Page 1

www.correiodevenezuela.com

Rif.: J-40058840-5

Pré m i o Ta le n to d a C o m u n i ca çã o S o c i a l 2 0 0 9 O jornal de comunidade luso-venezuelana • Caracas, 22 a 28 de Junho de 2012 • Publicação Semanal Nº 460

Alfândega promete tratar melhor os emigrantes Olavo Manica foi contactado pelo responsável da Alfândega logo após ter denunciado que ocorrem situações de desrespeito e de maus tratos aos emigrantes provenientes da Venezuela e da África do Sul. //P.3

Consulado impulsiona a cultura em Carabobo e Portuguesa

Ano 12 • Depósito Legal: 199901DF222 • BsF. 5,00

CR7 cumpriu a missão e levou Portugal às “meias”

Sob a chancela do Consulado-Geral em Valência teve lugar, em simultâneo, no passado fim-de-semana, nos estados de Carabobo e de Portuguesa, dois concertos há muito esperados. //P.4

‘Se São João tiver, São João dá’ Muitos são os mistérios que giram em torno desta festividade, durante a qual, a partir de diferentes recantos da Venezuela, ouve-se dizer que ‘Se São João tiver, São João dá’. //P.6

Cavaco promulga alterações ao código do trabalho O Presidente da República promulgou as alterações ao Código do Trabalho, exortando a que “a partir de agora” se “assegure” a estabilidade legislativa “com vista” à “recuperação” do investimento e criação de emprego. //P.10

diaspora

desporto

CCP defende política diferenciada no ensino //P.14

pub

Cristiano Ronaldo voltou a responder presente quando a selecção portuguesa mais precisou dele, marcando, na quinta-feira, 21 de Junho, o golo da vitória por 1-0 sobre a República Checa, que colocou Portugal nas meias-finais do Euro2012 de futebol. //P.20

Guatire acolhe IX Encontro de Folclore Continental //P.17

Portuguesa da Silva afastada das eleições A advogada, de 58 anos, explicou ter sido surpreendida por uma informação do Conselho Nacional Eleitoral referindo que o seu movimento, o Nova Ordem Social, surge como de âmbito regional, o que a impede de concretizar a candidatura. //P.4


2 a semana

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Editorial

Continuidade e prestígio Há um país inteiro e milhares de Portugueses no estrangeiro a vibrar. A vitória da selecção portuguesa de futebol sobre a da República Checa, nesta quinta-feira, continua a alimentar o sonho de mostrarmos à Europa do desporto que somos uma potência, que temos valor, que nos batemos de igual para igual com outros países, porventura mais fortes, e que nos superamos quando em causa está a Bandeira e o Orgulho de Portugal e dos Portugueses. Seguimos para a meias-finais, com merecimento e justiça, pois a equipa de Portugal tem demonstrado no campo ter qualidade, técnica e força para chegar a campeã. Ousamos mesmo dizer que ao nos colocarmos entre os quatro finalistas do Europeu, já mostrámos o nosso valor, já alcançámos o sonho de fazer um brilharete, numa ocasião em que o amor próprio dos Portugueses está muito em baixo e em que uma crise económica, com poucos precedentes, nas últimas décadas, tem criado entre todos muita estabilidade. Mas queremos mais. Como tem acontecido noutras ocasiões é o futebol que nos devolve alguma esperança e o orgulho, que nos faz sentir fortes quando em disputas com outros países. E é nos países da emigração que se sente melhor isso. É aqui, na Venezuela, como noutros onde se encontram milhares de compatriotas, que mais valorizamos estas ocasiões de vitória. É o orgulho que vem ao de cima, pintado de verde e vermelho, as cores que significam a esperança e o sangue, o suor do trabalho, as feridas e as dores de cada conquista. É assim que crescemos e que pretendemos renascer, com esta equipa de jovens valores, que representam uma nova geração, um País em mudança, que acalenta um sonho, pelo qual se bate e o qual pretende ganhar. Temos acompanhado a “cavalgada” de Cristiano Ronaldo e dos seus colegas de equipa, a ponderação de Paulo Bento, todos perfazendo o querer de um País e dos Portugueses que vivem pelo mundo, que se revêem neste projecto e que pretendem ver o seu valor e querer premiados no Europeu da Polónia e da Ucrânia. Não é por acaso que a grande maioria dos futebolistas portugueses que envergam a camisola das quinas, jogam em clubes estrangeiros. Não é por acaso que o capitão de equipa Cristiano Ronaldo, foi protagonista da transferência mais cara do futebol profissional, e que é considerado o melhor jogador de futebol do mundo. Há neste Portugal de hoje um novo querer, uma nova geração de Portugueses que sabem fazer bem, que são exímios executantes e que querem mudar o rótulo de atraso que nos leva algumas vezes Europa adentro, e de sofrimento que nos arrasta no mundo e nos deixa amarrados em casa, ao fado e ao choradinho de que nada de bom nos acontece. E não é só no futebol. É bom que nos empenhemos, que tenhamos uma atitude mais pró-activa, que valorizemos recursos, que reconheçamos que ao nosso lado, nas aldeias e ilhas de Portugal, nasce uma nova geração que se empenha e faz o melhor que sabe. Tal como antes, em que os Portugueses dominavam o mundo… Com a mesma vontade, mas cuidando da sua parte, apenas, já que as forças dominantes hoje são outras e o conhecimento é universal. A fé é inquebrantável e a vontade é leonina. A Bandeira é a nossa força. Força Portugal!

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-40058840-5

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Gerente: Carla Vieira Editor Sergio Ferreira Soares Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 45H-3. Las Mercedes, Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: correio@cantv.net

Clasificação Muito Bom

Muito Mau

A Governação do Estado de Carabobo reconheceu o trabalho que tem sido realizado pela comunidade lusitana ao outorgar a Ordem Sol de Carabobo ao Cônsul-Geral de Portugal em Valência, António José Crhystêllo Tavares, ao Vicerreitor Administrativo da Universidade de Carabobo, José Ángel Ferreira G., e à presidente da secção da Câmara Venezuelana Portuguesa da região, Fátima Da Ponte. Uma honra bem merecido e fruto dos esforços empreendidos desde as respectivas frentes com um trabalho incansável em prol comunidade lusitana e da população em geral.

No passado fim-de-semana fomos testemunhas de um incidente no Centro Português, de Caracas, protagonizado entre um accionista e a equipa da Meridiano Televisión. O sócio contestou a colocação das antenas para a transmissão do jogo do Euro2012 a partir da instituição, alegando razões de saúde pública, e não descansou até que elas fossem retiradas. A posição foi assumida sem fundamentos científicos e de forma unilateral, já que não contou com o apoio de outros sócios ou da Junta Directiva do clube.

Fotoflash

A febre do Euro2012 chegou à Venezuela com muito mais força que em anos anteriores: por todo o lado vêm-se pessoas com camisolas e bandeiras das selecções, reunidas em estabelecimentos comerciais ou em praças públicas e atentas à transmissão dos diferentes encontros. Os centros portugueses na Venezuela não passam ao lado desta febre, que ainda é mais entusiástica graças à Selecção das ‘Quinas’. No dia do pai, pequenos e graúdos juntaram-se no Centro Português, em Caracas, e vibraram quando a selecção lusitana carimbou a passagem para os quartos de final, após vencer por 2-1 a Holanda. Foi um momento em que as vozes de milhões se uniram num só grito que ecoou pelos quatro cantos do mundo. De arrepiar a pele de qualquer um...

Chefe de redacção Sergio Ferreira S. |Jornalistas Carla Salcedo Leal, Andrea Guilarte, Silvia Di Frisco |Correspondentes Edgar Barreto (Falcón), Carlos Balaguera (Carabobo), Trinidad Macedo (Lara), Silvia K. Gonçalves (Bolívar), Sandra Rodriguez (Aragua), Ricardo Santos (Nueva Esparta), Luis Canha (Mérida), Antonio Dos Santos (Zulia) |Colaborações Raúl Caires, Catanho Fernandes, António da Silva, Arelys Gonçalves, Victoria Urdaneta, Nathalie Mendonca, Shary Do Patrocinio, Fernando Urbina, Antonio López Villegas, David Rodríguez, Luis Jorge |Administração Ma.Fernanda Pulido, Sharlot Rodríguez |Publicidade e Marketing Carla Vieira, Gloria Cadavid |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Silvia Di Frisco, Francisco Garrett |Secretariado Anaís Salazar |Distribuição Luis Alvarado, Carlos Agostinho Perregil R. |Impressão Cadena Capriles, Operadora La Urbina C.A. Caracas -Venezuela |Tiragem deste número 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa.


actual 3

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

breves Aprovadas 14 leis por via da Habilitante Um total de 14 decretos-lei, aprovados pelo Presidente Hugo Chávez através da Lei Habilitante, foram publicados na Gazeta Oficial 39.945, que está em circulação desde 18 de Junho. Entre outras, destaca-se a Lei da Grande Missão Saber e Trabalho e a Reforma Parcial do Decreto de Lei do Regime de Prestação da Habitação e Habitat.

Raquel Gonçalves / DN MADEIRA

Olavo Manica, responsável pelo Clube Social das Comunidades Madeirenses tem já a garantia do director da Alfândega de que vai sensibilizar os funcionários alfandegários para que estes tenham uma outra postura perante os emigrantes que chegam àquela estrutura aeroportuária. Manica diz que foi contactado pelo responsável da Alfândega logo após ter denunciado que ocorrem situações de desrespeito e de maus tratos aos emigrantes provenientes da Venezuela e da África do Sul. Denúncias que foram feitas no decorrer da cerimónia pública que assinalou a homenagem aos emigrantes no 10 de Junho, Dia de Portugal. Na altura, Olavo Manica tornou público que vários emigrantes queixam-se da abordagem de certos funcionários da Alfândega no aeroporto, pela forma déspota como os tratam na hora em que abrem a bagagem. Momento em que são encarados como contrabandistas, o que, inclusive, leva-os a ponderarem nunca mais regressar à Madeira. Olavo Manica diz que ficou confiante de que a situação pode melhorar, pela reunião que teve

Alfândega promete tratar melhor os emigrantes Responsável da Alfândega contactou Olavo Manica logo após as denúncias de maus tratos com o director da Alfândega e que foi solicitada pelo próprio depois de ter conhecimento das denúncias feitas. O responsável pelo Clube Social das Comunidades Madeirenses sublinha que não quer que a Alfândega deixe de cumprir o seu papel, mas questiona a forma arbitrária como o faz. Considera, por exemplo, que as malas deveriam passar por um sistema de raios X e não serem abertas “conforme a cara do freguês”. De entre as situações que considera inaceitáveis refere que, muitas vezes, depois de serem obrigados a despejar todo o conteúdo da mala, nem lhes é dado tempo de voltarem a arrumar, sendo empurrados com as roupas nos braços porque há outros que têm de entrar para

Assaltado autocarro de passageiros propriedade de lusos Quatro pessoas armadas interceptaram, sexta-feira, 15 de Junho, nas imediações de Caracas um autocarro da empresa Rodovias de Venezuela, propriedade de empresários portugueses radicados no país.

Segundo diversas fontes, os 47 passageiros foram assaltados, quando efectuavam uma viagem entre as cidades de Caracas e Puerto Ordáz, a 700 quilómetros a sudoeste da capital venezuelana.

nova vistoria. Em termos concretos, recorda-se do caso de uma senhora que tinha graves problemas de coluna e que mesmo assim foilhe pedido que pegasse ela própria na mala para colocar em cima do balcão, e nem aceitaram que chamasse o marido. Inaceitável é também que cheguem ao ponto de reter dez maços de tabaco a quem tem vício de fumar marcas que não existem cá, quando se sabe perfeitamente que ninguém vai fazer contrabando com dez maços de tabaco. Olavo Manica diz que os emigrantes merecem outro tratamento. Muitos deles regressam à terra que os viu nascer, com orgulho em mostrar aos filhos a Madeira e saem do aeroporto envergonhados porque, à

frente dos filhos, foram tratados como verdadeiros contrabandistas. No caso dos descendentes nem é tido em linha de conta o facto de não falarem bem o português. Por tudo isto, considera que é mesmo necessária outra atitude. “Fala-se tanto em receber bem os turistas, mas os nossos emigrantes também são turistas e ficam muito mais tempo e gastam muito mais dinheiro do que um turista regular”, sublinha, realçando que em tempos de crise é preciso tratar melhor quem nos visita. Refira-se que o DIÁRIO tentou chegar à fala com o responsável pela Alfândega, mas este fez depender o seu depoimento de uma autorização de Lisboa, que não chegou em tempo útil à nossa redacção.

Aumentos nos transportes já é efectivo

Entrou em vigor, na passada segunda-feira, 18 de Junho, o aumento da tarifa de transporte para Bs. 4 e Bs. 5, nas rotas suburbanas e interurbanas para os municípios Chacao, Baruta e El Hatillo, com base na Gazeta Oficial número 39.941. Vale destacar que no município Sucre, o aumento de Bs. 4 deverá ser cobrado pelos prestadores do serviço a partir do 1º de Setembro.

López defende proposta de Capriles O coordenador nacional do Comando Venezuela, Leopoldo López, declarou, no passado domingo, 17 de Junho, que os planes de governo apresentados representam duas visões de país completamente diferentes. “Capriles propõe unir os venezuelanos, ter uma economia forte; pelo contrario, o candidato oficialista, em três horas de discurso, não disse nada”, afirmou.

Dólar a 4,3 Bs barateia importações Num cenário onde a taxa de câmbio oficial tem-se mantido em 4,30 bolívares por dólar desde Janeiro de 2011, enquanto que a inflação venezuelana supera com crescimentos superiores às dos seus parceiros comerciais, os produtos importados tornaram-se mais baratos e a procura por divisas disparou. As estatísticas do BCV indicam que, entre Maio de 2011 e igual mês deste ano, o preço dos produtos nacionais acumulam um aumento da ordem dos 18,8%, contra 10,9% para os importados.


4 venezuela

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Venezuela Portuguesa da Silva afastada das Presidenciais Luso-descendente foi impedida pelo Conselho Nacional Eleitoral devido formalidades relacionadas o Nova Ordem Social

Jazz em Valência e fados em Araure No passado fim-de-semana, os estados de Carabobo e de Portuguesa puderam desfrutar de novas actividades culturais promovidas pelo Consulado-Geral de Portugal em Valência

correio de venezuela

Formalidades relacionadas com a sua força política impediram a luso-descendente Venezuela Portuguesa da Silva de “tornar efectiva” a sua candidatura às eleições presidenciais venezuelanas previstas para 7 de Outubro, revelou a própria à Agência Lusa. Venezuela explicou ter sido surpreendida por uma informação do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) referindo que o seu movimento, o Nova Ordem Social (NOS), surge como de âmbito regional, o que a impede de concretizar a candidatura. Advogada de profissão e com 58 anos de idade, Venezuela Portuguesa da Silva é uma antiga ex-’rainha’ de concursos de beleza, filha de um emigrante português, natural de Aveiro, que participou nas presidenciais de 2006. Em declarações à Lusa, explicou que o CNE considerou que o seu partido tem bases em seis Estados da Venezuela e mandou ratificar alguns requisitos noutros seis Estados. No documento, data de 5 de Junho, o CNE indica que o NOS foi legalizado como uma “organização com fins políticos de âmbito regional em seis Estados venezuelanos (Barinas, Cojedes, Delta Amacuro, Mérida, Trujillo e Vargas)”. A luso-descendente insiste que tem um projecto de todo o país pelo qual irá continuar a lutar, sublinhando que “é necessária a participação de todos os cidadãos, nacionais e estrangeiros, para conseguir uma melhor Venezuela”.

CORREIO DA VENEZUELA editorial@correiodevenezuela.com

Venezuela Portuguesa da Silva apontou a sua candidatura como uma alternativa ao radicalismo partidário.

Venezuela Portuguesa da Silva indicou que a sua candidatura seria uma alternativa “em que não existe radicalismo partidário e que não representa o passado, nem o presente, mas o futuro”. Venezuela participou nas presidenciais de 2006, ficando no quarto lugar. Os principais candidatos são o presidente Hugo Chávez e o líder da oposição, Henrique Capriles Radonski. Na Venezuela vivem oficialmente quase 600 mil portugueses. De acordo com fontes da comunidade portuguesa, o número deve rondar os 1,5 milhões se se incluir os luso-descendentes.

Sob a chancela do Consulado-Geral em Valência teve lugar, em simultâneo, no passado fim-de-semana, nos estados de Carabobo e de Portuguesa, dois concertos há muito esperados. O salão de conferências e exposições do Consulado-Geral encheu-se de convidados, face à chuva copiosa que interditou a utilização dos jardins, para aplaudir ruidosamente o sexteto de jazz da Universidade de Carabobo. Na mesma ocasião, no salão principal do Hotel Las Villas – Eco Inn, de Araure, Luisana Andrade, acompanhada pela guitarra portuguesa de Fernando Pires e pela viola de Osluar Lermo, encantava os presentes com alguns dos mais emblemáticos fados lisboetas. Já na noite anterior, a fadista cantara para uma assistência que se rendeu à magia deste tipo de música hoje património imaterial da Humanidade. O comendador José Rodrigues, igualmente convidado pelo CônsulGeral em Valência a marcar presença em Araure, discursou sobre a figura de João Fernandes de Leão Pacheco, o portimonense que, a 3 de Novembro de 1591, reinava em Espanha Filipe II (I de Portugal), fundou a cidade de Guanare. Chrystêllo Tavares, em nome do proprietário da unidade hoteleira, José António de Oliveira, deu as boas-vindas aos presentes. O fim-de-semana dedicado a Portugal, em que foram servidas 750 refeições de pratos tipicamente nacionais, como o caldo verde e o cozido à portuguesa, a par da passagem de filmes promocionais, em ecrãs gigantes, sobre a história pátria, o turismo e o fado, atesta que muito haverá a

fazer em todo o território venezuelano. Para José António Oliveira, que aceitou sem hesitar o repto de Chrystêllo Tavares, esta acção contribuiu para divulgar diversas facetas da cultura portuguesa e para a aproximar da comunidade venezuelana. José Rodrigues, por seu lado, referiu que a iniciativa, de louvar, deveria ser seguida por todos quantos trazem Portugal na alma. Permanência Consular em Araure Teve lugar na pretérita semana, por iniciativa do Consulado-Geral em Valência, uma permanência consular que contou com a presença de oito utentes, três dos quais de nacionalidade venezuelana sem quaisquer vínculos de sangue ou de afinidade com Portugal. Por deferência da Junta Directiva do Centro Social Luso Venezuelano de Araure, mormente do seu presidente Orlando Alvarado, que disponibilizou uma sala para o efeito, dois funcionários consulares aguardaram durante quatro horas pelos portugueses e lusodescendentes que, uma vez mais, primaram pela ausência. Para Chrystêllo Tavares, este desinteresse manifestado pela comunidade, conhecedora da acção consular pelos diversos anúncios publicados na imprensa e pelos comerciais postos a circular na rádio local, não deixa de causar alguma tristeza. Chrystêllo Tavares visitou, num curtíssimo compasso de meses, por três vezes, o Estado de Portuguesa. Em todas, a receptividade demonstrada pela Junta Directiva do Centro Social Luso Venezuelano de Araure, constituída por venezuelanos, foi excelente, situação que contrastou com o total alheamento, para não referir desinteresse, da comunidade lusa.


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 5


6 veneziela

22 a 28 de Juhno de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Noite de São João: A tradição manda divertir-se com amigos Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

Todos os anos, a 23 de Junho, celebra-se uma das maiores festas do catolicismo, a noite de São João Baptista, uma tradição que com o passar dos anos ganhou força e diferentes rumos. Crentes e festeiros saem para as ruas para se juntarem nas diferentes festas, que vão desde celebrações religiosas até festas que terminam ao nascer do sol. E assim a noite de São João transformouse numa tradição para partilhar com amigos, não apenas na Venezuela, onde os tambores se fazem ouvir na costa, mas também em Espanha e Portugal, em que cada sociedade deu o seu toque para fazer a própria tradição. Conta-se que a celebração da noite de São João nasceu há centenas de anos, com a chegada do solstício no hemisfério Norte, com a realização de um ritual em que se acendia uma fogueira para dar mais força ao sol, pois acreditava-se que a partir desses dias, o astro rei ficava debilitado. Não obstante, a igreja católica mantém que a simbologia das fogueiras deve-se à representação da fogueira que Isabel, mãe de João, acendeu na noite do seu nascimento, para avisar a Virgem Maria que a criança tinha chegado ao mundo. No início, os crentes acendiam as fogueiras nas ruas e praças das povoações na companhia de familiares e amigos, e ali queimavam as coisas más e também muitos saltavam-nas para se purificarem, enquanto que até ao dia de hoje, centenas de casais de namorados saltamnas de mãos dadas como forma de manifestar a duração do seu compromisso no tempo. Hoje em dia, Espanha e Portugal são as nações europeias que mais honras rendem a este santo católico, que é o único que celebra a sua festa no mesmo dia do nascimento. As Fogueiras de São João converteram-se numa das tradições mais importantes da Europa, sendo visitadas todos os anos por milhares de residentes e turistas, que querem desfrutar de uma noite de fogo e mistério. Tradição mista Na Venezuela, sente-se o calor das fogueiras da noite de São João, tradição que se pratica des-

As fogueiras, os rituais e a festa ao som dos tambores acompanham esta centenária tradição do único santo que se celebra no dia do seu nascimento

breves Preço do crude continua em queda O crude venezuelano fechou mais uma semana com um preço de venta médio semanal de 92,06 dólares por barril, menos 1,99 dólares comparativamente aos 94,05 dólares registados na semana anterior.”Os preços médios semanais dos crudes mantiveram a tendência de queda devido a uma ampla disponibilidade de fornecimento de crude e a persistente preocupação pela perspectiva económica global”.

Electricidade é prioridade no plano de Governo

São João é conhecido como o santo dos enamorados

de há muitos anos na costa do país, mas que se foi alimentando das comunidades que se foram instalando na pátria de Bolívar. A noite de 23 de Junho é desfrutada ao som dos tambores, que precedem as festividades do dia seguinte em honra ao santo, dia em que também se celebra uma missa solene, e no qual os tambores se fazem ouvir de novo. Os devotos agradecem ao santo agitando lenços de cores, cantando versos improvisados ao som dos tambores e dançando uma coreografia na qual o homem corteja a mulher. No Porto, celebra-se a noite que todos os namorados esperam ao longo do ano. As ruas enchem-se de alegria, danças, comida e fogueiras, que fazem deste espectáculo um memorável evento cultural e artístico, que encanta muitos e que a pouco e pouco a Venezuela foi importando. Sendo São João o padroeiro dos enamorados, desde o pôrdo-sol no dia 23 de Junho que o cheiro das sardinhas assadas invade as ruas, acompanhadas de bolo do caco, para dar as boas vindas às pessoas que desfrutam até ao amanhecer, com foguetes, música, fogueiras e danças. Em ambas as culturas, manda a tradição que as pessoas saltem a fogueira para manter o fogo

FOTO: ARQUIVO

Centro Social Madeirense - Valência A junta directiva do Centro Social Madeirense de Valência, no Estado de Carabobo, convida os sócios e amigos para a Festividades em Honra de São João, que se promovem no sábado, 23 de Junho. A jornada começa às 7h00, com uma missa no Oratório Nossa Senhora do Monte, seguindo-se uma procissão com tambores pelos arredores da instituição. As festividades prosseguem depois no Salão Madeira com as apresentações musicais de Danças Nacionalistas Hirímay, do Grupo Folclórico da casa, Danças Nacionalistas Manuel Leoncio Rodríguez e de um agrupamento de tambores. Associação Civil Centro Português - Caracas A junta directiva do Centro Português, de Caracas, celebra a tradicional verbena de São João na noite de sábado, 23 de Junho, com quiosques, bebidas típicas, fogueiras e sardinhadas, além das habituais apresentações musicais. Os jovens poderão desfrutar das melhores misturas musicais do DJ Gustabito, DJ Uvita e DJ Alex Nunes, a partir das 09h00, no Salão Nobre. Casa Portuguesa de Maracay - Aragua A junta directiva da Casa Portuguesa de Maracay, no Estado de Aragua, leva a cabo as suas festas em honra de São João no sábado, 23 de Junho, a partir das 8h00pm, na Área do Estacionamento. Os assistentes poderão desfrutar de sardinhas assadas, bebidas tradicionais e diversas apresentações musicais. eterno, e ela representa o amor, a amizade e a prosperidade, tudo o que é bom. A fogueira só se extingue de manhã, quando a festa acaba. Desde os anos 30, uma das tradições que mais força ganhou na Europa, especialmente em Portugal, foram as marchas de São João. As marchas são danças que representam cada bairro ou

rua, nas quais alguns grupos de vizinhos se organizam para ensaiar uma marcha. Existe uma imensa diversidade de marchas, e a tradição cresceu tanto que se realiza um desfile, no qual participam todos os bairros que querem manter as tradições vivas, a fim de demonstrarem as suas habilidades e render honras ao Santo.

O programa de Governo que o presidente Hugo Chávez apresentou ante o Conselho Nacional Eleitoral para o mandato 2013-2019, dedica vários parágrafos ao tema da energia eléctrica. Promete terminar várias das obras de produção apresentadas na proposta para o período 2007-2012. Também refere os projectos hidroeléctricos de Tocoma e de La Vueltosa.

Turismo em risco no Canaima Através de um comunicado, a Associação Civil Comunidade Indígena Kanaimö advertiu as autoridades sobre a situação crítica em que vivem as comunidades pela falta de combustível, que é vital para as operações turísticas da zona, e alertaram sobre possíveis medidas de pressão. Denunciaram que vivem há três meses com problemas de abastecimento de combustível, que lhes chega desde La Paragua.

Alcaldía de Caracas reforça manutenção nas redes viárias A alcaldía de Caracas e o governo do Distrito Capital deram início a uma série de trabalhos que incluem desmatação, cimentação e asfaltamento, além de manutenção preventiva de drenagens, túneis e a passagens viárias. Serão realizados trabalhos de manutenção em túneis e passagens viárias nas zonas de 23 de Enero, Candelaria, Catedral, El Recreo, La Pastora, San Agustín, San Pedro e Santa Teresa.


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 7


8 venezuela

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

CP celebra 54 anos de existência entre música e futebol Carla Salcedo Leal Csalcedo@correiodevenezuela.com

O Centro Português em Caracas celebrou os seus 54 anos com uma grande festa dançável, na noite de 16 de Junho, sábado, na qual todos os convidados mostraram, com muito orgulho, o seu amor pela selecção portuguesa de futebol, pois a festa aconteceu no âmbito do Euro 2012, com temática em torno do futebol e da selecção. Crianças e adultos desfrutaram de um serão que teve como cenário o salão nobre do clube, onde o grupo Kohiba e o Dj Salvatore ficaram encarregues de marcar o ritmo musical da noite. Um grande espectáculo de luzes chamou a atenção do público, que rapidamente se entusiasmou e acorreu à pista de dança.

Uma festa temática dançável na agenda de actividades programadas para a celebração de um novo aniversário

Casa de Aragua promoveu actividades de beneficência SANDRA DE ANDRADE Sandrade@correiodevenezuela.com

O salão Luís Vaz de Camões, na Casa Portuguesa do Estado Aragua, acolheu o tradicional ‘Bingo, Te, Canasta’, organizado pelo Comité de Damas do clube na tarde da passada quinta-feira, 14 de Junho. Aproximadamente 500 pessoas estiveram presentes com o único propósito de angariar fundos para diferentes obras de beneficência. A presidente do Comité de Damas, Isabel Gomes, agradeceu a todos os presentes pelo apoio, especialmente a todas as lojas que colaboraram para que a referida actividade de beneficência pudesse ser levada a cabo com êxito. Tudo pronto para o festival da sopa Os diferentes comités da Casa Portuguesa do Estado de Aragua estão a finalizar os detalhes de mais um Festival da Sopa, que se levará a cabo a 1 de Julho, no salão Luís Vaz de Camões, a

Os sócios podem desfrutar de múltiplas actividades neste centro social

EquipHotel Canadifa 2012 desperta atenção de empresários Carla Salcedo Leal Csalcedo@correiodevenezuela.com

Foi levada a cabo, de 15 a 17 de Junho, na sala de exposições da Universidade Metropolitana (CIEC), a Expo EquipHotel Canadifa 2012, evento organizado pela câmara que agrupa os distribuidores e fabricantes de equipamentos industriais para cozinhas, hotéis, lavandarias e afins (Canadifa). Um grupo de empresas marcou presença no recinto para mostrar os produtos que têm disponíveis no país para o ramo hoteleiro e de restaurantes, dando, desta forma, oportunidade aos empresários de encontrar num só espaço os produtos necessários para dar início ou renovar os seus negócios. A reconhecida exposição,

Feira de vinhos da Excelsior Gama foi todo um êxito Sergio Ferreira Soares Sferreira@correiodevenezuela.com

partir das 11:00am. A iniciativa, que procura angariar fundos em benefício do Geriátrico Luso Venezuelano, terá como convidados especiais as irmãs Carla e Andrea e o grupo Alma Lusa. Orgulho desportivo A direcção da Casa Portuguesa do Estado de Aragua enviou um comunicado a todos os seus sócios a manifestar a

satisfação pela classificação do nadador Erwin Maldonado para os Jogos Olímpicos Londres 2012 na especialidade de águas abertas, um lugar conseguido em Setúbal, Portugal, a 9 de Junho. Asseguram ainda sentir-se orgulhosos pelo desempenho da equipa de Natação do clube, que obteve o segundo lugar no Campeonato Nacional de Águas Abertas em Margarita.

que se realiza em Caracas de dois em dois anos, contou, este ano, com duas importantes alterações, com a incorporação, no evento, de duas instituições bancárias, que marcaram presença com a finalidade de oferecer os seus serviços de financiamento aos empresários que se mostravam interessados em adquirir os produtos disponíveis na feira; foi também introduzido um ciclo de palestras informativas com as quais a Canadifa procura manter informados os seus associados, sobre temas da actualidade nacional referente ao ramo coberto por esta indústria. A experiência repete-se em 2014, pelo que os organizadores já estão a preparar-se e convidam tanto os associados como os empresários interessados no evento. Mais informações: www.equiphotel-canadifa.com.

Excelsior Gama realizou, com êxito, a sua sexta edição da já reconhecida Feira de Vinhos, que se levou a cabo entre 7 e 10 de Junho, nos espaços do Excelsior Gama Plus La Trinidad. “Nesta ocasião oferecemos os melhores produtos com 16 casas de vinhos e 10 de alimentos, que mostraram a suas variedades para que todos os nossos clientes desfrutasse de um casamento perfeito. Todos os anos, a Feira de Vinhos supera-se em qualidade e expectativas, por isso, sempre tem um bom acolhimento por parte da população”, asse-

gurou Liliana Trejo, gerente de marketing massivo da Excelsior Gama. Cada assistente pôde realizar dez provas de entre os melhores vinhos do mundo, que foram casados com os produtos de reconhecidas marcas de produtos alimentares, como o Atún Margarita, Sin pecados Gourmet, Alimentos Texas, Casa de Fruta, Movilla, Del Monte Andina, Castelo Branco, Montserratina e Hermo. O evento contou com a assistência de centenas de caraquenhos, que também puderam desfrutar de exclusivas catas ditadas por especialistas para dar a conhecer as características de diversos tipos de vinho.


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 9


10 portugal

Breves Greves afastam mercados internacionais do pais O presidente da associação das agências de viagens diz que as greves no sector da aviação estão a provocar insegurança nos principais mercados internacionais e a afastar os turistas de Portugal, salientando que já há cancelamentos. A reacção de Pedro Costa Ferreira surge depois de os controladores de tráfego aéreo terem agendado mais cinco dias de greve e de os pilotos da TAP ameaçarem paralisar alguns dias em Julho e Agosto.

Santos Pereira acusa sindicatos de “chantagem”

O ministro da Economia acusou, quarta-feira, 20, os sindicatos do sector dos transportes de exercerem “chantagem” nas greves que estão a realizar e de o Governo ter “demonstrado enorme paciência” em relação à situação. Álvaro Santos Pereira, respondia aos deputados sobre as várias greves existentes no sector dos transportes e a uma pergunta do deputado do PCP Bruno Dias sobre a situação da NAV, a empresa pública de controlo de tráfego aéreo.

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

PSD-Açores condena gastos em viagens do Governo de César CORREIO/LUSA

O líder parlamentar do PSD na Assembleia Legislativa dos Açores, Duarte Freitas, considerou “imoral” e “eticamente incorrecto” o gasto feito em 2010 pelo Governo Regional com deslocações, estadas e ajudas de custo. Falando, na terça-feira, 19, em conferência de imprensa, na cidade da Horta, o deputado social-democrata reagiu assim ao relatório de auditoria do Tribunal de Contas (TC), divulgado no dia anterior, que dá conta de que o presidente do executivo açoriano, Carlos César, e outros quatro membros do Governo gastaram mais de 600 mil euros em 2010 neste tipo de despesas. “Isto é uma matéria que, além da legalidade ou da ilegalidade, tem a ver com a ética de estar na política”, advertiu Duarte Freitas. No seu entender, estas situações são ainda menos compre-

PSD-Açores considera “imoral” gasto de 600 mil euros do Governo com deslocações

600 mil euros em viagens de governantes socialistas açorianos em 2010 têm dado polémica

ensíveis numa altura em que “as famílias e as empresas açorianas estão a viver enormes dificuldades”. Por isso, disse, a “gravidade”

Cavaco promulga alterações laborais e pede “estabilidade” Presidente da República promulgou alterações ao código do trabalho mas exige estabilidade para o futuro

Gastos vão para habitação, transportes e alimentação A despesa média anual das famílias que vivem em Portugal ronda os 20 mil euros, sendo mais de metade do orçamento destinado a gastos com habitação, transportes e alimentação, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE). De acordo com o “Inquérito às Despesas das Famílias 2010/2011”, divulgado pelo INE, a habitação, transportes e alimentação consomem 57% do orçamento anual dos agregados familiares que é, em média, de 20.391 euros.

das denúncias do TC exigem a “responsabilização” dos respectivos membros do Governo. O Tribunal de Contas detectou várias irregularidades nas

Cavaco salienta “a necessidade de preservar o consenso alcançado”

FOTO: DN

CORREIO/LUSA

O Presidente da República promulgou as alterações ao Código do Trabalho, exortando a que “a partir de agora” se “assegure” a estabilidade legislativa “com vista” à “recuperação” do investimento, criação de emprego e relançamento “sustentado” da economia. Na mensagem de promulgação do diploma publicada na página da Internet da Presidência da República, de sete pontos, Cavaco Silva diz que na análise realizada pela Casa Civil da Presidência da República “não foram identificados indícios claros de inconstitucionalidade que justificassem a intervenção do Tribunal Constitucional” e realça ter tido “presente os compromissos assumidos por Portugal junto das instituições internacionais”. “Com a entrada em vigor desta reforma da legislação laboral,

despesas feitas pelo gabinete do presidente do Governo Regional, Carlos César, e de outros quatro secretários regionais referentes a deslocações, estadas e ajudas de custo no ano 2010. Nesse período, os cinco governantes gastaram mais de 600 mil euros neste tipo de despesas e houve membros do Governo que receberam ajudas de custo a 100% quando estavam na sua própria residência. “Dezasseis anos depois de chegar ao poder na região, o PS demonstra que perdeu o pudor e o respeito pelos dinheiros públicos”, apontou Duarte Freitas, que evitou falar, no entanto, na demissão de algum dos membros do executivo. “É preciso que cada um ponha a mão na consciência”, disse apenas, em resposta às perguntas dos jornalistas. Os social-democratas entendem ainda que é necessário “regenerar” a acção dos políticos e “acabar, de uma vez por todas, com estas práticas e posturas”.

deverá assegurar-se, a partir de agora, a estabilidade das normas reguladoras das relações laborais, com vista à recuperação do investimento, à criação de novos postos de trabalho e ao relançamento sustentado da economia portuguesa”, defende. O Presidente da República salienta “a necessidade de preservar o consenso alcançado em sede de concertação social e a reduzida oposição que o presente diploma suscitou junto dos partidos com representação parlamentar”. “O presente diploma foi aprovado na Assembleia da República com os votos favoráveis dos deputados do PSD e do CDS-PP e com a abstenção dos deputados do PS, tendo votado contra apenas 15 por cento dos deputados”, assinala Cavaco. “As alterações à legislação do trabalho realizadas pelo presente diploma decorrem” do memorando de entendimento assinado por Portugal e que o seu “enquadramento e princípios orientadores” decorrem igualmente do Compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego celebrado no passado dia 18 de Janeiro de 2012 entre o Governo português e larga maioria dos parceiros sociais”.


cámara municipal de funchal 11

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Desfile de clássicos animou o Funchal Mais de três centenas de veículos motorizados, entre automóveis ligeiros, carrinhas e carros mistos de turismo, e motos – pesadas, ligeiras e “scooters” – desfilaram na Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses, no passado sábado, dia 16 de Junho. A iniciativa da Câmara Municipal do Funchal, na ilha da Madeira, integrou um programa que foi além do desfile dos veículos com motor. Também desfilaram as “marjorettes”, com os seus visuais atraentes e alegres, uma tuna académica da Universidade da Madeira e bandas filarmónicas, que transmitiram ao momento muita animação e um maior entretenimento ao muito público, nomeadamente turistas, que assistiu ao evento, que terminou na Praça do Mar, junto do Porto do Funchal (Cais Norte), com a parada das viaturas. Foi o local ideal para os mais curiosos apreciarem minuciosamente as máquinas antigas que participaram na “Auto parade 2012”, que entre as relíquias apresentadas mostrou o primeiro pronto-socorro com escada “Magirus” dos Bombeiros do

Funchal e um antigo autocarro da Companhia dos Carros do Caniço, com capacidade para 19 passageiros, do tempo da Segunda Grande Guerra Mundial. Nos veículos de duas rodas o destaque foi para a grande mobilização do Clube de Motards da Madeira e para uma excelente colecção de “scooters” da marca italiana “Vespa”, muitas delas em circulação desde a década de cinquenta do século passado. A iniciativa contou com a colaboração de associações de carros clássicos, uma actividade que nos últimos anos está a ganhar muitos adeptos na Região Autónoma da Madeira, e a atenção de especialistas e clubes de coleccionadores internacionais, sobretudo da Alemanha e do Reino Unido. Numa tarde de muito sol, o inusitado desfile deu um brilho especial à Avenida do Mar e das Comunidades Madeirense: no cenário multicolor das máquinas, os metais bem reluzentes e tratados para o efeito, chamaram a atenção dos funchalenses e dos visitantes.

Capital do Jazz O Funchal Jazz surge mais uma vez como um exemplo de projecção da imagem da Madeira para além-fronteiras, como destino turístico de raros atributos de beleza, e dotado de festividades e eventos de qualidade internacional. O Funchal Jazz é uma porta para o futuro, e demonstra que acontecimentos culturais de qualidade têm sempre o seu público. A cidade do Funchal vai ser a capital do jazz, entre os dias 5 e 7 de Julho, e este festival criou já, no âmbito nacional e entre os seguidores deste tipo de música e espe-

ctáculos, o apetite para uma deslocação à ilha da Madeira. Miguel Albuquerque, presidente da Câmara Municipal do Funchal, refere a propósito deste evento: “Para além das suas inegáveis qualidades climatéricas e geográficas, a cidade tem de construir uma oferta que lhe permita destacar-se entre todos os destinos em promoção nos outros países. A criação de eventos culturais de qualidade excepcional é uma forma de fazer sobressair o destino Madeira no combativo meio dos mercados turísticos

internacionais”. E para além desse facto, importa referir a importância fundamental que tem o Funchal Jazz para os públicos locais. Para além da hipótese de proporcionar o contacto directo com músicos internacionais, o Funchal Jazz conquista, ano após ano, novos públicos, constituindo no presente um dos momentos mais altos da oferta cultural funchalense. Uma boa ocasião para visitar a ilha e assistir à actuação de excelentes músicos de todo o mundo que aportam na ilha por esses dias.


12 portugal

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Passos Coelho visita Peru, Brasil e Colômbia

Sucesso escolar será determinante

Deslocação de seis dias tem início em Lima, no Peru, seguindo depois para o Rio e Colômbia

O Ministério da Educação e Ciência vai introduzir o critério de sucesso escolar na atribuição de bolsas de estudo para o Ensino Superior, anunciou, na terça-feira, 19, o ministro da Educação, Nuno Crato. “As condições são mais apertadas num aspecto, que é o da exigência do sucesso escolar. Nós queremos que os jovens que recebem essas bolsas se empenhem no estudo”, afirmou o ministro em Caste-

O primeiro-ministro vai participar na conferência das Nações Unidas.

correio / lusa

O primeiro-ministro iniciou, na segunda-feira, 18, uma visita que, até sábado, o levará até ao Peru, Brasil e Colômbia, sendo que neste último país irá participar na conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável Rio+20 e reforçar as relações económicas com mercados da América Latina. O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, acompanha Pedro Passos Coelho nestas visitas. Os dois tinham previsto estar juntos no Rio de Janeiro no dia em que se completa um ano desde a tomada de posse do Governo PSD/CDS-PP, 21 de Junho, quinta-feira. A ministra do Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, também participará na conferência Rio+20, enquanto o secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, vai estar presente na Colômbia. Esta deslocação de seis dias à América do Sul começou por Lima, no Peru, seguindo depois para o Rio de Janeiro, na terçafeira à noite. Passos Coelho participou na conferência Rio+20, nos dias 20 e 21 de Junho, quarta e quintafeira, viajando depois para Bogotá, na Colômbia, onde ficará

Governo enfrenta 1ª moção de censura A moção de censura ao Governo, anunciada pelo PCP na passada sexta-feira, 15, é a primeira apresentada ao executivo de maioria PSD/CDSPP liderado por Pedro Passos Coelho, mas tem já o ‘chumbo’ garantido. Tendo em conta que o Governo de Pedro Passos Coelho é sustentado por uma maioria - PSD/CDS-PP - o ‘chumbo’ da moção de censura está já garantido (o PSD tem 108 parlamentares e CDS-PP tem 24, perfazendo um total de 132 deputados). até sábado, dia 23, chegando a Lisboa no domingo. No plano económico, para além de ser um importante destino das exportações portuguesas fora da União Europeia, o Brasil é um dos principais investidores na economia portuguesa, tendo empresas que são potenciais interessadas no programa de privatizações de Portugal. Nos últimos anos, o Peru e a Colômbia têm sido apontados pelas autoridades portuguesas

A última moção de censura apresentada no Parlamento foi discutida há mais de um ano, a 10 de Março de 2011, por iniciativa do BE e dirigida ao anterior Governo socialista de José Sócrates. Na última legislatura, além dessa moção de censura, o executivo de José Sócrates foi confrontado com outra apresentada pelo PCP, em Maio de 2010. Antes, nos primeiros quatro anos de Governo, José Sócrates teve de enfrentar quatro moções de censura. como mercados estratégicos para Portugal e são dois países que o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros já visitou. “A Colômbia e o Peru são mercados para onde iremos olhar com particular atenção”, afirmou no início deste ano o presidente da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Pedro Reis, apontando estes países como “prioridades económicas para as empresas portuguesas”.

lo Branco, à margem de uma visita à Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental. Segundo Nuno Crato, este ano será introduzido pela primeira vez o critério de sucesso, “que é de 50 por cento do sucesso do ano anterior”. No próximo ano essa percentagem subirá para os 60%, reforçando assim a exigência de sucesso escolar na atribuição de bolsas de estudo. correio / lusa

IEFP registou 7.940 casais desempregados Entre os 609.273 desempregados inscritos nos centros de emprego em Maio estavam registados 7.940 casais sem emprego, o que corresponde a um aumento de 81% relativamente ao mesmo mês de 2011, foi divulgado na quartafeira, 20. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de

casais em que ambos os cônjuges estão desempregados aumentou em 3.554 casais em termos homólogos e em 63 casais (0,8%) relativamente ao mês de Abril. O desemprego registado nos centros de emprego do continente aumentou 20,4% face ao mesmo mês do ano passado e diminuiu 2,3% relativamente ao mês de Abril. correio / lusa

Tráfego aéreo de passageiros cai 0,6% em Maio O tráfego de passageiros nos aeroportos da ANA caiu 0,6% em Maio, em relação ao período homólogo de 2011, enquanto o acumulado verificou uma subida de 0,9%, revelou quarta-feira, 20, a empresa. Apesar da quebra em termos gerais, o segmento ‘low-cost’ cresceu 4,7%, tendo o aeroporto de Lisboa sido o

único a verificar um aumento em Maio face ao mesmo mês de 2011, neste caso de 1,7%, segundo números da empresa pública, em comunicado. No Porto, a quebra foi de 3,3%, em Faro de 2,2%, enquanto os aeroportos geridos pela ANA nos Açores registaram uma contracção do tráfego de passageiros de 5,1%. correio / lusa


22 a 28 de Junho 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 13


14 diáspora

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

CCP defende política diferenciada o ensino Conselheiros defendem política diferenciada para o português como língua materna relativamente a outros cursos de Ensino do Português no Estrangeiro

Amadeu Batel (ao centro), presidente da Comissão Permanente da Língua, Educação e Cultura do CCP

A Comissão da Língua do Conselho das Comunidades Portuguesa (CCP) defende uma política diferenciada para o português como língua materna relativamente a outros cursos de Ensino do Português no Estrangeiro (EPE), disse um responsável do grupo, no passado 15 de Junho. “Defendemos que o governo, se vai partir do zero (a fazer uma reestruturação do EPE), que realmente tenha políticas diferenciadas em relação ao português como língua materna (...), com estratégias adequadas para este público-alvo”, disse à Lusa Amadeu Batel, presidente da Comissão Permanente da Língua, Educação e Cultura (CLEC) do Conselho das Comunidades Portuguesas (CCP). Para Batel, essas estratégias para o ensino do português como língua materna são “totalmente diferentes” das adoptadas para o português ensinado como língua estrangeira ou segunda língua. Estas declarações foram feitas no final de uma reunião com o secretário de Estado das Comunidades José Cesário, em Lisboa. O conselheiro do CCP disse

ainda que nessa reestruturação, alguns pontos podem ser aplicados a curto prazo, permitindo o funcionamento dos cursos de português no estrangeiro no próximo ano lectivo, enquanto o processo completo das novas políticas e estratégias a serem aplicadas pode levar anos. “Esse processo de fazer planos de cursos, a elaboração de material didáctico adequado, formação de professores e a certificação desses cursos são aspectos que requerem anos”, afirmou. Amadeu Batel disse que a CLEC é contra a aplicação das propinas, no entanto, nem todos os conselheiros do CCP são contra a aplicação da taxa de 120 euros (com algumas excepções que serão estipuladas pelo Governo) no ensino paralelo da língua portuguesa. “Existe um sentimento generalizado (na comissão) que a propina é uma medida inconstitucional, uma medida ilegal à luz da Constituição da República e também ao artigo 6.º da lei de base do sistema educativo. O ensino para os cidadãos portugueses deve ser gratuito”, disse o conselheiro. Na Europa, as pré-inscrições para o próximo ano lectivo (2012/2013) alcançaram 26 mil

Governo investe em estudos sobre fluxos migratórios correio / lusa

O governo quer perceber melhor os novos perfis de emigração portuguesa, tendo assinado protocolos para investigação e posterior divulgação com várias instituições de ensino superior, num total que ronda os 30 mil euros. A informação foi veiculada, no passado 19 de Junho, pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, que presidiu à assinatura de um protocolo entre a Faculdade de Letras da Universidade do Porto e a Direcção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, para o arranque dos estudos sobre os novos perfis de emigração.

Em Fevereiro, foi anunciado que as funções do Observatório da Emigração, criado em 2008 pelo Governo e pelo ISCTE, passariam para a direcção-geral em parceria com várias universidades. José Cesário disse que os custos com o Observatório “ultrapassaram os 300 mil euros em três anos” e que a partir de agora será possível “reunir informação muito mais diversificada” e “envolver muito mais gente”. O custo total dos actuais protocolos “andará na ordem dos 30 mil euros”, 14 mil dos quais destinados aos estudos agora a serem desenvolvidos pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

FOTO: DN

alunos, contra os 35 mil no ano escolar anterior, havendo um decréscimo de nove mil alunos. “Estamos de acordo que é preciso corrigir esses aspectos e essas lacunas. Estamos de acordo que é preciso levar até às pessoas, particularmente aos alunos, um ensino com mais qualidade”, acrescentou. O secretário de Estado disse que “há algumas divergências no modo de como o fazer”. “Uma questão que suscita algumas divergências é a propina. Nós explicámos que será aplicada, tendo em consideração a necessidade de introduzir algumas medidas que proporcionam mais qualidade ao sistema e alguns conselheiros têm dúvidas”, indicou ainda. A distribuição de livros aos alunos de português no estrangeiro como contrapartida pelo pagamento de uma propina de 120 euros vai avançar apenas no ano lectivo de 2013/2014. A propina, que começará a ser cobrada já no próximo ano lectivo, sofrerá uma redução equivalente ao valor dos manuais escolares, já que o diploma para tal fim ainda não está pronto.

Governo quer saber mais sobre o fenómeno da emigração

FOTO: DN

Associação mais antiga da Suíça cumpre 50 anos A Associação Portuguesa de Zurique, Suíça, criada como um pequeno clube de elite, tornou-se numa instituição popular de apoio a uma comunidade de 40 mil pessoas que hoje vê o futuro ameaçado pela falta de interesse dos jovens. Quando a Associação Portuguesa de Zurique (APZ) foi criada, a 14 de Junho de 1962, as estatísticas suíças registavam apenas 481 cidadãos de origem portuguesa no país. Meio século depois, os portugueses tornaram-se no terceiro maior grupo de es-

trangeiros [mais de 200 mil] na Suíça e a associação “democratizou-se” para acompanhar a comunidade. “Na época, os portugueses eram muito poucos, uma elite, pessoas que tinham residência na Suíça e faziam parte de famílias com grande poder económico em Portugal, funcionários de bancos, seguradoras e grandes empresas”, recordou Manuel Beja, conselheiro da comunidade portuguesa, que foi secretário da associação e posteriormente presidente da assembleia geral durante 20 anos.


cultura 15

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

pensa verde Olimpíadas ecológicas

Editora venezuelana lança livro de José Viale Moutinho Correio/lusa

Carla Salcedo Leal

Durante a última década, também os Jogos Olímpicos trouxeram à discussão o tema ambiental, pois a realização deste tipo de eventos necessitam de grandes esforços ao nível das infraestruturas, o que provoca um aumento da contaminação ambiental. Se apelarmos um pouco à memória lembramo-nos que, há quatro anos, quando faltavam apenas 50 dias para as Olimpíadas de Pequim, os olhos do mundo viraram-se para este assunto, o que teve como consequência que alguns atletas de grande renome tenham ficado na dúvida quanto à sua presença na capital chinesa, que na altura foi muito criticada pelas suas elevadas taxas de contaminação, para além do factor politico. Para os Jogos Olímpicos de Londres, os ingleses surpreenderam o mundo com a iniciativa a ser a de maior contributo ecológico da história, pelo que agora muitos consideram que estes são os Jogos Verdes, naquela que foi uma das cidades mais contaminadas do mundo. Aquela Londres perdido no fumo ficou para trás. Certas considerações foram tidas em conta pelos anfitriões desta edição, pois para chamar a atenção dos seguidores destes jogos e dos ambientalistas, o Parque Olímpico foi construído numa zona que há seis anos se encontrava coberta por 1.300.000 toneladas de lixo, dos quais cerca de 95 por cento foi reutilizado para a criação de edifício, através de procedimentos como a reciclagem. Para esta obra, foi necessária a participação de arquitectos, ambientalistas, engenheiros, designers, entre outros especialistas, que se encarregaram de avaliar a sustentabilidade deste projecto. A partir do dia 27 de Julho, estas estruturas podem ser apreciadas, com o início dos Jogos Olímpicos 2012. Recorde-se que cuidar hoje é preservar o futuro das novas gerações.

Uma editora venezuelana está a preparar o lançamento do livro ‘Negra Sombra! Negra Sombra!’, do escritor e jornalista madeirense José Viale Moutinho, revelou o próprio à agência Lusa. “Será lançado pela editora Monteavila e trata-se de um livro que já foi editado em Portugal e na Galiza, Espanha”, acrescentou. Nascido em 1945 no Funchal, José Viale Moutinho está de visita à Venezuela a convite do Instituto Português de Cultura (IPC), tendo proferido várias conferências, no Centro Português de Caracas (no Dia de Portugal), no Banco do Livro, na Faculdade de Humanidades e Educação, na Escola de Idiomas da Universidade Central de Idiomas e no Centro de Estudos Latino-americanos Rómulo Gallegos. Em declarações à agência Lusa, Viale Moutinho explicou que não tem pormenores sobre a data de lançamento do livro e que a visita à Venezuela permitiu-lhe fazer “uma descoberta excepcional”, que é o caso do Centro Português de Caracas e da acção “perfeitamente alucinante” que o IPC realiza a partir de um pequeno escritório. “Foi também a descoberta de um conjunto de culturas centradas na União de Nações da América do Sul. Fui encontrar no Museu de Belas Artes uma

‘Negra Sombra! Negra Sombra!’ estará disponível para os venezuelanos seguidores do escritor madeirense

O reconhecido cantor de origem portuguesa Roberto Leal regressa a terras venezuelanas a 28 de Septembro para entreter os seus fãs crioulos no salão Río Manzanares do Hotel Gran Meliá Caracas. A iniciativa é de novo promovida pelas empresas ‘Producciones Nino Acosta’ e ‘Portugal ao vivo’, que nos últimos anos revitalizaram a comunidade luso-venezuelana com a apresentação dos mais variados artistas lusitanos. Os interessados em adquirir bilhetes deverão contactar a produtora através do cor-

Por Sergio Ferreira

Uma das coisas que mais surpreende os turistas quando visitam um país é a paisagem deste. Portugal é um país com belos recantos, nos quais se misturam as antigas edificações e monumentos, com praias exóticas, montanhas e campos nos quais se pode desfrutar de verdadeiros momentos de distracção.

Braga

Viale Moutinho esteve em Caracas no âmbito das comemorações do 10 de Junho.

exposição fascinante da arte política e fiquei perfeitamente fascinado com isso. E, na Galeria Nacional, uma exposição sobre pintura do século XIX, fiquei deslumbrado e a entender as novas figurações”, disse. Explicou que do ponto de vista literário não pôde ver tudo, mas ficou fascinado com a leitura, que ainda está a fazer, do escritor venezuelano Carlos Noguera, com o romance obra ‘Juegos bajo la luna’. José Viale Moutinho tem

várias obras editadas, algumas delas traduzidas em outras línguas, entre elas o castelhano, galego, catalão, italiano, alemão, russo, esloveno e búlgaro. Foi director da Associação Portuguesa de Escritores, da Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia, do Círculo de Cultura Teatral e presidente da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto. Estreou-se em 1968 com a novela Natureza Morta Iluminada.

Roberto Leal regressa a Caracas Sergio Ferreira Soares sferreiracorreiodevenezuela.com

Recantos

Cantor luso-brasileiro vai pôr a dançar os seus fãs, num espectáculo a decorrer no Meliá Caracas reio electrónico portugalaovivo@hotmail.com ou pelos telefones (0414)321.37.20; (0414)315.16.89; ou (0414)030.74.96. Sobre Roberto Leal… Roberto Leal é o nome artístico de António Joaquim Fernandes, nascido em Vale da Porca a 27 de Novembro de 1951 e emigrado para o Brasil em 1962. Alcançou o êxito na década de 70, graças ao tema ‘Arrebita’, vendendo milhares de discos nos

anos seguintes. Em 1979, participou num filme sobre a sua vida, chamado ‘O Milagre’. Ainda hoje é aclamado por brasileiros de todas as idades, com 17 milhões de discos e mais de 300 canções gravadas. Lançou, no ano de 2007, o CD ‘Canto da Terra’ e ‘Raiç/Raízes’, em 2009. Em 2011, entrou como actor no programa ‘O Último a Sair’, reality show falso da autoria de Bruno Nogueira, João Quadros e Frederico Pombares, na RTP1, saindo vencedor.

Esta semana, fazemos um percurso pela cidade de Braga, uma das zonas mais históricas de Portugal, no Norte, e com cerca de 180 mil habitantes. É a terceira cidade pais populosa do país, atrás de Lisboa e do Porto. Apesar de haver vestígios de assentamentos celtas no lugar, a população alcança verdadeira importância com a ocupação romana. Importante centro de comunicações, destaca-se pelo seu comércio e pelo turismo gerado pela zona histórica. A cidade conta ainda com a Universidade Católica Portuguesa, a Universidade do Minho e uma dezena de museus, o que a torna num dos centros culturais mais importantes do país. Actualmente, Braga é uma cidade moderna, com uma população jovem, com ruas ocupadas com o comércio e indústria, que rodeiam um movimentado e atractivo centro histórico, repleto de ruas empedradas, nas quais se conservam monumentos com diferentes estilos arquitectónicos como o românico, o gótico, o manuelino e o barroco. Os principais pontos de interesse turístico de Braga são: O Bom Jesus do Monte e o Elevador do Bom Jesus de Braga; A Catedral de Braga; O Santuário do Sameiro; O Castelo de Dona Chica; Capela de São Frutuoso de Montélios; Mosteiro de Tibães; Museu de Arte Sacra; Museu do Palácio de Biscainhos e Museu de Dom Diogo de Sousa. Outras visitas obrigatórias são as igrejas da Misericórdia, Pópulo e Nossa Senhora Branca.


16 cultura

Percorrendo Por Sergio Ferreira

Playa Miami Poucos são os países no Mundo que oferecem ao turista uma diversidade de paisagens tão grandes como os de Venezuela: Uma terra que foi privilegiada pela Natureza. Um dos recantos que poucos conhecem e que guarda belezas naturais é a praia Miami, situada no Parque Nacional Laguna de Tacarigua, no estado de Miranda. Para chegar a este local paradisíaco, há que percorrer parte de Laguna de Tacarigua a bordo de pequenos botes ‘peñeros’, navegando pelos amplos e luminosos espaços abertos da humidade ou entre estreitos e escuros canais que se abrem entre túneis de manguezal. O passeio começa no molhe do Instituto Nacional de Parques e termina num cais escondido que surge a meio do manguezal. A partir dali, o visitante terá de andar um pouco mais de cem metros através de um caminho emadeirado que se eleva sobre um terreno pantanoso frequentado por garças, íbis, caranguejos e crocodilos da costa. No final deste caminho, à esquerda, poderá ver as cabanas da pousada Tortuga Lodge, a única opção de alojamento nos limites do Parque Nacional. Em frente às cabanas, levanta-se uma espectacular cabana onde funciona o restaurante da pousada. Em redor, dispersas pelo local, há outras cabanas mais pequenas providas de mesinhas e de várias cadeiras que poderá alugar para passar o dia. Planifique o seu regresso para o final da tarde, quando as aves voam em debandada rumo aos ninhos: Poderá ver ‘corocoras’, garças, ‘cotúas’, ‘tijeretas’, ‘alcatraces’. O Parque Nacional Laguna de Tacarigua foi criado a 13 de Fevereiro de 1974 com a finalidade de proteger um ecossistema de grande importância para a preservação de numerosas espécies em perigo de extinção.

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

“Pessoas” deleitará de novo os caraquenhos Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A Gala inaugural do IX Festival Mundial da Poesia ofereceu, na passada segunda-feira, 18, um pequeno momento da peça “El fado de Pessoa”, que deleitou o público presente na sala Ríos Reyna do Teatro Teresa Carreño. O fragmento da obra foi tão só um aperitivo do que poderão desfrutar os caraquenhos no sábado, 23 de Junho pelas 17h00, quando os intérpretes da peça subirem ao estrado do Teatro Principal para a apresentação integral deste espectáculo de teatro musical. Alma Blanco, Norma Monasterios e Alexander Solórzano, são, mais uma vez, os responsáveis por levar o público numa breve viagem pela vida de Fernando Pessoa e pela história da sua amada. Gonzalo Mendoza e Carlos Rojas Zoccolo, estão encarregados de dar o toque musical a esta peça dirigida por Katty Rubesz, com a assistência de Edisson Spinetti. Os interessados em assistir a deverão adquirir as entradas, no dia da apresentação, no Teatro Principal, a partir da 14h00. Sobre a obra… Histórias de imigrantes carregadas de poesia e música lusitana mostram-se nesta peça. Trata-se de uma co-produção entre o grupo Encuadre Teatral e o Centro de Criação Artística TET, onde a música, o canto e a poesia são o elo mobilizador e condutor da

No âmbito do IX Festival Mundial da Poesia, a peça estará em cena em dois os mais importantes teatros da Venezuela

O grupo de teatro LusoScena, do Centro Português, de Caracas, está preparado para demonstrar o seu talento no 20º Festival de Teatro Interclubes 2012, que arrancou no passado 15 de Junho e decorre até 1 de Julho. Os coordenadores do grupo Histrionis, do Centro Ítalo Venezuelano de Valência, têm a

JOEL ABREU

Teatro para todos os gostos Reflexiones con 3 de ellos’ Teatrex

Quantas vezes tropeçamos em livros, análises, teses, filmes, peças de teatro e todas as telenovelas que contam uma história de amor a partir do ponto de vista delas? Por acaso os homens não sabem amar? Será que o romance e o amor só existem para as mulheres? Quão cruel pode ser um homem com a sua imagem forte e aparente frieza de sentimentos? Agora reflectem eles. Sexo e humor à italiana Celarg

história de duas mulheres imigrantes que chegam ao continente americano em busca de novos horizontes, sem deixar de lado a idiossincrasia da sua cultura. Ophelia Queiroz, a única namorada que se conheceu ao poeta lusitano Fernando Pessoa, e Maria, a Fadista, uma cantora desterrada pela sua condição reaccionária pela sociedade, farão o público estremecer de novo com as suas vozes e a sua arte. A directora e dramaturga da obra,

Katty Rubesz, diz que esta criação é uma homenagem à alma portuguesa e ao sentimento tornado canção, que se converteu em fado, numa poesia que cativa, sem conhecer idiomas, continentes nem fronteiras. Para Norma Monasterios, actriz e produtora do espectáculo, “’Pessoas’ é uma obra de teatro inspirada no cantar de fados, não é um musical”. Acrescenta que a proposta é bastante ligeira e recria situações quotidianas.

Arrancou 20o Festival de Teatro Interclubes 2012 Joel Melin Abreu jmabreu@correiodevenezuela.com

Entre cortinas

responsabilidade de organizar o evento, fruto da conquista do primeiro lugar no certame do ano passado. Neste festival participam o Centro Português, Centro Ítalo Venezuelano de Valência, Maracay, Caracas e Puerto la Cruz, Hermandad Gallega, Hogar Canario, El Asturiano, La Hebraica, la Lagunita Country Club, entre outros. O director geral do comité organizador do Festival, Nicole

Francischiello, explicou que, dado que o grupo Histriones cresceu com os poemas de Aquiles Nazoa, o encontro será realizado em honra deste poeta. O Centro Português apresenta a sua obra “casamento” ante os jurados da competição na sexta-feira, 22 de Junho, pelas 8h30 da noite, no Salão Nobre da instituição. Os jurados pronunciam-se sobre o festival no próximo 1 de Julho.

A montagem leva ao palco seis dos contos mais picantes do texto original de Boccaccio, onde se fundem a avareza, o adultério, a luxúria e, de uma forma muito particular, a dupla moral da igreja católica, apostólica e romana do século XIV. As suas personagens são seres comuns, defeituosos e desprovidos de qualquer valor nobre, cavaleiresco ou cortês. ‘Bella a las once’ Telo Café

Sejam bem-vindos a esta ficção, uma noite de copas, noite de convívio e diversão, noite de atirar os trapinhos ao ar e descobrir o que está para lá da maquilhagem. A noite em que Ilídio chega ao Telo Café ‘Brilla a las Once’. Venham, aproximem-se deste bar/teatro, todos pertencemos a esta ficção, gostamos de um espectáculo em palco, as provocações daquela que nos serve as bebidas e as do empregado de mesa que desperta as mais loucas paixões. ‘Como Dios manda’ Trasnocho Lounge

‘Como Dios Manda’ é uma peça que apresenta a realidade do homossexual, que deve viver através de estereótipos socialmente aceites para não enfrentar os duros juízos de valor do arraigado machismo latinoamericano. A sua protagonista, Sónia, é lésbica e decide casar-se com Alex, o seu melhor amigo de toda a vida, que também é gay.


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Recomendação de Cinema Joel Melin Abreu

Guatire acolhe IX Encontro de Folclore Português Joel Melin Abreu jmabreu@correiodevenezuela.com

American Pie: O reencontro Num novo trabalho cinematográfico dos directores Jon Hurwitz, Hayden Schlossberg, regressa a famosa e extrovertida produção ‘American Pie’, uma comédia que continua a fazer-nos rir e a surpreender, passada uma década, com as histórias dos membros desta quadrilha. Na comédia ‘American Reunion’, todas as personagens do ‘American Pie’, que conhecemos há mais de uma década, regressam a East Great Falls para participar numa reunião no Instituto. Durante o esperado fim-de-semana, descobrem o quê e quem mudou, o quê e quem não mudou, mas também que o passar do tempo e a distância não podem com os laços de amizade. No Verão de 1999, quatro adolescentes de uma pequena cidade do Michigan decidiram que já era hora de perder a virgindade. Anos depois, ficamos a saber que Jim e Michelle casaram-se, enquanto Kevin e Vicky se separaram. Oz e Heather também se distanciaram, mas Finch continua a lembrar-se da mãe de Stifler. Estes grandes amigos voltam a casa já adultos, dispostos a recordar e a inspirar-se nos desaforados adolescentes que lançaram uma comédia lendária. A nova produção assegura risos e um final inesperado que surpreenderá todos, além de ser um final que nos deixa um sabor de que a saga não está nada perto de chegar ao fim.

cultura 17

No próximo mês de Julho, mais especificamente no 1.º dia do mês, leva-se a cabo o IX Encontro de Folclore Português Continental, que terá início pelas duas da tarde nas instalações do Santuário Virgem de Fátima, na urbanização Castillejo de Guatire, no Estado de Miranda. Graças a esta designação para acolher o evento, a localidade poderá desfrutar, pela primeira vez, de um evento de folclore. Nesta ocasião, o encontro é dedicado a Óbidos, mais conhecida como ‘A Cidade Fortificada’, que é uma das sete maravilhas de Portugal, e que conta com um pouco mais de nove séculos de história e cultura no país ibérico. O grupo organizador assegura que as pessoas que participam no evento poderão desfrutar de uma apresentação completa dos diferentes costumes e tradições da cultura lusa, como danças e vestimentas típicas da região, comida tradicional e um sem fim de surpresas que tornarão a iniciativa num momento do qual portugueses e venezuelanos desfrutarão ao máximo. “Convidamos a comunidade de Guarenas/Guatire/Araira a que participe neste encontro, onde poderão assistir à actuação de nove grupos que representam o folclore português continental”, lê-se num comunicado emitido pelo grupo anfitrião. Nesta oportunidade, o nono encontro continental da cultura portuguesa coincidiu com o nono aniversário do organizador, o G.F. Centro Sociocultural Virgem de Fátima. “A 27 de Junho do ano em curso, cumprimos 9 anos de fundação, dos quais nos sentimos orgulhosos, pois continuamos unidos e a fomentar o folclore português que aprendemos”, disseram os organizadores. Actualmente, o conjunto Virgem de Fátima conta com 40 membros nos grupos juvenil e infantil. Este último vai a caminho de cumprir dois anos de existência, com o objectivo de que as gerações mais jovens comecem a entender a beleza da cultura lusa. Um dos baluartes do grupo não só conta com luso-descendentes nas suas fileiras como também têm membros venezuelanos que, ainda que não tenham nenhuma herança portuguesa, sentem-se orgulhosos de representar o folclore de Portugal.

O grupo folclórico Centro Sociocultural Virgem de Fátima será o anfitrião do evento, que decorre no próximo mês

Grupos Integrantes do Encontro Folclórico Continental - G.F do Centro Luso Venezuelano de Los Valles del Tuy - G.F Os Lusíadas - G.F Amizade da Casa Portuguesa do Estado de Aragua. - Rancho Folclórico Costumes e Tradições de Portugal - G.F Renascer Lusitano - G.F Internacional Luso do Centro Marítimo de Venezuela - G.F de Danças Internacionais Dos Patrias - G.F Juvenil do Centro Português de Caracas - G.F Danças e Cantares de Portugal-Puerto la Cruz

Vencedores do VIII Encontro Folclórico Continental

Traje Típico 1. Costumes e tradições de Portugal (San Juan de los Morros) 689 2. Amizade de Maracay 631 Voz Masculina 1. Virgem de Fátima (Guatire) 654 2. Centro Marítimo 636 Voz Feminina 1. Centro Português e Centro Marítimo (Empate) 641 2. Virgem de Fátima 638 Grupo Musical 1. Costumes e Tradições de Portugal 667 2. Virgem de Fátima 649 Grupo Folclórico 1. Tradições de Portugal (execução, coreografia, sincronização) 1936 2. Virgem de Fátima (execução, coreografia, sincronização) 1910

Resenha Histórica de ÓBIDOS A“CIDADE FORTIFICADA”

Óbidos era um dos portos mais prósperos do Atlântico português. A cidade estava protegida pelas suas inquebráveis muralhas para defender-se das batalhas que se sucederam nos primeiros séculos de fundação. Hoje em dia é apenas uma referência histórica e uma bela localidade portuguesa que surpreende pelas suas muralhas e pelo seu imponente castelo, cuja função já nada tem a ver com o seu passado. Esta cidade encontra-se a cerca de 85 quilómetros a Norte de Lisboa. Não conta com aeroporto próprio, pelo que a opção mais cómoda e comum para chegar a esta localidade é alugar um carro na capital do pais luso e, a partir dali, fazer uma excursão de um dia para visitar esta cidade que se assemelha uma paragem medieval. Óbidos é também um bom lugar para desfrutar da gastronomia portuguesa, pois devemos ter em conta a sua proximidade ao mar, o que a torna particularmente rica do ponto de vista gastronómico.

saúde ao día Novo medicamento combate números de ACV Carla Salcedo Leal

A fibrilação auricular (FA) é uma das arritmias cardíacas mais frequentes na Venezuela, precisa de tratamento e controlo médico, e foi catalogada pela Associação Americana de Cardiologia como ‘a epidemia do século XXI’. Esta doença multiplica as probabilidades de ter um AVC (Acidente Vascular Cerebral) grave, considerando que está associado à maior taxa de mortalidade e a uma série de sequelas irreversíveis. Não obstante, já foi aprovada, na Venezuela, a distribuição e uso de uma vacina que pode diminuir a taxa de AVC’s no país relacionados com a FA. O novo medicamento é um inibidor directo da trombina (um tipo de proteína). O doutor Iván Mendoza, chefe de cardiologia experimental do Instituto de Medicina Tropical da Universidade Central de Venezuela (UCV), indicou que, no país, um em cada quatro homens padece desta deficiência, enquanto que nas mulheres, a taxa de incidência é de um para cinco, mas com maior risco de mortalidade. Os estudos clínicos associados à molécula conseguiram resultados positivos em comparação com outros medicamentos, para além de outras vantagens, como menor risco de complicações graves, não precisa de monitorização com exames de sangue e tem menos interacção com outros medicamentos e com alimentos. A utilização deste medicamento pressupõe uma grande alteração para todos os doentes de fibrilação auricular crónica, pelo que estão já à procura, na medicina tradicional, de um substituto da warafina (medicamento utilizado para tratar embolias), que não tenha necessidade de controlos e que seja pelo menos tão seguro e eficaz na prevenção das embolias, com o mesmo risco de hemorragia.


18 OPINIÃO

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

altatribuna

Perspectivas económicas

Estabelecendo a distância

Venezuela e o petróleo

Antonio López Villegas

Imaginemos, por um momento, que cada vez que aceitemos um desafio e alteremos o nosso comportamento reactivo, receberemos um milhão de dólares. Que faríamos em cada dia? Simplesmente despertaríamos cada manhã procurando todos os problemas que pudéssemos encontrar para de imediato os resolver. Será que o dinheiro é assim tão atractivo? Tanto que seríamos capazes de modificar uma conduta para a melhorar? Pelo contrario, fazemos quando se desata uma crise, quando alguém nos faz ver que temos feito asneira”? Quando alguém nos atira à cara que temos actuado de uma maneira desadequada? Queremos em seguida evitar a reclamação, fugindo e/ou escapando. E até com violência pelo meio.

Claro é o mais fácil. É o que quase todo o mundo faz. “Esconder o lixo debaixo da almofada”. Temos sido programados para evitar e reagir. Mas é que ninguém disse que revisar-nos fosse fácil. É muito difícil, mais ainda quando as pessoas são acompanhadas por um dos “pecados capitais”, a meu juízos dos mais feios, a soberbia. Quiçá ao alterar a conduta não recebamos esse milhão de dólares, mas em troca podemos receber algo que não pode ser comprado com dinheiro: entrega, confiança, solidariedade, amizade, amor, paixão. Poderíamos, se assim o relacionamos, começar uma campanha de revisão de condutas “animais” que provoca que se distanciem muitas das pessoas com quem queremos estar. E depois perguntamo-nos Que fiz para que Fulan@ se retirara? Por que Mengan@ se distanciou tanto? Por que é tão breve o tempo que Fulan@ me dedica? Mas afortunadamente há sempre um convite aberto a todos nós: sempre há tempo para mudar. Façamos um exercício e recordemos que não estaremos para sempre neste plano existencial e enquanto respiremos devemos seguir em frente. Desfrutemos da possibilidade de ser felizes, não o arruinemos com a nossa atitude. Morrer é uma “papita”, viver é a o difícil.

Sergio Ferreira Soares

Nas últimas semanas, o tema petrolífero deixou o governo nacional venezuelano em alerta, já que a tendência da baixa dos preços está a prolongar-se. Entre os dias 11 e 15 de Junho, vimos como o crude nacional esteve a uma média de 92,06 dólares por barril, o que representa um retrocesso de 2,11%, comparativamente aos 94,05 dólares da semana anterior. Este foi o valor mais baixo dos últimos 15 meses do petróleo venezuelano, muito longe dos 117,10 dólares alcançados no mês de Março. O cabaz nacional perdeu 24,41 dólares a partir desse valor, evidenciando uma descida progressiva, que as autoridades atribuem ao excesso de oferta no mercado, às perspectivas económicas globais e à crise europeia.

Agora, estes números devem ser analisadas a partir de diversas vertentes. A primeira coisa a ter em conta é que a Venezuela solicitou, na semana passada, à Organização de Países Exportadores de Petróleo baixar a sua produção para que o preço do barril se mantenha nos 100 dólares, cumprindo com os 30 milhões de produção máximos acordados no mês de Dezembro pela referida organização; a cumprir-se, poderia dar força à oferta crioula. A segunda coisa a considerar é que numa nação cuja renda petrolífera representa 90% da entrada de divisas, qualquer tendência para baixar torna-se motivo de preocupação. No entanto, o preço médio anual mantém-se muito acima dos 50 dólares calculados pelo Governo nacional para o orçamento de 2012, situando-se nos 109,51 dólares, o que dá algum ‘ar’ ao Estado. Dado que se espera que os preços continuem a descer, aproximando-se de um mínimo de 50 dólares, o governo nacional teria a obrigação de fazer um corte nos gastos públicos, restringir a atribuição de divisas e, inclusive, desvalorizar a taxa de câmbio. Por outras palavras, prolonga-se a tendência de baixa, e isto incide directamente no crescimento económico da nação.

Cartas dos Leitores Um aumento desproporcional

Reclamemos, mas cumprindo…

A opinião de todos deve ser tomada em conta…

Está tudo caro!

Na última semana fomos alvo de um novo aumento nas tarifas de transporte público. Até quando os cidadãos terão que aceitar que isto aconteça quando o serviço que prestam nos transportes públicos não reflecte o preço que cobram? As viaturas encontram-se em péssimas condições, possuem bancos rotos, as portas não funcionam, sobrecarregam os veículos para poder fazer mais carreiras e isto sem falar no ambiente de insegurança que se vive no seu interior. Creio que já chegou a hora de o governo assumir as rédeas nesta matéria e começar a pensar nos cidadão em geral e não apenas nos donos dos transportes, que cada dia que passa só ganham mais dinheiro oferecendo um mau serviço ao mesmo tempo. Também os plebeus temos direito a que nossa voz seja escutada.

Nas últimas semanas, tive a oportunidade de ler algumas queixas sobre a atitude dos jovens no Centro Português, de Caracas, assim como também noutros clubes portugueses na Venezuela. Estou totalmente de acordo com os comentários emitidos até ao momento, e nos quais ficou expresso que a falta de valores nos nossos jovens tem vindo a deteriorar a nossa cultura. Mas agora pergunto: Com que cara podemos condenar os nossos filhos, se nós mesmos, como adultos, não respeitamos as normas? A pergunta surge depois de ver como a maioria dos fumadores ignora, propositadamente, os avisos e regras dos nossos clubes, que estabelecem zonas livres de fumo e outras onde é permitido fumar. É incrível ver como as pessoas fumam de maneira tão libertária na fonte de soda, nas piscinas, e até no Caney, onde os avisos de “zona livre de fumo” praticamente te golpeiam na cara quando chegar ao lugar. O apelo ao acatamento das normas de convivência não deve apenas ser dirigido aos nossos filhos, mas também a nós mesmos. Reflictamos.

No domingo, 17 de Junho, uma equipa da Meridiano Televisión dirigiu-se às instalações do Centro Português, de Caracas, a exemplo do que vem fazendo sempre que a nossa selecção joga num torneio internacional, o que sempre tem trazido entusiasmo a quem faz vida no seio do clube, já que estas actividades sempre são seguidas por outras, nas quais os beneficiados são sempre os sócios, sobretudo os nossos filhos que se divertem com os jogos que trazem às instituição distintas empresas. Lamentavelmente, naquele dia, alguns sócios foram testemunhas de como um (1) só sócio se encarregou de estragar o trabalho da estação de televisão que tanto nos tem apoiado, e não descansou até tira-los das nossas instalações, deixando à vista uma atitude grosseira, medíocre e desrespeitosa que nos deixa muito vistos como instituição. Ainda hoje me pergunto como é que uma só pessoa - baseando-se em que as antenas postas para a transmissão a partir do nosso clube geravam cancro, e que ia a denunciar a televisão ante o Conatel po isso - , pôde fazer mais do que as centenas de sócios que têm querido e permitido que a Meridiano nos acompanhe nas nossas instalações... Repudio rotundamente esta atitude e espero que em breve possam regressar as televisões ao nosso clube.

Escrevo esta carta com grande indignação e por causa do aumento dos preços. Apesar do aumento dos salários e de alguns “benefícios” que só beneficiam um certo grupo, para qualquer cidadão comum com o salário mínimo resulta impossível ter uma vida estável. Com uma cesta básica que duplica o salário mínimo, todos nos perguntamos em que é que se apoia o governo para dizer que a Venezuela está a progredir … Sim, claro, em progressão para a insegurança e a pobreza!!! Não entendo como os cidadãos conseguem sobreviver com seguros tão elevados; com comida tão cara; com roupa tão dispendiosa; com aumentos nas tarifas de autocarros e estacionamentos; com centenas que é impossível aqui referir na sua totalidade… Chegou o momento de abrirmos os olhos e de levarmos o governo a tomar decisões que beneficiem o povo em todos os âmbitos; caso contrário, só conseguirão aumentar os bairros, aumentar os roubos e aumentar todo o que é mau!

Juan Carlos Días

Rosa María Araujo

Juan Carlos Sousa

Maria de Lourdes Pereira


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 19


20 desporto

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

Cristiano Ronaldo leva Portugal às “meias” Correio/lusa

Cristiano Ronaldo voltou a responder presente quando a selecção portuguesa mais precisou dele, marcando, na quintafeira, 21 de Junho, o golo da vitória por 1-0 sobre a República Checa, que colocou Portugal nas meias-finais do Euro2012 de futebol. O capitão, que rematou por duas vezes ao poste, descobriu a fórmula do triunfo e o caminho para as meias-finais, aos 79 minutos, ao cabecear para dentro da baliza o solitário golo português. Com o Estádio Nacional de Varsóvia, maioritariamente composto por polacos, como testemunhas, as duas seleções responsáveis pela primeira “final” do Euro2012 entraram cautelosas, preocupadas em fechar espaços, mais do que em criálos. Concentrados e certeiros na defesa, os checos anularam o ataque português, remetido a tímidas arrancadas nas alas, aproveitadas pelo adversário para lançar rápidos contra-ataques através da sua nova estrela, Petr Jiracek, mas anuladas por um imperial Pepe. Foi preciso esperar 25 minutos para ver um dos duelos mais esperados da noite, com Petr Chec a aparecer para uma grande defesa a remate de Ronaldo, que desmarcado por um passe cirúrgico de João Moutinho, teve nos pés a primeira grande ocasião do encontro. A ocasião perdida e o susto causado por uma bola cruzada de Gebre Selassie, que acabou cortada por Pepe antes de encontrar os pés de Baros, aos 28 minutos, fizeram despertar Portugal que, sob a batuta do seu capitão, recuperou o dinamismo demonstrado na fase de grupos, mas não a pontaria. Já sem Hélder Postiga, que saiu lesionado, e com o cronómetro a assinalar o tempo de descontos, Raul Meireles encontrou, entre os defesas checos, Ronaldo, que recebeu com o peito, ajeitou com o pé, rodou sobre si e chutou forte contra a trave da baliza do guarda-redes do Chelsea. Insatisfeita com o empate a zero, a equipa das “quinas” trouxe mais garra do balneário

O capitão, que rematou por duas vezes ao poste, descobriu a fórmula do triunfo e o caminho para as meias-finais, aos 79 minutos, ao cabecear para dentro da baliza o solitário golo português

e não deu descanso aos checos em vinte minutos de sufoco: Hugo Almeida, cercado pelos centrais, cabeceou ao lado, Cristiano, de livre, encontrou, pela segunda vez, o poste, momentos antes de rematar por cima, numa sucessão continuada, de longe, por Nani e concluída

por João Moutinho, com ambos a obrigarem Cech a grandes intervenções. Portugal dominava, a República Checa, obrigada a defender com quase todos os seus homens, não respirava, mas a bola teimava em não entrar. Aos 74 minutos, Raul Meireles, incan-

sável a servir o ataque nacional, entregou para Nani fazer o golo, mas o extremo do Manchester United não acertou no alvo. Só que, quando em Portugal tudo falha, há sempre Ronaldo para resolver. João Moutinho teimou em não desistir de uma bola, cru-

Paulo Bento: “Custou-nos a entrar no jogo”

“Custou-nos a entrar no jogo, tivemos nessa fase bem do ponto de vista defensivo mas depois em organização e transição ofensiva tivemos pouco seguros e algo precipitados. Nos últimos 20 minutos da primeira parte estivemos melhor no jogo e até tivemos a melhor oportunidade. Na segunda parte fizemos uma exibição extraordinária. Fomos dominadores e construímos um número de oportunidades suficientes para obter uma vitória menos sofrida. É uma vitória justa e um prémio justíssimo para um grupo de jogadores que tem trabalhado e se sacrificado para honrar a camisola de Portugal. Temos um período maior para preparar o próximo jogo. É um prémio para todo o grupo como têm trabalhado e aceite as opções que temos que tomar. O objectivo passa agora por ganhar as meias-finais e jogar nas quatro cidades da Ucrânia, ou seja, chegar a Kiev. É sinal que estaremos na final”.

CR7: “Objectivo é chegar à final e logo se vê” Cristiano Ronaldo afirmou, no final do jogo, que o objectivo da selecção portuguesa é “chegar à final” do Euro2012 de futebol, após a vitória sobre a República Checa, com um golo da sua autoria. O capitão de Portugal, considerado o “Homem do Jogo”, manteve o seu discurso de confiança, mas sem excessos: “A esperança é grande, mas há que ter os pés assentes na terra”. “Um passo de cada vez. O objectivo, agora, é chegar à final e logo se vê”, disse Cristiano Ronaldo. O avançado português afirmou sentir “uma enorme alegria” pelo golo que colocou a selecção nas meias-finais, considerando que a equipa foi “uma justa vencedora” frente aos checos. “Jogámos melhor e tivemos melhores oportunidades, nomeadamente duas bolas ao poste”, recordou Ronaldo, em alusão a dois dos seus remates, que embateram nos “ferros” da baliza à guarda de Petr Cech. O avançado do Real Madrid recusou comentar críticas anteriores e preferiu falar da actuação de Portugal até ao momento: “A nossa ambição é algo de bom e estamos com um bom espírito de grupo, que é o mais importante”, concluiu o futebolista. zou da direita directamente para a cabeça do número sete luso que, desta vez, fez tudo perfeito para conseguir o 1-0 decisivo e a passagem às meias-finais. “O percurso tem sido difícil, mas a ilusão continua. Está ultrapassada mais uma etapa e agora vamos ver qual o adversário que nos vai calhar”, afirmou Cristiano Ronaldo, no final do jogo. “O objectivo passa agora por ganhar as meias-finais e jogar nas quatro cidades da Ucrânia, ou seja, chegar a Kiev.” diz Paulo Bento. A selecção portuguesa espera agora pelo jogo dos quartos de final entre a Espanha e França para conhecer o seu rival na meia-final do Europeu, agendada para 27 de junho.


22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

publicidade 21


22 DESPORTO

BREVES Rondón na mira de grandes de Europa Segundo a imprensa Europeia, o avançado venezuelano José Salomón Rondón está na mira do técnico do Arsenal A. Wenger e os rumores indicam que o clube inglês estaria disposto a pagar 18 milhões de euros pelo jogador. Por outro lado, o “vinotinto” também é apontado às fileiras do Tottenham ou ainda à Serie A, onde alegadamente está sendo seguido por clubes como a Juventus e o Génova.

Villafraz despedese do Táchira

José Javier Villafraz Quintero deixou de trajar de amarelo e negro após seis temporadas seguidas, nas quais pôde colher dois títulos para clube. O defesa de primeira linha jogou pelo Deportivo Táchira um total de 186 vezes, 162 pelo torneio local, 16 pela Copa Santander Libertadores e 8 partidas pela Copa Venezuela. Conseguiu um total de 39 goles, marcando 36 no campeonato nacional, dois no torneio continental e um tanto na Copa Venezuela de 2009.

Edwin Ávila chega ao Trujillanos

Trujillanos FC oficializou a contratação de dois novos jogadores estrangeiros para a temporada 2012/2013 da primeira divisão. O gerente geral Ricardo Villarroel anunciou o regresso do avançado colombiano e ídolo dos adeptos, César Alzate, e chegada do defesa central colombiano, Edwin Ávila. Ambos os jogadores foram pedidos pelo corpo técnico, tal como Córdoba, Briceño, Manríquez e Farías.

Gutiérrez regressa à acção nos Marineros As más notícias para o Marineros de Seattle em Junho têm sido tão frequentes como perder jogos. No entanto, os navalistas, que com um recorde de 36 derrotas contra 27 vitórias, têm o pior registo da Divisão Oeste da Liga Americana, receberam uma boa nova. O ‘jardineiro’ venezuelano Franklin Gutiérrez saiu da lista de lista de lesionados, depois de três meses e meio fora de combate.

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO Da VENEZUELA

A febre do Euro chega à Venezuela Crianças, jovens, adultos e idosos desfrutam do evento desportivo e põem a sua criatividade à prova na hora dos jogos Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

A febre do Euro 2012 chegou à Venezuela com muita mais força que em anos anteriores. Vendedores ambulantes e espaços de venda de comida uniramse a este evento desportivo, com os primeiros a envergar as camisolas das selecções europeias mais seguidas na Venezuela (como Portugal, Espanha, Itália, Alemanha e Inglaterra) e os segundos com os televisores sintonizados nos canais que transmitem os encontros, com clientes e funcionários a viver os jogos quase com a mesma intensidade do que quando joga a Vinotinto. Os centros portugueses da Venezuela não foram excepção. Não há dia em que não haja actividade nestes clubes, nos quais os sócios se passeiam praticamente uniformizados à selecção portuguesa, sem contar com

as festas organizadas em que as camisolas dos pupilos de Paulo Bento são a vestimenta requerida no convite. Nem o Dia do Pai escapou desta febre que cobre o país, pois vários clubes abriram as suas portas para receber sócios e convidados, que desfrutavam, no ecrã gigante, do encontro em que Portugal selou a sua passagem aos quartos de final, depois de vencer, por 2-1, a selecção holandesa. Um momento em que as vozes se uniram num só grito e a emoção estava à flor da pele. Crianças, mulheres, adultos e até avozinhos visitam os centros sociais, e alguns locais externos de reunião, usando as mais criativas vestes alusivas a Portugal, pelo que agora o futebol, em vez de separar, tornou-se na desculpa perfeita para reunir família e amigos, o que fica demonstrado em cada jogo.

Marítimo perde na estreia do Torneio Superior Antonio Carlos Da Silva

À equipa margaritenha do Sport Club de Margarita calhou ‘dançar com a mais feia’ neste começo de temporada do Torneio Superior, e como acontece nestes casos, não se divertiu. Os Bucaneros de La Guaira, que são apelidados de ‘Los Galácticos’ por alguns meios de comunicação, ganharam este epíteto porque reúnem no seu palmarés 10 jogadores da Vinotinto, quatro deles com experiência ‘fresquinha’ no competitivo futsal italiano. Nada fácil para começar. Depois de se classificar com algum sofrimento para a Liguilha final, pela primeira vez na sua longa história, o Marítimo voltou a decepcionar em terras guaripenhas, o que levou a gerência presidida por Ismael Andrade a tomar uma drástica decisão: 80% do plantel foi dispensado e não vestirá mais de verde e vermelho. Nem a base

Ismael Andrade revolucionou o plantel para o Torneio Superior 2012.

margaritenha nem os ‘cavalos de terra firme’ foram renovados, pois os resultados não foram minimamente aceitáveis. A uma semana do início da colheita profissional, o clube viu-se na obrigação de reestruturar praticamente todo o pl-

antel, chegando ao clube alguns bons jogadores como o zuliano Hanzel Froilán, Ronald Méndez ou Erwin ‘Compota’ Rodríguez. Mas a falta de ligação entre eles, como é evidente, foi como um ‘chumbo na asa’, e se tens pela frente os Bucaneros, o que é o

mesmo que a Vinotinto vestida de laranja, esta ‘limpeza’ não surpreende ninguém. No primeiro embate, os locais conseguiram os seus primeiros três pontos com o marcador a fixar-se no 4-0. José ‘Nene’ Peña (2), Jonathan Torres e Adams Álvarez golearam pela equipa laranja. Na segunda metade, os insulares mostraram melhor cara, mas dois postes evitaram a estreia dos golos a favor. O segundo jogo mostrou uns varguenses dominadores que rápido se colocaram a ganhar por 3 a 0. Os de González emparelharam as acções e conseguiram ficar a um golo do empate, o que despertou os Bucaneros para terminar o trabalho. Adams Álvarez (2), José ‘Cheito’ Martínez e José ‘Nené’ Peña marcaram pelos da casa enquanto que pelo Marítimo, marcaram Hanzel Froilán e Nestor López. Na próx i ma j or na d a , o Marítimo recebe os Guerreros del Zulia.


desporto 23

22 a 28 de Junho de 2012 // CORREIO DA VENEZUELA

Centro de Guayana aposta no talento futebolístico Fundação Marcet, num trabalho conjunto com o Centro Português Venezuelano de Guayana encontra-se à procura de jovens com talento para triunfar no campo futebolístico Joel Melin Abreu jmabreu@correiodevenezuela.com

Os jovens futebolistas do Centro Português Venezuelano de Guayana, situado em Puerto Ordaz, Estado de Bolívar, vão participar numa oportunidade única ao viajarem para a cidade de Barcelona, Espanha, para a sua formação profissional como jogadores de futebol e com a oportunidade de triunfar no mercado espanhol e inglês, se cumprirem os perfis que as equipas dos mencionados países estão à procura. A delegação que vai estar em Barcelona de 20 de Julho a 20 de Agosto será composta por cerca de 100 jogadores das categorias Sub 9, 11, 13 e 15, que tenham nascido entre os anos de 97 e

2003, e cerca de mais 50 pessoas, representantes e corpo técnico. O professor de futebol e encarregue de seleccionar o talento na Venezuela a participar na Fundação Marcet, Manuel Paucar, assegura que o talento existe para triunfar no campo futebolístico mas que a fundação se encontra à procura de muito mais do que técnica com a bola. “O nível latino, mais especificamente no campo táctico, é muito melhor que o europeu, mas lá também é necessário triunfar no âmbito psicológico, físico, e equilíbrio entre todas.” O professor, que fez um curso em Espanha com a fundação para aprender as técnicas de representação e formação de jovens prospectos, também assegura que a melhoria no fu-

Casa de Valência organiza acampamento desportivo

Jerson Rondón, Ángel Moreno e Alejandro Rondón são três jovens promessas do futebol

tebol nacional está totalmente relacionada com o facto de que instituições estrangeiras estejam à procura de possíveis promessas do futebol em terras venezuelanas, pois a Venezuela está a começar a ser um exportador de jogadores. Como parte deste projecto, o Centro Português Venezuelano de Guayana, junto com o professor Paucar, asseguram que o

Centro de Guayana acolheu o II Estadual de Natação Sergio Ferreira Soares

Joel Melin Abreu

Os residentes do Estado de Carabobo que vivem na cidade de Valência vão poder desfrutar do grande acampamento de futebol organizado pela Casa Portuguesa de San Diego no qual poderão participar todos as crianças que tenham idades compreendidas entre os 4 e os 15 anos. O evento está aberto a todos quantos queiram par-

ticipar, uma oportunidade de divertir-se durante as férias enquanto praticam e melhoram as suas habilidades com a bola. Os interessados em obter mais informações podem comunicar-se pelos telefones (0241) 8711047, (0241) 6160223, 04168411942 e 04124601092, para saber como poderão concretizar os requisitos para a inscrição e os montantes a pagar.

clube tem três jovens talentos que cumprem com todos os requisitos que os agentes estrangeiros estejam à procura nestes pequenos futebolistas: Ángel Moreno e os ‘morochos’ Jerson e Alejandro Rondón, de 13 anos de idade, que têm não só a capacidade técnica, mas também física e mental necessária para triunfar como jogadores profissionais na Europa.

O Centro Português Venezuelano de Guayana recebeu, na primeira semana de Junho, o II Estadual de Natação de Associados e Não Federados, encontro desportivo que contou com a participação de 114 “tritões” e 87 “sereias” em representação de diversos centros sociais. Com a colaboração do Clube de Natação do Centro Português, a Associação de Desportos Aquáticos do Estado Bolívar (ADA) cumpriu com o segundo dos quatro eventos estaduais agendados para este ano. Alem de cumprir com a meta de manter em competição os atletas da zona, este evento serviu para avaliar a prestação dos atletas e determinar quem poderão passar à categoria de federados. A jornada arrancou no sába-

do, 2 de Junho, quando os atletas dos clubes Venalum, Ibero Americano, Edelca, La Laja, Comercio, Náutico, Cimos, Angostura, Centro Ítalo Venezolano de Guayana, Pdvsa Marichal, Bolívar Club e os anfitriões do Centro Português Venezuelano de Guayana tomaram a piscina olímpica deste clube para demonstrar para competir e tentar assegurar o melhor resultado possível. Gremis García, director de natação de ADA, informou que o III estadual será realizado em meados de Setembro, contando com a colaboração do Club Venalum. Para Novembro está agendada a última prova com o Festival de Natação de Associados e Não Federados, que terá lugar no Club Náutico Caroní, no quadro do qual se conhecerá o melhor clube do ano.

O Quadrilátero Carla Salcedo

Ninguém lhes tira o que conquistaram Recentemente, a selecção Sub-20 do Real Esppor (que significa Espanha e Portugal, se alguém não se lembrar) teve a oportunidade de participar pela primeira vez na Taça Libertadores Sub-20, que decorreu no Peru, uma experiência que poucas equipas venezuelanas tiveram a oportunidade de desfrutar e que para o onze merengue se tornou uma forma de consolidar um passo rumo ao sonho de levar o plantel a este tipo de eventos. Lamentavelmente, os rapazes da Sub-20 não tiveram a mesma sorte do que no torneio nacional, e não conseguiram passar da primeira ronda, na qual enfrentaram duas equipas com uma ampla experiência neste tipo de campeonatos, o Universitário de Peru e o América. Não obstante, esta é uma experiência que sem dúvida marcará um antes e um depois na equipa ibérica, que, apesar da tormenta que atravessou, se manteve com um objectivo firme em mente: Tornar-se campeã da Venezuela. O facto de os jogadores terem chegado ao Peru, terem a oportunidade de mostrar o seu talento a outros países através da transmissão dos encontros a nível internacional, e o simples facto de terem representado a Venezuela (bem ou mal), torna esta visita ao país irmão uma experiência da qual estes jovens devem sentir-se orgulhosos. O regresso a casa serve para analisar os erros e corrigilos, mas também para registar cada um dos bons momentos para tê-los presentes, melhorá-los, se for possível, e repetilos, pois não se ganha nem se perde uma guerra ao ganhar ou perder uma batalha. Nada mais resta senão felicitar estes rapazes, que tornaram possível que os sonhos se comecem a concretizar, sobretudo o de um personagem que foi muito especial dentro e fora da nossa comunidade, o recordado e querido professor Pedro Febles, que por certo celebrou no céu o facto destes jovens terem ido a Lima, e que também os abraçou quando a derrota os alcançou. Nem tudo está perdido, porque a carreira está apenas a começar.


O jornal da comunidade luso-venezuelana Caracas, 22 a 28 de Junho de 2012

“Nada me caiu do céu”

www.correiodevenezuela.com

Facebook: El Correio / Correio de Venezuela

Encontro com Sabrina Seara

CORTESIA vENEVISIÓN

Num curto espaço de tempo, Sabrina Seara conseguiu ser considerada uma das melhores actrizes existentes na Venezuela. Os seus primeiros passos foram dados no programa ‘Guayoyo Express’, transmitido pela Televen em 2005, onde demonstrou que tinha muito potencial para as artes histriónicas. O mesmo canal televisivo não a deixou escapar em 2007, dandolhe a oportunidade de protagonizar o primeiro drama produzido pelo canal de Horizonte, ‘Gato Tuerto’. Em 2008m, Sabrina Seara entra como co-protagonista na bem sucedida série ‘ISA TKM’ da Nickelodeon, onde o seu impecável trabalho foi vista dentro e fora das nossas fronteiras. Em 2009, a Venevisión deu-lhe as boas-vindas pela porta grande pois obteve o seu primeiro papel protagonista nesse canal na telenovela ‘Los Misterios del Amor’; e no ano seguinte, participou em ‘Harina de otro costal’. Actualmente, depois de vários meses de preparação, Sabrina Seara regressa ao protagonismo na telenovela ‘Válgame Dios’, onde dá vida a ‘Yamilet López’, uma jovem recém-licenciada em Psicologia que debate-se entre dois amores. Como foi o teu início no mundo do espectáculo? Desde pequena que a televisão e o mundo das telenovelas me chamava a atenção, e ser actriz foi algo que sempre quis. Desde muito cedo tive essa meta na minha vida e para alcançá-la, trabalhei muito. Faço tudo com dedicação e esforço, nada me caiu do céu. Claro, como todo o começo, não foi fácil, tive de aprender muitas coisas, e continuo a aprender. Quais são os sonhos, as metas a que aspira Sabrina Seara? Neste momento, a minha principal meta é a minha carreira, continuar a evoluir e a crescer na televisão venezuelana e, a ser possível, explorar no exterior. Mas claro que como ‘Yamilet’, sonho casar de véu e grinalda. Que caminho estás a seguir para alcançar os teus sonhos? Espero estar na rota correcta. Os sonhos são alcançados trabalhan-

Twitter: @correiodvzla

Para a actriz, encarnar o papel de Yamilet López na telenovela ‘Válgame Dios’ foi uma experiência muito satisfatória e assegura que é um personagem feito à sua medida. era muito inquietante mas também me divertia muito com as minhas amigas, decidindo o que me convinha mais. Acho que no final fiz a escolha correcta (risos). Consegues descrever o teu homem ideal? Espero que o homem que esteja a meu lado tenha bons princípios, valorize a importância da família e a amizade, que tenha sentido de humor e que seja seguro de si mesmo, que me ame, me respeite e me admire pelo que sou. O que faz a Sabrina quando não está a gravar? Quando não estou a gravar, gosto de descansar, sou muito dorminhoca, pelo que durmo até tarde. Faço exercícios com a Liz, a minha treinadora pessoal; reúno-me com as minhas amigas ou saio para comer. Qual o prato que mais adora comer? Faz dieta? Adoro comida asiática, os meus irmãos têm um restaurante e ali satisfazem todos os meus gostos culinários. Mais do que dieta, trato de cuidar do que como, evito todas aquelas coisas que podemme fazer mal. do muito, crescendo profissional e pessoalmente, aprendendo todos os dias com as pessoas maravilhosas que me rodeiam, e o mais importante, com boa energia, deixando a parte negativa de um lado, e ver o lado positivo em todas as coisas. Este é o teu segundo papel como protagonista. Qual a tua opinião sobre a personagem ‘Yamilet’? Para mim é um prazer voltar a trabalhar na Venevisión, e ainda mais interpretando um personagem tão belo como este. Cativou-me logo que comecei a ler o guião. Ela é uma mulher cheia de matizes, sonhadora, mas ao mesmo tempo segura de si mesma, gosta muito da sua família, e é muito bondosa com os demais. Cada vez que interpreto ‘Yamilet’, surpreendo-me

com algo novo. Estou a desfrutar muito da produção. O que fará ‘Yamilet’ para diferenciar o homem bom do ‘sem vergonha’? Não posso adiantar muito porque isso é algo que o telespectador viverá junto com ela no dia-a-dia. Mas podem estar certos que ‘Yamilet’ é uma rapariga inteligente e astuta, ela vai deixar-se levar pelo seu coração, e como todos os seres humanos, cometerá erros. Alguma vez te encontraste na situação de ter de escolher entre dois homens? Numa certa ocasião, fui cortejada por dois homens, cada um com as suas virtudes e os seus defeitos. Foi muito cómico porque estava indecisa e não sabia qual escolher,

A não ser actriz, que caminho seguirias? Estudei Comunicação Social, é uma carreira que está muito próxima do que faço, e se não tivesse a oportunidade de ser actriz, por certo que estaria a exercer a minha carreira de qualquer maneira. Como defines o amor? O amor é um estado maravilhoso do ser humano; tudo muda quando estamos apaixonados, vês as coisas diferentes, tudo é música para o ouvido. O facto de saberes que és amado faz-te sentir muito importante, querido e seguro. Quem é o amor da tua vida? O amor da minha vida sem dúvida alguma que é a minha família, para mim é o tesouro mais apreciado que tenho.

Correio da Venezuela 460  

Edición 460

Correio da Venezuela 460  

Edición 460

Advertisement