Entre elas, Levada da Breca (1938), A Vida Continua (1942), O Paraíso Infernal (1939), Boêmio Encantador (1938) e Levada da Breca )1938). Nesta terça (28), estão programados os filmes Levada da Breca, com Katharine Hepburn (16h/livre, foto maior)) e Boêmio Encantador (19h/10

anos, à dir.). Quarta (29), um clássico de ação: Gunga Din (16h/12 anos, abaixo). Cinusp. Rua do Anfiteatro, 181. Colmeia, favo 4, Cidade Universitária. Tel.: 3091-3540. www.usp.br/cinusp. Todas as sessões são gratuitas.

Fotos: Arquivo DC

DUAS VEZES UMA BELA ATRIZ. NO RESERVA CULTURAL. Lé Seydoux em Azul É a Cor Mais Quente (Cine 3, 18h). 18 anos. E Grand Central (Cine 4/14h45, 18h25, 21h55). 12 anos. Tel.: 3287-3529.


DIÁRIO DO COMÉRCIO

10

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

O impacto da organização

Para o fotógrafo, as imagens fazem pensar em quantas coisas produzimos, consumimos, usamos, vendemos e fazemos circular pelo mundo.

O fotógrafo alemão Bernhard Lang sempre quis fotografar coisas que não podia ver. Foi daí que surgiu a ideia das fotos aéreas. Em uma de suas séries, ele usou um ultraleve para fotografar o alto o porto de Bremerhaven, no norte da Alemanha. O porto é o 16º maior do mundo e movimenta por ano 1,35 milhão de carros e milhões de contêineres. Com suas fotos, é possível ver a perfeita organização de contêineres e carros à espera do embarque. Além do fascínio da organização e do volume de carga, Lang diz que suas fotos mostram o impacto da ação humana na natureza. www.bernhardlang.de

.P..UBLICIDADE

.M..EMÓRIA Kacper Pempel/Reuters

Perdeu a vida para o tabaco O

Reprodução

s

Sobrevivente do Holocausto caminha pelo antigo campo de concentração de Auschwitz, pouco antes da celebração dos 69 anos da libertação dos prisioneiros. O dia 27 de janeiro é o Dia Internacional da Recordação do Holocausto.

.T..URISMO

No Rio, viagem de ônibus ao mar.

ator Eric Lawson, que durante os anos 1970 ficou famoso pelo papel de "O Homem de Marlboro", protagonizando os comerciais da marca de cigarros, morreu de uma doença pulmonar no dia 10 de janeiro, em sua casa na Califórnia. A informação foi divulgada apenas ontem pela imprensa dos EUA. A esposa do ator, Susan Lawson, informou que ele teve uma parada respiratória derivada de uma enfermidade conhecida como doença pulm o n a r o b s t r u t i v a c rô n i c a (DPOC). Lawson tinha 72 anos e a doença foi causada pelo consumo intenso de tabaco. Eric Lawson começou a fumar com 14 anos e mesmo depois do diagnóstico da doença pulmonar não conseguiu se afastar dos cigarros. Além dos comerciais, Lawson também participou de filmes e séries como As Panteras, D in a st ia e

SOS Malibu. Sua carreira foi interrompida depois que ele sofreu um acidente durante as filmagens de um faroeste. A imagem do "Homem de Marlboro" surgiu na publicidade nos anos 1950 para promover os primeiros cigarros com filtro. A ideia era passar a mensagem de que o produto esta-

va associado à virilidade e não era feito para mulheres. Segundo a imprensa dos EUA, outros dois atores que interpretaram o "Homem de Marlboro" foram vítimas do tabagismo: David McLean, que morreu com câncer de pulmão em 1995 e David Millar, que teve um enfisema em 1987.

Carregue um planetário no pulso A Van Cleef & Arpels criou um relógio que é um verdadeiro planetário portátil. O Midnight Planetarium acompanha o movimento dos planetas no céu ao longo do ano. Afinal, se você quiser um relógio para ver a hora do dia, pode usar o celular.

passando por locais como Urca e Aterro do Flamengo. Na Marina da Glória, é lançado ao mar. O preço especial de inauguração é de R$ 100. www.ducktourbrasil.com.br

http://goo.gl/neX7R7

Corrente de frio nos EUA O Meio-Oeste dos EUA voltou a ser atingido por uma brutal onda de frio ontem. Mais de 500 voos foram cancelados somente nos dois principais aeroportos de Chicago. A corrente de ar polar do Ártico, mais ao sul do que o normal, deve manter as temperaturas bem abaixo de zero hoje.

.A..RTE

Ahmad Masood/Reuters

.C..LIMA

Madeira de cerâmica Christopher David White faz peças de cerâmica que imitam entalhes. goo.gl/vdyfKO

.L..OTERIAS

01

03

04

05

07

09

10

13

15

17

18

19

23

24

25

51

54

76

Acesse www.dcomercio.com.br para ler a íntegra das notícias abaixo:

Caetano Veloso afirma que não deseja controle sobre biografias Dormir bem pode diminuir em até 75% o risco de câncer de próstata

s

34

.A..TÉ LOGO

s

20

LIBERDADE - Oficiais da Força de Segurança de Fronteira da Índia montam camelos durante ensaio da cerimônia de encerramento das festas do Dia da Independência do país, comemorado em 29 de janeiro.

s

Concurso 3401 da QUINA

s

Concurso 1011 da LOTOFÁCIL

42 mil querem deportar Bieber Mais de 42 mil pessoas participam do abaixo-assinado no site da Casa Branca que pede a deportação do cantor canadense Justin Bieber, detido na semana passada na Flórida por participar de um racha supostamente sob a influência de drogas. "Nós, o povo dos EUA, sentimos que não estamos bem representados no mundo da cultura pop. Gostaríamos de ver o perigoso, insensato, destrutivo e consumidor de drogas Justin Bieber deportado e com sua permissão de residência revocada", diz o pedido, postado na seção "We The People" da página oficial da Casa Branca. O texto diz ainda que ele é má influência para os jovens do país.

.E..SPORTE Eric Lawson com o cigarro no canto da boca, marca do personagem.

.G..@DGET

O projeto Duck Tour Brasil leva turistas para passear de ônibus anfíbio pelas águas da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. O ônibus realiza parte do trajeto por terra,

.C..ELEBRIDADES

Ameaças terroristas a Sochi não preocupam presidente do COI

Schumi recebeu mais de mil cartas de fãs O ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial, já recebeu mais de mil cartas de admiradores, assim como presentes e objetos pessoais, na clínica onde está internado em Grenoble (França). Em coma há quatro semanas, as especulações da imprensa alemã são de que os médicos não pretendem despertá-lo. Schumacher sofreu um grave acidente de esqui nos Alpes franceses em 29 de dezembro. Os médicos que cuidam do piloto se limitaram a dizer que seu estado permanece "estável".


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

11

MERCADOS Dólar sobe novamente e encerra o dia a R$ 2,42. O Ibovespa tem queda de 0,18%, aos 47.701,05 pontos, acompanhando NY. Tina Cezaretti/Hype

Paula Cunha Carnaval neste ano ocorrerá no início de março, mas o comércio popular já está aquecendo suas baterias para conquistar os consumidores carnavalescos, os blocos e as escolas samba, inclusive do interior. Na Ladeira Porto Geral e na rua 25 de Março, já é possível ver nas lojas os adereços e as fantasias típicas da festa à venda. A previsão é de que o movimento aumente na semana que vem. O comerciante Kaled Curi Júnior, proprietário da loja Carnival, localizada em travessa da Ladeira Porto Geral, especializada no atendimento a escolas de samba, afirma que sua loja oferece cerca de 10 mil itens para as agremiações. Segundo Curi Júnior, o fato do Carnaval ser comemorado neste ano em março, e não em fevereiro, como de costume, não é negativo para os atacadistas e varejistas do ramo. Ele tem uma expectativa de venda positiva neste ano por diversas razões. Para ele, 2013 foi muito difícil para os brasileiros e o Carnaval em

O

Varejo está pronto para receber os foliões Reinado de Momo tardio dará mais tempo para vender fantasias, adereços e itens do gênero. março proporciona mais tempo para que as equipes das escolas de samba pesquisem os produtos e os preços e realizem suas compras com calma. Ao mesmo tempo, as agremiações de pequeno porte do interior paulista têm mais prazo para obter patrocínio das empresas. O empresário observa que as grandes escolas começam a pesquisar preços a partir de maio e realizam suas compras em julho. "Está difícil fazer uma previsão porque estou sem referência neste ano. No começo de 2013, as perspectivas eram boas e depois elas não se cumpriram", explica. Entretanto, ele considera que a Copa do Mundo pode contribuir para um desempenho melhor, uma espécie de Carnaval fora de época, mas ressalta que não está excessivamente otimista.

Ele afirma que é preciso levar em conta quanto os comerciantes que importam produtos chineses adquiriram para vender durante a competição, se é muito material ou não, ou se vão oferecer o material que compraram no ano passado para a Copa das Confederações. "Se toda esta mercadoria for colocada no mercado, os preços em geral cairão", diz. Outro lojista que prefere não se identificar afirma que o setor também é influenciado pela liberação de verbas ofi-

Por enquanto, o esforço vai todo para o Carnaval; depois, o faturamento das lojas será reforçado com a venda de itens para a Copa do Mundo.

Inflação na Grande São Paulo foi a 5,84% em 2013, diz a Fecomercio. indicador de Custo de Vida por Classe Social (CVCS), apurado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São

O

Paulo (FecomercioSP), mostra que a inflação na região metropolitana de São Paulo fechou 2013 em 5,84%, acima dos 5,15% apurados em 2012.

Os segmentos de alimentos e bebidas e transportes foram responsáveis por 70% do aumento registrado no período. Alimentos e bebidas

ciais da Prefeitura para a comemoração da festa. Segundo ele, a nova administração que assumiu no ano passado preferiu não destinar recursos para o evento em 2013. Neste ano, diz, é possível que a administração municipal receba mais reivindicações das escolas de samba, o que poderá melhorar o movimento. Na Ladeira Porto Geral, travessa da 25 de Março, a loja Festas e Fantasias está ainda entrando no clima de Carnaval. A gerente Maria Cristina Costa diz que as vendas de acessórios carnavalescos e os acessórios para a Copa do Mundo estão acontecendo ao mesmo tempo, com destaque para as tiaras e as buzinas. Os sprays típicos muito adquiridos pelos frequentadores de clubes já estão sendo procurados e o preço médio é de R$ 2,50. Outros itens procurados para este tipo de comemoração são as placas decorativas para salões e variam de R$ 25 a R$ 250. Sem fixar metas de crescimento, a gerente afirma que o calendário poderá ajudar a aquecer as vendas nas próximas semanas, pois os compradores terão mais tempo para pesquisar preços e escolher os produtos mais adequados. O empreendimento também oferece diversos modelos de fantasias para crianças, adolescentes e adultos e a sua venda contribui para manter o faturamento durante todo o ano, pois os clientes também adquirem os itens para as festas de aniversário. Fé rias – Tranquilo em rela-

subiram 8,34% ao longo do ano passado e transportes, 4,81%. Na comparação com o mês de novembro, a inflação subiu 0,9% em dezembro, alta de 0,45 ponto percentual, também puxada por alimentos e bebidas e transportes. No varejo, o índice de pesquisa de preços subiu 6,16% em 2013 e 0,9% em

ção ao ritmo do movimento em sua loja, a Millôr, o comerciante Melhem Michel Feghali atribui os baixos níveis de vendas em janeiro ao período de férias escolares. Neste mês, a maior procura por fantasias e acessórios ocorre em função das festas de aniversário e até

ciana Teixeira, que é secretária geral da escola de samba Pérola Negra, do município de Suzano, observa que encontrou todos os itens de que precisava, mas que há uma diferença expressiva de preços praticados entre os estabelecimentos que visitou nos últimos dias. Animada, ela espera que sua agremiação tenha um bom desempenho no desfile deste ano, já que o samba enredo abordará os protestos ocorridos em todo o País em junho do ano passado. No varejo da 25 de Março, o Carnaval também colabora para aumentar o movimento. As lojas recebem, às segun-

Kaled Curi Júnior (acima) e Melhem Michel Feghali (dir.): o movimento vai se fortaleçer a partir da próxima semana.

de casamento. Ele não estabeleceu metas de crescimento de vendas e lembra que no ano passado, elas ficaram dentro das expectativas. Tiaras, estolas, perucas, óculos são os itens mais procurados neste começo de ano, diz. Entre os compradores, Lu-

dezembro ante novembro. Na análise de dezembro ante novembro, transportes foi o segmento que teve maior impacto, com alta de 2,09%. A inflação de serviços na região metropolitana subiu 5,5% no ano e 0,91% em dezembro ante novembro. Faixas de renda – As faixas de renda que receberam maior impacto da inflação

das-feiras, os turistas de outros estados e do interior paulista. Nivaldo Pierroni, gerente da loja Vitória, especializada em bijuterias e acessórios, diz que as vendas neste dia são expressivas e o estabelecimento recebe até compradores de outros estados.

em dezembro foram as classes D e E, mas, no ano, as classes A e B foram as mais afetadas. Na comparação com dezembro de 2012, por exemplo, o custo de vida para os grupos de faixa de renda mais alta subiu 6,02% e 5,98%, respectivamente, puxados por saúde e despesas pessoais. (AE)


12 -.ECONOMIA

DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

13

Economistas prevêem agora uma alta de 0,25 ponto percentual na Selic, na reunião de fevereiro do Copom.

Câmbio não puxa preços, garante o BC. Segundo o presidente Alexandre Tombini o repasse do câmbio aos preços está sendo combatido. Mas admitiu, em Londres, que inflação ainda está elevada. Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

m palestra na London School of Economics, ontem, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou que a autoridade monetária está combatendo o repasse do câmbio aos preços. Ao mesmo tempo, ressaltou que a inflação dos alimentos está reduzindo, mas ainda continua elevada: em 12 meses até janeiro deve ficar ao redor de 5,7%, isto é, continua pressionada, acima do centro do meta oficial de 4,5%, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou menos. A fala de Tombini ajuda a corroborar as avaliações de que o BC continuará com o aperto monetário, iniciado em abril e que levou a taxa básica de juros, a Selic, da mínima histórica de 7,25% aos atuais 10,50%. (Ontem, o dólar subiu 1,17%, a R$ 2,42, voltando a se aproximar do nível de R$ 2,43, com investidores se protegendo da possível aceleração da redução do estímulo econômico nos Estados Unidos e sob fluxos de saída de divisa, apesar das expectativas de que o Banco Central brasileiro possa intensificar suas intervenções.) Desde agosto passado, o BC faz intervenções diárias no mercado cambial com leilões de swaps tradicionais –equivalentes à venda de dólares no futuro – para manter o dólar sem volatilidade. Para Tombini, as expectativas para a alta dos preços cairão no momento em que a in-

Na Focus, mais juro e menos PIB.

E

Palestra de Tombini ajuda a corroborar as avaliações de que o BC continuará com o aperto monetário iniciado em abril. flação corrente for colocada para baixo. O IPCA-15, prévia da inflação oficial do País, registrou alta de 0,67% em janeiro, fechando em 12 meses a 5,63%. Tombini disse ainda que a economia brasileira deve crescer neste ano em ritmo aproximadamente igual ao de 2013 que, segundo atual projeção do BC, deve ter ficando em 2,3%. O presidente do BC reafirmou ainda que a política fiscal brasileira tende à neutralidade dentro do horizonte relevante. Ele reforçou que o go-

verno divulgará a nova meta ajustada de política fiscal e que ela deve ser consistente com o endividamento brasileiro em comparação com o tamanho da economia. Dívida – Em reunião com jornalistas do Financial Times, também em Londres, o presidente do Banco Central comentou a dívida brasileira referente a empréstimos feitos por bancos estrangeiros ao País. Pelos dados do Banco para Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês), as essa dívida quadruplicou nos últimos oito anos – passou

de US$ 50 bilhões em 2005 para US$ 200 bilhões em 2013. Segundo noticiado no blog do jornal, Tombini assegura que isso não é uma dificuldade, uma vez que apenas 8,8% do financiamento bancário vem do exterior. No entanto, observa o diário, em números absolutos, o montante é grande, aproximadamente, mais da metade das bastante consideráveis reservas externas do Brasil, de cerca de US$ 375 bilhões, diz o FT. Tombini afirmou que essas dívidas estão bem protegidas. (Agências)

200

bilhões de dólares é quanto o Brasil deve a bancos estrangeiros. Segundo o BC, 8,8% do financiamento bancário do País vem do exterior.

Na Argentina, regras para o dólar. Enrique Marcarian/Reuters

governo argentino flexibilizou o controle do câmbio ontem para permitir que poupadores comprem uma quantidade limitada de dólares para investimento. Foi fixado um limite de 20% do salário declarado pelo comprador. Antes, o chefe de Gabinete de Ministros, Jorge Capitanich, antecipara que só poderá comprar dólares legalmente, pelo câmbio oficial, quem tiver salário acima de 7.200 pesos e até o limite de US$ 2 mil por mês. Para ilustrar: 20% de 7.200 são 1.440 pesos, ou US$ 180, ao câmbio de 8 pesos. Segundo o ministro, todos os movimentos sobre a compra de dólares serão publicados na página da Afip, diferentemente do que ocorreu no início dos controles para a compra de dólares para investimento, em 2012. Na última sexta-feira, o governo argentino desvalorizou fortemente a moeda nacional, estabelecendo um nível de 8

O

Casa de câmbio em Buenos Aires: compra é limitada a 20% do salário do interessado. Mas não pode exceder o valor de US$ 2 mil.

pesos por dólar, e anunciou uma flexibilização das restrições às pessoas físicas para a compra de dólares para poupar. A medida busca descomprimir a compra de dólares no mercado paralelo, onde a moeda chegou a 13 pesos na semana passada e recuou para 11,70 após o anúncio.

A Argentina enfrenta uma escassez de dólares provocada por uma série de fatores: a falta de confiança no governo e incerteza sobre o rumo da economia; inflação de quase 29% em 2013; superávit comercial de 2013 em nível 27% inferior ao de 2012, baixando para US$ 9 bilhões; ausência

de investimentos externos e dificuldades de financiamento externo em consequência da dívida que entrou em default em 2001 e permanece irregular com o Clube de Paris e com 7% dos fundos credores que não entraram na reestruturação de 2005 e 2010. Os supermercadistas já

Caixa: recorde nos imóveis. Tuca Melgels/Folhapress

Caixa Econômica Federal atingiu, em 2013, R$ 134,9 bilhões em contratações do crédito imobiliário – acima da previsão de R$ 130 bilhões para o ano. A quantidade de financiamentos também superou a média dos anos anteriores: foi superior a 1,9 milhão, ante 1,2 milhão em 2012. O programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) foi o destaque, com 900 mil unidades. Desde o lançamento do programa, foram contratadas 3,24 milhões de unidades – 2,24 milhões delas pelo MCMV 2, cita a Caixa.

A

conomistas de instituições financeiras ouvidos pela pesquisa Focus do Banco Central nesta semana elevaram a perspectiva para a Selic neste ano a 11%, continuam a ver a inflação acima de 6% e reduziram a perspectiva de crescimento para baixo da marca de 2%. Para a reunião de fevereiro do Comitê de Política Monetária (Copom), os economistas passaram a ver uma alta de 0,25 ponto percentual, ante expectativa anterior de manutenção do atual patamar de 10,50% por cento. Outra alta de 0,25 ponto percentual é esperada em dezembro. Para 2015, o Focus aponta expectativa (inalterada ante a semana anterior) de que a Selic encerrará a 11,50%. No Top-5 de médio prazo, com as instituições que mais acertam as proje��ões nesse período, a mediana das expectativas, também sem alterações, é de que o juro básico encerrará 2014 a 11,50%. Por outro lado, os economistas reduziram a previsão de crescimento em 2014 a 1,91%, ante 2,0% anteriormente. Para 2015, a expectativa de expansão caiu em 0,30 ponto percentual, a 2,20%. A projeção sobre a expansão da economia em 2013 foi ajustada a 2,25%, ante 2,28% na pesquisa anterior. Apesar da perspectiva de maior aperto monetário, os economistas consultados no Focus continuam a ver a inflação pressionada acima de 6% neste ano. A mediana das projeções aponta o IPCA a 6,02%, 0,01 ponto percentual a mais que na pesquisa anterior. Assim, a projeção permanece perto do teto da meta oficial do governo, de 4,5% com margem de 2 pontos percentuais para mais ou menos. Em 2015, a perspectiva para o IPCA foi elevada em 0,10 ponto percentual, a 5,70%. Para a inflação nos próximos 12 meses, por sua vez, a perspectiva foi ajustada a 5,99%, ante 5,98%. (Reuters)

E

"Para 2014, a previsão é de que o crédito imobiliário continue crescendo, devendo ficar entre 10% e 20% maior do que no ano passado", destaca o vice-presidente de Habitação da Caixa, José Urbano Duarte. Do total aplicado em 2013, 65% foram destinados à compra de imóveis novos e 35% para imóveis usados. Foram R$ 61,64 bilhões em aplicações com recursos da poupança (SBPE), R$ 41,22 bilhões pelas linhas que utilizam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 20,47 bilhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). As demais fontes soma-

Minha Casa, o destaque. ram R$ 11,57 bilhões. Os financiamentos para aquisição ou construção de

imóveis individuais somaram R$ 79,12 bilhões e os financiamentos para a produção de imóveis atingiram R$ 55,83 bilhões. O financiamento direto vem crescendo significativamente nos últimos anos, saindo de 14% do total do crédito imobiliário do banco, em 2007, para 41% em 2013. A participação da Caixa no mercado financiamento de imóveis ficou em 69% ao final de 2013. Segundo a instituição, a inadimplência dos financiamentos imobiliários manteve-se baixa, com índice de 1,47%, inferior ao 1,54% do fechamento do primeiro semestre. (Estadão Conteúdo)

anunciaram que a alta do dólar repercutirá nos preços dos produtos, incluindo a cesta do congelamento iniciado em 6 de janeiro. As vendas de automóveis, eletroeletrônicos e outros bens importados ou que possuem elevado conteúdo de partes importadas estão paralisadas, à espera do comportamento do câmbio oficial nesta semana. O governo já havia indicado que o nível alcançado na sexta-feira é o adequado para a economia argentina e o Banco Central teve que intervir com a venda de US$ 160 milhões para manter o nível de 8 pesos. Porém, o mercado desconfia da capacidade de fogo das reservas do BC, na casa dos US$ 29 bilhões. Ontem, o peso oficial foi cotado praticamente estável a 8 por dólar, mas no mercado paralelo a moeda perdia cerca de 5% por compra de poupadores desiludidos com a limitada flexibilização. ( Es t adão Conteúdo)

EMPRESA METROPOLITANA DE TRANSPORTES URBANOS DE SÃO PAULO S.A. CNPJ: 58.518.069/0001-91 AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS EMTU/SP Nº 002/2014 OBJETO: Contratação de empresa especializada para a elaboração do Estudo de Impacto Ambiental – EIA e respectivo Relatório de Impacto Ambiental – RIMA do Projeto de Implantação do Sistema Integrado Metropolitano – SIM e do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT – Fase 2 – Trecho Conselheiro Nébias – Valongo, no município de Santos – SP. REALIZAÇÃO DA SESSÃO PÚBLICA: 07.03.2014, às 10h30min, no Auditório do CECOM da EMTU/SP, na Rua Joaquim Casemiro, 290 – Planalto – São Bernardo do Campo / SP. O Edital completo está disponível na Internet, no sítio www.emtu.sp.gov.br. Também poderá ser retirado gratuitamente, no endereço acima, no Departamento de Compras e Contratos – DCC, das 08 às 17 horas, mediante a apresentação da mídia DVD-R (gravável), necessário para cópia do arquivo até 06.03.2014. Os invólucros contendo a proposta técnica, propostas de preços e documentos de habilitação deverão ser entregues no dia 07.03.2014, das 10 às 10h30min, no Auditório do CECOM da EMTU/SP. Outras informações poderão ser obtidas pelos tels.: 11 4341-1196 e 4341-1040 ou e-mail licitacao@emtu.sp.gov.br.

FALÊNCIA, RECUPERAÇÃO EXTRAJUDICIAL E RECUPERAÇÃO JUDICIAL Conforme informação da Distribuição Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, foram ajuizados no dia 27 de janeiro de 2014, na Comarca da Capital, os seguintes pedidos de falência, recuperação extrajudicial e recuperação judicial: Requerente: Banco Safra S/A - Requerido: Spasso Verdi Jardinagem e Paisagismo Ltda. - Rua Doutor José Elias, 286 - Conjunto 61 - 6º Andar - Alto da Lapa - 2ª Vara de Falências Requerente: Pack Food Comércio de Alimentos Ltda. - Requerido: Emparsanco S/A - Rua Gomes de Carvalho, 1.510 - Conjunto 51 - 5º Andar - Vila Olímpia - 2ª Vara de Falências


14 -.ECONOMIA/LEGAIS

DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

O Brasil encerrou 2013 com 271,1 milhões de linhas móveis ante 261,8 milhões em 2012, segundo dados da Anatel.

Vivo perde participação, mas mantém liderança. A queda, em dezembro de 2013, ocorreu mesmo com a criação de 580,92 mil linhas. Tim e Claro cresceram. Eduardo Knapp/Folha Imagem

A

Fusão entre Oi e Portugal Telecom se dará em abril fusão entre o maior grupo de telecomunicações do Brasil, a Oi, e a líder em Portugal, a Portugal Telecom,

A

No quarto trimestre do ano passado o total de linhas celulares no País cresceu em 2,8 milhões, ligeiramente abaixo da adição de 2,9 milhões de linhas ocorrida um ano antes.

A Claro, terceira colocada, viu sua fatia crescer de 25,23% para 25,34% entre novembro e dezembro. Um ano antes, a participação da empresa em dezembro era de 24,92%. Crescimento modesto – O Brasil encerrou 2013 com uma base de linhas de telefonia celular 3,55% maior que o total verificado em 2012, segundo

poderá ser concluída no final de abril, disse Zeinal Bava, presidente-executivo da Oi e da Portugal Telecom. "O foco está em concluir a fusão, o que poderá ocorrer no final de abril, meados do segundo trimestre", adiantou o presidente-executivo.

dados os dados da Anatel. O País encerrou dezembro com uma base de 271,1 milhões de linhas móveis ante 261,8 milhões em 2012, quando o crescimento sobre o ano anterior havia sido de 8%. No quarto trimestre, o total de linhas celulares no País cresceu em 2,8 milhões, ligeiramente abaixo da adição de 2,9 milhões de linhas ocorrida

A Portugal Telecom anunciou no início de outubro uma fusão com a Oi para criar a maior operadora de telecomunicações de língua portuguesa. Era amplamente esperado que a fusão fosse concluída na primeira metade deste

um ano antes. O percentual de linhas prépagas em dezembro foi de 78,05% ante 80,53% em dezembro de 2012, em meio a campanhas das operadoras para limpar sua base de usuários e focar em clientes póspagos, mais rentáveis. O percentual de linhas pós-pagas no período variou de 19,47% para 21,95%. (Reuters)

ano, criando uma operadora com mais de 100 milhões de clientes e quase US$ 19 bilhões de vendas anuais. Como parte da operação, está sendo preparado um aumento de capital em dinheiro de pelo menos 2,3 bilhões de euros(Reuters)

Ericsson informou ontem que assinou um acordo de licenciamento cruzado com a Samsung Electronics, encerrando uma disputa de longa data sobre patentes. A Samsungjá havia fechado outro acordo com o Google no último domingo. A maior fabricante do mundo de equipamento de re d e s m ó v e i s e n t ro u c o m uma ação contra a Samsung no final de 2012 alegando que a empresa sul-coreana havia infringido suas patentes. A Samsung, que fabrica os smartphones da linha Galaxy e está cada vez mais atuante no setor de equipamento de red es, também entrou depois com uma ação contra a Ericsson. A Ericsson disse ontem que o acordo inclui um pagamento inicial e pagamentos de royalties pela Samsung pelo prazo do acordo de licença e que aumentará o fluxo de caixa operacional da Ericsson no início de 2014. A Ericsson disse que o acordo elevará as vendas do quarto trimestre em 4,2 bilhões de

A

coroas suecas (US$ 652) e o lucro líquido em 3,3 bilhões de coroas suecas (US$ 512). Goog le – Também envolvidos frequentemente em ações sobre violações de patentes, Google e a Samsung Electronics anunciaram no domingo que acertaram um acordo global de licenciamento cruzado de patentes. O acordo cobre patentes atualmente detidas pelas empresas, como também qualquer uma registrada nos próximos 10 anos, disseram as companhias em um comunicado. Os detalhes financeiros não foram revelados. As companhias estão no centro da guerra de patentes de smartphones, embora mais como aliadas do que como inimigas. A maior parte das disputas, que já se espalharam por três continentes, tem sido entre a Apple e as diversas empresas envolvidas na fabricação de smartphones baseados no sistema operacional Android do Google, incluindo a Samsung e a subsidiária do Google, a Motorola Mobility. (Reuters) Taba Benedicto/ Futura Press

s operadoras de telefonia celular Vivo e Oi perderam fatia de mercado em dezembro na comparação com novembro no País, enquanto as rivais TIM e Claro registraram avanços no período marcado pelas vendas de Natal. Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Vivo manteve liderança no mercado brasileiro, com uma participação de 28,49% em dezembro, mas a fatia é menor que os 28,71% de novembro e que os 29,08% de dezembro de 2012. Enquanto isso, a Oi apurou fatia de 18,52% no mês passado, ante 18,55% em novembro e 18,81% em dezembro do ano de 2012. As quedas ocorreram apesar do mercado ter registrado adições de 580,92 mil linhas e m d e z e m b ro , s e g u n d o a agência. O volume representa uma sensível queda ante as adições de 1,74 milhões de linhas ocorridas em dezembro de 2012. A TIM, segunda no ranking, fechou dezembro com 27,09% de participação ante 26,99% em novembro e 26,88% no final de 2012.

Google, Samsung e Ericsson ficam de bem.

PORTÕES ABERTOS – A sétima edição da Campus Party

Brasil iniciou ontem. O encontro, que desta vez será mais voltado ao empreendedorismo, teve 8 mil vagas vendidas. Um dos palestrantes será Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden.


DIÁRIO DO COMÉRCIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

ECONOMIA/LEGAIS - 15

A EMPRESA DOMINGUES EDITORAÇÃO LTDA. CNPJ 04.354.412/0001-80, INSCRIÇÃO MUNICIPAL 3.006.351-5, SITUADA NA CIDADE DE SÃO PAULO, NA RUA ENG. CESTARI 189- CEP 03349-000, COMUNICA O EXTRAVIO DE TODAS AS VIAS DAS NOTAS FISCAIS Nº 190;191;193;195 A 200 SÉRIE A.

Auto Posto Rocht III Ltda, torna público que requereu da Cetesb a Licença de Operação para comercio varejista de combustiveis e lubrificantes, sito à Estrada da Agua Chata, 3500 - Ferrão - Guarulhos -SP

Alexandre Massola Tavares, torna público que recebeu da CETESB a Licença Prévia n30002250 e requereu a licença de instalação, para combustíveis e lubrificantes para veiculos; comercio varejista, á Av. Osvaldo Pucci, 40 - Parque do Carmo/SP

PREFEITURA MUNICIPAL DE ALUMÍNIO/SP

C&A Modas Ltda, CNPJ nº 45.242.914/0119-99 e IE nº 442.188.916.114, estabelecida a Av. Governador Mario Covas Junior, 01, Loja 151, Jd. Rosina, Mauá/SP, declara para os devidos fins de direito e conforme Boletim nº 568/2014 registrado em 23.01.14 que extraviou de sua loja o equipamento PDV nº 09 da marca ZPM, nº de fabricação ZP040708186.

Auto Posto Oiti Ltda, torna público que recebeu da Cetesb a Renovação da Licença de Operação N30008863 val. até 24/01/2019, para Comercio Varejista de Combustiveis e Lubrificantes, Sito á Av.Regente Feijó, 1188 - Agua Rasa - São Paulo - SP.

EDITAL N° 01/2014 - PROC. N° 01/2014 Credenciamento de leiloeiros oficiais para realização de leilões para atender as necessidades da Prefeitura Municipal de Alumínio. Tornamos público, para conhecimento dos interessados, a SUSPENSÃO do edital retro mencionado para adequação. Nova data para o credenciamento será publicada posteriormente. Dalila Berger Arantes – Presidente da CPL.

AVISO DE LICITAÇÃO. MODALIDADE: Pregão Presencial 20/2014, PROCESSO: 38/2014, OBJETO RESUMIDO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO DO CARNAVAL 2014, DATA E HORA DA LICITAÇÃO: 10/2/2014 as 9h00, LOCAL DA LICITAÇÃO: Sala de Licitações do Paço Municipal, na Praça Cel. Brasílio Fonseca, 35, Centro, Guararema – SP. O Edital poderá ser lido e obtido na íntegra no Paço Municipal de Guararema, no período das 08h30min às 16h00. Os interessados poderão obter o Edital por e-mail, enviando mensagem eletrônica para o endereço licitacao@guararema.sp.gov.br, informando os dados da empresa, a modalidade e o número da licitação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4693-8016. MARCIO LUIZ ALVINO DE SOUZA, Prefeito Municipal.

HAKKA EVENTOS SA. CNPJ 08.787.215/0001-06 Edital de Convocação HAKKA EVENTOS S.A., estabelecida na Rua São Joaquim, 460 mezanino Liberdade São Paulo/SP convoca todos os acionistas para a AGO, na sede da sociedade no dia 21/02/2014 as 14 hs, para deliberar sobre: 1) prestação de contas aos associados referente ao exercício 2013; 2) Eleição de diretoria triênio 2014/2017; 3)outros assuntos pertinentes à Associação, a serem levantados durante a reunião. Chang Yun Sea - Presidente.

Serpens p Even Empreendimentos p Imobiliários Ltda.

CNPJ nº 08.504.673/0001-90 – NIRE 35.221.090.265 – Ata de Reunião Extraordinária de Sócias Data, Hora e Local: 16/01/2014, às 14:00 horas, na sede da Sociedade. Mesa: Presidente: Dan Suguio; Secretário: Walter Roberto Plaza Junior. Presentes: A totalidade dos Sócios. Ordem do Dia: Deliberar sobre a redução de capital da Sociedade. Deliberações: Reduzir o capital social, conf. Artigo 1.084, §§ 1º e 2º da Lei nº 10.406/02 de R$ 11.066.526,00 para R$ 2.880.367,00, representando uma redução de R$ 8.189.159,00. A redução do capital será efetivada mediante a compensação do prejuízo, no valor de R$ 1.889.159,00 e a devolução do restante do capital em dinheiro no valor total de R$ 6.300.000,00 para a sócia Even Construtora e Incorporadora S.A., titular de quotas representativas de 99,99999%. Sócias: p. Even Construtora e Incorporadora S.A. - Dany Muszkat/Dan Suguio; p. Evenpar Participações Societárias Ltda. - Dan Suguio/Walter Roberto Plaza Junior.

TB Serviços Transporte Limpeza Gerenciamento e Recursos Humanos S/A AVISO DE SUSPENSÃO E REABERTURA DE LICITAÇÃO. Fica SUSPENSA a licitação do dia 27/01/2014 do Pregão Presencial 05/2014, cujo objeto é SRP SERVIÇO DE LOCAÇÃO DE CAMINHÃO BASCULANTE, TRUCADO E TRAÇADO, COM MOTORISTA, PARA UTILIZAÇÃO NO SISTEMA VIÁRIO DO MUNICIPIO DE GUARAREMA - SP. Após reformulação do edital, nos termos do Art. 21, § 4º, da Lei Federal 8.666/1993, A REABERTURA DA LICITAÇÃO SERÁ DATA E HORA DA LICITAÇÃO: 10/02/2014, às 09h00, LOCAL DA LICITAÇÃO: Sala de Licitações do Paço Municipal, na Praça Cel. Brasílio Fonseca, 35, Centro, Guararema – SP. O Edital poderá ser lido e obtido na íntegra no Paço Municipal de Guararema, no período das 08h30min às 16h00. Os interessados poderão obter o Edital por e-mail, enviando mensagem eletrônica para o endereço licitacao@guararema.sp.gov.br, informando os dados da empresa, a modalidade e o número da licitação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4693-8016. MARCIO LUIZ ALVINO DE SOUZA, Prefeito Municipal.

CNPJ/MF nº 60.924.040/0001-51 – NIRE 35.300.444.779 – Certidão da Ata de Assembleia Geral Extraordinária Data, hora e local: 21/10/2013, às 11 hs., na sede social. Convocação e Quórum: Dispensada a convocação, face a presença de acionistas detentores da totalidade das ações representativas do capital social. Mesa: Edna da Silva, Presidente; Lídia Leila da Silva, Secretária. Deliberação da Ordem do Dia: Aprovado por unanimidade de votos, o aumento de capital da Cia. no montante de R$ 58.750.000,00 pela acionista Gedepar Empreendimentos, Serviços e Participações S.A., CNPJ/MF nº 18.710.692/0001-27, passando de R$ 75.095.000,00 para R$ 133.845.000,00, totalmente integralizados neste ato em moeda corrente nacional, passando o caput do art. 5º dos estatutos sociais ser o seguinte: “Art. 5º - O capital social é de R$ 133.845.000,00, dividido em 133.845.000 ações ordinárias e nominativas, sem valor nominal, já totalmente subscrito e integralizado em moeda corrente nacional”. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão, da qual lavrou-se a presente ata, lida, achada conforme e assinada por todos os presentes. (ass.) Mesa: Edna da Silva – Presidente; Lídia Leila da Silva – Secretária. Junta Comercial do Estado de São Paulo. Certifico o registro sob o nº 460.472/13-6 em 03/12/2013. Gisela Simiema Ceschin – Secretária Geral.

Progress Investimentos e Participações Empresariais Ltda.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

FDE AVISA: COMUNICADO A Comissão Julgadora de Licitações comunica que, por motivos administrativos, bem como, um princípio de incêndio no 8º andar, fica fixada nova data de entrega dos envelopes 1 (Proposta Técnica), 2 (Proposta Comercial) e 3 (Documentação), juntamente com a Solicitação de Participação e a Declaração de Pleno Atendimento aos Requisitos de Habilitação, no Setor de Protocolo da Supervisão de Licitações - SLI na SEDE DA FDE, bem como, a abertura dos envelopes 1 (Proposta Técnica), que deverá ser entregue até 30 minutos antes da nova data de abertura para as Tomadas de Preços abaixo discriminadas: TOMADA DE PREÇOS NOVA DATA HORÁRIO DA ABERTURA 46/00835/13/02 30/01/2014 09:30 46/00849/13/02 30/01/2014 10:00 46/00850/13/02 30/01/2014 10:30

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTILHO/SP TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO 103/13 - PREGÃO 61/13 Objeto: Contratação de empresa especializada para elaboração e aplicação de concurso para seleção de pessoal, objetivando o provimento de cargos do quadro efetivo da Administração. Considerando o teor da ata dos trabalhos da sessão pública de julgamento, de 07 de janeiro de 2014, lavrada pelo Sr. Pregoeiro, designada pela Portaria nº 01, de 03/01/2014; e a regularidade do procedimento, hei por bem, com base na Lei Federal nº 10520, de 17 de julho de 2002, Adjudicar o item do objeto licitado à empresa abaixo delineada e Homologar o presente certame, determinando que sejam tomadas as providências ulteriores. Persona Capacitação Assessoria e Consultoria Eireli. Rua Rio Grande do Sul, 2.885 – Bairro Coester. Fernandópolis – SP. CNPJ (MF): 07.708.814/0001-24. Valor: R$ 20.200,00 (Vinte mil e duzentos reais). Castilho – SP, 27 de janeiro de 2014. Joni Marcos Buzachero - Prefeito. A Debitar (28.01.14)

PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE IBIÚNA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITAL DE LICITAÇÃO Nº03/2014 PROCESSO Nº 453/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 03/2014 REGISTRO DE PREÇO EXTRATO DE PUBLICAÇÃO A Prefeitura da Estância Turistica do Município de Ibiúna, estado de São Paulo, através do DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS, por autorização do Senhor Prefeito, nos autos do Processo administrativo de nº453/2014, torna pública que se acha aberta licitação na modalidade de Pregão Presencial de nº 03/2014, do tipo menor global, nos termos do Edital de nº 03/2014 e seus anexos: OBJETO: Registro de Preços visando à aquisição de medicamentos, em conformidade com o estabelecido no anexo 01 – Termo de Referencia deste Edital. DATA/HORA/LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Dia 11/02/2014 as 13hs30min, na Sala de Abertura de Processos Licitatórios, Paço Municipal, sito à Avenida Capitão Manoel de Oliveira Carvalho, nº 51, Centro, na cidade de IbiúnaSP. UNIDADE REQUISITANTE: SECRETARIA DE SAÚDE. A pasta contendo o Edital e os respectivos anexos do pregão poderão ser retirados junto ao DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS desta Prefeitura Municipal, a partir de 30/01/2014 no horário compreendido das 09h00 as 16h00 de Segunda a Sexta- Feira, mediante o pagamento do custo de reprodução no importe de R$ 15,00 (quinze reais). Informações sobre esta licitação poderá ser obtida, pelos telefones (15) 3248.9900 – Ramal 9905 e 9914. Extrato de Publicação, Jornal de grande circulação (Diário do Comercio) – Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e na pagina www.ibiuna.sp.gov.br

PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE IBIÚNA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITAL DE LICITAÇÃO Nº01/2014 PROCESSO Nº11138/2013 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2014 TIPO MENOR PREÇO GLOBAL EXTRATO DE PUBLICAÇÃO A Prefeitura da Estância Turistica do Município de Ibiúna, estado de São Paulo, através do DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS, por autorização do Senhor Prefeito, nos autos do Processo administrativo de nº 11138/2013, torna pública que se acha aberta licitação na modalidade de Pregão Presencial de nº 01/2014, do tipo menor global, nos termos do Edital de nº 01/2014 e seus anexos: OBJETO: Fornecimento de geomembrana de pead (polietileno de alta densidade), visando à impermeabilização da base da 3ª fase do aterro sanitário municipal da Estância Turística de Ibiúna em conformidade com o estabelecido no anexo 01 – Termo de Referencia deste Edital. DATA/HORA/LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Dia 11/02/2014 as 09hs30min, na Sala de Abertura de Processos Licitatórios, Paço Municipal, sito à Avenida Capitão Manoel de Oliveira Carvalho, nº 51, Centro, na cidade de Ibiúna-SP. UNIDADE REQUISITANTE: SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE. A pasta contendo o Edital e os respectivos anexos do pregão poderão ser retirados junto ao DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS desta Prefeitura Municipal, a partir de 30/01/2014 no horário compreendido das 09h00 as 16h00 de Segunda a Sexta- Feira, mediante o pagamento do custo de reprodução no importe de R$ 15,00 (quinze reais). Informações sobre esta licitação poderá ser obtida, pelos telefones (15) 3248.9900 – Ramal 9905 e 9914. Extrato de Publicação, Jornal de grande circulação (Diário do Comercio) – Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e na pagina www.ibiuna.sp.gov.br

PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE IBIÚNA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS EDITAL DE LICITAÇÃO Nº04/2014 PROCESSO Nº 577/2014 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 04/2014 REGISTRO DE PREÇOS EXTRATO DE PUBLICAÇÃO A Prefeitura da Estância Turistica do Município de Ibiúna, estado de São Paulo, através do DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS, por autorização do Senhor Prefeito, nos autos do Processo administrativo de nº577/2014, torna pública que se acha aberta licitação na modalidade de Pregão Presencial de nº 04/2014, do tipo menor global, nos termos do Edital de nº 04/2014 e seus anexos: OBJETO: Registro de Preços visando à possível aquisição de material de enfermagem e insumos, em conformidade com o estabelecido no anexo 01 – Termo de Referencia deste Edital. DATA/HORA/LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Dia 12/02/2014 as 09hs30min, na Sala de Abertura de Processos Licitatórios, Paço Municipal, sito à Avenida Capitão Manoel de Oliveira Carvalho, nº 51, Centro, na cidade de Ibiúna-SP. UNIDADE REQUISITANTE: SECRETARIA DE SAÚDE. A pasta contendo o Edital e os respectivos anexos do pregão poderão ser retirados junto ao DEPARTAMETO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ADMINISTRATIVOS desta Prefeitura Municipal, a partir de 30/01/2014 no horário compreendido das 09h00 as 16h00 de Segunda a Sexta- Feira, mediante o pagamento do custo de reprodução no importe de R$ 15,00 (quinze reais). Informações sobre esta licitação poderá ser obtida, pelos telefones (15) 3248.9900 – Ramal 9905 e 9914. Extrato de Publicação, Jornal de grande circulação (Diário do Comercio) – Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e na pagina www.ibiuna.sp.gov.br

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAPÃO BONITO-SP EXTRATO DE TERMOS ADITIVO CONTRATO PRODESP N.º PD09192 – T.04. DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 45/2009. Contratada(s): COMPANHIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DE SÃO PAULO - PRODESP. Valor aditado: R$ 58.620,00 (cinquenta e oito mil seiscentos e vinte reais). Período renovado: 12 (doze meses), a contar da assinatura. Data de assinatura: 21/10/2013. ABERTURA DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2014 – Contratação de empresa para Construção da Casa do Adolescente, para a Secretaria Municipal de Planejamento, deste Município, conforme especificações constantes dos Anexos pertencentes ao presente instrumento convocatório. O encerramento (protocolização dos envelopes nº 01 e 02) dar-se-á na data de 18 de fevereiro de 2014, até às 09:00 horas. Edital e melhores informações mediante o recolhimento da taxa de R$ 10,00 (dez reais) através de guia de arrecadação, no Setor de Licitações, situado a Paço Municipal localizado à Rua Nove de Julho, nº690, Centro, ou pelo Tel: (15) 3543-9900 – ramal 9936, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 11:00hs e das 13:00 às 16:00hs ou através do e-mail: editalcapaobonito@gmail.com . Capão Bonito-SP, 23 de Janeiro de 2014. TOMADA DE PREÇOS Nº 02/2014 – Contratação de empresa para a Revitalização do Linhão da Vila Aparecida, para a Secretaria Municipal de Obras, deste Município, conforme especificações constantes dos Anexos pertencentes ao presente instrumento convocatório. O encerramento (protocolização dos envelopes nº 01 e 02) dar-se-á na data de 18 de fevereiro de 2014, até às 14:00 horas. Edital e melhores informações mediante o recolhimento da taxa de R$ 10,00 (dez reais) através de guia de arrecadação, no Setor de Licitações, situado a Paço Municipal localizado à Rua Nove de Julho, nº690, Centro, ou pelo Tel: (15) 3543-9900 – ramal 9936, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 11:00hs e das 13:00 às 16:00hs ou através do e-mail: editalcapaobonito@gmail.com . Capão Bonito-SP, 23 de Janeiro de 2014. PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2014 – Aquisição de 01 (um) caminhão basculante, fabricação/ modelo 2013, potência a partir de 270 cv, direção hidráulica, equipado com caçamba de 12 m3, cor branco, para a Secretaria Municipal de Planejamento, deste Município, conforme especificação constante do anexo I – Termo de Referência, do presente instrumento convocatório. O encerramento (credenciamento e entrega dos envelopes) dar-se-á na data de 10 de fevereiro de 2014, às 09:00 horas. Edital e melhores informações mediante o recolhimento da taxa de R$ 10,00 (dez reais) através de guia de arrecadação, no Setor de Licitações, situado a Paço Municipal localizado à Rua Nove de Julho, nº690, Centro, ou pelo Tel: (15) 3543-9900 – ramal 9936, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 11:00hs e das 13:00 às 16:00hs ou através do e-mail: editalcapaobonito@gmail.com. Capão Bonito-SP, 23 de Janeiro de 2014.

Lyra Even Empreendimentos Imobiliários Ltda.

CNPJ/MF nº 08.720.169/0001-28 – NIRE 35.221.260.861 – Ata de Reunião Extraordinária de Sócias Data, Hora e Local: 16/01/2014, às 13:00 horas, na sede da Sociedade. Mesa: Presidente: Dan Suguio; Secretário: Walter Roberto Plaza Junior. Presentes: A totalidade dos Sócios. Ordem do Dia: Deliberar sobre a redução de capital da Sociedade. Deliberações: Reduzir o capital social, conf. Artigo 1.084, §§ 1º e 2º da Lei nº 10.406/02 de R$ 33.978.350,00 para R$ 19.767.034,00, representando uma redução de R$ 14.211.316,00. A redução do capital será efetivada mediante a compensação do prejuízo, no valor de R$ 2.911.316,00 e a devolução do restante do capital em dinheiro no valor total de R$ 11.300.000,00 para a sócia Even Construtora e Incorporadora S.A., titular de quotas representativas de 99,99999%. Sócias: p. Even Construtora e Incorporadora S.A. - Dany Muszkat/Dan Suguio; p. Evenpar Participações Societárias Ltda. - Dan Suguio/Walter Roberto Plaza Junior.

CNPJ/MF 07.768.110/0001-47 - NIRE 35.220.336.741 - Ata da Reunião de Sócios Realizada em 4 de Dezembro de 2013 Aos 4 dias do mês de dezembro de 2013, às 10 horas, em sua sede social, na Avenida Nove de Julho nº 529, 2º andar, sala 8, Centro, Poá, São Paulo, realizou-se Reunião da totalidade dos sócios da “Progress Investimentos e Participações Empresariais Ltda.”, conforme assinaturas abaixo, tendo como ordem do dia a redução de 2.490.000 (dois milhões, quatrocentas e noventa mil) quotas do capital social atual da empresa, correspondendo a R$2.490.000 (dois milhões, quatrocentos e noventa mil reais), com base no inciso II do Artigo 1.082 do Código Civil, na forma a seguir: 1 - O sócio Sérgio Antonio Sannicola, detentor de 2.499.750 (dois milhões, quatrocentas e noventa e nove mil, setecentas e cinquenta) quotas, tem suas quotas reduzidas para 9.999 (nove mil, novecentas e noventa e nove) quotas sociais; e a sócia Roberta Sannicola, detentora de 250 (duzentas e cinquenta) quotas, tem suas quotas reduzidas para 1 (uma) quota social; 2 - A parcela reduzida do capital social foi restituída pela sociedade aos sócios, proporcionalmente à participação societária de cada um. 3 - Os sócios dão a mais ampla e geral quitação de seus direitos, referentes à restituição da parcela reduzida do capital social, nada mais tendo a reclamar em tempo algum da sociedade, em decorrência da noticiada redução de capital. 4 - Com a redução das 2.490.000 (dois milhões, quatrocentas e noventa mil) quotas sociais, no valor de R$1,00 (um real) cada uma, o Capital Social da empresa passa de R$2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais) para R$10.000,00 (dez mil reais), correspondendo a 10.000 (dez mil) quotas sociais, totalmente integralizadas, no valor de R$1,00 (um real) cada uma, e assim distribuídas em 9.999 (nove mil, novecentas e noventa e nove) quotas para o sócio Sérgio Antonio Sannicola e 1 (uma) quota para a sócia Roberta Sannicola. 5 - Para a efetivação da redução do capital social, na forma deliberada na presente, os sócios ficam autorizados a assinar os documentos contratuais pertinentes, levando-os aos registros necessários perante os órgãos responsáveis. Nada mais havendo a tratar, foi lavrada a presente ata, lida e achada conforme assinada. Poá, 4 de dezembro de 2013. Sergio Antonio Sannicola - Roberta Sannicola.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ANDRADINA Extrato de Supressão Contratual. Processo Nº 121/13 – Pregão Nº 63/13. Objeto: aquisição de equipamentos de informática, condicionadores de ar, mobiliário e materiais esportivos, destinados à Praça dos Esportes e da Cultura, nos termos do Termo de Compromisso 0363532-90/2011, celebrado com a União Federal, por intermédio do Ministério da Cultura, representada pela Caixa Econômica Federal. CONTRATANTE: Prefeitura do Município de Andradina. Contratado: J.V. GOLGHETO MOVEIS LTDA. Fica ajustado entre as partes que o contrato em vigor será suprimido no valor de R$ 1.935,25 (Um mil, novecentos e trinta e cinco reais e vinte e cinco centavos). As demais cláusulas e condições dos contratos supra permanecem inalteradas. Data: 27 de janeiro de 2014. Jamil Akio Ono – Prefeito.

AVISO DE LICITAÇÃO. MODALIDADE: Pregão Presencial 120/2013, PROCESSO: 1006/2013, OBJETO RESUMIDO: SRP INSUMOS PARA CONTROLE DO DIABETES DE INSULINODEPENDENTES, DATA E HORA DA LICITAÇÃO: 12/02/2014 às 09:00h. LOCAL DA LICITAÇÃO: Sala de Licitações do Paço Municipal, na Praça Cel. Brasílio Fonseca, 35, Centro, Guararema – SP. O Edital poderá ser lido e obtido na íntegra no Paço Municipal, no período das 08h30min às 16h00. Os interessados poderão obter o Edital por e-mail, enviando mensagem eletrônica para o endereço licitacao@guararema.sp.gov.br, informando os dados da empresa, a modalidade e o número da licitação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4693-8016. MARCIO LUIZ ALVINO DE SOUZA, Prefeito Municipal.

AVISO DE LICITAÇÃO. MODALIDADE: Pregão Presencial 119/2013, PROCESSO: 1000/2013, OBJETO RESUMIDO: SRP PARA LOCAÇÃO DE ESTRUTURAS PARA FESTAS E EVENTOS, DATA E HORA DA LICITAÇÃO: 11/02/2014 às 09:00h. LOCAL DA LICITAÇÃO: Sala de Licitações do Paço Municipal, na Praça Cel. Brasílio Fonseca, 35, Centro, Guararema – SP. O Edital poderá ser lido e obtido na íntegra no Paço Municipal, no período das 08h30min às 16h00. Os interessados poderão obter o Edital por e-mail, enviando mensagem eletrônica para o endereço licitacao@guararema.sp.gov.br, informando os dados da empresa, a modalidade e o número da licitação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4693-8016. MARCIO LUIZ ALVINO DE SOUZA, Prefeito Municipal.

Paulista Companhia Securitizadora de Créditos Financeiros CNPJ 10.608.361/0001-79 - NIRE 35300364686 - Extrato da Ata da AGE Realizada em 5 de Dezembro de 2013 Local/hora: sede soc., Av. Brig. F. Lima, 1.355, 2º and., SP, às 10h. Convocação/quórum: publicação de editais dispensada, conforme faculta o Art. 124, § 4º, Lei 6.404/76, em razão do comparecimento dos acionistas representando a totalidade do Capital Social. Mesa: Alvaro Augusto Vidigal - Presidente, Homero Amaral Júnior - Secretário. Cons. Fiscal: Não instalado no período. Ordem do dia - AGE: i) eleição dos Srs.: Alvaro Augusto Vidigal, bras., separado consensualm., adm. de empr., RG 3.605.386 SSP/SP, CPF 039.214.338-00; Homero Amaral Júnior, bras., separado consensualm., adm. de empr., RG 3.391.786-3 SSP/SP, CPF 027.246.188-15; Gerson Luiz Mendes de Brito, bras., separado judicialm., contabil., RG 5.720.162-6 SSP/SP, CPF/MF 037.453.768-20 e Marcelo Pereira Cardoso, bras., cas., adm. de empr., RG 20.042.322-8 SSP/SP, CPF 135.677.078-92, todos com domicílio nesta Capital na Av. Brig. F. Lima, 1.355, 2º and., para Diretor, s/ designação especial, com mandato até a posse da diretoria eleita p/ AGO/14; ii) outros assuntos de interesse da sociedade. Deliberações: por unanimidade de votos, respeitados os impedimentos de lei, foi aprovada: i) eleição dos Srs. Alvaro Augusto Vidigal; Homero Amaral Junior, Gerson Luiz Mendes de Brito e Marcelo Pereira Cardoso, para DIRETOR, com mandato até a data da posse da diretoria eleita p/ AGO/14; ii) Outros assuntos: não houve. Encerramento: Nada mais a tratar, o Sr. Presidente deu por encerrados os trabalhos, suspendendo antes a sessão, para que se lavrasse a presente ata que, depois de lida e aprovada foi assinada pelos acionistas presentes: Alvaro Augusto Vidigal, Homero Amaral Júnior, Alvaro Augusto de Freitas Vidigal, por mim secretário e pelo Presidente. Alvaro Augusto Vidigal - Presidente e Homero Amaral Júnior - Secretário. JUCESP nº 27.223/14-0 em 16/1/14 - Gisela Simiema Ceschin - Secretária-Geral.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ANDRADINA Extrato de Supressão Contratual. Processo nº 108/13 – Pregão nº 54/13. Objeto: aquisição de mobiliários destinados ao cine teatro, biblioteca, telecentro e oficinas da Praça dos Esportes e da Cultura, contrato de repasse 036353290/2011 – Ministério da Cultura. CONTRATANTE: Prefeitura do Município de Andradina. Contratado: J.V. GOLGHETO MOVEIS LTDA. Fica ajustado entre as partes que o contrato em vigor será suprimido no valor de R$ 560,04 (Quinhentos e sessenta reais e quatro centavos). As demais cláusulas e condições dos contratos supra permanecem inalteradas. Data: 27 de janeiro de 2014. Jamil Akio Ono – Prefeito.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ANDRADINA TERMO DE RERRATIFICAÇÃO - Processo nº 03/14 – Chamada Pública nº 01/14. OBJETO: Credenciamento de fornecedores para aquisição de gêneros alimentícios da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural, para atendimento ao Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE. VENCIMENTO: Torna público, para conhecimento de todos os interessados, a alteração do item 2.1 do edital referente aos itens de 01 a 33 da planilha de quantidades e a substituição integral do Anexo IV – Cronograma de entrega; e, em consequência, fica fixada a data de 12 de fevereiro de 2014, às 10 horas, para realização da sessão de recebimento e julgamento. As demais cláusulas e condições permanecem inalteradas. Andradina, 27 de janeiro de 2014. Jamil Akio Ono – Prefeito.

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2014 PROCESSO N° 0010/2014 OBJETO: “Registro de Preços” para contratações futuras na aquisição de produtos químicos destinados ao tratamento de esgoto na ETE/Monjolinho, conforme edital. O Edital na íntegra poderá ser obtido nos sites www.bb.com.br e www.saaesaocarlos.com.br - opção licitações. Abertura das propostas às 09h00min do dia 10/02/2014 e o início da sessão de disputa às 15h00min do dia 10/02/2014 (horário de Brasília). Paula Valéria Marcatti - Pregoeira São Carlos, 27 de janeiro de 2014 Gerência de Finanças e Suprimentos.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ANDRADINA

Extrato de Homologação. Processo nº 005/14 – Pregão nº 04/14. Objeto: Contratação de empresa qualificada para execução de serviço de transporte escolar, conforme especificação e condições constantes do Anexo I – Termo de Referência parte integrante deste Pregão. Considerando a regularidade do procedimento, hei por bem, com base na lei federal nº 10520, de 17 de julho de 2002, Homologar, os itens do objeto licitado, às empresas: ADRELINO XAVIER BERCHOL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS – ME (Itens: 01, 04, 05, 06 e 09), CSS TRANSPORTES E LOCAÇÕES EIRELLI (Item: 07), FILOMENA NOVAES ANDRADINA – ME (Itens: 02 e 03) e VITUR LOCADORA DE VEÍCULOS E TRANSPORTES LTDA. – ME (Itens: 08). Andradina, 27 de janeiro de 2014. Jamil Akio Ono – Prefeito. Farmarin Indústria e Comércio Ltda. - CNPJ/MF nº 58.635.830/0001-75 - NIRE:35.207.894.174 Extrato da Deliberação dos Sócios Quotistas Pelo presente instrumento: Farmacêutica Andina Participações Ltda., sede em Guarulhos/SP, CNPJ/MF 14.669.509/000136, JUCESP NIRE 35.226.084.182 p/Gonzalo Alvarez-Calderón Sattui, RNE V841275-Z DELEMIG/SR/SP e CPF 235.583.19800; e Medifarma S.A., sede em Lima/Perú, CNPJ 97.550.438/0001-85, p/Marcos André Vinhas Catão, OAB/SP 244.865-A e CPF/MF 898.326.477-20; resolvem: 1. Aprovar, o Protocolo e Justificação de Incorporação de 25.09.2013, no qual constam todas as condições da incorporação da Farmacêutica Andina Participações Ltda. (Incorporada), pela Farmarin Indústria e Comércio Ltda.(Incorporadora);2.RatificaranomeaçãodaFabrine&MaranhãoConsultoriaEmpresarialLtda.(FM/Consulting), sede no RJ/RJ, CNPJ/MF 09.104.386/0001-56 e CRC/RJ 004381/O-2, representada por Francisco José Coelho Maranhão, CRC/RJ 075927/O-3;3.Aprovar,o“LaudodeavaliaçãocontábilparadeterminaroacervolíquidodaIncorporada;4.Aprovar,aincorporação, com a absorção do acervo líquido da Incorporada pela Incorporadora, avaliado em R$ 43.063.606,48, bem como com a sucessão em todos os seus direitos e obrigações,resultando na extinção Incorporada;5. Retira-se da Sociedade,Farmacêutica Andina Participações Ltda., e ingressa o Sócio Francisco Javier Picasso Candamo, p/ Gonzalo Alvarez-Calderón Sattui; 6. A sociedade Incorporadora tem o seu capital social aumentado de R$ 19.880.000,00 para R$ 62.943.606,48, dividido em 62.943.606 quotas, com valor nominal de R$ 1,00 cada; 7. Excluir o §2º da cláusula 4ª; 8. Alterar a Cláusula 4ª do contrato; 9. Modificar o objeto social da Sociedade; 10. Modificar a redação da cláusula 17ª.SP,25.09.13.Medifarma S.A. p.p. MarcosAndré Vinhas Catão; Farmacêutica Andina Ltda. e Francisco Javier Picasso Candamo - ambos por Gonzalo Alvarez-Calderón Sattui.Adv.: Lutfe Mohamed Yunes - OAB/SP 178.204. JUCESP 394.469/13-6 em 10.10.13. Gisela Simiema Ceschin - Sec. Geral. Metrics Sistemas de Informação e Serviços Ltda.

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO EDITAL N° 2.05.2014 - PROCESSO N° 6357/2011 OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de desassoreamento da calha do Córrego Monjolinho, nas proximidades do Parque Ecológico de São Carlos. MODALIDADE: Tomada de Preços pelo Regime de Preço Global e Tipo Menor Preço. ENCERRAMENTO: 13/02/2014 às 14:30hs. O Edital poderá ser examinado através do site www.saaesaocarlos.com.br - opção licitações, ou adquirido junto à GFS, Av. Getúlio Vargas, 1500 - Bairro Jardim São Paulo - São Carlos - SP, mediante o recolhimento de emolumentos no valor de R$50,00, no Banco ITAÚ - Agência instalada na sede da licitante no horário das 11:00 às 16:00 horas, cuja guia deverá ser retirada antecipadamente no Setor de Tesouraria do SAAE. Informações pelo telefone: (16) 3373-6448. São Carlos, 27 de janeiro de 2014 Comissão de Licitações

Folhamatic Tecnologia em Sistemas S.A. CNPJ/MF nº 64.555.626/0001-47 – NIRE 35.300.392.311 Ata de Reunião do Conselho de Administração realizada em 18 de novembro de 2013 Local, Data e Hora: na sede social da Cia., na Rod. Luiz de Queiroz (SP 304), Km 127,5, Bairro Nova Americana, no dia 18/11/2013, às 10 hs.. Convocação e Presença: Dispensadas as formalidades de convocação, haja vista a presença da totalidade dos membros integrantes do Conselho de Administração, conforme previsão estatutária. Mesa: Presidente: Jorge Carlos Pena Santos Carneiro; Secretário: Jair Steola Ferreira. Ordem do Dia: (i) retificar os números da Cédula de Identidade RG e do CPF/MF do Sr. Emerson Candido Vessoni de Oliveira, Diretor de Tecnologia da Cia., nomeado pelos Conselheiros da Cia. por meio da Ata da RCA da Cia., datada de 15/02/2013, registrada na JUCESP em 16/05/2013, sob nº 183.737/13-1; (ii) destituir o Sr. Moises Freire Santiago do cargo de Diretor de Recursos Humanos da Cia., e (iii) eleição de Diretor de Marketing da Cia.. Deliberações: por unanimidade de votos e sem ressalvas, os Conselheiros decidem (i) retificar os dados pessoais do Sr. Emerson Candido Vessoni de Oliveira, Diretor de Tecnologia da Cia., nomeado pelos Conselheiros da Cia. por meio da Ata da RCA da Cia., datada de 15/02/2013, registrada na JUCESP em 16/05/2013, sob nº 183.737/13-1, a fim de constar os números da Cédula de Identidade RG e do CPF/MF na sua qualificação conforme segue: portador do RG nº 21205088 SSP/SP e do CPF/MF nº 115.194.238-37; (ii) destituir o Sr. Moises Freire Santiago do cargo de Diretor de Recursos Humanos da Cia., conforme carta de renúncia datada e recebida na presente data; e (iii) eleger como Diretora de Marketing da Cia., com mandato até a Assembleia Geral Ordinária que aprovar as demonstrações financeiras da Cia. referentes ao exercício de 2013, a Sra. Adriana Wailemann Maia, portadora do RG nº 24106070-9 SSP/ SP e do CPF/MF nº 173.345.798-44. A Diretora ora eleita está autorizada a assinar o respectivo Termo de Posse, no Livro de Atas de Reunião da Diretoria e, presente à reunião, declara, sob as penas da lei, que não está impedida de exercer a administração da Sociedade, por lei especial, ou em virtude de condenação criminal, ou por se encontrar sob os efeitos dela, a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos; ou por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência, contra as relações de consumo, fé publica, ou a propriedade. Encerramento: Nada mais havendo a ser tratado, o Sr. Presidente deu por encerrada a Reunião, da qual lavrou-se a presente ata que, lida e achada conforme, foi por todos assinada. São Paulo, 18/11/2013. (ass.) Mesa: Jorge Carlos Pena Santos Carneiro – Presidente; Jair Steola Ferreira – Secretário. Membros do Conselho de Administração: Jorge Carlos Pena Santos Carneiro, Michael Robinson e Samuel Carvalho Gaudêncio. JUCESP nº 31.973/14-0 em 21/01/2014. Gisela Simiema Ceschin – Secretária Geral.

EFI Brazil Ltda.

CNPJ/MF nº 02.429.882/0001-30 - NIRE 35.218.649.893 Extrato da 11ª Alteração do Contrato Social Electronics For Imaging, Inc., sociedade devidamente constituída e existente de acordo com as leis dos Estados Unidos da América, com sede em 303 Velocity Way, Foster City, CA, 94404, Estados Unidos da América, CNPJ/MF nº 05.708.351/000175, neste ato representada por seu bastante procurador, Sr. Jobelino Vitoriano Locateli, RG nº 2.489.268-3 e CPF/MF nº 035.964.518-68; e Electronics For Imaging B.V., sociedade devidamente constituída e existente de acordo com as leis da Holanda, com sede em 201-207 Boeing Avenue, nº 1119 PD, Schipjol-Rijk, Holanda, CNPJ/MF nº 05.708.350/0001-20, neste ato representada por seu bastante procurador, Jobelino Vitoriano Locateli, acima qualificado; Únicas sócias representando a totalidade do capital social da sociedade empresária limitada denominada EFI Brazil Ltda., sociedade empresária limitada, com sede na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º andar, conjunto 142, Bairro da Bela Vista, CEP 01333-010, São Paulo - SP, CNPJ/MF nº 02.429.882/0001-30, com seus atos constitutivos devidamente arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.218.649.893 (“Sociedade”). Têm entre si justo e acordado, por unanimidade e sem reservas, alterar pela décima primeira vez o Contrato Social da Sociedade, mediante as seguintes cláusulas e condições: 1. Aprovação do Protocolo de Incorporação e Justificativa 1.1. Decidem as sócias aprovar, integralmente, o Protocolo de Incorporação e Justificativa da Sociedade (“Protocolo”), que consta desta alteração como “Anexo A”, pela Metrics Sistemas de Informação, Serviços e Comércio Ltda., com sede em São Paulo - SP, na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º e 15º andares, conjuntos 141 e 152, Bela Vista, CEP 01333-010, CNPJ nº 02.625.378/0001-06, com seus atos constitutivos registrados perante a JUCESP sob NIRE 35.216.666.651, em sessão de 12/12/2000 (“Incorporadora”). 2. Ratificação da empresa Responsável pela Avaliação 2.1 Decidem as sócias também ratificar a nomeação da Masterqualy Auditoria e Consultoria Contábil Ltda., sociedade estabelecida em São Paulo–SP, na Rua Oliveira Alves, 282, Ipiranga, 04210-060, CNPJ/MF nº 07.474.647/000102, registrada originalmente no CRC/SP sob o nº 2SP023776, como a empresa responsável pela avaliação do patrimônio líquido das Incorporadas, bem como pela elaboração do respectivo laudo de avaliação do patrimônio líquido (“Laudo de Avaliação”), o qual consta do presente como “Anexo B”. 3. Aprovação do Laudo de Avaliação 3.1 As sócias aprovam o Laudo de Avaliação, datado de 30 de dezembro de 2013, para fins de sua incorporação pela Incorporadora, elaborado pela empresa contábil indicada no item 2 acima, que apurou, com base no balanço patrimonial da Sociedade, levantado em 30 de novembro de 2013, um patrimônio líquido no valor de R$ 22.984.732,97. 4. Aprovação da Incorporação 4.1 As sócias aprovam, ainda, a incorporação da Sociedade pela Incorporadora, autorizando o administrador da Sociedade a realizar todos e quaisquer atos, bem como a firmar todos e quaisquer documentos e instrumentos, inclusive procurações, necessários á incorporação, para todos os efeitos legais, sendo certo que a Incorporadora assume, de acordo com a lei, todo o ativo e passivo da incorporada. 5. Lançamentos Contábeis 5.1 As sócias registram que os lançamentos contábeis decorrentes da operação efetivada, inclusive aqueles correspondentes às variações patrimoniais ocorridas entre a data do levantamento do balanço patrimonial acima referido e a data da assinatura do presente instrumento, serão realizados pela Incorporadora. 6. Responsabilidade 6.1 Fica determinado que a Incorporadora será responsável por todos os direitos e obrigações, inclusive de liquidação, da Sociedade, bem como aquelas em curso, sem qualquer solução de continuidade ou interrupção. 7. Extinção 7.1 Em consequência da aprovação da incorporação e demais deliberações efetuadas por meio da presente alteração contratual fica a Sociedade EXTINTA de pleno direito, sendo sucedida pela Incorporadora para todos os fins de direito. São Paulo, 31/12/13. JUCESP nº 27.189/14-4 em 16/01/14. Gisela S. Ceschin-Secr. Geral.

CNPJ/MF nº 04.753.815/0001-00 - NIRE 35.217.191.397 Extrato da 15ª Alteração do Contrato Social EFI Brazil Ltda., sociedade empresária limitada, com sede na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º andar, conjunto 142, Bairro da Bela Vista, CEP 01333-010, São Paulo - SP, CNPJ/MF nº 02.429.882/0001-30, com seus atos constitutivos devidamente arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.218.649.893, neste ato devidamente representada por seu administrador, Sr. Jobelino Vitoriano Locateli, RG nº 2.489.268-3 e CPF/MF nº 035.964.518-68; e Electronics For Imaging B.V., sociedade devidamente constituída e existente de acordo com as leis da Holanda, com sede em 201-207 Boeing Avenue, nº 1119 PD, Schipjol-Rijk, Holanda, CNPJ/MF nº 05.708.350/0001-20, neste ato representada por sua bastante procuradora, Sildenísia Ferraz de Lima, RG nº 27.450.566-6 e CPF/MF sob nº 127.044.478-61; Únicas sócias representando a totalidade do capital social da sociedade empresária limitada denominada Metrics Sistemas de Informação e Serviços Ltda., com sede em Santo André - SP, na Rua Suíça, nº 991, sala 13, Pq. Das Nações, CEP 09210-000, CNPJ/MF nº 04.753.815/0001-00, com seus atos constitutivos arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.217.191.397, em sessão de 05/11/2001 (“Sociedade”). Têm entre si justo e acordado, por unanimidade e sem reservas, alterar pela décima quinta vez o Contrato Social da Sociedade, mediante as seguintes cláusulas e condições: 1. Aprovação do Protocolo de Incorporação e Justificativa 1.1. Decidem as sócias aprovar, integralmente, o Protocolo de Incorporação e Justificativa da Sociedade (“Protocolo”), que consta desta alteração como “Anexo A”, pela Metrics Sistemas de Informação, Serviços e Comércio Ltda., com sede em São Paulo - SP, na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º e 15º andares, conjuntos 141 e 152, Bela Vista, CEP 01333-010, CNPJ nº 02.625.378/0001-06, com seus atos constitutivos registrados perante a JUCESP sob NIRE 35.216.666.651, em sessão de 12/12/2000 (“Incorporadora”). 2. Ratificação da empresa Responsável pela Avaliação 2.1 Decidem as sócias também ratificar a nomeação da Masterqualy Auditoria e Consultoria Contábil Ltda., sociedade estabelecida em São Paulo–SP, na Rua Oliveira Alves, 282, Ipiranga, 04210-060, CNPJ/MF nº 07.474.647/0001-02, registrada originalmente no CRC/SP sob o nº 2SP023776, como a empresa responsável pela avaliação do patrimônio líquido das Incorporadas, bem como pela elaboração do respectivo laudo de avaliação do patrimônio líquido (“Laudo de Avaliação”), o qual consta do presente como “Anexo B”. 3. Aprovação do Laudo de Avaliação 3.1 As sócias aprovam o Laudo de Avaliação, datado de 30 de dezembro de 2013, para fins de sua incorporação pela Incorporadora, elaborado pela empresa contábil indicada no item 2 acima, que apurou, com base no balanço patrimonial da Sociedade, levantado em 30 de novembro de 2013, um patrimônio líquido no valor de R$ 393.540,85. 4. Aprovação da Incorporação 4.1 As sócias aprovam, ainda, a incorporação da Sociedade pela Incorporadora, autorizando o administrador da Sociedade a realizar todos e quaisquer atos, bem como a firmar todos e quaisquer documentos e instrumentos, inclusive procurações, necessários á incorporação, para todos os efeitos legais, sendo certo que a Incorporadora assume, de acordo com a lei, todo o ativo e passivo da incorporada. 5. Lançamentos Contábeis 5.1 As sócias registram que os lançamentos contábeis decorrentes da operação efetivada, inclusive aqueles correspondentes às variações patrimoniais ocorridas entre a data do levantamento do balanço patrimonial acima referido e a data da assinatura do presente instrumento, serão realizados pela Incorporadora. 6. Responsabilidade 6.1 Fica determinado que a Incorporadora será responsável por todos os direitos e obrigações, inclusive de liquidação, da Sociedade, bem como aquelas em curso, sem qualquer solução de continuidade ou interrupção. 7. Extinção 7.1 Em consequência da aprovação da incorporação e demais deliberações efetuadas por meio da presente alteração contratual fica a Sociedade EXTINTA de pleno direito, sendo sucedida pela Incorporadora para todos os fins de direito. São Paulo, 31/12/13. JUCESP nº 27.190/14-6 em 16/01/14. Gisela S. Ceschin-Secr. Geral.

Metrics Sistemas de Informação, Serviços e Comércio Ltda. CNPJ/MF nº 02.625.378/0001-06 - NIRE 35.216.666.651 Extrato da 11ª Alteração do Contrato Social EFI Brazil Ltda., sociedade empresária limitada, com sede na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º andar, conjunto 142, Bairro da Bela Vista, CEP 01333-010, São Paulo - SP, CNPJ/MF nº 02.429.882/0001-30, com seus atos constitutivos devidamente arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.218.649.893, neste ato devidamente representada por seu administrador, Sr. Jobelino Vitoriano Locateli, RG nº 2.489.268-3 e CPF/MF nº 035.964.518-68; e Electronics For Imaging B.V., sociedade devidamente constituída e existente de acordo com as leis da Holanda, com sede em 201-207 Boeing Avenue, nº 1119 PD, Schipjol-Rijk, Holanda, CNPJ/MF nº 05.708.350/0001-20, neste ato representada por sua bastante procuradora, Sildenísia Ferraz de Lima, RG nº 27.450.566-6 e CPF/MF sob nº 127.044.47861; Únicas sócias representando a totalidade do capital social da sociedade empresária limitada denominada Metrics Sistemas de Informação, Serviços e Comércio Ltda., com sede em São Paulo - SP, na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º e 15º andares, conjuntos 141 e 152, Bela Vista, CEP 01333-010, CNPJ nº 02.625.378/0001-06, com seus atos constitutivos registrados perante a JUCESP sob NIRE 35.216.666.651, em sessão de 12/12/2000, (“Sociedade”) e, ainda, na qualidade de Sócia Ingressante, Electronics For Imaging, INC., sociedade devidamente constituída e existente de acordo com as leis dos Estados Unidos da América, com sede em 303 Velocity Way, Foster City, CA, 94404, Estados Unidos da América, CNPJ/MF nº 05.708.351/0001-75, neste ato representada por seu bastante procurador, Jobelino Vitoriano Locateli, já previamente qualificado. Têm entre si justo e acordado, por unanimidade e sem reservas, alterar pela décima primeira vez o Contrato Social da Sociedade, mediante as seguintes cláusulas e condições: 1. Aprovação dos Protocolos de Incorporação e Justificativa 1.1. Decidem as sócias aprovar integralmente os Protocolos de Incorporação e Justificativa (“Protocolos”), anexos ao presente como “Anexo A” e “Anexo B”, das seguintes sociedades, respectivamente: (i) Metrics Sistemas de Informação e Serviços Ltda., sociedade empresária limitada, com sede em Santo André - SP, na Rua Suíça, nº 991, sala 13, bairro Pq. Das Nações, CEP 09210-000, CNPJ/MF nº 04.753.815/0001-00, com seus atos constitutivos arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.217.191.397, em sessão de 05/11/2001 (“Primeira Incorporada”); e (ii) EFI Brazil Ltda., sociedade empresária limitada, com sede em São Paulo - SP, na Rua Cincinato Braga, nº 340, 14º Andar, cj. 142, bairro Bela Vista, CEP 01333-010, CNPJ/MF nº 02.429.882/0001-30, com seus atos constitutivos arquivados perante a JUCESP sob NIRE 35.218.649.893, em sessão de 10/11/2003 (“Segunda Incorporada”). Em conjunto designadas “Incorporadas”. 2. Ratificação da Empresa responsável pelas Avaliações 2.1. Decidem as sócias também ratificar a Masterqualy Auditoria e Consultoria Contábil Ltda., sociedade estabelecida em São Paulo–SP, na Rua Oliveira Alves, 282, Ipiranga, 04210-060, CNPJ/MF nº 07.474.647/0001-02, registrada originalmente no CRC/SP sob o nº 2SP023776, como a empresa responsável pela avaliação do patrimônio líquido das Incorporadas, bem como pela elaboração dos respectivos laudos de avaliação do patrimônio líquido (“Laudos de Avaliação”), os quais constam do presente como “Anexo C” e “Anexo D”. 3. Aprovação dos Laudos de Avaliação 3.1. As sócias resolvem ainda aprovar o Laudo de Avaliação, datado de 30 de dezembro de 2013, elaborado pela empresa contábil indicada no item 2 acima, que apurou, com base no balanço patrimonial da Primeira Incorporada, levantado em 30 de novembro de 2013, um patrimônio líquido contábil no valor de R$ 393.540,85 e, com base no balanço patrimonial da Segunda Incorporada, levantado em 30 de novembro de 2013, um patrimônio líquido contábil no valor de R$ 22.984.732,97. 4. Aprovação das Incorporações 4.1. As sócias aprovam ainda a incorporação de cada uma das Incorporadas pela Sociedade, autorizando os administradores da Sociedade a realizar todos e quaisquer atos, assim como assinar todos e quaisquer documentos necessários à incorporação. Os lançamentos contábeis decorrentes da incorporação, inclusive aqueles correspondentes às variações patrimoniais ocorridas nas Incorporadas após a data do balanço-base da incorporação, serão realizados diretamente nos livros contábeis da Sociedade. 4.2. Em vista da aprovação das incorporações, EXTINGUEM-SE neste ato as Incorporadas, para todos os fins de direito, conforme consta das Alterações ao Contrato Social das Incorporadas, as quais acompanham o presente instrumento como “Anexo E” e “Anexo F”. 4.3. Na forma do item B dos Protocolos, decidem as sócias aprovar, por unanimidade, a INCORPORAÇÃO do patrimônio líquido das Incorporadas ao patrimônio liquido da Sociedade com a consequente transferência do patrimônio líquido das Incorporadas, no valor total de R$ 23.378.273,82, para o patrimônio da Sociedade, com base nos balanços das Incorporadas, levantados em 30 de novembro de 2013.O saldo das contas credoras e devedoras das Incorporadas passará para os livros contábeis da Sociedade, fazendo-se as necessárias adaptações. 5. Aumento do Capital Social da Sociedade e Alteração de Sócios 5.1 Em razão da incorporação da Primeira Incorporada, o capital social da Sociedade fica aumentado para R$ 693.540,00, perfazendo, portanto, um aumento de R$ 393.540,00, equivalente ao patrimônio líquido da Primeira Incorporada, mediante a subscrição de 393.540 quotas no valor de R$ 1,00 cada.Referido aumento é subscrito e integralizado pelos sócios da Primeira Incorporada, ora também sócios da Sociedade, na seguinte proporção: 99,9995% para o sócio EFI Brazil Ltda. e 0,0005% para o sócio Electronics for Imaging B.V., ou seja, 393.538 quotas e 02 quotas, respectivamente. 5.2. Ato contínuo, em razão da incorporação da Segunda Incorporada, o capital social da Sociedade fica aumentado para R$ 23.678.272,00, perfazendo, portanto, um aumento de R$ 22.984.732,00, equivalente ao patrimônio líquido da Segunda Incorporada, mediante a subscrição de 22.984.732 quotas no valor de R$ 1,00 cada. Referido aumento é subscrito e integralizado pelos sócios da Segunda Incorporada na seguinte proporção: 99,99% para o sócio Electronics for Imaging, Inc., que ora ingressa na Sociedade, e 0,01% para o sócio Electronics for Imaging B.V., ou seja, 23.675.902 quotas e 2.370 quotas, respectivamente. 5.3.Tendo em vista que a Segunda Incorporada, a EFI Brazil Ltda., era, até o momento da ocorrência da incorporação, sócia da Sociedade e da Primeira Incorporada, passam a fazer parte da Sociedade, como sócias quotistas, as pessoas jurídicas que compunham seu quadro societário. 5.4. Diante do acima exposto, o capital social da Sociedade passa a ser de R$ 23.678.272,00, divido em 23.678.272 quotas, no valor de R$ 1,00 cada, sendo que o sócio Electronics for Imaging Inc. passa a deter 23.675.902 quotas no valor de R$ 23.675.902,00 e o sócio Electronics for Imaging B.V.passa a deter 2.370 quotas no valor de R$ 2.370,00. 6. Ratificação e Consolidação do Contrato Social 6.1. Por fim, tendo em visa as alterações acima deliberadas, resolvem as sócias ratificar as demais cláusulas não expressamente alteradas pelo presente instrumento, bem como consolidar o Contrato Social da Sociedade.SP, 31/12/13.Jucesp nº 27.188/14-0 em 16/01/14. Gisela S.C.-Secr.Geral.


DIÁRIO DO COMÉRCIO

16

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

As regras para se dar bem no e-commerce

Lojas virtuais exigem cuidados, além da oferta de bom produto a preço competitivo e atendimento eficiente.

Barbara Oliveira comércio eletrônico brasileiro fechou 2013 com 53 milhões de consumidores e 37 mil lojas virtuais e deve receber oito mil novos varejistas online neste ano. Apesar desse crescimento, mais de 70% dos lojistas não vendem quase nada ou estão praticamente inativos. Quem movimenta mesmo o ecommerce brasileiro são os outros 30%. Os dados são da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Para mudar essa equação, é preciso ir além de oferecer um bom produto a preço competitivo e atender com eficiência – cuidados requeridos também para o varejo físico. Na internet, é fundamental seguir outras regras, antes e depois do clique. O conselho vale principalmente para pequenos e médios comerciantes que têm dificuldade de converter visitas de internautas em compras efetivas. Antes do clique do consumidor no site, é preciso que o lojista tenha uma boa plataforma de e-commerce – estável, rápida e fácil de usar, com boa descrição dos produtos e fotos em alta resolução, sugere o presidente da ABComm, Maurício Salvador. Ele diz que é muito fácil e barato abrir um comércio na internet, pois existem plataformas gratuitas disponíveis no mercado. Talvez isso explique o fato de existirem tantos sites que vendem pouco ou quase nada. Seus donos criam o ponto, não investem e o abandonam. “Dos 45 mil varejistas que esta-

O

rão no ar em 2014, só 30% estarão ativos, operando no azul e com mais de 10 vendas mensais”, calcula Salvador. Para a maioria inativa são necessários investimentos em várias áreas: infraestrutura, layout, campanhas para atrair público segmentado, links patrocinados, atendimento eficiente, tudo para entregar o prometido. “Tudo isso cria confiança no consumidor”. Se boa parte do ecommerce não atrai tráfego para converter em vendas, os sites estão com posicionamento errado e cometendo alguns erros. Procurar nicho O consultor e professor de ecommerce Dailton Felipini, um dos fundadores do site especializado www.e-commerce.org.br, criado em 2001, realiza cursos periódicos (pela web e presenciais) para ensinar ao empreendedor como ele pode montar um negócio de sucesso na internet. Um conselho que Felipini dá aos novatos é que tentem encontrar um nicho para explorar porque a internet está saturada e cheia de grandes redes e concorrentes. Mas o nicho também não pode ser saturado, como venda de celulares ou de hospeda-

gem, etc. “Procure algo que tenha demanda, mas que ainda não seja muito explorado”, ensina. Essa busca pelo segmento é facilitada pela própria internet, ele continua, já que existem ferramentas que medem tendências com palavras-chaves e as acompanham ao longo dos anos, avaliando se a demanda por aquele tipo de produto ou serviço aumentou ou diminuiu. “Baseado nessas variáveis, o empresário fica sabendo quantas pessoas procuraram por determinado produto nos anos anteriores e se essa busca se mantém. Esse é um primeiro passo para investir no nicho de mercado”, informa Felipini. Salvador, da ABComm, observa que o e-commerce brasileiro está cada vez mais fragmentado. Há cinco anos os pequenos representavam apenas 10% da movimentação comercial na Web; hoje, têm 25% de participação. “Ou seja, tem mais gente mordendo o bolo e explorando os nichos”. Trabalhar os links patrocinados no Google é importante para a fase seguinte da instalação da loja, alerta Felipini.

“Deve-se começar com valores pequenos, testando as mídias sociais, os canais para anunciar, o email marketing, as métricas. Os links patrocinados são ágeis, mas é preciso ficar atento se o custo investido para trazer um cliente não é maior do que vou ganhar c o m a v e nda”, diz. Vinicius Pessin, CEO da e-Smart, conta que comprou um vinho na internet por meio de um link patrocinado.“A garrafa custou R$ 70; provavelmente paguei menos do que o site investiu para ser encontrado no Google. Mas a partir do momento em que fiz a compra passei a receber e-mails da empresa (a Grand Cru, especializada em vinhos) com ofertas de novos produtos. Como sou consumidor de vinhos, aceitei e me tornei cliente fiel da loja, que me oferece outros produtos relacionados à bebida, como taças, abridores, termômetros e uma assinatura do clube do vinho. Recebo mensalmente algumas garrafas com descontos e debitadas no meu cartão”. Pessin relata o caso para ilustrar com o u m a e m p re s a pode tirar vantagens do investimento feito em publicidade e fidelizar seu cliente. Isso vale para outros tipos de varejo. A e-Smart, de Pessin, fornece plataformas de ecommerce para grandes e médios comerciantes, como Hering, Porto Seguro, Amsterdam Sauer e Pucket. “Se o consumidor não tiver uma boa experiência no canal comprará no concorrente, mas se ela for boa, ele leva outros clientes para lá”. Marketplace Para quem não puder ter o seu próprio canto na internet, o executivo sugere se associar a um marketplace, uma tendência forte no comércio eletrônico atualmente, onde estão agrupados vários lojistas e marcas, como o Extra, o Mercado Livre, o Submarino (no Brasil) e a Amazon. “Fora do Brasil, o que estamos vendo é as empresas ampliarem seu mix de produtos, como a Amazon fez”. No site criado por Jeff Bezos encontramos qualquer coisa, graças às parcerias feitas com várias empresas. “Se a Amazon não tiver o que o consumidor procura, mostra um parceiro que vai ter. Isso porque não quer só vender o

que anuncia ali, mas sim atender o cliente em todos os segmentos”, observa Pessin. Para o consultor Felipini, estar num marketplace é uma alternativa, mas trata-se de um canal de exposição onde o nível de competição é alto, por isso, é importante caprichar ainda mais na qualidade das imagens e na descrição do produto. Outra novidade que começa a ser adotada pelos lojistas online é a precificação. Ferramentas específicas fazem o monitoramento de produtos e preços da concorrência. Uma das empresas que prestam esse serviço é a Precifica. Segundo seu CEO Ricardo Ramos, o mundo virtual é muito dinâmico e global, e a solução online ajuda a identificar como o concorrente atua com seu mix de produtos e como o lojista pode melhorar o seu preço de venda em função dos competidores. “O cliente nos pede para monitorar um grupo de produtos e lojas e o ajudamos a se posicionar melhor, sem deixar de faturar e nem baixar muito sua margem”, explica Ramos. “Os robôs da Precifica monitoram preços e disponibilidade de estoques dos produtos que o nosso cliente deseja avaliar. Depois indicam, dentro da plataforma, a possibilidade de esse cliente aumentar ou diminuir o preço de sua mercadoria”, informa o executivo. Se o concorrente não tiver estoques de determinado produto (pode ser um tipo de tênis ou remédios), o cliente da Precifica se vale da sua vantagem de possuir uma sobra da sua mercadoria para aumentar um pouco o valor oferecido na internet. Isso é programado e automático. A solução tem como foco a automação de processos, destaca Ramos, pois se integra às plataformas de e-commerce do mercado e a diversos programas de gestão e financeiros das empresas (físicas e virtuais). Mesmo o pequeno comércio virtual pode ter um sistema de precificação já que o modelo de negócios se baseia na quantidade de produtos monitorados com valor unitário a partir de R$ 2 (por produto). A plataforma da Precifica foi lançada no ano passada e atende 54 clientes de pequeno, médio e grande portes.

Divulgação

Felipe Lessa/Divulgação

Pessin (ao alto) alerta: má experiência leva consumidor ao concorrente. Salvador (acima) sugere investir em várias áreas.

S ERVIÇO www.ecommerce.org.br www.esmart.com.br www.precifica.com.br www.abcomm.org

n APLICATIVO

IMAGEM

Dificuldade com o inglês? Aprenda enquanto viaja.

Câmara vira babá eletrônica e até canta músicas de ninar

turista brasileiro que viaja para o exterior e têm dificuldade com o inglês pode contar com a ajuda do aplicativo Rosetta Stone Viagem para smartphones, com o qual aprende expressões para se comunicar em aeroportos, hotéis, restaurantes e lojas. Como funciona off-line, o usuário pode estudar enquanto espera o voo ou está dentro de um táxi. O aplicativo também dispõe de um sistema de ativação de voz para pronúncias das palavras. As três primeiras lições são: Essenciais, Restaurantes & Hotéis e Visitando locais turísticos. Cada uma das lições tem um pacote de 80/90 palavras e exercícios práticos e de pronúncia. Disponível para iPhone.

câmera BabyCam, da D-Link, é uma babá eletrônica mais moderna e interativa porque vem com vários recursos e conexões wi-fi e 3G. Com 182 gramas e discreta (apenas 4,2 cm de altura), grava em HD, detecta movimentos e o som do bebê e emite aler tas instantâneos que avisam mudanças de temperatura e pressão. Possui recurso de visão noturna com LEDs infravermelhos e um slot para cartão SD para a gravação dos vídeos. O monitoramento é feito em tablets ou smartphones pelo aplicativo gratuito mydlink Baby Mobile. Traz cinco canções de ninar programadas que podem ser acionadas via aplicativo. Chegará ao mercado no segundo trimestre.

O

A

SMARTPHONE

Xperia E1 com um ou dois chips para amantes da música

O

Xperia E1, da Sony, é o novo m o d e l o d e e nt ra d a d a marca, mas nem por isso desdenha no visual e nos recursos. Com tela de 4 polegadas touch, virá em duas versões, uma com um SIM card e outra dual SIM (para dois chips). Um dos diferenciais do aparelho é o modo ClearAudio+ que permite mais qualidade de som para os aficionados por música. O botão Walkman dá acesso rápido às músicas sem precisar tirar o smartphone do bolso, enquanto o controle Shake-to-Shuffle permite escutar as canções de forma aleatória apenas agitando o aparelho. Tem recurso de TV digital e Bluetooth. Chega no segundo trimestre. Preço ainda não definido.


Diário do Comércio