Page 1

Edição 128 MAI / 2018

7 0 0 1 2186

ISSN 2237-468X

9 772237 468007

Dança Falando de

Edição nº 128 - Ano XI

MAI/2018

Fundado em 12 de outubro de 2007 - www.jornalfalandodedanca.com.br

Nas primeiras décadas do século passado, a região central do Rio vivia a Belle Époque, com cafés, night clubs e gafieiras. Saiba mais nesta edição

Ao final do século 19 e nas primeiras décadas do século 20, as danças de salão são impulsionadas por uma variedade jamais vista de ritmos e movimentos. Saiba mais na seção de história, com Maristela Zamoner e Leonor Costa

18

EQUIPE DO TÉCNICO ROLON HO VENCE O GAFIEIRA BRASIL EDIÇÃO 2018 Saiba mais na seção Fique por Dentro

Maio

Sexta

20h

Baile

nos intervalos

equipe de dançarinos (opcional)

de

de

Aniversário

Michel Santos com banda

Alto Astral

Super Bingo de R$ 500

apoio

Inf. (21) 99971-0848

98765-8749

Ingresso antecipado: R$ 40,00

Casa das Beiras - R. Barão de Ubá 341 - Tijuca - Rio

ASPOM E AMIGA ANGELA BAILE EM CONVIDAM

HOMENAGEM ÀS

11 MAI 2018

MÃES

SORTEIO DA MÃE DO ANO

BANDA

ALTO ASTRAL

sexta 19h

Traje Esporte fino

apoio:

ingressos antecipados c/ desconto

R. Dom Hélder Câmara 8484 - Piedade Inf.: 3017-0953 / 9-7679-4093 / 9-9973-1408

Nesta edição:  DRT DE ARTISTA | Denise Acquarone explica o debate a respeito da obtenção de registro sem avaliação dos sindicatos | MinC se manifesta | Sated RJ faz abaixo assinado | Procuradoria Geral da República pede extinção de exigências  Milton Saldanha| Conexão nas emoções  Fique por Dentro | André Lazaroni é vice-presidente da Comissão de Cultura da Alerj | É tempo de conferências de Cultura e eleição do Conselho E mais: coluninha social, dicas de bailes e cursos, shows, excursões, e muito lazer

Beija Flor de Nilópolis e Profª Martinha apresentam:

Almoço Dançante

SÁBADO, 19 DE MAIO ÀS 13H

Bandas: Alto Astral e Rio Balanço Cantor Washington Ingresso R$ 25,00 Mesa R$ 15,00 OBS: Será servido um almoço, Estrogonofe de frango ou de carne, no valor de R$ 10,00, de 13h às 16h.

Pontos de venda: Boutique da Quadra da Beija Flor, 2791-2866 /Profª Martinha 99628-1215 Catarina Baraúna 97126-1273 / Marcão [Toni Mesquita] 9938-93291 / Paulinho da Fusão 99549-0952 Valdir Silva 98408-6343 / Marcos Pimenta 98252-0170 / Karla Falcão 96409-8209, que também estará com sua equipe de dançarinos de ficha / Beija Flor de Nilópolis, apoio Rua Pracinha Wallace Paes Leme, 125, Tel 2791-2866


Equipe M & N Bailando a Tarde

Almoço Dançante

apresenta: Toda 3ª quar ta-feira do mês , de 12 às 17h

R. Visconde do Rio Branco 701, Centro, Niterói - Tel. secret.: 2717-5023 Comemore conosco o ALMOÇO COM MÚSICA AO VIVO NA PÉRGULA DA PISCINA

06 13 20 27

MAI - STATUS RIO MAI - RIO POSTAL MAI - ALTO ASTRAL MAI - AEROPORTO

Buffet variado com bebidas e sobremesas incluídos Música ao vivo | Bingo | Sorteios | Dançarinos Comemoração dos aniversariantes do mês Comemorando o niver de Nelson Veloso

BAILE COM RIO POSTAL NO SALÃO NOBRE

ENTRADA FRANCA PARA ASSOCIADOS Faixa etária: maiores 18 anos TRAJE ESPORTE FINO (CALÇA SOCIAL E SAPATO*) * permitido sapatênis

SERESTA DANÇANTE TODA SEXTA 18 ÀS 22H

16 DE MAIO

Casa dos Açores

Convite Antecipado: Reservas: Nelson (21) 97007-4392 R$ 120 (R$ 130 no dia) ou Myriam: (21) 99962-0759 Desconto para dançarinos

HUMAITÁ ATLÉTICO CLUBE

Proyecto Conexión Sin Fronteras

Dimê que Hacer

RUA GUIMARÃES JUNIOR 20 - BARRETO - NITERÓI - t. 9-8787-0068

apresenta

Administração Roberto Maurício Miranda

Baile em homenagem às mães

Alto Astral BANDA

Show do cantor Aldo

Traje Esporte Fino

Sáb | 26 maio | 20h

AABB | Tijuca | R. Haddock Lobo 227

Dançarinos de ficha - Ônibus saindo do Rio

Inf. Karla Falcão 96409-8209 Jean 99000-9555

CONVITE ATÉ 30 ABR = R$ 25 APÓS 30 ABR = R$ 30

Dom | 1º julho | 14h30

SÁBADO

MIE KAIKAN | V. Mariana | S. Paulo | SP

19 MAi - 19H

Organização:

99643-9659 (Elzany)

REAL.: ÍNDIO (96653-9839) E LEILA (99932-3212)

AABB-Tijuca

APOIO

ricky vallen

R. HADDOCK LOBO 227

Almoço Dançante

oz mutante

Av

DOMINGO | 27 MAIO

com o grupo

Som e Vozes

Comemoração dos aniversariantes de maio Início 18h Abertura com o cantor LAYRTHON FRANCIS

2º e 4º domingo do mês Início 12h - ingresso R$ 10

apoio

Mesa com 4 lugares: R$ 200,00 - Individual: R$ 60,00 SALLON FESTAS: R. Dias da Cruz 716 - Méier - Rio - RJ Inf. com Michel Santos: 99971-0848 98765-8749 Associação dos Servidores Públicos CLUB

MUNICIPAL

ÀS SEGUNDAS 16 ÀS 20h BAILE DA 3ª IDADE

Administração:

Luiz Paredes Dias

,

1ª QUINTA-FEIRA DO MÊS, ÀS 12H, ALMOÇO DOS APOSENTADOS

Conheça a Domingueira do Clube dos Democráticos

As melhores bandas a partir das 20h R. Riachuelo 91/93

Almoço com pratos variados a partir de R$ 15

Inf. (21) 964.343.243

“Sempre ao lado do sócio” Rua Haddock Lobo 359 - Tijuca - Diretora Social: Bela Bádua - tel. 2569-4822

AOS DOMINGOS 13 ÀS 19h ALMOÇO DANÇANTE

Apoio:

Informações e reservas:

AGRADECIMENTOS:

MS Produções apresenta pela primeira vez no Sallon Festas NO MÉIER

com ENIO BARONNE

Av. Melo Matos nº 25 - T ijuca

Bailes sociais desde 1867 Lapa - Rio de Janeiro - RJ Salão refrigerado Tel. (21) 2252-4611 ou 99632-6463 (Carlinhos) Estacionamento www.clubedosdemocraticos.com.br

BAILE DE

R. Riachuelo 109 | Lapa ANIVERSÁRIO sáb | 26 maio apoio

salão | zouk | 22h às 5h

DOMINGUEIRAS DA ASPOM

R$ 10 para associado APDS adimplente* *exceto eventos especiais - apresentar carteirinha na validade

Das 18 às 22h

DANÇARINOS DE FICHA (OPCIONAL)

ASPOM - Presidente Levi Meireles

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade - Inf.: 2596-3974

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 02 - ed. 128 - MAIO / 2018 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Domingueiras dançantes

Sempre uma grande banda a partir das 19h


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Lembro-me de quando a Lei do Artista foi sancionada. Grande Otelo (ator, comediante, cantor, produtor e compositor brasiLeonor Costa leiro, falecido em 1993) aparecia no noticiário da Tv, emocionado, dizendo que finalmente não seria mais considerado um marginal, poderia ter a carteira assinada e abrir um crediário. De lá para cá, foram grandes as conquistas de artistas e técnicos de espetáculos para fazer valer seus direitos. Principalmente os chamados direitos conexos, quando os participantes de uma obra coletiva (filmes e novelas, por exemplo) têm o direito à remuneração toda vez que esta for reexibida ou vendida para outros tipos de plataformas. Mas como a Delegacia Regional do Trabalho poderia avaliar se aquela pessoa que ali se apresentava para ter seu registro em carteira era mesmo um artista? A solução então encontrada foi pedir para que o interessado se dirigisse ao sindicato dos artistas (ou da dança, conforme o caso) e pedisse um atestado para apresentar à DRT. Para a Procuradoria Geral, no entanto, a Constituição de 1988 invalidou os artigos da Lei do Artista (de 1978, portanto, anterior à ela) que permitiram aos sindicatos fazer exigências para a expedição de tais

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Mensagens atestados. Nesta edição, o leitor lerá o posicionamento da Procuradoria Geral, a manifestação do Sated RJ e do MinC e o texto bastante esclarecedor de Denise Acquarone. Mas temos mais notícias pertinentes à nosso segmento: na seção Fique por Dentro esta editora divulga as datas das eleições para conselheiros da Cultura e das conferências estadual e municipal de Cultura, registra o vencedor do Gafieira Brasil 2018 e dá outras notinhas, como o histórico do Dia das Mães, efeméride comemorada em maio. Falando em histórico, Maristela comenta sobre um fenômeno biológico que pode ser aplicado à dança para o entendimento de sua evolução, e Leonor Costa resume o que foi a Belle Époque da dança de salão. Já Milton Saldanha dá seu depoimento sobre as emoções que sente ao escrever - e ser lido. Tal emoção é sentida por todos nós, que colaboramos para deixar para a posteridade, impressas neste periódico, pesquisas, opiniões e notícias, presentes e passadas, deste segmento cultural. Se estamos atingindo o público que agora nos lê, só sabemos quando recebemos alguma mensagem a respeito. Mas, com certeza, os pesquisadores do futuro usarão nossos textos para compreender o presente. Boa leitura.

8MENSAGEM AO LEITOR | Leonor Costa | pág. 3 8DEPOIMENTO | Milton Saldanha | Conexão nas emoções | pág 3 8EXPEDIENTE | pág. 3 8POLÍTICAS CULTURAIS | Denise Acquarone | Julgamento no STF pode definir destino do DRT de artistas e técnicos de espetáculos | pág. 4 8POLÍTICAS CULTURAIS | editado por Leonor Costa | manifestação da PGR sobre exigência de diploma para DRT de artistas | manifestação do Ministério da Cultura sobre o reconhecimento das profissões da Cultura | manifestação do SATED RJ sobre a ação da PGR | pág. 5 8UM POUCO DE HISTÓRIA | Maristela Zamoner | Explosão Cambriana da Dança | pág. 6 8UM POUCO DE HISTÓRIA | Leonor Costa | A Belle Époque da Dança | pág. 6 8FIQUE POR DENTRO | Editado por Leonor Costa | Eleições para o Conselho Municipal de Cultura do Rio | 3ª Conferência Municipal de Cultura do Rio | 4ª Conferência Estadual de Cultura do RJ | André Lazaroni é o novo vice-presidente da Comissão de Cultura da Alerj | Rolon Ho é o técnico vencedor do Gafieira Brasil 2019 | Aulas de percussão com Mestre Riko | Syllabus do Bolero é a temática de maio do projeto Diálogos e Movimentos da APDS/RJ | A história do Dia das Mães | Notas de falecimento: Roberto Teixeira e dançarino Machado | pág. 10 e 11 8COLUNINHA SOCIAL | Leonor Costa | Circulando pelos eventos de patrocinadores e apoiadores | pág. 12 e 13 8ROTEIRO DE BAILES E EVENTOS | de patrocinadores e apoiadores | pág. 14

Depoimento

Conexão nas emoções Às vezes temo estar incomodando amigos, quando mando meus textos. Milton Saldanha Mas basta um clique para deletar. Ou virar a página, se for no papel. Por isso não cobro de ninguém “obrigação” de ler. Pelo meu lado, escrever é sempre uma delicia. Mas só tem sentido quando existe quem leia. Fora os textos que jogo fora, porque nem eu gostei. Comparando, é como o cara que toca piano. Há prazer nisso. Mas ele tocará melhor se tiver alguém ouvindo. O processo é uma troca de energia. Razão pela qual artistas odeiam quem fica filmando no celular, enquanto dançam ou encenam alguma coisa, porque isso isola a energia que

eles precisam receber. Se entre o olho humano e a cena existir uma câmera, ou celular, lá se foi a emoção. Sei do que falo. Durante anos tive que fotografar espetáculos de dança, para meu jornal, o Dance. Preocupado com as questões técnicas da operação, eu perdia o melhor, que era a emoção. Só o olho, direto, leva a cena ao coração. Agora, não precisando fotografar, usufruo da dança numa conexão direta com quem se apresenta. Celular, nem pensar. Pode parecer bruxaria, mas essa energia de algum modo chega ao artista. Ele percebe. Quando escrevo ocorre algo parecido. Se alguma pessoa me responde, concordando, ou discordando, dividimos energias. Eu jamais pregaria o mal, o crime, a safadeza. Nem meus leitores têm essa índole.

Quando discordam, não são contra a ética. Apenas acham que existe algum caminho melhor do que aquele que estou propondo no texto. Isso me cria um desafio, diário, que é estar sempre buscando o plano ideal na formulação crítica. Escrever, antes de tudo, tem que ser um gesto humilde, intelectualmente, pela vasta amplidão desconhecida que é o conhecimento. Quanto a ler, trata-se de absorver experiências novas. Quando termino a última linha de um livro tenho a sensação de um ganho. Aprendi algo mais. Os horizontes se alargaram. Mas sempre será pouco, quero mais. _______________________ Milton Saldanha é jornalista e fundador do Jornal Dance (São Paulo)

3

EXPEDIENTE Diretores-fundadores: Anderson G. de Aragão, Antônio Aragão e Leonor Costa Editores: Antônio Aragão e Leonor Costa Editoração: Leonor Costa Conselho Editorial: Antônio Aragão, Angela Abreu e Leonor Costa Jornalista Responsável: Antônio Martins de Aragão Registro nº 031.433 / MTPS/RJ Jurídico: Dr Mozart Cruz Lima Neto OAB-RJ 147.790 Fotografia: André lima, Angela Abreu, Antônio Aragão e Leonor Costa Fax/gravação de recados: (21) 2535-2377 Atendimento pessoal: (21) 2551-3334 / (21) 9-9492-9462 (Claro) / 9-9202-6073 (Claro) / 9-91228077 (Claro / Whatsapp) Email: contato@jornalfalandodedanca.com.br Página na Internet: www.jornalfalandodedanca.com.br Facebook: www.facebook.com/ jornalfalandodedanca Escritório: Rua Joaquim Silva 11 sala 408 - Lapa - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20241-110 Fechamento da edição: dia 15 do mês anterior ao mês de capa Distribuição: a partir do dia 1º do mês de capa Pontos de distribuição: Eventos dançantes da cidade (v. roteiro de bailes), escolas de dança e equipamentos culturais diversos Outros pontos de distribuição do Jornal Falando de Dança (telefone antes para certificar-se de que a edição não se esgotou): 8Capézio - Centro de Nova Iguaçu tel. (21) 2767-0055 8Capézio, Copacabana, RJ tel. (21) 2235-5503 8Capézio, Flamengo, RJ tel. (21) 2554-8554 8Sapataria Roma, Lapa, RJ tel. 2510-2121 - Rua Joaquim Silva, 15 8Amazonas Dance, Centro de Niterói tel.2613-3276 - Rua Visconde de Itaboraí nº 365, sobrado 8Parcifal, São Gonçalo tel. 9-6437-7505 8Maricá, região litorânea do ERJ Moreira Studio de Dança, tel. 9-87446884 Assinatura: R$ 60,00 - 12 exemplares/ano (1/mês) Edições atrasadas: R$ 5,00 por exemplar, a ser retirado no escritório do JFD, na Lapa, RJ (sujeito à disponibilidade) As matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores, colaboradores deste informativo. As informações divulgadas nos anúncios publicitários são de responsabilidade dos anunciantes. Proibida reprodução de artes e matérias sem autorização expressa deste informativo, sob penas da lei. Amaragão Edições de Periódicos, Produção de Eventos e de Dança Ltd ME CNPJ 12.071.075/0001-42 Jornal Falando de Dança Fundação Biblioteca Nacional Reg.nº 487.274, Liv. 920, Folha 270 ISSN 2237-468X


4

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Políticas Culturais

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Julgamento no STF pode definir destino do DRT de artistas e técnicos de espetáculos O assunto surgiu em 2013, quando algumas pessoas denunciaram à Procuradoria Geral da República (PGR) a diDenise ficuldade que estavam Acquarone tendo para obtenção de registro profissional na área artística, da parte da Ordem dos Músicos e da parte do Sated. A PGR, então, apresentou uma “arguição de descumprimento de preceito fundamental” (ADPF), alegando que as exigências para obtenção de número de DRT contrariava o preceito constitucional de que ninguém pode ser impedido de exercer uma profissão a não ser por força da lei, como é o caso, por exemplo, de médicos, advogados, engenheiros, arquitetos e outros. Na verdade, a PGR apresentou duas ADPF. Uma, referente à música, pede a extinção da Ordem dos Músicos. Outra, de número 293, diz respeito à regulamentação da Lei do Artista (Lei 6533/78). As duas arguições foram apresentadas ao STF, e distribuídas à ministra Carmem Lúcia, que incluiu o assunto na pauta da audiência do dia 26/04/2018. Porém, alguns dias antes da audiência a ministra retirou o assunto da pauta, talvez para ter mais tempo para formar juízo de valor, diante da mobilização da classe artística e da repercussão na imprensa. De qualquer forma, a comissão de profissionais da dança, da qual participo, manteve a decisão de estar em Brasília dias 25 e 26 de abril, a fim de cumprir compromissos já agendados com deputados federais, senadores e representantes de ministérios. Diferentemente da ADPF que atinge a Ordem dos Músicos, a APDF-293 não atinge os sindicatos dos artistas e técnicos de espe-

táculos, nem os da dança. A APDF293 não pede a extinção do registro profissional (conhecido entre nós como registro na Delegacia Regional do Trabalho, ou simplesmente DRT), mas questiona alguns artigos da Lei do Artista, no que toca à exigência da qualificação para obtenção do registro. A PGR alega, pelos motivos já expostos, que qualquer pessoa tem o direito de pedir o registro como artista, sem necessidade de comprovar a qualificação, isto é, sem necessidade, por exemplo, de se submeter a alguma prova de capacitação, ministrada pelos sindicatos. Lembrando que, no caso da dança, as qualificações são os diplomas, de nível técnico ou superior, ou o atestado de capacitação fornecido por um sindicato do segmento. Para expedir esse atestado de capacitação, os sindicatos podem exigir que o interessado apresente comprovação do exercício da atividade profissional (análise de currículo) ou que se submeta a um teste promovido pela entidade, para que esta tenha a certeza da capacitação que tem de atestar. Para a PGR, porém, bastaria que a pessoa comparecesse à Delegacia Regional do Trabalho e se auto declarasse artista, baseada no princípio da liberdade de expressão. Para os sindicatos e artistas envolvidos neste debate, há diferença entre a liberdade de expressão garantida pela Constituição e o exercício da atividade artística como profissão. Qualquer um pode cantar, dançar, pintar e praticar outras formas de expressão artística. O que a Lei do Artista objetiva é que haja uma ordenação nessas atividades no momento em que as pessoas as usem como meio de obter remuneração, principalmente na

reprodução Facebook

relação empregador/empregado ou prestador de serviços. A Lei do Artista foi um grande avanço no sentido de reconhecer a existência dessas atividades como profissão, em uma época não muito distante em que ser artista era confundido Em foto reprodução do Facebook, participantes da reunião com marginal, aberta do Fórum Permanente da Dança, dia 02/04, para debater malandro ou pra- a atuação nas prés conferências de Cultura. No dia 24/04, a classe se reuniria na Casa França Brasil, para tratar sobre a ticante de outras ADPF 293. atividades diso MinC já havia colocado em seu criminadas pela site uma nota de apoio aos artistas; sociedade. Outro aspecto é a hipótese de o uma carta aberta pelo direito dos fim do atestado de capacitação vir trabalhadores artistas havia sido a desestimular os novos artistas a publicada em site de petições para procurarem se qualificar nas esco- adesão dos interessados; o Fórum las técnicas e cursos superiores. E Permanente da Dança e o SPDRJ o enfraquecimento dos sindicatos haviam convocado uma reunião da com o fim do atestado de capacita- classe artística para dia 24/04, 19h, ção fornecido por estes, bem como na Casa França Brasil; e a Superina limitação da sua ingerência na tendência Regional do Trabalho no fiscalização do exercício ilegal da RJ havia convocado, para o mesmo profissão. A quem interessa faci- dia 24/04, às 12h, uma audiência litar a contratação de pessoas que pública com o setor da Cultura, no não passaram pelo reconhecimento auditório do 4º andar do prédio do das entidades classistas? Quais as Ministério do Trabalho, no Centro consequências para as negociações do Rio. Esperamos contar com a de contratos coletivos de trabalho? presença do maior número possível Como ficará a luta que há anos vem de artistas e profissionais da dança sendo travada para a atualização do para esclarecimentos a respeito de anexo da Lei do Artista, para inclu- todo o processo. Na próxima edisão de novos cargos técnicos e ar- ção falaremos sobre o resultado desses movimentos. tísticos que a modernidade exige? Estes e outros questionamentos ____________ estão sendo debatidos em várias Denise Acquarone é gestora cultural, partes do país, pelas entidades clas- conselheira estadual de políticas culsistas e grupos de artistas mobiliza- turais, membro do Fórum Permanente dos, como é o caso, aqui no Rio, do da Dança, diretora honorária do Sindicato dos Profissionais da Dança do RJ SPDRJ e do Fórum Permanente da e assessora de Dança na SuperintenDança. Até o fechamento da edição, dência de Artes da SEC-RJ.


ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Políticas Culturais

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

5

Normas sobre exigência de diploma para registro de artista são questionadas pela PGR A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia requisitou informações à Presidência da República e do Congresso Nacional para que se manifestem, no prazo de cinco dias, acerca da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 293, ajuizada pela Procuradoria Geral da República (PGR) contra dispositivos da Lei 6.533/1978 e do Decreto 82.385/1978. As regras questionadas tratam da obrigatoriedade de diploma ou de certificado de capacitação para registro profissional no Ministério do Trabalho como condição para o exercício das profissões de artista e técnico em espetáculos de diversões. A PGR pede liminar para suspender os artigos 7º e 8º da Lei 6.533/1978 e os artigos 8º a 15; 16, inciso I e parágrafos 1º e 2º; 17 e 18 do Decreto 82.385/1978, sob argumento de que “a manutenção da vigência dos dis-

positivos impede o livre exercício de um direito fundamental, o que, por si só, configura caso de urgência constitucional”. No mérito, pede que o STF declare a não recepção pela Constituição Federal de 1988 dos dispositivos impugnados. A Procuradoria justifica a opção pela proposição da ADPF, sustentando que o controle abstrato de constitucionalidade de direito préconstitucional pelo STF por meio dessa ação é expressamente previsto pela Lei 9.882/99.

ofício ou profissão. Violam também, segundo ela, o artigo 215 da CF, que assegura o livre acesso à cultura. “A liberdade de expressão é um dos mais importantes direitos fundamentais do sistema constitucional brasileiro”, sustenta. “Trata-se de direito essencial ao livre desenvolvimento da personalidade humana, uma vez que, como ser social, o homem sente a necessidade de se comunicar, de exprimir seus pensamentos e sentimentos e de tomar contato com os seus semelhantes”. Ela lembra que o constituinte de Alegações. A PGR alega que os dis- 1988 “chegou a ser redundante ao positivos por ela combatidos violam garantir a liberdade de manifestação os incisos IV, IX e XII do artigo 5º artística em múltiplos dispositivos da Constituição Federal, que asse- (artigos 5º, incisos IV e IX, e 215), guram a livre manifestação do pen- rejeitando peremptoriamente toda samento, a liberdade de expressão forma de censura”. da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, inde- Liberdade. “Percebe-se, sem difipendentemente de censura, além do culdade, que a norma impugnada livre exercício de qualquer trabalho, fere a liberdade de expressão artísti-

MinC defende reconhecimento das profissões da Cultura O Ministério da Cultura defende o reconhecimento legal das profissões de artista, técnico de espetáculo e músico, fundamental para a consolidação da economia criativa no Brasil. A exigência de registro para o exercício profissional de atividades artísticas é importante não só para garantir a qualidade da produção mas, principalmente, permitir que os profissionais da cultura tenham seus direitos garantidos. O respeito ao exercício profissional da

arte não se confunde com a livre manifestação artística, direito previsto na Constituição, que sempre deve ser preservado. A extinção do reconhecimento profissional representaria um retrocesso para áreas estratégicas da economia criativa brasileira, que atualmente responde por 2,64% do PIB nacional e contribui de forma significativa para o desenvolvimento do País, gerando emprego, renda e inclusão. Fonte: Assecom, Ministério da Cultura

ca”, sustenta a PGR, “criando requisitos para o próprio desempenho da atividade artística”. A inicial afirma que, “sob o pretexto de resguardar direitos e interesses gerais da sociedade, a regulamentação da profissão acabou por retirar da arte aquilo que lhe é peculiar: sua liberdade”. Assim, “a simples ideia de um órgão público capaz de controlar e estabelecer qualificação mínima para artistas é incompatível com a liberdade de expressão artística”. A PGR estabelece paralelo entre as profissões em questão e a de jornalista, lembrando que, no julgamento do Recurso Extraordinário (RE) 511961, a Suprema Corte afastou a exigência de diploma de nível superior para o exercício da profissão de jornalista. N.R.: texto de 2013, retirado da url http://www.stf. jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe. asp?idConteudo=249452

Respeitável Público Hoje nos dirigimos a vocês para informar que a Procuradoria Geral da República – PGR, por meio de Ação Judicial, está pleiteando o fim do Registro Profissional dos artistas e técnicos em espetáculos de diversões. Isso quer dizer que se o Supremo Tribunal Federal – STF, em votação, acatar tal pleito a profissão de artistas e técnicos, como hoje é entendida, estará extinta. Assim, qualquer pessoa poderá exercer nosso ofício sob o argumento de que a exigência legal do registro profissional para o exercício da profissão feriria de morte a garantia constitucional da liberdade de expressão e de profissão; do pleno exercício dos direitos culturais e que tais atividades não possuem capacidade lesiva a terceiros, pretende-se colocar, por fim, nossa sociedade sob perigo real. Nossa profissão requer mais do que talento, mais estudo, qualificação e transmissão de conhecimento. A lei que regulamenta nossa profissão foi construída pela mão de nossa

categoria (Bibi Ferreira, Grande Otelo, Milton Gonçalves, Fernanda Montenegro, Beth Faria, dentre outros grandes), que marginalizada passou a ser reconhecida e legitimada. Em meio a ditadura avançamos e fomos reconhecidos como profissionais. Agora, no período da ditadura “democrática”, para nosso pavor, retrocedemos a marginalização. Logo nós, que lutamos pela redemocratização deste país; que ratificamos a identidade nacional una de nossa nação; que tanto respeitamos nosso público e os amadores da arte. Entretanto, estamos aqui defendendo nossa profissão, nosso público, nossa cultura e nosso país! Mantendo a exigência do Registro Profissional para profissionais. Defenda-se. Apoie a manutenção do Registro Profissional para artistas e técnicos! Assine o abaixo-assinado. N.R.: Manifestação do SATED RJ publicado em http://www.satedrj.org.br/2018/04/04/572/


6

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Um pouco de história

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Explosão Cambriana da Dança A partir do final do século XIX a dança começou a viver sua própria “Explosão Cambriana”. Mas Maristela Zamoner o que é “Explosão Cambriana”? É uma terminologia, usada no estudo da evolução da vida no planeta, que diz respeito a um período paleontológico marcado por um aumento rápido da quantidade de formas diferentes de vida no planeta. Por exemplo, os vários grupos de animais que conhecemos hoje teriam sua origem na Explosão Cambriana. Antes desta explosão, que ocorreu em um intervalo de tempo relativamente curto, as formas de vida eram simples e, depois dela, diversidade e complexidade ganharam níveis muito mais elevados. Imagine-se por um momento como um pesquisador do futuro, avaliando fósseis de danças do passado. Você descobre em diferentes camadas de tempo que durante séculos existiram algumas poucas danças simples sendo praticadas em vários salões do planeta, danças que sofriam poucas modificações ao longo do tempo, como os minuetos e as contradanças. Então, sua pesquisa revela que, a partir de um ponto do tempo, em poucas décadas surgiram e se proliferaram por diferentes territórios muitas e muitas danças de complexidade bem maior do que aquelas constatadas por você ao longo dos séculos anteriores a este ponto no tempo. Em algumas décadas surgiram dan-

SA

PA T

I AR

MA O AR

C ONSERTOS

ças como bolero, cha-chachá, tango, mambo, salsa, forró, zouk, bachata, swing e congêneres, entre tantas outras. Este é o paralelo. O intervalo, proporcionalmente curto de tempo, em que surgiram tantas danças, e de complexidade mais elevada, é como uma explosão de diversidade, como uma Explosão Cambriana. Só que da dança. E esta explosão começou a ocorrer a partir do século XX, quando surgiram várias danças nunca imaginadas antes. A partir deste momento, se proliferou uma diversidade avassaladora, se comparada aos séculos anteriores. Saiu-se de um elenco de poucas danças ancoradas em criações pré-determinadas por mestres, e praticadas ao longo de séculos, para o improviso no salão trazido pela valsa, que gestou toda uma geração nova. Seguindo esta lógica, entende-se que o surgimento e a disseminação da valsa funcionou como gatilho para a Explosão Cambriana da Dança. Praticamente ao mesmo tempo, o ballet se separou do salão e nos palcos começaram a brilhar ainda mais danças como a moderna, a contemporânea, o jazz e tantas outras.

EXECUTA-SE QUALQUER CONSERTO QUE FAZ PARTE DA ARTE COM A MÁXIMA PERFEIÇÃO RUA JOAQUIM SILVA, 15 - LAPA TEL. 2510-2121

trabalho de photoshop sobre google image

Este é um fenômeno que merece estudo e aprofundamento, uma vez que não se pode desconsiderar fatores importantes nesta conjuntura, como as pressões sociais e culturais próprias de cada momento histórico. Mesmo assim, não parece absurdo fazer a comparação da história da biodiversidade biológica com a da biodiversidade cultural da dança, e perceber que no século XIX se gestou a Explosão Cambriana da Dança, que veio a se iniciar no século XX. Um caminho sem volta. O estudo, especialmente de jornais do século XIX, não deixa dúvida sobre o que a dança, ainda antes de sua Explosão Cambriana, significava para as sociedades daquele tempo. Mesmo com restrita variabilidade, se compararmos ao que viria no século seguinte, movia ou influenciava diferentes setores da economia e seus salões eram palco de decisões políticas. Sem dúvida houve uma transformação também neste papel da dança. A partir do século XX, com a sua multiplicação em muitas vertentes com grau elevado de especialização, os pú-

blicos de uma dança de salão não necessariamente seguiam sendo os mesmos de outras. Aparentemente, vivemos hoje um viés de mais especificidades em sua expressão. Outra vez, como aconteceu com a história da vida no planeta. Mas algo continua intocável em sua prática, não nos deixando abandonar e nem esquecer as origens. É o que a dança própria dos salões faz aos nossos corpos e o fato inexorável de que continuamos buscando, ávidos, a sensação exclusiva de suas indescritíveis emoções. Talvez essa busca, talvez esse anseio único, esteja de fato em sua essência e seja o motor desta explosão de diversidade a que ainda temos o privilégio de assistir. _______________ Maristela é professora de dança no Paraná, pesquisadora e autora de vários títulos, dentre os quais quatro livros publicados sobre dança de salão

Dr Wagner Tavares Médico veterinário CRMV 6599

Atendimento domiciliar: 9.9938-3920


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Um pouco de história

7

A Belle Époque da dança As primeiras décadas do século 20 formam o período conhecido como “Belle Époque” brasileira. O país passava por relativa estabilidade Leonor Costa política e sua capital, então Rio de Janeiro, havia passado por grandes obras urbanas, principalmente na região central, que demoliram cortiços, ampliaram ruas e calçadas e ergueram imponentes prédios. Jardins, fontes e estátuas ajudaram a criar a fama de “cidade maravilhosa”. Na Europa, foi uma época de grandes transformações. As mulheres estavam mais emancipadas e atrevidas, depois de terem substituído os homens em muitas tarefas durante a 1ª Guerra Mundial (a figura da melindrosa ilustra bem essa nova postura feminina). Paris irradiava sua influência para todo o mundo e ajudava a difundir danças consideradas exóticas, como o tango argentino, o charleston e o cake-walk americanos, a rumba cubana e o maxixe brasileiro. Já os americanos influenciavam com a popularização do gramophone, com as grandes orquestras de jazz, com o fox-troter e, posteriormente, com o estrondoso sucesso de seus filmes. Ainda que a novidade do cinema lhe tirasse público, a dança social continuava em alta como forma de divertimento, em todas as camadas sociais. Tanto que os caricaturistas das revistas Fon Fon, Careta, O Malho e Para Todos utilizavam a dança para fazer críticas aos costumes e à política. Dançava-se em confeitarias e restaurantes. Os hotéis anunciavam bailes, dos quais os mais famosos eram os bailes de gala do Copacabana Palace e Quitandinha (Petrópolis). Cassinos ofereciam shows internacionais e grandes orquestras para dançar, até terem suas atividades proibidas em 1946. Há quem afirme que os lançamentos de coleções em Paris, no início do século passado, se guiavam pela necessidade das damas de se livrarem de espartilhos e anáguas para se dançar melhor, assim como os cabelos eram encurtados para que os penteados não se desmanchassem durante os frenéticos rodopios nas pistas. ________ Leonor Costa é editora do Jornal Falando de Dança e pesquisadora em danças de salão, sendo a curadora da exposição itinerante “200 anos de dança de salão no Brasil”, da qual o presente texto é parte integrante. Para ler o catálogo da exposição, acesse www.issuu.com/dancenews e procure pela edição nº 46.

No início do século 20, os palacetes dos centros urbanos possuíam um grande salão destinado aos encontros sociais. Neste, pode-se observar característica de uma época em que a dança de salão fazia as honras da casa: cadeiras e sofás afastados para liberar espaço para a dança e o piano para a sonorização.

Nesta revista de época, fotografia de um salão de chá parisiense do início do século 20, quando eram frequentes os “chás dançantes”. Nota-se a ampla pista de dança e as mesas dispostas em três níveis, para garantir a visão do salão.: a dança era, então, a atração principal.

Acima, capa do livro de 1914 publicado pelo casal Vernon Castle, responsável pelo sucesso da dança maxixe nos Estados Unidos. Nas páginas dedicadas ao maxixe, lê-se: “o maxixe brasileiro é, até agora, a dança mais moderna. O único problema é saber como pronunciar esse nome”. No canto à esquerda, o casal de dançarinos Joseph Smith, em manual de dança de 1914, ensinando os passos de outra dança “exótica” bastante popular na “belle époque”: o tango argentino. Ao lado, os dançarinos Millers em pose de tango, destacando-se o modelo de vestido e os cabelos curtos da dama. Os movimentos mais saltitantes das danças latinas e norte americanas do início do século passado acabaram por influenciar a moda: cabelos curtos, vestidos com fendas, calçados com fivelas e elásticos. fotos: Biblioteca do Congresso Americano


José Magela

CASA DE DANÇA SÉRGIO CASTRO

RUA QUIRIRIM, 1523 - CASA 5 - VILA VALQUEIRE Inf. 3390-9650 - 9.8626-5044 - 9.8626-5340 casadedancasergiocastro@yahoo.com.br Convênios

BOLERO, SAMBA, FORRÓ, SOLTINHO E OFICINA DE SAMBA SAMBA INICIANTE E INTERMEDIÁRIO TODA 4ª 20h30

ZUMBA às 3ª e 5ª feira, manhã e noite

PROFS.SÉRGIO CASTRO ANA CASTRO

Dança do Ventre

DANÇAS DE SALÃO E CONSCIÊNCIA CORPORAL SESSÕES PARTICULARES

APPAI ASSIST APDS/RJ

DO BOLERO AO SAMBA || DO FORRÓ AO TANGO COREOGRAFIAS PARA EVENTOS || PREPARAÇÃO CORPORAL PARA CENAS

tel. 99162-1845 || email: jmagela2016@gmail.com

Niterói & São Gonçalo

DANÇA DE SALÃO | RITMOS QUENTES (SALSA E ZOUK) | CURSO DE FORRÓ Escola de Dança Reinaldo Gonçalves

tel. (21) 2221-1011 / 99265-5035 Rua Riachuelo 109 - Lapa - Rio - RJ www.renatapecanha.com.br

goncalvesdanca@gmail.com - www.escola-danca-reinaldo-goncalves.webnode.com

Inf. (21) 9-9741-8373 (Vivo) / 9-8473-4868 (Oi) Em Niterói: Avenida Amaral Peixoto 36 s/415 - Galeria Paz - Centro Em São Gonçalo: Rua Nilo Peçanha 320 - Centro

ha s l fi & is e R a h in r e V ia m e d a Ac

Rua Com. Rodrigues Alves, 1667 Centro de Nilópolis – RJ 979.346.639 988.962.276

Alvaro’s Dance Conforto, credibilidade, profissionalismo e bom atendimento DANÇAS DE SALÃO bolero-fox(soltinho)-forró-tango-salsa zouk-samba de gafieira-samba no pé NOVIDADE: ballet clássico e flamenco

Dir.: Álvaro Reys

Informações:

HAPPY HOUR

Carlinhos de Jesus

DANÇAS DE SALÃO

R. Álvaro Ramos 11 Botafogo

às terças - 17 às 19h

TODOS OS RITMOS

t. 2541-6186

Bailes:

1º 2º 3º 4º

sábado sábado sábado sábado

| | | |

Profª Luciana Santos

Espaço de Dança Adriana Gronow & Paulinha Leal R. Arnaldo Quintela 22 - tel. 2542-2040

Botafogo

Estr. Marechal Miguel Salazar Mendes de Morais, 192 Jacarepaguá - próx. BRT Merck / Sta. Efigênia

Av. Marechal Floriano, 42 - sobr. Centro - Rio de Janeiro - RJ

Entrada: R$ 12 Com este: V I P

DANÇAS TEATRO arte

Venha fazer uma aula experimental

Danças de salão | Teatro | Charme | Sapateado | Dança do Ventre | Ritmos quentes | Tango | Samba no pé | Zumba

2223-4066 / 981-199-200

apoio

Inf. 9-9986-7749

ESPECIALIZADA NA 3ª IDADE

Aulas personalizadas e pequenos grupos | coreografia para casamentos e debutantes | Excursões dançantes | Equipe de dançarinos | Aluguel do espaço | som e iluminação

Stelinha Cardoso - REG.MTB: 15.414

Você é VIP no BAILE DO ALMOÇO. Apresente este anúncio no baile das quartas, 12h, com dj Fellipe Brandão.

Av. Franklin Roosevelt 137 - grupo 701/703

Espaço Cultural Taquara

Escola de Dança

Rastapé & Batucada Tum & Tum Zouk+ Milonga Carioca

No Castelo, Centro do Rio, pertinho de seu trabalho:

Academia Luciana Santos

Última quinta-feira do mês (17H/20H) Com dançarinos

Casa de Dança

2547-0861

R. Barata Ribeiro 271, sobrado - Copacabana - RJ

Direção: David Theodor

Registro Profissional (DRT) nº 46.947 - Certificado pelo Sindicato dos Profissionais de Dança do RJ (CQID | 2010)

CONVÊNIOS:

3342-3253 | 99113-3817 | 9-9299-4078

contato@espacoculturaltaquara.com.br | www.espacoculturaltaquara.com.br

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura apresentam

DIÁLOGOS E MOVIMENTOS

De março a julho/2018, cinco eixos temáticos, com ênfase na dança de salão, um a cada encontro mensal, completando um ciclo básico de estudos teóricos e de movimentos, com palestra, debate e prática. Informações e pré inscrição: apdsdorj@gmail.com

Diálogos e movimentos

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro | R. José Higino 115 | Tijuca Estrada da Conceição 2185 - Itauna - SG Inf. (21) 98456-7890 (Sandra Lopes)

Investimento por cada módulo: R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia)

Classificação

Produção

Divulgação

Apoio

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 08 - ed. 128 - MAIO / 2018 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Com este, 1 aula grátis e isenção de matrícula

Escola de Dança Reinaldo Gonçalves


78 ANOS DE TRADIÇÃO Quarta-feira DJ a partir das 20h

Quinta-feira Baile da Gaúcha Show com banda a partir das 20h

Sexta Carioca DJ a partir das 20h

Sábado Especial com 2 bandas DJ nos intervalos a partir das 21h

O local perfeito para festejar! Mais de 70 pratos quentes e frios e aquele churrasco Rua das Laranjeiras 114 - Reservas: 2558-2558 - gauchareservas114@outlook.com Sport Club Mackenzie R. Dias da Cruz 561 - Méier

PIZZA NA LENHA

DE TERÇA A DOMINGO

ADM. SR CELSO - RUA ALCINA 107

SÁB

19

Diogo Ribas BANDA ALTO ASTRAL

MAI

DJ WALTER NEGRÃO

Equipe de dançarinos (ficha, opcional)

2018

QUA | 06 JUN | 18H Inf. Zap 9-6581-5750 ou 9-8784-0049

Domingo Forró a partir das 23h

CASA DE FESTA ELANDRE MADUREIRA

OM AR SALÃO CIONADO IC D N CO

Baile de Aniversário do prof.

INÍCIO 18:30

INGRESSOS ANTECIPADOS R$ 25,00 até 25/05/18 R$ 30,00 após

APRESENTA

GRANDE BAILE DA AMIZADE COMEMORANDO O ANIVERSÁRIO DO ROBERTINHO MADUREIRA

PING PONG COM AS BANDAS

MILÊNIO & NOVOS TEMPOS

Dançarinos de ficha equipe Karla Falcão (inf. 96409-8209) Convite antecipado R$ 20 - Mesa R$ 15 PROMOÇÃO PACOTE FECHADO: 4 convites com mesa = R$ 80

Apoio: Ana Alves (99482-2550)

REALIZAÇÃO: PINTA (99020-2201) ROBERTINHO (97521-5184 / 98647-6598)

apoio

ASPOM

E AMIGA ANGELA

CONVIDAM

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

Traje Esporte fino

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 09 - ed. 128 - MAIO / 2018 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Terça-feira A melhor programação Noite Dançante musical de terça a Show com banda domingo a partir das 20h

20JUL

2018 sexta

19h BANDA NOVOS TEMPOS

apoio:

ingressos antecipados c/ desconto

Inf.:

3017-0953 / 9-7679-4093 / 9-9973-1408

2 DEZ

ASPOM

ASPOM

E AMIGA ANGELA

DOMINGO 18H30

CONVIDAM

aniversário da

AMIGA ANGELA

BANDA

NOVOS TEMPOS

Traje esporte fino

apoio:

Realização Angela Abreu

Realização Angela Abreu

ingressos antecipados c/ desconto

Inf.: 3017-0953

9-7679-4093 / 9-9973-1408 . R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

S O D E L BAI

PAIS

E AMIGA ANGELA

10 AGO

CONVIDAM

BANDA

ALTO ASTRAL

Traje Esporte fino

ed 2018

ingressos antecipados c/ desconto

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade

sexta 19h

Inf.: 3017-0953 / 9-7679-4093 / 9-9973-1408

apoio:


10

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Fique por Dentro

Eleições de novos conselheiros municipais de Cultura Durante a 3ª CMC estará acontecendo a votação online para os novos membros do Conselho Municipal de Cultura da cidade do Rio de Janeiro, 2018-2020. O Conselho Municipal de Cultura é responsável por elaborar diretrizes para política municipal de cultura; acompanhar e fiscalizar a implementação das políticas, programas, projetos e ações do Poder Público na área cultural; elaborar diretrizes que visem à proteção e à preservação de obras e manifestações de valor cultural, histórico e artístico; e outras atividades. O Conselho é formado por 24 membros, sendo 12 oriundos do poder público e 12 da sociedade civil. Podem se candidatar ao conselho pessoas físicas e jurídicas com atuação comprovada na área cultural e residência na cidade há, no mínimo, um ano. Vale lembrar que o conselheiro fica impedido de participar de qualquer edital da Secretaria Municipal de Cultura e de receber recursos do Fundo Municipal de Cultura duran-

te o mandato. O Decreto 40.615/2015 determina que o CMC seja constituído a partir da divisão por linguagens, movimentos e assentos. Entre os integrantes da Sociedade Civil, são escolhidos representantes dos seguintes segmentos: cultura popular; artesanato; artes visuais; audiovisual; literatura; patrimônio cultural; música; teatro; dança; circo; cultura urbana; design; economia da cultura (movimentos dos trabalhadores em cultura); economia da cultura (produtores culturais); movimento social de identidades: etnias indígena e afro-brasileira; movimento social de identidade sexual: gêneros, transgêneros e orientação sexual; movimento de faixas etárias: infância, juventude e idosos; expressões culturais de pessoas com deficiência; comunicação social; economia criativa; territorialidade: áreas de planejamento; territorialidade: circunscrições territoriais; cultura popular/blocos de carnaval; cultura popular/folclore. fonte: site SMC

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

reprodução Facebook

Rolon Ho, da Cia Cabanos, de Belém do Pará, é o técnico vencedor do Gafieira Brasil 2018 O professor e coreográfico Rolon Ho, técnico convidado da edição deste ano, venceu o GB com sua equipe formada por Robson Rodrigues e Kamilla Perotti; Rullien Polizeli e Aline Moreira; e Douglas Toddy e Thamara Santos. Os demais participantes foram: Equipe Rodrigo Marques, com Ricardo Oliveira e Camilla Varjão, Jorge Assunção e Paloma Loureiro e David Silva e Carolina Dias; Equipe Patrick Carvalho com Jean Carvalho e Deisiane Veloso, Luiz Carlos e Lana Ribeiro e Yan Braconnot e Flavia Neves; Equipe

Vinicius Villiger, com Alan Dias e Victoria Oliveira, Herctor Babenco e Mariah Ferreira e Ariel Muniz e Maisa Montes. Além da competição por equipe, etapa coreográfica (30/03) e improviso (31/03), houve disputa pelo troféu casal de ouro e competição improviso (29/03) e um show de encerramento com todo o elenco (dia 01/04). Alan e Victória foram os ganhadores da competição improviso e Daniel Barros e Yone Sanchez foram eleitos Casal de Ouro, automaticamente se classificando para o GB 2019.

3ª Conferência Municipal de Cultura do Rio será em maio

Baden Powell (Copacabana); e AP3/Zona Norte, dia 19 de maio, na Arena Carioca Fernando Torres (Madureira). Nesse interim, haverá a eleição para o Conselho Municipal de Cultura, com votação online. A posse do conselho será no final de maio, no Centro Cultural João Nogueira (Imperator), no Méier, durante a 3ª Conferência Municipal de Cultura (dias 28 e 29/05). Interessados podem acompanhar as notícias pela página do Conselho Municipal de Cultura no site da Prefeitura do Rio de Janeiro, em http://www.rio.rj.gov. br/web/smc/conselhomunicipal, ou curtindo a página da SMC no Facebook.

Devido à dimensão territorial do município da capital fluminense, serão feitas conferências regionais de acordo com as áreas de planejamento (AP), no período de 1º a 19 de maio. O calendário será o seguinte: AP4/Zona Oeste, dia 1º maio, na Lona Cultural Jacob do Bandolim (Jacarepaguá); AP5/ Zona Oeste, dia 5 de maio, na Areninha Carioca Hermeto Pascoal (Bangu); AP1/Centro, dia 8 de maio, no Centro Cultural Calouste (Praça Onze); AP2/Zona Sul, dia 15 de maio, na Sala Municipal

fonte: site SMC


4ª Conferência Estadual de Cultura do Rio de Janeiro será em junho Dias 8 e 9 de junho, das 9 às 19h, acontecerá a 4ª CEC, no Teatro João Caetano (Praça Tiradentes, Centro do Rio), com a posse dos delegados eleitos nas etapas municipais e regionais das conferências. Acompanhem as informações pela

página da CEC no site da Secretaria de Estado de Cultura do RJ: www. cultura.rj.gov.br. Informações também podem ser obtidas no blog do Conselho Estadual de Cultura do RJ, url: conselhoestadualculturarj. blogspot.com.

André Lazaroni eleito vicepresidente da Comissão de Cultura da Alerj Em reunião realizada dia 24 de abril, o deputado estadual André Lazaroni, ex-secretarário de Estado de Cultura do RJ, foi eleito o novo vice-presidente da Comissão de Cultura da Alerj. “Esperamos contar com a experiência do parlamentar para levarmos as demandas

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Fique por Dentro

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

do setor ao Executivo, assim como para analisar os projetos de lei e levar adiante a luta contra a deterioração do patrimônio históricocultural do nosso Rio de Janeiro”, declarou o presidente da Comissão, deputado Zaqueu Teixeira.

11

Dia das Mães

Maio é o mês das mães. Para o comércio, é o melhor mês de vendas, atrás apenas do Natal. Para o segmento da dança de salão, é motivo para bailes temáticos e homenagens às dançarinas mães. Mas nem sempre a data serviu para esses fins. O curioso é que a efeméride foi criada por motivação política. Em 1865, a ativista americana Ann Maria Reeves Jarvis lançou a efeméride como “Mother’s Friendship Day” (Dia da Solidariedade entre as mães, em tradução livre), com o intuito de chamar a atenção da sociedade para o grande número de feridos e mutilados sobreviventes à Guerra Civil americana (1861-1865). Mas foi sua filha Anna Jarvis quem levaria adiante a campanha, bem sucedida, de oficializar o segundo domingo de maio como data de celebração da maternidade, o

que ocorreu pela primeira vez, nos Estados Unidos, em 9 de maio de 1914. No Brasil, o Dia das Mães também é comemorado no segundo domingo de maio (este ano, dia 13), graças a uma iniciativa da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, que se destacou no início do século passado por sua luta pelo direito das mulheres ao voto. A primeira comemoração aqui no Brasil foi em maio de 1932. Com o tempo, a efeméride deixou de ser uma oportunidade de reflexão e reivindicação e se tornou mote para diversas campanhas publicitárias, para desgosto de muitas ativistas. Anna Jarvis, por exemplo, não só se desiludiu como passou a lutar pela abolição do feriado que ajudara a criar. (fonte: http://calendario2018brasil.com.br)

Diálogos e Movimentos no Aulas de percussão Centro Coreográfico aborda com mestre Riko os fundamentos do bolero

com profissionais convidados. Algumas abordagens: o que é syllabus e para que serve; no que sua adoção pode facilitar o ensino da dança; quais os movimentos básicos e intermediários do bolero; em que momento um movimento passa a ser básico e se torna intermediário ou avançado. Pré-inscrições pelo email apdsdorj@gmail.com. O curso é gratuito para associados APDS adimplentes.

os demais deverão possuir seu próprio instrumento musical (pandeiro, triângulo, agogô, tantam, tamborim e chocalho). Link para o formulário do curso: goo.gl/4LFSzf. divulgação

Notas de falecimento Roberto Teixeira, diretor da ONG Sangue Bom e do bloco carnavalesco Sangue Bom, dia 22/03/18

Leonor Costa

Dia 27/05 a Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão – APDS/RJ realizará mais uma edição do projeto Diálogos e Movimentos, contemplado pelo edital de ocupação do Centro Coreográfico (Tijuca). Sérgio Castro dará continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo, de divulgar a cartilha APDS do Syllabus do Bolero, com palestra, debate e estudo de movimentos,

Facebook

Jornal Falando de Dança / Leonor Costa

Até dia 2 de maio, a Escola de Música Villa-Lobos (Centro do Rio) estará com inscrições abertas para preenchimento das 200 vagas para o curso de percussão (gratuito) com mestre Riko. O preenchimento das vagas será feito por sorteio. O curso, de quatro meses (três dias na semana), vai de maio a agosto, podendo se inscrever mesmo quem nunca teve contato com a percussão. Exceto para os alunos de caixa e surdo,

José Gonçalves Machado, esposo da professora Nice Machado, dia 10/04/2018.


12

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores

1

2

3

4

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

5

6

7

Iniciamos a seção com as fotos enviadas pela amiga Angela Abreu, representante do Jornal Falando de Dança nas Zona Norte e Zona Oeste. (1) Aniversário da dançarina Deize Vasconcelos, dia 31/03, comemorado em salão de festas. (2) Toni Mesquita, posando com a mãe, Elizabete, no painel de seu Baile dos Amigos, realizado dia 08/04, no União F. C., em Mesquita. (3) Aniversário da dançarina Cristina Abitan, dia 30/03, comemorado no salão nobre do Aspom. (4) Aniversário da dançarina Elizabeth Rigueira, comemorado no Irajá Atlético Clube. (5) Aniversário da dançarina Neide Caetano, comemorado no Irajá Atlético Clube. (6) Também no Irajá A. C., aniversário do dançarino Serginho. (7) Aniversário de Ana Castro, comemorado na casa de festas Mansão das Águas.

1

2

4

5

6

3 Ainda dos registros da amiga Angela: (01) aniversário de Renata Ullmann, dia 22/03, comemorado no clube Mackenzie, dia 24/03; (2) aniversário de 80 anos do dançarino Dante Scofano, comemorado dia 15/04, na Aspom; (3) aniversários da promoter Sonia Mendonça e do dançarino Fernando, comemorados dia 24/03 na Aspom; (4) aniversários dos dançarinos Newton (dia 30/03) e Isabela Batista (01/04), comemorados dia 01/04 no baile dos 94 anos de fundação do clube da Aspom (na foto, os aniversariantes com o presidente do clube, Levi Meireles); (05) presidente da Aspom, Levi Meireles, ao lado da primeira-dama, Cristina, comemorando dia 01/04 os 94 anos de fundação da associação, em baile com bandas Brasil Show e Os Devaneios; (06) no mesmo evento, Levi Meireles com Karla Falcão e Angela Abreu.

1

2

3

4

5

Em fotos divulgação, (1) Michel Santos e a esposa recebendo Rick Vallen e (2) Marco Vivan, no baile show realizado por Michel na Casa das Beiras, dia 21/03; e (3) Michel com parte do fã clube de Rick Vallen e Marco Vivan. Na sequência, em registro de Antonio Aragão, almoço dançante dia 21/03, na AABB-Tijuca, com grupo Som e Vozes, com (4) Chiquinho Magal (voz e teclado) e (5) Paulinho Estação Rio na percussão (na foto, com Magno Matias e Lúcia Matos). O conjunto Som e Vozes anima o almoço e tarde dançante da AABB-Tijuca todo segundo e quarto domingo de mês (ver anúncio nesta edição).

1

2

3

4

5

Em registro de Antonio Aragão, baile de inauguração da academia do prof. Paulo Black, situada em Olaria. Nas fotos de 1 a 5, Paulo Black com alguns dos amigos e alunos.

1

4

2

5

3

Almoço dançante com equipe de dançarinos, buffet, bebidas, bolo e sobremesas, realizado por Myriam Linhares e Nelson Veloso, toda terceira quarta-feira do mês, na Casa dos Açores, na Tijuca. Este foi a edição do dia 18/04/18 e as fotos foram tiradas por Antonio Aragão, diretor do Jornal Falando de Dança. O próximo almoço dançante M&N será dia 16/05 (v. anúncio nesta edição).

4

1

2

3

Mais uma caprichada edição de aniversário do amigo Oswaldo Diniz, em baile organizado pela esposa Angela Braz, dia 06/04, no clube Tamoio, em São Gonçalo. Vários professores de dança e promoters compareceram ao evento, animado pela banda Alto Astral de Denise Abrantes. Em fotos de Antonio Aragão, (1) o aniversariante ladeado por sua professora de dança Kessy Goudard e por Angela Braz, acompanhados por amigas e os filhos da prof. Kessy; (2) Shirley, Edson Braz, Beth e Angela Braz; (3 e 4) promoters e profissionais da dança presentes ao evento.

Anuncie seu evento conosco. Próximo fechamento de edição: 15 de maio (edição de junho). Inf. (21) 2551-3334 / 99202-6073 (Claro) / 99122-8077 (zap)


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores

13

fotografia: Leonor Costa e Antonio Aragão, exceto quando mencionado em contrário

1

2

4

3

(1) Flash do Aragão, da carismática leaderband da Alto Astral, Denise Abrantes. (2) Parcifal mandou-nos este registro no clube Tamoio (niver do amigo Oswaldo Diniz), com prof. Marcella, Aragão e promoter Zé. (3) Rodriguinho Barcelos mandou-nos esta selfie registrando a visita de Aragão ao seu espaço de dança em Rio das Pedras. (4) Selfie do Gustavo Reis, vice-presidente da Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do RJ - APDS/RJ, registrando a reunião de diretoria, realizada dia 08/04, para planejamento das atividades dos dias 15/04 (palestra de João Batista no Centro Coreográfico) e 29/04 (comemoração do Dia da Dança, no clube Municipal).

2

3

1 Em registro de Antonio Aragão, Baile do Amor, com orquestra Bianchini, promovido pela diretora social do clube Municipal, Bela Bádua, dia 09/04. (1) Bela e o marido, Horácio Malheiros (presidente do conselho fiscal do clube), ladeando casal de amigos. (2) À frente da orquestra Bianchini, Bela homenageia as aniversariantes do mês. (3) Bela em companhia de assíduos frequentadores de seus bailes de domingo e segunda.

1

1

2 (1) Souza e Neuza (direita), com casal de amigos, em baile no clube Municipal. (2) Ainda no Municipal, dia 09/04, Eduardo Ribeiro (Edu Cigano, de Nova Friburgo), Margarida Mittelbach (Pousada A Marca do Faraó, Cachoeiras de Macacu), Juarez (de Itaguaí) e partner, posando para foto de Antonio Aragão.

2

Encerrando esta seção, por absoluta falta de espaço, registramos a segunda edição do projeto Diálogos e Movimentos, produzido pela APDS/RJ, e contemplado em edital de ocupação do Centro Coreográfico. Com a temática Teoria Musical Aplicada à Dança de Salão, a edição do dia 15/04/18 teve como palestrante João Batista (5), conselheiro fiscal da APDS/RJ, diretor da Escola Caxiense de Danças, professor de danças, educador físico, músico e pedagogo. Com palestra e dinâmica de movimentos (1), João Batista (5) abordou alguns aspectos de interesse de profissionais da dança e estudiosos em geral: elementos estruturais da dança; trilogia do movimento; ritmo, compasso e tempo; progressão pedagógica; como melhorar a musicalidade ao dançar; inserindo percepção musical nas aulas de dança. No intervalo do café (3), o diretor da APDS/RJ Antonio Aragão recebeu novas inscrições de associados (4). Ao final, foram conferidos certificados chancelados pela APDS/RJ e pela Secretaria Municipal de Cultura (2 e 6). A próxima edição do projeto será dia 27/05, com a temática Syllabus do Bolero, sob coordenação de Sérgio e Ana Castro. Acompanhe a programação da APDS/RJ pelo perfil da instituição no Facebook, e pelos anúncios desta edição.

3

4

5

Somos uma entidade privada, de caráter socio cultural e educativo, sem fins lucrativos

Quem não é visto, não é lembrado. Anuncie conosco!

(21) 2551-3334 99202-6073 (Claro) 99122-8077 (WhatsApp)

6

MISSÃO: contribuir com estratégias e ações para a preservação da memória da dança de salão e para o crescimento deste segmento

www.apds-rj.blogspot.com.br apdsrj 2232-0586

VISÃO: Ser reconhecida como entidade representativa dos amantes, praticantes e profissionais da dança de salão do RJ

ASSOCIE-SE | FORTALEÇA ESTE MOVIMENTO


14

ANO 11 - Nº 128 MAIO / 2018

SEGUNDAS Baile da Melhor Idade do Club Municipal Na Tijuca, todas as segundas, das 16 às 20h. Inf.: 2569-4822. TERÇAS Baile da Conceição da Bahia Na Tijuca, Inf.: 2288-2087 / 9-9679-3628. Tijuca Tênis Clube Inf. (21) 3294-9300. Terça dançante da Gaúcha Toda terça, 20h, na churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Baile do Studio de Dança Flávio Marques No Centro do Rio, toda terça, 12h. Inf. 2223-0530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio Marquinhos Copacabana Às terças, 19h. Inf. 981-795-710. Baile do Trabalhador Dia 01/05, 16h, no Club Municipal, com banda Novos Tempos. Org. Valdeci de Souza. V. destaque de capa. QUARTAS Quarta dançante na Gaúcha Toda quarta, 20h, na Churrascaria Gaúcha. V. anúncio nesta edição. Inf. 2558-2558. Dançando na Quarta Na Tijuca, Casa dos Poveiros. Inf. 25784361 / 7830-3009. Quartas Democráticas Na Lapa, toda quarta, no Clube dos Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Baile dos Amigos da Dança, na Taquara Toda quarta, Português de Jacarepaguá. Inf. 2423-3585. Baile do Almoço No Centro do Rio, toda quarta, 12h, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 2223-4066 / 9-8780-2223. Quarta dançante no Mauá (SG) Baile beneficente mensal, com dançarinos, geralmente na primeira quarta-feira do mês, org. prof. Genilton. Inf. 973-538-170. Almoço dançante na Tijuca Toda terceira quarta-feira do mês, almoço com tudo incluído e equipe de dançarinos, na Casa dos Açores. Org. Nelson Veloso (97007-4392) e Myriam Linhares (999620759). Especial dia 16/05: comemoração do aniversário de Nelson Veloso, com o cantor Enio Baronne. V. anúncio nesta edição. Almoço dançante na Cinelândia Toda última quarta-feira do mês, com Vera Regina e selecionada equipe de dançarinos. Tudo incluído (exceto bebidas). V. anúncio nesta edição. Inf. 99112-5998. Baile de aniversário de Diogo Ribas Dia 06/06, 18h, no Mackenzie, Méier, com banda Alto Astral, dj WNegrão e equipe de dançarinos. V. anúncio nesta edição. Inf. 96581-5750. QUINTAS Tango Gala Em Copacabana, baile mensal de tango, na Academia Alvaro Reys. Inf. 2547-0861. Quinta dançante da Gaúcha Em Laranjeiras, toda quinta, na Churrascaria Gaúcha, com opção de dançarinos de ficha. Inf. 2558-2558. Baile do Talento Toda quinta, 16h30, na Mansão das Águas, em Jacarepaguá, com Bel e Equipe e dj Luiz Alves e convidados. Inf. 99972-1038. Bailinho do Clube do Rocha No CSSE, na segunda quinta-feira do mês, com equipe de dançarinos (sist. ficha). Inf. 3256-5833 / 9.6423-7917. Almoço dos Aposentados do Club Municipal Na Tijuca, 1ª quinta-feira do mês, 12h, música ao vivo com almoço. Inf. 2569-4822. Baile da Ac. Luciana Santos Última quinta-feira do mês, 17h, com dançarinos. V. anúncio da academia publicado nesta edição. Inf. 9-9986-7749. SEXTAS Baile da C. D. Carlinhos de Jesus Em Botafogo. Inf. 2541-6186 Baile da Cachanga do Malandro (Carlos

Roteiro de eventos de patrocinadores e apoiadores

Bolacha) Na Lapa. Inf. 3647-1006 / 97916-0141 (Tim) Baile da Ac. Cristiano Pereira Em Bonsucesso. Inf. 3868-4522. Casa dos Poveiros Na Tijuca. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Sexta Carioca na Gaúcha Em Laranjeiras, com dj Betinho tocando o melhor de todos os ritmos. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Milonga Xangô Na Lapa. Inf. 3970-2457. Espaço Dança Comigo No Estácio, . Inf.2273-4346. Baile X No Centro do Rio, última sexta do mês, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 22234066. V. anúncio nesta edição. Casa de Viseu Em Vila da Penha. Inf. tel.3391-6730. Sexta dançante no sobrado Em Pilares,Henrique Nascimento. Inf. 3899-7767 / 7706-0217. Pagode do Municipal Na Tijuca, geralmente às sextas. Inf. 25694822. Seresta dançante no Canto do Rio, Niterói Todas as sextas. V. programação do clube na página 2. Inf. 2717-5023. Bailes da Angela Abreu Sexta, 19h30, na Aspom: 11/05 (Baile das Mães, banda Alto Astral); 20/07 (Baile do Amigo, banda Novos Tempos); 10/08 (Baile dos Pais, banda Alto Astral. Baile de aniversário da promoter: ver domingo, dia 02/12. V. anúncio nesta edição. Inf. 99973-1408. Baile de aniversário de Michel Santos Dia 18/05, 20h, na Casa das Beiras, com banda Alto Astral. V. anúncio nesta edição. Inf. 99971-0848. SÁBADO Baile do Núcleo de Dança Amantes da Arte No Méier, Inf. 2595-8053 / 9-8142-5371 (Cláudio Almeida). Bailes na Escola Jaime Arôxa Botafogo Todos os sábados: 1º sábado: Rastapé & Batucada; 2º sábado: Tum & Tum; 3º sábado: zouk; 4º sábado: Milonga Carioca. Inf. 2542-2040. V. anúncio nesta edição. Sábado Especial na Gaúcha Em Laranjeiras, com duas bandas, todo sábado, 20h, na Churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Zouk Explosion na academia Lídio Freitas Baile mensal. Inf. 2565-6253. Baile da Melhor Idade, em Mesquita Todo segundo sábado do mês, no Espaço de Dança R & A, do prof. Reginaldo. Inf. 97650-2746 / 9-8809-3888. Bailes do Clube das CelebrIdades Inf. 2257-3898 / 99777-1338 / 985677874. Bailes no Clube Humaitá, Niterói V. anúncio com a programação do clube, na pág. 2. Inf. 98787-0068. Baile de flash back no Club Municipal Geralmente no último sábado do mês, ligar para confirmar. Inf. 3528-8966. Baile do Glamour no Canto do Rio Dia 05/05, 19h30, com bandas Alto Astral e Rio Postal e djs Sandra Lopes e Reinaldo Silva, comemorando os aniversários de Vania Cortes e Bira Niterói. Inf. 99733-4111. Almoço dançante em Nilópolis Dia 19/05, na Beija Flor de Nilópolis, com as bandas Alto Astral e Rio Balanço. Detalhes no anúncio destaque de capa desta edição. Inf. 99628-1215 (profª Martinha). Baile no Humaitá A. C., Niterói Dia 19/05, 19h, com banda Alto Astral, em homenagem ao mês das mães. Inf. 999323212 (Leila) ou 96653-9839 (Índio). Baile da Amizade na Casa Elandre Dia 19/05, 18h30, em Madureira, comemorando o aniversário de Robertinho Madureira, com bandas Milênio e Novos Tempos e equipe de dançarinos de ficha (Karla Falcão). Realização: Pinta (99020-2201). V. anúncio nesta edição. Baile de aniversário de Renata Peçanha Dia 26/05, em seu espaço de dança, na Lapa, das 22h às 5h, em dois ambientes (dança de salão e zouk). V. anúncio nesta edição.

DOMINGOS Domingueira do Canto do Rio Centro de Niterói, todo domingo, 19h, com banda ao vivo. Inf. 2717-5023. V. programação das bandas no anúncio da pág. 2. Domingueira Democrática Na Lapa, todo domingo, 20h, com banda ao vivo. Inf. 2252-4611. V. anúncio nesta edição. Domingueiras do Club Municipal Na Tijuca, das 13 às 19h. V. anúncio nesta edição. Inf.: 2569-4822. Domingueiras Casa da Vila da Feira Na Tijuca, 13h, almoço social quinzenal com música ao vivo. Inf. tel. 2293-1542. Domingo Legal no clube Humaitá, Niterói Seresta baile todo domingo, 18h, com o tecladista Edimar. Apresentação de Teresinha Lima. V. a programação do clube publicada na pág. 2 desta edição. Inf. 99676-0892. Domingueiras AABB-TIJUCA Segundo e quarto domingo do mês, 12h, com grupo Som e Vozes, v. anúncio nesta edição. Inf. 964-343-243. Domingueira da Aspom Em Piedade, todo domingo, 18h: Os Devaneios (1º domingo); Alto Astral (2º e 5º domingo); Novos Tempos (3º domingo) e Estação Rio (4º domingo). Inf. 2596-3974. Domingo dançante na Gaúcha Em Laranjeiras, todo domingo, 20h, na Churrascaria Gaúcha, dj tocando todos os ritmos. Inf. 2558-2558. V. anúncio nesta edição. Domingueira Jaime Arôxa Tijuca Inf. 7856-5288 / 2565-6253. Gafieira Elite No Centro do Rio, Domingueira da Paulinha, todo 1º e 3º domingo do mês, com dj Paulinha Leal. Inf. 2232-3217. Baile de tango na Ac Jimmy de Oliveira No Catete, 3º domingo, org. Márcio Carreiro. Inf. 2264-6044. Ligue para confirmar. Domingueira na Ac Jimmy de Oliveira Inf. 2285-6920 / 9-9476-8130. Ligue para confirmar. Baile no Horto do Fonseca Baile mensal gratuito, das 11 às 14h, no Horto do Fonseca, em Niterói. Realização: Amazonas Dance. V. anúncio na pág. 16. Almoço dançante do Dia das Mães Dia 13/05, no Canto do Rio, Centro de Niterói, com música ao vivo, na pérgula da piscina. V. anúncio da programação do clube na página 2. Inf. 2717-5023. Baile show com Rick Vallen, no Méier Dia 27/05, 18h, no Saloon Festas, com abertura com o cantor Francis. Inf. com Michel Santos, t. 99971-0848. V. anúncio nesta edição. Quarteto Fantástico, o Baile Dia 05/08, 15h, no União F. C., Mesquita, com banda Estação Rio e djs Nenen by Night e David Rodrigues. Inf. 97463-5720. Baile de aniversário da amiga Angela Dia 02/12, 18h30, na Aspom, com banda Novos Tempos. V. anúncio nesta edição. Org. Angela Abreu, tel. 99973-1408. AVISOS, SHOWS, PASSEIOS, MOSTRAS, FESTIVAIS, COMPETIÇÕES, TEATRO, WORKSHOPS, CURSOS e outros: Inês Turismo em Minas Gerais De 31/05 a 03/06, excursão a Lambari ou São Lourençao. V. anúncio na ed. 127. Inf. 98176-6196. Gramado da Serra com Alexandre Nurck Dia 01/05, feriado, passeio dançante à fazenda de lazer Gramado da Serra, em Vassouras, com dançarinos do grupo. Inf. 99697-6797 / 98822-1749. V. anúncio nesta edição. Poços de Caldas com Alexandre Nurck De 18 a 20/05, em ônibus de turismo, pensação completa no Hotel Nacional Inn, City Tour, visita à vinícola Casa Geraldo e dois bailes com música ao vivo e dançarinos do Rio. Inf. 99697-6797 / 98822-1749. V. anúncio nesta edição. Show do cantor Aldo no Rio Dia 26/05, 20h, AABB-Tijuca, v. anúncio nesta edição. Inf. 99643-9659 (Elzany). 4ª Conferência Estadual de Cultura do RJ Dias 01 e 02/06, no Teatro João Caetano (consulte o site do Conselho Estadual de

Política Cultural - CEPC RJ). Show do cantor Aldo em São Paulo Dia 01/07, 14h30, no Mie Kaikan, em Vila Mariana, São Paulo, SP, v. anúncio nesta edição. Inf. 99643-9659 (Elzany). 1ª Festa Queijos e Vinhos em Miguel Pereira, da C. D. Sérgio Castro Dias 25 e 26/08, na sede campestre do clube ASA-Rio. V. anúncio nesta edição. Inf. 98626-5044 / 3390-9650. 2ª Festa Tropical em Angra dos Reis, da C. D. Sérgio Castro Dias 27 e 28/10, na sede náutica do Club Municipal. V. anúncio nesta edição. Inf. 98626-5044 / 3390-9650. Bolero in Foco a bordo De 24 a 27/02/18, grupo fechado com os organizadores e professores do Bolero in Foco, em cruzeiro marítimo Rio/Ilha Grande/Ilha Bela. V. anúncio nesta edição. Vendas com exclusividade SemearTur. Inf. 98284-7170. 16º cruzeiro temático da Costa Cruzeiros Dançando a Bordo edição 2019, com embarque dia 10/03/2019. Vendas pela Semeatur, com parcelamento. Inf. (21) 98284-7170 (Edson Santos). V. anúncio nesta edição. Atividades sócio-educativas e culturais da APDS/RJ para 2018 (27/05) Diálogos e Movimentos | Syllabys do Bolero | Coord. Sérgio Castro | 10h no CCo; (10/06) Diálogos e Movimentos | Syllabys do Samba | Coord. Rodriguinho Barcelos | 10h no CCo; (22/07) Comemoração do Dia do Dançarino, em baile no Horto do Fonseca, 11h (banda Alto Astral, grátis, prod. Amazonas Dance) e na domingueira da Aspom (19h, c/ desconto para associados adimplentes); (29/07) Diálogos e Movimentos | História da Dança de Salão | Coord. Leonor Costa e Gustavo Loivos | 10h no CCo; (23/09) Comemoração da promulgação da Lei Molon (dança de salão patrimônio cultural imaterial do RJ), na domingueira da Aspom; (18/11) Cerimônia de abertura da Semana da Dança de Salão, em baile no Club Municipal; (24/11) Interdanças no Forte, mostra coreográfica da APDS | 18h no Auditório Santa Bárbara, MHEx/ Forte de Copacabana; (25/12) Baile de Encerramento da Semana da Dança de Salão | Realização: Gustavo Loivos | Horto do Fonseca, 11h, com banda Alto Astral; (09/12) Eleições da diretoria APDS biênio 20192020 | 10h no Club Municipal; (09/12) | Confraternização de fim de ano, em baile no Club Municipal | 13h; EVENTOS EM OUTRAS CIDADES E ESTADOS (consulte também a programação das bandas e djs) NITERÓI / SÃO GONÇALO / ALCÂNTARA Ver programação por dia da semana. MARICÁ / RJ Bailes Moreira Studio de Dança. Inf. 98744-6884. Ligue para confirmar. ITABORAÍ / RJ Noites dançantes com música ao vivo no Esporte Clube Comercial de Itaboraí, todas as quintas, 19h30. Inf. 2635-2333. Ligue para confirmar. RIO DAS OSTRAS / RJ Bailes do grupo Renascer, na rua Renascer da Terceira Idade, Jd. Campomar. Inf. (22) 2764-6700. NOVA IGUAÇU Toda sexta, baile na casa de shows RioSampa. Inf.2667-4662 DUQUE DE CAXIAS Bailes da academia de dança ESCADAS. Inf. 9-9968-7622 (João Batista). PROGRAMAÇÃO DAS BANDAS E DJ’S PATROCINADORES/APOIADORES: Banda Alto Astral Inf. (21) 3762-2669 / 9-6458-7280. V. anúncio nesta edição. Já agendado para maio: (01) Castelo da Pavuna + Elandre; (02) Rio Scenarium; (04) Aspom; (05) Canto do Rio; (06) Democráticos; (07) Quadra da Império Serrano; (08) Pistache; (09) Rio Scenarium; (11) Aspom; (12) Castelo da Pavuna; (13) Aspom; (16) Rio Scenarium; (17) CIB; (18) Casa das Beiras; (19) Beija Flor de Nilópolis +

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Humaitá; (20) Canto do Rio; (23) Rio Scenarium; (25) Poveiros; (26) Campos; (27) Espaço Marcelino; (30) Rio Scenarium; (31) Castelo da Pavuna.Acompanhe a atualização da agenda pelo facebook. Banda Estação Rio Inf. (21) 2143-8891 / 97447-2795 / 9.6434-2581 / 9.6411-0121. V. anúncio nesta edição. Já agendado para maio: (11) Poveiros (a confirmar); (12) Poveiros; (13) Quadra da Matriz no Rocha; (14) Club Municipal; (16) Poveiros; (18) Sargento de Cascadura; (27) Aspom. Acompanhe a atualização da agenda pelo facebook. Conjunto Aeroporto Inf. 2280-2356 / 9-9994-5580, Sr. José. Banda Brasil 10 Inf. (21) 2570-0336 / 99445-5131 (Fabiano Brasil). Banda Brasil Show Inf.: (21) 2691-7294 / 9-9667-1814. Banda Caribe Inf. (21) 2508-1315 (Antonio Carlos). Banda Cassino Brasil Inf. 2427-0861/7819-3214 Banda Copa 7 Inf.970-282-293 Banda Holiday Inf. (21) 3371-4239 / 9-9664-1080 (Paulo) Banda Lua Nova Rio Inf. (21) 9-8666-1864 / 9-7649-9548 / 986.589.867 (Daniel). Banda Milênio Inf. Larissa Pimenta: 9.6990-9789 e 9.76464857. Banda Novos Tempos Inf. (21) 3624-9446 / 9-9727-2195 / 9-8276-3300 (Robson). Conjunto Os Devaneios Inf. (21) 9-93654362 (Jorge) / 2762-0069 (Luiz) Banda Paratodos Inf. Toninho Moreira, tels. (21) 3477-4308 / 964-779-022. Banda Pérolas Inf. (21) 3178-3369 / 9-9956-7278 (Aldair). Banda Phenix Inf. (21) 9-9390-3475 / 24824911 / 7731-2474 (Ruan Carlos) Banda Resumo Inf. (21) 2462-5080 / 98289-9287 / 9-7363-9927 (Emerson Ribeiro). Banda Rio Balanço Inf. (21) 3072-2500 / 99464-0953 (Washington) Banda Rio Postal. Inf. (21) 3018-3087 / 97022-6025 (Cosme); 97026-9367 (Rogério). Banda Shock Casual Inf (21) 3406-9367 / 9-8611-3154 Banda Sol & Mar Inf. (21) 2225-6925 / 98769-9980 (Fernando). Grupo Som e Vozes Inf. (21) 2757-2564 / 9.6434-3243. Banda Status Rio Inf. Zeca Teixeira 3793-4415 / 98130-9552; 7837-2144 (Janete); (21) 3762-6535 (Ilsa). Grupo Trinidance Inf: (21) 9-9854-9827. W. P. Show Inf: (21) 2596-4786 / 97122-5528 (Sidnei). CONTATOS DOS DJs DJ Cícero Souza Inf. (21) 98836-4492 DJ Evando Santos Inf. (21) 98812-3188 DJ Fabiano Silva Inf. (21) 7723-0745 DJ Fábio Marques Inf. (21) 9.9304-6717. Dj Guisner Inf. (21) 2260-1332 / 9-9732-3594. DVJ Luiz Carlos Alves Inf. (21) 97000-1034 Dj Pedrada Inf. (21) 9-9775-2102 DJ Renato Ritmus Inf. (21) 9-9692-1752. DJ Renatinho Inf. (21) 9-9682-6671 / 99236-6513. DJ Tom Silva Inf. (21) 98390-9550 DJ Viviane Chan Inf. tel (21) 9-9462-9322. DJ W Negrão Inf. tel (21) 9-9022-7905. LIGUE PARA CONFIRMAR Programação sujeita a alterações. Ligue antes! Informe ao promotor onde viu a dica, ajudando-nos a comprovar a utilidade desta seção. Seja um de nossos patrocinadores e tenha seu roteiro inserido aqui. Inf. (21) 2551-3334 / 9-9202-6073 (Claro) / 991.228.077 (Whatsapp). Atenção! Não somos responsáveis por alterações na programação. Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados. Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


Banda

ALTO ASTRAL Denise Abrantes

DANÇA DN E ÇS AA LDÃE OS A L Ã O DA

Av. Presidente Vargas, 583 Salas 2206/2207 CEP: 20071-003 Centro | Rio de Janeiro

Seu anúncio nos melhores bailes do Rio

tel. (21) 2224-5913 2531-7541 9 8478-1944

Inf. (21) 99202-6073

JMCOM

www.capezio.com.br

contato@spdrj.com.br

$& ¸$! &z” &

S

ANJO R R

A

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 15 - ed. 128 - MAIO / 2018 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

(21) 3762-2669 | 9.6458-7280

CIA

CONHEÇA A LINHA COMPLETA NO SITE

TAMBÉM À VENDA NAS LOJAS CAPÉZIO DE TODO O BRASIL

PRONTA ENTREGA PELO SITE www.arranjosecia.com/loja

Elaboramos peças exclusivas, consulte-nos: (11) 2331-6633 / 9.9529-0273

%FVTÏåFM


Dançando a Bordo

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura apresentam

2019

GARANTA JÁ A SUA CABINE PREÇOS A PARTIR DE 10 X R$ 219,30*

PROJETO DIÁLOGOS E MOVIMENTOS SYLLABUS DO BOLERO DOMINGO | 27 MAIO | 10H

* cabine interna “basic”

Palestra | debate | estudos de movimentos | prática

Prof. Sérgio Castro e convidados

Vendas pela

Algumas abordagens: o que é syllabus; para que serve; em que a adoção de syllabus facilita o ensino de dança; syllabus nível básico; syllabus nível intermediário; em que momento um movimento deixa de ser básico e passa a ser intermediário e avançado; cartilha APDS de syllabus do bolero.

(21) 98284-7170 Atenção freelancers: viaje de graça! Consulte-nos

Investimento: R$ 40 inteira R$ 20 meia*

Sérgio Castro é profissional da dança com registro no CONCEF e CREFRJ, diretor de escola de dança e Conselheiro Fiscal da APDS/RJ

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro R. José Higino 115 - Sala de Conferência - Tijuca - Rio de Janeiro - RJ Entrada ao lado do supermercado Extra - Metrô Uruguai, saída José Higino Pré inscrições abertas pelo email apdsdorj@gmail.com

EVS PARCIFAL

R. Feliciano Sodré, 149 s/101 tel. (21) 2607-7777 / 964377505 São Gonçalo - RJ Curta minha fanpage Em breve, muitas novidades

*Meia entrada: estudantes, professores, idosos, bem como concedida a todos portadores de necessidades especiais, beneficiários do Programa Bolsa-Cultura e Bônus-Cultura, servidores públicos municipais e aos moradores da Cidade do Rio de Janeiro, munidos com as devidas comprovações documentais. Serão considerados documentos comprobatórios para direito à meia-entrada aos moradores da Cidade do Rio de Janeiro comprovante de residência, com no máximo 03 (três) meses de emissão (contas de: água, luz, telefone fixo e gás natural) acompanhando de documento oficial de identificação com foto (RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, etc). Classificação

Produção

BAILE no Horto

Divulgação

Apoio

Reúna seu grupo que vamos até você, apresentar este negócio!

DO FONSECA NITERÓI

DOMINGO

20/05

11h às 14h

O! ATENÇÃÊS M ESTE NO SERÁ IMO PENÚLT GO DOMIN Realização:

Vocês imaginaram, nós materializamos UR CO O

Apoio Cultural:

Tenha uma renda extra fazendo o que você já faz, compras em um supermercado!!! Veja o vídeo no

AU L A S D E TA N G O Q U I N TA S , 2 0 H 3 0 DA N Ç A S D E S A L Ã O T E R Ç A E Q U I N TA DA S 1 8 H À S 1 9 H ZOUK E SALSA ÀS TERÇAS DA S 2 0 H À S 2 1 H

Sandálias com o salto que vocês elegeram como o de melhor altura, espessura e estabilidade. Diversos modelos e cores.

APRESENTAÇÃO DE NEGÓCIOS SCI | OFICIAL 2018 (versão 4.0) (27:09 min) com Gustavo Loivos

TEMOS MOTOBOY

CONSULTE-NOS SOBRE O FRETE

DESCONTOS DE ATÉ 20% NA LINHA BOUTIQUE PARA ASSOCIADOS APDS / SPDRJ

AMAZONAS DANCE: DANÇAS DE SALÃO | AULAS | COREOGRAFIAS | CONTRATOS PARA BAILES Inf.2613-3276 / 9-9307-2736 RUA VISCONDE DE ITABORAÍ 365 - CENTRO DE NITERÓI - RJ (ESQ. C/ R. MARECHAL. DEODORO) site: www.amazonasdance.wix.com/escoladedanca

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 16 - ed. 128 - MAIO / 2018 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

 Início dia 10/03/19, no porto de Santos (SP) aulas  Dia 11/03/19, segunda, Búzios (RJ) bailes  Dia 12/03/19, terça, navegando e toda a  Dia 13/03/19, quarta, Salvador (BA) infraestrutura  Dia 14/03/19, quinta, navegando do navio  Dia 15/03/19, sexta, Ilha Bela (SP)  Dia 16/03/19, sábado, desembarque em Santos

Profile for Leonor Costa

Jfd 128  

Jornal Falando de Dança, edição 128 (maio/2018)

Jfd 128  

Jornal Falando de Dança, edição 128 (maio/2018)

Profile for dancenews
Advertisement