Page 1


Com a palavra: o editor

Expediente

Sumário

POSSEBON EDITORA E ANÚNCIOS LTDA. ME. +CANAL ABERTO 05 - Vamos consertar o mundo...

Prezado(a) Leitor(a) www.sermaisrevista.com.br

Com a palavra o editor Como dizia um velho amigo meu: - “Não mexa com quem está quieto.” É o que devemos fazer com respeito a essa história de fim do mundo, de mudança de ciclo, de inversão do pólo magnético da terra, de calendário maia etc, etc... É realmente isto: ficar quieto em nosso canto com a nossa consciência. Visivelmente não percebemos nada substancial que denotasse uma mudança de rumo do planeta ou, será que, acostumados a grandes espetáculos hollywoodianos, a gente espera por algo miraculoso e grandioso. Algum acontecimento estrondoso que arrebate toda a plateia mundial. Que algum messias surja de algum escombro e, como um herói, salve toda a humanidade de todas as mazelas acumuladas durante séculos e séculos de hipocrisia. Não é por aí. A mudança ocorre, sim, mas, desta vez, não é através de nenhum profeta ou pastor de almas que virá nos dizer o caminho a seguir. Está lição já tivemos durante dois mil anos. Agora a aula acabou, o sinal já foi dado e a escola está cerrando as suas portas e nós, seres humanos, devemos nos encaminhar para uma escola superior onde será testado o nosso aprendizado, individualmente, sem ninguém para nos dizer o que fazer. É cada um com a sua consciência, é cada um com a sua energia vibratória. Sendo assim, vamos ficar quieto e deixar a vida cumprir o seu desígnio, apenas observando a banda passar, a escola desfilar, a mulata sambar, o seu time jogar, o político se aquinhoar, o líder religioso se exaltar, o sistema financeiro mundial se afundar, os lideres das nações se extravasarem e assim por diante, sem julgar e sem criticar, apenas ciente de que: “a cada um será dado segundo a sua obra”.

Administração - Ana Beatriz Possebon - Lucila Zelenski - Valdira S.Takiya Editoração \ Redação - Antonio Celso Possebon Arte \ Diagramação - Daniel Silva dos Santos - Caio César Revisão - Shirley Terenciano Comercial - Ana Paula Possebon - Rafaela Domingos Tenório - Nathalia Barros Venâncio Impressão - Gráfica Mundo Tiragem - 20.000 exemplares Distribuidores - Brudan Distribuidora - M.C. Distribuidora Ltda. Localidades de entrega - Arujá (incluindo todos os seus condomínios). - Itaquaquecetuba \ Santa Isabel \ Guararema \ Guarulhos \ Mogi das Cruzes \ Suzano \ - Assinantes espalhados por todo território nacional.

FALE CONOSCO

Fone: (11) 4653 5151

Paz e harmonia. Antonio Celso Possebon editor@sermaisrevista.com.br

atendimento@sermaisrevista.com.br Envie sua opinião, crítica ou sugestão. Elas são muito importantes para nós.

FEV ER EI RO 2013

PARA ANUNCIAR

4

Fone: (11) 4653 5151 comercial@sermaisrevista.com.br Rua Major Benjamin Franco, 52 Centro - Arujá/SP - Cep. 07400-165

ASSINATURA GRATUITA www.sermaisrevista.com.br

O conteúdo editorial da SER MAIS Revista é resguardado por direitos autorais, não podendo ser reproduzido sem prévia autorização da POSSEBON EDITORA E ANÚNCIOS LTDA. Opiniões expressas em matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião da Revista. Os anúncios são de responsabilidade dos anunciantes.

+INSPIRAÇÃO 06 - Quando a minha beleza... 08 - É preciso coragem. +SAÚDE & CORPO 10 - Laserlipóse 12 - Atenção Meninas 14 - A importância de começar... 16 - Procura-se respeito... 18 - Emagrecer é diferente... +SAÚDE ANIMAL 20 - Por que cortar o rabo... +INOVAÇÃO 22 - Voar é mais seguro que... +CONSCIÊNCIA 24 - Metas para 2013 +MATÉRIA DE CAPA 26 / 27 - Carnaval +CONEXÃO 28 - Você e o universo. 30 - Devo mudar de Windows... +IDEIAS 32 - A espera 34 - Economizar é preciso... +MÃOS À OBRA 36 - 2013 ano de vibração 6 38 - Alegria na tristeza +DIVERSÃO 40- Istambul / Turquia 42 - Ai Juaquim! +GASTRONOMIA 44 - Coisas de comer so para criança. +ATITUDE 46/48 Acontecimentos e Dicas +PONTO FINAL 50 - A riqueza de um casal...


todo o tipo de negatividade: pensamentos e sentimentos que nos causam sofrimento: mágoas, medos, culpas, tristezas, raivas etc... Temos partes saudáveis também, caso contrário, estaríamos todos completamente loucos, infelizes e doentes. Quanto mais curamos essas partes negativas que guardamos, mais nos tornamos saudáveis, felizes e em paz. De forma análoga, a grande mente global também está perturbada e cheia de pontos obscuros com negatividade. Essas partes obscuras são o somatório da negatividade contida na mente individual de cada um de nós. Quando eu curo qualquer negatividade que eu guardo, além de ajudar a curar a minha mente individual, eu ajudo a curar a grande mente coletiva e torno o mundo um pouco melhor, pois eu faço parte do todo. A negatividade que nós carregamos tem, também, o poder de influenciar outras mentes. É como um vírus que lançamos no ar e que leva doença para outras pessoas. Quando nos curamos e nos tornamos mais felizes, temos, também, o poder de influenciar de forma positiva todos que estão ao nosso redor. Deixamos de fazer parte do problema e passamos a fazer parte da solução. A violência que vemos no mundo é fruto da raiva e outros sentimentos negativos que cada um de nós guarda. Quanto mais energia de raiva individual, maior será a energia coletiva e ficamos mais propensos a nos tornarmos agressivos com outras pessoas, pois, estamos imersos em um campo. Quando essa tensão emocional individual se torna muito alta em grande parte da população, vemos explodir a violência de várias formas: aumento dos índices de homicídio e violência física, aumento dos níveis de agressão psicológica, surgimento de revoltas coletivas e num grau mais extremo pode ocorrer uma guerra civil ou uma guerra entre países. Pensamento do tipo “a paz começa comigo” ou “seja a mudança que você quer ver no mundo” pode parecer clichê ou bobagem, mas, expressa uma grande verdade e está baseado na visão holística de que cada um de nós faz parte de um todo. Um mundo mais pacífico se faz com pessoas que se sentem em paz. Um mundo mais feliz se faz com pessoas que estão mais livres da negatividade consciente e inconsciente que o ser humano carrega. Esse texto é um convite para que possamos olhar para nós mesmos e procurar curar o que está dentro, para assim vermos mudanças no exterior ao redor da nossa vida e depois de uma forma mais ampla na sociedade. Felizmente, temos diversas formas de curar o nosso interior através de terapias, técnicas, meditações e práticas de todos os tipos e para os mais diversos gostos e afinidades, além de livros de autoconhecimento etc.. Eu recomendo a prática da E.F.T. (técnica para autolimpeza emocional) que é bastante simples, prática e tem resultados profundos. ANDRÉ LIMA (Recife / PE) EFT Practitioner / Terapeuta Holístico Mestre de Reiki / Engenheiro

André Lima

CANAL ABERTO

Imagine uma célula do corpo que pensa que é um ser separado, que não faz parte do grande organismo vivo. Essa célula olha para as doenças, toxinas e mazelas do corpo como uma criatura externa que julga tudo e não se sente como uma parte integrante daquele ser maior. Ela não entende que ela é, também, aquele ser maior. E ao não se enxergar como parte do todo, a célula critica, julga, joga a culpa das mazelas em outras células e órgãos, gerando desamor e rejeição a si mesma, o que acaba provocando mais desarmonia e doenças. É mais ou menos assim que nos sentimos. Somos parte de um grande organismo vivo, como se fôssemos células. Só que nós somos células que têm consciência de si mesmas. Entretanto, do nosso limitado ponto de vista, temos a impressão de que somos seres individuais com mentes individuais habitando um planeta cheio de problemas com pessoas cheias de defeitos. Na verdade, fazemos parte de um grande organismo vivo, que tem uma mente coletiva global, uma saúde global. Perdemos essa visão mais abrangente e começamos a nos sentir separados do todo. A partir dessa ilusão de separação, julgamos, criticamos e tendemos a ver a causa dos problemas da sociedade em outras pessoas, gerando ainda mais negatividade, falta de amor e desarmonia. Não percebemos que, ao agirmos dessa forma, estamos rejeitando a nós mesmos, pois, somos uma parte indissociável do todo. Um exemplo claro dessa ilusão de separação e julgamento são os comentários que vemos de pessoas revoltadas com a política. São pessoas que pensam que a “culpa” de todos os problemas são desses poucos seres que estão, aparentemente, comandando tudo. Quando enxergamos de uma forma mais global, sem perder de vista que somos parte de um grande todo, percebemos que toda a corrupção e desonestidade que vemos nos comportamentos dos políticos, são apenas o reflexo da desonestidade e corrupção que existe em boa parte dos seres que fazem parte da sociedade. Uma sociedade muito corrupta, produzirá políticos muito corruptos, assim como uma sociedade mais honesta produzirá governantes mais honestos. O grau de honestidade de quem comanda as instituições será um reflexo direto do grau de honestidade da população. Muitos dos que criticam praticam a corrupção de diversas formas em suas vidas (sonegação de impostos, suborno do guarda, aproveitam-se da influência de alguém para obter vantagens e passar na frente de outros etc...) e fariam o mesmo se estivessem no poder. É sempre um processo coletivo. A poluição e toda a feiura e miséria que existem no mundo são um reflexo direto da negatividade e do nível de consciência da própria população. E esse nível de consciência global é reflexo do somatório da negatividade e das coisas boas que existem em cada um de nós. Por isso, a única forma que temos para ajudar o todo, é curando a nossa própria negatividade interior. Assim nos tornamos mais saudáveis emocional e fisicamente e passamos a somar de forma positiva na coletividade. A nossa mente individual está cheia de áreas obscuras que contém

FEV E RE IR O 2013

Vamos consertar o mundo em 2013.

5


INSPIRAÇÃO

Irlei Wiesel

Quando a minha beleza era feia. A surpresa

Aos 15 anos, fui indicada para concorrer ao título de rainha da faculdade. O convite foi um choque, afinal eu me achava tão estranha, um tanto desengonçada. Meu corpo era esquelético e alto. Eu media desconfortáveis 1m78cm de puro complexo.

Os padrões

Cresci, tendo medidas desproporcionais, se comparada com minhas amigas, pois, todas eram baixinhas, algumas gordinhas e eu, o oposto. Portanto, incomum. Aprendi cedo a comparar-me com alguém. E nessa comparação, é claro, sentia-me fora dos padrões.

O comportamento

FEV ER EI RO 2013

Lembro que, na escola, já no pré-escolar eu era convidada, gentilmente, pela professora a me dirigir para o último lugar da fila. Nas séries posteriores, não seria diferente. O lugar da “altona” e “magricela” Irlei, obviamente, seria sempre, atrás de todos. Só faltavam dizer: - “Ninguém mandou você nascer tão alta”.

6

A necessidade

Inconscientemente, cresci, sentindome culpada por ser alta. Não entendia minha altura e, por conseguinte, não me aceitava. Diria até que me encolhia. Quanto mais eu contorcia meu corpo, na esperança de ficar com a altura do grupo, mais me sentia humilhada. Parecia sempre que eu mendigava algo. Sentia necessidade que o grupo me aceitasse.

As crenças

Essa ocupação doentia me distanciava, cada vez mais, de mim. Desenvolvi uma série de crenças que, por muito tempo, distorceram a minha realidade. Entre elas: Eu sou feia! \ Os outros valem mais que eu! \ Nasci para ser a última na vida! \ Jamais terei um lugar de destaque! \ Ser alta é um castigo, sou uma coitada! \Rastejar é a lei do mundo!

Nova surpresa

O tempo passou e fui para a faculdade. Já no primeiro semestre, fui indicada para concorrer. As caçadoras de beleza afirmavam que eu tinha os requisitos ideais para conquistar o título. Sabem o que eu tinha: Altura \ Peso ideal (magérrima) \ Beleza \ Simpatia \ Luz própria... Lembro-me que fiquei chocada, pois jamais vira tudo isso em mim. Como era possível que pessoas que mal me conheciam, viam tantas características fantásticas em mim? Como eu, que havia passado anos em minha companhia, não fora capaz de identificar nada disso?

Alegria e tristeza

A indicação rendeu-me uma alegria e, também, uma tristeza imensa. Da alegria não preciso nem comentar o porquê, mas, a tristeza sim, essa merece um comentário.

Descobri o quanto eu havia me abandonada por tanto tempo. Senti a triste condição que eu me impus. Percebi o quanto distorci a realidade e, ao contrário do que eu havia alucinado, a minha altura e o meu baixo peso eram características minhas. Eram diferenças e não erros. Faziam parte da minha natureza e, mesmo que os padrões de beleza à época não lembrassem Gisele Bündchen, mesmo assim aquele corpo era meu. Aquela criatura em crescimento era o meu melhor, era o meu mais bonito, o mais ideal para minha felicidade. Senti-me triste, pois, deixara que os padrões externos abafassem a minha natureza interna. Como pude me encolher se a vida me queria ereta! Como pude me esquecer se a vida me queria alerta! Como pude distorcer a realidade contra mim mesma! Como permiti que a minha criança interior chorasse querendo sorrir! Superado o espanto do convite, certamente aceitei concorrer. Para minha surpresa a vencedora foi anunciada. Seu nome: Irlei Lúcia Hammes. Sim, era eu mesma. Enquanto os aplausos tomavam conta do ambiente, eu aplaudia a minha vitória interna. No meio de tanta gente, eu, alta, magra, esquelética, estava descobrindo que tinha valor. Os aplausos foram para a minha descoberta. Naquela noite, em que uma moça, em seu lindo vestido azul, era freneticamente aplaudida, renascia uma nova Irlei. A Irlei que se descobriu, a tempo de conquistar respeito e identidade. Os aplausos me impulsionavam para o encontro do meu verdadeiro valor. Eu tinha tudo para me deixar ficar de lado, mas, inacreditavelmente, a vida me deu a chance de mudar a minha crença. E para você, o que está na hora de mudar? IRLEI WIESEL (Santa Maria \ RS) Coach \ Conferencista \ Escritora Psicoterapeuta www.irleiwiesel.com.br


“Se ter Bebê é Bem Bom, imagina agora uma boutique só para ele”. MODA INFANTIL PARA TODAS AS OCASIÕES DE 0 à 12 ANOS

Lembrancinhas

Presentes

Batizado

Saída Maternidade

Sapatinhos

Mantas

Roupas nacionais e importadas de grandes marcas

Av. Antonio Afonso de Lima, 220 - Loja 01 - Centro - Arujá - SP 11 4651-2429

bazar

NIPPON

VOLT A ÀS

AULA

4655-4735 Av. dos Expedicionários, 752 - Centro - Arujá - SP

FEV E RE IR O 2013

S

7


Saul Brandalise Jr.

INSPIRAÇÃO

É preciso coragem. A verdade

- “É preciso coragem.” Já dizia um amigo meu... - “Mas, coragem para o quê?” Eu retruquei. - “Para tudo...” Ele ratificou. Hoje fico pensando nesta verdade. Realmente é preciso coragem para se exercer o que se escreve. Para fazer o que se ensina e para entendermos os revezes da vida.

A coragem

Sem coragem, tudo fica sem sentido porque é muito mais cômodo desistir. É mais tranquilo buscarmos culpados para as nossas falhas e para os nossos insucessos. Sim, é preciso coragem. Sem ela a vida deixa de ser vida, porque não enfrentamos as adversidades de frente. E é com ela, só com ela, nossa amiga adversidade que aprendemos a entender o que fazemos nesta vida e como conseguimos evoluir. Sim, é preciso coragem. Sem ela não conseguimos enfrentar a escuridão dos desafios do nosso dia-a-dia. Sem ela não temos forças para abandonar a negritude de nossos pensamentos odiosos. Sem ela jamais iremos desembainhar nossa espada e nem compreender o porquê das mãos que ontem nos aplaudiram e hoje nos atiram pedras. Sim, é preciso coragem. Coragem que, na realidade, é a mãe do desafio e a senhora de nosso sucesso. Coragem que dá vida à vida. Coragem que se antecipa às nossas mudanças e dá “cor” às nossas vitórias.

Sim

Sim, é preciso coragem para dizer não quando se quer dizer não e sim quando nosso coração grita por isso. Só assim conseguiremos ser mais fortes, únicos e independentes. Ninguém pode nos possuir... É livre-arbítrio a nossa entrega. A posse é matéria, a entrega é o amor. Sim, é preciso, é necessário coragem para conseguirmos derrotar o nosso maior inimigo: nós mesmos. E mais ainda, é preciso, é vital muita coragem para vivermos o perdão e aí, somente aí, conseguiremos entender o verdadeiro amor. Finalmente, é preciso coragem para SONHAR, para acreditar que a vida é construída por nós e só nós decretamos o nosso sucesso. Sim, acredite, é assim mesmo.

Por fim...

Sabe por que escolhi escrever isso? Porque preciso de coragem... Só por isso. Um dia, sei que será assim. Veremo-nos. Beijo na alma. SAUL BRANDALISE JUNIOR (Florianópolis / SC) Presidente da Central Barriga Verde Comunicações

FEV ER EI RO 2013

All Sports

8

facebook.com/eucurtoallsports


Promoção

Volta as Aulas. Produtos com até

50% de desc.

Parcelamento

em até 10x

Loja 08: Av dos Expedicionarios, 1228 - Arujá / Tel.: 11 4652-2575 Loja 10: Av. República, 457 - Santa Isabel - SP / Tel: 4657-1022

E o seu carnaval

começa aqui !

3754-2902

R. Prudente de Moraes, 130 - Centro - Arujá

POLIPASTA Bolsas em

FEV E RE IR O 2013

Presentes Ima ginarium Cartões e Caix as Especiais Artigos Femin inos e Mascu linos Continuamos Atendendo 4652-2900 Listas 4653-7521 Escolares

Loja de Fábrica

COURO QUALQUER MODELO

R$ 150,00

PROMOÇÃO POR TEMPO LIMITADO

Mochilas Carteiras

Pastas Malas

End.: Av. Coronel Bertoldo 239 - Centro - Santa Isabel - Tel.: 4657-4000

9


Dr. Caruso

SAÚDE & CORPO

Laserlipólise O que é

A “Laserlipólise ou Lipolaser” é uma técnica inovadora e revolucionária, especialmente projetada para remover o excesso de gordura corporal localizada, através da ação do laser de diodo sobre as células de gordura. O resultado é o rompimento da membrana da célula adiposa e a eliminação do seu conteúdo, que é excretado naturalmente ou aspirado por baixa pressão. Simultaneamente, os pequenos vasos sanguíneos, entre o tecido gorduroso, são bloqueados devido à foto coagulação pelo laser, minimizando o sangramento e o edema local. Finalmente, ao se trabalhar em camadas mais superficiais da pele, é possível promover a foto estimulação do colágeno, proporcionando maior retração da pele, reduzindo a flacidez. A técnica da “Laserlipólise” oferece ao paciente um tratamento, menos agressivo e com uma melhor e mais rápida recuperação, aumentando a satisfação daqueles que buscam resultados reais e pode ser indicada para qualquer pessoa acima de 12 anos.

Vantagens

Sobre a Lipoaspiração tradicional: - Recuperação em tempo curtíssimo - Mínimo desconforto (muito menos dor e hematomas) - Menos invasiva - Maior segurança para a saúde do paciente (sem risco de embolia) - Maior retração da pele - Possibilidade de repetição do tratamento na mesma área após poucos meses - Possibilidade de utilização em áreas onde a lipoaspiração convencional não é indicada (pescoço, face, braço, abdômen superior e joelhos).

O procedimento

FEV ER EI RO 2013

A “Laserlipólise” é realizada em centro cirúrgico, com anestesia local ou geral (de acordo com o caso), durando de 1 a 3 horas, dependendo da área a ser tratada. O paciente retoma suas atividades normais imediatamente ou até 48 horas após o procedimento. A “Laserlipólise” não causa embolia ou risco grave, muito frequente em outros métodos. Se o médico utilizar uma leve aspiração após o uso do laser, os resultados serão visíveis imediatamente e continuarão melhorando após de 1 a 3 meses. Se a aspiração não for realizada, os resultados serão visíveis após 2 ou 4 meses. Este tempo é necessário para a eliminação do líquido gorduroso e para a estruturação e melhora da flacidez da pele após a estimulação do colágeno. Uma ótima opção para a recuperação e melhora do resultado é a drenagem linfática pós operatória.

10

Coerência

Os resultados da “Laserlipólise” são permanentes, entretanto, a manutenção do corpo é fator crucial para uma boa saúde e estética. Se o paciente ganhar gordura no futuro, o corpo irá armazená-la em outras áreas que não foram tratadas ou em forma de gordura visceral. Por uma questão de coerência, sempre aconselho meus pacientes a incorporar hábitos mais saudáveis (reeducação alimentar, exercícios físicos regulares, não fumar e combater o estresse) para a manutenção e durabilidade dos tratamentos estéticos. Saiba mais sobre a “Laserlipólise” e o que ela pode fazer por você! DR. CARUSO - CRM 64084 (Arujá \ SP) Pós-Graduado em Medicina Estética \ Especialista em obesidade


odontologia Clínica Geral e de Buco Maxilo

almir feitosa

Cir. Dentista USP - CROSP: 23.388 Professor em Curso de Especialização

flÁvia n. feitosa

FEV E RE IR O 2013

p.o.a.

Cir. Dentista - CROSP: 105.291

Rua Prudente de Moraes, 90 - Centro - Arujá Av. Mal. Castello Branco, 138 - Jd Rincão - Arujá (nível térreo + estacionamento)

4655-4191

11


Juliana P. Tosato

SAÚDE & CORPO

Atenção meninas. Meninas...

O tema é o adorável salto alto

Tão adorado e tão criticado

Paixão da ala feminina, o salto alto faz parte do guarda-roupa de praticamente todas as mulheres. Sem dúvida é lindo e muito elegante, mas, exige cuidados.

Convite para problemas?

O salto alto pode cobrar um preço caro para oferecer tanta beleza. Entre as regiões que podem ser acometidas estão: os pés, os calcanhares, os tornozelos, os joelhos e a coluna. Isso acontece porque esse tipo de calçado exige mudança ao pisar.

Crianças

A vaidade no universo feminino começa muito cedo e a indústria de calçados, definitivamente, não ajuda a cuidar da saúde de nossas crianças. Hoje temos uma infinidade de modelos com temas infantis inadequados para as pequeninas. O corpo das crianças ainda não está formado e os prejuízos causados pela sobrecarga desses calçados que é ainda maior do que nos adultos. Infelizmente a mídia pega pesado oferecendo modelos lindos em propagandas encantadoras. Mas, é necessário saber dizer “não”, mesmo diante da princesinha da casa batendo o pé, dizendo: -“Eu quero!” Salto alto em crianças, só é liberado nas brincadeiras. Fora disso, proibido!

Lesões

Não é porque usamos um belo salto em uma festa e ocasiões especiais que teremos todos os problemas do mundo. Mas, o uso excessivo e diário desse acessório pode vir acompanhado de fasceíte plantar, encurtamento muscular e lesão no joelho ou na coluna.

FEV ER EI RO 2013

Fica proibido o uso, então?

12

Cara leitora, sou fisioterapeuta, mas, também, sou mulher. Tenho salto alto no armário e gosto de usar. Entretanto, diria que a receita é apreciar com moderação! Sempre que possível opte por modelos mais quadrados, evite saltos muito altos e bico fino. E lembre-se: a beleza mais bela é aquela que vêm de dentro para fora. Um corpo saudável é esteticamente lindo. DRA. JULIANA DE PAIVA TOSATO (Arujá \ SP) Fisioterapeuta (doutorada pela FOP/UNICAMP) Crefito 3-72697-F JPT Saúde e Bem Estar


Confira nossos endereços Guarulhos R. Pres. Prudente, 267 Centro Fone: 11 2229-5093

Poá R. Diogo Cebrian, 37 Centro Fone: 11 4638-3824 Itaquá - Unid I Pça. Padre João Álvares, 159 Centro Fone: 11 4647-0589 Santa Isabel R. Mario M. de Camargo, 85 Centro Fone: 11 4656-2739 Suzano R. Quinze de Novembro, 259 Centro Fone: 11 4744-7079

Inaugurado! Itaquaquecetuba R. João Barbosa de Moraes, 503 Vila Virgínia Fone: 4732-1327

Atendemos os principais convênios

Homeopatia

Centro Técnico R. Rio Araguaia, 97 Vl. Nelly - Itaquá Fone: 11 4645-7679

Horário de Atendimento

De segunda a sexta, das 7h às 18h Sábado das 7h às 12h Domingos das 7h às 11h (Unid. Arujá)

Alopatia

www.deliberato.com.br laboratorio@deliberato.com.br

Central de Vendas: 11 - 4655-0233 Av. dos Expedicionarios, 604 - Centro - Arujá

FEV E RE IR O 2013

• Tecnologia • Qualidade e Confiabilidade • Conforto e Agilidade • Cliente Especial ISO 1 900 • Coleta domiciliar • Medicina Ocupacional

Arujá R. Antônio da N. Coutinho, 59 Centro Fone: 11 4655-3793

13


Sabrina Garé

SAÚDE & CORPO

A Importância de começar de forma correta. Da mesma forma que escolhemos uma boa escola para alfabetização de nossos filhos, devemos procurar com atenção onde iniciar a atividade física dos pequenos, seja nos esportes, seja na dança. Engana-se quem opta pela comodidade ou preço, esperando ver se a criança gosta primeiro para depois levar o ensino a sério. As consequências variam, desde a criança voltar ao início, pois aprendeu errado e não consegue prosseguir no desenvolvimento das habilidades, até a ocorrência de lesões musculares ou articulares. Podemos, claro, experimentar as diversas intenções das crianças, porém com cuidado e responsabilidade. Cada detalhe técnico e artístico deve ser levado em conta e tem que acompanhar o crescimento neuropsicomotor de seu filho. E a tal disciplina do ballet clássico? Em que consiste? Consiste em ser pontual, em usar um traje que facilite a execução dos passos e as correções do professor, em ter uma postura respeitosa em sala de aula, em trabalhar em equipe, em persistir para superar as dificuldades. Consiste, acima de tudo, em desenvolver uma capacidade de concentração e autocontrole importante para todos, mesmo os que não seguirem o curso de dança.

FEV ER EI RO 2013

SABRINA GARÉ (Arujá \ SP) Bailarina e Coreógrafa Diretora artística da NOVA FORMA Academia de Dança

14


“Há 30 anos ensinando dança • Ballet Clássico

• Personal Dancer

• Jazz

• Street Dance

• Sapateado

• Pilates

• Dança do Ventre

• Hidroginástica

• Dança de Salão

• Hidrokids

em Arujá !” ULAS A MATRÍC AS PAR ABERT

2013

CONFECCIONAMOS FANTASIAS PERSONALIZADAS PARA SUA FESTA!

4654-9217

RUA PEDROSO DE ALMEIDA, 11 - VILA PEDROSO - ARUJÁ

Sonia Maria Estácio Ferreira • Psicossomática • Psicoterapia Breve • Hipnoterapia Ericksoniana • Tratamento do controle do impulso (Compras compulsivas e jogo patológico)

4655-4006 4653-6537 98196-9631

Rua Vanderlei Nasser do Prado, 100 Center Ville - Arujá

Cirurgiã Dentista • CRO 100838 Graduada pela USP Mestranda em Anatomia pela USP Prótese • Periodontia • Cirurgia • Endodontia Odontopediatria • Implantodontia • Clínica Geral

Psicóloga • CRPSP 102035 Psicóloga Organizacional e Social • Consultora de Recursos Humanos • Psicoterapeuta Clínica

FEV E RE IR O 2013

CRP: 06/55037-7

ACP (Internacional Lisboa: Portugal) (ACP) • Coaching Individual e Empresarial

Av. dos Expedicionários, 296 / Sala 03 - Centro - Arujá - SP (em cima dos Correios)

15


Dr. Fabrício José Araújo

SAÚDE & CORPO

Procura-se respeito, desesperadamente. Onde está o respeito?

Procura-se desesperadamente, mundo doente em casa. Geralmente é o que se ouve ou lê, quando desaparece um bichinho de estimação. Por que, então, não ter o respeito como “de estimação”? As pessoas estão perdendo este valoroso senso de respeito pelo próximo, não sei se à custa do dia a dia, do corre-corre, mas, estão deixando de lado este bem precioso que começa lá no berço com nossos pais e familiares e vai se aprimorando com o passar dos anos.

A causa

Psicanalistas conceituados dizem que, a raiz do problema está na causa, no inicio. Será que estamos criando nossos filhos da maneira certa? Será que não estamos oferecendo tudo o que não tivemos e que estamos nos esquecendo de oferecer aquele carinho, aquela dificuldade em ter as coisas que tínhamos, enfim, será que aquele amor que recebíamos diariamente do papai e da mamãe, mesmo frente a todas as dificuldades, mesmo não tendo todos os brinquedos, passeios e jogos, mas, tínhamos amor, amor puro e completo.

Por que será?

FEV ER EI RO 2013

Respeito, palavra simples, pequenina, mas, máxima: onde há respeito tudo funciona. Por que será que estamos vendo alunos brigando com professores, tantos bandidos nos permeando, tantos casais de anos se separando, irmão matando irmão, filhos matando os pais. Por que será? Como é dito e sabido por todos, tudo começa pelo inicio. Quando deixamos de dar amor, carinho e, principalmente, senso de responsabilidade aos nossos filhos, tudo começa a andar fora dos trilhos.

16

Um fato

Certo dia, presenciei um exemplo clássico desta desordem: uma mãe estava contando para outra mãe que havia ido à escola de seu filho e, de acordo com suas próprias palavras: -“Ter metido a mão na cara da professora na frente da escola toda”, pelo fato da mesma ter repreendido seu filho por estar de conversa e não ter feito nem a tarefa de casa, que fora dada dias atrás. Eis a pergunta agora: se nem a mãe, que é o espelho para os filhos, está respeitando o professor, será que os filhos vão respeitar? Pais, o professor é a nossa primeira referência e, se não tivermos a referência dele, será que vamos respeitar alguém?

Para pensar...

Este texto não é uma receita, pois, quem sou eu para dar receita de algo, ainda mais tão complexo, porém, é questão a se pensar: - “Será que tenho feito minha parte perante a sociedade?” - “Será que estou amando e educando da maneira correta?” - “Será que respeito os professores, os policiais, os políticos e as autoridades, enfim?” Outra questão a se pensar é: - “Será que as autoridades estão cumprindo o seu papel?” Portanto, o certo é certo, o amor é a resposta para tudo: onde há amor, há respeito e onde há respeito com o próximo, tudo dá certo, então, como dizia o maior que já esteve entre nós: -“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Fiquem todos com Deus. FABRÍCIO JOSÉ ARAÚJO Dr. – CRO\SP.80665 (Arujá \ SP) Cirurgião Dentista \ Implantodontista \ Diretor Clínico e Responsável Técnico Fabrício Implantes


o

v o N

Salas Reestilizadas

Nova Estrutura Interna

Recepção Ampla e Climatizada

Visite nosso site: www.fabricioimplantes.com.br

Três Novos Profissionais

Tel.: (11) 4653 - 1361

FEV E RE IR O 2013

Endereço: Av. dos Expedicionários, 1.084 - Centro - Arujá (em frente rotátoria da rodoviária).

17


kiko e Marcello

SAÚDE & CORPO

Emagrecer é diferente de perder peso. O sonho

Ficar magro e bonito é o sonho de todos, mas, e a saúde? Dietas radicais e atividades físicas sem orientação adequada podem fazer a pessoa perder peso, mas, comprometendo a saúde. Além disso, a tendência é voltar a engordar mais do que antes, quando não é seguido um programa sério. É preciso diferenciar emagrecimento da mera perda de peso. O emagrecimento é mais eficiente, consiste em utilizar somente gorduras (e não proteínas ou músculos) como fonte de energia no metabolismo da dieta e das atividades físicas. A perda de peso consiste em utilizar carboidratos, gorduras e músculos como fonte de energia. Assim, a pessoa consegue reduzir peso, mas, surge o efeito sanfona e a suscetibilidade a doenças.

FEV ER EI RO 2013

Emagrecimento

18

Como emagrecer com Saúde? Não existe uma fórmula única que sirva para todas as pessoas emagrecerem com saúde, cada pessoa precisa de um programa formulado especificamente. Para sucesso do tratamento é necessário uma equipe multidisciplinar altamente especializada que abranja as áreas: médica , psicológica, terapêutica, estética e atividade física. Uma equipe coesa, que fale a mesma linguagem tem maior capacidade de ação. O primeiro passo é encontrar a causa da obesidade ou da gordura localizada, por meio de exames específicos. Através destes é possível estabelecer um plano personalizado, composto de reeducação alimentar, atividade física, tratamentos estéticos e terapêuticos e suporte psicológico, adequados às necessidades de cada paciente. Após estabelecer equilíbrio do organismo, além de emagrecer (perder gordura e peso), passa-se a ter mais qualidade de vida. A medicina moderna não trabalha mais com a referência do chamado peso ideal, tido como meta genérica ao longo dos anos. Atualmente, estabelece-se o percentual de gordura corporal ideal - definido por avaliações personalizadas e com alta tecnologia. Não existe milagre, mas, sim, a possibilidade de usar ciência para obter resultados em curto prazo e com permanência duradoura. A conscientização do paciente amplia as chances de sucesso.

Atualidade

E porque se fala tanto nisso hoje em dia? O excesso de gordura tornou-se uma epidemia mundial. Infelizmente, a indústria alimentícia cresceu, até recentemente, voltada apenas para aumento das vendas, prendendo o consumidor pelos prazeres sensoriais e pela praticidade. Não nos demos conta das mudanças nos hábitos alimentares que trouxeram prejuízos silenciosos à saúde. E nem os magros escapam, uma vez que o colesterol alto e a gordura acumulada no fígado agem sem que se perceba logo. Aqueles que “comem de tudo e não engordam” estão expostos aos mesmos alimentos nocivos, porém, podem estar armazenando de um jeito diferente – na forma de gordura visceral (que se aloja no interior do abdômen). Todos precisam assumir um compromisso com a própria saúde e encarar uma reforma geral nos hábitos, para que possam usufruir de uma vida mais longa, produtiva e feliz. KIKO BROINIZI e MARCELLO SILVA (Arujá - SP) Professores Fisiologistas Qualiphysical Em parceria com: CESA – Centro Especializado em Saúde de Arujá - Dr. Caruso


Atendemos os principais

convênios médicos Agora com novos exames:

Histeroscopia Diagnóstica • Cardiotocografia Fisioterapia ginecológica

Dr. Moisés Yoshifumi Komatsu Ginecologia / Videolaparoscopia Mastologia / Oncologia Ginecológica CRM 83965 Dra. Renata Taeko Oeiras Komatsu Clínica Médica / Patologia Clínica CRM 82236

Serviços: Corporal Estética Facial Depilação Escova Definitiva Escova Inteligente Permanentes de Cílios Unhas Artísticas

Dr. Alexandre de Figueiredo Ortopedia / Vídeo-Artroscopia Traumatologia CRM 79025 Dra. Carolina Mazzoni Vivas Ginecologia / Obstetrícia / Mastologia CRM 116770

(11) 4653.1543 / 4653.6791

Rua Pernambuco, 260 | Jardim Planalto Arujá - SP

Contato: 11 4655 - 3699 11 4653 - 3374 www.mscabeleireiros.com.br Visite e curta nossa fan page www.facebook.com.br/

MSCABELEIREIROS

Aceitamos cartões

CABELO - MANICURE - ESTÉTICA FACIAL E CORPORAL

CABELOS HIDRATADOS COM OS MELHORES PRODUTOS PARA UM RESULTADO CADA VEZ MAIS PERFEITO! Produtos

FEV E RE IR O 2013

Rua: Prudente de Morais, 68 - Centro - Arujá - SP

Atendimento personalizado

FONES: 4654-1058 / 4652-6055 Estr. Arujá - Itaquá, 1.626 (quase em frente ao Cond. Arujazinho IV)

19


Natasha Romanzat

SAÚDE ANIMAL

Por que cortar o rabo de seu cão é uma péssima ideia. A comunicação canina

Existem várias maneiras dos seres humanos compreenderem as intenções e sentimentos dos cães: através de seu latido, da maneira como inclinam a cabeça, do movimento de suas patas dianteiras e, é claro, da abanação frenética de sua cauda. A maioria dos proprietários de cães sabe ler seus companheiros caninos muito bem, graças a esses sinais. Não é nenhuma surpresa, portanto, que a prática de cortar a cauda de cães (caudotomia) tenha um efeito profundo sobre a sua capacidade de se comunicar – e não só conosco, mas, também e principalmente, com outros cães.

FEV ER EI RO 2013

A pesquisa

20

Um estudo recente, publicado na revista PLOS, notou que a falta de uma cauda longa pode afetar seriamente a vida social de um cão. Segundo a autora Emily Anthes, esse procedimento bárbaro de cortar vários centímetros da cauda de um cachorro, muitas vezes sem anestesia, pode, também, dificultar a sua capacidade de transmitir suas intenções para outros cães. Emily Anthes reviu uma pesquisa conduzida por biólogos da Universidade de Victoria, do Canadá, em que os cientistas procuraram por anomalias comportamentais potenciais causadas pelo comprimento da cauda de um cão. Os pesquisadores usaram um cão robótico caracterizando, usando uma cauda longa ou uma curta, e o expuseram a 492 cães em um parque. Além do comprimento da cauda variável, o cão robótico foi feito para abanar a cauda ou mantê-la parada. Assim, há quatro diferentes condições em que o cão robótico foi apresentado aos seus “colegas”: (1) cauda curta parada; (2) cauda curta abanando; (3) cauda longa parada e (4) cauda longa abanando.

Os resultados

Os pesquisadores documentaram e estudaram as várias maneiras que os cães sem coleira interagiram com o cão robô. A primeira coisa que eles notaram foi que os cães menores quase sempre se aproximavam com cautela do cão robô. Já entre cães de tamanhos iguais ou maiores, diversos comportamentos interessantes surgiram. Estes cães eram mais propensos a se aproximar do modelo robótico quando ele tinha uma cauda longa em movimento. Nesse caso, eles interagiram com o robô 91,4% do tempo. Isso faz sentido porque a longa cauda era flexível: o movimento simulado pareceu se assemelhar ao de uma cauda balançando de um cão real. Este tipo de movimento solto é muitas vezes visto um convite para se aproximar, brincar, ou seja, um sinal social de que o cão com a cauda abanando não é uma ameaça ao outro cão. Por outro lado, um cão com a cauda perfeitamente parada não está emitindo esses óbvios sinais de “vem cá brincar”. Os cães de grande porte se aproximaram do cão robô com uma longa cauda parada com uma frequência significativamente menor: 74,4% do tempo. Quando os pesquisadores trocaram a cauda longa pela curta, estas preferências desapareceram. Cães grandes abordaram o robô de cauda curta abanando com quase a mesma frequência que abordaram o cão com a cauda imóvel (85,2% e 82,2% das vezes, respectivamente). Isso sugere que os cães eram menos capazes de discriminar uma cauda que está sacudindo brincalhona de uma cauda parada quando a cauda é curta.

A conclusão

Do estudo é que os sinais transmitidos por diferenças em movimento são mais eficazmente transmitidos pelos cães quando sua cauda é longa. Os cães de grande porte, também, foram duas vezes mais propensos a pausar enquanto se aproximavam do cão de

cauda curta, talvez, usando esse tempo, para tentar decifrar se deviam continuar se aproximando. Isso significa que os cães ficaram confusos sobre as intenções do cão robótico quando sua cauda era muito curta. Consequentemente, os cães que têm seus rabos cortados estão em uma situação similar – condição que provavelmente induz um estresse e incerteza significativa em sua vida social.

Estética = Mutilação

A caudotomia e outros procedimentos para modificar um cão por motivos estéticos e não de saúde, não são recomendados. Em 19 de março de 2008, o Conselho Federal de Medicina Veterinária do Brasil proibiu especialistas de realizarem cortes de orelhas para fins estéticos. A caudotomia ainda é possível, embora já seja banida em diversos países, como: Áustria, Bélgica, Croácia, República Checa, Estônia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Holanda, Noruega, Polônia, Escócia, África do Sul, Suíça e outros. Segundo Mário Marcondes, diretor do Hospital Veterinário Sena Madureira, a cauda é uma “extensão” da coluna vertebral e é uma parte bastante sensível do corpo do animal e qualquer corte estético é uma simples mutilação. Embora o padrão de muitas raças recomende o corte, como a Rottweiler, por exemplo, a caudotomia não é obrigatória. Cães com cauda íntegra podem ter pedigree e participar de exposições do mesmo jeito. Muitos proprietários já estão optando por não fazer a caudotomia, que é o correto, segundo Marcondes, já que devemos considerar o bem-estar do animal antes da estética, além do seu direito de se expressar e se comunicar naturalmente conosco e com a sua própria espécie. NATASHA ROMANZOTI (Curitiba \ PR) Estudante de Jornalismo Escritora Hiperciência


21

FEV E RE IR O 2013


Cesar Grossmann

INOVAÇÃO

Voar é mais seguro que andar de automóvel? Os fatos

A primeira fatalidade relacionada à aviação aconteceu em 17 de setembro de 1908, quando o tenente Thomas Selfridge faleceu, como passageiro, durante uma demonstração de voo feita por Orville Wright na Virgínia (EUA). Alguns melhoramentos foram feitos desde aquele tempo. Se calcularmos o número de fatalidades por quilômetro voado, a parte mais perigosa de uma viagem é o roteiro até o aeroporto.

As estatísticas

Para que o voo se torne tão arriscado quanto uma viagem de carro nos Estados Unidos, um jato cheio de passageiros deveria cair uma vez por mês – só que isto só acontece uma vez a cada dois anos. Mortes por km, por viagem ou por hora? Qualquer um que tenha pensado um pouco no assunto deve ter se perguntado se a estatística ainda seria favorável ao avião se considerarmos as mortes por viagem ou as viagens por hora de viagem, outras duas estatísticas possíveis.

Os números

A Wikipédia aponta que, por bilhão de viagens, os aviões estão em terceiro lugar no número de mortes e em oitavo no número de mortes por bilhão de horas de jornada. Em mortes por bilhão de km percorridos, está em décimo lugar (em uma lista de dez meios de transporte diferentes).

Qual critério?

FEV ER EI RO 2013

Qual estatística usar? O avião é: - o terceiro meio de transporte mais perigoso (por viagem) - o oitavo (por bilhão de horas) - o mais seguro de todos (por quilômetro)

22

Depende do que você quer comparar. Por exemplo, usar “viagem” como unidade complica comparações entre uma viagem comprida de avião (como de Los Angeles a Nova Iorque)e uma viagem curta de carro (como de casa para o trabalho). Para uma viagem longa, como de uma cidade para outra, faz mais sentido utilizar a estatística de mortes por quilômetro e, neste caso, o transporte aéreo é o mais seguro de todos. Apenas para referência, as empresas seguradoras utilizam a estatística de mortes por viagem, enquanto as empresas de voos comerciais utilizam as estatísticas de mortes por quilômetro. CESAR A. K. GROSSMANN (Candelária \ RS) Engenheiro Elétrica \ Funcionário Público cesarakgcesar@hiperciencia.com


23

FEV E RE IR O 2013


Andrea Pavlovitsch

CONSCIÊNCIA

Metas para 2013. Organização

Se existe uma coisa que eu estou aprendendo a gostar na vida é de organização. Se bem que de organização em si eu sempre gostei, pelo menos depois que saí da adolescência. Tenho uma ordem quase neurótica nas coisas, mas, sempre me acho mais fácil, sempre tenho tudo à mão (minha mãe sempre me fala que eu tenho qualquer coisa que ela precise) e nunca entro em pânico por ter perdido papéis importantes ou senhas de bancos. Tenho tudo absolutamente sobre controle.

FEV ER EI RO 2013

Gestão do tempo

24

De uns tempos para cá descobri a maravilhosa gestão do tempo. Vi uma entrevista com um consultor no Programa do Jô (Cristian Barbosa), li os livros dele e estou adotando o método de gestão do tempo que ele propõe. E é sensacional! Sim, demorei a me adaptar, porque tinha muitos projetos sem começar e sempre acabava só apagando incêndios no dia a dia, ao invés de colocar meus verdadeiros projetos em ordem. Agora, depois de três meses usando o programa, é que estou realmente vendo os resultados. Sempre saio na hora do consultório e aprendi a deixar para o outro dia as coisas que não darei conta. Sem culpa.

Uso de metas

E dentro deste sistema ele ensina a usar metas. Eu sempre gostei de metas. De “wish list” (lista de desejos), de listas do que fazer e tudo mais. Mas, agora estou profissional. E descobri que a maioria das pessoas não sabe como estabelecer metas. Não adianta ter um lindo sonho se não entrarmos em ação com aquilo. A isso chamamos de “vida de adulto”. Na infância e na adolescência sonhamos. Achamos algumas pessoas o máximo e queremos ser como elas, mesmo sem saber se dá. Eu queria ser bailarina, mas, nem a sapatilha de ponta poderia comprar, já que calço número 40 (para quem não sabe, as sapatilhas de ponta precisam ser dois números maiores do que o número normal do sapato da bailarina). Então, não dava. Hoje meus sonhos são mais pontuais, mais reais e mais cheios de realizações.

O método

Em 2012 realizei muitos deles: mudar de casa, melhorar as coisas no trabalho, emagrecer. E tenho mais um tanto para 2013. Então, coloquei tudo no papel usando o método SMART, muito interessante. As metas precisam ter algumas características importantes que devemos respeitar. Primeiro, ela precisa ser específica, ou seja: você precisa saber o que quer. Segundo, ela precisa ser Mensurável, ou seja: quanto custa, quanto perde, quanto ganha, por exemplo). Precisa ser Alcançável: é aquela coisa de querer ser bailaria clássica usando sapatos 40, ou seja, não dá. Precisa ser Relevante: ter um motivo bem específico para você não desistir no meio do caminho. Precisa ser Temporal: ter um prazo, tempo para ela ser realizada.

A escolha das metas

Seguindo isso já dá pra estabelecer metas bem legais. Ah, outra coisa que aprendi: não adianta encher a nossa vida de metas e não ter tempo para realizar nenhuma. Escolha duas ou três que realmente sejam importantes para você e veja se não são conflitantes. Uma vez uma cliente me disse que queria emagrecer 20 quilos e engravidar em um ano! Impossível, é disso que estou falando.

Para 2013

E viva mais leve em 2013. Por favor, estresse não adianta de nada, só leva cada vez mais gente para o cemitério. Arrume um jeito de você se organizar e viva mais e melhor. E boas metas em 2013. ANDREA PAVLOVITSCH (São Paulo - SP) Psicóloga /Espiritualista /Conselheira Colunista da revista: Mulher Executiva


ocê percebe a diferença! umon, v K o Com

Renan, 8 anos, aluno de Matemática e Inglês Matemática . Português . Inglês . Japonês

MATRÍCULAS

GRÁTIS! A 21/01

Saiba mais em:

www.kumon.com.br

/13

20/03

Educação que surpreende

FEV E RE IR O 2013

“No Kumon, eu aprendo muitas coisas legais que também me ajudam na escola!”

25


Leandro Narboch

MATÉRIA DE CAPA

O Carnaval. O início

Um traço comum no carnaval de diferentes épocas e países é o virar as regras do avesso. Durante as festas pagãs da Roma antiga, que deram origem ao carnaval cristão, escravos e seus senhores invertiam os papéis: por um dia, eram os servos que mandavam. Uma inversão parecida acontecia na Idade Média. As pessoas faziam missas e procissões cômicas – no lugar dos padres, guiavam as cerimônias religiosas com personagens bizarros como o Rei Momo. À véspera da quaresma liberava os foliões para tirar um sarro dos próprios costumes religiosos e da Igreja, autoridade indiscutível daquela época.

No Brasil

Não havia tantos papéis trocados nos primeiros carnavais do Brasil, mas, uma reviravolta de comportamentos, também, tomava conta. Durante as festas conhecidas como “entrudos”, as pessoas atiravam bolas de cera nos outros e faziam guerrinhas d’água pelas ruas. Em 1832, ao visitar o carnaval de Salvador com dois tenentes da marinha britânica, o jovem inglês Charles Darwin se assustou com os perigos do carnaval baiano. - “Estes perigos consistem, principalmente, em sermos impiedosamente fuzilados com bolas de cera cheias de água e molhados com esguichos de lata. Achamos muito difícil manter a nossa dignidade enquanto caminhávamos pelas ruas”, escreveu Darwin em seu diário. Por quase todo o país, a polícia até tentava conter os “entrudos”, mas, raramente conseguia. A festa dura até hoje – em alguns blocos do interior, os carnavalescos ainda atiram água, confete e farinha uns nos outros. Na maior parte da história do Brasil, o carnaval foi uma algazarra deliciosamente sem noção.

FEV ER EI RO 2013

Imagina se...

26

Mas, suponha que, de repente, um ditador bem metódico, militar e fascista, um ditador como o italiano Benito Mussolini, aliado de Hitler na segunda guerra mundial, tivesse o direito de regular essa bagunça para torná-la orgulho da nação. Como seria o carnaval organizado por Mussolini? Imagino que não haveria personagens trocados, arremessos de bolas de cera ou guerrinhas de água. Como em um desfile patriótico, os carnavalescos marchariam em linha reta, com tempo metodicamente marcado para cada evolução. Passariam diante das autoridades do governo e de jurados, que avaliariam a disciplina, o figurino e a média de acertos dos grupos, dando até nota dez. A organização do carnaval permitiria apenas músicas edificantes e patrióticas. Para ressaltar a pátria e deixar de fora a influência estrangeira, a melodia só poderia ser executada por instrumentos considerados da cultura nacional.


Se adicionarmos algumas celebridades quase nuas e muitas penugens, o cenário fica parecido com a Sapucaí. Foi mais ou menos assim que nasceu o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Seu formato atual deve muito a costumes e ideologias fascistas da década de 1930, além do interesse do Presidente Getúlio Vargas de misturar sua imagem à cultura nacional e popular, exatamente como Mussolini fazia na Itália. Já havia desfiles em sociedades carnavalescas no começo do século 20, é verdade, mas, a maioria das regras da apresentação moderna nasceu com o fascismo. Em 1937, ano em que o governo de Vargas se tornaria uma ditadura bem parecida com a italiana, foi instituído que todos os sambas-enredos deveriam homenagear a história do Brasil. As primeiras regras de avaliação e ordem do desfile nasceram dois anos antes, quando o interventor federal do Rio de Janeiro, Pedro Ernesto, começou a dar dinheiro para as escolas. A apresentação ocorria na Avenida Rio Branco, o mesmo local onde as demonstrações militares comemoravam a Independência todo dia 7 de setembro. Os instrumentos de sopro foram proibidos. Só poderiam participar entidades registradas como sociedades recreativas civis. Esse carnaval disciplinado e patriótico não nasceu só por imposição do governo: os grupos também aderiram espontaneamente a ele. A “Deixa Falar”, primeira escola de samba de que se tem notícia, desfilou em 1929 usando na comissão de frente cavalos da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Três anos depois, o samba-enredo da escola era: “A Primavera e a Revolução de Outubro”, em homenagem à tomada de poder de Getúlio Vargas em outubro de 1930. A apresentação contou com participantes vestidos de militares. Não fosse a influência do fascismo italiano, o famoso desfile do carnaval brasileiro não existiria. E, sem ele, o samba que conhecemos hoje seria, também, muito diferente. O mesmo patriotismo que deu um empurrão ao desfile de carnaval provocou a folclorização do samba.

O samba antes do folclore

Costuma-se contar a história do samba em dois momentos opostos. No primeiro momento: quando os sambistas eram perseguidos pela polícia, que reprimia manifestações culturais dos negros que, eram obrigados a tocar escondidos em vielas dos morros e fundos de quintal. O segundo momento acontece o contrário: o governo passa a incentivar o carnaval e as músicas populares. Em 1995, com a publicação do livro “O Mistério do Samba”, o antropólogo Hermano Vianna revelou que a mudança de postura com a música não aconteceu assim tão de repente. Estilos negros e populares faziam parte de festas dos ricos e famosos, séculos antes de o desfile das escolas de samba virar uma festa oficial. Em 1802, por exemplo, o comerciante inglês Thomas Lindley escreveu que as festas dos baianos ricos eram animadas pela “sedutora dança dos negros, misto de coreografia africana e fandango espanhol e português”. Até mesmo em Portugal, os músicos populares brasileiros eram bem recebidos. No fim do século 18, poucos anos antes de a corte portuguesa fugir para o Brasil, o músico Caldas Barbosa, mestiço, filho de uma escrava, encantou a corte de dona Maria I, a Louca, tocando “lundus”. Hermano Vianna revelou, também, que o samba, em sua origem, tinha muito pouco de folclore e nacionalista. Os estilos europeus fazem parte da raiz ancestral do samba, tanto ou mais que a percussão africana. Os primeiros sambistas liam partituras, tocavam instrumentos clássicos, participavam de bandas de jazz, adoravam ouvir tango e conhecer as novidades musicais dos cabarés parisienses. A cara que o samba tem hoje, de símbolo da “autenticidade brasileira” e da resistência da cultura negra dos morros cariocas, é uma criação mais recente que, de certa forma, abafou a primeira. Afirma Vianna em “O Mistério do Samba”: - “O samba não se transformou em música nacional através dos esforços de um grupo social ou étnico (o “morro”). Muitos grupos e indivíduos (negros, ciganos, baianos, cariocas, intelectuais, políticos, folcloristas, compositores eruditos, franceses, milionários, poetas e, até mesmo, um embaixador americano) participaram, com maior ou menor tenacidade, para a sua fixação como gênero musical e da sua nacionalização. Os dois processos não podem ser separados. Nunca existiu um samba pronto, “autêntico”, depois transformado em música nacional.” Trecho extraído do livro: “Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil”. -Pag 143 a 147 - Editora LEYA LEANDRO NARLOCH (São Paulo \ SP) Jornalista \ Editor \ Escritor

FEV E RE IR O 2013

Samba e fascismo

27


Flávio L. Gomes Bastos

CONEXÃO

Você e o universo. Disse Albert Einstein

“A coisa mais perfeita que podemos experimentar é o misterioso. É a fonte de toda a arte e de toda a ciência verdadeira”.

Pensamento\escolha

FEV ER EI RO 2013

Energia psíquica, pensamento, aura, bioenergia, magnetismo, entre outras, são denominações que usamos para definir aquilo que nos liga à vida, ou seja, o elo entre o ego (representado pela nossa fisicalidade) e a energia imaterial que geramos e emanamos ao universo. Seja a denominação que for a energia que liberamos e pela qual somos identificados no universo, é uma síntese de nosso pensamento\escolha, isto é, o resultado energético de nossas decisões de vida conforme orientação do livre-arbítrio. Neste âmbito de invisibilidade aos olhos humanos, os sentimentos ou pensamentos que emitimos em forma de energia, repercutem e retornam a nós conforme as intenções no ato da emissão. Voluntária ou involuntariamente, liberamos ao universo energia densa ou sutil. Pensamentos impregnados de energias deletérias ou curativas que identificam o nosso nível consciencial através de nossa frequência vibratória ou aura, o campo energético que envolve o corpo físico de cada ser dotado de inteligência.

28

A universalidade

Na dinâmica universal, somos apenas pontos luminosos de referência e padrões energéticos que correspondem à mecânica da vida individualizada, mas, que soma no sentido coletivo e se identifica conforme a intencionalidade do pensamento. Portanto, tudo que emitimos em forma de pensamento\escolha retorna ao seu ponto de origem, sejam pensamentos de ódio e vingança ou de amor e gratidão, entre outros. Esta síntese energética que nos identifica diante do universo e implica na qualidade de vida do indivíduo, do grupo familiar ou social ou profissional, aos quais ele faz parte e, também, no enorme agrupamento humano chamado “humanidade”, que é a síntese dos pensamentos\escolhas emitidos por todos os seres inteligentes do planeta Terra.

A individualidade

No entanto, o sentido individualista pelo qual percebemos a vida através da ótica materialista, impregnado de condicionamentos da cultura ocidental, cria uma barreira perceptiva que impede uma melhor compreensão deste contexto no qual transitam nossos pensamentos, sentimentos, emoções e intenções do dia a dia de nossas vidas. Não “visualizamos” o fato de sermos indivíduos inseridos numa contextualidade e sincronicidade que nos leva à unicidade, ou melhor, à Fonte de energia universal. O pensamento pode representar a flecha lançada ou o raio de luz que retornam ao seu ponto de partida. O pensamento\escolha pertence ao âmbito de responsabilidade individual e coletiva do ser humano, porque o nível de energia que emitimos é o que plasmamos para a nossa realidade individual, sintonizada com a energia planetária, que como afirmamos anteriormente, é a síntese da emissão coletiva de pensamentos.

A consciência

Nesta direção, despertar para a autorresponsabilidade e responsabilidade social em relação à melhoria da qualidade de vida de todos, passa pelo processo de conscientização de que devemos, aos poucos, depurar o nosso pensamento através de emissões energéticas elevadas, como a gratidão e o perdão, entre tantas opções que temos pela prática meditativa ou da prece espontânea direcionada à Fonte de amor, verdade, justiça e sabedoria do universo ou, simplesmente, por intermédio da prática da caridade ou do pensamento elevado a Jesus Cristo, nosso exemplo maior e iluminado caminho. Quando Mahatma Gandhi disse: “Comece em você a transformação que deseja ver no mundo”, ele referiu-se ao padrão energético da humanidade que precisa ser alterado através de iniciativas individuais e não por intermédio de revoluções sangrentas que ajudam a manter o modelo que nos acompanha há milênios.

O universo e você

Neste sentido, do individual chegamos ao coletivo, pois, cada iniciativa, independentemente de sua intenção, tem um retorno proporcional superior ao que matematicamente imaginamos. São as leis da vida que ainda desconhecemos, inseridas nas leis universais impregnadas de energia que tramitam no tempo-espaço entre a ordem e o caos ou entre o equilíbrio e o desequilíbrio. Nesta lógica, você é o universo e o universo é você, que existe de uma forma interdependente com os semelhantes e demais seres vivos da natureza. Esta é a lógica da responsabilidade universal que expande a nossa consciência através do princípio emissor: o pensamento humano elevado. Momento cósmico em que a Nova Era nos convida a sermos os agentes de mudança do nosso próprio modelo energético. FLÁVIO L. G. BASTOS (Porto Alegre / RS) Psicanalista Clínico - Criador da Psicoterapia Interdimensional (PI) flaviolgb@terra.com.br


COMPRA - VENDE ALUGA - ADMINISTRA ASSESSORIA JURÍDICA CRECI - 19792

ARUJAZINHO IV

Ref. 2412L - Itaquaquecetuba Galpão Industrial

At.2.500mts Ac. 2000 mts para locação sendo Zup l - próximo das rodovias Airton Senna e Dutra Valor de locação R$ 25.000,00.

Ref. - 2644 – Arujá 5

Sobrado com vista panorâmica - Ac. 260m², At. 300m², com 4 dormitórios sendo 2 suítes com varanda, sala para 2 ambientes, a.s., churrasqueira, jardim, quintal e garagem para 04 autos. R$ 890.000,00 – Estuda proposta e parcelamento.

Ref. 2986- Country Club

Ótima localização – casa térrea At. 375 m² Ac. 150 m² - 03 dormitórios, sala estar, lareira, cozinha, a.s, garagem. Valor- R$ 530.000,00;

Ref. 3276 – Arujá 5

Oportunidade única! –sobrado 03 dorm. com armários (01 suíte), sala 03 ambientes, lareira copa, cozinha com armários, churrasqueira, garagem coberta para 02 autos. Só R$ 720.000,00. Doc. ok para financiamento -Vale a pena conferir!

Ref.2246L – Arujazinho III

Locação - casa nova - com 3 dormitórios sendo 1 suíte sala para 3 ambientes, cozinha com armários, escritório, dependência de empregados R$3.000,00 incluso Cond. e IPTU.

Ref. 3267 - Condomínio Sunville

Oportunidade única! Casa Nova - 03 suítes, sala de jantar, estar e tv, cozinha, a.s., varanda, churrasqueira, quintal, garagens 05 carros (02 cobertas - AT 300,00m, A/C 189,m - R$ 670.000,00 – Doc. Ok para financiamento.

Ref. 3280 – Arujá Hill’s III

Imperdível, sobrado com 03 dorm. (01 Suíte) coz. Americana, sala 02 ambientes, lareira, lavabo, garagem p/ 04 autos, churrasqueira, piscina, depósito, escritório. At 524m², Ac.224 m²- só R$ 550.000,00. Estuda proposta com apto em Guarulhos.

Ref. 3261 – Itaquaquecetuba

Apartamento 02 dorm. Sala, cozinha, wc, a.s. – Lazer completo – pronto para financiar R$150.000,00

Cód. 4523 Sobr 3 dorms.(1 suíte), 3 salas, lavabo, lareira, coz., churrasq., R$ 850.000

ARUJAZINHO IV

Cód. 4512 Sobr 3 dorms.(1 suíte), closet, 2 sls, coz., lareira, escrit., dep.empreg., churrasq., R$ 530.000

ARUJAMERICA

Cód. 4529 Casa 2 dorms., sala, cozinha, wc, lavand., R$ 214.000

HILL’S 3

Cód. 4533 Lote 450m² R$ 170.000

ARUJA 5

Cód. 3537 Sobr 3 suítes, closet, 2 sls, coz., despensa, lavabo, dep.empreg., piscina R$ 1.000.000.

ARUJA VILLE

Cód. 4481 Sobr 3 dorms.(1 suíte), hidro, 2 sls, lavabo, coz., churrasq., R$ 850.000

VILLAGE

Cód. 4530 Apto 2 dorms., sala, coz., lavand., 1 vaga R$ 120.000

ARUJAZINHO II

Cód. 4534 Lote 1.086m² R$ 215.000

www.rsantosimoveis.com.br contato@rsantosimoveis.com.br

HILL’S III

Cód. 4225 Sobr 3 dorms.(1 suíte), closet, sala, lareira, coz., despensa, escritório, R$ 850.000

ARUJA 5

Cód. 1952 Sobr 3 dorms.(1 suíte), 3 sls, coz., lareira, lavabo, dep.empreg., churrasq., R$ 750.000

JD. REAL

Cód. 4531 Casa 2 dorms., sala, coz., lavand., sl. festa R$ 260.000 Financia

REAL PARK

Cód. 4535 Lote 300m² R$ 250.000

4655-1213

Av. Antonio Afonso de Lima, 425 - Arujá - SP

Casa Country Club

Ref.GL 536 3 suítes, suíte de empregada, sala 02 amb., lareira, barzinho, lavabo, churrasqueira, cozinha, lavanderia, garagem p/ 3 carros. A/T 300m2 A/C 300m2 Valor R$ Consulte-nos

Casa Arujazinho IV

Ref.GL 3943 03 dormit. s/ 01 suíte, sala 02 amb.,lavabo, lavanderia, cozinha, dep. empregada, churrasqueira, 04 vagas na garagem. A/T: 370,00m² A/C: 359,91m² Valor R$ 800.000,00.

Terreno Área Industrial

Ref.GL 3949 A/T: 69.000m² Zoneamento ZUP I Mogi das Cruzes Valor: 100,00m².

Casa Aruã Ecopark

Ref.R 3868 04 dormit. s/ 03 suítes c/ closet, sala 04 amb., lavabo, escritório, lavanderia, cozinha, copa, churrasqueira, sauna, piscina, 06 vagas na garagem s/ 02 cobertas. A/T: 360m2 A/C: 300m2 Valor: R$ 900.000,00.

Casa Arujazinho IV

Ref.M 3950 03 dormit. s/ 01 suíte, sala 04 amb., lavabo, escritório, lavanderia, cozinha, dep. de empregada,churrasqueira, forno a lenha, salão de festa,04 vagas na garagem s/ 02 cobertas.Valor R$ 850.000,00.

Casa Arujá 5

Ref.M 3933 03 suítes c/closet e hidromassagem, sala 02 amb., lavabo, cozinha, dep. empregada, churrasqueira, forno a lenha, fogão a lenha. A/T: 300m² Valor: R$ 900.000,00

Terreno Copaco

Ref.T 3945 A/T: 1.000m² Topografia: Aclive Valor R$ 140.000,00.

Tel.: 11 4654-2425 Cel.: Goretti: 99214-1102 Eliane: 99214-1093 Estr. Santa Isabel, 1577 - Sl 05 - Arujá - SP contato@gorellimoveis.com.br www.gorellimoveis.com.br

CRECI 054937 ARUJÁ - Casa em condomínio fechado: a.terreno (550.00m2), a.construída (350.00m2),4 suítes,4 vg garag,banheiros, lav.,sl.estar,sl.jantar, armários: cozinha,closet,desp.,churrasq., área verde,espaço p/ construir piscina, pronta para morar R$ 800.000,00

ARUJÁ - Casa em condomínio fechado: a.terreno (1006.00 m2), a.construída (260.00m2), 2 dormitorios, 1 suite, 8 vg garag, 3 banheiros, lavabo, sl.estar, sl.jantar, armários: cozinha, despensa, WC.empreg. s.festas, s.jogos, portão eletrônico, jardim, ótima pronta p/ morar. R$ 3.000,00 Locação

ARUJÁ - Condomínio Fechado - Casa de alto padrão terreno (1006.00 m2), a.construída (260.00m2), 3 suítes, 6 vg garag, 5 banheiros, lavabo, sl.estar, sl.jantar, armários na cozinha, espaço gourmet, jardim externo, jardim de inverno, lareira, piscina, churrasqueira, pronta para morar, area verde com reservas ecológicas no condomínio R$ 1.500.000,00

ARUJÁ - Casa Condomínio fechado: a.terreno (324.00 m2), a.construída (303.00m2), 3 dormsuite, 5 vg garag, 4 banheiros, lavabo, sl.estar, sl.jantar, armários: cozinha, despensa, dromitórios, churrasqueira, jardim com arvores frutíferas, ótima estado. R$ 780.000,00.

ARUJA - Casa em condomínio fechado - a. construída 270,00 m2 , 3 suítes, duas salas, copa, cozinha, piscina, churrasqueira, lavanderia, bem aconchegante R$ 1.100.000,00

TE0063 - ARUJÁ - Terreno em Condomínio fechado: a.terreno 600,00 m2 com asfalto R$ 300.000,00

ARUJÁ - a.terreno (300.00 m2) - ótimo bairro R$ 200.000,00

ARUJÁ - Terreno em Condomínio fechado: a.terreno 293,00 m2 com asfalto R$ 80.000,00

FEV E RE IR O 2013

Chácara Mogi das Cruzes

Ref.R 3867 02 dormit., sala 02 amb., lavand., coz., vestiário, 02 churrasqueiras, piscina, salão de jogos, 02 fornos a lenha, playground, quadra/ campo de futebol, salão de festas, 03 lagos, 50 vagas na garagem s/04 cobertas.A/T: 24.000m² A/C: 2.000m² . R$ Consulte-nos.

www.procuresuacasa.com.br comercial@procuresuacasa.com.br

4652-1495 | 96584-7760 7881-6731 ID 88* 121414

29


Roberto F. Vieira

CONEXÃO

Devo mudar do Windows XP Vista ou 7 para o Windows 8? A dúvida

Esta é uma das perguntas mais pertinente neste início de 2013: -“Será que devo mudar meu sistema operacional?” Bem, vou tentar responder, nesta matéria , esta pergunta, mas, deixando claro de que gosto não se discute e o que vou colocar é o que vi, o que li e o que senti ao instalar o sistema. Para dar uma mão na hora de decidir, vamos contar como cobaia o “Acer Aspire 4535” - notebook compacto com uma tela convencional, ou seja, se você tocar nela, vai no máximo deixar a marca de seus dedos.

O primeiro contato

Como primeira experiência, pode não refletir com o sistema daqui há um mês, afinal, os primeiros meses de um novo sistema é cheio de bugs e inconsistências. O que me chamou a atenção de cara e é uma das maiores novidades, é a inicialização. Consta com o Windows 7, que podíamos esperar 15 segundos para inicializar o sistema, mas, com certeza essa é o que a experiência demonstra. Com o Windows 8, parece que as reivindicações são reais: usando-o notei uma grande melhoria no tempo de inicialização. Você não precisa mais esperar quase um minuto para começar a mexer. O Windows 7 leva muito tempo para ficar utilizável, enquanto o W8, finalmente, remedia este defeito. O desempenho de navegação, também, é notavelmente melhor, pois, sendo um novo hardware, obviamente, fará o novo sistema operacional voar – particularmente com o uso de SSDs.

As novidades

FEV ER EI RO 2013

Outra novidade é que, ninguém está disposto a gastar dinheiro, em passar trabalho formatando e instalando um sistema, se não tiver a sensação que ganha algo em troca. O Windows 8 traz, além da interface, algumas novas funções interessantes. A primeira é uma integração maior com serviços na nuvem da empresa, com uma experiência parecida com a

30

que se acostuma em sistemas para móveis como o “Android”: você cadastra uma conta e o sistema passa a sincronizar dados como agenda, armazenamento na nuvem, contas de e-mail etc... A loja de aplicativos, também, é um dos grandes destaques da nova plataforma e, como esperamos de um sistema dando seus primeiros passos, ainda tem muito a crescer. Não temos ainda muitas opções de aplicativos e, na maioria dos casos, são aplicações da própria Microsoft. O sistema, também, integra melhor alguns serviços de buscas e de mapas, da Microsoft, ou seja, dê um alô para o Bing buscas, Bing mapas, notícias “powered by Bing” etc... Fica a dúvida se veremos, no futuro, uma integração legal com serviços de concorrentes como o Google. Outra junção legal é a ferramenta de compartilhar, sempre presente no menu charms, na lateral direita. Com ele ficou fácil: enviar seja lá o que for que você tenha na sua tela para seja lá quem for que se interesse. ROBERTO FELIX VIEIRA (Arujá \ SP) Analista de Suporte Técnico \ Gestor de Treinamento Actos Suporte em Informática e Treinamento


TOSATO IMOVEIS & ENGENHARIA

99969-9392 | 99994-8692 | 4654-1550 tosatoimoveiseng@uol.com.br

FEV E RE IR O 2013

Estr. de Santa Isabel, 1647 - Sala 27 Villa Florida Boulevard - Arujรก - SP

31


Elisabeth Cavalcante

IDEIAS

A espera. A ansiedade

Um dos principais males, que afligem o ser humano nos dias atuais, é a ansiedade. Há um desespero predominante em querer realizar os desejos, de maneira instantânea.

O momento

Neste anseio pelas realizações, perdemos uma das maiores riquezas da vida, que é o usufruir do momento presente. Isto acontece porque, ao longo do tempo, nos esquecemos de que somos parte indissociável da natureza e, por essa razão, o mais sensato seria que vivêssemos em perfeita sintonia com o ritmo dela.

O ritmo

Se conseguirmos paralisar, por alguns instantes, a nossa ansiedade e recordar como tudo na existência precisa de um tempo certo para germinar, gerar frutos e amadurecer, certamente, nos libertaremos da angústia que é gerada pela necessidade de apressar o ritmo natural da vida.

O ego

O nosso ego não aceita ser contrariado em seu desejo e, por esta razão, ele nos leva a agir de modo impulsivo, buscando fazer com que a realidade se amolde à nossa vontade. Quando isto não acontece, somos dominados pela revolta ou pelo sentimento de vitima e, rapidamente, buscamos dentro de nós um motivo qualquer que explique a razão pela qual estamos sendo punidos.

O resultado

FEV ER EI RO 2013

Se encontrarmos uma explicação, ela virá seguida pela culpa e nos atormentamos remoendo o arrependimento. Se não identificarmos um motivo, aí então, culpamos Deus, outra pessoa ou qualquer circunstância externa por nosso sofrimento.

32

O aprendizado

O fato é que, raramente, nosso ego assume que ele próprio afasta a realização de nossos objetivos, ao se deixar dominar pela urgência e pelo desespero. Aprender a esperar é um dos maiores desafios da vida, mas, é, também, o que pode nos proporcionar as mais valiosas lições, no que diz respeito ao crescimento interior, à maturidade e à sabedoria.

O tesouro

Nós nos esquecemos de como esperar. Este é um espaço quase abandonado. No entanto, ser capaz de esperar pelo momento certo é o nosso maior tesouro. A existência inteira espera pelo momento certo. Até as árvores sabem disso: qual é o momento de florescer, o de deixar que as folhas caiam e o de se erguerem nuas ao céu. Também, nessa nudez, elas são belas, esperando pela nova folhagem, com grande confiança de que as folhas velhas tenham caído e de que as folhas novas logo estarão chegando. E as folhas novas começarão a crescer. Nós nos esquecemos de como é esperar: queremos tudo com pressa. Trata-se de uma grande perda para a humanidade...

O novo homem

Em silêncio e à espera, alguma coisa dentro de você vai crescendo: o seu autêntico ser. Um dia ele salta e se transforma numa labareda e a sua personalidade inteira é estilhaçada: você é um novo homem. E esse novo homem conhece os rumos eternos da vida. ELISABETH CAVALCANTE (São Paulo/SP) Taróloga / Astróloga / Consultora de I Ching / Terapeuta Floral


Sua casa completa e você feliz da vida!

Av. João Manoel, 377 - Centro - Arujá - 4652.2752 Av. Francisco R. Filho, 554 - Mogilar - Mogi das Cruzes - 4790.3081 Rod. Rio Santos, Km 218 - Vista Linda - Bertioga - 13 3311.9131

Italínea Arujá Sob Nova Direção


Ana L. D. de Andrade

IDEIAS

Economizar é preciso e viver tambem. Economia

Algumas ideias de como economizar, sem adiar aquele “desejo” imediato de transformação, podem ser desde a troca: da cor de uma parede, da moldura de quadro, da cortina ou de um novo tecido para o sofá.

A ação

Apresentamos algumas sugestões para você adaptar às suas necessidades: - Troque a cor de uma parede “importante” da sala. Mude radicalmente, ouse! Se não for possível trocar os sofás, dê a eles capas novas de bom tecido. O mercado está oferecendo lindas, prontas e a qualquer preço. - Descubra novas molduras para aqueles bons quadros, tão mal emoldurados... Mas, cuidado! Moldura foi feita para não se destacar. Por isso, o importante é a escolha de uma boa loja. - Contrate o serviço de um bom artesão e mude aquele móvel que você se cansou de olhar. Talvez, um daqueles tratamentos de envelhecimento mais chiques ou, por exemplo, o decapê, mas, escolha com critério, longe de modismo. - Às vezes, trocar as almofadas já valoriza bastante o seu living, porém, se os assentos estiverem em mal estado, parecerão ainda pior com as novas almofadas.

FEV ER EI RO 2013

- Pode acreditar, um lindo vaso de flor “ilumina” uma casa! Prefira as de cores fortes, como: amarela, fúcsia, vermelha ou laranja. - Humm... Se colocar perfume, aromatizador nos ambientes, todos vão adorar! Os nossos sentidos não se bastam no visual. Casa perfumada e limpa é o mesmo que gente bem cuidada! - No dormitório, experimente espelhar um armário, dá a sensação de ambiente maior. Para aqueles que detestam espelhos, a dica é revestir de papel de parede ou trocar de cor as portas do armário.

34

- Ainda no dormitório, troque a cor da parede da cabeceira por uma cor sensual, no caso de cama de casal. Se for para uma criança, mande fazer uma pintura com motivos infantis, por exemplo. - Se quiser driblar um corredor longo, distribua quadros pequenos na altura dos olhos. Eles criam a ideia de movimento no campo visual e atenuam o caminhar nesse corredor. - Se for mais clássica, coloque um lustre de cristal ou uma luminária moderna em cima da mesa de jantar, não se esquecendo de que o pendente deve estar sempre distante 70 cm. - Se for viável financeiramente, repense a iluminação dos ambientes, isso muda todo o aspecto da casa, caso seja feito de uma maneira correta.

As maneiras

Existem muitas maneiras de renovar a sua casa, sem tantos gastos! Basta usar a criatividade, a ousadia e o bom senso. Ana Lúcia Dias de Andrade (São Paulo \ SP) Arquiteta \ Pós Graduada em Administração Hoteleira arq.analu@forumdaconstrucao.com.br


Porcelanatos, Pastilhas, Papéis de parede, Banheiras, Metais e Louças Estr. Arujá / Itaquá, 1.593 - Vl. Pedroso - Arujá - SP 4652-5103 / 4652-6416 www.ekologika.com.br

FEV E RE IR O 2013

Móveis sob medida, planejados e reformas

Estacionamento interno Estrada de Santa Isabel, 6952 Sentido Arujá/Itaquá

www.adeguatomoveis.com.br contato@adeguatomoveis.com.br

4654-3462/4654-1722

35


Helena Gerenstadt

MÃOS A OBRA

2013 - Ano de vibração 6 A tônica do ano

Este ano promete ser, excepcionalmente, propício para todos os assuntos familiares e do coração. Amor, família e responsabilidade serão a tônica deste ano. Para a maioria das pessoas, trará harmonia, felicidade e equilíbrio nos assuntos sociais e domésticos, podendo, inclusive, recuperar afetos perdidos (por ruptura ou distanciamento). Poderá, também, reaparecer em nossa vida amizade ou pessoa que não encontrávamos há muito tempo. Estarão favorecidas as relações sociais e as diversões, tanto em casa como com outras pessoas.

O equilíbrio

Mas, antes de prosseguir, uma nota de advertência: a inclinação e a natureza dos acontecimentos deste ano 6 podem mostrar duas características totalmente opostas. A maioria das pessoas viverá um de seus melhores anos e se sentirão satisfeitas com a sua situação familiar ou sentimental atual, havendo uma profunda sensação de plenitude e equilíbrio em tudo o que se relaciona com seus seres queridos e, é bem possível que sua casa seja o centro de reuniões com as pessoas que têm problemas ou que buscam um remanso de paz e compreensão. A família vai trazer alegria e o lar trará felicidade e equilíbrio. Mas, para muitas pessoas, este ano pode ser um ano complicado para as relações, onde vínculos sentimentais se rompem, mas, tudo depende do equilíbrio, principalmente com a vibração de 2012 - ano 5.

FEV ER EI RO 2013

Dualidades

36

Algumas pessoas encontrarão o amor, estabelecerão fortes vínculos afetivos, porque seus encantos e poderes de atração estarão bem desenvolvidos. É um período favorável para criar um lar e consolidar vínculos de todo tipo. As atividades sociais proporcionarão gratos momentos de amizades e, também,nos sentiremos mais inclinados aencarar as situações com mais calma, podendo ter mais vontade de aproveitar a vida do que ocupar-se com coisas sérias ou coisas diárias. Podemos nos sentir indolentes e preguiçosos, mais uma vez vem o chamado para nossas escolhas, caso continuemos nesse caminho, perderemos as oportunidades de progresso que poderão se apresentar ou para dar continuidade em algo que já havia se iniciado. Mas, como outra das dualidades dessa vibração, poderá ocorrer tudo ao contrário: que o trabalho seja muito árduo e que seja necessário um respiro. Nesta vibração 6 pode acontecer que algumas pessoas se sintam presas, atadas ou com muita responsabilidade familiar, que cortarão a sua liberdade. É possível que, se vejam obrigadas a cuidar ou fazer cargo de algum parente ou que surjam problemas com a família.

A força

Nesta vibração 6, é excelente para investir em bens materiais ou para promover os assuntos materiais. Negociações e convênios recebem boas vibrações, mas, devemos ser cuidadosos antes de nos comprometer em algo novo. Também, é um bom momento para efetuar melhorias em nosso lar, no local de trabalho ou na aparência pessoal, porque tudo que é relacionado à beleza recebe boas vibrações, assim como todas as atividades artísticas. Os assuntos legais poderão ser resolvidos favoravelmente e, por estar sob a influência da vibração 6, será possível solucionar os problemas ou os obstáculos cotidianos com bom senso e sensatez. Procuremos ser mais cuidadosos, generosos e compreensivos, principalmente ao tratar de aliviar os problemas das pessoas que necessitam de nós, de forma desinteressada, porque a vibração 6 é o espírito do amor e do serviço.

Depende de nós

Evitemos, também, não dar muita importância aos problemas cotidianos. Algumas pessoas podem mostrar-se mais hipocondríacas ou pessimistas ou indecisas por coisas sem importância. Caso não controlemos essas tendências, poderemos apresentar problemas de saúde. De nós, somente de nós, depende o final que o ano 6 se apresenta, com um saldo positivo ou não. Haverá oportunidade de aperfeiçoamento e progresso, mas, como a vida social ou familiar será tentadora, poderemos nos encontrar com as mãos vazias se não conseguirmos equilibrar os extremos. Helena Gerenstadt (São Paulo - SP) Terapeuta Holística / Reiki / Radiestesia Radiônica Numerologia Pitagórica e a Árvore da Vida / Tarot Egípcio www.agarta.com.br - gerenstadt@terra.com.br


37

FEV E RE IR O 2013


Martha Medeiros

MÃOS A OBRA

Alegria na tristeza. A fonte

O título desse texto, na verdade, não é meu e, sim, de um poema do uruguaio Mario Benedetti. No original, chama-se “Alegría de la tristeza” e está no livro “La vida ese paréntesis” que, até onde sei, permanece inédito no Brasil.

O poema

Diz que a gente pode entristecer-se por vários motivos ou por nenhum motivo aparente, a tristeza pode ser por nós mesmos ou pelas dores do mundo, pode advir de uma palavra ou de um gesto, mas, que ela sempre aparece e devemos nos aprontar para recebê-la, porque existe uma alegria inesperada na tristeza, que vem do fato de ainda conseguirmos senti-la.

A atualidade

Pode parecer confuso, mas, é um alento. Olhe para o lado: estamos vivendo numa era em que pessoas matam em briga de trânsito, matam por um boné, matam para se divertir. Além disso, as pessoas estão sem dinheiro. Quem tem emprego, segura. Quem não tem, procura. Os que possuem um amor desconfiam até da própria sombra, já que há muita oferta de sexo no mercado. E a gente corre pra caramba, é escravo do relógio, não consegue mais ficar deitado numa rede, lendo um livro, ouvindo música. Há tanta coisa pra fazer que resta pouco tempo pra sentir.

O sentimento

FEV ER EI RO 2013

Por isso, qualquer sentimento é bem-vindo, mesmo que não seja uma euforia, um gozo, um entusiasmo, mesmo que seja uma melancolia. Sentir é um verbo que se conjuga para dentro, ao contrário do fazer, que é conjugado pra fora. Sentir alimenta, sentir ensina, sentir aquieta. Fazer é muito barulhento. Sentir é um retiro, fazer é uma festa. O sentir não pode ser escutado, apenas auscultado.

38

Sentir e fazer, ambos são necessários, mas, só o fazer rende grana, contatos, diplomas, convites, aquisições. Até parece que sentir não serve para subir na vida.

Tristeza x Alegria

Uma pessoa triste é evitada. Não cabe no mundo da propaganda dos cremes dentais, dos pagodes, dos carnavais. Tristeza parece praga, lepra, doença contagiosa, um estacionamento proibido. Ok, tristeza não faz realmente bem pra saúde, mas, a introspecção é um recuo providencial, pois, é quando silenciamos que melhor conversamos com nossos botões. E dessa conversa sai luz, lições, sinais e a tristeza acaba saindo também, dando espaço para uma alegria nova e revitalizada. Triste é não sentir nada. MARTHA MEDEIROS (Porto Alegre / RS) Jornalista / Escritora - Autora dos livros: - Strip-Tease (1985), - Meia noite e um quarto (1987) - Persona non grata (1991) - De Cara Lavada (1995) - Poesia Reunida (1998) - Geração Bi volt (1995) - Coisas da Vida (1995) - Topless (1997) - Santiago do Chile (1996). - Trem-Bala (1999) - Non Stop (2000) - Cartas Extraviadas e Outros Poemas (2000) - Divã (2002) - Montanha-Russa (2003) - Esquisita como Eu (2004) - Infantil - Selma e Sinatra (2005) - Tudo que Eu Queria te Dizer (2007) - Doidas e Santas (2008)


Material básico - Areia - Pedra - Cimento Hidráulica - Elétrica - Ferragens - Tintas Material para acabamento

CONSTRUIR OU

REFORMAR?

ACEITAMOS OS CARTÕES

A GUTHI

É O MELHOR LUGAR!

FEV E RE IR O 2013

Guithi Arujá: Estrada de Santa Isabel, 7.105 - Arujá - Itaquá - Fone: 4649-3009 Guithi Santa Isabel: Av. República, 832 - Centro - Santa Isabel - Fone: 4656-2815 Guithi Igaratá: Av. Francisco Lourenço, 50 - Centro - Igaratá - Fone: 4658-1086

39


DIVERSÃO

Istambul / Turquia A cidade

Cenário da novela da Globo: “Salve Jorge” e do último filme de James Bond: “Skyfall”, Istambul é, certamente, um dos lugares mais vibrantes e lindos. Não por acaso, é a única cidade do mundo dividida entre dois continentes: a Ásia e a Europa. Chamada Constantinopla no passado, Istambul carrega na bagagem mais de dois mil anos de história. A mais importante cidade da Turquia, é um lugar onde costumes e crenças do oriente e do ocidente convivem de forma harmoniosa, assim como a modernidade, inúmeros eventos culturais e uma vida noturna efervescente. Por lá, tudo se mistura, seja na arquitetura ou nas roupas dos habitantes. Portanto, não se intimide: apesar de 99% da população de Istambul ser muçulmana, a Turquia é um Estado laico e ninguém é obrigado a parar para rezar no meio da rua ou as mulheres devem andar com burcas. Istambul vai, provavelmente, surpreender por ser uma cidade cosmopolita.

FEV ER EI RO 2013

Algumas dicas

40

Santa Sofia - é um dos pontos turísticos mais curiosos da cidade. Nascida como uma igreja, no século 6º, foi depois uma mesquita do império otomano e hoje é museu. É possível ver, portanto, como mosaicos católicos, que foram cobertos com cal, mas, redescobertos em 1993 durante uma restauração e inscrições islâmicas que tomaram conta do átrio principal em grandes medalhões pendurados no teto (todos exaltando a grandeza de Alá). Interessante ver como os otomanos não destruíram e sim adaptaram a construção – começando pelos quatro minaretes colocados em volta da Santa Sofia. Isso se deve ao fato de que as mães dos sultões eram, em sua maioria, católicas (moças europeias trazidas para a Turquia para casarem com os governantes). Mesquita Azul - a razão do nome de uma das principais “joias” de Istambul você percebe logo que entra na maior mesquita da cidade: os milhares de azulejos azuis que revestem o lugar (adicionado em uma reforma após sua construção, entre 1609 e 1616). No chão, os famosos tapetes que também deram fama à Turquia – doados pelos peregrinos. Repare nos desenhos, que determinam o espaço e a direção da reza. Aliás, os turistas só podem entrar fora dos horários das orações. Os mosaicos do teto também são de cair o queixo, lindos e delicadamente trabalhados. Cruzeiro no Bósforo – o Estreito de Bósforo corta Istambul por 35 km, dividindo a cidade entre os lados asiático e europeu. É o estreito que liga o Mar de Mármara ao Mar Negro. Pode parecer estranho, mas, 95% da população estão do lado asiático, para onde poucos turistas vão. A maioria tem duração de uma hora e permite ao visitante entender um pouco da geografia local e ver os belíssimos palácios otomanos que ficam nas margens.

Grande Bazar - são mais de quatro mil lojas, praticamente empilhadas umas nas outras, em labirintos que se cruzam para lá e para cá. Nem tente se localizar lá dentro, é tarefa quase impossível, seja pelas placas ou pedindo informação e, o pior, a maioria dos vendedores não fala inglês. Ainda assim, vão fazer de tudo para te convencer a comprar alguma coisa. O lugar é lindo e está encravado no coração da cidade desde a época da rota da seda. O que você vai encontrar? Os famosos tapetes turcos, pashminas, joias, narguilés, jogos de chá, especiarias, comidas, utensílios para banho turco, cerâmicas, tecidos típicos etc... Quase tudo que você já viu pelas ruas e nos restaurantes de Istambul. Um programa obrigatório: parar para almoçar ou tomar chá em um dos cafés que ficam no meio do bazar. As mesinhas baixinhas são ultra charmosas e o cenário também. Uma dica: vá o café Fez. Bazar das Especiarias - sim, o Grande Bazar é uma das principais atrações de Istambul, com suas quatro mil lojas. Mas, se você tiver pouco tempo para as compras, vá direto para o Bazar das Especiarias. Bem menor, oferece praticamente as mesmas coisas do bazar central, incluindo temperos, tapetes, cerâmicas e algumas joias. As opções, como era de se esperar, no entanto, são limitadas. E não se intimide com todos os vendedores que te oferecerem um chazinho. Isso é quase uma tradição e não há mal nenhum em aceitar.


41

FEV E RE IR O 2013


FEV ER EI RO 2013

DIVERSÃO

Ai Juaquim!

42

Joaquim era enfermeiro de uma UTI e tratava de uma mulher internada em estado de paralisia total. Alguns meses depois ela aparece grávida, para o espanto de todos. A Direção do Hospital se reuniu e deu queixa na delegacia para achar o culpado. A polícia, então, começou interrogando o Joaquim: - “O senhor era o enfermeiro da paciente grávida?” - “Sim Senhoire...” - E foi o senhor, então, quem engravidou a moça?! - “Foi sim. senhoire, mas, só fiz por ordem do Hospital e cumpri rigorosamente o que estava escrito na prancheta da paciente.” - “Como assim? O que estava escrito no boletim médico?” Joaquim, então, retirou uma cópia do relatório e leu para o delegado: - “Mulher, 32 anos, desacordada, não reage a nenhum estímulo = COMA.”


43

FEV E RE IR O 2013


GASTRONOMIA

Felipe

Coisas de comer só para crianças. Olha o geladinho ai...

Nesse verão, nada melhor que se refrescar, por isso, o pequeno Felipe irá nos ensinar uma receita fácil e gostosa para a gente saborear que, ao mesmo tempo, é extremamente refrescante.

Gelinho de Coco Ingredientes

1 lata de leite condensado 100 gramas de coco ralado ½ litro de leite Saquinhos de gelinho

Modo de preparo

Coloque no liquidificador o leite condensado, o leite e o coco ralado. Bata por 3 minutos e depois coloque nos saquinhos de gelinho. Amarre e leve ao congelador por cerca de 2 horas. E está pronta essa delicia de gelinho de coco para nos refrescar nesse verão.

FEV ER EI RO 2013

FELIPE DOMINGOS TENÓRIO (Arujá \ SP) Tem 4 anos e frequenta o EMEIA 1 Filho de: Rafaela D. Tenório Marcondes Tenório

44


Curta o

Carnaval Aluguel de Fantasias (Adulto) e adereços para balada!

Trazendo sabor e praticidade para seu dia - dia! Almoço Self – Service e por Kilo Buffet completo com Saladas Pratos quentes e Sobremesas Bacalhau todas as Quintas e Quarta Paella e Moqueca as Sextas End. Estr. de Santa Isabel, 1647 Loja 19 - Arujá - Tel. 4654-2626

11 11

4655.2815

E-mail: konfetsfestas@hotmail.com Site: www.konfets.com.br

FEV E RE IR O 2013

Halloween • Natal • Casamento Debutantes • Acessórios para festas

Av. dos Expedicionários, 449 - Centro - Arujá 45


ATITUDE

Acontecimentos & Dicas NOVA FORMA XXIX Mostra de Dança

CNA - ARUJÁ Festa de Halloween

LABORATÓRIO DELIBERATO Prevenção de Acidentes

Aconteceu em: 8 e 9 / Novembro / 2012

Aconteceu em: 26 / Novembro / 2012

Aconteceu em: 21 a 25 / Janeiro / 2013

Academia de Dança, sob a direção de Patrícia Garé e Sabrina Garé, como acontece há 29 anos, promoveu, neste ano, um espetáculo de beleza e versatilidade com movimentos e ritmos que levou o grande público presente a viajar por outros tempos e outras terras, no evento denominado: “Divertissement 2012”.

A CNA Arujá realizou, nas dependências do Out Music, a tradicional “Festa do Halloween”, promoção esperada por todos que já virou cultura na escola.

O Laboratório Deliberato fez acontecer mais uma SIPAT – Semana Interna de Prevenção de Acidentes. O evento visou orientar e conscientizar os funcionários sobre a segurança no trabalho e na vida pessoal. Nesta II SIPAT, abordamos temas relacionados ao bem estar do funcionário, além de trabalhar com o tema: Meio Ambiente e Sustentabilidade Ambiental. Aproveitamos e agradecemos a colaboração e o apoio de alguns parceiros: Idealli Medicina Ocupacional, Edivânia Perfumes, Seisa Assistência Médica, Dufine Transportes, Neide Chocolates, Look Adesivos, Mogidonto Assistência Odontológica, M A Transportes, Grandes Idéias Brindes, Itagraf Gráfica, Instituto Vida Nova e Instituto Embelleze Itaquaquecetuba.

FEV ER EI RO 2013

Com público aproximado de 700 pessoas, formado por funcionários, alunos, amigos, parentes e simpatizantes, de 4 a 80 anos, a festa transcorreu numa alegria geral.

46

Vide anúncio na pag. 15.

Vide anúncio na pag. 25.


Acontecimentos & Dicas GRUPO ESCOTEIRO SION Completou três anos de atividades

Sônia Maria Estácio Ferreira Mudou de endereço

Aconteceu em: 7-8-9 / dezembro / 2012

Aconteceu em: Janeiro de 2013

A comemoração se deu com um acampamento nas dependências do Colégio Sion, com muitos jogos e brincadeiras, onde os pais puderam também participar. No final das atividades, além das homenagens feitas aos chefes atuantes, o destaque da cerimônia foi a premiação ao “Escoteiro do Ano / 2012” dividido por ramos: Lobinho / Escoteiro / Sênior - Guia

Sônia Maria Estácio Ferreira, a conhecida Psicóloga Clínica - CRP.06/55037-7, informa que já está atendendo em novo endereço: Rua Vanderlei Nasser do Prado, 100Center Ville F: 46551006\46536537\981969631

- Sênior/Guia: Cintia de Souza A.da Silva

- Escoteiro: Mariana Martins Rossini

- Chefes e Homenageados

- Sênior Nicolas e Chefe Junior

Homenagem Especial ao Sênior: Nicolas Fernandes Vucovic, em razão de que, sua Promessa Escoteira deu origem à fundação do G.E.Sion (em 12.12.2009) e, ainda hoje, ser um membro ativo do Grupo, enchendo de orgulho aos chefes que participaram e aos que ainda participam de sua formação. A todos os homenageados e integrantes da “Família Escoteira Sion” nossos parabéns e esperamos que todos continuem nesta linda caminhada, pois, nossa Sociedade necessita de “verdadeiros cidadãos”.

FEV E RE IR O 2013

- Lobinho: Gabriel Possebon V. Sousa

Aproveita para avisar, também, o inicio de atendimento em grupo (máximo de cinco participantes) para trabalhar com T.C.I. (Transtorno do Controle do Impulso - compras compulsivas), com abordagem Cognitiva Comportamental. E grupos para supervisão. Tem formação em Psicossomática e Grupanálise, especialista em Psicoterapia Breve, Hipnoterapia Ericksoniana, Dependência Química e Controle do Transtorno do Impulso. Atua em consultório particular em Arujá e em São Paulo, Psicóloga voluntária no Ambulatório do PROAMJO e PROAMITI do Hospital das Clínicas\SP e é Conselheira Fiscal Titular da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática- Nacional.

47


Chocolate Brasil Apresenta suas delícias

CCA Propaganda Comemorou 25 anos

Dica para amantes de doces

Aconteceu em:

Chocolate Brasil Cacau (franquia do mesmo fabricante da Kopenhagen), depois de sua inauguração em nov\2012, só vem angariando sucesso de público na apresentação de suas delícias, com grande variedade de ofertas que somam mais de 100 produtos, com destaque para: - Trufas (seu carro chefe) - Dindas (Marshmallow coberto de chocolate) - Frutas com chocolate - Café expresso Venha visitar e saborear as maravilhas.

A CCA Propaganda comemorou 25 anos contando a sua história e a da comunicação no Alto Tietê, oferecendo soluções dinâmicas e criativas, baseada no conceito de Comunicação Empresarial 360° e esse é o grande diferencial da CCA. Fundada pelo publicitário Celso Campos, a agência conta com a expertise de quem tão bem conhece as empresas de Mogi e região, ao passo que, constantemente, investe em novas tecnologias e abordagens para manter-se à frente de seu tempo. Para tanto, a CCA, além do publicitário e professor universitário, conta com um time competente e atento às novas linguagens da comunicação, do qual fazem parte o sócio diretor de criação Rodrigo Campos e o sócio diretor administrativo e financeiro Alexandre Campos. Para celebrar essa nova fase, a CCA Propaganda inaugurou sua sede própria na Rua Boa Vista, no coração da cidade. Concebido para melhor atender os seus clientes e colaboradores, o novo espaço físico, também, servirá como cenário de eventos e reuniões de profissionais de diferentes setores, com o intuito de fazer novas parcerias e fortalecer as antigas. Faz parte das comemorações, o lançamento de um vídeo-documentário sobre a história da empresa – a primeira na região a utilizar a informática no processo criativo - sua trajetória, sua transição da era analógica para a digital, tendo como pano de fundo a transformação das mídias e da comunicação como um todo. O material mostrará o papel da CCA na introdução da gestão autossustentável da Festa do Divino, as campanhas desenvolvidas para clientes, como: o Mogi Shopping, a Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) e para clientes recentes, bem como os eventos de negócios criados e produzidos pela CCA. Os cases e o material iconográfico será pontuado por depoimentos de personalidades, que desempenharam papéis fundamentais para a evolução e profissionalização do mercado. Além de ex-colaboradores, que contribuíram para o sucesso da agência e que, hoje, fazem parte do mercado de comunicação de todo Alto Tietê.

FEV ER EI RO 2013

ATITUDE

Acontecimentos & Dicas

48

Vide anúncio pag 43.


Flávio Gikovate

PONTO FINAL

A riqueza de um casamento romântico As uniões

Do ponto de vista teórico, os casamentos com altos e duradouros lances de romantismo deveriam ser muito mais frequentes que aqueles baseados em uma sexualidade rica e exuberante. Mas, na prática, isso não ocorre. Não quero dizer que sejam tão comuns as uniões sexualmente satisfatórias, mas, que são raríssimos os casais que conseguem viver, ao longo de várias décadas, uma experiência sentimental bonita, daquelas de encher o coração de alegria e os olhos de lágrimas, de tanta emoção.

Os aspectos

As coisas costumam ser mal colocadas desde o começo. A grande maioria dos casamentos ocorre entre uma pessoa apaixonada e outra que prefere ser objeto da paixão. Enquanto a primeira (mais generosa) oferece, a segunda (mais egoísta) recebe. A mais generosa tem coragem de amar. A egoísta tem medo de sofrer e se protege da dor do amor ao não se abrir demais para a relação. As uniões desse tipo apresentam momentos bonitos, é claro. Possibilitam até mesmo uma vida sexual de permanente conquista. Sim, porque o egoísta nunca se entrega totalmente ao outro, de modo que o generoso estará sempre tentando conquistá-lo. Esse fenômeno costuma gerar alguns instantes de profundo encontro, mas, são momentos vãos que logo se desfazem. E o corre-corre das brigas e da luta pela conquista volta. No entanto, esse é apenas um dos aspectos da questão.

FEV ER EI RO 2013

As diferenças

50

Outro fator de peso está nas diferenças de temperamento (generosos e egoístas são bastante diferentes), de gosto e de interesse. Na vida prática, no dia-a-dia, as divergências de opinião e a falta de um projeto comum provocam irritação permanente. E isso não vale só para as grandes diferenças. O cotidiano se faz realmente nas pequenas coisas: - Onde vamos jantar? - Que amigos vamos convidar? - Onde vamos passar as férias? - A que filme vamos assistir? - Como agiremos com as crianças? - O que faremos com os parentes? E assim por diante. São justamente estas pequenas contradições que provocam a irritação, a raiva e, portanto, a maioria das brigas. As afinidades aproximam as pessoas, enquanto as diferenças as afastam. Além do mais, a oposição é a raiz da inveja: o baixo inveja o alto; o gordo, o magro; o preguiçoso, o determinado; o introvertido, o sociável. E a inveja é inimiga do diálogo. Nesse tipo de união, as brigas serão o normal no relacionamento e os momentos de encontro e harmonia serão exceções cada vez mais raras.

As afinidades

Eu disse que, do ponto de vista teórico, a felicidade romântica no casamento poderia ser bastante comum porque o amor não padece do desejo de novidade que tanto agrada ao sexo. Ao contrário, o amor é apego, é vontade de aconchego, de tranquila intimidade. Trata-se de um sentimento que floresce e frutifica melhor quando tudo é exatamente igual e antigo. Gostamos da nossa casa, daquela velha roupa que nos agasalha tão bem. Gostamos de voltar aos mesmos lugares do passado, da nossa cidade, do nosso país. Queremos, também, sentir essa solidez e estabilidade com o nosso parceiro amoroso. Amor é paz, é descanso e deriva justamente do fato de uma pessoa conhecer e entender bem a outra. Por isso, é importante que as afinidades, as semelhanças, predominem sobre as diferenças de temperamento, caráter e projetos de vida. Seres humanos parecidos poderão viver uma história de amor rica e de duração ilimitada. Não terão motivos para divergências. Não sentirão inveja.

A cumplicidade

Um último alerta – além da lição que se pode tirar da experiência, acima descrita, dos raros casais que vivem harmoniosamente – é que cada um deve procurar se unir a seu igual. Só assim o amor não será um momento fugaz. Para que a intimidade não se transforme em tédio e continue a ser rica e estimulante, é necessário que o casal faça planos em comum e que depois se empenhe em executá-los. De nada adianta fugir para uma ilha deserta para curtir a paixão maior. Quem fizer isso provavelmente voltará, depois de dois meses, decepcionado com a vida e com o amor. A vida é um veículo de duas rodas: só se equilibra em movimento. Para que duas pessoas se tornem uma unidade é preciso criar um objetivo: ter filhos, construir uma casa, um patrimônio, uma carreira profissional, um ideal… o conteúdo em si não interessa. Seja qual for, é a cumplicidade que transforma o amor em algo fundamental. Fazer planos é sempre uma aventura excitante. É sobre eles que mais adoramos sonhar juntos. Dr. FLÁVIO GIKOVATE (São Paulo) Médico Psiquiatra Conferencista / Escritor


Ser Mais Revista - 49  

Edição 49 - Carnaval

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you