Page 1

BOLETIM INFORMATIVO C O N S E L H O R E G I O N A L D E A D M I N I S T R A Ç Ã O D O P A R A N Á ANO XIX | Nº 220 | FEV-MAR 2019

A ADMINISTRAÇÃO A SERVIÇO DAS CIDADES CRA-PR intensifica relacionamento com prefeituras paranaenses para melhoria da gestão pública

CRA-PR define palestrantes para capacitações pelo Estado

Pesquisa do CFA será microregionalizada no Paraná

Administrador paranaense conquista terceiro lugar no Prêmio Belmiro Siqueira

Pg. 8

Pg. 4

Pg. 10


PALAVRA DO

PRESIDENTE

Um Conselho para todo o Paraná Uma das principais demandas dos Administradores e Tecnólogos do Paraná durante os últimos anos era que o Conselho tivesse uma participação mais ativa nas cidades do interior. Diversas atividades já ocorriam nestas localidades como aulas magnas, congressos e a própria fiscalização. Mas havia a necessidade de mais. Desta forma, iniciamos o ano de 2019 com vários projetos para levar o CRA até as cidades do interior do Paraná, com o objetivo de capacitar, informar e valorizar os profissionais da Administração de nosso estado. A começar pela própria Pesquisa Nacional do Sistema CFA/CRAs que em nosso estado será municipalizada, buscando entender as necessidades dos profissionais das microrregiões. Esse levantamento será fundamental para nortear diversas ações futuras do Conselho. O foco nas microrregiões do Paraná também é uma diretriz da nova Comissão da Mulher Administradora que visa estabelecer parcerias com lideranças femininas de diversas regiões do Estado.

A gestão da saúde será outro tema que irá agregar os Administradores e Tecnólogos de todo o Estado. O CRA será partícipe de um amplo esforço entre vários órgãos de melhoria da gestão da saúde dos municípios paranaenses. Acreditamos bastante neste trabalho tanto que já estamos selecionando a cidade do interior que irá receber a primeira seccional da Câmara de Gestão da Saúde do CRA. No quesito capacitação, já estão programadas palestras com profissionais de destaque da gestão pública e privada por cidades como Pato Branco, Francisco Beltrão, União da Vitória, Cascavel, entre outras. Acreditamos que todos os paranaenses ganham quando o CRA-PR amplia o alcance das suas iniciativas. Trabalhamos por uma Administração melhor porque sabemos a importância que temos no crescimento de nosso estado e também do País. Adm. Sérgio Lobo Presidente do CRA-PR

CRA Virtual é um informativo do Conselho Regional de Administração do Paraná Endereço: Rua Coronel Dulcídio, 1565 80250-100 - Curitiba/PR Fone/fax: (41) 3311-5555 Internet: www.cra-pr.org.br | E-mail: cra-pr@cra-pr.org.br | Presidente: Adm. Sérgio Lobo Editoração: Apex Conteúdo Estratégico | Jornalista responsável: Leonardo Fagundes (DRT: 4470/18/110-PR) Fotos: Supervisão de Eventos e Arquivo. Periodicidade mensal - Distribuição exclusiva pela Internet. O conteúdo das informações veiculadas pode sofrer alterações a qualquer tempo, sendo atualizado diretamente em nosso portal.


EVENTOS

EVENTO

LOCAL

DATA

Palestra Magna - Como gerenciar seu tempo para construir uma carreira extraordinária

Santo Antônio da Platina

19/03/2019

Palestra Magna - O futuro do trabalho, Profissional do Futuro e Soft Skills

Universidade Unipar - Francisco Beltrão/PR

20/03/2019

Palestra Magna - O futuro do trabalho, Profissional do Futuro e Soft Skills

Faculdade Isepe - Guaratuba/PR

28/03/2019

FRASE “ESTOU CONVENCIDO DE QUE A ÚNICA COISA QUE ME PERMITIU SEGUIR ADIANTE FOI O AMOR PELO QUE FAZIA. SE VOCÊ AINDA NÃO ENCONTROU O QUE É, CONTINUE PROCURANDO. ASSIM COMO TODOS OS ASSUNTOS DO CORAÇÃO, VOCÊ SABERÁ QUANDO ENCONTRAR.” STEVE JOBS

DESTAQUES TWITTER

SITE CRA-PR

Fique por dentro das informações e eventos do CRA-PR através da rede social. Siga-nos em @crapr

Encontre tudo sobre a Administração no estado do Paraná. www.cra-pr.org.br

RÁDIO ADM

RECC

Fique por dentro das notícias do Sistema CFA/CRAs. Acesse e ouça www.radioadm.org.br

A Revista Eletrônica Científica do CRA-PR é uma publicação semestral que recebe artigos, relatos técnicos, resenhas e casos para ensino, em diferentes áreas. Email: revista.crapr@gmail.com


CAPAC I TAÇÃO

CRA-PR PARTICIPA DE PESQUISA NACIONAL Meta é orientar os profissionais para oportunidades no mercado de trabalho

Neste ano, o Conselho Federal de Administração realiza mais uma edição da Pesquisa Nacional “Perfil, Formação, Atuação e Oportunidades de Trabalho”. O objetivo é desenvolver ações estratégicas para a normatização, o aperfeiçoamento e a valorização da categoria profissional, além de orientar os profissionais de Administração para as oportunidades seletivas que o mercado de trabalho oferece.

4

gestora, explicando que “essa proposição ainda será analisada pelos pares e plenária”. Além da Pesquisa Nacional, a diretora aponta outras ações para 2019, como a oferta de capacitação para Administradores, em especial para a formação de consultores de micro e pequenas empresas (MPEs).

O Estudo será realizado com Administradores, professores e coordenadores de cursos das instituições de ensino superior (IES) de todo o País, além de tecnólogos em Administração e empresários. No Conselho Regional de Administração do Paraná (CRA-PR), o trabalho está sendo coordenado pela diretora de Formação Profissional da Instituição, a Administradora Roselis Mazuchetti.

A formação dos profissionais da Administração tem sido prioridade do Sistema CFA/CRAs, por meio de ações em prol da criação e desenvolvimento de cursos de nível superior específicos na área de Administração. Desde sempre, o Sistema vem contribuindo com a elaboração das Diretrizes Curriculares Nacionais, que estruturam os Cursos de Bacharelado em Administração e de Tecnologia em Gestão, influenciando, assim, a formação dos profissionais da área.

Segundo Roselis, a ideia é microrregionalizar a Pesquisa, com amostras apenas para o Estado do Paraná. “Focar nos municípios, para que possamos entender o caminho mais adequado para a formação do futuro profissional de Administração”, afirma a

Coordenada pela Fundação Instituto de Administração (FIA), da Universidade de São Paulo (USP), a Pesquisa Nacional do Sistema CFA/CRAs conta, também, com o apoio da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração (Angrad). CRA - PR


CAPAC I TAÇÃO

Profissão Em setembro de 1965, a Lei Federal nº 4.769 propiciou o reconhecimento oficial da categoria profissional e também da Ciência da Administração, ao definir o Administrador como profissional habilitado legalmente pelo diploma no curso superior de Técnico de Administração. Ao mesmo tempo, determinou a criação de um Conselho Federal, bem como de instâncias regionais, para registrar e fiscalizar o exercício da profissão. Posteriormente, em junho de 1985, a Lei nº 7.321, mudou o termo Técnico de Administração para Administrador.

ENTREVISTA com Roselis Mazuchetti

mercado de trabalho, com o objetivo de obter subsídios para que o Sistema CFA/ CRAs possa desenvolver ações estratégicas, visando à normatização, ao aperfeiçoamento e à valorização da categoria profissional. A pesquisa nacional é regionalizada por Estado. A pesquisa é realizada a cada quatro anos. A última foi em 2015 e a próxima será neste ano. Ainda assim, pretendemos microregionalizar a pesquisa com amostra apenas para o Estado do Paraná e focar nos municípios, para que possamos entender o caminho mais adequado para a formação do futuro profissional de Administração. Esta é apenas uma proposição que será analisada pelos pares e plenária. 2 - Qual o balanço a senhora faz sobre a atuação da Câmara de Formação Profissional em 2018? E quais são os planos para 2019? A atuação da Diretoria de Formação profissional de 2018 está apresentada no relatório da última gestão. O plano para 2019 é realizar cursos para Administradores em especial para a formação de consultores de micro e pequenas empresas. No dia 28 de fevereiro estivemos em reunião com a FIA/ USP para a realização destes cursos que serão semipresencial e pretendemos levar a todas as regiões do Paraná.

1- O que exatamente essa pesquisa de cursos pretende identificar? Por exemplo, a pesquisa pretende analisar cenários e identificar tendências para a Administração no Estado do Paraná? O CFA já realiza uma pesquisa que abrange os cursos de Administração, egressos e

Estamos estudando meios para “capacitar” coordenadores interessados e ainda formar novos coordenadores com o propósito de que as coordenações sejam preenchidas com Administradores aptos para orientar o curso de Administração/tecnologias e os futuros Administradores/Tecnólogos em gestão. O CRA não pretende direcionar grades curriculares ou mesmo interferir na gestão dos cursos, mas oferecer caminhos que sejam importantes para o desenvolvimento e formação da profissão.

5


GE STÃO PÚBLICA

CRA-PR PLANEJA ATUAÇÃO COM PREFEITURAS Conselho pretende contribuir para o IGM das cidades paranaenses

Câmara de Gestão Pública do Conselho Regional de Administração do Paraná com Anderson Luiz Michelin, Lorena Gramms, Liz Rodrigues e Edson A. Miura.

Triângulo de Governo. Essa é a estratégia adotada pela Câmara de Gestão Pública (CGP) do Conselho Regional de Administração do Paraná para 2019. O intuito é contribuir com o Índice de Governança Municipal (IGM) do Conselho Federal de Administração. A coordenadora da CGP, a Administradora Liz Rodrigues, explica que o trabalho foi elaborado com base em experiências de trabalho e análises da prestação de serviços dos órgãos públicos, considerando a atuação de agentes técnicos e políticos. “A ideia é promover o equilíbrio do “Triângulo de Governo”, que ocorre quando Projetos, Capacidade de Governo e Governabilidade se tornam conhecidos e administrados”, afirma. Segundo ela, em princípio, “as metas são voltadas para as prefeituras municipais e o resultado esperado é o aprimoramento do IGM das cidades paranaenses”. Serão realizados eventos e capacitações, para aproximar ainda mais o CRA-PR das prefeituras paranaenses 6

e outras organizações da sociedade civil (OSCs), conscientizando os gestores públicos sobre a importância do Triângulo de Governo e do próprio IGM, como um referencial para o planejamento estratégico dos municípios. Além da Administradora Liz Rodrigues, a CGP é composta pelos profissionais Administradores Lorena Carmen Gramms, Edson Antônio Miura e Anderson Luiz Michelin. As principais atribuições regimentais da Câmara, no âmbito da Gestão Pública, são: analisar e sugerir políticas, estratégias e ações pertinentes à inserção dos administradores; estimular a produção acadêmico-científica; articular-se com pessoas jurídicas de direito público e privado; constituir redes de estudos, para aprofundar as relações entre os administradores, desenvolvendo ambiente propício ao intercâmbio de ideias e experiências; propor alternativas para o aprimoramento constante dos administradores; e propor eventos, tais como cursos, palestras, seminários e congressos. CRA - PR


IGUALDADE

CÂMARA DA MULHER ADMINISTRADORA PLANEJA AÇÕES conselhos locais da mulher, para formalizar A mulher tem ocupado cada vez mais espaço parcerias. Em nível estadual, vamos fazer no debate sobre a natureza e a formação das contato com as lideranças femininas, com organizações em todo o mundo. Seja na área foco em parcerias, eventos e bandeiras acadêmica ou na esfera pública e privada, comuns”, afirmou. a temática da mulher empreendedora, executiva e Administradora, tem emergido e conclamado um novo “Vamos fazer contato Para o segundo semestre a olhar - mais justo e igualitário. com as lideranças ideia é realizar, pelo menos, três femininas, com foco encontros regionais, com café Para apoiar esse debate em prol em parcerias, eventos da manhã ou happy hour. Sob a marca Mulheres na Gestão, das mulheres, o Conselho Regional e bandeiras comuns” esses eventos têm como objetivo de Administração implementou, Joice Fabricio apresentar a Câmara da Mulher em 2017, a Câmara da Mulher Administradora e debater questões relevantes Administradora. No dia 11 de fevereiro, foi para as mulheres empresárias e executivas. realizada a reunião de planejamento das atividades para 2019. O encontro ocorreu Com o apoio da Diretoria Executiva do CRAna sede da Instituição, em Curitiba, com a PR, a expectativa para 2019 é bastante presença da coordenadora da Câmara, a positiva. “Por meio do diálogo com as Administradora Joice Fabrício, e das outras outras câmaras e diretorias do Conselho, integrantes, as Administradoras Nanci Benghi acreditamos que será possível realizar muita e Lorena Gramms. coisa. São eventos e ações que fortalecerão o papel da mulher gestora, sempre visando Segundo Joice, na ocasião, foram definidas mais respeito à mulher e igualdade de algumas atribuições para a atuação da oportunidades”, ressaltou a coordenadora. instância. “Cada membro buscará os

Administradoras Nanci Benghi, Joice Fabrício e Lorena Gramms

7


PALESTRAS

TIME DE PRIMEIRA CRA-PR leva para todo o Estado palestrantes renomados a partir de março

A partir de março, o CRA-PR dará início a uma série de palestras por todo o Estado, com o objetivo de levar temas relevantes aos Administradores. Para isso, o Conselho selecionou um time de primeira, com palestrantes renomados nacionalmente. “Nós queremos levar aos Administradores e estudantes temas atuais, que impactam diretamente na vida profissional de cada um, por isso, buscamos no mercado palestrantes que com certeza vão agregar muito ao público”, destacou o presidente do CRA-PR, Adm. Sérgio Lobo. Entre os nomes, destaque para Rafael de Medeiros Filho, com a palestra “Como gerenciar seu tempo para construir uma carreira extraordinária”. Outro palestrante bastante renomado é Adeildo do Nascimento que abordará o tema “O profissional do futuro, modelo mental do profissional da nova economia”.

renome, tais como Coca-Cola, Claro, Vivo e Honda. É reconhecido como um verdadeiro “Transformador de Pessoas”, já que, depois de suas palestras, os empresários testemunham uma mudança nítida no comportamento de seus colaboradores. Sua metodologia aplicada nas palestras, encanta pela união de dois fatores: Conteúdo e Dinamicidade. É autor dos livros Como construir a sua Raridade Profissional, Líderes Não Nascem Prontos, Proibido Estacionar na Vida, Saia do Lugar Comum e Faça a Diferença e coautor do livro Liderança Estratégica.

Quem também faz parte desse time é Leandro Henrique de Souza, que leva para discussão “O futuro do trabalho, profissional do futuro e soft skills”. Confira abaixo o perfil dos três palestrantes:

Rafael de Medeiros Professor José Rafael de Medeiros Filho é um palestrante nacionalmente reconhecido. Já ministrou palestras e treinamentos em todos os 27 Estados do país em empresas de

8

CRA - PR


PALESTRAS

Adeildo Nascimento

Leandro Henrique

Economista com especialização em gestão e liderança. Palestrante e consultor com atuação em grandes empresas nacionais e multinacionais. Suas palestras encantam o público pela forma dinâmica, bem humorada, provocativa e pelo conteúdo extremamente atual e relevante.

Leandro Henrique de Souza é empreendedor, educador e palestrante. Fundador de empresas de tecnologia, inovação e design. Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação pela UFPR e graduado em Gestão da Informação pela UFPR. Foi aluno do MBA em Administração da ISAE/FGV e de Ciência da Computação na PUCPR.

Proprietário da DHEO Consultoria que trabalha no desenvolvimento de culturas e profissionais de alta performance. Autor do livro Inteligência Espiritual no Mundo do Trabalho, lançado em 2016 onde aborda a busca pela vocação e propósitos de vida dentro e fora do mundo corporativo. Professor de MBAs nas disciplinas de inteligência comportamental e gestão estratégica de pessoas. Diretor do eixo RH 4.0 da ABRH-PR. Instrutor do programa de desenvolvimento de líderes das maiores empresas do Paraná.

Como educador, atuou nos últimos 10 anos em gestão educacional, com experiência em diversas áreas. Foi head de Inovação e de Pós-Graduação da Universidade Positivo (Grupo Positivo) em Curitiba, onde também atuou como coordenador de Engenharia da Computação, Sistemas de Informação, da Incubadora de Startups e de diversos comitês de negócios da instituição. Atualmente, é palestrante em diversos eventos pelo Brasil, professor de inovação e novos modelos de negócios em cursos de PósGraduação e em escolas de nicho, consultor, conselheiro de startups e investidor-anjo.

9


PREMIAÇÃO

BELMIRO SIQUEIRA:

PARANAENSE ENTRE OS GANHADORES Rodolfo Kogeratski, Administrador registrado no CRA-PR, ganha o terceiro lugar com trabalho sobre gestão hospitalar O Administrador Rodolfo Kogeratski, registrado no Conselho Regional de Administração do Paraná (CRA-PR), é um dos vencedores da edição 2018 do Prêmio Belmiro Siqueira, idealizado e promovido pelo Conselho Federal de Administração (CFA). A premiação visa disseminar a produção científica, valorizando profissionais da Administração, que contribuem para o desenvolvimento da profissão e da Ciência da Administração no Brasil. Intitulado “Efetividade e investimento: os desafios na gestão de leitos em um hospital universitário de grande porte subsidiado 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS)”, o trabalho ficou em 3º lugar na modalidade Artigo Profissional, e no tema “Desafios para o Profissional de Administração na Gestão da Saúde no Setor Público” - categoria voltada a Administradores, mestres em Administração, doutores em Administração, gestores e 10

tecnólogos registrados nos CRAs de todo o Brasil. Rodolfo reconhece o aspecto motivacional dessa premiação, com amparo na gestão de negócios e projetos, e foco nas boas práticas e bons resultados das organizações, especialmente no âmbito da Responsabilidade Social Empresarial (RSE). “Sinto-me muito feliz pela conquista de estar entre os primeiros colocados, pois é uma oportunidade e um estímulo a todos nós, profissionais Administradores, em apresentar o esforço e dedicação diário, em diversas empresas, segmentos e frentes de atuação”, comemora. O autor acredita que experiências, vivências e aprendizados organizacionais devem ser compartilhados, a fim de contribuir para uma sociedade cada vez melhor. Por isso, o trabalho foi escrito a partir de uma experiência CRA - PR


PREMIAÇÃO

pessoal, considerando a relação dele com a área da Gestão Hospitalar. “A gestão racional de leitos em um hospital onde o atendimento é totalmente financiado por nós, cidadãos brasileiros, é um dos principais desafios dos Administradores desta área”, afirma o Administrador, acrescentando que o êxito dessas ações “depende da sinergia de muitas atividades internas para reduzir o tempo de permanência de pacientes internados”. Segundo a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), a superlotação dos hospitais é uma das maiores preocupações dos gestores, pois impacta em muitos segmentos. Um hospital com a demanda maior que a suportada, tem uma série de consequências, entre elas: a redução da qualidade dos serviços prestados; a distorção do perfil de atendimento; o atraso e o cancelamentos de cirurgias; a protelação das altas dos leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI); e a evasão de recursos financeiros e gastos desnecessários, que ocasionam impacto assistencial negativo à sociedade. No Hospital Universitário Cajuru (HUC), conforme descrito no trabalho premiado, um leito não crítico tem um custo aproximado de R$ 500 por dia, e o leito crítico custa cerca de R$ 1,5 mil ao dia, aproximadamente. Isso significa que, em um hospital com 206 leitos e 75% de

ocupação média (177 não críticos e 29 críticos), a permanência de 0,2 dias a menos implica em uma redução de custos em torno de R$ 19,8 mil por dia. Em um mês, essa redução é de R$ 594 mil. Já em um ano, a redução alcança o patamar de, pelo menos, R$ 7,1 milhões. Rodolfo explica que o objetivo principal em gerir leitos é o uso racional, seguro e humanizado, para refletir positivamente na média de permanência dos pacientes. Segundo ele, no HUC, foi criado um sistema de gestão integrada de leitos, nomeado Núcleo Interno de Regulação (NIR). Esse sistema organiza a porta de entrada (pronto socorro); realiza busca ativa diária de possíveis altas hospitalares; dá suporte em transferências internas; e controla o processo de liberação de exames de alto custo ou de execução fora da unidade hospitalar. O Administrador assegura que os resultados obtidos são positivos. “A média de permanência, depois desse projeto, está em 4,15 dias, que equivale a uma redução de 0,35 dias, sendo um dia equivalente a R$ 34.654,00”, garante. Ao analisar o período de agosto de 2017 a junho de 2018, considerando-se a taxa de ocupação média de 75%, observa-se uma redução aproximada de custos da ordem de R$ 1,03 milhão ao mês. Em onze meses, período do estudo, a redução atingiu cifra superior a R$ 11 milhões.

Rodolfo Kogeratski, Administrador registrado no CRA-PR

11


PREMIAÇÃO

Consequências para a sociedade Além da perspectiva financeira, o impacto social como resultado também é relevante, pois a demanda de atendimentos à comunidade pode aumentar, a partir da eficiência de processos internos. Isso proporciona maior qualidade assistencial e reflete na satisfação de usuários e trabalhadores da área da Saúde.

Rodolfo afirma ter assumido, há vários anos, o compromisso profissional de buscar a melhoria em processos internos na área da Saúde. “Pautado por princípios éticos e alinhado à estratégia organizacional, procuro atuar em prol da satisfação de todos os envolvidos no negócio. Essa proatividade e vontade de ‘fazer acontecer’ me oportunizou o desafio de ser um gestor”, enfatiza o Administrador, ressaltando o trabalho em equipe: “as conquistas são provenientes de objetivos estrategicamente definidos e líderes que aceitam desafios e motivam seus colaboradores. O sucesso é de muitos envolvidos”.

12

Na concepção de Rodolfo, o desafio proposto ao profissional da Administração, nos dias de hoje, é a habilidade para acompanhar a evolução da sociedade e articular os interesses e inovações desejadas e possíveis. “A atuação deve ser flexível, atualizada e baseada no conhecimento, pois a capacidade de absorver a inovação é um elemento chave na competitividade dinâmica e de sobrevivência organizacional”, pondera ele, fazendo referência à “articulação entre a empresa manufatureira ou de serviços com o cenário tecnológico, que propõe valores que estimulam a sinergia entre processos de aprendizagem coletiva, cooperação e dinâmica inovativa”. No caso da Gestão Hospitalar, em um instituição financiada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a eficiência de processos operacionais e gerenciais no atendimento a pacientes gera resultados satisfatórios, no âmbito de finanças, cura e percepção dos públicos para com a organização. “As inovações e a Tecnologia, reconhecidas como um apoio praticamente inevitável nos possíveis bons resultados da Saúde, acabam tendo uma importância de segunda instância”, aponta. “Controlar gastos e suprimentos, para evitar desperdícios de materiais e a manutenção de estoques elevados, assim como evitar processos desnecessários, desperdícios e falhas operacionais, tornam-se desafios diários”, afirma Rodolfo. “É um hábito diário analisar indicadores estratégicos, planejar cenários e realizar propostas de apoio à tomada de decisões rápidas pelas vidas das pessoas, e de atendimento à sociedade, que, muitas vezes, dependem dessa boa gestão de um hospital”, finaliza.

CRA - PR


PROJETOS

CÂMARA DE SAÚDE ARTICULA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS Objetivo é apoiar municípios paranaenses na gestão da saúde pública

Em 2019, a Câmara de Gestão da Saúde (CGS) do Conselho Regional de Administração do Paraná (CRA-PR) deve apoiar uma série de ações e atividades especializadas na área. Já está em andamento, pelo Observatório Regional de Gestão em Saúde, o estudo dos indicadores de Saúde dos municípios do Estado, a partir de dados constantes do Índice de Governança Municipal (IGM) do Conselho Federal de Administração (CFA)

Atualmente, a CGS é composta por representantes do Ministério da Saúde, de hospitais privados com e sem finalidade lucrativa, e de empresas de auditoria e da saúde suplementar. A ideia, porém, segundo o coordenador da Câmara, é ampliar o número de membros e diversificar essa representação, estendendo convite para agentes de outras instituições do setor.

Segundo o coordenador da CGS, o Administrador Marcelo Iwersen, as informações serão complementadas por outros índices e parâmetros, especificamente para os municípios paranaenses, com o objetivo de contribuir para a Gestão da Saúde nas cidades, oferecendo instrumentos relevantes. “Está prevista, ainda, a criação da primeira seccional da Câmara, em localidade a ser definida, visando à expansão das atividades do Conselho”, sinaliza. Além de palestras e debates em instituições de ensino superior (IES) sobre a Gestão da Saúde, também estão previstos eventos, como encontros de benchmarking e cafés, para reunir os profissionais da Administração, que atuam no setor”, complementa Marcelo. O intuito é estudar e propor políticas e estratégias nesse segmento, indo ao encontro do propósito da CGS, que é constituir um fórum permanente de análise, discussão e proposição de medidas, que visem ao aperfeiçoamento da gestão dos serviços de saúde, públicos e privados, com ênfase na valorização dos profissionais da Administração.

Administrador Marcelo Iwersen

13


JUSTIÇA

A Gestão da Saúde compreende a administração de empreendimentos do segmento nas esferas pública e privada. Criada ainda em 2017, a CGS tem como objetivo a disseminação de experiências de gestão, oriundas das organizações de Saúde paranaenses, a exemplo do gerenciamento de processos e programas, e desenvolvimento de políticas, que proporcionem conforto e segurança para pacientes e profissionais da área. O Regimento Interno está em elaboração pelos integrantes da Câmara e deve ficar pronto nos próximos meses. O documento vai estabelecer o conjunto de regras que regulamentará a operacionalização da CGS.

Parcerias A CGS está apoiando o 12º Seminário da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes

14

do Estado do Paraná (Femipa), evento que já se consolidou como um dos principais do setor de Saúde filantrópico paranaense, e que, neste ano, será realizado no período de 13 a 15 de março, na sede da Associação Médica do Paraná. Além de palestras, painéis e salas temáticas, a programação será composta por vários outros eventos: 6º Encontro de Assessores de Comunicação da Femipa; 5º Fórum de Direito da Saúde da Femipa; Prêmio Femipa de Melhores Práticas e Criatividade 2019. No âmbito da Câmara de Comércio FrançaBrasil (CCIFB) - Regional Paraná, por meio da Comissão de Saúde, a CGS do CRA-PR está apoiando o Parlons Santé - Gestão da Saúde. “O objetivo é buscar apoios institucionais de entidades representativas da área da Saúde e indicar nomes dos convidados especiais que deverão participar do evento”, pontua Marcelo. O evento acontece no dia 28 de maio de 2019, no Auditório da FAE Business School, sob a marca “Colóquio sobre Gestão Hospitalar França-Brasil - Modelos e Perspectivas para Gestão de Hospitais Públicos e Privados”.

CRA - PR


JUSTIÇA

ATUAÇÃO NA ÁREA DE

GESTÃO DA QUALIDADE EXIGE REGISTRO NO CRA Decisão da justiça de SP entendeu que atividade é privativa dos Administradores A justiça federal de Catanduva-SP decidiu que é necessário o registro profissional em Conselho Regional de Administração (CRA) para atuar na área de auditoria e certificação, também conhecida como Gestão da Qualidade. A decisão, de 18 de fevereiro de 2019, é uma grande conquista para os profissionais de Administração.

Além disso, o Tribunal Regional da 3ª Região decidiu que as pessoas jurídicas que prestam serviços de “auditoria e certificação de sistemas de gestão, produção e comercialização empresariais, segundo as normas ISO e correlatas” também devem possuir registro, em obediência ao disposto no art. 2º, da lei nº 4.769/65.

Para a justiça a atividade exige conhecimento de técnicas no campo de Organização, Sistemas e Métodos de Trabalho, de Processos Administrativos, além de Administração Geral e Administração de Produção bem como pesquisa, planos e planejamento.

Jurisprudência – O CFA, por meio da Câmara de Fiscalização e Registro, divulga no site as jurisprudências com as decisões judiciais favoráveis à profissão. O interessado pode acessar a página e escolher entre os assuntos “Consultoria e Assessoria em Gestão Empresarial”, “Administração de Condomínios”, “Embaraço a Fiscalização/Sonegação de Informações e Documentos”, “Cargos Pertinentes ao Administrador”, entre outras.

O juiz que julgou o caso destacou que “atuar como auditor líder nos sistemas de gestão da ISO 9001, ISO 22000, ISO 17025 e no programa SS, por meio da elaboração das listas de verificação, apresentação dos resultados e verificando a eficácia das ações”, é uma atividade típica do Profissional de Administração.

O link para acesso é https://cfa.org.br/ fiscalizacao-fiscalizacao/jurisprudencias/

15


INTERIOR

CRA-PR EMPOSSA NOVO

DELEGADO REGIONAL EM MARINGÁ

Administrador Fabrizio Meller da Silva

O Administrador Fabrizio Meller da Silva foi empossado como novo delegado do Conselho Regional de Administração do Paraná (CRA-PR) em Maringá, no Norte Central Paranaense. Com mandatos de duração de quatro anos, os delegados regionais são a ponta do sistema CFA/ CRAs. Eles contribuem para a construção de uma cultura de respeito à profissão, exercendo a representação do Conselho Regional nas respectivas áreas de atuação. O intuito é fazer valer, junto à sua comunidade, a Legislação vigente, que regulamenta a profissão. Eles mantêm estreito relacionamento com os poderes públicos, as instituições de ensino superior (IES), entidades de classe e a sociedade em geral, promovendo o papel do Conselho. Entre suas atribuições: zelar pelo registro do diploma de bacharel; pela identidade 16

profissional ou alvará de habilitação; pelo pagamento das anuidades, que concedem aos portadores o direito do exercício da profissão ou atividade em todo o território nacional; e garantir a observância ao Código de Ética da profissão, são algumas das atribuições dos delegados regionais. As Seccionais do CRA-PR são extensões da Instituição nas respectivas regiões e têm por finalidade auxiliar o Conselho Regional nos serviços de registro de pessoas físicas e jurídicas, fiscalização, promoção de eventos e cursos, dentre outros serviços, no âmbito das áreas de abrangência. Em Maringá, a Seccional do CRA-PR está localizada na Av. Cerro Azul, nº 840, Sobreloja 1 - Zona 2. O atendimento ao público é das 14 às 18 horas.

CRA - PR


A DMINI STRAÇÃO

PARANÁ REPRESENTADO

NO GRUPO CRIAR DO CFA Conselheiro José Luiz Nicolelis e supervisora de Eventos Marionn Miceli são os integrantes do CRA-PR O CRA-PR está representado no grupo CRIAR, constituído em fevereiro pelo Conselho Federal de Administração (CFA) e que visa dar maior visibilidade às ações do Sistema. Os representantes do Conselho Regional do Paraná serão o conselheiro Adm. José Luiz Nicolelis e a supervisora de Eventos Marionn Miceli. Entre as primeiras ações do grupo, está o levantamento de informações referentes aos eventos em todos os conselhos regionais. A ideia é que o grupo CRIAR, sob a coordenação da Câmara de Relações Internacionais e Eventos do CFA, potencialize a divulgação de eventos do Sistema, além da troca de experiências e informações, para que as ações sejam sincronizadas em todo o território nacional. “A Câmara de trabalho procura fazer com que a diretoria e conselheiros evidenciem as ações que fomentem a cultura da Administração do país. Esse é um movimento bastante interessante porque depois de quase uma década buscando alternativas de como ganhar mais visibilidade, o CFA consegue juntar em uma ferramenta simples e usual uma forma bastante eficaz de comunicação”, avaliou o Adm José Luiz Nicolelis. A nível nacional, temos perspectiva de trocar informações principalmente para que todos os usuários se beneficiem com as informações nas páginas do CFA e dos Regionais”, acrescentou Nicolelis. Além das informações sobre os eventos em todos os Conselhos Regionais, o grupo já organiza o Fórum das Profissionais de Administração, previsto para os dias 14 e 15 de maio. A ideia é definir sobre os eixos que serão levados para discussões durante o Fórum.

CRA-PR EM PROJETO DE UNIFICAÇÃO DE COMUNICAÇÃO Na sua iniciativa de facilitar o acesso à informação de seus registrados, o CRA-PR irá avançar no projeto do Conselho Federal de Administração de unificação dos processos de comunicação dos conselhos regionais. Desde 2015 o CFA vem desenvolvendo projetos de comunicação com objetivo de construir uma identidade visual para as ferramentas de comunicação digital do Sistema e, com isso, alcançar um maior reconhecimento e unidade nas ações e atividades desenvolvidas em cada Regional. “Uma comunicação alinhada é fundamental para dar credibilidade”, afirma Edson Miura, integrante da Comissão de Comunicação do CRA-PR. “É importante porque também cria uma forte conexão entre o Conselho Federal e o Estadual, avalia. O projeto segue tendências e posicionamento de demais órgãos que vem atuando de maneira similar ao CFA; ou seja, um portal com conteúdo dinâmico e unificado, focado no institucional e em ações e serviços da autarquia. 17


AC ONTEC EU

LÁUREA ACADÊMICA

No dia 23 de fevereiro de 2019 o delegado do CRA-PR em Maringá, Adm. Fabrizio Meller da Silva, entregou, ao lado do reitor prof. Ms. José Carlos Barbieri, a láurea acadêmica à formanda Adrieli Priscila Lopes dos Santos, do Centro Universitário Cidade Verde. Adrieli obteve média final de 8,96 no curso de Administração.

No dia 31 de janeiro a formanda da Unipar campus Cascavel, Janaina Camila dos Santos Trindade, recebeu das mãos do delegado Márcio Nakayama Miura e da delegada Adjunta Adriane Diemer Uecker a láurea acadêmica como melhor aluna do curso de Administração. 18

CRA - PR


19

Profile for CRA PR

CRA VIRTUAL FEV/MAR 2019  

CRA VIRTUAL FEV/MAR 2019  

Profile for crapr
Advertisement