Page 1

Gazeta DIVINÓPOLIS•MG | QUINTA-FEIRA, 04 de agosto de 2011 | ANO XIX | N.º 1.629 | R$ 2,50

“Bota foras” irregulares degradam meio ambiente

Município perde concorrência para instalação de indústria de locomotivas “Este é um desvio político muito antigo do governo, independente de quem esteja administrando”, criticou José Elisio

André Bernardes

DO OESTE

28 pontos receberão iluminação do Programa Segurança Iluminada Página 04

Em diversos pontos da cidade é possível encontrar “Bota foras” clandestinos. Nossa reportagem visitou dois despejos que estão prejudicando o meio ambiente. Um deles fica na rodovia dos Batistas e está colocando em risco diversas nascentes. O município trabalha para criar um espaço de reciclagem deste material. Página 05

Página 03

André Bernardes

M. D. L. largou o crack depois que teve uma overdose

Rede de esgoto e calçamento Guarani apresenta jogadores para ruas próximas a Av. JK para Taça Minas Gerais Flaviane Oliveira

Além das obras na Avenida JK, já está em fase de estudo o projeto para ampliar e melhorar as ruas marginais que ficam nas proximidades da avenida. Página 05

Na tarde de ontem foi apresentado parte do grupo do Guarani para a disputa da Taça Minas Gerais, competição que dá vaga para a Copa do Brasil. Alguns nomes conhecidos, outros ainda juniores e outros que ainda faltam chegar. Página 12

Luciano Eurides

Atletas já começam os trabalhos para a Taça Minas Gerais

“Operação Candidés” continua resgatando usuários de droga Após uma semana da ação que retirou mais de 40 usuários de crack do carrapateiro, a operação continua dando resultados. Esta semana, mais sete usuários procuraram a secretaria de desenvolvimento social para conseguir internação. Página 07


02 OPINIÃO

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

editorial

Balança mas não cai

N

a undécima hora a economia norte americana escapou de cair no abismo da inadimplência. O senado autorizou o aumento do teto de endividamento e Obama pode, enfim, empinar mais papagaios no mercado internacional. Os petrodólares jorrados das areias do deserto garantem o fluxo de caixa. Na condição de moeda/referência mundial, um calote da dívida funcionaria como um ‘buraco negro’, capaz de engolir tudo ao seu redor. O Brasil não escaparia da queda. Com o dólar no chão, a indústria chinesa iria soterrar de vez a produção nacional. Resultado: indústria sucateada. É um filme que já foi visto no passado. Há 40 anos as indústrias Matarazzo (mais de 400 unidades esparramadas pelo país) provaram o barro da terra. Como em efeito dominó, uma por uma as fábricas foram fechadas. E na medida em que faliam criavam passivos trabalhistas monstruosos, que se não deixaram a pomposa família na lama financeira, os retirou do jet set internacional para todo o sempre. A economia do planeta vive aos solavancos. Qualquer espirro dado na bolsa de Wall Street é capaz de contaminar o mundo e deixar todos gripados por igual. A indústria do circuito metalúrgico de Minas depende do dólar para exportar. Mas apenas porque trabalha com matérias-primas. Caso pudesse contar com as mesmas tecnologias do mundo desenvolvido sofreria menos. E Divinópolis não foge à regra. Suas usinas siderúrgicas vão aos poucos abafando seus fornos e o desemprego bate às portas dos metalúrgicos. Coincidentemente o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Dárcio Abud Lemos, deixa a pasta que tem a função principal de atrair indústrias para o Distrito Industrial. “E Divinópolis não foge Nesse aspecto algumas conà regra. Suas usinas siderações precisam ser feitas. siderúrgicas vão aos poucos Existe um clamor dos políticos no sentido de atrair indústrias abafando seus fornos e o para o município. Os secretários desemprego bate às portas ligados ao desenvolvimento dos metalúrgicos.” dão seguidas explicações e acabam por cair em exercícios de futurologia pelos quais emitem opiniões e fazem promessas, a maioria delas jamais cumprida. Se viajam pelas promessas é por viverem sob constante pressão. O mundo mudou. Fábricas poluidoras, indústrias sujas não são recomendáveis no atual nível de estresse em que vivem os cidadãos. Mais que tudo impera nos dias de hoje o que é politicamente correto. Os que choram a ida da fábrica de vagões para Sete Lagoas, são os mesmos que reclamam da poluição ambiental provocada pelas oficinas da FCA, cuja lua de mel com Divinópolis acabou desde a privatização – antigamente os ferroviários batiam no peito para demonstrar o orgulho de servir à empresa federal. Enfim, nuvens carregadas parecem cobrir o céu de Minas Gerais. O próprio governo estadual conseguiu esticar a divida que era de R$15 bi, para R$ 57 bi. Assim mesmo depois de amortizar o principal com outros R$17 bilhões. Que Barak Obama perca as eleições do ano que vem. Caso isso venha a acontecer motivado pelos cortes no orçamento federal, de qualquer modo o benefício alcançará a economia de todos os países. Nesse caso o preço da liberdade não é a eterna vigilância, mais que tudo, custa sacrifício do presidente dos EUA. O crash de 1929 da bolsa de Nova Iorque encontra-se ainda na mente de todos os economistas e historiadores. É exatamente isso o que poderia acontecer, caso o Senado norte-americano desse bomba nos planos de Obama. Felizmente a economia do país do norte pode balançar, mas cair não cai. Os senadores não deixam cair. Gato escaldado tem medo de água fria.

ÓRGÃO Do grupo Gazeta do Oeste de comunicação ltda

FUNDADOR: Antônio Eustáquio Rodrigues Cassimiro (1947 2004)

Diretor PRESIDENTE Fernando Marcos Rodrigues

Diretor DE MARKETING Leonardo Marcos Rodrigues

EDITORA CHEFE Liziane Ricardo

Assessores Jurídicos Dr. Márcio F. Vaz • Dr. Mauro M. Nogueira • Dr. Breno M. de Faria Administração, Redação E GRÁFICA: Rua Rio Branco, 948 - Porto Velho • Divinópolis (MG) • CEP 35.500-430 TELEFONE: (37) 3222-6322 • www.g37.com.br • gazeta@gazetaoeste.com.br O jornal não é solidário com conceitos emitidos em colunas e matérias assinadas.

Logosofia

Fundação Logosófica Em Prol da Superação Humana

Francisco Resende

franciscor@pitagoras.com.br

11 de Agosto - Dia Internacional da Logosofia A palavra Logosofia reúne os elementos gregos logos e sofia, que o autor adotou, dando-lhes a significação de verbo criador ou manifestação do saber supremo, e ciência original ou sabedoria, respectivamente, para designar uma nova linha de conhecimentos, uma doutrina, um método e uma técnica que lhe são eminentemente próprios A Logosofia é uma nova mensagem à humanidade, com palavras plenas de alento, de verdade e de clara orientação. Encerra uma nova forma de vida, forma que move o homem a pensar e a sentir de outra maneira, graças ao descobrimento logosófico de agentes causais, que, ignorados antes por ele, se manifestam agora à vista de seu entendimento, de sua reflexão e de seu juízo, da mesma forma que à sua sensibilidade. Ciência e cultura ao mesmo tempo, a Logosofia transcende a esfera comum, configurando uma doutrina de ordem transcendente. Como doutrina, está destinada a nutrir o espírito das gerações presentes e futuras com uma nova força energética, essencialmente mental, necessária e imprescindível para o desenvolvimento das aptidões humanas. Conta com duas forças poderosas que, ao unir-se e irmanar-se, levam o homem a cumprir os dois fins de sua existência: evoluir para a perfeição e constituir-se em um verdadeiro servidor da humanidade. Uma dessas forças é o conhecimento que oferece à mente humana; a outra, o afeto que ensina a realizar nos corações. A ciência logosófica abriu uma nova rota para o desenvolvimento humano. Seu trajeto implica uma direção definida e imodificável, em cujos trechos se cumpre, gradual e ininterruptamente, a realização simultânea dos conhecimentos que possibilitam seu extenso percurso. A dita realização abarca o conhecimento de si mesmo e dos semelhantes; o do mundo mental, metafísico ou transcendente; e o das leis universais, unindo-se a ela o avanço gradual e supremo do homem até as alturas metafísicas que custodiam o Grande Mistério da Criação e do Criador. Logosofia: uma nova forma de sentir e conceber a vida Ao traçar a rota e assinalar sua meta, a Logosofia se constitui em guia de todos os que empreendem seu percurso. Conta ela com o respaldo dos resultados obtidos e com o concurso de seus cultores, aqueles que já podem apresentar seu testemunho e seu saber e, por conseguinte, se acham em condições de assessorar a outros, não só nos trechos preparatórios de seu percurso, mas também naqueles que dão acesso à sabedoria logosófica, para que o círculo das possibilidades humanas se amplie até o infinito e possam, homem e mulher, encontrar em nossos ensinamentos a fonte geradora da vida superior. Com tal segurança, cada um poderá cumprir plenamente o grande objetivo de sua vida, isto é, a realização de seu processo de evolução consciente. Resumindo, diremos que aprender Logosofia é conhecer uma nova técnica para encarar a vida com auspiciosos resultados. Trechos extraídos do livro Curso de Iniciação Logosófica § 5, 6, 11 e 14 Por Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol)

Relação com a docência – Parte 1 “Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso, eu amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo, que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade”. É com esta colocação perfeita de Paulo Freire, com a qual compactuo integralmente, que farei uma breve menção à docência no Ensino Superior. Interessante perceber que o “ser professor” começou antes de me tornar um apaixonado pela escrita. Aos 11 anos de idade, no ápice da avidez pela prática do futebol, aflorou uma grande rivalidade minha com um amigo e vizinho. Ambos da mesma idade... O leitor pode perguntar: o que isto tem a ver com a docência? Pois bem, aos 11 anos de idade tomei a iniciativa de montar um time de futebol dos moleques mais novos (em torno de 6 anos), “ensinar” a eles algumas coisas que eu achava que sabia e treiná-los para, em breve, enfrentar o time formado pelo meu vizinho. Lembro-me que montei táticas em pranchetas, montei plano de treinamento e até esboçamos um plano para espionar o treino do time adversário! Ali começava um verdadeiro amor pela prática de ensinar. Desde cedo, percebi que, como afirma Paulo Freire, “a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”. Logo na 5ª série, fui o primeiro monitor da turma em redação e literatura. Segui como monitor até o final da 6ª série, quando tive que mudar, pela terceira vez, de escola. Já havia entrado no mundo da escola particular, onde as regras sociais são completamente diferentes da escola pública. De imediato, tornei-me o monitor preferido do professor de redação. E assim fui até o 3º ano do segundo grau, quando decidi fazer o curso de Comunicação Social. Aprendi, na primeira palestra de uma psicóloga no curso de Jornalismo, que os mestres que entrariam em sala de aula iriam, ao mesmo tempo, aprender muito com os alunos. Aquela passagem me marcou muito, pois percebi que aquelas referências acadêmicas não eram pessoas perfeitas, não eram profissionais “intocáveis”. E que o aprendizado era uma prática constante de todos os profissionais que se encantam pela magia da educação. Busquei, desde o primeiro dia de aula no Ensino Superior, apreender o melhor de cada professor, tanto em conhecimento quanto em didática. Percebi que muitos eram excelentes, outros apenas bons, muitos regulares e outros ruins/péssimos. Mas percebi também que aquela avaliação era subjetiva, e que os critérios para esta avaliação é que precisavam ser melhores definidos. Entender as palavras do próprio Paulo Freire me fez entender esse dilema, quando ele afirma que “educar e educar-se, na prática da liberdade, é tarefa daqueles que pouco sabem - por isto sabem que sabem algo e podem assim chegar a saber mais - em diálogo com aqueles que, quase sempre, pensam que nada sabem, para que estes, transformando seu pensar que nada sabem em saber que pouco sabem, possam igualmente saber mais”. No último ano de faculdade, após ter a certeza do futuro que eu queria construir, me debati com uma realidade nem um pouco convidável: a de que o mundo era muito maior do que os sonhos profissionais e de ideologia que eu alimentava. Percebi que precisava entrar no mercado e “devolver” o suado e sacrificado investimento feito pelos pais, sobretudo por ter estudado em uma Instituição de Ensino particular. Assim, prestei concurso para o Banco do Brasil e, de imediato, fui aprovado e chamado para assumir o emprego em uma pequena agência do interior. Mesmo assim, não abandonei um dos ideais de vida defendidos por Paulo Freire. “Ai daqueles que pararem com sua capacidade de sonhar, de invejar sua coragem de anunciar e denunciar. Ai daqueles que, em lugar de visitar de vez em quando o amanha pelo profundo engajamento com o hoje, com o aqui e o agora, se atrelarem a um passado de exploração e de rotina”. Entretanto, este período foi muito rico para minha preparação como docente. Em função do grande tempo ocioso e da falta de atividades que a cidade me proporcionava, realizei vários cursos oferecidos pela Universidade Banco do Brasil. A maioria deles online, o que proporcionou o contato com uma tecnologia até então desconhecida. Lembro-me que, de imediato, fiz o curso “Aprendendo a Ensinar”, que visava a preparação de professores para os cursos oferecidos pelo Banco do Brasil. Não sabia nada de banco, nem de produtos, muito menos de relações bancárias, mas sabia onde queria chegar no Banco: na Universidade Corporativa. Era o primeiro passo para a histórica que detalharei mais na próxima semana... Francisco Resende Costa Neto Coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda Faculdade Pitágoras/Divinópolis


POLÍTICA 03

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Governo cria “colar” de cidades para direcionar empresas e Centro-Oeste fica prejudicado Divulgação

Liziane Ricardo

liziane.ricardo@gazetaoeste.com.br

Muito tem sido anunciado sobre a instalação de novas empresas em determinadas cidades mineiras, devido a sua logística, infraestrutura, condições econômicas sólidas e sobretudo uma boa gestão municipal. Levando em conta todas estas justificativas publicadas pela mídia estadual ao anunciar as empreitadas feitas nos municípios de Sete Lagoas, Montes Claros e Itabirito, a reportagem da Gazeta do Oeste procurou o secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, José Elísio para que explicasse o motivo de Divinópolis estar fora deste ciclo de investimentos econômicos. Na ú l t i m a s e m a n a f o i anunciada a implantação de uma unidade brasileira da Progress Rail Services (Grupo MGE Transportes/Caterpillar), em Sete Lagoas que já poderá começar a produzir locomotivas a partir de março do ano que vem. A princípio, a empresa já possui encomenda de 21 locomotivas do modelo SD70. E partindo destas informações o secretário José Elísio esclareceu que o governo preza muito por instalar as grandes empresas na região metropolitana da capital mineira, para assim facilitar o acesso e as negociações, porém como grande parte das áreas, já estão tomadas,

foi criado um colar no entorno da região que atinge cidades entre 30 e 70 quilômetros de distância de Belo Horizonte, e que gera oportunidades de investimentos para as cidades de Matozinhos, Sete Lagoas, Lagoa Santa dentre outras cidades interligadas a BR 040 como Itabirito. Entretanto, o secretário revelou que desde o governo de Newton Cardoso, o órgão máximo do governo estadual chamado Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI-MG) que é mantido pelo Banco de Desenvolvimento e também pela Cemig. Durante muitos anos, Divinópolis juntamente com Uberlândia foram cidades com grande presença industrial, mas a realidade desde a implantação do INDI, é bem diferente tendo em vista que este órgão passou a ser ocupado por políticos indicados

por cidades. “Daí começaram a montar as panelas, e desde esta época, formou-se um quarteto de cidades compreendidos em Uberlândia, Uberaba, Juiz de Fora e Varginha. Entra governo e sai governo independente de seu partidarismo, as indicações são sempre as mesmas”, revelou José Elísio. Esperou-se que durante os governos tucanos com Aécio Neves à frente do Estado a situação mudaria, porém não aconteceu e já sob o comando do atual governador Antônio Anastasia (PSDB), fala-se em mudar com a entrada da Secretária Estadual de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck.

des dentro do colar de interesse do governo. “Teoricamente Divinópolis é igual às demais cidades do Estado em relação à logística e infraestrutura, porém quando chega em Minas algum empresário interessado em instalar suas indústrias, o governo não nos mostra, são apresentadas apenas as cidades de interesse do Estado, daí a disputa fica totalmente desigual”, frisou. Segundo o secretário, a única vantagem que faz com que o município não perca, é o fato de Divinópolis andar com as próprias pernas, sobretudo, mesmo o município sendo independente, ainda é preciso ter incentivo econômico. De acordo com secretário de fomento econômico, o caso da implantação da Caterpillar foi de conhecimento do município meses após as apresentações dos portfólios das demais cidades do colar regional do Estado. As

NEGOCIAÇÃO O critério oficial de negociação entre o empresário e o Estado se tornou uma metodologia, quase que uma regra, tendo em vista que sempre são apresentadas as mesmas cida-

apresentações foram feitas em Junho e Divinópolis só ficou sabendo para apresentar seu portfólio seis meses depois. “Nós levamos uma tremenda desvantagem, mas mesmo assim conseguimos fazer contato com o pessoal da Caterpillar lá nos Estados Unidos, mais precisamente em Houston através de contatos do nosso governo municipal”, contou Elísio. Porém, o ‘mau’ já estava feito, uma vez que Divinópolis precisou concorrer com Juiz de Fora e Sete Lagoas.

“truck” até que chegue ao seu destino. “Neste quesito Divinópolis e Juiz de Fora perdem de goleada em relação a Sete Lagoas”, afirmou. O segundo critério é que o município de Sete Lagoas tem uma oficina construída em um terreno que está abandonado, e nesta condição a implantação, além de ser mais ágil será também mais econômica para a Caterpillar que já obtém encomendas. Já o terceiro e último motivo justificado pelo governo, sobre por que Divinópolis não arcaria com as exigências, foi o fato da rodovia não ser duplicada. “O que ocorre é que geralmente os empresários não moram na cidade em que a fábrica será instalada, por isto, é exigida a comodidade de se transitar por uma rodovia duplicada. Mesmo isto não sendo determinante, acaba de uma forma ou de outra pesando na decisão, e das três cidades Divinópolis é a única que não tem pista dupla na MG 050. Então de toda forma perderíamos”, frisou José Elísio. Sobre este contexto, a única chance que os demais municípios mineiros terão para se apresentarem aos empresários será através da pressão dos representantes e deputados estaduais e federais com o governo, para que outras regiões também sejam mostradas como opções de investimentos.

CRITÉRIOS DE ESCOLHA Após a confirmação da instalação da fábrica de locomotivas em Sete Lagoas, o secretário por sua vez procurou saber do governo do Estado, os motivos que fizeram com que o município perdesse a implantação. De acordo com José Elísio, o primeiro motivo foi o fato de Sete Lagoas estar dentro do colar regional de 30 a 70 quilômetros de distância da capital mineira, isto independente de suas forças políticas que não são de grande influência. Além disto, Sete Lagoas tem Bitola Mista para atender a fábrica de locomotivas, ou seja, é uma ferramenta a qual proporciona que as locomotivas sejam transportadas pela própria ferrovia, já no caso de Divinópolis que temos Bitola Única, é preciso que a máquina seja transportada num outro

Fabiano Tolentino e Vladimir articulam substituição para Agronegócio Parlamentar não confirma nomes, mas acredita que até dia 8 prefeito defina novo secretário O deputado estadual Fabiano Tolentino (PRTB) informou, ontem (3), ao Gazeta do Oeste, que está em contato com o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), e é bem provável que no próximo sábado (6), durante a I Feira Agropecuária e Agroindustrial do Centro-Oeste, que acontece no Parque de Exposições, ou na segunda-feira (8) ocorra uma definição sobre o novo Secretário Municipal de Agronegócios da Prefeitura de Divinópolis. Tolentino explicou que com o anúncio da saída do presidente do PRTB, Dárcio Abud Lemos, da pasta de Desenvolvimento Econômico, e como o partido integra a base do governo municipal é certo que ele (Tolentino) irá indicar um substituto ao prefeito. O deputado conta que tem “forte ligação com a área rural” e irá optar pela indicação de um substituto para a pasta de Agronegócio - que está também sem

Deputado Fabiano Tolentino (PRTB) afirma que seu assessor Paulo Marius é um “ótimo nome”, mas ressalta que não tem nada decidido e indicação irá passar pelo crivo da prefeitura

Divulgação

flavia.brandao@gazetaoeste.com.br

Flávia Brandão

Flávia Brandão

dirigente desde a saída de João Orlando - ao invés da indicação para pasta de Desenvolvimento Econômico, ocupada por Abud. Questionado sobre a especulação do nome do seu assessor, Paulo Marius, que apresenta o “Programa Campo e Negócio”, para indicação ao cargo, Tolentino afirma que é um “ótimo nome”, que tem forte ligação com a área do agronegócio e conhecimento técnico, visto que é veterinário, mas salientou que não tem “nada definido” e essa é uma “decisão, que irá passar também pelo crivo da prefeitura”. O assessor Paulo Marius não confirmou a especulação sobre o seu nome para o cargo, mas manifestou interesse dizendo que fica “muito feliz em lembrarem” do seu nome . Ele conta que está há mais de 20 anos engajado na área do agronegócio, sendo que já trabalhou como “vendedor, gerente de loja agropecuária e rodou Minas Gerais” atuando no ramo.


04 CIDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Primeiros pontos que receberão programa Segurança Iluminada já estão definidos Na segunda feira membros da ACASP encaminharam à prefeitura 28 pontos para receber a iluminação Flaviane Oliveira

Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Após o lançamento do Programa Segurança Iluminada, membros da Associação Comunitária de Segurança pública (ACASP) começaram a avaliação dos locais que devem ser indicados para receber um dos 100 pontos de iluminação. O presidente da ACASP, José Vitor de Freitas anunciou que na última segunda feira encaminhou à secretaria de Operações Urbanas os primeiros 28 pontos que receberão a iluminação no programa. José Vitor destacou que nas próximas semanas outras reuniões serão realizadas para definir mais alguns pontos que receberão o programa. Os pontos prioritários são aqueles em que

Pontos a receber iluminação foram divulgados na reunião da ACASP

há maior vulnerabilidade social em questão de segurança. O anúncio dos pontos já definidos foi realizado durante a

reunião da ACASP de ontem (03), porém o endereço dos locais que serão beneficiados ainda não foi divulgado.

Visitantes sem informações Entradas alternativas da cidade não contam com placas indicativas Natalia Santos

A estimativa é de que a obra para implantação dos 100 pontos de iluminação seja orçada no valor entre R$300 mil a R$400 mil

NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

Divinópolis, com mais de 200 mil habitantes recebe diariamente milhares de visitantes de cidades vizinhas do Centro-Oeste. Seja para lazer, tratamento de saúde, educação ou trabalho, são várias as pessoas que chegam à cidade sem conhecimento e passam por dificuldade para se locomover. O que a reportagem da Gazeta do Oeste observou nos últimos dias, é que as entradas principais contam com informações de trajeto para diversos pontos da cidade, já aqueles que chegam à Divinópolis por vias alternativas, como é o caso da avenida Autorama, passam por dificuldades até chegar ao centro. Percorremos as entradas pela

Autorama e pelo bairro Niterói, as duas vias contam com apenas placas nas rodovias indicando a entrada da cidade. Os visitantes que ali trafegam não são orientados através de placas e quando se confundem, normalmente contam com a ajuda dos divinopolitanos para se orientarem. Outro local que anda confundido os visitantes é a entrada pela avenida Paraná. Quem chega à cidade pela BR-494, próximo ao Parque de Exposições se depara com uma placa proibindo seguir em frente. Placa esta que muitas vezes não é visualizada e já provocou diversos acidentes na via por condutores que conduziam pela contra-mão. De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transporte (Settrans), Júlio Valério,

já existem alguns projetos que visam a melhorar as vias alternativas de entrada na cidade. Segundo ele as entradas pela avenida Paraná, Rio de Janeiro, Autorama, Goiás e Magalhães Pinto serão reestruturadas dentro de ações previstas para o próximo ano. “Nestas vias existe sinalização, mas sabemos que não são tão explicativas como é o caso da avenida JK no Bom Pastor. As outras vias de acesso estão deficitárias”, afirmou Júlio. Sobre a questão da Paraná, o secretário comunicou que também há projetos que visam a revitalização da avenida, e garantiu que sairão em alguns meses. Nesta reforma estão previstos o recapeamento das vias, a implantação de novos quebra-molas, pintura e sinalização.

O PROGRAMA Durante o lançamento do programa na reunião da ACASP realizada ainda no dia 13 de julho, o prefeito Vladimir Azevedo aproveitou o momento para destacar as ações do programa, “O programa Segurança Iluminada é uma inovação que nós estamos adotando em Divinópolis além de planejar os investimentos da iluminação pública. A iluminação pública tem suas demandas naturais das próprias obras públicas que estamos fazendo e que necessitam de urbanização e obviamente levando a iluminação, há pontos de planejamento

de extensão de cidade e nós também queremos criar uma nova modalidade de investimento na iluminação pública” ressaltou. Inicialmente a implantação do Programa seria feita pela secretaria Municipal de Operações Urbanas e Defesa Social (Semoudes), que acionaria os agentes envolvidos no Programa, em parceria com a Cemig e prestadoras de serviço. A reportagem entrou em contato com o gerente de obras e saneamento da secretaria em questão e foi informada de que o mesmo ainda não teve contato com o documento que define os primeiros pontos a receber a iluminação. O gerente informou ainda que em breve os endereços que receberão o programa serão divulgados.

Médicos da Atenção Primária recebem capacitação em risco cirúrgico Jéssica Ramos Da Redação

Visitantes terão que esperar mais um ano para contar com placas indicativas

reais vindos dos cofres públicos. O prazo para término da obra é de doze meses.

A secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa) está realizando um curso de capacitação em Risco Cirúrgico. A ação foi idealizada pela diretoria de Atenção Primária, e é destinada aos médicos do setor e aqueles que trabalham nos Centros de Saúde e unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF). A primeira turma foi capacitada ontem (03) das 13 às 17 horas e hoje outra turma passa pelas aulas de 7:30 às 11:30 horas no auditório da Semusa. O objetivo é fazer com que o diagnóstico do risco cirúrgico, dependendo da complexidade do caso, seja dado diretamente na atenção primária, sem que o paciente tenha que se deslocar até outro especialista. O responsável por ministrar as aulas é o professor da UFSJ, médico especializado medicina da família e comunidade Dr. Arnaldo Rodrigues Júnior. Todos os médicos da Atenção

Primária em Saúde (APS) foram convocados, o que, segundo disse o professor Arnaldo Rodrigues, significa que são obrigados a fazer a capacitação já que o curso é considerado como dia de trabalho. Ao todo 55 médicos estarão aptos a fazer a determinação do risco cirúrgico. Para o professor, a capacitação dos médicos da APS é importante, pois estes já conhecem mais de perto o quadro de saúde de seus pacientes. “É possível fazer um melhor acompanhamento, pois o médico já conhece o histórico de saúde e os riscos que envolvem a saúde do paciente” acrescentou. O médico Flávio Marcelino Alves, que pertence ao ESF concordou com o professor e destacou que através da capacitação o diagnóstico será mais rápido, fazendo com que a determinação do risco seja dada diretamente na unidade de saúde em que a pessoa está habituada a freqüentar. “Isso nos capacita a fazer o risco cirúrgico nas periferias, com mais acesso

à comunidade que a gente já trabalha. Essa descentralização faz com que a população não tenha que se deslocar até o centro para procurar outros especialistas” argumentou. Arnaldo também reforçou que o atendimento ao paciente pelo seu médico de referência reduz o encaminhamento desnecessário para especialidades. Porém, dependendo do grau de complexidade da cirurgia e estado de saúde do paciente, o deslocamento deve ser feito como antes. Flávio sugeriu que o esperado é que em 80% dos casos, o risco cirúrgico possa feito diretamente com o médico da atenção primária. É importante ressaltar que os exames laboratoriais que serão analisados pelos médicos, como radiografias, exames de sangue e eletrocardiograma vão continuar sendo feitos em lugares específicos. O papel dos médicos capacitados será o de analisar os resultados obtidos pelos laboratórios e estimar o risco. Jéssica Ramos

55 médicos foram convocados e após o curso o risco cirúrgico poderá ser feito diretamente nas unidades de atenção primária


CIDADES 05

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Lixão a céu aberto

“Bota foras” clandestinos poluem a cidade André Bernardes

No local, é possível ver uma grande quantidade de restos de materiais de construção, como também roupas, papeis e lixo doméstico André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Divinópolis hoje possui um aterro sanitário controlado. Porém a quantidade de “lixões” a céu aberto pela cidade preocupa a população. Nossa reportagem visitou dois “bota fora clandestinos”, um no bairro Chanador, perto da Universidade Federal São João Del Rei e outro na Rodovia dos Batistas, onde ficam diversas nascentes que alimentam a lagoa do Bairro Sidil. Nossa primeira visita foi ao

Bairro Chanador. O “bota fora” fica a menos de dois quarteirões da universidade. No local, é possível ver uma grande quantidade de restos de materiais de construção, como também roupas, papeis e lixo doméstico. Em uma parte da rua, foi encontrada uma ossada animal. De acordo com o engenheiro da secretaria Municipal de Meio Ambiente, Érico de Bessa, é necessário avaliar se o loteamento da região é particular para poder notificar o proprietário. “Se o terreno for particular, é responsabilidade do proprietário

Já na rodovia dos Batistas o problema é antigo e ainda mais grave

Um barranco imenso de entulho desce até a mata onde ficam as nascentes

cercar seu lote e manter a limpeza” explicou. Ele afirma que não tinha conhecimento da situação no bairro, mas que irá investigar a origem dos entulhos. Já na rodovia dos Batistas o problema é antigo e ainda mais grave. A quantidade de lixo na região é assustadora. Um barranco imenso de entulho desce até a mata onde ficam as nascentes que vão para a lagoa da Sidil. Para Érico, quem faz o despejo do entulho no local aproveita os finais de semana e horários que os fiscais não trabalham para poder despejar

população. “A prefeitura dispõe de poucos profissionais e os descartes acontecem nos horários em que eles não trabalham. Se a área for particular, o dono do lote é responsável pela limpeza. Esse problema é nacional e acontece devido ao aumento da construção civil” disse. Rosália Garcia é sócia de uma empresa de caçambas. Ela diz que a fiscalização da prefeitura sobre estas empresas é forte. Para respeitar a lei, a empresária revelou que o lixo acumulado nas caçambas é levado para o aterro sanitário

o lixo. “O empresário que gera resíduos é responsável por dar o tratamento correto a ele. Eu mesmo já vi na rodovia dos Batistas restos de veículos, ossadas vindas de açougue. É preciso uma conscientização” salientou. Érico esclareceu que a prefeitura regulariza áreas para o descarte de construção civil, onde são cercadas e as empresas de caçamba fazem o controle. Mas para acabar com a situação do “bota fora” irregular é preciso mais fiscalização e uma conscientização ambiental da

Bairro Padre Libério recebe calçamento e rede de esgoto As obras devem ser iniciadas nos próximos meses

controlado do município e os entulhos das construções são levados aos locais autorizados. “São locais autorizados onde jogamos o entulho de construção. Eles são criados para preservar o meio ambiente, as nascentes, tudo dentro da lei ambiental” explicou. A empresária afirmou que atualmente o entulho não tem um tratamento a não ser o aterro, mas que em breve será criado um espaço para reciclar o material. “Estamos só aguardando o local que será cedido pela prefeitura, mas não deve demorar” garantiu.

Tia Elza encerra circuito de bares do Prato do Casa com muito samba

Flaviane Oliveira

As obras nas vias marginais devem ser finalizadas até o fim do ano Flaviane Oliveira

flaviane.oliveira@gazetaoeste.com.br

Nas últimas semanas foram iniciadas obras de melhoria no trânsito do trecho da Avenida JK que fica próximo ao Hemominas. No local havia uma sinalização que estreitava a pista para proteger os carros que faziam a conversão à esquerda. Ao iniciar as obras o secretário de trânsito, Júlio Valério explicou que ideia era de demolir parte do canteiro central para criar uma faixa de acomodação de forma que não estreitasse a pista daquele local, “A JK naquele sentido continua tendo duas pistas e provoca maior fluidez porque quando o semáforo fecha retém um grande número de veículos e já em torno

de 100 a 150 metros a pista é novamente estrangulada. Então é a intervenção que precisa ser feita e nós vamos priorizar para fazer nos próximos meses” explicou o secretário ao iniciar as obras. As mudanças já podem ser percebidas no local. As tachas de sinalização e parte do canteiro central já foram retiradas do asfalto. Em pouco tempo o fluxo do trânsito no trecho em obras já tem sido percebido com maior fluidez. O ponto que está recebendo as mudanças era local de constantes acidentes. MELHORIAS Além das obras na Avenida JK, o secretário de Operações Urbanas, Adilson Quadros revela

Tachas de sinalização já foram retiradas na JK

que outras ações já estão em fase de estudo para ampliar e melhorar as ruas marginais que ficam nas proximidades da avenida. Adilson destacou que esse é um trabalho conjunto entre a secretaria de operações urbanas e a secretaria de trânsito e transportes “Naquela área precisava melhorar o fluxo do trânsito. Nós estamos entrando com a parte de operações urbanas, e a Settrans está entrando com a sinalização e com a engenharia de trânsito” afirmou. O secretário revelou ainda que as ruas paralelas à JK no trecho próximo ao Hemominas são alvos de constantes reclamações e solicitações de melhorias, principalmente na marginal esquerda. Adilson destaca que

todo o lado direito da via já foi revitalizado, além de receber massa asfáltica e fala sobre as obras que serão realizadas nos próximos meses “Já fizemos melhorias naquele trecho que compreende a parte de cima e começaremos a mexer na parte de baixo. Provavelmente a gente deve fazer a rede de esgoto no local” avalia. Entre as medidas a serem adotadas está ainda o calçamento da rua e a criação de um muro de arrime ou mesmo um gabião para conter o desnível que existe na área “Essas melhoras serão feitas, só que como a cidade é grande, isso é feito de forma lenta e gradativa, mas até o fim do ano a gente pretende terminar as obras” finalizou Adilson Quadros.

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Hoje a noite chega ao fim o período de avaliação do Prato da Casa. O último prato a ser avaliado é do Espaço Cultural Tia Elza com o prato “Falso Escondidinho”, criado exclusivamente para o concurso. Quem se apresentou ontem foi o boteco Peixe Dourado com o Filé de Tilápia. Esta é a segunda vez que Tia Elza participa do concurso. A primeira vez foi em 2006 onde ela apresentou um prato tradicional, a Dobradinha Portuguesa. Ela não ganhou, mas diz que ficou feliz com a participação no concurso. “É uma oportunidade para as

pessoas conhecerem a casa, o que temos para oferecer. Fiquei muito feliz de ter participado e este ano volto com uma novidade” disse. A novidade da Tia Elza este ano é o prato “Falso escondidinho”, prato que leva filé em cubos coberto com legumes e molho feito com creme de cebola. Claro, tudo isso acompanhado do samba da Tia Elza. Ela conta que diversas pessoas já experimentaram o prato e aprovaram. “As pessoas estão gostando do prato. Tem quem come e não volta nem a alface que coloco no prato, não volta nem o molho” alegrou-se. Se ganhar o prato da casa este ano Tia Elza garante. “Vai ter mais samba”.


06 CIDADES

Feirantes de Divinópolis ganham associação própria Jéssica Ramos Da Redação

Está sendo criada uma associação para os vendedores de produtos agropecuários nas feiras dos bairros Esplanada, Porto Velho e Niterói. A iniciativa feita pela prefeitura e realizada pela Secretaria Municipal de Agronegócio (Semag) tem o intuito de arrecadar verba pública em prol da melhoria das condições físicas das feiras, beneficiando os feirantes e compradores. Até o

momento, os interessados estão se cadastrando para posteriormente elegerem o presidente da entidade. Segundo o chefe do setor de feiras e hortas da Semag, Washington Lúcio, a associação irá permitir aos feirantes e vendedores ambulantes de produtos agropecuários, se assegurarem através de um órgão oficial que dá mais direitos aos produtores. “Não há possibilidade do poder público passar benefícios para um feirante individualmente,

mas há total possibilidade de passar para uma associação juridicamente constituída” explicou. Dentre os benefícios almejados pelos produtores e pela Semag, estão a melhoria e padronização de barracas, ampliação do espaço para feiras e até a criação de alternativas que tornem as feiras mais atrativas. “A intenção é fazer das feiras não só locais de comércio, mas de lazer” propôs Lucio, explicando que um produtor que faz parte da associação passa a ter direitos Arquivo GO

importantes, como por exemplo, o de ter um espaço garantido na feira, já que o órgão assume esse compromisso com os associados. Lúcio destacou que a contribuição mais importante que a associação trará para o município e também para o meio ambiente é a valorização da agricultura familiar e o estímulo da produção rural. “O objetivo é fazer com que o produtor cultive a terra e para que isso aconteça é necessário que ele tenha espaço para vender o que produz”. O chefe do setor de feiras adiantou ainda que a ideia da associação é comprar todas as barracas e repassá-las aos associados de forma gratuita pelo tempo que estiverem participando da feira. Essa iniciativa facilita a entrada de novo produtores que ainda não tenham a estrutura para iniciar o negócio. Cadastro Até o momento, 412 feirantes se cadastraram para fazer parte da instituição. Dentre eles, 383 atuam nas feiras e 29 são ambulantes. No próximo sábado (6) e domingo (7) estarão sendo feitos os últimos cadastros nas feiras do

Jéssica Ramos

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Lúcio explicou que através da associação será possível arrecadar fundos em prol de melhoria nas feiras

Porto Velho, Esplanada e Niterói. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (37) 9953 3783. Após os cadastros e votação serem realizados, será feito o estatuto com o regimento interno da associação e posteriormente a oficialização do órgão. Eleição do Presidente A votação que vai definir o porta-voz do órgão acontece nos dias 20 e 21 de agosto das 8 às 12 horas nas três feiras anteriormente citadas. Até agora duas chapas foram formadas. Uma pelo representante Francisco Ferreira Lamounier, conhecido na feira como Francis e outra pelo representante José Olímpio

Lopes, conhecido como Chacrinha da Feira. Os interessados em formar outras chapas têm até o dia 12 deste mês para se apresentar na Semag. Projeto Feira em Ermida Lúcio contou ao Gazeta que existe um projeto em execução que criará uma feira em Santo Antônio dos Campos (Ermida). Segundo ele, o responsável pela ideia é o chefe da Semag Regional Leste Rural Weverton Morais. Mais informações sobre este projeto serão dadas em breve, mas Washington adiantou que os produtores interessados também terão que se cadastrar na associação.


CIDADES 07

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Usuários de drogas procuram ajuda para internação

Hepatite é uma doença silenciosa que atinge um terço da população global Muitos portadores não sabem da existência da doença André Brant

A procura ainda é reflexo da “Operação Candidés” André Bernardes

André Bernardes

andre.bernardes@gazetaoeste.com.br

Após uma semana da “Operação Candidés”, que retirou do conhecido “carrapateiro” cerca de 42 usuários de drogas, apenas 06 haviam aceito serem encaminhados para um tratamento adequado. Porém esta semana, mais 7 usuários procuraram a secretaria de Desenvolvimento Social buscando internação. A Gazeta publicou no último dia 30, uma declaração do secretário de politicas sobre drogas, Adriano Siqueira, em que considerava um milagre o número de internações. Com o aumento de usuários procurando ajuda, Adriano acredita que a operação está chegando ao resultado esperado. “Meu trabalho foi executar a articulação de todas as entidades compartilhadas com os problemas das drogas. A ação da última quinta foi um dia atípico, mas ela não tem fim. Com aquela ação as pessoas estão sabendo que têm para onde ir caso queiram se internar” disse. Durante a operação, três menores foram entregues para suas famílias, dois meninos e uma menina que recusaram o tratamento. O Conselho Tutelar enviou um relatório ao promotor da Infância e Juventude pedindo que providenciasse uma internação involuntária aos jovens, pois os pais autorizaram. O secretário contou que foi montada uma comissão encarregada de uma lei municipal para a política sobre drogas, a intenção é que a lei seja votada até setembro para que possam ser desenvolvidos trabalhos eficazes integrando todas as secretarias municipais. “Sendo aprovada, nós teremos uma lei municipal

Adriano Siqueira considerou um milagre o número de internações

de políticas sobre drogas. O que isso quer dizer? Nós teremos um orçamento aprovado com recursos para que possamos empenhar na construção das políticas sobre drogas e aí sim as pessoas podem apresentar seus planos de trabalho. Tratar é possível Na semana passada nossa reportagem contou a história do usuário A . O . que foi recolhido no carrapeteiro há mais de quinze dias. Ontem recebemos a notícia que o usuário não conseguiu resistir ao tratamento e voltou para as ruas. Mas o tratamento é possível. Conhecemos duas ex-usuárias de crack que estão há mais de dois meses sendo tratadas pelo projeto “Quero Viver” da Igreja Batista. C.M. Tem 24 anos e desde os doze é usuária de drogas. Aos 17 conheceu o crack e disse que só este ano pediu ajuda para se livrar do vício. “Olha eu passei pelo carrapateiro, é uma situação muito triste e ficamos a disposição do crack. Na minha última experiência eu fiquei nove dias acordada, me tiraram de lá carregada. Eu cheguei a pesar 39 quilos. Eu fiz os exames para vir

em um sábado mas fugi. Porém na segunda eu liguei para o meu pai para ver se a minha vaga estava aberta. Eu cheguei ao ponto de mendigar. Vim de uma família boa, xodó da família que se perdeu e chegou ao ponto de passar dias no mato sem banho” lembra. C. Contou que chegou a se prostituir, roubar e até foi condenada pela justiça, porém seu processo foi arquivado. “ Era para eu estar morta. Tenho uma filha de sete anos. Quero reescrever minha história.” . M.D.L. tem dois filhos fruto de um casamento. Depois que se separou, conheceu um namorado que era usuário de crack. “ Ele fumava perto de mim em um quarto fechado e eu já comecei a me viciar pelo cheiro. Quando ele me ofereceu eu aceitei pois já havia me acostumado com o cheiro até que eu me perdi. A gente passa a mentir, roubar, a prostituir. Chega uma hora que a gente perde tudo. Já me prostitui por R$10 para comprar pedra” contou. M.chegou ao fundo do poço em sete meses ao consumir até 10 pedras de crack em uma noite. Um dia sem forças para tirar a própria roupa, desmaiou devido a uma overdose. “ Me vi num lugar muito escuro, sem luz. Quando acordei, estava nos braços da minha filha, chorando, gritando para não me deixar morrer foi então que eles me internaram” lembrou. No olhar das duas ex-usuárias podemos perceber que em três meses de tratamento elas redescobriram a felicidade e que o medo e o vício fazem parte do passado. Sobre quem usa drogas C. classifica em uma frase. “ Imagina o fundo do poço e cava mais dois metros pra baixo. Essa é a vida de um usuário de droga”.

O Ministério da Saúde oferece vacina contra a hepatite dos tipos A e B Sarah Rodrigues

sarah.rodrigues@gazetaoeste.com.br

As equipes de saúde de todo o mundo estão focadas em identificar as Hepatites Virais. Considera-se que tal identificação é uma importante questão de saúde pública que exige mobilização, capacitação e constante troca de informações. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de um terço da população global foi infectada pela Hepatite. A doença é a inflamação do fígado e pode ser causada por vírus, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. Embora a maioria dos portadores de hepatite não saiba que tem a doença, eles são capazes de transmiti-la, por isso a importância da prevenção e diagnóstico. A Hepatite possui vários tipos e pode ser transmitida de diversas maneiras. A Hepatite tipo A e a E são transmitidas via fecal-oral, por contato entre indivíduos ou por meio de água ou alimentos contaminados pelo vírus. Como o vírus da Hepatite B está presente no sangue, no esperma e no leite materno, a Hepatite B é considerada uma doença sexualmente transmissível. Entre as causas de transmissão estão consideradas relações sexuais sem camisinha com uma pessoa infectada, da mãe infectada para o filho durante a

gestação, o parto ou amamentação, ao compartilhar material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos), de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou de confecção de tatuagem e colocação de piercings, por transfusão de sangue contaminado. O vírus da Hepatite C, assim como o vírus causador da Hepatite B, está presente no sangue. Entre as causas de transmissão estão a transfusão de sangue; o compartilhamento de material para uso de drogas , higiene pessoal,da mãe infectada para o filho durante a gravidez; sexo sem camisinha com uma pessoa infectada (forma mais rara de infecção). Hepatite D, também chamada de Delta, é causada pelo vírus D (VHD). Mas esse vírus depende da presença do vírus do tipo B para infectar uma pessoa, portanto sua transmissão ocorre da mesma forma. SINTOMAS Segundo especialistas em grande parte dos casos, as hepatites virais são doenças silenciosas, o que reforça a necessidade de ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam os vários tipos de hepatites. Mas, quando os sintomas aparecem, podem ser caracterizados por: febre; fraqueza; mal-estar; dor abdominal; enjôo/náuseas; vômitos; perda

de apetite; urina escura (cor de café); icterícia (olhos e pele amarelados) e fezes esbranquiçadas (como massa de vidraceiro). IMUNIZAÇÃO Atualmente, o Ministério da Saúde oferece vacina contra a hepatite dos tipos A e B, nos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIE) e nos postos de saúde, respectivamente. Não existe vacina contra a hepatite C, o que reforça a necessidade de um controle adequado da cadeia de transmissão, bem como entre grupos vulneráveis, por meio de políticas de redução de danos. PRECAUÇÕES Das várias hepatites virais conhecidas hoje, as hepatites causadas pelos vírus B e C da hepatite, são as mais preocupantes para o serviço público de saúde, tanto pela sua prevalência, morbidade, mortalidade e letalidade, como nos casos fulminantes de Hepatite B e altos custos que são impostos ao SUS. No Brasil, há 11.882 pessoas em tratamento e a ampliação do uso do Interferon Peguilado, novo medicamento, para portadores de outros genótipos do vírus da Hepatite C e beneficiará pelo menos outros 500 pacientes ainda neste ano. A formulação trará mais conforto e comodidade a estes pacientes, pois esta é utilizada apenas uma vez por semana, no caso, do Interferon convencional, são três doses a cada semana.


08 VARIEDADES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Marco Aurélio Braga braga.marco@gmail.com

Novo livro

Amigos próximos reclamam a ausência de Adélia Prado nos poucos encontros que ela ainda mantinha. O sumiço é motivado pela dedicação da escritora ao tratamento de saúde pelo qual passa seu companheiro de uma vida, o ex-bancário José de Freitas. A novidade é que Adélia vai lançar um novo infantil. Intitulado “Carmela vai à escola”, a obra será lançada pela Galerinha Record e ilustrado por Elisabeth Teixeira. Segundo a escritora, a obra é a continuação do livro “Quando eu era pequena”. Um dado interessante: o livro infantil ocupa uma posição de destaque no mercado editorial brasileiro, além de ser comercializado em livrarias e pontos comerciais, é adotado por escolas e adquirido e por governos municipais, estaduais e federal. É a produção de livros que mais cresce no Brasil, seguida dos livros didáticos.

Alessandra Almeida

C

A divinopolitana Natália Borges curte o verão europeu

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Reinado

Maykon Moura em tour pela Europa

Gilma, Maureen, Luciane, Márcia, Sandes e Angélica

Eugênio Guimarães anunciou a realização da primeira edição do Festival Divino Reinado, encontro com o intuito de somar idéias e atividades artísticas de um grupo de mineiros, tudo através de uma releitura do Reinado. O evento será realizado dentro da programação do Festival da Primavera 2011, marcado para 17 de setembro. Na programação, ainda não concluída, consta o lançamento de um vídeo com fotos retratando a estetização das Festas de Reinado a partir de uma releitura da Missa Conga divinopolitana, um trabalho primoroso produzido por André Bechelane.


VARIEDADES 09

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Máquina de vendas

“A vice-liderança do Magazine Luiza no setor de varejo durou apenas cinco semanas. Hoje (20/7), a empresa foi ultrapassada novamente pela Máquina de Vendas, que comprou 51% da Eletro Shopping. Com isso, seu faturamento deve ser de 7,2 bilhões de reais ainda este ano. E, no que depender do apetite dos sócios da Máquina de Vendas, Luiza Helena Trajano não terá sossego”. É com esta introdução que o site Exame.com inicia a entrevista com o divinopolitano Ricardo Nunes, CEO da Máquina de Vendas e fundador da rede Ricardo Eletro. A matéria completa está no site http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/ maquina-de-vendas-agora-mira-o-sul-e-sao-paulo

Adair na Globo

O jovem cantor Adair Cardoso, um dos destaques na trilha sonora da novela teen Malhação (Rede Globo) com a música “Que se Dane o Mundo”, também está confirmado entre as atrações do Criança Esperança 2011. Ele foi uma das grandes revelações do “Jovens Talentos” do Programa Raul Gil, e mora em Divinópolis já há vários anos. Adair irá se apresentar no especial da Globo ao lado do cantor Daniel, no próximo dia 20.

Verão 2012

Renda-se as novidades que a Ibius coloca no mercado com o lançamento de sua coleção verão 2012. Os itens da estação serão lançados hoje, a partir de 10hs, tudo desenvolvido sobre o tema “Renda-se”, uma proposta arrojada e moderna para que você entre com o pé direito no mundo fashion .

Festa

É cercado pelo carinho de amigos e familiares que o cerimonialista e colunista social Peterson Magalhães comemora seu aniversário neste domingo, em tarde que promete ser das mais agradáveis e sinalizando que irá entrar noite adentro.

O empresário Ricardo Nunes, da Ricardo Eletro, clicado por Pedro Mota para a entrevista veiculada no site Exame.com

Arezzo

Adriana Nogueira não para e, além do corre-corre que movimenta a sua franquia Arezzo na cidade, com a super liquidação de todos os itens do inverno com descontos de até 70% e ainda com um preview do verão, com a coleção Cruise Collection já na loja, ela agora prepara o lançamento da coleção verão 2012. Se tudo correr dentro do previsto, na próxima terça-feira as novidades da estação mais quente dos trópicos da Arezzo já estarão te esperando na moderna loja.

Ampliação

Seguindo o conceito moderno e antenado que a Tribo Urbana imprime desde que abriu suas portas na cidade, agora repaginada através de projeto arquitetônico de Nídia Duarte e programação visual da Agência Ofício, a loja reabre suas portas logo mais com várias novidades. Uma delas: um DJ irá comandar as carrapetas na reinauguração, marcada para as 16 horas. Os irmãos Toninho, Claudinha, Eunice Silva não estão medindo esforços para que tudo saia perfeitamente dentro do previsto.

Luiz Otávio e o filho Luca

NY

Se reciclar sempre, este é o ingrediente dos que são referência naquilo que fazem. E é seguindo esta máxima que a ortodontista Karla Faria segue para mais um importante curso, desta vez nos Estados Unidos. No próximo mês ela segue para a Terra do Tio Sam para fazer um curso na New York University- College of Dentistry, onde confere as novidades sobre os avanços tecnológicos em Ortodontia.

Miss

Amanda Gontijo integra o grupo de misses que concorrerão ao título de Miss Minas Gerais Turismo, evento que movimenta a cidade de Poços de Caldas neste final de semana. O certame será no Hotel Fazenda Poços de Caldas. Amanda é modelo, cursa o 4º período de Engenharia Civil e tem 20 anos. A vencedora participará do Miss Brasil Turismo.


10 VARIEDADES

Horóscopo Dia de correr atrás do prejuízo e procurar bons acordos para garantir o seu sustento.

Dificuldades em enxergar boas saídas para os seus problemas pessoais. Ideias confusas.

Dia propício a aprender novas tecnologias e gastar o seu tempo com a pessoa amada.

Mente aberta a novos ganhos através de modificações no seu jeito de ganhar dinheiro.

Dia de magnetismo pessoal e conquistas através de bons acordos e ideias inovadores.

Falta de concentração para lidar com os desafios do dia. Aproveite para se atualizar.

Muita paixão e amor no coração podem deixar a sua mente um pouco distante da realidade.

Novidades e mudanças podem não afetar você diretamente, mas podem tomar o seu tempo.

Hoje você pode ficar um pouco longe do centro das atenções para cuidar do seu sustento.

Mantenha-se firme aos seus propósitos para que seus ganhos pessoais sejam maiores ainda.

Projeção pessoal e oportunidades de estabelecer contratos e acordos vitais para você.

Falta de entendimento nos relacionamentos. Posições retrógradas podem atrapalhar você.

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Novelas Cordel Encantado Globo - 18h

Timóteo obriga Maria Cesária a cozinhar para ele no palácio. Dora conta para Herculano que ajudou Bel a salvar Penélope. Nidinho esconde de Setembrino o que descobriu sobre seu pai. Felipe diz a Açucena que o único lugar onde ela estará segura é no acampamento dos cangaceiros. Lilica ouve Severina e Raimundo conversando sobre o tesouro que Miguézim escondeu. Jesuíno beija Dora. Açucena e Felipe chegam ao acampamento. Lilica conta para Timóteo sobre o tesouro de Seráfia e Úrsula ouve a conversa.

Morde e Assopra Globo - 19h

Dulce sugere que Guilherme volte com Alice. Júlia lê o dossiê de Naomi. Ícaro se revolta com as mentiras de Naomi e Amanda usa Rafael para se aproximar do cientista. Júlia hesita em entregar o dossiê para Ícaro e se aconselha com padre Francisco. Wilson pede para Xavier refazer os passos de Pimentel no dia do seu assassinato e descobre uma pista. Wilson conclui que Pimentel esteve com Naomi no dia em que foi morto. Ícaro procura Júlia e conta descobriu que Rafael não é seu filho. Minerva avisa Alice que Isaías a deixou e implora que ela volte para casa.

Insensato Coração Globo - 21h

Natalie fica furiosa ao saber que não ganhará nada do casamento com Cortez. Sueli fica nervosa ao descobrir o que Kléber fazia antes de conhecer Daisy. Pedro consegue fazer com que Léo não embarque. Léo é preso e mente durante seu depoimento. Norma demonstra a Jandira sua revolta com Pedro e Marina. Léo é levado para a casa de detenção. Daisy e Beto disfarçam o envolvimento quando ela volta ao trabalho. Serginho vê arranhões no braço de Vinícius. Wagner avisa a Léo que seu pedido de liberdade provisória foi negado. Vinícius pede Cecília em casamento.

Amor e Revolução SBT - 22h15

Padre Bento pergunta a padre Inácio o que ele vai fazer quando a barriga de Marília começar a crescer. Batistelli escreve carta a Jandira. Ele diz que a ama. No sítio, Bartolomeu e Jandira estão na cama. Na frente de Miriam, José conta a Ana que vai ser pai. Miriam se sente desconfortável. Aranha pergunta a Fritz se ele está escondendo alguma coisa. Aranha revela a Fritz que descobriu quem escreveu a carta para a sua mulher.

Vidas em Jogo Record - 22h15

Ele suspeita e ainda tenta segui-la, mas a perde de vista. Ivan pede a mão de Mariana em casamento. As buscas por Zé continuam mas ninguém encontra o companheiro canino de Carlos. Lucia conta para Regina que deu o endereço da pensão para Cleber, mas teve sua vida ameaçada pelo ex-policial. A empresária garante sua segurança. Andrea recebe a ligação de um colega taxista. Ela fica sabendo que Zé foi atropelado. Cleber volta de viagem e vai até a sala de Regina. Ele leva algumas flores, mas a empresária não cede aos carinhos do ex-policial e afirma que ele tentou matar Maurício. Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora, estando sujeitos a eventuais alterações.

Depois de lançar ensaio nu na 'Playboy', Galisteu vai super vestida a festa Depois de mostrar sua nudez na "Playboy" de agosto, Adriane Galisteu está valorizando o corpinho. Pelo menos foi essa ideia que passou quando a apresentadora surgiu vestida dos pés a cabeça, em um terno estilizado, durante o lançamento da nova sede de uma agência de marketing em São Paulo, nesta terça-feira, 2. Galisteu já tinha seguido

a mesma linha no look usado para lançar sua "Playboy", na manhã desta terça. Ela usou uma saia na altura dos joelhos e uma jaqueta acinturada e com gola rulê. Chique, elegante, mas bem coberta para quem esperava ver uma palhinha das belezas que a apresentadora mostra na revista. Resumindo: quer ver mais, compra a "Playboy".

Jornal: 'Que pai gosta de ler aquilo?', diz Xororó sobre frase de Sandy

Luana Piovani se irrita com comentários sobre os paparazzi e comenta no Twitter

De acordo com a coluna da Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo, Xororó também saiu em defesa de Sandy sobre a polêmica frase sobre sexo anal, publicada na revista "Playboy". "Que pai que gosta de ler aquilo?", disse. "Fiquei triste com a maneira como [a frase] foi colocada. Estou há dois meses focado no DVD, não tive tempo

O programa "Profissão Repórter" desta terça-feira, 2, que teve como tema o trabalho dos fotógrafos, contou com uma participação relâmpago de Luana Piovani. A atriz apareceu apenas alguns segundos na matéria, mas foi o suficiente para causar polêmica. Ao mostrar um paparazzo clicando Piovani, a repórter correu para

de acompanhar. Mas conheço minha filha e sei o que ela falou", comentou nos bastidores da gravação do DVD em comemoração aos 40 anos da carreira de Chitãozinho e Xororó, realizado nesta segunda-feira, 1, em São Paulo. Na mesma ocasião,Sandy afirmou que a frase "É possível ter prazer anal" foi colocada fora de contexto.

Juarez de Fausto Prestupa

entrevistar a atriz, que se recusou a dar entrevista, e disse apenas que não gosta desse assunto. Pelo Twitter, Luana respondeu as críticas: "Vocês vão todos à m... que não tenho que ser simpática com ninguém, quanto mais com paparazzi e gente que me filma sem autorização, a imagem é minha!", escreveu.

ciencia.estelar@gmail.com

Afinal, o Mal não existe? A ideia de que o Bem e o Mal lutam em iguais condições é equivocada, como já vimos anteriormente. De um ponto de vista monoteísta não é possível a existência de dois deuses, um do Bem e outro do Mal. Existe somente um Deus que está acima do Bem e do Mal. Deus então seria somente o Bem e o Mal então não existe? E o que vemos diariamente nos jornais, nas ruas e na televisão, não é maldade suficiente? A dualidade (seja Bem e Mal, masculino e feminino, positivo e negativo, luz e trevas) surge a partir da Criação quando os Elohin separaram a Luz das Trevas do Caos Primordial. No livro de Gênesis da Bíblia, cap I, versículos 3, 4 e 5 está: “E disse Deus: Que haja Luz, e houve Luz. E viu Deus que era boa a Luz e fez Deus a separação entre Luz e Trevas. E Deus chamou à Luz Dia e às trevas chamou Noite...” Observemos que Deus criou a Luz e as Trevas são consequência de uma separação. Por outro lado, observemos também que com esta separação surgiu o dia e a noite, tão necessárias para a manutenção da vida, ou seja, a ação e o repouso. Santo Agostinho[1] (354 – 430 d.C) já afirmava que o ódio (escuridão) não é uma força que se opõe à Luz, mas sim a ausência desta Luz: A concepção que Agostinho tem do mal, esta baseada na teoria platônica, assim o mal não é um ser, mas sim a ausência de um outro ser, o bem. O mal é aquilo que “sobraria” quando não existe mais a presença do bem. Deus seria a completa personificação deste bem, portanto não poderia ter criado o mal. No diálogo com seu amigo Evódio, Agostinho tenta explicar-lhe que a origem do mal está no livre-arbítrio concedido por Deus. Deus em sua perfeição, quis criar um ser que pudesse ser autônomo e assim escolher o bem de forma voluntária. O homem, então, é o único ser que possuiria as faculdades da vontade, da liberdade e do conhecimento. Por esta forma ele é capaz de entender os sentidos existentes em si mesmo e na natureza. Ele é um ser capacitado a escolher entre algo bom (proveniente da vontade de Deus) e algo mau (a prevalência da vontade das paixões humanas).[12] ... Deus, portanto, não é o autor do mal, mas é autor do livre-arbítrio, que concede aos homens a liberdade de exercer o mal, ou melhor, de não praticar o bem. O Mal ou as Trevas nada mais é do que a ausência do Bem ou da Luz.

Pensemos no Bem como se fosse algo que une as coisas e as pessoas, como o Amor, ou mesmo como algo semelhante a uma cola ou cimento. A ausência desta força de união ou coesão resulta na dispersão, na fragmentação, na multidão. Em última instância, o extremo Mal é a absoluta ausência de união ou coesão e, portanto, na total e absoluta dispersão de forma a não existir na forma de uma personalidade, individualidade e muito menos de uma divindade. Pense em uma massa de pedreiro sem cimento. O que resulta? Isso poderia edificar uma casa, um muro ou coisa útil? Não! Seriam apensas areia e cal misturada e que seriam levadas pelo vento ou pela chuva assim que estas ocorressem, sem qualquer resistência. Pensemos no Bem como fonte de calor. Quanto mais nos afastarmos desta fonte menos calor teremos e assim estaríamos cada vez mais próximo do frio absoluto? Não! O frio absoluto ou zero grau kelvin é apenas teórico, ele não existe porque não existe um ideal ou perfeição de frio. No zero grau kelvin, para se ter uma ideia do que poderia ser, nem os elétrons se movimentam em torno do núcleo do átomo. Tudo da vida ou na Criação é dinâmico, tem movimento e tem vida. Tudo que se afasta da vida teoricamente se aproxima da morte, mas mesmo na morte existe vida (como os vermes, bactérias e semelhantes que agem apodrecendo o cadáver para que a Natureza continue seus ciclos). Ou seja, o Mal como o pensamos normalmente, não existe. Não existe uma fonte de Maldade, de Trevas, de “não movimento”. Não é possível invadir a Luz com a escuridão, mas o inverso é possível. A Luz, o Amor e a vida são soberanos, pois existe uma fonte para eles. Por mais que exista uma maldade, nela existirá vida, verdade e luz, pois se fosse o contrário, se não existissem nela vida, verdade e luz ela simplesmente não existiria. Ou seja, como dizem os religiosos, por mais que a pessoa esteja desviada da Luz, do Amor , da Verdade e da Justiça sempre existirá uma chama interior que poderá ser revivida, estimulada. Sempre haverá esperança para a Luz. [1] http://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Agostinho


POLÍCIA 11

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Dos R$ 2 mil apreendidos apenas R$ 200 eram cédulas falsas natalia.santos@gazetaoeste.com.br

Depois da apreensão de quase dois mil reais supostamente falsos o laudo contatou que apenas R$ 200 da quantia eram verdadeiramente de cédulas falsificadas. A Polícia Federal de Divinópolis continua investigando o caso em busca da origem das notas que estão sendo repassadas no comércio local. A equipe Giro do 23º Batalhão da Polícia Militar apreendeu na tarde da última sexta-feira, 30 de junho, a quantia de R$ 2.050,00 em notas aparentemente falsificadas. O fato ocorreu

durante batida policial na rua Sergipe com Piauí, no bairro Vila Belo Horizonte. Dois dias antes da apreensão a polícia de São Gonçalo do Pará também apreendeu dois menores repassando cédulas falsas em um estabelecimento na cidade. De acordo com o delegado federal Cristiano Lessa Ladeira, que comanda as investigações, diferente do que foi divulgado, o valor do dinheiro falsificado é pequeno, mas não deixa de ser ponto de partida para iniciar o inquérito. Ele relatou ainda que o menor P.H.M. preso na sexta-feira, é um dois menores autuados em São Gonçalo. “Estamos trabalhando

Natalia Santos

NATALIA SANTOS

Apenas R$ 200 dos dois mil apreendidos eram de procedência falsa

o caso do menor isoladamente, uma vez que ele foi pego duas vezes aplicando o golpe. Ele não fala nada, mas estamos em busca da origem destas notas”, afirmou. Cristiano destacou ainda que vão intensificar as investigações, no entanto não há mais informação.

Entenda Na última sexta-feira, durante atividades rotineiras policiais militares do Grupo de Intervenções Rápida Ostensivo (GIRO), suspeitaram de dois indivíduos em uma motocicleta Honda CG 125 FAN, conduzida pelo menor

infrator P.H.M., 17 anos. O indivíduo estava com o passageiro I.C.B.R., 18 anos, ao visualizarem a presença da PM a dupla tentou fugir mas foi de imediato contida e abordada. Durante busca pessoal foi localizado dentro da cueca do menor infrator duas cédulas de R$50,00. Ele relatou que as referidas cédulas eram falsas e que iria repassá-las no comércio. Em seguida os militares se deslocaram até a residência dos suspeitos. “Na residência do suspeito I.C.B.R., no bairro Campina Verde, foi localizado num guarda roupa a quantia de R$1.950,00 em cédulas de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10 . Na casa do menor

não foi encontrada nenhum nota suspeita”, relatou Fonseca. Este foi o terceiro registro de apreensão de notas falsificadas dentro de uma semana na região. Em São Gonçalo do Pará, dois menores foram apreendidos suspeitos de passarem notas falsas no comércio da cidade. Durante a abordagem, a polícia ainda encontrou com eles oito cédulas falsas de R$50. Outros dois integrantes da quadrilha já foram identificados e estão sendo procurados. D.J.J., de 17 anos, e P.H.M.. Segundo a PM da cidade, os comerciantes notaram as diferenças das notas e acionaram a polícia.

Assalto a banco em Perdigão Dois suspeitos de tráfico são presos tem tentativa frustrada NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

Dois invadem casa e fazem da gerente refém NATALIA SANTOS

natalia.santos@gazetaoeste.com.br

e matariam todos. Conforme relato das vítimas, os autores estavam todos muito calmos. O dono do bar relatou que dois dos autores já havia frequentado seu estabelecimento dias antes. Ninguém foi preso ainda. NOVA SERRANA Nesta terça-feira, cinco jovens com idade entre 15 e 19 anos foram assaltados por um bando, quando saíam da escola no bairro Marisa em Nova Serrana. De acordo com as vítimas, sete indivíduos com idade aparente entre 15 e 18 anos, armados, roubaram os celulares e fugiram alguns a pé e outros em bicicletas. De posse das características dos bandidos foi feito rastreamento, mas nenhum suspeito foi localizado.

Liziane Ricardo

Na madrugada de ontem, cinco homens armados invadiram um bar no bairro Manoel Novato na cidade de Perdigão e renderam o proprietário e um cliente. Os dois foram levados para a casa do dono do bar, que fica nos fundos do estabelecimento, e ainda renderam sua. As três vítimas foram amarradas e os assaltantes roubaram aparelhos celulares e cortaram o fio do telefone. De acordo com a Polícia Militar, os autores vasculharam o imóvel e subtraíram do local aproximadamente, R$200 em dinheiro, uma filmadora, um notebook, um GPS e diversas joias. Depois de roubar os objetos

um dos assaltantes informou que eles iriam amanhecer na sua casa para que fossem juntos até a sede de uma agência bancária em que a esposa do comerciante é gerente, para realizarem um assalto. A gerente, porém informou aos assaltantes que o cofre do banco era trancado com um sistema eletrônico com horário pré programado, e que se ela chegasse acompanhada a agência, os seguranças iriam perceber, já que ela vai sozinha para o serviço todos os dias. Após realizar uma ligação, um dos autores informou que estavam indo embora e que levariam o veículo de propriedade da gerente. Os assaltantes fizeram ameaças às vítimas, que se acionassem a PM, como já sabiam a rotina e endereço, voltariam

Dois homens suspeitos de tráfico de drogas foram presos em duas ocorrências distintas, na última terça-feira (2), junto com eles, foram apreendidos materiais e substâncias ilícitas. Em outra operação, os policias prenderam um foragido da polícia juntamente com um cartucho intacto calibre 38.

De acordo com o setor de Comunicação do 23º BPM, as viaturas compareceram à av. Amazonas, no Bairro Bela Vista, abordando S.A., 49 anos, que no momento da abordagem repassava um pedra de crack a outro individuo, S.G.X. de 47 anos. Ambos foram detidos, junto com G.S.S.S. de 23 anos, que tentou fugir ao perceber a presença da polícia. Durante busca domiciliar, militares localizou no

Todos os suspeitos foram presos e levados para a delegacia

interior da cozinha mais duas pedras de crack. Todos foram presos e conduzidos a delegacia de polícia, juntamente com o material apreendido. Também na terça-feira, R.F.S.C. de 19 anos foi preso por suspeita de tráfico de drogas. Com o indivíduo, os policiais apreenderam 21 pedras de crack, dois tabletes de maconha, um celular, R$ 72, com indícios de que a nota de R$50 pode ser falsa. R.F.S. foi encaminhado para a delegacia, onde foi autuado. FORAGIDO Em um patrulhamento pela Rua Guatemala, no bairro Dona Rosa, a Polícia Militar abordou M.A.V.S., 26 anos, sendo constatado em sua ficha um mandado de prisão. Durante busca em sua residência foi localizado um cartucho intacto calibre 38 e documentos pessoais diversos, cuja procedência não foi informada. Ele foi preso e conduzido para a delegacia, juntamente com todos os materiais suspeitos.


12 ESPORTES

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Chico Maia

chicomaiabd@gmail.com

Corda bamba geral

O sorteio Foi uma festa quase 100% carioca, preparada e apresentada pela Rede Globo, com a CBF. Os grupos das eliminatórias de 2014 foram definidos com pompa. O governador do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, foram os únicos a fazer discursos, pois gastaram, cada um, R$ 15 milhões nessa brincadeira e precisam se justificar perante a população, que está cobrando. Havia mais colegas do exterior do que brasileiros, como era de se esperar. Não sei porque eventos grandes como este não são feitos em um dos centros de convenções do Rio. Preferem montar barracas gigantescas, certamente muito caras, porém, nem sempre funcionais. Uma ventania que varreu a região da Marina da Glória derrubou placas em volta do centro de imprensa e balançou tanto a estrutura do auditório principal que muita gente se assustou, pensando que o teto iria desabar. A velha bagunça O prazo para inscrições dos clubes para a disputa da Segunda Divisão estava se esgotando e somente cinco clubes haviam se inscrito. Aí, a Federação Mineira de Futebol prorrogou o prazo para que mais clubes se adequassem às exigências e pudessem se inscrever. Perguntei pessoalmente ao presidente da FMF, Delegado Paulo Schetinno, se aquela medida era a mais correta, já que punia aos clubes que estavam cumprindo com as suas obrigações. Ele argumentou que só com cinco seria impossível fazer o Campeonato. Lembrei a ele, que quase todo ano, clubes sem condições se inscrevem e saem das competições, por falta de estrutura e dinheiro, e que isso tira a credibilidade das disputas. Ele disse que “infelizmente” não tinha outro jeito. Parece mentira, mas é verdade: a FMF prefere manter a bagunça do que obrigar os clubes a se organizarem devidamente, primando pela qualidade dos espetáculos e credibilidade das instituições.

Vejam no que deu: a Segunda Divisão começa esta semana e na quinta-feira passada a Federação emitiu nota oficial dizendo que, União Luziense, Arsenal, Contagem, Araxá, Jacutinga, Santarritense, Valeriodoce e Siderúrgica, terão que jogar com portões fechados. Ora, ora, a razão de ser do futebol é a torcida, que, em Minas Gerais, não pode entrar nos estádios para ver seu time jogar! É desanimador! Alô Ademg! O conterrâneo Suzander Cabral enviou e-mail reclamando da sujeira das cadeiras da Arena do Jacaré: “Chico, tenho ido à Arena do Jacaré em todos os jogos, não só porque gosto de futebol, mas porque ano que vem a partir de julho isso será raridade. No entanto, estou abismado com a situação de sujeira dos assentos. Como não há chuvas, a poeira acumulou e está uma coisa horrorosa. O apelo pela limpeza não é só meu, mas de todos os frequentam a Arena. Por favor publique o nosso protesto. Atenciosamente, Suzander Cabral”. Ficando show Com Belo Horizonte sem estádios por dois anos, Atlético, Cruzeiro e América estão se arrebentando técnica e financeiramente. Na prática não têm mando de campo no Brasileiro, pois têm de viajar para jogar “em casa”. Também não têm endereço fixo. Sete Lagoas é o mais utilizado, porém, jogam em Ipatinga, Uberlândia e até em Campo Grande-MS como fez o América contra o Internacional. Faltou planejamento do governo e cobrança dos próprios clubes, que estão pagando caro, dentro e fora dos gramados. Porém, vão sobreviver, e terão estádios ao nível dos melhores do mundo para jogar futuramente, em Belo Horizonte. Publiquei no blog www.chicomaia.com.br imagens, distribuídas pelo governo de Minas à imprensa estrangeira, sábado, na Marina da Glória-Rio, no sorteio dos grupos das eliminatórias, da FIFA. Sensacional!

Luciano Eurides

Papelão fez o Delegado, que pediu pra sair, e o América aposta de novo em Givanildo, que deixou o clube na mão na véspera do início do Mineiro do ano passado para aceitar uma grana melhor do Sport Recife, onde fracassou; diga-se. É bom treinador, e pode dar certo; uma aposta. Que tenha um feliz retorno e ponha o América no G16 do Brasileiro, iniciando a arrancada, contra o Corinthians. Dorival Junior e Joel Santana não são de jogar a toalha, e não acredito que sejam demitidos caso percam para o Grêmio e o Flamengo hoje, respectivamente. Mas, passam a balançar com mais intensidade.

Guarani se apresenta para Taça Minas Gerais LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O Guarani apresentou na tarde de ontem parte do elenco que irá disputar a Taça Minas Gerais de Futebol. O presidente do Clube, Edilson de Oliveira deu as boas vindas aos jogadores e aqueles que ainda não conheciam foram apresentados ao treinador Gian Rodrigues. Entre os conhecidos estão Chico Marcelo, Robert e Robertinho. Na noite de ontem e manhã de hoje a expectativa é da apresentação do restante do grupo que deverá ser fechado com 25 a 30 atletas. Se apresentaram os goleiros Mateus e Gustavo. O zagueiro Guilherme, promovido dos juniores após a Taça BH. Os laterais Sandro, Guilherme Santos e Felipe Cafu. Os volantes Saulo, Fernandinho e Michel Elói. O meia Robert e os atacantes Douglas Cachorrão, Michel Clayton, Marcelo (vindo do Vitória), Chico Marcelo, Jackson e Robertinho. Ainda Luís Felipe, jogador com idade de junior vindo do Sport Recife. O gerente de futebol Renato Montak acompanhou a apresentação dos atletas e garantiu a chegada de outros ainda hoje. “Com certeza, estamos aguardando alguns atletas que ainda não chegaram, alguns por problemas de ônibus e deverão che-

Presidente Edilson de Oliveira fez questão de recepcionar os jogadores

gar ainda essa noite, deveremos trabalhar com 26 jogadores, já temos 22. Estamos procurando trabalhar com jogadores experientes e jovens também”, disse. O presidente do Guarani foi quem recebeu os atletas e fez questão de dar as boas vindas e falar da importância dessa competição para a história do Guarani. “É uma satisfação colocar o Guarani em condições de disputar a Taça Minas Gerais e assim atividades quase que o ano inteiro. Estamos fazendo uma renovação de valores, jogadores novos, indicados pelo treinador e dirigentes. Ainda alguns que disputaram a Taça BH e o campeonato mineiro. Entramos na Taça para vencer. Temos o objetivo de

ganhara a vaga na Copa do Brasil e representar Divinópolis no ano do Centenário. Virão aqui nossos concorrentes diretos. Estes times estão em um patamar alto, se contarmos, o Nacional era parceiro em 2010 e virou nosso concorrente, é uma motivação a mais e o temos a obrigação de nos sairmos melhor que eles”, avisou. O lateral Felipe Cafu disse ser a primeira vez a vestir a camisa do Guarani e está cheio de confiança. O atleta jogou na base do Atlético e América. “Joguei contra o Guarani, a favor será a primeira vez e estou confiante em fazer uma boa Taça Minas Gerais”, falou o atleta de 19 anos e complementou. “Se fomos ver,

hoje os grandes clubes do Brasil sempre tem jogadores novos”, já anunciou. O treinador Gian Rodrigues teve a oportunidade de conhecer de perto aqueles jogadores da base do Bugre. “Os jogadores da base acompanhei na Taça BH e alguns já jogaram aqui mesmo no guarani e alguns jogadores que conheço. Começamos certo, com os pés no chão e apoio da diretoria e já demos o inicio”, comentou. Ranking CBF Conforme o Art. 2º c/c o Art. 5º, § 3º do Decreto nº 6.187/2007, que regulamenta a Lei nº 11.345/2006, instituidora da Timemania, são 80 clubes participantes, dispostos por um ranking da CBF. Assim se o Guarani melhorar o seu posicionamento poderá reivindicar a participação no jogo. De acordo com Edilson de Oliveira, não apenas esse benefício, mas outros poderão vir com uma boa participação do Bugre. “Um time que quer ser profissional, além de ter atividade o ano inteiro ele tem de fazer parte da entidade maior que é a CBF. Hoje ele é um filiado da FMF e temos de dobrar esse nível. Para participarmos de todos os privilégios e não somente da Timemania, mas todos os privilégios que ela oferece”, disse.

II Copa Alá Imóveis / Vitalela de Futsal do Divinópolis Clube vai começar Divulgação

A II Copa Alá Imóveis / Vitalela de Futsal do Divinópolis Clube será aberta no próximo dia 20 de Agosto na Sede Campestre do clube. Na segunda edição, a competição será realizada durante os meses de Agosto, Setembro e Outubro, nas categorias 98/99, 00/01 e 02/03. Neste ano o evento contará com a participação de 320 atletas das seguintes equipes: Divinópolis Clube, SESI, DTC, Sparta, Escola de Esportes Minas Tênis Clube / Col. Roberto Carneiro, Iate de Itaúna , Padre Guaritá, Projeto Novo Rumo e o Minas Esporte Clube. De acordo com o Coordenador da II Copa Alá Imóveis / Vitalela do Divinópolis Clube, Mateus Levi, a proposta do evento é reunir as escolas de futsal

da cidade e região, na segunda edição teremos a presença de nove equipes distribuídas em três categorias. “Estaremos na torcida para que seja novamente um sucesso a competição” disse. No último final de semana foi realizado na Sede Campestre do Divinópolis o sorteio das chaves das equipes da competição. II Copa Alá Imóveis / Vitalela de Futsal Categoria 98/99 Chave A Escola de Esportes Minas Tênis Clube

Chave B Divinópolis Clube Campestre

Chave C Divinópolis Clube Urbana

Iate ( Itaúna )

SESI

Sparta

DTC

Minas Esporte Clube

Projeto Novo Rumo

Categoria 00/01 Chave A Escola de Esportes Minas Tênis Clube

Chave B Divinópolis Clube Campestre

Chave C Padre Guaritá

Iate ( Itaúna )

SESI

Sparta

Divinópolis Clube Urbana

Minas Esporte Clube

Projeto Novo Rumo

Categoria 02/03 Chave A Escola de Esportes Minas Tênis Clube

Chave B Divinópolis Clube Campestre

Chave C Colégio Roberto Carneiro

Iate ( Itaúna )

SESI

Sparta

Divinópolis Clube Urbana

Minas Esporte Clube

Projeto Novo Rumo

Márcio Henrique, Diretor de Futebol e José Maria de Melo, Técnico de Futsal do Divinópolis Clube no último domingo realizando o sorteio das Chaves da competição


ESPORTES 13

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Luciano Eurides

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A frase de Mano Menezes ‘cada um resolva seus problemas’ está caindo como luva no futebol. A cada problema enfrentado a primeira atitude é de se procurar um culpado e muitas vezes esse ‘bote expiatório’ não aparece. Cada equipe tem de conhecer os problemas e se enfrentar com coragem. O Jusa Fonseca fez isso. Eles conhecem a realidade de cada jogador. Trabalha a questão do risco social e busca a solução dentro da própria comunidade. Ninguém melhor que eles para saber o apoio de que cada jogador necessita. A imprensa não pode ser também uma válvula de escape de pais, mães e torcedores. Trabalhamos com uma visão de mundo e não da própria esfera que o cidadão está inserido. Cada comunidade esportiva deveria se preocupar em diagnosticar os problemas e buscar sempre a solução. LMDD O abacaxi está na mão do presidente Gulu. O Palmeiras foi denunciado por não ter pago a transferência de um jogador, antes do Flamengo. Primeiro é sempre importante lembrar ser da diretoria a responsabilidade, nunca do jogador. Quem prepara a documentação não é o jogador e esse sempre é surpreendido com estas notícias. A transferência ou taxa paga por ela é uma forma pela qual se protege o clube. O sentido é que quando um jogador deixa o clube de origem para outra equipe, o receptor desse atleta pague uma taxa. Assim desestimula a ida e vinda de jogadores, prevalecendo o clube formador. Cada vez é mais comum a inscrição de atletas sem a transferência e acaba por perda de pontos e no caso da categoria 98, pode valer o titulo palmeirense. NEYMAR É DO SANTOS Neymar não é mais menino, mas levará por toda a vida o titulo de menino da Vila Belmiro. Essa identificação fez o Santos enviar uma carta ao Real Madrid afirmando que não venderia Neymar nesta janela de transferências, o Santos voltou a diminuir a esperança do clube espanhol de contar com o jogador no futuro. O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro reafirmou o desejo de manter o atacante e acrescentou que pretende contar com ele também na próxima temporada.

O objetivo do Santos é manter o principal destaque da equipe também em 2012, quando completará 100 anos da sua fundação. Ao reafirmar a negativa dada à proposta do Real Madrid, Luís Álvaro deixou claro que quem estava negando a proposta era o clube e não o jogador.”Não foi o Neymar que disse não, foi o Santos. Evidentemente, já havia ouvido o Neymar falando que não queria sair agora. Foi uma decisão em absoluto consenso, ele quer estar no Japão e a gente quer ele no Japão. O clube, com toda a educação, respondeu que não estava interessado”, declarou. A permanência do jogador por tanto tempo no Santos, mesmo sendo cobiçado por diversas equipe do exterior, é novidade no futebol brasileiro, que se acostumou a perder seus melhores jogadores para a Europa - e mais recentemente para a Ásia. De acordo com o presidente do clube, o segredo para isso é uma boa administração. CONCA SE DEU MAL No encontro entre Cristiano Ronaldo e Conca, o Real Madrid do astro português não teve trabalho para atropelar o Guangzhou do meia argentino, em amistoso na China, por 7 a 1, nesta quarta-feira. O destaque da partida, no entanto, não foi nenhum dos dois jogadores, mas sim o atacante Benzema, que marcou dois gols para o clube espanhol.

Luciano Eurides

PROBLEMA OU SOLUÇÃO

Vasco da Gama derruba o Flamengo dentro do Mendes Mourão LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

O time do Vasco da Gama venceu o Flamengo, na noite de terça-feira, por 2x0, dentro do Mendes Mourão, um jogo emocionante e acompanhado por cerca de 200 pessoas e que definiu o time do Afonso Pena na final mirim da LMDD. Após a partida muita comemoração e início de confusão. O adversário da final será decidido no tapetão. O Flamengo saiu na frente, Andinho ainda no primeiro tempo fez o gol do Rubro Negro, placar que garantia a decisão por pênaltis. O Flamengo soube trabalhar a bola e levar o placar favorável para o intervalo de jogo. No segundo tempo o time da casa continuava bem na partida e Andinho levava muito perigo ao gol vascaíno. Em um contra ataque bem formulado, aos 12 minutos, Diego acreditou no lançamento, ganhou a bola e fez o gol de empate para incendiar a partida. O Vasco da Gama conseguiu o gol da vitória aos 20 minutos do segundo tempo. O lance de bola parada favorecia o Flamengo, a bola foi jogada na área, a zaga tirou e o atacante alvinegro acreditou, o zagueiro do Flamengo acompanhou o lance, mas o goleiro desesperado saiu com o pé, o chute saiu fraco, a bola sobrou para Raul, ele da intermediária chutou para garantir o time do

Raul autor do gol da vitória Vascaína dentro do Mendes Mourão

Afonso Pena na final. O treinador Átila Júlio do Amaral considerou a vitória conquistada pelo fato do time do Afonso Pena saber jogar dentro dos domínios adversários. “O grupo do Vasco é muito unido, os meninos são bons de trabalhar e ganhar clássico é igual ganhar Copa do Mundo. Se chegar aqui e deixar eles jogarem, não tem como segurar o Flamengo, a

marcação tem de ser de perto. No primeiro tempo deixamos o time deles rodar a bola e no segundo tempo voltamos fazendo a pegada de pertinho e lançando o Diego, que hoje é uma sumidade em Divinópolis e região”, falou e explicou o detalhe que fez o time do Vasco ser superior. “Futebol operário, futebol que todo mundo joga com todo mundo, ai funciona, é o futebol operário”,

considerou. O jogador Raul entrou no jogo para marcar o gol da vitória Vascaína e distribuiu o mérito com os demais jogadores. “Achei bom, não foi só eu não, o grupo ajudou e tive a felicidade de entrar, fazer o gol e ajudar a equipe, o que importa é o contento da equipe”, falou e descreveu o gol dele. “Percebi o buraco entre o goleiro e o zagueiro, chutei e fui para o abraço”, disse. Ao terminar a partida o time do Vasco da Gama iniciou a comemoração. Os jogadores vibraram muito. A torcida Vascaína reclamava das jogadas mais ríspidas por parte do time da casa. Os atletas do Flamengo se reuniram no outro lado do campo, uma mulher, não identificada, mas segundo pessoas no local, seria da torcida vascaína, entrou em campo e bateu no rosto do jogador Gabriel. Os jogadores flamenguistas se mantiveram calmos e seguiram para os vestiários, não houve conflito maior. O adversário da final será decido hoje, na LMDD, hoje a noite. Houve uma denúncia contra o Palmeiras e precisa ser julgada. Segundo o denunciante, o time alviverde não pagou a transferência de um jogador, mesmo fato que tirou o Vasco da Gama da competição na categoria pré mirim. Caso seja constatada a irregularidade, o Jusa Fonseca ganha vaga na final.

Duas mil pessoas são esperadas para início da Copinha 2011 Luciano Eurides

LUCIANO EURIDES

luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

A Secretaria de Esportes e Lazer de Divinópolis espera nesse domingo cerca de duas mil pessoas no estádio Waldemar Teixeira de Faria para o Torneio Início da Copinha Divinópolis. A exemplo, do torneio rural, todas as equipes comparecem em um mesmo estádio para marcar a abertura da competição e tem por objetivo dar o pontapé inicial da Copinha, reunindo 17 equipes do futebol de base. Os jogos serão realizados a partir das 8h, e contarão com a presença de 1275 atletas das categorias 96/97, 98/99 e 00/01, e o campeão do Torneio Início receberá o Troféu Davi Raposo, enquanto que o vice-campeão receberá o Troféu Sr. Ari Soares. De acordo com o Secretário de Esporte, Rômulo Duarte, o futebol de base tem tido uma

Equipes se preparam para Copinha de futebol

atenção especial por parte do Governo Vladimir Azevedo, e a Copinha Divinópolis tem uma importância muito grande no desenvolvimento de todo este

processo. “Os incentivos e os investimentos feitos pelo Prefeito Vladimir Azevedo, tem proporcionado à modalidade, avançar de forma organizada

para alcançar a excelência dos resultados esperados por atletas, dirigentes, treinadores e comunidade esportiva envolvida com o futebol” afirma o Secretário.

Chaves da II Copinha Divinópolis de Futebol Grupo A Flamengo Minas Cruzeiro Associação Danilo Passos

Grupo B Palmeiras Campista Sport Cajuru Corinthians Bela Vista – São Sebastião do Oeste

Grupo C Vasco da Gama São Lázaro – Cajuru União Belvedere C.S.U

Grupo D Jusa Fonseca Bola de Ouro – São Gonçalo do Pará PEC – Candelária Padre Eustáquio


14 GERAL

:: GAZETA DO OESTE :: DIVINÓPOLIS - QUINTA-FEIRA, 04/08/11

Antecipe suas compras para o Dia dos Pais e aproveite as ofertas! Camisa gola pólo a partir de 29,90 Calça jeans a partir de 45,90 Cueca boxer só 12,90 Camisa + Gravata só 65,00 Calça Social a partir de 35,90 Sueter de cachimier só 65,90 Kit cueca Lupo c/3 unid. só 24,90 Kit c/ 3 Gravatas de Jacard apenas 50,00 Temos Carteira e Cinto de Couro Preço Especial

Av. 1º de junho, 387 Rua Minas Gerais, 310 Centro - Divinópolis (37) 3221-3942

Gazeta do Oeste  

edição 1629

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you