Issuu on Google+

OS CAร‡ADORES DE TSUNAMIS Heitor domingos costa 5ยบ ANO

PROJETO JOVEM ESCRITOR 2013


PROJETO Durante o ano letivo de 2013, o Colégio ECCOS desenvolveu com seus alunos o “Projeto Jovem Escritor”, tendo como objetivo despertar nos alunos o interesse pela leitura e pela escrita.


Dedication

I dedicate this book to my family. They helped me to write it and I love them very much.


Agradecimiento

Yo agradezco a todos que me ayudaron a escribir y principalmente a mi maestra linda y maravillosa Simone Izidoro, a mis amigos y a mi familia.


Em Miami, existe um grupo de surf chamado NUTDA que é formado por três pessoas: Austin, Alex e Blits. Eles estavam entre os melhores surfistas do mundo. Para manter essa posição e ganhar um prêmio de R$100.000.000, eles entraram para o concurso chamado “Caçadores de Tsunamis”. E com isso eles viveram várias aventuras como você verá nesta história.

6


O COMEÇO DO CONCURSO

O grupo chegou ao local exato onde começaria o concurso e foram logo se arrumando. Primeiro eles vestiram a camisa de borracha, depois passaram parafina na prancha e foram se alongando até o concurso começar. O apresentador do concurso começou a chamar as equipes concorrentes para o primeiro desafio. As equipes deveriam ir a 10 metros de distância da praia e conseguir passar por um tubo (é quando a onda vira, formando uma espécie de tubo muito perigoso), sem cair. Começou o primeiro desafio e a equipe NUTDA saiu em disparada e conseguiu passar para o próximo desafio junto com as outras 50 equipes. Dez equipes não conseguiram e voltaram para casa com apenas um troféu de participação.

7


A SEGUNDA FASE

O grupo sabia que venceria a segunda fase, porque esta era moleza para ele. Especialmente para Austin, que fazia isso desde seus 12 anos de idade. Já Blits achava que isso só se aprende quando você está a fim de morrer e que, óbvio, isso era coisa de louco. Tiveram uma noite de sono muito boa e no dia seguinte, foram ver qual era a segunda fase do concurso. Eles teriam que ficar na crista da onda por 7 minutos ou mais. Quem conseguisse isso passaria para a próxima fase. Tudo começou bem, até que um membro de outra equipe começou a empurrar o Alex sem o juiz ver. Então, Austin e Blits foram ajudá-lo, mas Blits caiu e Austin, tentando fazer que Alex não caísse, passou entre ele e o participante da outra equipe, fazendo-o cair. A equipe do Alex conseguiu vencer juntamente com as outras 30 equipes. Desta vez, 20 equipes foram para suas casas com R$10.000,00, sendo que metade do dinheiro seria dado a todas as escolas do Vale do Paraíba, no estado São Paulo, que estivessem estudando sobre o Rio Paraíba do Sul. A outra metade do dinheiro seria para comprar coisas para a equipe.

8


A ESCOLHA QUE PODE LEVAR À MORTE

A terceira fase seria à noite, às 8 horas em ponto, e todos teriam que surfar em uma onda de 20 metros de altura e a 4 metros de profundidade, até ela acabar. Alex sentiu medo porque quando surfou uma onda dessas, quase morreu, mas Blits lhe falou que ele não deveria se preocupar com isso e era só não ter essa lembrança na hora. Com coragem, Alex foi surfar essa onda, mas ele estava se lembrando do dia que quase morreu. Começou a terceira fase. Todos torcem para suas equipes preferidas, mas no final, o time vencedor foi a equipe NUTDA e mais 19 equipes. Desta vez, dez equipes foram para casa com o prêmio: uma viagem de cruzeiro de Miami até o Rio de Janeiro.

9


O TESTE DE LOUCURA

A quarta fase seria surfar a menor tsunami do mundo e ficar nela o tempo que aguentasse. Quem ficasse mais tempo ganharia e passaria para outra fase. Alex ficou nervoso porque ele tinha muito medo de se afogar. Felizmente, falaram que seria só um integrante por equipe que iria surfar a tsunami. Desde criança, Austin sonhou surfar essas ondas e com isso, ele foi o integrante da equipe escolhido para enfrentar essa fase. A competição começou e cada vez que o Austin chegava perto da onda, mais ansioso ele ficava. Quando ele ficou de pé na onda, começou a chorar de alegria por realizar seu sonho mais maluco. A equipe NUTDA ganhou junto com mais 18 equipes. A única equipe que não conseguiu vencer este desafio, ganhou um troféu de bronze e partiu.

10


O MONSTRO ME ATACOU

A tarde estava bonita e nada havia acontecido, porque todos tiveram um dia de folga. E com isso todos foram jogar bola no mar. Austin estava jogando a bola para seus amigos, quando uma coisa o arrastou para o fundo do mar. Blits e Alex foram ajudá-lo a sair e quando chegaram perto, ele estava morto. Um tubarão arrancou em uma única mordida suas pernas. Os dois ficaram tristes e o carregaram até uma ambulância. O enterro de Austin foi no mesmo dia. Ele foi enterrado com sua prancha e com suas fotos. Alex falou para Blits que o melhor a fazer era vencer o concurso e deixar Austin feliz.

11


12


ESTAMOS QUASE LÁ!!!!!!!!

O penúltimo desafio seria surfar um tsunami médio. Alex falou que sem o Austin, não conseguiriam ganhar, mas Blits disse que Austin iria ficar muito feliz, se eles ganhassem o concurso e se tornassem os melhores surfistas do mundo. A competição recomeçou, Alex caiu da prancha e Blits só se desequilibrou um pouquinho. Alex chorou e falou que não conseguiria sem o Austin, mas o Blits o incentivou e disse que era preciso superar essa perda, mesmo que doesse muito. Durante a competição Alex teve uma visão. Ele iria morrer afogado na próxima fase e Blits ganharia o concurso, levaria os R$100.000.000 reais para casa e ganharia o título de melhor surfista.

13


14


O FIM DE TUDO

O último desafio seria surfar o maior tsunami e ganhar o prêmio. Alex olhou para Blits e falou que seria o seu fim. Blits falou que sempre se lembraria dele e de Austin. O desafio começou e com ele uma tempestade enorme se formou. Alex e Blits conseguiram ficar de pé na prancha. Mas, 5 minutos depois Alex caiu e foi comido pelo mesmo tubarão que comeu Austin. Milhares de tubarões se aproximaram e atacaram os surfistas que estavam caindo. Com isso, Blits foi o único que sobreviveu e venceu o concurso. Quando ergueu o cheque de R$100.000.000, Blits começou a chorar e disse que aquele dia, apesar da morte de seus amigos, seria para comemorar e se lembrar dos melhores dias da sua vida em Miami.

15


16


Ele voltou para casa, deitou-se na cama, olhou para o teto e viu os rostos de Austin e Alex sorrindo para ele e dizendo que ele era “o cara�.

17


Sobre o autor...

Eu sou Heitor e este é o meu segundo livro. Eu gosto de brincar, conversar e de ouvir música. Nasci no dia 17 de Janeiro de 2003, em Pouso Alegre (MG). A experiência de escrever um livro foi boa e fez a minha imaginação ficar “ligada”.


PROJETO JOVEM ESCRITOR

ILUSTRAÇÕES HEITOR DOMINGOS COSTA

PROFESSORA RESPONSÁVEL: SIMONE CARVALHO IZIDORO

APOIO PEDAGÓGICO: SILVANA MARIA SANTOS CAXIAS

GESTOR: HENRY DE OLIVEIRA

DIAGRAMAÇÃO: SIMONE CARVALHO IZIDORO

PRODUÇÃO: EDUCADORES E ALUNOS

IMPRESSÃO: COLÉGIO ECCOS



Os caçadores de tsunamis