Page 1

Edição nº 114 - Ano X

MAR/2017

Fundado em 12 de outubro de 2007 - www.jornalfalandodedanca.com.br

R O D A H L A B A R T O D E L S I O P BA M S TE

EC VALD

ID

VIDA CON A Z U E SO

EAD G A N E M HO

divulgação Alerj

O V O N BANDA

André Lazaroni é o novo titular da Secretaria de Estado de Cultura do RJ (veja na seção Perfil)

EDIÇ ª 7 A T S E OS N

Rianei Varjão e Giselle Almeida (Bahia)

Mauro Lima e Adriana Aguiar (RJ)

AL P I C I N U A M B U L E IR C

Vinícius Villiger e Flávia Teixeira (RJ)

- 90 75

Dani Moreira

Bela Bádua, diretora social do Club Municipal, é destaque na seção Personagens da Nossa História

CLUBE DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DO EXÉRCITO

acervo

R. HENRIQUE DIAS, 95 - ROCHA Adm.: Pres. Bittencourt / Vice: Saldanha

Alto Astral e DJ W NEGRÃO nos intervalos

Inf. / reservas:

acervo

Campanha online para patrocinar o projeto Carioca sobre rodas. Cotas de apenas R$ 20. Participe! Veja como nesta edição

2ª edição Niver dos Amigos Jean, Cris e Joni apoio cultural:

3256-5833 / 9.6423-7917 EJ.SANTANA OUTROS ADVOGADOS Dr

APOIO

Clube Esportivo Mauá Av. Pres. Kennedy 635, Centro, S. Gonçalo Inf. 98557-5821 / 3246-4655 / 97353-8170

Juntos e Misturados Pelo fim da violência contra a mulher! Quem ama, cuida. Quem dança, é cavalheiro: gentil, respeitoso, educado, cuidadoso com sua dama, colocando-a sempre em lugar seguro, não larga sua dama no meio do salão e, sim, leva sua dama até sua mesa, dando sempre o seu melhor. Parabéns a todas as mulheres, só temos a agradecer por vocês existirem!

Diogo Ribas busca apoio e parceria para seu baile teen para portadores de necessidades especiais

s

Nossos agradecimentos aos que contribuíram com material e conteúdo para esta edição: Angela Abreu, Antonio Aragão, Dani Moreira, Elis de Jesus (Fique por Dentro), Leonor Costa (Personagem da nossa história) Maria Augusta (Crônicas do dançarino Rato), Maristela Zamoner (Um pouco de história), Milton Saldanha (Opinião), Rachel Mesquita (Dança na Tv)

BENEFICENTE divulgação

Grande baile de dança de salão

s Dia

$ 30)

BAILE

Rachel Mesquita lança livro contando sua vivência no ensino de dança de salão infantojuvenil

Sáb | dia 29 de abril | 19h

 ESTACIONAMENTO  AR REFRIGERADO  DANÇARINOS (FICHA, OPCIONAL)  INGR. ANTECIPADO R$ 20,00  ANIVERSARIANTE DO MÊS NÃO PAGA INGRESSO

a re de L ui z P

DO R CIPA 20) l. 25 E e T t N | 4 be 40 (A OR $ s 257 o clu S: R$ NTECIPA D Rese r va d e O I r s e C a õ ç Ó d (A S an Realização: Informa NÃO S: R$ 30 n o 5º O I s Valdeci de Souza C a Ó d S n e V

Na seção Fique por Dentro, conheça os dançarinos de salão infantis que foram eleitos em concurso das Escolas de Samba Mirins

Mauro Gomes e Gisele Fátima (Petrópolis)

IJUCA T 9 5 3 º OBO N L K C O D R. HAD A d m.

| AFI G H A 6 D 1 710 6 S 5 | I A I 9 M 7 A M VENTO: OS º / 98 16 | 3528-896 1 0 | 5 7 G 1 41- -4822 r. 20 SE HOS DO E 1 8 9 / 61 IN PADR

ÃO:

Leo Fortes e Robertinha (RJ) Ricardo Oliveira e Camila Varjão (SP)

Rolon Ho e Thaís Souza (Pará)

banda

Edição 114 MAR / 2017

0 0 1 1 42

ISSN 2237-468X

9 772237 468007

Dança Falando de

COM DJ VIVIANE CHAN

08 MAR QUA 18H

O MELHOR DA DANÇA DE SALÃO CORTINAS DE ZOUK E SALSA EM PROL DO PROJETO AMO SALGUEIRO NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER, HOMENAGEM A TODAS AS MULHERES, COM ALGUMAS SURPRESAS, NÃO PERCAM!

Ingresso na hora: R$ 10 + 1 kg alimento* Antecipado: R$ 5 + 1 kg alimento* * alimento não perecível

DANÇARINOS GRÁTIS E DANÇARINOS COM PULSEIRA (R$ 10 a pulseira vip, para

dançar com equipe de dançarinos c/pulseira)

Atenção: Envie mensagem “Eu Vou”, por face ou whatsapp, e garanta o valor antecipado na lista amiga. Lembre-se: a compra de ingresso antecipado facilita o planejamento do nº de dançarinos da equipe Realização: prof. Genilton Muniz, equipe e amigos da dança

Patrocínio/apoio cultural: Leonor Costa e Antonio Aragão (Jornal Falando de Dança); Clube Esportivo Mauá; Prof. Genilton Muniz; Parcifal: Vânia Cortes; Adilea Silva; Alexandre Lima; Fátima Silva; Gilma; Ivonete; Maria Alice; Regina Rosa; Zilda; Carla Nascimento


HUMAITÁ ATLÉTICO CLUBE RUA GUIMARÃES JUNIOR 20 - BARRETO - NITERÓI - t. 9-8787-0068

R. Visconde do Rio Branco 701, Centro, Niterói Tel. secretaria: 2717-5023

Administração Roberto Maurício Miranda

05 MAR - BAILE DA MULHER - BANDA SOL E MAR 12 MAR - CONJUNTO AEROPORTO 19 MAR - BANDA RESUMO + DJ REINALDO 26 MAR - CONJ. OS DEVANEIOS

BAILES DA BETH

Sexta

MÚSICA AO VIVO COM CLÁUDIO FONTELLA BRINDES, DANÇARINOS CONTRATADOS, ETC

19 às 23h

Realização: Beth Medeiros

12 Domingo MAR 16 às 20h

NIVER DA BETH

MÚSICA AO VIVO COM CLÁUDIO FONTELLA BRINDES, DANÇARINOS CONTRATADOS, ETC

Realização: Beth Medeiros

DO PROF. FIDELIS 19 Domingo BAILE DJ DA ACADEMIA E DANÇARINOS DE FICHA(*) (*) OPCIONAL - INF. CELY 99913-0734 MAR 15 às 19h Realização: Prof. Fidelis de Lima

ENTRADA FRANCA PARA ASSOCIADOS | Faixa etária: 18 anos TRAJE ESPORTE FINO (CALÇA SOCIAL E SAPATO*) * permitido sapatênis

PÉRGULA DA PISCINA | DIA 12 MARÇO

24 MAR

Domingo, a partir das 10h, atividades em homenagem às mulheres, pelo Dia Internacional da Mulher

Sexta

19 às 23h

ADVOCACIA EM GERAL

Dr Paulo Dercy

OAB/RJ 3959 Av. Amaral Peixoto 467 s/1212 - Centro - Niterói

2717-7450 99256-7920

AGRADECIMENTOS:

BAILES DA BETH

MÚSICA AO VIVO COM CLÁUDIO FONTELLA BINGO, DANÇARINOS CONTRATADOS, ETC

Realização: Beth Medeiros

Alugamos salão para eventos, informe-se

TAMOIO F. C. GRANDE BAILE DE ANIVERSÁRIO

AMIGO OSWALDO DINIZ

0b7 ril

BANDA

a

1H SEXTA 2

ALTO ASTRAL DANÇARINOS GRÁTIS!

Ingresso somente antecipado (não haverá bilheteria no dia) R$ 80,00 (mesa c/4 lugares) - Traje esporte fino Informações: 2723-2472

ASPOM E AMIGA ANGELA

CONVIDAM

SEXTA 12 MAIO 19H30 BANDA ALTO ASTRAL

BAILE DAS MÃES

Ingresso antecipado com desconto Traje esporte fino Realização:

apoio:

ASPOM

Presidente Levi Meireles

AMIGA ANGELA

inf. e reservas:

3017-0953 9-9973-1408 9-7679-4093

angela.abreu.39

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade - Inf.: 2596-3974

Helênico Atlético Clube R. Itapiru 1305 - Rio Comprido tel. 2502-1694

apoio:

Almoço a partir das 13h e tarde dançante a partir das 16h SÁB 18/03 RIO POSTAL

SÁB 25/03 DJ E ATRAÇÃO SÁB 01/04 ALTO ASTRAL SÁB 08/04 DJ VIVIANE CHAN

FAÇA SEU EVENTO CONOSCO: PALCO - CAMARINS AMPLA PISTA EM GRANITO - MEZZANINO ÁREA EXTERNA COM CHURRASQUEIRA - SERVIÇO DE BAR - COZINHA - OPERACIONAL

apresenta

SÁBADO

29

JULHO

das 20 à 1h

4 + 1 = 5h baile REALIZAÇÃO:

VÂNIA CORTES

GRANDE BAILE DE FORRÓ! BANDA CHAMEGO NORDESTINO

+

DJ REINALDO SILVA

TRAJE CAIPIRA OPCIONAL | PREMIAÇÃO PARA A MELHOR CAIPIRA BRINDES PARA OS PRIMEIROS QUE CHEGAREM | EQUIPE DE DANÇARINOS DO CASSINO DA DANÇA COMEMORAÇÃO DOS ANIVERSARIANTES DO MÊS MESA ANTEC. COM 4 CONVITES (ATÉ 30/06) = R$ 100 (APÓS, R$ 120)

Inf.c/Vânia Cortes

2704-6915 9.9733-4111

A P O I O:

Av. Pres. Kennedy 101 - S.G.

JORNAL FALANDO DE DANÇA CASSINO DA DANÇA BIRA NITERÓI | HERBALIFE CRISTIANO PRAXEDES

SEDE CAMPESTRE DA CASA DE VISEU

09 ABR 44ª Excursão & Pic Nic Show Rua da Cascata 624 - Guapimirim - RJ - t. 2632-2807 / 3391-6730

DOM das 9h às 18h

Ônibus saindo de vários bairros do Rio, Baixada e Niterói às 6h da manhã, Império Serrano às 7h

Entrada liberada de alimentos

Levar grelha p/ churrasco

ATENÇÃO! Bebidas não entram

O MAIS TRADICIONAL DO RIO - EDIÇÃO 2017

BAILAÇO C/AS BANDAS

& ALTO ASTRAL OS DEVANEIOS D J J A M I L S O N TOCANDO TODOS OS RITMOS

HIP HOP - FORRÓ - SAMBA E MUITO MAIS! TUDO ISSO EM 2 AMBIENTES

Lazer total: parque aquático, churrasqueiras, cachoeiras, ginásio, jogos, campo de futebol, dois ambientes para bailes, opção de almoço

Realiz.Gr. Excursões e Eventos: Pinta (99020-2201); Luiz (97029-3103 / 98769-7387 / 99573-8191) Cleve (3477-5822 / 96494-5600 / 98529-8464); Robertinho (97521-5184 / 99537-7258 / 2597-0959)

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 02 - ed. 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

03 MAR

DOM | 19H | SALÃO NOBRE


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Mensagem ao leitor Feriado de Carnaval é ótimo, para curtir a folia, viajar ou descansar. Mas para quem Leonor Costa ama dança de salão, Quarta-feira de Cinzas traz também a ansiedade de voltar às pistas e rever os amigos. Nesta edição, trazemos várias dicas de bailes, passeios, shows, palestras, aulas e excursões para o ano finalmente começar para o segmento. Sobretudo, trazemos bastante conteúdo informativo e historiográfico para quem aprecia a leitura e deseja aprofundar seus conhecimentos sobre esta arte que tanto amamos. Na parte histórica, Maristela Zamoner, a propósito de ser o mês de março comemorativo do Dia Internacional da Mulher, fala sobre as professoras de dança que ficaram registradas na história ao anunciarem suas atividades em jornais do séc. 19. Na parte opinativa, trazemos os artigos de Milton Saldanha e Rachel Mesquita. Já Maria Augusta publica mais uma divertida crônica sobre as aventuras do dançarino Rato. Elis de Jesus contribui com a seção de pequenas notas e esta editora pu-

blica a entrevista com Bela Bádua, diretora social do Club Municipal e personagem da história da dança de salão carioca. Também trazemos nesta edição informações sobre o novo secretário estadual de Cultura, André Lazaroni, e sobre assuntos que interessarão sobretudo aos profissionais da dança, como as atividades associativas, notícias sobre atividades na área política de interesse do segmento e oportunidades de trabalho. Nesse último aspecto, chamamos a atenção para as atividades da Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão, que procura oferecer aos estudiosos, profissionais e interessados atividades visando a sua qualificação. O Jornal Falando de Dança não só apoia essas iniciativas como seus diretores ocupam cargos na APDS e oferecem a infraestrutura do jornal para viabilizar o funcionamento da associação. Estamos fazendo a nossa parte e confiamos que os profissionais da dança de salão cheguem a nós para somar. Boa leitura e feliz Dia Internacional da Mulher. __________________ Leonor Costa, editora

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

NESTA EDIÇÃO 8 Expediente | Pág. 3 8 Mensagem ao Leitor | Pág. 3 8 Perfil | André Lazaroni, SEC-RJ |Por Leonor Costa | Pág 3 8 Um pouco de história | Professoras de dança no séc. 19 | Por Maristela Zamoner | Pág. 4 8 Dança na Tv | Balanço da última edição do Dancinha dos Famosos | Por Rachel Mesquita | Pág. 5 8 Opinião | A culpa é do tango | Por Milton Saldanha | Pág. 5 8 Ensaio | O dançarino Rato e o concurso de dança | Por Maria Augusta | Pág. 6 8 Personagens da nossa história | Bela Bádua | Por Leonor Costa | Pág. 8 8 Atividades associativas | 5° Encontro de pesquisadores em dança | APDS aposta em qualificação no 15º Encontro no Centro Coreográfico | Editado por Leonor Costa | Pág. 11 8 Políticas culturais | Rio, 452 anos | Dança de Salão no Teatro Ziembinski | SMC-Rio patrocina Festival de Dança | Produções culturais em logradouros públicos | Colégio Pedro II oferecerá aulas de dança e teatro | Posse dos membros da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura | Editado por Leonor Costa | Pág. 11 8 Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores | Leonor Costa | Pág. 12 8 Fique por Dentro | Baile teen para portadores de necessidades especiais | Interdanças no Forte com Cia Renan França | Financiamento coletivo para projeto Carioca sobre Rodas | Costa Cruzeiros | Livro de Rachel Mesquita | Nova novela de Glória Perez | Escolas de samba mirins | Stiletto na Sapucaí | Coreógrafos da dança nas comissões de frente das Escolas de Samba | Editado por Elis de Jesus | Pág. 13 8 Dicas de eventos, bailes e passeios | Pág. 14

Perfil

Sai Eva Doris, entra André Lazaroni como titular da SEC-RJ Em fevereiro, mesmo tendo declarado que manteria Eva Doris Rosental à frente da SEC-RJ (ela estava no posto há dois anos), o Governador Luiz Fernando Pezão decidiu substituí-la pelo deputado André Lazaroni, líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Advogado especialista em Direito Ambiental, André Lazaroni é deputado estadual pelo PMDB/RJ, reeleito em outubro de 2015, para o quarto mandato consecutivo. Esta é a segunda vez que licencia-se do cargo legislativo para assumir cargo no Poder Executivo. Em fevereiro de 2013, ele assumiu o comando da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer do Rio de Janeiro e a Presidência da Superintendência de Desportos do Estado (Suderj). Sua mãe, Dalva Lazaroni, falecida em julho do ano passado, era escritora, professora, ambientalista e política (vereadora e secretária do Meio Ambiente de Duque de Caxias e com forte atuação na área da Cultura), sendo, segundo o deputado, sua fonte de inspiração. Na área da Cultura, Lazaroni elaborou, em 2004, projeto que instituiu o dia 3 de

Semana Estadual da Cultura Urbana

dezembro como o Dia Estadual da Cultura. Em 2009, outro projeto de sua autoria originou a Lei Estadual 6.102 de 6 de dezembro de 2011: a Semana Estadual da Cultura Urbana (v. quadro). É também autor do projeto que se transformou na Lei Estadual nº 7489 de 21 de novembro de 2016 e que incluiu, no calendário de efemérides do Estado do RJ, o Dia do Funk (segundo domingo de setembro). Lazaroni viabilizou também o registro das Folias de Reis nas secretarias de cultura e prefeituras dos municípios fluminenses, desobrigando esses grupos de pedir licença à Polícia Civil para sair às ruas em suas jornadas e desfiles. Outro destaque no seu currículo foi sua atuação na discussão da Lei 7035/2015, que instituiu o Sistema Estadual de Cultura. _____________________Leonor Costa

A Semana Estadual da Cultura Urbana é uma comemoração móvel do Estado do Rio de Janeiro, instituída pela Lei Estadual 6.102 de 8 /12/2011. Assinada pelo então governador Sérgio Cabral, a Lei 6102/2011 alterou a Lei 2776/1997, extinguindo a “Semana da Cultura” do Estado do RJ e substituindo-a pela Semana Estadual da Cultura Urbana. A data do início das celebrações pode ocorrer entre os dias 1 de julho e 7 de julho do ano (ou seja, na primeira semana do mês). De acordo com o dispositivo legal, considera-se Cultura Urbana toda a manifestação cultural e esportiva que tenha se originado ou se desenvolvido nas ruas dos centros urbanos do ERJ.

Lei do Funk

A Lei Estadual 5543/2009, assinada pelo então governador Sérgio Cabral, define o funk como movimento cultural e musical de caráter popular, excetuando-se conteúdos que façam apologia ao crime. Pelo dispositivo legal, compete ao poder público assegurar a esse movimento a realização de suas manifestações próprias, como festas, bailes, reuniões, sem quaisquer regras discriminatórias e nem diferentes das que regem outras manifestações da mesma natureza. Também determina que os assuntos relativos ao funk deverão, prioritariamente, ser tratados pelos órgãos do Estado relacionados à cultura. O Dia do Funk é comemorado dia 1º de setembro de cada ano, para marcar a data em que a Alerj aprovou o Projeto de Lei que originou a Lei 5543/2009, além da revogaçã da Lei que estabelecia regras rígidas para a realização de eventos de música eletrônica, raves e bailes funk dos cariocas, com a ideia de se dar ao movimento um caráter pedagógico e, com isso, levá-lo para as escolas estaduais.

3

Expediente Diretores-fundadores: Anderson G. de Aragão, Antônio Aragão e Leonor Costa Editores: Antônio Aragão e Leonor Costa Editoração: Leonor Costa Conselho Editorial: Antônio Aragão, Angela Abreu e Leonor Costa Jornalista Responsável: Antônio Martins de Aragão Registro nº 031.433 / MTPS/RJ Jurídico: Edil Murilo (OAB-RJ 52.925) Fotografia: André lima, Angela Abreu, Antônio Aragão e Leonor Costa Fax/gravação de recados: (21) 2535-2377 Atendimento pessoal: (21) 2551-3334 / (21) 9-9492-9462 (Claro) / 9-9202-6073 (Claro) / 9-91228077 (Claro / Whatsapp) Email: contato@jornalfalandodedanca.com.br Página na Internet: www.jornalfalandodedanca.com.br Facebook: www.facebook.com/ jornalfalandodedanca Escritório: Rua Joaquim Silva 11 sala 408 - Lapa - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20241-110 Fechamento da edição: dia 15 do mês anterior ao mês de capa Distribuição: a partir do dia 1º do mês de capa Pontos de distribuição: Eventos dançantes da cidade (v. roteiro de bailes), escolas de dança e equipamentos culturais diversos Outros pontos de distribuição do Jornal Falando de Dança (telefone antes para certificar-se de que a edição não se esgotou): 8Capézio - Centro de Nova Iguaçu tel. (21) 2767-0055 8Capézio, Copacabana, RJ tel. (21) 2235-5503 8Capézio, Flamengo, RJ tel. (21) 2554-8554 8Sapataria Roma, Lapa, RJ tel. 2510-2121 - Rua Joaquim Silva, 15 8Amazonas Dance, Centro de Niterói tel.2613-3276 - Rua Visconde de Itaboraí nº 365, sobrado 8Parcifal, São Gonçalo tel. 9-6437-7505 8Maricá, região litorânea do ERJ Moreira Studio de Dança, tel. 9-87446884 Assinatura: R$ 60,00 - 12 exemplares/ano (1/mês) Edições atrasadas: R$ 5,00 por exemplar, a ser retirado no escritório do JFD, na Lapa, RJ As matérias assinadas são de responsabilidade de seus respectivos autores, colaboradores deste informativo. As informações divulgadas nos anúncios publicitários são de responsabilidade dos anunciantes. Proibida reprodução de artes e matérias sem autorização expressa deste informativo, sob penas da lei. Amaragão Edições de Periódicos, Produção de Eventos e de Dança Ltd ME CNPJ 12.071.075/0001-42 Jornal Falando de Dança Fundação Biblioteca Nacional Reg.nº 487.274, Liv. 920, Folha 270 ISSN 2237-468X Distribuição interna, gratuita e dirigida. Tiragem: 10 mil exemplares Impressão: Gráfica Aretê editorial S/A CNPJ 00.355.188/0001-90


4

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Um pouco de história

Professoras de dança no séc. XIX Mulheres em destaque no ensino de dança de salão Aprendemos muitas coisas nos bancos escolares, e neste caminho cheguei a um imaginário sobre o que seria existir como mulher no Brasil do séMaristela Zamoner culo XIX. Com o tempo e o encanto pela história da dança acabei, de certa forma, vivendo parte desta época através de jornais, revistas e outros documentos antigos. Passei a ver o gênero feminino, e não só ele, de uma forma bem diferente. Por mais que se deparassem com limitações, muitas mulheres construíram suas identidades profissionais, o que ficou claro pela quantidade de anúncios de aulas de dança publicados por professoras em várias partes do país. O Rio de Janeiro, que concentrou a maior efervescência cultural brasileira do século XIX, contou com o trabalho de várias professoras: Ricardina Soares (1836), Edeltrudes da Fonseca (1837), Joaquina Rosa (1837), Carolina Catton (18401848), Francisca Farina (1847), Virginia Ferraz (1871), Mlle. Ferrare (1871), Marietta Baderna (1871), D. Adelia (1877), Mme. Bernardelli (1883), Mlles. Marquet (1887), Mme. Cesallina Reis Keller (1900). Entre estas, notamos que Carolina Catton trabalhou como professora por no mínimo cerca de oito anos, até o início de 1848, quando anunciou estar voltando a ministrar aulas que haviam sido interrompidas devido a problemas de saúde. E Marietta Baderna, que foi uma eminente bailarina, cuja história de vida é rodeada de mistérios instigantes, por certo ministrou aulas de dança ao longo de anos. Em São Paulo, professoras também ofertavam aulas de dança pelos periódicos: Marcellina (1877), Clotilde Martinelli (1877-1883), Ambrosina Martinelli (1879-1883) e Marcolina Zagali (1892). Clotilde, esposa de Fernando Martinelli, era sócia da Marmoraria Imperial. Elas trabalhavam ainda em colégios, ministrando aulas de dança (quadro ao lado).

No Maranhão, encontramos anúncios de aulas de dança de Carolina Wanimeil, em 1839, que também anunciou, entre 1842 e 1843, em Pernambuco:

dos nomes de suas colegas, que sobreviveram ao passar dos séculos impregnados em esquecidas páginas envelhecidas. E muitos outros nomes femininos apareceram nos jornais e revistas mostrando que atuaram também como atrizes, cantoras e dançarinas. Até como escritoras elas trouxeram aos leitores seus textos, suas ideias, seus pensamentos, suas influências. Um exemplo foi Julia ValenTranscrição: ESCOLA DE DANÇA. Carolina tim da Siqueira Lopes de Wanimeill propõe-se a ensinar toda a qualidade de Almeida, a autora de arDança Franceza as Snr.as e Meninas: Quem pertender tigos, romances, novelas, aproveitar-se, póde mandar o seu aviso a sua morada; contos, peças de teatro, rua do Sol, defronte das Snr.as Franzoens. (jornal que não deixou os bailes Chronica Maranhense, de 11 de fevereiro de 1839 | fora de sua crítica. Jufonte: www.memoria.bn.br) lia fazia parte do restrito grupo de intelectuais que Ainda em Pernambuco, Madama Ange- criou a Academia Brasileira de Letras. Estudar a história da dança, esta pequela Montina Garcia já divulgava suas aulas em 1831. E no Rio Grande do Sul foi na e deslumbrante janela para sociedades possível constatar o nome da professora de outros tempos, me permitiu um novo de dança Mlle. Aline Moreau, em 1850. olhar sobre o gênero feminino no Brasil Aline era dançarina experiente em palcos do século XIX. Aquele foi um tempo em do Rio de Janeiro, de Pernambuco e do Rio Grande do Sul, e fazia distinção entre as danças para os teatros e para os salões (quadro ao lado) Certamente falamos aqui apenas de uma espiadela por um buraco de fechadura do tempo. O mais provável é que tenha existido de fato uma quantidade consideravelmente maior de professoras de dança que viveram no século XIX e não chegaram a ter seus nomes registrados nos documentos brasileiros para que pudéssemos revivê-los hoje. Caíram num anonimato que só pode ser imaginado graças a existência Transcrição: LIÇÕES DE DANÇA. Clotilde e Ambrosina Martinelli dão lições de dança, tanto em colégios como em casas particulares, por preço muito razoável, para o que podem ser procuradas, todos os dias na Marmoraria Imperial, Rua de S. Bento n. 33, e na Alameda do Triumpho n. 5. N. B – Tambem dão lições em sua casa, Alameda do Triumpho, a senhoras e meninos de ambos os sexos, todas as quintas-feiras e domingos.(jornal Correio Paulistano, 14 de novembro de 1883| fonte: www.memoria.bn.br)

Casa da Vila da Feira convida

I R A

R. Haddock Lobo, 195 - Tijuca - reservas: 2293-1542

SA

Aos domingos, a partir das 12h, no salão nobre Cardápio variado | doces portuguesas | música ao vivo

PA T

ALMOÇO DANÇANTE

MA O AR

C ONSERTOS

que as mulheres, como a maioria dos homens, não tinham direito ao voto. Mas com ou sem preconceitos e dificuldades entre elas haviam as que atuavam como sócias de empresas, ensinavam as próximas gerações nas salas de aula, transmitiam mensagens do alto dos palcos e diziam o que pensavam pelos jornais e revistas, mudando a sociedade. Elas ainda eram mães e esposas que participaram do desenho deste futuro, um pouco mais equilibrado, que nós mulheres e homens da atualidade aproveitamos hoje. Deixo meu humilde e respeitoso reconhecimento a todas estas mulheres. Não só àquelas que tiveram alguns poucos farrapos de suas vidas sobrevivendo em papéis desgastados e malcheirosos do passado. Mas também àquelas que viveram, trabalharam, contribuíram e, mesmo assim, tiveram suas identidades profissionais relegadas ao ostracismo e seus nomes, apagados da história. _______________ Maristela é professora de dança, pesquisadora e autora de vários títulos, dentre os quais quatro livros publicados sobre dança de salão Transcrição: Mlle ALINE MOREAU, tem a honra de participar aos amaveis habitantes desta cidade do Rio Grande do Sul, que tem resolvido demorar-se aqui algum tempo, a dar lições de dansa, tanto por theatro, como por salões: polka, mazurca, la redowa, emfim, todas as walsas e muitas contradanças de gosto novo; e os Srs pais de familia que tiverem confiança nella, se lhe promette progressos rapidos em muito pouco tempo. Rio Grande 22 de julho de 1850. – Aline Moreau. (jornal O Rio-Grandense, em 22 de julho de 1850 | fonte: www. memoria.bn.br)

EXECUTA-SE QUALQUER CONSERTO QUE FAZ PARTE DA ARTE COM A MÁXIMA PERFEIÇÃO RUA JOAQUIM SILVA, 15 - LAPA TEL. 2510-2121


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

5

A dança na tv

Um balanço sobre a última edição do “Dancinha dos Famosos” Durante toda a final do quadro “Dancinha dos Famosos”, do programa da tv Globo Domingão do Faustão, recebi inúmeras ligações de todo Brasil Rachel Mesquita me fazendo perguntas sobre diferentes questões sobre crianças dançarem juntas. Outras pessoas dizendo não aceitarem eu não estar como jurada. Outras tantas indignadas com as coreografias e as diferenças de idades entre os concorrentes, e as possibilidades corporais das crianças. E me posicionarei publicamente para esclarecer alguns aspectos. Inicialmente, quero parabenizar a todos que trabalharam para que a garotada brilhasse: coreógrafas, figurinistas, motoristas das crianças, músicos, pessoal dos lanches (que eles ADORAM), os responsáveis por elas e toda a produção. Um trabalho silencioso e que não aparece, mas sustenta as apresentações. Tudo pode parecer fácil, mas não é. Desta forma, meu respeito a todos que investiram para realização deste quadro. Vamos por etapas: quando pensamos em dança de salão para crianças, teremos sempre que entender que a dança ainda não tem muito significado para a maioria delas. As-

sim sendo, os recursos usados pelas coreógrafas, tendo como a base maior o lúdico, em muito facilitou a dança dos meninos. Criança deve dançar como criança. Bem positivo. Em contrapartida, os elementos básicos dos diferentes gêneros dançados mereceriam ser melhor desenvolvidos. Afinal, eles estruturariam melhor as apresentações, dando a todos mais segurança. Vejamos, no entanto, que as crianças tiveram uma semana para aprenderem o apresentado no programa. MUITO DIFÍCIL! Crianças com 8 anos têm, realmente, possibilidades bem menores que as crianças mais velhas. Acho que isto foi bem respeitado. O que, a meu ver, dificulta aos jurados é, ainda, a falta de critérios. Aliás. esta questão se estende para muitos concursos de dança que temos em nosso meio. Por ser uma professora há anos especialista em danças de salão para crianças e adolescentes, e para quem me ligou com a afirmação de ser eu a maior referência dessa dança para essa demanda no Brasil, digo que estes dois indicadores não me dão o crédito para ter que estar no programa. Há pessoas competentes para poderem assumir esta responsabilidade. Mas seria interessante chamar um professor (mesmo que de outro estilo dança) que transitasse no

universo infantil para somar às opinioes dos outros jurados convidados pela produção. Interessante também seria o julgamento ora começar pelo jurado artístico, ora pelo jurado técnico. Esta alternância poderia dar a todos sinalizações diferenciadas. Criança não merece ser enganada. Se dançou tão bem, por que 9.9? Muitas vezes elas suportam a verdade meParticipantes da última edição do quadro Dancinha dos Famosos, em reprodução lhor que os adultos. Tedo Facebook: as crianças se divertem nos bastidores e curtem a competição. remos que cuidar apenas com as abordagens ço ao Wallace ter estado nesta competição a serem feitas. Quero parabenizar todas as e não ter sido o vencedor, pois quebrou-se crianças que concorreram. Sei que elas fia hegemonia. Isto é muito importante, meu zeram o máximo para as apresentações. querido. Você, Wallace, brilhou com a danO erro maior é o tempo da tv e o tempo ça que tinha nesta ocasião. Estou orgulhodas crianças. Eles se diferem significadasa de você. E vamos em frente. mente. E quando há a competição inclusa, _________________________ os caminhos são difíceis. Rachel Mesquita é educador física, A dupla vencedora realmente mereceu. professora de danças de salão e codiretora Das quatro dancinhas dos famosos, meus do projeto social Alvinhos Dance. alunos com suas parceirinhas globais foram os campeões de três edições. Agrade-

Opinião

Assine nosso jornal!

Cupom de assinatura Quero receber o JFD

( ) R$ 30,00 por 6 meses (6 edições) ( ) R$ 60,00 por 12 meses (12 edições) ( ) R$ 120,00 por de 24 meses (24 edições) Nome .............................................................................................................. CPF ........................................................... tel. ( ) ..................................... Endereço para remessa: ........................................................................................................................ ........................................................................................................................ Bairro .......................... Cidade: ................................. Estado: .................. CEP ( )( )( )( )( ) - ( )( )( ) Rio de Janeiro, ___ / ___ / _______ Assinatura

Remeter para: Amaragão Edições de Periódicos - R. Joaquim Silva 11 s/ 408 Lapa - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20241-110 Informações: contato@jornalfalandodedanca.com.br (21) 2551-3334 / 99202-6073

A culpa é do tango Quando mergulhei no tango, há 15 anos, me senti meio traidor da pátria. Afinal, eu estava colocando quase de lado mais de 40 anos em que tentei aprender e dancei Milton Saldanha com especial prazer samba e forró, nossas expressões mais genuínas. Passar a priorizar uma música que não faz parte das nossas raízes culturais, pelo contrário, pertence ao rival do futebol, me causou um certo conflito de consciência, o chamado complexo de culpa. Foi perceber que os argentinos são fascinados pelos nossos samba e forró o que me curou. Entendendo, finalmente, ufa, que a dança e a música que a locomove são patrimônios universais da humanidade. Não têm pátria nem fronteiras. Não pertencem a grupos sociais de qualquer espécie. Que o diga o balé clássico, dançado no mundo inteiro. E hoje, na dança de salão, também o tango. A propósito, nunca entendo porque algumas pessoas falam “dança de salão e tango”, como

se este último não fosse parte do primeiro. Não me agrada tal separação sem razão nem sentido semântico. Tango também é dança de salão, pô! Melhor será dizer tango e outros ritmos. Nesse quesito, a diversidade, o Brasil está de parabéns. Não conheço país onde se dance tanto, e tantas coisas diferentes. Lembrando que o Brasil não é só Rio de Janeiro e São Paulo, existe vida além da linha do horizonte. Se correr este país pesquisando dança você vai descobrir danças regionais por todos os cantos, além daquelas trazidas pelos imigrantes, primeiro para suas festas, depois na preservação cultural através de grupos organizados, que ensaiam e se apresentam regularmente. Agora, quando obtenho êxito em determinados movimentos do tango, que levam meu corpo a agir como portenho e não apenas como o gaúcho que sou, do vanerão e rancheira, queiram me desculpar. A culpa é do tango. ________________________ Milton Saldanha é jornalista e fundador do Jornal Dance (São Paulo)


6

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Ensaio

O dançarino Rato e o concurso de dança

Voltando a meados de 1940, o nosso personagem central de algumas histórias tinha muitas habilidades enquanto dançarino. Como havia Maria Augusta trabalhado em circo, fazia com o corpo esguio movimentos fáceis, que embelezavam a performance a que se propusesse executar. Além de dançar com a leveza de quem estivesse sobre bolhas de sabão, Rato sapateava. Como autodidata, ele se valia de uma estratégia de rara perícia. Esperava anoitecer e, na sala de sua casa, ele afastava os poucos móveis para junto das paredes e ao centro do cômodo ele se colocava. Bem distante, e atrás de si, ele acendia uma lâmpada de watts muito fortes, que havia parafusado em um toco de madeira. Ao acender a luz, sua silhueta se projetava na parede, e, assim, cada gesto e movimento seus eram vistos como em uma tela em branco. Ele assistia à sua própria dança, refletida que estava na parede. Dessa maneira, seus giros e movimentos sincronizados entre seus braços, pernas e ombros o levaram a esmerar a técnica de sapateado que ele executava vestido com calças de linho brancas que, largas e engomadas, obedeciam ao vaivém do corpo de Euclides. Sua evolução ao sapatear ao ritmo do fox o fazia uma figura dançante que parecia estar acima do chão, não fosse todo o seu corpo obedecer mais aos seus sentimentos internos do que propriamente à música. O ritmo que ele imprimia era o do seu coração. Amava dançar. Certo dia, em um clube português foram

abertas as inscrições para um concurso de dança, no qual o dançarino e sua partner exibiriam suas habilidades em dois ritmos: samba e sapateado. O prêmio era o de uma viagem a São Paulo, para exibirem-se em outro clube, como campeões, com todas as despesas pagas. Sem partner que sapateasse para com Euclides inscrever-se, a tristeza o atormentava a ponto de quase lhe custar o emprego, na tinturaria onde trabalhava. Isso porque Rato passava a maior parte do horário de trabalho vagando pelas poucas casas de dança, à procura de uma dama que com ele formasse o par concorrente no sapateado. Samba, muitas dançavam. Sapateado, não. Sem opção, mas sempre muito inventivo, criativo e eficiente nas façanhas de sua vida de dançarino calejado, Rato planejou, de forma inusitada, fazer par com a passadeira Sebastiana, que com ele trabalhava na tinturaria. O primeiro passo era ensaiar o samba com Sebastiana, com um vestido que Rato conseguira emprestado com alguém muito mais magra que ela. Ensaiaram exaustivamente, durante o horário de trabalho, ao som do rádio que Euclides trouxera de casa. O general, dono da tinturaria, claro, não poderia saber dos planos do dançarino. Com dores fortes em todos os músculos devido aos treinos com o dançarino incansável, Sebastiana, finalmente, estava como uma boneca de pano nas mãos do Rato. Para onde ele a jogasse, ela ia sem forças para relutar. Sendo assim, a primeira parte do concurso estava resolvida: o samba.

Dr Wagner Tavares Médico veterinário CRMV 6599

Atendimento domiciliar: 9.9938-3920

Quem não é visto não é lembrado Anuncie conosco 992-026-073 991-228-077 (Zap)

Quanto à segunda parte, nada mais esperado do que alguma nova proeza do dançarino. O sapateado, como a sua arte melhor desenhada, haveria de ocorrer com sucesso. Rato não perderia o concurso, fosse qualquer um o preço que o destino lhe cobrasse. Sebastiana, que com toda a agitação criada por Euclides emagrecera bons quilos, já cabia no vestido emprestado e não tinha mais opção. Ou era a partner do Rato ou se perdia em suposições do que lhe poderia acontecer. Ela, que nem havia dito que aceitava o convite, já estava dançando samba. Dizer àquela altura que nem sabia o que significava “sapatear”, estava fora de cogitação. Todos os preparativos quase prontos. Samba ensaiado até as bolhas crescerem nos pés da partner. Faltava “apenas” o dançarino esquematizar a solução para a falta de conhecimento da parceira quanto ao sapateado. Rato passou dias e noites mergulhado em pensamentos, procurando uma ideia que o permitisse atender aos dois quesitos do concurso. Não aceitava a ideia de que não concorreria porque não tinha uma dama que o acompanhasse no sapateado. Finalmente, o dançarino encontrou a solução para o problema! Chegou o dia do concurso. Seu número às costas do paletó o identificava como aquele que todos prestigiavam com sua melhor atenção. Rato era respeitado nos salões onde dançasse e nos concursos dos quais participasse. Os casais entraram. Posicionaram-se. O

samba começou. Rato e Sebastiana dançaram a primeira parte do concurso, tendo sido muito ovacionados pela plateia. Aguardaram a segunda parte. Rato fitou a parceira, que sofrera uma verdadeira lavagem celebral para bem executar o plano arquitetado pelo dançarino. Começa a segunda parte. Rato e sua colega de trabalho, a passadeira das roupas dos tantos clientes de Botafogo, estavam a postos para iniciarem o sapateado no fox. E a execução do plano tem início. Ela, propositalmente, tropeça e cai, fingindo estar sem forças para levantar-se. E Rato continuou, sozinho, a exibir-se no sapateado, da forma mais perfeita e como nunca antes fizera. O público ovacionava o dançarino que, sem medo de ser feliz, exibiu-se sozinho sem qualquer falha na performance, muito ensaiada há vários anos em sua casa. Ele não ganhou o primeiro lugar. Mas recebeu o prêmio Hors Concours, por ter tido o profissionalismo de prosseguir na exibição mesmo sem a sua dama, de ter enfrentado a concorrência sozinho, abandonado que foi pela dama logo no início da exibição. Alguns maus exemplos do dançarino Rato são perdoados pelos deuses da dança, e que assim seja. _________________________ Maria Augusta é dançarina e está reunindo contos para um livro sobre as aventuras do dançarino Rato, do qual este texto faz parte. Acesse www.jornalfalandodedanca. com.br e clique nas miniaturas de capas para ler as edições anteriores.


CLUBE MUNICIPAL

R. Haddock Lobo 359, Tijuca (a 100 metros do metrô Afonso Penna)

DO

PLANETA

Flash Back

VENHA DANÇAR AO SOM DOS ANOS 70 / 80 / 90

SÁB - 25 MARÇO- 20H

DJ BACALHAU E DJ MÁRCIO MARQUES

Em homenagem aos

40 anos do Programa Show do ANTONIO CARLOS Realização:

R. Haddock Lobo 359 - Tijuca

informações: 3528-8966 2569-4822 ramal 206 Geraldinho dos Clubes: 2527-2300 / 988.740.012 Ingr. antecipado: R$ 20 (sócios) R$ 30 (não sócios)

Apoio:

ão W istraç n i m d A nta

APOIO

LIMA PROD

S

ORQUESTRA TABAJARA

CLUB MUNICIPAL Administração Luís Cosme Paredes Dias

DO

ÕE UÇ

evento imperdível, com a internacional

AL

GER

OS D O T A PAR VUNA vuna - t. 2474-1960 4 - Pa s erra 8 DAenPdaA arque dor Gu aldir M

GE R AL

IMPERDÍVEL

LIMA PROD

S

Inf. 2569-4822 ramal 206 / 3528-8966 O BAILE

APOIO

DO

ÕE

ANTECIPADO DAMAS R$ 15 / CAVALHEIROS R$ 25 À VENDA NO 5º ANDAR DO CLUBE

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 7 - ed 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

O MELHOR

R. Com

e r d n a x e l A o d l a n R Regi A M 8 1 s o i e n a v Os De SÁB 19H e apres

f.

do pro o i r á s Aniver e d e l i a B njunto Com co

QUI - 16 MAR - 16H

3: R$ DIA 12/0 DO ATÉO CLUBE OU A IP C E SO ANT ENDA N INGRESR$ 10,00 - À V DOS CLUBESE MESA ERALDINHO O ALEXANDR COM GF. REGINALD E PRO

15,00

Informações: 2527-2300 / 988-740-012 (Geraldo) 970-076-668 (Prof. Reginaldo Alexandre)

Samba no Pé

Com Elis de Jesus! Já ministrou aulas de samba no pé nas emissoras RECORD e CNT +55 21 98907 2770 | elisdejesusversatil@hotmail.com www.elisdejesus.com | FACEBOOK: ELIS DE JESUS

Seu anúncio nos melhores bailes do Rio. Inf. (21) 99202-6073


8

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X Leonor Costa

Personagens da nossa história

Bela Bádua

Trinta anos dedicados a bailes sociais De descendência libanesa, Bela Bádua Capaz Malheiros sempre gostou de organizar eventos desde jovem. No grêmio estudantil da faculdade de Direito na qual se formou, ou na associação dos funcionários da repartição pública em que trabalhou, assumia as funções de diretora social e realizava bailes de calouros, festas dos associados, festas juninas, bailes da Primavera e afins. “Estava em um almoço no Clube Guanabara quando o então presidente do Club Municipal, Otávio Luiz Alves, notou como eu era reverenciada pelos presentes e me chamou para realizar bailes no Municipal. Na época, havia um associado que liderava um grupo de aposentados e da terceira idade e fazia bailes lá, mas o presidente determinou que eu assumiria a realização dos bailes das segundas e, assim, lancei o até então inédito Baile da Terceira Idade, em 1985”, conta-nos Bela, que tem 50 anos de associada, sendo Benemérita do clube. Os bailes eram sucesso de público e, em 1995, para marcar os dez anos de realizações, Bela promoveu um grande evento na casa de shows Canecão, em Botafogo, com Orquestra Tupy. Foi desafiador e assustador também. “No dia do evento, choveu torrencialmente na cidade, as ruas ficaram intransitáveis e pensei que fosse fracassar. Rezei e pedi a Deus. Milagrosamente, a chuva cessou antes do baile e as pessoas começaram a chegar. Foram 1.500 pessoas. Mereceu até destaque na Revista Veja. Mas foi muito arriscado. Ao final, sobraram R$ 100,00 de saldo positivo. Mas baile é assim mesmo, uma caixinha de surpresas, não se faz baile para ganhar dinheiro”, conclui. A caixinha de surpresas se fez presente logo após o baile dos dez anos, quando Bela recebeu a notícia de que seu baile das segundas seria assumido pelo clube e passaria a se chamar Baile do Municipal. “Não ganho a vida com bailes, tinha meu

trabalho, fazia os bailes por prazer, e me senti desprestigiada. Decidi sair e levar meu baile para outro lugar. Atravessei a rua e fui fazer meu baile em um casarão em frente, agora um enorme prédio. Na época funcionava uma associação do INSS e havia ali uma boate linda, administrada pelo Medina. Foi um sucesso”, lembra Bela. Bela levou seus bailes e também o público, que a acompanhava a cada mudança de local. “Ficava cerca de um ano em cada local e logo a administração achava que tinha domínio do negócio para assumir sozinha. Não discutia, concordava e ia em frente. Recebia sempre convites de presidentes de clubes. Dali fui para a Liga Libanesa, fiquei lá um ano. Ao final, o presidente me chamou, dizendo que queria priorizar a frequência de famílias libanesas e descendentes. Não pude concordar. Como abandonar meus mais de mil assíduos frequentadores? Fui, então, para o América, depois para o Clube dos Democráticos, depois para a AABB-Tijuca, em seguida para a Casa da Vila da Feira, para o Sírio Libanês e para a Associação Atlética Vila Isabel. Sempre com meus bailes às segundas e sempre com meu público fiel”. Ciente de que não poderia prescindir do trabalho de “formiguinha” da Bela, o presidente Otávio a convidou a retornar ao Club Municipal, desta vez para o departamento de eventos sociais. “Acabei assumindo a organização de todos os bailes (segunda, domingo e dos aposentados) e mais o pagode das sextas. Neste, cheguei a reunir 800 pessoas por evento e saía do pagode de madrugada, em companhia de meu filho, William Jorge Capaz Malheiros, que era meu assessor na organização. Ele trabalhou comigo durante cinco anos, até falecer de infarto, há 8 anos”, lembra Bela, que tem uma filha advogada e musicista, e uma neta. Hoje, Bela não assume mais riscos, de-

Patrícia Cuidadora do lar 97037-4566

dicando-se à organização dos bailes. Aos 83 anos (“número de troféus e homenagens que tenho na estante de casa”), vai a seu escritório no clube três vezes por semana, onde despacha com a fiel escudeira Luci, também responsável pela bilheteria. Sentese realizada com essa atividade que adora exercer. “Agradeço muito ao atual presidente Luiz Paredes Dias, que sempre confiou em mim e me nomeou diretora social na sua chapa. Senti-me muito prestigiada quando fui por ele homenageada com uma placa comemorativa, colocada ao lado do palco, que passou a chamar-se Palco Bela Bádua”, emociona-se a benemérita, listando o diferencial de seus eventos: alegria, sorteios/prêmios, ambiente familiar com excelente ar condicionado e bandas de qualidade (“fui a primeira a trazer a Orquestra Tupy para tocar em nossos bailes, e trago-a sempre três vezes ao ano, sendo uma das datas o meu aniversário, em dezembro, quando faço o Baile do Azul e Branco”). Outro diferencial de seus bailes é a comemoração dos aniversários (respectivamente, no último domingo e na última segunda do mês, além da comemoração no baile dos aposentados, sempre na primeira quin-

ta-feira do mês). Nessas horas, fato raro em bailes de dança de salão, é executada a valsa de Strauss e a pista se enche de pares rodopiando pelo salão. Outro detalhe: Bela sempre canta para os aniversariantes a canção “Feliz Aniversário”, composta por Manuel Bandeira e Villa-Lobos (“sou cantora soprano lírica e tive aulas com ele”). Dançar, não dança. Segundo ela, para impor respeito e para não ter de preterir nenhum cavalheiro que lhe venha chamar para dançar. Exceção aberta somente no seu aniversário, quando o marido inicia a roda da aniversariante ao som da valsa. Por incrível que pareça, eles não se conheceram nos bailes, como tantos personagens da nossa história. “Foi no colégio, eu tinha 13 anos e ele era um pouco mais velho. Casei-me aos 15 anos. Ele sempre foi muito ciumento. Tirou-me do coral do Theatro Municipal porque não gostou de ouvir os elogios que o maestro tecia a mim”, diverte-se Bela, que aproveita para convidar os leitores a conhecer seus bailes sociais, divulgados na página do Club Municipal, nesta edição. ______________ Leonor Costa

2223-4066

Não deixe de bailar! Serviço de baby sitter e senior sitter Com referências

Studio de Dança Marquinhos Copacabana Av. N. Sa. Copacabana 427 - gr. 302/303 - Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21)2256-1956 e 2548-7755

Aulas em grupo ou particular com os melhores professores do mercado

Sábados: baile de ficha, início 19:00h

www.marquinhoscopacabana.com.br email: marquinhoscopacabana@globo.com

Stelinha Cardoso - REG.MTB: 15.414

Av. Marechal Floriano, 42 - sobr. Centro - Rio de Janeiro - RJ

Temos vários convênios - faça uma aula experimental BAILE DO ALMOÇO - TODAS AS QUARTAS, 12H BAILE SEXTA X - TODAS AS SEXTAS, 18H

CASA DE DANÇA SÉRGIO CASTRO BOLERO, SAMBA, FORRÓ, SOLTINHO, TANGO E OFICINA DE SAMBA

TURMA DE SAMBA INICIANTE E INTERMEDIÁRIO - TODA 4ª DE 20 ÀS 21H

RUA QUIRIRIM, 1523 - CASA 5 - VILA VALQUEIRE casadedancasergiocastro@yahoo.com.br

DANÇA DO VENTRE

Convênios APPAI / ASSIST

Inf. 3390-9650 9.8626-5044 9.8626-5340

PROFS.SÉRGIO CASTRO ANA CASTRO


84 ANOS DE GLÓRIAS

CLUB

MUNICIPAL

Associação dos Servidores Públicos Club Municipal

Fundado em 17 de novembro de 1932

Flash Back

DOM - ALMOÇO DANÇANTE Das 13 às 19h - Traje Esporte Fino

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 09 - ed. 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

05/03 - CONJUNTO AEROPORTO 12/03 - BANDA SOL E MAR 19/03 - BANDA RIO POSTAL

DO

MUNICIPAL

O MELHOR DO PLANETA

VENHA DANÇAR AO SOM DOS ANOS 70 / 80 / 90

SEG - BAILE DA MELHOR IDADE Das 16 às 20h - Traje Esporte Fino

SÁB - 25 MARÇO- 20H

06/03 - BANDA PARATODOS 13/03 - BANDA BIANCHINNI 20/03 - BANDA COPA 7 27/03 - CONJ. OS DEVANEIOS

DJ BACALHAU E DJ MÁRCIO MARQUES

R | 13H A M 6 2 | M DO

ANTECIPADO DAMAS R$ 15 / CAVALHEIROS R$ 25 À VENDA NO 5º ANDAR DO CLUBE

ALMOÇO DOS APOSENTADOS - 12H

Coroação da Rainha do Flash Back SANDRA DOS PASSINHOS

QUINTA - 09/03 - MARCO VIVAN

Batuque na Cozinha

NOCA da Portela

SÁB | 08 ABRIL

Baile imperdível com a internacional

ORQUESTRA TABAJARA

Em homenagem aos

40 anos do Programa Show do ANTONIO CARLOS Realização:

SEXTA NOBRE | 28 ABR QUI | 16 MAR | 16H

ABERTURA 20H COM GRUPO SWING CARIOCA

Administração:

Luiz Paredes Dias

IE-SE C O S S A

“Sempre ao lado do sócio” Diretora Social: Bella Bádua

Rua Riachuelo 109 - 2º andar Centro - RJ 2221-1011 / 9-9265-5035 www.renatapecanha.com.br

ELYMAR SANTOS

ABERTURA 20H COM DJ BACALHAU

Rua Haddock Lobo 359 - Tijuca Tel. 2569-4822 r. 206 - 3528-8966 Curta nossa fan page no Facebook

www.clubmunicipal.com.br

84 ANOS DE GLÓRIAS

apoio

José Magela

ATENÇÃO: ESTAMOS EM NOVO ENDEREÇO! VENHAM NOS VISITAR

DO BOLERO AO SAMBA || DO FORRÓ AO TANGO COREOGRAFIAS PARA EVENTOS || PREPARAÇÃO CORPORAL PARA CENAS

Com este: uma aula grátis e isenção de matrícula

tel. 99162-1845 || email: jmagela2016@gmail.com

DANÇAS DE SALÃO E CONSCIÊNCIA CORPORAL SESSÕES PARTICULARES

Niterói & São Gonçalo

Alvaro’s Dance

Escola de Dança Reinaldo Gonçalves

Conforto, credibilidade, profissionalismo e bom atendimento

DANÇA DE SALÃO | RITMOS QUENTES (SALSA E ZOUK) | CURSO DE FORRÓ

DANÇAS DE SALÃO bolero-fox(soltinho)-forró-tango-salsa zouk-samba de gafieira-samba no pé NOVIDADE: ballet clássico e flamenco

Escola de Dança Reinaldo Gonçalves

reinaldo.goncalves2004@ig.com.br - www.escola-danca-reinaldo-goncalves.webnode.com

Inf. (21) 3186-3151 / 9-9741-8373 (Vivo) / 9-8473-4868 (Oi) Em Niterói: Avenida Amaral Peixoto 36 s/415 - Galeria Paz - Centro Em São Gonçalo: Rua Nilo Peçanha 320 - Centro

Dir.: Álvaro Reys

Informações:

2547-0861

R. Barata Ribeiro 271, sobrado - Copacabana - RJ


ASPOM E AMIGA ANGELA

21 JULHO

CONVIDAM PARA O BAILE EM HOMENAGEM AO

SEXTA - 19H30

SEXTA - 11 AGOSTO

NOVOS TEMPOS

BANDA ALTO ASTRAL

Início 19h30 - Traje Esporte Fino

Ingresso antecipado com desconto Traje esporte fino

3017-0953 9-9973-1408 9-7679-4093

Presidente Levi Meireles

ASPOM

angela.abreu.39

AMIGA ANGELA

Maio FERIADO

O MAIS TRADICIONAL DO RIO! EDIÇÃO 2017 - VAMOS QUE VAMOS!!!

Ingr. antecipado: R$ 15,00 Mesa c/4 lugares: R$ 15,00

LUIZ

97029-3103 99573-8191

Bailes:

1º 2º 3º 4º

sábado sábado sábado sábado

| | | |

Festa dos Arianos Conjunto

Aeroporto

Dj Bira Beat’s

Niver da Val e de todos os arianos com bolo e champagne

DANÇARINOS DE FICHA (EQUIPE KARLA FALCÃO)

CLEVE

ROBERTINHO

96494-5600 3477-5822

2597-0959 97521-5184

ÍNDIO

97162-3775

PINTA

3297-6305 99020-2201

Escola de Dança

Rastapé & Batucada Tum & Tum Zouk+ Milonga Carioca

Botafogo

Espaço de Dança Adriana Gronow & Paulinha Leal R. Arnaldo Quintela 22 - tel. 2542-2040

Conheça a Domingueira do Clube dos Democráticos

As melhores bandas a partir das 20h Bailes sociais desde 1867 Salão refrigerado Estacionamento

ASPOM

E AMIGA ANGELA CONVIDAM

aniversário da

AMIGA ANGELA BANDA

NOVOS TEMPOS apoio:

R. D. Hélder Câmara 8484 Piedade Pres. Levi Meireles

R. Riachuelo 91/93

Lapa - Rio de Janeiro - RJ Tel. (21) 2252-4611 www.clubedosdemocraticos.com.br

2DEZ

26 MAR

a partir das17h

Antecipado R$ 15 (mesas grátis) ARTE APOIO

Dançarinos da Penélope (ficha, opcional)

Realização: G.E.E. | Grupo Excursões & Eventos

Casa de Festa Elandre R. Alcina 107 - Madureira (final do ânibus 779)

arte: www.jornalfalandodedanca.com.br

INÍCIO 14H

ALTO ASTRAL & OS DEVANEIOS

C BA OM ND AS AS

01

PIC-NIC DO TRABALHADOR

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade - Inf.: 2596-3974

APOIO: JORNAL FALANDO DE DANÇA

SEG

angela.abreu.39

AMIGA ANGELA

Presidente Levi Meireles

R. D. Hélder Câmara 8484 - Piedade - Inf.: 2596-3974

Casa Elandre (R. Alcina s/nº - Madureira)

3017-0953 9-9973-1408 9-7679-4093

apoio:

DOMINGO

apoio:

inf. e reservas:

Realização:

Inf. 2280-2356 99994-5580

Dança de salão no Fonseca, Niterói Prof. Markinhos

Inf.

Sorriso

Fonseca A. C. - Fonseca - Niterói

97667-1866

Alameda S. Boaventura 1042 - tel. (21) 3601-8232

mestresalasorriso @bol.com.br

Dançar é: prazer - amor - amizade - fraternidade conhecimento - saúde. Faça parte você também dessa atividade e viva melhor

ESPAÇO DE DANÇA

Bem Estar TRAV. EXISTENTE 26 POSSE - NOVA IGUAÇU - RJ

EM NOVA IGUAÇU

97921-4670 96414-5115

espacodedancabemestar ALUGAMOS ESPAÇO PARA EVENTOS

DANÇA DE SALÃO - FOX - SAMBA - FORRÓ - BOLERO

SÁB

19h30

ingressos antecipados c/ desconto

Traje esporte fino Realização Angela Abreu apoio:

Inf.: 3017-0953

9-9973-1408 9-7679-4093 angela.abreu.39

SUPORTE PARA BANNERS À VENDA

Altura 1,80m - largura 1,00m - quadro de fixação 1,00x1,40m Retirar no Rio Comprido - Inf. (21) 992-026-073

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 10 - ed 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

inf. e reservas:

Realização:

ASPOM

Ingresso antecipado com desconto


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Política Cultural

452 anos de Cidade Maravilhosa Dia 1º de março é Quarta-feira de Cinzas, mas é, também, a data de aniversário da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, que completa 452 anos de fundação. Até o fechamento desta edição a SMC havia marcado um concerto ao ar livre, às 10h, no Monumento a Estácio de Sá, na Praia de Botafogo, com a Banda da Guarda Municipal e o grupo vocal Uma Só Voz. À noite seria lançada uma iluminação especial do Cristo Redentor, na cor azul. Para quem lê o Jornal Falando de Dança on-line, vale a pena rever a edição 006, de abril/2008, com matéria interessante sobre a cidade do Rio e seus bailes. Acesse www.jornalfalandodedanca.com.br e escolha a miniatura da capa na coluna da direita.

Dança de salão no Teatro Ziembinski O Teatro Municipal Ziembinski, situado na Tijuca, oferece oficinas culturais permanentes, como espaço de experimentação para público infantojuvenil e adulto, onde se pretende desenvolver as potencialidades criativas através do teatro, da dança e do circo. A partir de jogos, improvisações e provocações, os participantes são estimulados a se expressarem em grupo e individualmente. Para quem pretende se qualificar fica a dica para dar uma conferida na metodologia. Para quem pretende um primeiro contato com a dança de salão e não tem tempo de ir a uma academia de dança, vale verificar disponibilidade de vaga na oficina de dança de salão, que acontece nas manhãs de domingo. Confira detalhes no perfil da instituição no Facebook.

Secretaria Municipal de Cultura do Rio patrocina Festival de Dança Ainda sobre o Teatro Ziembinski: até final de março estão abertas as inscrições para o 1º Festival de Dança daquele equipamento público, que terá a duração de cinco dias e oferecerá premiação em dinheiro. Poderão inscrever-se projetos de balé clássico, neoclássico e contemporâneo, danças populares, urbanas e jazz. Com patrocínio da SMC-Rio, o festival acontecerá na última semana de abril.

Produções culturais em logradouros públicos Nilcemar Nogueira, secretária municipal de Cultura do Rio, reuniu-se dia 23/02 com um grupo de trabalho formado para discutir a desburocratização da realização de eventos culturais nas ruas da cidade, evitando as constantes repressões enfrentadas por produtores e artistas. A ideia é criar um calendário de atividades, uma maior proximidade com as associações de moradores dos bairros, estabelecer contrapartidas e verificar a sustentabilidade econômica dos eventos realizados em logradouros públicos. Nilcemar já havia se reunido com o vereador Reimont, dia 17/02, onde falou-se sobre a importância da Lei do Artista de Rua, de autoria do vereador.

Colégio Pedro II oferecerá aulas de dança e teatro A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do Colégio Pedro

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

11

Associações II lançou edital dia 01/02, para a contratação de professores substitutos que ministrarão aulas de dança e teatro para as turmas de Educação Básica. Durante o ano letivo de 2017, ambas as matérias serão eletivas. “Como se trata de um projeto piloto, elas ainda não entraram na grade. Além disso, o colégio ainda não conta com profissionais suficientes para que as aulas possam ser oferecidas em todos os campi”, afirmou Eliana Myra, pró-reitora de Ensino. A escolha do Complexo de São Cristóvão como local de início do projeto se deve pela possibilidade de atingir uma grande quantidade de alunos e por ter o Teatro Mario Lago à disposição. Apesar do planejamento de aulas ainda não estar fechado, a proposta é que o teatro seja a sala de aula das atividades. “Por enquanto, o planejamento tem sido feito por professores do Colégio Pedro II, que têm habilitação em Dança ou Arte, mas aplicam outra disciplina”, explicou Eliana. A conclusão do planejamento passa pela contratação dos professores, que integrarão o Núcleo de Dança e Teatro (Nudart), responsável pela elaboração das aulas.

Posse dos membros da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura Os 21 membros da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNC), escolhidos para o biênio 2017/2018, tomaram posse em Brasília, dia 06/02, na presença do ministro da Cultura, Roberto Freire, e com compromisso imediato: dia 10/02 foi a 254ª reunião da CNC, onde cerca de 280 projetos aguardavam análise para receber apoio pelo mecanismo de incentivo fiscal da Lei Rouanet. Outras dez reuniões estão previstas para este ano, com a mesma finalidade. Pela primeira vez na CNIC, Maricene Gregorut, titular da área de artes cênicas, demonstrou engajamento com os trabalhos que se iniciam. “Trago um espírito de plena contribuição para esta renovação. É importante mostrar que a Lei Rouanet está se movimentando, acompanhando os contornos da evolução da produção cultural do País”, destacou. Os novos membros participaram de processo seletivo em 2016 e foram indicados por entidades representativas dos setores culturais e do empresariado, tendo seus nomes escolhidos pelo ministro da Cultura. Dos 21 membros que assinaram o termo de posse, seis foram reconduzidos aos cargos. É o caso do maestro Amilson Godoy, que participa pela quarta vez da CNIC como comissário do segmento cultural de música. “A ideia é contribuir para que o sistema, a cada dia que passa, se aperfeiçoe. Com experiência de seis anos, pude acompanhar a implementação de novas iniciativas trazidas por nós, da bancada, que foram introduzidas na prática. O momento atual é de grande importância porque traz outra Instrução Normativa e os novos conselheiros devem contribuir com informações adicionais para que esse processo mantenha sua continuidade”, declarou. Sobre a construção do instrumento de revisão dos normativos da Lei Rouanet, o secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do MinC, José Paulo Martins, destacou alguns pontos que estarão voltados à melhoria de processos, com ganhos de agilidade interna e para usuários. Outro desafio apresentado por ele será a desconcentração do apoio a projetos para fora do eixo Rio-São Paulo. “O Brasil precisa de um movimento forte de todos nós, tanto do governo quanto da sociedade civil, no sentido de democratizarmos, cada vez mais, o acesso à cultura para todos”, ponderou. _________________________ Editado por Leonor Costa, com informações dos sites oficiais

5º Encontro de pesquisadores em dança acontecerá no Rio Grande do Norte Você sabia que temos uma Associação Nacional de Pesquisadores em Dança? A ANDA é uma associação civil, de natureza científica, sem fins lucrativos, fundada em 2008 e com sede em Salvador (BA), que congrega pesquisadores, centros e instituições dedicados a promover, incentivar, desenvolver e divulgar pesquisas no campo da Dança. Anualmente a entidade promove um encontro em uma Universidade Federal ou Estadual onde graduados e graduandos fazem apresentação oral de suas pesquisas. A quinta edição do Encontro Científico Nacional de Pesquisadores em Dança acontecerá de 11 a 13 de julho, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Fica a dica para estudantes de dança: o conteúdo de todos os trabalhos está acessível para download no link “Anais” do site da instituição, www.portalanda.org.br.

APDS/RJ investe na qualificação profissional em sua primeira atividade cultural do ano A nova diretoria da APDS/RJ – Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do RJ – tendo à frente a presidente Ana Romano, vem promovendo reuniões regulares em sua nova sede, na R. Joaquim Silva 11, sala 408, Lapa, para fechar a programação sociocultural da entidade para o ano de 2017, bem como parcerias em benefício dos associados. A primeira parceria foi firmada com o associado Genilton Muniz, que oferece desconto de 50% no ingresso de seu evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, no C. E. Mauá, em São Gonçalo, dia 08/03. E o tema da primeira reunião com associados e amigos já está fechado: marketing e fidelização na dança de salão. João Batista, diretor da Escola Caxiense de Danças e primeiro-conselheiro da APDS/RJ, será o palestrante, dando sequência a uma palestra bastante exitosa, também realizada pela APDS, sobre empreendedorismo na dança de salão. Para o palestrante, o tema interessará a ambas as “pontas” da relação cliente (aluno/espectador) x empreendedor (produtor cultural, diretor de academia, artista dançarino). O evento acontecerá dia 19/03, na sala de conferências do Centro Coreográfico da Cidade do RJ, na Tijuca, das 11 às 13h, com recepção a partir das 10h. Vale lembrar a estudantes universitários que as palestras organizadas pela APDS valem como horas acadêmicas. Mais informações no perfil da APDS no Facebook. ____________________ Editado por Leonor Costa Palestra de João Batista no 3º Encontro APDS no Centro Coreográfico: a do dia 19/03 também fornecerá certificação para comprovação de horas acadêmicas (foto: Leonor Costa)


ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

12

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Circulando pelos eventos de apoiadores e patrocinadores 1

2

5

3

6

7

8

4

Iniciamos a seção com as coberturas fotográficas feitas pela amiga Angela Abreu, representante do JFD nas zonas norte e oeste. (1) Aniversário de Edson Braz, dia 21/01, comemorado em sítio. (2) Aniversário do dançarino Rubens, dia 29/01, comemorado no baile da Aspom. (3) No mesmo baile, comemoração dos aniversários das dançarinas Elenice Vitor, Ethiene e Ana Lycia. (4) No baile do Castelo da Pavuna, dia 06/02, comemoração dos aniversários dos dançarinos Helinho, Sandra e Eliz. (5) Aniversariante Karla Falcão, em seu baile à fantasia, dia 02/02, na Aspom. (6) Também na Aspom, em baile do dia 07/02, aniversário da dançarina Zuila. (7) Dia 11/02 a banda Alto Astral comemorou seu aniversário de fundação, no Clube 4 Linhas. (8) Robson Crispim e Cristina, no almoço dançante comemorativo de seus aniversários, dia 11/02, na Aspom. As coberturas fotográficas da amiga Angela Abreu podem ser acessadas pelo perfil dela no Facebook (clicar em “fotos”)

1

2

3

4

5

10

7

8

11

12

9

Continuando com os registros da amiga Angela, (1) aniversário de Marlene Veloso, dia 13/02, no baile do Boteco Pé de Chinelo (aniversariante ao lado da Angela) e (2) aniversário de 80 anos da dançarina Déa, comorado dia 13/02, em salão de festas. Na sequência, em registro de Leonor Costa, baile à fantasia organizado por Parcifal e Vânia Cortes, dia 28/01, no Canto do Rio, em comemoração ao aniversário de Parcifal e aniversariantes do mês, com banda Alto Astral (dança de salão) e Big Show (carnaval). O resultado do concurso do baile foi: 1º lugar grupo para as amigas bruxinhas; 1º lugar individual para Fabiano Brasil, como Alzy Gazella; 1º lugar dupla para Jorge Luiz Ferreira e Rita Marinelli, como Marajá e Marani. No mesmo evento foi lançado o concurso virtual de fantasias do Jornal Falando de Dança, com início da votação marcado para quarta-feira de Cinzas (ganhará a foto mais curtida no álbum do concurso, que será postado nesse dia, no perfil do JFD no Facebook). Outros destaques foram os sorteios de brindes, o stand da APDS e o stand da Amazonas Dance (calçados para bailar). (3) Parcifal e Vania com Alexsandre Sampaio, diretor social do Canto do Rio. (4) Vania Cortes com Cristiano Praxedes, da equipe organizadora. (5) Parcifal com seus professores de dança. (6) Fabiano Brasil com Ilka Almeida e as bruxinhas que ganharam o concurso de grupo. (7) amigo Oswaldo Diniz e esposa. (8) (9) (10) Grupos de dançarinos fantasiados posando no stand da Amazonas Dance. (11) Casal vencedor na categoria dupla. (12) Fabiano Brasil posando no stand de calçados da Amazonas Dance, com Gustavo Loivos e Andressa Terra.

1

4

5

3

2

Dia 09/02 fomos conferir o “baile dos boleros inesquecíveis”, no Olympico Club, com dj Leo Cunha, e rever os amigos da dança (fotos 1 a 5). Na sequência, registro da fotógrafa Dani Moreira, dia 20/01, no baile de casamento do cantor Enio Baronne, realizado no Club Municipal. Na foto o casal de noivos com dois dos padrinhos, Horácio Malheiros e Bella Bádua, respectivamente presidente do conselho fiscal e diretora social do clube.

2

4

1

11

10

8

6

5

3

9

Dia 12/02/17 aconteceu o Encontro Conexão Sem Fronteiras, no Clube do Rocha, organizado por Elzany Beneramis, da ONG Sintonia e Equilíbrio. O evento foi montado no salão principal do clube e teve atividades variadas das 13 às 19h: expositores de produtos exotéricos, artesanatos, cosméticos e vestuário; meditação e reflexão; palestras; espaço gourmet; apresentações de danças; shows musicais; workshops; desfiles. O Jornal Falando de Dança fez a cobertura fotográfica exclusiva. (1) (2) Elzany e equipe. (3) Feira holística e de produtos variados. (4) Participantes das apresentações. (5) Apresentação musical e de dança. (6) Aragão experimentando a terapia holística. (7) Cris Castilho, Elzany e Aragão com grupo folclórico. Na sequência, registro do Baile do Havaí, dia 16/02, no Club Municipal, organizado por Geraldo Lima, que aparece na sequência de (8) a (10) com convidados. Na foto (11), Geraldo com Denise Abrantes, que animou a pista de dança com sua banda Alto Astral. Lembrando que as coberturas fotográficas do Jornal Falando de Dança podem ser acessadas pelo perfil do JFD no Facebook. As coberturas de Angela Abreu e de Dani Moreira estão em seus respectivos perfis.

7

6

6


www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

1

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

2

13

3

(1) Apresentação da Banda Portugal, em baile social na Casa da Vila da Feira, em festa portuguesa, sob regência do maestro Soares. A Banda Portugal marcou a história da dança de salão carioca ao abrigar, em sua então sede social, na Rua Riachuelo, concorridos bailes ao som de grandes bandas e orquestras, quando os bailes sociais não eram exclusivamente para as coreografias de dança de salão. A era da discoteca fez a associação Banda Portugal entrar em crise financeira, que culminou em um acordo com o Lyceu Português, onde a sede social foi vendida e o Lyceu assumiu a manutenção da banda. Uma página virada da nossa história. Na sequência, registro das reuniões da diretoria da APDS/RJ (Associação dos Profissionais e Dançarinos de Salão do RJ), em fevereiro, em sua nova sede na Lapa, nos dias 03/02, 15/02 e 23/02, respectivamente, para tratar de planejamento 2017. (2) Em sentido anti-horário, João Batista (1º conselheiro fiscal), Sérgio Castro (2º conselheiro), Marlene Damasceno (assessora do conselho), Aragão (diretor financeiro), Ana Castro (diretora social), Leonor Costa (diretora cultural), Gustavo Loivos (vice-presidente) e, à mesa, Ana Romano (presidente). (3) Em sentido anti-horário, Leonor Costa, Ana Romano, Aragão,David Theodor (diretor de comunicação), João Batista, Gustavo Loivos e Angela Abreu (3º conselheira fiscal). (4) Em sentido anti-horário, Ana Romano, Leonor Costa, Gustavo Loivos, Aragão, Sérgio Castro e Marlene Damasceno. As atividades socioculturais da APDS retornam dia 19/03, com palestra do prof. João Batista, primeiro conselheiro fiscal da APDS e diretor da Escola Caxiense de Danças, sobre marketing e fidelização na dança de salão. O evento acontecerá das 11 às 13h, no Centro Coreográfico, com recepção às 10h.

4

Fique por dentro Baile teen para portadores de necessidades especiais

Diogo Ribas está à procura de apoios e parcerias para consolidar o projeto de dança inclusiva “Somos Todos Especiais”. “Jussara Costa, mãe da Karol, aluna minha com Síndrome de Down, me deu a sugestão de promover um baile voltado para portadores de necessidades especiais. O primeiro baile aconteceu no Mackenzie, com boa receptividade. A ideia é realizar o projeto em outros locais na Zona Norte, levando inclusão social, qualidade de vida, muito amor e alegria”, declarou-nos Diogo, informando que poderá ser contatado pelo seu perfil no Facebook. Elis de Jesus

Interdanças no Forte estreia 2017 com espetáculo de dança de salão

Dia 11 de março, às 18h, acontece a primeira edição 2017 do Interdanças do Forte, projeto do MHEx/Forte de Copacabana que leva espetáculos de dança gratuitos ao auditório daquele equipamento cultural. Nesta edição, a atração será dança de salão, com o espetáculo “Cores”, da Cia de Dança Renan França. Direção: Renan França. Coordenação geral: David Theodor e Resumo Produções. Acesse a página do Interdanças no Facebook para saber mais.

Carioca sobre Rodas

Encerra-se dia 12/03 a campanha online de financiamento coletivo, pelo site Catarse, que a Escola Carioca de Dança iniciou para patrocinar o “Carioca Sobre Rodas”, projeto desenvolvido na escola para ensinar dança de salão para crianças

e adolescentes cadeirantes. Empresas e pessoas físicas podem doar a partir de 20 reais. Interessados em contribuir devem acessar o link catarse.mr/cariocasobrerodas. A Escola Carioca oferece contrapartidas aos doadores, vale conferir.

Costa Cruzeiros

Rachel Mesquita foi mais uma vez convidada para ministrar aulas em cruzeiro temático da Costa Cruzeiros. Em fevereiro, ela se fez acompanhar pelo alunos Isabella Ramos e Wender Monteiro e Maria Eduarda Pinto e Douglas Cardoso, que fizeram apresentações de dança de salão infantojuvenil, ovacionadas pelos passageiros do navio Costa Fascinosa. Os pupilos da Rachel, quando atingem a maioridade, são frequentemente convidados a retornar aos navios como professores, como foi o caso, este ano, de Vinícius Rodrigues e Nicholas do Amaral. Isabella Ramos e Wender Monteiro (divulgação)

redas, em Volta Redonda, em dezembro passado. Interessados em adquirir um exemplar podem entrar em contato pelo perfil da autora no Facebook.

Dança na tv

O Carimbó, dança de roda indígena, está presente na ficção e na vida real dos atores da próxima novela das nove da Rede Globo, “A força do querer”, escrita pela veterana Glória Perez, que estreia em abril. Dois dos protagonistas, Ritinha (Isis Valverde) e Zeca (Marco Pigossi), já gravaram cenas em Belém do Pará dançando Carimbó (gênero que influenciou a Lambada, que é dançada até hoje, principalmente em Porto Seguro, São Paulo e Rio de Janeiro). Fiuk, que faz o personagem Ruy, está interagindo bem com o pessoal local: nos intervalos das gravações tocou tambores, feitos com troncos de árvores, afinados no fogo, com o pessoal do Carimbó. E como não pode faltar nas novelas de Glória Perez, haverá cenas gravadas na tradicional gafieira Estudantina, da qual a novelista é madrinha. Mais uma oportunidade de trabalho para os profissionais e dançarinos de salão, contratados como figurantes.

Escolas de Samba Mirins

Lançamento de livro

Ainda sobre Rachel Mesquita, vale registrar que esta, professora de educação física e de dança de salão infantojuvenil, lançou um livro de crônicas, no qual relata suas experiências sobre o ensinar e aprender. O livro “Aprendendo com eles: meus alunos” foi lançado pela editora Scortecci e teve tarde de autógrafos na livraria Ve-

Em janeiro, na quadra do GRES Estácio de Sá, aconteceu a festa da Associação das Escolas de Samba Mirins (AESMRio), com eleição para o Carnaval Mirim 2017. Os alunos do projeto social Alvinhos Dance se destacaram no resultado: Leandro Pereira (Rei Momo), Danyella Fogaça (1ª Princesa) e Walacy Monteiro (Cidadão Samba). Os demais eleitos foram Sarah Honorato (rainha) e Nataly Manhães (2ª princesa). Em fevereiro, dia 25, Wesley Monteiro e Rayssa Cristina, também do Alvinhos Dance, fizeram uma apresentação de samba no pé no bailinho

de Carnaval do Shopping Itaipu Multicenter, em Niterói.

Stiletto na Sapucaí

Fábio Costa e seu assistente Edson Damazzio são os responsáveis pela ala coreografada com mais de 150 componentes dançando na Sapucaí movimentos de samba com stiletto, compondo o enredo “Música na alma, inspiração de uma nação”, da Unidos da Tijuca, com ala homenageando a diva pop Beyonce. O stiletto é uma dança em salto alto, que combina passos de jazz, vogue e hiphop. Ensaio samba stiletto (divulgação)

Comissões de frente

E fechando o assunto Carnaval 2017, registro aqui os trabalhos coreográficos em comissões de frente das escolas de samba do Grupo Especial, dos profissionais da dança Jaime Arôxa (Paraíso do Tuiuti); Priscilla Mota e Rodrigo Neri (Acadêmicos do Grande Rio e Imperatriz Leopoldinense); Patrick Carvalho (Unidos de Vila Isabel); Hélio Bejani (Acadêmicos do Salgueiro); Marcelo Misailidis (Beija-Flor); Carlinhos de Jesus (União da Ilha do Governador); Sérgio Lobato (São Clemente); Jorge Teixeira e Saulo Sinelon (Mocidade Independente de Padre Miguel); Alex Neoral (Unidos da Tijuca); Leo Senna e Kelly Siqueira (Portela);e Júnior Scapin (Estação Primeira de Mangueira). _______________ * Elis de Jesus é professora de dança de salão na Academia Endurance e no Projeto Social Alvinhos Dance.


14

ANO 10 - Nº 114 MARÇO / 2017

www.jornalfalandodedanca.com.br ISSN 2237-468X

Roteiro dos eventos de nossos patrocinadores e apoiadores SEGUNDAS Baile da Melhor Idade do Club Municipal Na Tijuca, todas as segundas, das 16 às 20h. Inf.: 2569-4822. V. página de divulgação do clube nesta edição, com a programação das bandas. Grande baile do Trabalhador Dia 01/05, 16h, com banda Novos Tempos, no Club Municipal. V. destaque de capa desta edição. Inf. 98179-5710 (Whatsapp). Realização Valdeci de Souza. Pic-Nic do Trabalhador Dia 01/05, 14h, na Casa Elandre, com bandas Alto Astral e Os Devaneios (equipe de dançarinos de Karla Falcão, opcional). Inf. 970293103 (Luiz Batalha). V. anúncio nesta edição. TERÇAS Baile em S.Gonçalo No Centro de São Gonçalo, toda primeira terça-feira do mês, 19h, no Abrigo Cristo Redentor (em frente ao Sesc), baile organizado pela Ac. de Dança Reinaldo Gonçalves. Inf. 9-9741-8373. Baile da Conceição da Bahia Na Tijuca, geralmente na última terça do mês, baile da academia, com dançarinos. Inf. 22882087 / 9-9679-3628. Tijuca Tênis Clube Ligue para confirmar. Inf. (21) 3294-9300. Festa dançante da Gaúcha Em Laranjeiras, toda terça, 20h, música ao vivo na churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. Baile do Studio de Dança Flávio Marques No Centro do Rio, toda terça, 12h. Inf. 22230530 / 9.9745-2305. Baile de tango no Studio de Dança Valdeci de Souza Em Botafogo, toda terça, 19h. Inf. 981-795710. Baile Maison Sully Em Vila Valqueire. Ligar para confirmar. Inf. 9.6445-5111 (Júlio) ou 964.881.944 (Pessanha). QUARTAS Quarta Sertaneja na Gaúcha Em Laranjeiras, toda quarta, 20h, na Churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. Dançando na Quarta Na Tijuca, Casa dos Poveiros. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Quartas Democráticas Na Lapa, toda quarta, no Clube dos Democráticos, forró ao vivo. Inf. 2252-4611. Baile dos Amigos da Dança, na Taquara Toda quarta, 18h, no G. R. Português de Jacarepaguá. Inf. 2423-3585. Quartas dançantes no Mauá Dia 08/03, 18h, no E. C. Mauá, Centro de São Gonçalo, baile beneficente em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, org. prof. Genilton. V. detalhes no anúncio da capa. Inf. 973-538-170. Baile do Almoço No Centro do Rio, toda quarta, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 2223-4066 / 9-87802223. QUINTAS Tango Gala Em Copacabana, baile mensal de tango, na Academia Alvaro Reys. Inf. 2547-0861. Baile da Gaúcha Em Laranjeiras, toda quinta, na Churrascaria Gaúcha, com opção de dançarinos de ficha. Inf. 2558-2558. Bailinho do Clube do Rocha No Rocha, na segunda quinta-feira do mês, com equipe de dançarinos (sist. ficha). Inf. 3256-5833 / 9.6423-7917. Bailes da Integração Em Madureira, Casa Elandre, org. Sidnei Amorim (97109-1666) e Célia Mendes (97599-3321). Ligar para confirmar. Almoço dos Aposentados do Club Municipal Na Tijuca, 1ª quinta-feira do mês, 12h, música ao vivo com almoço. V. programação completa na página do clube, nesta edição. Inf. 2569-4822. Baile dos 40 anos do Programa do Antonio Carlos com Orq. Tabajara Dia 16/03, 16h, no Club Municipal. Realização Geraldinho dos Clubes. Inf. 2527-2300 / 988-740-012. SEXTAS Baile da C. D. Carlinhos de Jesus

Em Botafogo. Inf. 2541-6186 Baile da Cachanga do Malandro (Carlos Bolacha) Na Lapa. Inf. 7862-7012 /97916-0141 (Tim) Baile da Ac. Cristiano Pereira Em Bonsucesso. Inf. 3868-4522. Casa dos Poveiros Na Tijuca. Inf. 2578-4361 / 7830-3009. Sexta Carioca na Gaúcha Em Laranjeiras, tocando o melhor de todos os ritmos. Inf. 2558-2558. Milonga Xangô Na Lapa. Inf. 3970-2457. Espaço Dança Comigo No Estácio, toda sexta (antiga ac. Caio Monatte). Inf.2273-4346. Baile X No Centro do Rio, toda sexta, 18h, no Espaço X de Stelinha Cardoso. Inf. 2223-4066. V. anúncio nesta edição. Happy Hour do CASS No Estácio, grátis, baile mensal do Clube do Servidor Municipal, geralmente na 1ª sextafeira do mês. Inf. pelo email nodadanca@ gmail.com. Casa de Viseu Em Vila da Penha. Inf. tel.3391-6730. Seresta no Canto do Rio (Niterói) No Centro de Niterói, toda sexta, 18h. Inf. 2717-5023. Sexta dançante no sobrado Em Pilares, toda sexta, baile do Studio de Dança Henrique Nascimento. Inf. 3899-7767 / 7706-0217. Pagode do Municipal Na Tijuca, geralmente às sextas (v. página com programação do clube, nesta edição). Inf. 2569-4822. Bailes da Beth no Barreto Social Clube Inf. 992-123-689 (Beth Medeiros) Baile no Clube Humaitá Dias 03/03 e 24/03, com Cláudio Fontella e dançarinos contratados. Realização: Beth Medeiros. V. anúncio com a programação do clube, na pág. 2. Inf. 98787-0068. Baile de aniversário do amigo Oswaldo Diniz Dia 07/04, 21h, no Tamoio F. C., em São Gonçalo, com banda Alto Astral e dançarinos grátis. Inf. 2723-2472 (v. anúncio nesta edição). Atenção: ingresso só antecipado (sem bilheteria no dia). Sexta nobre do pagode Dia 28/04, 20h, no Club Municipal, com os grupos Swing Carioca e Clareou. V. programação completa na página do clube, nesta edição. Inf. 2569-4822. Bailes da Amiga Angela, na Aspom Dia 12/05, Baile das Mães, com Alto Astral; dia 21/07, Baile do Amigo, com Novos Tempos; dia 11/08, Baile dos Pais, com Alto Astral; dia 02/12 (SÁBADO), baile de aniversário da amiga Angela, com Novos Tempos. Início 19h30. Inf. 3017-0953 / 99973-1408 / 97679-4093. V. anúncio nesta edição. SÁBADO Baile do Núcleo de Dança Amantes da Arte No Méier, 2º sábado do mês. Lotação limitadas, ligar antes. Inf. 2595-8053 / 9-8142-5371 (Cláudio Almeida). Baile-Ficha em Copacabana Todo sábado,19h, no Studio de Dança Marquinhos Copacabana (v. anúncio nesta edição). Inf. 2256-1956 e 2548-7755. Bailes na Escola Jaime Arôxa Botafogo Todos os sábados: 1º sábado: Rastapé & Batucada; 2º sábado: Tum & Tum; 3º sábado: zouk; 4º sábado: Milonga Carioca. Inf. 25422040. V. anúncio nesta edição. Tarde Dançante no clube Helênico No Rio Comprido, todo sábado, almoço dançante das 13 às 16h, seguido de tarde dançante com banda ao vivo. Inf. 2502-1694. V. anúncio nesta edição. Gafieira Estudantina Na Praça Tiradentes, bailes todos os sábados, a partir das 20h. Inf. 2232-1149. Sábado Especial na Gaúcha Em Laranjeiras, com duas bandas, todo sábado, 20h, na Churrascaria Gaúcha. Inf. 25582558. Bailinho do Estúdio de Dança Ivan Sanna (Copacabana) Inf. 9-8442-2178. Zouk Explosion na academia Lídio Freitas Baile mensal. Inf. 2565-6253. Baile dos Sonhos Dourados

Na Taquara, todo sábado, 18h, no G. R. Português de Jacarepaguá, com grupo Som e Vozes. Dançarinos grátis. Inf. 2423-3585. Bailes no Espaço F (Freguesia) Freguesia, Jacarepaguá. Inf.: 9-8702-0078. Baile da Melhor Idade, em Mesquita Todo segundo sábado do mês, no Espaço de Dança R & A, do prof. Reginaldo. Inf. 97650-2746 / 9-8809-3888. Bailes do Clube das CelebrIdades. Inf. 2257-3898 / 99777-1338 / 98567-7874. Baile aula mensal no Catete Das 10 às 12h30. Realização: Elis de Jesus. Inf. 98907-2770. Baile de aniversário do prof. Reginaldo Alexandre Dia 18/03, 19h, no Paratodos da Pavuna, com conj. Os Devaneios. V. anúncio nesta edição. Inf. 2527-2300 / 988-740-012. Baile de flash back no Club Municipal Dia 25/03. V. anúncio na página de divulgação do clube, nesta edição. Inf. 3528-8966. Dj Bacalhau e show com Elymar Santos Dia 08/04, 20h, no Club Municipal. V. programação completa na página do clube, nesta edição. Inf. 2569-4822. Grande baile no CSSE (Clube do Rocha) Dia 15/04, 19h, com banda Alto Astral e dj W. Negrão, comemorando o aniversário da profª Cris Castilho. Grande baile no Clube do Rocha Dia 29/04, 19h, comm banda Alto Astral e dj W. Negrão, comemorando os aniversários dos amigos Jean, Cris e Joni e aniversariantes do mês. V. anúncio de capa nesta edição. Inf. 3256-5833 / 9.6423-7917. Baile de forró no Canto do Rio Dia 29/07, 20h, com banda Chamego Nordestino e dj Reinaldo Silva. Dançarinos do Cassino da Dança. Org. Parcifal e Vânia Cortes. V. anúncio na pág. 2. Inf. 2704-6915 / 997334111. Baile de Aniversário da Amiga Angela Dia 02/12, na Aspom, com Novos Tempos. Início 19h30. Inf. 3017-0953 / 99973-1408 / 97679-4093. V. anúncio nesta edição. DOMINGOS Domingueira do Canto do rio Centro de Niterói, todo domingo, 19h, com banda ao vivo. Inf. 2717-5023. V. programação das bandas no anúncio da pág. 2. Dançando à beira da piscina, em Niterói Centro de Niterói, tempo permitindo, no clube Canto do Rio, 13h. V. programação do clube publicada nesta edição. Especial dia 12/03: atividades diversas em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Inf. 2717-5023. Domingueira Democrática Na Lapa, todo domingo, 20h, com banda ao vivo. Inf. 2252-4611. V. anúncio nesta edição. Domingueiras do Club Municipal Na Tijuca, das 13 às 19h. V. página de divulgação do clube. Inf.: 2569-4822. Domingueiras Casa da Vila da Feira Na Tijuca, 13h, almoço social com música ao vivo. V. anúncio. Inf.: 2293-1542. Domingueira da Aspom Em Piedade, todo domingo, 18h: Os Devaneios (1º domingo); Alto Astral (2º e 5º domingo); Novos Tempos (3º domingo) e Estação Rio (4º domingo). Inf. 2596-3974. FORRÓMANIA na Gaúcha Em Laranjeiras, todo domingo, 20h, na Churrascaria Gaúcha. Inf. 2558-2558. Forró é na Ariapó Na Taquara, todo domingo, 18h, grupos de forró ao vivo no G. R. Português de Jacarepaguá. Inf. 2423-3585. Domingueira Jaime Arôxa Tijuca Inf. 7856-5288 / 2565-6253. Gafieira Elite No Centro do Rio, Domingueira da Paulinha, todo 1º e 3º domingo do mês, com dj Paulinha Leal. Inf. 2232-3217. Baile de tango na Ac Jimmy de Oliveira No Catete, 3º domingo, org. Márcio Carreiro. Inf. 2264-6044. Ligue para confirmar. Domingueira na Ac Jimmy de Oliveira Inf. 2285-6920 / 9-9476-8130. Ligue para confirmar. Baile no Clube Humaitá Dia 12/03, 16h, Baile da Beth, com Cláudio Fontella e dançarinos contratados. Dia 19/03, 15h, Baile do prof. Fidelis, com dj da academia e dançarinos de ficha. V. anúncio com a programação do clube, na pág. 2. Inf.

98787-0068. Feijoada do Municipal Dia 26/03, 13h, com grupo Batuque na Cozinha e Noca da Portela. V. programação completa na página do clube, nesta edição. Inf. 2569-4822. Festa dos Arianos Dia 26/03, 17h, na Casa Elandre, comemorando o niver da Val e de todos os arianos. Dançarinos da Penélope (opcional). V. anúncio nesta edição. Inf. 2280-2356 / 99994-5580. Baile no Horto do Fonseca Dia 26/03, das 11 às 14h, baile gratuita da Amazonas Dance, no Horto do Fonseca, em Niterói. V. anúncio na pág. 16. Excursão dançante à Sede Campestre da Casa de Viseu Dia 09/04, com baile com as bandas Alto Astral e Os Devaneios e demais atividades de lazer do local, das 9 às 18h. Inf. 970293103 / 98769-7387 / 99573-8191). V. anúncio nesta edição. AVISOS, SHOWS, PASSEIOS, MOSTRAS, FESTIVAIS, COMPETIÇÕES, TEATRO, WORKSHOPS, CURSOS e outros: Concurso virtual de fantasias do Jornal Falando de Dança Envie sua foto para contato@jornalfalandodedanca.com.br com nome da fantasia e telefone. Ganha a foto com mais “curtidas”, no álbum do concurso publicado na quarta-feira de Cinzas, no perfil do JFD. Excursão dançante a Porto Seguro (Bahia) De 16 a 19/03/2017, com Edson Santos e equipe de dançarinos, baile com banda Alto Astral e outras programações. Inf. 994968448 (Zap). V. anúncio nesta edição. Palestra APDS/RJ sobre marketing e fidelização na dança de salão Dia 19/03, domingo, das 11 às 13h, com recepção às 10h. Centro Coreográfico, Tijuca. V. anúncio na pág. 15. Show de Elymar Santos no Club Municipal Dia 08/04, com abertura às 20h com dj Bacalhau. Ingressos já à venda. V. detalhes na página de divulgação do Club Municipal, nesta edição. Inf. 3528-8966. Excursão dançante à Sede Campestre da Casa de Viseu Dia 09/04, com baile com as bandas Alto Astral e Os Devaneios e demais atividades de lazer do local, das 9 às 18h. Inf. 970293103 / 98769-7387 / 99573-8191). V. anúncio nesta edição. Gafieira Brasil 2017 De 20 a 23/04/17, aulas, bailes e competições por equipes. Inf. www.gafieirabrasil.com / 98418-8706. Show com The Fevers, no Club Municipal Dia 20/05, com abertura às 20h com o grupo Swing Carioca. Inf. 3528-8966. Passeio náutico com Beth Medeiros Dia 20/05, embarque em Niterói com destino a Andra dos Reis, para passeio náutico com churrasco a bordo, música ao vivo e dançarinos contratados. Org. Beth Medeiros. Inf. 992-123-689. Excursão à Cancún De 6 a 13 de junho, incluindo baile com dj Viviane Chan. Inf. Semeatur (Edson Santos): 98284-7170 (v. anúncio nesta edição). EVENTOS EM OUTRAS CIDADES E ESTADOS (consulte também a programação das bandas e djs) NITERÓI / SÃO GONÇALO / ALCÂNTARA Ver programação por dia da semana. MARICÁ / RJ Bailes Moreira Studio de Dança. Inf. 9-87446884. Ligue para confirmar. ITABORAÍ / RJ Noites dançantes com música ao vivo no Esporte Clube Comercial de Itaboraí, todas as quintas, 19h30. Inf. 2635-2333. Ligue para confirmar. RIO DAS OSTRAS / RJ Bandas locais e do Rio tocando na rua Renascer da Terceira Idade, Jd. Campomar. Org. Grupo Renascer. Inf. (22) 2764-6700. NOVA IGUAÇU Toda sexta, baile na RioSampa. Inf.26674662 DUQUE DE CAXIAS Bailes da academia de dança ESCADAS. Inf. 9-9968-7622 (João Batista).

PROGRAMAÇÃO DAS BANDAS E DJ’S PATROCINADORES/APOIADORES: Banda Alto Astral Inf. (21) 3762-2669 / 9-6458-7280. V. anúncio nesta edição. Acompanhe a atualização da agenda pelo facebook. Já agendado para março: (04) particular; (05) Democráticos; (08) Recreativo Português; (10) Sítio do César; (11) Club Mix; (12) Aspom; (13) Castelo da Pavuna; (15 a 19) em Porto Seguro; (20) Salão Milênio (Nilópolis); (22) CIB (a confirmar); (24) Oswaldo Cruz; (25) Bangu A. C.; (26) Recreativo Caxiense; (30) particular; (31) Poveiros. Banda Estação Rio Inf. (21) 2143-8891 / 97447-2795 / ; 9.6434-2581 / 9.6411-0121. V. anúncio nesta edição. Já agendado para março: (05) Aliados de Campo Grande; (19) CBSM Marinha V. Carvalho; (25) Vila da Feira (a confirmar);(26) Clube dos 500 (D. Caxias); (26) Aspom. Banda Novos Tempos Inf. (21) 36249446 / 9-9727-2195 / 9-8276-3300 (Robson). V. anúncio nesta edição. Já agendado para março: (10) Poveiros; (11) Sesc S. J. Meriti + Lapa 40 Graus; (12) Democráticos; (18) Cl. Militar (Centro); (19) Aspom; (23) Elandre; (30) Aspom (aniv. do clube). Grupo Som e Vozes Inf. (21) 2757-2564 / 9.6434-3243. Todos os sábados no Clube Português da Taquara, 18h. Todos os domingos no clube Casa da Vila da Feira, na Tijuca (almoço dançante a partir das 12h). Banda Status Rio Inf. Zeca Teixeira 3793-4415 / 98130-9552; 7837-2144 (Janete); (21) 3762-6535 (Ilsa). Conjunto Aeroporto Inf. 2280-2356 / 9-9994-5580, Sr. José. Banda Brasil 10 Inf. (21) 2570-0336 / 99445-5131 (Fabiano Brasil). Banda Brasil Show Inf.: (21) 2691-7294 / 9-9667-1814. Banda Caribe Inf. (21) 2508-1315 (Antonio Carlos). Banda Cassino Brasil Inf. 2427-0861/7819-3214 Banda Copa 7 Inf. 7894-6319 Banda Holiday Inf. (21) 3371-4239 / 9-9664-1080 (Paulo) Banda Milênio Inf. Ana Pantaleão: 9.8641-0306 e 9.98289064; Larissa Pimenta: 9.6990-9789 e 9.7646-4857. Banda Lua Nova Rio Inf. (21) 9-86661864 / 9-7649-9548 / 986.589.867 (Daniel). Conjunto Os Devaneios Inf. (21) 9-93654362 (Jorge) / 2762-0069 (Luiz) Banda Paratodos Inf. Toninho Moreira, tels. (21) 3477-4308 / 7862-0558 id:83* 67257. Banda Pérolas Inf. (21) 3178-3369 / 9-9956-7278 (Aldair). Banda Phenix Inf. (21) 9-9390-3475 / 2482-4911 / 7731-2474 (Ruan Carlos) Banda Resumo Inf. (21) 2462-5080 / 98289-9287 / 9-7363-9927 (Emerson Ribeiro). Banda Rio Balanço Inf. (21) 3072-2500 / 99464-0953 (Washington) Banda Rio Postal. Inf. (21) 3018-3087 / 97022-6025 (Cosme); 97026-9367 (Rogério). Banda Shock Casual Inf (21) 3406-9367 / 9-8611-3154 Banda Sol & Mar Inf. (21) 2225-6925 / 98769-9980 (Fernando). Grupo Trinidance Inf: (21) 9-9854-9827. W. P. Show Inf: (21) 2596-4786 / 97122-5528 (Sidnei). DJ Cícero Souza Inf. (21) 98836-4492 DJ Evando Santos Inf. (21) 98812-3188 DJ Fabiano Silva Inf. (21) 7723-0745 DJ Fábio Marques Inf. (21) 7804-5051 / 9.9304-6717. Dj Guisner Inf. (21) 2260-1332 / 9-9732-3594. Dj Pedrada Inf. (21) 9-9775-2102 DJ Renato Ritmus Inf. (21) 9-9692-1752. DJ Renatinho Inf. (21) 7866-2721 / 99682-6671 / 9-9236-6513. DJ Tom Silva Inf. (21) 98390-9550 DJ Viviane Chan Inf. tel (21) 9-94629322. DJ W Negrão Inf. tel (21) 9-9022-7905. _____LIGUE PARA CONFIRMAR____ Programação sujeita a alterações. Ligue antes! Informe ao promotor onde viu a dica, ajudando-nos a comprovar a utilidade desta seção. Seja um de nossos patrocinadores e tenha seu roteiro inserido aqui. Inf. (21) 25513334 / 9-9202-6073 (Claro) / 991.228.077 (Whatsapp)


Banda

Contatos:

(21) 2143-8891 | 97447-2795 96434-2581 | 96411-0121 vicente.roberto@oi.com.br estacaoriobanda@gmail.com

ALTO ASTRAL

VISITE NOSSO SITE! www.estacaoriobanda.wix.com/estacaorio

(21) 3762-2669 | 9.6458-7280

Denise Abrantes

Programa radiofônico Saudades de Além Mar

Sábados 10 às 11h

Contatos:

Robson Crispim

(21) 3624-9446 99727-2195 / 98276-3300

Av. Presidente Vargas, 583 Salas 2206/2207 CEP: 20071-003 Centro | Rio de Janeiro tel. (21) 2224-5913 2531-7541 9 8478-1944 contato@spdrj.com.br

Books Eventos em geral 99477-1403

daniellafrazao@gmail.com

15ºencontro mensal

dos associados

e amigos

da APDS/RJ

Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro R. José Higino, 115 - Tijuca Estação de Metrô: Uruguai Recepção a partir das 10h Palestra das 11 às 13h

Sobre o palestrante: João Batista é professor de danças de salão e de educação física, pós graduado em treinamento desportivo e pedagogo habilitado em gestão escolar, orientação e supervisão escolar. É 1º Conselheiro Fiscal da APDS/RJ e diretor da Escola Caxiense de Danças.

Marketing na dança de salão

Conquistando e fidelizando A

das

as nç da de se en i x ca

esc

ola esc

entrada

franca

Classificação: Livre Confirme sua presença (21) 9-9299-4078

Divulgação:

Copatrocínio: R AÇ Ã O MA

19/03

$& ¸$! &z”

Conquistar e fidelizar o público, alavancar a procura por um produto, são tópicos considerados de fundamental importância em qualquer negócio. Esta palestra apresenta uma abordagem direta de ações que irão ajudar a entender, planejar, executar e avaliar todo o processo que envolve os aspectos relacionados com nosso público, através de análise dos fatores condicionantes da trilogia “produto x cliente x venda”. Direcionado ao público em geral, de ambos os lados do “balcão”, posto ser importante compreender os mecanismos que constituem este processo cotidiano da vida.

Tema da palestra

Produção:

domingo

JMCOM

www.capezio.com.br

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 15 - ed. 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

Produção e apresentação Sérgio Viana e Pedro Paulo

CULTURA - MÚSICA - FOLCLORE - CURIOSIDADES - PRÊMIOS Escute pela internet: www.metropolitana1090.com.br

Apoio:

%FVTÏåFM


CALÇADOS ARTESANAIS

Thaigah

Plantando Sonhos e Colhendo Amigos

Confecção própria Modelos exclusivos Tênis | Botinhas | Sapatilhas

(21) 98284-7170 3681.4760 99496.8448 99994.4589 98284.7170 97529.8270

www.semeartur.com.br Apoio

R$ 45,00

R. Santa Clara 33 | loja 518 | Copacabana | t. 3208-1997

A

&

S

ANJO R R

CIA

Um baile com Viviane Chan em CANCÚN

NOITES CARIOCAS EM PORTO SEGURO AÉREO OU ÔNIBUS SAINDO DE S. GONÇALO, ICARAÍ E RIO DE JANEIRO

DJ

Dançarinos de apoio

Viviane Chan QUINTA

Banda Alto Astral TAMBÉM À VENDA NAS LOJAS CAPÉZIO DE TODO O BRASIL

CONHEÇA A LINHA COMPLETA NO SITE

PRONTA ENTREGA PELO SITE www.arranjosecia.com/loja

Elaboramos peças exclusivas, consulte-nos: (11) 2331-6633 / 9.9529-0273

SEXTA

SÁBADO

DE 16 A 19 DE MARÇO

AÉREO*: Sinal: R$500, 9 x R$123, *PREÇO PROMOCIONAL Sujeito a alteração conforme tarifário aéreo (data 18/01/17)

Realização

3 Dias Vagas limitadas 3 BAILES Com Dançarinos

ÔNIBUS: Sinal: R$100, 9 x R$146, Apoio

3681.4760

98284.7170

99496.8448

99994.4589

www.semeartur.com.br 97529.8270

Plantando Sonhos e Colhendo Amigos

PONTO DE ADESÃO EM NITERÓI: ASSOCIE-SE AQUI CONOSCO!

Amazonas Dance

TEMOS MOTOBOY Entrega em até 48 horas Consulte o valor do frete DANÇAS DE SALÃO AULAS | COREOGRAFIAS CONTRATOS PARA BAILES

DESCONTOS DE ATÉ 20% PARA ASSOCIADOS:

BAILE no Horto

DO FONSECA

DOM

De volta às aulas! Escolha um modelo confortável e estiloso e venha se divertir!

26

MAR 11 ÀS 14H

GRÁTIS

TURMAS NOVAS DE

DANÇA DE SALÃO

Apoio cultural:

AOS SÁBADOS, EM 2 HORÁRIOS: ÀS 10H30 E AO MEIO-DIA

Outras turmas e horários: informe-se

Inf.2613-3276 / 9-9307-2736 Lançamento Evidence! R$ 160,00 Sapato boneca nude de couro Direção: Gustavo Loivos (vice-presidente da APDS/RJ)

RUA VISCONDE DE ITABORAÍ 365 Centro - Niterói - RJ

(esquina com R. Marechal Deodoro)

site: www.amazonasdance.wix.com/escoladedanca

Parte integrante do Jornal Falando de Dança - pág. 16 - ed. 114 - MARÇO / 2017 - Para anunciar aqui, ligue (21) 9-9202-6073 / 2551-3334

ARTE: JORNAL FALANDO DE DANÇA

FELIZ DIA NAL INTERNACIO ! DA MULHER

Jfd 0114  

Jornal Falando de Dança, ed 114, março / 2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you