Page 1

1

JUQUERY

CORREIO CORREIOJUQUERY.COM.BR

ANO VIII - Nº 435 ● Mairiporã, sexta-feira 10 de agosto de 2012 ● Distribuição gratuita ● R$ 1,00 (nas bancas)

OS SEGREDOS DO FEIJÃO SOLTINHO PÁGINA 17

Por que eu quero ser prefeito? Os candidatos Márcio Pampuri (PV), Leila Ravázio (PSDB), Du (PTB) e Manoelino Cordeiro (PMN) responderam as questões propostas pelo jornal. Todos defendem novas propostas para a cidade, e de forma geral acreditam que é preciso inovar, ter amplo conhecimento das estruturas e colocar a máquina pública a favor da população. PÁGINA 5

Sabesp renova contrato com todas as cidades da região, menos Mairiporã Investimentos até 2020 em Caieiras, Cajamar, Francisco Morato e Franco da Rocha é de mais de R$ 2 bilhões. Mairiporã, que fornece água a 9 milhões de pessoas na Região Metropolitana, não tem sequer uma minuta de contrato.

PÁGINA 9 Correio Imagem

Justiça decide que supermercados poderão cobrar por sacolinhas PÁGINA 11

Antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas injeta R$ 11 bilhões na economia

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

R$ 150,00

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão metade do décimo terceiro salário entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro. De acordo com o Ministério da Previdência Social, mais de 25,6 milhões de beneficiários terão o salário antecipado. PÁGINA 9


2

OPINIÃO contato@correiojuquery.com.br

COLUNA DO CORREIO CONSEGUIU!

Não se sabe se por omissão, interesse ou falta de preparo na condução do assunto. A verdade é que o burgomestre Aiacyda conseguiu atender aos interesses sabe-se lá de quem, ao abandonar a questão com a Sabesp (renovação de contrato). Neste momento, assiste de forma vexatória a empresa renovar os contratos com as outras quatro cidades da região. Por aqui, a concessionária que não tem concessão vai continuar explorando os serviços de água e esgoto sem tem que prestar conta a quem quer que seja. Como foi dito em outras oportunidades, o burgomestre vai deixar a Prefeitura devendo milhares de explicações, que certamente serão respondidas assim que tiver deixado o cargo.

FORA DO JOGO

A Justiça Eleitoral começou a indeferir vários nomes que se colocaram como candidatos. Todos os partidos possuem um bom número deles. Outros, talvez temendo o vexame, decidiram renunciar. Mesmo assim, o número de postulantes a uma boquinha no Legislativo é o maior já registrado na história eleitoral da cidade. Passa de 250.

OS SANTINHOS

As primeiras propagandas já começam a aparecer no centro da cidade, apoiadas em cavaletes nas esquinas. Candidatos a vereador pretendem distribuir em média, num primeiro momento, 20 mil santinhos. O que, multiplicado por 250 (número previsto de candidatos que vão se manter na disputa), vai dar um volume considerável de mais de cinco milhões de “santinhos”, o que, divididos por 26 mil domicílios existentes no município, vai resultar em assombrosos 192 “santinhos” por residência.

PEGA ELE!

Por falar em santinho, os cabos eleitorais vivem em constante ‘guerra’ pelo eleitor. Nas reuniões em bairros da periferia, quando aparece uma pessoa e eles percebem ser um potencial eleitor, enchem-na de santinhos e conversas. É um quase “pega ele!”.

EM DEZEMBRO

O burgomestre Aiacyda, em suas andanças pela cidade, não se faz de rogado e trabalha abertamente pela sua candidata a prefeita, o que é compreensível. Durante visita a um bairro da periferia, do outro lado da rodovia Fernão Dias, há dez dias, prometeu com ênfase que em dezembro algumas ruas da localidade serão asfaltadas. Os moradores gostaram da novidade e não se sentiram envergonhados em dizer ao burgomestre, alto e bom som, que ele podia contar com os votos em sua candidata. Mas em dezembro, gritou um deles. Gaiato, testemunha ocular da visita, não resistiu a um breve comentário: “Troca justa, muito

justa, justíssima. Afinal, dezembro é o mês em que todos acreditam em Papai Noel”.

FICHA LIMPA

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) tem sistematicamente negado recursos de registro de candidatura a prefeito com base na Lei da Ficha Limpa. A corte decidiu manter as decisões de primeira instância de recusa de registro de candidatos. Resta agora saber se a mais alta instância eleitoral manterá essas decisões.

MELHOR OU PIOR

Comentário de Dora Kramer, jornalista, sobre o mensalão: “O debate que o Brasil assistirá ao longo do mês de agosto, quiçá até os idos de setembro, servirá de baliza para o futuro [...]. Depois disso o país não será o mesmo. Se ficará pior ou se vai melhorar é o Supremo Tribunal federal quem dirá”.

EDITORIAL

Atento ao que ocorre no Supremo Tribunal Federal, sem perder um minuto da transmissão feita pela TV Justiça, Gaiato, nosso jurídico observador filosófico, não resistiu a uma pergunta: “Se o mensalão não existiu, por que Lula se disse traído pelos acusados com uma facada nas costas?”

VISITINHA CARA

Nossas autoridades continuam as mesmas. Segundo a ONG Contas Abertas, a visita da presidente Dilma e de oito ministros, mais a filha a Londres, para a abertura dos Jogos Olímpicos, custou aos bolsos brasileiros R$ 900 mil. A presidente não quis os aposentos da nova Embaixada brasileira e optou por um hotel cinco estrelas, um dos mais caros da Europa - o The Ritz London Hotel. A equipe precursora ficou em outro hotel e gastou R$ 195 mil.

FRASE

“Ninguém tem a memória suficientemente boa para poder mentir com êxito a vida toda.” (Abraham Lincoln, político norte-americano)

4412-9993 • Mairiporã e Região

Auxílio-doença, Contagens, Inscrição, Cálculos, Recursos, Pensão,

Fim melancólico

M

uito se exaltou o governo do prefeito Aiacyda nos últimos oito anos, como sendo um dos melhores que a cidade já teve. Em parte é verdade. Diante da fragilidade administrativa de seus antecessores e da monumental falta de recursos de outras esferas em tempos passados, Aiacyda conseguiu se destacar, mesmo restringindo seu governo a asfaltar ruas e construir e reformar escolas. Ou seja, fez o que sabia e o que a lei mandava, nada mais. A cidade continua com problemas de vinte, trinta anos passados, como a falta de políticas públicas para geração de emprego, habitação e transporte. Em seu mandato agravaram-se questões como segurança e trânsito e beiraram a calamidade o saneamento básico e a área da Saúde. Dezenas de bairros e milhares de pessoas não têm água e vivem à espera de caminhões-pipas. É bem verdade que Aiacyda tem limitações em sua formação sócio-político-cultural, mas faltou-lhe boa vontade em vários aspectos. Agora, no apagar das luzes de sua passagem pelo Palácio Tibiriçá, vem a notícia, confirmada pela própria empresa, que a Sabesp renovou os contratos para explorar o abastecimento de água e esgoto nas cidades vizinhas (Caieiras, Franco da Rocha, Francisco Morato e Cajamar), anunciada em um informativo da própria Sabesp. E Mairiporã? Aí a história é outra. O prefeito se fez de morto sobre o assunto durante todo o seu mandato e a empresa continua, sem nenhuma obrigação legal, a ditar regras sobre tão importante aspecto político e econômico para o município. O contrato assinado no final da década de 1970, de forma leonina a favor da empresa, expirou há três anos e nada foi feito a partir de então. Aiacyda não fala e não quer falar sobre o assunto, como se ele fosse proibido e não interessasse à população, que mensalmente contribui com as milionárias receitas que a concessionária leva daqui. Seu silêncio é incompreensível e condenável.

contatodelfimnetto@terra.com.br

H

Reanimando as parcerias

á uma clara disposição no governo da presidente Dilma de apoiar investimentos privados na infraestrutura de transportes, anunciando até o final de agosto uma nova rodada de concessões nas áreas de rodovias, ferrovias e de instalações portuárias, prioritariamente. Pelo que se conhece da iniciativa trata-se de um conjunto de programas com a capacidade de cooptar o setor privado e ativar novas parceiras com o governo para a retomada da atividade num ritmo capaz de levar a economia a crescer os desejados 4% do PIB no final de 2012 e sustentá-lo em 2013 e nos anos seguintes. A economia depende muito das expectativas e o próprio investimento privado só avança na medida em que os empresários vejam o empenho dos governos de trabalhar na direção do crescimento e se disponham a juntar-se a ele na ampliação dos investimentos públicos. No mesmo momento em que as Parcerias Público/Privadas (PPP) dão a partida aos investimentos o consumo começa a aumentar, as empresas contratam os trabalhadores, pagam o salário e a obra deixa como resíduo uma ponte, uma estrada, instalações portuárias, enfim, o equipamento público que atende as necessidades das pessoas e do transporte e armazenamento das mercadorias, aumentando a produtividade. Esses investimentos são a única forma de combinar o aumento da demanda de hoje com a melhoria da produtividade de amanhã. O governo vai fazer isto, mediante concessões, por compreender que não há como realizar o desenvolvimento sem cooptar o setor privado, dando-lhe garantia de contratos, oferecendo a possibilidade de obter taxas de retorno decentes e o acesso ao crédito e taxas suportáveis que agora a política

EMPRESA JORNALÍSTICA SANTOS & FERREIRA LTDA. Travessa Antonieta C. Spada, 26 CNPJ nº 05.785.139/0001-01 CEP 07600-000 – Mairiporã-SP – Telefone: (011) 4419-1842

Advogada - OAB-SP 127.677

Dra. Márcia Cristina Jardim Ramos Advogada - OAB-SP 130.328

Ações Civeis e Família Dra. Juliana Fagundes Garcez Advogada - OAB-SP 208.886

Dra. maria luíza alves abrhão - OAB-SP 270.635 ações tributárias - imposto de renda

(isenções, restituições e repetição de indébito)

Av. 9 de Julho, 322 - Sala 22 - centro - Edif. S. José - Atibaia - SP - CEP 12940-580

executada pelo Banco Central tornou possível. Um fato importante é que todos os parceiros parecem ter compreendido que quem faz o desenvolvimento é a iniciativa privada. Ela tem como usar os equipamentos com mais eficiência que habitualmente o setor público. É certo que a obra precisa ser acompanhada pelo administrador público, não se pode abrir mão de uma fiscalização rigorosa, é preciso que os projetos executivos passem pela avaliação técnica do poder concedente e quando pertinente pelo crivo dos organismos de defesa do meio ambiente. Para isso foram criadas as Agências que receberam o mandato de controlar a execução dos contratos que envolvem a participação pública, independentes das pressões de interesses políticos e privados. Apesar de muitas queixas de que as agências se deixam dominar no final pelos setores e empresas que deveriam fiscalizar, a experiência mundial tem mostrado que isso não é necessariamente o que acontece: há um aperfeiçoamento nos sistemas forçado pelo aumento da vigilância das sociedades que adquiriram com o tempo esse desejo de participação mais intensa no acompanhamento das ações que envolvem os gastos públicos, pois afinal os recursos pertencem aos cidadãos que pagam seus impostos. É muito importante que esse aumento da participação da sociedade na vigilância da execução dos contratso, não apenas fiscalizando os atos de governos, mas das próprias empresas parceiras nas obras. As agências, por sua vez, devem ser observadas permanentemente para que se comportem como instrumentos do Estado e não dos governos de plantão e muito menos, ainda, como instrumentos do mercado.

Delfim Netto, é professor emérito da FEA-USP, ex-ministro da Fazenda, da Agricultura e Planejamento.

Dra. Ablaine Tarsetano dos Anjos AçÕes trabalhistas

Foi eleito para defender os interesses da cidade e não o contrário. Mergulhada em limitações por conta da construção da represa Paiva Castro, e com suas áreas submetidas à legislação de proteção aos mananciais, Mairiporã experimentou o atraso econômico durante os últimos trinta anos, sem que houvesse contrapartida. Se o prefeito nada fez e nada fará, pois está de malas prontas para retornar ao conforto do lar, também é preciso dizer que a Câmara de Vereadores se omitiu e também o Ministério Público, na condição de curador do meio ambiente. Mais uma vez as cidades da região saem na frente e sobram para Mairiporã as lamentações, tarifas altas, agressões que a Sabesp faz ao meio ambiente, percentual mínimo de rede de esgoto, falta crônica de água e de redes em dezenas de localidades, dinheiro jogado fora com caminhões-pipas e o escárnio das autoridades com a população. Se gritava de forma veemente contra a Sabesp nos tempos de vereança, Antônio Aiacyda mudou de lado ao se tornar prefeito e se despede de forma melancólica do governo, sem explicar os motivos de seu silêncio e descaso no episódio. Será preciso um trabalho político maduro, objetivo e de compromisso com a cidade do próximo prefeito para pôr fim a esse descalabro que é a Sabesp operar na cidade sem nenhum tipo de compromisso formal, preto no branco, com direitos e deveres. Nesse aspecto, Mairiporã foi desprezada pelo Estado, cujo governo pertence ao mesmo partido do prefeito, que, aliás, não perde a chance de estufar o peito e bradar que é amicíssimo do governador. A população fica a imaginar o que aconteceria se assim não fosse. O futuro alcaide tem a obrigação de mostrar ao povo que a cidade merece o mesmo prestígio de seus vizinhos, que renovaram o contrato sem ter uma gota de água em seus territórios.

DELFIM NETTO

PERGUNTINHA

A P O S E N TA D O R I A S Telefax (11)

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

DIRETOR EXECUTIVO Marcos Roberto Borges

REDAÇÃO Wagner Azevedo Lúcia Helena Juarez César Cláudio Cipriani

DIRETOR DE REDAÇÃO David da Cunha Boal Júnior

EDITOR DE TEXTO Jean César C. Pavão

DIRETOR PRESIDENTE Joyce Franciely dos Santos

As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste jornal

REDAÇÃO E PUBLICIDADE COLABORADORES Travessa Antonieta C. Spada, 26 Marion Halm Centro - Cep: 07600-000 Mairiporã - São Paulo Delfim Netto Leandro Batista Éssio Minozzi IMPRESSÃO & BUREAU Ricardo Vieira METROMÍDIA GRÁFICA Adilson Mendes IMPORTAÇÃO E COMUNICAÇÃO LTDA. Tamboré - Barueri-SP CEP 06460-020

O jornal se reserva o direito de não editar publicidade sem fundamentar recusa


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

3


4

LEITURA DINÂMICA

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

Multivacinação para crianças menores de 5 anos Entre 18 e 24 de agosto as unidades de saúde do município realizam a Campanha de Multivacinação, que tem como público alvo as crianças menores de 5 anos, que poderão colocar em dia a caderneta de vacinação. Os postos fixos atenderão nas Policlínicas Mairiporã e Terra Preta, Escola Arthur Weingrill, PSF Jardim Fernão Dias, Terminal Rodoviário (das 8h às 17h), Escola Pedro Galrão (8h30 às 12h) e Escola Vovó Danila (13h às 17h). Durante a semana a multivacinação o atendimento será de segunda a sexta, das 8h às 17h,  nos seguintes postos: Policlínica Mairiporã e Terra Preta e Unidade Saúde da Família - Jardim Fernão Dias.

CLIMA HOJE

Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Mínima de 12°C e máxima de 26°C.

AMANHÃ

Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Temperaturas entre 11ºC e 26°C.

DOMINGO

Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Mínima de 12°C e máxima de 27°C.

SEGUNDA

Dia de sol, com nevoeiro ao amanhecer. As nuvens aumentam no decorrer da tarde. Temperaturas entre 13°C e 28°C.

OBITUÁRIO 8/8- Lourdes do Espírito Santo Cardoso, aos 62 anos, separada judicialmente, deixa os filhos Edvaldo e Joseli. Sepultada no Cemitério da Saudade. 7/8- Martiniano de Souza Neto, aos 62 anos, casado com Helena Aparecida do Carmo Souza, deixa os filhos, Ivan e Wanderlei. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 6/8- Ronaldo Jacintho Ignácio, aos 76 anos, solteiro, não deixa filhos. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 5/8- Eduardo Miguel Oliveira da Silva, de apenas 9 meses. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 4/8- Maria Monteiro Parente, aos 87 anos, viúva, não deixa filhos. Sepultada no Cemitério Terra Preta. 1/8- Eduardo Avelino Pereira Neto, aos 56 anos, solteiro, deixa filhos. Sepultado no Cemitério Terra Preta. 31/7- Juvenal Egydio, aos 95 anos, viúvo, deixa os filhos Ataliba, Geraldo, Margarida, Bernadete e Maria. Sepultado no Cemitério da Saudade. 31/7- Osvaldo Marcos, aos 70 anos, viúvo, deixa o filho Antônio. Sepultado no Cemitério Terra Preta.

Inscrições para o Programa de Estágio até 24 de agosto Estão abertas até 24 de agosto as inscrições para interessados em estagiar em órgãos e entidades da administração pública estadual. O Programa de Estágio oferece vagas

para estudantes do ensino médio, educação profissional de nível médio e ensino superior. Os interessados devem acessar o site da www.fundap.sp.gov.br

Escola José Roberto Melchior promove festa agostina

Curso de manipulação de alimentos em açougues

Amanhã e domingo a escola estadual José Roberto Melchior, localizada na Vila da Sabesp, realiza sua tradicional Festa Agostina, sempre a partir das 19 horas. Atrações musicais, brincadeiras e jogos constam da programação. O convite é aberto à população.

O Centro Educacional promove nos dias 15, 22 e 29 de agosto um curso sobre boas práticas de manipulação de alimentos em açougues, e as inscrições podem ser feitas até o dia 13 próximo, no Departamento de Vigilância Sanitária, na rua Alzira Ferreira Campos, 480, Jardim Fernão Dias. No ato, o interessado deverá estar munido de cópias do RG e CPF. Maiores informações no telefone 4419-2300.

País terá 4 milhões de empreendedores individuais O contingente de EIs (Empreendedores Individuais), hoje em 2,5 milhões, deve superar o de MPEs (Micro e Pequenas Empresas) até 2014. De acordo com o Sebrae, em dois anos o Brasil terá 4 milhões de Empreendedores Individuais. Pode ser empreendedor individual quem fatura anualmente até R$ 60 mil, tem até um empregado e atividade que não seja

Lady Gaga anuncia turnê no Brasil em novembro A cantora Lady Gaga vem ao Brasil pela primeira vez, como parte da turnê ‘Born This Way Ball’ que traz repertório do seu último álbum ‘Born This way’. Ela estreou a nova turnê em Seul, na Coréia do Sul, em junho. Em sua vinda para a América Latina, confirmou passagens pelo México, Porto Rico, Brasil, Argentina e Chile. Os únicos estados a receber a presença da cantora, são o Rio de Janeiro e São Paulo, onde ela apresenta o show no Estádio do Morumbi.

regulamentada, exemplo de cabeleireiro, vendedor de hot-dog, pequeno comércio ou prestação de serviço de obras de alvenaria. O EIs paga valor reduzido de tributos de R$ 31,10 (INSS, para garantir a aposentadoria), R$ 5 (caso de prestadores de serviço, que contribuem com ISS) e R$ 1 (caso de comércio e indústria, que pagam ICMS).

Vacinação de cães e gatos começa amanhã Tem início amanhã, e vai até o dia 2 de setembro, a vacinação antirrábica em Mairiporã, coordenada pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica. Serão 92 postos de vacinação fixos, distribuídos pela cidade, além de equipes volantes que percorrerão 50 bairros. O objetivo é atender 20 mil animais entre cães e gatos. A vacinação é gratuita e destinada aos dois animais a partir de três meses de idade. Na abertura da campanha serão atendidos os seguintes bairros, com equipes fixas: Chácara Bela Vista, Vila Machado, Vila Paula, Glebas I e II, Apolinário, Alpes de Mairiporã, Jardim Suíço, Barreiro, Santa Inês, Jardim Carpi, Lavapés, Cacéia e a equipe volante estará nos condomínios Rancho Grande e Prince e ainda na escola da Palhinha e região e bairro dos Coelhos. De segunda a sexta, das 8h às 17h, haverá vacinação no posto fixo da rua Alzira Ferreira Campos, 389, Jardim Fernão Dias.

Produção brasileira de veículos em julho sobe 8,8% A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro somou 297.789 unidades em julho, número que representa uma alta de 8,8% na comparação com o mês de junho mas recuo de 3,6% ante o mesmo período de 2011. Apesar do resultado positivo no mês passado, a produção acumula queda de 8 5% nos sete primeiros meses de 2012 em relação a igual período de 2011. Os dados foram divulgados esta semana pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Poupança tem captação de R$ 8,2 bilhões em julho

Os depósitos voltaram a superar os saques nas cadernetas de poupança em julho. Dados do Banco Central mostram que as contas encerraram o mês passado com captação líquida de R$ 8,252 bilhões, o mais alto para os meses de julho desde o início da série histórica, em 1995. Segundo o BC, os depósitos alcançaram R$ 109,594 bilhões e os saques somaram R$ 101,342 bilhões. As contas existentes receberam R$ 2,148 bilhões em juros pelas aplicações antigas. Com isso, o mês terminou com R$ 459,442 bilhões depositados na mais tradicional aplicação financeira do país.


POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

5

ELEIÇÕES 2012

Por que eu quero ser prefeito? Juarez César Da Reportagem CINCO são os candidatos à sucessão do prefeito Antônio Aiacyda (PSDB). Pode ser seis, se José Hélio (PSOL) for liberado pela Justiça. Todos defendem novas propostas para a cidade, e de forma geral acreditam que é preciso inovar, ter amplo conhecimento das estruturas e colocar

LEILA RAVÁZIO Que fatores a levaram a se colocar como um candidato? Decidi ser candidata porque fiz parte e acompanhei de perto os esforços da atual administração para tornar nossa cidade um lugar digno de se viver. Por essa razão, ao longo dos últimos sete anos e meio, adquiri experiência e conhecimento suficientes em relação aos desafios e necessidades da cidade e saberei como conduzir a prefeitura a fim de executar um trabalho de qualidade para torná-la ainda mais próspera e organizada. Além disso, vivi nesta cidade ao longo de toda minha vida e, meu amor e respeito me estimularam a oferecer meus conhecimentos, minha experiência e minha disposição para servi-la. Qual a sua visão de Mairiporã? Para mim, Mairiporã é uma cidade privilegiada por suas águas claras e seu povo guerreiro, que necessita de conforto, dignidade, boa saúde, bom ensino, ruas asfaltadas, esporte, lazer e cultura. Mairiporã é uma cidade preservada por leis ambientais severas que impossibilitam seu desenvolvimento industrial e a entrada de recursos para aplicação em seu favor, e por essa razão o desafio de administrá-la é ainda maior, mas posso garantir que conheço o caminho para superar as dificuldades e oferecer ao povo o que lhe é de direito. Quais os principais desafios do próximo prefeito? O maior desafio é a construção e o funcionamento de um Hospital Municipal, cujo local já foi adquirido pela prefeitura e o projeto está em fase final de contratação. Ainda na saúde, destaco a ampliação do PSF (Programa de Saúde da Família). Outro desafio é ampliar a segurança dos cidadãos, com implantação de mais câmeras de monitoramento, bem como reivindicar o aumento efetivo de policiais e viaturas. Outros pontos que destaco: Pavimentar e iluminar as ruas que ainda não foram contempladas pelo programa de pavimentação da atual administração; - Ampliar e estimular o lazer e o turismo, pois temos belas paisagens a apresentar aos visitantes, que trarão consigo estímulo para o comércio. A atual administração já decretou de utilidade pública áreas que serão desapropriadas para implantação de teleférico, que terá sua conclusão oferecida por mim na próxima gestão.

a máquina pública a favor da população. Também afirmam que Mairiporã tem desafios que perduram há vários anos e que passou da hora de enfrentá-los e criar novas oportunidades com ideias inovadoras, visão global dos problemas e imprimir uma marca, capaz de levar a cidade ao avanço, construindo uma sociedade cada vez melhor. O Correio inicia nesta edição uma série de

temas a serem debatidos pelos candidatos, em especial aqueles reclamados pela população. Neste início, formulou três perguntas a cada um dos cinco postulantes, a partir da questão ‘por que quero ser prefeito?’, entregues a Leila Ravazio (PSDB), Márcio Pampuri (PV), Eduardo Pereira dos Santos (PTB), Fátima Lodi (PRTB) e Manoelino Cordeiro (PMN). Confira as respostas.

MARCIO PAMPURI

MANOELINO

Que fatores o levaram a se colocar como um candidato? Ser prefeito para mim é mais do que administrar a prefeitura. É uma missão que tenho, junto à população, de resgatar a qualidade de vida e a dignidade dos cidadãos. Coloquei-me como candidato pelo convívio diário com a comunidade e suas necessidades. Sou funcionário público da cidade há quase 20 anos e conheço cada problema, seja na área da saúde, educação, infraestrutura, esportes ou lazer. Isso me levou a questionar as ações e serviços existentes e aceitar o desafio de mudar para melhor a nossa realidade. Qual a sua visão de Mairiporã? Mairiporã é uma cidade bonita e promissora, que tem um futuro brilhante nas áreas do turismo, educação, saúde e cultura, cujo desenvolvimento econômico pode e deve aliar a economia, o social e o ambientalmente sustentável. Queremos que Mairiporã seja a cidade perfeita para criarmos nossos filhos. Quais os principais desafios do próximo prefeito? O próximo prefeito deve ter como desafios as áreas da saúde, com a reestruturação de um novo modelo de gestão e organização social e investimentos maciços no setor; com uma educação inclusiva, que valorize e qualifique os profissionais; que tenha um plano de cargos e salários, que de fato seja colocado em prática atendendo os servidores públicos de todas as áreas; pensando sempre na cultura, no lazer e no desenvolvimento da vocação turística da cidade; garantindo segurança e desenvolvimento sustentável. “A cidade é grande, assim como os desafios. Somente pensando desta forma teremos uma Mairiporã justa e pronta para crescer e desenvolver”.

Que fatores o levaram a se colocar como um candidato? Tenho um histórico de lutas mesmo sem ter ocupado cargo eletivo, fui candidato a presidência do Sindicato dos servidores públicos por três vezes, fui diretor da previdência, um dos primeiros conselheiros tutelar da cidade, encabecei dezenas de abaixo assinados e participo das seções de câmara ha mais de 20 anos, portanto conheço bem os problemas sociais da cidade e estou a par do processo legislativo. Fui por duas vezes candidato a vereador e por duas vezes candidato a prefeito, sempre pelo mesmo partido, e sem alianças duvidosas. Sou funcionário publico desde 1993, e como tal pude acompanhar de perto a administração de quatro prefeitos. Reconheço o acerto de cada um e como pesquisador atento sei onde não tiveram sucesso. Acredito que a máquina pública não pode ser dirigida por um “estranho” a seu funcionamento, que desconsidera o servidor e faz dela um laboratório. Sei do potencial do servidor público e aprendi ao longo desses vinte anos como a prefeitura deve funcionar. Por isso sou candidato. Qual a sua visão de Mairiporã? Mairiporã perdeu sua identidade; não se definiu como interior nem tampouco se firmou como Grande São Paulo. Na fogueira de vaidades pessoais acabou se queimando com lideranças regionais e estaduais, não tem nenhum poder de negociação e não possui mais líderes políticos autênticos‘. O que vemos são políticos por acidente que se lançam em candidaturas a deputados federais e estaduais apenas por vaidade, sem levar em conta a nossa historia e importância. Mairiporã se rendeu à Sabesp, assim como se rendeu e até contribuiu com a ocupação irregular nos últimos anos, cresceu na carência de leis sérias, como um bom plano diretor, uma lei séria de zoneamento, uma planta genérica de valores e com muito pouco planejamento. Para sair dessa situação precisamos planejar a cidade para os próximos cem anos, do contrário seremos engolidos pela massa de excluídos vindos das grandes cidades, e nos tornaremos, além de uma simples cidade dormitório, um receptáculo de misérias e criminalidade. Quais os principais desafios do próximo prefeito? Dar uma solução definitiva para o hospital e melhorar a saúde, solucionar o problema de loteamentos irregulares e possibilitar que todos obtenham documentos dos imóveis, resgatar o poder de compra do funcionário da prefeitura, que amarga perdas salariais por dezesseis anos, na ordem de mais de 200%, e fazer isso sem aumentar a carga tributária., rever de forma digna o contrato com a ETM e Sabesp, e solucionar o problema de falta de moradia em nossa cidade. Mais, dar destinação correta ao lixo que produzimos.

DU

Que fatores o levaram a se candidatar? Com 29 anos, aprendi tudo que sei aqui, fui criado e crio meus filhos aqui e sempre estarei nesta cidade por amor e gratidão. Não me conformo que a cidade continue sendo vista como periferia de São Paulo, em que se encontram áreas abandonadas e, principalmente, por não aceitar que aventureiros, que até ontem não estavam aqui, governem Mairiporã. Como vereador consegui trazer para cidade mais de 15 milhões de reais que resultaram em benefícios para a população. Percebi que a cidade poderia estar muito melhor, com mais qualidade de vida ao povo, mas, infelizmente, por falta de vontade ou por incompetência, essas conquistas junto aos governos Estadual e Federal proporcionadas a Mairiporã não foram aproveitadas. Qual a sua visão de Mairiporã? Mairiporã precisa ser vista de outra forma, precisamos buscar novos caminhos. Temos problemas graves nas áreas da saúde, educação e segurança. Na área ambiental temos a lei de proteção aos mananciais que prejudica o crescimento da cidade. Um trânsito que ninguém mais suporta e até hoje sem solução. Mas, acima de tudo, uma cidade com um grande potencial em vários segmentos, que precisa ter seu crescimento planejado. Quais os principais desafios do próximo prefeito? Melhorar a saúde. Esta melhora não vai se concretizar só construindo o novo hospital, mas com investimentos nas UBS, nos PSF e nos centros de especialidades. Uma Educação de qualidade que não se faz só com grandes obras, mas que garanta que nossas crianças saiam da 4º série sabendo ler e escrever. Uma segurança digna não só com câmeras de monitoramente que não gravam e com a indústria da multa que arrecada mais de 1 milhão ao ano sem investir nada na área. São muitos desafios que teremos de enfrentar, e não podemos esquecer da cultura, esporte, habitação, mobilidade urbana, desenvolvimento social e valorização de nossos servidores públicos.

A candidata Fátima Lodi não respondeu aos emails sobre as questões propostas a todos os candidatos a prefeito


6

POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

ELEIÇÕES 2012 Site orienta mesários sobre as Eleições 2012

NA SEXTA-FEIRA, 3, entrou no ar o site Canal do Mesário (www.tse.jus.br/mesarios), criado pela Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ferramenta que pode ser utilizada pelos mesários que vão trabalhar nas eleições de outubro para se informar sobre deveres e benefícios. O site está hospedado na página do TSE na internet e visa a estreitar a relação do órgão com

os mesários e ajudar no treinamento de quem foi convocado pela primeira vez. Segundo Michelle Lapa Cortegiano Molarino, que integra a Comissão Mesário Voluntário do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), o mesário tira dúvidas, assiste a vídeos de treinamento, acompanha o calendário eleitoral e fica sabendo quais os benefícios de ser mesário, além de conhecer a legislação eleitoral. Além do canal de dúvidas, o site conta também com um espaço para notícias relacionadas

ao trabalho dos mesários, com divulgação sobre as datas dos treinamentos e conferir outras informações divulgadas pelo portal do TSE e pela Secretaria de Gestão de Pessoas. Essas mesmas notícias serão publicadas no Twitter do TSE, o @TSEjusbr. De acordo com o Calendário Eleitoral, os Tribunais Regionais de todo o país iniciam neste mês o treinamento dos mais de 2 milhões de mesários. Em Mairiporã, todas as cartas de convocação já foram enviadas aos 788 mesários inscritos.

Candidatos a vereador também usam seus apelidos

Sessão marcou início do último semestre legislativo Claudio Cipriani Da Redação

possível aumento nos salários de prefeito, vice e vereadores. A única votação da noite foi o veto do Executivo ao projeto das sacolinhas plásticas, cuja distribuição gratuita e obrigatória foi aprovada em lei de autoria do presidente Eduardo Pereira dos Santos. O prefeito entendeu que deveria vetar o texto, mas o fez depois que o Ministério Público Estadual decidiu pela volta das sacolinhas.

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

O RETORNO das sessões legislativas na terça-feira, 7, foi o que se esperava. Pauta diminuta, discussões rápidas e a preocupação dos vereadores com as eleições de outubro. Os trabalhos devem merecer mais destaque a partir de setembro, quando serão discutidos e votados o Orçamento do Município para 2013 e um

Sandra Varredeira, Odair do Fusca Verde, Bilú da Construção, Nego Veio, Português Caipira, Wagner Bombinha, Aladim e Mão Branca.

R$ 60,00

OS CANDIDATOS a vereadores em Mairiporã também usam seus apelidos, muitos curiosos e outros até estranhos. Alguns agregaram o nome do estabelecimento comercial onde trabalham para melhor identificar o eleitor. Entre os mais curiosos selecionados: Juruna do BR, Anderson da Bonarte, Cunha dos Correios, Carlão do Rancho, Doni da ETM,

Pedro da Twister, Polenta, Edson Pizza, Eduardinho da Telefonica, Fabinho do Itaú, Polako, Gel da Ambulância, Gildásio Feioso, Mara do Artesanato, Elton Cowboy, Ilson do Chapadão, Zé Carlos do Táxi, Neno Baterias, Juvenal Antena, Melo Cabeleireiro, dr. Vinagre da Saúde, Marcos do Táxi, Neide Corretora, Ricardo Metalúrgico, Beto Cabeleireiro, Rose da Saúde, Rubinho da Prefeitura, Salvador Cowboy, Salvador do Fita Azul,

AS CAMPANHAS dos cinco candidatos a prefeito de Mairiporã, autorizadas desde 6 de julho, só agora começam a ganhar corpo. No entanto, ainda é fraca a comunicação das assessorias de campanha no que diz respeito à divulgação dos atos daqueles que postulam o comando da cidade. Até agora, pouco ou quase nenhum material tem chegado à imprensa. Isso vale, em especial, para os candidatos Leila Ravazio (PSDB), que é a escolhida do atual prefeito para manter o partido no poder, Eduardo Pereira dos Santos, o Du (PTB) e Márcio Pampuri (PV) que são os oposicionistas, que em tese possuem as campanhas mais bem-estruturadas.. Apesar de estimativas milionárias de investimentos, até o momento suas assessorias nada têm mostrado o que os postulantes andam fazendo para cativar eleitores. Estão, até onde se sabe, focados em visitas domiciliares e no corpo a corpo nas ruas, mas se

esquecem que é a imprensa que cobre o dia a dia dos candidatos e leva a (e)leitores o que de fato ocorre nas campanhas. Grupos maiores - Das assessorias de imprensa para a campanha, até o momento, contratadas através de empresas de desenvolvimento de marketing político, as de Márcio Pampuri e Du aparentam ter as maiores equipes. Mas não prometeram, até o momento, disponibilizar para a imprensa a agenda dos candidatos, nem mesmo através de páginas na internet. Quem tentou nada conseguiu. Os outros candidatos, com estimativa de investimentos mais modestos, pouco têm informado, e quando o fazem é através de e-mail, quase que em tom pessoal. Considerando-se que muitas vezes ou quase sempre a maneira de se fazer campanha eleitoral reflete no modo de governar, os candidatos precisam estar atentos para não passar a imagem de que, uma vez eleitos, terão um perfil centralizador.

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Da Redação

Da Reportagem

R$ 250,00

Claudio Cipriani Da Redação

Assessorias de Leila, Du e Pampuri não divulgam nada das campanhas


POLÍTICA

Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

7

ELEIÇÕES 2012

Futuro governo precisa repensar a cidade a partir do crescimento populacional Wagner Azevedo Da Reportagem OS DIRIGENTES municipais que tomarão posse no dia 1º de janeiro do próximo ano têm como tarefa obrigatória repensar a cidade a partir do seu crescimento populacional. Em apenas dez anos (2000 a 2010), segundo o Censo do IBGE, Mairiporã cresceu 34,62%, três vezes mais que a média registrada no Estado de São Paulo. Em 2000, segundo o Censo, residiam na cidade 60.111 pessoas, número que saltou para 80.920 dez anos depois. Em apenas dois anos

esse número também já registra uma expansão de quase 5%, com mais de 3 mil novos habitantes, segundo a Fundação Seade, que aponta uma população este ano de 83.206. O resultado desse aumento é, na verdade, o adensamento demográfico, medido pelo número médio de habitantes por quilômetro quadrado. No caso de Mairiporã a densidade chegou a 258,82 pessoas por Km². É uma taxa considerável se confrontada com o percentual de urbanização da cidade. Esses números tornam-se um desafio para o planejamento

a ser feito para os próximos anos e na utilização acertada da infraestrutura, pois à Prefeitura cabe atender novos moradores com serviços essenciais, como água e esgoto, energia elétrica, telefonia, iluminação pública, pavimentação asfáltica, transporte coletivo, além do inevitável impacto que isso representa para o único hospital que existe, postos de saúde, escolas, equipamentos de lazer e, no nosso caso em particular, no sistema viário, hoje totalmente comprometido. O que faltou aos prefeitos que passaram pelo Palácio Tibiriçá foi lançar mão de políticas públicas

inteligentes que estimulassem a ocupação das áreas em que a infraestrutura já existia, ou pelo menos atendesse 80% de seus moradores. Quando se fala em políticas públicas inteligentes, cobra-se aquelas que estimulam o crescimento populacional em bairros que ofereçam, de imediato, áreas com capacidade ociosa, ou seja, que têm possibilidade de expansão sem a necessidade de investimentos que comprometam o já acanhado orçamento municipal. De acordo com os entendidos em urbanismo, preencher os vazios urbanos é mais racional do

que estender a cidade para locais distantes, que demandam maiores gastos para se implantar um mínimo de serviços públicos. O próximo prefeito precisa ter em mente que a falta de planejamento e a conseqüente omissão do governo municipal em repensar a cidade pode tornar seus problemas quase insolúveis. Se o aumento populacional foge a qualquer controle, o poder público municipal precisa lançar mão de ferramentas que sejam suficientes o bastante para acompanhá-lo. Isso tudo sem se esquecer de garantir a preservação do meio ambiente e da qualidade de vida.

Eleição garante licença a Aécio perderia para Lula e Dilma em 2014 33 servidores municipais Da Redação

R$ 110,00

PESQUISA realizada pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) para o cenário eleitoral em 2014 mostra que, se as eleições fossem hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria com 69,8% dos votos. O senador Aécio Neves (PSDB) teria 11,9% das intenções de voto e o governador do Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), teria 3,2%.

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

PELO menos 52 servidores de carreira da Prefeitura Municipal pediram licença de seus cargos para disputar as eleições municipais deste ano. A licença, exercida durante três meses (entre 6 de julho e 7 de outubro), é remunerada durante o afastamento, ou seja, o candidato continua recebendo os seus salários integralmente. Dos 33, dois são candidato a prefeito, um a vice e os demais a vereador, divididos por vários partidos. Para ter direito ao afastamento remunerado, o funcionário público precisa obter o registro definitivo de sua candidatura. Imoral - É comum visualizar, a cada eleição, servidores que se utilizam da “brecha na lei”, apenas para gozar da licença. “A gente pressupõe que o servidor sempre tem ética, até pela natureza do serviço que presta, mas, como em todos os lugares, temos os espertinhos, aqueles que saem para lançar uma candidatura vazia ou para apoiar outro candidato”, assinalou um analista político ouvido pela reportagem. “Tínhamos que acompanhar cada eleição, ver se o servidor é candidato, se tem votos”, acrescentou. Para um dos candidatos, que pediu para não ser identificado, há um risco a quem se aventura. “Cada funcionário que se dispõe a concorrer corre o risco de receber represálias após as eleições. Antes de ser candidato já fui vítima de um caso assim”. Candidatos – Os funcionários candidatos são: Adalberto Dias

dos Reis, Agnela Moço Bueno, Alexandra Faria de Almeida, Anderson da Silva Prado, Antônio Aparecido Barbosa da Silva, Benedita Aparecida Fernandes Gil, Carlos Alberto Alves da Silva, Celisa de Souza, Débora Lopes Braga, Eduardo Nagliati Luz, Ercilia Pereira, Gervacy Pinheiro Santos, Hamilton Campos da Paixão, Iolanda Lopes de Oliveira, Izoete Maria Rosa Vieira, João Paulo Sarmento Terra, José Inácio Bezerra Neto, Juliane Guiterrez Paccanaro, Juvenal Rosa Reis, Luciene Regina Carrião Fernandes, Manoelino Cordeiro dos Santos, Márcia Gomes de Faria Gonçales, Márcio Cavalcanti Pampuri, Maria Aparecida de Carvalho Silva, Osvaldo Loureiro Filho, Reginaldo de Camargo, Renê José de Oliveira, Ricardo Vieira da Silva, Ruth de Freitas Cunha, Sandra Pinheiro da Silva, Sheila Alves de Souza e Zeferino de Moraes.

14,8%, e Eduardo Campos, 6,5%. Em um eventual segundo turno, Lula venceria Aécio com 73,4% das intenções de voto, e o tucano teria 15,2%. Contra Eduardo Campos, Lula teria 76,1% dos votos, e o governador pernambucano, 8,7%. Contra Aécio, Dilma venceria com 63,8%, e o senador mineiro teria 21,5%, também em uma segunda rodada do pleito. Contra Campos, Dilma teria 69,1% dos votos, e o governador do Pernambuco teria 12,4%.

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Lúcia Helena Da Reportagem

Os resultados são da 112ª Pesquisa CNT de Opinião, divulgada e realizada entre os dias 18 e 26 de julho deste ano. A pesquisa entrevistou 2 mil pessoas, em cinco regiões do país, e tem margem de erro de 2,2 pontos porcentuais, para baixo ou para cima. Em um segundo cenário, a CNT substituiu Lula pela presidente Dilma Rousseff. Nessa simulação, Dilma venceria as eleições com 59% das intenções de voto. Aécio Neves teria

R$ 110,00

Quais documentos são necessários para votar? O eleitor deve levar para o dia da votação pelo menos um documento de identificação com foto. Serve carteira de motorista, carteira de identidade ou passaporte, por exemplo. Levar o título de eleitor não é obrigatório. Mesmo com o título em mãos, o eleitor deve apresentar também o documento de identificação com foto. A eleição é dia 7 de outubro e a votação começa às 8h e termina às 17h. Quem já estiver na fila às 17h vai poder votar, mesmo se chegar à urna depois desse horário.

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

DICA DAS ELEIÇÕES


8

LOCAL

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

FARMÁCIA POPULAR

Medicamentos chegam a ter 80% de desconto com o subsídio do Governo Correio Imagem

ACE realiza palestras Da Redação

NOS DIAS 14, 21 e 29 de agosto a Associação Comercial e Empresarial (ACE) oferece palestras gratuitas aos diversos segmentos da sociedade. Dia 14 de agosto, das 19h ás 21h, “Empreendedorismo “o caminho para o próprio negócio”, que abordará os principais aspectos sobre o empreendedorismo e as questões que devem ser analisadas antes de se abrir o negócio próprio. No dia 21 de agosto, das 14h às 16h, o tema será “Marketing de Serviços”, cujo objetivo é orientar o empresário sobre os principais conceitos e benefícios do marketing de serviços. E no dia 29 de agosto, das 19h às 21h, “O Empreendedor Individual”, que disseca os principais aspectos da Lei Complementar 128/2008, que dispõe sobre o Empreendedor Individual, setor da economia que tem crescido muito nos últimos anos. Objetivo: Palestra que visa orientar o empresário sobre os principais conceitos e benefícios do Marketing de serviços. Maiores informações e inscrições podem ser obtidos pelos telefones 4419-5790 e 44190922, ou na sede da ACE, avenida Tabelião Passarella, 375, centro.

VENDEDORES R$ 2.000,00 a R$ 7.000,00 entrevista

9125-1000

Governo Federal e prefeitura têm uma agência local da farmácia

CORREIO JUQUERY. COM.BR AUMENTE SEUS RENDIMENTOS R$ 500,00 a R$ 1.500,00 tempo parcial

4604-2760

Leandro Batista Da Redação

DESCONTOS subsidiados pelo Governo Federal, que podem chegar a até 80% do valor do remédio, motivam os mairiporanenses a procurar drogarias que fazem parte do Programa Farmácia Popular do Brasil. Atualmente são distribuídos gratuitamente remédios para pacientes hipertensos e com diabetes. Os descontos são oferecidos para medicamentos de combate ao colesterol, asma, rinite, mal de Parkinson, osteoporose, glaucoma, anticoncepcionais e fraldas geriátricas. Em Mairiporã, além da Farmácia Popular aberta através de convênio entre Prefeitura e Governo Federal, uma outra, da rede privada, localizada no centro, está credenciada para distribuir gratuitamente ou vender os medicamentos com os descontos. Ambas possuem a identificação “Aqui tem Farmácia Popular”. Quem participa do programa garante que a cada dia mais pessoas compram remédios através do programa, e que isso é um diferencial

na hora de atender um cliente e que todos devem levar a receita médica (pode ser da rede pública ou particular). Além disso, a pessoa não pode ter nenhuma restrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF). A exigência da receita médica é necessária para combater a automedicação. Além disso, todos são orientados sobre a forma correta de usar os medicamentos e instruídos sobre os cuidados no armazenamento dos remédios. Mesmo nas doenças crônicas existe a necessidade de receitas atualizadas. Os farmacêuticos explicam que o programa não traz prejuízo nas ações já previstas e garantidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os valores irrisórios cobrados nos medicamentos acabam desafogando o sistema e garante a continuidade no tratamento de muitas pessoas. “Um dos exemplos é um anticoncepcional injetável, que tem validade de três meses, e que custa no programa R$ 1,24. Um valor irrisório que a pessoa paga. Isso é possível porque o Governo subsidia a diferença do valor pago pelo medicamento”, comentou um farmacêutico.


9

LOCAL

Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

Sabesp renova contrato com todas as cidades da região. E Mairiporã?

Mairiporã sediou Maratona Sustentável de Bicicleta Da Redação

COM a participação de 200 ciclistas de várias cidades da região, Mairiporã sediou no domingo, 5, a Maratona Movimento Sustentável de Bicicleta (MTB), evento realizado no campo do Sete de Setembro, Vila Sabesp. Bom público prestigiou a disputa e a competição contou com atletas em 20 categorias, com duração de cinco horas e percurso

em estrada de terra, trilha e vias pavimentadas. Os três primeiros colocados foram Krysthian Otaviano de Lima (São Paulo) na categoria juvenil masculino; Ariovaldo Pereira dos Santos (São Paulo), categoria máster masculino e Ramon Menegatti (São Caetano do Sul), na categoria juvenil masculino. O atleta de Mairiporã mais bem colocado foi Dinei Teixeira Andrade, na categoria de veteranos. Divulgação

cançar a universalização nas áreas atendidas, prestando serviço e levando saúde e qualidade de vida para a população. A unidade está trabalhando fortemente para alcançar esse resultado e transformar as cidades atendidas em municípios 300%, até o fim da década”. Inaceitável - Os segmentos organizados da sociedade mairiporanense precisam se mobilizar e cobrar das autoridades um posicionamento definitivo sobre a questão. O município não pode ser tratado pela Sabesp apenas como fornecedor de água, sem que haja um compromisso tácito de investimentos, através de um contrato que premie obras, serviços e a defesa do meio ambiente, hoje agredido pela inexistência de rede de esgoto na maioria dos bairros. A Prefeitura não cobrou nem mesmo

Cidade tem quatro pontos de coleta seletiva de lixo Da Redação

Maratona teve início no campo do Sete de Setembro (Sabesp) Divulgação

uma minuta de contrato durante todos esses anos, que permitisse um início de discussão entre a sociedade e os poderes constituídos. Obras - A Sabesp tem realizado serviços no município, inclusive agora com a construção de uma nova estação de água. Mas isso é nada perto do que levou daqui durante os últimos 33 anos. E o faz sem que haja nenhum tipo de compromisso formalizado. Em dezenas de outros municípios os contratos já foram renovados e em nenhum deles houve um desinteresse tão grande como o demonstrado pelo prefeito Antônio Aiacyda, que deveria exercer o poder que o povo lhe conferiu para tratar da questão, de suma importância para os interesses econômicos de Mairiporã.

R$ 60,00

A NOTÍCIA de que a Sabesp renovou o contrato de concessão dos serviços de água e esgoto com as cidades de Caieiras, Cajamar, Francisco Morato e Franco da Rocha, publicada no boletim da empresa, datado de julho último, é demonstração inequívoca que as autoridades locais nada fizeram e não vão fazer para que Mairiporã tenha seu contrato renovado. O primeiro, de três décadas de duração, venceu há mais de três anos. Sem contrato, a Sabesp pode agir na cidade da maneira que entender melhor aos seus interesses. Nesse quadro não há obrigações, deveres e metas a serem cumpridas. Isso tudo fica a critério da empresa e da sua disposição política

em fazê-lo. O prefeito Aiacyda, de forma vergonhosa, não fala e sequer cogita fazê-lo. Mairiporã continua abastecendo 9 milhões de pessoas na Região Metropolitana, através da represa construída em seu território, e que trouxe um atraso sócio-econômico sem precedentes nos últimos trinta anos. E mais um ano vai se passar sem que algo seja feito. Na solenidade que marcou a renovação com as outras quatro cidades, o ato foi presidido pelo amigo do prefeito Aiacyda, o governador Geraldo Alckmin, que anunciou para os próximos 30 anos investimentos que devem chegar a R$ 2,4 bilhões. Em um dos trechos da reportagem o boletim assinala: “Temos como meta al-

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Da Reportagem

O MURO Consciente, criado em Mairiporã no ano passado, com adesão de quatro escolas, se constituiu rapidamente em ponto de entrega voluntária de resíduos sólidos, como plástico, papel, metal, vidro e óleo de cozinha. O objetivo da iniciativa, além de trabalhar a conscientização das pessoas em preservar o meio ambiente, auxilia a atividade dos catadores, que hoje formam uma associação. Segundo a Associação dos Catadores, foram coletados entre

2010 e 2012 cerca de 119 toneladas de resíduos e mil litros de óleo de cozinha. O muro consciente funciona nas escolas Colégio Objetivo (rua Capitão Candido Galrão, 230, Centro); Mufarrege Salomão Chamma (rua Bento Felix Pereira, s/n, Lavapés); Armando Pavanelli (rua Laudemiro Ramos, nº 858, Jardim Fernão Dias) e Pietro Petri (rua João Pedro Miziara, nº 25, Terra Preta). O projeto é uma parceria com as empresas Schwing Stetter e Holcim Mairiporã.

RESULTADOS DE 2010 a 2012 Material

Toneladas

Papel

59

Plástico

17

Metal ferroso

12

Alumínio

1

Vidro

26

Tetra Pak

4

Óleo

1.000 litros

Canteiro de obras destrói pista de cooper

dos bairros São Francisco I e II. A indignação é geral por conta dessa triste e desnecessária ação.

DESENVOLVIMENTO WEB Criação de web sites e sistemas para empresas

7505-9868

WWW.CRIARWEB.TK CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Pista que atendia moraderes em Terra Preta foi destruida

MORADORES de Terra Preta enviaram a foto acima para protestar contra a destruição de uma pista de cooper, construída por eles, há mais de 6 anos, com árvores plantadas e regadas todos os dias, melhorias no entorno e que foi destruída pela empresa que está construindo a Etec. Segundo eles, não havia necessidade de se acabar com a pista, utilizada por

centenas de pessoas, dentre elas empresários que se exercitavam no local, assim como moradores

R$ 300,00

Da Redação


10

GERAL CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

OZÓRIO MENDES drozorio@yahoo.com.br

R$60,00

Q

Debate x espetáculo

uem tem acompanhado as eleições deste ano, especialmente em Mairiporã, fica com a idéia reforçada de que não há nenhum interesse em se estimular o debate e dar conhecimento a propostas. Esse esvaziamento dá lugar à criatividade dos candidatos, que preferem carros coloridos, jingles inaudíveis com letras, que oferecem super-heróis cheios de frases de feito, com fotos gigantescas e santinhos aos milhares, ao invés de futuros e responsáveis representantes do povo. Visibilidade é a palavra de ordem e para tanto são utilizados espaços públicos, privados, cruzamentos de ruas e avenidas e centenas de cabos eleitorais distribuindo farta papelada em meio ao agitar de bandeiras. Tudo muito bem orquestrado, com direito a horários de pico, trânsito infernal, bandeiraços e invasões que tumultuam o já

complicado tráfego no centro. Para pedestres e motoristas, um exercício de paciência e um colecionar de santinhos entregues de forma ávida pelos que estão a serviço dos candidatos. Se muitos não concordam com esse tipo de campanha eleitoral, que nada produz de positivo para a cidade e ao cidadão, há aqueles que se acostumam à idéia, pouco se importam se os candidatos estão ou não preparados para aquilo que pregam e buscam, sem avaliar devidamente o desafio dos cargos e a viabilidade do que é prometido. Essa troca nociva das propostas pelo espetáculo midiático é que assusta aqueles que buscam com responsabilidade resolver os problemas da cidade. A antiga Roma, que oferecia pão e circo à plebe, revive a cada eleição através dos palhaços da era da globalização.

05:00 06:00 07:00 08:00 09:00 10:00 11:00 11:30 12:00 13:00 13:30

14:00 15:00 15:30 16:00 17:15 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00

05:00 07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00 20:00 21:30 23:00

18:30 18:45 19:00 19:20 19:40 20:00 20:30 21:00 21:30 22:00 22:40 22:55 23:00 23:05 23:15 23:59

05:00 05:30 06:00 06:30 07:00 07:40 08:00 08:45 09:45 12:45 14:15 16:45 18:15 22:00

06:30 07:10 07:30 08:30 09:00 09:30 10:00 10:45 13:45 15:30 17:45 19:30 23:00

06:00 06:45 07:00 07:45 08:00 08:45 09:00 09:45 10:00 10:45 11:00 11:45 12:00 12:30 13:00 13:45 14:00 14:30 15:00

15:45 16:00 16:30 17:00 17:45 18:30 19:15 20:00 21:00 22:00 23:00 23:59

05:30 06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 12:30 14:30 16:30 18:00

06:30 07:30 08:30 09:30 10:30 11:30 13:30 15:30 17:30 19:00

06:00 07:15 08:00 09:15 10:00 11:15 12:00 13:15 14:00 15:15 16:00

17:15 18:00 19:15 20:00 21:00 22:30 23:59

06:00 08:00 10:00 12:00 14:00 16:00 18:00

07:00 09:00 11:00 13:00 15:00 17:00 19:00

04:30 05:10 05:30 05:45 06:00 06:15 06:30 06:45 06:50 07:00 07:15 07:45 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30

14:00 14:30 14:45 15:30 15:00 15:15 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:30 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

04:30 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 18:00 18:30 19:30 20:30 21:30

04:45 05:30 06:00 06:15 06:30 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30

13:00 13:30 14:00 14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:30 21:30

07:40 08:40 09:20 10:00 05:30 06:15 06:40 07:00 07:20 08:00 08:20 09:00 09:40 10:20 10:40 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00 14:30 15:00

15:30 16:00 16:15 16:30 16:45 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:20 18:40 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 22:20 23:00

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:15 21:00 22:00 23:00

06:00 06:40 07:10 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00 13:30 14:00

14:30 15:00 15:30 16:00 16:30 17:00 17:30 18:00 18:30 19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 22:00 23:00

R$ 110,00

06:00 06:30 06:50 07:00 07:30 08:00 08:30 09:00 09:30 10:00 10:30 11:30 12:15 13:00 14:00 15:00 16:00 16:30 17:00 17:15 17:30 17:45 18:00 18:15

ADVOCACIA

Ozorio Mendes OAB/SP 49.640 - Agrimensor CREA/SP 064055701-6 Rua Mateus Garcia, nº 398, Tremembé, Capital (11) 2265-5588 ou 2204-8726.

CORREIO JUQUERY. COM.BR

EXPERIMENTE!

04:50 05:15 05:45 06:00 06:15 06:40 06:50 07:20 08:20 09:15 10:30 11:15 12:00 13:30 15:00 15:45 16:15 17:30 19:00 19:30 20:00 21:00 21:30 23:00

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

Ozório Mendez é advogado e foi vereador na gestão 1983/1988


GERAL

Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

INSS antecipa décimo terceiro de aposentados e pensionistas Da Redação

APOSENTADOS e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão metade do décimo terceiro salário entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro. A antecipação foi autorizada por meio de decreto da presidenta Dilma Rousseff, publicado no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério da Previdência Social, mais de 25,6 milhões de beneficiários terão o salário antecipado, o que soma R$

11,2 bilhões a mais na economia. Não é cobrado Imposto de Renda sobre essa antecipação. O imposto será descontado na segunda parcela marcada para novembro. Quem recebe amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família não tem direito ao décimo terceiro.

Justiça decide que mercados não precisam mais distribuir sacolinhas Da Redação

OS SUPERMERCADOS vão distribuir as sacolinhas plásticas gratuitas somente até o dia 15 de setembro. Após essa data, não são mais obrigados a fornecer as embalagens. Também terão de fornecer uma alternativa de sacola reutilizável, que permita o transporte das compras, pelo preço de R$ 0,59 por sacola, até o dia 15 de abril de 2013.

A decisão foi dada anteontem pelo desembargador Torres de Carvalho, da Câmara Reservada ao Meio Ambiente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, ao analisar recurso do grupo WalMart. A SOS Consumidores irá recorrer. A rede varejista recorreu quinta-feira da semana passada contra a determinação da juíza Cynthia Torres Cristófaro, da 1ª Vara Cível do Fórum João Mendes, que no dia 25 de junho decidiu que os supermercados voltassem a distribuir

O CALENDÁRIO básico de imunizações do Sistema Único de Saúde (SUS) passará a contar a partir de 2013 com a vacina tetra viral, que inclui a imunização contra a varicela, mais conhecida como catapora, além de sarampo, caxumba e rubéola, contempladas na tríplice viral, ofertadas gratuitamente pelo SUS desde 1992. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, acordo para a produção da vacina varicela entre o laboratório público Biomanguinhos e o laboratório privado GlaxoSmithKline (GSK), que vai transferir gradualmente para o Brasil a tecnologia e a fórmula

do princípio ativo da vacina. “Com apenas uma picada o Brasil vai poder proteger suas crianças contra quatro tipos de doenças. Hoje, temos dados que mostram que quase 11 mil pessoas são internadas por ano pela varicela e temos mais de 160 óbitos. Além disso, tem uma economia no trabalho dos profissionais de saúde, pois usa-se apenas uma agulha, uma seringa, um único local de conservação”, declarou o ministro. Esta é a sétima parceria entre a Fiocruz e o laboratório GSK e estão em vigor 36 parcerias que envolvem 37 laboratórios - 11 públicos e 26 privados, nacionais e estrangeiros. Segundo o presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, além de capacitar os profissionais

e criar plataformas para o desenvolvimento de outras vacinas, esse tipo de acordo barateia significativamente o preço das doses. “O preço global da vacina tetra custará R$ 28 por unidade, incluindo o preço da tríplice. No mercado privado, essa vacina custa R$ 150. Só podemos ter um programa que distribui gratuitamente vacinas para todo o país, porque temos a competência nacional de produzi-las”. A tetra viral é dada em duas doses: para crianças de até 12 meses e a segunda aos 4 anos de idade. Hoje a vacina só é oferecida na rede pública em épocas de surto. Com a tetra viral, o SUS passa a contar com 25 vacinas, sendo 13 ofertadas no calendário básico de imunizações.

gratuitamente sacolas plásticas na boca do caixa. Na ocasião, a juíza deu prazo de 48 horas para cumprir a medida, e determinou que em 30 dias as redes fornecessem “gratuitamente e em quantidade suficiente” embalagens de material biodegradável ou de papel. A juíza tomou a decisão após a SOS Consumidores, órgão de defesa do consumidor, ingressar com uma a ação civil pública para pedir a distribuição das sacolinhas. Correio Imagem

Brasil passará a produzir vacina tetra viral a partir do ano que vem Da Redação

11

Usuários de banda larga crescem 91% Da Redação O USO de internet banda larga residencial cresceu 91% em junho na comparação com o mesmo mês de 2011. O dado está no estudo NetSpeed Report, do Ibope Nielsen Online. Em junho, o número de usuários ativos de conexões de mais de 2 Mb chegou a 16,8 milhões, ante 8,8 milhões de pessoas no ano passado. O estudo aponta ainda que houve diminuição da quantidade de usuários em conexões de menor capacidade. Os internautas que utilizam até 512 Kb, que era de 10 milhões em junho de 2011,

caiu 39%, ou 3,9 milhões de pessoas, e chegou a 6,1 milhões em junho de 2012. Esse número manteve-se inalterado nos últimos três meses. Os usuários de mais de 2 Mb são os que ficam mais tempo na frente do computador e os que abrem mais páginas na internet. Eles também já representam 40,5% do total de usuários ativos em domicílios. Só o grupo dos que usam mais de 8 Mb já é de 5,2 milhões de pessoas, ou 12,6%. O total de usuários ativos em domicílios no Brasil foi de 41,5 milhões em junho de 2012, de um universo de 64,9 milhões de pessoas que moram em residências que têm acesso à internet.


12

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

13


14

LOCAL

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012 M. Borges

Córrego na Capoavinha inunda casas Da Reportagem

Moradores se dizem cansados de esperar pela intervenção da prefeitura para resolver o problema

OS MORADORES do bairro Capoavinha se dizem cansados de esperar por uma solução da Prefeitura. Reclamações, abaixo-assinados e outras formas de manifestação já foram tentadas, porém a administração Aiacyda sequer visita o local para se inteirar do problema. Um córrego, que corre ao lado da antiga olaria, no período de chuva, inunda as residências próximas e essa situação dura há pelo menos oito anos. “Tentamos de tudo, mas

parece que a Prefeitura não tem interesse em ajudar as pessoas pobres. Se tivéssemos condições mudaríamos para outro lugar, mas infelizmente temos que continuar aqui”, explicou um dos moradores. O segundo semestre é sempre mais complicado, segundo eles, pois o volume de chuva e maior. O apelo é que as autoridades compareçam ao local e façam um diagnóstico da situação e aponte quais os caminhos devem ser tomados para evitar que as inundações continuem a ocorrer.

Meio Ambiente realiza operação de embargo em ocupação irregular

RECORTE

Ação rápida da secretaria desalojou os invasores no bairro Capim Branco

CNPJ nº 05.785.139/0001-01

EM AÇÃO conjunta entre a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMA), a Fiscalização de Obras da Prefeitura, a Polícia Militar, a Fundação Florestal e agentes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, foi realizada no dia 7 último, uma operação em área localizada na estrada do Pic Nic Center, no bairro Capim Branco.

Divulgação

Após receber denúncia, a SMA acionou outros órgãos e no local constataram a construção de um barraco de madeira, com três moradores, oriundos de Guarulhos. Toda a área foi desocupada e segundo o secretário Jonpeter Glaeser, há que se estar atento com constância para que invasões não proliferem pela cidade. O local resgatado está inserido na área do futuro Parque Estadual Itapetinga.

R$ 45,00

Da Redação


15

Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

REVISTA Divulgação

São Paulo conhece amanhã sua mais bela mulher

C

om transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes, a partir das 20h30 de amanhã, São Paulo vai eleger sua mais bela mulher, em concurso que dará direito à disputa do Miss Brasil. Mairiporã estará pela terceira vez participando, nesta edição com a candidata Lorena Valença. A coordenadora do concurso na região, Lilian Chamma, também levará para a disputa as misses de Atibaia, Milena Xeder, de Caieiras, Katiusia Torres, Guarulhos (Mayara Pohlmann) e ainda Miss Capital, Maria Helena Neves. No ano passado Mairiporã conquistou a terceira colocação, com Natália Bernardes. O evento também será transmitido pelo Portal da Band.

Lilian Chamma com as 5 misses da região que disputam o titulo de mais bela paulista amanha à noite

Assistência Contábil, Fiscal e Departamento Pessoal Abertura e Encerramento de Empresas

CASA &

4419-3295 - 4419-7188 - 4419-7171

Antes entulho, madeira de demolição é empregada na decoração

O

que foi considerado descartável por muito tempo em reformas e construções, hoje é destaque no mundo da decoração. A madeira de demolição, antes entulho, agora brilha em formato de móveis e objetos. A consciência ecológica chegou às empresas, que fizeram a opção de dar sustentabilidade ao meio ambiente. de praticar ações em prol do meio ambiente, e que passaram a trabalhar com madeira de descarte e demolição. Segundo os decoradores, a ideia é aproveitar aquilo que é considerado descartável, como raízes de árvores tombadas, troncos, móveis velhos, ou seja, uma infinidade de madeira reaproveitável, que rendem objetos exclusivos. Espécies como eucalipto, angelim, jacarandá e amoeira, entre tantas outras, deixam de ir para o lixo e se transformam em móveis diversos, como bancos, lixeiras, mesas, poltronas, armários e aparadores. A infinidade de madeira permite uma mescla com outros materiais, como aço e vidro. Madeira de demolição, assim como outros materiais, podem ser encontrados na maioria das casas de materiais para construção. E esse tipo de material está cada vez mais presente na decoração.

www.tanenocontabilidade.com.br R. Olavo Bilac, 165-B - Centro - Mairiporã Dr. Ozorio Mendes Filho, CRMV/SP 30.708 Dra. Jaqueline Azeredo de Oliveira, CRMV/SP 27.152


16

SOCIAL

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

Batizado Maria Clara & Manuela

No dia 15/7, as lindas gemeas receberam a bênção divina, em emocionante cerimônia na Igreja Matriz. Em seguida na casa dos vovós Carlos & Maria Puga, junto com os papais Alexandre & Cecilia, receberam parentes e amigos. Um delicioso almoço regado de muitos doces e muitos paparicos para as lindas meninas.

www.marionhalm.com

Marion Halm

NO CIRCUITO

Domingo no Bosque da Amizade mais de 1.300 pipas foram distribuidas. Sucesso total, alegria da galera do Rotary Clube e Casa da Amizade. Sábado Dona Norma completou 90 anos de muita lucidêz e alegria. Familiares e amigos foram cantar os parabéns com muito carinho e respeito.

ANIVERSARIANTES Cecilia Coimbra, 16/8

IMESP R. Ipiranga, 576 Mairiporã

Atendimento Clínico

e

Cirúrgico

OFTAMOLOGIA - Cirurgia de grau a laser CIRURGIA GERAL - Endoscopia e Colonoscopia ODONTOLOGIA

Robson Alex, 15/8

Minoru Maruyama, 16/8

REALIZAÇÃO AGÊNCIA DE VIAGEM

4419.3152 - 4419.2066 Rua Cel. Fagundes, 180 - centro realizantonia@terra.com.br

Vai ter bolo

10/8- Delzuita Francisca Silva (Reacender); Solange Santos; 11/8- Vanderley Henrique (Reacender); 12/8Ivani de Andrade Pinheiro (Reacender); 13/8- Jair de Oliveira; Andreia Barbosa; Tereza M. dos Santos; Guiomar M. Zerbinato Gherielli; José Eduardo Ferreira; Maria Helena Brilha; Tereza Tasso; 14/8- Adelaide D. Aquino (Reacender); Adinaldo das Neves Sobrinho; Joaquim Lemos; Tatiany Tasso; Aline C. Bezerra; 15/8Robson Alex; EmiliaYamadera; José R. Silva; 16/8José Roque L.Bento (Reacender); Minoru Maruyama (Reacender); Cecilia Coimbra (Projeto Acolher); Luzia Florian; Armando Bueno de Lima; 17/8- Pedro G. Migliadei; Cristina Regina da Silva; Neuza Boni;


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

GASTRONOMIA

17

OS SEGREDOS DO FEIJÃO SOLTINHO Qualquer casa brasileira que se preze tem um cheirinho especial por volta do meio-dia. Ele invade o corredor, a rua, o bairro. É hora do almoço, e todo mundo está preparando feijão. Preto, roxinho, rosinha, mulatinho, carioquinha, não há quem dispense as nutritivas leguminosas. Mas, apesar de a receita estar praticamente impressa no DNA nacional, há muitas dúvidas sobre ela. Deixar ou não de molho? Temperar antes ou depois de pronto? Como engrossar o caldo? Confira as dicas de especialistas e experimente a receita de bolinho de feijoada, que está na moda em bares e restaurantes.

BOLINHO DE FEIJOADA Ingredientes: 2 litros de água; ½ kg de feijão preto; 100g de carne-seca dessalgada cortada em cubinhos; 100g de lombo defumado cortado em cubinhos; 100g de costelinha dessalgada ou defumada; 1 lingüiça calabresa em cubos; 1 paio cortado em cubos; 3 folhas de louro; 2 colheres (sopa) de azeite; 3 dentes de alho; 200g de farinha de mandioca fina, sem torrar; 1 colher (sopa) de polvilho azedo; 2 maços de couve cortada fininha; 250g de bacon em cubinhos para refogar a couve; 2 dentes de alho para refogar a couve; azeite quanto baste; farinha de rosca para empanar; óleo para fritar quanto baste; gomos de laranja, torresmo e batida de limão ou uma cervejinha para acompanhar. Modo de Preparo: Em uma panela de pressão, coloque 2 litros de água, o feijão, as carnes e as folhas de louro. Cozinhe por aproximadamente uma hora (marque o tempo após o inicio da pressão). Em um liquidificador, bata o feijão cozido com o caldo de carnes. Em uma panela grande, aqueça o azeite, doure o alho e refogue o feijão batido. Verifique o sal. Acrescente aos poucos a farinha de mandioca sem parar de mexer até engrossar e soltar da panela. Retire do fogo e deixe esfriar. Adicione o polvilho e misture até ficar uma massa homogênea. Reserve. Em uma frigideira coloque o bacon com o alho, junte a couve e refogue por 2 minutos. Abra pequenas porções de massa na mão. Coloque uma colher de chá de couve refogada, faça bolinhos e achate. Passe na farinha para empanar e frite em óleo quente. Em uma travessa, coloque os bolinhos acompanhados de gomos de laranja, torresmo e uma cerveja geladinha.

Preciso deixar o feijão de molho? - Quando o feijão fica de molho, além de cozinhar mais depressa, quem o consome tem menos chance de sofrer com gases depois da refeição. O ideal é fazer isso durante a noite, durante 12 horas, mas 60 minutos já são suficientes para a receita ficar mais leve. Não esqueça de dispensar a água da demolha. Como faço para engrossar o caldo? - O que torna o caldo grosso é a redução. Assim, depois de temperado, deixe o feijão apurando em fogo lento. Um jeito de fazer isso mais rápido é tirar uma porção do ingrediente já cozido, bater no liquidificador e devolver à panela. Como e quando temperar? - O ideal é temperar o feijão já cozido, mas ainda durinho. No final do cozimento, frite bacon em cubinhos e, em sua gordura, refogue bastante cebola (que também ajuda a engrossar o caldo) e alho picadinhos. Reza a lenda que feijão temperado antes do cozimento azeda mais rápido. Outra dica é levá-lo ao recipiente onde foi feito o refogado, e não o contrário. O fundinho da panela fica com sabor concentrado e isso não deve ser desperdiçado. Sal só no final. Quanto de água botar? - Se o feijão ficou de molho, calcule 1 litro para cada quilo de feijão. Caso contrário, dobre a quantidade de líquido. A medida à olho também é simples: cinco dedos de água acima do nível dos grãos. Se precisar de mais, complete sempre com água fervente. Em quanto tempo o feijão cozinha? - Na panela de pressão, o feijão fica pronto em cerca de 20 minutos depois de ela começar a apitar. Na comum, leva mais ou menos uma hora. Posso congelar? - Depois de pronto, o feijão dura até três meses no congelador. Preciso catar o feijão? - Feijões comprados em sacas eventualmente podem vir com pedras no meio e devem ser catados. Os de saquinho, vendidos no supermercado, não têm essa necessidade. Mas nunca é demais dar uma olhadinha para evitar que a obturação caia. Posso guardar fora da geladeira? - Se fervido, dá para guardar o feijão fora da geladeira sem o risco de azedar. Só não pode mexer nele depois do processo. Sempre que comer, faça isso novamente. Na geladeira, ele dura uma semana. Que temperos usar, além dos básicos? - Quem gostar de louro, pode deixar umas folhinhas secas já na água do molho. Pedaços de charque (lavados em água abundante e aferventados) na panela também vão bem. No Nordeste, é comum acrescentar pitadas de colorau, cominho e um punhado de coentro fresco durante o cozimento. Para uma receita mais caprichada, bote maxixe, quiabo, couve, repolho e jerimum.


18

TELEVISÃO

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

CANAL ZERO SARAMANDAIA

A Globo já começou os trabalhos de pré-produção do remake de “Saramandaia” (que levará a assinatura de Ricardo Linhares), com estreia em 2013, na faixa das onze. Wagner Moura e Selton Mello já foram escalados. O primeiro será o protagonista João Gibão, vivido por Juca de Oliveira na primeira versão, em texto assinado por Dias GOmes. A Globo também estuda produzir em 3D, para caprichar nos efeitos especiais.

TRILHA SONORA

“Guerra dos Sexos”, substituta de “Cheias de Charme” na Globo, assinada por Sílvio de Abreu (foto) usará a mesma música, também com o nome de “Guerra dos Sexos”, numa regravação do conjunto Os Fevers, que agora tem uma nova formação. Ainda da trilha original, em montagens modernas, foram incluídas “Viva a Alegria”, “Anjo” e “Calor de Loco”. As outras serão inéditas.

AUDIÊNCIA

AMOR & SEXO

As novelas da Globo continuam marcando excelente audiência. Os números da semana que passou: Avenida Brasil (40), Cheias de Charme (34), Amor Eterno Amor (25), Malhação (18), Chocolate com Pimenta (15), Carrossel (14), Maria Mercedes (6), Marisol (5), Máscaras (5), Pequena Travessa (4) e Rebelde (4).

Fernanda Lima vem aí com a nova temporada do ”Amor & Sexo”na Rede Globo. O programa deve apresentar algumas modificações em relação ao passado, mas vai continuar com o cantor Leo Jayme. Ele foi mantido na equipe. Estreia em setembro, às quintas-feiras, no lugar de “Na Moral”, de Pedro Bial.

BALAKOBAKO

SANGUE BOM

Em “Balacobaco”, próxima novela da Record, Ingra Liberato fará Celina Fortunato, personagem que chega de Londres com o marido, Rafael Calomeni, e os dois filhos - um deles vivido por Vitor Facchinetti, depois de seis anos fora. A capital inglesa será apenas citada na trama. A família, após chegada no Brasil, passa a investir em uma empresa de produção de shows e eventos. Ingra vem de participação em “A Vida da Gente”, na Globo.

FILMES

HOJE

COMO CÃES E GATOS (Cats & Dogs), EUA, 2011, cor, 87 minutos, direção de Lawrence Guterman. Com Jeff Goldblum e Elizabeth Perkins. Cães decidem proteger a humanidade e livrá-la da escravidão que os gatos desejam impor a eles. (GLOBO, 16h10) VENTOS DA LIBERDADE (The Wind That Shakes the Barley), Alemanha, Itália, Espanha, França, Irlanda, Inglaterra, 2006, cor, 127 minutos, direção de Ken Loach., Com Cillian Murphy e Padraic Delaney. Em 1920, na Irlanda, trabalhadores das cidades e do campo unem-se em guerrilha para combater uma tropa que quer impedir a independência irlandesa. (CULTURA, 22h) FAIXA DE AREIA (Idem), Brasil, 2006, cor, 92 minutos, direção de Daniela Kallmann e Flávia Lins e Silva. Com Luana Piovani, Ruy Castro

LANÇAMENTOS

A novela do Walther Negrão, “O Caribe é Aqui”, na lista das próximas atrações da Globo no horário das seis da tarde, ao lado de muita gente conhecida do grande público, também deve surpreender com o lançamento de alguns artistas, que ainda não são conhecidos do público da TV. Boa parte desse pessoal acabou de fazer o longa-metragem “O Tempo e o Vento”, que leva a assinatura do diretor Jayme Monjardim.

Sophie Carlotte e Marco Pigossi vão, novamente, viver um par romântico na Globo. Os atores vão protagonizar “Sangue Bom”, de Maria Adelaide Amaral, que estreia depois de “Guerra dos Sexos” na faixa das sete. Os atores, que também atuaram juntos em “Ti-Ti-Ti”, vão gravar as primeiras cenas do folhetim em Berlim, na Alemanha. Os personagens estarão em lua-de-mel nos primeiros capítulos. A novela se passa na capital paulista.

AMANHÃ eDicró. Documentário que trata das relações entre diferentes classes sociais nas areias das praias cariocas. (TV BRASIL, 22h30) PYTHON 2: A COBRA ASSASSINA (Pythons 2), EUA, 2001, cor, 89 minutos, direção de Lee Mcconnel. Com Willia, Zabka e Dana Ashbrook. Rebeldes chechenos derrubam avião que transportava arma secreta. Enquanto se discute o que fazer, cientista abre a carga e liberta uma serpente biologicamente aperfeiçoada. (SBT, 22h45) LISTA DE ESPERA (Idem), Cuba/Espanha/México/Alemanha, 2000, cor, 107 minutos, direção de Juan Carlos Tabio. Com Jorge Perugorria e Noel Garcia. Dezenas de passageiros esperam pelo ônibus, na esperança de encontrar lugares vazios. Só que uma pane transforma aquilo que seria uma disputa por lugares em solidariedade para consertar o veículo. (TV BRASIL, 0h10)

SINHÁ MOÇA (Idem), Brasil, 1953, p&b, 120 minutos, direção de Tom Payne e Oswaldo Sampaio. Com Eliane Lage, Anselmo Duarte e Ruth de Souza. A luta pela liberdade no período da escravatura no Brasil, através da história de linda jovem que enfrenta seu pai com seus ideais abolicionistas. (TV BRASIL, 22h30) UMA LIÇÃO DE AMOR (I AM Sam), EUA, 2011, cor, 133 minutos, direção de Jessie Nelson. Com Sean Penn e Michelle Pfeiffer. Homem com capacidade intelectual de 7 anos, de repente se vê com uma filha bebê para criar! Quando decidem entregá-la para adoção, ele promete enfrentar o sistema. (SBT, 23h15) NO MEIO DO RIO, ENTRE AS ÁRVORES (Within the Rivver), Brasil, 2010, cor, 72 minutos, direção de Jorge Bodansky. Documentário sobre expedição a diversas comunidades ribeirinhas no Alto Solimões, na Amazônia, onde a exploração econômica predatória deixou marcas. (CULTURA, 23h15) AMERICAN PIE 7 - O LIVRO DO AMOR (American Pie: The Book Of Love), EUA, 2009, cor, 97 minutos, direção de John Putch. Com Bug Hall e Brandon Hardesty. Três amigos determinados a conquistar as garotas de seus sonhos, descobrem algo que julgam ser a solução definitiva de seus problemas. (GLOBO, 23h20)

DOMINGO

SAMBA EM BRASÍLIA (Idem), Brasil, 1960, p&b, 90 minutos, direção de Watson Macedo. Com Geraldo Mayer, Heloísa Helena e Herval Rossano. Porta-bandeira de escola de samba, cujo sonho é melhorar de vida, começa a trabalhar como cozinheira para uma família de grã-finos e acredita na possibilidade de se infiltrar na alta sociedade. (CULTURA, 11h45) ENCANTADA (Enchanted), EUA, 2007, cor, 107 minutos, direção de Kevin Lima. Com Amy Adams, e Patrick Dempsey. Princesa banida por rainha malvada de seu mundo mágico e musical, agora está na Manhattan dos dias atuais, um local diferente de onde vivia. (GLOBO, 13h45) 16 QUADRAS (16 Blocks), EUA, 2006, cor, 105 minutos, direção de Richard Donner. Com Bruce Willis e Mos Def. Policial tem que conduzir um home por 16 quadras até o tribunal, onde irá depos contra policiais que querem matá-lo. (GLOBO, 23h05)

ANIVERSÁRIO Querida vovó,

Nem o mais belo de todos os prêmios para nós teria algum valor, se hoje não tivéssemos você aqui, nossa querida avó, para desejar-lhe de todo coração um feliz aniversário. Nossos parabéns, felicidades e muitos anos de vida, são os votos da família Damasceno. Te amamos muito!

HORÓSCOPO

ÁRIES - 21/3 a 20/4 O dia de hoje reforçará sua competência para caminhar com as próprias pernas. Conquistará o que mais deseja graças ao seu espírito de luta. Por isso, divida suas vitórias. TOURO - 21/4 a 20/5 Acredite nos seus sonhos, mas não se esqueça de lutar por eles. Sua energia trará disposição para enfrentar qualquer dificuldade. Batalhe pelo que quer e as metas serão alcançadas. GÊMEOS - 21/5 a 20/6 Em suas atividades profissionais, seja criativo e encontre maneiras alternativas de solucionar impasses. Conte com a ajuda de colegas e familiares para atingir seus objetivos. CÂNCER - 21/6 a 21/7 Alguns sonhos materiais que você alimenta há tempos tomarão conta da sua imaginação neste período. Aposte no seu taco e na possibilidade de transformá-los em realidade. LEÃO - 22/7 a 22/8 Confie mais na sua imaginação e intuição, especialmente para ganhar dinheiro. Bom dia para concluir tarefas complicadas no trabalho ou em casa. Relação amorosa em alta. VIRGEM - 23/8 a 22/9 Sua criatividade estará em alta, aproveite para resolver pendências. Ótimo momento para investir em um curso de aperfeiçoamento profissional. Uma viagem lhe fará bem. LIBRA - 23/9 a 22/10 Espere um dia produtivo se você lida com comércio. Astral positivo para promover ajustes e consertos na sua casa. Cuidado com papéis relativos ao seu patrimônio pessoal. ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11 Contar com a intuição vai ser melhor do que usar a razão. Agindo assim, encontrará soluções interessantes e respostas inovadoras, o que irá fortalecer sua imagem profissional. SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12 Conte com a ajuda de colegas para resolver questões relacionadas à sua carreira profissional. Não abrace todas as responsabilidades do dia a dia e aprenda a dividir as tarefas. CAPRICÓRNIO - 21/12 a 20/1 Deixe a imaginação guiar seus passos hoje, sobretudo no emprego. Faça planos, aproveite as oportunidades, invente soluções para velhos problemas. Aposte na sua intuição. AQUÁRIO - 21/1 a 19/2 Dia sossegado no trabalho e no relacionamento com clientes. As relações familiares serão motivo de muita alegria neste dia. Busque a companhia dos parentes próximos. PEIXES - 20/2 a 20/3 Sonhar é bom, mas, em exagero, levará você a se distanciar da realidade. Cuidado, para não se desiludir no emprego. Também pode se decepcionar com um amigo.


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

19


20

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

21


22

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012


Mairiporã • SEXTA -feira 10 de AGOSTO de 2012

23


24

Mairiporã • SEXTA-feira 10 de AGOSTO de 2012

11 e 12/8 PERA kg

5,79

ABOBORA PAULISTA kg 1,49

ABACAXI UNIDADE

2,19

ABOBORA MORANGA kg 1,29

MACA GALA kg

2,49

ABOBORA JAPONESA kg

1,99

MARACUJA kg

3,49

ABOBRINHA ITALIA kg

1,19

LIMAO kg

1,89

BATATA kg

1,39

GOIABA VERMELHA kg

2,59

BATATA DOCE ROXA kg

1,69

MANGA TOMMY kg

2,29

BERINJELA kg

3,59

ABACATE kg

1,79

MANDIOQUINHA kg

3,79

LARANJA PERA kg

0,69

CEBOLA kg

1,79

LARANJA PAC 3kg

2,49

CENOURA kg

2,99

CARAMBOLA kg

2,49

CHUCHU kg

0,79

COCO kg

2,99

MANDIOCA kg

1,49

MAMAO FORMOSA kg

2,29

PEPINO COMUM kg

2,19

MAMAO PAPAYA unid

3,29

PIMENTAO VERDE kg

5,99

UVA ITALIA kg

4,99

BETERRABA kg

1,79

UVA RUBI kg

4,99

MILHO VERDE BJ

2,69

MELAO UNIDADE

3,59

TOMATE kg

4,89

MELANCIA UNIDADE

5,89

11 e 12/8 COXAO DURO kg

13,90

COXA/S.COXA RESF. Kg

4,69

COXAO MOLE kg

15,90

PEITO RESF. c/ ossoKg 5,29

LAGARTO kg

14,90

ASA RESFRIADO Kg

5,99

PATINHO kg

14,90

BISTECA SUINA kg

7,99

CONTRA FILE Kg

17,90

PERNIL C/OSSO kg

5,99

ALCATRA Kg

17,90

9,90

PEITO S/OSSO kg

6,98

COST. FRESCA SUINA KG

FRANGO Kg

3,99

OFERTAS VÁLIDAS DE 10 a 16/8 OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES

REQUEIJAO CAROLINA 200g

2,49

IOG VERY GURT SACO 850ml

1,69

SORV FRIMONE 2l

7,99

VINHO PERGOLA 1l

9,90

MIST BOLO BARRA SABORES

1,98

MIST BOLO BARRA CHOC

2,29

LEITE PO PALATE SACO 400g

4,59

CREME LEITE MATILAT 200g

1,29

REFRESCO BARRA 35g

0,58

BISC FESTIVA C.CRAKER/AGUA SAL/ 1,99 LEITE/MAIZ 400g QUEIJO RAL MATILAT 50g

1,59

FAR TRIGO COAMO 1k

1,48

MOLHO TOM OUTBACK SACHE 340g

0,99

RACAO PASTEL DOG 15kg

25,90

LIMPAD YPE MULTI-USO

1,98

435  

edição 435 do jornal correio juquery de mairiporã

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you