Page 1


DANIEL DEUSDETE

DEUS DE PROMESSAS Reflexões bíblicas no livro de Josué 1ª edição

Brasília Edição do Autor 2013.


Reflexões bíblicas no livro de Josué Copyright ©2013 Daniel Deusdete Araújo Barreto

Todos os direitos reservados pelo autor PROIBIDA A REPRODUÇÃO POR QUALQUER MEIOS, SALVO EM BREVES CITAÇÕES, COM INDICAÇÃO DA FONTE Editor responsável: DDAB Capa: DDAB Dados catalográficos de Catalogação da Publicação (CIP) Araújo Barreto, Daniel Deusdete DEUS DE PROMESSAS Reflexões bíblicas no livro de Josué./ Daniel Deusdete Araújo Barreto – Brasília, 2013. ISBN: 999-99-9999-999-91 1. Cristianismo 2. Josué 3. Teologia Reformada. 4. Segmentação. 5. Promessas.

Em fase de registro. A obra também se encontra em fase de revisão ortográfica e gramatical, pelo que pedimos aos leitores paciência. 1

2

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Dedico este trabalho Àquele que sem ele nada eu poderia fazer ou produzir. Obrigado Espírito Santo! Também dedico a minha família, presente de Deus que transforma a minha vida e dá a ela significado e razão para continuar sempre acreditando e caminhando sem jamais desistir.

Por Daniel Deusdete

3


Reflexões bíblicas no livro de Josué AGRADECIMENTOS Agradeço de coração – sempre será assim, porque é a verdade: Em primeiro lugar, ao Espírito Santo: 

Que nos deu as Escrituras como nossa única regra infalível de fé e prática.

Que nos mostra o Pai e o Filho e nos convence do pecado, da justiça e do juízo.

Que nos ajuda e nos fortalece sempre, principalmente em meio aos problemas que fazem parte de nosso dia-a-dia, pois por meio deles, o Senhor nos prova para nos aprovar e nos aperfeiçoar a fim de que alcancemos a perfeita estatura de varão perfeito à semelhança de Cristo. Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, (Ef 4:13). Meus filhinhos, por quem de novo sinto as dores de parto, até que Cristo seja formado em vós; (Gl 4:19).

Em segundo lugar, a minha amada esposa Jucilene e aos meus amados filhos Gabriel, Miguel e Isabel, tesouros recebidos das mãos de Deus os quais tornam a minha vida mais ainda abençoada. Você, mamãe, é um exemplo de fé no qual me inspiro! Finalmente, aos meus pastores, professores, mestres e àqueles que comigo caminham a caminhada de fé em Deus e a busca de seu reino, os quais são aqueles que insistem em continuarem firmes e fortes, atuantes e sempre abundantes na seara do Senhor. Ao Senhor Jesus seja toda a glória! 4

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Desta maneira deu o SENHOR a Israel toda a terra que jurara dar a seus pais; e a possuíram e habitaram nela. E o SENHOR lhes deu repouso de todos os lados, conforme a tudo quanto jurara a seus pais; e nenhum de todos os seus inimigos pode resisti-los; todos os seus inimigos o SENHOR entregou-lhes nas mãos. Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o SENHOR falou à casa de Israel; tudo se cumpriu.

Js 21:43-45.

Por Daniel Deusdete

5


Reflexões bíblicas no livro de Josué Sumário Apresentação................................................................................................ 8 Introdução ................................................................................................... 12 I. A conquista da terra – 1:1 – 12:24. ....................................................... 18 Josué 1:-1-18 Segmentação e Reflexões ............................................ 19 Josué 2:1-24 Segmentação e Reflexões ............................................. 25 Josué 3:1-17 Segmentação e Reflexões ............................................. 30 Josué 4:1-24 Segmentação e Reflexões ............................................. 35 Josué 5:1-15 Segmentação e Reflexões ............................................. 40 Josué 6:1-27 Segmentação e Reflexões ............................................. 45 Josué 7:1-26 Segmentação e Reflexões ............................................. 52 Josué 8:1-35 Segmentação e Reflexões ............................................. 58 Josué 9:1-27 Segmentação e Reflexões ............................................. 64 Josué 10:-1-43 Segmentação e Reflexões ......................................... 69 Josué 11:1-23 Segmentação e Reflexões........................................... 76 Josué 12:1-18 Segmentação e Reflexões........................................... 81 II. A distribuição da Terra Prometida – 13:1-21:45.............................. 85 Josué 13:1-33 Segmentação e Reflexões........................................... 86 Josué 14:1-15 Segmentação e Reflexões........................................... 90 Josué 15:1-63 Segmentação e Reflexões........................................... 93 Josué 16:1-10 Segmentação e Reflexões........................................... 98 Josué 17:1-18 Segmentação e Reflexões........................................ 102

6

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Josué 18:1-28 Segmentação e Reflexões........................................ 107 Josué 19:1-51 Segmentação e Reflexões........................................ 112 Josué 20:1-18 Segmentação e Reflexões........................................ 118 III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33................................ 121 Josué 21:-1-45 Segmentação e Reflexões ...................................... 122 Josué 22:1-34 Segmentação e Reflexões........................................ 128 Josué 23:1-16 Segmentação e Reflexões........................................ 135 Josué 24:1-33 Segmentação e Reflexões........................................ 139 Conclusão .................................................................................................. 147 Bibliografia .............................................................................................. 150

Por Daniel Deusdete

7


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Apresentação DEUS DE PROMESSAS - Reflexões bíblicas no livro de Josué é mais uma obra interessante do autor que tem se esmerado, à cada dia, em produzir conteúdo de qualidade incentivando a leitura e reflexões bíblicas. Isso tenho dito o autor em todos os livros que tem a oportunidade de escrever. O autor já segmentou e escreveus suas reflexões ou comentários sobre 37 livros da Bíblia sendo que a cada novo livro seu objetivo é melhorar e se aprimorar mais e mais. Ele concluiu o Novo Testamento (27 livros, pretende ainda revisá-los para melhoria do conteúdo), os livros de Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cantares de Salomão, Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Deuteronômio e agora Josué. Ainda faltam 29 livros todos do Antigo Testamento. Sua intenção, se Deus, o Pai, permitir, é concluir e ainda revisar muito do trabalho feito, principalmente os primeiros trabalhos, todos do Novo Testamento. Nem todos seus trabalhos foram transformados em livros como este. Como regra geral, para cada trabalho concluído, houve a geração de um livro, por exemplo: Gn, Ex, Lv, Nm, Sl, Dt e agora Js. Os livros Pv, Ct, Ec foram juntados num só livro. Também foram juntados em um único livro os evangelhos: Mt, Mc, Lc e Jo. Há muito trabalho a ser feito, principalmente revisões e melhorias nos textos. Se houver voluntários, poderemos conversar. A data da conclusão deste trabalho gigantesco está prevista para 4/8/2015, 7 dias antes de seu aniversário de 56 anos, dois anos antes de se aposentar nos Correios. 8

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Espera o autor poder fazer todas as revisões necessárias, mas por causa de outros projetos, talvez outra pessoa deverá dar prosseguimento. Depois de Josué, trabalhará na sequência fazendo Juízes, depois Rute, etc. Para cada trabalho concluído, com mais de 120 páginas, a ideia é transformar em livro e publicá-los. Paralelamente a este trabalho grande e solitário, está desenvolvendo novos projetos de novos livros para lançamento no mercado editorial. Por exemplo, EU, EMPREGADO DE CRISTO; DIALOGANDO COM ATEUS e muitos outros. Por enquanto tudo está sendo feito de forma independente, mas logo irá fazer algumas experiências com editoras, provavelmente a primeira será com a SCORTECCI. Além das suas reflexões em cada capítulo e do apoio da Bíblia de Estudo de Genebra – BEG, você terá também, capítulo a capítulo, uma proposta de segmentação lógica de todo o livro de Josué que vale a pena conferir. Na verdade temos aqui também, como em suas outras obras segmentadas, duas obras, sendo uma a segmentação lógica do texto bíblico e a segunda suas reflexões. Ambas dispostas de forma sequencial. Para cada capítulo de Josué um comentário antes da segmentação e um pequeno desfecho ao final da segmentação. Procurou-se de todas as formas, como sempre faz em suas obras, ser o máximo fiel ao texto bíblico em português respeitando a tradução e a disposição dos sinais gráficos sem alterar qualquer um deles, nem mesmo uma vírgula está fora do seu lugar. Também continuam em seus lugares de origem, as referências bíblicas correspondentes. Por Daniel Deusdete

9


Reflexões bíblicas no livro de Josué O que foi alterado, nas citações bíblicas, é a sua disposição gráfica mas isso acaba permitindo ao leitor uma nova e mais interessante visualização do texto. A leitura segmentada permite, portanto ao seu leitor, enxergar a informação que uma leitura corrida poderia ocultar. As tarefas de organizar a informação, identificar as ideias principais e inter-relacionar os conceitos ajudam a melhorar a compreensão e a respectiva aprendizagem. A Análise de um texto não é um processo simples, mas a sua segmentação irá ajudar o estudioso na sua análise. As versões bíblicas utilizadas foram, na segmentação, aquela disponibilizada no site http:// http://www.portaldabiblia.com, versão Almeida Corrigida e Fiel (ACF) e em algumas poucas vezes, a versão utilizada foi a versão Almeida Revista e Atualizada (ARA). Nos comentários, reforçando o que já foi dito, utilizou-se, muitas vezes, da Bíblia de Estudo de Genebra – BEG e de uma excelente ferramenta que é a Bíblia Ilustrada, versão somente em inglês, no site: http://biblehub.com/commentaries/illustrator/genesis/1.htm2 A intenção desta obra é dar ao estudante da Palavra de Deus novas oportunidades de visualização do texto e assim permitir a ele uma melhor compreensão com mais profundidade que o normal. Na verdade, nas suas pregações que tem disponibilizado em seu SCRIBD (http://www.scribd.com/crerparaver), atualmente – em março/2014, com mais de 1.000.000 de visualizações - todo trecho bíblico de referência é segmentado. Destarte, a verdade de Deus O site original é http://www.biblos.com – Bible Hub: search, read, study the Bible em many languages. Altamente recomendado por todo estudiosos sério das Escrituras. Por Daniel Deusdete 10 2


DEUS DE PROMESSAS assim pode ser compartilhada com mais zelo, profundidade e, principalmente, qualidade. É interessante de se registrar – e isso é um diferencial muito importante - que toda a sua obra é previamente postada em seu site http://www.jamaisdesista.com.br – assim, para cada capítulo deste livro você encontrará uma versão digital com ilustrações em seu site onde poderá comentar, se for de seu interesse. Também você poderá conferir o conteúdo por meio de seu ISSUU: http://issuu.com/danielbarreto4. Sinta-se motivado a visitar este seu sítio e verificar seus obras e caso goste, o ajude na divulgação. Uma coisa é certa, você encontrará aqui neste livro um autor apaixonado pela Palavra de Deus e ávido por aprender e a querer compartilhar das coisas que Deus o tem abençoado no Ministério da Palavra de Deus. Tem sido o seu lema: Aprendendo sempre e sempre estar aprendendo. Compartilhar conhecimento e jamais desistir. Uma boa leitura! O autor.

Por Daniel Deusdete

11


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Introdução Sobre a origem destes livro: Este é mais um livro sobre minhas reflexões diárias na Bíblia que publico em meu site. Os meus livros e o meu site estão interligados profundamente. No entanto, quando comecei a segmentar toda a Bíblia3, minha intenção foi de apenas aperfeiçoar-me na leitura e meditação bíblica diária. Como eu estava segmentando, as ideias relativas ao texto bíblico foram surgindo e eu aproveitava a ocasião para ir registrando tudo em meu blog (Jamais Desista) e o resultado é este que estou entregando em suas mãos. Espero que você goste! Melhor ainda que você também participasse desse projeto enriquecendo ainda mais seu conteúdo para ofertarmos ao povo de Deus qualidade teológica. Estou precisando de revisores. Sobre a segmentação e as reflexões de meus livros Em todos os meus livros eu tenho colocado essa observação, assim se você está lendo outro livro meu, já conhece essa nota. Afinal de contas, o que significa segmentação lógica da Bíblia e para que serve? Eu não sou especialista em linguística, nem tenho formação em letras (sou teólogo, administrador postal e de empresas e pós graduado em análise de sistemas e em teologia bíblica – ainda não concluída), mas senti na leitura bíblica que as O autor começou a segmentação de toda a Bíblia em 2 de maio de 2012 e seu trabalho, na íntegra, está publicado em seu site http://www.jamaisdesista.com.br Por Daniel Deusdete 12 3


DEUS DE PROMESSAS suas informações valiosas poderiam ser dispostas de outras maneiras, creio que melhores que na forma comum dos textos apresentados. Seria mais excelente ainda que este meu trabalho se baseasse não em uma versão bíblica em português como a que estou utilizando, mas sim em sua linguagem original onde pudéssemos trabalhar a delimitação, a segmentação, uma tradução literal, a identificação dos segmentos tornando-a destarte mais técnica e precisa. Quem sabe faremos isso em outras oportunidades. Minha proposta neste livro é dupla: primeiramente é esta de apresentar o conteúdo bíblico reorganizado, sem alterar qualquer tradução, ou versículo, ou mesmo uma vírgula se quer, mas rearranjado e reorganizado o texto procurando demonstrar na disposição gráfica apresentada de endentação as ideias principais e acessórias do texto bíblico. Meu segundo propósito é de, em cada capítulo, estar comentando algo relacionado ao texto segmentado dessas ideias principais que eu achei pertinente e apropriado. Caso você goste do trabalho e tenha significado em sua vida agregando valor e conteúdo, por favor nos retorne para sabermos ou nos envie as suas críticas construtivas para aperfeiçoarmos nosso trabalho no Senhor. Sobre este livro: DEUS DE PROMESSAS. Por que “Deus de promessas” para o livro de Josué? Eu pensei em diversos títulos apropriados, mas o que mais falou ao meu coração foi esse escolhido. No capítulo 21, versos 43, 44 e 45, temos, como muitos entendem, um resumo teológico de todo o livro de Josué. Por Daniel Deusdete

13


Reflexões bíblicas no livro de Josué Deus apareceu a Abraão e lhe prometeu essa terra. Deus conduz o povo ao longo da história e ainda o faz passar pelo Egito e depois o tira de lá com sua forte mão e braço poderoso e o faz entrar na Terra Prometida. Deus fez uma aliança com Abraão, fez uma promessa e a cumpriu. Josué foi o líder escolhido por Deus para cumprir a sua promessa ao povo de Israel. Deus ainda fez uma promessa maior para o homem quando houve a sua queda de que enviaria um Messias que iria cumprir toda sua palavra. Deus assim vem nos conduzindo pela história e em Cristo Jesus também cumpriu sua promessa. Estamos também aguardando suas promessas de redenção e vida eterna onde teremos novo corpo e uma nova vida não mais sujeitos ao pecado. Deus fez a promessa! Deus gosta de promessas! Deus nos faz viver esperando suas promessas! Deus cumprirá suas promessas! Seguindo a divisão proposta pela Bíblia de Estudo de Genebra, também dividiremos o livro de Josué em três grandes partes: I. A conquista da terra – 1:1 – 12:24. II. A distribuição da Terra Prometida – 13:1-21:45. III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33. Josué, o sexto livro da Bíblia, foi escrito por Josué e registra a invasão da Terra Prometida, começando com a conquista de Jericó, a cidade toda cercada de muros e uma fortaleza considerada, à época, imbatível. Depois de Jericó tem início uma série de conquistas, sendo que enfrentam alguns obstáculos e fracassos que farão com que repensem suas estratégias. Foram dois os mais significativos 14

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS fracassos de Israel. Primeiro, devido ao pecado de Acã que prevaricando contra o Senhor, prejudicou todo acampamento, depois a parceria errada e enganosa que fizeram com os gibeonitas por não terem consultado ao Senhor e confiado em suas forças. Tirando esses fracassos que ensinaram grandes lições ao líder Josué e a todo o povo de Israel, os relatos somente apontam vitórias e conquistas. Josué e o povo de Israel estavam seguindo fielmente as instruções do Senhor e o Senhor com eles cooperava dando-lhes vitórias sobre todos os seus inimigos. Em seguida às vitórias, começa-se a distribuição da Terra Prometida e tudo foi feito de forma pacífica, ordeira, seguindo as instruções de Moisés, do Senhor e não há registro algum de qualquer inconveniente ameaçador à nação de Israel. Os que receberam suas partes, ficaram satisfeitos. E toda distribuição foi feita por meio de sortes que foram lançadas diante do Senhor, provavelmente com o uso do urim e do tumim. Somente a tribo de Dã questionará, com razão, o tamanho de sua porção, mas a solução fora providenciada ajustando melhor seu território com sua subida conta Lesém, ou Laís. Eles a dominaram e a tomaram para si e ai acabou-se toda questão. Também houve uma outra questão em relação à Terra Prometida por parte das tribos dos rubenitas, dos gaditas e da meia tribo de Manassés que edificaram uma altar simbólico no território deles. À princípio todo o Israel se levantou para pelejar contra eles, mas a controvérsia foi explicada quando disseram que não era um altar, mas um memorial. Fineias e todas as outras tribos aceitaram a explicação.

Por Daniel Deusdete

15


Reflexões bíblicas no livro de Josué Encerrando o livro, entraremos na sua terceira parte onde Josué chama o povo, os anciãos, juízes e os principais líderes e com eles renova a aliança do Senhor Deus. Ao final, fiz uma conclusão do livro e coloquei a bibliografia utilizada. Espero que esta obra seja útil, proveitosa para o ensino, aprendizagem e compartilhamentos. O que você encontrará aqui neste livro além das reflexões e segmentação e dos comentários? Uma palavra de fé, de encorajamento, de certeza e de convicção de que não estamos aqui por acaso, nem somos frutos das circunstâncias aleatórias do universo. Tudo na vida tem um propósito, uma função e você já descobriu a sua ou o seu propósito? Leia este livro que Deus falará contigo em seu coração. A ordem e a organização do texto segue a mesma da narrativa bíblica. Boa leitura! Palavras finais da introdução. Eu tenho me esmerado em estudar a Bíblia de forma sistemática e mais aprofundada possível e o que mais tenho visto nas histórias da Bíblia é Deus falando, Deus fazendo, Deus mostrando, Deus instruindo, Deus aparecendo, Deus se revelando, Deus fazendo alianças, Deus se aproximando, Deus conduzindo. E o homem? Este sendo convidado a pregar a palavra de Deus e não suas opiniões e filosofias. Josué não é diferente! Antes de exaltar este homem que Deus mesmo fez questão de exaltá-lo diante do povo de Israel, não há como não deixar de registrar que a obra de Josué é pura graça divina de um Deus misericordioso, bondoso e cumpridor de suas 16

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS promessas e que zela de sua palavra para a cumprir e servir de exemplo para nós termos a mesma fidelidade. Ainda quero aproveitar o ensejo para comunicar aos amados leitores que as versões impressas e eletrônicas poderão apresentar alguma diferença na disposição gráfica do texto devido a sua endentação, mas o conteúdo é o mesmo. Uma curiosidade: eu levei exatos 24 dias para escrever o conteúdo deste livro – comecei em 10/02/2014, inclusive, e conclui em 05/03/2014, também inclusive, que justamente representa o número de capítulos de Josué, um por dia! Assim, tem sido meus últimos dias aqui na face da terra... Você poderá encontrar qualquer capítulo em forma digital e com uma gravura respectiva em meu site: http://www.jamaisdesista.com.br. Agradeço sua compreensão e paciência. A Deus toda a glória! Daniel Deusdete.

Por Daniel Deusdete

17


Reflexões bíblicas no livro de Josué

I. A conquista da terra – 1:1 – 12:24.

18

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Josué 1:-1-18 Segmentação e Reflexões Antes de iniciarmos as reflexões no capítulo primeiro do livro de Josué, façamos um pequeno tour por ele, conforme as propostas de divisões e explicações gerais da Bíblia de Estudo de Genebra – BEG. Deus é Deus de propósitos. Eu assim creio e assim tenho ensinado e pregado e em Josué o propósito é apresentar o cumprimento das promessas de Deus nos dias de Josué e ensinar àquela segunda geração e a todas as outras como servir ao Senhor nas batalhas, na distribuição da Terra Prometida, entre as tribos e na renovação de sua aliança com Deus. São suas verdades fundamentais: Por intermédio de Josué: 1. Deus abençoou Israel com muitas vitórias na Terra Prometida, mas ainda havia inúmeras batalhas a serem travadas. 2. Deus distribuiu a terra do modo em que deveria ser mantida no futuro. E, 3. A renovação da aliança realizada nos dias de Josué serviram de modelo para as renovações em gerações futuras. O que Josué apenas começou e deveria ter terminado, Cristo cumpriu na sua primeira vinda ao derrotar Satanás – Ef: 4:8-9; Cl 2:15; Hb 2:14,15 -, continua a cumprir na guerra santa espiritual que a igreja enfrenta (estamos vivendo este período agora mesmo) – At 15:15-17; Ef 6:10-18 -, e cumprirá de modo definitivo na sua segunda vinda – Ap 19:11-21; 21:1-5. Josué também será didaticamente – conforme BEG - dividido em três grandes partes as quais terão as suas subdivisões, as quais iremos comentando ao longo de nosso avanço no presente livro. São elas: I. A conquista da terra – 1:1 – 12:24. II. A distribuição da Terra Prometida – 13:1-21:45. III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33. Por Daniel Deusdete

19


Reflexões bíblicas no livro de Josué A primeira parte falará de como Josué foi bem sucedido na guerra santa da conquista de Canaã a qual será dividida em seis partes: 1. A comissão de Deus para inicio da guerra – 1:1-18. 2. O contraste entre as batalhas iniciais, apresentando os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha – 2:1-8:29. 3. A renovação da aliança – 8:30-35. 4. As últimas batalhas da expansão – 9:1-11:15. 5. A tomada de toda a terra – 11:16-23. 6. A lista dos reis e territórios conquistados. 1. A comissão de Deus para inicio da guerra – 1:1-18. Começa Josué a liderar o povo depois dos discursos de Moisés e depois de todo preparativo que ele mesmo presenciou. Seu coração devia estar ansioso, mas era homem temente a Deus e valente e não iria recuar diante de nada. Já tinha demonstrado ser um homem de Deus de grande fé e já tinha passado pela melhor escola do mundo junto com o maior líder de todos os tempos do povo de Israel abaixo do próprio Senhor. Deus mesmo se manifesta a Josué e lhe diz palavras fortes de encorajamento e força que o ajudarão a caminhar a caminhada e jornada de sua vida conduzindo o povo de Deus. O discurso de Deus é praticamente o mesmo discurso de Moisés quando Moisés falou com ele antes de Deus lhe falar. Não é que Moisés fosse maior, nem melhor, mas para demonstrar que o Espírito Santo já falava por Moisés e Deus estava ali confirmando, ratificando o que Moisés já tinha dito de encorajamento para Josué. Vamos recordar. Examinemos novamente comparemos com o presente discurso:

Dt

31:1-8

e

Deuteronômio 31:1 Depois foi Moisés, e falou estas palavras a todo o

20

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Israel, Deuteronômio 31:2 E disse-lhes: Da idade de cento e vinte anos sou eu hoje; já não poderei mais sair e entrar; além disto o SENHOR me disse: Não passarás o Jordão. Deuteronômio 31:3 O SENHOR teu Deus passará adiante de ti; ele destruirá estas nações de diante de ti, para que as possuas; Josué passará adiante de ti, como o SENHOR tem falado. Deuteronômio 31:4 E o SENHOR lhes fará como fez a Siom e a Ogue, reis dos amorreus, e à sua terra, os quais destruiu. Deuteronômio 31:5 Quando, pois, o SENHOR vo-los der diante de vós, então com eles fareis conforme a todo o mandamento que vos tenho ordenado. Deuteronômio 31:6 Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles; porque o SENHOR teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará. Deuteronômio 31:7 E chamou Moisés a Josué, e lhe disse aos olhos de todo o Israel: Esforça-te e anima-te; porque com este povo entrarás na terra que o SENHOR jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la. Deuteronômio 31:8 O SENHOR, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te espantes.

Do vs 1-8, Josué é apresentado como o sucessor de Moisés. Moisés se dirige a todo Israel e lhes explica que já está com 120 anos e que não passará o Jordão com eles, mas que não era para temerem porque Deus tinha preparado a Josué que entraria com eles naquela terra. O que Moisés diz a Josué na frente do povo, logo, logo, em Josué, capítulo primeiro, o qual estamos agora vendo, o próprio Senhor fala com ele da mesma forma e usando praticamente as mesmas palavras, inclusive: “não te deixarei, nunca jamais te abandonarei”.

Por Daniel Deusdete

21


Reflexões bíblicas no livro de Josué Paulo também, muito tempo depois usando a mesma palavra, agora aplica a todo crente em Cristo Jesus, inclusive eu e você, amado leitor. Moisés orienta Josué e todo o povo quanto à lei e à sua leitura e à sua importância. Todos deveriam ser juntados – o povo, homens, mulheres, meninos estrangeiros – para ouvirem, aprenderem e temerem ao Senhor Deus. Ainda Moisés anuncia da parte de Deus que o povo haveria de se esquecer dele, de suas leis, de sua aliança e logo estariam entregues ao juízo. Após os discursos de Moisés e após ele ter falado e lido a todo Israel, ele escreveu toda a lei – 31:24 - que hoje temos disponível em muitos idiomas e a colocou ao lado da Arca, não dentro. Dentro, como sabemos, estavam as pedras com a lei escritas pelo próprio Deus. Josué tinha participado de tudo isso e sabia exatamente de todas as coisas por que ele mesmo tinha passado por aquilo tudo e fora ele que tinha sido apresentado ao povo e agora estava ele ali, sem Moisés, mas com sua liderança e todo o povo era come ele. O encorajamento e as palavras de Deus, confirmaram as palavras de Moisés e deram a Josué mais confiança ainda. Ele não deveria se afastar do livro da lei e nele, no livro, deveria meditar, estudar, se aprofundar, honrar e respeitar e ele seria bem sucedido em tudo que fizesse. Josué animado e fortalecido anuncia a partida do povo dentro de três dias! Os rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo de Manassés são alertados e intimados por Josué para cumprirem suas palavras e apoiá-los nas lutas vindouras e eles lho obedecem como se a Moisés ou ao Senhor estivessem obedecendo. 22

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 1:1 E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo: Js 1:2 Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Josué 1:3 Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Josué 1:4 Desde o deserto e do Líbano, até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Josué 1:5 Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. Josué 1:6 Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Josué 1:7 Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Josué 1:8 Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Josué 1:9 Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares. Js 1:10 Então Josué deu ordem aos príncipes do povo, dizendo: Josué 1:11 Passai pelo meio do arraial e ordenai ao povo, dizendo: Provede-vos de comida, porque dentro de três dias passareis este Jordão, para que entreis a possuir a terra que vos dá o SENHOR vosso Deus, para a possuirdes. Js 1:12 E falou Josué aos rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo de Manassés, dizendo: Por Daniel Deusdete

23


Reflexões bíblicas no livro de Josué Josué 1:13 Lembrai-vos da palavra que vos mandou Moisés, o servo do SENHOR, dizendo: O SENHOR vosso Deus vos dá descanso, e vos dá esta terra. Josué 1:14 Vossas mulheres, vossos meninos e vosso gado fiquem na terra que Moisés vos deu deste lado do Jordão; porém vós passareis armados na frente de vossos irmãos, todos os valentes e valorosos, e ajudá-los-eis; Josué 1:15 Até que o SENHOR dê descanso a vossos irmãos, como a vós, e eles também possuam a terra que o SENHOR vosso Deus lhes dá; então tornareis à terra da vossa herança, e possuireis a que vos deu Moisés, o servo do SENHOR, deste lado do Jordão, para o nascente do sol. Js 1:16 Então responderam a Josué, dizendo: Tudo quanto nos ordenaste faremos, e onde quer que nos enviares iremos. Josué 1:17 Como em tudo ouvimos a Moisés, assim te ouviremos a ti, tão-somente que o SENHOR teu Deus seja contigo, como foi com Moisés. Josué 1:18 Todo o homem, que for rebelde às tuas ordens, e não ouvir as tuas palavras em tudo quanto lhe mandares, morrerá. Tão-somente esforça-te, e tem bom ânimo.

“Tão somente sê forte e corajoso”: assim Deus falara com ele no vs 7 e ele acatou a fala de Deus e foi forte e corajoso conduzindo o povo de Deus em suas aventuras. O capítulo encerra-se com a mesma fala, mas agora era os rubenitas e os gaditas e a meia tribo de Manassés, junto com todo o povo, que falava a ele as mesmas palavras de incentivo e de força. Como é bom meditar na palavra de Deus! A mesma frase fora dita por Moisés, pelo Senhor e pelo povo a Josué! Eu irei me atrever e dizer para você também, meu caro leitor: TÃO SOMENTE SÊ FORTE E CORAJOSO! 24

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Josué 2:1-24 Segmentação e Reflexões Estamos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24. Nela, entramos, a partir de agora, neste capítulo 2, na segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29. Esta primeira batalha é apresentada como exemplo de combate ideal, não havendo menção de nenhuma deficiência. A segunda, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. Comparando uma com a outra, Israel poderá aprender muito e se aprimorar para continuar sua missão de conquistar toda a Terra Prometida. A luta em Jericó será também dividida em quatro partes principais: a aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24; a consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12; a queda de Jericó – 5:13 – 6:21; e, o cumprimento da aliança firmada com Raabe – 6:22-27. A aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24 A história de hoje, do capítulo 2, em sequência à nossa divisão proposta, nos faz lembrar dos 40 espias que saíram a espiar a terra e 38 deles voltaram com relatório sombrio desanimando todo o povo de Deus. Diferentemente daqueles quarenta, agora temos dois deles, que já ouviram todos os discursos e orientações de Moisés, foram Por Daniel Deusdete

25


Reflexões bíblicas no livro de Josué também espiar a terra com o fim de invadi-la e conquista-la e trouxeram seu relatório e contaram tudo o que aconteceu com eles. Antes de prosseguirmos, vamos examinar quem era o povo de Israel e traçar um perfil deles. Moisés estava morto. Josué e Calebe eram os mais velhos de todos. Ambos tinham na faixa dos oitenta anos e estavam no seu inteiro vigor e força física e disposição mental, apesar da idade já até avançada deles. O restante da população, o mais velho deles tinha ali perto dos 60 anos e não mais. De vinte anos para cima, todos tinham de certa forma visto e presenciado muitos dos acontecimentos e ouvido muitas histórias de seus pais. Eles conheciam o fato de que tinham sido rejeitados por causa da dureza de coração e das insistentes murmurações deles. Alguns deles até mesmo tiveram a oportunidade de verem muitos sinais de Deus e sua ação e direção junto ao povo de Deus e todos eles, de vinte anos para cima, conheceram Moisés e com ele tiveram algum tipo de relacionamento. E agora dois deles, escolhidos a dedo por Josué, homem de Deus experiente, foram espiar a terra antes de sua invasão e o relatório foi ótimo. O fato de eles terem ido e sido descobertos, mas não apanhados e ainda protegidos por Raabe que conversando com eles expos o seu coração e falou de seus temores que eram os temores de todo o povo, trouxe muito ânimo a todo Israel. Eles eram conhecidos como o povo cujo Deus, de forma surpreendente, abrira o Mar Vermelho para eles passarem e ainda os ajudara a derrotar reis e povos grandes na terra. Em todos eles 26

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS havia temor e receio do povo de Israel e Raabe lhes proporcionou o conhecimento disso que trouxe grande ânimo entre todo Israel. Raabe também foi muito esperta e logo tratou de se juntar a Israel e dando ouvidos ao Espírito Santo tratou de buscar um lugarzinho para ela que não quis isso apenas para si, mas tratou de buscar a salvação para toda sua família. Raabe não pensou somente nela, mas pensou e lutou por toda a sua família e Deus se agradou dela. Ela mesma era mulher de prostituições e com certeza tinha uma vida desregrada, mas fora curada naquela visitação e tratou logo de buscar ao Senhor. Deus a recepcionou. O que nos prova que em qualquer lugar, todos os que andam justamente e procuram a Deus, são aceitáveis a ele que abrirá seus caminhos para que se cheguem perfeitamente a ele. Tal foi o caso também de Cornélio, no Novo Testamento, que vivia no erro, mas que Deus enviou anjos e depois a Pedro para lhes mostrar o Caminho, a Verdade e a Vida: Jesus Cristo! Js 2:1 E Josué, filho de Num, enviou secretamente, de Sitim, dois homens a espiar, dizendo: Ide reconhecer a terra e a Jericó. Foram, pois, e entraram na casa de uma mulher prostituta, cujo nome era Raabe, e dormiram ali. Js 2:2 Então deu-se notícia ao rei de Jericó, dizendo: Eis que esta noite vieram aqui uns homens dos filhos de Israel, para espiar a terra. Js 2:3 Por isso mandou o rei de Jericó dizer a Raabe: Tira fora os homens que vieram a ti e entraram na tua casa, porque vieram espiar toda a terra. Js 2:4 Porém aquela mulher tomou os dois homens, e os escondeu, e disse: É verdade que vieram homens a mim, porém eu não sabia de onde eram. Js 2:5 E aconteceu que, havendo-se de fechar a porta, sendo já escuro, aqueles homens saíram; não sei para onde aqueles homens Por Daniel Deusdete

27


Reflexões bíblicas no livro de Josué se foram; ide após eles depressa, porque os alcançareis. Js 2:6 Porém ela os tinha feito subir ao eirado, e os tinha escondido entre as canas do linho, que pusera em ordem sobre o eirado. Js 2:7 E foram-se aqueles homens após eles pelo caminho do Jordão, até aos vaus; e, havendo eles saído, fechou-se a porta. Js 2:8 E, antes que eles dormissem, ela subiu a eles no eirado; Js 2:9 E disse aos homens: Bem sei que o SENHOR vos deu esta terra e que o pavor de vós caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra estão desfalecidos diante de vós. Js 2:10 Porque temos ouvido que o SENHOR secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saíeis do Egito, e o que fizestes aos dois reis dos amorreus, a Siom e a Ogue, que estavam além do Jordão, os quais destruístes. Js 2:11 O que ouvindo, desfaleceu o nosso coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o SENHOR vosso Deus é Deus em cima nos céus e em baixo na terra. Js 2:12 Agora, pois, jurai-me, vos peço, pelo SENHOR, que, como usei de misericórdia convosco, vós também usareis de misericórdia para com a casa de meu pai, e dai-me um sinal seguro, Js 2:13 De que conservareis com a vida a meu pai e a minha mãe, como também a meus irmãos e a minhas irmãs, com tudo o que têm e de que livrareis as nossas vidas da morte. Js 2:14 Então aqueles homens responderam-lhe: A nossa vida responderá pela vossa até à morte, se não denunciardes este nosso negócio, e será, pois, que, dando-nos o SENHOR esta terra, usaremos contigo de misericórdia e de fidelidade. Js 2:15 Ela então os fez descer por uma corda pela janela, porquanto a sua casa estava sobre o muro da cidade, e ela morava sobre o muro. Js 2:16 E disse-lhes:

28

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Ide-vos ao monte, para que, porventura, não vos encontrem os perseguidores, e escondei-vos lá três dias, até que voltem os perseguidores, e depois ide pelo vosso caminho. Js 2:17 E, disseram-lhe aqueles homens: Desobrigados seremos deste juramento que nos fizeste jurar. Js 2:18 Eis que, quando nós entrarmos na terra, atarás este cordão de fio de escarlata à janela por onde nos fizeste descer; e recolherás em casa contigo a teu pai, e a tua mãe, e a teus irmãos e a toda a família de teu pai. Js 2:19 Será, pois, que qualquer que sair fora da porta da tua casa, o seu sangue será sobre a sua cabeça, e nós seremos inocentes; mas qualquer que estiver contigo, em casa, o seu sangue seja sobre a nossa cabeça, se alguém nele puser mão. Js 2:20 Porém, se tu denunciares este nosso negócio, seremos desobrigados do juramento que nos fizeste jurar. Js 2:21 E ela disse: Conforme as vossas palavras, assim seja. Então os despediu; e eles se foram; e ela atou o cordão de escarlata à janela. Js 2:22 Foram-se, pois, e chegaram ao monte, e ficaram ali três dias, até que voltaram os perseguidores, porque os perseguidores os buscaram por todo o caminho, porém não os acharam. Js 2:23 Assim aqueles dois homens voltaram, e desceram do monte, e passaram, e chegaram a Josué, filho de Num, e contaram-lhe tudo quanto lhes acontecera; Js 2:24 E disseram a Josué: Certamente o SENHOR tem dado toda esta terra nas nossas mãos, pois até todos os moradores estão atemorizados diante de nós.

Aqueles homens negociaram com ela e chegaram a um acordo e a uma forma de reconhecê-la no momento da invasão porquanto ela tinha se arriscado para protegê-los. O sinal fora um fio de escarlate pendurado na sua janela como sinal de que aquela casa estaria guardada da destruição em pleno ambiente de guerra. Por Daniel Deusdete

29


Reflexões bíblicas no livro de Josué O fio de escarlate e o sangue do cordeiro nos umbrais das casas tinham o mesmo significado: era para que o anjo da morte e da destruição poupasse todos os que estivessem no interior daquela casa. O cordeiro que tinha sido morto e cujo sangue fora usado para proteger a casa representa Jesus Cristo que foi morto por nossos pecados para nos trazer a vida. O fio de escarlate também pela sua cor representava esse sangue que alcançou aquela casa e toda sua família. Raabe veio a se tornar, veremos isso mais a frente, uma das mães do Messias, pois sua linhagem foi contada na geração da semente que estamos perseguindo desde Gênesis. Quem diria que em Jericó, no meio do povo ímpio e condenado pelo juízo de Deus à destruição, houvesse ali uma mulher de grande valor que acabou sendo lembrada como uma antepassada de Cristo – Mt 1:5 e como um exemplo de fé e de boas obras - Hb 11:31 e Tg 2:25.

Josué 3:1-17 Segmentação e Reflexões Até o capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29. Esta primeira batalha é 30

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS apresentada como exemplo de combate ideal, não havendo menção de nenhuma deficiência. A segunda, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. Comparando uma com a outra, Israel poderá aprender muito e se aprimorar para continuar sua missão de conquistar toda a Terra Prometida. A luta em Jericó será também dividida em quatro partes principais: a aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24; a consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12; a queda de Jericó – 5:13 – 6:21; e, o cumprimento da aliança firmada com Raabe – 6:22-27. A consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12 Nestes próximos capítulos, veremos Josué preparar o exército de Israel para a primeira batalha na Terra Prometida consagrando os guerreiros a Deus. Antes de dar início à conquista, Josué pedirá que todos os ídolos sejam removidos, erguerá memoriais, circuncidará o exército e celebrará a Páscoa. Essa dedicação do exército pode ser também dividida em duas seções: a travessia do Jordão e o memorial em Gilgal – 3:1 a 4:24; e os ritos de circuncisão e a celebração da Páscoa em Gilgal – 5:1-12. Esses extensos preparativos do exército de Josué exemplificariam a necessidade de consagração de todos os soldados antes de lutarem numa guerra santa. Josué se levanta de madrugada e toma a iniciativa de partir de Sitim. Ele já não contava mais com a presença constante da nuvem de dia, nem da coluna de fogo de noite, muito menos com o maná pela manhã. Eles partiram de Sitim e estavam agora diante do Jordão que para eles se tornava um obstáculo, pois queriam passar à frente para o Por Daniel Deusdete

31


Reflexões bíblicas no livro de Josué outro lado da margem do Jordão ele e todo o povo que ele liderava. Havia uma forte preocupação deles com a arca da aliança e por isso mantinham o que se chama de uma distância segura entre eles e a arca 2000 côvados, ou seja de mais ou menos uns 500m. Era um caminho estranho para eles, pois jamais passaram por ele. O problema era enorme: como atravessar o Jordão com toda aquela gente e animais e bens? Eu não sei se Josué sabia o que Deus estava para fazer, nem sei porque ele agia daquela maneira, mas ele dizia ao povo para se santificarem porque o Senhor haveria de se haver maravilhosamente no meio deles. Ele também manda erguer a arca, passar adiante do povo e ir andando. Josué estava agindo com fé? No entanto, foi neste exato momento que o Senhor se manifesta a Josué e lhe dá instruções detalhadas do que está por fazer. Primeiramente ele diz para ele que o engrandecerá diante de todo o povo para que saibam que assim como foi com Moisés ele seria com ele. Depois dá instruções detalhadas do como atravessar o Jordão. Eles somente precisariam de obedecer as instruções e a travessia expressa, por dentro da água, tendo-a como muros ao lado, estaria garantida. Josué recebe a palavra do Senhor e reúne o povo e lhes fala, prega, com ousadia e confiança – ouvi as palavras do Senhor, vs 9 - , pois se assim estava sendo na travessia do Jordão, como não seria na conquista da terra? Eles logo expulsariam os habitantes daquele lugar: os cananeus, os heteus, os heveus, os perizeus, os girgaseus, os amorreus, os jebuseus. 32

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Sete povos que o Senhor já tinha julgado e que logo pelas mãos dos israelitas estaria executando o seu juízo sobre eles. Js 3:1 Levantou-se, pois, Josué de madrugada, e partiram de Sitim, ele e todos os filhos de Israel; e vieram até ao Jordão, e pousaram ali, antes que passassem. Js 3:2 E sucedeu, ao fim de três dias, que os oficiais passaram pelo meio do arraial; Js 3:3 E ordenaram ao povo, dizendo: Quando virdes a arca da aliança do SENHOR vosso Deus, e que os sacerdotes levitas a levam, partireis vós também do vosso lugar, e seguireis. Js 3:4 Haja contudo, entre vós e ela, uma distância de dois mil côvados; e não vos chegueis a ela, para que saibais o caminho pelo qual haveis de ir; porquanto por este caminho nunca passastes antes. Js 3:5 Disse Josué também ao povo: Santificai-vos, porque amanhã fará o SENHOR maravilhas no meio de vós. Js 3:6 E falou Josué aos sacerdotes, dizendo: Levantai a arca da aliança, e passai adiante deste povo. Levantaram, pois, a arca da aliança, e foram andando adiante do povo. Js 3:7 E o SENHOR disse a Josué: Hoje começarei a engrandecer-te perante os olhos de todo o Israel, para que saibam que, assim como fui com Moisés, assim serei contigo. Js 3:8 Tu, pois, ordenarás aos sacerdotes que levam a arca da aliança, dizendo: Quando chegardes à beira das águas do Jordão, parareis aí. Js 3:9 Então disse Josué aos filhos de Israel: Chegai-vos para cá, e ouvi as palavras do SENHOR vosso Deus. Js 3:10 Disse mais Josué: Nisto conhecereis que o Deus vivo está no meio de vós; e que certamente lançará de diante de vós aos cananeus, e aos heteus, e aos heveus, e aos perizeus, e aos girgaseus, e aos amorreus, e aos jebuseus. Js 3:11 Eis que a arca da aliança do Senhor de toda a terra passa o Jordão diante de vós. Js 3:12 Tomai, pois, agora doze homens das tribos de Israel, Por Daniel Deusdete

33


Reflexões bíblicas no livro de Josué de cada tribo um homem; Js 3:13 Porque há de acontecer que, assim que as plantas dos pés dos sacerdotes, que levam a arca do SENHOR, o Senhor de toda a terra, repousem nas águas do Jordão, se separarão as águas do Jordão, e as águas, que vêm de cima, pararão amontoadas. Js 3:14 E aconteceu que, partindo o povo das suas tendas, para passar o Jordão, levavam os sacerdotes a arca da aliança adiante do povo. Js 3:15 E quando os que levavam a arca, chegaram ao Jordão, e os seus pés se molharam na beira das águas (porque o Jordão transbordava sobre todas as suas ribanceiras, todos os dias da ceifa), Js 3:16 Pararam-se as águas, que vinham de cima; levantaram-se num montão, mui longe da cidade de Adão, que está ao lado de Zaretã; e as que desciam ao mar das campinas, que é o Mar Salgado, foram de todo separadas; então passou o povo em frente de Jericó. Js 3:17 Porém os sacerdotes, que levavam a arca da aliança do SENHOR, pararam firmes, em seco, no meio do Jordão, e todo o Israel passou a seco, até que todo o povo acabou de passar o Jordão.

Não há como não se perceber a ênfase na arca da aliança de Deus, do Senhor de toda a terra, com o povo. Não era apenas o objeto ou o símbolo da aliança, mas o próprio Senhor iria adiante de seu povo. A condução da arca era feita pelos sacerdotes e ninguém dela poderia ou deveria se aproximar sob o risco de algo terrível acontecer com o infrator. A impressão que se tem é que fora criado um campo de força invisível que continha a força das águas de forma que o rio ficava contido durante a passagem dos israelitas.

34

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS E as águas que não paravam de chegar? Elas iam se acumulando e se somando e se juntando à parede invisível e assim que atravessassem, elas seria liberadas delicadamente, se não haveria uma catástrofe terrível depois de um feito extraordinário.

Josué 4:1-24 Segmentação e Reflexões Como já dissemos, até o capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29. Esta primeira batalha é apresentada como exemplo de combate ideal, não havendo menção de nenhuma deficiência. A segunda, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. Comparando uma com a outra, Israel poderá aprender muito e se aprimorar para continuar sua missão de conquistar toda a Terra Prometida. A luta em Jericó está também sendo dividida em quatro partes principais: a aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24 (já vista no capítulo 2) ; a consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12 (já começamos com o capítulo anterior, o “3” e agora, veremos o “4”; a queda de Jericó – 5:13 – 6:21; e, o cumprimento da aliança firmada com Raabe – 6:22-27. A consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12

Por Daniel Deusdete

35


Reflexões bíblicas no livro de Josué Estamos vendo Josué preparar o exército de Israel para a primeira batalha na Terra Prometida consagrando os guerreiros a Deus. Antes de dar início à conquista, Josué pedirá que todos os ídolos sejam removidos, erguerá memoriais, circuncidará o exército e celebrará a Páscoa. Essa dedicação do exército está também sendo dividida em duas seções: a travessia do Jordão e o memorial em Gilgal – 3:1 a 4:24; e os ritos de circuncisão e a celebração da Páscoa em Gilgal – 5:1-12. Esses extensos preparativos do exército de Josué exemplificavam a necessidade de consagração de todos os soldados antes de lutarem. Seguindo as instruções do Senhor, eles tinham acabado de atravessar de forma maravilhosa o Jordão e Deus fala a Josué para erguer um memorial com 12 pedras retiradas do meio do Jordão por 12 homens, um de cada tribo. As pedras formariam um memorial ao Senhor do lado de fora do rio para servir de sinal e para que no futuro quando perguntassem o significado daquelas doze pedras, pudesse ser explicado a grande maravilha da travessia daquele lugar. Josué ao longo de sua jornada ainda formou diversos outros memoriais ao Senhor – 7:26; 8:9, como assim agia os patriarcas e diversos outros homens de Deus que levantavam altares ao Senhor por onde quer que andassem. O memorial representava a união do povo em torno do Deus de Israel que na unidade deles operava maravilhas e era o seu Deus, o Deus da aliança deles. Ainda Josué levantou outro memorial, de doze pedras, com os mesmos homens das doze tribos, mas dentro do rio, no meio do rio, fora das vistas de todos. Provavelmente com a mesma 36

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS configuração e porte de pedras, guardando uma semelhança entre os dois memoriais. O primeiro memorial fora pedido do Senhor a Josué e o segundo foi iniciativa dele, bem onde os sacerdotes ali pararam e o rio se deteve enquanto eles passavam o rio a seco. Depois dos memoriais construídos e depois de todos terem passado em segurança, aí sim, passou a arca do Senhor e os sacerdotes à vista de todo o povo. Deus ali e naquele momento estava exaltando o novo líder diante de todo o povo de Deus e ratificando sua liderança e o aprovando como líder, seu escolhido para aquele grande momento importante na vida daquela nação que começava a surgir forte e ousada. Js 4:1 Sucedeu que, acabando todo o povo de passar o Jordão, falou o SENHOR a Josué, dizendo: Js 4:2 Tomai do povo doze homens, de cada tribo um homem; Js 4:3 E mandai-lhes, dizendo: Tirai daqui, do meio do Jordão, do lugar onde estavam firmes os pés dos sacerdotes, doze pedras; e levai-as convosco à outra margem e depositai-as no alojamento em que haveis de passar esta noite. Js 4:4 Chamou, pois, Josué os doze homens, que escolhera dos filhos de Israel; de cada tribo um homem; Js 4:5 E disse-lhes Josué: Passai adiante da arca do SENHOR vosso Deus, ao meio do Jordão; e cada um levante uma pedra sobre o ombro, segundo o número das tribos dos filhos de Israel; Js 4:6 Para que isto seja por sinal entre vós; e quando vossos filhos no futuro perguntarem, dizendo: Que significam estas pedras? Js 4:7 Então lhes direis que as águas do Jordão se separaram diante da arca da aliança do SENHOR; passando ela pelo Jordão, separaram-se as águas do Jordão; assim estas pedras serão para sempre por memorial aos filhos de Israel. Por Daniel Deusdete

37


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 4:8 Fizeram, pois, os filhos de Israel assim como Josué tinha ordenado, e levantaram doze pedras do meio do Jordão como o SENHOR dissera a Josué, segundo o número das tribos dos filhos de Israel; e levaram-nas consigo ao alojamento, e as depositaram ali. Js 4:9 Levantou Josué também doze pedras no meio do Jordão, no lugar onde estiveram parados os pés dos sacerdotes, que levavam a arca da aliança; e ali estão até ao dia de hoje. Js 4:10 Pararam, pois, os sacerdotes, que levavam a arca, no meio do Jordão, em pé, até que se cumpriu tudo quanto o SENHOR mandara Josué dizer ao povo, conforme a tudo quanto Moisés tinha ordenado a Josué; e apressou-se o povo, e passou. Js 4:11 E sucedeu que, assim que todo o povo acabou de passar, então passou a arca do SENHOR, e os sacerdotes, à vista do povo. Js 4:12 E passaram os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e a meia tribo de Manassés, armados na frente dos filhos de Israel, como Moisés lhes tinha falado; Js 4:13 Uns quarenta mil homens de guerra, armados, passaram diante do SENHOR para batalha, às campinas de Jericó. Js 4:14 Naquele dia o SENHOR engrandeceu a Josué diante dos olhos de todo o Israel; e temeram-no, como haviam temido a Moisés, todos os dias da sua vida. Js 4:15 Falou, pois, o SENHOR a Josué, dizendo: Js 4:16 Dá ordem aos sacerdotes, que levam a arca do testemunho, que subam do Jordão. Js 4:17 E deu Josué ordem aos sacerdotes, dizendo: Subi do Jordão. Js 4:18 E aconteceu que, como os sacerdotes, que levavam a arca da aliança do SENHOR, subiram do meio do Jordão, e as plantas dos pés dos sacerdotes se puseram em seco, as águas do Jordão se tornaram ao seu lugar, e corriam, como antes, sobre todas as suas ribanceiras. Js 4:19 Subiu, pois, o povo, do Jordão no dia dez do mês primeiro; e alojaram-se em Gilgal, do lado oriental de Jericó. Js 4:20 E as doze pedras, que tinham tomado do Jordão, levantou-as Josué em Gilgal. Js 4:21 E falou aos filhos de Israel, dizendo:

38

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Quando no futuro vossos filhos perguntarem a seus pais, dizendo: Que significam estas pedras? Js 4:22 Fareis saber a vossos filhos, dizendo: Israel passou em seco este Jordão. Js 4:23 Porque o SENHOR vosso Deus fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o SENHOR vosso Deus fez ao Mar Vermelho que fez secar perante nós, até que passássemos. Js 4:24 Para que todos os povos da terra conheçam a mão do SENHOR, que é forte, para que temais ao SENHOR vosso Deus todos os dias.

Realmente um grande feito maravilhoso aquele da travessia sobrenatural do Jordão. Não somente Israel ficou maravilhado e se sentindo agraciado, como o temor e o terror caiu em cima de todos os moradores da região que tomaram conhecimento daquela situação. Eles até pensavam que o Jordão poderia livrá-los, por um bom tempo, do povo de Israel, mas agora já tinha atravessado todo o rio e estavam avançando e a primeira cidade que estava a sua frente era Jericó. Aqueles dois espias que se abrigaram na casa de Raabe, com certeza, também atravessaram o rio, mas deve ter sido à nado ou por meio de alguma embarcação. Israel passo a seco por que o Senhor fez secar as águas do Jordão! Será que algum mar ou rio podem impedir você de passar para a próxima fase de sua vida onde o Senhor te conduzirá a grandes vitórias? Aquele povo tinha subido o Jordão exatamente no dia dez do primeiro mês e este era o dia exato em que o Cordeiro Pascal devia ser escolhido – Ex 12:3. Tal fato enfatiza assim a ligação entre essa travessia e o êxodo. Há muito no que meditar e o que aprender! A Deus toda a glória, sempre! Por Daniel Deusdete 39


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 5:1-15 Segmentação e Reflexões Como já dissemos, até o capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29. Esta primeira batalha é apresentada como exemplo de combate ideal, não havendo menção de nenhuma deficiência. A segunda, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. Comparando uma com a outra, Israel poderá aprender muito e se aprimorar para continuar sua missão de conquistar toda a Terra Prometida. A luta em Jericó está também sendo dividida em quatro partes principais: a aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24 (já vista no capítulo 2) ; a consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12 (finalizaremos neste capítulo); a queda de Jericó – 5:13 (começaremos neste para terminarmos no 6) – 6:21; e, o cumprimento da aliança firmada com Raabe – 6:22-27. A consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12 Estamos vendo Josué preparar o exército de Israel para a primeira batalha na Terra Prometida consagrando os guerreiros a Deus. Antes de dar início à conquista, Josué pedirá que todos os ídolos sejam removidos, erguerá memoriais, circuncidará o exército e celebrará a Páscoa. 40

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS O presente capítulo começa falando do temor e do terror que se espalhou entre as outras nações por causa da travessia maravilhosa do Jordão. Todos os que habitavam o ocidente do Jordão e todos os reis cananeus estavam desfalecidos, desanimados e sabiam que a hora deles iria se aproximar e não seriam páreo para um exército que tinha um Deus ao seu lado que fazia coisas extraordinárias pelo seu povo. De Deus veio a ordem e as instruções para que o povo fosse circuncidado como ele e Calebe eram. Então Josué fez facas de pedras e começou a circuncidar todos os que nasceram no deserto que não tinham ainda sido circuncidados. Relembramos que a população de Israel tinha dois homens com mais de 80 anos que eram Josué e Calebe e o mais velho, depois deles, tinha 60 anos e ai vinha o restante da população, com 60 anos para baixo, até os mais novos e os que iam nascendo neste período. Todos foram circuncidados e ali ficaram alguns dias, geralmente de três a sete dias para ficarem completamente curados. O nome daquele lugar onde foram circuncidados - a circuncisão era o sinal da aliança de Deus com Abraão e um requisito para se participar da páscoa, Ex 12:48 - ficou conhecido como Gilgal porque ali tinha o Senhor retirado de Israel o opróbrio do Egito. Ou seja, houve uma promessa com um objetivo em Ex 3:8. Se tal objetivo não tivesse sido alcançado – a redenção do Egito se completou apenas com a entrada na Terra Prometida -, o opróbrio ou a humilhação do Egito teria permanecido – Dt 9:28. Era este um momento especial e crucial na vida da nação de Israel, principalmente porque atrás deles estava o deserto e à sua Por Daniel Deusdete

41


Reflexões bíblicas no livro de Josué frente uma nova vida na terra da promessa. Dois atos simbólicos marcaram aquele momento: a circuncisão e a celebração da páscoa. A circuncisão marcava os israelitas como filhos de Abraão e a Páscoa celebrava a sua redenção do Egito. Tanto a promessa a Abraão quanto a redenção do Egito anteciparam este dia – Gn 17:8; Ex 3:8. A circuncisão física era um sinal da exterior da aliança, a qual indicava a necessidade de uma circuncisão interior, do coração – Gn 17; Dt 10:16; 30:6. Outro sinal de que uma nova era estava começando para Israel fora que imediatamente ao outro dia depois da páscoa, nesse mesmo dia, comeram, do fruto da terra, pães ázimos e espigas tostadas. E cessou o maná completamente no dia seguinte – vs 12. Já não mais seriam alimentados daquela forma que durou uns 40 anos, mas a partir de agora, teriam de obter o seu sustento com os frutos da terra e com seu trabalho. Tudo agora estava preparado e feito para que um novo tempo começasse e neste momento importante aparece Deus para Josué. Ele estava ali diante das muralhas de Jericó e estava pensando e muito provavelmente orando, buscando a Deus e ele levanta seus olhos e vê um homem com uma espada nua, desembainhada em suas mãos. Josué, valente e destemido, cônscio de seu dever e pronto para a batalha, vai na direção do homem e lhe faz uma pergunta que era mais uma ousada provocação. Aquele homem nem afirma ser de um lado, nem afirma ser de outro lado, a sua resposta não poderia ser categorizada nos termos simples da pergunta de Josué, mas se identifica como príncipe do exército do Senhor. Era ele mesmo Jesus o Filho de Deus pré42

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS encarnado, o mesmo que apareceu a Abraão e a Moisés e agora a Josué. Ele lhe fala exatamente as mesmas palavras que falou para Moisés em Ex3:5 e Josué conhecia muito bem essa história e essas palavras e entendia o que Deus estava querendo e iria fazer com ele e com toda a nação de Israel. Js 5:1 E sucedeu que, ouvindo todos os reis dos amorreus, que habitavam deste lado do Jordão, ao ocidente, e todos os reis dos cananeus, que estavam ao pé do mar, que o SENHOR tinha secado as águas do Jordão, de diante dos filhos de Israel, até que passassem, desfaleceu-se-lhes o coração, e não houve mais ânimo neles, por causa dos filhos de Israel. Js 5:2 Naquele tempo disse o SENHOR a Josué: Faze facas de pedra, e torna a circuncidar segunda vez aos filhos de Israel. Js 5:3 Então Josué fez para si facas de pedra, e circuncidou aos filhos de Israel no monte dos prepúcios. Js 5:4 E foi esta a causa por que Josué os circuncidou: todo o povo que tinha saído do Egito, os homens, todos os homens de guerra, já haviam morrido no deserto, pelo caminho, depois que saíram do Egito. Js 5:5 Porque todos os do povo que saíram estavam circuncidados, mas a nenhum dos que nasceram no deserto, pelo caminho, depois de terem saído do Egito, haviam circuncidado. Js 5:6 Porque quarenta anos andaram os filhos de Israel pelo deserto, até se acabar toda a nação, os homens de guerra, que saíram do Egito, e não obedeceram à voz do SENHOR; aos quais o SENHOR tinha jurado que lhes não havia de deixar ver a terra que o SENHOR jurara a seus pais dar-nos; terra que mana leite e mel. Js 5:7 Porém em seu lugar pôs a seus filhos; a estes Josué circuncidou, porquanto estavam incircuncisos, porque os não circuncidaram no caminho. Js 5:8 E aconteceu que, acabando de circuncidar a toda a nação, ficaram no seu lugar no arraial, até que sararam. Por Daniel Deusdete

43


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 5:9 Disse mais o SENHOR a Josué: Hoje retirei de sobre vós o opróbrio do Egito; por isso o nome daquele lugar se chamou Gilgal, até ao dia de hoje. Js 5:10 Estando, pois, os filhos de Israel acampados em Gilgal, celebraram a páscoa no dia catorze do mês, à tarde, nas campinas de Jericó. Js 5:11 E, ao outro dia depois da páscoa, nesse mesmo dia, comeram, do fruto da terra, pães ázimos e espigas tostadas. Js 5:12 E cessou o maná no dia seguinte, depois que comeram do fruto da terra, e os filhos de Israel não tiveram mais maná; porém, no mesmo ano comeram dos frutos da terra de Canaã. Js 5:13 E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a ele, e disse-lhe: És tu dos nossos, ou dos nossos inimigos? Js 5:14 E disse ele: Não, mas venho agora como príncipe do exército do SENHOR. Então Josué se prostrou com o seu rosto em terra e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo? Js 5:15 Então disse o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim.

Josué com essa aparição de Deus já estava se sentindo um novo Moisés de Deus que tinha por obrigação o dever de conduzir o povo para onde Deus desejasse. A vantagem de Josué sobre Moisés era o fato de ele ter ouvido atentamente toda a história antecipadamente pela boca do próprio Moisés. E a nossa é que temos ouvido pela Bíblia a história de todos eles. As experiências deles, servem para nós de edificação. Não é que somos melhores ou piores do que eles, mas que temos por fundamento suas experiências de vida com Deus. 44

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Josué 6:1-27 Segmentação e Reflexões Estamos no capítulo 6 e até ao capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29. Esta primeira batalha é apresentada como exemplo de combate ideal, não havendo menção de nenhuma deficiência. A segunda, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. Comparando uma com a outra, Israel poderá aprender muito e se aprimorar para continuar sua missão de conquistar toda a Terra Prometida. A luta em Jericó está também sendo dividida em quatro partes principais: a aliança firmada entre os espias e Raabe – 2:1-24 (já vista no capítulo 2) ; a consagração do exército de Israel – 3:1 – 5:12 (também já vista); a queda de Jericó – 5:13 (já iniciada) – 6:21; e, o cumprimento da aliança firmada com Raabe – 6:22-27 (veremos neste capítulo). A queda de Jericó e o cumprimento da aliança – 5:13 a 6:27 No capítulo anterior, o início desta parte foi a manifestação teofânica de Deus a Josué e Deus falando a ele como falou a Moisés. Josué era o novo Moisés ou aquele que o substituía na missão de conduzir o povo na Terra Prometida. Tivemos a travessia do Jordão de forma espetacular, causando espanto em todas as nações e vizinhanças, a circuncisão de todo o Por Daniel Deusdete

45


Reflexões bíblicas no livro de Josué povo de Israel, a celebração da páscoa, a primeira na nova terra e, no primeiro dia imediato à colheita do primeiro dia depois da ceia, a interrupção do pão celestial que os alimentou por 40 anos. Agora veremos a invasão de Jericó, também conhecida pela interpretação de seu nome de Cidade da Lua, talvez por que houvesse alguma entidade ou prática religiosa relacionada a este astro. A cidade estava totalmente fechada, lacrada, ninguém entrava, nem saia justamente por causa de Israel e eles já sabiam que algo muito terrível estava por acontecer. Raabe já tinha tomado a iniciativa de sua parte e colocado o sinal que tinha combinado com aqueles dois espias e abrigado ali em sua casa toda a sua família e todos os seus bens. Com certeza, ela não pensou em si mesma ou fora egoísta, antes teve o cuidado de juntar ali os seus familiares e aqueles que ela quis salvar. Interessante a história desta mulher cheia do Espírito Santo, agindo debaixo no temor de Deus, diante de um povo todo entregue ao mundo e ao pecado. Foi neste momento que Deus entrega para Josué a estratégia da conquista de Jericó e ela todinha construída em torno da arca da aliança de Deus. Não havia sentido algum nessa estratégia e ela envolvia dar voltas na cidade e na última volta uma volta sétupla, finalizando com gritos e ai a muralha da cidade seria destruída. Qual estrategista terrestre pensaria numa estratégia maluca dessas? Deus nos parece com bastante senso de humor e nos ensina aqui tantas lições importantes para quando estamos diante de obstáculos aparentemente intransponíveis. Nós fomos feitos para a glória de Deus e somente em Deus – somente em Deus - nos locupletamos! Não adianta nada o esforço, 46

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS o trabalho, a luta, a conquista quando o objetivo não é darmos glórias a Deus e sim obter a conquista em si. A maior de todas as muralhas, aquela que fazia separação entre nós e Deus, foi vencida e derrubada pelo Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ela era a muralha do pecado que nos afastava de Deus e nos impedia de termos hoje uma vida abundante e próspera diante do Senhor. Por meio de seu sangue foi destruída essa barreira e hoje com ousadia podemos nos achegar ao trono da graça para acharmos ocasião em tempo oportuno. É por isso que Deus requer de nós, hoje, a fé nele e em sua obra redentora. Os que não tem fé, antes insistem em permanecer na incredulidade, Deus diz que para estes não há paz e, portanto, não podem entrar em seu descanso. “E vemos que não puderam entrar por causa da sua incredulidade.” (Hb 3:19). Em outro trecho bíblico, constatamos que a fé foi a principal responsável pela queda da muralha de Jericó. “Foi a fé que pôs abaixo as muralhas de Jericó, depois que o povo de Israel tinha andado ao redor delas durante sete dias, como Deus lhes ordenara.” (Hb 11:30). Que fé poderosa! O texto bíblico é claro ao dizer que foi a fé e a obediência às instruções claras de Deus que pôs abaixo as muralhas de Jericó. Pode-se ainda ver no texto que ela caiu por igual, permitindo a sua invasão por todos os seus flancos. As muralhas de Jericó não eram quaisquer muralhas, pelo contrário, enormes (Js 6:1). Suas principais características eram: a cidade de Jericó ocupava uma área aproximada de uns 32 km quadrados. Era protegia por muros altos de quase 10m de altura por cerca de 6m de largura, divididos em dois. O primeiro de uns dois metros de espessura e o interno de uns 4m de espessura, sendo que entre um e o outro muro havia uns 5m. Dizem que as Por Daniel Deusdete

47


Reflexões bíblicas no livro de Josué sentinelas, soldados que montavam guarda em cima dos muros, podiam ser avistados de longe. Era realmente, na época, uma cidade inexpugnável, colossal. Fé e obediência! As nossas armas não são carnais. Não foi usado dinamite, pólvora, bombas, nem foram realizadas reuniões, estratégias militares, políticas, mas tão somente a fé e a obediência. “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas, sim, poderosas em Deus, para destruição das fortalezas.” (2Co 10:4)”. Deus prometeu a vitória e o povo creu e obedeceu. A vitória foi grande e o temor e o terror caíram sobre os habitantes da vizinhança. É de se notar que o povo israelita estava cansado e já peregrinava no deserto por 40 anos e agora para conquistar Canaã surge em seu caminho uma cidade fortaleza como essa! Se não tivessem aprendido a lição no deserto que os fez peregrinar tanto tempo: um ano para cada dia, quando chegassem em Jericó teriam desfalecido. No entanto, não recuaram, nem murmuraram, mas obedeceram, cantaram louvores e a vitória foi grande. Diante do obstáculo da muralha, Josué, não usou meios humanos para rompê-la, antes, confiou cabalmente em Deus. Depois que Israel fez tudo o que Deus ordenou, a muralha ruiu e o povo pôde conquistar a cidade. Não há muralhas em nossas vidas que não possam ser rompidas pela fé! Rompa as muralhas da tua vida pela fé! Se uma tão imensa muralha foi derrubada pela fé dos israelitas que estavam sob o comando de Josué porque Deus tinha um propósito específico na vida deles quanto mais em nossas vidas cujo próprio Senhor se animou a morrer por nós nos dando sua própria vida? Não tenha medo de romper as muralhas que estão diante de ti! Mas vença-as seguindo as orientações de Deus! 48

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Deve ter sido muito cômico todos os dias Israel percorrendo a cidade com a arca da aliança a sua frente sendo conduzida pelos sacerdotes que iam tocando suas buzinas. Isso por sete dias! O que se passou no coração daquele povo que em breve haveria de ser morto? Não seria o tempo que Deus estava dando a eles para se arrependerem? E o que se passava no coração dos jovens de Israel e de todo o povo? Quanta alegria devia estar sendo gerada neles. Eu bem que gostaria de ter vivido aquele momento. Depois da queda e da invasão, Raabe não somente foi salva como prometido, mas toda a sua casa formada de sua parentela e de todos os seus bens e pertences. Salvação completa para Raabe. Js 6:1 Ora Jericó estava rigorosamente fechada por causa dos filhos de Israel; ninguém saía nem entrava. Js 6:2 Então disse o SENHOR a Josué: Olha, tenho dado na tua mão a Jericó, ao seu rei e aos seus homens valorosos. Js 6:3 Vós, pois, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercando-a uma vez; assim fareis por seis dias. Js 6:4 E sete sacerdotes levarão sete buzinas de chifres de carneiros adiante da arca, e no sétimo dia rodeareis a cidade sete vezes, e os sacerdotes tocarão as buzinas. Js 6:5 E será que, tocando-se prolongadamente a buzina de carneiro, ouvindo vós o seu sonido, todo o povo gritará com grande brado; e o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá por ele, cada um em frente. Js 6:6 Então Josué, filho de Num, chamou aos sacerdotes e disse-lhes: Levai a arca da aliança; e sete sacerdotes levem sete buzinas de chifres de carneiros, adiante da arca do SENHOR. Js 6:7 E disse ao povo: Passai e rodeai a cidade; e quem estiver armado, Por Daniel Deusdete

49


Reflexões bíblicas no livro de Josué passe adiante da arca do SENHOR. Js 6:8 E assim foi que, como Josué dissera ao povo, os sete sacerdotes, levando as sete buzinas de carneiros diante do SENHOR, passaram e tocaram as buzinas; e a arca da aliança do SENHOR os seguia. Js 6:9 E os homens armados iam adiante dos sacerdotes, que tocavam as buzinas; e a retaguarda seguia após a arca; andando e tocando as buzinas iam os sacerdotes. Js 6:10 Porém ao povo Josué tinha dado ordem, dizendo: Não gritareis, nem fareis ouvir a vossa voz, nem sairá palavra alguma da vossa boca até ao dia que eu vos diga: Gritai. Então gritareis. Js 6:11 E fez a arca do SENHOR rodear a cidade, contornando-a uma vez; e entraram no arraial, e ali passaram a noite. Js 6:12 Depois Josué se levantou de madrugada, e os sacerdotes levaram a arca do SENHOR. Js 6:13 E os sete sacerdotes, que levavam as sete buzinas de chifres de carneiros, adiante da arca do SENHOR, iam andando, e tocavam as buzinas, e os homens armados iam adiante deles e a retaguarda seguia atrás da arca do SENHOR; os sacerdotes iam andando e tocando as buzinas. Js 6:14 Assim rodearam outra vez a cidade no segundo dia e voltaram para o arraial; e assim fizeram seis dias. Js 6:15 E sucedeu que, ao sétimo dia, madrugaram ao subir da alva, e da mesma maneira rodearam a cidade sete vezes; naquele dia somente rodearam a cidade sete vezes. Js 6:16 E sucedeu que, tocando os sacerdotes pela sétima vez as buzinas, disse Josué ao povo: Gritai, porque o SENHOR vos tem dado a cidade. Js 6:17 Porém a cidade será anátema ao SENHOR, ela e tudo quanto houver nela; somente a prostituta Raabe viverá; ela e todos os que com ela estiverem em casa; porquanto escondeu os mensageiros que enviamos. Js 6:18 Tão-somente guardai-vos do anátema, para que não toqueis nem tomeis alguma coisa dele, e assim façais maldito o arraial de Israel, e o perturbeis.

50

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 6:19 Porém toda a prata, e o ouro, e os vasos de metal, e de ferro são consagrados ao SENHOR; irão ao tesouro do SENHOR. Js 6:20 Gritou, pois, o povo, tocando os sacerdotes as buzinas; e sucedeu que, ouvindo o povo o sonido da buzina, gritou o povo com grande brado; e o muro caiu abaixo, e o povo subiu à cidade, cada um em frente de si, e tomaram a cidade. Js 6:21 E tudo quanto havia na cidade destruíram totalmente ao fio da espada, desde o homem até à mulher, desde o menino até ao velho, e até ao boi e gado miúdo, e ao jumento. Js 6:22 Josué, porém, disse aos dois homens que tinham espiado a terra: Entrai na casa da mulher prostituta, e tirai-a de lá com tudo quanto tiver, como lhe tendes jurado. Js 6:23 Então entraram os jovens espias, e tiraram a Raabe e a seu pai, e a sua mãe, e a seus irmãos, e a tudo quanto tinha; tiraram também a toda a sua parentela, e os puseram fora do arraial de Israel. Js 6:24 Porém a cidade e tudo quanto havia nela queimaram a fogo; tão-somente a prata, e o ouro, e os vasos de metal e de ferro, deram para o tesouro da casa do SENHOR. Js 6:25 Assim deu Josué vida à prostituta Raabe e à família de seu pai, e a tudo quanto tinha; e habitou no meio de Israel até ao dia de hoje; porquanto escondera os mensageiros que Josué tinha enviado a espiar a Jericó. Js 6:26 E naquele tempo Josué os esconjurou, dizendo: Maldito diante do SENHOR seja o homem que se levantar e reedificar esta cidade de Jericó; sobre seu primogênito a fundará, e sobre o seu filho mais novo lhe porá as portas. Js 6:27 Assim era o SENHOR com Josué; e corria a sua fama por toda a terra.

Raabe, uma cananéia – o que prova que Deus não era anticananeu, pelo contrário ele sempre é aceitável em todas as nações àqueles que o temem e o buscam de coração - foi finalmente acolhida e passou a viver com Israel e logo, logo, viria a se tornar Por Daniel Deusdete

51


Reflexões bíblicas no livro de Josué uma das escolhidas de Deus para perpetuar a sua semente messiânica. Tremendo o que Deus fez na vida dessa mulher! Depois da conquista e do triunfo, Josué lança uma maldição sobre a cidade que iria se cumprir no futuro. A cidade devia permanecer sob a maldição de Deus como um sinal do julgamento divino que havia sobrevindo aos cananeus e que poderia cair sobre Israel – I Re 16:34. O capítulo encerra dizendo que Deus era com Josué e que por conta disso, corria a sua fama por toda a terra.

Josué 7:1-26 Segmentação e Reflexões Estamos no capítulo 7 e até ao capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29. De forma resumida, veremos a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 (já vista) e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29 (começaremos agora). A primeira batalha foi apresentada como exemplo de combate ideal. A segunda, como veremos, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. O exemplo negativo da batalha em Ai – 7:1 – 8:29 Dividiremos essa seção em duas partes: a. Os erros de Israel – 7:126 e b. A queda de Ai – 8:1-29. Os erros de Israel – 7:1-26 52

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Acã, um homem que prevaricou, faz toda uma nação sofrer uma derrota terrível, num momento que não poderia. O verso primeiro fala que transgrediram os filhos de Israel no anátema porque Acã tomou do anátema. Um só tomou e todos haverão de pagar. Isso me faz lembrar do primeiro Adão que pecou e todos nós nos tornamos pecadores e do segundo Adão, Jesus Cristo, que morreu por todos nós e a sua justiça foi a todos nós atribuída e nos tornamos justificados diante dele. Fora de Jericó mesmo, ainda experimentando o sabor da vitória que tinha sido concedida por causa da fé e da obediência que aqueles espias foram enviados a AI e trouxeram um relato tranquilo que dava sossego a Josué e a todo povo. Basta apenas uns 2000 e a vitória e certa. Josué envia 3000 e são derrotados e humilhados. Aquilo o abalou profundamente e ele vai buscar a resposta diante do Senhor e se prostra próximo à arca da aliança. Josué ora ao Senhor e por não entender o que houve apresenta toda a sua queixa. Ele pergunta por quê? Ele queria entender o que houve. Não é sábio perguntarmos a Deus o por quê das coisas pelo fato de não termos toda a visão delas e corrermos sérios riscos de acusar a Deus de injustiça. Dizem que ao invés do por quê que perguntemos ao Senhor para o quê, ou seja, qual foi a finalidade. No entanto havia um por quê e Deus responde a Josué. Primeiramente lhe dá uma bronca porque ele se achava prostrado e pediu-lhe para se por de pé. Israel havia pecado transgredindo a aliança e estavam sob maldição e não podia o Senhor ser com eles, por isso falharam. Era necessário tirar o anátema do meio do povo para que pudessem vencer. Deus, misericordiosamente, mostra a Josué Por Daniel Deusdete

53


Reflexões bíblicas no livro de Josué onde este se encontra – debaixo de sua bagagem - e o desafia a encontrar o responsável e Josué faz algo surpreendente. Por meio de sorteios – provavelmente o uso do Urim e do Tumim, assim me parece ter acontecido quando o próprio Senhor ia tomando (vs 14 e 15) -, vai separando as tribos, os grupos, as famílias, a casa até chegar em Acã. Acã era da tribo daqueles que guardavam a semente messiânica. Acã sendo intimado por Josué confessa quando este pede para ele dar glórias a Deus e render-lhe louvores – Josué agiu como um homem que não somente cria na onipotência de Deus, mas principalmente em sua soberania, razão porque falou dessa forma com Acã - confessando o seu pecado. Ele havia subtraído das coisas não permitidas: uma boa capa babilônica, duzentos siclos de prata, e uma cunha de ouro, do peso de cinqüenta siclos. Por causa disso ele e toda a sua família e todos os seus bens e pertences foram apedrejados e queimados. Ele, Acã, na sua confissão, afirmou a sequência maligna do pecado, conforme podemos notar também em Gn 3:6. “Vendo...”, “Desejável...” e “Tomou....”. O vs 21 diz: “Vi... cobicei-os e tomei-os”. Eva também viu, achou desejável, tomou e comeu do fruto proibido. Davi também com Bate-Seba: viu, achou desejável e a tomou. Que sejamos guardados disso pelo Espírito Santo. Js 7:1 E transgrediram os filhos de Israel no anátema; porque Acã filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zerá, da tribo de Judá, tomou do anátema, e a ira do SENHOR se acendeu contra os filhos de Israel. Js 7:2 Enviando, pois, Josué, de Jericó, alguns homens a Ai, que está junto a Bete-Aven do lado do oriente de Betel, falou-lhes dizendo: Subi, e espiai a terra. Subiram, pois, aqueles homens, e espiaram a Ai. Js 7:3 E voltaram a Js, e disseram-lhe:

54

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Não suba todo o povo; subam uns dois mil, ou três mil homens, a ferir a Ai; não fatigueis ali a todo o povo, porque poucos são. Js 7:4 Assim, subiram lá, do povo, uns três mil homens, os quais fugiram diante dos homens de Ai. Js 7:5 E os homens de Ai feriram deles uns trinta e seis, e os perseguiram desde a porta até Sebarim, e os feriram na descida; e o coração do povo se derreteu e se tornou como água. Js 7:6 Então Josué rasgou as suas vestes, e se prostrou em terra sobre o seu rosto perante a arca do SENHOR até à tarde, ele e os anciãos de Israel; e deitaram pó sobre as suas cabeças. Js 7:7 E disse Josué: Ah! Senhor Deus! Por que, com efeito, fizeste passar a este povo o Jordão, para nos entregares nas mãos dos amorreus para nos fazerem perecer? Antes nos tivéssemos contentado em ficar além do Jordão! Js 7:8 Ah, SENHOR! Que direi? Pois Israel virou as costas diante dos inimigos! Js 7:9 Ouvindo isto, os cananeus, e todos os moradores da terra, nos cercarão e desarraigarão o nosso nome da terra; e então que farás ao teu grande nome? Js 7:10 Então disse o SENHOR a Josué: Levanta-te; por que estás prostrado assim sobre o teu rosto? Js 7:11 Israel pecou, e transgrediram a minha aliança que lhes tinha ordenado, e tomaram do anátema, e furtaram, e mentiram, e debaixo da sua bagagem o puseram. Js 7:12 Por isso os filhos de Israel não puderam subsistir perante os seus inimigos; viraram as costas diante dos seus inimigos; porquanto estão amaldiçados; não serei mais convosco, se não desarraigardes o anátema do meio de vós. Js 7:13 Levanta-te, santifica o povo, e dize: Santificai-vos para amanhã, porque assim diz o SENHOR Deus de Israel: Anátema há no meio de ti, Israel; diante dos teus inimigos não poderás suster-te, até que tireis o anátema do meio de vós. Por Daniel Deusdete

55


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 7:14 Amanhã, pois, vos chegareis, segundo as vossas tribos; e será que a tribo que o SENHOR tomar se chegará, segundo as famílias; e a família que o SENHOR tomar se chegará por casas; e a casa que o SENHOR tomar se chegará homem por homem. Js 7:15 E será que aquele que for tomado com o anátema será queimado a fogo, ele e tudo quanto tiver; porquanto transgrediu a aliança do SENHOR, e fez uma loucura em Israel. Js 7:16 Então Josué se levantou de madrugada, e fez chegar a Israel, segundo as suas tribos; e a tribo de Judá foi tomada; Js 7:17 E, fazendo chegar a tribo de Judá, tomou a família dos zeraítas; e fazendo chegar a família dos zeraítas homem por homem, foi tomado Zabdi; Js 7:18 E, fazendo chegar a sua casa, homem por homem, foi tomado Acã, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zerá, da tribo de Judá. Js 7:19 Então disse Josué a Acã: Filho meu, dá, peço-te, glória ao SENHOR Deus de Israel, e faze confissão perante ele; e declara-me agora o que fizeste, não mo ocultes. Js 7:20 E respondeu Acã a Josué, e disse: Verdadeiramente pequei contra o SENHOR Deus de Israel, e fiz assim e assim. Js 7:21 Quando vi entre os despojos uma boa capa babilônica, e duzentos siclos de prata, e uma cunha de ouro, do peso de cinqüenta siclos, cobicei-os e tomei-os; e eis que estão escondidos na terra, no meio da minha tenda, e a prata por baixo dela. Js 7:22 Então Josué enviou mensageiros, que foram correndo à tenda; e eis que tudo estava escondido na sua tenda, e a prata por baixo. Js 7:23 Tomaram, pois, aquelas coisas do meio da tenda, e as trouxeram a Josué e a todos os filhos de Israel; e as puseram perante o SENHOR. Js 7:24 Então Josué, e todo o Israel com ele, tomaram a Acã

56

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS filho de Zerá, e a prata, e a capa, e a cunha de ouro, e seus filhos, e suas filhas, e seus bois, e seus jumentos, e suas ovelhas, e sua tenda, e tudo quanto ele tinha; e levaram-nos ao vale de Acor. Js 7:25 E disse Josué: Por que nos perturbaste? O SENHOR te perturbará neste dia. E todo o Israel o apedrejou; e os queimaram a fogo depois de apedrejá-los. Js 7:26 E levantaram sobre ele um grande montão de pedras, até o dia de hoje; assim o SENHOR se apartou do ardor da sua ira; pelo que aquele lugar se chama o vale de Acor, até ao dia de hoje.

Acã sofreu as consequências de seus atos e por conta disso toda a sua família e bens sofreram igualmente. Pela narrativa, eu não gostei do desfecho com a família de Acã, mas não podemos deixar de imaginar também, que todos pudessem ter sido cúmplices diante disso e o julgamento veio sem misericórdia para todos, assim como a misericórdia e a salvação vieram para Raabe e toda a sua família. Quem somos nós para julgar a justiça? Como diríamos para a justiça que sua justiça não é justa? Absurdo! Deus é justiça e ele não comete injustiças. Se temos algum senso podre de justiça, o pouco que temos, vem dele, da Justiça verdadeira. Uma vez que a ira de Deus é justa, ela cessa completamente quando o pecado é tratado perfeitamente. Isso é um princípio fundamental para os ensinamentos do Novo Testamento acerca da morte de Cristo como um sacrifício expiatório e propiciatório perfeito e completo – Rm 3:25,26. À título de esclarecimento: Vale de Acor significa vale da calamidade. Por Daniel Deusdete

57


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 8:1-35 Segmentação e Reflexões Estamos no capítulo 8 e até ao capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes. Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29 – concluiremos neste capítulo. Em seguida, também iniciaremos e já concluiremos a terceira subparte chamada de “A renovação da aliança” – vs 30-35. De forma resumida, estamos vendo a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutará em Jericó 2:1 – 6:27 (já vista) e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29 (terminaremos neste capítulo). A primeira batalha foi apresentada como exemplo de combate ideal. A segunda, como veremos, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados. O exemplo negativo da batalha em Ai – 7:1 – 8:29 Dividiremos essa seção em duas partes: a. Os erros de Israel – 7:126 (já visto) e b. A queda de Ai – 8:1-29 (veremos agora). A queda de Ai – 8:1-29 Da primeira vez, por causa da prevaricação de Acã que contaminou todo o Israel, eles não puderam derrotar Ai. Os espias disseram que bastavam uns 2000 para dar fim neles e Josué enviou 3000 e ao fim foram humilhados. Resolvida a questão do pecado, o Senhor garante a Josué a vitória e pede-lhe que vá contra eles que agora ele irá com eles e triunfarão. 58

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Primeiro, o Senhor lhe disse para não temer e não se espantar, isto é, cuidou de seu coração e mente que estavam preocupados e cheios de dúvidas. Em segundo lugar, pediu que ele enviasse todos os homens de guerra e ele obedeceu e agora não mandou nem 2000, nem 3000, mas 30000 homens de guerra obedecendo ao Senhor. Terceiro, mandou que investissem contra Ai e venceriam. Quarto, autorizou eles a tomarem dos despojos para si. Josué então se prepara e traça uma estratégia de guerra contra eles ao lhes preparar uma armadilha para os apanhar na sua arrogância, pois pensaram que seria como da primeira vez que colocaram os israelitas para correrem deles. Começaram a perseguir um flanco de José e deixaram para trás toda a cidade desguarnecida de proteção. Nenhum homem ficou para guardar ou de sentinela sobre a cidade, mas todos saíram em perseguição a Josué que se parecia aos olhos deles como fugitivos e feridos de guerra. O Senhor dos Exércitos estava na batalha com eles e os ajudou. Embora Josué comandasse o seu exército, foi do Senhor que houve o comando para a hora exata de Josué estender a sua lança para Ai. E ao obedecer, Ai fora destruída conforme tinham combinado e colocaram fogo na cidade e os perseguidores ao olharem para trás se surpreenderam e viram que tinham caído em uma armadilha e tentaram fugir, mas de todos os lados o inimigo vinha contra eles, inclusive Josué se voltou também contra eles e todos foram destruídos e mortos. Deus usou Israel para executar o seu juízo contra todos aqueles povos e foram todos mortos. No vs 18, o Senhor manda Josué, à semelhança de Moisés (quando ele levantou seu bordão e estendeu sobre o mar para os israelitas passarem; e, quando Moisés levantou novamente seu Por Daniel Deusdete

59


Reflexões bíblicas no livro de Josué bordão no momento em que Israel lutava contra os amalequitas Ex 14:16; 17:8-13), levantar a sua lança e no verso 26, ainda está escrito que Josué mantinha sua lança levantada contra Ai. Enquanto ela ficou levantada, Israel prevaleceu totalmente e conseguiram eliminar 12000, entre homens e mulheres. O juízo veio sem misericórdia àquele povo pelas mãos dos israelitas, como poderia ter vindo por um furacão, ou terremoto ou qualquer outro povo ou evento. A vida pertence a Deus que nos dá e tira sem contudo ser injusto ou praticar maldade. A renovação da aliança – 8:30-35 Ai fora definitivamente derrotada, depois de Israel ter sido humilhado primeiramente ao permitir o pecado entrar por meio de Acã. Eles estavam felizes pelo bom êxito e porque houvera o Senhor maravilhosamente com eles ajudando-os a vencerem a batalha. Josué e o povo feliz, constroem um altar ao Senhor, no monte Ebal, conforme Moisés tinha orientado e conforme o que estava escrito e ali ofereceram holocaustos e ofertas pacíficas. O monte Ebal ficava a poucos quilômetros ao norte de Siquém e ali haverá – no capítulo 24 veremos – uma assembleia importante. Foi também aqui que Abraão recebeu a promessa – “darei à tua descendência esta terra” (Gn 12:7) – e ali, ele tinha construído um altar. Com a construção do altar de Josué ali, também naquele lugar, a promessa estava sendo cumprida. Ele também escreveu em pedras – talvez as pedras toscas do próprio altar - uma cópia da lei de Moisés. Depois disso todos se posicionaram de um e de outro lado da arca. Metade deles se posicionaram diante do monte Ebal e metade diante do monte Gerazim. 60

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Em seguida, leu todas as palavras da lei, a bênção e a maldição e a ênfase do texto bíblico é que não houve nenhuma palavra que fora omitida, isto é, a leitura foi atenta, zelosa e cuidadosa e o silêncio deveria ser enorme ali diante de todo o povo. Js 8:1 Então disse o SENHOR a Josué: Não temas, e não te espantes; toma contigo toda a gente de guerra, e levanta-te, sobe a Ai; olha que te tenho dado na tua mão o rei de Ai e o seu povo, e a sua cidade, e a sua terra. Js 8:2 Farás, pois, a Ai e a seu rei, como fizeste a Jericó, e a seu rei; salvo que, para vós, tomareis os seus despojos, e o seu gado; põe emboscadas à cidade, por detrás dela. Js 8:3 Então Josué levantou-se, e toda a gente de guerra, para subir contra Ai; e escolheu Josué trinta mil homens valorosos, e enviou-os de noite. Js 8:4 E deu-lhes ordem, dizendo: Olhai! Ponde-vos de emboscadas contra a cidade, por detrás dela; não vos alongueis muito da cidade; e estai todos vós atentos. Js 8:5 Porém eu e todo o povo que está comigo nos aproximaremos da cidade; e será que, quando nos saírem ao encontro, como antes, fugiremos diante deles. Js 8:6 Deixai-os, pois, sair atrás de nós, até que os tiremos da cidade; porque dirão: Fogem diante de nós como antes. Assim fugiremos diante deles. Js 8:7 Então saireis vós da emboscada, e tomareis a cidade; porque o SENHOR vosso Deus vo-la dará nas vossas mãos. Js 8:8 E será que tomando vós a cidade, por-lhe-eis fogo; conforme a palavra do SENHOR fareis; olhai que vo-lo tenho mandado. Js 8:9 Assim Josué os enviou, e eles se foram à emboscada; e ficaram entre Betel e Ai, ao ocidente de Ai; porém Josué passou aquela noite no meio do povo. Js 8:10 E levantou-se Josué de madrugada, e contou o povo; e subiram ele e os anciãos de Israel adiante do povo contra Ai. Js 8:11 E subiram também todos os homens de guerra, que estavam com ele; Por Daniel Deusdete

61


Reflexões bíblicas no livro de Josué e aproximaram-se, e chegaram defronte da cidade; e alojaram-se do lado norte de Ai, e havia um vale entre eles e Ai. Js 8:12 Tomou também uns cinco mil homens, e pô-los de emboscada entre Betel e Ai, ao ocidente da cidade. Js 8:13 E puseram o povo, todo o arraial que estava ao norte da cidade, e a emboscada ao ocidente da cidade; e foi Josué aquela noite até ao meio do vale. Js 8:14 E sucedeu que, vendo-o o rei de Ai, ele e todo o seu povo se apressaram, e se levantaram de madrugada, e os homens da cidade saíram ao encontro de Israel ao combate, ao tempo determinado, defronte das campinas; porém ele não sabia que se achava uma emboscada contra ele atrás da cidade. Js 8:15 Josué, pois, e todo o Israel se houveram como feridos diante deles, e fugiram pelo caminho do deserto. Js 8:16 Por isso todo o povo, que estava na cidade, foi convocado para os seguir; e seguiram a Josué e foram afastados da cidade. Js 8:17 E nem um só homem ficou em Ai, nem em Betel, que não saísse após Israel; e deixaram a cidade aberta, e seguiram a Israel. Js 8:18 Então o SENHOR disse a Josué: Estende a lança que tens na tua mão, para Ai, porque a darei na tua mão. E Josué estendeu a lança, que estava na sua mão, para a cidade. Js 8:19 Então a emboscada se levantou apressadamente do seu lugar, e, estendendo ele a sua mão, correram e entraram na cidade, e a tomaram; e apressando-se, puseram fogo na cidade. Js 8:20 E virando-se os homens de Ai para trás, olharam, e eis que a fumaça da cidade subia ao céu, e não puderam fugir nem para uma parte nem para outra, porque o povo, que fugia para o deserto, se tornou contra os que os seguiam. Js 8:21 E vendo Josué e todo o Israel que a emboscada tomara a cidade, e que a fumaça da cidade subia, voltaram, e feriram os homens de Ai.

62

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 8:22 Também aqueles da cidade lhes saíram ao encontro, e assim ficaram no meio dos israelitas, uns de uma, e outros de outra parte; e feriram-nos, até que nenhum deles sobreviveu nem escapou. Js 8:23 Porém ao rei de Ai tomaram vivo, e o trouxeram a Josué. Js 8:24 E sucedeu que, acabando os israelitas de matar todos os moradores de Ai no campo, no deserto, onde os tinham seguido, e havendo todos caído ao fio da espada, até serem consumidos, todo o Israel se tornou a Ai e a feriu ao fio de espada. Js 8:25 E todos os que caíram aquele dia, assim homens como mulheres, foram doze mil, todos moradores de Ai. Js 8:26 Porque Josué não retirou a sua mão, que estendera com a lança, até destruir totalmente a todos os moradores de Ai. Js 8:27 Tão-somente os israelitas tomaram para si o gado e os despojos da cidade, conforme à palavra do SENHOR, que tinha ordenado a Josué. Js 8:28 Queimou, pois, Josué a Ai e a tornou num montão perpétuo, em ruínas, até ao dia de hoje. Js 8:29 E ao rei de Ai enforcou num madeiro, até à tarde; e ao pôr do sol ordenou Josué que o seu corpo fosse tirado do madeiro; e o lançaram à porta da cidade, e levantaram sobre ele um grande montão de pedras, até o dia de hoje. Js 8:30 Então Josué edificou um altar ao SENHOR Deus de Israel, no monte Ebal. Js 8:31 Como Moisés, servo do SENHOR, ordenara aos filhos de Israel, conforme ao que está escrito no livro da lei de Moisés, a saber: um altar de pedras inteiras, sobre o qual não se moverá instrumento de ferro; e ofereceram sobre ele holocaustos ao SENHOR, e sacrificaram ofertas pacíficas. Js 8:32 Também escreveu ali, em pedras, uma cópia da lei de Moisés, que este havia escrito diante dos filhos de Israel. Js 8:33 E todo o Israel, com os seus anciãos, e os seus príncipes, e os seus juízes, estavam de um e de outro lado da arca, perante os sacerdotes levitas, que levavam a arca da Por Daniel Deusdete

63


Reflexões bíblicas no livro de Josué aliança do SENHOR, assim estrangeiros como naturais; metade deles em frente do monte Gerizim, e a outra metade em frente do monte Ebal, como Moisés, servo do SENHOR, ordenara, para abençoar primeiramente o povo de Israel. Js 8:34 E depois leu em alta voz todas as palavras da lei, a bênção e a maldição, conforme a tudo o que está escrito no livro da lei. Js 8:35 Palavra nenhuma houve, de tudo o que Moisés ordenara, que Josué não lesse perante toda a congregação de Israel, e as mulheres, e os meninos, e os estrangeiros, que andavam no meio deles.

Josué estava feliz e seguia todas as instruções e orientações de Moisés ao tempo em que procurava agradar ao Senhor em tudo o que fazia e se dedicava. Ainda assim, com todo seu cuidado, ainda se deixará levar pela estratégia inimiga que acabará os enganando e eles cometerão um acordo que não deveriam, mas isso veremos no próximo capítulo.

Josué 9:1-27 Segmentação e Reflexões Entramos no capítulo 9 e até ao capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, a partir de agora, em nossa terceira subparte de nossa divisão em seis subpartes: As últimas batalhas de expansão – 9:1 – 11:15. As últimas batalhas de expansão é também dividida em três seções. 1). As coalisões formadas contra Israel – 9:1-2. 2). A vitória nos territórios do sul – 9:3 a 10:43. 3). A vitória nos territórios do norte – 11:1-15. 1). As coalisões formadas contra Israel – 9:1-2 64

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS As notícias estavam se espalhando pelas nações e povos vizinhos e em todos havia medo, terror e tremor por causa, principalmente, dos grandes feitos extraordinários de Israel como a travessia do rio Jordão a pés enxuto, a derrubada da grande muralha de Jericó, a derrota de Ai de forma estratégica. Aqueles povos se reuniram contra Israel e se prepararam para a batalha, pois sabiam que a hora deles estava por chegar, mas não iriam se entregar facilmente, haveriam de lutar. Deus já os tinha julgado e condenado e Israel estava sendo o instrumento de justiça de Deus contra os heteus, e os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus, e os jebuseus. 2). A vitória nos territórios do sul – 9:3 a 10:43 No entanto, os moradores de Gibeon, logo perceberam que não haveria jeito algum contra Israel e resolvem agir com astúcia. Diz provérbios 7:29 que Deus fez o homem reto, mas este se meteu em grandes astúcias. Eles planejaram algo impensável por parte de qualquer um e mostraram respeito, medo e temor a Deus, talvez por isso tenham sido bem sucedidos contra o terrível Israel. Já Israel falhou gravemente, principalmente seu líder maior Josué por ter falhado na segurança e ter confiado demais em suas fortalezas e famas e sucessos anteriores e atuais. Quem está na batalha, não pode baixar a guarda por que não sabe ele como virá o mal e de que forma poderá o afetar. Nós, no tempo da graça, estamos em guerra e não podemos nos juntar com os gibeonitas atuais e abrir brechas em nossas defesas. O maligno não descansa procurando na última hora quem possa devorar. Por Daniel Deusdete

65


Reflexões bíblicas no livro de Josué A astúcia deles começou usando o nome do Senhor e exaltaram a Deus conforme a linguagem deles a qual era de dar glórias ao nome de Deus. Em seguida, falaram dos grandes feitos deles, elogiando-os e isso mexeu com o alterego deles e ficaram orgulhosos em ouvir elogios e saberem de suas famas por toda a terra. Em terceiro lugar, se ofereceram como servos deles, provocando ainda mais a sensação de orgulho da parte deles. Em quarto lugar e definitivamente, cometeram o maior vacilo ao tomarem de suas provisões sem consultar ao Senhor. Não eram coisas velhas e estragadas pelo tempo? Não vieram como servos e todos humildezinhos, que provisões eram aquelas que cobiçaram? Até porcaria, por causa, da mente entorpecida pelo engano, eles receberam como algo de valor. Os homens de Israel já creram em tudo e foram apanhando as coisas e fazendo suas alianças e prometendo um ao outro fidelidade, proteção, cuidado. Esqueceram-se da ordem de Deus de não se aliançarem com povo algum daquela região. O pecado entrou em Israel pela brecha não fechada e a palavra do Senhor se cumprirá na vida de Israel para o mal do próprio povo que estava ali rejeitando ao Senhor. A farsa somente durou três dias e foi descoberta, mas ai já o tempo havia se passado e todos se revoltaram contra os príncipes de Israel que fizeram tal acordo com boa parte dos heveus: Gibeom e Cefira, e Beerote, e Quiriate-Jearim. Os principais líderes ao serem interpelados defenderam a palavra deles para não vir sobre o povo mal maior e tiveram que conviver com eles em seu meio, não os matando. Josué os interroga e eles explicam que temeram por suas vidas e por isso agiram assim. Josué os amaldiçoa e eles nem ligaram, 66

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS estavam salvos, vivos e iriam prosperar com a prosperidade dos israelitas ainda que os servindo. Js 9:1 E sucedeu que, ouvindo isto todos os reis, que estavam aquém do Jordão, nas montanhas, e nas campinas, em toda a costa do grande mar, em frente do Líbano, os heteus, e os amorreus, os cananeus, os perizeus, os heveus, e os jebuseus, Js 9:2 Se ajuntaram eles de comum acordo, para pelejar contra Josué e contra Israel. Js 9:3 E os moradores de Gibeom ouvindo o que Josué fizera com Jericó e com Ai, Js 9:4 Usaram de astúcia, e foram e se fingiram embaixadores, e levando sacos velhos sobre os seus jumentos, e odres de vinho, velhos, e rotos, e remendados; Js 9:5 E nos seus pés sapatos velhos e remendados, e roupas velhas sobre si; e todo o pão que traziam para o caminho era seco e bolorento. Js 9:6 E vieram a Josué, ao arraial, a Gilgal, e disseram a ele e aos homens de Israel: Viemos de uma terra distante; fazei, pois, agora, acordo conosco. Js 9:7 E os homens de Israel responderam aos heveus: Talvez habitais no meio de nós; como pois faremos acordo convosco? Js 9:8 Então disseram a Josué: Nós somos teus servos. E disse-lhes Josué: Quem sois vós, e de onde vindes? Js 9:9 E lhe responderam: Teus servos vieram de uma terra mui distante, por causa do nome do SENHOR teu Deus, porquanto ouvimos a sua fama, e tudo quanto fez no Egito; Js 9:10 E tudo quanto fez aos dois reis dos amorreus, que estavam além do Jordão, a Siom rei de Hesbom, e a Ogue, rei de Basã, que estava em Astarote. Js 9:11 Por isso nosso anciãos e todos os moradores da nossa terra nos falaram, dizendo: Tomai em vossas mãos provisão para o caminho, Por Daniel Deusdete

67


Reflexões bíblicas no livro de Josué e ide-lhes ao encontro e dizei-lhes: Nós somos vossos servos; fazei, pois, agora acordo conosco. Js 9:12 Este nosso pão tomamos quente das nossas casas para nossa provisão, no dia em que saímos para vir a vós; e ei-lo aqui agora já seco e bolorento; Js 9:13 E estes odres, que enchemos de vinho, eram novos, e ei-los aqui já rotos; e estas nossas roupas e nossos sapatos já se têm envelhecido, por causa do mui longo caminho. Js 9:14 Então os homens de Israel tomaram da provisão deles e não pediram conselho ao SENHOR. Js 9:15 E Josué fez paz com eles, e fez um acordo com eles, que lhes daria a vida; e os príncipes da congregação lhes prestaram juramento. Js 9:16 E sucedeu que, ao fim de três dias, depois de fazerem acordo com eles, ouviram que eram seus vizinhos, e que moravam no meio deles. Js 9:17 Porque, partindo os filhos de Israel, chegaram às cidades deles ao terceiro dia; e suas cidades eram Gibeom e Cefira, e Beerote, e Quiriate-Jearim. Js 9:18 E os filhos de Israel não os feriram; porquanto os príncipes da congregação lhes juraram pelo SENHOR Deus de Israel; por isso toda a congregação murmurava contra os príncipes. Js 9:19 Então todos os príncipes disseram a toda a congregação: Nós juramos-lhes pelo SENHOR Deus de Israel, pelo que não lhes podemos tocar. Js 9:20 Isto, porém, lhes faremos: conservar-lhes-emos a vida, para que não haja grande ira sobre nós, por causa do juramento que já lhes fizemos. Js 9:21 Disseram-lhes, pois, os príncipes: Vivam, e sejam rachadores de lenha e tiradores de água para toda a congregação, como os príncipes lhes disseram. Js 9:22 E Josué os chamou, e falou-lhes dizendo: Por que nos enganastes dizendo: Mui longe de vós habitamos, morando vós

68

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS no meio de nós? Js 9:23 Agora, pois, sereis malditos; e dentre vós não deixará de haver servos, nem rachadores de lenha, nem tiradores de água, para a casa do meu Deus. Js 9:24 Então responderam a Josué, e disseram: Porquanto com certeza foi anunciado aos teus servos que o SENHOR teu Deus ordenou a Moisés, seu servo, que a vós daria toda esta terra, e destruiria todos os moradores da terra diante de vós, tememos muito por nossas vidas por causa de vós; por isso fizemos assim. Js 9:25 E eis que agora estamos na tua mão; faze-nos aquilo que te pareça bom e reto. Js 9:26 Assim pois lhes fez, e livrou-os das mãos dos filhos de Israel, e não os mataram. Js 9:27 E naquele dia, Josué os fez rachadores de lenha e tiradores de água para a congregação e para o altar do SENHOR, até ao dia de hoje, no lugar que ele escolhesse.

Eles não consultaram ao Senhor e se deram mal. Quantas não são as coisas que fazemos desprezando ao Senhor e depois procuramos sua ajuda por causa de nossos acordos malignos? A cidade de Gibeão situa-se num morro de cerca de 60m acima das planícies circunvizinhas e próxima de Jerusalém, uns 9,5 Km. Era habitada pelos Heveus que era uma das 7 nações cananéias destinadas à destruição. (Dt 7:1, 2). Essa cidade ainda pertenceu ao território de Benjamim a qual foi designada aos sacerdotes araônicos (Js 18:25).

Josué 10:-1-43 Segmentação e Reflexões Estamos no capítulo 10 e até o capítulo 12, veremos a primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, estamos Por Daniel Deusdete

69


Reflexões bíblicas no livro de Josué em nossa terceira subparte de nossa divisão em seis subpartes: As últimas batalhas de expansão – 9:1 – 11:15. As últimas batalhas de expansão é também dividida em três seções. 1). As coalisões formadas contra Israel – 9:1-2 (já vista). 2). A vitória nos territórios do sul – 9:3 a 10:43 (já iniciada no capítulo anterior e será concluída agora. 3). A vitória nos territórios do norte – 11:1-15. 2). A vitória nos territórios do sul – 9:3 a 10:43 Josué foi feliz e derrotou todos os inimigos não por que seu exército era o melhor e o mais bem preparado, mas por que Deus resolvera dar a eles a vitória. Enquanto tenho o trabalho de ler, meditar, estudar e escrever sobre os textos que leio das sagradas Escrituras, o que mais vejo nelas é Deus falando, Deus fazendo, Deus mostrando, Deus instruindo, Deus aparecendo, Deus se revelando, Deus fazendo alianças, Deus se aproximando, Deus conduzindo. Paralelamente, é o homem pecando, caindo, falhando, sendo ingrato, mal, reclamando, murmurando, transgredindo. Se não fosse Deus, o homem já era. Deus de fato nos ama apesar de nós! Reparem no verso 40 que diz que assim feriu Josué toda aquela terra, as montanhas, o sul, e as campinas, e as descidas das águas, e a todos os seus reis; nada deixou; mas tudo o que tinha fôlego destruiu, como ordenara o SENHOR Deus de Israel. Josué destruiu tudo como ordenara o Senhor! Ele seguiu claramente as ordens do Senhor e tudo destruiu, mas ele somente destruiu obedecendo ao Senhor por que o Senhor tinha dado a ele a vitória sobre os inimigos.

70

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Também reparem que no verso 42 é dito que de uma vez tomou Josué todos estes reis, e as suas terras; porquanto o SENHOR Deus de Israel pelejava por Israel. Deus ordenou, mandou, eles obedeceram e Deus mesmo lhes deu a vitória porque pelejava por Israel. É como entrar num jogo ou numa guerra já sabendo antecipadamente o resultado e o desfecho final. Ao estudarmos e ao meditarmos em sua palavra, vemos o quão maravilhoso é Deus e como ele faz coisas engraçadas e incríveis que abalam todo o nosso ser. A fama deles corria por todos os lados e quanto mais avançavam e venciam, mais se falavam deles e mais os povos os temiam. Deus tanto pelejava por eles que em dado momento da perseguição temeram que não daria tempo para persegui-los por que o sol iria se por, mas ai Josué pede a Deus que o sol e a lua dessem um tempinho para eles concluírem suas missões. Deus pelejava por Israel e assim atende a voz de um homem com relação a um astro que jamais poderia sofrer qualquer interrupção pelas leis da física e da mecânica do universo. O pedido de Josué era impossível e sem sentido, mas mesmo assim, Deus o atende. Vemos ainda Deus enviando saraivadas de pedras contra os inimigos. O número de mortos pelas pedras que caiam dos céus estava sendo maior do que pelas mãos dos guerreiros. Assim, vejo Deus diante de nossos obstáculos e guerras e lutas e combates que enfrentamos na presente era enquanto aguardamos a volta do Cristo que foi, mas que voltará em breve para estar conosco para sempre.

Por Daniel Deusdete

71


Reflexões bíblicas no livro de Josué Você pode imaginar o que é passar uma eternidade junto com o Senhor e toda a sua criação sem poder pecar jamais? Por isso que as Escrituras afirmam que a natureza geme aguardando a manifestação dos filhos de Deus. Está chegando a hora povo de Deus! espere mais um pouquinho! Js 10:1 E sucedeu que, ouvindo Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, que Josué tomara a Ai, e a tinha destruído totalmente, e fizera a Ai, e ao seu rei, como tinha feito a Jericó e ao seu rei, e que os moradores de Gibeom fizeram paz com os israelitas, e estavam no meio deles, Js 10:2 Temeram muito, porque Gibeom era uma cidade grande, como uma das cidades reais, e ainda maior do que Ai, e todos os seus homens valentes. Js 10:3 Pelo que Adoni-Zedeque, rei de Jerusalém, enviou a Hoão, rei de Hebrom, e a Pirão, rei de Jarmute, e a Jafia, rei de Laquis e a Debir, rei de Eglom, dizendo: Js 10:4 Subi a mim, e ajudai-me, e firamos a Gibeom, porquanto fez paz com Josué e com os filhos de Israel. Js 10:5 Então se ajuntaram, e subiram cinco reis dos amorreus, o rei de Jerusalém, o rei de Hebrom, o rei de Jarmute, o rei de Laquis, o rei de Eglom, eles e todos os seus exércitos; e sitiaram a Gibeom e pelejaram contra ela. Js 10:6 Enviaram, pois, os homens de Gibeom a Josué, ao arraial de Gilgal, dizendo: Não retires as tuas mãos de teus servos; sobe apressadamente a nós, e livra-nos e ajuda-nos, porquanto todos os reis dos amorreus, que habitam na montanha, se ajuntaram contra nós. Js 10:7 Então subiu Josué, de Gilgal, ele e toda a gente de guerra com ele, e todos os homens valorosos. Js 10:8 E o SENHOR disse a Josué: Não os temas, porque os tenho dado na tua mão; nenhum deles te poderá resistir. Js 10:9 E Josué lhes sobreveio de repente, porque toda a noite veio subindo desde Gilgal.

72

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 10:10 E o SENHOR os conturbou diante de Israel, e os feriu com grande matança em Gibeom; e perseguiu-os pelo caminho que sobe a Bete-Horom, e feriu-os até Azeca e a Maquedá. Js 10:11 E sucedeu que fugindo eles de diante de Israel, à descida de Bete-Horom, o SENHOR lançou sobre eles, do céu, grandes pedras, até Azeca, e morreram; e foram muitos mais os que morreram das pedras da saraiva do que os que os filhos de Israel mataram à espada. Js 10:12 Então Josué, falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom. Js 10:13 E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro. Js 10:14 E não houve dia semelhante a este, nem antes nem depois dele, ouvindo o SENHOR assim a voz de um homem; porque o SENHOR pelejava por Israel. Js 10:15 E voltou Josué, e todo o Israel com ele, ao arraial, em Gilgal. Js 10:16 Aqueles cinco reis, porém, fugiram, e se esconderam numa cova em Maquedá. Js 10:17 E foi anunciado a Josué, dizendo: Acharam-se os cinco reis escondidos numa cova em Maquedá. Js 10:18 Disse, pois, Josué: Arrastai grandes pedras à boca da cova, e ponde sobre ela homens que os guardem; Js 10:19 Porém vós não vos detenhais; persegui os vossos inimigos, e atacai os que vão ficando atrás; não os deixeis entrar nas suas cidades, porque o SENHOR vosso Deus já vo-los deu na vossa mão. Js 10:20 E sucedeu que, acabando Josué e os filhos de Israel de os ferir com grande matança, até consumi-los, e os que ficaram deles se retiraram às cidades fortificadas, Por Daniel Deusdete

73


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 10:21 Todo o povo voltou em paz a Josué, ao arraial em Maquedá; não havendo ninguém que movesse a sua língua contra os filhos de Israel. Js 10:22 Depois disse Josué: Abri a boca da cova, e trazei-me para fora aqueles cinco reis. Js 10:23 Fizeram, pois, assim, e trouxeram-lhe aqueles cinco reis para fora da cova: o rei de Jerusalém, o rei de Hebrom, o rei de Jarmute, o rei de Laquis e o rei de Eglom. Js 10:24 E sucedeu que, trazendo aqueles reis a Josué, este chamou todos os homens de Israel, e disse aos capitães dos homens de guerra, que foram com ele: Chegai, ponde os vossos pés sobre os pescoços destes reis. E chegaram, e puseram os seus pés sobre os pescoços deles. Js 10:25 Então Josué lhes disse: Não temais, nem vos espanteis; esforçai-vos e animai-vos; porque assim o fará o SENHOR a todos os vossos inimigos, contra os quais pelejardes. Js 10:26 E, depois disto, Josué os feriu, e os matou, e os enforcou em cinco madeiros; e ficaram enforcados nos madeiros até à tarde. Js 10:27 E sucedeu que, ao pôr do sol, deu Josué ordem que os tirassem dos madeiros; e lançaram-nos na cova onde se esconderam; e puseram grandes pedras à boca da cova, que ainda ali estão até o dia de hoje. Js 10:28 E naquele mesmo dia tomou Josué a Maquedá, e feriu-a a fio de espada, bem como ao seu rei; totalmente a destruiu com todos que nela havia, sem nada deixar; e fez ao rei de Maquedá como fizera ao rei de Jericó. Js 10:29 Então Josué e todo o Israel com ele, passou de Maquedá a Libna e pelejou contra ela. Js 10:30 E também o SENHOR a deu na mão de Israel, a ela e a seu rei, e a feriu a fio de espada, a ela e a todos que nela estavam; sem nada deixar; e fez ao seu rei como fizera ao rei de Jericó. Js 10:31 Então Josué, e todo o Israel com ele, passou de Libna a Laquis; e a sitiou, e pelejou contra ela; Js 10:32 E o SENHOR deu a Laquis nas mãos de Israel,

74

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS e tomou-a no dia seguinte e a feriu a fio de espada, a ela e a todos os que nela estavam, conforme a tudo o que fizera a Libna. Js 10:33 Então Horão, rei de Gezer, subiu a ajudar a Laquis, porém Josué o feriu, a ele e ao seu povo, até não lhe deixar nem sequer um. Js 10:34 E Josué, e todo o Israel com ele, passou de Laquis a Eglom, e a sitiaram, e pelejaram contra ela. Js 10:35 E no mesmo dia a tomaram, e a feriram a fio de espada; e a todos os que nela estavam, destruiu totalmente no mesmo dia, conforme a tudo o que fizera a Laquis. Js 10:36 Depois Josué, e todo o Israel com ele, subiu de Eglom a Hebrom, e pelejaram contra ela. Js 10:37 E a tomaram, e a feriram ao fio de espada, assim ao seu rei como a todas as suas cidades; e a todos os que nelas estavam, a ninguém deixou com vida, conforme a tudo o que fizera a Eglom; e a destruiu totalmente, a ela e a todos os que nela estavam. Js 10:38 Então Josué, e todo o Israel com ele, tornou a Debir, e pelejou contra ela. Js 10:39 E tomou-a com o seu rei, e a todas as suas cidades e as feriu a fio de espada, e a todos os que nelas estavam destruiu totalmente; nada deixou; como fizera a Hebrom, assim fez a Debir e ao seu rei, e como fizera a Libna e ao seu rei. Js 10:40 Assim feriu Josués toda aquela terra, as montanhas, o sul, e as campinas, e as descidas das águas, e a todos os seus reis; nada deixou; mas tudo o que tinha fôlego destruiu, como ordenara o SENHOR Deus de Israel. Js 10:41 E Josué os feriu desde Cades-Barnéia, até Gaza, como também toda a terra de Gósen, e até Gibeom. Js 10:42 E de uma vez tomou Josué todos estes reis, e as suas terras; porquanto o SENHOR Deus de Israel pelejava por Israel. Js 10:43 Então Josué, e todo o Israel com ele, voltou ao arraial em Gilgal.

Toda destruição começou por causa dos gibeonitas que estariam sendo ameaçados pelos outros povos por causa da aliança que haviam feito com Israel. Eles mesmos – os outros povos Por Daniel Deusdete

75


Reflexões bíblicas no livro de Josué admiraram-se de que tivessem feito aliança uma vez que eram mais fortes e valentes que os guerreiros de Ai e exemplos de homens de guerra naquela região. Quem iniciou tudo isso foi um tal de Adoni-Zedeque (meu Senhor é justo), rei de Jerusalém (é a primeira menção desta palavra na Bíblia! Embora em Gn 14:18, é citado Melquisedeque, rei de Salém, que é uma abreviação de Jerusalém – Sl 76:2) que convocou e se juntou a outros dez reis (cinco reis dos amorreus, o rei de Jerusalém, o rei de Hebrom, o rei de Jarmute, o rei de Laquis, o rei de Eglom. Todos eles com seus exércitos) para irem contra Gibeão. Como aliados de Josué, sendo seus servos, pediram socorro e Josué atendeu e venceu todos eles, todos os do reino do sul que ousaram atacar Gibeão e Israel. Eles os venceram por causa da palavra de Deus e por que Deus mesmo já tinha enviado sobre eles o juízo que estaria sendo executado pelas mãos de Josué.

Josué 11:1-23 Segmentação e Reflexões Estamos no capítulo 11 e até o capítulo 12, estamos vendo a primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, estamos em nossa terceira subparte de nossa divisão em seis subpartes: As últimas batalhas de expansão – 9:1 – 11:15 e ainda veremos neste capítulo, a quarta subparte: A terra toda é tomada – 11:16-23. Como no capítulo anterior tínhamos visto a seção 2). A vitória nos territórios do sul – 9:3 a 10:43, agora veremos a seção 3). A vitória nos territórios do norte – 11:1-15 76

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Novamente aqui se levanta outro rei incomodado com o avanço de Israel e junta novo exército para fazer frente à nação hebreia. Não era somente o incômodo, mas da parte de Deus vinha o endurecimento do coração desses reis para justamente irem contra Israel – vs 20. Deus já tinha determinado o fim deles e o juízo de Deus estava em plena execução contra todas aquelas nações e Israel que não se cuidasse também imitando essa gente que logo, eles seriam igualmente expulsos da terra e o serão como teremos a oportunidade de visualizar bem mais à frente em outros livros. Muitos reis e povos e nações e vizinhos se juntaram em exército com carros e cavalos e com toda a força que o inimigo tinha para irem pelejar contra Israel ou, melhor, para serem mortos por Israel. Se eles soubessem que estavam sendo juntados não para a peleja, mas para o juízo, como não seria seus comportamentos? Deus é misericordioso, longânimo, paciente e sempre nos dá o tempo devido para o arrependimento, até que chega uma hora que é tarde demais. Havia pressa da parte de Deus em executar os seus juízos e propósitos, por isso juntou tudo de uma vez. Era uma grande multidão, como os grãos na areia do mar! Josué visualizou tudo aquilo, mas o Senhor nem deixou que o medo lhe viesse à mente porque logo lhe falou ao coração dizendo: não temas! E depois ainda diz a hora em que todos estariam sendo entregues derrotados em suas mãos: no dia seguinte, na mesma hora. A palavra em destaque nessas guerras e investidas – vs 15 - é que como ordenara o SENHOR a Moisés, seu servo, assim Moisés Por Daniel Deusdete

77


Reflexões bíblicas no livro de Josué ordenou a Josué; e assim Josué o fez; nem uma só palavra tirou de tudo o que o SENHOR ordenara a Moisés. Exatamente isso: obediência e fidelidade! Josué fez exatamente o que fora mandado fazer e tudo cumpriu, conforme tinha sido instruído a fazer, por isso fora bem sucedido em tudo o que fez. A terra toda é tomada – 11:16-23. Toda a terra tinha sido tomada e agora chegou a hora dela, a terra, descansar da guerra. As vitórias de Josué no sul e no norte são resumidas aqui como uma vitória sobre toda a Terra Prometida. Toda terra passou a pertencer aos israelitas, apesar de ainda nem toda ela ter sido conquistada de fato, o que veremos quando chegarmos no capítulo 13, deste livro. Somente os heveus, moradores de Gibeão, conseguiram um acordo, uma aliança com Israel e foram poupados. Isso com certeza vinha do Senhor que a eles estava dando mais uma oportunidade. Se estamos vivos, devemos isso ao Senhor, pois a vida pertence a ele. A vida é dom de Deus e como não somos ingratos e reclamamos ao invés de nos alegrarmos e celebrarmos ela diante do Senhor que nos deu e ainda nos sustenta? O convite da vida é a celebração da vida e não a divulgação dos problemas que enfrentamos. Até os anaquins que haviam perturbado e inspirado o terror na primeira geração e impressionado dez dos espias de Israel quando Moisés ainda era vivo, foram todos mortos e destruídos: nenhum dos anaquins sobreviveu na terra dos filhos de Israel – vs 22, exceto em Gaza, em Gate e em Asdode. Davi enfrentará logo mais 78

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS um deles e o derrotará com apenas uma pedrinha lançada de uma funda. Js 11:1 Sucedeu depois disto que, ouvindo-o Jabim, rei de Hazor, enviou mensageiros a Jobabe, rei de Madom, e ao rei de Sinrom, e ao rei de Acsafe; Js 11:2 E aos reis, que estavam ao norte, nas montanhas, e na campina para o sul de Quinerete, e nas planícies, e nas elevações de Dor, do lado do mar; Js 11:3 Ao cananeu do oriente e do ocidente; e ao amorreu, e ao heteu, e ao perizeu, e ao jebuseu nas montanhas; e ao heveu ao pé de Hermom, na terra de Mizpá. Js 11:4 Saíram pois estes, e todos os seus exércitos com eles, muito povo, em multidão como a areia que está na praia do mar; e muitíssimos cavalos e carros. Js 11:5 Todos estes reis se ajuntaram, e vieram e se acamparam junto às águas de Merom, para pelejarem contra Israel. Js 11:6 E disse o SENHOR a Josué: Não temas diante deles; porque amanhã, a esta mesma hora, eu os darei todos feridos diante dos filhos de Israel; os seus cavalos jarretarás, e os seus carros queimarás a fogo. Js 11:7 E Josué, e todos os homens de guerra com ele, veio apressadamente sobre eles às águas de Merom, e atacou-os de repente. Js 11:8 E o SENHOR os deu nas mãos de Israel; e eles os feriram, e os perseguiram até à grande Sidom, e até Misrefote-Maim, e até ao vale de Mizpá ao oriente; feriram até não lhes deixarem nenhum. Js 11:9 E fez-lhes Josué como o SENHOR lhe dissera; os seus cavalos jarretou, e os seus carros queimou a fogo. Js 11:10 E naquele mesmo tempo voltou Josué, e tomou a Hazor, e feriu à espada ao seu rei; porquanto Hazor antes era a cabeça de todos estes reinos. Js 11:11 E a todos os que nela estavam, feriram ao fio da espada, e totalmente os destruíram; nada restou do que tinha fôlego, e a Hazor queimou a fogo. Js 11:12 E Josué tomou todas as cidades destes reis, e todos os seus reis, e os feriu ao fio da espada, destruindo-os totalmente, como ordenara Por Daniel Deusdete

79


Reflexões bíblicas no livro de Josué Moisés servo do SENHOR. Js 11:13 Tão-somente não queimaram os israelitas as cidades que estavam sobre os seus outeiros; a não ser Hazor, a qual Josué queimou. Js 11:14 E todos os despojos destas cidades, e o gado, os filhos de Israel tomaram para si; tão-somente a todos os homens feriram ao fio da espada, até que os destruíram; nada do que tinha fôlego deixaram com vida. Js 11:15 Como ordenara o SENHOR a Moisés, seu servo, assim Moisés ordenou a Josué; e assim Josué o fez; nem uma só palavra tirou de tudo o que o SENHOR ordenara a Moisés. Js 11:16 Assim Josué tomou toda aquela terra, as montanhas, e todo o sul, e toda a terra de Gósen, e as planícies, e as campinas, e as montanhas de Israel, e as suas planícies. Js 11:17 Desde o monte Halaque, que sobe a Seir, até Baal-Gade, no vale do Líbano, ao pé do monte de Hermom; também tomou todos os seus reis, e os feriu e os matou. Js 11:18 Por muito tempo Josué fez guerra contra todos estes reis. Js 11:19 Não houve cidade que fizesse paz com os filhos de Israel, senão os heveus, moradores de Gibeom; por guerra as tomaram todas. Js 11:20 Porquanto do SENHOR vinha o endurecimento de seus corações, para sairem à guerra contra Israel, para que fossem totalmente destruídos e não achassem piedade alguma; mas para os destruir a todos como o SENHOR tinha ordenado a Moisés. Js 11:21 Naquele tempo veio Josué, e extirpou os anaquins das montanhas de Hebrom, de Debir, de Anabe e de todas as montanhas de Judá e de todas as montanhas de Israel; Js os destruiu totalmente com as suas cidades. Js 11:22 Nenhum dos anaquins foi deixado na terra dos filhos de Israel; somente ficaram alguns em Gaza, em Gate, e em Asdode. Js 11:23 Assim Josué tomou toda esta terra, conforme a tudo o que o SENHOR tinha dito a Moisés; e Josué a deu em herança aos filhos de Israel,

80

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS conforme as suas divisões, segundo as suas tribos; e a terra descansou da guerra.

A terra encontrou o seu descanso e agora é a hora da paz, por um tempo. Chega de mortes! O povo tinha enfrentado o juízo severo de Deus e Israel tinha sido este executor. Fé e obediência sempre estiveram presentes na vida deste homem de Deus que nos serve de exemplo e inspiração de como devemos fazer e executar as obras de Deus para sermos igualmente bem sucedidos.

Josué 12:1-18 Segmentação e Reflexões Estamos no último capítulo, o 12, da primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONSQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, estamos em nossa também sexta subparte de nossa divisão em seis subpartes: A lista de reis e de territórios conquistados -12:1-24. A partir do próximo capítulo, estaremos vendo a nossa segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45 a qual também terá as suas subdivisões respectivas. Por enquanto, vamos concluindo este capítulo falando de conquistas e de vitórias. A lista de reis e de territórios conquistados -12:1-24 Este capítulo apresenta um resumo da conquista como um todo da terra na forma de uma lista de reis derrotados e seus respectivos territórios.

Por Daniel Deusdete

81


Reflexões bíblicas no livro de Josué Podemos perceber uma preocupação com os registros de tudo o que se passava na terra formando assim uma história digna de ser repetida, aprendida e compartilhada ao longo dos tempos. Foram no total 31 reis derrotados e todos os seus nomes e territórios estão arrolados. O território a leste do Jordão fora incluído claramente na terra dada por Deus a Israel – vs 7. O relato é iniciado apresentando os filhos de Israel como aqueles que feriram os reis da terra no território prometido por Deus. sim, eles feriram e foram instrumentos de Deus no juízo de Deus contra aquelas nações. Não foram expulsos por que Israel era melhor e mais especial do que eles, antes por que o fim deles havia chegado e o mesmo poderia acontecer e acontecerá no futuro à Israel que semelhante às nações que expulsou acabou se entregando ao pecado reprovado por Deus. Outra nação ou nações Deus levantará contra eles em juízo e depois Deus julgará aquelas que foram seus instrumentos na execução de sua justiça, justamente por causa da falta de justiça de todos. Assim, vamos vivendo recebendo o juízo de Deus e sendo instrumentos de Deus onde ele quer que sejamos. No entanto, o que mais parece triunfar, quando falamos de Deus e de sua justiça e de seu juízo, são as suas misericórdias que não tem fim e que são a causa de não sermos consumidos e devorados todos ao mesmo tempo. Deus não faz acepção de pessoas e nunca fez. Deus não privilegia um em detrimento de outro por que é seu filho, antes exerce justiça e juízo e misericórdia e graça em todo tempo. 82

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Você, vara ruim enxertada na vara boa, não é especial e está livre para agir em nome de Deus como seu filho adotado, por que é especial e filho do rei, se não fizeres justiça e juízo e se não fores misericordioso e gracioso, do mesmo modo sofrereis o dano e as consequências de todos os seus atos. Terrível coisa é cair nas mãos de si mesmo! Js 12:1 Estes, pois, são os reis da terra, aos quais os filhos de Israel feriram e cujas terras possuíram além do Jordão para o nascente do sol, desde o ribeiro de Arnom, até ao monte de Hermom, e toda a planície do oriente, Js 12:2 Siom, rei dos amorreus, que habitava em Hesbom e que dominava desde Aroer, que está à beira do ribeiro de Arnom, e desde o meio do ribeiro, e a metade de Gileade, e até ao ribeiro de Jaboque, o termo dos filhos de Amom. Js 12:3 E desde a campina até ao mar de Quinerete para o oriente, e até ao mar da campina, o Mar Salgado para o oriente, pelo caminho de Bete-Jesimote; e desde o sul, abaixo de Asdote-Pisga. Js 12:4 Como também o termo de Ogue, rei de Basã que era do restante dos gigantes e que habitava em Astarote e em Edrei; Js 12:5 E dominava no monte Hermom, e em Salcá, e em toda a Basã, até ao termo dos gesureus e dos maacateus, e metade de Gileade, termo de Siom, rei de Hesbom. Js 12:6 A estes Moisés, servo do SENHOR, e os filhos de Israel, feriram; e Moisés, servo do SENHOR, deu esta terra em possessão aos rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo de Manassés. Js 12:7 E estes são os reis da terra aos quais Josué e os filhos de Israel feriram aquém do Jordão para o ocidente, desde Baal-Gade, no vale do Líbano, até ao monte Halaque, que sobe a Seir; e Josué a deu às tribos de Israel em possessão, segundo as suas divisões. Js 12:8 O que havia nas montanhas, e nas planícies, e nas campinas, e nas descidas das águas, e no deserto, e para o sul: o heteu, o amorreu, e o cananeu, o perizeu, o heveu, e o jebuseu. Por Daniel Deusdete

83


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 12:9 O rei de Jericó, um; o rei de Ai, que está ao lado de Betel, outro; Js 12:10 O rei de Jerusalém, outro; o rei de Hebrom, outro; Js 12:11 O rei de Jarmute, outro; o rei de Laquis, outro; Js 12:12 O rei de Eglom, outro; o rei de Geser, outro; Js 12:13 O rei de Debir, outro; o rei de Geder, outro; Js 12:14 O rei de Hormá, outro; o rei de Harade, outro; Js 12:15 O rei de Libna, outro; o rei de Adulão, outro; Js 12:16 O rei de Maquedá, outro; o rei de Betel, outro; Js 12:17 O rei de Tapua, outro; o rei de Hefer, outro; Js 12:18 O rei de Afeque, outro; o rei de Lassarom, outro; Js 12:19 O rei de Madom, outro; o rei de Hazor, outro; Js 12:20 O rei de Sinrom-Meron, outro; o rei de Acsafe, outro; Js 12:21 O rei de Taanaque, outro; o rei de Megido, outro; Js 12:22 O rei de Quedes, outro; o rei de Jocneão do Carmelo, outro; Js 12:23 O rei de Dor no outeiro de Dor, outro; o rei de Goiim em Gilgal, outro; Js 12:24 O rei de Tirza, outro; trinta e um reis ao todo.

Encerramos esta parte muito interessante na qual aprendemos que Deus é quem faz todas as coisas e as faz muito bem. Quando ele quer exaltar alguém, ele exalte e quando quer abater, abate e jamais se encontrará nele injustiça ou maldade.

84

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

II. A distribuição da Terra Prometida – 13:1-21:45.

Por Daniel Deusdete

85


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 13:1-33 Segmentação e Reflexões Iniciaremos agora a segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro trata da ordem divina para distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar. As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis supartes, onde veremos no cap 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7; B. O leste do Jordão – 13:8-33. A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 O capítulo inicia-se com a declaração de que Josué está já velho, ou seja, não deverá ele mesmo continuar a conduzir o povo para a conquista de toda a terra a qual sabemos – hoje há mais de 3500 anos – que nunca foi totalmente conquistada. O comentarista da BEG, falando do primeiro versículo, foi muito feliz e profundo ao dizer que o livro de Josué fala tanto do cumprimento total das promessas de Deus – 11:23; 21:45 – quanto do caráter incompleto da posse da terra – vs 1; 23:4,5. Ele pede então para compararmos com a perspectiva neotestamentária do caráter completo do que foi concedido em Cristo e da expectativa futura que ainda permanece – Ef: 1:3, 14. Continua, em sua análise muito bem feita, que apesar do livro de Josué dar testemunho da experiência de Israel da total fidelidade de Deus, a promessa ainda aponta para o futuro. 86

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Não podemos deixar de perceber nessas narrativas esses fatos e ainda que naquele Israel que tinha suas dificuldades e agora enfrentava o problema da velhice de seu líder havia alguém que Satanás odiava mais do que qualquer outra pessoa do planeta. O portador e a portadora da semente messiânica, o Messias! Ele estava ali e seria multiplicado e seria gerado e daria continuidade. Raabe estava ali. Após a destruição de Jericó, Raabe habitou entre os Israelitas e casou-se com Salmom. Deu à luz Boaz, que foi bisavô de Davi, tornando-se assim, da linhagem messiânica! Talvez Davi tenha conhecido pessoalmente sua bisavó e seu bisavó e ouvido histórias de sua própria boca. Voltando ao nosso capítulo, ainda havia muita terra para ser conquistada e ela é relacionada a partir do vs 2 até o 6. B. O leste do Jordão – 13:8-33. Assim como o resumo da conquista no capítulo 12 começou com os reis e os seus territórios a leste do Jordão (12:1-6; conf. 1:1215), também o relato da distribuição da terra se iniciou com a divisão desses territórios, entre as tribos de Ruben – vs 15-23 -, Gade –vs 24-28 e a meia tribo de Manassés – vs 29-31. Js 13:1 Era, porém, Josué já velho, entrado em dias; e disse-lhe o SENHOR: Já estás velho, entrado em dias; e ainda muitíssima terra ficou para possuir. Js 13:2 A terra que ainda fica é esta: Todos os termos dos filisteus e toda a Gesur; Js 13:3 Desde Sior, que está em frente ao Egito, até ao termo de Ecrom para o norte, que se diz ser dos cananeus; cinco príncipes dos filisteus; o gazeu, e o asdodeu, o asqueloneu, o giteu, e o ecroneu, e os aveus; Js 13:4 Desde o sul, toda a terra dos cananeus, e Meara, que é dos sidônios; até Afeca, até ao termo dos amorreus; Por Daniel Deusdete

87


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 13:5 Como também a terra dos gebalitas, e todo o Líbano, para o nascente do sol, desde Baal-Gade, ao pé do monte Hermom, até a entrada de Hamate; Js 13:6 Todos os que habitam nas montanhas desde o Líbano até Misrefote-Maim, todos os sidônios; eu os lançarei de diante dos filhos de Israel; tão-somente reparte a terra em herança a Israel, como já te mandei. Js 13:7 Reparte, pois, agora esta terra por herança às nove tribos, e à meia tribo de Manassés. Js 13:8 Com a qual os rubenitas e os gaditas já receberam a sua herança, além do Jordão para o oriente, assim como já lhes tinha dado Moisés, servo do SENHOR. Js 13:9 Desde Aroer, que está à beira do ribeiro de Arnom, e a cidade que está no meio do vale, e toda a campina de Medeba até Dibom; Js 13:10 E todas as cidades de Siom, rei dos amorreus, que reinou em Hesbom, até ao termo dos filhos de Amom; Js 13:11 E Gileade, e o termo dos gesureus, e dos maacateus, e todo o monte Hermom, e toda a Basã até Salcá; Js 13:12 Todo o reino de Ogue em Basã, que reinou em Astarote e em Edrei; este ficou do restante dos gigantes que Moisés feriu e expulsou. Js 13:13 Porém os filhos de Israel não expulsaram os gesureus, nem os maacateus; antes Gesur e Maacate ficaram habitando no meio de Israel até ao dia de hoje. Js 13:14 Tão-somente à tribo de Levi não deu herança; os sacrifícios queimados do SENHOR Deus de Israel são a sua herança, como já lhe tinha falado. Js 13:15 Assim Moisés deu à tribo dos filhos de Rúben, conforme as suas famílias. Js 13:16 E foi o seu limite desde Aroer, que está à beira do ribeiro de Arnom, e a cidade que está no meio do vale, e toda a campina até Medeba; Js 13:17 Hesbom e todas as suas cidades, que estão na campina; Dibom, e Bamote-Baal, e Bete-Baal-Meom; Js 13:18 E Jasa e Quedemote, e Mefaate; Js 13:19 E Quiriataim e Sibma, e Zerete-Saar, no monte do vale;

88

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 13:20 Bete-Peor, e Asdote-Pisga, Bete-Jesimote; Js 13:21 E todas as cidades da campina, e todo o reino de Siom, rei dos amorreus, que reinou em Hesbom, a quem Moisés feriu, como também aos príncipes de Midiã, Evi, e Requém, e Zur, e Hur, e Reba, príncipes de Siom, moradores da terra. Js 13:22 Também os filhos de Israel mataram à espada a Balaão, filho de Beor, o adivinho, com os outros que por eles foram mortos. Js 13:23 E o termo dos filhos de Rúben ficou sendo o Jordão e os seus limites; esta foi a herança dos filhos de Rúben, segundo as suas famílias, as cidades, e as suas aldeias. Js 13:24 E deu Moisés à tribo de Gade, aos filhos de Gade, segundo as suas famílias. Js 13:25 E foi o seu termo Jazer, e todas as cidades de Gileade, e metade da terra dos filhos de Amom, até Aroer, que está em frente de Rabá. Js 13:26 E desde Hesbom até Ramate-Mizpá e Betonim, e desde Maanaim até ao termo de Debir; Js 13:27 E no vale Bete-Arã, e Bete-Nimra, e Sucote, Zafom, que ficara do restante do reino de Siom, em Hesbom, o Jordão e o seu termo, até a extremidade do mar de Quinerete além do Jordão para o oriente. Js 13:28 Esta é a herança dos filhos de Gade segundo as suas famílias, as cidades e as suas aldeias. Js 13:29 Deu também Moisés herança à meia tribo de Manassés; e deu à meia tribo dos filhos de Manassés, segundo as suas famílias. Js 13:30 De maneira que o seu termo foi desde Maanaim, todo o Basã, todo o reino de Ogue, rei de Basã, e todas as aldeias de Jair, que estão em Basã, sessenta cidades, Js 13:31 E metade de Gileade, e Astarote, e Edrei, cidades do reino de Ogue em Basã, deu aos filhos de Maquir, filho de Manassés, a saber, à metade dos filhos de Maquir, segundo as suas famílias. Js 13:32 Isto é o que Moisés repartiu em herança nas campinas de Moabe, além do Jordão Por Daniel Deusdete

89


Reflexões bíblicas no livro de Josué para o oriente de Jericó. Js 13:33 Porém, à tribo de Levi, Moisés não deu herança; o SENHOR Deus de Israel é a sua herança, como já lhe tinha falado.

Todos tinham direito à sua terra e à sua herança, exceto a tribo de Levi, uma vez que o Senhor Deus de Israel era a herança deles como já tinha sido dito. Isso deixa claro que o Senhor era presente e estava presente na terra e diante de seu povo que conduzia.

Josué 14:1-15 Segmentação e Reflexões Estamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro trata da ordem divina para distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar. As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis subpartes, onde veremos no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (vista no capítulo anterior). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 Estes capítulos descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5. 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15. 3. A porção de Por Daniel Deusdete 90


DEUS DE PROMESSAS Judá – 15:1-63. 4. A porção de José – 16:1 – 17:18. 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. 1. Introdução – 14:1-5. O propósito da introdução é enfatizar que o Senhor é quem estaria fazendo a divisão da terra e que Moisés a estava executando fielmente. Também enfatizar a unidade do povo como uma só nação, apesar da divisão geográfica. Novamente é citada as tribos do Leste para que ela não fosse esquecida, apesar de mais distante, ou mais separada por causa do Jordão. E Josué era já velho e entrado em dias e seu ministério estaria logo acabando e outro iria ocupar o seu lugar, mas de forma mais regionalizada, por causa da divisão da tribo. 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15. No entanto, Calebe, o representante da tribo de Judá, parecia um jovem, apesar de tão velho quanto Josué que o acompanhou na aventura da espiação da terra há mais de 40 anos por ordem de Moisés em Cades-Barneia – Nm 13:6. Ele se apresenta a Josué dessa forma, vigoroso, forte e preparado para a guerra e solicita a Josué a terra de Hebron e Josué lhe concede o que ele pediu. Aquele pedido de Calebe estava firmado numa promessa de Deus a qual Moisés lhe tinha assegurado por que ele tinha demonstrado uma disposição mental favorável ao reino de Deus e não tinha desanimado o povo com um relatório pessimista – Nm 14:6-9. Essa fé obediente de Calebe foi exemplar e sua perseverança em seguir ao Senhor digna de imitação por todos nós que estamos na guerra, na travessia indo para a Canaã celestial. Como bem Por Daniel Deusdete

91


Reflexões bíblicas no livro de Josué comentou o comentarista da BEG, a fé de Calebe na promessa de Deus não foi expressa em passividade humana, mas em obediência ativa. Sejamos como Calebe e Josué que perseveraram em seguir ao Senhor sendo eles minoria que quase foi atacada e destruída se não fosse o Senhor intervir e poupá-los. Js 14:1 Isto, pois, é o que os filhos de Israel tiveram em herança, na terra de Canaã, o que Eleazar, o sacerdote, e Josués, filho de Num, e os cabeças dos pais das tribos dos filhos de Israel lhes fizeram repartir, Js 14:2 Por sorte da sua herança, como o SENHOR ordenara, pelo ministério de Moisés, acerca das nove tribos e da meia tribo. Js 14:3 Porquanto às duas tribos e à meia tribo já dera Moisés herança além do Jordão; mas aos levitas não tinha dado herança entre eles. Js 14:4 Porque os filhos de José eram duas tribos, Manassés e Efraim, e aos levitas não se deu herança na terra, senão cidades em que habitassem, e os seus arrabaldes para seu gado e para seus bens. Js 14:5 Como o SENHOR ordenara a Moisés, assim fizeram os filhos de Israel, e repartiram a terra. Js 14:6 Então os filhos de Judá chegaram a Josué em Gilgal; e Calebe, filho de Jefoné o quenezeu, lhe disse: Tu sabes o que o SENHOR falou a Moisés, homem de Deus, em Cades-Barnéia por causa de mim e de ti. Js 14:7 Quarenta anos tinha eu, quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia a espiar a terra; e eu lhe trouxe resposta, como sentia no meu coração; Js 14:8 Mas meus irmãos, que subiram comigo, fizeram derreter o coração do povo; eu porém perseverei em seguir ao SENHOR meu Deus. Js 14:9 Então Moisés naquele dia jurou, dizendo: Certamente a terra que pisou o teu pé será tua, e de teus filhos, em herança perpetuamente; pois perseveraste em seguir ao SENHOR meu Deus.

92

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 14:10 E agora eis que o SENHOR me conservou em vida, como disse; quarenta e cinco anos são passados, desde que o SENHOR falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e agora eis que hoje tenho já oitenta e cinco anos; Js 14:11 E ainda hoje estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força então, tal é agora a minha força, tanto para a guerra como para sair e entrar. Js 14:12 Agora, pois, dá-me este monte de que o SENHOR falou aquele dia; pois naquele dia tu ouviste que estavam ali os anaquins, e grandes e fortes cidades. Porventura o SENHOR será comigo, para os expulsar, como o SENHOR disse. Js 14:13 E Josué o abençoou, e deu a Calebe, filho de Jefoné, a Hebrom em herança. Js 14:14 Portanto Hebrom ficou sendo herança de Calebe, filho de Jefoné o quenezeu, até ao dia de hoje, porquanto perseverara em seguir ao SENHOR Deus de Israel. Js 14:15 E antes o nome de Hebrom era Quiriate-Arba, porque Arba foi o maior homem entre os anaquins. E a terra repousou da guerra.

O pedido de Calebe fora bem feito e apresentado como um homem sábio e corajoso apresentaria, no momento certo, com a força necessária e a certeza de que seria atendido em tudo o que pedisse e Josué concordou e lhe deu conforme ele pedira e esperava no Senhor. Depois de tantas guerras e mortes e massacres, é dito que a terra repousou da guerra.

Josué 15:1-63 Segmentação e Reflexões Estamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro trata da ordem divina para Por Daniel Deusdete

93


Reflexões bíblicas no livro de Josué distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar. As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis subpartes, onde veremos no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (vista no capítulo anterior). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 Estes capítulos descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5 (já vista). 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15 (já vista). 3. A porção de Judá – 15:1-63 (veremos agora). 4. A porção de José – 16:1 – 17:18. 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. 3. A porção de Judá – 15:1-63 A primeira descrição da distribuição ou divisão da terra dos territórios entre as tribos a oeste do Jordão coube para a tribo de Judá, que ali, em seu meio, guardava a semente messiânica, provavelmente com Salmon e Raabe que logo gerarão Boaz. Também é a descrição mais detalhada, refletindo a importância posterior de Judá na história de Israel como tribo de Davi – e, subsequentemente, do Messias esperado – Is 11:1. 94

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Judá fora o quarto filho de Jacó, nascido de Lia – Gn 29:35 e tinha recebido do pai Jacó uma bênção especial – Gn 49:8-12. Nos primeiros doze versículos, encontraremos as quatro fronteiras do território de Judá. Dos vs 13 ao 19, o último registro relacionado a Calebe demonstrando assim o cumprimento da promessa à sua pessoa – 14:6-15. Podemos perceber na narrativa a ênfase na confiança em Deus demonstrada por essa vida que tanto lutou e batalhou as batalhas do senhor com foça, garra e entusiasmo. Confiar em Deus é uma atitude que temos de tomar todos os dias, ou melhor, ela deve estar impregnada em nossa mente, ainda que não enxerguemos propósitos nas circunstancias que enfrentamos, nem nos desafios que somos obrigados a passar (Pv 3:5,6). Josué e Calebe são aqui, neste livro, exemplos para todos nós. Assim como não devemos, nem nunca sairemos nus de nossas casas, mas colocaremos roupas a começar das íntimas primeiro, assim, igualmente devemos usar e sair de casa somente com a roupa da confiança em Deus plena e absoluta por que ele está no controle de tudo e de todas as coisas sempre. Dos vs 20 ao 63, encontraremos uma lista detalhada das cidades no território entregue a Judá. Apesar de não ser possível identificar nos dias atuais que cidades são ou foram elas, o fato demonstra a evidência da promessa de Deus – 21:45. Js 15:1 A sorte que coube à tribo dos filhos de Judá, segundo as suas famílias, foi até ao termo de Edom, o deserto de Zim, para o sul, na extremidade do lado meridional. Js 15:2 E foi o seu termo para o sul, desde a extremidade do Mar Salgado, desde a baía que olha para o sul; Js 15:3 E sai para o sul, até à subida de Acrabim, e passa a Zim, e sobe do sul a Cades-Barnéia, e passa por Hezrom, e sobe a Adar, e vira para Carca; Por Daniel Deusdete

95


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 15:4 E passa Azmom, e sai ao ribeiro do Egito, e as saídas deste termo vão até ao mar; este será o vosso termo do lado do sul. Js 15:5 O termo, porém, para o oriente será o Mar Salgado, até à foz do Jordão; e o termo para o norte será da baía do mar, desde a foz do Jordão. Js 15:6 E este termo subirá até Bete-Hogla, e passará do norte a Bete-Arabá, e este termo subirá até à pedra de Boã, filho de Rúben. Js 15:7 Subirá mais este termo a Debir desde o vale de Acor, indo para o norte rumo a Gilgal, a qual está em frente da subida de Adumim, que está para o sul do ribeiro; então este termo continua até às águas de En-Semes; e as suas saídas estão do lado de En-Rogel. Js 15:8 E este termo sobe pelo vale do filho de Hinom, do lado sul dos jebuseus (esta é Jerusalém) e sobe este termo até ao cume do monte que está diante do vale de Hinom para o ocidente, que está no fim do vale dos refains do lado do norte. Js 15:9 Então este termo vai desde a altura do monte até à fonte das águas de Neftoa; e sai até às cidades do monte de Efrom; vai mais este termo até Baalá (esta é Quiriate-Jearim). Js 15:10 Então volta este termo desde Baalá para o ocidente, até às montanhas de Seir, e passa ao lado do monte de Jearim do lado do norte (esta é Quesalom) e desce a Bete-Semes, e passa por Timna; Js 15:11 Sai este termo mais ao lado de Ecrom, para o norte, e este termo vai a Sicrom e passa o monte de Baalá, e sai em Jabneel; e assim este termo finda no mar. Js 15:12 Será, porém, o termo do lado do ocidente o Mar Grande, e suas adjacências; este é o termo dos filhos de Judá ao redor, segundo as suas famílias. Js 15:13 Mas a Calebe, filho de Jefoné, deu uma parte no meio dos filhos de Judá, conforme a ordem do SENHOR a Josué; a saber, a cidade de Arba, que é Hebrom; este Arba era pai de Anaque. Js 15:14 E Calebe expulsou dali os três filhos de Anaque; Sesai, e Aimã, e Talmai, gerados de Anaque. Js 15:15 E dali subiu aos habitantes de Debir;

96

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS e fora antes o nome de Debir, Quiriate-Sefer. Js 15:16 E disse Calebe: Quem ferir a Quiriate-Sefer, e a tomar, lhe darei a minha filha Acsa por mulher. Js 15:17 Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe; e deu-lhe a sua filha Acsa por mulher. Js 15:18 E sucedeu que, vindo ela a ele, o persuadiu que pedisse um campo a seu pai; e ela desceu do seu jumento; então Calebe lhe disse: Que é que tens? Js 15:19 E ela disse: Dá-me uma bênção; pois me deste terra seca, dá-me também fontes de águas. Então lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores. Js 15:20 Esta é a herança da tribo dos filhos de Judá, segundo as suas famílias. Js 15:21 São, pois, as cidades da tribo dos filhos de Judá, até ao termo de Edom, no extremo sul: Cabzeel, e Eder, e Jagur. Js 15:22 E Quiná, e Dimona, e Adada, Js 15:23 E Quedes, e Hazor, e Itnã, Js 15:24 Zife, e Telem, e Bealote, Js 15:25 E Hazor-Hadata, e Queriote-Hezrom (que é Hazor), Js 15:26 Amã e Sema, e Moladá, Js 15:27 E Hazar-Gada, e Hesmom, e Bete-Palete, Js 15:28 E Hazar-Sual, e Berseba, e Biziotiá, Js 15:29 Baalá, e Iim, e Azem, Js 15:30 E Eltolade, e Quesil, e Hormá. Js 15:31 E Ziclague, e Madmana, e Sansana, Js 15:32 E Lebaote, e Silim, e Aim, e Rimom; todas as cidades e as suas aldeias, vinte e nove. Js 15:33 Nas planícies: Estaol, e Zorá, e Asná, Js 15:34 E Zanoa, e En-Ganim, Tapua, e Enã. Js 15:35 E Jarmute, e Adulão, Socó, e Azeca, Js 15:36 E Saaraim, e Aditaim, e Gederá, e Gederotaim; catorze cidades e as suas aldeias. Js 15:37 Zenã, e Hadasa, e Migdal-Gade, Js 15:38 E Dileã, e Mizpe, e Jocteel, Js 15:39 Laquis, e Bozcate, e Eglom, Js 15:40 E Cabom, e Laamás, e Quitlis, Js 15:41 E Gederote, Bete-Dagom, e Naamá, e Maqueda, dezesseis cidades e as suas aldeias. Js 15:42 Libna, e Eter, e Asã, Js 15:43 E Iftá, e Asná, e Nezibe, Js 15:44 E Queila, e Aczibe, e Maressa; nove cidades e as suas aldeias. Js 15:45 Ecrom, com suas vilas, e as suas aldeias. Js 15:46 Desde Ecrom, e até ao mar, todas as que estão do lado de Asdode, e as suas aldeias. Por Daniel Deusdete

97


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 15:47 Asdode, com as suas vilas e as suas aldeias; Gaza, com as suas vilas e as suas aldeias, até ao rio do Egito, e o Mar Grande e o seu termo. Js 15:48 E nas montanhas: Samir, Jatir, e Socó. Js 15:49 E Daná, e Quiriate-Saná (que é Debir), Js 15:50 E Anabe, Estemó, e Anim, Js 15:51 E Gósen, e Holom, e Giló; onze cidades e as suas aldeias. Js 15:52 Arabe, e Dumá e Esã, Js 15:53 E Janim, e Bete-Tapua e Afeca, Js 15:54 E Hunta, e Quiriate-Arba (que é Hebrom), e Zior; nove cidades e as suas aldeias. Js 15:55 Maom, Carmelo, e Zife, e Jutá, Js 15:56 E Jizreel, e Jocdeão, e Zanoa, Js 15:57 Caim, Gibeá, e Timna; dez cidades e as suas aldeias. Js 15:58 Halul, Bete-Zur, e Gedor, Js 15:59 E Maarate, e Bete-Anote, e Eltecom; seis cidades e as suas aldeias. Js 15:60 Quiriate-Baal (que é Quiriate-Jearim), e Rabá; duas cidades e as suas aldeias. Js 15:61 No deserto: Bete-Arabá, Midim, e Secacá, Js 15:62 E Nibsã, e a Cidade do Sal, e En-Gedi; seis cidades e as suas aldeias. Js 15:63 Não puderam, porém, os filhos de Judá expulsar os jebuseus que habitavam em Jerusalém; assim habitaram os jebuseus com os filhos de Judá em Jerusalém, até ao dia de hoje.

Finalmente, o fato de eles não terem tido êxito na expulsão dos jebuseus, demonstra claramente que as promessas de Deus não foram de toda cumpridas. Com os juízes ainda haverá a tentativa de expulsá-los, mas as vitórias serão apenas parciais. Resta ainda o cumprimento dessa promessa que será cumprida no futuro e olha que já temos decorrido mais de 3500 anos dessas primeiras batalhas.

Josué 16:1-10 Segmentação e Reflexões Ainda estamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro, repito, trata da ordem 98

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS divina para distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar. As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis subpartes, onde veremos no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (vista no capítulo anterior). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 Estes capítulos descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5 (já vista). 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15 (já vista). 3. A porção de Judá – 15:1-63 (já vista). 4. A porção de José – 16:1 – 17:18 (iniciaremos agora e ocupará ambos os capítulos 16, com a herança de Efraim e o 17, com a herança da metade da tribo de Manassés). 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. 3. A porção de José – 16:1 a 17:18 A herança de Efraim – 10:1-10 Diz a palavra de Deus que depois saiu a sorte dos filhos de José. A distribuição das terras estava seguindo um método que era o do sorteio – 14:2; 18:6, mas não está claro a sua metodologia se se Por Daniel Deusdete

99


Reflexões bíblicas no livro de Josué fazia ou não uso do Urim e do Tumim, por exemplo, mas o fato é que a divisão não seguia métodos humanos de decisão. Provérbios 16:33 A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda a determinação. Provérbios 18:18 A sorte faz cessar os pleitos, e faz separação entre os poderosos.

Às vezes temos de tomar decisões e não é fácil saber o que se fazer. Eu criei para mim um método4 baseado na Palavra de Deus e em reflexões e busca ao Senhor que de repente poderá auxiliar alguém quando estiver precisando saber o que fazer, mas não consegue se decidir. Cada um esteja bem seguro de suas decisões, eu irei compartilhar a minha forma de tomada de decisões. Veja como: Pela fé! Sim, pela fé... em meio a muitas dúvidas... Se não existirem dúvidas, não existirá a fé. Fé sem dúvidas não é fé, mas certeza; no entanto, a fé é a certeza, mas não do fato (se não, não seria fé), mas das coisas que se esperam. Fé sem dúvidas não é fé, mas convicção; no entanto, a fé é a convicção, mas não do fato (se não, não seria fé), mas de fatos que se não vêem. Vejam o que diz Hebreus: Hebreus 11:1 Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. Repetindo: a fé não é a certeza de coisas..., mas de coisas que se esperam; e a fé não é a convicção de fatos..., mas de fatos que se não vêem.

Do livro do mesmo autor: CRESCENDO A FÉ, DIMINUI A DÚVIDA – Aprenda como controlar o nível da sua fé. 4

100

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Seria ilusão minha tomar uma decisão de fé tendo a certeza e a convicção dos fatos... eu repito, isso não é fé! A fé opera em meio às dúvidas. O ambiente da fé é cheio de dúvidas. No próximo capitulo, mostrarei minhas 12 vozes auxiliares que eu sempre uso nas minhas tomadas de decisões, por enquanto fiquemos com apenas essa introdução. Js 16:1 Saiu depois a sorte dos filhos de José, desde o Jordão, na direção de Jericó, junto às águas de Jericó, para o oriente, estendendo-se pelo deserto que sobe de Jericó pelas montanhas de Betel. Js 16:2 E de Betel vai para Luz, e passa ao termo dos arquitas, até Atarote, Js 16:3 E desce do lado do ocidente ao termo de Jafleti, até ao termo de Bete-Horom de baixo, e até Gezer, indo terminar no mar. Js 16:4 Assim alcançaram a sua herança os filhos de José, Manassés e Efraim. Js 16:5 E foi o termo dos filhos de Efraim, segundo as suas famílias, como se segue: o termo da sua herança para o oriente era Atarote-Adar até Bete-Horom de cima; Js 16:6 E sai este termo para o ocidente junto a Micmetá, desde o norte, e torna este termo para o oriente até Taanate-Siló, e passa por ela desde o oriente a Janoa; Js 16:7 E desce desde Janoa a Atarote e a Naarate e toca em Jericó, terminando no Jordão. Js 16:8 De Tapua vai este termo para o ocidente ao ribeiro de Caná, terminando no mar; esta é a herança da tribo dos filhos de Efraim, segundo as suas famílias, Js 16:9 Mais as cidades que se separaram para os filhos de Efraim no meio da herança dos filhos de Manassés; todas aquelas cidades e as suas aldeias. Js 16:10 E não expulsaram aos cananeus que habitavam em Gezer; e os cananeus habitam no meio dos efraimitas até ao dia de hoje; porém, sendo-lhes tributários. Por Daniel Deusdete

101


Reflexões bíblicas no livro de Josué Não expulsaram os cananeus! Essa e outras “não conquistas” fizeram com que a promessa nunca fosse concluída até o dia de hoje. Isso é um sinal claro que ainda há o que se cumprir e que não se cumprirá na era presente, mas no retorno do Messias, na sua segunda vinda a esta terra.

Josué 17:1-18 Segmentação e Reflexões Continuamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro, repito, trata da ordem divina para distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar. As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis subpartes, onde veremos no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (vista no capítulo anterior). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 Estes capítulos descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5 (já vista). 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15 (já vista). 3. A porção de Judá – 15:1-63 (já vista). 4. A porção de José – 16:1 – 17:18 (concluiremos agora). 5. As porções das 102

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS outras tribos – 18:1 – 19:48. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. 3. A porção de José – 16:1 a 17:18 A herança de Manassés – 17:1-18 Manassés era o primogênito dos filhos de José e muito numeroso. Neste capítulo, está se tratando apenas da meia tribo deles, uma vez que a outra meia tribo, ficou em terras ao leste do Jordão, junto com os rubenitas e Gaditas. Um detalhe interessante quanto à Manasses é saber que nas promessas de Deus, as filhas de um homem sem filhos receberiam a sua herança. Aqui neste capítulo há aplicação dessa ressalva – ver Nm 21:1-11, em especial o vs 8. Aqui também se registra que Manassés não pode expulsar alguns cananeus que habitavam a região. Repetindo o que foi dito no capítulo anterior: Essa e outras “não conquistas” fizeram com que a promessa nunca fosse concluída até o dia de hoje. Isso é um sinal claro que ainda há o que se cumprir e que não se cumprirá na era presente, mas no retorno do Messias, na sua segunda vinda a esta terra. Novamente a introdução do capítulo 17 fala da sorte que caiu sobre à tribo de Manassés. O fato é, repito, que a divisão não seguia métodos humanos de decisão. Prosseguindo com meu método de tomada de decisões, antes de tomá-las, eu ouço algumas vozes e depois de ouvi-las, decido-me: Vozes quem me ajudam a formar minha opinião e convicção nas minhas tomadas de decisões (Eu ouço e julgo... I Ts5:21 “julgai todas as coisas, retende o que é bom;”; I Co 14:29 “Tratando-se de profetas, falem apenas dois ou três, e os outros julguem.” e I Por Daniel Deusdete

103


Reflexões bíblicas no livro de Josué Co 2:15 “Porém o homem espiritual julga todas as coisas, mas ele mesmo não é julgado por ninguém.”): 1. Do Espírito Santo. Óbvio que é aquilo que entendo que é o Espírito Santo que está falando. 2. Da palavra de Deus que está na Bíblia. Também é óbvio que a Bíblia não fala de per-se, logo, será aquilo que entendo que a Bíblia, a Palavra de Deus está falando. 3. Oriundas das minhas pessoais, vida piedosa...

orações,

jejuns,

campanhas

4. Da minha consciência. Ela é sempre consultada, antes de qualquer coisa. Sendo reprovada pela consciência, nem me atreverei a avaliá-la em outros níveis. 5. Oriundas das pregações, testemunhos e outros fatores presentes nos cultos, inclusive daquelas em que sou o respectivo autor. 6. Dos homens de Deus (minha mãe, esposa, meus filhos, irmão, amigos) que me aconselham e dão suas opiniões quer me aprovando, quer me reprovando. 7. Dos profetas com suas profecias, sonhos, visões e revelações. Pode ser que o profeta seja o próprio recebedor das profecias, sonhos, visões, revelações ou outras experiências com os dons do Espírito Santo. 8. Dos testemunhos e experiências de diversos homens de Deus em todos os tempos, inclusive daqueles que são bíblicos, os da história e os da contemporaneidade.... 9. Dos meus sonhos normais e daqueles que entendo significativos ou proféticos. 10. Oriundos da minha própria experiência e vivência de fé. 104

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS 11. Do próprio diabo, ou daquilo que entendo que seja ele falando, óbvio que não para segui-lo, mas evita-lo. 12. De outros fatos/experiências que me ajudarão a formar minha opinião. Js 17:1 Também coube sorte à tribo de Manassés, porquanto era o primogênito de José. Maquir, o primogênito de Manassés, pai de Gileade, porquanto era homem de guerra, teve a Gileade e Basã; Js 17:2 Também os demais filhos de Manassés tiveram a sua parte, segundo as suas famílias, a saber: Os filhos de Abiezer, e os filhos de Heleque, e os filhos de Asriel, e os filhos de Siquém, e os filhos de Hefer, e os filhos de Semida; esses são os filhos de Manassés, filho de José, segundo as suas famílias. Js 17:3 Zelofeade, porém, filho de Hefer, filho de Gileade, filho de Maquir, filho de Manassés, não teve filhos, mas só filhas; e estes são os nomes de suas filhas: Maalá, Noa, Hogla, Milca e Tirza. Js 17:4 Estas, pois, chegaram diante de Eleazar, o sacerdote, e diante de Josué, filho de Num, e diante dos príncipes, dizendo: O SENHOR ordenou a Moisés que se nos desse herança no meio de nossos irmãos, pelo que, conforme a ordem do SENHOR, lhes deu herança no meio dos irmãos de seu pai. Js 17:5 E couberam a Manassés dez quinhões, afora a terra de Gileade e Basã, que está além do Jordão; Js 17:6 Porque as filhas de Manassés receberam herança entre os filhos dele; e os outros filhos de Manassés ficaram com a terra de Gileade. Js 17:7 E o termo de Manassés foi desde Aser até Micmetá, que está defronte de Siquém; e estende-se este termo à direita até os moradores de En-Tapua. Js 17:8 Tinha Manassés a terra de Tapua; porém Tapua, junto ao termo de Manassés, pertencia aos filhos de Efraim. Js 17:9 Então descia este termo ao ribeiro de Caná. A Efraim couberam as cidades ao sul do ribeiro, entre as cidades de Manassés; e o termo de Manassés estava ao norte do ribeiro, Por Daniel Deusdete 105


Reflexões bíblicas no livro de Josué indo terminar no mar. Js 17:10 Efraim ao sul, e Manassés ao norte, e o mar é o seu termo; pelo norte tocam em Aser, e pelo oriente em Issacar. Js 17:11 Porque em Issacar e em Aser tinha Manassés a Bete-Seã e as suas vilas, e Ibleã e as suas vilas, e os habitantes de Dor e as suas vilas, e os habitantes de En-Dor e as suas vilas, e os habitantes de Taanaque e as suas vilas, e os habitantes de Megido e as suas vilas; três outeiros. Js 17:12 E os filhos de Manassés não puderam expulsar os habitantes daquelas cidades; porquanto os cananeus queriam habitar na mesma terra. Js 17:13 E sucedeu que, engrossando em forças os filhos de Israel, fizeram tributários aos cananeus; porém não os expulsaram de todo. Js 17:14 Então os filhos de José falaram a Josué, dizendo: Por que me deste por herança só uma sorte e um quinhão, sendo eu um tão grande povo, visto que o SENHOR até aqui me tem abençoado? Js 17:15 E disse-lhes Josué: Se tão grande povo és, sobe ao bosque, e ali corta, para ti, lugar na terra dos perizeus e dos refains; pois que as montanhas de Efraim te são tão estreitas. Js 17:16 Então disseram os filhos de José: As montanhas não nos bastariam; também carros de ferro há entre todos os cananeus que habitam na terra do vale, entre os de Bete-Seã e as suas vilas, e entre os que estão no vale de Jizreel. Js 17:17 Então Josué falou à casa de José, a Efraim e a Manassés, dizendo: Grande povo és, e grande força tens; não terás uma sorte apenas; Js 17:18 Porém as montanhas serão tuas. Ainda que é bosque, cortá-lo-ás, e as suas extremidades serão tuas; porque expulsarás os cananeus, ainda que tenham carros de ferro, ainda que sejam fortes.

106

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Apesar do medo claramente demonstrado, Josué insiste em lhes falar palavras desafiadoras de fé nas promessas de Deus que irão se cumprir se eles ousarem avançar em nome do Senhor. A fé nas promessas de Deus deve ser expressa em atos de coragem e obediência.

Josué 18:1-28 Segmentação e Reflexões Eu venho repetindo, em todos os capítulos, onde estamos localizados dentro do livro para nos ajudar a melhor entender do que se trata a narrativa bíblica. Assim, continuamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Estamos também seguindo as divisões propostas da BEG, em seis subpartes, onde já vimos, no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (já vista). E agora, C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 São estes capítulos que descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Ainda veremos que há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo também pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5 (já vista). 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15 (já vista). 3. A porção de Judá – 15:1-63 (já vista). 4. A porção de José – 16:1 – 17:18 (já vista). 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48 (iniciaremos agora). 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. Por Daniel Deusdete

107


Reflexões bíblicas no livro de Josué 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48 A congregação dos filhos de Israel estava toda reunida em Siló onde armaram a tenda da congregação depois da sujeição da terra e ainda havia sete tribos que nada tinha recebido de herança e Josué toma a palavra para lhes falar ao coração. Siló era assim um lugar especial na vida dos israelitas. Ficava no território de Efraim – 16:6. Aparece aqui pela primeira vez no relato bíblico e se torna “o lugar que o Senhor vosso Deus escolher” – Dt 12:5, 11, 18; cf, Jr 7:12. Nos tempos de Davi, esse lugar foi transferido para Jerusalém. (veja ainda sobre Siló na história de Israel: 22:12; Jz 18:31; 21:19; I Sm 1:3, 24; 2:14; 3:21; 4:3; 14:3; I Re 2:27; 11:29; 14:2; Sl 78:60; Jr 7:12, 14; 26:6, 9). Josué começa logo dando-lhes uma bronca por estarem somente esperando e não tomando atitudes ou sendo proativos. Ele chega a chamá-los de negligentes uma vez que o Senhor já deu a terra, mas eles devem tomá-la para si. Então ele envia de cada tribo três homens (3x12=36) para irem pelo território restante e demarcarem a terra em sete partes. Assim que concluíssem seu trabalho de demarcação a sorte seja lançada para cada uma das sete tribos restantes que ainda não havia recebido a sua porção na Terra Prometida. O método da divisão continua sendo o sorteio e assim toda decisão era tomada e cada um aceitava piamente, sem discussões. O sorteio era feito por Josué ou comandado por ele na presença do Senhor – vs 10. A primeira sorte caiu para Benjamim que ficou com as terras entre as terras de Judá e de José. A minha decisão será tomada observando aquelas vozes – que eu tinha mencionado no capítulo anterior - , aliás, as minhas decisões 108

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS são assim tomadas sempre. Ando por fé e não pelo que vejo: - II Coríntios 5:7 visto que andamos por fé e não pelo que vemos. João 20:29Disse-lhe Jesus: Porque me viste, creste? Bemaventurados os que não viram e creram. Josué foi homem de fé! Moisés foi homem de fé! Ambos tiveram o encargo de conduzirem o povo de Israel do Egito para o deserto e do deserto para a terra que mana leite e mel. No entanto, ambos tiveram a experiência da fala de Deus de forma extracorpórea... Deus lhes falou, eles creram. Deus não lhes enviou profetas, falou com eles pessoalmente. Deus também fala comigo, mas somente pela fé... Quem me dera, diante dessa decisão, o Senhor me aparecesse e me dissesse: - Filho, sou eu quem estou a falar contigo. Vá e trabalhe..., pois estou contigo e te ajudarei e não te abandonarei. Não to mandei eu? Vá! Ou me dissesse: - não vá, espera ainda mais um pouco. Quem me dera... mas não é assim comigo. Terei de tomar a decisão pela fé e assim tenho aprendido em meu relacionamento com Deus a agir pela fé. Deus há de me ajudar a me desenvolver e andar sempre pela fé e não por vista. Em andar por fé e não por vista, tomo o exemplo de Martinho Lutero que disse entre tantas outras coisas: ”Se eu não for convencido pelas Escrituras e pela clara razão, a minha consciência está cativa à Palavra de Deus. Eu não posso e não vou me retratar de nada para ir contra a consciência, pois isso não é nem correto nem seguro. Deus me ajude. Amém.” “Fiz uma aliança com Deus: que Ele não me mande visões, nem sonhos, nem mesmo anjos. Estou satisfeito com o dom das Escrituras Sagradas, que me dão instrução abundante e tudo o que preciso conhecer tanto para esta vida quanto para o que há Por Daniel Deusdete

109


Reflexões bíblicas no livro de Josué de vir.” (Extraído http://www.materiasdeteologia.com/2010/08/frases-delutero.html#ixzz24rygcm6L).

de:

Em suma, ando por fé e não por vista, logo, se eu não for convencido pelas Escrituras – a Palavra de Deus, a Bíblia -, pela minha consciência e pelo Espírito Santo em minha razão, jamais me curvarei a qualquer doutrina, ensino, revelação, anjos, pessoas, potestades. Errarei em minhas decisões de fé? A probabilidade de erros é grande, mas pior do que errar é não agir por medo de errar... Sortes lançadas, decisões tomadas e a terra sendo dividida. No próximo capítulo veremos as partes, da sorte lançada, que caíram para as tribos de Simeão, Zebulom, Issacar, Aser, Naftali e, finalmente a sétima, Dã. Js 18:1 E Toda a congregação dos filhos de Israel se reuniu em Siló, e ali armaram a tenda da congregação, depois que a terra lhes foi sujeita. Js 18:2 E dentre os filhos de Israel ficaram sete tribos que ainda não tinham repartido a sua herança. Js 18:3 E disse Josué aos filhos de Israel: Até quando sereis negligentes em chegardes para possuir a terra que o SENHOR Deus de vossos pais vos deu? Js 18:4 De cada tribo escolhei vós três homens, para que eu os envie, e eles se levantem e percorram a terra, e a demarquem segundo as suas heranças, e voltem a mim. Js 18:5 E dividi-la-ão em sete partes: Judá ficará no seu termo para o sul, e a casa de José ficará no seu termo para o norte. Js 18:6 E vós demarcareis a terra em sete partes, e me trareis a mim aqui descrita, para que eu aqui lance as sortes perante o SENHOR nosso Deus, Js 18:7 Porquanto os levitas não têm parte no meio de vós, porque o sacerdócio do SENHOR é a sua parte; e Gade, e Rúben, e a meia tribo de Manassés, receberam

110

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS a sua herança além do Jordão para o oriente, a qual lhes deu Moisés, o servo do SENHOR. Js 18:8 Então aqueles homens se levantaram e se foram; e Josué deu ordem aos que iam demarcar a terra, dizendo: Ide, e percorrei a terra, e demarcai-a, e então voltai a mim, e aqui vos lançarei as sortes perante o SENHOR, em Siló. Js 18:9 Foram, pois, aqueles homens, e passaram pela terra, e a demarcaram, em sete partes segundo as cidades, descrevendo-a num livro; e voltaram a Josué, ao arraial em Siló. Js 18:10 Então Josué lhes lançou as sortes em Siló, perante o SENHOR; e ali repartiu Josué a terra aos filhos de Israel, conforme às suas divisões. Js 18:11 E tirou a sorte da tribo dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias; e coube-lhe o termo da sua sorte entre os filhos de Judá e os filhos de José. Js 18:12 E o seu termo foi para o lado do norte, desde o Jordão; e sobe aquele termo ao lado de Jericó para o norte, e sobe pela montanha para o ocidente, terminando no deserto de Bete-Aven. Js 18:13 E dali passa este termo a Luz, ao lado de Luz (que é Betel), para o sul; e desce a Atarote-Adar, ao pé do monte que está do lado do sul de Bete-Horom de baixo; Js 18:14 E vai este termo e volta ao lado do ocidente para o sul do monte que está defronte de Bete-Horom, para o sul, terminando em Quiriate-Baal (que é Quiriate-Jearim), cidade dos filhos de Judá; esta é a sua extensão para o ocidente. Js 18:15 E a sua extensão para o sul começa na extremidade de Quiriate-Jearim; e vai este termo ao ocidente e segue até à fonte das águas de Neftoa. Js 18:16 E desce este termo até à extremidade do monte que está defronte do vale do filho de Hinom, que está no vale dos refains para o norte, e desce pelo vale de Hinom do lado dos jebuseus para o sul; e então desce a En-Rogel; Js 18:17 E vai desde o norte, e chega a Ensemes; e dali sai a Gelilote, que está defronte da subida de Adumim, e desce à pedra de Por Daniel Deusdete

111


Reflexões bíblicas no livro de Josué Boã, filho de Rúben; Js 18:18 E passa até ao lado, defronte de Arabá, para o norte, e desce a Arabá. Js 18:19 Passa mais este termo até ao lado de Bete-Hogla, para o norte, saindo esse termo na baía do Mar Salgado, para o norte, na extremidade do Jordão, para o sul; este é o termo do sul. Js 18:20 E o Jordão será seu termo do lado do oriente; esta é a herança dos filhos de Benjamim, nos seus termos em redor, segundo as suas famílias. Js 18:21 E as cidades da tribo dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias, são: Jericó, e Bete-Hogla, e Emeque-Queziz, Js 18:22 E Bete-Arabá, e Zemaraim, e Betel, Js 18:23 E Avim, e Pará, e Ofra, Js 18:24 E Quefar-Amonai, e Ofni e Gaba: doze cidades e as suas aldeias; Js 18:25 Gibeão, e Ramá e Beerote, Js 18:26 E Mizpá, e Cefira e Moza, Js 18:27 E Requém e Irpeel, e Tarala, Js 18:28 E Zela, Elefe, e Jebus (esta é Jerusalém), Gibeá e Quiriate: catorze cidades com as suas aldeias; esta é a herança dos filhos de Benjamim, segundo as suas famílias.

Benjamim recebeu a sua porção e logo, logo, todos irão receber as suas porções da terra, conforme Deus prometera e os conduzira pelas mãos de Moisés e depois de Josué que agora já se encontrava velho e avançado em dias restando ainda muita terra para ser conquistada.

Josué 19:1-51 Segmentação e Reflexões Estamos chegando fim da segunda parte (faltam apenas dois capítulos) de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Estamos também seguindo as divisões propostas da BEG, em seis subpartes, onde já vimos, no cap. 13, duas delas: A). A comissão 112

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (já vista). E agora, concluiremos esta: C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51. C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 São estes capítulos que descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Neste capítulo veremos que há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo também pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG. Vejamos elas, a partir deste capítulo: 1. Introdução – 14:1-5 (já vista). 2. A porção especial concedida a Calebe – 19:6-15 (já vista). 3. A porção de Judá – 15:1-63 (já vista). 4. A porção de José – 16:1 – 17:18 (já vista). 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48 (concluiremos agora todo capítulo 19). 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51. 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48 A sorte continua a ser lançada e agora somente restam seis tribos para serem distribuídas as terras que foram separadas e divididas primeiro por aqueles 36 homens, 3 de cada tribo, que Josué designou para este trabalho. Todas as restantes tribos irão receber as suas porções feitas pelo sorteio e registro algum encontraremos de que ficaram insatisfeitas ou se sentiram prejudicadas. Somente a tribo de Dã questionará, com razão, o tamanho de sua porção, mas a solução fora providenciada ajustando melhor seu território com sua subida conta Lesém, ou Laís. Eles a dominaram e a tomaram para si e ai acabou-se toda questão.

Por Daniel Deusdete

113


Reflexões bíblicas no livro de Josué Todos ficaram satisfeitos e ainda assim havia território para ser conquistado. A promessa de Deus continua sendo válida para eles, mas irão dar um tempo e esse tempo até hoje não foi alcançado. Aguardamos também o Messias que já veio e anunciou que voltaria. Quando ele voltar e nos resgatar, ai sim, a terra será finalmente dividida e concretizada a promessa. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. Como Calebe, Josué também foi recompensado pela sua fidelidade. Ele pediu essa cidade de Timnate-Sera, na região montanhosa de Efraim, para o norte do monte Gaás, que fora o local onde José tinha sido sepultado – 24:30. Realmente não deve ter sido nada fácil para Josué e Calebe terem enfrentado toda uma nação que estava a ponto de os apedrejar e matar. Dizem que a voz do povo é a voz de Deus, mas aqui, era a voz do diabo! Js 19:1 E Saiu a segunda sorte a Simeão, para a tribo dos filhos de Simeão, segundo as suas famílias; e foi a sua herança no meio da herança dos filhos de Judá. Js 19:2 E tiveram na sua herança: Berseba, e Seba e Moladá. Js 19:3 E Hazar-Sual, e Balá, e Azem, Js 19:4 E Eltolade, e Betul, e Hormá, Js 19:5 E Ziclague, e Bete-Marcabote, e Hazar-Susa, Js 19:6 E Bete-Lebaote, e Saruém; treze cidades e as suas aldeias. Js 19:7 E Aim, e Rimom, e Eter, e Asã; quatro cidades e as suas aldeias. Js 19:8 E todas as aldeias que havia em redor destas cidades, até Baalate-Ber (que é Ramá), do sul; esta é a herança da tribo dos filhos de Simeão, segundo as suas famílias, Js 19:9 A herança dos filhos de Simeão foi tirada do quinhão dos de Judá, porquanto a herança dos filhos de Judá era demasiadamente grande para eles;

114

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS pelo que os filhos de Simeão tiveram a sua herança no meio deles. Js 19:10 E saiu a terceira sorte pelos filhos de Zebulom, segundo as suas famílias; e foi o termo da sua herança até Saride. Js 19:11 E sobe o seu termo pelo ocidente a Maralá, e vai até Dabesete, e chega também até ao ribeiro que está defronte de Jocneão. Js 19:12 E de Saride volta para o oriente, para o nascente do sol, até ao termo de Quislote-Tabor, sai a Daberate, e vai subindo a Jafia. Js 19:13 E dali passa pelo oriente, para o nascente, a Gate-Hefer, em Ete-Cazim, chegando a Rimom-Metoar, que vai até Neá; Js 19:14 E rodeando-a, passa o termo para o norte a Hanatom, chegando ao vale de Iftá-El, Js 19:15 E Catate, Naalal, e Sinrom, e Idala, e Belém; doze cidades e as suas aldeias. Js 19:16 Esta é a herança dos filhos de Zebulom, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias. Js 19:17 A quarta sorte saiu para Issacar; aos filhos de Issacar, segundo as suas famílias. Js 19:18 E foi o seu termo Jizreel, e Quesulote e Suném, Js 19:19 E Hafaraim, e Siom, e Anaarate, Js 19:20 E Rabite e Quisiom, e Ebes, Js 19:21 E Remete, e En-Ganim, e En-Hadá, e Bete-Pazez. Js 19:22 E chega este termo até Tabor, e Saazima, e Bete-Semes; e vai terminar no Jordão; dezesseis cidades e as suas aldeias. Js 19:23 Esta é a herança da tribo dos filhos de Issacar, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias. Js 19:24 E saiu a quinta sorte para a tribo dos filhos de Aser, segundo as suas famílias. Js 19:25 E foi o seu termo Helcate, e Hali, e Béten, e Acsafe, Js 19:26 E Alameleque, e Amade, e Misal; e chega ao Carmelo para o ocidente, e a Sior-Libnate; Js 19:27 E volta para o nascente do sol a Bete-Dagom, e chega a Zebulom e ao vale de Iftá-El, ao norte de Bete-Emeque e de Neiel, e vem sair a Cabul, pela esquerda, Js 19:28 E Hebrom, e Reobe, e Hamom, e Caná, até à grande Sidom. Por Daniel Deusdete

115


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 19:29 E volta este termo a Ramá, e até à forte cidade de Tiro; então torna este termo a Hosa, para terminar no mar, na região de Aczibe. Js 19:30 E Umá, e Afeque, e Reobe; vinte e duas cidades e as suas aldeias. Js 19:31 Esta é a herança da tribo dos filhos de Aser, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias. Js 19:32 E saiu a sexta sorte para os filhos de Naftali, segundo as suas famílias. Js 19:33 E foi o seu termo desde Helefe e desde Alom em Zaanamim, e Adami-Neguebe, e Jabneel, até Lacum, terminando no Jordão. Js 19:34 E volta este termo pelo ocidente a Aznote-Tabor, e dali passa a Hucoque; e chega a Zebulom ao sul, e chega a Aser ao ocidente, e a Judá pelo Jordão, ao nascente do sol. Js 19:35 E são as cidades fortificadas: Zidim, Zer, e Hamate, Racate e Quinerete, Js 19:36 E Adama, e Ramá, e Hazor, Js 19:37 E Quedes, e Edrei, e En-Hazor, Js 19:38 E Irom, e Migdal-El, Horém e Bete-Anate, e Bete-Semes; dezenove cidades e as suas aldeias. Js 19:39 Esta é a herança da tribo dos filhos de Naftali, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias. Js 19:40 A sétima sorte saiu para a tribo dos filhos de Dã, segundo as suas famílias. Js 19:41 E foi o termo da sua herança, Sora, e Estaol, e Ir-Semes, Js 19:42 E Saalabim, e Aijalom, e Itla, Js 19:43 E Elom, e Timna, e Ecrom, Js 19:44 E Elteque, e Gibetom, e Baalate, Js 19:45 E Jeúde, e Bene-Beraque, e Gate-Rimom, Js 19:46 E Me-Jarcom, e Racom, com o termo defronte de Jafo; Js 19:47 Saiu, porém, pequeno termo aos filhos de Dã, pelo que subiram os filhos de Dã, e pelejaram contra Lesém, e a tomaram, e a feriram ao fio da espada, e a possuíram e habitaram nela; e a Lesém chamaram Dã, conforme ao nome de Dã seu pai. Js 19:48 Esta é a herança da tribo dos filhos de Dã, segundo as suas famílias; estas cidades e as suas aldeias. Js 19:49 Acabando, pois, de repartir a terra em herança segundo os seus termos, deram os filhos de Israel a Josué, filho de Num, herança no meio deles.

116

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 19:50 Segundo o mandado do SENHOR lhe deram a cidade que pediu, a Timnate-Sera, na montanha de Efraim; e reedificou aquela cidade, e habitou nela. Js 19:51 Estas são as heranças que Eleazar, o sacerdote, e Josué, filho de Num, e os cabeças dos pais das famílias repartiram às tribos dos filhos de Israel, em herança, por sorte, em Siló, perante o SENHOR, à porta da tenda da congregação. E assim acabaram de repartir a terra.

Estamos chegando ao fim dessa parte – faltam ainda dois capítulos que falará das cidades de refúgio e da porção de Levi. Depois, entraremos na última parte da nossa divisão proposta pela BEG que terá apenas três capítulos. 7. Conclusão – 19:51. Vejamos como foi escrito o verso 14:1 e comparemos com 19:51. Josué 14:1 Isto, pois, é o que os filhos de Israel tiveram em herança, na terra de Canaã, o que Eleazar, o sacerdote, e Josué, filho de Num, e os cabeças dos pais das tribos dos filhos de Israel lhes fizeram repartir. Js 19:51 Estas são as heranças que Eleazar, o sacerdote, e Josué, filho de Num, e os cabeças dos pais das famílias repartiram às tribos dos filhos de Israel, em herança, por sorte, em Siló, perante o SENHOR, à porta da tenda da congregação. E assim acabaram de repartir a terra.

De fato, podemos ver a correspondência entre um texto e o outro assinalando assim uma introdução ao assunto e a sua conclusão. Agora, a terra estava repartida e Josué prestes a concluir a sua missão, estando já velho e avançado em dias. Isso ficará para os próximos capítulos dessa jornada incrível de um homem que foi substituto à altura de outro grande gigante das histórias bíblicas, Moisés o homem que Deus falava face-a-face com ele. Por Daniel Deusdete

117


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 20:1-18 Segmentação e Reflexões Nossa divisão proposta está chegando ao seu final e hoje será o penúltimo capítulo da DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Estamos também seguindo as divisões propostas da BEG, em seis subpartes, onde já vimos, no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (já vista). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51 (já vista). Concluiremos agora a D). As cidades de refúgio – 20:19 D). As cidades de refúgio – 20:1-9 Pelo entender dos relatos bíblicos, a iniciativa da construção das cidades refúgio, onde o criminoso que matasse alguém, não intencionalmente, pudesse se refugiar do vingador de sangue, vinha do Senhor. Essas cidades depois seriam entregues aos levitas – 21:13, 21, 27, 32, 36, 38; Nm 35:6 – para serem por eles administradas e controladas. Foi ele, o Senhor, que disse para Josué para falar aos filhos de Israel para apartarem para eles cidades de refúgio, conforme já havia sido falado a Moisés. Havia dessas cidades em todo o território de Israel. Aliás, o que era que não vinha do Senhor que foi falado a Moisés e que estava sendo seguido por Josué à risca? Tudo vinha do Senhor! Essa era a mais pura verdade! Do Senhor vinha a ordem e a organização; os líderes e os mandamentos; os símbolos e suas representações; os artífices e ourives que tudo fizeram de acordo com o modelo que lhes fora 118

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS mostrado; a vitória e as guerras; a força e a coragem para lutar e vencer e sair vencedor; a paz e a prosperidade; a proteção e o abrigo contra as intempéries do mundo; o caminho, a verdade e a vida para que seguissem; o filho de Deus, o Messias esperado que ali estava sendo preservado com Raabe. Repetindo o que já disse antes: o portador e a portadora da semente messiânica, o Messias! Ele estava ali e seria multiplicado e seria gerado e daria continuidade. Raabe estava ali. Após a destruição de Jericó, Raabe habitou entre os Israelitas e casou-se com Salmom. Deu à luz Boaz, que foi bisavô de Davi, tornando-se assim, da linhagem messiânica! Talvez Davi tenha conhecido pessoalmente sua bisavó e seu bisavó e ouvido histórias de sua própria boca. Js 20:1 Falou mais o SENHOR a Josué, dizendo: Js 20:2 Fala aos filhos de Israel, dizendo: Apartai para vós as cidades de refúgio, de que vos falei pelo ministério de Moisés, Js 20:3 Para que fuja para ali o homicida, que matar alguma pessoa por engano, e não com intenção; para que vos sirvam de refúgio contra o vingador do sangue. Js 20:4 E fugindo para alguma daquelas cidades, por-se-á à porta dela e exporá a sua causa aos ouvidos dos anciãos da tal cidade; então o tomarão consigo na cidade; e lhe darão lugar, para que habite com eles. Js 20:5 E se o vingador do sangue o seguir, não entregarão na sua mão o homicida, porquanto não feriu a seu próximo com intenção, e não o odiou antes. Js 20:6 E habitará na mesma cidade, até que compareça em juízo perante a congregação, até que morra o sumo sacerdote que houver naqueles dias; então o homicida voltará, e virá à sua cidade e à sua casa, à cidade de onde fugiu. Js 20:7 Então designaram a Quedes na Galiléia, na montanha de Naftali, e a Siquém, na montanha de Efraim, e a Quiriate-Arba (esta é Hebrom), na montanha de Judá. Por Daniel Deusdete 119


Reflexões bíblicas no livro de Josué Js 20:8 E, além do Jordão, na direção de Jericó para o oriente, designaram a Bezer, no deserto, na campina da tribo de Rúben, e a Ramote, em Gileade da tribo de Gade, e a Golã, em Basã da tribo de Manassés. Js 20:9 Estas são as cidades que foram designadas para todos os filhos de Israel, e para o estrangeiro que habitasse entre eles, para que se acolhesse a elas todo aquele que por engano, matasse alguma pessoa, para que não morresse às mãos do vingador do sangue, até se apresentar diante da congregação.

Isso era assim por que em Israel não havia cadeias para abrigar o criminoso e mantê-lo vivo às custas da sociedade numa pretensa intenção de reeducação da mente criminosa. Os bandidos e os que não se ajeitavam às regras sociais eram punidos e eliminados do meio do povo. Eu vejo a prisão como a formação de uma outra sociedade dentro da atual sociedade cujos membros dela somente esperam por uma boa oportunidade para voltarem às práticas criminosas com mais inteligência e propósitos uma vez que lá dentro parece mais uma escola técnica do crime, cheia de regalias.

120

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33.

Por Daniel Deusdete

121


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 21:-1-45 Segmentação e Reflexões Nossa divisão proposta está chegando ao seu final e hoje será o último capítulo da DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Estamos também seguindo as divisões propostas da BEG, em seis subpartes, onde já vimos, no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista); B. O leste do Jordão – 13:8-33 (já vista). C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51 (já vista). D). As cidades de refúgio – 20:1-9 (já vista). E, finalmente, concluiremos: E). A porção de Levi – 21:1-42 e F). Resumo final – 21:43-45. E). A porção de Levi – 21:1-42 Levi gerou 3 filhos: Gérson, primogênito; Coate, o segundo filho e Merari, o terceiro. No entanto, aqui, os coatitas tiveram precedência, pois de sua família era que descendia a linhagem sacerdotal de Arão, que era neto de Coate e filho de Anrão – Ex 6:18,20. A escolha foi de Deus para Arão e seus filhos servirem como sacerdotes – Ex 28:1; Lv 8:1-36. A designação das cidades dos levitas era o último aspecto da descrição detalhada da divisão do território nos capítulos de 13 a 21, cuja falta de herança na terra fora mencionada em 13:14, 33; 14:3, 4; 18:7. Na verdade, essas cidades deveriam permanecer de posse das tribos às quais já haviam sido entregues, mas poderiam ser cedidas, juntamente com seus arredores, para que os levitas habitassem nelas – vs 2. 122

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Podemos então dividir o presente capítulo em 4 partes: 1. uma introdução com o pedido dos levitas sendo feito – vs 1-3; 2. A designação de cidades para eles por sortes – vs 4-8; 3. Uma lista das cidades – vs 9-40; 4. E uma conclusão – vs 41-42. Foram os cabeças dos pais dos levitas que procuraram pelo sacerdote Eleazar, pelo líder Josué e pelos cabeças das tribos dos filhos de Israel, em Siló, para lhes pedir cidades para habitar, conforme tinha sido prometido por Moisés em seu ministério – Nm 35:1-8. Percebe-se ordem, organização e hierarquia nesse pedido ao qual estavam certos de que seriam atendidos. Mas tiveram de pedir e de procurar por quem pudesse resolver as coisas. E se não tivessem tomado a iniciativa de pedir e de buscar a solução do problema deles, o que haveria de se suceder? Também no pedido dos levitas, como foi no caso do pedido de Calebe – 14:6-12, encontraremos uma excelente expressão de fé nas promessas de Deus. É de se registrar que apesar da promessa, eles tiveram que lutar pela sua concretização e buscarem o seu cumprimento, o que, de fato, demonstra ainda mais fé! Js 21:1 Então os cabeças dos pais dos levitas se achegaram a Eleazar, o sacerdote, e a Josué, filho de Num, e aos cabeças dos pais das tribos dos filhos de Israel; Js 21:2 E falaram-lhes em Siló, na terra de Canaã, dizendo: O SENHOR ordenou, pelo ministério de Moisés, que se nos dessem cidades para habitar, e os seus arrabaldes para os nossos animais. Js 21:3 Por isso os filhos de Israel deram aos levitas da sua herança, conforme a ordem do SENHOR, as seguintes cidades e os seus arrabaldes. Js 21:4 E saiu a sorte para as famílias dos coatitas; e aos filhos de Arão, o sacerdote, que eram dos levitas, tiveram por sorte da tribo de Judá, e da tribo de Simeão, e da tribo de Benjamim, treze cidades; Js 21:5 E aos outros filhos de Coate couberam por sorte, das famílias Por Daniel Deusdete 123


Reflexões bíblicas no livro de Josué da tribo de Efraim, e da tribo de Dã, e da meia tribo de Manassés, dez cidades; Js 21:6 E aos filhos de Gérson couberam por sorte, das famílias da tribo de Issacar, e da tribo de Aser, e da tribo de Naftali, e da meia tribo de Manassés, em Basã, treze cidades; Js 21:7 Aos filhos de Merari, segundo as suas famílias, da tribo de Rúben, e da tribo de Gade, e da tribo de Zebulom, doze cidades; Js 21:8 E deram os filhos de Israel aos levitas estas cidades e os seus arrabaldes por sorte, como o SENHOR ordenara pelo ministério de Moisés. Js 21:9 Deram mais, da tribo dos filhos de Judá e da tribo dos filhos de Simeão, estas cidades, que por nome foram mencionadas, Js 21:10 Para que fossem dos filhos de Arão, das famílias dos coatitas dos filhos de Levi; porquanto a primeira sorte foi sua. Js 21:11 Assim lhes deram a cidade de Arba, do pai de Anaque (esta é Hebrom), no monte de Judá, e os seus arrabaldes ao redor. Js 21:12 Porém o campo da cidade, e as suas aldeias, deram a Calebe, filho de Jefoné, por sua possessão. Js 21:13 Assim aos filhos de Arão, o sacerdote, deram Hebrom, cidade do refúgio do homicida, e os seus arrabaldes, Libna e os seus arrabaldes; Js 21:14 Jatir e os seus arrabaldes, e Estemoa e os seus arrabaldes; Js 21:15 E Holom e os seus arrabaldes, e Debir e os seus arrabaldes; Js 21:16 E Aim e os seus arrabaldes, e Jutá e os seus arrabaldes, e Bete-Semes e os seus arrabaldes; nove cidades destas duas tribos. Js 21:17 E da tribo de Benjamim, Gibeão e os seus arrabaldes, Geba e os seus arrabaldes; Js 21:18 Anatote e os seus arrabaldes, e Almom e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:19 Todas as cidades dos sacerdotes, filhos de Arão, foram treze cidades e os seus arrabaldes. Js 21:20 E as famílias dos filhos de Coate, levitas, que ficaram dos filhos de Coate, tiveram as cidades da sua sorte, da tribo de Efraim.

124

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 21:21 E deram-lhes Siquém, cidade de refúgio do homicida, e os seus arrabaldes, no monte de Efraim, e Gezer e os seus arrabaldes; Js 21:22 E Quibzaim e os seus arrabaldes, e Bete-Horom e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:23 E da tribo de Dã, Elteque e os seus arrabaldes, Gibetom e os seus arrabaldes; Js 21:24 Aijalom e os seus arrabaldes, Gate-Rimom e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:25 E da meia tribo de Manassés, Taanaque e os seus arrabaldes, e Gate-Rimom e os seus arrabaldes; duas cidades. Js 21:26 As cidades para as famílias dos demais filhos de Coate, foram dez e os seus arrabaldes. Js 21:27 E aos filhos de Gérson, das famílias dos levitas, deram da meia tribo de Manassés, Golã, cidade de refúgio do homicida, em Basã, e os seus arrabaldes, e Beesterá e os seus arrabaldes; duas cidades. Js 21:28 E da tribo de Issacar, Quisiom e os seus arrabaldes, Daberate e os seus arrabaldes, Js 21:29 Jarmute e os seus arrabaldes, En-Ganim e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:30 E da tribo de Aser, Misal e os seus arrabaldes, Abdom e os seus arrabaldes, Js 21:31 Helcate e os seus arrabaldes, e Reobe e os seus arrabaldes; Js 21:32 E da tribo de Naftali, Quedes, cidade de refúgio do homicida, na Galiléia, e os seus arrabaldes, e Hamote-Dor e os seus arrabaldes, e Cartã e os seus arrabaldes; três cidades. Js 21:33 Todas as cidades dos gersonitas, segundo as suas famílias, foram treze cidades e os seus arrabaldes. Js 21:34 E às famílias dos filhos de Merari, aos demais levitas, foram dadas, da tribo de Zebulom, Jocneão e os seus arrabaldes, Cartã e os seus arrabaldes, Js 21:35 Dimna e os seus arrabaldes, Naalal e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:36 E da tribo de Rúben, Bezer e os seus arrabaldes, e Jaza e os seus arrabaldes, Js 21:37 Quedemote e os seus arrabaldes, e Mefaate e os seus arrabaldes; quatro cidades. Js 21:38 E da tribo de Gade, Ramote, cidade de refúgio do homicida, em Gileade, e os seus arrabaldes, e Maanaim e os seus Por Daniel Deusdete

125


Reflexões bíblicas no livro de Josué arrabaldes, Js 21:39 Hesbom e os seus arrabaldes, Jazer e os seus arrabaldes; ao todo, quatro cidades. Js 21:40 Todas estas cidades foram dos filhos de Merari, segundo as suas famílias, que ainda restavam das famílias, dos levitas; e foi a sua sorte doze cidades. Js 21:41 Todas as cidades dos levitas, no meio da herança dos filhos de Israel, foram quarenta e oito cidades e os seus arrabaldes. Js 21:42 Estavam estas cidades, cada uma com os seus arrabaldes em redor delas; assim estavam todas estas cidades. Js 21:43 Desta maneira deu o SENHOR a Israel toda a terra que jurara dar a seus pais; e a possuíram e habitaram nela. Js 21:44 E o SENHOR lhes deu repouso de todos os lados, conforme a tudo quanto jurara a seus pais; e nenhum de todos os seus inimigos pode resisti-los; todos os seus inimigos o SENHOR entregou-lhes nas mãos. Js 21:45 Palavra alguma falhou de todas as boas coisas que o SENHOR falou à casa de Israel; tudo se cumpriu.

Já estamos concluindo o capítulo 21 e nossa segunda parte de nossa divisão e, a partir do próximo capítulo, iremos concluir também o livro de Josué em mais uma conquista de Deus. vejamos agora o resumo final. F). Resumo final – 21:43-45. A BEG fala que esse final é uma recapitulação concisa da teologia do livro todo – e não somente dos capítulos de 13 a 21. O vs 43, por exemplo, resume os capítulos de 13 a 21 e o verso 44, trata dos capítulos de 1 a 12, sendo que o último versículo, o 45, expressa a ideia predominante no livro todo, ou seja, a fidelidade de Deus às suas promessas. Inclusive, estou pensando em tirar desse final, um sermão para ministração na Igreja Presbiteriana de Sobradinho.

126

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS O Senhor dá aqui ao povo três coisas muito importantes e interessantes. Primeiro a terra – uma dádiva de Deus a Israel -, em cumprimento às suas promessas que daria mesmo a terra a eles – vs 43. Em segundo lugar, a paz, ou o repouso, que somente ele pode nos dar – vs 44. E, em terceiro, os seus inimigos, uma vez que ele os entregou nas suas mãos – vs 44. Em relação à primeira coisa que o Senhor lhes dá, foi deles exigido duas atitudes para concretização da bênção: primeira, possuírem a terra – vs 43; segunda, habitarem nela – vs 43. Em relação à segunda coisa que o Senhor lhes deu, foi deles exigido que recebessem a paz, o repouso e que não resistissem ao Espírito Santo que os abençoava com a sua paz – vs 44. Compare com João 20:19,21: a primeira atitude de Jesus, diante dos discípulos temerosos que estavam com as portas fechadas e Jesus lhes aparece no meio deles, foi lhes ministrar a paz. Veja também Jo 14:27 “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” Em relação à terceira coisa que o Senhor lhes deu, foi deles exigido que resistissem ao inimigo – vs 44 – uma vez que a vitória já era certa. Comprar com Tiago 4:7 que diz que devemos resistir ao diabo e ele fugirá de nós. A fidelidade de Deus ao qual este livro de Josué dá testemunho – vs 45 - é a fidelidade às promessas feitas a Abraão, Isaque e Jacó que Paulo interpretou como pré-anúncio do Evangelho a Abraão: “em ti, serão abençoados todos os povos” – Gl 3:8.

Por Daniel Deusdete

127


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Josué 22:1-34 Segmentação e Reflexões Já concluímos duas partes de três de nossa divisão proposta que estamos seguindo, conforme a BEG. Já vimos, I. A conquista da terra – 1:1 – 12:24 e II. A distribuição da Terra Prometida – 13:121:45. E, agora, entraremos na terceira e última parte: III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33. O livro está sendo concluído com três capítulos que tratam da fidelidade de Israel à luz da fidelidade de Deus às suas promessas. Como já vimos no capítulo anterior, principalmente nos seus três últimos versículos, o tema central do livro de Josué é A FIDELIDADE DE DEUS ÀS SUAS PROMESSAS e o tema recorrente, nesses três últimos capítulos é a resposta humana exigida pela graça extraordinária de Deus. Cada capítulo começara com a declaração de que José “chamou” o povo – 22:1; 23:1 e 24:1. Deus tem sido fiel às suas promessas e o povo tem se mostrado disposto a cumprir a sua parte, embora ainda não completamente por que ficou para trás muitas terras e povos para serem expulsos. III.

A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33.

Nesses capítulos restantes ficará registrado o papel de Josué como líder exemplar conduzindo toda a nação numa renovação exemplar da aliança. Continuaremos a seguir a divisão proposta pela BEG que a divide em quatro subpartes: A.) A unidade de Israel – 22:1-34. B.) a exigência de fidelidade à aliança – 23:1-16. C.) A renovação da aliança em Siquém – 24:1-28. E, concluindo, D.) As mortes e os sepultamentos em Josué, encerrando assim o livro correspondente – 24:29-33. 128

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Vamos então começar com nossa primeira subparte, em seguida: A.) A unidade de Israel – 22:1-34. A palavra chave aqui é a unidade, apesar de serem 12 tribos espalhadas na Terra Prometida e tendo duas tribos e meia à leste do Jordão. A centralidade dessa união, sem dúvida, é o Senhor e o terror de cada um seria a ameaça presente do “abandonar” ao Senhor que traria sobre eles todos, a ira de Deus, como já havia acontecido com a infidelidade de Acã. Dividiremos este capítulo em suas seções: 1. As tribos da Transjordânia são liberadas; 2. A controvérsia acerca de um altar – vs 10-34. Foi Josué quem os chamou e os despachou depois de elogiá-los por terem sido obedientes e não terem abandonado o Senhor, antes deram todo apoio e serviço para que todo o Israel fosse unido no propósito da conquista e possessão da terra. Ao despedi-los ele lhes dá uma palavra de exortação e lhes prega que deveriam ter o cuidado de guardar com diligência o mandamento e a lei que Moisés, o servo do SENHOR, mandara: que ameis ao SENHOR vosso Deus, e andeis em todos os seus caminhos, e guardeis os seus mandamentos, e vos achegueis a ele, e o sirvais com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma. – vs 5. (isso dá uma excelente pregação!). Em seguida os abençoa e os despede em paz. Essa palavra de Josué, usando o imperativo em sua pregação, era a resposta humana que se esperava de toda nação diante da graça soberana de Deus para com todo o Israel. Também é a resposta que se espera de nós que temos a Cristo, o cumprimento das promessas de Deus ao homem. Por Daniel Deusdete

129


Reflexões bíblicas no livro de Josué O tabernáculo ficava à oeste do Jordão, na terra de possessão do Senhor, junto com as outras tribos de Israel, onde seriam celebradas todas as cerimônias da lei e o culto ao Senhor. No entanto, as tribos do leste resolveram fazer um altar enorme – vs 10. As outras tribos ao verem e contemplarem tão grande e vistosa obra que fizeram, logo temeram e foram para guerra contra os seus irmãos, pois imaginavam que logo o terror de Deus viria sobre todos. Então se explicam sobre o altar dizendo que não estariam fazendo um altar de sacrifícios e de holocaustos, mas um tipo de memorial para que não se esquecessem as tribos que eles também pertenciam a Israel. Fineias aceitou a explicação e bem assim os que foram investigar e voltaram e contaram aos outros que não era rebelião das tribos do leste e que não era um altar concorrendo com o tabernáculo do Senhor que ficava no oeste junto com as outras 10 tribos e meia. Alegraram-se de que não era o mal que eles intentavam e celebraram ao Senhor que os preservava em unidade. Js 22:1 Então Josué chamou os rubenitas, e os gaditas, e a meia tribo de Manassés, Js 22:2 E disse-lhes: Tudo quanto Moisés, o servo do SENHOR, vos ordenou, guardastes; e à minha voz obedecestes em tudo quanto vos ordenei. Js 22:3 A vossos irmãos por todo este tempo, até ao dia de hoje, não desamparastes; antes tivestes cuidado de guardar o mandamento do SENHOR vosso Deus. Js 22:4 Agora o SENHOR vosso Deus deu repouso a vossos irmãos, como lhes tinha prometido; voltai-vos, pois, agora, e ide-vos às vossas tendas, à terra da vossa possessão, que Moisés, o servo do SENHOR, vos deu além do Jordão. Js 22:5 Tão-somente tende cuidado de guardar com diligência o mandamento e a lei que Moisés, o servo do SENHOR, vos mandou: que ameis ao SENHOR vosso Deus,

130

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS e andeis em todos os seus caminhos, e guardeis os seus mandamentos, e vos achegueis a ele, e o sirvais com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma. Js 22:6 Assim Josué os abençoou, e despediu-os; e foram-se às suas tendas. Js 22:7 Ora, Moisés dera herança em Basã à meia tribo de Manassés, porém à outra metade Josué deu herança entre seus irmãos aquém do Jordão para o ocidente; e enviando-os Josué também às suas tendas os abençoou; Js 22:8 E falou-lhes, dizendo: Voltai-vos às vossas tendas com grandes riquezas, e com muitíssimo gado, com prata, e com ouro, e com metal, e com ferro, e com muitíssimas roupas; e com vossos irmãos reparti o despojo dos vossos inimigos. Js 22:9 Assim os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e a meia tribo de Manassés voltaram, e separaram-se dos filhos de Israel, de Siló, que está na terra de Canaã, para irem à terra de Gileade, à terra da sua possessão, de que foram feitos possuidores, conforme a ordem do SENHOR pelo ministério de Moisés. Js 22:10 E, chegando eles aos limites do Jordão, ainda na terra de Canaã, ali os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e a meia tribo de Manassés edificaram um altar junto ao Jordão, um altar de grande aparência. Js 22:11 E ouviram os filhos de Israel dizer: Eis que os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e a meia tribo de Manassés edificaram um altar diante da terra de Canaã, nos limites do Jordão, do lado dos filhos de Israel. Js 22:12 Ouvindo isso os filhos de Israel, reuniu-se toda a congregação dos filhos de Israel em Siló, para saírem em guerra contra eles. Js 22:13 E enviaram os filhos de Israel, aos filhos de Rúben, e aos filhos de Gade, e à meia tribo de Manassés, na terra de Gileade, a Finéias, filho de Eleazar, o sacerdote, Js 22:14 E a dez príncipes com ele, de cada casa paterna um príncipe, de todas as tribos de Israel; e cada um era cabeça da casa de Por Daniel Deusdete

131


Reflexões bíblicas no livro de Josué seus pais entre os milhares de Israel. Js 22:15 E, indo eles aos filhos de Rúben, e aos filhos de Gade, e à meia tribo de Manassés, à terra de Gileade, falaram-lhes, dizendo: Js 22:16 Assim diz toda a congregação do SENHOR: Que transgressão é esta, que cometestes contra o Deus de Israel, deixando hoje de seguir ao SENHOR, edificando-vos um altar, para vos rebelardes contra o SENHOR? Js 22:17 Foi-nos pouco a iniqüidade de Peor, de que ainda até o dia de hoje não estamos purificados, mesmo que tenha havido castigo na congregação do SENHOR, Js 22:18 Para que hoje deixais de seguir o SENHOR? Será que rebelando-vos hoje contra o SENHOR, amanhã ele se irará contra toda a congregação de Israel. Js 22:19 Se é, porém, que a terra da vossa herança é imunda, passai-vos para a terra da possessão do SENHOR, onde habita o tabernáculo do SENHOR, e tomai possessão entre nós; mas não vos rebeleis contra o SENHOR, nem tampouco vos rebeleis contra nós, edificando-vos um altar, além do altar do SENHOR nosso Deus. Js 22:20 Não cometeu Acã, filho de Zera, transgressão no tocante ao anátema? Não veio ira sobre toda a congregação de Israel, de modo que aquele homem não morreu só, na sua iniqüidade? Js 22:21 Então responderam os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e a meia tribo de Manassés, e disseram aos cabeças dos milhares de Israel: Js 22:22 O SENHOR Deus dos deuses, o SENHOR Deus dos deuses, ele o sabe, e Israel mesmo o saberá. Se foi por rebeldia, ou por transgressão contra o SENHOR, hoje não nos preserve; Js 22:23 Se nós edificamos um altar para nos desviarmos do SENHOR, ou para sobre ele oferecer holocausto e oferta de alimentos, ou sobre ele apresentar oferta pacífica, o SENHOR mesmo de nós o requeira.

132

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 22:24 E, se antes o não fizemos por receio disto, dizendo: Amanhã vossos filhos virão a falar a nossos filhos, dizendo: Que tendes vós com o SENHOR Deus de Israel? Js 22:25 Pois o SENHOR pôs o Jordão por termo entre nós e vós, ó filhos de Rúben, e filhos de Gade; não tendes parte no SENHOR; e assim bem poderiam vossos filhos fazer desistir a nossos filhos de temer ao SENHOR. Js 22:26 Por isso dissemos: Preparemo-nos agora, e edifiquemos um altar, não para holocausto, nem para sacrifício, Js 22:27 Mas para que, entre nós e vós, e entre as nossas gerações depois de nós, nos seja em testemunho, para podermos fazer o serviço do SENHOR diante dele com os nossos holocaustos, e com os nossos sacrifícios, e com as nossas ofertas pacíficas; para que vossos filhos não digam amanhã a nossos filhos: Não tendes parte no SENHOR. Js 22:28 Por isso dissemos: Quando suceder que amanhã assim nos digam a nós e às nossas gerações, então diremos: Vede o modelo do altar do SENHOR que fizeram nossos pais, não para holocausto nem para sacrifício, porém para ser testemunho entre nós e vós. Js 22:29 Nunca tal nos aconteça que nos rebelemos contra o SENHOR, ou que hoje nós abandonássemos o SENHOR, edificando altar para holocausto, oferta de alimentos ou sacrifício, fora do altar do SENHOR nosso Deus, que está perante o seu tabernáculo. Js 22:30 Ouvindo, pois, Finéias, o sacerdote, e os príncipes da congregação, e os cabeças dos milhares de Israel, que com eles estavam, as palavras que disseram os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, e os filhos de Manassés, pareceu bem aos seus olhos. Js 22:31 E disse Finéias, filho de Eleazar, o sacerdote, aos filhos de Rúben, e aos filhos de Gade, e aos filhos de Manassés: Por Daniel Deusdete

133


Reflexões bíblicas no livro de Josué Hoje sabemos que o SENHOR está no meio de nós; porquanto não cometestes transgressão contra o SENHOR; agora livrastes os filhos de Israel da mão do SENHOR. Js 22:32 E Finéias filho de Eleazar, o sacerdote, com os príncipes, deixando os filhos de Rúben, e os filhos de Gade, voltaram da terra de Gileade à terra de Canaã, aos filhos de Israel, e trouxeram-lhes a resposta. Js 22:33 E pareceu a resposta boa aos olhos dos filhos de Israel, e os filhos de Israel louvaram a Deus; e não falaram mais em subir à guerra contra eles em exército, para destruírem a terra em que habitavam os filhos de Rúben e os filhos de Gade. Js 22:34 E os filhos de Rúben e os filhos de Gade deram ao altar o nome de Ede; para que seja testemunho entre nós que o SENHOR é Deus.

Apesar das explicações, o leitor que lê atentamente e acompanha o desenrolar dos relatos bíblicos e a história, sabe que as explicações foram fracas, descabidas e sem sentido. Fineias e todo o povo engoliram o peixe com espinhos e tudo mais. Se quisessem ter feito um memorial que fosse um memorial e não uma altar. De fato a união estava firme entre todos eles e essa ameaça trouxe à tona um problema real que poderia abalar essa unidade deles, a qual seria a apostasia – não se trata somente de uma ofensa terrível contra Deus, mas também contra todo o povo de Deus - e a rebelião contra Deus. Estando todos satisfeitos com o feito – esse altar ainda lhes será por laço no futuro – deram ao altar o nome de EDE ou TESTEMUNHO. Testemunho de que entre eles, o Senhor é que era Deus!

134

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Josué 23:1-16 Segmentação e Reflexões Estamos no penúltimo capítulo deste livro onde agora veremos Josué renovando a aliança com o povo de Israel e já se preparando para sua morte iminente. Em nossa divisão proposta, estamos na terceira e última parte: III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33. Onde cada capítulo desta parte começa com a declaração de que José “chamou” o povo – 22:1; 23:1 e 24:1. Isso mostra em parte o papel de Josué como líder escolhido conduzindo toda a nação numa renovação exemplar da aliança. Deus tem demonstrado de diversas maneiras e sido fiel às suas promessas e o povo, apesar deles mesmos, tem se mostrado disposto a cumprir a sua parte, embora ainda não completamente por que ficou para trás muitas terras e povos para serem expulsos. Continuaremos a seguir a divisão proposta pela BEG que a divide em quatro subpartes: A.) A unidade de Israel – 22:1-34 (já vista). B.) A exigência de fidelidade à aliança – 23:1-16 (já vista no capítulo anterior). C.) A renovação da aliança em Siquém – 24:128 (veremos agora neste capítulo). E, concluindo, D.) As mortes e os sepultamentos em Josué, encerrando assim o livro correspondente – 24:29-33. Vamos então começar com nossa primeira subparte, em seguida: C.) A renovação da aliança em Siquém – 24:1-28 Como já salientado, o discurso breve de Josué, mas muito profundo e perspicaz, começa com “chamou”. Sim, o líder maior e que tinha a visão de Deus e sabia conduzir como ninguém o povo escolhido de Deus, chama o povo em um momento especial de sua vida. Por Daniel Deusdete

135


Reflexões bíblicas no livro de Josué Ele já está velho e avançado em dias. Tanto se observa pela anotação bem atual e presente do segundo versículo, como também quando começou a dividir a terra, no capítulo 13:1. Ele conhecia a Palavra do Senhor e suas promessas e sabia, por experiência que Deus era fiel e iria cumprir todas as suas promessas e elas ainda não tinham alcançado seu pleno cumprimento. Havia terra e povos a serem banidos e expulsos e Deus não tinha mudado seu discurso nem seus métodos. Ele continuaria a expulsar aquela gente dali, mas Israel também teria de fazer a sua parte. Ele começa rememorando o que o Senhor já fez e conquistou por causa deles e lhes afirmou que bastaria um só homem para por em fuga mil deles por causa da presença do Senhor no meio deles. Eles sabiam e tinham visto o que o Senhor já fizera e isso já era motivo para que percebessem o que iria se suceder no futuro se continuassem também fieis a Deus em toda a sua casa e propósitos. Aquele propósito da ocupação da terra era mais de Deus do que deles mesmos. Era tudo já “carta marcada”, mas, mesmo assim, sendo o que era, havia o risco presente e vivo de que nem assim obtivessem a promessa por causa de uma possível rejeição a Deus devido a apostasia. Primeiro ele, assim, os chamou para verem o que o Senhor já fizera, depois ele pediu para eles continuarem vendo, mas o que ele Josué tinha feito com a terra distribuindo para eles de forma justa onde nenhuma tribo se queixou do método de escolha nem de sua porção recebida. 136

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Em seguida , ele fala da ação de Deus impelindo e expelindo as nações de diante deles: essa era a promessa! Depois, pede a eles, o correspondente esforço e ação no sentido de lutarem e avançarem e conquistarem. Ele, nesse momento, relembra e reforça dentro deles, a lei do Senhor e todos os seus mandamentos que ordenara Moisés. Enquanto fossem apegados às instruções tanto de tradição com escritas, eles jamais seriam derrotados. A intenção da lei era mostrar a eles a necessidade de perseverarem com o Senhor e a resposta de Deus a isso era a sua fidelidade. Aqui está o segredo do sucesso: Deus! E isso ele passava a eles como bom pregador da Palavra de Deus! Js 23:1 E sucedeu que, muitos dias depois que o SENHOR dera repouso a Israel de todos os seus inimigos em redor, e sendo Josué já velho e entrado em dias, Js 23:2 Chamou Josué a todo o Israel, aos seus anciãos, e aos seus cabeças, e aos seus juízes, e aos seus oficiais, e disse-lhes: Eu já sou velho e entrado em dias, Js 23:3 E vós já tendes visto tudo quanto o SENHOR vosso Deus fez a todas estas nações por causa de vós; porque o SENHOR vosso Deus é que tem pelejado por vós. Js 23:4 Vede que vos reparti por sorte, em herança às vossas tribos, estas nações que restam, bem como as nações que tenho destruído, desde o Jordão até o grande mar para o pôr do sol. Js 23:5 E o SENHOR vosso Deus as impelirá, e as expelirá de diante de vós; e vós possuireis a sua terra, como o SENHOR vosso Deus vos tem prometido. Js 23:6 Esforçai-vos, pois, muito para guardardes e para fazerdes tudo quanto está escrito no livro da lei de Moisés; para que dele não vos aparteis, nem para a direita nem para a esquerda; Js 23:7 Para que não entreis no meio destas nações que ainda ficam convosco; e dos nomes de seus deuses não façais Por Daniel Deusdete

137


Reflexões bíblicas no livro de Josué menção, nem por eles façais jurar, nem os sirvais, nem a eles vos inclineis, Js 23:8 Mas ao SENHOR vosso Deus vos apegareis, como fizestes até o dia de hoje; Js 23:9 Pois o SENHOR expulsou de diante de vós grandes e fortes nações; e, quanto a vós, ninguém vos tem podido resistir, até o dia de hoje. Js 23:10 Um só homem dentre vós perseguirá a mil; pois é o SENHOR vosso Deus que peleja por vós, como já vos tem falado. Js 23:11 Portanto, guardai diligentemente as vossas almas, para amardes ao SENHOR vosso Deus. Js 23:12 Porque, se de algum modo vos desviardes, e vos apegardes ao restante destas nações que ainda ficou entre vós, e com elas vos aparentardes, e vós a elas entrardes, e elas a vós, Js 23:13 Sabei certamente que o SENHOR vosso Deus não continuará a expulsar estas nações de diante de vós, mas elas vos serão por laço e rede, e açoite às vossas ilhargas, e espinhos aos vossos olhos; até que pereçais desta boa terra que vos deu o SENHOR vosso Deus. Js 23:14 E eis que vou hoje pelo caminho de toda a terra; e vós bem sabeis, com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma, que nem uma só palavra falhou de todas as boas coisas que falou de vós o SENHOR vosso Deus; todas vos sobrevieram, nenhuma delas falhou. Js 23:15 E será que, assim como sobre vós vieram todas estas boas coisas, que o SENHOR vosso Deus vos disse, assim trará o SENHOR sobre vós todas aquelas más coisas, até vos destruir de sobre a boa terra que vos deu o SENHOR vosso Deus. Js 23:16 Quando transgredirdes a aliança do SENHOR vosso Deus, que vos tem ordenado, e fordes e servirdes a outros deuses, e a eles vos inclinardes, então a ira do SENHOR sobre vós se acenderá, e logo perecereis de sobre a boa terra que vos deu.

138

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS A ênfase no alerta de Deus de perseverarem era grande, mesmo assim, infelizmente, sabemos hoje pelos registros da história, de que o povo não foi fiel e teve de amargar toda palavra que ali, naquele momento Josué estava falando. É interessante de se observar que a aliança do Senhor tem duas faces: a boa, caso obedecessem e a sua ira, caso desobedecessem e a transgredissem. A ira do Senhor se acenderá sobre eles em breve por causa da desobediência e das alianças proibidas com outras nações e logo perecerão de sobre a boa terra que o Senhor lhes deu.

Josué 24:1-33 Segmentação e Reflexões Chegamos, finalmente, ao fim dessa maravilhosa jornada de Josué toda registrada por ele mesmo, conforme se vê no vs 26. Neste último capítulo veremos Josué renovando a aliança com o povo de Israel e a sua morte com 110 anos de vida. Em nossa divisão proposta, estamos finalizando também a terceira e última parte: III. A lealdade à aliança na terra – 22:1 – 24:33. Onde cada capítulo desta parte começou com a declaração de que José “chamou” o povo – 22:1; 23:1 e 24:1. Isso mostra em parte o papel de Josué como líder escolhido conduzindo toda a nação numa renovação exemplar da aliança. Deus tem demonstrado de diversas maneiras sua fidelidade às suas promessas e o povo, apesar deles mesmos, tem se mostrado disposto a cumprir a sua parte, embora ainda não completamente por que ficou para trás muitas terras e povos para serem expulsos. Concluiremos agora a divisão proposta pela BEG que divide esta última parte em quatro subpartes: A.) A unidade de Israel – 22:134 (já vista). B.) A exigência de fidelidade à aliança – 23:1-16 (já Por Daniel Deusdete

139


Reflexões bíblicas no livro de Josué vista no capítulo anterior). C.) A renovação da aliança em Siquém – 24:1-28 (veremos agora neste capítulo). E, concluindo, D.) As mortes e os sepultamentos em Josué, encerrando assim o livro correspondente – 24:29-33. Vamos então concluir este trabalho com a graça que sempre esteve e sempre estará presente na vida do crente fiel a Deus: C.) A renovação da aliança em Siquém – 24:1-28 Josué, em seu último momento de liderança, reúne todas as tribos em Siquém e chama os anciãos, os seus cabeças, os seus juízes, os seus oficiais. Todos estavam ali se apresentando diante de Deus e Josué começa sua pregação da palavra de Deus ao povo de Deus. E ele começa com a expressão muito usada pelos profetas, especialmente do AT: “Assim diz o Senhor Deus de Israel:”. Isso demonstra sua autoridade como de profeta e como líder com autoridade como a de Moisés. Ele relembra a eles o momento da chamada inicial a Abraão, mas recua um pouco mais para falar dos pais de Abraão e Naor. Não percam de vista a semente messiânica que ali estava, por pura eleição de Deus, com Tera e Abraão. E ele diz que Terá, o pai de Abraão e Naor, habitavam além do rio e serviam a outros deuses. Por isso é que estava Deus determinando a ele que saísse de sua parentela. Em seguida, como fez Moisés diante de sua partida, igualmente vai resumindo toda a jornada deles até chegarem ali onde estavam onde Josué estava renovando com eles a aliança do Senhor. Vai lhes falando dos grandes feitos e das maravilhas e livramentos de Deus. De como ele levantou líderes que estivessem à frente do povo e como subjugou àqueles que estavam no caminho deles. 140

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Deus sempre agiu em favor de seu povo e lhes deu vitórias contra os seus inimigos. É curioso de se observar que ali, naquela mesma terra, naquele mesmo lugar foi o lugar onde, pela primeira vez, Deus prometera ao patriarca que daria a terra à sua descendência – Gn 12:6 e 7. Nos lembra a BEG que os livros de Gênesis – vs 2b-4, Êxodo – vs 5-7, Números – vs 8-10 e Josué – vs 11-13 - são recapitulados numa recitação do relacionamento de Deus com o seu povo desde os dias de Abraão até a dádiva da Terra Prometida ao patriarca e, agora, recebida pelos seus descendentes. A importância desse momento é demonstrada pelo seu lugar no desenrolar da história da fidelidade de Deus às suas promessas. Como estávamos demonstrando, Deus sempre agiu a favor dos seus e eles receberam grandes bênçãos pelas quais não teve de trabalhar, nem construir, pois as cidades, guardadas as suas práticas pagãs, tinha estrutura de cidade e benefícios que puderam usufruir os israelitas. Nem mesmo isso tiveram de fazer, antes tão somente melhorar o que já existia e aperfeiçoar os benefícios ampliando-os. Depois disso, vem o apelo, o convite, o momento da decisão e da escolha do povo sobre o que fora apresentado. Ele começa lhes dizendo que deveriam, sabiamente, temerem a Deus. Este era o primeiro apelo. O segundo era servir ao Deus que eles deveriam temer. Não servilo de qualquer maneira, mas com integridade e fidelidade. O Terceiro era que eles deveriam se desfazer das coisas antigas, principalmente das práticas abomináveis pagãs que tinham costume aqueles que estavam sendo expulsos da terra.

Por Daniel Deusdete

141


Reflexões bíblicas no livro de Josué Fechando seu apelo, ele apela para uma ironia e provoca todo o povo dizendo que era o momento da decisão e da escolha: ou iriam servir aos deuses de seus pais antigos ou deveriam servir ao Senhor. Josué logo se antecipa e diz a famosa frase que se perpetua pela história: EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR! – vs 15. O povo unânime diz que preferiam servir ao Senhor e assim renovam com Deus sua aliança sendo testemunhas José e uma grande pedra a qual ele afirma ter ouvido tudo o que fora dito. Essa grande pedra ou rocha simboliza o Cristo, o Messias de Deus e também, quem sabe, um fenômeno físico que ainda não conhecemos de que as pedras tem capacidade de registrarem de algum modo nossos eventos. Em seguida, Josué dispersa e despede o povo cada um para sua herança. Js 24:1 Depois reuniu Josué todas as tribos de Israel em Siquém; e chamou os anciãos de Israel, e os seus cabeças, e os seus juízes, e os seus oficiais; e eles se apresentaram diante de Deus. Js 24:2 Então Josué disse a todo o povo: Assim diz o SENHOR Deus de Israel: Além do rio habitaram antigamente vossos pais, Terá, pai de Abraão e pai de Naor; e serviram a outros deuses. Js 24:3 Eu, porém, tomei a vosso pai Abraão dalém do rio e o fiz andar por toda a terra de Canaã; também multipliquei a sua descendência e dei-lhe a Isaque. Js 24:4 E a Isaque dei Jacó e Esaú; e a Esaú dei a montanha de Seir, para a possuir; porém, Jacó e seus filhos desceram para o Egito. Js 24:5 Então enviei Moisés e Arão e feri ao Egito, Por Daniel Deusdete 142


DEUS DE PROMESSAS como o fiz no meio deles; e depois vos tirei de lá. Js 24:6 E, tirando eu a vossos pais do Egito, viestes ao mar; e os egípcios perseguiram a vossos pais com carros e com cavaleiros, até ao Mar Vermelho. Js 24:7 E clamaram ao SENHOR, que pôs uma escuridão entre vós e os egípcios, e trouxe o mar sobre eles, e os cobriu, e os vossos olhos viram o que eu fiz no Egito; depois habitastes no deserto muitos dias. Js 24:8 Então eu vos trouxe à terra dos amorreus, que habitavam além do Jordão, os quais pelejaram contra vós; porém os entreguei nas vossas mãos, e possuístes a sua terra, e os destruí de diante de vós. Js 24:9 Levantou-se também Balaque, filho de Zipor, rei dos moabitas e pelejou contra Israel; e mandou chamar a Balaão, filho de Beor, para que vos amaldiçoasse. Js 24:10 Porém eu não quis ouvir a Balaão; pelo que ele vos abençoou grandemente e eu vos livrei da sua mão. Js 24:11 E, passando vós o Jordão, e vindo a Jericó, os habitantes de Jericó pelejaram contra vós, os amorreus, e os perizeus,e os cananeus, e os heteus, e os girgaseus, e os heveus, e os jebuseus; porém os entreguei nas vossas mãos. Js 24:12 E enviei vespões adiante de vós, que os expulsaram de diante de vós, como a ambos os reis dos amorreus; não com a tua espada nem com o teu arco. Js 24:13 E eu vos dei a terra em que não trabalhastes, e cidades que não edificastes, e habitais nelas e comeis das vinhas e dos olivais que não plantastes. Js 24:14 Agora, pois, temei ao SENHOR, e servi-o com sinceridade e com verdade; e deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais além do rio e no Egito, e servi ao SENHOR. Js 24:15 Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao SENHOR, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; Por Daniel Deusdete

143


Reflexões bíblicas no livro de Josué porém eu e a minha casa serviremos ao SENHOR. Js 24:16 Então respondeu o povo, e disse: Nunca nos aconteça que deixemos ao SENHOR para servirmos a outros deuses; Js 24:17 Porque o SENHOR é o nosso Deus; ele é o que nos fez subir, a nós e a nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão, e o que tem feito estes grandes sinais aos nossos olhos, e nos guardou por todo o caminho que andamos, e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos. Js 24:18 E o SENHOR expulsou de diante de nós a todos esses povos, até ao amorreu, morador da terra; também nós serviremos ao SENHOR, porquanto é nosso Deus. Js 24:19 Então Josué disse ao povo: Não podereis servir ao SENHOR, porquanto é Deus santo, é Deus zeloso, que não perdoará a vossa transgressão nem os vossos pecados. Js 24:20 Se deixardes ao SENHOR, e servirdes a deuses estranhos, então ele se tornará, e vos fará mal, e vos consumirá, depois de vos ter feito o bem. Js 24:21 Então disse o povo a Josué: Não, antes ao SENHOR serviremos. Js 24:22 E Josué disse ao povo: Sois testemunhas contra vós mesmos de que escolhestes ao SENHOR, para o servir. E disseram: Somos testemunhas. Js 24:23 Deitai, pois, agora, fora aos deuses estranhos que há no meio de vós, e inclinai o vosso coração ao SENHOR Deus de Israel. Js 24:24 E disse o povo a Josué: Serviremos ao SENHOR nosso Deus, e obedeceremos à sua voz. Js 24:25 Assim, naquele dia fez Josué aliança com o povo e lhe pôs por estatuto e direito em Siquém. Js 24:26 E Josué escreveu estas palavras no livro da lei de Deus; e tomou uma grande pedra, e a erigiu ali debaixo do carvalho que estava junto ao santuário do SENHOR.

144

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Js 24:27 E disse Josué a todo o povo: Eis que esta pedra nos será por testemunho, pois ela ouviu todas as palavras, que o SENHOR nos tem falado; e também será testemunho contra vós, para que não mintais a vosso Deus. Js 24:28 Então Josué enviou o povo, cada um para a sua herança. Js 24:29 E depois destas coisas sucedeu que Josué, filho de Num, servo do SENHOR, faleceu, com idade de cento e dez anos. Js 24:30 E sepultaram-no no termo da sua herança, em Timnate-Sera, que está no monte de Efraim, para o norte do monte de Gaás. Js 24:31 Serviu, pois, Israel ao SENHOR todos os dias de Josué, e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram muito tempo depois de Josué, e que sabiam todas as obras que o SENHOR tinha feito a Israel. Js 24:32 Também os ossos de José, que os filhos de Israel trouxeram do Egito, foram enterrados em Siquém, naquela parte do campo que Jacó comprara aos filhos de Hemor, pai de Siquém, por cem peças de prata, e que se tornara herança dos filhos de José. Js 24:33 Faleceu também Eleazar, filho de Arão, e o sepultaram no outeiro de Finéias, seu filho, que lhe fora dado na montanha de Efraim.

Foi depois de sua última pregação, onde ali em Siquém renovou a aliança com Israel que Josué, filho de Num, aos 110 anos de vida – a mesma idade que teve José, do Egito - veio a falecer, tendo como Paulo “combatido o bom combate, guardado a fé e concluído a carreira” – II Tim 4:7. Ele foi sepultado em sua própria herança que ele mesmo tinha pleiteado – em Timnate-Sera. Ainda depois de sua morte, o povo permaneceu fiel junto com os anciãos que o sucederam. Depois, Eleazar também morre e assim esse período de fidelidade e prosperidade tem o seu fim.

Por Daniel Deusdete

145


Reflexões bíblicas no livro de Josué Foi de fato um tempo de fidelidade a Deus tanto da parte de Josué como da parte dos anciãos e de todo o povo de Israel. Fica aqui evidenciado para nós esses exemplos para igualmente os imitarmos em nossa jornada que ainda não terminou.

Muito Obrigado!

146

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS

Conclusão Novamente - repito o que já disse antes em outros livros meus estou satisfeito com o resultado alcançado se bem que acho que ainda há muito a melhorar (preciso de revisores teológicos e ortográficos, gramaticais). De fato é muito bom terminarmos algo que começamos! Como é bom termos propósitos e levarmos a sério nossa missão! Como é bom termos fé neste Deus maravilhoso cuja graça é maior do que a nossa vida! Como é bom saber que Deus nos fez promessas incríveis e ele cumprirá todas elas! O povo de Deus foi conduzido magistralmente por seus líderes que Deus levantou por sua pura graça, bondade, fidelidade e misericórdia. Aqui, no caso, Josué que estava na liderança, conduziu todo o povo às conquistas, distribui a terra entre eles e finalmente, renovou a aliança com Deus, o Senhor. Josué - Deus é salvação - era da tribo de Efraim. Foi discípulo e sucessor de Moisés na liderança do povo de Israel. Liderou a invasão e a conquista de Canaã. Após isso, supervisionou a divisão da terra entre as tribos israelitas. Esteve com Moisés no monte, foi um dos doze espias que primeiro observaram a Terra da Promessa e o único, junto com Caleb, a crer ser possível conquistá-la. A primeira vez que o nome de Josué foi citado na Bíblia foi quando os israelitas já haviam saído do Egito há uns dois meses e se encontravam em um lugar chamado Rafidim.

Por Daniel Deusdete

147


Reflexões bíblicas no livro de Josué Sempre que aparece o nome de Josué, ele está associado com alguma coisa que Moisés fazia. Em muitas ocasiões ele é citado como "servidor" de Moisés – Ex 24:13; 33:11. Nm 11:28. Josué também foi um dos 12 homens que Moisés enviou a espiar a terra que junto com Calebe trouxe um resultado positivo, ao contrário dos demais que desanimaram Israel. Deus os abençoou tremendamente, enquanto os demais caíram em severo juízo. Por uma geração inteira – 40 anos, um ano por cada dia dos 40 que eles gastaram espiando a terra - os israelitas viveram como nômades do deserto, com o Oásis de Cades-Barnéia como seu centro tribal. Eles de movimentavam em torno da extremidade meridional do mar Morto e ocuparam a maior parte do território a leste do rio Jordão. Provavelmente, ele sucedeu Moisés com seus 85 anos. Ele deve ter levado uns 6 anos na conquista do território da Terra Prometida e o restante de sua vida até os 110, passou dividindo a terra, administrando e governando todas as tribos. O texto finaliza com a morte de Josué aos 110 anos de vida (igual a quantidade de vida que teve José) e também com a morte do sacerdote Eleazar, encerrando assim essa etapa na vida da nação de Israel. Não há como não percebermos que do início ao fim é Deus orientando, esclarecendo, falando, instruindo, mostrando o quê, como, de que forma, quando, quanto, por quanto tempo. Percebese assim o Deus imanente na história de Israel e que se utiliza de líderes por ele escolhidos para realizarem as suas obras, no caso aqui, para intruir e orientar o povo de Israel.

148

Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS Há tantas lições interessanes em toda as Escrituras! Cada vez que me dedico ao estudo delas, cada vez mais me convenço que Deus tanto é onipotente, como soberano. Sem dúvida: A DEUS TODA A GLÓRIA!

Por Daniel Deusdete

149


Reflexões bíblicas no livro de Josué

Bibliografia 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. 17. 18. 19. 20. 150

Harris, Laird. INSPIRAÇÃO E CANOCIDADE DA BÍBLIA. Ed. Mundo Cristão. Criação e Consumação – Gerard Van Groningen – Ed. Cultura Cristã STOTT, John. O DISCÍPULO RADICAL. Robertson, O. Palmer. O CRISTO DOS PACTOS. Ed. Mundo Cristão. GRONINGEN, Gerard Van. REVELAÇÃO MESSIÂNICA. GRONINGEN, Gerard Van. CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO. Packer, J. I. et al. O MUNDO DO ANTIGO TESTAMENTO. Ed. Vida. Bíblia de Estudo de Genebra - BEG Bíblia SHEDD Antigo Testamento Poliglota. Sociedade Bíblica do Brasil. Pearlman, Myer. CONHECENDO AS DOUTRINAS DA BÍBLIA. Ed. Vida. Pearlman, Myer. ATRAVÉS DA BÍBLIA – Livro por livro. Ed. Vida. Ellisen, Stanley A. CONHEÇA MELHOR O ANTIGO TESTAMENTO. Ed. Vida. Moraes, Jilton. Homilética: do púlpito ao ouvinte. Ed. Vida. http://bibliotecabiblica.blogspot.com/2009/08/estudobiblico-gibeao-gibeonitas.html http://www.bibliaonline.com.br http://www.jamaisdesista.com.br http://tempora-mores.blogspot.com.br/ http://www.scribd.com/crerparaver http://www.espadadoespirito.com.br Por Daniel Deusdete


DEUS DE PROMESSAS 21. 22. 23. 24.

25. 26. 27. 28. 29. 30. 31. 32. 33. 34. 35. 36. 37. 38.

39. 40.

http://www.portaldabiblia.com http://pt.wikipedia.org http://www.biblos.com/ BERANGER, Evaldo. SEMINÁRIO TEOLÓGICO ESCOLA DE PASTORES - www.escoladepastores.org.br Pastor e professor de Exegese Bíblia, Igreja Presbiteriana Luz do Mundo - rev.evaldoberanger@gmail.com. http://www.miniwebcursos.com.br/ http://biblehub.com/commentaries/illustrator/genesis/1.htm http://www.youtube.com/watch?v=VjZNuMUfCoU http://www.universocriacionista.com.br/ http://www.monergismo.com http://ipbvit.org.br/2011/10/22/nos-somos-a-moradade-deus-2/ http://www.jesusnet.org.br/, http://www.grupodehomensmissionarios.com/, http://www.thestudiesinthescriptures.com/, http://www.estudosdabiblia.net/, http://apaixonadopormissoes.blogspot.com/2009/06/otabernaculo-parte-i.html http://irmarciocruz.blogspot.com.br/2012/08/aprendercom-biblia-e-m-r-v-i-l-h-o-s-o.html http://vestuariodaantiguidade.blogspot.com.br/2011/0 7/vestuario-hebreu.html http://ensinandodesiao.org.br/artigos-e-estudos/amenorah/ - Representação da visão de Zacarias - Yossef ha Tzarfati - Espanha - séc. XIII http://jadai.net/ www.proerdbrasil.com.br.

Por Daniel Deusdete

151


Reflexões bíblicas no livro de Josué 41. 42. 43. 44. 45. 46. 47. 48. 49. 50. 51. 52.

53.

54.

152

http://www.alansemeador.xpg.com.br http://oscincosolas.blogspot.com Manual Bíblico de Halley/ editora vida Bíblia Ilúmina. Pacheco, Peniel – POR DENTRO DO TABERNÁCULO. Chen, Christian. Os Números na Bíblia - Moisés os Números e Nós. Ed. Elo. Deusdete, Daniel – A ORIGEM – A história de Gênesis comentada e segmentada. Deusdete, Daniel – NO DESERTO – Reflexões bíblicas sobre Israel no deserto. Deusdete, Daniel – AS LEIS DA VIDA - Reflexões bíblicas no sistema sacrificial em Levítico. Deusdete, Daniel – SAINDO DO CATIVEIRO – Reflexões bíblicas no livro de Êxodo. Deusdete, Daniel – REFLEXÕES NOS LIVROS DE SALMOS – Aprendendo a orar e adorar com os salmistas bíblicos. Deusdete, Daniel – OS LIVROS DO HOMEM MAIS SÁBIO DO MUNDO - Pérolas de conhecimento em Provérbios, Eclesiastes e Cantares de Salomão Segmentados e Comentados. Deusdete, Daniel - OS DISCURSOS DE MOISÉS Reflexões bíblicas sobre as palavras finais de Moisés a Josué, Calebe e à segunda geração. http://www.geocities.ws/pjchronos/Jerico/jer_josu.htm

Por Daniel Deusdete

DEUS DE PROMESSAS  

Por que “Deus de promessas” para o livro de Josué? Eu pensei em diversos títulos apropriados, mas o que mais falou ao meu coração foi esse e...

DEUS DE PROMESSAS  

Por que “Deus de promessas” para o livro de Josué? Eu pensei em diversos títulos apropriados, mas o que mais falou ao meu coração foi esse e...

Advertisement