Issuu on Google+

IMPRESSO Especial 9912286600-DR/PR Postar serv de Dobrar e envelp

CORREIOS

Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT

PARA USO DOS CORREIOS

E

Nova chapa toma posse para 2013

que venha 2013! O ano que se passou foi de grandes conquistas e começaremos 2013 com sangue novo na equipe. A chapa eleita em 2012 foi a chapa única

“Situação”, com 14 membros, que exercerão seus mandatos até o final de 2018, sendo dez conselheiros efetivos (sete novos e três reeleitos) e quatro suplentes.

No dia 24 de novembro, tomaram posse os novos conselheiros e houveram as eleições para a nova diretoria, com reeleição do presidente Prof. Antonio Eduardo Branco.

RECUSADO MUDOU-SE DESCONHECIDO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE NÚMERO INDICADO INFO. CEDIDA P/ PORTEIRO FALECIDO AUSENTE NÃO PROCURADO OUTROS REINTEGRADO AO SERVIÇO POSTAL EM _____/_____/_____ ____/____/____ RESPONSÁVEL

Boletim Informativo do Conselho Regional de Educação Física da 9a Região Estado do Paraná Nova Diretoria (2013 a 2015): Presidente: Antonio Eduardo Branco 1º Vice-Presidente: Emilio Cesar Macuco 2º Vice-Presidente Roberto Ferreira Niero 1º Tesoureiro: Carlos Alberto Afonso 2º Tesoureiro: Rafael Strugale 1ª Secretária: Andreia Marcia Horst 2º Secretário: Idalino Pietsch Novos Conselheiros, mandato de 2013 a 2018: Alberto Saturno Madureira (reeleito) Emilio Cesar Macuco Erivelton Fontana De Laat Jairo Cezar de Oliveira (reeleito) Joel Oliveira de Souza José Francisco Grezzana Mirley Lemos Corrado (reeleita) Moacir Avila de Matos Junior Oscar Luiz Benedito Filla Rony Tschoeke

Suplentes: Gustavo Chaves Brandao Leandra Aparecida de Carvalho de Rosis Marcelo Hagebock Guimaraes Paulo Cesar Franzini

n 22 o

Conselheiros antigos, mandato de 2010 a 2015: Agnaldo Luiz Baldo Andreia Marcia Horst Antonio Eduardo Branco Carlos Alberto Afonso Idalino Pietsch Jaime Sacco Mauro de Sá Teixeira Rafael Strugale Roberto Ferreira Niero Roberto Nagahama

Defendendo a Sociedade Valorizando a Profissão


Encontro de

Coordenadores de

Cursos de Educação Física do Estado do Paraná

Palavra do Presidente Novamente a Educação Física sofre ameaças, mas felizmente estamos atentos e conclamamos políticos, os profissionais e a população, além de contarmos com o apoio da Sociedade e da Imprensa escrita e falada. Cabe ressaltar o papel fundamental do Secretário da Educação Sr. Flávio Arns e do Secretário de Esporte do Estado Sr. Evandro Roman que tem sido sensíveis a nossa causa em não diminuir as aulas de Educação Física escolar, cerrando fileiras junto com o CREF9/PR. Que neste Natal possamos festejar com mais essa vitória de todos nós, do Sistema CONFEF/ CREF’s e que todos nos seus lares tenham paz e felicidade.

13 a 15/janeiro Foz do Iguaçu OBJETIVOS: Discutir sobre a Formação e Intervenção do Profissional de Educação Física na sociedade brasileira e sua inserção no mercado de trabalho; Orientar sobre as atuações respeitadas pela ética nos mais diversos nichos de trabalho e estágios; Discutir sobre Licenciatura e Bacharelado; Resignificância dos Currículos dos Cursos de Educação Física.

Feliz Natal! Feliz Ano Novo! São os votos do Presidente, Conselheiros e Funcionários do CREF9/PR Antonio Eduardo Branco CREF 000009-G/PR Presidente do CREF9/PR

Faça sua reserva em www.crefpr.org.br

Conselho Regional de Educação Física da 9ª Região - Estado do Paraná Rua Amintas de Barros, 581 - Centro - Curitiba - PR - Cep: 80060-205 Fones: 0800-643-2667 (exceto Curitiba e Região) • (41) 3363-8388 • Fax: (41)3362-4566 Site: www.crefpr.org.br • Email: crefpr@crefpr.org.br

Membros da Diretoria

Conselheiros

Presidente: Antonio Eduardo Branco

•  Agnaldo Luiz Baldo CREF 000549-G/PR • Alberto Saturno Madureira CREF •  Almir Adolfo Gruhn CREF 000001-G/PR • Andreia Marcia Horst CREF •  Antônio Eduardo Branco CREF 000009-G/PR • Carlos Alberto Afonso CREF •  Fernando Madureira da Silva CREF 003442-G/PR • Idalino Pietsch CREF •  Jacqueline da Silva Nunes Pereira CREF 011959-G/PR • Jaime Sacco CREF •  Jairo Cezar de Oliveira CREF 000307-G/PR • Julimar Luiz Pereira CREF •  Marcia R. Aversani Lourenço CREF 001093-G/PR • Mauro de Sá Teixeira CREF •  Mirley Lemos Corrado CREF 002136-G/PR • Paulo Ernesto Antonelli CREF •  Rafael Strugale CREF 004397-G/PR • Roberto Ferreira Niero CREF •  Roberto Nagahama CREF 000002-G/PR

1º Vice-Presidente: Mirley Lemos Corrado 2º Vice-Presidente: Roberto Ferreira Niero 1º Tesoureiro: Carlos Alberto Afonso 2º Tesoureiro: Rafael Strugale 1º Secretário: Idalino Pietsch 2º Secretário: Andreia Marcia Horst

Boletim Informativo CREF9/PR #22 - Dezembro/2012 • Projeto gráfico, edição de textos e imagens: Sanjay Satyanarayana

2

006460-G/PR 004922-G/PR 005254-G/PR 003742-G/PR 001094-G/PR 000010-G/PR 000750-G/PR 000005-G/PR 001462-G/PR


Atualização Profissional gratuita. Importante atuação do CREF9 em todo o Paraná

U

ma das formas mais significativas do CREF9/PR prestar serviço aos seus profissionais registrados é o Dia de Ação do CREF9/PR. Em 2012 foram seis cidades paranaenses, que receberam cursos totalmente gratuitos, ministrados pelos mais gabaritados profissionais, antenados com as novidades e tendências de mercado. Cerca de 700 participantes, entre profissionais registrados e acadêmicos de Educação Física, escolheram até dois cursos por dia, com duração de quatro horas cada. Os temas, bem diversificados, englobaram desde as bases do desenvolvimento motor até atualizações para trabalhar como personal trainer. Uma das funções do Dia de Ação é também abrir portas e despertar o interesse por novas áreas dentro da E.F., como por exemplo, o curso “Atividade Circense na Escola”. “O Dia de Ação é uma forma de retornar diretamente ao Profissional registrado o valor pago de sua anuidade, agregando valor e conhecimento técnico à sua atividade profissional”, declara Antonio Eduardo Branco, presidente do CREF9/PR. Outro ponto destacado por Monica Jankovski, diretora executiva do Conselho foi que “o interessante é a troca de informações, pois ao mesmo tempo que os inscritos se atualizam tecnicamente, os ministrantes tem um panorama geral da atuação da Educação Física em todo o Paraná, colhendo informações sobre dificuldades enfrentadas, casos, etc. e que servem de base para uma melhor atuação do CREF no Estado”.

Também promovemos este ano, nas cidades de Cascavel e Guarapuava, o Curso de Justiça e Legislação Desportiva, gratuito para os registrados do CREF9/PR e com valor simbólico para acadêmicos de Educação Física e de Direito, bem como para advogados formados.

A equipe de ministrantes é composta pelo Dr. Paulo Schimitt, procurador do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva, e por Dr. Itamar Luiz Monteiro Cortez e Dr. Marcelo Lopes Salomão, ambos advogados de Direito Desportivo, além da Conselheira do CREF9/PR, Andreia Marcia Horst.

Realizado em parceria com a Secretaria de Esportes do Paraná, o intuito é aproximar as áreas do Direito e da Educação Física, criando oportunidades de trabalho nos TJD’s (Tribunais de Justiça Desportiva), onde há a carência de profissionais especializados.

Com carga de 20 horas, o curso beneficiou cerca de 200 inscritos, que precisam passar na prova para receber seu certificado. Para saber mais dos eventos e informar-se do calendário para 2013, consulte o nosso site www.crefpr.org.br

Sediaram os Dias de Ação as cidades de Campo Mourão, Foz do Iguaçu, Santo Antônio da Platina, Pato Branco, Toledo e Ponta Grossa, beneficiando também as cidades vizinhas

3


Produtos proibidos pela ANVISA apreendidos na fiscalização do CREF9/PR em Francisco Beltrão

E

m uma de suas visitas de rotina ao sudoeste do Paraná, a fiscalização do CREF9/PR apreendeu frascos Jack3D, suplemento estimulante proibido no Brasil. O dono da academia foi levado pela Polícia Militar à delegacia de Polícia Civil, onde ficou detido. Saiu somente após o pagamento da fiança. Apesar de ser graduado em Educação Física, o dono não estava registrado junto ao CREF9/PR, assim como sua academia, localizada na cidade de Francisco Beltrão/PR. Ambos foram notificados e estão sendo tomadas as medidas legais cabíveis. Mais uma vez as academias se expõem ao comercializar produtos sem medir os riscos à saúde. O suplemento apreendido promete retardar a fadiga e dar mais força durante um treino puxado. Em nota publicada em julho deste ano, a Anvisa alertou que o estimulante Jack3D está totalmente proibido no Brasil. Estes novos suplementos se dizem úteis para atletas de alto nível em momentos precisos, para complementar a alimentação com proteínas, carboidratos, vitaminas e sais minerais. Responsável por vários casos de resultados analíticos adversos em atletas do Brasil e do mundo, o Jack3D não é somente um suplemento alimentar, mas contém um vasoconstritor e estimulante do sistema nervoso central, a metilhexaneamina, que consta entre as substâncias proibidas da Agência Mundial Antidoping. Este estimulante possui efeito similar a anfetamina e a efedrina, o que motiva a sua proibição. A Anvisa esclarece também que o Jack3D contém compostos não autorizados, como

Produtos proibidos: “O consumo de alguns suplementos alimentares, como Jack3D, Oxy Elite Pro, Lipo-6 Black, entre outros, pode causar graves danos à saúde das pessoas.” É o que alerta a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em informe de julho/2012, acessível em http://bit.ly/anvisa-dmaa o DMAA, para uso em suplementos no Brasil, “por não possuírem segurança de uso demonstrada”. Na mesma nota, a agência adverte: “Os agravos à saúde humana podem englobar efeitos tóxicos, em especial no fígado, disfunções metabólicas, danos cardiovasculares, alterações do sistema nervoso e, em alguns casos, levar até a morte.” Diferentemente dos anabolizantes e es­ teroides, sabidamente nocivos por todos, os novos produtos são comercializados como se fossem apenas suplementos alimentares. Muitos consumidores desconhecem a inclusão de drogas estimulantes na composição e os seus perigosos efeitos colaterais. Alguns desses “suplementos” causam de-

pendência e, sem a sua utilização, muitas vezes, o indivíduo “viciado” sente preguiça, fraqueza e falta de vontade para treinar. A utilização de qualquer recurso para aumentar desempenho sem supervisão especializada pode trazer sérios riscos à saúde. A lactoalbumina, por exemplo, está presente em suplementos e é uma excelente fonte de proteínas quando bem empregado. Mas, como qualquer proteína em excesso no organismo, pode tornar-se tóxica, prejudicando funções renais e hepáticas. Antes de fazer uso de qualquer produto que esteja sendo lançado no mercado, faça uma pesquisa, pois a maioria deles ao menos passou por testes de eficácia e segurança.


Anuidade 2013

VEJA AS OPÇÕES DE DESCONTO PESSOA FÍSICA: R$447,14 PESSOA JURÍDICA: R$1.105,04

JANEIRO até 31

FEVERE 1 a 28

MARÇO 1 a 31

ABR a SET 1/4 a 30/9

OUT a DEZ 1/10 a 31/12

JANEIRO até 31

FEVERE 1 a 28

MARÇO 1 a 31

ABR a SET 1/4 a 30/9

OUT a DEZ 1/10 a 31/12

R$200 integral

R$220 integral

R$245 integral

R$315 parcelado

R$447,14 integral

R$375 integral

R$397 integral

R$492 integral

R$668 parcelado

R$1.105,04 integral

Você receberá o boleto em seu endereço. No site www.crefpr.org.br você pode solicitar informações sobre sua situação financeira e formas de pagamento. É também possível receber seu boleto por email. 4


ORRE I O S

C

GIONAL DE CONSELHO RE ICA EDUCAÇÃO FÍS

2 4 AGO 201 2 Z

DO

·P

R

FO

www.crefpr.org.br

IG UA ÇU

CREF9/PR na estrada

CREF9/PR na carta

O CREF9/PR acaba de adquirir, após licitação, uma Sprinter. A van servirá como escritório móvel, o que facilitará o atendimento aos profissionais que tem dificuldade de deixar sua cidade e vir até a sede em Curitiba. Diversos serviços estarão disponíveis, como impressão de boletos, emissão de cédulas, tira-dúvidas entre outros.

Os Correios lançaram um selo personalizado para comemorar os dez anos do Conselho Regional de Educação​ Física do Paraná. A cerimônia ocorreu no dia 24 de agosto na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, e reuniu cerca de 300 convidados. A primeira obliteração foi realizada pelo Presidente do CREF9/PR, Antonio Eduardo Branco.

O itinerário do posto móvel de atendimento seguirá o calendário dos Jogos realizados em todo o Estado (Jogos Abertos, Jogos Universitários, Jogos da Juventude, Jogos Escolares e outros) e estará sempre disponível para acesso no nosso site. Além disso, os profissionais registrados, que estiverem com seus emails atualizados em nosso cadastro, serão comunicados com antecedência via email.

Também participaram o Presidente da Federação Internacional de Educa­ção Física (Fiep), Almir Adolfo Gruhn, os Conselheiros do CREF9/PR e vereadores do município.

Provisionados: sem mais novos registros Em reunião plenária, o Conselho Regional de Educação Física do Paraná decidiu que, a partir de janeiro de 2013, não receberá mais pedidos de novos registros para Profissionais Provisionados, conforme disposto na Resolução CREF9/PR 0069/2012. Tal decisão foi tomada após inúmeras tentativas de fraudes por pessoas inescrupulosas que, para obter o título de Profissional de Educação Física, apresentavam documentos falsos, problema este que se soma com a dificuldade de averiguarmos a veracidade e a autenticidade destes documentos.

Branco falou da importância da saúde física e mental e do valor do profissional de Educação Física, que ainda é pouco reconhecido. Agradeceu pela presença dos Correios e pelo apoio da empresa aos profissionais de Educação Física.

DENUNCIE É dever do Profissional de Educação Física denunciar irregularidades no exercício de nossa profissão. Pessoas e estabelecimentos fora da legalidade podem causar danos à população e denigrem a imagem da Educação Física.

(41) 3363·8388 ou www.cref.org.br SIGILO TOTAL

Porte obrigatório da cédula Orientamos aos profissionais de Educação Física que tenham sempre em mãos sua Cédula de Identidade Profissional, pois em caso de fiscalização, os profissionais que não estiverem portando a mesma serão notificados.

5


Ciclo Olímpico Brasileiro com Legados Sócio-Educacionais O Olimpismo como base para legados não-tangíveis e investimento para o futuro do Esporte e da Educação Física Comissão de Turismo e Desporto Frente Parlamentar da Atividade Física para o Desenvolvimento Humano

Dirigentes da Educação Física se reúnem com parlamentares e sociedade para definir legados dos Megaeventos Esportivos

N

o último dia 24 de novembro, aconteceu a audiência pública “Ciclo Olímpico Brasileiro com Legados Sócio-Educacionais”, para que se aproveite este “tsunami esportivo” que passará pelo Brasil, com a realização da Copa do Mundo em 2014 e das Olimpíadas em 2016, de forma a deixar não somente grandes obras de infra-estrutura (aeroportos, estádios, etc.), mas sim benefícios reais para diversos setores da sociedade brasileira, alavancando a qualidade de vida da população, a economia, a saúde, a prática de esportes, a educação, ou seja, os legados sócio-educacionais. O evento aconteceu no auditório da OAB-PR e contou com a participação de representantes de diversos setores da sociedade: secretários estaduais e municipais, Conselhos Federal e Regional de Educação Física, OAB-PR, Professores Universitários, Profissionais de Educação Física e parlamentares, destacando a presença do Deputado Federal João Arruda, presidente da Frente Parlamentar da Atividade Física para Desenvolvimento Humano.

FOTOS: MAURICIO VIEIRA · REPORTAGEM E TEXTO: SANJAY

“Que a sociedade reconheça o Profissional de Educação Física

6

como o protagonista do Esporte. E não só em sua prática, mas também na estratégia do papel do Esporte na sociedade”, disse o Presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber, destacando que a Educação Física tem um papel central na realização dos Jogos Olímpicos no Brasil. É esta categoria de profissionais que está mais bem preparada para utilizar a ferramenta da competição esportiva, como forma de gerar benefícios para a população, como: • Incentivar a prática de esportes e atividades físicas • Promover valores na sociedade, como cooperação, trabalho em equipe, autoestima, superação, saúde, e que são a essência do verdadeiro espírito olímpico. • Educar o Ser Humano através do esporte e da atividade física. Fato importantí­ssimo a ser levado em conta está no relatório oficial realizado após as Olimpíadas de Londres, este ano, onde os ingleses apontam que houve falha na estratégia. O objetivo deles era que os Jogos estimulassem a prática de esportes pela população e isso não ocorreu. A conclusão foi que “a simples realização


“Que a sociedade reconheça o Profissional de Educação Física como o protagonista do Esporte. E não só em sua prática, mas também na estratégia do papel do Esporte na sociedade” Jorge Steinhilber, Presidente do CONFEF dos Jogos Olímpicos, ou ser campeão dos Jogos, não garante o desenvolvimento do Espírito Olímpico ou a Educação Olímpica”. Lembramos também que o turismo na Inglaterra caiu durante o período olímpico, a despeito das previsões. “É necessário mudar a forma como o governo trata o esporte, ter uma fala mais abrangente”, mostrando que é preciso usar o esporte como ferramenta sócio-educacional” declara o representante da Secretaria de esportes do Estado do Paraná, José Alberto Campos.

P

odemos alavancar o turismo, a economia, a educação física escolar, melhorar o rendimento em outras disciplinas escolares, e muitos outros setores da sociedade. Tudo depende de ser planejado antes, com diálogo e foco nos legados tangíveis e intangíveis que podem ser obtidos. “Sucesso no Esporte é sair de casa e ver as pessoas praticando esporte”, diz o deputado João Arruda comparando com a equívoca medida em usar o quadro de medalhas para medir quem ganha as olimpíadas, o que já é contrário ao espírito olímpico. Comenta também “os Estados Unidos, o maior país medalhista há décadas, é o maior campeão em obesidade”. O Presidente do CREF9/PR, Prof. Antonio Eduardo Branco, ressaltou que a política anunciada pelo Governo Federal para melho-

rarmos nossa posição no quadro de medalhas é inadequada pois apoia financeiramente os esportes que já estão sendo patrocinados no país, não haverá tempo em 4 anos para melhorar tanto o nível técnico dos atletas até os Jogos e, principalmente, não privilegia os legados sócio-educacionais que é o que realmente interessa para o povo brasileiro. O Brasil pode ser um grande campeão das Olimpíadas. Podemos mostrar ao mundo o verdadeiro espírito olímpico, resgatando valores originais dos Jogos, mostrando ao mundo que nosso povo está praticando mais atividade física, mostrando como a atividade física melhora o rendimento escolar, como a atividade pode resgatar pessoas e melhorar a saúde e a qualidade de vida. Mostrar ao mundo que estamos gastando menos no ambiente triste dos hospitais e que estamos felizes praticando esporte e rendendo mais no trabalho e na escola. A principal ferramenta desta mudança, agora na ocasião dos megaeventos esportivos, somos nós profissionais de Educação Física. Vamos conscientizar as pessoas e cumprir nossa missão. Vamos nos imbuir do espírito olímpico e com superação, esforço e união e aproveitar esta grande oportunidade que já está acontecendo. Se o Brasil levantar esta bandeira seremos admirados pelo mundo e teremos maior qualidade de vida, com legados sócio-educacionais, econômicos permanentes e esta onda não terá passado em vão.

Dep. João Arruda reúne-se com Academias Após o almoço de posse da nova diretoria do CREF9/PR e conselheiros eleitos, houve um encontro do Deputado João Arruda com representantes das academias de todo o Estado para embasar melhor a emenda de projeto que está colocando em votação para produzir benefícios a toda a comunidade e academias.

7


UMA AULA DE EDUCAÇÃO FÍSICA A MENOS NA ESCOLA: RETROCESSO PARANAENSE O CREF9/PR tem se mostrado estupefato com os acontecimentos sobre matriz curricular, a despeito das justificativas de que os últimos resultados do ENEM e do IDEB não foram satisfatórios, gostaríamos de questionar a APP, Conselho Estadual de Educação e Secretaria de Estado da Educação: 1) A disciplina Educação Física não entrou no ENEM e nem no IDEB. Nosso IDEB é as Olimpíadas Nacionais Escolares e nossa avaliação no Paraná tem sido ótima. No ano retrasado fomos 2º e no ano passado 3º entre os 27 Estados da Nação. 2) Em momento algum o Conselho foi consultado, pois cientificamente e fisiologicamente, está provado que para termos benefício em atividade física e saúde na escola, o que é dever do Estado, diga-se de passagem, é necessário que no mínimo 3 aulas semanais sejam ministradas, basta ver os programas da mídia, em

FOTO: JULIA MORAES

Nota sobre Matriz Curricular: especial da Globo, ainda mais num ano em que falamos em ser protagonistas de megaeventos esportivos. Para ser bom Profissional de Engenharia ou qualquer outra profissão, necessário é que tenhamos um corpo sadio e uma mente aberta preparada as adversidades da vida, e a Educação Física é a disciplina que pode oferecer isto à sociedade. 3) A sociedade organizada, Instituições de Ensino Superior, Conselho, Associações e professores não puderam externar suas opiniões. Quem garante que o aumento da carga horária será sinônimo de capacidade de transferência de conhecimento? As decisões, que tiveram ainda o aval do Conselho Estadual de Educação, foram baseadas em que pesquisas, quais os resultados consolidados? 4) Porque sempre a Educação Física tem que pagar pelo insucesso dos resultados

A Educação Física escolar aumenta o rendimento nas outras matérias, evitando o stress mental, socializando e promovendo valores. É uma ferramenta para melhorar as notas. do ENEM ou IDEB? Senhores dirigentes, somos uma Profissão regulamentada e queremos respeito, queremos sentar à mesa para discussão e caros professores como todos nós, registrados à APP, mais uma vez nosso Sindicato mostra que é genérico e que quando trata de defender a Educação Física, sempre ficamos à margem. Atenciosamente, Diretoria CREF9/PR Curitiba, 20 de Novembro de 2012

PÓS-GRADUAÇÃO UP. APRENDA COM QUEM É REFERÊNCIA. CURSOS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO FÍSICA: • Atividades Aquáticas - Natação, Hidroginásticas e Águas Abertas • Dança e Gestão de Produtos • Exercício Físico e a Clínica Médica • Pilates e Exercícios Funcionais

INSCRIÇÕES ABERTAS INFORMAÇÕES: www.up.com.br (41) 3250-3737

REFERÊNCIA PARA SEU FUTURO.


Boletim CREF9/PR #22