Page 1

Edição Nº 05 – Abril/2012

A expansão do mercado de reposição automotiva no interior Devido a sua diversidade e multiplicidade de insumos e produtos, o setor de autopeças caracteriza-se por ser um setor de transformação que agrega valores a matérias primas e insumos utilizados na cadeia produtiva do setor. Cada componente automotivo, individualmente, pode ter período de concepção, desenvolvimento, teste de validação e aprovação para uso em linhas de montagem, que pode variar de 6 meses a 3 anos, dependendo da complexidade e de onde é aplicado nos veículos. Um dos fatores mais importantes para definir se a produção é ou não viável em determinadas cidades, em especial, longe dos centros urbanos (leia-se interior), refere-se ao custo dos ferramentais exigidos para viabilizar a produção em série e a quantidade de produtos a serem fabricados. Um dos principais fatores necessários para um munícipio de interior, como Campina Grande, atrair investimentos de empresas montadoras de veículos automotores é o tamanho do mercado e de sua capacidade de absorver parcela significativa da produção.

Fique por dentro de mais informações sobre a nova filial nas próximas edições Dampress!

"

Dentro deste cenário, a Dampeças percebeu o potencial de Campina Grande e em pouco tempo, inaugura uma filial nessa terra boa. O mercado de reposição no interior é crescente pelo fato de empresas como Dampeças reconhecerem a terra fértil que permeia os munícipios interioranos.

A Dampeças percebeu o potencial de Campina Grande e em pouco tempo, inaugura uma filial na cidade

"

A expansão do mercado de reposição automotiva no interior  

A expansão do mercado de reposição automotiva no interior

A expansão do mercado de reposição automotiva no interior  

A expansão do mercado de reposição automotiva no interior

Advertisement