Page 1

Publicação da Instituição Amélia Rodrigues - Ano 10 - nr 33 - Agosto 2012 - Santo André - SP

Semana Recreativa As crianças e adolescentes da nossa Instituição participaram em julho da Semana Recreativa com 15 dias de atividades e gincanas. Eles arrecadaram alimentos que serão doados para Creche Jardim SantoAndré. No encerramento da Semana tivemos a visita

Projeto Alimentação As crianças do Pré I e Pré II participam do Projeto Alimentação que tem como objetivo promover uma alimentação saudável. A maioria das crianças tem dificuldades para comer, sobretudo, legumes e verduras. Com o projeto mostramos que é possível motivar a alimentação utilizando estratégias como o exercício de culinária. As crianças apreciam a ideia de pôr a mão na massa no desenvolvimento de receitas. As atividades são desenvolvidas na Instituição e no lar das crianças. Em casa, a família escolhe uma receita, prepara com seus filhos e registra os momentos no caderno “Mestre Cuca”. Os pais aproveitam e desenvolvem habilidades com os filhos tais quais: comprar ingredientes, diferenciar produtos, selecionar e contar itens.

do personagem Ronald MC Donald que falou sobre as Olimpíadas e a Gráfica Campestre doou lanches da rede de Fast-food aos nossos beneficiários. Fotos: Ana Carolina Fernandes Ferrone


XXII Bienal Internacional do Livro

Bazar com doação da MARISA

De 9 a 19 de agosto vigente tivemos em São Paulo, no Anhembi, a 22ª Bienal Internacional do Livro. Seu lema é: Porque livros transformam o mundo. Nós, da Amélia Rodrigues, estamos afinados com essa ideia iluminativa de que livros transformam vidas de fato. Alguém já disse com muita propriedade que livros são sementes que fazem o povo pensar. Que o mundo deve ser governado com livros e não com fuzis. O bom livro direciona as mentes infanto-juvenis ao caminho da paz e do progresso. Pais e educadores têm nos livros uma ferramenta preciosa que motiva as novas gerações a descobrirem o universo da cultura e da sabedoria. Há muito que se diz que o homem que lê vale mais. Isto porque o homem bem informado e bem formado numa literatura sadia enriquece seu cabedal e cresce em competência e discernimento. Torna-se um cidadão mais útil à sociedade passando aos descendentes um cabedal que o tempo não destrói. Recorde-se que a Bienal do Livro não é uma grande feira comercial, mas encontro cultural de livreiros, autores, leitores e editoras. É um grande antídoto ao vício, ao crime e à violência em geral, contraponto à corrupção dos caracteres humanos. Livro é vida, é luz, é progresso, é, sobretudo, construção da paz. A Bienal é um grande balcão, é uma excelente vitrine para a mostragem da grande produção de obras de todos os gêneros literários. Ela aproxima livreiros e editoras, autores e público, promovendo a circulação do livro. É um grande acontecimento sociocultural. Nossa entidade-mãe, o Centro Espírita Dr. Bezerra de Menezes, através da EBM - Editora Bezerra de Menezes e da Leal - que edita os livros de Divaldo Franco esteve presente no estande da ADELER, associação que reúne as editoras espíritas. O grande alvo é o público, que afinal é o consumidor. Sempre que possível, presenteie com livros.

Anossa Instituição realizou bazares beneficentes em maio e em julho com as doações de roupas, acessórios e lingeries da Loja Marisa do Grand Plaza Shopping, de Santo André. As peças foram vendidas às comunidades localizadas no entorno da Instituição. Toda renda arrecadada foi revertida para manutenção das atividades desenvolvidas pela Amélia Rodrigues. Aproveitamos para agradecer a essa parceria.

Doação do São Paulo Futebol Clube O São Paulo Futebol Clube (SPFC) doou em junho arroz e feijão para nossa Instituição. Essa não é a primeira vez que recebemos doações do clube. Registramos nossa gratidão e respeito.

Marcello Borgerth Produções faz doações diversas A Marcello Borgerth Produções e Eventos, empresa que faz parte do Projeto Investidor Social doou em junho unidades de bolos bebezinho, macarrão instantâneo e latas de leite em pó. A empresa promove shows e oferece descontos para quem doa alimentos não perecíveis na compra dos convites.

Miguel Sardano: Vice-Presidente

Colégio Tempo Melhor / Jardim Campestre O Colégio Tempo Melhor (Educação Infantil) / Jardim Campestre (Ensino Fundamental) doou em junho leite em pó para nossas crianças e adolescentes.

Uma Publicação da: Instituição Assistencial e Educacional Amélia Rodrigues Presidente: Terezinha Sardano 1º Vice-presidente: Miguel Sardano - 2ª Vice-presidente: Baldir Padilha Rua Silveiras, 17 – Vila Guiomar - Santo André SP - CEP: 09071-100 - Tel. (11) 3186.9788 www.ameliarodrigues.org.br Jornalista Responsável: Keila Andrade Passos – Mtb: 36691 imprensa@ameliarodrigues.org.br Revisão: Miguel Sardano, Terezinha Sardano e Rosemarie Giudilli Cordioli. Equipe Técnica Adriana Padilha Protti e Andréa dos Santos Projeto Gráfico e Diagramação: Beller Design Gráfico – (11) 4438.8834

2

Impressão: Lis Gráfica e Editora - Tel. (11) 3382.0777 - Tiragem 5.000 Copyright Instituição Assistencial e Educacional Amélia Rodrigues. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo deste informativo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da entidade.

Instituto de Educação e Cultura Unidade Jardim O Instituto de Educação e Cultura Unidade Jardim de Santo André doou em junho leite e alimentos para nossa Instituição, por meio da Gincana Dia Solidário.


Projeto do Ano

O Projeto de Literatu ra A transformação não é uma questão de escolha, mas de sobrevivência. Faça a sua parte!, iniciado em fevereiro deste ano, cumpriu a sua primeira etapa de realização. Durante cinco meses as educadoras trabalharam com o conto maravilhoso A PEQUENA VENDEDORA DE FÓSFOROS, de Hans C. Andersen desde os bebês até a faixa etária de 14 anos. O texto foi explorado abordando-se as suas peculiaridades no que se refere aos conteúdos lexicais, gramaticais e estruturais. A partir desse estudo foi realizado o trabalho interdisciplinar que consiste na ampliação do tema, inicialmente, apurado no conto, e adotado como ponto basilar para a exploração de outras esferas do conhecimento. As educadoras que, preliminarmente, ao apresentar o conto já apuravam o “efeito” que o texto produzia em cada criança, associado às características de cada turma (postura, maturidade, interesse, necessidades) puderam desenvolver o estudo de forma natural, espontânea, um aspecto que favorece o trabalho do educador que ao invés de ir de encontro aos anseios do aluno, vai ao encontro de seus sonhos mais secretos e que somente a literatura possibilita desvendar... Na Educação Infantil, os resultados foram além das expectativas. Os pequenos interagiram de forma plena com a proposta das educadoras que recorreram à linguagem do teatro, da música, da mímica, somente para citar algumas ferramentas de trabalho, e obtiveram resultados excelentes. Com as turmas do Serviço de Convivência o

trabalho esteve pautado pelas rodas de conversa, pelas discussões e diálogos que muito contribuíram para a melhoria do relacionamento entre todos. Em relação às personagens do conto, a sequência de aulas permitiu um contraponto com demais personagens de outras obras, o que culminou na abordagem da História em Quadrinhos – os super-heróis que chegaram à linguagem cinematográfica. No fechamento do trabalho, de acordo com cada faixa etária, procedeu-se às várias questões: Se você pudesse fazer algo em favor da pequena vendedora de fósforos, o que você faria? Se você fosse a pequena vendedora de fósforos, como agiria? Ou se a personagem não tivesse morrido de frio, que profissão ela teria seguido quando adulta? Em síntese, foi um trabalho bastante produtivo, pois todos estiveram envolvidos e comprometidos com a proposta. Fique de olho! No segundo semestre tem mais!

Erik participa do projeto e fez uma redação sobre o seu sonho

3


02

01

04

03

05 06

12


07

09

08

10

11

Dia a Dia Amélia Rodrigues

Acompanhe o que aconteceu no segundo trimestre de 2012 01. Nível II - Parque; 02. Nível III – Artes Plásticas 03. CETIP - Dinâmicas de Grupo; 04. Nível I - Berçário Aula de Música; 05. Nível III – Projeto Transformação; 06. Nível III - Oficina Casinha de Boneca: 07. Serviço de Convivência - Oficina de texto; 08. Serviço de Convivência - Informática; 09. Nível II e III - Momento de História; 10. Pré II - Letramento; 11. Serviço de Convivência - Programa Amigos do Zippy; 12. Serviço de Convivência - Filosofia e Ecologia


Ac onteceu

Espetáculo de dan ça

Nossas crianças e adolescentes fizeram uma apresentação de dança no dia 10 de julho no 9º

Projeto Gestante Encontro de Formação dos Funcionários da Alimentação Escolar no CRAISA, órgão da Prefeitura Municipal de SantoAndré.

Feira da solidariedade

AInstituição participou no dia 11 de maio da Feira da Solidariedade, na Praça do Carmo. A feira é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Santo André, por meio do Fundo Social de Solidariedade, em parceria com a Federação das Entidades Assistenciais de Santo André – FEASA. O público foi atraído à nossa barraca pela variedade de produtos artesanais, diferenciados e de qualidade.

chinelos, roupas de cama, mesa e banho, bijuterias, caixas de madeira e enfeites confeccionados com os retalhos que são doados por lojas de confecções de roupas e estofados.

O que expusemos A nossa oficina de costura e artesanato trabalha durante todo o ano na produção dos artigos que são vendidos nas feiras e bazares da Instituição. Entre os produtos temos: panos de prato, pijamas,

Crian ças e adolescentes Formação profissional vão ao teatro

Nossas crianças e adolescentes ganharam ingressos da METRA Sistema Metropolitano de Transportes, empresa participante do Projeto Investidor Social, para assistir à peça “A Saga da Bruxa Morgana” no último dia 27 de maio. Agradecemos à METRA que também cedeu três ônibus, através de um de seus parceiros, para o transporte das crianças ao teatro.

6

Funcionários da nossa Instituição participaram da 16ª Semana de Formação Profissional organizada pela FEASA nas instalações da FAINC (Faculdades Integradas Coração de Jesus). A nossa funcionária Givanilda Sena da Silva Alves foi convidada para colaborar na oficina “A reciclagem como ferramenta de transformação” e ensinou técnicas de fuxico, aplicadas em acessórios como colares e tiaras, e pintura em garrafa.

O Projeto Gestante já iniciou as oficinas com as gestantes inscritas para o segundo semestre do ano. As atividades prosseguem até dezembro. Em julho, tivemos a formatura da primeira turma do Projeto, que faz parte das atividades desenvolvidas pela Instituição direcionadas à comunidade. O curso aborda os principais cuidados com a gestante e o bebê. Na cerimônia de encerramento do primeiro semestre, Miguel Sardano, vice-presidente da Instituição, fez uma oração com as mães e aproveitou para falar sobre a responsabilidade da educação dos seus filhos, estendeu os votos de um bom parto a todas e ofereceu os “ouvidos” da Instituição que estão sempre prontos para atendê-las para orientações. As mães participaram de um café da tarde e receberam kit´s com peças para o enxoval (confeccionadas pela Oficina de Costura e também por elas com o auxílio da voluntária Maria Auxiliadora Santos Oliveira, “Dorinha”, nas oficinas de artesanato).

Fotos do curso que foi uma das primeiras atividades desenvolvidas na instituição. No destaque Miguel entregando um kit enxoval a uma das mães inscritas no curso.


Ac onteceu

A nossa tradicional Festa Junina foi um sucesso com a apresentação de coreografias das nossas crianças e adolescentes e grande participação de pais e convidados. Tivemos apresentação de coreografias e barracas com brincadeiras e pratos típicos, como milho cozido, pipoca, canjica, doces,

bolos, cachorro-quente, lanches e refrigerantes. Um dos destaques deste ano foi o correio elegante que foi organizado pelos adolescentes do Serviço de Convivência. Eles produziram todo material do correio e o valor arrecadado na brincadeira repassaram para Instituição.

V isita ao Institu to Mauá de Tecnologia Comprometimento A turma do Serviço de Convivência foi ao Instituto Mauá de Tecnologia e participou de uma visita que englobou uma exposição de robótica com demonstrações e explicações sobre o projeto Kart, ocasião em que os adolescentes tiveram a oportunidade de apreciar os modelos de kart e, finalmente, visita ao estúdio de design, onde os alunos da faculdade desenvolvem os modelos de carros conceituais. Agradecemos à nossa voluntária professora Suzana Lebrão que promoveu essa visita.

Apresentação de dan ça no c olégio Stocc o

Tivemos uma apresentação de dança em junho com as nossas crianças no Colégio Stocco de SantoAndré.

Tel: (11) 2884-6500 / 4997-4499

Em maio aconteceu a Noite da Pizza com a animação musical da Banda DM. A festa tem como objetivo a confraternização e a arrecadação de recursos para colaborar com a manutenção dos projetos socioeducativos da Instituição. Agradecemos aos voluntários e parceiros que colaboraram para realização desse evento.

Tel: (11) 4392-2944 www.belgametal.com.br

Tel: (11) 4977-8720 www.protecin.com.br

A psicóloga Elaine Ramazzini esteve em julho na I n s t i t u i ç ã o e m i n i s t ro u o Se m i n á r i o “Comprometimento” aos nossos funcionários, na Semana de Formação, que aconteceu durante o recesso escolar. A psicóloga ressaltou, nesse encontro, as características que perfilam uma pessoa comprometida com o trabalho, tais como: companheirismo, cumplicidade, otimismo, maturidade, persistência, ousadia, engajamento, ética, entusiasmo, esperança, transparência, tolerância, ternura, iniciativa e propensão ao trabalho. No encerramento ocorreu uma dinâmica de grupo que culminou com a reflexão sobre a “Fábula da Convivência”, narrativa que na ocasião corroborou as lições acerca dos valores aprendidos no seminário.

Tel: (11) 4978-1531 www.chicaroni.com.br

Tel: (11) 4992-8989 www.ossel.com.br

7


Minha família é fã da Amélia Rodrigu es

A cozinheira Rosalia Lopes Rolim de Andrade, 33 anos, tem as filhas Maria Eduarda Lopes de Andrade, 2 anos, e Débora Lopes de Andrade, 9 anos, inseridas nos projetos socioeducativos da nossa Instituição. “Sou fã dessa Instituição por tudo que fez e faz pela minha família e pela nossa comunidade”, comenta. Rosalia é natural da Paraíba e chegou a São Paulo com 18 anos. Ela perdeu a mãe quando tinha 15 anos e morava com a avó. Quando completou 18 anos veio morar na casa de uma irmã em São Paulo. Corajosa e persistente foi em busca de um emprego. Segundo ela, recebeu diversas respostas negativas porque não tinha experiência comprovada em carteira profissional, mas batalhou. Trabalhou como doméstica alguns anos e hoje Rosália é cozinheira de uma faculdade.

buscou uma creche que pudesse deixar as filhas, mas que fossem atendidas em outros projetos quando crescessem. Conheceu a Instituição Amélia Rodrigues e traçou a meta de conquistar a vaga para as meninas. “Eu sabia da fila de espera por uma vaga na Amélia Rodrigues, mas era a minha preferência. Tinha boas referências. Esperei quatro anos por uma vaga para Débora, mas não desisti. Quando consegui, parece que eu tinha ganhado na loteria de tanta alegria. Foi uma grande conquista, porque agora podia trabalhar tranquila sabendo que ela ficaria sob as orientações da Família Amélia Rodrigues. Quando engravidei da Maria Eduarda fiz a inscrição e fiquei na torcida. Depois de alguns meses consegui uma vaga”, disse. A mãe diz que a Instituição é uma fábrica de realização de sonhos para ela e sua família. Ela comenta sobre os passeios proporcionados à filha Débora, 9 anos, os presentes que ela ganha, o carinho, os ensinos, a educação e a alimentação.

Segundo ela, o sentimento que tem todas as vezes que traz as filhas à Instituição é de que todos os envolvidos no trabalho da Instituição o fazem com muito zelo e dedicação.

Sonhos realizados Rosalia conta que assim que chegou a São Paulo namorou o conterrâneo João Martins de Andrade e se casaram. O casal trabalhou e realizou o primeiro sonho: adquiriu uma casa própria.Anos depois nasceram as meninas.

Colaborações Mensais a partir de R$ 20,00 Como os dois sempre trabalharam, Rosália

8

Coleta de Óleo de Fritura Usado Tel: (11) 3382-1188 www.giglio.com.br

“A maior alegria de uma mãe é ver o sorriso no rosto da filha e passo por isso todas as vezes que minhas filhas vêm para Instituição, seja para as atividades de rotina ou para os passeios. Lembro-me que a Débora foi para tantos lugares que eu jamais teria oportunidade de levar, como o Parque da Mônica, Pousada do Vale em Joanópolis, isso sem falar das festas internas que ela fica comentando por várias semanas. Cada dia ela chega com uma novidade das atividades desenvolvidas com as educadoras. Não tenho como agradecer tanto amor”, disse.

“Tem coisas que percebemos sem palavras. Todo mundo diz que a primeira impressão é a que fica e desde o primeiro dia que trouxe as meninas aqui recebi muito carinho. A Amélia me oferece seriedade e honestidade. Para mim é uma grande mãe. Cuida, alimenta e trata muito bem de todos. Os colaboradores da Instituição fazem a sua parte. A Instituição desenvolve os projetos com muito profissionalismo e o nosso papel é incentivar nossos filhos a trilhar o caminho do bem”, comenta a mãe.

Tel: (11) 3186-9756

Fique Por Dentro 33  

Fique Por Dentro é uma publicação da Instituição Assistencial e Educacional Amélia Rodrigues, entidade sem fins lucrativos que atende 214 cr...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you