Page 30

baixa & chiado Cada bairro é feito de histórias. Do passado, das casas, dos monumentos e das pessoas. São elas que constroem a paisagem genuína, a personalidade própria de cada lugar. Esta é uma homenagem a quem vive este bairro no seu dia-a-dia. Every neighbourhood is constructed from stories. Of the past, of houses, of monuments and of people. It is they who create the real landscape, the distinct personality of each place. This is a tribute to those for whom this neighbourhood is home.

T extos / T E X T s isabel lindim fotografias / p h oto g r a p h s evel y n k ahn

Victor

É Presidente da Associação de Valorização do Chiado há dez anos e dono da mítica loja Gardénia há vinte. É difícil perceber se foi Victor Pereira da Silva que escolheu o Chiado ou o contrário. Sente que este cargo “agora é que começa a ser entusiasmante, porque são mais as soluções do que os problemas”. Para ele, é importante “estimular a contradição, renovar sem perder a identidade, integrar o novo e contribuir para a relação entre a tradição e o contemporâneo”. Para Victor, o Chiado “reúne todas as condições para ser um bairro modelo para os lisboetas”. Chair of the Chiado development association for the last 10 years and owner of the mythical shop Gardénia for the past 20. It’s hard to say if it was Victor Pereira da Silva who chose Chiado, or the other way round. He feels that the job “is getting interesting now, because it’s more about solutions than problems”. For him, it’s important “to stimulate contrasts, renew without losing identity, incorporate what’s new and contribute to the relationship between tradition and modernity”. For Victor, Chiado has it all “to be the perfect Lisbon district”.

ANIBAL

Já lá vão 39 anos desde que o Sr. Aníbal Araújo começou a trabalhar no restaurante Belcanto, vizinho do Teatro São Carlos. A história dos dois locais confunde-se e tem em comum a ópera. O Sr. Aníbal lembra-se dos tempos animados em que os artistas iam cear para o restaurante até altas horas, lembra-se dos vestidos chiques e dos senhores com smoking. Desse tempo guarda uma clientela fiel à casa. “Após o incêndio o Chiado morreu, mas agora está a renascer, a voltar a ser o que era. Gosto de aqui estar, faz parte da minha vida há anos, é uma zona nobre de Lisboa”. It’s 39 years since Aníbal Araújo first began working at Belcanto’s, Teatro São Carlos’ next door neighbour. Their history is intertwined and shares one thing in common: opera. Aníbal recalls when the artistes used to supper at the restaurant until the early hours, and the chic dresses and tuxedos. He still has a loyal clientele from that time. “After the fire, Chiado died, but now it’s re-emerging and returning to what it was. I like being here, it’s been a part of my life for years. It’s one of the best parts of Lisbon”.

ConVida Baixa & Chiado / 2008-2009 (nº 11)  
ConVida Baixa & Chiado / 2008-2009 (nº 11)  

Guias de Lisboa bairro a bairro. Lisbon guides by neighbourhood.

Advertisement