Page 1


Portfólio Cristiane Lisboa Viana é soteropilitana, graduada com Laurea em Design Gráfico no Centro Universitário Jorge Amado (Salvador-BA), no ano de 2008. Trabalha como freelancer desde 2004. Estagiou em empresas de marketing, assessorias de comunicação e produção de convites de formatura. Atuou como designer chefe na Fundação Cultural do Estado da Bahia - FUNCEB. Desenvolve trabalhos em vários campos, mas suas paixões são Design Editorial e ilustração.

contatos Telefone: 71 . 87267616 e-mail: crislv@gmail.com site: www.crisviana.com.br


Marcas


identidade entel Redesenho de Marca e identidade visual, com criação de peças gráficas institucionais. 2006

nota fiscal

evelope

papel timbrado

cartão de visita

pasta - frente e verso

brindes


1.

2.

3.

4.

5.

6.

marcas 1. autome house  Marca produzida para empresa de automação domiciliar e predial. 2006 2. xiv congresso de fonoaudiologia  Marca para congresso de fonoaudiologia, feita no Atelier de Comunicação das Faculdades Jorge Amado. 2005 3. pro-nativo  Marca para ONG de baixio - BA. Produzida no Atelier de comunicação das Faculdades Jorge Amado. 2005 4. atomink  Marca desenvolvida para assinar traba­lhos e produtos handmade em conjunto com Aline Cruz. 2009 5. J-music party  Marca desenvolvida para festival de musica pop japonesa. 2009 6. flamarion  Marca para escritório de advocacia. 2007 7. elfas design  Marca desenvolvida para assinar projetos em conjunto com Evelling Castro. 2006 8. gatil mosaico  Marca para Gatil. 2006 9. kennel veterinária  Proposta de marca para clinica veterinaria. 2007 10. gamepólitan  Marca desenvolvida para festival de games e jogos de tabuleiro. 2009 11. nova face  Marca desenvolvida para clinica de cirurgia plástica. 12. recicla candeal  Marca produzida para campanha de reciclagem da turma de saúde comunitária da Faculdade Bahiana de Medicina. 2009 13. serec  Marca desenvolvida para clinica de diagnóstico por imagem.


7.

8.

9.

0 Salvador - BA - Tel.:(71) 3331-6002 | Fax: (71) 3235-5252

10.

13.

11.

Dr. Maria Célia Negrão Anestesista e Acupunturista

Dr. Maria Célia Negrão 12. Anestesista e Acupunturista

Av. Ademar de Barros, 1222 - Ondina - CEP: 40170-110 - Salvador - BA Tel.:(71) 3331-6002 | Fax: (71) 3235-5252

Av. Ademar de Barros, 1222 - Ondina CEP: 40170-110 Salvador - BA Tel.:(71) 3331-6002 | Fax: (71) 3235-5252


Design Editorial


capa aberta

ilustração do miolo

miolo impresso

página folder fechada

miolo

página folder aberta

o livro da imaginação Projeto de conclusão de curso, Diagramação de Livro infantil de conto de fadas. Texto de Samira Noronha. 2007


capa frente e verso

separatriz

páginas de miolo

cartilha de circo Diagramação e ilustrações produzidas para a cartilha de circo da Fundação Cultural do Estado da Bahia. 2007


capa

diálogos possíveis Diagramação da revista Diálogos Possíveis, da Faculdade Social da Bahia. N 03, 04 e 05. 2007 a 2009. Projeto gráfico produzido pelo Estúdio Quimera.

separatriz

diagramação do miolo O princípio da subsidiariedade e a dignidade da pessoa:

T h a i s N ov a e s C av a l c a nt i

I nt ro dução

NABSTRACTRESUMORESUMENABSTRACR resumo

abstract

resumen

O princípio da subsidiariedade fundamenta-se na dignidade da pessoa, entendida como sujeito de direitos, livre e capaz. Este princípio, fundamental para o processo de integração da comunidade européia, tornouse um instituto do direito comunitário, além de representar a base dos modelos de gestão de políticas públicas pós-modernas. O federalismo e a descentralização trazem um aspecto do princípio da subsidiariedade, complementado pelas relações entre Estado e sociedade civil. O artigo analisa aspectos da estrutura do Estado Brasileiro e da legislação infraconstitucional. Palavras-chave: Direito Constitucional, Princípio da subsidiariedade, Federalismo, Políticas Públicas, Estado do bem-estar. The principle of subsidiarity is based on the human dignity, known as free and capable person. This principle was fundamental to the process of creation of the European Community, besides is the main point for tha models of post modern public political management. Federalism and decentralization contain this principle, which is also represented by the relationship between the State and the society. This article presents some aspects from the Brazilian State´s structure and law. Key words: Constitutional law, Principle of subsidiarity, Federalism, Public politics, Welfare state. El principio de subsidiariedad se fundamenta en la dignidad de la persona, entendida como sujeto de derecho, libre y capaz. Este principio, fundamental para el proceso de integración de la Comunidad Europea, se ha vuelto un instituto de derecho comunitario, además de representar la base para modelos de gestión de políticas publicas post-modernos. El federalismo y la descentralización traen un aspecto del principio de subsidiariedad, que es complementado por las relaciones entre Estado y Sociedad Civil. Este artículo presenta los aspectos de la estructura del Estado brasilero y de la legislación infra-constitucional. Palabras-clave: Derecho Costitucional, Principio de subsidiariedad, Federalismo, Políticas publicas, Estado del bien estar.

“Cortaram nossos braços e nossas pernas e nos deixaram livres para caminhar”, esta frase, do famoso escritor francês Antoine de SaintExupéry, ilustra o ponto central deste artigo: a análise da atuação do Estado em relação aos indivíduos, verificando como as políticas públicas que estabelece são um reflexo da concepção sobre o homem e sobre a participação da sociedade civil no desenvolvimento. O princípio da subsidiariedade como princípio de atuação para o Estado passa pelo reconhecimento da dignidade da pessoa e pelo reconhecimento jurídico de políticas que possibilitem a valorização da sociedade civil. Estas são as bases para um novo federalismo. A Constituição federal brasileira de 1988 reconhece o princípio da dignidade humana em diversos artigos do seu texto e permite ao intérprete da lei a vasta ampliação deste conceito, tanto no aspecto dos direitos individuais e coletivos como nas relações entre Estado e sociedade e nas relações econômicas direcionadas ao desenvolvimento da nação. A República brasileira tem como objetivos a construção de uma sociedade livre, justa e solidária e a garantia do desenvolvimento nacional, considerados também como princípios fundamentais do Estado brasileiro, assim como a dignidade da pessoa. Podemos entender que o “dever ser” do Estado brasileiro é o crescimento econômico e social, mas valorizando a pessoa e sua livre iniciativa e, por que não dizer, considerando a pessoa o principal sujeito do desenvolvimento. Afinal, pode um Estado valorizar a dignidade da pessoa sem contribuir para o seu crescimento? Sem valorizar sua participação, sua contribuição para a comunidade que está mais próxima a ela? Neste sentido, ressurge, no cenário jurídico, o princípio da subsidiariedade, que constitui a base para um novo federalismo, uma nova possibilidade para o welfare, partindo da colaboração entre a sociedade (Welfare society) e o Estado, a realização do chamando Welfare mix, já estudado por diversos autores (cf. vittadini, 2002). O princípio da subsidiariedade foi consagrado pelos modernos – digamos, pós-modernos – ordenamentos jurídicos de diversos países do mundo, que verificaram, na experiência de sua governança, a eficácia de incentivar a sociedade civil, seja a iniciativa privada, seja a livre associação dos indivíduos em busca comum ao desenvolvimento do país. A subsidiariedade na esfera política implica um Estado descentralizado e a realização de políticas públicas que visem ao fortalecimento da sociedade civil como riqueza humana – capital humano (cf. vittadini, 2004) – para o desenvolvimento das comunidades e do Estado. É notável a observação de Alexis de Tocqueville, autor de diversas obras importantes como “Democracia na América”, ao esclarecer que não basta o reconhecimento de direitos para que um Estado manifes-

177


capas

miolo - matéria de 1° nível

miolo - matéria de 1° nível

capa

G R AT U I T O

funceb

miolo - matéria de 2° nível e notas

– fundação cultural do estado da bahia

outubro 2008

dez dias de

cidade e cultura

agenda cultural bahia Diagramação da Agenda Cultural bahia para a Fundação Cultural do Estado da Bahia 2008/2009. Projeto gráfico produzido pelo Estúdio Quimera.


Sumário

2007 Álvaro Veiga

Antonio Amaral Augus

32 34

Canarana

Danilo de Idéia Edinísio Ribeiro Everton Santos Gabriel Ferreira Genê

44

Jovan Mattos Nen

Em sintonia com a contemporâneidade Aprimoramento e inclusão

13

Obras expostas, olhares propostos Depoimentos da Comissão

20

15

11

48

2008

9

78 80 82 84 Eduardo Góes 86 Erivan Morais 88 Evandro Sybine 90 Fábio Gatti 92 Henrique Dantas 94 Ana Fraga

Ana Verana

sumário

26 28 30

Adilson Borges

8

Daiane Oliveira

36 38 40 42

46

50 52 54 Viviane Viriato 56 Vladimir Oliveira 58 William A 60 Willyams Martins 62 Zé da Rocha 64 Gaio Matos 66 Priscila Lolata 70

Edson Machado

96 98 100 102 104 106 Rafael Pita 108 Sarah Hallelujah 110 Purki 112 Vinícius S. A. 114 Zé de Rocha 116 Iraildes Mascarenhas

Rener Rama

Josilton Tonm

Sarah Hallelujah

Lithosilva

Telma Lima

Marcialmeida

Márcio Fagundes Péricles Mendes

Artistas participantes 2007 Artistas participantes 2008 Créditos Apoiadores

122 126

catalogo saloes regionais

Salões Regionais de Artes Visuais 2007 . 2008

Catálogo de Artes Visuais produzido para a Fundação Cultural do Estado da Bahia. 2009

118 120


Impressos


Dez dias de seminários, mostras, workshops, exposições e intervenções urbanas realizados em diferentes locais da cidade de Salvador.

de cidade e cultura

Casa da Photografia - Alunos da Oficina em Vila América / Salvador (2004)

22 a 31 de outubro de 2008

convite

Realização:

22.10 | 19h

Abertura: Conferência “Cidade e Cultura”, com Nelson Brissac (SP) | MAM

27 a 31.10

Seminário CorpoCidade: Debates em estética urbana 1 | Escola de Dança e FAU/ UFBA

23 a 30.10

1ª Mostra Audiovisual do Urbano – A cidade e suas paisagens intraordinárias | Sala Walter da Silveira

Apoio:

25.10

Workshops Corpo, Cultura e Cidade | Centro Cultural Plataforma e Cine-Teatro Solar Boa Vista

30 e 31.10

Oficina de Fotografia Câmera Lata | Solar Ferrão, Pelourinho

25.10 a 02.11

Intervenções urbanas | Diversos locais em Salvador

01.10 a 14.11

Exposição itinerante “Minha Cidade” | Busdoors e Galeria do ICEIA, Barbalho

Casa da Photografia - Alunos da Oficina Vila América (2004)

de cidade e cultura

22 a 31 de outubro de 2008

“exposição minha cidade” www.funceb.ba.gov.br/dezdias Realização:

Apoio:

Casa da Photografia - Alunos da Oficina em Capela do Alto Alegre (2007)

de cidade e cultura

10 dias de cidade e cultura

convite

Conjunto de peças gráficas produzidas para o evento. Cartaz, busdoor, convites, panfleto com programação e banners para os espaços. Os busdoors não são apenas divulgação do evento, são uma exposisão de fotografias. 2008


cartaz

O Cinema perto de você. Se ligue na programação! Marvada Carne

Garoto Cósmico

Macunaima

Historietas Assombradas ...

informações:

Realização:

www.funceb.ba.gov.br | 71 3103-4031

panfletos

folder - programação completa aberta

circuito popular de cinema Conjunto de peças gráficas produzidas para o evento Circuito Popular de Cinema e Vídeo. 2008

capa - programação completa dobrada


tem teatro no pelô Folder criado para divulgação do projeto "Tem Teatro no Pelô", com apresentações de grupos teatrais no pelourinho. 2008

cartaz

adesivos

cultive novas ações Conjunto de peças gráficas criadas para campanha interna da Fundação Cultural do Estado da Bahia para conteção de gastos e preservação. 2009


livreto

17

10

m .0 pb 7 – m ul he

r .0 r vi eta 7 po va lh pu o os 24 po p la r vo op em .0 u br 7 au bu br l a as to xo as re il il s da u 31 ei e c ra ir 16 ga as ba .0 o h -2 o m 7 rr -2 -p u 0h e la - 1 el 0h ça -x 6 a . -x m 20 h -2 is is un to h - pç 0h t i o ci xi a. -x p st m a is l o un to ic ip al

cartaz

o

ç pa Es o st Xi ua -R l Ga

ut at ab .

ris

r Ba 7, ,2

Realização

.L

www.funceb.ba.gov.br

Secretaria de Cultura Retalhos Populares

quintas do teatro

Conjunto de peças gráficas produzidas para o evento Quintaas do Teatro. O evento durou dois meses, e o livretos de programação foram feitos como uma peça unica, reduzindo os custos em material. 2008

2. 1.

3.

convites de formatura Convites de formatura criados durante estágio na Layout Convites. 1. Administaçãon, FANESE. Tema: Mágica. 2. Biomedicina, Faculdade Tiradentes. Tema: Biomédico, o artista da vida. 3. Pedagogia, UFBA. Tema: Diagramado com poema selecionado pelos alunos. 2007 e 2008


banner

Realização:

postal frente

postal verso

circuito do samba Conjunto de peças gráficas produzidas para o evento Circuito do Samba, vinculadas na capital e interior da Bahia. 2008


Ilustração


iemanjá Ilustração produzida para a exposição, "Baiano tem arte ", realizada pelos alunos da UFBA. Técnica de pintura digital. 2006

pequenos lps Série de 4 peças produzidas para exposisão em comemoração ao ani­ versário da Casa da Música. Salvador/BA. 2009


era uma vez Ilustração conceitual para enredo de estória infantil. Aquarela + canetas em gel. 2009

wonka Ilustração vetorial, inspirada no novo filme da "Fantástica Fábrica de chocolates", trabalho Pessoal. 2006

até o sol se por Ilustração em conjunto com técnica de pintura digital. Linhas de Pedro Dourado e Cores de Cristiane Viana. 2006


elfa vampira genesis Ilustração em pintura digital, para capa de fanzine, trabalho pessoal. Photoshop CS3 + Tablet. 2006

comidinhas japonesas Coleção de ilustrações criadas para desenvolvimento de produtos para a Atomink. 2009


SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 23/9/2008

EDITORA-COORDENADORA Simone Ribeiro EDITORA Carla Bittencourt dez@grupoatarde.com.br

dez!

caderno blogdodez.atarde.com.br

na real

Divisão entre governo e oposição gera conflitos violentos na Bolívia |8-9|

mapa da mina

Marcelo Camelo faz primeiro show do projeto solo em Salvador neste domingo | 12 |

ARTE: CRISTIANE LISBOA VIANA | FOTO: WELTON ARAÚJO | AG. A TARDE

mprir, g as a cu s, met elemarketin ão a t p u r t t r ininte perador de pessoas es il ações os, lig rotina do o rasil, 800 m nos | 6-7 | s o v r e 5a oB s. A es n Client s acelerado isposição. N entre 18 e 2 relógio aciência e d a; 45% têm p e exige gadas na ár empre

Pelo telefone 6

|

CADERNO DEZ!

|

Do outro lado CAPA ❚ Rotina

no call center exige disciplina e paciência

RODRIGO SOMBRA rsombra@grupoatarde.com.br

No interior do ínfimo cubículo de madeira onde Gabriel Rocha, 20, se acomoda diariamente para trabalhar, o pisca-pisca de um E.T. sorridente é o elemento mais lúdico. Iluminando o canto esquerdo do monitor, o marciano acompanha um informativo sobre as denúncias de uma garota que foi à rádio protestar contra o atendimento por telefone do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador [SETPS]. Gabriel atende telefonemas de estudantes e agenda as datas de feitura do Salvador Card. Ele trabalha na Ativa Call Center, empresa de telemarketing prestadora de serviço ao SETPS. São 15h41 de uma quinta-feira e a primeira ligação do dia termina sem que cinco segundos a separe da próxima. “Tem vezes que é difícil beber um gole d’agua”, suspira, “o fluxo é muito grande". O enxame ininterrupto de ligações alcança os ouvidos de aproximadamente 800 mil operadores em todo o País, dados da Associação Brasileira de Teleserviços[ABT]. Apesar de ser o maior empregador na área de serviços no Brasil, as centrais de telesserviços são vilãs para muitos do outro lado da linha. Musiquinha de elevador, jogo de empurra e a demora insuportável para resolver pedidos triviais como cancelar a conta de celular ou saber o porquê do sinal da internet ter sumido certamente já fez o leitor descabelar-se ao telefone. Mas o fardo tem dois lados. “Antes de trabalhar no call center, quando não conseguia resolver os problemas, eu descontava tudo nos operadores. Hoje sei o quanto a gente sofre”,

SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 23/9/2008

45%

dos operadores de call center têm entre 18 a 25 anos

da linha ? pelo tamborilar de dedos sobre bancadas de madeiras na sala ao lado. “Tá ouvindo? É venda!”, exulta a vitória dos colegas.

Quando começaram os serviços por telefone? Na Berlim de 1880. Um pasteleiro pegou carona na invenção do telefone e resolveu ligar oferecendo seus pastéis cadastrando clientes.

pondera Gabriel. Com a terceirização dos atendimentos por telefone, as empresas tornaram-se “inimigas invisíveis” – são os tímpanos dos operadores de telemarketing [muitas vezes plantados a quilômetros de distância de seus “patrões“] o alvo de nossa ira. Gutemberg da Silva, 25, funcionário da empresa Atento, já se acostumou a clientes paulistas associarem ironicamente o sotaque baiano à lentidão. A despeito do preconceito, ele ”dá toda a atenção, mas sem envolvimento emocional. Entra por um ouvido e sai pelo outro“. Discriminação regional é fichinha perto dos perrengues vividos por Marcelo Moreira, 22, funcionário da Ativa Call Center. Ele chegou a ser ameaçado por sua persistência incorrigível nas vendas. Nada, claro, que abale o tino para os negócios: ”Gosto de exercitar meu poder de argumentação com televendas. Até quem está desempregado compra na minha mão", gaba-se, enquanto somos interrompidos

AUTOMÁTICO – Ouvidos atentos às ligações da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia [AGERBA], Ivana Coutinho, 18, espera longos minutos até a primeira chamada da tarde. Quando o telefone da CMT Call Center toca, ela não leva muitos segundos até desligar. O trote vem como jingle natalino. Entre zombarias e chamadas sérias, os operadores da CMT às vezes têm de se virar até como terapeutas. ”Tem gente carente que inventa reclamação só para conversar“. Para Ivana, este emprego serve principalmente a quem busca uma primeira experiência profissional ou tem de pagar a faculdade. ”Assim que você atinge o objetivo, sai. A rotatividade é alta". O saldo da experiência tem sido aprender a lidar com clientes impacientes e até algumas cantadas. “Eu tentava oferecer um plano odontológico e eles querendo marcar encontro”. Pouco depois de Ivana contar que um dos lemas da empresa é “mostrar o sorriso na voz”, braços se agitam nas cabines laterais e Ana Márcia, 42, golpeia o ar num soco triunfal – ela acabara de “puxar o gancho” em menos de um segundo pela quarta vez no dia. O atendimento automático é uma das metas de excelência no serviço dos call centers, explica a supervisora. “Ana é nossa recordista”, acrescenta uma colega. Escolando funcionários em aveludar as vozes e acelerar a puxada do gancho, os call centers pretendem empregar mais 75 mil pessoas até o fim do ano.

75%

dos postos são ocupados por mulheres

Mercado

Os negócios envolvendo os call centers movimentaram 60 bilhões de euros em 2003, empregando cerca de 1,5 milhão de europeus e 5 milhões de pessoas nos Estados Unidos.

Saúde

Divulgado em março de 2005, um relatório do Ministério do Emprego e do Trabalho apontou que as empresas de telemarketing não têm implementado condições adequadas de trabalho. Transtornos mentais, LER/DORT e disfonias ocupacionais são os danos mais recorrentes sofridos pelos operadores.

CRISTIANE LISBOA VIANA | FOTO WELTON ARAÚJO | AG. A TARDE

|

SALVADOR, TERÇA-FEIRA, 23/9/2008

3,45mil pessoas trabalham na sede da Atento, em Salvador

R$

CADERNO DEZ!

700

é o valor do salário médio dos operadores

7

| Fonte Associação Brasileira de Telesserviços

5 bilhões

de reais faturou o setor de telemarketing no Brasil em 2007

LÚCIO TÁVORA | AG. A TARDE

Gerundismo virou marca registrada dos operadores Atire a primeira pedra quem não perdeu a paciência ao ouvir o bordão “vou estar transferindo sua ligação” na voz de algum operador de call center. Repetido à náusea nas centrais de telesserviços, o uso sistemático dos verbos no gerúndio espalhou-se a ponto de o governador do Distrito Federal [DF], José Roberto Arruda [DEM], ter decretado a esdrúxula proibição do uso desse tempo verbal em órgãos do governo do DF no ano passado. O gerúndio expressa uma ação em curso [“estou dirigindo”] ou a idéia de progressão indefinida ["a vida vai passando“]. Quando falamos em gerundismo, trata-se da tentativa de exprimir ações de execução imediata no tempo futuro com emprego do verbo auxiliar [normalmente estar] + gerúndio, algo como “vou estar enviando”. Embora não haja consenso sobre sua origem ou correção gramatical, o gerundismo é comumente tido como um vício de linguagem para a gramática

normativa, explica o bacharel em letras Rafael Serafim. PRECONCEITO – Rafael publicou este ano uma monografia sobre gerundismo nas centrais de telemarketing e tem cancha de sobra para falar do assunto. Operador de call center há 4 anos, ele associa as críticas ao gerundismo ao preconceito contra os tele-atendentes. De acordo com Rafael, quadros como o Família Telemarketing [Casseta e Planeta] e Viviane Viva Voz [Zorra Total], ambos da Rede Globo, reforçam mais ainda o estigma social sofrido por quem trabalha nos call centers. ”Por serem mal-remunerados e cumprirem a função ’chata’ de ligar para a casa das pessoas, os operadores de telemarketing servem de bode expiatório para o uso do gerundismo. Na realidade, essa variação lingüística é falada e escrita por pessoas de regiões, faixa etária e níveis de educação diferentes, logo, tende a permanecer“, aposta.

“ É uma experiência legal para aprender a encarar desafios e cumprir metas” Ivana Coutinho, 18 ARQUIVO PESSOAL

”Eu atendia o telefone de casa como um robô : ‘alô Salvador Card’“ Gabriel Rocha, 20 FERNANDO AMORIM | AG. A TARDE

NOVAS REGRAS PARA CALL CENTER A partir de dezembro, as regras para o atendimento via telefone vão endurecer. Um decreto assinado pelo presidente Lula há um mês estabelece as novas normas, mas nada diz sobre o trabalho nos call centers. A labuta nos headsets continua na mesma.

{ MUDANÇAS} O cancelamento de serviços pedidos terá de ser imediato. A ligação só poderá ser transferida uma vez para outro atendente. Para serviços ininterruptos como telefone celular, os call centers terão de ficar disponíveis 24 horas. É vedada a veiculação de mensagens publicitárias durante o tempo de espera do atendimento.

“Trabalhar aqui não foi uma escolha, mas é como me mantenho na faculdade” Gutemberg da Silva ,25

pelo telefone Freelancer para o Jornal A Tarde, para matéria sobre call center. Modelagem em Bisquit. 2008


com a cabeรงa nas nuvens, no mundo da lua Trabalho pessoal. Aquarela e canetas em gel. 2008


I want to fly, like a cherry buterfly Trabalho desenvolvido para o grupo de ilustradores infantis no site Deviantart . Nankim, aquarela. 2009

cris

asvison

pieces

Trabalhos de vetorização no Ilustrator, utilizando modelo fotogråfico do site Deviantart. 2006 cris


yaki Mascote criada em conjunto com Evelling Castro para o restaurante de comida japonesa e oriental -Yaki. Ilustrator. 2007

ani-chan Mascote criada em conjunto com Evelling Castro para o evento Anipolitan, Ilustrator + Photoshop Criada em 2005, ilustração de 2006

di mari vai até você Ilustração produzida para panfleto sobre serviço prestado pela empresa Di Mari, onde a pizzaria é montada no local da festa. 2006


pequenos classicos Coleção de reileitura de cartazes de filmes, com traço infantil, para exposições e criação de peças graficas para a Atomink. Linhas feitas no Ilustrator + Wacom e pintura no photoshop. 2009


pĂĄgina diagramada

santinhos Santinhos produzidos e fotografados para ilustrar a matĂŠria de capa da Agenda Cultural Bahia do mĂŞs de junho. 2008


felicidade Ilustração produzida com manipulação fotografica no Photoshop CS3, como proposta para imagem de cartão de aniversário. 2008

cupcake Ilustração criada para desenvolvi­ mento de produtos na loja da Atomink. 2009


o céu não esta longe Fotografando animais domésticos. Trabalho pessoal. 2007

produtos atomink Fotografias produzidas para exibição de produtos na loja virtual da Atomink. 2009


momento dogs Fotografando animais domésticos. Trabalho pessoal. 2007

fonte

condomínio das fadas

Ensaio fotográfico no Jardim Botânico - Rio de Janeiro. Trabalho pessoal. 2009


pequena natureza Ensaio fotográfico no Jardim Botânico - Rio de Janeiro. Trabalho pessoal. 2009

iridêscencia Fotografando detalhes e cores. Trabalho pessoal. 2007

luz Fotografando luzes com alta exposição. Trabalho pessoal. 2007

ilheus Ensaio fotográfico em Ilheus - Bahia. Trabalho pessoal. 2008


Curriculum Vitae


cristiane lisboa viana Endereço: Rua Renato Medrado, n- 25, apt: 704, Politeama. Cep: 40080-136, Salvador - BA. Idade: 24 anos | Estado Civil: Solteira | RG: 11553766 09 Telefone: 71 . 3329-1804 | 8726-7616 | E-mail: crislv@gmail.com Formação: 1987- 2002 - Colégio Nossa Senhora das Mercês. 1991 - 1999 - EBEC : Escola Baiana de Expansão Cultural. Curso de língua inglesa 2004 - 2008 - Faculdades Jorge Amado. Bacharelado com Láurea em Design Gráfico. 2007 - 2008 - A.I.S Computação Grafica. Módulos de Illustrator, Phothoshop, Indesign, Fireworks, Dreamweaver e Flash. Informática: Photoshop - Avançado. Illustrator - Avançado. Indesign - Avançado. Corel Draw - Intermediário. Dreamweaver - Intermediário.

Corel Painter - Intermediário. QuarkXpress - Intermediário. Intellicad - Básico. 3D Max - Básico. Flash - Básico

Office: PowerPoint - Avançado Word - Avançado

Excel - Básico Front Page - Intermediário

Idiomas: Inglês – Avançado Espanhol - Básico Outros Cursos, Palestras e Workshops: 2004 - Workshop de Fotografia – “Dias Malditos”, duração: três dias. 2004 - I fórum Soteropolitano de Design. 2004 - Iseminar. 2005 - Expocone: Participação no “Varal”. Officina de Design Gráfico. 2005 - 10º Encontro de Web Design. 2005 - Megafónicas. 2005 - III Semana de Design nas FJA. 2006 - 16º Encontro Nacional de Estudantes de Design. Brasilia. 2006 - I Seminário Bahiano de Design Socialmente Responsavel. 2008 - IV Forum Soteropolitano de Estudantil de Design. Experiência Profissional: Trabalho como freelancer na área de Design e ilustração desde 2004. Estágio em Design no Atélier de Comunicação e Cultura das Faculdades Jorge Amado (Nov/2006 - Nov/2007) . Estágio na WorkOut - Comunicação e Marketing. (Fev - Abr 2007). Estágio na Layout Convites - Programação Visual. (jul/2007 - mar/2008). Participação no Núcleo de Design Gráfico das Faculdades Jorge Amado (2007). Freelancer como Diagramadora do Jornal A Tarde (novembro 2008) Designer da Fundação Cultural do Estado da Bahia (mar/2008 - dez/2009 ). Informações Adicionais: Trabalho com pintura digital utilizando programas como Photoshop, Ilustrator e Corel painter, tenho experiência com mesa digitalizadora. Tenho experiência com fechamento de arquivos para impressão em gráfica rápida e offset.


Cristiane Lisboa Viana Tel.: 71 . 87267616 • e-mail: crislv@gmail.com www.crisviana.com.br

Portfólio  

Portfólio da Designer Cristiane Viana

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you