Page 1

R

O melhor da Agropecuária, Rodeio e Negócios

Distribuição gratuita

Ano III - Edição 18 - Abril/Maio 2017

Inaugurado Centro do Pescado Continental Páginas 20 e 21

1


2


3


R

AGROFEST / Uma revista inovadora, informativa e de alto nível. Que foca em temas como a Suinocultura, Avicultura, Pecuária, Piscicultura, Agropecuária, Eventos, Feiras, Exposições e Rodeios, com o intuito de aproximar empresas, técnicos, produtores, parceiros, clientes entre outros. Diretor Geral Leandro Gasparetti contatoagrofest@gmail.com Diretor Comercial José Eduardo Costa comercialagrofest@gmail.com Jornalista Responsável Leandro Gasparetti MTB: 76039/SP Contatos / Redação e Publicidade: (17) 3022-2527 / 98152-5400 Jornalista André Luiz de Oliveira Souza MTB: 75680/SP

EXPEDIENTE

NOVIDADES NO AR

N

a segunda edição do ano e já temos um novo parceiro e colunista, Della Morena, que vem agregar ao mundo do rodeio, contando histórias e causos! Ainda no mundo do rodeio, de nossos parceiros e colunistas, André Silva, fala um pouco de sua história e sucesso nas arenas americanas e, um retrospecto de como foi o 4º Leilão Astros da Arena, que foi organizado e realizado por Paulo Belarmino. Já no agronegócio, temos novidade, a páLeandro Gasparetti José Eduardo Costa gina Agroconhecimento, que unirá literatura, tecnologia, evento e muito mais. Além de abordamos a entrada de um novo produto, no Brasil, da Cobb-Vantress, o Macho MV, o monitoramento de insetos com cola entomológica, as dificuldades de crédito no meio canavieiro e, as formas que o produtor pode utilizar o ICMS ao seu favor. A escolha dos pneus agrícolas corretos para o maquinário e melhor desempenho, o aumento de 40% na produção de leite paulista e a visita do secretário de agricultura do estado de São Paulo, na inauguração do Centro do Pescado Continental, em São José do Rio Preto. Tudo isso e muito mais você só encontra na Magazine AgroFest a revista do agronegócio! Tenham uma boa leitura!

Fotografia Leandro Gasparetti

SUMÁRIO

Projeto Gráfico | Diagramação Rede A Comunicação 17 99212-1016

6 AGROSAFRA

Impressão Fotogravura Rio Preto 17 3016-4000

8 AGRONOVIDADES

Contabilidade RBB Assessoria e Consultoria Contábil - CRC SP - 319624/O-1 Colaboradores DPaschoal, André Silva, Luciana Omena, Tonho Prado, Della Morena, Luiz Henrique (Puff), Paulo Belarmino, Arnaldo Jardim, Secretaria de Agricultura de São Paulo, Sérgio Expressão – Sindicato Rural de Rio Preto, JPM Business, Sindag – Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola, Cobb, Hidroforce e Marcos Roberto / Aplacana, Monte Aprazível. Tiragem 5 Mil Exemplares Periodicidade Bimestral Distribuição Gratuita Reproduções totais ou parciais das matérias e fotos, aqui publicadas, só serão permitidas por meio de autorização expressa dos editores. As informações prestadas nas páginas de publicidade, são de inteira responsabilidade dos clientes. Artigos assinados por colaboradores não expressam a opinião da Revista.

4

DIFICULDADE DE CRÉDITO E CANAVIAIS VELHOS

COBB-VANTRESS APRESENTOU O MACHO MV PARA CLIENTES EM TODO O BRASIL

10 AGROINFO

MERCADO AGRÍCOLA IMPULSIONA RENOVAÇÃO DE FROTA NO SETOR CANAVIEIRO

12 AGROLEITE

SECRETARIA DE AGRICULTURA QUER AMPLIAR EM 40% A PRODUÇÃO DE LEITE PAULISTA

14 E 15 AGROLEILÃO 4º LEILÃO ASTROS DA ARENA

24 AGROHORSE HELLO, HOUSTON! POR LUCIANA OMENA

17 AGROCRÉDITO

PRODUTOR RURAL COMPRA COM CRÉDITO DE ICMS

19 AGROCONTROLE MONITORAMENTO DE INSETOS COM COLA ENTOMOLÓGICA

27 AGROCULTURA SAFRA DA MANGA AGRADA NOROESTE PAULISTA

30 SHOWBUSINESS POR LUIZ HENRIQUE “PUFF”

20 E 21 AGROPESCA INAUGURADO CENTRO DO PESCADO CONTINENTAL EM RIO PRETO

22 AGROVETERINÁRIO FEBRE AFTOSA

31 AGROHISTORIAS “ARREPENDIMENTO” POR DELLA MORENA

37 AGRODESTAQUE

SUCESSO NAS ARENAS AMERICANAS

Av. Alberto Andalo, 2641 / Sala 02 – Centro - São José do Rio Preto/SP

DISTRIBUIÇÃO EM 35 CIDADES

NOSSA CAPA

Bady Bassitt, Bálsamo, Barretos, Bebedouro, Catanduva, Cedral, Cosmorama, Cardoso, Fernandópolis, Guapiaçu, Icém, Ipiguá, Jales, José Bonifácio, Mirassol, Monte Aprazível, Mirassolândia, Neves Paulista, Nova Granada, Novo Horizonte, Orindiúva, Onda Verde, Olímpia, Paulo de Faria, Potirendaba, Palestina, Poloni, Riolândia, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Santa Fé do Sul, Tanabi, Votuporanga, São Pulo e Minas Gerais: Fronteira

Ano III Edição 18 Fevereiro/Março 2017 Foto Capa: Robert Carter (USA) robertcarterphotography.com

*Jesus, eu confio em vós!


CONHEÇA O MAIS NOVO TRABALHO DE

V

novo cd disponível em nosso canal no you tube gilvanepaulohenrique

Shows: (17) 99682-6846 | 99733-0361 | 98132-6119 www.gph.art.br gilvanepaulohenrique

gilvanepaulohenrique

gilvanepaulohenrique 5


AgroSafra

Texto e foto: Marcos Roberto / Aplacana

DIFICULDADE DE CRÉDITO E CANAVIAIS VELHOS

Safra da cana-de-açúcar que começou em abril mostra a dificuldade dos produtores em conseguir crédito para renovação de canaviais

A

Safra da cana-de-açúcar na região noroeste do estado já começou em algumas usinas e, em outras, já teve início em abril. De acordo com dados preliminares da ORPLANA (Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil) foram processadas na 2015/16 (em andamento) cerca 597 milhões toneladas de cana. A previsão para a safra17/18 ainda não foi divulgada. A Associação dos Plantadores de Cana da Região de Monte Aprazível (APLACANA) estima uma safra menor em área e produtividade de cana-de-açúcar. A associação, que representa mais de 300 produtores de cana em 80 cidades da região, espera que seus associados produzam 2.276.389,54 toneladas, em uma área aproximada de 33,5 mil hectares. Na safra passada, a área plantada era de 40.669,14 hectares. A produção também ficou abaixo

6

da estimativa. Eram previstos mais de 2.964.496.00 de toneladas de cana na safra 15/16, mas o fechamento apontou uma colheita de 2.535.893.18, uma queda de 14,46%. Para o presidente da APLACANA, Marcio Miguel, queda na produtividade e da área plantada se deve ao envelhecimento dos canaviais da região e a dificuldade dos produtores em conseguir crédito para renovação da lavoura. “As usinas ainda não começaram a processar a cana dos fornecedores e mesmo assim, temos uma perspectiva de quebra de safra novamente. Os canaviais estão velhos e os produtores não têm dinheiro para investir na renovação da lavoura. Os bancos não estão liberando crédito para investimento e somente para manutenção e custeio. Apesar de o clima neste ano ter ajudado, esperamos que a partir do meio do ano, já pensando na próxima safra, o cenário mude”, destaca Marcio.

Marcio Miguel, presidente da APLACANA


AgroSegurança

Foto: Divulgação

PREVENÇÃO DE INCÊNDIO EM MAQUINÁRIO AGRÍCOLA

O

Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, maior produtor e consumidor mundial de álcool e o maior exportador de açúcar. Nos últimos anos, o número de Usinas tem aumentado no País, e com isso, a preocupação com o impac-

to ambiental. Dessa maneira, a mecanização da colheita da cana-de-açúcar, se torna cada vez mais necessária, para diminuir as queimadas prejudiciais à saúde humana e ambiental. Com a mecanização vieram os problemas de incêndio nas colhedoras,

que ocorrem principalmente pelo acúmulo de resíduos da colheita (material combustível) em torno do motor e do sistema de exaustão, que são fontes de calor e somados a isso, o armazenamento de algumas centenas de litros de líquidos inflamáveis (diesel e óleo hidráulico), se junta a isso, o clima quente do nosso País. Esses incêndios acontecem com alta frequência em colhedoras que não possuem nenhum dispositivo de proteção e contenção do princípio que, muitas vezes se espalham pela plantação, provocando grandes perdas aos produtores. Existem algumas formas de prevenção, como a manutenção preventiva ou a adoção de sistemas contra incêndio, que auxiliam e orientam os profissionais na prevenção de possíveis incêndios.

7


AgroNovidades

Foto: Cobb

COBB-VANTRESS APRESENTOU O MACHO MV PARA CLIENTES EM TODO O BRASIL Apresentações reuniram cerca de 400 profissionais do setor das principais agroindústrias brasileiras

N

o início do mês de março, a Cobb-Vantress, líder mundial no fornecimento de aves de produção para frangos de corte e em especialização técnica no setor avícola, apresentou seu novo produto, o Macho MV, para clientes de todo o Brasil. Os eventos discutiram a nova demanda mundial para o setor avícola, o desenvolvimento do Macho MV e os principais resultados do novo produto. Foram abertos os eventos pelas boas-vindas de Jairo Arenazio, diretor-executivo da Cobb para a América do Sul, que abordou a expectativa da empresa com o lançamento do novo produto. O Macho MV foi desenvolvido para ter maior rusticidade, e com o diferencial de obter melhor conversão alimentar, e é considerado uma evolução do produto anterior da companhia, o Macho MX. Entre os principais resultados do novo Macho MV, estão o menor consumo de ração para geração de um quilo de peso vivo, de cerca de 30g, o que impacta diretamente os custos de produção do setor. A partir de um protocolo de testes, que contemplava diferentes tipos de aviários, condições climáticas, pesos de abate e desafios sanitários, foram testadas matrizes e frangos de corte na Suécia (com clima bastante frio), na Arábia Saudita (com clima extremamente quente), na África do Sul (com alta umidade), na Holanda e na Alemanha (regiões com baixos desafios sanitários). O produto também foi testado a partir de diferentes dietas, à base de milho e de trigo. “Os resultados demonstraram o alto alcance de potencial genético do Macho MV. Em todos os tipos de ambiente, esse reprodutor destacou-se em conversão alimentar e ganho de peso. Também manteve bons índices de mortalidade, fertilidade e eclosão”, explicou Matthew Wilson, diretor do

8

Serviço Técnico da Cobb na Europa. Rodrigo Terra, gerente de produto da Cobb, apresentou os resultados obtidos com testes realizados em quatro lotes de Machos MV alojados no Brasil. “O MV é mais uma evolução da Cobb. O frango de corte mostrou melhor obtenção de peso, em torno de 90g, com cerca de três pontos de melhora na conversão alimentar, em nível comercial. E isso comprova a rusticidade do produto”, explica. Foram apresentadas novas técnicas diferenciadas de manejo do Macho MV, em relação ao Macho MX, a fim de se obter os melhores resultados. “Por ser uma ave de ótima atividade, é possível explorar ainda mais a sua capacidade, pois é sempre possível trabalhar

para aumentar o potencial do macho, através do manejo dedicado e eficiente”, explicou André Múrcio, assistente técnico da região Sudeste, em uma das apresentações. Para finalizar o ciclo de palestras, o diretor da Assistência Técnica da Cobb para a América do Sul, Bernardo Gallo, apresentou o novo time atuante na região, composto por 13 especialistas renomados, com diferentes bagagens em áreas como frangos de corte, incubação e sanidade, entre outros temas. “Nosso objetivo é garantir que o cliente esteja satisfeito e registrando lucro a partir da linhagem da Cobb. Por esse motivo, estamos sempre inovando e investindo em nossa área de Serviços ao cliente”, finalizou.


9


AgroInfo

PNEUS AGRÍCOLAS DEV DE ACORDO COM MAQU Importante item para os produtores rurais, os pneus demandam atenção e investimento

“A escolha incorreta dos pneus pode trazer sérios malefícios para a máquina, o solo trabalhado e para a vida útil do próprio pneu” Stefano Mercúrio, Gestor de linha pesada na DPaschoal

R

esponsável pela transmissão da energia do motor para o solo, o pneu é um item de extrema importância para as diversas operações realizadas no campo. Graças à evolução das tecnologias aplicadas no seu desenvolvimento, e das muitas opções disponíveis no mercado, o produtor tem atualmente mais facilidade no momento de comprar os pneus, que devem ser escolhidos de acordo com a necessidade da operação. Na tabela de custos de um produtor rural, o pneu aparece entre os três maiores gastos, que são salários, combustíveis e pneus, nesta ordem. Com isso em vista, os produtores precisam, antes de qualquer coisa, entender qual tipo de pneu

10

é necessário ao seu maquinário e tipo de produção. “Esse é o primeiro e principal fator que deve ser levado em consideração, pois um pneu selecionado para trabalhar em um solo não compatível com a sua aplicação, pode comprometer todo o desempenho do maquinário e a produtividade da plantação”, explica Stefano Mercúrio, Gestor de linha pesada na DPaschoal. Por isso mesmo, é necessária atenção na hora do investimento, que não é pequeno. “A escolha incorreta dos pneus pode trazer sérios malefícios para a máquina, o solo trabalhado e para a vida útil do próprio pneu”, comenta Stefano. Os pneus agrícolas atualmente dispo-

níveis no mercado se dividem em três tipos: direcional, de tração e radial. Os direcionais são geralmente utilizados em tratores e equipamentos agrícolas de pequeno porte. Já os de tração, são empregados nas culturas de milho, soja, feijão, arroz e no preparo do solo. Os pneus radiais têm uso nos segmentos canavieiros, de grãos e em tratores de grandes potências. Nos últimos anos, os pneus agrícolas evoluíram em dimensão. Ou seja, aumentaram seu diâmetro e largura, possibilitando mais contato com o solo, melhorando a tração, diminuindo consumo de combustível e aumentando a produtividade no campo.


VEM SER ESCOLHIDOS UINÁRIO E PRODUÇÃO

Foto: Arquivo

11


Agroinfo AgroLeite

Fotos: João Luis / Foto: Secretaria Leandro de Agricultura Gasparetti

SECRETARIA DE AGRICULTURA QUER AMPLIAR EM 40% A PRODUÇÃO DE LEITE PAULISTA

A

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo intensificará em 40% a produtividade de leite em São Paulo e propõe, para os próximos 10 anos, ampliar a produção anual de 1,7 bilhão para 2,5 bilhões litros do alimento. O Plano de Desenvolvimento da Bovinocultura de Leite Paulista foi apresentado durante o II Workshop Programa Mais Leite Saudável, realizado pelo Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados no Estado de São Paulo (Sindleite), com a presença do secretário, Arnaldo Jardim. De acordo com o agente agropecuário do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Catanduva e membro da Comissão, Carlos Pagani Neto, a meta de crescimento é importante. “O Plano prevê que as instituições se organizem para fazer parcerias com laticínios, cooperativas, empresas do setor, para que a atividade cresça de maneira constante”, explicou Pagani. Para Arnaldo Jardim, é fundamental que haja articulação e integração das ações existentes, para que ganhem escala e sintonia. “Queremos ser partícipes de uma boa causa, melhorando a qualidade do leite e a remuneração dos produtores. Os desafios são evidentes, mas com o talento e a vontade de dos produtores, podemos suprir o mercado de forma eficiente”, afirmou Jardim. De acordo com o superintendente federal do Mapa em São Paulo, Francisco Ferreira Jardim, a parceria com o governo paulista visa melhorar a qualidade da produção. “Estamos montando uma parceria para que, por meio de programa Mais Leite Saudável, o setor produtivo possa utilizar este recurso para melhorar a qualidade do leite”, disse, informando que o projeto poderá se reverter em cerca de R$ 5,5 milhões, para que o produtor possa investir na melhoria de sua produção.

12


13


AgroLeilão

4º LEILÃO ASTROS O 4º Leilão Astros da Arena reuniu, mais uma vez, investidores, empresários e tropeiros de todo o Brasil

R

ealizado em março, na cidade de São José do Rio Preto -SP, com a organização do médico veterinário e empresário, Paulo Belarmino e Portal dos Tropeiros Leilões. O 4º Leilão Astros da Arena, reuniu mais uma vez os maiores nomes do rodeio brasileiro, em um só lugar. Contando com a presença de grandes criadores, investidores e amantes de

14

touros de rodeio e animais de genética de pulos. A 4ª edição do evento trouxe muitas novidades ao mercado de touros, como a venda de jovens animais, além de matrizes de genética, embriões e prenhezes. Entre os destaques do leilão estiveram prenhezes frutos de fertilização in vitro, de fêmeas filhas dos touros, Agressivo e Bandido, que tiveram os embriões transferidos em fêmeas filhas dos touros, Bipolar e do próprio touro Bandido, que foram adquiridos pela Cia. 2M, de Marcondes Maia, um grande investidor que aposta na genética de touros atletas. A Cia. JP Miúra, de Juvenal Pontremolez, também causou surpresa a todos, disponibilizando fêmeas de sua genética, algo inédito no mercado de touros brasileiro, já que ele é detentor da única linhagem de animais da

raça miúra no rodeio, atualmente no Brasil. O evento foi comandado pelo leiloeiro oficial e locutor da PBR Brasil, Rafael Vilella, sob os comentários de André Metzker, contando também com presenças ilustres do mundo do rodeio, como Adriano Moraes (PBR), Paulo Emílio, Flávio Junqueira e Ana Paula Junqueira, Tércio Miranda, Enrique Moraes (Ekip Rozeta), Guto Paglione, Marcondes Maia, o deputado Ricardo Bentinho (3B), entre muitos outros. “O 4º Leilão Astros da Arena foi um grande sucesso e superou as expectativas, tanto de público, quanto de qualidade de animais de genética e já planejamos a 5ª edição, que já está com data marcada, para o dia 14 de março de 2018” afirmou organizador, Paulo Belarmino.


Fotos: Leandro Gasparetti

S DA ARENA

15


16


AgroCrédito

Foto: Divulgação

PRODUTOR RURAL COMPRA COM CRÉDITO DE ICMS Um ótimo negócio

N

este momento de reestruturação econômica, onde o produtor rural com pouco capital de giro precisa investir e renovar suas máquinas, equipamentos e até mesmo já estar com o seu estoque de sementes, adubos e insumos para a sua atividade, a comercialização com crédito de ICMS vem em boa hora, podendo ser a “moeda” de que dispõe no momento. Com isso, o produtor rural não se vê obrigado a recorrer a recursos bancários e se sujeitar a taxas de juros que já lhe roubam algumas cabeças de gado e sacas da sua produção. De acordo com Silvana Pedron, gerente da empresa JPM Business, de Rio Preto, esta opção de negociação é muito vantajosa para quem compra com ICMS, como também, para a empresa que vê nesta negociação uma oportunidade de fomentar suas vendas. Mas os produtores que fazem suas compras sem auxílio de uma assessoria na negociação, não se atentando em muitos detalhes da transação, devem tomar algumas precauções e escolher uma empresa séria para fazer a compra. Assim como também a empresa que recebe com crédito, tem que estar atenta a elaboração, ou seja, como foi feito este levantamento tomando todas as precauções que a lei exige.

“Sendo o crédito de ICMS, um ativo da propriedade que posso utilizar e já liberado pela Secretária da Fazenda, faço uso, sim. Meus créditos provêm da aquisição de gado que adquiro de outros estados e, também, do óleo diesel que utilizo nos maquinários de minha propriedade. Procuro ter uma boa assessoria desde o levantamento do crédito até a empresa que fará a intermediação com meu dinheiro, com segurança e qualidade, cuidando de toda burocracia necessária e, comprando aquilo que realmente necessito. Tenho utilizado os serviços da JPM-Business, que tem me oferecido toda assessoria a partir do momento que solicito uma cotação de um produto, elaboração do pedido, análise da nota fiscal, acompanhando a entrega do produto, transferência do crédito e liberação. São eficientes, com rapidez e segurança, onde me sinto incentivado a utilizar cada vez mais esses ativos” explica Esmeraldo Ferrato, cliente da JPM-Business. Com a utilização dos créditos apurados para renovar seus maquinários, no mês de março, Ferrato, adquiriu um distribuidor de calcário, uma pá hidráulica, uma plataforma e um guincho de trator, tudo pago com o crédito do ICMS. 17


AgroConhecimento

Foto: Divulgação

CONGRESSO SINDAG 2017

Acontece no mês de agosto, entre os dias 8 e 10, o Congresso Sindag Mercosul e Latino-Americano, em Canelas/RS. O foco será na tecnologia e qualificação do setor, aprimorando a eficiência e a segurança (operacional e ambiental). A programação vai abordar também, estratégias de comunicação com a sociedade e valorização do setor, além da parceria com universidades e com a indústria química. A expectativa é de que seja um dos maiores eventos aeroagrícolas dos últimos tempos no Brasil. Maiores informações acesse o site da Sindag – Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola – www. sindag.org.br.

MILKPOINT RADAR

O SEGREDO DO GRÃO

Com acesso gratuito, através de aplicativo para celulares ou no computador, o MilkPoint Radar permite ao produtor comparar a eficiência e a competitividade do seu sistema, em relação à sua mesorregião, estado e país. O aplicativo trabalha captando informações sobre os preços de leite, o volume vendido e o laticínio comprador do leite, bem como parâmetros de qualidade e composição do leite vendido. O aplicativo MilkPoint Radar, já está disponível para download em celulares, nas lojas de aplicativos Google Play e App Store.

Este livro permite aos profissionais do agronegócio o desenvolvimento do seu capital humano e intelectual e para as empresas otimizarem os resultados de seus negócios, produtos e serviços através de programas de orientação profissional. Também aborda sobre a formação do preço do grão a partir dos parâmetros de exportação e cálculos financeiros sobre o ponto de equilíbrio da soja e do milho. Com exemplos práticos e descomplicados apresentando o funcionamento dos contratos futuros, opções, contrato a termo, entre outras informações.

GOVERNO LIBEROU R$ 12 BI PARA PRÉ-CUSTEIO DA SAFRA

O Governo liberou R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra agrícola 2017/2018. Valor destinado a aquisição antecipada de insumos, o montante é R$ 2 bilhões superior ao anunciado em 2016. Os recursos serão acessados por médios produtores por meio do Programa Nacional de Apoio aos Médios Produtores Rurais (Pronamp), com taxas de 8,5% ao ano e teto de até R$ 780 mil. Os demais produtores rurais acessam o crédito com encargos de 9,5% ao ano até o teto de R$ 1,32 milhão, por beneficiário.

XXI RIO PRETO COUNTRY BULLS

O empresário, Paulo Emilio, já está com a grade de shows fechada, de um dos maiores rodeios do país, o Rio Preto Country Bulls, que chega, em 2017, a sua 21ª edição. O evento, que acontecerá de 19 a 23 de julho, contará com shows de renome como João Bosco & Vinicius, Henrique & Juliano, Marilia Mendonça, Zé Neto & Cristiano, Jorge & Mateus e Matheus & Kauan. Além disso, atrações variadas dentro e fora da arena, como a deliciosa praça de alimentação, área de estandes com espaços e, claro, o rodeio.

18


AgroControle

Foto: Leandro Gasparetti

MONITORAMENTO DE INSETOS COM COLA ENTOMOLÓGICA

A

cola entomológica, é uma maneira econômica e prática para o monitoramento e captura de insetos-praga, principalmente, se for aplicada em garrafas PET amarelas ou faixas amarelas, podendo ser utilizada em áreas agrícolas, granjas e/ou área urbanas. Recomenda-se que sejam pintadas

na parte interna da garrafa e, na parte externa, seja aplicada a cola, mas o que realmente atrai os insetos são as cores, como: Amarela: atrai um grande número espécies; Azul: coloração empregada principalmente para captura e monitoramento de tripes; Branca: utilizada para Musca domestica e outros

dípteros. Um frasco de cola entomológica tem um rendimento de aproximadamente 15 m2, aproximadamente 300 garrafas plástica pet. Para captura massal de insetos a recomendação são 400 armadilhas/ha (garrafa pet colorida) e para monitoramento cerca de 100 a 200/ha.

19


AgroPesca

INAUGURADO CEN PESCADO CONTIN A

quicultores de São José do Rio Preto e região participaram, no fim de março, da entrega de viveiros e tanques e, inauguração do Centro do Pescado Continental, no Instituto da Pesca de São José do Rio Preto. Além da entrega, ocorreu também, a 6ª edição do Encontro “Novos Caminhos da Aquicultura Paulista”, para conhecer as medidas de simplificação da atividade no Estado. Participaram do encontro autoridades e produtores dos municípios da região. Esta edição encerra o ciclo de encontros para transmitir ao setor produtivo as facilitações nos procedimentos que viabilizam a atividade e que fazem parte do Programa de Modernização e Desburocratização da Agricultura (Agrofácil SP). O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, ressaltou o trabalho de fortalecimento da produção aquícola, para ampliar o acesso da população a uma alimentação mais saudável. “Proteína animal de qualidade e com baixo custo como a que é fornecida pela piscicultura não há. Temos um grande potencial e oportunidade nes20

ta atividade, e vamos transformar esse crescimento em algo real, criando empregos e gerando renda ao produtor. Apoiar o setor produtivo, especialmente o pequeno produtor e agricultor familiar é uma das diretrizes”, afirmou Jardim. Procedimentos Até o dia 31 de outubro de 2017, os aquicultores paulistas deverão realizar o licenciamento ambiental simplificado ou, no caso dos produtores dispensados deste procedimento, emitir a Declaração de Conformidade da Atividade Aquícola (DCAA), por meio de sistema eletrônico da Coordenadoria de Assis-

tência Técnica Integral (Cati), órgão da Secretaria de Agricultura. Os estabelecimentos localizados nas Áreas de Proteção aos Mananciais ou Áreas de Proteção e Recuperação dos Mananciais da Região Metropolitana de São Paulo deverão ter alvará de licença metropolitana emitido pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), assim como as áreas cuja implantação implicar supressão de vegetação nativa ou intervenção em Área de Preservação Permanente. De acordo com Fernando Gomes Buchala, coordenador de Defesa Agropecuária (CDA), a atuação do órgão nesse processo tem como finalidade garantir a sanidade na produção da piscicultura, agilizando procedimentos com a emissão de documentos por meio do Sistema de Gestão de Defesa Animal e Vegetal. “Agora concluímos a inserção da piscicultura, para que o produtor rural tenha acesso à emissão das guias para o transporte animal sem nenhum prejuízo na questão sanitária, valorizando a atividade”, disse Buchala. A ampliação da produtividade paulista pode contribuir para o aumento do consumo de pescado que atualmente importa 60% da proteína oriunda do


Fotos: Leandro Gasparetti

NTRO DO NENTAL

peixe. “A produção de peixes já teve um crescimento de 12 mil toneladas de 2014 para 2016, sendo que São Paulo passou de quinto a terceiro maior produtor de peixes no ano passado”, afirmou Luiz Ayroza, diretor do Instituto de Pesca. Um dos temas de maior interesse dos produtores foi a emissão da DCAA de forma eletrônica. O documento deverá ser emitido nos seguintes casos: piscicultura e pesque e pague em viveiros escavados, cuja somatória de superfície de lâmina d’água seja inferior a cinco hectares; piscicultura em tanques revestidos, cuja somatória de volume seja inferior a mil metros cúbicos; piscicultura e pesque e pague com barramento cuja somatória de super-

fície de lâmina de água seja inferior a cinco hectares; piscicultura e pesque e pague em sistema com recirculação cuja somatória de superfície de lâmina de água seja inferior a cinco hectares; piscicultura em tanques-rede cuja somatória de volume seja inferior a mil metros cúbicos, em águas públicas estaduais, federais, represas rurais e cavas exauridas de mineração; piscicultura em cavas exauridas de mineração cuja somatória de superfície de lâmina de água seja inferior a cinco hectares. 21


AgroVeterinário

Foto: Divulgação

PAULO BELARMINO

Médico Veterinário CRMV-SP: 30.174 CRMV-MS: 4.833 p.belarmino@hotmail.com

FEBRE AFTOSA

Estamos nos aproximando do calendário preconizado pelo MAPA, para a realização da vacinação contra a febre aftosa no rebanho bovino e bubalino. Entenda um pouco mais sobre a importância deste manejo

A

Febre Aftosa é uma enfermidade causada por vírus. Trata-se de uma doença altamente contagiosa e acomete animais biungulados (de casco fendido) como: bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e suínos. Pode acometer rapidamente rebanhos inteiros, pelo rápido contágio pelo contato entre animais doentes e susceptíveis, e pode contaminar o solo, água, vestimentas, veículos, aparelhos e instalações, podendo o vírus ainda ser transportado pelo vento. A doença atravessa fronteiras internacionais por meio do transporte de animais infectados e da importação de produtos de origem animal (principalmente carne com osso). Os principais sintomas dos animais infectados são feridas (bolhas, aftas) na boca, nas tetas e entre as unhas, apresentam salivação excessiva (ba22

bam), não comem e não bebem, andam com dificuldade (manqueira), se isolam dos outros animais, apresentam febre alta, podendo ter tremores e em vacas leiteiras pode haver diminuição rápida da produção de leite. A Febre Aftosa tem grande importância social e econômica, e seu impacto prejudica produtores, empresários e famílias rurais. No contexto de comércio, há uma implicação muito importante relacionada à imagem dos países no mercado, quando ocorrem focos da doença. Os impactos decorrentes de focos de Febre Aftosa envolvem prejuízos diretos e indiretos, e podem compreender desde a redução nos preços até a suspensão das exportações para alguns países, causando prejuízos econômicos a todos os segmentos da cadeia produtiva, além de custos adicionais públicos e privados para adoção de medidas

para conter o foco e retomar o status sanitário. Em decorrência dos mais recentes focos de Febre Aftosa registrados no Brasil (Mato Grosso do Sul e Paraná, entre 2005 e 2006), o Estado de São Paulo perdeu US$ 1 bilhão com exportações em 2006, mesmo sem registrar um único caso de febre aftosa. Vemos então que a importância de se vacinar o rebanho, vai além das fronteiras da propriedade e se alastram a nível nacional. No estado de São Paulo, a primeira etapa do programa de vacinação vai de 01 a 31 de maio/2017, e preconiza a vacinação de bovinos e bubalinos até 24 meses. Quaisquer dúvidas a respeito do Programa Estadual de Erradicação de Febre Aftosa, procure o Escritório de Defesa Agropecuária mais perto de você.


QUEM TRABALHA COM JEEP RENEGADE JA´ COLHE OS FRUTOS NA HORA DA COMPRA

JEEP.COM.BR

Jeep é marca registrada da FCA US LLC.

Pedestre, use sua faixa.

CAC 0800 7037 150 facebook.com/jeepdobrasil

VOCÊ QUE É PRODUTOR RURAL TEM ISENÇÃO FISCAL NA COMPRA DE QUALQUER MODELO DO JEEP RENEGADE.

MOTOR 1.8L EVO FLEX E CÂMBIO AUTOMÁTICO DE 6 MARCHAS

7 AIR BAGS

TELA MULTIFUNCIONAL COLORIDA DE 7 POLEGADAS

NA SINAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO TEM UM JEEP RENEGADE ESPERANDO POR VOCÊ.

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO: AV. BADY BASSITT, 5.000 • (17) 3211-4610 Atendimento: Segunda a sexta: 08h às 19h • Sábado: 09h às 14h.

37

OUTRAS LOJAS: ALPHAVILLE: ALAMEDA ARAGUAIA, 1.993 • (11) 4706-6700 INDIANÓPOLIS: AVENIDA INDIANÓPOLIS, 2.200 • (11) 5070-3000 MIGUEL ESTÉFANO: AVENIDA MIGUEL ESTÉFANO, 1.911 • (11) 5067-2999 NAÇÕES UNIDAS: AVENIDA DAS NAÇÕES UNIDAS, 21.612 • (11) 5696-4777 PARAÍSO: RUA ESTELA, 615 • (11) 5906-9060 SÃO BERNARDO: AVENIDA PEREIRA BARRETO, 984 • (11) 4336-8100 SOROCABA: AVENIDA GENERAL CARNEIRO, 1.459 • (15) 3229-9555 PAMPULHA: AVENIDA PRESIDENTE CARLOS LUZ, 5.009 • (31) 2513-1400

Pedestre, use sua faixa.

VEÍCULOS A PRONTA ENTREGA

FAÇA UM

TEST DRIVE

VEÍCULOS A PRONTA ENTREGA

Planos sazonais para produtores rurais com 36 meses com 6 parcelas semestrais: consulte nossa equipe para mais informações. Banco Bradesco financiamentos. Condição válida até 30/04/2017, sujeita a alterações sem aviso prévio, conforme política comercial da montadora.

23

F

D


AgroHorse

Fotos: Divulgação

LUCIANA OMENA

Jornalista Especializada em Cavalos lucianaomenacomunicacao@gmail.com

HELLO, HOUSTON!

Desde que comecei a trabalhar nesse mercado sou fã do Houston Rodeo. Quando fechei minha contratação pelo SuperCountry (quem lembra desse portal?) em 2002, Rodrigo e Marcel estavam indo para esse rodeio lá nos Estados Unidos. Então, comecei meu expediente logo após eles voltarem, com um presente para mim (que tenho até hoje) e muitas fotos e novidades. Foi uma das primeiras matérias que fiz para o site, senão a primeira!

O

Houston Livestock Show and Rodeo, que tem mais de 80 anos de existência, acontece sempre em março. A festa dura o mês todo e tem inúmeras atividades, não só o rodeio. Quando a nossa coluna estiver circulando, o rodeio já terá sido concluído, então sugiro que vocês pesquisem tudo o que aconteceu em 2017. Valerá a pena!!! Segundo sua história, o HLSR é a maior exposição de gado do mundo, um dos rodeios mais tradicionais do mundo e o evento de mais prestígio do sudoeste americano nessa época. Tornou-se um marco e grande central de negócios de gado e uma grande vitrine para o rodeio. No site oficial - rodeohouston.com - conseguimos ver a evolução ano 24

a ano, tudo que aconteceu e foi implementado, como por exemplo, em 1954 o rodeio foi sancionado pela PRCA e tornou-se parte do calendário da maior associação do rodeio completo no mundo. A programação é intensa no Reliant Park, complexo gigantesco que abriga milhares de locais para a realização de cada um dos eventos. O formato do rodeio apresenta um vencedor todas as noites para uma multidão de mais de 65.000 torcedores. Em média, a premiação gira em torno dos 2 milhões de dólares. Concorrem 360 principais cowboys e cowgirls de Montaria em Touro, Sela Americana, Três Tambores, Bareback, Bulldog, Laço de Bezerro e Laço em Dupla, entre outras competições pe-

culiares a cultura americana. Falando ainda de cavalo, no Horse Show a programação inclui provas de Apartação, Team Penning, Ranch Sorting, além do Ranch Rodeo (onde os competidores revivem o velho oeste, ordenhando vacas, por exemplo), Quarter Horse Show (onde acontecem provas com cavalos Quarto de Milha); provas com Mulas, entre outros. Sem contar nas exposições e concursos de gado de várias raças, que reúnem milhares de pessoas e o famoso campeonato mundial de churrasco, o Bar-B-Q Contest, espaço para as crianças, os nomes mais prestigiados da country music e muito mais. Entre no site, conheça esse mundo maravilhoso que é o Rodeo Houston!!!


25


AgroHumor

PROSAS & CAUSOS COM

TONHO PRADO Oi gente é ieu Tonho Prado!

Como vocês já sabem agora todas edições da Magazine AgroFest eu vou tá aqui com o cêis trazendo muito causo e muita piada boa, bom mas vamo para de prosa porque agora chegou a hora de você se divertir, vamo lá genti. www.tonhoprado.com.br

DIPROMA

Um velho fazendeiro do interior de Minas está em sua sala, prosenado com um amigo, quando um menino passa correndo pelo meio deles. Ele chama: - Diproma, vai falar para a empregada trazer um cafezinho aqui pra visita! E o amigo estranha: - Mas que nome engraçado tem esse menino! É seu parente? - É meu neto! Eu chamo ele assim porque mandei minha filha estudar em Belzonte e ela voltou com ele!!

COISA FEIA!!!

O vendedor de frutas atende uma freguesa feia, mas muito feia mesmo. Daquelas que nem de cara cheia alguém encara. Ela pede meia dúzia de laranjas, senta ali no banquinho e começa a chupar as frutas. Aquilo parecia a visão do inferno, depois do juízo final. Vendo aquilo o vendedor se aproximou educadamente e disse: - Dona, por favor dá pra senhora ir chupar as laranjas longe da minha barraca? -Mas por que? - Ora dona, porque senão quem passar aqui vai pensar que minhas laranjas são azedas de mais da conta!!! 26

O PEDIDO Três cumpadre conversavam sobre o que gostariam de escutar em seu velório , era um japonês , um brasileiro e um americano. O americano foi o que falou primeiro e disse: - No meu velório quero que todos falem que eu era um bom homem, dedicado que gostava muito da minha família. Aí o japonês falou:

- No meu velório eu também quero que falem bem de mim, que falem que eu era inteligente, dedicado e que fiz muitas coisas boas na vida. Aí então os dois olharam para o brasileiro e perguntaram e você o que gostaria que dissesem no seu velório. Aí o brasileiro pensou e disse: Eu gostaria que falassem: -OLHA LÁ, TÁ MEXENDO, TÁ MEXENDO!

VELÓRIO DA MUIÉ EU TAVA NO Funeral de uma mulher que faleceu recentemente. Enquanto os carregadores vão levando o caixão para o túmulo, acidentalmente eles atinge uma parede. Um gemido fraco é escutado. Eles abrem o caixão e abismados perce-

bem que a mulher está viva. Ela vive por mais 10 anos e então morre. Um novo funeral é realizado. No novo funeral, os carregadores vão levando o caixão, e enquanto passam o marido grita: - Cuidado com a parede!

PESCARIA!!!!

Dois moleques resolveram sacanear o amigo meu,pescadormais mentirosos de sua cidade. Aproveitaram enquanto ele cochilava ao lado de sua vara com a isca lançada no rio, amarraram um tatu no anzol e jogaram o bicho dentro dágua: — Seu Zé, acorda, tem peixe na linha! O velho pescador puxou a isca com o tatu fisgado, sem demonstrar a menor

surpresa. Então os garotos disseram: — Tá vendo só, Seu Zé? Depois o pessoal diz que o senhor é mentiroso. Nós somos testemunhas de que o senhor pescou um tatu! O mentiroso não pensou duas vezes e respondeu: — Isso não é nada, filho. Esse aí já é o quinto, só hoje!


AgroCultura

Foto: Divulgação

SAFRA DA MANGA AGRADA NOROESTE PAULISTA O

ano de 2016 foi bom para os produtores de manga da região, que estão otimistas com a safra deste ano, já que pretendem aumentar de forma significativa a produção. Em relação ao ano de 2015, a produção foi de 60 toneladas, no ano passado 180 toneladas e, este ano pretendem produzir cerca de 230 toneladas. Para os galhos aguentarem o peso de tantas mangas, no ano passado, foi preciso escorá-los com bastões de bambu. A produção é vendida para o mercado interno. Com as temperaturas mais amenas durante o florescimento, o crescimento e amadurecimento da fruta, a incidência solar e a umidade relativa do ar também foram favoráveis. Os tipos de mangas produzidos na região são do tipo espada vemelha e tommy, que são vendidas na capital paulista. As frutas miúdas são vendidas para a indústria.

27


ShowBusiness

Fotos: Divulgação

APOSTAS

Ano de 2017 começou agitado com os maiores escritórios do Brasil atualmente, Workshow e Audiomix, aumentando o seu casting. Workshow está vindo com novidades como Luiza e Maurilio (uma voz na minha opinião jamais vista no sertanejo), Junior Argelim (compositor da música mais executada em 2016 - Seu Policia, é um cantor para ficarmos de olho, Paulla Mattos (pode não ser novidade para alguns, mas com o trabalho feminino no escritório, vai vir com tudo em 2017). Já na Audiomix as apostas ficam por conta de Jonas Esticado (com nome forte no nordeste, é uma aposta do escritório com seu forró envolvente) e Edu Chociay (vem para ocupar uma lacuna deixada por Luan Santana no coração do público teen, 13 a 17 anos, talento e beleza em um combinação rara) vamos aguardar para ver se as apostas vão cair no gosto do público! #aguardem

ESTÚDIO

Tem dupla da região em estúdio !! A dupla Guilherme e Gabriel estão em estúdio preparando muitas novidades para todos, com assinatura dos produtores João Cavasana, Cavasana Estúdio e Rubens Souza, violão do Zé Neto e Cristiano! Vamos aguardar que com certeza esse quarteto junto promete muita coisa boa para todos que apreciam a música sertaneja!

NOVOS MATERIAS

Vem dvds novos por aí, a dupla paranaense Davi e Fernando, se prepara para a gravação do seu novo DVD em Londrina, Gustavo Mioto também está em preparativo para seu próximo DVD, sem data nem local definido, e uma das maiores duplas do Brasil começa a preparar seu novo DVD, em maio em Goiânia, Edson e Hudson, irão fazer um trabalho com um repertório de todos os seus sucessos “Porta Retrato”, “Azul”, “Galera Coração”, “Quer Namorar Comigo?” entre outros sucessos, que para mim, são um dos maiores do sertanejo!! Próxima coluna faremos um resumão sobre o que ocorreu nas gravações ! Até lá.

28

REVELAÇÃO

2017 está sendo o ano do Felipe Araújo, conhecido inicialmente por ser irmão do saudoso Cristiano, esse menino vem tomando o seu espaço ao sol com um álbum gravado em Goiânia em 2016, produção musical de Blener Maycom, com participações de Henrique e Juliano (A Mala é Falsa - 80 milhões de acessos), Jorge e Mateus (Chave Cópia), Simone e Simaria (Me Chama Outra Vez), Zezé di Camargo e Luciano (Para que Deixar Para Amanhã) e João Reis, pai dele e Cristiano, junto com Leonardo (Eu Quero Ser Seu Dono). Com toda certeza esse trabalho veio para alavancar a carreira deste menino e tirar todas as dúvidas sobre ele, um garoto humilde, talentoso e esforçado , não tem como dar errado ! #vaifelipinho


29


AgroHistorias

Foto: Divulgação

O contador de histórias “Arrependimento” DELLA MORENA

DELLAMORENA_OFICIAL DELLA MORENA site: www.dellamorena.com.br Olá pessoal, é com muito orgulho e satisfação que recebi o convite dessa conceituada revista, Magazine AgroFest, para compartilhar com os leitores as mensagens que transmito na FM Diário todos os dias. Espero que gostem, abraços! BIOGRAFIA Della Morena, locutor profissional de Rodeio. Desde que começou a narrar montaria, nos rodeios das grandes cidades de nossa região, já sentia que este esporte merecia ter um espaço na mídia, foi aí que, em 1989, Della Morena, demonstrando uma visão empreendedora, montou o projeto do programa de Rodeio, em rádio FM. Aceito e prontamente levado ao ar, pela Rádio Onda Nova FM, de São José do Rio Preto, emplacou já em primeiro lugar na audiência em todas as rádios FM, da Região (fonte IBOPE). Daí em diante sua carreira não parou de crescer, aparecendo convites para apresentações nas principais festas do Brasil – como a de Potirendaba, Votuporanga, Paulo de Faria, Votuporanga, Fernandópolis, São José do Rio Preto, Palestina, Barretos, entre outras. Atualmente, Della, está no ar de Segunda a Sexta, das 16h às 18h, no programa “Rodeio é Paixão”, na FM Diário, levando sua voz e experiência a mais de 250 municípios e 2.200.000 de ouvintes. 30

Um belo dia de sol, Sr. Mário, um velho caminhoneiro, chega em casa todo orgulhoso e chama sua esposa para ver o lindo caminhão que comprara depois de longos e árduos 20 anos de trabalho. Era o primeiro que conseguira comprar depois de tantos anos de sufoco e estrada. A partir daquele dia, finalmente, seria seu próprio patrão. Ao chegar à porta de sua casa, encontra seu filhinho de 6 anos martelando, alegremente, a lataria do reluzente caminhão. Irado e aos berros pergunta o que o filho estava fazendo: e sem hesitar, completamente fora de si martela, impiedosamente, as mãos da criança que se põe a chorar, desesperadamente, sem entender o que estava acontecendo. A mulher do caminhoneiro corre em socorro, mas pouco pode fazer. Chorando junto ao filho, consegue trazer o marido a realidade e juntos levam o garoto ao hospital para cuidar dos ferimentos provocados. Passadas várias horas de cirurgia o médico, desconsolado e bastante abatido, chama os pais e informa que as dilacerações foram de tão grande extensão, que todos os dedos da criança tiveram que ser amputados. Porém, o menino era forte e resistira bem ao ato cirúrgico devendo, os pais, aguardá-lo no quarto. Ao acordar, o menino ainda sonolento esboçou um sorriso e disse ao pai. Papai, me desculpe... Eu só queria consertar seu caminhão, como você ensinou-me outro dia. Não fique bravo comigo! O pai, enternecido e profundamente arrependido, deu um forte abraço no filho e disse: que aquilo não tinha mais importância. Não estava bravo e sim arrependido de ter sido tão duro com ele, e que a lataria do caminhão não tinha estragado. Então o garoto com os olhos radiantes perguntou! Quer dizer que não está mais bravo comigo? É claro que não! respondeu o pai, ao que o menino pergunta! Se estou perdoado papai, quando meus dedinhos vão nascer de novo? Nos momentos de raiva cega, machucamos as pessoas que mais amamos, e muitas vezes não podemos “sarar” as feridas que deixamos. Nos momentos de raiva, tente parar e pensar em suas atitudes, a fim de evitar que os danos sejam irreversíveis. Não há nada pior que o arrependimento e a culpa tardia. Pense nisso!


31


AgroSocial

Fotos: Leandro Gasparetti

SOCIAL WESTERN

03

06

09

Por Leandro Gasparetti

www.LEANDROGASPARETTI.com.br

01 01

02

04

05

07

08

10

11

01 - Sérgio Expressão, Presidente do Sindicato Rural de S.J. Rio Preto-SP, com Blairo Maggi, Ministro da Agricultura, e Dr. Fábio de Salles Meirelles – 02 – André Vieira, Prefeito de Mirassol-SP, Rodrigo Garcia, Secretário de Habitação do Estado de SP, Arnaldo Jardim, Secretário de Agricultura do estado de SP e Tiago Rodrigues, Vice Prefeito de Mirassol-SP – 03 - A modelo Cassiane Pires - 04 - Marlon Pereira, Prefeito Municipal de Paulo de Faria e o Vice - Gláucio Ribeiro - 05 - Eduardo Momesso (Alphaville), Ricardo e Eligia Shimana (Shimana Imóveis), e Felipe Bortolotto da Alphaville - 06 - Estela Peres, Dr. Paulo Peres, Renata Costa Lima, Isabela Salim e Jackeline (KajaVet) - 07 - Os amigos Carlos Martins e Fernando Gasparetto - 08 - Alessandro Mendes, Markito e Roberto Sulera (Haras Sulera) - 09 - Alexandre (Ideias ao Quadrado), Reinaldo Rossi (Selaria Rossi de Olímpia) e locutor Dário Neto - 10 - Dj Psicopata, Adelino Silva, Evandro (Os Vaqueiros) e o locutor Umberto Junior 11 - Danilo Ferraz da Veloz Idiomas com o cantor Daniel

32


Foto: Divulgação

AgroMúsica

JOAB E A PRIMEIRA DAMA C om uma “pegada déférente”, jargão usado pelo cantor, a nova música de Joab, A Primeira Dama,

vem conquistando fãs, seguidores e o público que o acompanha nas redes sociais e nos shows em toda região.

O hit é um arrocha pra ninguém ficar parado. Com letra ousada, A Primeira Dama, é uma mistura de ritmos como axé, forró e uma pitada de funk. Além da música nova, Joab vem apresentando o melhor do sertanejo atual e antigo, juntamente com uma nova geração de cantores regionais semanalmente em casas noturnas. Outra novidade que vem chamando bastante atenção nas apresentações do cantor é o show acústico. Com o inseparável violão, vai dando voz e muitas vezes versões diferentes a clássicos sertanejos levando ao delírio o público diversificado, que conquistou nestes quase 15 anos de carreira. Seja na primeira ou na segunda voz, solo, em dupla improvisada, em show com banda ou no acústico, o que importa pra ele é marcar histórias, momentos e vidas com a arte de cantar.

33


34


24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação

rota oficial do Agronegócio

/agrishow

Patrocinadores

Realizadores

Companhia Aérea

Promoção & Organização

35


AgroEmpresas

Guia de Empresas & Negรณcios

36


AgroDestaque

Foto: Divulgação

SUCESSO NAS ARENAS AMERICANAS

O

fotografo, André Silva, está fazendo sucesso nas arenas americanas. Presente nos maiores eventos de rodeio do mundo, ele vem ganhando espaço e mostrando o trabalho que o faz estar entre os melhores fotógrafos do segmento. André Silva, acaba de completar 17 anos de carreira, e 12 deles dedicados a PBR Brasil, por onde viajou de Norte a Sul do país, registrando praticamente todos os eventos do principal campeonato de montarias em touros, como fotógrafo oficial. Depois da final da PBR, em Barretos, André embarcou aos EUA para passar a temporada de 2017, onde se tornou um dos fotógrafos oficiais, da Velocity Tour (PBR) e, registrando grandes eventos para a PBR US, como New York, Iron Cowboy ,Las Vegas, entre outros. “A temporada de 2017 está sendo muito importante para minha carreira, porque tenho a oportunidade de mostrar meu trabalho nos maiores eventos do mundo

e conquistar espaço no mercado mundial”, completou André Silva. É o primeiro fotógrafo brasileiro a trabalhar oficialmente para o maior campeonato de montarias em touros do mundo (PBR) nos EUA e também associado às maiores ligas da terra do Tio Sam. Além das famosas fotos de montaria, sua especialidade, André Silva busca sempre novas tecnologias para inovar e trazer uma experiência diferente para o público, como as fotos e vídeos em 360 graus que tem registrado. Em 2009, investiu em equipamentos que transmitiam suas fotos ao vivo e, em tempo real para as redes sociais da PBR. No ano seguinte, inovou ao utilizar um drone para registrar ângulos diferenciados. Fora das arenas, mantém constante atualização em suas redes sociais, como YouTube (800 mil views) e o Instagram (38 mil seguidores). Quer conhecer mais sobre o trabalho deste profissional? Acesse o site www.andresilva.com.br 37


AgroEmpresas

Guia de Empresas & Negócios

KIT RESERVATÓRIO EM GEOMEMBRANA PEAD 25 MASH

Já vem PRONTO Você mesmo INSTALA Todas as medidas Melhor CUSTO benefício

Maurício de Freitas

(11) 2374-9203 (11) 2831-9203

CONSULTE - PREÇOS ESPECIAIS

38


39


1 Edição 16, 17 e 18 a

de Junho

A partir das 9h

Recinto de Exposições de S. J. do Rio Preto

1° Copa de Marcha

Troféu Transitório + Premiações

Leilão Multi Raças Exposição de Raças Galeria de Garanhões

Realização Informações: (17) 99772-5567 | (17) 3308-1947

contato@portaldostropeiros.com.br 40

Stands Palestras técnicas Espaço Horse Food Bar e Restaurante

Apresentações equestres Apoio

Magazine AgroFest - Abril/Maio 2017  
Magazine AgroFest - Abril/Maio 2017  

Magazine AgroFest, Edição nº 18 - Abril/Maio 2017 | Distribuída em São José do Rio Preto/SP e mais 34 cidades da Região. http://www.magazine...

Advertisement