Page 1

SAÚDEBAHIA

PRÊMIOBENCHMARKING

2014/15

Ano V


2010

– Nasce o Prêmio Benchmarking Saúde com o objetivo de estimular a competição e a troca de experiências no mercado de saúde da Bahia. O primeiro troféu foi inspirado na marca do prêmio – três hastes em forma de degrau que simbolizam o pódio dos vencedores.

2011

– O Prêmio se reinventa, incorpora novas categorias e usa um troféu transparente (vidro e metal) para simbolizar perenidade e ética.


2012

– Troféu com curvas dinâmicas, em forma de uma vela sugerindo ousadia. O Benchmarking chega a sua terceira edição como referência no mercado de saúde do Nordeste.

2014/2015

– O Prêmio Benchmarking Saúde Bahia se consolida como um dos mais importantes eventos sociais do mercado de saúde brasileiro.

2013

– Um clássico que se reiventa. Madeira de lei certificada e tom sereno no troféu. A peça se torna objeto de desejo de toda a cadeia produtiva do setor.


A QUINTA EDIÇÃO DO PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE FOI REALIZADO NO SOLAR CUNHA GUEDES (CORREDOR DA VITÓRIA – CENTRO ANTIGO DE SALVADOR)


ÍNDICE APRESENTAÇÃO 07 VENCEDORES 09 - 61 ESPECIAL: DESTAQUE GESTÃO 09 ESPECIAL: DESTAQUE INTERIORIZAÇÃO DA SAÚDE 11 ESPECIAL: DESTAQUE SERVIÇO DE HEMATOLOGIA 13 AÇÃO SOCIAL 15 EMPRESA DE HOME CARE 17 EMPRESA DE TI 19 EMPRESÁRIO DO ANO 21 EXECUTIVO DO ANO 23 ORGANIZAÇÕES SOCIAIS DE SAÚDE (OSS) 25 GESTOR PÚBLICO 27 HOSPITAL COMPLIANCE 29 HOSPITAL-DIA 31 HOSPITAL FILANTRÓPICO 33 HOSPITAL PRIVADO (INTERIOR DO ESTADO) 35 HOSPITAL PRIVADO (PEQUENO E MÉDIO PORTES) 37 LABORATÓRIO DE ANALISES CLINICAS 39-41 LABORATÓRIO INTERIOR DO ESTADO 43 MEDICINA DE GRUPO 45 OPERADORA DE AUTOGESTÃO 47 SEGURADORA 49 SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM 51-53 SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA 55-57 SERVIÇO DE ONCOLOGIA 59 SUSTENTABILIDADE 61

MEMORIAL 63 COMISSÃO JULGADORA 70 CONTATOS 71


APRESENTAÇÃO

CINCO ANOS DE BENCHMARKING

M

ais de três mil convidados, 325 troféus entregues, três centenas de páginas de conteúdo com histórias de sucesso de 65 instituições do mercado de saúde pública e privada da Bahia. Personalidades – homens e mulheres – que foram agraciadas por serem referência em seus negócios ou por ações que tornaram a saúde mais acessível a milhões de baianos. Esse é um breve histórico, caros senhores, de cinco anos do Prêmio Benchmarking Saúde, que serão completados no dia 8 de outubro de 2015, no Solar Cunha Guedes – Corredor da Vitória – centro de Salvador. Maior premiação do Norte-Nordeste do país, a iniciativa se consolidou como um dos eventos sociais mais importantes do mercado de healthcare do Brasil.

Todos os anos, empresários, executivos, médicos, dirigentes e demais players da saúde do nosso estado e do país passaram ter o “compromisso” de celebrar uma festa única do setor, repleta de sentidos. Afinal, ser referência e modelo a ser seguido por seus pares, pelo voto direto do próprio mercado, é uma deferência para poucos. Quando surgiu, o Benchmarking Saúde tinha como propósito estimular a transparência nas ações de governança dos diversos serviços de saúde que atuam na Bahia, além dos demais stakeholders. Ser indicado ao prêmio era, em essência, um convite a fazer literalmente benchmarking. Em todos esses anos, mais de duas centenas de cases – relatórios que detalham as ações de governança de cada um dos candidatos – se tornaram documentos da história de empreendedorismo do business da saúde baiana. E tudo isso acessível a qualquer executivo interessado em fazer benchmarking com o mercado. Passados cinco anos da estreia do prêmio, temos a sensação do dever cumprido. Claro que ainda perseguimos metas: aprimorar cada vez mais o processo de escolha, ampliar o leque de concorrentes e continuar estimulando a inovação. Prova disso foi a criação da categoria Compliance – um termo americano, sem equivalência no português, que simboliza o esforço de uma organização em atuar de forma ética, coerente com processos e fiel a uma gestão transparente. Este ano, os hospitais São Rafael (ouro) e Santa Izabel (prata) foram pioneiros em participar da competição, na categoria Hospitais Compliance. Não houve inscritos em outras atividades (medicina diagnóstica, home care e operadoras). Sinal de que demos um passo à frente, criando uma tendência sobre algo que, acreditamos, será obrigatório – em um futuro próximo – como ter um selo da ONA ou JCI. Esperamos continuar nos reinventado nos próximos cinco anos. Até 2016!

Reinaldo Braga Publisher


Responsテ。vel Tテゥcnico: Dr. Marcelo Zollinger - CRM:6271.

ESPECIAL: DESTAQUE GESTテグ I HOSPITAL DA BAHIA

MARCELO ZOLLINGER, SUPERINTENDENTE EXECUTIVO DO HOSPITAL DA BAHIA


O Hospital da Bahia é um exemplo claro de trabalho qualificado, motivação da equipe e incremento de melhorias de processos assistenciais. MARCELO ZOLLINGER

Referência em assistência, gestão e alta complexidade

O

Hospital da Bahia acaba de ser eleito Benchmarking Saúde, na categoria Destaque Gestão, pelo mercado baiano. A deferência, que levou em conta os avanços nos parâmetros de governança da instituição, chega no melhor momento do hospital, inaugurado em 2006. Após uma fase de reestruturação, a unidade, especializada no atendimento de alta complexidade, vem se posicionando gradativamente como um dos players mais importantes do setor no país. “É o reconhecimento de um trabalho árduo empreendido por toda uma diretoria e colaboradores para colocar o Hospital da Bahia no lugar que ele merece e resgatar definitivamente um excepcional equipamento hospitalar para a nossa cidade”, comemora Marcelo Zollinger, superintendente executivo do Hospital da Bahia. Com uma das melhores hotelarias do país, atualmente o Hospital da Bahia está se consolidando como uma das melhores instituições em assistência e tecnologia, igualada aos melhores hospitais do Nordeste. Zollinger explica que o hospital vem passando por mudanças nos processos gerenciais e operacionais. “A instituição é hoje um exemplo claro de que, com trabalho qualificado, diretoria afinada, motivação da equipe e intenso incremento de melhorias de processos assistenciais aliados a um plano diretor sintonizado com as solicitações do mercado, pode-se chegar ao bom momento que o Hospital da Bahia atravessa”, sentencia o gestor. O resultado, conforme Zollinger, é um ganho exponencial na resolutividade e nos números do faturamento anual, que cresceram de forma significativa.

Atualmente, o Hospital da Bahia é referência em importantes especialidades de alta complexidade hospitalar, a exemplo de cardiologia clínica, diagnóstica, intervencionista e cirúrgica, cirurgia da obesidade, além do serviço de neurologia, integrado ao Instituto do Cérebro do Hospital da Bahia – uma moderna e avançada unidade de AVC. Destaque também para a inauguração do Instituto Integrado de Oncologia, com a festejada parceria com a renomada Clínica Amo. Em 2014, os investimentos foram na ampliação de leitos de internação e leitos de terapia intensiva. Atualmente, o Hospital da Bahia disponibiliza 103 leitos de terapia intensiva, divididos em cardiologia, neurologia e geral. Recentemente, houve a aquisição de mais uma máquina de hemodinâmica, investimento em um novo espaço integrado ao Instituto do Cérebro do Hospital da Bahia e o início do processo de acreditação hospitalar, com a implantação do Núcleo de Qualidade e Segurança, “projeto da mais alta importância estratégica para nossa instituição”, afirma Zollinger. Além disso, o Hospital da Bahia promove cursos com treinamento intensivo mediante educação continuada, o que permite agregar cada vez mais segurança e qualidade assistencial para criar um ambiente propício para a atração de profissionais e serviços médicos na área da alta complexidade. “Em 2017, como resultado das nossas contínuas ampliações, estaremos disponibilizando para o nosso estado um Hospital da Bahia cada vez mais completo e com 650 leitos, tornando-se, desta forma, uma das maiores e principais instituições de natureza privada do Norte e Nordeste do Brasil”, completa Marcelo Zollinger.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

09


Responsável Técnico: Ricardo Silva de Carvalho - CRM 24462

ESPECIAL: DESTAQUE INTERIORIZAÇÃO DA SAÚDE I MATERNIDADE SÃO JUDAS TADEU - FUNDAÇÃO JOSÉ SILVEIRA

GERALDO LEITE, PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO JOSÉ SILVEIRA


O bom trabalho desenvolvido pela Santa Casa Hospital São Judas Tadeu é reconhecido como referência em assistência obstétrica humanizada. GERALDO LEITE

Atenção humanizada e de qualidade para as famílias da região de Jequié

D

esde que foi inaugurada em 2012 pela Fundação José Silveira (FJS), a Santa Casa Hospital São Judas Tadeu tem levado assistência obstétrica de qualidade e gratuita a famílias de Jequié, onde está sediada, e a outros 42 municípios do sudoeste baiano. A instituição foi criada para assegurar atenção humanizada à mulher na gravidez, parto e puerpério, em uma estrutura baseada nos padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde, com atendimento 100% pelo SUS. A missão vem sendo cumprida com louvor, tanto que a Santa Casa Hospital São Judas Tadeu foi eleita Destaque Interiorização da Saúde, categoria especial da quinta edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia. Com equipamentos modernos e o apoio de uma equipe multidisciplinar qualificada, a maternidade apresenta 72 leitos para internamento, incluindo 14 de UTI Neonatal, a primeira da microrregião de Jequié. A estrutura, onde já foram realizados cerca de dez mil partos desde a inauguração, também possui um dos poucos serviços da região de assistência pré-natal para acompanhamento da gestação de alto risco. O hospital conta, ainda, com um Centro Médico que já beneficiou mais de 50 mil pacientes nos últimos três anos. Nele, são realizadas diariamente consultas em clínica médica, cardiologia, ortopedia, ginecologia e obstetrícia, além de exames laboratoriais. A Santa Casa também funciona como hospital de ensino para realização de estágio cur-

ricular, com a supervisão de docentes da Universidade do Sudoeste (Uesb) e da FTC, nas áreas de Medicina, Enfermagem e Fisioterapia. “O bom trabalho desenvolvido pela Santa Casa Hospital São Judas Tadeu no interior da Bahia é reconhecido como referência em assistência obstétrica humanizada”, ressalta o presidente da Fundação José Silveira, o médico Geraldo Leite. Na região de Jequié, a Fundação José Silveira também desenvolve o Programa Santa Casa de Bairro em Bairro, que disponibiliza gratuitamente milhares de consultas médicas, exames e serviços complementares. Além disso, por meio do Programa Ser Mulher, implantado na Santa Casa, é realizado um conjunto de ações para a melhoria dos indicadores relacionados à saúde das mulheres. O Ser Mulher inclui a execução de uma ampla pesquisa para traçar o perfil social, cultural e epidemiológico das mulheres de Jequié em idade fértil. “Essas iniciativas visam melhorar a saúde da gestante e a adesão ao pré-natal, estimular o planejamento familiar e a paternidade responsável”, explica Leite. As ações na microrregião de Jequié reforçam o engajamento da Fundação José Silveira com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, compromisso firmado por diversas organizações mundo afora que visa, principalmente, a melhoria dos indicadores sociais. A entidade é instituição âncora indicada pelo Movimento Nacional de Cidadania e Solidariedade – Nós Podemos Bahia, voltado à implementação dos ODM no estado, atuando em parceria no projeto do Ministério Público da Bahia.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

11


Responsável Técnico: Valdir Lenza - CRM 4841

ESPECIAL: DESTAQUE SERVIÇO DE HEMATOLOGIA I STS

VALDIR LENZA KÜHN, DIRETOR TÉCNICO DO STS


É necessário formar, motivar e incorporar de verdade todas as pessoas na lógica de qualidade. Queremos melhorar mais ainda. VALDIR LENZA KÜHN

Serviços de excelência com inovação e pioneirismo

A

s raízes do STS na Bahia datam de 1937, quando surgiu o primeiro banco de sangue do Norte-Nordeste. A história da instituição tem caminhado de mãos dadas com a inovação e o pioneirismo, liderados por algumas das maiores referências de hematologia do estado. O compromisso com a excelência dos serviços é permanente e, em 2014, as certificações ONA e ISO atestaram esta referida qualidade da instituição. O STS deixa a sua marca na quinta edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, conquistando o troféu ouro, na categoria Destaque Serviço de Hematologia. Para Dr. Valdir Lenza Kühn, diretor técnico do STS, esta distinção significa “o reconhecimento de um trabalho sério que vem sendo realizado ao longo de vários anos no sentido de estar sempre aprimorando os nossos serviços, conforme aspiração da população”. O próprio doutor é diretor técnico e também hematologista, além de compor o quarteto que dirige a instituição desde 1982, um percurso de décadas marcadas pelo investimento contínuo, estruturando os serviços de hematologia clínica, banco de sangue e consolidando-se com o laboratório de análises clínicas. O STS é considerado atualmente, uma unidade de referência na assistência aos pacientes portadores de doenças hematológicas, algo que traz responsabilidade redobrada, conforme explica o Dr. Lenza. Em 2014 foi iniciada a construção da unidade II, concluída em 2015. Com isso, houve um aumento

de 100% na área física, permitindo assim o crescimento do número de consultórios, salas de procedimentos, assim como novas instalações onde hoje funcionam o laboratório de análises clinicas e a sorologia do banco de sangue. Além da expansão das instalações do STS, também foram operadas melhorias tecnológicas. Cerca de 80% dos equipamentos foram renovados e foram introduzidas novas tecnologias. Em termos de banco de sangue, além da sede, a presença do STS faz-se sentir dentro dos hospitais, num total de 12 agências transfusionais que estão ligadas à central do STS em tempo real, permitindo um monitoramento imediato das atividades, por exemplo gerenciamento da temperatura de equipamentos e ambiente. O STS tem recebido convites para atuar no interior do estado. Conforme explica o Dr. Lenza, “isso é algo que está em estudo ainda”. Essa expansão atrai, mas o momento econômico do país exige alguma cautela. Aliás, o balanço do último ano é positivo. “Podemos dizer que estamos estáveis, mas temos que nos colocar dentro dessa crise. Perante a conjuntura atual, estamos excelentes”, diz com satisfação o diretor técnico. O último ano teve outro fator muito importante: a acreditação ISO 9000 e ONA. Em setembro de 2015 ocorrerá uma reavaliação e isso faz com que seja sempre exigido mais. “Apostamos muito em recursos humanos. A ONA e a ISO estão fazendo com que isso aconteça. É necessário formar, motivar e incorporar de verdade todas as pessoas na lógica de qualidade. Queremos ser bons, somos bons e queremos melhorar mais ainda”, conclui o Dr. Valdir Lenza Kühn.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

13


Responsável Técnico: Ricardo Madureira - CRM 12793

AÇÃO SOCIAL I SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA

MIRIAN TOURINHO (COORDENADORA DE PROJETOS COMUNITÁRIOS), LISE WECKERLE (DIRETORA DE AÇÃO SOCIAL E CULTURA), ROBERTO SÁ MENEZES (PROVEDOR DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA), LÍCIA VALENTE (GERENTE DE AÇÃO SOCIAL), AO LADO DE CRIANÇAS DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA SANTA CASA


Nossas atividades são modelos de qualidade, mas ainda falta um maior reconhecimento do poder público. ROBERTO SÁ MENEZES

Servir em benefício dos mais necessitados

U

ma trajetória pautada pelo estímulo à dignidade e ajuda aos que vivem em risco social. Assim tem sido a história da Santa Casa da Bahia, que há quase cinco séculos desenvolve ações de solidariedade no estado, nas áreas de saúde, educação, formação profissional e exercício da cidadania. A organização, atualmente uma das mais abrangentes filantrópicas do país, foi a escolhida pelo trade de saúde baiano para receber o troféu ouro na categoria Ação Social do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015. “É altamente gratificante ver o mercado da saúde aplaudir o trabalho desenvolvido pela Santa Casa, pela contribuição dada à melhoria das condições de vida das pessoas em situação de vulnerabilidade social”, comenta o provedor da instituição, Roberto Sá Menezes. O gestor chama a atenção para as dificuldades de custeio das ações desenvolvidas, apesar da dimensão e importância delas para a sociedade. “Nossas atividades são modelos de qualidade, mas ainda falta um maior reconhecimento do poder público e uma política de estímulo consistente aos parceiros da Santa Casa”, lamenta Roberto. Somente em 2014 foram mais de três mil atendimentos proporcionados pelos projetos sociais da Santa Casa da Bahia a crianças, jovens e adultos. Destes, mais de mil concluíram cursos gratuitos de qualificação em 18 áreas profissionais diferentes. Para crianças de 2 a 5 anos de idade, a organização mantém na capital baiana sete Centros de Educação Infantil (CEIs), estando seis localizados no Bairro da Paz e um na Pupileira, em Nazaré. O trabalho nessas co-

munidades contempla 800 crianças por ano, com atividades pedagógicas e lúdicas em tempo integral, recreação, orientação e acompanhamento nutricional, psicológico e odontológico especializado. Por meio do programa Apoio Pedagógico, a Santa Casa dá suporte a 100 crianças da rede municipal de ensino, entre 7 e 9 anos, com dificuldades de aprendizagem. No Bairro da Paz, 55 gestantes integram oficinas de arte, música e palestras do projeto Gravidez Saudável, e 30 idosos participam de atividades de estímulo à memória e autoestima no Qualidade na Terceira Idade. A localidade também sedia o Programa Avançar - Centro de Referência em Capacitação e Promoção Social, onde são promovidos cursos de gastronomia, costura e construção civil, entre outros, em parceria com o Senai e o Senac. O Avançar abriga ainda o Balcão de Justiça e Cidadania e atividades de Protagonismo Juvenil que visam formar lideranças. Também mantém, com a orientação pedagógica do Neojiba, a Banda Sinfônica e o Coral da Paz compostos por 140 integrantes, com idade de 8 a 18 anos. Além dessas iniciativas, a Escola de Informática e Cidadania capacita semestralmente mais de 260 moradores da região. Em Nazaré, a Casa de Saúde Solange Fraga abriga crianças e adolescentes com cardiopatias e problemas oncológicos. Em julho de 2015 o Bairro da Paz, um dos mais estigmatizados pela violência na capital baiana, comemorou um ano sem registrar Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). “A diminuição da violência no Bairro da Paz é a prova de que o trabalho desenvolvido pela Santa Casa da Bahia cumpre o seu papel social, beneficiando a população”, conclui.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

15


Responsável Técnico: Dr. Leonardo Salgado, Diretor Técnico da Assiste Vida. - CRMA BA 13985

EMPRESA DE HOME CARE I ASSISTE VIDA

DR. LEONARDO SALGADO (SÓCIO E DIRETOR MÉDICO) E DR. PAULO ANDRADE (GERENTE MÉDICO)


É muito importante para a consolidação do segmento de atenção domiciliar que todos os prestadores deste serviço o façam com qualidade. DR. LEONARDO SALGADO

Assistência domiciliar com qualidade, ética e profissionalismo

A

busca constante pela excelência na prestação de serviços, em um trabalho realizado com ética e seriedade, é, sem dúvida, o diferencial da Assiste Vida. Fundada em 2008, a empresa de atenção domiciliar, com atuação em Salvador e Região Metropolitana, tem se destacado no mercado baiano, registrando um crescimento de 20% em 2014 comparado ao ano anterior. O bom desempenho, fruto de muito planejamento e dedicação, resultou na conquista do troféu prata no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Empresa de Home Care.

to estratégico, que contempla os próximos quatro anos e visa a melhoria contínua dos processos e aumento da satisfação dos clientes. Por meio de um setor de qualidade recém-implantado, definiu indicadores de acompanhamento e padronização dos processos administrativos, técnicos e operacionais. A empresa também implantou sistemas de TI voltados para a segurança de dados e ganho de performance. “Temos previsão de crescimento da empresa através de novos serviços, a exemplo do Assiste Baby, que será uma assistência domiciliar aos cuidados com recém-nascidos e seus familiares”, anuncia Dr. Leonardo Salgado, sócio e diretor médico da Assiste Vida.

“O conceito da nossa marca traduz com perfeição o nosso maior diferencial: para a Assiste Vida, cuidar é bom”, conta a sócia e diretora executiva Aylla Domízio, sobre a filosofia de acolhimento e humanização da empresa. “Refiro-me ao cuidado com as pessoas, com os processos e com tudo que fazemos”, completa. A gestora cita como exemplo a atenção especial dedicada pela instituição aos enfermos que necessitam de cuidados paliativos, sob a coordenação de uma equipe de geriatras e profissionais especializados. “Esse diferencial se reflete no relacionamento com o paciente e seus familiares, favorecendo um maior conforto e dignidade para todos”, elucida.

A Assiste Vida se destaca, ainda, pelo compromisso com a valorização da atenção domiciliar, buscando fortalecer o segmento e evidenciar os seus benefícios para o sistema de saúde. O sócio e diretor médico da empresa, Leonardo Salgado, assumiu em 2014 a direção regional do Núcleo Nacional de Empresas de Atenção Domiciliar (Nead). A entidade visa a criação de normas e regras para garantir a qualidade e profissionalização dos serviços de home care, integrando empresas associadas, além de entidades e colaboradores interessados no fortalecimento e aprimoramento do setor. “É muito importante para a consolidação do segmento da atenção domiciliar que os prestadores deste serviço o façam com qualidade. O Nead propõe que as empresas compartilhem soluções, defendam e divulguem conjuntamente o conceito de atenção domiciliar, ajudem a melhorar a cadeia de fornecedores e coletem dados para formulação de um senso anual que sirva para o planejamento de todas as empresas“.

Liderada por uma equipe de médicos, administradores e economistas, a Assiste Vida segue a tendência de profissionalização do segmento da saúde, investindo 2% do faturamento anual em inovação, infraestrutura e tecnologia da informação. Nesse sentido, vem colocando em prática um planejamen-

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

17


EMPRESA DE TI I MV

PAULO MAGNUS, PRESIDENTE DA MV


Ao longo desses anos, atuamos como agentes transformadores, viabilizando para as instituições um novo conceito de gestão. PAULO MAGNUS

Investimento constante em novas tecnologias e novos mercados

H

á quase 30 anos apresentando a inovação como principal agente motivador de projetos de TI, a MV, empresa líder de mercado em sistemas de gestão na saúde, conquistou pela primeira vez o Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Empresa de TI. O reconhecimento ratifica a atuação exemplar da empresa no concorrido mercado de saúde baiano. “É uma grande conquista para nós e a comprovação de que nossa liderança como fornecedora de softwares para a saúde nos tornou uma referência”, comemora Paulo Magnus, presidente da MV. Durante os seus 28 anos de história, a organização foi conduzida pelo Projeto de Gestão MV, que tem o objetivo de consolidá-la como um dos principais players do mercado de saúde e fortalecer os relacionamentos com os clientes. “Ao longo desses anos, atuamos como agentes transformadores, viabilizando para as instituições um novo conceito de gestão. Por isso, a conquista do Benchmarking Saúde Bahia nos dá a certeza de que somos inspiradores”, diz Magnus. Ainda segundo o executivo, a MV vem transformando o cenário da saúde através do comprometimento de seus profissionais, da qualidade das suas soluções e da confiança dos seus clientes. Em 2014, visando garantir avanços na governança corporativa e solidificar a cultura de gestão, a MV realizou parceria com a Fundação Dom Cabral, através do programa Parceiros Para Excelência (Paex). Com a ação, a MV passou a receber apoio em relação a planejamento estratégico, objetivos, projetos e indicadores, fortalecendo a sustentabilidade do negócio

e direcionando os investimentos. A MV também avançou em direção à consolidação, através da aquisição do GPSi (Gestor de Planos de Saúde Integrado) – expandindo a atuação no segmento Unimed – e com a incorporação da Consulfarma, empresa que desenvolve soluções para Secretarias Municipais de Saúde e Consórcios Intermunicipais de Saúde, ganhando força no mercado de saúde pública. A MV também lançou o Global Health, uma plataforma em nuvem que conecta soluções web e aplicativos mobile, entre eles o Agendamento Online, contribuindo para dinamizar as marcações de consultas e exames. Com a solução, o paciente pode realizar o agendamento por notebook, tablet ou smartphone. “A automatização desafoga centrais de atendimento e call centers e reduz em mais de 70% custos com infraestrutura e mão de obra”, afirma Magnus. A MV também realizou investimentos em sua sede e filiais. “Iniciamos o projeto de reformulação das nossas salas, trazendo para o nosso Núcleo de Inovação uma proposta de design e arquitetura utilizada nas principais empresas de tecnologia do mundo”, explica Magnus. Hoje, a MV possui um time de profissionais especialistas que trabalham para tornar a gestão de saúde mais eficiente, humanizada e sustentável. “Com o foco na saúde, o resultado não poderia ser outro: hoje, temos uma plataforma completa para gestão de hospitais, operadoras de planos de saúde e unidades de saúde pública. Saúde é a nossa missão”, diz. Atualmente, a MV fornece soluções de gestão em saúde para mais de mil organizações, cem mil médicos e 275 mil profissionais na América Latina e África. “A meta é a consolidação na América Latina e, para isso, novos canais estão sendo estreitados”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

19


EMPRESÁRIO DO ANO I MAURÍCIO BERNARDINO

MAURÍCIO BERNARDINO, CEO DO LABCHECAP


Proporcionar o desenvolvimento das habilidades dos funcionários é fundamental para o sucesso de qualquer administração. MAURÍCIO BERNARDINO

Dedicação, ética e sabedoria para uma liderança de sucesso

frente de uma das empresas de saúde que mais crescem atualmente no estado, o CEO do Labchecap, Maurício Bernardino, conquista, aos 34 anos, o troféu Empresário do Ano, na 5ª edição do Benchmarking Saúde Bahia. “O reconhecimento do nosso trabalho pelo trade de saúde baiano é uma importante motivação para seguirmos em frente, pois ainda há muito a realizar.”, diz o executivo. Umas das lideranças de renome mais jovens do mercado baiano, Maurício iniciou sua trajetória no Labchecap ainda adolescente, aos 14. Na época, frequentava o laboratório da família nas horas vagas, ajudando em algumas funções como o preenchimento de cheques e organização de documentos. A diversão despertou o interesse pela área de atuação da empresa, tanto que o então estudante optou por cursar Farmácia Bioquímica na Universidade Federal da Bahia. Eram os primeiros passos de um futuro habilidoso administrador: em 2002, Maurício se tornou gerente administrativo financeiro da empresa, até assumir a direção do Labchecap em 2006, com apenas 25 anos, após o falecimento precoce do pai e sócio fundador da rede, Ananias Bernardino. A ascensão profissional do executivo se confunde com a história de maior expansão da empresa. Sob a direção de Maurício, o Labchecap saltou de cinco para 32 unidades de negócio na Região Metropolitana de Salvador, sendo nove inauguradas ao longo de 2014. A empresa também expandiu o escopo de atuação, inaugurando, nos últimos dois anos, cinco unidades voltadas para o serviço de vacinação e uma

de diagnóstico por imagem, este último resultado de um investimento de R$ 9 milhões, totalizando 38 unidades de negócio sob sua gestão. “Nossa intenção é integrar os serviços e oferecer uma proposta para o paciente, para que ele possa fazer tudo junto, com comodidade, hora marcada e resultados na internet”, explica o empresário. Estratégia que deu certo. Nos oito anos da gestão de Maurício, a empresa ampliou em seis vezes o número de clientes, passando de 823 mil exames realizados para cinco milhões. Somente em 2014, foram mais de 420 mil pacientes atendidos, além de 200 novos empregos gerados com a política de expansão da rede. No mesmo período, o Labchecap também registrou um índice de satisfação de 98% entre seus clientes e implementou uma série de novos serviços, aumentando em 23% o mix de procedimentos em relação a 2013. No que depender da dedicação do CEO, o sucesso da rede Labchecap vai se consolidar ainda mais. Maurício, que já acumula três MBAs em instituições de prestígio, como a Fundação Getúlio Vargas e a Fundação Dom Cabral, pretende continuar se especializando. Sabedoria que também aplica na liderança de sua equipe, por meio da valorização do capital humano, estímulo à capacitação e ao crescimento profissional, junto à sustentabilidade econômica, ética, social e ambiental da empresa. “Proporcionar o desenvolvimento das habilidades dos funcionários é fundamental para o sucesso de qualquer administração, pois são os talentos, a criatividade, a motivação e o comprometimento de seu capital humano que fazem com que a empresa alcance seus objetivos”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

21


EXECUTIVO DO ANO I FÁBIO BRINÇO

FÁBIO BRINÇO, DIRETOR SUPERINTENDENTE DO ITAIGARA MEMORIAL HOSPITAL DIA


Nada vem por acaso e sim pela dedicação e visão de toda uma equipe que se entrega de corpo e alma para atender aos nossos pacientes. FÁBIO BRINÇO

Um modelo de gestão a ser seguido no mercado de saúde baiano

O

diretor superintendente do Itaigara Memorial Hospital Dia, Fábio Brinço, acaba de ser eleito o Executivo do Ano pela 5ª edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia. O evento, que é considerado o Oscar da Saúde no Estado, tem o objetivo de homenagear gestores que se destacaram pela visão empreendedora no setor de saúde durante o ano de 2014. Responsável direto pelo crescimento do Itaigara Memorial nos últimos anos, considerado hoje um núcleo hospitalar de referência pela classe médica baiana, Brinço foi eleito em sua categoria a partir dos votos de empresários e gestores do mercado de saúde. “Ficamos muito felizes com mais essa vitória, o que demonstra que estamos no caminho certo”, comemora Brinço. Nascido em São Paulo (SP), mas criado em Salvador (BA), Fábio Brinço, 45 anos, é bacharel em Administração de Empresas pela Unifacs (1992), possui especializações em Finanças e Gestão de Empresas (FGV), e teve uma rápida experiência na gestão do Hospital Espanhol (1994/95). Após isto, afastou-se da área de Saúde, mesmo sendo sócio do Itaigara Memorial desde a sua fundação (1997). Mas dois fatores contribuíram para o seu retorno ao setor: a venda de um negócio familiar para a Ambev, em 2003, e a necessidade do Itaigara Memorial de aumentar a sua profissionalização. Em 2004, através de um convite para que assumisse uma posição no corpo diretivo do hospital, Brinço entrou para a empresa e, com apenas três anos de atuação, assumiu a direção geral. Desde então, o CEO trabalha em uma série de ações que objetivam o aumento no volume de aten-

dimento e na rentabilidade, “tudo isso sem abrir mão da qualidade e do profissionalismo que desde sempre caracterizaram a instituição”, reforça. Diversas iniciativas fizeram de Fábio Brinço um modelo a ser seguido no mercado de saúde baiano, condição que foi atestada pelo corpo de jurados do Prêmio. O executivo salienta que “2014 foi um ano de muito trabalho e importantes conquistas para o Itaigara Memorial.” Conquistas que levaram a empresa à condição de referência na modalidade hospital dia. “Nada vem por acaso e sim pela dedicação e visão de toda uma equipe que se entrega de corpo e alma para atender aos nossos pacientes”, completa. Há dez anos contribuindo para o crescimento sustentável do Itaigara Memorial, uma série de ações em 2014 reforçou a atual condição de referência da instituição. Como a nova unidade de Gastro-Hepato Endoscopia, com cerca de R$ 10 milhões em investimentos; reformas nas instalações do Hospital Dia e a continuação do processo de acreditação, através do Consórcio Brasileiro de Acreditação – CBA, representante no Brasil da JCI – Joint Comission International. Objetivando manter o Itaigara Memorial como um núcleo hospitalar de referência, para Brinço o desafio diário de trabalhar em um segmento onde muitas vezes sobreviver já é uma vitória, é um fator motivacional importante. Outra preocupação do executivo é gerir a empresa sempre respeitando os princípios e valores de seus fundadores. “Todas as gerações tiveram, têm e terão um papel fundamental na história de qualquer empresa. As gerações anteriores criaram os alicerces para que as próximas pudessem dar continuidade ao seu trabalho”, conclui.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

23


Responsável Técnico: Humberto Lima Costa Junior - CRM 14663

ORGANIZAÇÕES SOCIAIS DE SAÚDE (OSS) I INSTITUTO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR (IBDAH)

JOSÉ ANTÔNIO SOUSA, PRESIDENTE DO IBDAH


A cada mês superamos as nossas metas e conseguimos atender a um número maior de pacientes. JOSÉ ANTÔNIO SOUSA

Serviços relevantes à sociedade e investimentos em recursos humanos

P

ela primeira vez, as Organizações Sociais de Saúde (OSS), que prestam serviços para a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), tiveram o desempenho avaliado, na 5ª edição do Prêmio Benchmarking Saúde 2014/2015. A estreia foi marcada pela vitória do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), com o Troféu Ouro. Avaliado por empresários, gestores e demais personalidades do mercado de saúde do estado, o IBDAH se destacou pelas ações de capacitação contínua para melhor atender a população baiana. “A iniciativa beneficia o mercado ao identificar as organizações que vêm prestando serviços relevantes à sociedade de forma contínua. É um importante reconhecimento para quem se preocupa em oferecer serviços de qualidade aos usuários do SUS”, comemora José Antônio Sousa, presidente do IBDAH. O IBDAH, que administra o Hospital Manoel Victorino e a Unidade de Emergência de São Caetano, vem prestando relevantes serviços à comunidade baiana, contribuindo para uma melhor compreensão do exercício da cidadania e aprimorando os serviços de saúde no estado. Para tanto, em 2014 o Instituto iniciou um processo de aprimoramento para se tornar referência no segmento de ortotrauma, através da capacitação contínua dos colaboradores. José Antônio Sousa, destaca que quando o desafio de gerir o maior hospital especializado em ortopedia e traumatologia do estado se iniciou, em fevereiro de 2014, a equipe do IBDAH tinha como objetivo a formatação de uma equipe de profissionais médicos de excelência, por isso o foco foi na contratação dos

mais gabaritados especialistas nas principais áreas da Ortopedia. “A divisão permite tornar mais coesa a equipe, formatar protocolos baseados na literatura especializada, melhorar resultados clínicos e reabilitar mais rápido o paciente de alta complexidade, que é o nosso objetivo principal. O segundo passo foi fornecer condições técnicas através de equipamentos e insumos de qualidade. Atualmente, o Hospital Manoel Victorino realiza de 500 a 600 cirurgias de alta complexidade, mais de dois mil atendimentos ambulatoriais por mês e com uma redução constante no tempo médio de internamento”. Em relação às ações de gestão e governança que tornaram o IBDAH um modelo a ser seguido, a entidade desenvolveu, no decorrer do ano, um projeto com base nos princípios de Management By Objectives (MBO), ou Gestão por Objetivo, um sistema onde as metas não devem ser impostas aos trabalhadores, mas sim decididas em conjunto com a equipe de gestão, para que os resultados sejam atingidos com precisão e objetividade. O método se mostrou eficaz ao ser aplicado no Hospital Manoel Victorino e possibilitou uma redução significativa nos custos operacionais. “Os resultados são inúmeros. Mas podemos destacar o baixo tempo de permanência e maior rotatividade de leitos. A cada mês superamos nossas metas e conseguimos atender um número maior de pacientes”, completa Sousa. Para 2015, o foco das ações será nos pacientes e no contínuo empenho na prestação de serviços de excelência. “Porque é para eles que nos aperfeiçoamos constantemente e buscamos sempre oferecer serviços de qualidade”, completa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

25


GESTOR PÚBLICO I JOSÉ ANTÔNIO RODRIGUES ALVES

JOSÉ ANTÔNIO RODRIGUES ALVES, SECRETÁRIO MUNICIPAL DA SAÚDE DE SALVADOR


O crescimento só foi possível graças à reorganização da rede através da requalificação das unidades de saúde, aliada à contratação de novos profissionais. JOSÉ ANTÔNIO RODRIGUES ALVES

Salvador alcança avanços significativos no setor da saúde

E

m quase três anos de nova gestão, o cidadão já consegue perceber os significativos avanços alcançados pela Prefeitura de Salvador no setor da saúde. Em janeiro de 2013, quando o secretário José Antônio Rodrigues Alves assumiu a pasta, Salvador ocupava o último lugar em cobertura de atenção básica entre as capitais brasileiras. Hoje, é destaque em todo o país por ser a cidade que mais expandiu o indicador no setor, saltando de 18% para a marca histórica de 42% dos soteropolitanos assistidos pela saúde básica. O crescimento só foi possível graças à reorganização da rede através da requalificação das unidades de saúde, aliada à contratação de novos profissionais e implementação de serviços. A Prefeitura requalificou 100 postos de saúde equipados com farmácias abastecidas, novos equipamentos e equipes completas. Também foram convocados cerca de três mil novos profissionais, além da adesão do município a programas federais, como o de Valorização da Atenção Básica (Provab) e o Mais Médicos. Sete novas unidades de saúde foram construídas e estão em pleno funcionamento nos bairros de Fazenda Coutos, Dom Avelar, Boa Vista de São Caetano, Rio Sena, Mussurunga, Parque São Cristóvão e Sussuarana. Outras seis unidades estão em construção nos bairros de Nova Brasília, Vale do Cambonas, Calabetão, Plataforma, Fazenda Coutos e Vale do Matatu, e devem estar operando até o primeiro trimestre de 2016. Esse investimento possibilitou a implantação de 113 novas equipes de saúde da família, que passou de 104 para 217, elevando o índice de cobertura de PSF no município de 14% para 28%.

No setor de urgência e emergência, a atual administração entregou seis Unidades de Pronto Atendimento (UPA) que operam ininterruptamente em regime 24 horas nas localidades Itapuã, Tancredo Neves, San Martin, Barris, Valéria e Periperi. Ainda este ano, serão inauguradas as UPAs do Parque São Cristóvão e Brotas. Em Paripe e Pirajá, duas UPAs também encontram-se com obras avançadas e devem estar à disposição no início de 2016. Para garantir o acesso às consultas e exames especializados, a Secretaria Municipal da Saúde deflagrou um processo de Chamamento Público em 24 linhas de cuidado, concluído em agosto de 2013, garantindo a adequação da oferta de serviços com a contratualização de 146 estabelecimentos assistenciais. Com isso, foi ampliada a cobertura de procedimentos regulados de 115 mil em dezembro/2012 para mais de dois milhões atualmente, através do Sistema VIDA+. Além disso, dois Multicentros no Vale das Pedrinhas e em Amaralina foram implantados para assistir a esse tipo de demanda na capital. Em breve os multicentros da Liberdade e da Carlos Gomes estarão em funcionamento e a expectativa é que, até o final de 2016, todos os distritos sanitários do município sejam contemplados com um dispositivo do gênero. A ampliação da cobertura em saúde bucal também tem sido uma das prioridades da atual gestão. A SMS já ampliou de 66 para 165 o número de equipes odontológicas na estratégia de saúde da família na capital. Além disso, cerca de 300 profissionais entre dentistas e auxiliares bucais foram contratados pela administração, garantindo resolutividade e dinamicidade à assistência.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

27


Responsável Técnico: Ricardo Madureira - CRM 12793

HOSPITAL COMPLIANCE I HOSPITAL SANTA IZABEL

MANOELITO SOUZA (SUPERINTENDENTE DE SERVIÇOS CORPORATIVOS) E ROBERTO SÁ MENEZES (PROVEDOR DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA)


Nossa prioridade é garantir a segurança dos pacientes em todas as etapas do diagnóstico e do tratamento. ROBERTO SÁ MENEZES

Boas práticas de gestão, transparência e seriedade

É

tica e transparência nas relações e na prestação dos serviços são os princípios norteadores na conduta da Santa Casa da Bahia. Maior órgão do complexo assistencial da instituição, o Hospital Santa Izabel valoriza as boas práticas de gestão e o comportamento exemplar na condução dos negócios e vida organizacional da empresa. Tal postura foi reconhecida pelo mercado da saúde, que atribuiu ao Santa Izabel o troféu prata no Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, como Hospital Compliance. Recém-criada no prêmio, a categoria avalia o desempenho ético das empresas do segmento médico-hospitalar baiano. “Em um momento de escândalos nacionais envolvendo empresas privadas e o poder público, é recompensador para a instituição ter a sua postura de transparência e seriedade reconhecida pelo mercado”, declara o provedor da Santa Casa, Roberto Sá Menezes. Para ele, o prêmio dá um destaque necessário ao relacionamento ético da empresa com seu público-alvo. “O usuário precisa saber que nossos serviços atendem a pré-requisitos de lealdade também com os stakeholders”, argumenta. A forma de governança da Santa Casa, com alternância do provedor a cada três anos renováveis por mais três, favorece as boas práticas de gestão, segundo Roberto. “É saudável, porque forma outras lideranças e não vicia o poder”, avalia. Ele também aponta a prestação de contas periódica e sistemática como importante ferramenta de gestão. “Essa conduta serve ainda de baliza na condução dos negócios, mostrando onde estão erros e acertos e indicando práticas saudáveis na administração”, expli-

ca. Na estrutura organizacional, o hospital apresenta comissões especiais formadas por profissionais de diversas especialidades. Os grupos se reúnem mensalmente para discutir questões de interesse dos pacientes. “Nossa prioridade é garantir a segurança dos pacientes em todas as etapas do diagnóstico e tratamento, assim como a busca incessante de condições para que uma equipe multidisciplinar possa prestar a assistência com qualidade”, conta o provedor. O compromisso da entidade com a sociedade também está relacionado à responsabilidade socioambiental. Nesse sentido, a instituição promove treinamentos para empregados, fomenta a cultura de conscientização sobre reciclagem, investe em tecnologia limpa e é modelo no descarte correto de resíduos. Conforme Roberto, “as práticas evitam acidentes, ajudam na preservação do meio ambiente, reduzem custos e geram uma economia para novos investimentos”. O Santa Izabel é o hospital mais antigo da Bahia. Foi fundado à época do governador-geral Tomé de Sousa, em 1549, mesmo ano da criação de Salvador. A estrutura de alta complexidade é uma das maiores do Nordeste, com 549 leitos. É certificado pelo Ministério da Saúde como Centro de Referência em Cardiologia e Ortopedia e Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Também investe continuamente na excelência em neurologia. Possui 39 especialidades e um dos maiores centros de hemodinâmica do Nordeste. Principal centro formador de saúde do estado, é conveniado com sete instituições de ensino superior, disponibilizando 270 postos de estágio e 100 de internato médico. A entidade também apresenta 133 vagas totais de residência médica em 17 especialidades.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

29


Responsável Técnico: Dr. João Bráulio N. Macedo - Diretor Médico - CRM 3706

HOSPITAL-DIA I ITAIGARA MEMORIAL

MILTON ALOI (GERENTE ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DO ITAIGARA MEMORIAL), FÁBIO BRINÇO (DIRETOR SUPERINTENDENTE), TÂNIA CHAGAS (DIRETORA OPERACIONAL), JOÃO BRÁULIO (DIRETOR MÉDICO) E EDUARDO CRUZ (GERENTE COMERCIAL)


Nada vem por acaso e sim pela dedicação, devoção e visão de toda uma equipe que se entrega de corpo e alma para atender aos nossos pacientes. FÁBIO BRINÇO

Tecnologia, inovação e segurança para o paciente

Q

uando, em meados da década de 90, um grupo de empresários visionários decidiu investir na cirurgia ambulatorial, criou de forma pioneira aquele que seria um dos primeiros hospitais-dia multidisciplinares do Brasil. Surgia assim, em 1997, o Itaigara Memorial, que desde então vem inspirando outros projetos semelhantes pelo país. Pela quinta vez consecutiva, a instituição é vencedora do troféu ouro na categoria Hospital-Dia do Benchmarking Saúde Bahia. “Ficamos muito felizes com mais este logro, o que demostra que estamos no caminho certo, pois nada vem por acaso e sim pela dedicação, devoção e visão de toda uma equipe que se entrega de corpo e alma para atender aos nossos pacientes”, declara Fábio Brinço, superintendente da instituição. Resultado de muito investimento em tecnologia, inovação mas principalmente em pessoas, o Itaigara Memorial Hospital-Dia realiza procedimentos de pequena e média complexidades, com permanência de até 12 horas de internamento. Atualmente com 370 colaboradores diretos, possui ainda mais de mil médicos cadastrados, atendendo 24 especialidades com total infraestrutura e equipamentos de última geração. Em 2014, a instituição inaugurou a nova unidade Gastro Hepato Endoscopia, ampliando em até 75% o número de atendimentos na especialidade. A nova unidade, que funciona em um espaço exclusivo no bairro do Caminho das Árvores, integra o complexo médico do IMHD. O Itaigara Memorial conta com um Comitê de Segurança do Paciente, formado por uma equipe multiprofissional. O objeti-

vo é propiciar a redução de atos inseguros nas práticas assistenciais e garantir os melhores resultados para os pacientes. As atribuições do Comitê incluem desenvolver, acompanhar e avaliar a efetividade das práticas diárias das metas internacionais de segurança, como identificação do paciente e acompanhante, redução de risco de infecção hospitalar, entre outros. Os esforços da instituição para a garantia da segurança nos procedimentos contemplam também o processo de avaliação atualmente em curso para a acreditação da Joint Commission International (JCI), uma das entidades acreditadoras mais importantes do mundo, no Brasil representada pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA). Dois dos principais indicadores que o Itaigara Memorial vem perseguindo com muito afinco, são o índice de Satisfação do Cliente, que apresenta um percentual de 98,4% entre bom e ótimo, e o Índice de Infecção Hospitalar, que nos últimos dez anos apresentou uma média anual de 0,31%. O atendimento humanizado é uma das prioridades do Itaigara Memorial, com estruturas projetadas para proporcionar menos estresse aos pacientes e familiares. Nesse sentido, o hospital garante uma assistência personalizada, além de agilidade nos procedimentos para que os beneficiários retornem à casa e ao trabalho o mais breve possível. Segundo Eduardo Cruz, gerente comercial da instituição, “o objetivo é propiciar um ambiente que ofereça melhores condições de trabalho, menor tempo de espera no centro cirúrgico e o mínimo de burocracia para o agendamento de um procedimento, podendo o médico utilizar o seu tempo para melhor atender a seus pacientes”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

31


Responsável Técnico: Ricardo Madureira - CRM 12793

HOSPITAL FILANTRÓPICO I HOSPITAL SANTA IZABEL

RICARDO MADUREIRA (DIRETOR MÉDICO DO HOSPITAL SANTA IZABEL), EDUARDO QUEIROZ (SUPERINTENDENTE DE SAÚDE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA), ROBERTO SÁ MENEZES (PROVEDOR), MÔNICA BEZERRA (DIRETORA ADMINISTRATIVA E DE MERCADO) E GILSON SOARES FEITOSA (DIRETOR DE ENSINO E PESQUISA)


O segredo está em perseguir sempre o menor custo, maximizando a rentabilidade e preservando a qualidade dos atendimentos. ROBERTO SÁ MENEZES

Referência em gestão e qualidade dos serviços

P

restar assistência médica de excelência, promovendo a saúde de qualidade e estimulando o desenvolvimento do ensino e pesquisa no país, com base em princípios éticos e filantrópicos. Tal missão vem sendo desempenhada com louvor pelo Hospital da Santa Casa da Bahia, o Santa Izabel. Unidade geral de alta complexidade, a estrutura foi fundada em 1549 e hoje é referência no segmento médico-hospitalar. Na 5ª edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, a instituição conquista o troféu ouro como Hospital Filantrópico. Para o provedor da Santa Casa, Roberto Sá Menezes, a premiação vem em boa hora. “É o reconhecimento do nosso esforço contínuo em fazer do mais antigo hospital de Salvador um exemplo a ser seguido”, discorre. O gestor se refere aos investimentos da instituição realizados nos últimos anos em capacitação, infraestrutura e tecnologia, desde que a entidade adotou um modelo de administração profissionalizado e voltado para a autossustentabilidade. “Isso se refletiu positivamente na qualidade dos serviços prestados e nas atividades de residência e pesquisa médica”, acrescenta o executivo da entidade, que em 2014 conquistou o título de Hospital Acreditado Pleno – Nível 2, na metodologia ONA. Grande instituição de saúde do Nordeste, com um dos maiores centros de hemodinâmica da região, o Santa Izabel realiza anualmente 145 mil consultas e procedimentos ambulatoriais, 15 mil cirurgias e 1,4 milhão de exames. A estrutura filantrópica reserva 60% de seus atendimentos ao SUS. O hospital, que já integrava a Rede Cegonha e a Rede Estadual de

Urgência e Emergência da Bahia, em 2014 passou a agregar também a Rede de Atenção Psicossocial a Usuários de Crack, Álcool e Outras Drogas, gerindo a primeira Unidade de Acolhimento Infantojuvenil implantada na Bahia, em parceria com a Prefeitura de Salvador. “O maior desafio tem sido cumprir a filosofia da entidade, diante de um financiamento defasado e da falta de recursos do SUS para manter a filantropia”, diz Roberto, sobre a atual situação de dificuldade vivida pelos hospitais filantrópicos brasileiros. Ainda assim, o Santa Izabel mantém um crescimento de 10% ao ano, marco considerado positivo para o segmento.“O segredo está em perseguir sempre o menor custo, maximizando a rentabilidade e preservando a qualidade dos atendimentos”, explica. Em uma construção histórica de 50,7 mil m2 de área total, o Santa Izabel atende 39 especialidades e é certificado pelo Ministério da Saúde como Centro de Referência em Cardiologia e Ortopedia e Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Também investe continuamente para o desenvolvimento da excelência em neurologia. A estrutura possui 549 leitos, sendo 85 de UTI, além de 13 salas de cirurgia. É também o principal centro formador de saúde do estado, com 133 vagas de residência médica em 17 especialidades, além de 270 postos de estágio e 100 de internato médico, em convênio com sete instituições de ensino superior. Atualmente está em curso uma reestruturação, que abrange a quase duplicação em espaço e capacidade das unidades de pronto-atendimento adulto, ortopédico e otorrino, um ambulatório de assistência ao SUS mais confortável e novos investimentos no parque tecnológico, totalizando um aporte de R$ 25 milhões.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

33


Responsável Técnico: José Ernesto Oliveira Gomes - CRM 10622

HOSPITAL PRIVADO (INTERIOR DO ESTADO) I HOSPITAL SAMUR (VITÓRIA DA CONQUISTA)

SEDE DO HOSPITAL SAMUR, EM VITÓRIA DA CONQUISTA (BA), TERCEIRA MAIOR CIDADE DO ESTADO E PRINCIPAL POLO ECONÔMICO DO SUDOESTE BAIANO


Buscamos atender a quem nos procura com dedicação, ética, profissionalismo e, acima de tudo, amor. SEBASTIÃO CASTRO

Comprometimento com o desenvolvimento e a implantação de novos serviços

O

Hospital SAMUR acaba de vencer, pelo quarto ano consecutivo, o Premio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital Privado (Interior do Estado). Inaugurado em 1971, atualmente o Hospital SAMUR é considerado uma das mais importantes e abrangentes instituições do setor de saúde baiano, ao cobrir cerca de 70 municípios do entorno de Vitória da Conquista (BA) – terceira maior cidade do Estado e principal polo econômico do Sudoeste baiano. “Desde a inauguração, buscamos atender a quem nos procura com dedicação, ética, profissionalismo e, acima de tudo, amor. Portanto, a premiação é a coroação de todo o nosso trabalho”, comemora Dr. Sebastião Castro, presidente do Conselho e um dos membros do corpo diretivo do Hospital SAMUR. Completam o quadro da gestão da entidade Dr. Josué Figueira (Diretor Administrativo), Dr. José Ernesto (Diretor Técnico) e Dr. Raúl Barreto (Diretor Financeiro). Comprometido com o desenvolvimento e implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade e melhoria da eficácia, o ano de 2014 foi, para o Hospital SAMUR, marcado por realizações que abraçaram, desde as instalações físicas e aquisição de equipamentos avançados, até investimentos nos profissionais que atuam na unidade. “Um fator que consideramos fundamental para o bom atendimento é o investimento no profissional: médicos, corpo de enfermagem, técnicos e profissionais do setor administrativo. A qualificação representa a pedra-de-toque de nossas ações e trabalhos. É a eles que atribuímos o nosso sucesso”, destaca Dr. Sebastião Castro.

Também em 2014 foram realizados investimentos em novos serviços, como a implantação dos setores de Radioterapia e Radiocirurgia. Além disso, o Hospital SAMUR foi o primeiro hospital do interior do Estado a efetuar a aquisição de um Acelerador Linear da Elekta – um dos mais modernos equipamentos utilizados em procedimentos de radioterapia. Dr. Castro reforça que todos que investem na área de saúde aprendem, desde cedo, que hospitais são empresas complexas e multidisciplinares. “É algo que necessita se adequar permanentemente às novas tecnologias, aos novos métodos e novos procedimentos”, completa. O gestor enumera ainda investimentos como ampliação dos serviços de Imagem e Pronto Atendimento, aquisição de novos equipamentos para o Centro Cirúrgico, reformulação e reestruturação da Central de Esterilização de Materiais, readequação, ampliação e novos equipamentos para o setor de Tecnologia da Informação (TI), cursos e treinamentos para os colaboradores das várias áreas do hospital e a aquisição de leitos modernos e mais confortáveis para apartamentos, UTI’s e enfermarias. A meta, conforme o presidente do Conselho, é nunca descuidar da manutenção e continuar o mesmo nível dos investimentos. “Assim sendo, estamos trabalhando para promover, ainda em 2015, a ampliação das UTI’s (geral e cardiológica), do número de leitos do hospital como um todo, do Laboratório de Análises Clínicas e a reestruturação dos serviços de Endoscopia e Urologia. E podemos adiantar ainda que estamos estudando a instalação dos serviços de Hemodiálise, Medicina Hiperbárica e Bracterapia”, completa Dr. Sebastião Castro.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

35


Responsável Técnico: Dr. João Augusto de Carvalho Cunha – CRM 6279

HOSPITAL PRIVADO (PEQUENO E MÉDIO PORTES) I HOSPITAL EVANGÉLICO DA BAHIA

SR. BRENO SENA (DIREITOR EXECUTIVO DO HOSPITAL EVANGÉLICO DA BAHIA), DR ROSALVO COELHO NETO (DIRETOR GERAL) E DR. JOÃO CUNHA (DIREITOR MÉDICO)


Realizamos a reforma das estruturas físicas, aumentando assim a resolutividade e a excelência no atendimento. ROSALVO COELHO NETO

Assistência médico-hospitalar de excelência para a população

O

Hospital Evangélico da Bahia acaba de conquistar o segundo lugar do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, evento que é considerado o Oscar do setor de saúde, na categoria Hospital Privado (Pequeno e Médio Portes). O hospital foi consagrado como uma das melhores instituições pelo trade de saúde do Estado, que tradicionalmente elege os melhores do ano no setor. “Esse é um reconhecimento importante do bom trabalho que nós estamos realizando. Ser bem avaliado pelos nossos pares avaliza o acerto da gestão que estamos empreendendo no hospital”, avalia Dr. Rosalvo Coelho Neto, diretor geral do Hospital Evangélico da Bahia. Com 55 anos de história e contribuindo para o melhoramento contínuo da saúde e do bem-estar da população baiana, nos últimos três anos, uma gestão profissional foi implementada, levando a instituição a cumprir fielmente os seus compromissos com a equipe profissional da instituição, sejam médicos, administradores, gestores e fornecedores. “As ações realizadas estão dentro do cumprimento do nosso planejamento estratégico, que possui quatro pilares: tecnologia, gestão executiva, qualidade nos serviços e educação continuada”, afirma Dr. Rosalvo. Ao longo destes três anos, foram realizadas, permanentemente, ações e investimentos pelo Hospital Evangélico da Bahia que conduziram a entidade à condição de um dos melhores hospitais de pequeno e médio portes. Estas ações beneficiaram a atuação da empresa no mercado de saúde. “Realizamos a re-

forma das estruturas físicas, a construção dos Centros Médico e Gástrico de alto padrão, a construção de modernas enfermarias e investimentos em equipamentos médicos de última geração, aumentando assim a resolutividade e a excelência no atendimento”, enumera o diretor. Dr. Rosalvo considera como fundamental para se manter como referência no mercado de saúde a aplicação prática da missão, que é ser uma entidade filantrópica com o objetivo de prestar assistência médico-hospitalar de excelência à população, sem distinção de raça e credo, através de ações integradas de saúde com autossustentabilidade econômica/financeira. Com relação às práticas médicas e às ações assistenciais com foco na qualidade e na segurança, a atuação do Núcleo de Segurança do Paciente foi decisiva para a definição das estratégias de implantação e acompanhamento relacionadas às metas internacionais de segurança. Em relação aos novos investimentos, a unidade, ainda este ano, vai inaugurar o serviço de ressonância magnética e um novo prédio com centro de estudos para pesquisa e desenvolvimento e auditório amplo para treinamento. A partir 2016, começam as obras de ampliação da UTI, Centro Cirúrgico e novos leitos de enfermaria e apartamentos. E já está em estudo a instalação do serviço de hemodinâmica com vistas à implantação da cirurgia cardíaca. “Dentro de um cenário desfavorável que o país vive, é importante continuar acreditando no futuro, sem esmorecer. É preciso fazer da crise uma oportunidade”, afirma o diretor. “Trabalharemos arduamente com o objetivo de alcançar cada vez mais a excelência”, completa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

37


Responsável Técnico: DR. Josemar Fonseca Silva CRM - 1290

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS I LABCHECAP

EQUIPE ADMINISTRATIVA DO LABCHECAP


Todas essas ações têm o objetivo de tornar os colaboradores capacitados para um atendimento qualificado e ético. MAURÍCIO BERNARDINO

P

Crescimento expressivo e criação de 200 novos empregos

resente em todas as edições do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, sempre nas primeiras colocações, o Labchecap conquistou o troféu ouro na categoria Laboratório de Análises Clínicas, pela segunda vez. A liderança na 5ª edição do prêmio, que é considerado o Oscar da saúde baiano, é o reflexo da posição de destaque que a organização ocupa no cenário da saúde laboratorial. “Posição que põe o Labchecap na condição de instituição reconhecida por clientes e parceiros, como o laboratório de análises clínicas sinônimo de confiança, qualidade e governança”, comemora Maurício Bernardino, CEO do Labchecap.

Com mais de 32 anos de contribuição para qualidade de vida da população baiana, o Labchecap teve o ano de 2014 marcado por diversas iniciativas que o levaram se destacar no mercado. Dentre elas, destaque para a ampliação do quadro de exames, em especial os de pesquisa genética e de imunofluorescência, além de uma serie de melhorias de processos que tornaram o atendimento mais rápido e seguro. Operações hospitalares também receberam melhorias, como os exames de Microbiologia e Hemoculturas Anaeróbias Automatizadas – sendo o Labchecap uma das poucas instituições a oferecer esse procedimento na capital. Tudo isso garantido pelo Sistema de Gestão de Qualidade e em conformidade com a norma ISO 9001:2008, participando do Programa Nacional de Controle de Qualidade (PNCQ), e acreditado pelo Sistema Nacional de Acreditação – DICQ. No âmbito da gestão, a organização adotou um modelo de trabalho similar ao Centro de Serviços Com-

partilhados (CSC). Com isso, toda uma estrutura administrativa foi criada para atender as necessidades dos negócios da empresa. A iniciativa sustenta um sólido planejamento realizado de forma colaborativa pelos gestores norteado pelas diretrizes estratégicas. Este modelo de gestão, além de oferecer serviços administrativos para as frentes de negócios, possui um importante diferencial: “além de processos administrativos, também atuamos na inteligência de mercado, o que não é comum em relação ao CSC”, reforça Bernardino. A empresa também consolidou as práticas de Gestão do Capital Humano ao reestruturar o setor de RH e ao estabelecer uma nova política de atuação na capacitação da equipe e formação de novos líderes. “Foi um ano de ações motivacionais, campanhas e novos benefícios. Essas ações têm o objetivo de tornar os colaboradores capacitados para um atendimento qualificado e ético”, diz o CEO. Impulsionado para contribuir com a qualidade de vida dos clientes e oferecer atendimento de qualidade, em 2014 o Labchecap manteve a estratégia de expansão. A empresa investiu em novas unidades, tecnologias e serviços. Em números, a rede aumentou, só nos serviços de análises clínicas, de 21 para 24 unidades nos bairros de Itapuã, Graça e Estrada do Coco. Também em 2014, o Labchecap atingiu a marca dos 5,2 milhões de exames – um crescimento de 26% em relação ao ano anterior. O quadro de funcionários também foi ampliado com a criação de 200 novos empregos. “Este foi o ano que também marcou a nossa entrada no setor de Imagem, além do segmento de Vacinas, projeto que começou em 2013 e continua a pleno vapor”, reforça Bernardino.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

39


Responsável Técnico: Tatiana Ferraz – CRF 3437 BA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS I LABORATÓRIO SABIN

LÍDIA ABDALLA, PRESIDENTE EXECUTIVA DO GRUPO SABIN


Trabalhamos com base em importantes pilares como qualidade, inovação, tecnologia, sustentabilidade e gestão. LÍDIA ABDALLA

C

Compromisso com a qualidade e reconhecimento internacional

om mais de 30 anos de história, o Laboratório Sabin de Análises Clínicas tem primado não apenas pela excelência em seus serviços, mas, principalmente, pelo desenvolvimento de toda a cadeia produtiva nas regiões onde atua. Com 170 unidades em oito estados e no Distrito Federal, a empresa tem investido de forma crescente no estado da Bahia, onde possui 25 unidades. “Trabalhamos com base em importantes pilares, como qualidade, inovação, tecnologia, sustentabilidade e gestão, pelos quais somos reconhecidos internacionalmente”, afirma a presidente executiva do Grupo Sabin, Lídia Abdalla. A qualidade do Laboratório é certificada pela ISO 9001:2008, norma técnica que estabelece um modelo de gestão de qualidade. O Sabin também está entre o seleto grupo de laboratórios acreditados pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, por meio do Palc (Programa de Acreditação para Laboratórios Clínicos) e do Pelm (Programa de Excelência para Laboratórios Médicos). Em sustentabilidade, o laboratório possui a certificação ambiental ISO 14.001, fundamental para referendar o comprometimento com o meio ambiente. A empresa também é signatária do Pacto Global, iniciativa da ONU e de empresas para a disseminação de práticas e políticas de sustentabilidade social, ambiental e econômico-financeiras. Desde 2009 na Bahia, com atuação nas cidades de Barreiras, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães e Salvador, o Sabin recebe pelo segundo ano consecutivo o Prêmio Benchmarking Saúde, nas categorias Laboratório de Análises Clínicas, Ação Social e Sustentabilidade.

“Ser homenageado pelo Benchmarking Saúde é uma prova de que estamos no caminho certo”, comemora Lídia Abdalla. Em 2015, o Laboratório Sabin realizou investimentos para ampliar a capacidade de processamento de exames em Salvador, com a inauguração de sua nova matriz e seu novo Núcleo Técnico Operacional. Além disso, o Sabin implementou o serviço de vacinas para clientes da capital baiana. O compromisso com a qualidade de vida vai além de oferecer exatidão nos exames. A rede atua em sintonia com os interesses da sociedade e prima pela sustentabilidade em sua gestão, desde as boas práticas para com seus colaboradores até iniciativas de responsabilidade social e ambiental. Para chegar a este patamar de excelência, o Sabin investe em seus colaboradores. A filosofia de gestão tem como práticas: desenvolver, desafiar, reconhecer, recompensar e comemorar. Essa gestão levou o Sabin a ser reconhecida como a melhor empresa para se trabalhar na Bahia pelo Great Place To Work. O trabalho social com a comunidade desenvolvido pelo Laboratório Sabin, por meio do Instituto Sabin, também é reconhecido pelo prêmio Benchmarking Saúde. Essas ações acontecem nas áreas de saúde, educação, esporte e pesquisa. Em 2015 o Instituto Sabin ampliou sua atuação junto às comunidades baianas, melhorando a qualidade de vida de mais de dez mil pessoas. Ainda em 2015, o Sabin espera inaugurar espaços em Salvador e Barreiras. “A Bahia é um estado próspero, com grande potencial de desenvolvimento, o que nos motiva a continuar firmes na missão de oferecer serviços de saúde com excelência”, diz Lídia Abdalla.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

41


Responsável Técnico: Dr Marcus Machado - CRF 2464

LABORATÓRIO INTERIOR DO ESTADO I IHEF (INSTITUTO DE HEMATOLOGIA E HEMOTERAPIA DE FEIRA DE SANTANA) – GRUPO MEDDI

MARCUS MACHADO (DIRETOR TÉCNICO DO LABORATÓRIO IHEF) E JOSÉ ANTÔNIO BARBOSA (DIRETOR PRESIDENTE DO GRUPO MEDDI)


O diferencial está no acolhimento e na humanização dos serviços, respeitando os clientes nos seus anseios, na prevenção, no auxílio diagnóstico e no tratamento. MARCUS MACHADO

Governança corporativa e humanização para melhores resultados

R

eferência em medicina laboratorial, o IHEF foi fundado em 1983 por Dr José Antônio Barbosa, em Feira de Santana. Desde então, a empresa vem conquistando a confiança da classe médica e da comunidade, com qualidade e rapidez dos serviços prestados em modernas instalações. Atualmente, o laboratório conta com 23 unidades espalhadas pela Bahia, sendo 15 em sua cidade matriz e oito nos municípios de Pojuca, Santo Estêvão, Santa Bárbara, Santo Amaro, Irará, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria e São Gonçalo. O IHEF foi escolhido pelo mercado baiano para receber o troféu ouro no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015 como Laboratório Interior do Estado. “É o reconhecimento do nosso esforço e sobretudo amor pelo que fazemos no segmento da medicina laboratorial”, comenta o diretor técnico do laboratório, o bioquímico Marcus Machado. O segredo da trajetória de sucesso do IHEF está no fortalecimento da governança corporativa, além da atualização contínua das principais lideranças do grupo e o estímulo às boas práticas. Para tanto, a empresa desenvolveu algumas políticas em gestão de RH, como avaliação de desempenho, participação nos lucros e subsídios à formação acadêmica e pós-graduação. De forma pioneira, o grupo segmentou o atendimento e criou unidades com ambientações especiais para públicos específicos. Assim, surgiram as clínicas IHEF Kids, para crianças, e o IHEF Class. Conforme Machado, “o diferencial está no acolhimento e humanização dos serviços, respeitando os clientes nos seus anseios, na prevenção, auxílio diagnóstico e tratamento”. Também foi ampliado o par-

que tecnológico, com a aquisição de equipamentos de ponta nas fases analítica, pré-analítica e pós-analítica, em consonância com o que há de mais moderno no setor. Os investimentos em infraestrutura e instalações foram de cerca de R$ 3 milhões. O IHEF foi o primeiro laboratório do interior da Bahia acreditado pelo Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (Palc). A empresa também possui o selo de Controle de Qualidade da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC) como Ótimo Desempenho. Os esforços de todos têm dado bons resultados: em 2014 o laboratório foi eleito Top of Mind em Feira de Santana. Periodicamente, a empresa também realiza pesquisas de satisfação entre seus clientes, obtendo sempre mais de 80% de aprovação, com notas entre excelente e muito boa. Sobre os projetos para o futuro, Machado antecipa: “Temos planos de expansão tanto em Feira de Santana, quanto em cidades estratégicas do estado. Queremos estreitar cada vez mais esta relação com os nossos clientes e parceiros”. Para Dr José Antônio Barbosa, diretor presidente do Grupo Meddi, o IHEF é um laboratório que a cada dia confirma a sua vocação de estar à frente nas políticas adotadas, mantendo sempre o foco no cliente. “No âmbito social, criamos o Centro de Convivência Isa e Almerinda, espaço que integra os habitantes de terceira idade de Feira de Santana a atividades físicas e intelectuais, possibilitando convívio social saudável a estas pessoas. Um trabalho que nos enche de felicidade em poder contribuir para a cidade onde plantamos a semente e onde floresceu tudo que hoje somos”, diz Dr. José Antônio.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

43


Responsável Técnico: Dra. Eliane Noya - CREMEB 7990

MEDICINA DE GRUPO I PROMÉDICA

TEREZA VALENTE, PRESIDENTE DA PROMÉDICA


Acreditamos que a melhor forma de tratar um paciente é através da prevenção. TEREZA VALENTE

Tradição, inovação e investimento em rede própria

A

Promédica, que esteve presente em todas as edições do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, conquistou o troféu ouro da premiação na categoria Medicina de Grupo, pelo segundo ao consecutivo. A liderança no prêmio, que está na 5ª edição e é considerado o Oscar da saúde baiano, e a escolha por parte do próprio trade de saúde do estado refletem a posição de destaque que a empresa ocupa. Com mais de 45 anos de história e cerca de mil clientes corporativos, a tradição e a inovação são marcas da Promédica. Criada em 1969, desde o início a empresa se preocupou em estruturar uma rede própria de atendimento que disponibiliza serviços hospitalares com comodidade e, sobretudo, com qualidade e segurança para os beneficiários. Atualmente, a organização possui seis centros médicos, que disponibilizam diversas especialidades na Cidade Baixa, Ondina, Pituba, Itaigara e Iguatemi. A empresa também está presente no setor de medicina laboratorial através da rede Datalab, nos bairros da Graça, Pituba, Garibaldi, Cidade Baixa, Iguatemi, Brotas, Imbuí, Lauro de Fretas e Simões Filho. A rede Datalab utiliza técnicas de química seca e dispõe de uma central de processamentos automatizada, com rastreamento das amostras, oferecendo qualidade e segurança nos procedimentos. Além disso, a cada ano, o Datalab conta com um controle de qualidade realizado pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC). Além de investir em rede própria, em 2014 pode-se dizer que as ações de inovação no mercado, por meio do desenvolvimento de Programas de Medicina Preventiva, foram determinan-

tes para a Promédica ser, mais uma vez, reconhecida como a melhor empresa de Medicina de Grupo do mercado baiano. “Acreditamos que a melhor forma de tratar um paciente é através da prevenção. Assim, a Promédica realiza programas gratuitos como o Serviço Para Tratamento da Obesidade da Promédica (Stop), o Grupo de Diabetes, atividades para gestantes e ações desenvolvidas nas empresas clientes que monitoram a saúde dos colaboradores”, disse Tereza Valente, presidente da Promédica. Visando otimizar resultados e qualificar cada vez mais os serviços oferecidos à população, a Promédica passou a adotar uma política de controle de custos que envolve todos os setores e unidades da empresa. Os processos são conduzidos pela diretoria e por profissionais especializados em controle de gastos e redirecionamento de investimentos, com diagnósticos sempre atualizados. Além disso, no ano passado, a Promédica iniciou o processo de mudança de sede e do Espaço de Atendimento ao Cliente, já em novos endereços. A nova sede está localizada no Rio Vermelho. Já os serviços de emissão de guias, reembolso, autorização para exames, procedimentos e cirurgias e emissão de documentação passaram a ser realizados no Centro Médico Albert Sabin, na Avenida Anita Garibaldi. Também foram intensificados investimentos em Tecnologia da Informação, com o objetivo de facilitar e aperfeiçoar os serviços prestados pela operadora e pelas unidades. Além disso, a Promédica lançou um novo site, com informações diversificadas envolvendo medicina preventiva e canais diretos de comunicação com beneficiários e empresas clientes.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

45


Responsável Técnico: Ana Maria Assunção Carneiro - CRM 524240078/7 /RJ

OPERADORA DE AUTOGESTÃO I PETROBRAS

EQUIPE ADMINISTRATIVA DA ASSISTÊNCIA MÉDICA SUPLEMENTAR (AMS), DO SISTEMA PETROBRAS


Ética, seriedade e respeito são os valores que marcam a gestão da AMS e seu relacionamento com o mercado. CARLOS ALBERTO RIBEIRO DE FIGUEIREDO

Assistência médica com qualidade, conforto e segurança

C

om atendimento humanizado e personalizado para cada um de seus 295 mil beneficiários em todo o Brasil, a Assistência Médica Suplementar (AMS) é um dos benefícios mais importantes do Sistema Petrobras. Sem fins lucrativos, o plano de saúde utilizado por ativos, aposentados e pensionistas da organização possui ampla cobertura nacional. Nesta 5ª edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, a AMS operacionalizada pelos Serviços Compartilhados é troféu ouro como Operadora de Autogestão. “O prêmio é a materialização dos investimentos feitos nos últimos anos, através da profissionalização da gestão e operação do benefício, melhoria nos processos e aperfeiçoamento da governança”, declara Carlos Alberto Ribeiro de Figueiredo, gerente geral da Regional Norte-Nordeste dos Serviços Compartilhados. O gestor aponta como diferencial o oferecimento de uma ampla rede conveniada para seus beneficiários, inclusive disponibilizando coberturas não obrigatórias pela ANS. “Ética, seriedade e respeito são os valores que marcam a gestão da AMS e seu relacionamento com o mercado. Essa tríade contribuiu para esse reconhecimento”, diz. A atuação da AMS abrange os serviços de assistência ambulatorial, hospitalar com obstetrícia e odontológico, tendo cobertura nacional e padrão de acomodação em internação do tipo individual. Desde 2010, a operadora disponibiliza o Atendimento Pré-Hospitalar para seus beneficiários na Bahia. O APH, como é conhecido, foi criado para proporcionar aos usuários da AMS – Petrobras um serviço médico móvel de urgência e emergência 24h. A estrutura dispõe

de equipes prontas para o atendimento por telefone ou domiciliar, acolhendo desde casos simples a situações mais complexas, em que é preciso o deslocamento em UTI móvel para um hospital. Inicialmente disponibilizada como projeto piloto em Salvador e Lauro de Freitas, a experiência deu certo e foi estendida em 2014 para Feira de Santana, com perspectiva de implantação em outros estados. “O objetivo do APH foi o de oferecer assistência médica com maior conforto e segurança, menor tempo de resposta e menor custo despendido com atendimentos nas emergências das unidades de saúde”, explica Figueiredo. E o serviço tem dado bons resultados. Nas contas da operadora, são cerca de 600 atendimentos por mês, com necessidade de remoção para unidades de saúde em apenas 5% dos casos. “Mais de 95% das assistências realizadas foram efetuadas por telefone ou atendimento no local onde se encontra o beneficiário, evitando o deslocamento para as unidades hospitalares”, comemora o gestor. Atualmente, a operadora está implantando um novo suporte tecnológico para elevar o nível dos serviços prestados e proporcionar ganhos de eficiência e produtividade em todos os processos. O foco é o aumento da satisfação dos beneficiários. Dentre os recursos ofertados está um call center mais dinâmico, disponibilizando profissionais médicos e odontólogos para atendimento 24h, incluindo sábados, domingos e feriados. A medida vai permitir mais celeridade nos processos de autorização. “Essas mudanças começarão a ser percebidas pela rede credenciada ainda em 2015, e para a Petrobras será um marco na história da AMS”, garante Figueiredo.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

47


SEGURADORA I BRADESCO SEGUROS

MARCIO CORIOLANO, PRESIDENTE DA BRADESCO SAÚDE E DA MEDISERVICE


Com um portfólio de qualidade e uma equipe preparada, desenvolvemos estratégias capazes de adequar nossos produtos à demanda do cliente. MARCIO CORIOLANO

S

Atenção aos segurados e parceria com a rede referenciada

inônimo de qualidade, solidez e credibilidade, a Bradesco Saúde é líder no mercado de saúde suplementar brasileiro. A empresa, integrante do Grupo Bradesco Seguros, atua no segmento de seguro saúde desde 1984 e é controladora da Mediservice, que opera planos de saúde na modalidade de administração por pós-pagamento. A Bradesco Saúde é troféu ouro no Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Seguradora. Para o presidente da Bradesco Saúde e da Mediservice, Marcio Coriolano, “ser reconhecida como a melhor seguradora, pela quinta vez consecutiva, em uma premiação cuja comissão julgadora é composta pelo próprio trade de saúde baiano, é muito especial e tem muita relevância”. E não é para menos. A condecoração vem em reconhecimento à posição de liderança da seguradora: cerca de 116 mil empresas possuem seguros da Bradesco Saúde e planos da Mediservice, em todas as regiões do país. As duas companhias, presentes em quase 1,4 mil municípios brasileiros, atendem a cerca de 4,5 milhões de segurados e contam com uma rede médica composta por mais de 101 mil profissionais de saúde. Integram o grupo de prestadores conveniados: cerca de 14,2 mil médicos atendendo em consultórios, mais de 2,3 mil hospitais, cerca de dois mil prontos-socorros, mais de 14,7 mil clínicas e dez mil serviços de imagem e análises laboratoriais. Nesse contexto, o mercado baiano se destaca. “A Bahia é estrategicamente muito importante”, pontua Coriolano, referindo-se aos 330 mil segurados no estado onde a empresa é líder. E é justamente a penetração em todo o país um dos diferenciais da Bradesco Saúde. A ampla cobertura

se deve à presença do Banco Bradesco em quase todos os municípios do país. “Em todas as agências do banco existe um corretor capacitado para vender o plano de saúde de acordo com o perfil e necessidade do cliente”, diz. Em 2014, as vendas da seguradora se multiplicaram após a integração das áreas comerciais do Grupo Segurador com a criação da Organização de Vendas. O sucesso da empresa é também devido à política de interiorização de desenvolvimento adotada nos últimos anos pelo Brasil. Isto tem despertado nas empresas dos estados da região Norte, Centro-Oeste e Nordeste o desejo de consumir planos de saúde. “O segmento de pequenas e médias empresas passou a ser uma importante estratégia de atuação da Seguradora”, conta o executivo, que recentemente viu a companhia ultrapassar a marca de um milhão de vidas seguradas em SPG (de 3 a 199 vidas). O gestor destaca, ainda, a importância de dar prioridade ao binômio qualidade-equipe. “Com base em um portfólio de planos de saúde de qualidade e com uma equipe preparada, desenvolvemos estratégias capazes de adequar nossos produtos à demanda do cliente”, diz. Recentemente, a Bradesco Saúde conquistou, pela segunda vez o selo de Acreditação Nível 1, o mais alto de acordo com os parâmetros da avaliação. O processo foi realizado por um grupo de avaliadores do Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), que é certificado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro e homologado pela ANS. A medida verifica a conformidade da empresa com uma série de padrões relacionados à gestão e ao relacionamento com clientes e rede de prestadores.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

49


Responsável Técnico: Dra. Thais Dias Gonzalez - CRM-BA 17.146

SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM I DELFIN IMAGEM

DELFIN GONZALEZ MIRANDA, PRESIDENTE DA DELFIN IMAGEM


“Ser eleito pelo quinto ano consecutivo como referência em diagnóstico por imagem mostra o quanto nos dedicamos a esse trabalho”. DELFIN GONZALEZ MIRANDA

Delfin Imagem traz diferenciais em diagnóstico por imagem para a Bahia

R

eferência em diagnóstico por imagem em todo o Nordeste, a Delfin Imagem vem investindo em diversas áreas que vão desde a sua infraestrutura até a aquisição de novas tecnologias. A inovação dos processos e o investimento em tecnologia de ponta são alguns dos pilares da empresa que tem o trabalho focado em oferecer a melhor experiência aos seus pacientes e garantir a satisfação com a qualidade dos serviços prestados. A Delfin Imagem iniciou o segundo semestre de 2015 com um projeto pioneiro em todo o Estado. Em julho deste ano, a empresa baiana de diagnóstico por imagem lançou o Portal Médico e o Portal Paciente, plataformas que disponibilizam laudos e imagens de exames via internet. A ferramenta é um grande diferencial em diagnóstico na Bahia por oferecer segurança, conforto, comodidade, agilidade e praticidade, e acesso através de dispositivos móveis como notebooks, tabletes e smartphones. Todos os nossos médicos e pacientes podem acessar os portais, sendo que os profissionais só têm acesso com a autorização do paciente no momento da realização do exame. “É muito gratificante coroar nosso trabalho com um projeto pioneiro na Bahia como o Portal Médico e Paciente, que facilitarão o acesso ao laudo e às imagens dos exames realizados. Desenvolvemos essa ferramenta pensando nos parceiros e iremos garantir a mesma qualidade e precisão dos diagnósticos”, enfatiza Dr. Delfin Gonzalez.

A empresa soma dez Prêmios Top Of Mind Salvador e cinco Prêmios Benchmarking Saúde, na categoria serviço de diagnóstico por imagem. “Ser eleita pelo quinto ano consecutivo como referência em diagnóstico por imagem no Estado mostra o quanto nos dedicamos a esse trabalho que já soma mais de 35 anos de trajetória”, destaca Dr. Delfin Gonzalez. E nessas quase quatro décadas de existência, a Delfin se consolidou na área de Medicina Diagnóstica no Nordeste. São sete unidades na Bahia, sendo três em Salvador, duas na cidade de Lauro de Freitas, uma em Feira de Santana e outra no município de Santo Antônio de Jesus. A Delfin também está presente em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Em 2015, a instituição está fazendo uma repaginação física, iniciando pela unidade Itaigara, e na área de atendimento, através da aquisição de novas ferramentas para o monitoramento de todos os indicadores operacionais. Sobre a Delfin Imagem Com mais de 35 anos de existência, a Delfin Imagem tem o médico radiologista Dr. Delfin Gonzalez Miranda como fundador. A clínica oferece uma grande variedade de serviços na área de imaginologia como radiologia, densitometria óssea, ultrassonografia, tomografia computadorizada, ecocardiografia, ressonância magnética, mamografia, elastografia, além da realização de exames de imagem para o setor de odontologia.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

51


Responsável Técnico: Dr. Marco Novaes - CRM 8202

SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM I MULTIMAGEM

GILENO PORTUGAL (DIRETOR EXECUTIVO DO GRUPO MEDDI) E JOSÉ ANTÔNIO BARBOSA (DIRETOR PRESIDENTE DO GRUPO MEDDI)


Investir em tecnologia, mas sobretudo nas pessoas que fazem o Grupo Meddi e a Multimagem, é nosso modo de trabalho constante. DR. JOSÉ ANTÔNIO BARBOSA

Gestão profissionalizada e qualidade para uma sólida expansão

A

alta qualidade da equipe médica e a humanização dos atendimentos, aliados a uma gestão profissionalizada e constantes investimentos em modernização, fazem da Multimagem modelo no estado quando o assunto é serviço de diagnóstico por imagem. Empresa que pertence ao Grupo Meddi, a empresa está presente em 14 cidades baianas, resultado de um sólido processo de expansão, iniciado há pouco mais de uma década. A Multimagem acaba de conquistar o segundo lugar na quinta edição do Premio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Serviço de Diagnóstico por Imagem. A premiação chega em um momento estratégico para a empresa. “Consolidar a nossa marca a cada ano no mercado de saúde da capital baiana tem sido uma meta para todos nós”, revela Dr. Marco Novaes, diretor técnico da unidade da Pituba. Em Salvador, as quatro unidades localizadas na Pituba, Cidade Baixa e Canela realizam mais de 100 mil exames por ano. “Alcançar esse objetivo, confirmado através de um prêmio tão importante para o setor, como é o Benchmarking Saúde Bahia, é, portanto, um reconhecimento muito gratificante”, declara Dr. Novaes. Além das unidades de Salvador, a Multimagem também está presente nas cidades baianas de Feira de Santana, Camaçari, Itabuna, Ilhéus, Vitória da Conquista, Santo Antônio de Jesus, Alagoinhas, Juazeiro, Irecê, Serrinha, Simões Filho, Itaberaba e Luís Eduardo Magalhães, totalizando

19 unidades. distribuídas estrategicamente pelo interior do estado. Para Dr. Cláudio Sobral, diretor técnico das unidades do Canela e Cidade Baixa, o conceito de atendimento humanizado, praticado por todos os colaboradores do Grupo Meddi, tem sido um ponto crucial para a expansão da Multimagem. “Entender que cada paciente é um ser humano que precisa de atenção, cuidado, acolhimento e assistência é, sem dúvida, um ponto chave para o nosso sucesso”, acredita. Dr. José Antônio Barbosa, diretor presidente do Grupo Meddi, cita os investimentos em tecnologia de ponta e os profissionais médicos especializados para garantir todo o conforto e precisão nos diagnósticos gerados pela clínica. “Em 2014, foram investidos mais de R$ 20 milhões na construção de novas unidades, ampliação das unidades já existentes e aquisição de novos e modernos equipamentos. No mesmo período, o Grupo Meddi também iniciou o processo de auditoria de seus procedimentos, com foco na certificação pelo Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR)”, confirma. Ainda em 2015, as unidades da Multimagem Salvador na Pituba e no Canela terão a ampliação do seu parque tecnológico concluída, com a aquisição dos novos equipamentos de Ressonância Magnética a exemplo da Magneton Aera - mais novo lançamento da Siemens -, da Magnetom Essenza - que deverá ser inaugurado ainda em este mês - e da Optima Advance, da GE.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

53


Responsável Técnico: Dr. Ruy Cunha - CRM BA 5775

SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA I DAYHORC

RUY CUNHA, PRESIDENTE DO DAYHORC HOSPITAL DE OLHOS


Realizamos investimento em novas tecnologias e um plano de expansão seguro para atender a todos os que buscam pelos serviços do DayHORC. RUY CUNHA

Estrutura humanizada e tecnologia de alta precisão em saúde ocular

F

undado no município de Itabuna (BA) há 33 anos, o Hospital de Olhos Ruy Cunha - DayHORC proporciona à população do estado o que há de mais avançado em Oftalmologia. Ao longo da sua história, o foco na humanização, na personalização do atendimento e na expansão tornou a instituição uma referência nacional do setor. O patamar de qualidade alcançado levou o DayHORC a vencer, pela quarta vez, o Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Serviço de Oftalmologia. “Esse é o resultado da dedicação de toda a equipe do DayHORC. Para nós, é uma honra e uma responsabilidade ser reconhecido pela principal premiação que promove as boas práticas da saúde no Estado”, comemora Ruy Cunha, presidente do DayHORC Hospital de Olhos. Além de disponibilizar tecnologia de última geração, a atuação do DayHORC em 2014 mostra por que a instituição vem se destacando. Durante o ano, através da ação Atendimento Ideal, a instituição focou em medidas de humanização e aprimoramento do modelo de atendimento, com ampliação do número de consultórios disponíveis e planejamento cuidadoso do fluxo do atendimento. Essas iniciativas fortalecem o modelo que o DayHORC abraça desde a sua criação: ser uma empresa acolhedora e inovadora. “Realizamos investimento em novas tecnologias e um plano de expansão seguro para atender a todos aqueles que buscam pelos serviços do DayHORC, porque o nosso foco são os pacientes”, afirma Ruy Cunha. Em junho de 2014, o DayHORC assumiu Pronto Aten-

dimento Oftalmológico (24h) no Hospital da Bahia, suprindo uma necessidade de mercado e ampliando a oferta de serviços oftalmológicos de Pronto Atendimento, tanto ambulatorial como cirúrgico. “Oferecemos à população um serviço diferenciado, reunindo atendimento de qualidade e assistência oftalmológica integral, durante o dia e a noite”, reforça Ruy Cunha. Novos investimentos também foram realizados em Tecnologia da Informação e Comunicação, visando garantir mais segurança e agilidade no acesso às informações e sistemas. Uma reestruturação de Datacenter – que armazena dados dos servidores – e o upgrade no sistema de Help Desk e ROOP (Registro de Ocorrências e Oportunidades) são investimentos que também dão suporte à excelência no atendimento. O modelo de governança corporativa do DayHORC, segue firmado na estabilidade e transparência dos processos, e um sistema de gestão foi desenvolvido em parceria com a Fundação Dom Cabral, com o objetivo de aprimorar a cultura de Gestão por Resultados. “Também aprimoramos o uso da metodologia de gerenciamento de projetos CANVAS – método que prevê um gerenciamento de projetos sem burocracia –, e implantamos uma metodologia de gerenciamento de portfólio de projetos, objetivando a maximização dos benefícios e a alocação integrada dos recursos”, complementa. Em 2014 o DayHORC recebeu o título de Hospital Pleno – Nível II, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), ingressando no seleto grupo de 65 hospitais acreditados no Brasil. “Toda certificação é a ratificação da padronização da qualidade”, finaliza.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

55


Responsável Técnico: Drª Rita Lavínia Pimenta de Almeida - CRM 3553

SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA I CLÍNICA DRA. RITA LAVÍNIA

DR. ANTÔNIO MOTTA (CHEFE SETOR DE CATARATA DA CLÍNICA OFTALMOLÓGICA DRA. RITA LAVÍNIA), DRA. ROSANA ALMEIDA (DIRETORA TÉCNICA), DRA. RITA LAVÍNIA (PRESIDENTE), DR. ANTONIO CARLOS ALMEIDA (DIRETOR ADMINISTRATIVO)


Em 2014, nós conseguimos nos consolidar no mercado de oftalmologia ao investirmos continuamente em novas tecnologias. DRA. RITA LAVÍNIA

C

Qualidade, conforto e segurança em oftalmologia

onsiderada um dos principais nomes do setor de oftalmologia da Bahia, a Clínica Oftalmológica Dra. Rita Lavínia conquistou o Troféu Bronze na 5ª edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014/2015, na categoria Serviço de Oftalmologia. A instituição foi eleita por empresários, gestores e demais atores do mercado de saúde devido a uma série de ações que envolve excelência na prestação de serviços, alta tecnologia e treinamento constante de sua equipe. “O prêmio estimula cada vez mais o trabalho que estamos desenvolvendo há cerca de 30 anos, buscando sempre ser referência no mercado pela confiabilidade e atendimento ético e humanizado”, comemora Dra. Rita Lavínia, diretora da organização. Com um modelo de gestão que abraça uma estrutura moderna, a Clínica Oftalmológica Dra. Rita Lavínia tem como principais características a excelência na prestação de serviços, equipe multiprofissional em todos os setores e um moderno centro cirúrgico integrado à rede de Day Hospitals de Salvador (BA). Ao todo, são duas unidades que operam na capital e disponibilizam instalações que atendem aos padrões mais exigentes de qualidade, conforto e segurança. “Em 2014, nós conseguimos nos consolidar no mercado de oftalmologia ao investirmos continuamente em novas tecnologias”, explica Dra. Rita Lavínia. Também em 2014, a empresa inaugurou uma nova unidade com equipamentos avançados e manteve os investimentos constantes na qualificação dos funcionários. Recentemente, o mais novo investimento foi

a abertura da unidade do Edifício Salvador Prime. Lá, a clínica adquiriu um equipamento de Tomografia de Coerência Óptica (OCT), aparelho em 3D considerado inédito no mercado de saúde baiano; um novo Laser de Retina e um Pentacam para cirurgias refrativas e de catarata. “Estamos investindo também em novos equipamentos, no processo de acreditação e em TI, com uma moderna gestão das informações”, enumera a diretora. A Clínica Oftalmológica Dra. Rita Lavínia possui credibilidade ímpar devido ao reconhecimento pela sua conduta ética e a realização de procedimentos humanizados, conduzidos por constantes ações de melhorias tecnológicas e científicas. “Todos os procedimentos são realizados em um só local, proporcionando aos clientes um ambiente agradável e dentro de uma estrutura harmoniosa, com uma equipe qualificada e especializada no Brasil e no exterior”, afirma Dra. Lavínia. “Realizamos todos os procedimentos cirúrgicos em Oftalmologia, com assistência multidisciplinar, buscando avançar no mercado em que atuamos”, reforça. Além disso, a empresa está no processo final de acreditação. “Entre setembro e outubro deste ano, esteremos prontos para receber o selo da Organização Nacional de Acreditação (ONA)”, afirma a diretora. Para 2016, a empresa pretende investir na expansão da rede de atendimento, aumentando em aproximadamente 20% a capacidade atual – de três mil pacientes por mês. Outra meta será manter o processo interno o mais eficiente possível para proporcionar agilidade e qualidade no atendimento aos clientes.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

57


Responsável Técnico: Dra. Gildete Lessa - CRM 3319

SERVIÇO DE ONCOLOGIA I NOB (NÚCLEO DE ONCOLOGIA DA BAHIA)

EQUIPE ADMINISTRATIVA DO NOB (NÚCLEO DE ONCOLOGIA DA BAHIA)


O selo concedido pela ONA ao NOB é o resultado do nosso aprimoramento contínuo, do investimento em pesquisa e em gestão. ERICO STRAPASSON

Investimento em melhores práticas e abordagem multidisciplinar

C

riado em 1992, o NOB – Núcleo de Oncologia da Bahia busca sua modernização contínua, mantendo o foco na educação médica, na pesquisa clínica e nas melhores práticas. Recentemente, a clínica ganhou ainda mais força ao se tornar parte do maior grupo de oncologia do Brasil, o Grupo Oncoclínicas. A estrutura, somada à filosofia com foco no tratamento humanizado, levou o NOB a conquistar o troféu ouro pelo quinto ano consecutivo no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2014. “É o reflexo de um trabalho em equipe, onde cada um, médicos e colaboradores, entende que o seu papel é fundamental para garantir um atendimento com humanização e ética àqueles que nos procuram para acompanhá-los em um momento de sofrimento”, afirma a Dra. Maria Lúcia M. Batista, oncologista e sócia do NOB. O ano de 2014 marcou o início da parceria entre o Dana-Farber Cancer Institute, um dos mais renomados centros de pesquisa voltado para o tratamento do câncer no mundo, em Harvard (EUA), com o Grupo Oncoclínicas, maior grupo de oncologia do país, do qual o NOB faz parte. A proposta visa discutir as melhores práticas para o tratamento personalizado e a abordagem multidisciplinar do câncer, com colaborações em áreas de assistência, ensino e pesquisa. Conforme Dra. Gildete Lessa, a parceria ocorre através do intercâmbio científico com a equipe do Dana-Farber, afiliado ao Harvard Medical School, através de discussão de casos e reuniões científicas realizadas por videoconferências. “Os pacientes do NOB serão os maiores beneficiados, pois os casos serão discutidos entre nossos médicos e os médicos

de Harvard, sempre na busca pelas melhores práticas assistenciais, além do intercâmbio entre os médicos de Harvard com o nosso corpo clínico”, diz. Também em 2014, o NOB reforçou a sua proposta de investir em tratamento humanizado, ao se tornar a primeira instituição de saúde do estado a receber o projeto internacional Look Good Better, que promove oficinas de autoestima para mulheres com câncer, em parceria com o Instituto ABHIPEC, filiado à indústria de cosméticos. “A Humanização, com o acolhimento ao paciente e aos familiares, em um momento tão delicado, é parte do tratamento oncológico. É quando a esperança e a autoestima somam ao tratamento multidisciplinar, que vemos no apoio psicológico um pilar fundamental”, assegura Dra. Clarissa Mathias. Essas ações, somadas à alta infraestrutura e ao corpo clínico formado por mais de 20 especialistas – oncologistas, hematologistas, reumatologistas, algologistas, nutricionistas e psicólogos que atuam juntos de forma multidisciplinar –, levaram o NOB a ser a primeira clínica de oncologia da Bahia a conquistar o nível máximo do selo de Acreditação Hospitalar pela ONA, em 2014. Para tanto, o NOB atravessou uma criteriosa avaliação do Instituto Qualisa de Gestão (IQG), líder no mercado de certificação e implementação de programas de gestão de qualidade em saúde. “O selo concedido pela ONA ao NOB é o resultado do nosso aprimoramento contínuo, do investimento em pesquisa e em gestão, e da segurança da assistência à saúde que prestamos diariamente”, ressalta Dr. Erico Strapasson, oncologista, sócio e diretor de qualidade do NOB.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

59


Responsável Técnico: Dr. Thomaz Cruz – CRM - BA 1869

SUSTENTABILIDADE I LEME

DR. THOMAZ CRUZ (PRESIDENTE E FUNDADOR DO LEME) E MARLA CRUZ (SÓCIA-DIRETORA DO LABORATÓRIO LEME)


Tudo o que conquistamos queremos que retorne sob a forma de ações sustentáveis e de cuidado à sociedade. MARLA CRUZ

I

Sustentabilidade planejada: excelência no atendimento e retorno à sociedade

nvestindo cada vez mais nas dimensões ambientais, sociais e econômicas, o Laboratório Leme conquistou pela segunda vez o Prêmio Benchmarking, na categoria Sustentabilidade. “Esse reconhecimento reflete o quanto a missão e visão corporativas estão integradas aos valores de responsabilidade socioambiental, respeito às pessoas e à excelência no atendimento”, comenta Marla Cruz, sócia-diretora do Laboratório Leme. As principais estratégias desenvolvidas englobaram um conjunto de ações ambientais, como manutenção da licença ambiental, elaboração de relatório anual de emissão de gases do efeito estufa no programa GHG Protocol e coleta de material reciclável e plantio de mudas de mata atlântica. Na esfera social, a inclusão de pessoas com necessidades especiais, a inserção do jovem aprendiz no mercado de trabalho e o programa de voluntariado corporativo Sementes do Leme foram alguns pontos de destaque. O aumento de integrantes cada vez mais ativos na Comissão Técnica de Garantia Ambiental promoveu o desenvolvimento ambiental, com ações de melhoria e correções para redução dos impactos ambientais, além de atender ao Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde. Fundado em 1973, com o objetivo de atender à crescente demanda de exames hormonais, o Leme atualmente possui unidades estrategicamente localizadas nos bairros de Alphaville, Barra, Brotas, Canela, Costa Azul, Garibaldi, Itaigara, Itapuã, Pituba e Vilas do Atlântico. Ao todo são mais de 1.300 tipos de exames realizados. As unidades mais novas – Alphaville, Barra e Costa Azul – adotam o conceito de unidade verde,

utilizando ar-condicionado com gás ecológico, móveis com madeira de reflorestamento e reaproveitamento de águas pluviais no sistema hidráulico. Sempre na vanguarda da tecnologia e do atendimento de excelência, o Leme oferece serviços que garantem maior grau de confiança aos médicos e clientes. Coleta com hora marcada, coleta móvel, manobrista gratuito, Wi-Fi, desjejum diferenciado, massagem gratuita, espaço infantil planejado e centro de vacinação são alguns dos serviços especiais que proporcionam aos clientes maior praticidade, acessibilidade e comodidade. “Ampliamos também os canais de comunicação com clientes, criando o aplicativo mobile do Leme, que disponibiliza resultados de exames, laudos anteriores, orientações para realização dos exames, horários de funcionamento e rotas para as unidades”, afirma Marla Cruz. Em 2014, o Laboratório Leme conquistou diversos prêmios que demonstram o reconhecimento do mercado e dos colaboradores. Entre as premiações mais importantes estão “As Melhores Empresas para Você Trabalhar”, conferida pela revista Você S/A, “Great Place to Work Brasil”, “Great Place to Work América Latina” e o “Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia”. “Esse resultado nos enche de satisfação, pois é a comprovação do reconhecimento das nossas práticas pelos nossos colaboradores, parceiros, clientes, médicos, enfim, todos que de alguma forma se relacionam e se identificam com o Leme. Tão importante quanto cumprir metas estratégicas é oferecer a nossa contribuição, porque tudo que conquistamos, queremos que retorne sob a forma de ações sustentáveis e de cuidado à sociedade”, conclui Marla.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2014/2015

61


Prêmio Benchmarking Saúde 2014/15 Bahia Conheça a metodologia, o ranking dos vencedores e a pontuação obtida por cada um dos indicados em todas as categorias do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, edição 2014/15


MEMORIAL

200 400

1360 880 600 360

TOTAL: 2680

800 700 400 150

inovação * **

relação com o mercado

escore de desempenho inovação

assistência

1040 960 480 312

TOTAL: 6120 Intersystems

Medlar 80 240 120 0

TOTAL: 440 Legendas

1700 1600 950 600

TOTVS

Qualivida

Cristiane Pepe Arquitetura TOTAL: 3200

1000 900 600 180

TOTAL: 2050

TOTAL: 4490

TOTAL: 1300 TOTAL: 600

DayHORC

1600 1500 850 540

2200 2300 1050 570

Medicware

Assiste Vida

TOTAL: 4850

Ricardo D’Albuquerque Arquitetos Associados

800 500

3400 3400 1500 1260

TOTAL: 2792

TOTAL: 6630

Sabin

2100 2800 1100 630

Empresa de TI

MV

SOS Vida TOTAL: 9560

Protécnica Arquitetura e Engenharia

TOTAL: 8300

Santa Casa de Misericordia da Bahia 3800 4500

Empresa de ** Home Care

novos investimentos

TOTAL: 528

Arquitetura Hospitalar

Ação social *

160 240 80 48

visibilidade de mercado

relevância para sociedade novos investimentos

visibilidade de mercado

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.

FASE 01 | COMITÊ JULGADOR Empresários e executivos de instituições e entidades representativas do segmento médico-hospitalar da Bahia, assim como líderes de associações de classe e as principais lideranças de seguradoras e operadoras de planos de saúde, foram convidados para compor a comissão julgadora. No total, o comitê foi formado por 76 membros, representantes de pelo menos uma das 22 categorias em disputa no Prêmio Benchmarking Saúde.


METODOLOGIA O Benchmarking Saúde chega a sua quinta edição, elegendo as empresas e gestores que se destacaram em 2014. A avaliação foi feita pelo próprio trade de saúde baiano, através de voto secreto com base nos critérios de Inovação, Credibilidade/Relação com o Mercado/Assistência, Novos Investimentos e Visibilidade de Mercado. Os três candidatos com maior pontuação, somando todos os critérios, foram eleitos vencedores em sua categoria – primeiro, segundo e terceiro lugar. Em caso de empate, a decisão final tem como base a pontuação obtida nos critérios Inovação e Credibilidade.

(Instituto Fernando Filgueiras)

Rose Caribé

IMIP

(DayHORC)

TOTAL: 2300

1300 1200

(Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Filgueiras)

1000 1300

TOTAL: 2888

(Leme)

1280 1280 560 240

TOTAL: 3360

1700 1400

TOTAL: 3100

Marla Cruz

2000 1200 800 450

IFF

(Hospital Santa Izabel)

1500 1700

TOTAL: 3200

1900 1400

Eduardo Queiroz

(Hospital da Bahia)

TOTAL: 2500

(Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar)

Alfredo Martini

720 1360 520 288

TOTAL: 1700

(Hospital São Rafael)

Legendas

realizações *

inovação

700 1200

José Antônio Rodrigues Alves (Secretário de Saúde do Município de Salvador)

TOTAL: 4160

Marcelo Zollinger

IBDAH

(Itaigara Memorial)

TOTAL: 3300

TOTAL: 5100

2600 2500

Fábio Brinço

2160 2000

Sônia Carvalho (Planserv)

TOTAL: 3440

(Labchecap)

Gestor Público

1600 1840

Washington Luis da Silva Couto (Secretário de Saúde da Bahia)

TOTAL: 1040

Maurício Bernardinho

Gestão OSS *

Executivo do Ano

TOTAL: 4450

Empresário do Ano

560 480

curriculum relação com o mercado

novos investimentos

visibilidade de mercado

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.

FASE 02 | DIVULGAÇÃO Com o objetivo de garantir a transparência do processo de avaliação, ações dirigidas por e-mail marketing divulgaram todas as informações relativas ao Benchmarking Saúde, como a lista completa dos integrantes do comitê julgador e das empresas representadas por cada um deles.


MEMORIAL

Hospital São Rafael 600 1100 400 270

TOTAL:

DayHORC

Hospital Português 800 900 350 300

TOTAL: 2350

TOTAL: 1670

800 400 350 120

Hospital Santo Amaro 320 480 160 96

TOTAL: 480

TOTAL: 1056

Hospital Jorge Valente 100 300 50 30

TOTAL: 528

Hospital Sagrada Família 160 240 80 48

Legendas

inovação

*

assistência

novos investimentos

Hospital Samur (Vitória da Conquista)

TOTAL: 5910

TOTAL: 7860

Hospital Cardio Pulmonar 1800 2100 950 600

TOTAL: 2370

TOTAL: 7520

Hospital Santa Izabel

TOTAL: 5450

TOTAL:

Hospital Santa Izabel 3200 2300 1550 810

(Interior do Estado)

2100 2000 1150 660

Hospital Semed (Camaçari)

TOTAL: 2790

Itaigara Memorial 2700 2600 1350 870

Hospital Privado

1100 900 550 240

Maternidade Santa Emília (Feira de Santana)

TOTAL: 2570

Hospital São Rafael

Hospital Filantrópico

900 1000 400 270

Hospital Emec (Feira de Santana)

TOTAL: 1784

Hospital Dia

560 800 280 144

Hospital São Matheus (Feira de Santana)

TOTAL: 1072

* Hospitais Compliance

400 320 160 192

visibilidade de mercado

avaliação realizada por consultoria especializada Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.

FASE 03 | OS INDICADOS A Revista Diagnóstico elaborou um pré-lista com até seis nomes por categoria, sugeridos por uma comissão de notáveis, integrada por dirigentes de classe, consultores, formadores de opinião e profissionais do trade de saúde. Também coube a essa comissão a escolha dos prêmios especiais, que elegeu, nesta edição, a Anahp e SH Brasil (Benchmarking Brasil), Destaque Assistência Interior do Estado (CSB – Clínica Senhor do Bonfim/Feira de Santana), Destaque Gestão (Hospital da Bahia), Destaque Interiorização da Saúde (Hospital maternidade São Judas Tadeu/Jequié), Destaque Serviço de Hematologia (STS).


Credibilidade/Relação com o Mercado Trata-se do posicionamento da empresa diante do mercado (relação com fontes pagadoras-credoras/ prestadores-clientes/fornecedores e pós-venda). Se aplica às seguintes categorias: Arquitetura Hospitalar; Indústria de Gases Medicinais; Seguradoras, Medicina de Grupo e Operadoras; Empresa de TI e Serviço Financeiro. Peso 100. Credibilidade/Assistência Práticas de assistência e segurança médica em sua área de atuação. (peso variável e aplicado a todas as categorias que prestam assistência médica e a utiliza em seu core business).

Hospital Privado

Indústria de * Gases Medicinais

Laboratório de Analises Clínicas

Hospital Cardio Pulmonar 3900 3900 1800 1050

Linde

Labchecap

Leme

Air Liquide

Sabin 1280 720 520 312

2800 2300 1350 840

Labo 1500 1900 600 630

TOTAL: 4630

1600 1920 760 672

TOTAL: 7290

TOTAL: 4740

TOTAL: 5390 White Martins

IHEF 1700 1500 1000 540

1100 600 600 180

TOTAL: 2480

TOTAL: 1870

Hospital Jorge Valente 500 800 300 270

1800 2100 1100 390

TOTAL: 4952

TOTAL: 1910

Hospital Evangélico 700 600 400 210

TOTAL: 2832

TOTAL: 10650

(Pequeno e Médio Porte)

Laboratório Interior do Estado

TOTAL: 5060

Inovação Deverão ser avaliadas as empresas e gestores que se destacaram por ações de empreendedorismo, projetos de gestão e/ou governança e iniciativas afins que os fizeram modelo a ser seguido em 2014. Peso 100.

1800 2300 600 360

Laboratório Análise 1000 1000 850 480

TOTAL: 3330

CRITÉRIOS

a+ Medicina Diagnóstica 480 480 160 72

TOTAL: 840

TOTAL: 1192

Hospital Aeroporto 320 240 160 120

DNA 80 320 80 48

TOTAL: 160

TOTAL: 528

Hospital Pro Hope 80 0 80 0

Legendas *

inovação

assistência

inovação

relação com o mercado

novos investimentos

visibilidade de mercado

novos investimentos

visibilidade de mercado

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.

FASE 04 | VOTAÇÃO Os vencedores do Benchmarking Saúde foram escolhidos através de votação no site www.benchmarkingsaude.com.br/bahia. Para garantir a segurança do processo, cada membro do comitê julgador teve acesso ao sistema por meio de login e senha exclusivos, expirados automaticamente após a avaliação. O sistema não permite que os jurados avaliem as categorias em que suas próprias instituições concorreram.


MEMORIAL

Santa Casa de Misericordia de Vitória da Conquista 1120 1200 480 312

TOTAL: 3112

TOTAL: 4848

2000 1440 880 528

Cassi

Golden Cross

640 480 320 240

Santa Casa de Misericordia de Feira de Santana 1280 720 560 288

TOTAL: 2848

800 500 500 210

TOTAL: 1680

TOTAL: 5170

1900 1800 900 570

TOTAL: 2010

TOTAL: 5790 Planserv

Hapvida

TOTAL: 656

Santa Casa de Misericordia de Itabuna 2600 3200 1500 930

1700 2700 850 540

TOTAL: 8230

Amil / Medial

Camed 160 240 160 96

Legendas *

TOTAL: 488

TOTAL: 6144

2160 2400 960 624

160 80 200 48

inovação

relação com o mercado

inovação

assistência

novos investimentos

novos investimentos

Bradesco Saúde 3280 3120 1480 984

TOTAL: 8864

Petrobras

Seguradora

SulAmérica Saúde 720 1040 480 240

TOTAL: 2480

Promédica

Santas Casas * Interior do Estado

Porto Seguro Saúde 320 160 200 72

TOTAL: 752

Operadora de Autogestão

Medicina em Grupo

visibilidade de mercado

visibilidade de mercado

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.


CRITÉRIOS Visibilidade de mercado Esse critério deve ser usado para avaliar o desempenho obtido pelos candidatos ao prêmio através de seus investimentos em marketing, publicidade e comunicação corporativa implementados junto a seus respectivos stakeholders. Peso 30.

DayHORC

Clion 500 600 300 150

TOTAL: 1550

TOTAL: 1740

TOTAL: 2000

Clínica Oftalmológica Dra Ríta Lavinia 500 600 400 240

Labchecap Imagem 700 200 550 60

1000 900 550 300

TOTAL: 2750

Image Memorial 640 800 320 240

*

720 720 360 240

TOTAL: 1672

TOTAL: 1240

Legendas

Desenbahia

Caixa Econômica Federal 480 640 360 192

Oftalmoclin

400 320 160 144

1120 960 520 288

Banco do Brasil 960 1120 360 288

TOTAL: 2040

TOTAL: 1650

TOTAL: 1510

Instituto de Olhos Freitas 500 600 400 150

a+ Diagnoson

Banco do Nordeste 1200 1000 650 330 Santander

Cehon

TOTAL: 2944

TOTAL: 2010

TOTAL: 10820

Oftalmodiagnose 1040 1040 480 384

700 600 500 210

Serviço Financeiro *

Núcleo de Oncologia da Bahia 3900 3900 1850 1170

2400 2000 1000 510

TOTAL: 5970

TOTAL: 7820

2700 3200 1050 870

Multimagem

TOTAL: 1024

Serviço de Oncologia

TOTAL: 3180

Clínica Delfin

Serviço de Oftalmologia

TOTAL: 2888

Serviço de Diagnóstico por Imagem

TOTAL: 2728

Novos investimentos Refere-se a novas unidades, ampliação de serviços e investimentos em novas tecnologias executados ao longo de 2014. Peso 50.

400 600 150 90

inovação

assistência

novos investimentos

inovação

relação com o mercado

visibilidade de mercado

novos investimentos

visibilidade de mercado

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.


MEMORIAL

Sustentabilidade**

TOTAL: 3250

Leme 2200 1050

TOTAL: 3200

Hospital São Rafael 2100 1100

TOTAL: 1800

Laboratório Sabin 1200 600

Legendas

escore de desempenho

retorno para o negócio

Os gráficos apresentam o somatório da pontuação obtida em cada categoria. Os concorrentes que não enviaram o case tiveram reduzidos 20% de suas pontuações finais.


COMISSÃO JULGADORA

Aderval Gomes – Perfil Gestão Empresarial Adriana Mattos – a+/Diagnoson Agnaldo Bahia – Inove Consultoria Alan Gusmão – Linde Alexandre Guerra – Oftalmoclin Alfonso Carvalho – ADM Consultoria Alfredo Martini – Hospital São Rafael André Menezes – Petrobras Saúde André Wermann – Santa Casa Itabuna Antonio Jose da Costa – Oftalmodiagnose Antônio Brito – Instituto de Olhos Freitas Ângelo Castro Lima – IBDAH Bráulio Rego – Hospital Aeroporto Breno Senna – Hospital Evangélico Carlos Alberto de Lima Pinto – Pró Saúde Cândida Moura – Multimagem Cícero Andrade – Tecnosp/Fenaess Cristiane Pepe – Cristiane Pepe Cristina Cagliari – Cehon Cristina Teixeira – Planserv Daniel Argolo – CLION Delfin Gonzalez – Grupo Delfin Déa Márcia – Hospital Santo Amaro Débora Mariele – Instituto Cárdio Pulmonar Edson Paschoalin – CSB – Clínica Senhor do Bonfim (Feira de Santana) Eduardo Borges – Laboratório Análise Eduardo Queiroz – Hospital Santa Izabel Fábio Brinço – Itaigara Memorial Fernando Rodrigues – Hospital da Bahia Genaldo Vargas – Hospital Sagrada Família Gildete Lessa – Núcleo de Oncologia da Bahia Hérika Pedroza – Hospital Semed - Camaçari Iracema Brandão – Hospital Emec Isac Moreira – Banco Santander João Grossini – MV Jorge Bagdêve – Banco do Nordeste José Alberto Muricy – Muricy Consultoria José Antônio Barbosa – Grupo Meddi José Antônio Rodrigues Alves – Secretaria Municipal de Saúde José Jorge Santiago – STS

José Tomaz do Nascimento – Maternidade Santa Emília Karina Pontes – Air Liquide Laila Crisna – Banco do Brasil Laura Ziller – Hospital São Rafael Leonardo de Almeida – Assiste Vida Lilian de Alencar – Grupo Leme Luiz Felipe Costamilan – Anahp Lúcia Dórea – Hospital Samur (Vitória da Conquista) Mairla Pinheiro – Hapvida Maísa Domenech – ADM Consultoria Marcelo Britto – CNS Marcelo Kutter – Medicware Marcelo Zollinger – Hospital da Bahia Marcos Domingues – QualiVida Mariléa Souza – Bradesco Saúde Mauricio Dias – FESFBA Maurício Bernardino – Labchecap Mauro Adan – SH Brasil Meire Menezes – Medlar Neide Machado – Cassi Newton Dias – Grupo Promédica/Hospital Jorge Valente Onildo Pereira de Oliveira Filho – Labo Osvaldo Viana – Camed Otto Alencar Filho – Desenbahia Raimundo Correia – Sindhosba Ricardo Costa – Ahseb Ricardo D Albuquerque – Ricardo D Albuquerque Arquitetos Ricardo Fernandes – Intersystems Ricardo Galvão – Totvs Ricardo Nóbrega – White Martins Rita Lavínia – Clinica de Oftalmologia Dra. Rita Lavínia Roberto Sá Menezes – GACC Roquelina Santos – SulAmérica Saúde Rose Caribé – DayHorc Sandra Peggy Araújo de Carvalho – Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana Sônia Carvalho – Planserv Tatiana Ferraz – Sabin Tânia Barros – Protécnica Arquitetura Vicente de Araújo dos Santos – Hospital Português Zênia Araújo – Conamed


CONTATOS

Assiste Vida R. das Violetas,55 - Pituba, Salvador – BA CEP: 41810-080| Telefone: (71) 3415-9100

Labchecap Avenida Luís Viana,2212 - Imbuí, Salvador - BA CEP: 41720-200 | Telefone: (71) 3345-8200

Bradesco Seguros End: Av. Antonio Carlos Magalhães , 3752 , 3 andar, parte , Pituba Salvador - BA Cep:41820-000 |Telefone: (71) 3340-9305

Laboratório Leme Av. Araújo Pinho, 490 - Canela, Salvador - BA CEP: 40110-150 | Telefone: (71) 3338-8555

Clínica Dra. Rita Lavínia Rua da Alfazema, 761 – Edf. Iguatemi Business & Flat – 1º andar Caminho das Árvores – CEP: 41.820-710 – Salvador-Ba. Telefone: (71) 2203-4444

Laboratório Sabin Av. Antônio Carlos Magalhães, nº 56, Pituba CEP: 41.800-700 | Telefone: (71) 3261-1314

DayHorc Avenida ACM, 1116, Tropical Center, 4° andar Itaigara – CEP: 41854-900 - Salvador - BA | Telefone: (71) 3352-2300 Delfin Imagem Av. Antônio Carlos Magalhães, 442 - Itaigara, Salvador - BA CEP: 41.825-000 | Telefone 3270-8570 Hospital da Bahia Av. Professor Magalhães Neto,1541 – Pituba – 41810011 – Salvador – BA | Telefone: (71)2109-1000 Hospital Evangélico da Bahia Avenida D. João VI,1.291 Brotas, Salvador – BA CEP: 40285-000 | Telefone: (71) 3357-8800

Maternidade São Judas Tadeu - Fundação José Silveira Av. Carlos Aguiar Ribeiro / Anel Viário. Loteamento São Judas Tadeu, s/n. Jequié-Ba. Brasil |Telefone: (73) 3528-8100 Multimagem Avenida Manoel Dias da Silva, 675 e 677 - Pituba, Salvador - BA CEP: 41830-000 | Telefone: (71) 2108-9999 MV Av. Presidente Dutra, 298, térreo, Imbiribeira, Recife/PE. CEP: 51.190-515 | Telefone (81) 3972 7000 NOB Av. Adhemar de Barros, 123 - Ondina, Salvador - BA CEP: 40170-110 | Telefone: (71) 4009-7070

Hospital Samur (Vitória da Conquista) Av.Yolanda Fonseca, 480 - Jurema, Vitória da Conquista - BA CEP: 45023-030 | Telefone: (77) 2102-8334

Petrobras Petrobras - Petróleo Brasileiro S.A. Av. Antonio Carlos Magalhães, nº 1113 - Pituba – Salvador-BA CEP. 41.830-900 | Telefone: (71) 3348-3961

Hospital Santa Izabel Praça Conselheiro Almeida Couto, 500. Nazaré. Salvador-BA. CEP: 40.050-410 |Telefone (71) 2203-8444

Promédica Rua Sol Nascente, nº 43, Edf. Centro Médico Empresarial Vitraux, 2º andar, CEP: 41940-457 Rio Vermelho. Salvador- BA. Telefone: (71) 3271-9111 Fax: (71) 3271-9100

IBDAH - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar Rua do Cabral n°45. Sala 304 Nazaré Salvador-BA CEP: 40 055-010. |Telefone: (71) 3254 1250 IHEF ( Grupo Meddi) Av. Getúlio Vargas, n° 844, Ed. Meddi, Térreo. Centro. Feira de Santana – Ba.| Telefone: (75).2101 5020 Itaigara Memorial Rua Altino Serbeto de Barros, 119 - Itaigara, Salvador | BA CEP: 41830-907| Telefone: (71) 3453-8500

Santa Casa de Misericórdia da Bahia Av. Joana Angélica, 79 - Nazaré. Salvador-BA CEP: 40.050-001 |Telefone: (71) 2203-9666 STS Rua do Limoeiro 179 - Nazaré CEP 40.055.150 |Telefone: (71) 2103-8200


Book Benchmarking Saúde | 2014/15 Publisher/Diretor Executivo Reinaldo Braga | reinaldo@diagnosticoweb.com.br Comercial Martha Ribeiro | martha.ribeiro@diagnosticoweb.com.br Textos Eduardo César Filipe Sousa Mara Rocha Fotos e Tratamento de imagens Roberto Abreu Diagramação Lucas Caribé Impressão Gráfica Santa Marta Distribuição Correios

Realização

REVISTA

Hospitais Compliance®

®

Criarmed Marketing de Saúde, Av. Centenário - 2411, Ed. Empresarial Centenário, salas 203/204 | Chame-Chame | CEP: 40.155-150 | Salvador-BA Tel.: (71) 3183-0360 www.benchmarkingsaude.com.br ® Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução parcial ou total do conteúdo desta publicação sem a expressa autorização do Grupo Criarmed.


“A todos que ajudaram a fazer do Prêmio Benchmarking Saúde uma referência para o mercado brasileiro, nossos sinceros agradecimentos”.


REALIZAÇÃO

REVISTA

Hospitais Compliance®

®

Book do Prêmio Benchmarking Saúde 2014/2015  

As empresas, instituições e gestores que foram modelo para o mercado em 2014

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you