Page 1

MANGUALDE ATUAL MAGAZINE MUNICIPAL | JANEIRO 2017

8 MILHÕES

DE DÍVIDA PAGA DESDE 2009, O ATUAL EXECUTIVO REDUZIU A DÍVIDA GLOBAL DA CÂMARA MUNICIPAL

PÁG. 5

08

  DESTAQUE

PRIMEIRO-MINISTRO NA INAUGURAÇÃO DO NOVO QUARTEL DA GNR

14

  OBRAS E URBANISMO

POSEUR: MANGUALDE COM FINANCIAMENTO APROVADO

22

  CULTURA

FEIRA DOS SANTOS A CAMINHO DA CERTIFICAÇÃO


SUMÁRIO

SUMÁRIO DISCURSO DIRETO

PÁG. 4

Prof.a Dr.a ANA ABRUNHOSA, PRESIDENTE DA CCDR DO CENTRO DESTAQUE

PÁG. 9

ORÇAMENTO PARA 2017 ESTIMADO EM 22 MILHÕES DE EUROS AMBIENTE E PROTEÇÃO CIVIL

PÁG. 18

INVESTIMENTO EM CERCA DE UM MILHÃO EM CONTENTORES SUBTERRÂNEOS

ÚLTIMAS

PÁG. 31

INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL EM MANGUALDE PARA VISITAR OBRAS

AGENDA CULTURAL

CENTRAIS

FICHA TÉCNICA Magazine Municipal Câmara Municipal de Mangualde Distribuição gratuita Edição e coordenação editorial Gabinete de Apoio à Vereação e Gabinete de Apoio à Presidência Design, paginação e impressão gráfica Factorgénio, design e produção gráfica Rua Padre Américo, 142 4445-166 Alfena Tel.: 220 992 938 www.factorgenio.pt

Periodicidade Trimestral Tiragem 10.000 exemplares Depósito Legal 407203/16 Contactos Largo Dr. Couto, 3534-004 Mangualde Email: geral@cmmangualde.pt Tel.: 232 619 880 Fax: 232 623 958 www.cmmangualde.pt

MANGUALDE ATUAL AMIGA DO AMBIENTE: REDUZIMOS 20 839 litros de água Ao utilizar Maine Gloss Green em vez de o fazer com papel não reciclado, esta publicação da Câmara Municipal de Mangualde reduziu o impacto no meio ambiente em 20.839 litros de água. O cálculo da pegada de carbono é realizado pela empresa Labella Conseil, com base na metodologia Bilan Carbone. Os cálculos estão baseados na comparação entre o papel produzido a partir de fibras recicladas e o papel de fibra virgem e também com base nos dados europeus BERF disponíveis – papel a partir de fibra virgem.


EDITORIAL

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

BALANÇO 2016 E PERSPETIVAS PARA 2017 2016 foi um ano de grande planeamento e preparação da autarquia para o investimento.

F

João Azevedo Presidente da Câmara Municipal de Mangualde

oi também um ano de consolidação das contas públicas e redução do endividamento. Continuámos com investimento no território com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses. A estratégia orçamental do Município de Mangualde tem mantido o enfoque na procura da sustentabilidade económico-financeira. Os documentos previsionais de 2017 são a prova de que o caminho seguido com enorme disciplina e responsabilidade foi condição fundamental para permitir que em 2017 possamos atingir a tranquilidade financeira desejada desde 2009. Os documentos financeiros para 2017 vão manter as linhas orientadoras dos anteriores. Redução da dívida herdada, equilíbrio orçamental sustentado e otimização de recursos financeiros. Mas acima de tudo vão permitir que abracemos novos desafios que se centrarão no investimento público promovido pelo atual quadro comunitário e todas as linhas financiadoras do Horizonte2020. Manteremos em 2017, um caminho de rigor, de transparência e verdade orçamental. Assentámos a elaboração dos documentos em princípios de responsabilidade e de boas práticas de gestão autárquica que nos conduziram à produção de um orçamento de base zero. Continuará a ser um orçamento rigoroso e exigente com graus e índices elevados de dificuldade na sua execução fruto do ajustamento necessário e da realidade orçamental do município. Como foi dito anteriormente, o investimento público será um dos grandes pilares da despesa no próximo orçamento. O forte investimento público nas obras com fundos comunitários e a realização de obras com recursos próprios da autarquia imprimirão uma dinâmica de desenvolvimento urbanístico no concelho virado para o futuro mas também resolverão problemas com décadas como infraestruturas básicas e acessibilidades em todo o concelho, problemas que não foram possíveis de ser resolvidos por consequência direta de uma gestão que no passado mergulhou a autarquia numa grave crise financeira. As estratégias de boas práticas na gestão autárquica manter-se-ão. Mesmo com os novos desafios, manteremos uma gestão eficiente dos recursos públicos baseados em princípios de sustentabilidade e no cumprimento do ajustamento financeiro e da Lei do Orçamento de Estado. Caberá a este executivo a tarefa de os executar com determinação e responsabilidade aproveitando as oportunidades que surgirão, enfrentando os desafios e ultrapassando os obstáculos e dificuldades na gestão do dia-a-dia e no planeamento estratégico municipal. Hoje temos uma autarquia eficiente, responsável e que tem cumprido com a tutela os compromissos assumidos mas acima de tudo, tem vindo a cumprir com os compromissos assumidos com os mangualdenses.

2

3


DISCURSO DIRETO

a

a

Prof. Dr. ANA ABRUNHOSA PRESIDENTE DA COMISSÃO DE COORDENAÇÃO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO CENTRO PRESIDENTE DO PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL DO CENTRO 2014-2020 – CENTRO 2020

O

concelho de Mangualde constitui uma das centralidades principais do território Dão Lafões. Com uma população de cerca de 20 mil pessoas, mais de metade vive na cidade de Mangualde, localizada dentro dos limites da União de freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta. O concelho apresenta fatores de atratividade muito importantes. Tem um posicionamento territorial privilegiado, potenciado pelas boas acessibilidades a ligações rodoviárias e ferroviárias e possui grandes empresas exportadoras (grupos internacionais). A dinâmica económica da cidade de Mangualde, associada ao processo de consolidação do cluster automóvel, com o desenvolvimento de atividades de logísticas e a atratividade de estruturas comerciais e de serviços, tem-se manifestado na presença de um cada vez mais importante tecido empresarial, com capacidade de responder aos desafios da inovação, da competitividade e da internacionalização que os dias de hoje colocam. Duas das maiores empresas exportadoras da

Região Centro (com exportações superiores a 100 M€) encontram-se sedeadas em Mangualde: a Peugeot Citroen Automóveis Portugal, SA (em primeiro lugar neste ranking) e a Sonae Indústria - Produção e Comercialização de Derivados de Madeira, SA (sétimo lugar), o que representa inequivocamente um fator positivo que posiciona o concelho numa situação favorável ao desenvolvimento/ consolidação do cluster automóvel e de logística. A existência de áreas de acolhimento empresarial e logístico com boas condições e acessos tem contribuído para Mangualde se afirmar, na Região Centro, como centro logístico com uma relevância cada vez maior. A criação do CIDEM- Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde veio reforçar as boas condições de acolhimento empresarial e de logística. A cidade de Mangualde regista a presença de um setor secundário com peso significativo na estrutura do tecido económico e em crescimento, se comparado com outros concelhos limítrofes, concentrado nos setores da indústria automóvel e da transformação de produtos florestais, e verifica uma ten-


MANGUALDE ATUAL

dência de crescimento do setor terciário (66,1% da população empregada em 2011), com especial destaque no domínio da logística. Uma característica marcante da base económica do concelho de Mangualde é a coexistência de empresas de grande dimensão (com estratégias empresariais alicerçadas na qualificação dos trabalhadores, na inovação e internacionalização, fortemente exportadoras), com muitos pequenos negócios de base tradicional e familiar, muito alicerçados na procura interna e numa mão de obra com qualificações adquiridas predominantemente no aprender-fazendo. Considero que esta diversidade da base económica é uma oportunidade de aprofundar as estratégias de desenvolvimento sustentável deste concelho de Mangualde. Os pequenos negócios têm uma ligação profunda aos recursos endógenos, aos saberes e tradições e à identidade do território. Se a isto souberem acrescentar fortes ligações aos centros de ensino superior e de investigação (onde destaco o papel muito importante do Instituto Politécnico de Viseu, entre outros, como a Universidade de Coimbra e de Aveiro), quer no que toca à formação, quer à incorporação de conhecimento e tecnologia nos processos de produção, de gestão e organização, de comercialização e de marketing, então estarão criadas as condições para um modelo de desenvolvimento sustentável, que permitirá fixar as pessoas, sobretudo os jovens, no território e até atrair novos residentes. À semelhança do que aconteceu no território nacional, verificou-se nas últimas décadas um decréscimo da agricultura/floresta neste território, na ocupação do espaço, na perda de população no setor e na diminuição do seu contributo para a economia, que teve por base um fenómeno de perda de população e uma reorientação do emprego para os setores da indústria e serviços que entretanto cresceram. Contudo, o abandono das terras é um problema central na gestão do território pelo potencial produtivo que não se cumpre, mas igualmente pelos riscos de incêndio e de degradação do meio, fácil de se perceber também ao nível da paisagem. Nestes domínios da agricultura e floresta, e subsequentemente na agroindústria, o concelho tem um enorme potencial por explorar, que pode ser abraçado por jovens qualificados, pois, nos nossos dias, estas atividades, para serem sustentáveis, exigem pessoas qualificadas, que incorporem novos conhecimento e novos modelos de gestão e de organização nas atividades económicas. Desta forma, o concelho poderá travar a tendência de fuga dos jovens fundamentalmente em busca de empregos qualificados, e de melhor qualidade de vida, tendência esta que se registou todo o País. Sendo esta uma tendência de difícil inversão, o Município de Mangualde assumiu como prioritário dotar o seu território de condições e de qualidade de vida, de modo a torná-lo mais atrativo para todos, mas muito especialmente para esse segmento de população, jovem e normalmente mais qualificado. O concelho de Mangualde tem vindo a registar um envelhecimento da sua população, à semelhança do que acontece

JAN 2017

na Região e no País. Este fator tem de ser encarado como uma oportunidade e não um problema. No domínio da economia social, e considerando que se trata de um concelho relativamente bem dotado em equipamentos de saúde e sociais, há um enorme potencial por explorar, no âmbito do empreendedorismo e da inovação social. A aposta no Setor Terciário poderá constituir uma via para reduzir a taxa de desemprego feminina que regista alguma expressão no concelho. Deverá também ser a oportunidade para articular a rede de saúde e social existente, promovendo o envelhecimento ativo e saudável, não só para combater o isolamento e a exclusão social dos mais velhos, mas também como fonte de novos negócios que venham responder a necessidades de mercado nestes domínios. O território do concelho de Mangualde faz parte da região demarcada do Douro, sendo a Adega Cooperativa de Mangualde o maior produtor de vinhos do Concelho. O queijo e a fruta são outras das suas bases históricas. É também um território de conhecida gastronomia, com um potencial por explorar na ligação das pequenas produções ao fenómeno do enoturismo, da gastronomia e do termalismo com as Termas de Alcafache. O concelho de Mangualde possui um riquíssimo património natural e cultural que tem vindo a valorizar, quer através da sua requalificação, quer através da estruturação de produtos turísticos em que os mesmos são as âncoras. Associado a este esforço, o Município de Mangualde tem sido particularmente dinâmico na promoção de eventos de interesse local e regional, nomeadamente, associados à história e tradições, e aos produtos regionais. O propósito que o Município de Mangualde segue de desenvolvimento económico sustentável, subjacente à estratégia de regeneração urbana da cidade de Mangualde, é o de aliar à atração de mais empresas e criação de mais emprego, a sustentação e dinamização da atividade económica do agentes económicos instalados, empresários e comerciantes locais, permitindo-lhes assim desenvolver as suas estratégias de consolidação e crescimento em toda a sua plenitude. Simultaneamente, procura requalificar e consolidar a rede de equipamentos urbanos, particularmente no setor cultural e de lazer, que assumem uma grande importância para a qualidade de vida das populações. Numa estratégia de desenvolvimento ancorada nos recursos e nas pessoas do território, a garantia de sustentabilidade é maior. Esta tem sido a opção do município de Mangualde, para a qual tem sido importante a liderança política do seu município e o trabalho de equipa que o seu executivo tem vindo a fazer. O município tem também sabido aproveitar a oportunidade que os fundos europeus representam, em prol do bem-estar da sua população, na criação de condições de igualdade de oportunidades para os seus jovens e na promoção de condições para o desenvolvimento das atividades empresarial, comercial e de serviços.

4

5


DESTAQUE

AUTARQUIA PAGOU SANEAMENTO FINANCEIRO 11 ANOS ANTES DO PREVISTO A Câmara Municipal realizou, no final de 2016, uma operação bancária de antecipação de pagamento do saneamento financeiro, no valor aproximado de 1 milhão de euros (980.085,85€), com capitais próprios da autarquia, que permitiu liquidar na íntegra o plano de saneamento financeiro. Paralelamente, levou a cabo uma operação de substituição de dívida no valor aproximado de três milhões de euros (2.996.009,47€) que visa o pagamento de duas tranches de financiamento da administração central ao abrigo do Plano de Apoio à Economia Local. Com estas operações financeiras, a autarquia poupa cerca de meio milhão de euros em custos de juros com a dívida.

(…) «ESTAMOS A SAIR DESTE AJUSTAMENTO ONZE ANOS ANTES, COM MILHÕES DE EUROS DE DÍVIDA PAGA (…) A AUTARQUIA ENTRA EM 2017 EM EQUILÍBRIO FINANCEIRO E COM MÚSCULO PARA INVESTIMENTO NA SUA MAIORIA ASSOCIADO AOS FUNDOS COMUNITÁRIOS» - JOÃO AZEVEDO Para o Presidente da Câmara, João Azevedo, «a saída do ajustamento financeiro é um claro indicador de boas práticas de gestão na autarquia de Mangualde nos últimos anos e revelador de um trabalho de responsabilidade e de compromisso com os mangualdenses». O autarca afirma ainda que «lamentamos que o dinheiro público, o dinheiro dos mangualdenses seja para pagar dívida em vez de investimento, aliás, dívida herdada por este executivo, mas só assim é possível garantir equilíbrio financeiro e orçamental para melhorar a qualidade de vida e do serviço público no território». João Azevedo sublinha que «o trabalho realizado fala por si mesmo. Entrámos em 2009 com desequilíbrios financeiros gravíssimos, uma autarquia em falência. Preparámos um plano de ajustamento financeiro que deveria ser executado até 2027. Estamos a sair deste ajustamento onze anos antes, com milhões de euros de dívida paga.» e conclui «a autarquia entra em 2017 em equilíbrio financeiro e com músculo para investimento na sua maioria associado aos fundos comunitários. Vamos continuar a gerir a autarquia, os dinheiros públicos, com boas práticas de gestão e acima de tudo com responsabilidade e sustentabilidade financeira. Trata-se do início de um novo ciclo, um ciclo de excelência, de um novo tempo».


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

«EXERCÍCIO MARTE 16»: MANGUALDE ACOLHEU TREINO DO EXÉRCITO Mangualde acolheu, entre os dias 22 e 30 de novembro, o «Exercício MARTE 16», numa iniciativa do Exército Português, com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde. O exercício constituiu um treino de meios que possibilitou preparar os militares para uma resposta mais eficiente em caso de intervenção real. O exercício levado a cabo pelo 2º Batalhão de Infantaria Mecanizado de Rodas / NATO Response Force 2016 (2BIMecRodas/NRF2016) materializou-se na execução de uma Operação Ofensiva e posteriormente uma Operação de Estabilização e foi realizado em locais como os Bombeiros Voluntários de Mangualde, em Tibaldinho na Freguesia de Alcafache, no campo da feira quinzenal (junto à praia), na zona da Cunha Baixa e na União de Freguesias de Tavares, na aldeia de Corvaceira e no Monte do Bom Sucesso. Do programa constaram momentos como a implementação de uma Zona de Reunião em Tibaldinho, difusões de planos de ordem e planos de contingência e movimentos de ocupação e criação de um campo de refugiados que teve a colaboração do agrupamento de escolas. Paralelamente, o átrio da Câmara de Mangualde acolheu uma exposição militar e o Largo Dr. Couto uma exposição de viaturas PANDUR e TMME. Esta ação constitui-se como uma

parte integrante do plano de treino do 2BIMecRodas/NRF2016, com vista à manutenção das suas qualificações. O 2BIMecRodas/NRF2016 encontra-se em fase de prontidão para projeção em 7 dias, como contributo de Portugal para a Força de Alta Prontidão da NATO durante o ano de 2016, em resposta à implementação do Readiness Action Plan da Aliança Atlântica. É composto por 600 militares e 141 viaturas, constituindo-se como encargo operacional do RI14.

6

7


DESTAQUE

PRIMEIRO-MINISTRO INAUGURA NOVO QUARTEL DA GNR… A inauguração do novo Quartel da GNR de Mangualde teve lugar no dia 28 de novembro e contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, da Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, da Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, do Comandante-geral da GNR, Tenente-General Silva Couto, e do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo. Este novo Quartel representa um investimento de cerca de 1 milhão e 600 mil euros e tem um âmbito supramunicipal, pois o raio de intervenção da corporação excede os limites do concelho englobando os concelhos de Nelas, Penalva do Castelo e Sátão. O investimento na obra é da responsabilidade da Administração Central, tendo a Câmara Municipal cedido o terreno. Na sua intervenção, o edil mangualdense sublinhou que «o Orçamento de Estado contempla um aumento de 20% no investimento público e isso reflete a preocupação do Governo nos Territórios. Com este investimento acredito que vamos ter um futuro melhor». «A GNR dispõe agora de condições de excelência, um espaço único, com um investimento de cerca de 1 milhão e 600 mil euros mais

o terreno cedido pela Câmara Municipal de Mangualde. Tudo isto resulta de um acreditar e de um compromisso de verdade assumido desde início. É uma grande obra, é uma obra de futuro, localizado estrategicamente junto às escolas, aos equipamentos desportivos e culturais, no centro de Mangualde, reabilitando um espaço da cidade que estava subaproveitado». O Primeiro-Ministro começou por «agradecer o terreno cedido pela Câmara Municipal de Mangualde, sem o qual não seria possível fazer nascer este espaço, e agradecer o empenho, competência e profissionalismo do Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, no acompanhamento e na execução do quartel». A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, sublinhou a «grande satisfação por estar aqui hoje a inaugurar este espaço. Isto só foi possível graças à colaboração do Ministério da Administração Interna e da Câmara Municipal de Mangualde». Este novo espaço «garante aos militantes da GNR as condições necessárias para o desempenho das suas funções».


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

… E VISITA A PSA PEUGEOT CITROËN Ainda no âmbito da visita de António Costa a Mangualde, realizou-se nesse dia, da parte da manhã, uma visita às instalações da PSA Peugeot Citroën. A visita foi acompanhada ainda pelo Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e pelo Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, juntamente com o executivo mangualdense. João Azevedo sublinhou a importância desta visita porque «foi possível no terreno avaliar a evolução da industria automóvel em Mangualde e no país. É evidente que dispomos de recursos humanos competentes e, por isso, existe um grupo de empresas que vão sedear-se em Mangualde. Tudo isto faz parte de um Plano de Investimento integrado». Nesse sentido agradeceu «ao Senhor Primeiro-Ministro o facto de ter decidido em fevereiro último a Requalificação da Linha da Beira Alta. Isto representa o futuro de Mangualde nas próximas décadas. Esta é a decisão mais importante dos últimos anos. O eixo da ferrovia é essencial para aumentar a competitividade e desta forma atrair novas empresas e criar novo emprego, colocando Mangualde no epicentro do interface modal».

INVESTIMENTO EM MANGUALDE: ORÇAMENTO PARA 2017 ESTIMADO EM QUASE 22 MILHÕES DE EUROS O Orçamento e Plano Plurianual de Investimentos para 2017, no valor de 21.770.640,00€ representa um aumento que ronda os 3,5 milhões de euros em relação ao orçamento de 2016 e que se reflete fundamentalmente na despesa com investimento. «2017 SERÁ O ANO DO SALTO QUALITATIVO E DE EXCELÊNCIA, COM O MAIOR INVESTIMENTO PÚBLICO DE SEMPRE NO CONCELHO» - JOÃO AZEVEDO Para o presidente do município, «2017 será o ano do salto qualitativo e de excelência, com o maior investimento público de sempre no concelho. Este é um orçamento rigoroso, ambicioso e virado para o investimento, só possível porque a autarquia preparou-se nos últimos anos para que isso acontecesse». O autarca afirma ainda que «o aumento de quase 4 milhões de euros em investimento para 2017 sustenta-se na sua maioria em obras financiadas pelos fundos comunitários, outras linhas financiadoras e recursos próprios da autarquia». A autarquia «preparou-se para o investimento e isso só foi possível porque nos últimos anos conseguimos devolver à autarquia uma situação de equilíbrio e sustentabilidade financeira. Estamos preparados para o maior investimento público de sempre no concelho em regeneração urbana, em infraestruturas e acessibilidades e noutras áreas fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos mangualdenses», sublinhou o edil.

8

9


DESTAQUE

APP PARA DESCOBRIR MANGUALDE «Descubra Mangualde» é a aplicação (APP) gratuita disponível para todos os visitantes e mangualdenses que queiram descobrir o concelho de Mangualde. Da natureza aos monumentos, dos melhores restaurantes aos melhores hotéis até aos melhores programas culturais. Tudo o que precisa saber para descobrir Mangualde está agora à distância de um clique no seu Smartphone (Android e iOS): desde mapa interativo, indicações do que pode descobrir, o concelho e a sua história, as diversas freguesias, onde comer, onde dormir, a agenda cultural e informações úteis.

DESCARREGAR A APLICAÇÃO Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=pt.descubra.mangualde IOS: https://appsto.re/pt/s9HVfb.i

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO Contamos com a sua Proposta!

Apresentação de propostas 13 de fevereiro a 14 de abril

Votação 1 a 31 de agosto

Análise técnica das propostas Até 19 de maio

Anúncio público dos projetos vencedores Até 15 de setembro

Período de reclamações Até 16 de junho

A verba destinada ao Orçamento Participativo inscrita no Orçamento Municipal de 2017 é de 10.000,00€

Resposta a reclamações e publicação dos projetos definitivos Até 31 de julho

NÃO DISPENSA A CONSULTA DO GUIA DE PROCEDIMENTOS EM:

WWW.CMMANGUALDE.PT


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

REGENERAÇÃO URBANA: ESPAÇO PÚBLICO DO BAIRRO DO MODORNO REQUALIFICADO Com o objetivo de aumentar a qualidade de vida dos mangualdenses, a Câmara Municipal deu início às obras de requalificação do espaço público do Bairro do Modorno. O investimento, de 355 704,88€, terá uma comparticipação dos fundos comunitários de 85%. A empreitada irá promover a remodelação das redes viária ao nível das infraestruturas e melhoraria da pavimentação existente, hidráulicas e da iluminação pública com o aumento da eficiência energética. Tudo isto irá proporcionar uma maior alavancagem do investimento privado. Esta requalificação integra o Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano ao Portugal2020 (PEDU), que engloba um pacote financeiro de 5 milhões de euros, e será o primeiro

grande investimento na Regeneração Urbana de Mangualde. Para João Azevedo, «está dado o primeiro passo para o início do que será o maior investimento público das últimas décadas no concelho, colocando Mangualde no pelotão da frente das cidades com regeneração urbana». O autarca afirma ainda que «esta requalificação do Bairro do Modorno é a primeira etapa, mas posso afirmar convictamente que temos mais candidaturas na forja e que serão submetidas muito brevemente». A Câmara Municipal agradece a compreensão de todos pelos eventuais transtornos causados, sublinhando que os trabalhos em execução visam melhorar a nossa cidade.

PT

10

11


OBRAS E URBANISMO

MEIO MILHÃO DE EUROS DE INVESTIMENTO NAS ESCOLAS DO CONCELHO Secretária de Estado Adjunta da Educação esteve em Mangualde para abertura de ano escolar

A

Secretária de Estado Adjunta da Educação, Alexandra Leitão, deslocou-se a Mangualde para a abertura do ano escolar. Foi recebida pelo Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, e pelo diretor do Agrupamento de Escolas, Agnelo Figueiredo. Alexandra Leitão visitou os espaços escolares que irão ser alvo de intervenção e requalificação no âmbito do mapeamento da educação no Concelho. Nomeadamente, a reabilitação parcial da Escola Básica Gomes Eanes de Azurara e da Infraestrutura Desportiva de Apoio às Atividades Letivas – Pavilhão Gimnodesportivo Municipal, que representou um investimento superior a 325 mil euros. Visitaram ainda a Escola Secundária Dr.ª Felismina Alcântara, cuja modernização das instalações representou um investimento superior a 260 mil euros, num total global de mais de meio milhão de euros.

MELHORAMENTO DO PARQUE ESCOLAR REQUALIFICAÇÃO DO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO DA ESFA A intervenção no Pavilhão Gimnodesportivo da ESFA visa principalmente proceder à substituição do revestimento da cobertura em fibrocimento, que contém amianto e se encontra em mau estado de conservação por painéis em chapa metálica pré lacada, tipo “sandwish”. Pretende-se ainda também a ampliação do edifício com a criação de um novo espaço também destinado a ginásio, onde serão colocados os colchões de proteção do pavimento. Serão igualmente efetuadas alterações em espaços existentes, no sentido da criação de um compartimento destinado a arrumos de materiais e equipamentos desportivos. O alpendre, coberto para abrigo dos alunos, será fechado através da construção de paredes exteriores, onde será criada uma zona de entrada e receção, complementada com a construção de um corredor ao longo da frente atual dos balneários, para facilitar o acesso confortável a todos os espaços do edifício. Serão também melhoradas as condições de acesso para utentes com mobilidade condicionada, através da criação de três rampas de acesso. Será ainda efetuada a substituição do pavimento existente no ginásio, sobre o qual será aplicado um novo piso desportivo em polipropileno de alto impacto. No que refere às salas de aula, serão pintadas, no interior, as paredes, tetos e serão efetuados alguns envernizamentos dos edifícios das salas de aula e administrativo.

SUBSTITUIÇÃO DA COBERTURA EXISTENTE DAS GALERIAS EM FIBROCIMENTO NA ESFA Será efetuada a substituição do revestimento das coberturas em fibrocimento, que contêm amianto, por chapas metálicas onduladas pré lacadas em ambas as faces, sendo a face superior na cor de telha e a inferior em branco.

OBRAS NO PAVILHÃO MUNICIPAL A reabilitação é de caráter simples, na medida em que se trata de um espaço público, devidamente consolidado, onde o desenho, a arquitetura e a imagem se mantêm. É essencial que os utentes que o frequentam diariamente, praticantes de desporto e alunos da escola, se sintam confortáveis, para isso pretende-se dotar o edifício de melhor isolamento térmico e acústico. Assim, a intervenção visa principalmente proceder à substituição do revestimento da cobertura em fibrocimento, que contém amianto e se encontra em mau estado de conservação. Por outro lado, pretende-se também a ampliação do edifício com a criação de um espaço de arrumos para material de desporto, nomeadamente, tabelas de basquete e colchões de proteção do pavimento e dotar o edifício de condições para utentes com mobilidade condicionada, com a criação de duas instalações sanitárias adaptadas e acessíveis a utentes com mobilidade condicionada. Será ainda efetuada a reparação do pavimento existente no ginásio, um novo pavimento em mosaico cerâmico semelhante ao existente. Será ainda aberto um vão fixo no piso superior, de modo a que, pelo menos duas pessoas com mobilidade condicionada possam assistir às atividades desportivas.

GALERIA DA ENTRADA DA ESCOLA GOMES EANES DE AZURARA Pretende-se com esta intervenção a execução de uma galeria de receção junto à portaria principal da Escola Gomes Eanes de Azurara, para que os alunos possam aguardar pelos pais protegidos do calor e intempéries na zona de entrada.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

REABILITAÇÃO DO CAMINHO MUNICIPAL ENTRE A EN 329 (TORRE DE TAVARES) E A EN 16 (VILA COVA DE TAVARES) A empreitada será constituída por dois trechos: o Caminho Municipal n.º 1464, entre a EN 329 (Torre de Tavares) e a EN 16 (Vila Cova de Tavares), e os primeiros 500m do Caminho Municipal 1596, inseridos no aglomerado urbano de Vila Cova de Tavares.

T

ratam-se de dois trechos da rede viária municipal construídos há décadas e que têm sofrido, além de ações mecânicas provocadas pelo tráfego circulante e condições meteorológicas, diversas intervenções pontuais, resultantes tanto de reparações como de instalação de infraestruturas subterrâneas. Procura-se, assim, repor o nível de serviço e a qualidade à circulação negativamente afetada ao longo dos anos. A ligação de cerca de 2300m entre dois importantes

eixos viários de impacto supramunicipal (EN 329 e EN 16) ficará, desta forma, melhor assegurada com intervenções ao nível do pavimento e sua estrutura, complementadas com a implementação de sistemas de drenagem de águas pluviais e de sinalização e segurança rodoviárias. Durabilidade, conforto e segurança representam os principais critérios que nortearam as opções de projeto adotadas. A obra terá a duração de 180 dias e representa um investimento de 165 mil euros.

RUA D. NUNO ÁLVARES PEREIRA: LIGAÇÃO ANÇADA / BAIRRO DA IMACULADA CONCEIÇÃO / BAIRRO DO PENEDO A empreitada representa um investimento estimado de 100 mil euros e prevê a pavimentação em traçado regular do prolongamento da Rua D. Nuno Álvares Pereira à povoação de Ançada, bem como a ligação desta à Rua de S. Paulo. Está contemplada, igualmente, a pavimentação do prolongamento desta rua até ao Bairro do Penedo, à entrada de Santo Amaro.

C

om este investimento fica encerrada a malha de arruamentos urbanos entre Mangualde (pelo Bairro da Imaculada Conceição) às povoações de Ançada e Santo Amaro, zonas de relevante densidade populacional que assim ficam servidas de acessos mais seguros e confortáveis ao centro da capital do Concelho. Os trabalhos de pavimentação em betão betuminoso terão uma extensão acumulada de cerca de 1000m e serão complementados com equipamentos associados de drenagem de águas pluviais e de sinalização e segurança rodoviárias. A empreitada decorrerá pelo período de 120 dias.

12

13


OBRAS E URBANISMO

POSEUR: CINCO CANDIDATURAS APROVADAS VALOR SUPERIOR A 5 MILHÕES DE €

A

autarquia obteve, até agora, aprovação de financiamento de fundos comunitários no POSEUR para cinco candidaturas no valor total de 5.154.261€. O programa operacional abrange um conjunto de temáticas na sustentabilidade e na eficiência do uso de recursos. Mangualde já tinha visto a aprovação da futura ETAR de Mangualde, no valor aproximado de 3 milhões de euros, bem como da candidatura à Elaboração de um Cadastro das Infraestruturas Existentes nos Sistemas de Abastecimento de Água e de Águas Residuais no Município de Mangualde, no valor que ronda os 200 mil euros. No

final do mês de novembro viu aprovada nova candidatura no valor aproximado de 800 mil euros para a Modernização dos Sistemas de Rede Adutora de Abastecimento de Água no Município de Mangualde. A estas duas candidaturas juntam-se mais duas aprovadas para o município de Mangualde no valor de 750 mil euros, submetidas pela Associação do Planalto Beirão e EDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro SA, que visam o Incremento da Qualidade e da Quantidade da Reciclagem dos 3 Fluxos (3F) Multimateriais e a Recuperação Ambiental das Antigas Áreas Mineiras de Castelejo, Formiga, Vale de Videira, Vales e Póvoa de Cervães, respetivamente.

«TRATA-SE DO MAIOR INVESTIMENTO DE SEMPRE EM INFRAESTRUTURAS NO CONCELHO DE MANGUALDE» - JOÃO AZEVEDO Para o Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, «trata-se do maior investimento de sempre em infraestruturas no concelho de Mangualde. Vamos tratar dos problemas das populações nomeadamente no tratamento das águas residuais no concelho, na melhoria do abastecimento de água, no ambiente e na modernização das redes de Abastecimento de Água e de Águas Residuais para uma melhor eficiência e sustentabilidade». João Azevedo afirma ainda que «as candidaturas não ficarão por aqui. Está ainda em análise uma outra candidatura no valor aproximado de um milhão de euros, que esperemos que seja aprovada no tratamento de águas residuais e estamos a trabalhar para a candidatura de um conjunto de microssistemas de tratamento de Águas Residuais no valor global de 1,5 milhões de euros». «O investimento no ciclo da água é fundamental para resolver graves problemas ambientais que existem no concelho. Perdeu-se uma oportunidade de ouro no passado e hoje pagamos a fatura dessa inoperância. Queremos agora resolver rapidamente os problemas dos mangualdenses e esta é a oportunidade que esperávamos para o fazer», sublinha o edil.

AUTARQUIA PREPARA CANDIDATURA PARA A REQUALIFICAÇÃO DO CINETEATRO IMPÉRIO

O

projeto técnico de execução do cineteatro Império encontra-se na fase final, estando concluídos todos os estudos necessários para a sua execução, faltando apenas alguns detalhes e ajustamentos. Com o trabalho efetuado até agora, a autarquia prepara a muito

curto prazo a candidatura a fundos comunitários para a obra no âmbito do Plano de Desenvolvimento Urbano – Regeneração Urbana. Após aprovação, vão iniciar-se todos os procedimentos necessários à contratação pública da empreitada.

O INVESTIMENTO PÚBLICO EM REGENERAÇÃO URBANA, QUE SE INICIOU COM O BAIRRO DO MODORNO, É O EXEMPLO QUE A AUTARQUIA PRETENDE QUE SEJA SEGUIDO A CURTO PRAZO PELOS PRIVADOS QUE PRETENDAM REQUALIFICAR O EDIFICADO EXISTENTE NA ÁREA DE REGENERAÇÃO URBANA.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

INTERNACIONALIZAÇÃO E APOIO ÀS EMPRESAS DEBATIDOS NO CIDEM

O

Centro de Inovação e Dinamização Empresarial de Mangualde (CIDEM) acolheu, no dia 17 de outubro, um workshop sobre Internacionalização e Apoio às Empresas. A iniciativa, promovida pela AIRV – Associação Empresarial da Região de Viseu, contou com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde. A sessão de abertura foi proferida pelo edil mangualdense, João Azevedo, e pelo Presidente da AIRV, Carlos Marta. Seguiu-se a apresentação do Projeto ‘Exportar +’ e a sensibilização sobre a importância da internacionalização para a competitividade das PME’s, por José Costa, Consultor. Os ‘Apoios às empresas no âmbito do Portugal2020’ foi explicado por Miguel Pipa, Consultor.

VALE INCUBAÇÃO: SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO E CRIATIVO CIDEM É UMA DAS ENTIDADES ACREDITADAS

O

CIDEM, serviço do Município de Mangualde, é uma das entidades acreditadas do Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo Qualificado e Criativo – Vale Incubação. Este ‘Vale Incubação’ tem

por objetivo conceder apoios a projetos simplificados, na área do empreendedorismo, através da contratação de serviços de incubação prestados por incubadoras de empresas previamente acreditadas.

DANIEL BESSA FALOU SOBRE «PORTUGAL E O FUTURO»

O

Professor Doutor Daniel Bessa esteve no auditório da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves para falar de «Portugal e o Futuro». O economista, que aceitou o convite da Presidente da Assembleia Municipal, Leonor Pais,

e do Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, para proferir esta conferência, falou um pouco dos nossos dias, da atualidade, e daquilo que se perspetiva para o futuro. Centenas de pessoas assistiram a este momento.

14

15


INOVAÇÃO E DINAMIZAÇÃO EMPRESARIAL

UM CONSUMIDOR INFORMADO É UM CONSUMIDOR PROTEGIDO! MANGUALDE APOSTA NA SENSIBILIZAÇÃO DOS CONSUMIDORES

N

o dia 24 de novembro, o Auditório da Câmara Municipal de Mangualde acolheu três workshops de sensibilização promovidos pela DECO. A iniciativa, apoiada pela autarquia mangualdense e pelo Fundo do Consumidor, contou com a participação da Vereadora da autarquia, Maria José Coelho. Os primeiros dois workshops, ‘Alerta: práticas enganosas e agressivas’ e ‘Saber Comprar: conselhos e cuidados a ter nas compras’ realizaram-se da parte da manhã e foram dirigidos, em especial, à população com mais de 50 anos. Prestar informação que lhes permita garantir os seus direitos enquanto consumidores de bens e serviços que lhe são especialmente destinados era o principal objetivo. Estes consumidores entraram na vida adulta com o crescimento da sociedade de consumo e enfrentam agora grandes mudanças

trazidas pela crescente globalização e pela economia digital, o que tem obrigado a profundas alterações no quotidiano. É fundamental que continuem a atualizar e a melhorar os seus conhecimentos e competências para retirar todas as vantagens de um mercado cada vez mais sofisticado e competitivo. Da parte da tarde, realizou-se o workshop ‘O melhor resíduo é aquele que não é produzido’, integrado nas comemorações da Semana dos Resíduos que decorreu de 21 a 29 de novembro. A iniciativa destinava-se à comunidade em geral e tinha o intuito de sensibilizar no que diz respeito à prevenção da produção de resíduos no ato da compra. Ao efetuar compras mais sustentáveis, o consumidor estará a ajudar o ambiente e também a gerir melhor o seu orçamento familiar, alertando que o melhor resíduo é aquele que não é produzido.

AMBIENTE E PROTEÇÃO CIVIL

INVESTIMENTO DE 14M DE EUROS: RECUPERAÇÃO DAS MINAS ABANDONADAS VAI CONTINUAR

A

Azevedo aproveitou a oportunidade e pediu ao secretário de Câmara Municipal assinou um conjunto de protocoEstado da Energia «o carinho necessário, para que seja poslos que visam a valorização das minas já recuperadas, sível colocar em Mangualde a rota do turismo mineiro». O pela Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM), no qual foi aceite, tendo Jorge Seguro Sanches reforçado «a imconcelho. Ficando o compromisso de ainda serem investidos portância de, com as raízes no passado, olhar para o futumais de 14 milhões de euros na recuperação ambiental das ro». O autarca mangualdense terminou salientando que «esta minas abandonadas. Na assinatura marcou presença o Prequestão do guião é fundamental não só para trazer pessoas sidente da Câmara Municipal, João Azevedo, o Presidente para o concelho, mas também para promover e preparar da RDM, Rui da Silva Rodrigues, e o Secretário de Estado da pedagogicamente a história daqueles espaços que tiveram Energia, Jorge Seguro Sanches. essa mais-valia na riqueza do país». Para o edil mangualdense, «a exploração das minas ajudou a economia, mas deixou um Foram ainda assinados três protocolos de cedência, nomeadamente da antiga grande passivo ambiental». Consiárea mineira de Espinho ao Corpo de Intervenção em Operações de Proteção e Soderando fundamental «os espaços corro (CIOPS) para treino de cães de busca e resgate, do sistema de distribuição estarem ambientalmente reabilitade águas da Cunha Baixa (que permitirá regar cerca de 10 hectares de terrenos) e dos, aproveitá-los para a agricultude um edifício para que a Junta de Freguesia da Cunha Baixa aí instale um centro ra, para atividades da proteção ciinterpretativo da atividade mineira da região. vil e também para o turismo». João


AMBIENTE E PROTEÇÃO CIVIL

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

TREINO DE MONITORIZAÇÃO DE RADIOATIVIDADE REALIZADO NA ANTIGA MINA DA QUINTA DO BISPO

C

om o objetivo de testar a interoperabilidade das diversas equipas em caso de emergências radiológicas, Mangualde levou a cabo uma ação de treino de práticas de monitorização de radioatividade, na antiga mina Quinta do Bispo, da Empresa de Desenvolvimento Mineiro (EDM). A ação decorreu no dia 12 de outubro no âmbito das atividades da Comissão Nacional para Emergências Radiológicas, presidida pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, e foi organizada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG). O Vice-pre-

sidente da autarquia, Joaquim Patrício, acompanhou os procedimentos. Estiveram envolvidos nesta ação de treino a Agência Portuguesa do Ambiente, a Autoridade Nacional de Proteção Civil, a Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), a Direção-Geral da Saúde, as Forças Armadas (Exército, Força Aérea e Marinha), o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da GNR (GIPS/ GNR), a Policia de Segurança Pública (PSP), a Policia Judiciária (PJ), a Empresa de Desenvolvimento Mineiro, o Serviço Municipal de Proteção Civil de Mangualde e o Serviço Municipal de Proteção Civil de Nelas.

MANGUALDE SUBSTITUI LÂMPADAS DE MERCÚRIO POR LÂMPADAS LED ACORDO COM A EDP PERMITE POUPANÇA DE 50% NO CONSUMO DE ENERGIA

A

Câmara Municipal estabeleceu um acordo com a EDP Distribuição para a substituição das lâmpadas de mercúrio, utilizadas na iluminação pública de algumas freguesias do concelho, por lâmpadas de tecnologia LED. Na formalização do acordo marcaram presença o presidente da Câmara, João Azevedo, o vereador da autarquia, João Lopes, e os engenheiros da EDP, Garcia Mendes e Carlos Peres. Este acordo, sem custo para o município, permite uma poupança de 50% no consumo de energia nos referidos postes, além de permitir economizar em gastos com manutenção. Até ao final do ano foram substituídas 300 luminárias no concelho. Preocupada com as questões ambientais e económicas, a autarquia continua atenta à renovação do parque de iluminação pública. É de recordar que o trabalho elaborado pela autarquia no reequilíbrio das contas públicas, permitiu a religação da iluminação pública durante a noite. Esta religação teve o seu início no passado dia 3 de agosto.

16

17


AMBIENTE E PROTEÇÃO CIVIL

MANGUALDE MELHORA MEIO AMBIENTE: INVESTIMENTO DE CERCA DE UM MILHÃO EM CONTENTORES SUBTERRÂNEOS

A

Câmara Municipal investiu cerca de um milhão de euros, comparticipados em 85%, em contentores subterrâneos para a recolha de resíduos urbanos. Este investimento, que representa um melhoramento do ambiente, da paisagem urbana e da higiene em todo o processo de depósito e recolha de resíduos insere-se um projeto da Associação de Municípios da Região do Planalto Beirão, para os 19 municípios da região, num investimento global de cerca de quatro milhões de euros. Serão colocadas 32 ilhas ecológicas em Mangualde, sendo que cada uma delas terá quatro pontos de recolha: papel, vidro, plástico/embalagens e resíduos domésticos indiferencia-

dos. Este projeto prevê a sua execução ao longo de dois anos, em 2017 e 2018.

MANGUALDE FEZ BALANÇO DA ATUAÇÃO DO DISPOSITIVO ESPECIAL CONTRA INCÊNDIOS FLORESTAIS REUNIÃO FOI PRESIDIDA PELO PRESIDENTE DA CÂMARA E PELO SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

N

o passado dia 2 de novembro, Mangualde realizou uma reunião de avaliação e de balanço do Dispositivo Especial Contra Incêndios Florestais (DECIF) no concelho. A reunião, que decorreu no quartel do Corpo de Bombeiros Voluntários de Mangualde, foi presidida pelo presidente da Câmara, João Azevedo, e pelo Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes. Para o autarca mangualdense, «o esforço e o capital que a autarquia tem investido na área da proteção civil, nomeadamente na prevenção e combate a incêndios, tem feito toda a diferença na diminuição do risco no concelho». «A manutenção de uma equipa de sapadores florestais, a abertura e a

beneficiação de caminhos florestais e a gestão das faixas de gestão de combustível» são alguns dos exemplos apresentados por João Azevedo para reforçar a ideia de que «a prevenção e o combate têm de estar presentes de janeiro a dezembro e não apenas no período crítico». O edil traça ainda como «objetivo para o futuro ter um projeto ainda mais alargado na área da Proteção Civil municipal». Na reunião, o Secretário de Estado mostrou-se bastante agradado com as instalações dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, «uma das melhores do país» e realçou ainda «o profissionalismo e a coordenação que existe nos vários agentes da proteção civil do concelho».


FREGUESIAS

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

ABRUNHOSA-A-VELHA

Largo de São Domingos - Vila Mendo

Arranjo de vários caminhos na Freguesia de Abrunhosa-a-Velha

Parques infantis de Abrunhosa-a-Velha e Vila Mendo

FREIXIOSA

OBRAS DE MELHORAMENTO A Junta de Freguesia da Freixiosa levou a cabo obras de melhoramento dos espaços públicos, com o objetivo de proporcionar maior usabilidade e conforto aos habitantes da freguesia. Assim, procederam ao calcetamento de espaços públicos junto a moradias e ao levantamento

Valeta

Calçada

e reposição de calçada rejuntada a cimento em algumas valetas, cujo estado de conservação era péssimo e permitia a infiltração de água para os pisos inferiores das moradias, junto aos caminhos públicos.

Valeta

UNIÃO DE FREGUESIAS DE MANGUALDE, MESQUITELA E CUNHA ALTA

FESTIVAL DE SOPA DE MESQUITELA ANGARIOU FUNDOS PARA AS OBRAS DA CASA MORTUÁRIA No dia 20 de novembro, a freguesia da Mesquitela organizou um Festival de Sopa com o objetivo de angariar fundos para as obras da Casa Mortuária. O festival, que foi um sucesso, realizou-se da parte da tarde, após uma celebração eucarística, e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal. A organização da iniciativa esteve a cargo da Paróquia da Mesquitela e contou com o apoio da autarquia mangualdense e da União das Freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta. Cerca de 200 pessoas provaram as iguarias destacadas neste festival. Foram apresentadas 19 sopas, confecionadas e oferecidas por diversas pessoas da freguesia. A tarde foi ainda animada com as atuações do Coro Infantil de Mesquitela, do Ran-

cho Folclórico de Mesquitela e do Grupo de Concertinas de Mangualde.

18

19


FREGUESIAS

S. JOÃO DA FRESTA

INVESTIMENTO MUNICIPAL SUPERIOR A 100 MIL EUROS: INFRAESTRUTURAS BÁSICAS NA FREGUESIA DE SÃO JOÃO DA FRESTA Após a conclusão do reservatório de armazenamento de água construído na Fresta num investimento superior a 80 mil euros, a autarquia vai levar a cabo mais uma intervenção em infraestruturas desta vez na localidade de São João. Com esta intervenção, a autarquia pretende dotar a localidade de S. João, integrada na freguesia de S. João da Fresta, de abastecimento de água ao domicílio, com origem no reservatório recentemente construído na Fresta.

SANTIAGO DE CASSURRÃES

Calcetamento do Largo da Feirinha.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

UNIÃO DE FREGUESIAS DE TAVARES

UNIÃO DE FREGUESIAS DE TAVARES COM A SEDE REMODELADA Com as obras de remodelação concluídas, a União de Freguesias de Tavares vê agora a sua sede de junta inaugurada. A intervenção que o Município levou a efeito, no Largo do Outeiro, em Chãs de Tavares, representa um investimento municipal na ordem dos 55 mil euros, que proporciona conforto e aproxima os serviços aos cidadãos. Para além dos normais serviços da junta de Freguesia, posto CTT, posto médico, Espaço Internet e Espaço Formação, esta remodelação vai permitir, a curto prazo, a instalação do Espaço do Cidadão. A cerimónia realizou-se no dia 16 de outubro e contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, João Azevedo, do Presidente da União de Freguesias, Alexandre Constantino, do Pároco da Freguesia, Padre António Cunha, dos elementos do executivo mangualdense, de alguns presidentes de junta do concelho e de vários populares. Estas obras de remodelação visavam dotar o espaço com melhores condições para os serviços da Junta de Freguesia, de forma a conseguir acolher o Espaço

do Cidadão. Manteve-se os alçados originais, procedeu-se à limpeza e pintura das fachadas exteriores e à substituição da cobertura que se encontrava degradada.

ESPAÇO CIDADÃO

PRIMEIRO ESPAÇO DO CIDADÃO DESCENTRALIZADO NO CONCELHO

A

Secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa, Graça Fonseca, o Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, João Azevedo, e o Presidente da União de Freguesias de Tavares, Alexandre Constantino, inauguraram no passado dia 14 de dezembro o primeiro Espaço do Cidadão descentralizado do concelho de Mangualde. O Espaço do Cidadão de Tavares, sito no Largo do Outeiro, em Chãs de Tavares, passa a funcionar no edifício remodelado da junta de freguesia de Tavares de 2ª a 6ª feira, das 9h00 às 12h00 e das 13h30 às 17h30. Este novo espaço passa a acolher diversos serviços que permitirão proporcionar maior conforto e aproximar os serviços aos cidadãos: ACT - Autoridade para as condições de trabalho, ADSE - Direção-geral de Proteção Social aos Funcionários e Agentes da Administração Pública, DGLAB – Direção-geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas, IGAC - Inspeção Geral das Atividades Culturais, IHRU - Instituto de Habitação e da Reabilitação Urbana, Serviços Partilhados do Ministério

da Saúde, DGC - Direção-Geral do Consumidor, SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, ISS - Instituto da Segurança Social, CGA - Caixa Geral de Aposentações, IMT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes, IEFP - Instituto do Emprego e Formação Profissional, AT - Autoridade Tributária e Aduaneira e AMA - Agência para a Modernização Administrativa.

20

21


CULTURA, TURISMO E PATRIMÓNIO

MILHARES DE PESSOAS NA FEIRA DOS SANTOS

«I

remos pedir a certificação da Feira dos Santos como património nacional. A certificação da Feira dos Santos é hoje uma obrigação porque hoje tem qualidade, tem competência, resume um setor económico e social que se dispersa por todo o lado em dois dias e meio e é o espelho da nossa atividade social, cultural, industrial e empresarial» - foi desta forma que João Azevedo anunciou a candidatura da Feira dos Santos a património nacional.

Milhares de pessoas visitaram, no fim de semana de 4 a 6 de novembro, a tradicional Feira dos Santos de Mangualde. Promovida pela Câmara Municipal, o certame decorreu no centro da cidade e teve como lema «Da Tradição à Modernidade». Desde há três séculos que Mangualde se notabiliza pela realização desta feira, que se tornou um marco a nível nacional. Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor o nosso concelho.

EM «SEXTAS DA LUA»…

… CERCA DE 400 PESSOAS DEIXARAM-SE ENVOLVER POR LEITURAS ENFEITIÇADAS

N

a noite de 28 de outubro, Mangualde acolheu mais uma edição das «Sextas da lua» que promoveu o livro e a leitura junto da comunidade e simultaneamente assinalou o Halloween. Dedicada ao tema «Leituras enfeitiçadas: contos e trovões, rezas e canções», a iniciativa contou com a participação de cerca de 400 pessoas. A noite começou no Largo Dr. Couto, onde se deu início à «Caminhada enfeitiçada» pela cidade com várias paragens preenchidas com leituras e performances alusivas ao tema do Halloween. O percurso arrancou com projeções alusivas ao tema nas janelas da Câmara Municipal

e seguiu para a Travessa dos Arcos, Café/Bar Bogalha, Quinta Alpoim, Rotunda da GNR, terminando na Biblioteca Municipal. Em cada uma destas paragens aconteceram performances e leituras cujo objetivo foi assustar e divertir o público participante que aderiu entusiasticamente. Após a chegada à Biblioteca Municipal, realizou-se um flashmob, uma sessão de contos «Contos e Trovões, Rezas e Canções» com Américo Rodrigues, César Prata e Suzete Marques, seguida da entrega de prémios do concurso «Títulos Enfeitiçados» dinamizado pelas Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

… CASA CHEIA PARA ASSINALAR 190 ANIVERSÁRIO DA BIBLIOTECA MUNICIPAL

N

a noite de 25 de novembro, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves encheu para celebrar o seu 19º aniversário. A iniciativa integrou a edição de novembro do projeto «Sextas da lua» e contou com a presença do Vereador da Cultura da autarquia, João Lopes. Cerca de 120 pessoas participaram numa noite dividida em dois momentos chave: o concerto Guitardrums, no auditório, e o brinde festivo de

aniversário, num ambiente de café concerto onde se recordaram as músicas da década de abertura da Biblioteca Municipal. Ainda no âmbito das comemorações do aniversário, no dia 22 de novembro, um “Grupo de Amigos da Biblioteca Municipal”, composto por funcionários, leitores, parceiros culturais, executivo autárquico, entre outros, juntou-se para assinalar esta data.

PRODUTOS TRADICIONAIS CERTIFICADOS DISCUTIDOS EM MANGUALDE

O

auditório da Sociedade Filarmónica de Tibaldinho, em Alcafache, acolheu no dia 4 de novembro o II Encontro Nacional dos Produtos Tradicionais Certificados. A iniciativa foi uma organização conjunta da Câmara Municipal de Mangualde e da Adere-Minho e contou com a participação de cerca de 70 pessoas. A certificação do tradicional Bordado de Tibaldinho foi um dos temas abordados. Na sessão de abertura João Azevedo falou da importância da certificação para o Município de Mangualde salientando que «a certificação dos produtos é uma garantia de valor acrescentado aos nossos produtos tradicionais». «Todo o processo de certificação, embora nem sempre simples, é um processo que vale a pena levar a cabo e que traz investimento ao concelho, uma vez que a qualidade dos produtos é garantida e a continuidade de uma tradição diferenciadora é assegurada», acrescentou. De seguida, Fátima Alves, Membro da Direção da Adere-Minho reforçou a importância da troca de experiências na área da certificação de produtos.

A sessão tinha como objetivo promover, pela primeira vez, a discussão em conjunto dos produtos alimentares e não alimentares e o processo de certificação destes produtos tradicionais. Foram apresentadas as experiências daqueles que já têm o seu produto certificado e daqueles que querem certificar. Os produtos tradicionais destacados foram: Tapete de Arraiolos de Portugal, Bordado de Tibaldinho, Filigrana de Gondomar, Pão de ló de Ovar, Queijo Serra da Estrela, Maçã Bravo de Esmolfe e Maçã da Beira Alta.

22

23


EDUCAÇÃO E SOCIAL

CÂMARA MUNICIPAL E ACCIG ASSINARAM CARTA COMPROMISSO NO ÂMBITO DA CIDADANIA E IGUALDADE SECRETÁRIA DE ESTADO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE ESTEVE NA CERIMÓNIA

«É

um momento de orgulho. Temos uma grande equipa em Mangualde nesta área da cidadania e da igualdade, e por isso há um antes e um depois. O resultado está aí e tenho entusiasmo e esperança no futuro, no documento que agora apresentamos e que vamos trabalhar junto dos mais jovens» – Sublinhou João Azevedo.

No dia 7 de outubro, a Câmara Municipal e a ACCIG – Associação Cultura e Conhecimento para a Igualdade do Género assinaram uma carta compromisso no âmbito da Cidadania e Igualdade. Na cerimónia marcou presença o Presidente da autarquia, João Azevedo, a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, e a presidente da ACCIG,

Rosalina Almeida. A Carta de Compromisso para a Promoção de Boas Práticas de Igualdade de Género no Município vem assim sublinhar o papel da autarquia como sendo responsável pelo desenvolvimento de programas e projetos que procuram a promoção e a capacitação de territórios em desenvolvimento e a melhoria das condições de vida das comunidades locais.

DEFESA, SEGURANÇA E PAZ VÃO SER ABORDADAS NAS ESCOLAS DO CONCELHO

J

oão Azevedo participou no dia 5 de dezembro na Cerimónia de Assinatura dos protocolos-quadro para a promoção da implementação do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz nos concelhos do distrito de Viseu. A cerimónia teve lugar no Auditório do Regimento de Infantaria Nº 14, em Viseu, e contou com as intervenções do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, e do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel (em representação do Ministro-Adjunto). O protocolo estabelecido vai permitir que a escolas do concelho vejam implementado este Referencial e desta forma integradas as temáticas da defesa, segurança e paz nos seus planos curriculares já no ano letivo 2017/2018. Até lá os docentes serão formados para as temáticas. O Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz foi desenvolvido por uma equipa conjunta do Instituto da Defesa Nacional

e da Direção-Geral da Educação, com vista a formar e sensibilizar os alunos do Pré-Escolar e Ensinos Básico e Secundário, no âmbito da Educação para a Cidadania. Esta iniciativa conjunta procura contribuir para o envolvimento da sociedade civil no debate sobre as questões da Defesa Nacional e aproximar os cidadãos das Forças Armadas, envolvendo autarquias e escolas.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

GARGALHADAS, ILUSÕES E MUITA ALEGRIA NA FESTA DE NATAL DAS CRIANÇAS DO CONCELHO

O

s d i as 1 5 e 1 6 d e d ez em b ro fo ra m d ed i cados às es co l as d e M a n gu a ld e co m a rea li zação d a habi tu al festa d e n ata l. E ste a n o, o s mais n ovo s , e nt re o s 3 e o s 9 a n o s, fo ra m b rin d a d o s com

o musical ‘Br inquedos E ncantados’, ch egada do Pai Natal e lançamento de confe tes. As ex ibições aconteceram no Auditór io do Complexo Paroquial de Mangualde.

24

25


EDUCAÇÃO E SOCIAL

OBRIGADO A TODOS OS QUE NOS AJUDARAM A ESPALHAR SORRISOS

C

omo já é habitual, a Câmara Municipal levou a cabo mais uma edição da campanha de recolha de brinquedos “Por um Sorriso…”. A iniciativa, realizada anualmente na altura do Natal, tem como objetivo promover sorrisos, sendo uma oportunidade para fazer renascer o espírito de entreajuda e dar um Sorriso a quem mais precisa, tornando o natal de todas as crianças especial.

COMEMORAÇÃO DO DIA INTERNACIONAL DO IDOSO:

DUAS CENTENAS DE SENIORES MANGUALDENSES PARTICIPARAM EM TARDE DE CONVÍVIO E ANIMAÇÃO

N

o dia 3 de outubro, a Câmara Municipal assinalou o Dia Internacional do Idoso com uma tarde de animação. A comemoração, que contou com a participação de cerca de duas centenas de seniores do concelho, teve lugar na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves. Na abertura da iniciativa marcou presença a Vereadora da Ação Social, Maria José Coelho.

Durante a tarde, todos os participantes tiveram a oportunidade de assistir às atuações do Grupo “Os Girassóis” do Centro Social e Cultural da Paróquia de Mangualde, à peça de Teatro “Os Silva” e aos “Cantos de Sol a Sol” pelo Tempo XL. Este evento contou ainda com a participação dos alunos do 10ºH do Curso Vocacional de Animação Socio Cultural.


MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

MANGUALDE DEBATEU A PARTICIPAÇÃO SOCIAL E O ENVELHECIMENTO BEM-SUCEDIDO

N

o dia 18 de novembro, Mangualde acolheu o I Seminário “Bons Velhos Tempos”, sobre a temática “Participação social e envelhecimento bem-sucedido”. Perante um auditório repleto, foram abordadas as temáticas ‘Desafios atuais em torno do envelhecimento bem-sucedido’ e ‘Práticas participativas, inovação e envelhecimento’. O semi-

nário foi uma organização do Município de Mangualde e da Tempo XL e contou ainda com os parceiros: Centro Paroquial de Chãs de Tavares, Centro Social Paroquial de Abrunhosa-a-Velha, Centro Paroquial da Cunha Baixa e Universidade Sénior. O momento contou com a presença de João Azevedo, Presidente do Município.

‘BONS VELHOS TEMPOS’ O Programa de animação ‘Bons Velhos Tempos’ completou, em 2016, o seu 50 aniversário e conta já com mais de um milhar de participantes e centenas de sessões realizadas em itinerância pelas instituições de apoio a idosos que não têm animador, no Concelho. Ancorado em metodologias participativas e propostas inovadoras de intervenção com o público sénior, o projeto dinamiza, desde 2011, várias iniciativas geracionais, intergeracionais e eventos junto da

comunidade. Neste âmbito, faz todo o sentido para a equipa do projeto reunir vários técnicos, especialistas, profissionais da gerontologia/geriatria, animadores, empreendedores e outros agentes, no sentido de refletir sobre os desafios atuais em torno do envelhecimento e sobre o papel que a participação desempenha no bem-estar das pessoas idosas; de promover e partilhar as melhores práticas; e de estimular a inovação, rumo aos Bons Novos Tempos.

MUNICÍPIO CEDE SALA PARA SEDE DO MOTOCLUBE DE MANGUALDE

A

Câmara Municipal de Mangualde cedeu um espaço para as novas instalações da sede

do Motoclube de Mangualde. O Presidente da autarquia, João Azevedo, esteve presente para assinalar o momento.

26

27


EDUCAÇÃO E SOCIAL

APERFEIÇOAMENTO E MELHORIA DA QUALIDADE DAS APRENDIZAGENS:

XIII CONGRESSO NACIONAL DE CENTROS DE FORMAÇÃO DE ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS

O

XIII Congresso Nacional de Centros de Formação de Associação de Escolas (CFAE) realizou-se nos dias 14 e 15 de outubro, em Mangualde, numa organização dos CFAE da Região Centro, com o apoio do Centro de Formação EduFor, que tem sede em Mangualde. Sob o lema "Formação Contínua - pensar o presente, perspetivar o futuro”, o encontro teve como principais objetivos conhecer a realidade da formação contínua de professores na Europa, refletir sobre o contexto da formação contínua de professores em Portugal, analisar os procedimentos dos CFAE, no sentido do aperfeiçoamento das suas práticas e contribuir para a afirmação dos CFAE no processo de melhoria da qualidade das aprendizagens. O Presidente do Município, João

Azevedo, presidiu à abertura do Congresso, que contou ainda com a presença do Diretor do EduFor, José Miguel Sousa, e do Diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, Agnelo Figueiredo. O Congresso contou com cerca de 150 participantes, entre Diretores de CFAE, Diretores de Escolas, Formadores, Docentes, entre outros, provenientes de vários pontos do país. Foram dois dias dedicados a conhecer a realidade da formação contínua de professores na Europa, com reflexão sobre o contexto da formação contínua de Professores em Portugal e análise dos procedimentos dos CFAE, com vista ao melhoramento tanto das suas práticas como a melhoria das aprendizagens nas escolas portuguesas.


DESPORTO

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

FESTIVAL DE NATAL DAS PISCINAS MUNICIPAIS

N

o passado dia 18 de dezembro realizou-se o Festival de Natal das Piscinas Municipais. A iniciativa proporcionou uma manhã diferente com demonstrações aquáticas, provas de natação e muita animação com mascotes humanas. Integrada na programação ‘Natal em Mangualde 2016’ a iniciativa foi organizada pela autarquia mangualdense através das Piscinas Municipais. A manhã arrancou com provas de CN0+, CN1, CN1+, CN2, CN3 e Pré-competição 1 e 2, seguindo-se os níveis AMA e AMA+, níveis CN0 (turmas da semana) e níveis CN0 (turmas de sábado).

TRÊS CENTENAS DE PESSOAS PERCORRERAM O TRAIL ALDEIAS DO MONDEGO

M

angualde acolheu, no passado dia 19 novembro, o 3º Trail Aldeias do Mondego. Cerca de 300 participantes, vindos um pouco de todo o país, participaram na prova nos diversos escalões: trail longo (42 km), trail curto (21 km), caminhada/mini trail (10 km) e caminhada solidária (4 km) a favor dos Bombeiros Voluntários de Mangualde. A prova, apadrinhada pelo atleta Armando Teixeira, contou ainda com a presença do edil mangualdense, João Azevedo. A iniciativa foi organizada pelo Centro Desportivo Abrunhosense e contou com o apoio da Câmara Municipal. No final, estavam mais de 50 prémios à espera dos vencedores.

28

29


DESPORTO

ATLETAS MANGUALDENSES ESTÃO DE PARABÉNS

É

com orgulho que o município vê três conterrâneos distinguirem-se nas modalidades desportivas que praticam: O skater Alfredo Santos sagrou-se Campeão de Iniciados no DC Skate Challenge by Moche, conquistando o seu primeiro título nacional de Skate. A prova decorreu em várias etapas e passou em Viseu, Póvoa de Varzim, Loulé e Leiria. Na competição, que contou com provas em diversos escalões, competiram mais de 130 skaters.

ALFREDO SANTOS

BEATRIZ GOMES

Beatriz Gomes sagrou-se campeã ibérica de arco e flecha. Venceu o GTI – Troféu Ibérico que decorreu, em Madrid, nos passados dias 8 e 9 de outubro. A atleta faz parte do Clube Arqueiros de Viseu e tem apenas 15 anos. A 6.ª e última jornada do Campeonato Nacional de Trial 4x4 foi marcante para António Henriques (Mister Reboques) que arrecadou o título de campeão absoluto de Trial 4×4 2016. A etapa realizou-se no passado dia 23 de outubro, em Gandra, no concelho de Paredes, num dia em que a chuva fez as delícias dos amantes da modalidade, mas dificultando as provas.

ANTÓNIO HENRIQUES

MANGUALDE ACOLHEU 1a PROVA DO CIRCUITO MUNICIPAL DE ESCOLAS DE NATAÇÃO’ 16/17 MÓNICA SILVA, ANTÓNIO FERNANDES E RICARDO MACHADO NADADORES DO ANO 2016 NOS RESPETIVOS ESCALÕES

A

s Piscinas Municipais de Mangualde acolheram a 1ª prova do Circuito Municipal de Escolas de Natação da temporada 2016/17. Esta concentração contou com aproximadamente 300 participantes, entre nadadores, juízes e cronometristas. A iniciativa contou com a presença do vice-presidente da Câmara Municipal, Joaquim Patrício. Nas provas foram obtidos três recordes de escalão.

A Escola Municipal de Natação de Mangualde demonstrou mais uma vez um excelente desempenho e obteve um 4.º lugar, perfazendo 77 pontos. Esta classificação é resultado de 9 primeiros lugares, 2 segundos lugares, 5 terceiros lugares, 3 quartos lugares e 2 quintos lugares. No final da prova, os nadadores mangualdenses Mónica Silva, António Fernandes e Ricardo Machado receberam, pela mão do vice-presidente da Câmara Municipal, o prémio de Nadadores do Ano 2016 nos respetivos escalões.


ÚLTIMAS

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

QUADRATURA DO CÍRCULO EM MANGUALDE

N

o dia 3 de novembro, os temas quentes da atualidade foram debatidos em Mangualde. O programa da SIC Notícias «Quadratura do Círculo» foi gravado no auditório do Complexo Paroquial. A «Quadratura do Círculo» é um espaço de debate de carácter político, social e económico, com moderação de Carlos Andrade, onde Jorge Coelho, Pacheco Pereira e Lobo Xavier discutem, semanalmente, os temas quentes da atualidade. O programa de televisão, com a duração de uma hora, foi depois emitido na SIC Notícias, no mesmo dia, pelas 23 horas.

INFRAESTRUTURAS DE PORTUGAL EM MANGUALDE PARA VISITAR OBRAS

O

Vice-Presidente das Infraestruturas de Portugal, Carlos Alberto Fernandes, efetuou uma visita ao concelho de Mangualde para acompanhar de perto a evolução de algumas obras e para avaliar a intervenção na Estação Internacional de Caminhos de Ferro. Para o efeito, foi acompanhado pelo Presidente da Câmara, João Azevedo. Visitou a Estação Internacional de Caminhos de Ferro com vista à melhoria de infraestruturas de apoio ao terminal ferroviário e abordando a reabilitação da linha da Beira Alta, tendo no horizonte 2018. Foram ainda ver de perto algumas obras que estão a decorrer no concelho, nomeadamente a repavimentação da EN 234, que liga Mangualde a Nelas e EN 232 que liga Mangualde a Gouveia.

30

31


MANGUALDE

ANTES  DEPOIS estrada do canedo

ponte de espinho

rua josé maria almeida


CONCERTO JOSÉ CID

MANGUALDE ATUAL

agenda cultural JANEIRO | FEVEREIRO | MARÇO | 2017


CIDADE

LIVROS

DESFILE DE CARNAVAL

HORA DO CONTO

24 de fevereiro

Todas as quintas-feiras

10h00 às 11h30 Centro da cidade Crianças do pré-escolar e 10 ciclo do ensino básico Organização: Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas de Mangualde Informações e contactos: Gabinete da Educação

SER POR UM DIA… 2 e 3 de março

A Hora do Conto é uma atividade de promoção da leitura, desenvolvida pela equipa da Biblioteca Municipal com o objetivo de aproximar as crianças do mundo imaginário da literatura. As histórias são previamente preparadas, utilizando várias estratégias para uma maior motivação à leitura por parte das crianças. Os grupos devem contactar a Biblioteca Municipal para se inscreverem nesta atividade, que está também disponível para o público sénior. 10h30 Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Organização, informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

OFICINAS DE ILUSTRAÇÃO/ EXPRESSÃO E/OU ESCRITA Todas as quintas-feiras Ser Por um dia… Treinador ?????????

Ser Por um dia… Médica!

A iniciativa, realizada anualmente, tem como objetivo divulgar diferentes profissões, promovendo o contacto com o mercado de trabalho e a vivência do quotidiano da profissão escolhida pelos jovens alunos do 9.º ano de escolaridade.. Organização: Câmara Municipal e o Agrupamento de Escolas de Mangualde Informações e contactos: Gabinete de Ação Social

Partindo das histórias dinamizadas pelos técnicos e animadora da Biblioteca Municipal, as crianças são convidadas a participar em ateliers de ilustração/expressão e/ou escrita, tendo como objetivo estimular o prazer pelo texto, pela criatividade e o gosto pelas artes. Os grupos devem inscrever-se previamente para preparação dos materiais. 11h00 Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Organização, informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves


LIVROS

BIBLIOTECA PARA AVÓS

Janeiro, fevereiro e março

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

O projeto itinerante “Livros Sobre Rodas” continua a percorrer o concelho de Mangualde. Trata-se de um projeto de promoção da leitura dirigido às crianças do pré-escolar e do 1º Ciclo do concelho. É desenvolvido pela equipa da Biblioteca Municipal há já alguns anos e, caracteriza-se pela itinerância de contos e livros pelo concelho e pela visita programada de todas as crianças do concelho à Biblioteca Municipal para iniciarem a sua formação de leitores e de utilizadores destes serviços. O objetivo é a promoção do livro e da leitura, no âmbito de uma perspetiva lúdica, junto de todas as crianças, contribuindo assim para o seu crescimento enquanto leitores e cidadãos com níveis satisfatórios de literacia. O projeto é anual, sempre renovado e acompanha o ciclo de cada ano letivo. 10h00 Itinerância pelas escolas do pré-escolar e 1.o ciclo do concelho Organização, informações e contactos: Biblioteca Municipal de Mangualde, Dr. Alexandre Alves

O projeto surgiu no âmbito do Plano de Ação 2011 da Rede Social, no eixo de intervenção Fomentar o Envelhecimento Protegido, promovido pela Câmara Municipal de Mangualde e é levado a cabo pela Biblioteca Municipal. “Biblioteca para Avós” é um projeto itinerante. A sua concretização consiste na visita periódica da Biblioteca Municipal aos Lares e Centros de Dia do concelho de Mangualde apresentando histórias e conversas a partir dos livros do baú que nos acompanha. São ainda realizadas atividades complementares que visam promover o livro e a leitura junto deste grupo etário e contribuir para o combate ao isolamento.

SEMANA DA LEITURA Janeiro, fevereiro e março

Horário a combinar com as instituições Lares e Centros de Dia do concelho de Mangualde Organização, informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Serviço de Ação Social da Câmara Municipal de Mangualde

LIVROS SOBRE RODAS

Janeiro, fevereiro e março

A Semana da Leitura é uma iniciativa do Plano Nacional de Leitura, dirigida à rede escolar nacional, pública e privada, que tem como objetivo celebrar e incentivar o gosto pela LEITURA. A Biblioteca Municipal alia-se todos os anos a esta iniciativa para, em conjunto com as Bibliotecas Escolares, desenvolver diversas atividades. Durante toda a semana, em vários espaços, vão acontecendo leituras diferentes, por diversos intervenientes da comunidade, e muitas outras atividades. Horário a anunciar em cartaz próprio Bibliotecas Municipal e Escolares, ruas e centro da cidade Organização: Bibliotecas Escolares / Biblioteca Municipal Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

2

3


ARTES

EXPOSIÇÃO “RELÓGIOS DE SOL” DE PEDRO GOMES DE ALMEIDA

De 6 a 31 de março

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA DE NUNO SANTOS: ROSTOS DE MOMA

16 de janeiro a 25 de fevereiro

Coleção de Pedro Gomes de Almeida (Gnomonista)

«O relógio de sol é um instrumento que mede a passagem do tempo pela observação da posição do Sol. Os mais comuns, são os “relógios de sol de jardim”, formados por uma superfície plana que serve como mostrador, onde estão marcadas as linhas que indicam as horas, e com um pino ou placa, cuja sombra projetada sobre o mostrador funciona como um ponteiro de horas num relógio comum. À medida que a posição do sol muda, a sombra desloca-se pela superfície do mostrador, passando sucessivamente pelas linhas que indicam as horas.» Existem, contudo, outros modelos de relógios de sol. Pedro Gomes de Almeida é um apaixonado por esta temática e, por isso, um grande colecionador. A sua proposta é mostrar à população de Mangualde a diversidade, o interesse e a utilidade destes objetos.

Horário da Biblioteca Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Organização, informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

A exposição é composta por 25 trabalhos fotográficos a preto e branco. Com estas fotografias, Nuno Santos lança um desafio para quem as observa, o de viajarem através destes olhares e instantes, e decifrarem outras realidades que não são apenas de quem foi fotografado, mas de todos nós. Pertencemos à Humanidade, convivendo num mundo que nasceu sem fronteiras, sem nacionalidades, onde apenas a forma como vivemos nos diferencia, mas onde todos partilhamos do mesmo milagre, a Vida. Nuno Santos nasceu no Porto, e desde tenra idade descobriu o fascinante mundo da fotografia, através da sua vertente analógica. A magia dos sais de prata que permitem captar o momento decisivo e eternizar esse instante através da revelação da imagem latente, permitiu-lhe descobrir a melhor forma de interpretar e expressar a forma como vê o mundo. Com mais de 25 anos de experiência em diversas áreas da fotografia, o seu impulso criativo possibilitou abordar diversos temas fotográficos, desde a fotografia de arquitetura, industrial, moda, retrato, vida selvagem, desporto, nu artístico, viagens, paisagem, documental, aérea e comercial, estabelecendo parcerias com a revista Moto Jornal e com a editora Héstia. A sua formação universitária na área da geologia, abriu-lhe oportunidades para conviver de perto com diversas realidades e expor a sua vertente documental. Impelido por vivências tão díspares, iniciou uma nova abordagem à fotografia, mudando o paradigma do momento fotográfico e invertendo o sentido do processo artístico, deixando de o ver como um fim, mas como início que fosse capaz de despoletar uma ação e uma mudança perene, e não apenas cingida ao presente.

Horário da Biblioteca Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Organização: Comunidade Intermunicipal Dão Lafões / Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves


PALCO

MANGUALDE ATUAL

CONCERTO DE ANO NOVO – ORQUESTRA POEMA E ORQUESTRA JUVENIL DAS ESCOLAS DE MANGUALDE 7 de janeiro

21h00 Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde Organização: Câmara Municipal de Mangualde e Conservatório de Música de Viseu, Dr. Azeredo Perdigão Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

ENCONTRO CANTADORES DE JANEIRAS

8 de janeiro

GRUPOS PARTICIPANTES Rancho Folclórico Rouxinóis do Dão – Fagilde Bons Sons Grupo de Cantares Ponte Velha – Sabugosa – Tondela Grupo de Cantares Pedra Moura – Rio de Loba – Viseu Grupo de Cantares “Os Malamados” – Mangualde 16h00 Capela de Santa Luzia – Fagilde

JAN 2017

tade do Senhor do Olimpo e os humanos andam a sofrer com esta desorganização parlamentar. Esta é uma missão dantesca, Senhores! E só para acrescentar: se isto não fosse uma comédia linguareira, bem estaríamos fritos em óleo polinsaturado! Ficha Técnica Texto e Encenação Paula Antunes Assistência de Encenação Francisco Ferreira Gomes Elenco Hugo Santos Silva, Nuno Loureiro, Paula Antunes, Pedro A. Rodrigues Desenho de Luz e Operação Técnica Gonçalo Oliveira Figurinos e Adereços Otília Albuquerque e Castro, António de Campos Antunes Produção e Comunicação Bruna Pereira Design Gráfico do Cartaz Frederico Silva Direção artística do Teatro Língua de Trapo 21h00 Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

CONCERTO JOSÉ CID

24 de fevereiro

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Rancho Folclórico Rouxinóis do Dão de Fagilde | 969 630 980

sextas

da lua

27 de janeiro

BALBÚRDIA NO OLIMPO: UMA COMÉDIA DIVINA – TEATRO LÍNGUA DE TRAPO

21h00 Auditório do Complexo Paroquial de Mangualde Ser Deus nunca foi fácil e num país assolado de mal-intencionados, o Inferno é que lucra. De um lado Afrodite e Apolo, do outro Dionísio e Ares e entre eles o mais poderoso e mais enganado dos Deuses: Zeus. Já não se respeita a von-

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

4

5


PALCO

FILMES

HÁ PALAVRAS QUE NOS BEIJAM - “COMPOTA DE POESIA” – TEATRO LÍNGUA DE TRAPO

CICLO DE CINEMA GRUPO DE ESCUTEIROS

20 de janeiro

31 de março

Espetáculo dedicado ao Dia Mundial da Poesia. O espetáculo “Compota de poesia” viaja pelo universo poético de autores portugueses reconhecidos internacionalmente. A poesia são histórias contadas em poucas palavras e em verso. O ator dá corpo à poesia e assume-se com um intérprete que oscila entre o contador de histórias e o ator dramático. O espetador redescobre o sentido oculto das palavras e deixa-se envolver pela musicalidade desenhada no espaço. Dá-se o encontro: a poesia acontece.

Ficha Técnica: Texto Poetas do século XX (Fernando Pessoa, Mário de Sá Carneiro, António Gedeão, entre outros) Encenação Paula Antunes Elenco Hugo Santos Silva, Nuno Loureiro, Paula Antunes, Pedro A. Rodrigues Desenho de Luz e Operação Técnica Gonçalo Oliveira Produção e Comunicação Bruna Pereira Direção artística do Teatro Língua de Trapo

PROGRAMA: 20 de janeiro – “O livro da Selva” 17 de fevereiro – “Robinson Crusoé” 17 de março – “Uma aventura no Jurássico”

21h00 Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

21h00 Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves

Organização: Agrupamento de Escuteiros de Mangualde Informações e contactos: Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves


DESPORTO

MANGUALDE ABRAÇA OS JOVENS

Até 29 de junho

MANGUALDE ATUAL

JAN 2017

Organização: Câmara Municipal de Mangualde e Câmaras Municipais de Castro Daire, Arganil e Vila Nova de Paiva Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

DESFILE E BAILE DE MÁSCARAS DO DESPORTO SÉNIOR

24 de fevereiro Destinado às crianças dos Jardins de Infância do Concelho de Mangualde Vertente O Jardim vai à Natação: Aulas com caráter quinzenal nas Piscinas Municipais de Mangualde (tanque de aprendizagem e piscina) Vertente O Desporto vai ao Jardim: Aulas com caráter quinzenal nas salas e recreios dos Jardins-de-infância Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

DESPORTO SÉNIOR

Até 9 de junho

14h30 às 16h00 Organização: Câmara Municipal de Mangualdev Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

TORNEIO DE NATAÇÃO PROF. AFONSO SALDANHA 25 de fevereiro 14h30 às 19h00 Piscinas de Vouzela

Destinado aos idosos dos Lares e Centros de Dia do Concelho de Mangualde Aula de Educação Física - Semanalmente Aula de Ginástica Aquática - Semanalmente (6ª feira das 9h30 às 10h15), o transporte para as Piscinas Municipais é da responsabilidade dos respetivos Lares / Centros de Dia

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

MANGUALDE EM MOVIMENTO

12 e 26 de março

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

CIRCUITO MUNICIPAL DE ESCOLAS DE NATAÇÃO

Janeiro, fevereiro e março

12 de março | Aula aberta de Hidroginástica - 10h30 às 11h30 26 de março | Volta ao Concelho a Nadar (85 Km sempre a nadar) - Todo o dia Piscinas Municipais de Mangualde 14h30 às 19h00 21 janeiro | Piscinas de Castro Daire 18 fevereiro | Piscinas de Arganil 18 março | Piscinas de Vila Nova de Paiva

Organização: Câmara Municipal de Mangualde Informações e contactos: Tlf. 232 619 820 | desporto@cmmangualde.pt

6

7


Mangualde Atual - Magazine Municipal N.4/28  

Mangualde Atual N.º 4/28 - Janeiro | Fevereiro | Março

Advertisement