Issuu on Google+

Escola Nacional de Seguros Um dos destaques da atuação da Escola no

A escola também coordena o projeto Se Essa Rua

campo da responsabilidade social é o projeto

Fosse Minha, da Editora Fama, que estimula a

Amigo do Seguro, que ao longo do ano foi

reflexão e a adoção de comportamentos seguros

aplicado em 13 cidades, por meio do Curso

no trânsito, a preservação da vida e a conscienti­

de Iniciação ao Trabalho, que qualificou 366

zação sobre a existência do Seguro DPVAT.

jovens estudantes do Ensino Médio, matricu­ lados em escolas públicas. Em 2012 o projeto

Fruto de parceria com a Seguradora Líder DPVAT,

foi levado a três novas praças, Boa Vista – RR,

a iniciativa capacita docentes do Ensino Funda-

Manaus – AM e Natal – RN, com mais de 60 jovens

mental, da rede escolar das regiões Sul e

aprovados, alguns já com proposta de estágio

Sudeste, para que adotem o tema em suas aulas.

ao término do curso.

Os alunos recebem kit composto por livros, manual de instruções, DVD, jogos, cartazes e

No Rio de Janeiro, o programa é mantido

bolsa de material reciclável, além do certificado

em parceria com a Fundação Mudes; em

de conclusão de curso.

Ribeirão Preto – SP, com a AJURP – Associação Educacional da Juventude de Ribeirão Preto;

Ao longo de 2012, foram distribuídos mil

em Vitória – ES, com a ABRE – Agência Brasileira

kits, que beneficiaram 40 mil crianças, além

de Estágio; e, nas demais cidades, com o

de docentes e pais de alunos, de cidades

CIEE – Centro de Integração Empresa-Escola.

do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais,

Em São Paulo, foi firmado convênio com o

Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Instituto Techmail, para conferir ainda mais

O projeto teve ótima aceitação nos locais em

valor à iniciativa e fazer a diferença na qualificação

que foi implantado.

de novos talentos para a indústria do seguro.


113

Pensando em expandir sua atuação para além do mercado de seguros, a Escola criou ainda o Asas para Voar — projeto que consiste na doação de bibliotecas infantojuvenis com cerca de 350 livros para escolas públicas dos Ensinos Fundamental e Médio. As instituições são indicadas por sindicatos, associações de seguros e pelas gestoras das Unidades Regionais da Escola. Na esfera da responsabilidade socioambiental, a Escola deu continuidade ao Programa EcoEficiente, que visa à mobilização de fornecedores para a adoção de práticas de proteção ao meio ambiente por meio de critérios socioambientais. E desde 2011 todo o material didático da Escola passou a ser impresso em gráfica certificada na cadeia matéria-prima florestal provenha de manejo

seguros e democratizar o acesso à litera-

considerado social, ambiental e economica-

tura especializada por meio do Saber Seguro,

mente adequado, seguindo princípios que

projeto que beneficia Sindicatos dos Corretores

respeitam o meio ambiente, os trabalhadores

de Seguros e das Seguradoras e outros

e a comunidade.

parceiros, instalando bibliotecas nas dependências dessas entidades. Os títulos doados são publicados pela própria Escola. Até 2012, o programa já havia sido instalado em dez entidades de corretores e uma de seguradoras, no Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro e no Instituto Brasileiro de Atuária.

capítulo

A Escola procura difundir conhecimentos sobre

6

de custódia FSC® — selo que garante que a


Escola nacional de seguros balanço social 2012 ações das empresas