Issuu on Google+


Foto: Valter Arantes

Feliz e abençoado ano novo!

O

lá tudo bem, esta é a 11ª edição da revista Gold que chega recheada de mais assuntos, matérias e novidades, melhorando seu padrão de qualidade tanto nas informações como no seu visual, no material, no acabamento, etc. Enfim, agregando valores para proporcionar uma leitura positiva e adequada aos leitores e oferecer respaldo e credibilidade ao anunciante. A mudança do ano velho para o ano novo marca um momento em que todos nós renovamos nossas esperanças. Analisamos o

que fizemos, o que deixamos de fazer e o que deveríamos ter feito. Além disso, é um momento propício a mudanças: mudanças de atitude, de conceitos, de preconceitos, etc. Há quem passe a meia-noite do dia 31 de dezembro apoiado em um só pé, dando pulinhos, jogando sal para o alto, fazendo promessas que vai mudar, vai ser melhor, etc. Gostamos de acreditar que a partir do ano que se iniciará tudo dará certo e a partir daquele momento mágico nossas vidas se transformarão em um eterno “mar de

rosas”, com “rios de ouro”, “jardins com flores verdinhas de dólares”, etc. Todos nós gostaríamos que se concretizasse tudo que pedimos, planejamos, prometemos a nós mesmos e aos outros nesse momento mágico. Porém, nesse momento de magia, nem sempre temos nossos desejos atendidos. Entretanto, não podemos perder a oportunidade desse momento. Todo final de ano é uma época propícia para a reflexão. Nessa profunda reflexão anual, questionamos várias coisas. Essa é a oportunidade que temos de definir ou redefinir o nosso foco, estabelecendo o verdadeiro sentido de tudo. É bom lembrar de que a civilização sempre foi impulsionada por uma pequena minoria. O restante, bilhões de indivíduos, seguem atrás, passivamente, como na boiada e deixa-se levar pelas circunstâncias. Quer um exemplo bem simples? Veja sobre um dos mais famosos ditos populares que ouvimos desde a infância. ‘Quem não tem cão, caça com gato.’ Muitos entendem que, se não tem o cão para ajudar na caça, o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, quando quer e se quer.

Mas o correto é: ‘Quem não tem cão, caça com o gato... ou seja, sozinho. Isso nos mostra que existem diversos fatores que refletem no nosso dia-a-dia, e muitos de nós não paramos para analisar. O indivíduo cria assim, em sua vida, uma zona de conforto. É difícil aprender ou fazer coisas novas, é doloroso mudar atitudes, porque isso está fora da zona de conforto. O medo do desconhecido cria então uma situação desconfortável, que passa a ser considerada inconveniente. No entanto, o verdadeiro aprendizado ocorre sempre fora da zona de conforto. Nós temos dificuldade com o novo até que o aprendamos. Depois é fácil verificar que todo o conhecimento anterior ficou obsoleto. Uma das primeiras e maiores demonstrações de força do homem já vista no mundo, foi o lançamento do primeiro foguete espacial; A Nave Columbia. Antes disso jamais um foguete decolara da terra, orbitara em torno do planeta e voltar em voo controlável aterrisando como um avião. Foi necessária muita força para realizar tal missão, o foguete que levou a nave espacial media 61 metros e pesava duas mil toneladas, só de combustível carregava um milhão e novecentos mil


litros, seu impulso era mais de dois milhões de kilos força, suficiente para levar o foguete espacial a uma altitude de 37 km em apenas dois minutos. Depois da decolagem a nave espacial subiu a uma altitude de 300 km e orbitou em volta da terra a uma velocidade de 27.000 km por hora. Em sete dias fez 113 órbitas em volta da terra. Os jornalistas compararam-na a uma águia, mas ela não era uma águia, era apenas um amontoado de metal. Quando sua força acabou, ela caiu do céu com suas chapas inferiores brilhando com o calor da reentrada na atmosfera e acabou a sua missão pousando como um planador nas planícies salgadas do deserto da Califórnia. A nave espacial Columbia foi uma realização científica espetacular, sua força para sair da terra, e na verdade toda a sua capacidade de permanecer no espaço foi criada pelo homem. As águias por causa de sua capacidade de encontrar as térmicas colunas de ar quente que se elevam do solo

são capazes de permanecer em voo indefinidamente, muitas vezes sem ao menos mover as suas enormes asas. O ser humano tem certa quantidade de força natural e por alguma razão ou outra, entretanto não tem força suficiente para chegar até o fim. Alguns parecem começar bem, mas mesmo assim, mais cedo ou mais tarde, acabam por cair de volta a terra. A maioria de nós nem sequer chega a decolar da plataforma de lançamento, fazemos barulho, ensaiamos uma ameaça de voo, mas decolar que é bom, nada. Às vezes nem barulho somos capazes de fazer. E sem qualquer força, somos derrubados pelo primeiro vento que chega e nos lança ao chão. E assim ficamos a maior parte de nossas vidas. Não justificando inclusive o fato de termos nascidos. Certa vez algumas pessoas extremamente bem sucedidas e felizes, pessoas que chegaram à fama em suas profissões, e/ou que encontraram a felicidade, foram questionadas com respeito as suas vidas.

Editorial Essas pessoas não eram um monte de metal cujo destino seria cair do céu à terra mais cedo ou mais tarde. São pessoas que atuam como águia de verdade, voando e alcançando as alturas. Quando lhes perguntaram de onde vinha a força que as mantinha no ar, todas foram unânimes na resposta. Disseram que a força para viver vinha de um relacionamento pessoal com Deus. Ao contrário do foguete espacial que chegara ao espaço pelo esforço humano, disseram que começaram a ter êxito na vida e a ser feliz, a partir do momento que se voltara para Deus e permitira que ele passasse a controlar suas vidas. Deus é para todo mundo, ele ama os que já estão sem esperança, ele ama os alcoólatras, os viciados, os que

erraram, os que já perderam a força para viver e estão caindo indefesos em direção a destruição. Ele não faz discriminação de cor, idade ou posição social. Na Bíblia no livro de Mateus 6:33 está assim: “Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas as coisas lhe serão acrescentadas.” Ele ama você, e se você permitir, ele não só lhe mostrará um novo caminho, mas lhe dará toda força necessária para viver. Confie... Tenha fé... Acredite... Abra o coração... E permita que ele guie os seus passos. Um feliz ano novo! Que o Senhor Jesus Cristo nosso Deus, possa abençoar e iluminar o seu caminho. Um grande abraço!

Expediente Diretor: Golther Carlos Neres Ferreira Colaboradores: Barbara Pirajá, Fábio Rodrigues, Josué Pereira(Tropical News), Marcos BA(Clube 7), Valter Arantes e Vando Rodrigues. Fotografias: Fares Rames, Josué Pereira (Tropical News Photo Studio), Robson Neves e Valter Arantes (Foto Viva). Diagramação/Editoração Eletrônica: Golther Carlos Neres Ferreira Correção: Rosilene R. de Carvalho (Mestre em Estudos de Linguagem) Publicação: Gold Marketing & Eventos Ltda Fone: (66) 9633-9480 CEP: 78.700-000 - Rondonópolis-MT Email: revistagold@yahoo.com.br Site: www.revistagold.com.br Impressão/Acabamento: Gráfica Print (Cuiabá-MT) Periodicidade: Bimestral (2 em 2 meses) Tiragem: 4.000 exemplares Circulação: Rondonópolis, Primavera do Leste, Jaciara, Pedra Preta, Campo Verde, Chapada dos Guimarães, Cuiabá e Várzea Grande. A Revista Gold não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos encartes publicitários e nos artigos assinados por seus colaboradores e não tem vínculo empregatício com os mesmos. É vedada a reprodução parcial ou total de suas páginas sem a devida autorização e citação de fonte.


Fotos: Arquivo e Valter Arantes.

Gold 01

02

03

01- As epresárias; Marinhinha, Marina Bortoli e Lucimar Scheffer. 02- A top Ana Garcia e namorado; o empresário João Paulo Diniz (Grupo Pão de Açucar). Ana é natural de Jataí-Go, mudo-se ainda adolescente para São Paulo onde consagrou-se como modelo participando de campanhas e desfiles das mais poderosas empresas nacionais como; Wellaton, Avon, Zoomp, Seda, Valisere e etc. Hoje com 28 anos e feliz com o anuncio do seu casamento com o empresário. 03- Os Scheffers; Nayara, Elusmar, Rayssa e Solange.

05

04- Marcelo e Juliana Gláucia Xavier, felizes com a união. 05- Amor e alegria do casal, Renato Del Cistia e Cintia.

06

06- As elegantes; Brigída, Daniela, Elaine e Melissa Polato. 07- Pedro Jacyr Bongiollo (Pres. AMAGGI) e Adilton Sacheti. (Pres. da Agecopa).

07

Foto: Josué Pereira

04


Agenda Primavera do Leste: 01- , Gislaine e Luciana (Proprietária e diretora do Colégio Centro Educacional Primavera.) 02- As dentistas Débora Ane Belotto, Tatiana Battaglini e Anelise Alves dos Santos. 03- O colunista Cristiano Coelho e a estilista Edi Guadagnin. Rondonópolis: 04- Leadro Lopes (Diversa Corretora de Cereais) ao centro do casal Lucimar e Fernando Scheffer (Grupo Bom Futuro). 05- Sinara Guimarães com as filhas, Andressa e Andriele e a amiga Luzilene. 06- Preparando-se para a colação de grau do curso de Administração em Comercio Exterior pelo CESUR; Thiago Carlos. (Gerente da empresa Eletrocar) 07- O casal; Glaysson e Brisa. 08- As amigas; Margarida e Jussara Fraga. 09- Os namorados; Carlos Zombardino e Alessandra. 10- O make-up Vando Rodrigues e a empresária Melissa. 11- Alessandra Carlos Neres e seu esposo; o professor e músico Luiz Henrique (Luizão). 12- Os amigos; Juliana Mattos e Junior Santana.

Fotos: Fares Rames, Josué Pereira/Tropical News Studio Photo, Robson Neves e Valter Arantes.

02 01

03

04

05

06 07

01 08

09

10

11

12


Fotos: Valter Arantes

OS 15 ANOS DE RAFAELA E MA AS GÊMEAS E A FAMÍLIA RECEBEM CONVIDADOS EM

FES


E MARIA CLARA EM

FESTA INESQUECÍVEL

Felizes elas comemoram com o pai Helcio , a mãe Joana Darc e a irmã Catarine. Acima posam na entrada da festa.


O

cenário do salão de festas do Centro de Eventos Ipê foi perfeito para o estilo balada jovem da festa de 15 anos das gêmeas Rafaela e Maria Clara Ozório Nalesso, realizada no dia 20 de novembro. Felicidade dupla para os pais, os empresários Joana Darc Ozório Nalesso e Hélcio Nalesso Junior (Grupo Frigoforte/Forteboi). Até os visuais das aniversariantes acompanhou a proposta moderna da noite. A missão de embelezar o ambiente ficou por conta do decorador Rodrigo Juliano. Tonalidades delinearam o visual, pontuadas na iluminação, arranjos florais, entre outros elementos, formando um contraste nos ambientes. Os convidados puderam apreciar os exóticos drinques preparados pela equipe performática do Barman Anderson(Xuxa) e os pratos servidos pelo Buffet Idéias. Além disso, todos se deliciaram com uma mesa de guloseimas onde se encontrava o bolo ornamentado por Célia e os doces produzidos por Cristina. Os clicks de Valter Arantes, make-up; Vando Rodrigues, filmagem; HR Produções, som e iluminação; Serenata Som e o bem conduzido cerimonial da Making Of Eventos. A pista de dança ferveu ao som do Dj Corpinho e da banda dos músicos, Jabas, Juan e Clara. E nesse ritmo de confraternização, Rafaela e Maria Clara, juntamente com sua família e amigos, aproveitaram cada momento da chegada de seus 15 anos.

Avós paternos: Margarida Chavez e Helcio Nalesso.

Avós maternos: Maria mendes e Osvaldo Ozório.

Elas acima posam com o bolo, os pais, os avós e a irmã. Ao lado a belissíma e requintada decoração.


Fotos: Valter Arantes

O momento da entrada triunfal. A dança da valsa com o pai e os avós. O detalhe da vela, do menu, das lembrancinhas e da personalização .

A mãe e os avós observando orgulhosos o momento da entrada.


O tio Rafael, a tiaDanila (Padrinhos de Rafaela) e os primos Matheus e Laura. Mulheres da família Ozório.

Gabriela Anghinoni.

Serafim e Marli.

Helcio, Joana, Adriana Balbinotti e Marco Túlio.

Luciana e Dirceu.

As aniversariantes com Jonas e Eduardo. Bruna Falcão.

Silvina e Carol.

Joana com Alessandro e Flaviane.

Mauricio e Adriana.

Wesley e Clébia. Com a equipe Making Of Eventos, Orivaldo e Marilúcia.

A esquerda da família, Márcio, Selma com os Gustavo e Bruno.

Com os tio Neirivaldo e Elânia e o

A direita Reinaldo, Karina e os filhos reinaldo Jr. e Leonardo.

primo Heitor.


Fotos: Valter Arantes

A esperada hora dos parabéns. Um show a parte de Maria Clara na bateria e Rafaela na guitarra. E emocionadas ao assistir o clip da homenagem da família .

Renan, Najla e Diego.

Ao centro a irmã Catarine com Julia e Luana.

O tio Neirismar, a tia Tereza (Padrinhos de Maria Clara) e os primos Filipe, Ioná e Juninho..

Igor, Cleber, Rayssa e Cláudia.

Cenário do palco onde banda e dj apresentaram-se.


O tio Edivaldo, a tia Lisânia e os primos Vitor e Ana Júlia.

Joana com a Família Prado: Farley, Gisielen, Valter, Marta, Lidiane e Thiago.

Os pais com Patrícia, Mara Gaião e Marcos Fratari.

As primas Fabiana e Roberta e a tia Clélia.

Valdemar Gonçalves, Lourdes, Aline e Amanda.

Ivoneide.

Matheus Anghinoni e Luiz Felipe.

Célia.

Os tios Luciano e Brenda e a priminha Bruna.

Os primos Thiago e Camila.

Com os tios Nivaldo e Sirlei com a família; Douglas, O primo Carlos Victor.

Amanda, Nivaldinho e Neirivaldo. E a irmã Catarine.


O detalhe do bar. Thamiris.

O primo Hugo e a tia Iolanda.

Fotos: Valter Arantes

A tia Andréia Nalesso.

Carol Fagundes e Dimitri.

Gabriel, João Gabriel, Tales e Guilherme.

Com o cabelereiro Junior.

O tio Lourival e Renata.

O tio Osvaldo e Rejane.

Francisco Amâncio, Tânia e Felipe.

Rafael.

Gabriel Queiroz.

Mulheres da família Nalesso.

A tia Ana com os pais.


Emanuelly, Cláudia, Neuzinha, Suelene, Barbosa e Gabriel.

Valter Chavez e Lígia.

Os tios Julieta e Luiz.

Os pais Helcio e Joana Darc.

Harue, Daniela, Tatyane, Raissa, Catarine, Naomi e Andréa.

Neuza e José Roberto.

Os primos Rafael e Tasciane.

Ana Luíza, Rose e Dulce.

Hellen Feltrin.

Família Garcia: Izabel, Sérgio, Rosana, Maria Eugênia, Paola, André e Izabelzinha. Simone e Rose.


Fotos: Valter Arantes

Foi realmente uma festa inesquecível para Rafaela, Maria Clara e convidados. Que não perderam o pique e esbaldaram-se na pista de dança até altas horas.

Com a amiga Raissa Vieira.

Com a amiga Maria Eugênia.

Claúdio, Maria, Edgart e William.

Close divertido com as amigas; Gabriela, Carol e Maria Eugênia.

Os amigos; Ricardo Matheus, Thiago, Gabriel, Giovane e Thiago.

A prima Geovana e a irmã Catarine.

Homens da Família Nalesso.


Foto: Valter Arantes

Fotos: JosuĂŠ Pereira/Tropical News Studio Photo

Estilo

Nereide e Marlene

Nayara Scheffer

Susan Ferreira

Karla Caramori

CĂŠlia Scheffer

Raquel Mattei e Rosane Ramos


Páginas Douradas

O mercado publicitário! Cláudio César Cordeiro. Cláudio César Cordeiro é Advogado e Publicitário, Diretor-Presidente da Agência de Publicidade e Propaganda Gonçalves Cordeiro, fundada em 1991 em Cuiabá. Atualmente é Vice-Presidente do SINAPRO - Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de Mato Grosso. Há cinco anos expandiu sua área de atuação abrindo a filial da agência em Rondonópolis. Ao longo das duas décadas de comprometimento com a profissão, veio colecionando premiações dos mais importantes veículos de comunicação do Estado e de todo país, pela credibilidade de comunicar a imagem de seus clientes, dentre elas através de estratégias bem elaboradas sob técnicas e pesquisas.

D

iscorrer sobre o mercado publicitário exige, necessariamente, uma análise das limitações do mercado brasileiro de anunciantes, e esse reflete, por sua vez, a conformação da sociedade em seus aspectos econômicos, políticos e sócio-culturais. Considerado até o início da década de 1990, pela Organização das Nações Unidas, um país subdesenvolvido, ou seja, de terceiro mundo, o Brasil ganhou outro “status” a partir do final dessa década. A globalização econômica impôs ao país a condição de “economia emergente”, visto que a política econômica do plano real, implantada pelo Presidente à época, Itamar Franco, possibilitou a entrada de milhões de brasileiros no mercado consumidor, ampliando assim a oferta de produtos e serviços para um segmento da população até então distante dos hábitos de

consumo. pequenas empresas, revela Esse crescimento da que os recursos destinados por produção e do consumo bra- elas à comunicação, divulgasileiros repercutiu considera- ção e marketing foram da orvelmente, sobre o volume de dem de 0,3% do capital connegócios publicitários, refletin- seguido para implantação dos do a mudança de mentalida- negócios. de das organizações competiOu seja, esse pequetivas. Grandes organizações no percentual de recursos descomo a tinados à coN e s t l é “A propaganda será cada vez municação destinam, mais importante como arma indica que o a t u a l - de competição entre marcas, uso do enm e n t e , e haverá de se apropriar sem- tendimento 50% do de forma elapre de formas adequadas de orçamenborada, procomunicação para introduzir to do mafissional, plaos conceitos e idéias sobre rketing nejada e para a consumo.” com um mípublicidanimo de técde. nica, dentro das pequenas e No entanto, esse volu- micro-organizações, é quase me de negócios publicitários inexistente. Pode-se concluir não é proporcional e nem tão que há um desconhecimento significativo quanto o registra- e falta de uso da comunicado na economia nacional. ção como estratégia para inPara se ter uma idéia, crementar novos negócios. uma sondagem feita pelo SEO Brasil é o quinto BRAE junto as 1.463 micros e mercado publicitário no mun-

do, segundo a Associação Brasileira de Agências de Publicidade, classificadas em seis categorias, segundo o critério de movimentação de verbas, 80% das agências de publicidade e propaganda brasileiras estão na categoria seis, ou seja, entre as que movimentam o mais baixo volume de verbas. Apenas 13% das agências nacionais atingiram a categoria cinco. O desconhecimento de elementos básicos na relação negócio-consumidor, como público-alvo e estratégias eficientes para se usar as mídias, faz com que 68% dos novos negócios no Brasil fechem antes de completar um ano de funcionamento, isso é que se chama de a comunicação de Pequenas Empresas, de “analfabetismo em comunicação”. Sem dúvida, essa é uma das maiores limitações ao crescimento do mercado de


anunciantes e, conseqüente- dança, tem evoluído e ganhou mente, um dos impedimentos maturidade, não devendo abà expansão dos negócios em solutamente nada para os comunicação. Junto a esse grandes centros do país. Com desconhecimento do papel da o advento do maior evento comunicação publicitária esportivo do planeta, a “Copa como agente persuasivo sus- do Mundo”, a publicidade terá citador de desejos e estimula- um papel fundamental na dor de novos hábitos de con- captação de investimentos. sumo, atitudes e comporta- Mato Grosso receberá recurmentos, está a compreensão sos sem precedentes e, com errônea entre anunciantes e isso, o mercado publicitário de o empresariado de que inves- Mato Grosso alcançará um timento é “gasto”. novo patamar. Os mercados da capiEsses dois fatores, aliados à ausência de políticas tal e interior são sim bem dide investimentos para cresci- ferentes, a começar pelos vamento estratégico das empre- lores de investimento dos sas, compõem o quadro de di- anunciantes bem como o vaficuldades desse mercado. lor dos espaços publicitários Estudiosos e profissio- na mídia, que no interior, por nais da Publicidade e da Pro- exemplo, são bem mais baratos. Podemos paganda Brasileiras vislum- “ A questão do gasto é destacar tambram uma uma inversão de valores. bém a questão perspectiva comportamenA publicidade é na vertal, na capital é positiva de dade um investimento, tudo muito rácrescimento pido, tudo é do mercado de não um gasto.” trabalho para fast, no interior o egresso de Publicidade a já se tem mais tempo para departir de mudanças significa- senvolver ações estratégicas, tivas nos negócios da propa- apesar de antagônicos, ambos os mercados, interior e capital, ganda. A propaganda será têm suas vantagens e fragilicada vez mais importante dades. como arma de competição entre marcas, e haverá de se Revista Gold: Em sua opinião, por apropriar sempre de formas adequadas de comunicação quê os anunciantes apresenpara introduzir os conceitos e tam limitações sobre a comidéias sobre consumo. preensão da comunicação publicitária e as vantagens que ela oferece? Por quê veem Revista Gold: A sua agência atua no como um gasto? Não planemercado da capital e do inte- jam? Ou não possuem inforrior. Qual a sua visão do mer- mação adequada? cado publicitário de Mato Cláudio Cordeiro: Grosso? E qual a diferença ou Na verdade a maioria se existe alguma diferença dos anunciantes em potencial conhece a publicidade pela entre capital e interior? mídia e não por fazer uso dela Cláudio Cordeiro: O mercado publicitário para divulgar seus produtos e mato-grossense está em ple- serviços. Sem conhecer a ferna expansão e constante mu- ramenta é impossível também

Entrevista


Páginas PáginasDouradas Douradas conhecer as suas qualidades e vantagens. A questão do gasto é uma inversão de valores. A publicidade é na verdade um investimento, não um gasto. Uma empresa sem planejamento, sem um trabalho de valorização da marca e sem uma agência de publicidade é como um navio sem leme em meio à tempestade. Com a globalização e a internet ninguém pode dizer que não possui informação acerca desse ou daquele serviço ou produto, hoje a informação é muito dinâmica e está à disposição de todos. Pode haver um desinteresse que, consequentemente, gera a não busca por determinado assunto. Revista Gold: O mercado está cada vez mais segmentado por religião, etnia, sexo, idade, classe social e etc. Os estudos e pesquisas específicas sobre cada segmento mercadológico apontam quais os melhores meios de comunicação a serem investidos. Como é isso na prática? Cláudio Cordeiro: Antigamente não existiam institutos de pesquisas que aferissem o comportamento do consumidor, então a publicidade era obrigada a fazer uso do meio de comunicação que atingisse o maior número de pessoas possível a fim de alcançar um bom resultado. Hoje, com a segmentação e pesquisas de perfil do consumidor é possível saber se o seu público-alvo está na internet, na TV, na mídia in door, etc. E com isso é possível fazer uma comunicação direcionada e precisa, com o mínimo de chance de ruído na mensagem, o feedback é muito mais certo. Logo, os melhores meios de comunicação são

Entrevista aqueles que atingem o seu público-alvo. Revista Gold: Vemos que a propaganda é cada vez mais importante como arma de competição entre marcas. Em sua opinião haverá de se apropriar de outras formas de comunicação para introduzir novos conceitos e idéias sobre consumo, considerando as mudanças comportamentais, decorrentes das novas tecnologias? Cláudio Cordeiro: Em uma guerra ganha quem possui as melhores estratégias. No mercado publicitário não é diferente. Se o consumidor muda, a comunicação é obrigada a mudar, e isso inclui fazer uso sim de novos conceitos e idéias a fim de se conquistar o resultado almejado. Mas a publicidade sempre será o canal para tal fim. Revista Gold:

“ Em uma guerra ganha quem possui as melhores estratégias. No mercado publicitário não é diferente.” Como enxerga as perspectivas para o mercado publicitário de Mato Grosso em 2010? Cláudio Cordeiro: Com a superação da crise econômica de 2009 e a participação do Estado de Mato Grosso como sede da Copa do Mundo em 2014, podemos esperar uma ambiência econômica extremamente favorável não apenas para o mercado publicitário, mas para todas as demais áreas empresariais. Os próximos quatro anos prometem ser incomparáveis, únicos.

Revista Gold: Em relação à realização da copa do mundo de 2014 no Brasil. E pelo fato de Cuiabá ser uma das sedes dos jogos. Como analisa esse acontecimento na visão publicitária? Cláudio Cordeiro: Com o advento da Copa do Mundo teremos novas empresas, novos serviços, novos anunciantes e novos investimentos. Isso é tudo que o mercado publicitário tanto sonhou e esperou. Será uma oportunidade singular não apenas de aumentar a receita como também de estabelecer novos relacionamentos com empresas de todo o mundo. As empresas que estiverem preparadas com mãode-obra qualificada e estrutura, com certeza levarão vantagens sobre as demais. Revista Gold: A revista Gold além de circular em todo o sul de Mato Grosso, expandiu sua circulação para a capital. Qual a importância deste veículo para anunciantes e leitores? Cláudio Cordeiro: Primeiramente eu quero parabenizá-los pela iniciativa. A Revista Gold com seu conteúdo editorial rico, linha visual atraente, público-alvo bem definido e excelente distribuição que agora chega a Cuiabá, irá se tornar uma excelente ferramenta de trabalho para nós publicitários e importante veículo de comunicação para nossos clientes. A importância disso é a penetração junto ao público-alvo em questão bem como mais uma alternativa de leitura de qualidade.


Decoração & Designer

Decoração de casas, construir um ambiente em Papéis de Parede um lugar já construído. na Decoração.

P

ara decorar uma casa existem vários fatores que devem ser observados, entre eles qual a linha arquitetônica da sua casa, e qual o estilo e características que os moradores seguem. Esses são apenas alguns pontos que devem ser observados pelo decorador e ou arquiteto. A decoração deve seguir várias regras e fazer a observação de todos os pontos que podem influenciar na suavidade da formação do local.

Uma das regras é: faça do ambiente uma prolongação da sua utilidade e de seu ocupante. Brincar com cores é muito comum em casas e cômodos onde existe uma situação mais despojada e que haja pessoas, mas descontraídas em um local que não tenha tanta seriedade para que possa construir uma atmosfera que permita fazer com que a luz possa ser um elemento que traga para o quadro principal o jogo de cores.

Uma dica na escolha da estampa do papel de parede, dê preferência para combinações de cores neutras, para não cansar da estampa. Estampas listradas estão em alta, e podem dar uma ilusão óptica para o seu espaço, ou seja, listras na vertical alongam o pé direito (altura) do seu ambiente, e listras na horizontal aumentam o tamanho da sua parede.

Uso de LEDS na Iluminação traz economia.

A

iluminação através de LED’s (Light Emitting Diode, ou Diodo Emissor de Luz) há algum tempo deixou de ser utilizada apenas em aparelhos eletrônicos e se mostrou uma tendência na iluminação arquitetônica que veio para ficar. As principais vantagens que fazem do LED uma ótima alternativa para a iluminação de ambientes é o seu custo/benefício, pois usa pouca energia para produzir a mesma quantidade de luz que as

lâmpadas incandescentes e fluorescentes compactas (as chamadas econômicas), além de serem mais “verdes” já que não utilizam mercúrio, ou vapor de mercúrio como as fluorescentes compactas. O LED é uma alternativa para iluminação de áreas externas, como fachadas, piscinas, jardins e demais áreas abertas, pois, além das pro-

priedades voltadas para a produção de luz nas mais variadas cores e tons, não conduz eletricidade, podendo ter contato direto com áreas molhadas. Um novo estudo lançado pela Osram da Alemanha e conduzido pela Siemens Corporate Technology Center for Eco Innovations comprovou a eficiência do LED em relação às lâmpadas fluorescentes.

Durante os testes a lâmpada incandescente consumiu 3,300kWh, enquanto as lâmpadas LED consumiram menos de 700kWh.

Fonte e fotos: Abril/Casa Cor.

S

ão ideais para dar uma renovada no ambiente, e estão em alta. Com muita variedade de estampas para deixar a sua casa customizada. É necessário tomar alguns cuidados com esses papéis. Quando colocarmos papéis em lavabos ou lugares estreitos, é melhor escolher uma parede ou duas paredes, para aplicá–lo, e uma estampa pequena que se repitam várias vezes para não dar uma sensação de enclausuramento e que o espaço é menor ainda do que aparenta. Em banheiros é apropriada a escolha por papel vinílico para que ele não estrague com o vapor ou água. Uma dica para quartos é colocá-lo na parede de cabeceira da cama como um painel.


Uma das maiores e mais moderna loja do Centro-Oeste. Uma mistura de charme, elegância e sofisticação.

Ildo Furini com as irmãs Marlene e Zélia.

O irmão e sócio de Antônio e Airton; A esquerda Antônio Altair e a esposa Zélia. A direita João Airton e a esposa Marlene.

Adelar, com a esposa Lorilei e as filhas

E ao centro os pais dos empresário o Sr. José e Srª Ondina.

Talita e Thais.


Fotos: Josué Pereira/Tropical News Studio Photo e Programa VIP (Cuiabá).

YPÊ INTERIORES I N A U G U R A N O VA L O J A

A

Ypê Interiores com 20 anos de atuação em Cuiabá e há cinco em Rondonópolis, consagra-se ao inaugurar uma das maiores e mais modernas lojas do Centro-Oeste. A obra de 2.000 metros quadra-

Marlene e Airton com o filho Junior.

dos de construção foi realizada pelo Engenheiro Pedro Battaglini e o Arquiteto Alcimar Fernandes a qual oferece total conforto e logística aos clientes e funcionários.

Ildo e a esposa Carmen.

Os casais de empresários Airton e Marlene, Zélia e Antônio, oficializando a inauguração.

Zélia e Antônio com o filho Gleystom.


Amanda e Rodrigo.

José Antônio e Steyce.

Marcelo, Edson, Airton, Marlene, Ézio, Zélia e Antônio.

Leila, Deblie, Elisa e Joana.

Pedro Battaglini e Edna.

Terezinha de Lima e Célia Scheffer.

Grandioso espaço interno para melhor proporcionar as mais diversas opções de móveis e decorações. Gleystom, Kátia, Junior e Amanda.

Junior, Airton, Marlene, Nereide e Claudinei.

Xavier, Marlene, Airton e Wellington.


Susan, Zélia, Amanda e Marlene.

Família Zaher: Mohamed, Nágia, Mara, Elias, Regina e Sálua.

Airton, Marlene, Alcimar Fernades e Anamaria.

Neusa, Lizandra e Jusa. Lyegy, Cleide e Samira.

Rondonópolis: Av. Pres. Médici, 4817-Vila Birigui Fone: (66) 3426-7900/3426-8600

Vera, Marlene e Celso.

Ildo e Carmen com os filhos Felipe e Gabriel.

Cuiabá: Rua Carmindo de Campos, 1120 Fone: (65) 3616-8800 Av. Miguel Stil, 6274 - Cuiabá Lar Shopping Fone: (65) 3901-2626 Site: www.ypemoveis.com.br E-mail: ypemoveis@terra.com.br

Regina Ward e Djanira Logrado.

Nalva, Sandra, Suely, Carmen, Zélia, Maricene, Amanda e Katiucy.

Ficha Técnica Inauguração: Buffet: Idéia´s Buffet Cerimonial: Staff Eventos Fotos: Josué Pereira e Programa VIP (Cuiabá)


Mato Grosso

A

UAB – Universidade Aberta do Brasil é uma parceria entre o MEC, estados e municípios; integrando cursos, pesquisas e programas de educação superior a distância. A proposta é que estados e municípios disponham de pólos presenciais com a oferta de bibliotecas, laboratórios pedagógicos e de informática, tutores presenciais para atendimento e sala para videoconferência.

SAPEZAL: PREFEITO CÉSAR MAGGI E SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO TELMA BOGUCHESKI BUSCAM PÓLO UNIVERSITÁRIO. O Prefeito César Maggi e a Secretária de Educação Telma Bogucheski Ribeiro estão trabalhando para que Sapezal seja contemplado com esta grande ação do Governo Federal que estará trazendo a alguns Municípios de Mato Grosso estes Pólos Universitários. Em função desta grande possibilidade, o Governo Municipal solicitou ao Governo do Estado, a doação de um prédio para a instalação da estrutura necessária. A intenção da UAB é unir presencial e a distância,

levando o ensino superior público para os municípios que não têm determinados cursos. A democratização do

conhecimento, como o nome já diz, deve atender a todos os cidadãos e está regida pela Constituição Federal do Brasil.

INAUGURAÇÃO DA AGÊNCIA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO EM SORRISO SERÁ EM DEZEMBRO.

TANGARÁ DA SERRA: PREFEITO RECEBE HOMENAGEM DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA.

O

prefeito Júlio César Ladeia foi um dos ho menageados da Assembléia Legislativa de Mato Grosso no final de novembro. O nome do prefeito de Tangará da Serra foi indicado pelo deputado estadual Wagner Ramos. A honraria é concedida, segundo a AL, pelo “pioneirismo, a força do trabalho e o princípio empreendedor” dos homenageados. “Homenagear essas

personalidades e o exemplo que vêm dando a todos os mato-grossenses é reverenciar também a visão de futuro, a abnegação e a força de trabalho dos nossos cidadãos, e a relevância dos pequenos, médios e grandes empreendimentos para uma sociedade. São qualidades que, certamente, contribuem de forma significativa para o crescimento de Mato Grosso”, afirma o deputado.

A

notícia de que Sorriso receberá ainda este ano uma agência do Ministério do Trabalho foi confirmada pelo secretário do órgão, Nilton Fraiberg Machado aos vereadores Luis Fábio (PDT), Leocir Faccio (PDT) e Profª. Marisa (PSB), durante audiência realizada no mês de novembro em Brasília. Também esteve presente o deputado federal, Valtenir Pereira (PSB/MT). A agência deverá funcionar, a princípio, em prédio cedido pela Prefeitura Municipal para posteriormente ter sua sede própria, a ser construída pelo Governo Federal.

Fraiberg adiantou ainda que o ministro Carlos Luppi deverá participar da inauguração do órgão em Sorriso. “O Ministério do Trabalho é alvo de nossas reivindicações desde o início desse ano e agora recebemos a confirmação”, destacou Faccio. A instalação da agência irá atender a patrões e trabalhadores prestando atendimento em questões relativas ao registro profissional, informação sobre emprego, intermediação de conflitos coletivos, registro profissional e em outras atividades inerentes às causas de direitos de empregados e empregadores.

Fonte e fotos: Acessoria de comunicação: Prefeitura/Camâra Municipal e Assembléia Legislativa.

SORRISO:


LUCAS DO RIO VERDE: ECONOMIA FORTALECIDA.

C

om alta tecnologia e elevados índices de produtividade, a agricultura de Lucas do Rio Verde desponta como uma das mais eficientes e foi fundamental para rapidamente firmar-se entre os mais importantes pólos do agronegócio de Mato Grosso e do país. Responsável por 1% de toda produção brasileira de grãos, embora sua área ocupe apenas 0,04% do território nacional, o município agora ingressa de vez no seu segundo ciclo econômico. Um processo que evoluiu a partir de 2005, com o início da implantação da Usina Canoa Quebrada – um investimento gerador de mais 28 megawatts de energia que en-

trou em operação no início de 2007 e que hoje se consolida com a chegada de gigantes da indústria de transformação de alimentos. Com o agronegócio em franca expansão e o impulso dado para a verticalização da economia, Lucas do Rio Verde abre caminho para se tornar muito mais que um produtor primário altamente tecnificado e modelo de vida comunitária. O incentivo à instalação de novas empresas – através da isenção de impostos e da disponibilização de lotes subsidiados com toda a infraestrutura necessária – evidencia a preocupação com o desenvolvimento sustentável e o equilíbrio social.

CUIABÁ: PREFEITO RECEBE NOVO SUPERINTENDENTE DO BANCO DO BRASIL EM MATO GROSSO.

O

prefeito Wilson Santos recebeu recentemente na Governança Integrada, o novo superintendente do Banco do Brasil em Mato Grosso, Eloi Medeiros Junior, que assume a vaga de Tarcisio Hubner, transferido para o estado do Rio de Janeiro. O prefeito de Cuiabá parabenizou o ex-superintendente, Hubner, ressaltando a importância do trabalho realizado em todo o estado. “Estamos aqui nos despedindo do Tarcisio Hubner, que fez um excelente trabalho e agora está indo para o Rio de Janeiro. Damos também as boas vindas ao Eloi e sua equipe, que tem a missão de dar prosseguimento aos avanços alcançados na Capital”, destacou Wilson.


Frases “ Todo caminho tem ida e volta” “ Um campeão se mostra na derrota, na força para lutar quando já cansou”. Fábio Jr comentando sobre parte da letra de uma de suas músicas.

“É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer.” Aristóteles.

“São genéricos, mas os mais deslumbrados são biodegradáveis e substituídos por outros com a mesma postura. A questão não é ter sucesso, é ter prestígio. Não é estar na moda, porque moda passa. Não é ter o holofote como herói, mas o trabalho.” Washington Olivetto.

“Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.” William Shakespeare.

“Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço.” Dave Weinbaum.

“Quanto maior são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação.” Cícero.

“ Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma”? Passagem da Bíblia (Mateus: Cap. 16 Vers. 26)

Quando questionado sobre alguns publicitários.

“Podem ser encontrados aspectos positivos até nas situações negativas e é possível utilizar tudo isso como experiência para o futuro, seja como piloto, seja como homem.” Ayrton Senna.

“No que acredito mesmo é em Deus.” Ayrton Senna.

“Quando Deus quer, não há quem não queira.” Ayrton Senna. “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça”. Passagem da Bíblia (Isaias: Cap. 41 Vers. 10)

“Você quer ser feliz por um instante? Vingue-se! Você quer ser feliz para sempre? PERDOE!” Tertuliano.

“Algo só é impossível até que alguém duvide e acabe provando o contrário.” Albert Einstein.

“No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade.” Albert Einstein.

“Grandes almas sempre encontraram forte oposição de mentes medíocres.” Albert Einstein.

“O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso.” Mário Quintana. “Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira.” Tolstoi. “Há muitas razões para duvidar e uma só para crer.” Carlos Drummond de Andrade. “Um tropeço pode evitar uma queda.” Thomas Fuller.


Tecnologia

Cuidado com o novo vírus que rouba senhas bancárias de correntistas. Óculos fazem traduções e funcioponente malicioso detectado nam como legendas de filmes. como troj_dammi.ab.

A

empresa japonesa NEC de tecnologia apresentou, um dispositivo óptico que funciona para a tradução de diferentes idiomas, permitindo ao usuário a comunicação com outras pessoas sem o auxílio de um intérprete. Os óculos, chamados de Tele Scouter, reconhecem a língua falada pelo usuário através de um microfone e a converte por um programa de computador em textos traduzidos para sua língua nativa. Como um sistema de legendas de filmes, o disposi-

tivo “manda” as informações diretas para a retina e promete uma tradução “em tempo real”. A empresa prevê lançar o produto ao mercado em 2010.

Notebook ultrafino da Sony chega às lojas.

A

Sony lançou no Brasil o novo notebook da série Vaio X, com apenas 760 g de peso e 1,39 cm de espessura. É o portátil mais fino da fabricante japonesa, e chega ao mercado brasileiro pouco mais de um mês após ter suas vendas iniciadas nos Estados Unidos. O notebook tem sua carcaça construída em fibra de carbono, que protege uma placa-mãe e componentes projetados para esse modelo. No lugar do disco rígido está um disco SSD (estado sólido) de 128 GB, e o Vaio X usa um processador ultracompacto (Atom Z540) de 1,86 GHz e vem com dois GB de

memória RAM. Além disso, tem duas portas USB, uma Ethernet, tela de 11,1 widescreen, Wi-Fi, Bluetooth, leitor de cartões de memória (padrões SD e Memory Stick Duo) e roda sistema operacional Windows sete Home Premium. Diz a Sony que o Vaio X, modelo ainda importado pela companhia para o Brasil, tem metade do peso de concorrentes semelhantes. Modelos como o MacBook Air ou o Dell Adamo pesam, respectivamente, 1,36 kg e 1,81 kg. O Vaio X tem duração de bateria estimada em até 6 h, que pode chegar a 16 h com uma bateria adicional. O preço sugerido do modelo é de R$ 6.999.

Fonte e fotos: Sony/Tecnologia Digital

D

epois da notícia sobre a sentença judicial proferida no Rio Grande do Sul (TJRS), que mudou uma sentença já dada e isentou o banco Itaú da responsabilidade de ressarcir um correntista que teve 4.487,53 reais retirados de sua conta pela web, os internautas devem tomar cuidado um novo vírus que atua sobre a transações bancárias. Desta vez, os crakers se valem de um código malicioso que usa o Gmer, uma aplicação legítima de segurança, para realizar os ataques virtuais. Segundo a Trend Micro, empresa especializada em segurança na web, o vilão da vez é o vírus troj_dload.bb. Como o vírus atua. Ele funciona da seguinte forma: imagine que você decida baixar um arquivo da internet para realizar determinada atividade ou se divertir. O material, no entanto, está infectado e acaba por não funcionar direito no seu computador. Você então o deixa para lá e pensa ser apenas um aplicativo que não deu certo, quando na verdade era o troj_dload.bb. A partir do momento em que é executado, ele faz o download de uma cópia legítima do Gmer e de um com-

O truque dele é instalar automaticamente o Gmer, uma ferramenta usada justamente para remover vírus. Assim, ele retira plug-ins de segurança do banco da memória do computador, abrindo espaço para a ação criminosa. Pode-se chamar isso de fogo amigo. Esse vírus usa as armas de segurança para fazer o ataque, afirma os especialistas em segurança na informática. O passo seguinte do vírus é entrar em ação no momento em que você acessar o site do banco em que mantém conta. Quando isso acontecer, ele vai falsear algumas áreas da página do site do banco, especialmente as que requisitam senha e dados confidenciais do cliente. É o que basta para o vírus capturar as informações que permitirão ao criminoso virtual acessar a sua conta bancária. As áreas falsas do site vão pedir dados muito detalhados, como RG, CPF e informações inteiras do cartão de senha. Se notar questionamentos desse tipo, o cliente deve desconfiar. O que fazer. Para evitar a contaminação por esse vírus, é válido relembrar os procedimentos básicos, como manter antivírus e firewall atualizados. Mas há uma recomendação complementar. Uma boa medida é ter um antivírus que trabalhe com a reputação de sites, facilitando a identificação de endereços suspeitos de infecção.


A

super top aposta em uma moda básica e confortável – mas sabe como ser sexy no tapete vermelho! Sempre no topo das listas das modelos mais bem pagas e requisitadas do mundo, Gisele Bündchen tem no dia-a-dia um estilo que passa longe do glamour das passarelas – mas que nem por isso deixa de ser fashion!

Vestidos na altura do joelho são as escolhas da top para ocasiões menos formais. Ainda que opte por cores básicas, Gisele também aposta em modelos justos, com uma pegada mais sexy. Os mínis, como esse modelo azul marinho com paetês, são raros no closet dela, mas entram em cena para uma produção mais fashionista.

Moda

No dia-a-dia, Gisele não abre mão do conforto e aposta em sua peça preferida: a calça jeans!

Nos mais variados modelos, ela compõe looks confortáveis e estilosos com tshirt branca, lenço e camisetas de banda, enquanto o blazer e a jaqueta de couro aparecem nos dias mais frios.

No tapete vermelho a top brasileira abusa de vestidos longos com tecidos levemente brilhantes. Suas cores preferidas são as neutras (como branco, rosa claro e cinza), mas ela sabe muito bem como valorizar a silhueta com modelos mais colados ao corpo ou com decotes e aberturas estratégicas – vestidos que só caem bem mesmo em quem está super em forma!

Skinnys e leggings pretas compõem looks com um estilo mais urbano para a noite. Combinadas com um bom salto e peças como a maxibolsa, blazer e lenço, elas formam um look ótimo para a balada! O jeans também tem vez nessas ocasiões: o cinto marcando a cintura e o colete ajuda a deixar a produção mais fashion!

A top também aposta no conforto nos pés: All Star, sapatilha e botas baixinhas complementam as produções.

No verão, entram em cena shortinhos jeans combinados com t-shirt e blusas soltinhas de cores neutras. Vestidos de cores básicas e de modelagem mais solta são soluções fresquinhas e estilosas para os dias de muito calor – jogar um cinto por cima como no look do vestido cinza é um bom truque para deixar a produção mais fashion! Nos pés, rasteirinhas e sapatilhas é o complemento perfeito.

Fonte e fotos: Terra/Commons.

Estilo de estrela: Gisele Bündchen


Q

uem nunca sentiu ne cessidade de mudar o visual depois de ter passado por alguma grande transformação na vida? Cortar os cabelos, aliás, costuma ser o primeiro passo de muitas mulheres que caminham para uma nova fase. E isso não é à toa. Especialistas garantem que, assim como as roupas e acessórios que usamos, as madeixas podem refletir, sim, o nosso estado de espírito. Não importa o quanto você goste de um certo penteado ou cor de cabelo - se o estilo não combina com o seu jeito de ser, o resultado nunca ficará bom. Cada cabeça, literalmente, é uma sentença.

A atriz Katie Holmes (foto), por exemplo, está acostumada a lançar tendências a partir de seus visuais modernos, ousados e que parecem dizer “eu sou dona de mim”. Essa personalidade se reflete no corte de cabelo. Na prática, você pode achar esse look lindo e correr para o salão, exigindo que seu cabeleireiro deixe suas madeixas exatamente iguais às de Katie. Infelizmente, uma deci-

são impulsiva como essa pode deixá-la bem desconfortável com a nova aparência. Segundo os cabeleireiros, o fato de você buscar o estilo que mais combina com sua personalidade, não signifia deixar de ousar. Não se reprima e não deixe que a sociedade imponha como deve se cuidar, encorajam eles. O importante, no entanto, é sentirse bem toda vez que olhar para o espelho. Os cabeleireiros defendem que a nossa aparência e a forma como nos apresentamos ao mundo, refletem o que sentimos, o que pensamos ou como queremos ser vistos. E isso não é apenas conversa de salão de beleza. Confira, a seguir, algumas dicas desses profissionais e descubra de vez que tipo de cabelos mais combina com o seu astral atual e o seu jeito de ser. Coloração loiríssima ou totalmente preta: essas tonalidades envelhecem um pouco a pessoa, por isso não são indicadas para mulheres mais maduras. Se você tem um espírito jovem e quer passar essa imagem de pique e juventude, prefira outras cores na hora de tingir os fios. Cabelo curto: franja desconectada: atribui um aspecto mais jovial por ser um look prático e dinâmico. Pode ser usado por qualquer faixa etária. Cabelo longo: e repicado: use e abuse desse visual tradicional, porém com um toque moderno. Mas, atenção: só é aconselhado para as mais jovens. Cabelo longo e liso: Um cabelo mais ro-

Beleza

mântico, de look simples. Geralmente as “mocinhas” das histórias aparecem com esse corte, por representarem mulheres mais recatadas que não gostam muito de ousar. Tintura exótica: Como verde, laranja, rosa ou azul: indica alguém com atitudes de vanguarda, ligada à moda e descolada. E o melhor é que não há restrições de idade para esse estilo. Só depende do astral.

Rabo-de-cavalo: Com franja: típico de adolescentes de 14 a 16 anos, por conferir uma aparência mais infantil. Não é um visual recomendado para quem deseja passar uma imagem de maturidade. Fios levemente ondulados e soltos: Transmitem sensualidade e lirismo. Costumam acompanhar as eternas românticas.

Dicas para aumentar, diminuir e fazer durar o make da boca!

P

ara o batom durar mais é importante saber que antes de tudo os lábios devem estar bem hidratados. Por isso, assim que for começar o make, aplique já um hidratante labial – ele vai agindo enquanto você prepara a pele, os olhos… Depois de hidratado, aplique o batom (de preferência com um pincel específico, que preenche melhor os lábios), e, em seguida, um pouco de pó. Depois passe novamente mais uma camada de batom. O pó é o “ingrediente” que

ajuda a fixar. Truque para aumentar a boca: passe corretivo um pouco mais claro só sobre o contorno do “v” do lábio superior. No lábio inferior, faça um tracinho com o corretivo no centro e, com o pincel, espalhe até os cantos da boca. Depois, passe o batom e gloss transparente só no centro dos lábios (o que cria a ilusão de mais volume!). Truque para diminuir a boca: aplique corretivo nos lábios e, com um pincel, passe batom bem rente ao contorno. Depois, aplique pó nos lábios e faça mais uma aplicação de batom.

Fonte e fotos: Beleza Inteligente.

Visual dos cabelos diz muito sobre astral e personalidade.


Arquitetura & Construção

A

V

ários fatores são avaliados na hora de adquirir um terreno. Mas, se possível, dê preferência a um terreno plano, pois isso representará muita economia com movimentação de terra, fundações e estruturas de concreto. Outra observação que deve ser feita é quanto à inclinação do terreno a ser adquirido. Ele deve ter desnível inferior a 30%. Isso significa que para cada metro de terreno ele não pode declinar mais que 30 cm. Inclinações superiores a essa tornam necessária a construção de muros de contenção que encarecerão a obra. Sempre que possível, opte por terrenos que sejam mais altos que o nível da rua, evitando que em temporadas de chuva, a água escorra para dentro do seu terreno. Avaliação da resistência do solo também é muito importante. A melhor alternativa é a contratação de uma empresa de sondagem. Caso o resultado apresente um solo de boa resistência superficial, e sendo a casa a construir de apenas um pavimento, será possível utilizar uma fundação rasa (sapata, sapata corrida,

radier) que consome menos ferragem e utiliza um concreto mais econômico. Nunca se precipite em fazer serviços de movimentação de terra como terraplanagens e cortes no terreno antes dos projetos de arquitetura e estrutural estarem prontos e sem a orientação de um profissional. Você poderá perder dinheiro com serviços desnecessários. O arquiteto poderá tirar proveito da topografia e dos desníveis naturais do terreno fazendo um projeto adequado para ele, economizando com redução das obras de movimentação de terra. O suporte técnico de um arquiteto poderá dar resultados satisfatórios também na escolha do terreno, pois, além de ele poder tirar partido de projeto pela inclinação natural ele poderá instruir sobre a orientação solar do terreno. Com isso, evitam-se fachadas que sofram com a incidência solar direta, que fazem com que a edificação gaste mais com sistemas de refrigeração/ventilação para diminuir o calor e por conseqüência aumente o consumo de energia elétrica.

durante essa época normalmente implica em um gasto maior do que o verificado em períodos de estiagem, pois a chuva pode deixar os trabalhadores parados, desfazer serviços prontos e estragar materiais mal armazenados. Porém, um planejamento adequado e a adoção de certos cuidados podem evitar maiores prejuízos. O ideal é que a fase de fundações seja concluída o mais rapidamente possível. Para essa etapa, pode-se usar uma cobertura plástica sobre a área de escavação das fundações. O tipo de sistema construtivo também pode ajudar. O mais indicado é o de estrutura independente, em que se sobe primeiro a estrutura da construção, que logo após é coberto com plástico ou com o telhado definitivo, possibilitando que os trabalhos seguintes sejam feitos em local seco. Vale lembrar que o concreto usinado, embora mais caro, tem secagem mais rápida do que o produto feito na obra. Se for preciso, inclusive, pode ser usado um aditivo acelerador de secagem de concreto. No caso de sobrados,

como cobertura, a laje que serve de forro do telhado ou de piso do segundo pavimento, evitando o trabalho a céu aberto. Assim, o telhado fica para um momento mais tranquilo na obra. Não se deve persistir na execução de alguns itens quando a umidade no ar for muito elevada ou no caso de chuvas iminentes. O exemplo vale principalmente para a abertura de valetas durante as fundações, a execução dos contrapisos ou das alvenarias a céu aberto. A insistência nessas situações significa serviço a ser refeito. Além do gasto com materiais, também há o gasto extra com a mãode-obra. A mão-de-obra é um fator que exige administração séria e profissional. Uma primeira dica é sempre fazer sua contratação por empreitada, onde se acerta o valor total a ser gasto com mão-de-obra até a conclusão do serviço. Divide-se a construção em etapas e se paga cada uma delas, após sua execução. Dessa forma, o construtor não é tão prejudicado se as chuvas se prolongarem por vários dias e o proprietário garante que os operários não abandonem a obra antes da conclusão.

Fonte e fotos: Casa & construção

Economizando na sua obra: Escolha Obras no período de chuva. execução de obras por algum tempo pode-se usar, do terreno.


SÃO PAULO. AMAURY JR. INAUGURA CLUB A.

N

Danielle e Vanessa Glaz. O Club A é o mais sofisticado espaço de entretenimento do País. O evento reuniu diversas celebridades, empresários, além do melhor da música, performances, alta gastronomia e glamour. Acesse o site e confira: www.clubasaopaulo.com.br

o mês de outubro, a cidade de São Paulo ganhou um novo espaço de lazer e entretenimento: o Club A, comandado por Amaury Jr., sua filha Duda Ferreira, os empresários Alexandre Cerqueira e Pedro Queirolo, o estilista Amir Slama e as jovens

REDE GLOBO: FAUSTO SILVA ACERTA RENOVAÇÃO POR MAIS OITO ANOS. apresentador Fausto Silva, 59 anos, fechou acordo prévio para renovar seu contrato até 2017 com a Rede Globo. Fausto, 20 anos à frente do “Domingão”, é o maior faturamento da Globo, e também seu maior salário (na casa dos R$ 5 milhões). Parece exorbitante, mas a impressão se dilui ao saber da enorme receita que o apresentador traz para a Globo. O patrocínio do Bradesco ao quadro “Dança com Famosos”, por exemplo, foi fechado numa pizzada em sua casa. Faustão fez vários pedidos a Globo, mas só um não foi atendido: o programa continuará sendo feito no Rio. O motivo é que seria

O

um custo enorme trazer o casting da Globo para São Paulo todas as semanas, entre outras coisas. A emissora aceitou exibir o “Domingão do Faustão” sempre das 18h às 21h. Com isso, o “Fantástico” passará para a faixa das 21h às 23h e alguma coisa... Ainda sobre o salário de Fausto Silva, cabe lembrar que ele é um caso único no país: ele tem percentual sobre o faturamento do programa. Outro contrato que a Golbo está providenciando é a volta de Márcio Garcia aos domingos. O formato, conteúdo, etc., no entanto, ainda são tratados em segredo. É provável que seu programa vá ao ar das 14h às 16h.

centrados no último trimestre do ano e que, em 2010, será no primeiro: Metallica, Coldplay, Gossip, etc. Aparentemente, é bom preparar o bolso: U2 está em

concorrência (um tipo de leilão entre produtoras) e estão em negociações Green Day e Roger Waters (que deve vir apenas em dezembro, com o show “The Wall”).

EM 2010, NO BRASIL: U2, GREEN DAY E ROGER WATERS

S

egundo a Folha de São Paulo, a mesma produtora que trouxe The Killers e o festival About Us deu uma idéia do que esperar para 2010.

O presidente da empresa afirma que 2010 será um ano com mais atrações internacionais do que 2009. Comentou ainda que em 2009 os shows foram con-

Fonte e fotos: Folha/Estadão e Globo.

Brasil


REVISTA FORBES: INCLUI GOVERNADOR BLAIRO MAGGI NA LISTA DOS 67 LÍDERES MAIS INFLUENTES DO MUNDO.

O

governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, considerado um dos maiores produtores de soja do mundo, apareceu em 62º lugar. Cinco posições atrás dele está o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, fechando a lista. Além do governador Blairo, o outro brasileiro no ranking da Forbes foi o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ele ficou em 33º lugar. O go-

vernador e o presidente foi os dois únicos brasileiros a aparecer no rankink da revista. Também constam da lista pesos pesados financeiros, incluindo o executivo-chefe do banco Goldman Sachs, Lloyd Blankfein (18º) e o investidor e filantropo bilionário Warren Buffett (14º), além do papa Bento 16 (11º). O presidente norteamericano, Barack Obama, lidera a lista do ranking.

VOLKSWAGEN: INVESTIRÁ R$ 6,2 BI NO BRASIL DE 2010 A 2014.

A

montadora alemã Volkswagen anunciou investimentos de R$ 6,2 bilhões no Brasil para o

período de 2010 a 2014, dos quais metade virá de aportes da matriz e o restante de recursos próprios da subsidiária. Em reais, este é o maior valor investido na história da Volkswagen do Brasil, superando os R$ 6 bilhões alocados de 1997 a 2002, quando a construção da fábrica em São José dos Pinhais (PR), em 1999, consumiu cerca de R$ 3 bilhões.


01- Rosane Ramos (Designer de Interior) e a empresária Emili Ayoub Giglio (Loja Emili Atual). 02- P â m e l a , A l e s s a n d r a , Maricene e Susan, na ocasião da Inauguração Ypê Interiores em Rondonópolis. 03- Sandro Caramori um dos diretores do Grupo Caramori. Que estará em janeiro inaugurando em Cuiabá a concessionária Land Rover. 04- Luis Fernado Neris (Neris Marmoraria) e Cléo Borges (Empório dos Aromas). 05- Fernando Baracat (Promoter e colunista social). 06- R e g i a n e M a i n a r d i e Cláudio Cordeiro (Agência de propaganda Gonçalves e Cordeiro) 07- Eduardo Carvalho (Programa VIP) e Zeca Nogueira (Agência de Propaganda ZF Comunicações). 08- O Governador Blairo Maggi e a primeira dama Terezinha Maggi, na festa de 15 anos de Ana Gabriela, filha do casal José Aparecido e Marly Becker.

Fotos: Arquivo Pessoal, Josué Pereira/Tropical News Studio Photo, Robson Neves e Valter Arantes.

Cuiabá

01

02

03

06 07

08

04

05


por Bárbara Pirajá

O

ano ainda não acabou, mas já comecei a definir algumas metas para 2010. Uma delas é montar uma pequena horta de temperos. Eu, que não tenho o menor dom para cuidar de plantas, e que moro em apartamento, decidi: em 2010: terei temperos frescos na minha casa todos os dias. E como isso é possível? Com criatividade e um pouco de pesquisa, descobri que podemos ter uma horta em espaços pequenos, desde que em algum momento do dia haja sol no local. E é sobre isso que vou falar nesta coluna. Depois de ler todas as dicas, só não vai ter seus temperos fresquinhos em casa quem não quiser. Tudo bem, sei que encontramos todos esses temperos em supermercados, nem todos frescos, mas secos estão todos lá em seus saquinhos. Mas como chef, já aviso que as ervas secas não são iguais às frescas. Além de terem seu sabor e aroma super concentrados, com o passar do tempo, mesmo guardando em local seco e arejado, todas ficam com o mesmo cheiro de mato. Quando compro ervas frescas, depois de devidamente lavadas, secas, picadas, elas

vão direto ao freezer, embaladas e etiquetadas. É uma forma prática de termos ervas frescas sempre à mão. Mas para montar sua pequena horta de temperos ou ervas para chá em casa é simples. Bastam adequar as idéias aqui propostas ao espaço que você tem em casa. Você vai precisar de um vaso grande, seixos rolados, terra, húmus de minhoca e mudas das ervas que vai plantar. Os vasos podem ser de qualquer material, os de plásticos são mais leves, mas existem de barro, de cimento, de várias opções. O importante é que ele tenha drenos suficientes para a saída do excesso da água, e isso você pode conseguir fazendo pequenos furos em todo o fundo do vaso escolhido.

torta de mamona. Parece fácil, não? Agora, quais ervas plantar? As mais comuns de se encontrar em hortas domésticas são: orégano, manjericão, manjerona, cebolinha, salsa, salsa crespa, sálvia, tomilho, coentro, alecrim, hortelã, erva doce, erva cidreira e ciboullette. Abaixo algumas dicas de uso dessas ervas: Alecrim: De sabor fresco e doce, é recomendado no preparo de carnes, principalmente porco e carneiro, além de batatas e manteigas aromatizadas. Seus raminhos podem ser usados na decoração. Cebolinha: De aroma delicado, essa erva originária do mediterrâneo é usada em pratos com molho, omeletes, saladas, vinagretes, sopas e carnes assadas. acrescente-a

Em seguida, coloque dentro do vaso os seixos, a terra, o húmus e com cuidado, retire as mudas da embalagem e plante em seu vaso. Você pode misturar diversos tipos de ervas em um mesmo vaso. Os cuidados que devem ser tomados são os básicos: regar na freqüência adequada, nunca deixar a terra encharcada, limpar qualquer praga que possa surgir e tomar o cuidado para que seu vaso tome sol pela manhã ou no fim da tarde. Retire as folhas velhas e amareladas e caso haja algum tipo de praga, lembre-se de usar inseticidas naturais, pois as ervas serão usadas em chás e temperos, e a cada três meses, adube com húmus de minhoca ou

ao prato no último instante. Coentro: Erva de sabor marcante, é muito usada nas cozinhas do norte e do nordeste brasileiros. Combina com pratos de frutos do mar e caldos de peixe, embora seja ingrediente essencial no molho curry, usado na cozinha

indiana para dar sabor a frangos e carnes. Hortelã: Erva perfumada e aromática muito usada no preparo de chás, assados e grelhados, a hortelã é a base condimentar da cozinha árabe, estando presente em quase todas as receitas. Manjericão: Uma das ervas mais consumidas na cozinha de vários países, o manjericão pode ser usado para temperar saladas, em pratos de massa, em omeletes, sanduíches e molhos de tomate Acrescente as folhas delicadas do manjericão ao prato cozido, no último instante. Orégano fresco: De sabor forte e aromático, combina bem com tomate fresco, molhos à base de tomate, omeletes, assados e pratos de queijo. a erva fresca dá aos pratos um sabor completamente diferente da versão desidratada, que tem seu amargor mais acentuado. Salsinha: De sabor suave, a salsinha é muito usada na culinária das regiões sul e Sudeste do país, em saladas, sopas, molhos e temperos em geral. Quando cozida, a salsi-


barbara.piraja@gmail.com

nha destaca o sabor do prato principal. A versão crespa tem sabor semelhante ao da salsinha, mas é mais usada na decoração dos pratos. Sálvia: De folhas aveludadas, sabor delicado e aroma de cânfora, a sálvia é muito usada nas cozinhas alemã e escandinava no preparo de salsichas e carnes ricas em gordura. Nas outras cozinhas, a erva dá um toque especial a pães, molhos, carnes bovina e suína, aves, peixes, carneiro e caças, quebrando o sabor adocicado de algumas car-

Gastronomia

nes. Deve ser usada com moderação para não conferir sabor amargo às preparações. Tomilho: De sabor e aroma deliciosos, o tomilho combina com ensopados, marinadas e molhos à base de vinho. é parte essencial do famoso “herbes de provence”, tempero francês com várias ervas. E para finalizar a coluna, uma receita que leva algumas dessas ervas frescas, resultando em um sabor suave e com o frescor que nosso clima pede.

RECEITA. Salmão com Ervas Frescas.

Ingredientes: 200 g de filetes de salmão Sumo de ½ limão 2 cebolas pequenas cortadas em tiras bem finas 2 colheres de sopa de salsa, tomilho, sálvia e endro frescos, picados finos Modo de Preparo: - Aqueça o forno previamente a 180ºC. - Pincele levemente com azeite o centro de dois grandes quadrados de papel alumínio, ou papel manteiga. - Coloque um filete de salmão no meio de cada um dos quadrados, com a pele para baixo, tempere com pimenta preta moída na altura, regue-o com sumo de limão e espalhe as fatias de cebola e as ervas por cima. - Feche a folha juntando as pontas e dobrando-as várias vezes, fazendo um embrulho solto. Em seguida, transfira os dois pacotes para uma assadeira, e deixe assar durante uns 15 minutos. - Quando o peixe estiver pronto, mas ainda um pouco cor de rosa por dentro, divida em dois pedaços e sirva. - Pode ser acompanhado com um pouco de arroz e legumes cozidos.


por Fábio Rodrigues Corrêa

A casa é sua Representação Interior.

O

bservando sua casa, seus objetos, tudo reflete seu interior. São realidades visíveis e invisíveis que circulam seu mundo exterior, que trazem a tona sua realidade interior, a cada desafio, alegrias, fatos e acontecimentos vamos desenhando nossa realidade exterior cons-

truindo uma história com cheiros, tons, cores, formatos, que forma e revela um conjunto de símbolos que representam a sua trajetória pessoal. Nossas crenças conscientes e inconscientes são refletidas na hora de decorar, organizar e perfumar a casa,

Variedades

que revela um pouco sobre você e as pessoas que habitam este lugar chamado de “Lar”. Nesta edição vou ensinar como um padrão de pensamentos positivos para sua casa, assim utilizar o exterior para influenciar o interior visando a uma vida mais saudável nos sentimentos e emo-

ções. Vamos nos orientar através dos seus sentimentos, e utilizar exercícios de Feng Shui Intuitivo e Alinhamento Interior nesta técnica. Sente-se desorganizado? Então essa é para você, se a vida está confusa, organizar as coisas de casa, pode

ajudar, comece pelas gavetas (Cômodas, Guarda-roupas etc...), tire tudo das gavetas, limpe-as e depois reorganize, mantenha aquilo que é realmente necessário e dispense aquilo que não utiliza mais, este exercício simples ajuda a se organizar mentalmente. Quer ter abundância? Então comece a criar ambientes abundantes, então comece a comprar coisas bonitas, não necessariamente caras, somente objetos completos sem rachaduras ou desbotados, opte por objetos com cores vibrantes e deixe a casa sempre limpa, organizada, quanto mais colorida tiver melhor, mas sem exagero, use sua criatividade. Atrair um amor? Bom, primeiro, nesse campo, temos que refletir, o que temos como significado de amor, qual é a real experiência de amor que já tivemos contato. Descobrindo o real significado podemos aí partir pra ação, preste a atenção se o amor não está ligado a fatos passados de medo e dor. Quando pergunto o que representa o amor para meus clientes, eles geralmen-

te respondem: à cor Rosa. Então vamos pra prática, coloque coisas cor de rosa na sua vida, uma blusa, uma pulseira, rosas em vaso, até um jardim com rosas cor de rosas. Até mesmo um Notebook, use os objetos e acessórios rosa de forma discreta, afinal você não vai querer um namorado (a), exagerado demais não é? Existem muitas outras formas de se organizar a casa de forma a influenciar o mundo interior, pode obter muito mais criatividade, paz, alegria de ser, uma vida mais saudável, para isso temos que pensar: “a casa é uma extensão dos nossos comportamentos, atitudes, emoções e sentimentos”, pensando desta forma é a representação simbólica de você e/ou seus moradores, e sua tela onde você pinta, a sua história através dos significados dos moveis, objetos e utensílios que você utiliza, doar atenção a sua casa, na forma de se organizar e decorar e doar atenção a você mesmo. Conscientizar-se do seu espaço é tornar este espaço especial.


H

A cirurgia plástica tem por objetivo a recons tituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas. A cirurgia plástica se desenvolve sob duas facetas: a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética. A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica. A cirurgia plástica estética é aquela realizada pelo paciente com o objetivo de

Mamoplastia: Como acertar no tamanho da prótese?

N

ão há uma fórmula fechada para acertar no tamanho da prótese. As escolhas englobam o desejo pessoal de cada mulher somado ao diâmetro do tórax, altura, peso e relação colo-abdômen. Até os anos 80, a cirurgia plástica para a área das mamas se restringia aos casos de redução do volume. Na década de 90, com a aparição de atrizes norte-americanas ostentando próteses de aumento dos seios, o silicone para valorizar a região do colo popularizou-se bastante. No início deste processo, as dúvidas sobre a qualidade das pró-

Estética

teses inibiam o aumento das mamas. Com o passar do tempo, assistimos à substituição de próteses de 150, 200 e 250 mililitros pelas de 350, 400 e 500. Cirurgiões não sabem precisar se por modismo ou por tendência mundial, mas os implantes estão bem maiores do que os utilizados no passado, mesmo em mulheres de baixa estatura. Nem muito, nem pouco. As mamas são um dos símbolos da feminilidade e da auto-estima da mulher. Quando elas estão em desarmonia com o corpo, a silhueta fica prejudicada, ocasionando transtornos psicológicos e so-

ciais. Mas tão importante quanto resolver essa desarmonia estética é adequar o tamanho do implante ao tipo corporal de cada mulher. Por exemplo, uma prótese grande fica bem para uma mulher alta ou que tenha quadris largos. Se mal indicada, uma prótese muito grande pode causar a impressão de que a paciente está gorda, o que provocaria outro problema estético. Por outro lado, um implante pequeno demais também pode não causar efeito em alguém que precise de um tamanho maior, argumenta os médicos.

Bisturi neles.

Fonte e fotos: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Cirurgia Plástica.

realizar melhoras à sua aparência. A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada, ou seja, corrigir uma deformidade que ela adquiriu ao nascimento, por exemplo, como uma orelha proeminente ou em abano, outro caso como uma mama flácida que pode lhe dificultar um relacionamento afetivo. Situações que nao lhe causam prejuizo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica. Atualmente, as duas cirurgias plasticas esteticas mais realizadas no Brasil são a lipoaspiração e o implante de prótese de silicone nos seios. Em qualquer cirurgia plástica, pretende-se que a zona afetada mantenha o seu funcionamento e, na medida do possível, um aspecto natural.

É

cada vez maior o número de homens que buscam cirurgias plásticas. Algumas vezes, treino bem elaborado e dieta balanceada não são o suficiente. Esteira, bike, aparelhos, pesos e mais pesos, além de muito suor e boa alimentação. Tudo em busca de uma aparência escultural melhor. Esse é um dos principais motivos para que clínicas de plástica e estética de todo o país estejam reformulando seu casting, já que os cuecas de plantão vêm ocupando grande parte da clientela. Realmente parece que a preocupação com a beleza não é mais hegemonia feminina. Dados apontados recentemente pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica afirmam que 30% das pessoas que realizam intervenções cirúrgicas em razão de estética no Brasil são homens - o que equivale a uma média de

três homens a cada dez pacientes, na faixa etária dos 25 aos 55 anos. Além do incentivo de valorizar a própria imagem, às vezes não existe uma solução exata para determinados problemas, como, por exemplo, a gordura localizada, que mesmo com muita ginástica não desaparece. Hoje, o homem no Brasil está muito exposto a praias, piscinas, mídia. Ele acaba se incomodando com algo que não esteja em forma.


C I R U R G I A P L Á ST I C A Fotos: Josué Pereira/Tropical News Studio Photo

DR. REISSON DE PAULA

A

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, uma das maiores entidades de cirurgia plástica é referência mundial devido à excelência na formação de seus profissionais. Dr. Reisson de Paula é cirurgião plástico especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, atuando em Rondonópolis há cinco anos, com o objetivo de zelar pelo conceito da Cirurgia Plástica,

contribuindo para o seu progresso, promovendo o aperfeiçoamento dos conhecimentos especializados e oferecer um serviço de qualidade com segurança comparado ao das grandes capitais. Está em constante busca por conhecimentos e novidades na área realizando vários congressos, cursos de aperfeiçoamento, simpósios e jornadas. Atendendo em sede

própria há dois anos, realiza vários procedimentos em cirurgia plástica estética como: Prótese de silicone em mamas, mamoplastia redutora, cirurgia plástica do nariz (rinoplastia), prótese de silicone em glúteo, cirurgia plástica das pálpebras (blefaroplastia), cirurgia plástica de orelhas (otoplastia), ginecomastia, lipoaspiração, lipoescultura, lifiting de braços, coxas e face, também realiza procedimentos em

cirurgia plástica reparadora como tratamento de tumores de pele e queimaduras. Dr. Reisson F. A. de Paula Cirurgião Plástico CRM MT 4743 PLASTIC DERM CIRURGIA PLÁSTICA. Av. Lions Internacional, 380 Rondonópolis-MT Fone: (66) 3422-0004 3422-9696


Saúde Estafa pode desencadear doenças como hipertensão, fobias e gastrite.

Caminhada: Onde praticar?

Q

ualquer um pode praticar a caminhada, mas o local escolhido para bater pernas pode potencializar alguns ganhos do mais democrático dos exercícios. Emagrecer, tonificar os músculos, aumentar a eficiência do sistema imunológico, diminuir o estresse, ficar longe da depressão... E olhe que essa lista de benefícios proporcionados pela caminhada, apesar de longa, nem está completa. Para ganhar esse pacote de vantagens, pessoas de todas as idades e com diferentes graus de condicionamento físico precisam apenas calçar um tênis e colocar as pernas para trabalhar. Simples assim? Nem tanto. Não basta andar a esmo por aí. O exercício precisa ser praticado três vezes por semana, durante 30 minutos, no mínimo. E por onde você anda também conta bastante. Para começo de conversa, o local escolhido para caminhar pode favorecer ou não o número de passadas. Um estudo realizado na Universidade de San Diego, nos Estados Unidos, revela que, para manter a saúde do coração em dia, é preciso conseguir a marca de 100 passos por minuto, em média. Na rua As calçadas estão ao alcance de todos.

Vejam quais são os pontos de atenção antes de caminhar por elas. Os Obstáculos. Calçadas quebradas e raízes de árvores é um perigo, sobretudo para quem já tem mais idade. Além disso, a necessidade de desviar de outras pessoas e de parar na hora de atravessar a rua atrapalha a continuidade do exercício e exige muito mais atenção. Mesmo assim — aliás, ironicamente por causa disso tudo —, há uma vantagem em caminhar na rua. “A multilateralidade é mais estimulada”, diz o fisiologista do exercício Paulo Roberto Correia, da Universidade Federal de São Paulo. Ou seja, a pessoa melhora a noção do espaço olhando para todos os lados, não só para a linha do horizonte. No parque, assim como nos clubes, é sempre uma ótima opção para praticar qualquer atividade física. Comodidade Banheiros, bebedouros, estacionamento, pista em boas condições... — muitos parques brasileiros oferecem uma ótima estrutura, facilitando a vida de quem quer se exercitar. Em alguns locais, infelizmente, você deve se preocupar com a segurança, conforme o horário. E, nesse aspecto, claro, um clube sai ganhando.

alimentação. Geralmente estas duas ações resolvem o problema”, continua. “Se não for tratada, pode desencadear outras doenças como: anemia, prisão de ventre, diarreia e até queda de cabelo”, diz Claudio. Mente e corpo em equilíbrio A forma mais comum da estafa é a fadiga mental. Caracterizada pela alteração do sistema nervoso central, ocorre em função do excesso de responsabilidades e tensões acumuladas que provocam um desgaste metabólico e mental muito grande. As pressões psicológicas se refletem no corpo”, explica o fisiologista. “Neste caso, a melhor indicação é o relaxamento. É preciso rever a maneira como lidamos com os nossos problemas e frustrações. A estafa mental é muito mais grave do que a física porque tende a causar danos psicológicos e físicos. Caso não seja tratada adequadamente, pode provocar doenças como: falha de memória, insônia, irritabilidade, desânimo, tristeza profunda e angústia.

Fonte e fotos: http:// Saúde Vida

D

esânimo sem explicação aparente, dores no corpo, falta de motivação para continuar aquela atividade de que tanto gosta e uma vontade enorme de ir embora logo após chegar ao trabalho. Se você está com algum desses sintomas, fique de olho, pode ser estafa. De origem emocional ou física, ela pode atingir crianças e adultos e compromete o desempenho na escola, no trabalho e na relação com as demais pessoas no dia a dia, tornando todas as atividades, antes prazerosas, em obrigações desgastantes e chatas. Por alterar todo o funcionamento do organismo, pode desencadear outras doenças como hipertensão, fobias e ansiedade, problemas cardíacos e gastrite. “Se você ficar acumulando tensões e cansaço, vai virar uma panela de pressão e uma hora ela explode e faz um estrago maior”, alerta o fisiologista da Unifesp, Claudio Pavanelli. ”A estafa pode ser física (periférica) ou mental (central) e está muito ligada a rotina que o paciente leva. Ai que cansaço! Treino, caminhada, corre-corre com as crianças e muito cansaço. Mais popularmente conhecida como fadiga, a estafa periférica se caracteriza por dores musculares e cansaço físico ocasionados principalmente pela combinação entre desgaste excessivo (sem respeitar o tempo de recuperação) e pela má alimentação. “Nestes casos, o tratamento é uma mudança radical na rotina e na


FARMACIA DE MANIPULAÇÃO MAGIPROGRAMA DE BELEZA MAGISTRAL FARMA COMBATE ÀS RUGAS. 1) Cápsulas da Beleza. Beleza que vem de dentro.

T

udo que ingerimos reflete em nossa pele, nossos cabelos e sistema imunológico. A Magistral Farma Farmácia de Manipulação procura sempre apresentar aos seus clientes lançamentos inovadores e exclusivos e entre eles estão as Cápsulas da Beleza. Um composto que proporciona um “Efeito Lifting Oral” com objetivo de aumentar a síntese de Colágeno e Elastina, combatendo os danos causados pelos radicais livres. O objetivo de fazer o tratamento com vitaminas, mineral e ativo específicos para pele, é proporcionar aos pacientes um resultado mais rápido e satisfatório quando associado a cremes. Estes princípios ativos repõem a hidratação da pele, têm ação calmante em tratamento pré e pós cirúrgicos e fazem a reposição do Silício que também é essencial no combate ao envelhecimento. Atuam também na

parte capilar, tonificando e hidratando os fios, auxiliando o combate à queda e favorecendo o crescimento dos fios. 2) Cremes Poderosos Menos Rugas e Mais Firmeza Tempo, tempo... Que música é essa? É a sinfonia da vida pulsando e vibrando dentro de cada um de nós. Alguns envelhecem mais ráapidamente, e outros de forma mais lenta. Somos na verdade reflexo do que comemos, do ritmo de vida que levamos, e dos agentes químicos e físicos à que somos expostos. E se quisermos adiar os ponteiros do envelhecimento, precisamos ter atenção completa com nosso corpo e bem estar. Hoje a pesquisa em busca de diferenciais em produtos dermocosméticos é tão intensa que é possível oferecer uma diversidade de opções contra os sinais do tempo: Ação “Dermorelax” (que inibe a produção de radicais livres e promove a contração muscular), Ação “Anti- Aging” , Ação “Anti- Stress”, dentre outros cosmecêuticos. Valendo a pena lembrar que o aumento da produção de radicais livres está diretamente relacionado à radiação solar. Um dos fatores mais relevantes para o envelhecimento da pele. A Magistral Farma oferece em sua loja central, uma linha completa de proteção solar como: Roupas e chapéis com proteção, Cápsulas que bloqueiam a passagem dos Raios Ultravioletas e Filtros Solares disponíveis em Loção, Gel, Gel-Creme, Oil Free, com vários fatores de proteção. Para quem quer um efeito de maquiagem com proteção solar, a Magistral tam-

bém disponibiliza filtros com base e pó compacto para todos os tipos de pele. OLHAR SEMPRE JOVEM. A pele ao redor dos olhos merece atenção especial, pois é mais sensível e menos hidratada que a do restante do rosto, pois nessa região temos menos glândulas sebáceas. Além de estar sujeita ao movimento constante das expressões faciais, portanto é foco das primeiras ruguinhas. A Magistral Farma tem novidades para minimizá-las e conservar seu olhar radiante. E lembre-se de sempre fazer a coisa certa: com um pouquinho do produto no dedo médio, espalhe dando leves batidinhas do canto interno para o externo do olho, tomando cuidado para não repuxar a pele. EMAGRECER “PÓOOODE” 1) Fórmula Aprovada. A Magistral Farma dispõe de uma excelente opção no auxilio ao emagrecimento, a “Ração Humana”, sim isso mesmo. Embora o nome lhe pareça incomum, trata-se de um composto a base de fibras, e totalmente natural que melhora o trânsito intestinal e inibe a absorção de gordura, reduz os níveis de colesterol, tem uma poderosa fonte de cálcio e o principal, produz uma sensação de saciedade por mais tempo. 2) Cápsulas “Anti-Barriga” Outra sugestão são as cápsulas “anti-barriga”, a Magistral Farma possui ativos que agem na redução de medidas abdominais, os tão famosos “pneuzinhos”. Você ganha cintura e reduz seus depósitos de celulite. Atualmente são várias as opções e produtos disponíveis no mercado para beleza.

E a Magistral Farma é a Farmácia de Manipulação que disponibiliza tudo isso para você. Mas lembre-se de que todo e qualquer tipo de tratamento deve sempre ter o acompanhamento do médico ou profissional responsável habilitado e que a prática de atividades físicas é muito importante para sua saúde e bem estar.

“Sua Saúde com Qualidade” Loja 1: Avenida Marechal Dutra nº 1533 - Bairro: Centro Tel/Fax: (66) 3421-6626 Loja 2: Avenida Presidente Castelo Branco nº 749 Bairro: Vila Operária Tel: (66) 3425-5410


Música & Cinema

Lia Mayo. O furacão do Pantanal.

A

“Lula - O Filho do Brasil.”

O

presidente Luiz Inácio Lula da Silva emocionou-se ao assistir pela primeira vez ao filme que con-

ta a trajetória desde sua infância humilde em Garanhuns (PE) à ascensão como líder metalúrgico no ABC paulista. O presidente compareceu à pré-estreia do longa “Lula - O Filho do Brasil” ao lado da primeira-dama, Marisa Letícia, e da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, provável candidata do PT à sucessão presidencial. Também estavam presentes, entre outros, atores e produtores do filme, o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), e o senador Aloízio Mercadante (PT). O filme tem estreia comercial prevista para janeiro de 2010. Segundo os produtores, a história deverá chegar aos cinemas da América Latina em março de 2010.

Oscar 2010: Salve Geral é o escolhido brasileiro para indicação à estatueta.

F

oi o escolhido para ser o representante brasi leiro a tentar uma vaga ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2010. O longa de Sérgio Rezende (Zuzu Angel), que relembra o dia em que o PCC (Primeiro Comando da Capital) parou a cidade de

São Paulo. Os indicados à 82ª edição do Oscar serão anunciados em dois de fevereiro de 2010; a entregua dos prêmios da Academia ocorre no dia sete de março de 2010, no Kodak Theatre, em Los Angeles, com transmissão ao vivo para 200 países.

Fonte: http://Cinema nacional/ O Globo..

Fotos: Clube 7 (Welington Mundin).

cantora Lia Mayo, é sem dúvida uma das grandes promessas da música brasileira. Lia Este-

ve recentemente em Rondonópolis no Baile do Hawai realizado no Caiçara Tênis Clube. A cantora superou todas as expectativas da diretoria e do público animando por horas e horas o evento. Na linha axé music, Lia Mayo com certeza será uma das próximas a consagrar como Ivete Sangalo e Claudia Leite.


Carros & Motos

otalmente renovada, com design atraente, excelente versatilidade e robustez, a Nova Saveiro atende plenamente às exigências de uma aplicação comercial, bem como às expectativas de quem procu-

T

cidade de carga e maior estabilidade. A carroceria foi desenvolvida para proporcionar um excelente nível de conforto. Além da grande disponibilidade de espaço, a facilidade de acesso através de por-

ra um veículo ideal para o lazer. Com novas dimensões, o carro conta com maior capa-

tas amplas e com três graduações de abertura são resultados dessa preocupação.

Ducati 999s tem fibra de carbono para os aficionados.

D

Desta vez apresenta mos esta extraordiná ria moto para todos os fanáticos por fibra de carbono. A moto Ducati 999s é certamente uma adição única para ter em sua garagem. Se você é um motoqueiro apai-

xonado e gosta de investir em qualidade, então esta é a máquina que fará libertar o monstro das estradas que existe dentro de você. Não é só a parte externa da moto que encanta nos modelos da Ducati, mas também a sintonização do trabalho e do seu motor, que neste modelo teve uma pequena modificação. A moto pesa apenas 143 kg, que é muito inferior ao seu peso original. A máxima sintonização é feita pela empresa BeFaster, uma das mais famosas e especialistas da Alemanha. Além do corpo luxuoso desta máquina, a moto estabelece

uma felicidade pela alta performance e pela sua beleza. O preço é fenomenal e não sai por menos de US$ 165.000. A customizada Ducati teve seu motor afinado até 1037 ccm por um dos mais famosos especialistas na Alemanha, resultando em um mecanismo de 170 hp de saída. Com extraordinário baixo peso, apenas 143 kg, ela é composta com o máximo de utilização de fibra de carbono

novidade na categoria. Esse utilitário carregado de aventura e outros modelos com design arrojado e tecnologia de ponta você encontra na Carolina Veículos, a concessionária Volkswagen para a região sul do Mato Grosso perfeita pra você. Rondonópolis: Av. Presidente Medici, 1300. Fone: (66) 2101-4900. Primavera do Leste: Rua do Comercio, 4375. Parque Industrial. Fone: (66) 3498-3838.

e titânio e pode fazer 0-60 mph em menos de três segundos. A moto foi manufaturada mediante uma plena moldura de carbono, Carbotech, juntamente com outras peças especiais de carbono e titânio. O carbono foi afinado e polido e, em seguida, parte por parte desbastado para compor um automóvel de alto brilho. O preço a torna uma das motos mais caras do mundo também.

Fontes e fotos: http//Motorclube/Webmotors e Carolina Veículos.

Carregada de Aventura, você encontra na Carolina Veiculos.

Um detalhe importante é a nova vigia traseira com janela deslizante, que se alinha na mesma superfície quando fechada, uma inovação inspirada nas modernas vans européias. Entre muitas outras características inéditas no segmento, a Nova Saveiro conta com um inovador sistema de abertura da tampa da caçamba com amortecedor. O estepe agora está sob a carroceria, aumentando o espaço na cabine. A picape conta ainda com sensor de estacionamento no parachoque traseiro, outra


Turismo Chapada dos Guimarães: Capital do Ecoturismo. mil hectares e atrai cerca de 100 mil turistas por ano. Reaberto após uma reforma estrutural, só pode ser visitado com guia local e agendamento. A maior atração do parque é a cachoeira Véu de Noiva. Com uma queda de 86 m, a cachoeira é o cartão postal da cidade. Sua beleza pode ser admirada de um mirante próximo, de onde também se avista um impressionante canyon. Percorrendo as trilhas do parque o turista irá encontrar outras belas cachoeiras no circuito como Independência, Sonrisal, Pulo, Degrau e Andorinha. Além disso, o viajante irá conhecer a Casa de Pedra, uma gruta de aproximadamente 40 m2 com um córrego de água que a atravessa. Lago do Manso: Formado pelas águas represadas da usina hidrelétrica formada pelos rios Manso, da Casca, Quilombo e Palmeiras, além dos córregos Conceição e Bom Jardim. O Lago de Manso tem uma lâmina de água de 42 mil hectares e uma bacia de influência de 800 km2. Propício para a prática de remo, canoagem, vela, natação em águas abertas e muitos outros esportes, o lago fica 65 km do centro de Chapada.

Poconé: O Portal do Pantanal.

L

ocalizada na porção sul de Mato Grosso, a 100 km de Cuiabá, Poconé é uma cidade histórica. Fundado em 1777, o município foi testemunha da corrida pelo ouro que ajudou a desbravar o Estado. Aproximadamente 80% do território de Poconé está localizado no Pantanal. Com a maior planície de inundação do mundo, o Pantanal apresenta uma inigualável biodiversidade de plantas, peixes e aves. São jacarés, sucuris, araras-azuis, veados, capivaras, tamanduás, emas, além de centenas de pássaros que elegeram a região como uma das mais importantes do mundo para suas rotas migratórias. Este paraíso ecológico tem seu período da seca entre os meses de abril e setembro.

Mergulho Nobres.

É interessante visitar o Pantanal em qualquer época do ano, pois a alternância da água proporciona espetáculos únicos. Em Poconé se inicia a estrada parque Transpantaneira, que segue até Porto Jofre. São 145 km de estrada sem asfalto e 126 pontes de madeira. Nesta rodovia estão os principais atrativos turísticos do Pantanal no município como: Passeios de barco, bicicleta e cavalo. Caminhadas por trilhas, banhos de rio, pescarias, focagem noturna e safári fotográfico. Ao longo da estrada existem dezenas de pousadas e hotéis, onde esses atrativos podem ser contratados. Para a maioria dos passeios é aconselhável a contratação de guia especializado.

em

A 145 km de Cuiabá, Nobres é a mais recente descoberta do turismo no Estado, especialmente para a prática do mergulho. O município se situa em uma área de transição entre a floresta amazônica e o cerrado, sendo considerada uma região de divisor de águas, entre as Bacias Amazônicas e Platina. São mais de 30 cavernas, lagos e rios que impressionam. Por ser uma região

com alta concentração de calcáreo aqui a água é sempre cristalina. O maior destaque é a Gruta da Lagoa Azul. O fundo, como o próprio nome já diz, é azulado devido a concentração de calcáreo.

Fonte e fotos: http:// www.sedtur.gov.mt.br

D

os 27 estados brasilei ros, Mato Grosso pa rece ter sido o mais contemplado pela natureza. Com quatro ecossistemas - Pantanal, Cerrado, Araguaia e Amazônia - o Estado oferece uma variedade de opções para a prática do ecoturismo. Confiram alguns deles. Cercada de beleza exuberante e mistério, Chapada dos Guimarães é um dos principais destinos do país. Está localizada a 60 km da capital em uma região de transição, entre o Cerrado e Amazônia, tendo em suas terras um corredor de águas que desemboca no Pantanal. Com fauna e flora favorecidas pela proximidade de ecossistemas tão diversos, percebe-se em Chapada uma imensa variedade de plantas, pássaros, flores e animais silvestres. Além da beleza cênica da região, o município ainda é reconhecido internacionalmente como pólo do ecoturismo. Para se aventurar, contemplar ou simplesmente descansar, o que não falta são atrativos, restaurantes e hotéis. Parque Nacional de Chapada dos Guimarães Principal atrativo do município, foi criado em 1988, possui 33


Q

uando a arte passa a ter um sentido maior e não é apenas uma peça de decoração, tem o poder de equilibrar, alegrar, purificar e proteger o ambiente. Autoconhecimento, equilíbrio das energias e muita luz em forma de círculos. Assim podem ser apontadas algumas das potencialidades da milenar expressão de arte chamada Mandala, que para a artista plástica e arquiteta Daniely Tamara Moraes, de 31 anos, apaixonada por este símbolo, também conhecido como o ‘círculo mágico’, já se transformou numa espécie de identidade na hora de criar telas. ”Quando a arte passa a ter um sentido maior do que ser apenas uma peça de decoração, ela tem o poder de equilibrar, alegrar, purificar e até de proteger um ambiente.”, define Daniely, ao contar que a paixão pelas Mandalas começou quando ela resolveu estudar essas formas e a retratá-las em benefício próprio, numa busca por harmonização, força, fé e autoconhecimento. Como a experiência com ela deu certo, ‘Dani Tamara’ (assim assina suas telas), decidiu compartilhar com os outros as mesmas vibrações e energias positivas que recebeu de suas Mandalas, por meio dos temas e das cores que usa para criar, só que agora personalizadas. Ela relata que como a Mandala se assemelha muito

ao ser humano e ao que cada um traz dentro si, no centro da sua fictícia ‘Mandala física’, é isso que torna o trabalho dela tão minucioso, já que cada pessoa ou ambiente são únicos. Por isso também esta arte deve ser trabalhada de maneira singular em suas formas e cores, para que atenda os anseios de cada um. ”Faço um estudo de toda a informação captada através de entrevista informal com a pessoa que deseja ter sua própria Mandala e o resultado me dá subsídios para o uso das cores e símbolos mais indicados para cada caso. Ao desenharmos uma Mandala, criamos sempre algo sagrado”, afirma. Daniely diz que apesar da forma circular ser uma regra para as Mandalas, a legítima, se constitui mesmo a partir do seu ponto central e define seus ‘poderes’ na repetição ou na simetria que o constituírem. “É ao redor do centro que o desenho é desenvolvido, esse é o foco visual que deve atrair o olhar de quem observa uma Mandala”, explica. Quando se cria uma Mandala, o que está em seu espaço interior, onde as formas se desenvolvem, é sagrado, aquilo que está fora deste espaço é profano. A linha circular é, portanto, o limite entre o divino e o mundano, entre a consciência e a inconsciência, entre a alma e a matéria, entre a união e a desagregação. ”A linha circular é na

Cultura e ao religioso”, reforça ela ao dizer que em diversas telas usa a pomba, símbolo do Divino Espírito Santo, uma das manifestações religiosas mais importantes para a cuiabania (Festa do Senhor Divino). Dani finaliza falando da sua inspiração para criar, que, segundo ela, é oriunda na natureza como todas as energias que regem as mandalas, a vida. “Hoje entendo o quanto a convivência junto à natureza despertou em mim a admiração pelo nosso criador (Deus). O capricho ‘dele’ ao dar a Mato Grosso os três ecossistemas foi tão grande, que o resultado pode ser admirado nas florestas (Amazônia), Pantanal e no nosso Cerrado (Chapada dos Guimarães). Graças a “ele” posso me inspirar nessas riquezas sem ter que sair do meu Estado. Me sinto uma privilegiada.”, Finaliza. O ateliê de Daniely fica na Rua sete de setembro, centro histórico em Cuiabá. Mais informações podem ser obtidas com a própria artista pelos telefones (65) 9982-4994 / 3626-2155 ou pelo Email/MSN: dtamara9@hotmail.com.

Fonte e fotos: Fornecidas pela artista plástica.

As energias da arte.

verdade uma fronteira, pois cada Mandala é um campo de forças no qual as emanações das formas, da estrutura numérica e das cores são poderes vibracionais atuantes que estimulam a mente, equilibram as emoções e ativam os processos físicos, tornando-se uma poderosa fonte de cura”, diz. A artista explica que pelo fato de a arte ser usada como foco de meditação, para atrair sorte, captar energias, harmonizar ambientes e transformar vibrações negativas em positivas, é preciso saber aplicar muito bem as cores e dominar a técnica de composição, já que elas têm uma grande influência psicológica sobre o ser humano e servem como fonte de estímulo para a alegria, vibração, serenidade e ou tranqüilidade. ”Dominar a técnica de cores é muito importante no processo de confecção de uma dessas obras, já que todas as vezes que fazemos contato visual com uma mandala, nossa energia é alterada. O resultado positivo ou não dessa mudança, também depende muito das cores. Um exemplo claro que posso usar é que se uma pessoa ansiosa, agitada ou ‘elétrica’, deseja ser mais calma, serena e tranqüila, eu jamais poderia usar em sua Mandala (ou usar com muita cautela), cores estimulantes como o vermelho e o amarelo”, relata. Dani é cuiabana, e profunda admiradora do trabalho dos artistas locais. Ela diz que a faculdade de Arquitetura e Urbanismo a ajudou no aprofundamento técnico de desenho, mas confessa que o que a motivou a começar seus primeiros trabalhos em óleo sobre tela, foram obras de Adir Sodré. “A influência que recebi em casa foi decisiva para despertar em mim a afinidade que tenho pela cultura cuiabana. Principalmente esse lado ligado à espiritualidade


Educar com arte e a arte de educar.

A

tarefa da educação é delicada porque supõe, em princípio, amor, desprendimento, doçura, firmeza, paciência e decisão. Diversas obras já foram escritas sobre esse assunto. Quantas vezes professores e pais, cheios de entusiasmo e esperança, compram este ou aquele livro com o intuito de resolver um problema específico que os preocupa em relação à atitude de alunos e de suas crianças? Ao ler... vê-se tão fácil! Os livros contêm, às vezes, infinidades de teorias, fórmulas e até conselhos que parecem mágicos, com diálogos imaginados e reações quase perfeitas dos alunos e das crianças diante da iniciativa dos professores e dos pais. Se fosse apenas isso, na vida diária. No entanto, a realidade é outra. Quando os professores e os pais tentam colocar em prática alguns desses conceitos que acabam de ler e isso não sai como eles esperavam, pensam: “O que aconteceu? Onde está o erro, se fiz exatamente o que o livro dizia?” Acontece que “educar é uma ciência e uma arte; uma arte porque não tem regras fixas, ou seja, cada caso é diferente, cada circunstância é única”. Um pequeno texto, uma palavra, um gesto, uma pintura, um desenho ou uma ajuda em uma situação em que não esperávamos pode preencher uma vida, mudar

seus horizontes e abrir possibilidades para nós mesmos, pois muitas vezes entender, explicitar ou descrever é um bem, um exercício. Então... O que podem fazer vocês, professores e pais, quando se sentem desorientados e aflitos? Às vezes querem se dar por vencidos ou descarregar a responsabilidade em um terceiro (coordenadores, psicólogos, etc.). Mas, no fundo, todos sabem que é sua responsabilidade dar aos alunos e filhos as ferramentas e respostas de que necessitam. São os educadores que devem ensinar-lhes o sentido da vida e capacitá-los para vivê-la. O objeto da educação não está só no sentido literal do verbo “educar”, mas, sim, no modo como o fazemos, a forma como prosseguimos pensando, o tipo de distinções que apresentamos a moral e a ética dos critérios em que baseamos o caminho a percorrer. Educar é como ensinar alguém a andar ou a falar (nada de metafórico existe nessa comparação). Andar verticalmente e falar é a educação mais fundamental do modo de ser quem somos: humanos. Aprender a ler, a fazer contas e a dominar a técnica, o conhecimento científico e o processo de desenvolvimento de mais e mais conhecimentos no âmbito de uma comunidade em que estamos imersos é a mesma coisa que aprender a falar. Todos esses aspectos que enquanto adultos nos envolvem são distinções no âmbito do processo fundamental que nós próprios somos: um erguer e um puxar, um indicar de possibilidades, um mostrar de mundos, um incentivar e ajudar, um responsabilizar, autonomizar e cuidar. Em resumo, educar, desde os primeiros dias até os últimos, é deixar os outros serem humanos — ensinar, no

sentido de educar, é muito mais difícil do que aprender. E por que isso é assim? Não apenas porque quem ensina deve dominar uma maior massa de informações e tê-la sempre pronta a ser utilizada, mas porque ensinar requer algo muito mais difícil, complexo e poderoso: deixar aprender. Quem verdadeiramente ensina passa realmente pelo aprender. Esse aprender, por sua vez, deixa de ser revelado e tem seu fundamento na liberdade individual. O que aprendemos quando aprendemos a aprender? O que aprendemos quando somos educados? O que é a educação? Com base em que a educação ganha seu sentido, sua pertinência, sua vitalidade e seu caráter decisivo? A resposta é simples: educar é deixar surgir o homem e suas possibilidades. Por tudo isso, a educação é essencialmente um apontar de possibilidades, de distinções, de relações e de humanidade. Educar é abrir, é erguer, é questionar, é duvidar e ensinar a duvidar, é ser modesto em saber ajudar. Quem deve então educar quem? A resposta é a mesma que foi dada à pergunta “Quem ajuda quem?”. Viver é aprender. O tempo muda-nos porque tudo nos ensina. Passando o que passa, aprendemos o que fica. O passado fica da forma como para cada um de nós as coisas ganham seus significados, individualmente, em uma vida que é um permanente ter sido e um constante projetar de possibilidades. Uma chamada pelo nome, uma ajuda quando nada se esperava ou uma idéia tocada pelo entusiasmo, pela imaginação e pela vontade de partilhar, um olhar de cumplicidade, uma conversa sobre o que nunca se consegue ler, mas que sempre nos

preocupou, ou simplesmente o brilho de um momento, o vislumbre de uma possibilidade que dá um sentido fundo ao que temos sido podem fazer muitas vezes tudo o que mais pode marcar um caminho e uma forma de estar no mundo. Poderão questionar-se sobre que temas, assuntos, momentos ou histórias estamos aqui para falar. A resposta é esta: sobre todos. Na educação, o essencial não é o assunto ou o conteúdo, mas a perspectiva, o modo e a relação. Ou, antes, o objeto da educação não é um tema, como, por exemplo, a Geografia, a História, a Matemática, a Literatura ou as Artes Plásticas. Aquilo sobre o que a educação recai é um modo de ser, que cuida, que toma conta, que se envolve, deixase envolver e deixa ser. Ouvimos muita coisa sobre educação nos dias atuais. Mas, tanto ontem como hoje, o homem é ele mesmo a educação, o ser que se ergueu, que repara e que cuida. Cuidando e ajudando, chamando e sendo cúmplices dessa chamada para a escolha constante das infinitas possibilidades que cada um de nós tem pela frente, podemos abrir o caminho e verdadeiramente educar e educarnos. Uma hora é uma medida, uma bola é um passatempo e um conceito é um instrumento, mas cada um de nós é todo o mundo. São todos os mundos do mundo que a educação tem por tema. Assim, a qualquer momento em qualquer mundo, uma palavra, um gesto ou um olhar pode entrar e não mais sair. Se tivermos sabido ou podido preservar e deixar preservar esses momentos, podemos muito bem tocar não apenas naquilo que no momento estamos fazendo, mas toda uma vida — e isso é verdadeiramente o objeto do educar.

Fonte e fotos: Educacional/Willian Lara/Wed Press

Educação & Pedagogia


BC estuda medidas para flexibilizar câmbio.

O

mercado financeiro reduziu a expectativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2009 e em 2010, segundo a pesquisa semanal Focus, divulgada hoje pelo Banco Central (BC). Assim, a previsão dos

analistas ficou dentro da meta de inflação para este ano, que é de 4,50%. Na mesma pesquisa, a estimativa para o IPCA em 2010 caiu de 4,50% para 4,45%, ficando abaixo do centro da meta, que também é de 4,50% no ano que vem.

Henrique Meireles. (Pres. Banco Central)

BC diz que bancos devem iniciar um novo ciclo de expansão do crédito.

O

Relatório de Estabili dade Financeira (REF) relativo ao primeiro semestre do ano, divulgado no dia 30 de outubro pelo Banco

Central (BC), diz que, passada a crise financeira, com a deterioração do crédito, o nível de capital das instituições financeiras “continua confortável”.

Publicado a cada seis meses, o relatório ressalta que o Sistema Financeiro Nacional (SFN) já sinaliza o início de novo ciclo de expansão do crédito, principalmente por causa dos sólidos fundamentos macroeconômicos, das amplas reservas internacionais e da forte demanda nacional. A publicação destaca que a crise financeira internacional afetou de modo particular a distribuição da liquidez do SFN em 2008, com concentração nos bancos de maior porte e redução das condições de empréstimo em um grupo de instituições bancárias de médio e pequeno porte. A exemplo do que afirma a equipe econômica do governo, o relatório diz que a situação foi normalizada a partir de medidas prontamente adotadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e pelo BC, como a instituição dos depósitos a prazo com garantia especial do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). O relatório afirma que os testes de estresse feitos

pelo BC demonstraram que o sistema bancário detém nível adequado de capital, mantendo o Índice de Basiléia acima do mínimo regulamentar de 11%, “mesmo no mais severo cenário analisado, de baixa probabilidade de ocorrência”. Esse índice recomenda que o banco disponha de pelo menos R$ 11 em caixa para cada R$ 100 emprestados e, segundo o levantamento do BC, os atuais níveis de liquidez do sistema mostram-se suficientes para honrar regularmente as obrigações, mesmo considerando as situações de estresse. De acordo com a publicação, o lucro das instituições manteve-se em nível próximo ao do semestre anterior, porém com qualidade superior. Diferentemente do último semestre de 2008, quando grande parte do lucro foi formado por resultados não operacionais e pela ativação de créditos tributários, no primeiro semestre deste ano, o resultado é quase todo de natureza operacional.

Fonte e fotos: Portal do Agronegócios/24 horas News

Economia


Esporte

e voluntários interessados em trabalhar ou cooperar com o Mundial. A construção civil promete ser o motor da economia brasileira nos próximos cinco anos. A preparação para a Copa do Mundo de 2014 deve transformar o país em um grande canteiro de obras, o que permite ao setor fazer planos para reiniciar o ciclo de crescimento interrompido em 2008 pela crise mundial. As empresas da construção civil já registram melhoras, e garantem que o segmento passará por um aumento de contratações para atender à demanda. Na avaliação dos representantes e especialistas, a construção civil deverá ganhar maior participação no PIB a partir do ano que vem - até 2008, a indústria da construção representava 5,1% das riquezas do País. “A Copa do Mundo de 2014 vai aumentar os investimentos em infraestrutura pelo menos até o ano de sua reali-

zação, aquecendo a construção civil em seus diversos segmentos”, avalia Carlos Maurício Lima de Paula Barros, diretor-presidente da ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial. O otimismo das empresas tem base no volume de investimentos prometidos para o setor, que variam de R$ 60 bilhões a R$ 100 bilhões. Especialistas estimam que, a cada R$ 1 milhão em investimentos na construção civil, são criados 58 empregos, sendo 33 empregos diretos e 25 indiretos. Isso significaria a geração de pelo menos 3,5 milhões de vagas. A expectativa dos empresários do setor aumentou após o anúncio das 12 cidades que vão receber os jogos da Copa e deverão se adequar às exigências da Fifa. E as beneficiadas não serão apenas as cidades-sede. Essas melhorias deverão acontecer também em cerca de 200 municípios vizinhos, que receberão seleções e, principalmente, turistas.

Fonte e fotos: Copa do Pantanal/Futebol na veia.

C

om investimento superior a R$ 5 bilhões, a Capital Mato-grossense vai herdar com Copa de 2014 novo estádio, novas vias, hospitais e rede hoteleira moderna, além de uma nova imagem como centro turístico. A Copa do Mundo de futebol é um evento capaz de atrair a atenção de mais de 200 países, com mais de 500 estações televisivas transmitindo 71 mil horas de cobertura, o que equivale a quase oito anos interruptos e mobiliza uma audiência de mais de um bilhão de telespectadores. Os dados sobre a Copa da Alemanha de 2006 dão uma boa ideia do desafio e da excelente oportunidade que o Brasil tem pela frente na organização da Copa de 2014. As cidades sedes ganham em infra-estrutura, obras e, principalmente com o turismo. Um dos propósitos é colocar o turismo relacionado ao evento, tendo como meta ampliar os benefícios que a Copa do Mundo pode proporcionar. Trazer a Copa para a região é uma maneira de trazer crescimento, desenvolvimento, melhoria na qualidade de vida e na auto-estima de seu povo. Um novo Verdão totalmente reformado dentro das exigências da FIFA, com arqui-

tetura e conforto comparados aos melhores estádios do mundo; construção de dois centros de treinamento (na região do Lago do Manso e em Chapada dos Guimarães); cinco novas avenidas implantadas, duplicadas ou prolongadas para facilitar o acesso ao estádio; maciços investimentos privados nos setores hoteleiros e de saúde para aumentar a capacidade de atendimento; e a conclusão do terminal internacional de passageiros do Aeroporto Marechal Rondon. Estas são algumas das heranças que Cuiabá e Várzea Grande receberão por ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. A cidade ganhará não apenas em infraestrutura como em visibilidade internacional, a exemplo de outras cidades que sediaram grandes eventos. NOVAS ARTÉRIAS. Em fase de projeto para implantação, e aguardando a decisão da FIFA, estão à duplicação da avenida e canalização do córrego oito de Abril, eleita a principal ligação entre o Verdão e o Centro Histórico de Cuiabá; implantação da Avenida Projetada, ligando o Aeroporto ao Verdão; aumento das pistas da Avenida Miguel Sutil (Perimetral) e prolongamento da Avenida Dr. Paraná, em Várzea Grande, ligando o Aeroporto ao Centro de Cuiabá e ao Coxipó, pela ponte Sérgio Motta. São obras que ficarão para sempre e que beneficiarão toda a região metropolitana de Cuiabá. A Copa do Mundo de 2014 será muito mais do que um evento grandioso do esporte. O acontecimento representa também o surgimento de inúmeras oportunidades para profissionais, investidores


Agronegócios

D Resultados comprovam potencial agrícola de Mato Grosso.

A

pesar de todas as difi culdades, a produção de grãos e fibras de Mato Grosso se consolida em 2009 como a maior do País. Participação salta de 9% para 20,4% em 14 anos O ciclo 08/09 segue no Estado com as colheitas do milho de segunda safra – safrinha – e do algodão, que se encerram neste mês. O penúltimo levantamento da Conab ratificou a safrinha do milho mato-grossense como a maior do país. Devido ao bom clima durante o desenvolvimento das lavouras, houve o incremento de mais de 392,5 mil toneladas, totalizando 6,75 milhões toneladas – também a segunda maior da história estadual, abaixo das 7,75 milhões t da safra 07/08. Dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), comprovam o gigantismo estadual. Comparando a evolução da produção de grãos consolidada na safra 94/95 com os números da safra 07/08, a participação de Mato Grosso no total produzido pelo Brasil passou de 9% para 20,44%. Das 134,49 milhões t previstas ao País, Mato Grosso será ‘dono’ de 27,48 milhões t, ou,

20,44% do total nacional. O ano de 2009 marca também a conquista do primeiro lugar no ranking nacional do milho safrinha e consolida a cotonicultura e a sojicultura como as maiores do Brasil. Mato Grosso também acumula outros títulos, como detentor do maior rebanho bovino brasileiro, mais de 26 milhões de cabeças, maior produtor de girassol – que é uma opção de segunda safra no Estado – e se prepara para ter, em alguns anos pelos menos, um dos maiores plantéis de aves do Brasil. Mato Grosso vai construindo ano a ano uma relação dependente e altamente positiva: quanto mais matérias-primas se ofertam, mais a produção de proteína animal se desenvolve, e essa, por sua vez, estimula cada vez mais os agricultores mato-grossenses a quebrar recordes. O potencial agrícola de Mato Grosso é responsável atualmente por 70% do valor do Produto Interno Bruto (PIB) estadual – que é a soma das riquezas produzidas por municípios, estados e países – e de acordo com estimativas da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz/MT), o PIB/MT para 2008 – a serem confirmadas pelo IBGE – deverá somar R$ 42,46 bilhões.

e uns tempos para cá, os pecuaristas brasileiros passaram a ser apontados como grandes vilões do meio ambiente, acusados de desmatar florestas para abrir pastagens e promover queimadas. É igualmente verdade que os gases intestinais dos animais, que exalam gás metano na atmosfera, têm sua parcela de responsabilidade no aquecimento global, conforme comprovam pesquisas científicas. No entanto, é preciso também mostrar o lado bom da moeda. Pois também é verdade que, segundo informações do Ministério da Agricultura, da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e da FAO (Food and Agriculture Organization, da ONU), as áreas de pastagens no Brasil se expandiram 4% entre 1975 e 2007, ao passo que a produção de carne bovina aumentou 227%. No entanto, a pecuária brasileira enfrenta hoje um novo desafio: como conciliar a atividade com o respeito ao meio ambiente? A resposta existe e, mais uma vez, reside na tecnologia. Só que, desta vez, aplicada ao manejo dos pastos. Trata-se do Sistema de Pastoreio Voisin (pronuncia-se voazan), um método criado no pós-guerra, na França. Ainda pouco utilizado no Brasil, o Voisin é o caminho para se criar uma pecuária não apenas mais produtiva, mas também ecologicamente correta. Também nossa pecuária tem que ser verde. Na pecuária extensiva, modelo mais praticado no Brasil, os animais ficam por longos pe-

ríodos numa mesma área. Assim, comem o rebrote do capim, enfraquecem as plantas forrageiras e degradam o solo. Custa caro recuperar esse pasto. São necessárias máquinas consumindo óleo diesel para arar, gradear e semear a terra, além de fertilizantes, herbicidas etc.. Muitos acabam, por isso, optando por abrirem novas áreas de pastagens, destruindo áreas de florestas, atitude inconcebível no mundo moderno e rejeitado pelo mercado consumidor. No método Voisin, isso não ocorre. Ele consiste em dividir as pastagens em um grande número de piquetes, limitados por cercas eletrificadas, preferencialmente através de energia solar. O tempo ideal de permanência dos animais nestes piquetes é de 24 horas. Como os animais ficam ali por pouco tempo, o processo de crescimento do capim, que começa cerca de 18 horas depois do seu corte, não para nunca. Enquanto o gado está num cercado, o capim cresce livre nos outros. Numa imagem: enquanto na pecuária tradicional o boi pasta em regime selfservice, no Voisin ele come o prato do dia. Além de permitir que o produtor tenha melhor controle do processo de engorda de seus animais, ganhando assim em produtividade, o Voisin tem ainda efeito direto na captação de grandes quantidades de CO2 da atmosfera, tendo em vista que é na fase em que as plantas estão em crescimento, por conta das altas taxas de fotossíntese, há maior absorção de gás carbônico.

Fonte e fotos: SedTur/Acrimat/Portal do Agronegócios.

A pecuária pode ser verde.


Foto: Valter Arantes


Naútica De lanchas com preço de carro popular a iates suntuosos.

Viagens incríveis a bordo de luxuosos iates. conforto a bordo. As embarcações Iates a vela, a motor ou catamarãs. O cliente escolhe aquele que combina mais com seu estilo de vida. Todos os barcos oferecem centenas de brinquedinhos aquáticos, como caiaques, esquis, jet-skis e windsurfe. A oferta de barcos é variada. Dos espaçosos catamarãs a partir de 50 pés – com preços bem acessíveis -, passando por iates esportivos com mais de 100 pés, até navios, ou superiates, para usar o termo mais adequado, com mais de 80 metros de comprimento e diversos andares, não há limite para quem quer ousar. Totalmente personalizados, esses superiates geralmente são de particulares e alguns já pertenceram – ou pertencem - a reis, sultões ou milionários famosos.

A

maré está boa para quem quer se lançar ao mar. De iates de milhões de reais até lanchas para a família que custam o mesmo que um carro popular, está cada vez mais fácil ter um barco. A classe média, definitivamente, pode ter um modelo para chamar de seu, mas existem mudanças até no público de iates de luxo, que costumava negociar diretamente com os estaleiros e hoje usa as financeiras para fechar transações milionárias. Como em todo mercado de bens de consumo, o de iates também vive de tendências. “Uma delas é o uso mais extenso de vidros, que ampliam a iluminação natural e a integração com o mar. Na opção final de compra, o design tem uma importância absurda”, conta Allysson Yamamoto, gerente de marketing da Intermarine. O estaleiro lançou no Boat Show, maior feira do setor estaleiro do Brasil, o iate 430 Full, com 43 pés (13,33 metros), um modelo com pegada esportiva e acabamento interno que lembra um loft. Outro fator indispensável nos barcos de luxo é a tecnologia. No 430 Full, por exemplo, os comandos estão

centralizados em painéis digitais. Wi-fi, telas de LCD e mobiliário inteligente, como a mesa de jantar que vira de centro com um toque no visor ou no controle remoto, também são presença constante. O barco pode chegar a custar até R$ 3 milhões. Conforme diminuem as medidas dos barcos e os itens de luxo, mais fácil fica encaixar as prestações no bolso. Uma das opções mais baratas no mercado brasileiro é a Mr. Nineteen, da Bmyd Boats, que na versão básica, sem tantos acessórios de conforto, como ducha de água doce ou frigobar, sai por R$ 23,5 mil. Esse segmento de lanchas menores, leves e acessíveis cresceu muito, de olho na classe média.

Fonte e fotos: Prónautica/Marine

S

onhar com férias a bordo já não é privilé gio só dos proprietários de grandes barcos. Nada renova tanto o espírito quanto umas férias a bordo de um luxuoso iate particular ou um simples passeio de lancha ou jet ski. Melhor ainda é saber que navegar em águas paradisíacas, sentindose na própria casa, já não é privilégio só dos proprietários de grandes iates. Existem diversas empresas que oferecem serviço especializado em organizar férias a bordo de iates de luxo, privados. Elas encontram a embarcação perfeita no lugar ideal, atendendo as mais exigentes expectativas. O objetivo é fornecer informação precisa ao cliente para que ele possa desfrutar de um passeio inesquecível com segurança, luxo, total privacidade e muito


Aeronaves

E Aviação executiva: Fundamental no mundo moderno.

O

setor de aviação executiva é um dos que mais crescem no globo e no meio aeronáutico. Quando a tecnologia que suscita maior rapidez, agilidade e conforto se insere no cotidiano das pessoas, fica difícil largá-la. É mais ou menos o que acontece no setor de aviação executiva. Depois que o empresário utiliza uma aeronave particular ou fretada, ele não consegue abandoná-la, pois não está disposto a perder horas do seu valioso dia no saguão do aeroporto. Lembre-se: time is money. Segundo um estudo realizado pela Airbus, 114 aeroportos mundiais concentram 72% do tráfego mundial. O fabricante europeu prevê que, nos próximos 15 anos, o movimento de passageiros dobrará. Outro fator importante diz respeito à ascensão das companhias do estilo low cost, low fare. Com uma política voltada ao serviço básico, que é o de levar

o passageiro do ponto A para o ponto B, elas conseguem oferecer tarifas mais competitivas em detrimento de alguns “mimos”. Com isso, muitos clientes de alto poder aquisitivo, que primam pela sofisticação nos voos comerciais, optam por comprar o seu próprio avião. Além disso, o momento é mais do que favorável. Especialistas indicam que a economia global tem crescido de 3% a 3,5% ao ano. O setor é tão promissor que o fabricante nacional resolveu apostar alto nesse mercado a partir de 2005. Na época, a área de jatos executivos representava 5% dos seus negócios. Hoje, já chegou a 16%. É por essas e outras que esse setor está cada vez mais aquecido. Tanto é que, atualmente, os fabricantes estão com os prazos de entrega cada vez mais dilatados, pois são muitos pedidos. Quem quiser comprar um jato, um turboélice ou uma aeronave a pistão pode se preparar, pois a espera é longa. Hoje, aguarda-se até dois anos para receber o produto. Hoje, vários grupos empresariais oferecem créditos bancários, com diversos tipos de financiamento para a aquisição de aeronaves. É só escolher o seu.

m dez anos, o número de aeronaves dobrou no país e o modelo mais em conta no mercado custa cerca de R$ 360 mil. Em São Paulo, cada vez mais empresas usam o helicóptero para fugir do trânsito caótico nas ruas. A cidade tem hoje uma das maiores frotas do mundo e que não pára de crescer. Mas quem quer comprar um helicóptero novo hoje só recebe daqui a dois anos. Com a melhora da nossa economia, as filas para conseguir um helicóptero vêm aumentando. Já são mais de 1,1 mil aeronaves voando pelo país. Metade delas está em São Paulo, que ocupa também um dos primeiros lugares no mundo em tráfego de helicóptero. A procura por essas aeronaves não para mesmo de crescer. O preço de R$ 360 mil pelo mais em conta está longe de ser barato e longe de ser popular. Mesmo assim, a frota brasileira, que inclui vários modelos, está em franca expansão.

A procura por helicópteros cresceu no mundo inteiro. Essa demora pela entrega de uma aeronave zera mexe com o mercado de helicópteros de segunda mão. “Hoje, um helicóptero usado custa mais caro às vezes que o próprio helicóptero zero pela disponibilidade, por estar aqui, é o ágio que o cidadão paga pra ter a aeronave agora, se ele quiser”, aponta o presidente da Associação Brasileira de Pilotos de Helicóptero, Cléber Mansur. Mais desejados entre os modelos novos, são os bimotores leves. São mais seguros que os monomotores e podem pousar nos helipontos no topo dos edifícios. Um deles, por exemplo, custa US$ 6 milhões – cerca de R$ 12 milhões. Trata-se de um luxo pra poucas pessoas, mas que é cada vez mais usado por empresas. “Cerca de 70% são empresas que usam helicóptero como meio de transporte para deslocamento de executivos na área urbana de São Paulo”, diz o diretor de vendas de helicópteros, José Eduardo Brandão.

Fonte e fotos: Web Luxxo/Helibras

Aumenta a fila de espera para compras de helicópteros.


Fotos: Josué Pereira/Tropical News Studio Photo Fotos: Josué Pereira/Tropical News Studio Photo

Rosane Ramos nos agradecimentos.

O O diretor Golther Carlos entregando o primeiro exemplar a Designer de Interiores Rosane Ramos.

lançamento da 10ª edição foi realizado no Auditório do Rondon Plaza Shopping. O evento aconteceu no dia 02 de Outubro. Nas fotos alguns dos convidados.

LANÇAMENTO 10ª EDIÇÃO REVISTA GOLD Gilmar e Raquel Mattei.

Rosane e a equipe da Dom Gabriel Materiais de Acabamentos; Adriene, Joana, Ailton e Rejane. Edinéia e Gerson Mattei.

Rosane com os pais; Romualdo e Ivone Enricone e a irmã Neusa.

Acácia e Nilton.

Karla e André Caramori.

Adriana e Mauro Coimbra.


Denise, Solange, Renato Sangaleti e Gleide.

Golther com os casais Juliana e Carlos Zavierucha, Jair e Lucila Santos.

Alessandra Carlos, Luiz Henrique e Célia Maria. Lorena, Vilma e Luíza.

Aline e Rosane.

Anselmo e Marlene Trouva.

Juliana , Lucila, Neusa e Laurivera.

Sirlene e Jacqueline.

Sidney e Rosalina Souza.

A dupla Paulo e Fagner com o pai; Paulo Delmond e a irmã.

Sílvio, Rose e Rosane.

Rosane, Guilherme e Paula.

Fábio e Luciana.



Revista_gold_11_edicao