Page 1

WWW.CLICJM.COM

Ijuí, Quinta-feira, 9 de maio de 2019

Ano 46 - Nº 6

Governo propõe pacto a Estados para reforma da Previdência

R$ 3,00

Tribunal determina volta de Michel Temer à prisão

Ex-presidente havia sido beneficiado em março por habeas corpus, que havia sido julgado por três juízes. | 8

Unificação de impostos é crucial para desburocratizar Imposto único beneficia clientes e empresas, diz especialista. | 5

Estudo do Dnit contraria Bolsonaro Eduardo Leite e governadores estiveram ontem reunidos com o presidente Jair Bolsonaro | 10

Sindilojas firma parceria para linha de crédito

Órgão federal defende permanência de radares em rodovias. | 10

VITÓRIA GREMISTA

Sindicato lojista lançou ontem parceria com Sicredi e Unimed para beneficiar empresas associadas. | 5

Clínica da Apae precisa de aporte Clínica Interdisciplinar precisa de recursos para ampliar atendimento aos usuários da instituição. | 4

Alisson abriu o placar para o Grêmio, que se garantiu nas oitavas da Libertadores | 13


2

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

Radar FIES - Os estudantes que contrataram o Fies pelo Banco do Brasil e estão com prestações em atraso podem renegociar os débitos pelo celular, até o dia 29 de julho. A instituição financeira criou um espaço no aplicativo para formalizar as renegociações. A ferramenta vale para estudantes que contrataram o financiamento até 2017, estão com atrasos acima de 90 dias e não são alvo de ações judiciais. A ferramenta de renegociação de operações do Fies por dispositivos móveis é oferecida em caráter exclusivo pelo Banco do Brasil. PESQUISA - A Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 59% dos entrevistados reconhecem que é preciso reformar a Previdência, e que 72% concordam que deve ser estabelecida uma idade mínima para a aposentadoria. Embora a maioria dos entrevistados concorde com a adoção de uma idade mínima, é grande a parcela dos que defendem aposentadoria em idades muito baixas. Para 80% das pessoas ouvidas, a aposentadoria deveria ocorrer com 60 anos ou menos. Os que acreditam que a aposentadoria deveria ocorrer a partir dos 61 anos são 19%. CAMINHONEIROS - O governo federal estuda renegociar as dívidas de caminhoneiros que enfrentam dificuldade para acessar a linha de crédito de R$ 30 mil lançada em meados de abril pelo BNDES. A linha de crédito do BNDES beneficia transportadores autônomos que têm dois caminhões, no máximo, e também cooperativas de caminhoneiros. Com 12 meses de vigência, o programa tem dotação orçamentária inicial de R$ 500 milhões destinados às despesas de seguro pessoal ou do veículo, gastos com manutenção mecânica, peças de reposição, pneus e gastos emergenciais, como guincho. Gastos com combustível não serão financiados. PARCERIA - O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) firmou parceria com a Associação Nacional das Universidades Particulares (Anup) para implantar medidas nas instituições de ensino de apoio a estudantes em situações de sofrimento. O objetivo é atuar na prevenção de casos de automutilação e de suicídio. O acordo faz parte da campanha “Acolha a Vida”,que tem o objetivo de prevenir e combater este problema entre crianças, adolescentes e jovens. A entidade vai fornecer treinamento aos atendentes do serviço Disque 100, linha aberta para denúncias de violações de direitos humanos. O serviço vai atender pessoas que busquem apoio para situações de sofrimento e vontade de cometer algum ato de automutilação ou suicídio. CORTE - A gestão do presidente Jair Bolsonaro (PSL) bloqueou nas últimas horas de forma generalizada bolsas de mestrado e doutorado oferecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Segundo relatos de coordenadores de programas, financiamentos que estavam temporariamente sem uso foram retirados do sistema do órgão de fomento ligado ao Ministério da Educação. As bolsas pertenciam a alunos que já defenderam seus trabalhos recentemente e seriam destinadas a estudantes aprovados em processos seletivos concluídos ou em andamento. A medida pegou as universidades de surpresa.

OLHO DA RUA

INDICADORES Poupança 7.5.2019 ................... 0,37 % Ouro 8.5.2019 ............... R$ 161,81 (gr) Dolar Comercial.................... R$ 3,9330 Dolar turismo ....................... R$ 4,0900 Euro ..................................... R$ 4,4000 IPC/FIPE Mar/2019..................+0,51% INPC Mar/2018 .......................+0,77% IGPM Mar/2019.......................... 1,26% IPCA mar /2019.......................... 0,75% TR Março/2019 .........................+0,0% SELIC março/2019 ....................+6,5%

LOTERIAS

1º - 44.743 2º - 06.032 3º - 34.302 4º - 95.262 5º - 50.650

Ijuí tem inúmeros problemas de infraestrutura, principalmente nas vias. São buracos, falta de calçamento ou problemas gerados por algum tipo de intervenção na canalização. Na Avenida 21 de Abril, foi necessária interdição de um trecho, para evitar acidentes envolvendo tanto pedestres quanto condutores e ciclistas.

ENTRE ASPAS "Hoje é dia de briga e eu estou brigando com o ministro Sergio Moro aqui. Estou brigando pela Funai, que vai ficar comigo. A Funai tem de ficar com mamãe Damares, não com papai Moro. Lugar da Funai é nos Direitos Humanos." Ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves "Precisamos sair dessa discussão muito primária de como contratar o médico e passar imediatamente para o que esse médico vai fazer, como ele vai assumir a dificuldade que é fazer atenção primária no Brasil, como colocar a telemedicina à disposição de toda a rede nacional". Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta "Há uma dificuldade que nos foi comunicada. Muitos caminhoneiros estão com o nome sujo e, por isso, têm dificuldade para acessar os recursos. Vamos identificar uma forma de renegociar essas dívidas e encaminhar o assunto." Secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio

GETÚLIO

NÚMEROS EXTRA-OFICIAIS

QUINA

CONCURSO nº

4969

20 23 24 41 48 LOTOFÁCIL

CONCURSO nº 1811

02 03 04 05 06 07 08 10 12 13 14 18 20 21 24 PREVISÃO DO TEMPO Fonte: Climatempo

HOJE

MÁX.

24° Chuvoso durante o dia e à noite.

MIN.

18°

SEXTA

MÁX.

23° Tempo severo,com chuva forte e trovoada de manhã, à tarde e à noite.

MIN.

17°

SÁBADO

MÁX.

18° Sol e muitas nuvens de manhã, com chuva. À tarde e à noite, céu nublado

MIN.

14°


Jornal da Manhã

QUINTA-feIrA, 9 de mAIo de 2019

3

RANKING CONTINENTAL

Brasil é o que mais gasta com aposentadorias O Brasil é o país da América Latina que mais gasta com aposentadoria e onde essas despesas têm trajetória mais explosiva. De acordo com dados do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Previdência consumiu 12,5% do PIB em 2015, último ano com dados disponíveis. Em 2065, se não houver reforma no sistema, esse número saltará para 50,1%. Esse volume representaria 138% da projeção de gastos em 2065 - a conta não fecha. O gasto excessivo com Previdência no Brasil, aponta o estudo, revela um desequilíbrio que compromete as gerações futuras. De acordo com o levantamento, o país gasta com a população mais velha sete vezes o que destina aos mais jovens, que demandam despesas como educação. "A primeira e mais óbvia recomendação é a reforma da Previdência", pontua Alejandro Izquierdo, assessor Sênior do Departamento de Pesquisa do BID e um dos autores do estudo. "É preciso pensar no futuro gastando mais com crianças

do que com os mais velhos. Na América Latina, países gastam, em média, quatro vezes com os idosos, em relação ao que gastam com crianças. No Brasil, são sete vezes. Você não está investindo no futuro. Acho que isso é uma das mensagens-chave deste relatório", explica ele. Na média da América Latina, os gastos com idosos correspondem a quatro vezes as despesas com jovens. No Brasil, em 14 estados a remuneração média dos servidores aposentados supera a dos ativos. No Rio de Janeiro, as rendas já estão encostando. Inativos recebem R$ 5,4 mil mensais e os ativos, R$ 5,6 mil. Os dados são de um levantamento feito pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de

"Na América Latina, países

gastam, em média, quatro vezes com os idosos, em relação ao que gastam com crianças. No Brasil, são sete vezes. Você não está investindo no futuro.

Janeiro (Firjan). O relatório do BID mostra que, sem reforma, as despesas com Previdência devem crescer bem mais que em outros países da região. No ranking com 19 nações da América Latina e do Caribe, a Argentina aparece em segundo lugar. Nos vizinhos, os gastos com aposentadoria saltarão de 11,4% para 21% nos próximos cinquenta anos. A situação é menos crítica em países que passaram por reformas. No Chile, frequentemente citado pela equipe econômica como referência local, o sistema previdenciário consome 3,5% do PIB, número que saltará para 6,2% até 2065. De acordo com o estudo, a idade média de aposentadoria ajuda a explicar os altos gastos com o sistema no Brasil. O documento pontua que o quadro está relacionado ao "elevado gradiente de envelhecimento, bem como ao fato de que a maioria das pessoas se aposenta antes dos 60 ou 65 anos e recebe pelo menos o salário mínimo como aposentado".

Inadimplência cai em abril, diz SCPC O relatório mensal sobre inadimplência, emitido pelo escritório de Ijuí do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), mostrou que o número total de consumidores com dívidas caiu em abril. No último mês houve o registro de 5,2 mil novas fichas de inadimplentes, enquanto outros 5,4 mil tiveram suas fichas canceladas por quitarem suas dívidas. O total de clientes que saíram da inadimplência também cresceu em comparação com

abril de 2018: houve crescimento de 13,16% no total de fichas de inadimplentes canceladas em abril deste ano. O saldo é positivo também na comparação anual. Nos primeiros quatro meses de 2019, o registro de novos devedores cresceu 10,8%, enquanto o índice de pessoas que quitaram dívidas avançou 13,1%. A pesquisa é feita com base em dados emitidos pelas empresas associadas ao SCPC em Ijuí, que se concentram mais em setores como

comércio varejista e serviços. O serviço mede, também, a busca por crédito nas empresas, através das consultas à situação cadastral dos clientes. Em abril houve 21,1 mil consultas de crédito para a utilização de cheques, aumento de 12,2% em comparação com o mesmo mês do ano passado. As outras modalidades de crédito somaram 32,1 mil consultas, chegando a um total de 53,3 mil consultas no mês de abril, aumento de 16,9% na comparação com 2018.

Saúde e Educação dominam concurso Em processo de conclusão para lançamento de seu edital, o concurso público para a prefeitura de Ijuí deverá ocorrer no segundo semestre do ano, provavelmente até outubro. A previsão é do secretário municipal de Administração, Élio Quatrin, responsável pela elaboração do processo para a realização do concurso. Em conversa com o Grupo JM, ontem, o secretário revelou que há uma comissão responsável pelos trâmites burocráticos do concurso e, por isso, ainda não

há definição sobre as áreas onde serão abertas vagas. "Estão sendo feitos os estudos necessários, e acredito que até o final do segundo semestre haverá informações mais concretas. Temos até o fim do ano para aplicar as provas, mas acredito que isso deve ocorrer antes", disse Quatrin, sem precisar uma data. O processo ocorrerá, principalmente, para preencher as inúmeras vagas deixadas por servidores que se aposentaram nos últimos anos. Por isso, o maior número de vagas será direcionado

às áreas de Saúde e Educação municipais. "À medida que as pessoas vão se aposentando, é preciso recolocar servidores. Hoje, 55% do funcionalismo público estão na educação e outros 26% estão na saúde, então mais de 80% estão nestas duas pastas, que sempre demandam muitos funcionários. Também queremos suspender o processo de contratação emergencial que tem sido adotado, pois é uma prática que exige muita burocracia", avalia Quatrin.

eSocial entra em nova fase com eventos sobre Saúde e Segurança do Trabalhador A partir de julho de 2019, um novo evento do eSocial passa a ser obrigatório para aquelas empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões, que formam o primeiro grupo obrigado a ingressar no sistema. Essas pessoas jurídicas passam a ter de informar os dados referente a Segurança e Saúde do Trabalhador (SST) através do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas - módulo mais polêmico do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital). As três primeiras fases de envio do eSocial são relacionadas a informações de recursos humanos, contabilidade e área jurídica. Para a quarta fase, que iniciará daqui a menos de dois meses para uma boa parte das empresas, será necessário que as companhias cumpram uma série de disposições legais, planos, programas, laudos e treinamentos relativos à segurança e à saúde de seus trabalhadores.

Indústria do RS tem maior alta do ano

Exportações podem crescer R$ 59 bilhões

A produção industrial do Rio Grande do Sul cresceu 3,4% em março, na comparação com o mesmo período de 2018. Foi o melhor resultado do País. Frente a fevereiro deste ano, a alta foi de 1%, após queda de 1,4% no mês anterior. Já no primeiro trimestre do ano, o crescimento foi ainda maior: 5,5%, atrás apenas do Paraná (7,8%).

Os quatro países asiáticos incluídos na agenda de viagem da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, podem abrir espaço para um aumento de pelo menos US$ 59 bilhões a mais em exportações para o agronegócio brasileiro. Essa perspectiva de potencial seria um bom impulso para o setor, uma vez que as exportações de 2018 para esses países ficaram em US$ 41

Petrobras não teve 'trimestre brilhante' O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, reconheceu ontem que a estatal não teve um bom desempenho no primeiro trimestre de 2019, mas disse esperar que os "melhores momentos estão por vir". O lucro da companhia caiu 42% na comparação com o mesmo período do ano anterior, para R$ 4 bilhões. "Não foi um trimestre brilhante, tenho que reconhecer isso", afirmou junto a analistas.

6,5%

Como esperado pelo mercado financeiro, o Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu, por unanimidade, manter em 6,5% a taxa Selic, usada como referência para outros juros da economia. O anúncio foi feito pelo Banco Central, ontem.

País deixa lista de '25 melhores para investir'

Gasolina subiu 35% nas refinarias em 2018

Pela primeira vez em 21 anos, o Brasil ficou de fora da lista dos 25 melhores países para investir feita pela consultoria empresarial norte-americana A.T. Kearney. O País figurava no ranking desde 1998. A posição do País em 2019 não foi divulgada. O índice é calculado com base em uma pesquisa feita com 500 executivos seniores das principais corporações do mundo sobre a probabilidade de as empresas entrevistadas investirem diretamente naquele determinado País nos próximos três anos.

O preço da gasolina nas refinarias da Petrobras subiu 35% desde o início do ano, mas o repasse ao consumidor está sendo represado nas distribuidoras e, principalmente, nos postos de gasolina. Nas bombas, a alta acumulada do ano é de 3,7%. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio de venda da gasolina no País chegou a R$ 4,505 por litro na semana passada. É o maior valor do ano, mas ainda bem abaixo do pico de R$ 4,725, atingido no fim de setembro de 2018.


4

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

IJUÍ

Mais seis casos de Dengue são confirmados Seis novos casos de Dengue foram confirmados em Ijuí, conforme informou o coordenador de Vigilância Ambiental, Rinaldo Pezzetta. Dois destes casos foram registrados no bairro Herval, dois no Tancredo Neves, um no Osvaldo Aranha e outro no Alvorada. Com isso, o Município passa a ter dez casos confirmados da doença, sendo três importados (doença contraída fora da cidade) e sete autóctones (doença contraída no município). “O vírus está circulando na cidade e o fato de termos casos em quatro bairros comprova isso”, explica Pezzetta, lembrando que o Município já teve 50 notificações de casos suspeitos: 10 foram confirmados, 22 descartados e 18 estão sob análise do laboratório. “Ontem, concentramos nossa equipe no bairro Herval, onde estão metade dos casos confirmados da doença. E há mais quatro, cinco casos suspeitos, que aguardamos os resultados”, reforçou o coordenador. O inseticida está sendo aplicado nos bairros mais críticos e as equipes contam com dois caminhões para recolhimento de criadouros do mosquito Aedes aegypti – também transmissor da zika e chikungunya. “Não estamos fazendo mutirão de limpeza, e nem iremos limpar pátios. Estamos recolhendo qualquer material que possa acumular água. O criadouro pode estar em meio ao lixo, numa casca de ovo ou numa sacola plástica, jogada no pátio”, explicou Pezzetta.

Cerca de 40 agentes da Vigilância Ambiental atuam no combate à Dengue

O coordenador destaca que criadouros foram encontrados nas residências das pessoas que tiveram casos confirmados. “Cada um precisa fazer a sua parte, ou não teremos êxito. As equipes estão realizando visitas, eliminando criadouros, mas a comunidade precisa ajudar. Nós temos recebido muitos pedidos para aplicação do inseticida. Mas essa é uma medida paliativa. O inseticida elimina o mosquito adulto, que está voando. Mas a larva que está no pote

O vírus está circulando na cidade e o fato de termos casos em quatro bairros comprova isso”

ele não elimina”, explica. O índice de infestação do mosquito está em 2,9% em Ijuí, sendo que o limite preconizado é de 1%. Segundo Pezzetta, a Coordenadoria está em contato com a 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, avaliando se é necessário o uso de uma máquina de inseticida pesada. Hoje, as equipes usam a mais leve, que permite que o agente entre no pátio e aplique o produto. “Sempre que o agente estiver na casa, aplicando o inseticida, recomendamos que o proprietário saia e abra as janelas e portas. Isso porque o mosquito costuma se abrigar no interior da residência”, orienta. Também em Ijuí, foram registrados quatro casos suspeitos de zika. Nenhum foi confirmado.

Apae busca recursos para ampliar atendimentos Na última segunda-feira, a Câmara Municipal aprovou o repasse de recursos, no valor de R$ 144 mil, à Apae de Ijuí. Dividido em parcelas de R$ 12 mil ao mês, o auxílio é recebido há anos pela instituição e parte da Secretaria Municipal de Saúde, conforme informou a presidente da Apae, Avani Brizzi Zwanziger. O valor é direcionado à Clínica Interdisciplinar, que recebe, pelos atendimentos que realiza via Sistema Único de Saúde, cerca de R$ 38 mil ao mês. Os gastos, no entanto, vão além. Somente em folha de pagamento, são necessários R$ 46 mil mensais. E para garantir o atendimento a todos que necessitam, o valor do repasse deveria chegar a R$ 90 mil. “Os recursos que recebemos da Secretaria de Saúde nos ajudam a sair do sufoco, mas continuamos negociando, e mostrando ao poder público que não conseguimos atender a todas as pessoas. Hoje, para se ter uma ideia, há 80 pessoas adultas sem nenhum atendimento na Clínica. Eles frequentam apenas a escola, e isso nos preocupa”, explica a presidente. Segundo Avani, hoje priorizase o atendimento às crianças de 0 a 4 anos, visando uma melhoria na qualidade de vida dos pequenos e

Avani Brizzi Zwanziger

uma recuperação. “Gostaríamos que todas as 468 pessoas, que hoje frequentam a Apae, tivessem no mínimo dois atendimentos. Mas para isso teríamos que receber, só para Clínica, R$ 90 mil ao mês.” Com o intuito de angariar mais recursos, a Apae está encaminhando um projeto para o Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas). Se aprovado, a Apae receberá um novo aporte, mas só em 2021.

Ato marca 20 anos dos agentes de trânsito em Ijuí

Diagnóstico em estágio avançado preocupa Manter um estilo de vida saudável, ter cuidado com a alimentação, ficar longe do cigarro e manter as vacinas em dia. Estes são exemplos de ações que podem ser adotadas para se prevenir alguns tipos de câncer, conforme explica o cirurgião oncológico e médico no Centro de Alta Complexidade em Oncologia do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), Lucas Zanini. O câncer, como lembra o especialista, parte de uma mutação genética, de uma alteração no DNA. E somente 5% das neoplasias estão ligadas à mutação hereditária, transmitida de pais para filhos. O restante deste percentual corresponde a mutações somáticas, onde fatores ambientais entram (e têm relação com 30% dos casos) e onde há causas desconhecidas (que correspondem a 65% das situações). Por isso a importância de se adotar hábitos saudáveis e, ainda, ficar atento ao diagnóstico precoce.

“Recentemente realizei um levantamento dos casos de câncer de colo de útero que chegaram ao Cacon desde 2011. Cerca de 70, 80% dos pacientes chegaram com câncer em estágio avançado. E esta é uma doença que pode ser prevenida. O Papanicolau é um exame disponível nas unidades básicas de saúde e, hoje em dia, também está disponível a vacina contra o HPV, que é o principal agente etiológico do câncer de colo de útero. E mesmo neste cenário, temos um alto número de casos avançados”, destacou o médico, lembrando que, neste estágio, são utilizados tratamentos como a quimioterapia e a imunoterapia. A cirurgia, onde atua, é indicada para o tumor em fase inicial. E há diversos tipos de câncer que podem ser tratados com a cirurgia, como o colo de útero, próstata, intestino e pâncreas. “O melanoma é um tumor de pele, que quando está num estágio mais avançado,

Solenidade ocorreu no salão nobre da prefeitura de Ijuí,na manhã de ontem

Lucas Zanini

a chance de cura é muito pequena. No entanto, na fase inicial, a chance de cura vai para 95% em cinco anos. Por isso a importância de se buscar um diagnóstico precoce”, reforça.

Os agentes de trânsito de Ijuí comemoraram ontem os 20 anos de fundação da corporação municipal. Criada na gestão do prefeito Ortiz Schröer, atualmente conta com 19 agentes orientando o trânsito, atendendo ocorrências e fiscalizando as ruas do município. Durante o ato, um clima de nostalgia marcou a solenidade. O ex-coordenador, Ubiratan Erthal, que esteve 10 anos à frente da pasta, se emocionou ao relembrar os avanços e conquistas nestas duas décadas.

"A memória nos traz toda a história dos que passaram pela Coordenadoria, todas as dificuldades e avanços que tivemos", disse Erthal. O atual coordenador de Trânsito, José Vilmar Mior, ressaltou que a data é histórica, “pois, temos pessoas que estão há 20 anos servindo a comunidade e é uma das atividades vista, muitas vezes, como apenas cobrança, mas é bem ao contrário, pois eles estão para auxiliar a sociedade no dia a dia.”


Jornal da Manhã

QUINTA-feIrA, 9 de mAIo de 2019

CAFÉ COM IDEIAS

Sindilojas apresenta parcerias em evento O Sindilojas Noroeste realizou, na manhã de ontem, mais uma edição do Café com Ideias, evento que reúne associados e dirigentes para debater assuntos relacionados ao setor de comércio e serviços da região. Ontem, o Café com Ideias contou com o lançamento de duas novas parcerias estabelecidas pelo Sindilojas com instituições cooperativas locais. Uma delas envolve uma linha de crédito facilitada junto aos Sicredi, e voltada para empresas associadas à entidade. Além disso, o Sindilojas firmou acordo com a Unimed para atendimento odontológico, com um plano exclusivo para empresas e colaboradores associados ao sindicato. Para o presidente do Sindilojas, Bruno Alberto Hass, as oportunidades apresentadas transmitem credibilidade ao associado, e oportunizam uma relação

Café com Ideias sediou apresentação de novas parcerias com Sicredi e Unimed

direta de troca entre o mundo dos negócios e a competitividade empresarial. "Promover um evento com um auditório lotado é indicativo de que o trabalho da direção está bem conduzido e alinhado com as demandas do mundo corporativo", disse Hass. A atividade também contou com a palestra “Como o Marke-

ting Digital pode impactar nas vendas”, com a Gestora de Projetos do Sebrae Lisiane Hampel. Em sua fala, a especialista chamou a atenção para um novo movimento de consumo onde a comunicação digital está assumindo uma relevância integrada com as demais ações competitivas desenvolvidas pelas empresas.

5

Agregação de tributos é ponto principal em reforma Desde a reabertura econômica do País, nos anos 1980, especialistas do setor econômico, entidades empresariais e técnicos contábeis atentam para o excesso de burocracia do sistema tributário brasileiro. Embora a reclamação seja antiga, os exemplos de como a burocracia atrapalha o desenvolvimento econômico persistem. A excessiva complexidade dos impostos indiretos - como IPI, PIS/Cofins, ICMS e ISS - obriga as empresas a ter enormes departamentos contábeis e gera muito litígio (elevando o custo do Judiciário), enorme incerteza para os balanços das empresas e má alocação de investimento. Para combater esse problema, um dos pontos principais de uma proposta tributária que tramita na Câmara dos Deputados é a criação do IVA (Imposto de Valor Agregado) que, ao mesmo tempo, poderia extinguir IPI, PIS/Cofins, ICMS e ISS, além de refundar a repartição de recursos entre União, Estados e Municípios. "O IVA é largamente utilizado em diversos países porque unifica tributações e simplifica cobrança e pagamento dos impostos. No

caso do Brasil seria uma iniciativa interessante, pois o IVA incide diretamente sobre itens de consumo, e nossa base tributária é em cima do consumo", avalia o advogado tributarista Valmor Aliev. Ainda conforme o especialista, a dificuldade em levar a proposta adiante é a contrariedade do governo central em partilhar melhor os impostos com outros entes federativos. "Acho que esse é um grande entrave, pois a União adota essa postura de centralizar as verbas", avalia.

BASE TRIBUTÁRIA CONFUSA *IVA substituiria IPI, PIS/ Cofins, ICMS e ISS *Entre tributos federais, estaduais e municipais há 94 impostos e taxas diferentes no País *Até ontem, os brasileiros já haviam pago R$ 902,6 bilhões em impostos em 2019


6

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

Opinião do JM ARTIGO

REFORMA IMINENTE

aposentadorias no País. A partir de índices No entanto, é fácil tão alarmantes, é neste momento sepapreciso calibrar o rar os que fazem uma discurso e debaoposição responsável ter qual reforma daqueles que adotam da Previdência é a política do 'quanto melhor, em vez pior, melhor': basta ver de simplesmente que é contra a atual rechaçar qualquer proposta para reformar mudança. a Previdência, e quem se opõe a qualquer mudança no sistema. Há quem justifique que a seguridade social, guarda-chuva sob o qual está o regime de aposentadorias, não é deficitária. O argumento serve somente como pano de fundo para justificar o inchaço do sistema de repartição atual, escondendo o irreal volume de recursos aplicados em aposentadorias e outros benefícios atualmente.

Nesta semana, um estudo divulgado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) evidenciou esta realidade, mostrando que o Brasil é o país da América Latina que mais gasta com aposentadoria e onde essas despesas têm trajetória mais explosiva. Em 2015, último ano com dados disponíveis, a Previdência consumiu 12,5% do PIB. A mesma pesquisa calcula que, neste ritmo, em 2065 um total de 50,1% de todas as riquezas produzidas em um ano no Brasil serão direcionadas para o sistema previdenciário. A partir de índices tão alarmantes, é preciso calibrar o discurso e debater qual reforma da Previdência é melhor, em vez de simplesmente rechaçar qualquer mudança. Por óbvio, a esmagadora maioria dos benefícios pagos pelo INSS, no valor de um salário-mínimo, não é o problema principal do sistema. Restringir em idade e tempo de contribuição estas aposentadorias, como faz a proposta em discussão, é um exemplo de erro cabal que precisa ser revisto. O ponto central da reforma precisa ser o ataque a privilégios, tão abundantes em diversos setores, e não medidas que impunham aos trabalhadores um regime que os faça trabalhar até próximo da morte. Há muito a ser discutido, é verdade, mas a necessidade de uma reforma fica cada vez mais evidente.

ARTIGO

O mundo da aproximação Francisco Turra Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e ex-ministro da Agricultura

A vida me deu o privilégio de conhecer o mundo. Durante minha trajetória como prefeito, deputado e ministro da Agricultura, tive as primeiras oportunidades. Agora, depois de anos dedicados exclusivamente à iniciativa privada, numa área voltada às exportações, fiz uma imersão ainda maior no ambiente dos negócios e na cultura de todos os continentes – suas maravilhas e seus desafios. Os conflitos existem dentro de qualquer país, bem como nas relações de uns com os outros. É como na vida da gente: não é fácil equilibrar as vontades pessoais com as familiares e sociais. Mas, num ou noutro caso, não há saída que não pelo diálogo, transparência, aceitação do próximo e abertura para a mudança. E não há pior caminho do que o radicalismo, tenha ele qualquer vertente. Noto, infelizmente, uma espécie de doença social nesse sentido. Nossa civilização, do Oriente ao Ocidente, vive um perigoso momento de exacerbação de emoções. Os discursos extremados e as posturas histriônicas geram, em efeito cascata na economia,

Jornal da Manhã GRÁFICA E EDITORAJORNALÍSTICA SENTINELA LTDA. CNPJ: 87.657.854/0001-23

Fundado em 1º de Maio de 1973

dificuldades extras para o fluxo de negócios. Afinal, os países não têm amigos; têm interesses. Trata-se de uma dicotomia: na era da tecnologia e da inovação, estamos trocando a aproximação pela segregação. Ao invés de abrir-se, o mundo exercita o fechamento. Claro que é virtuoso ter posição e valores inegociáveis; mas é vicioso fomentar a intolerância e o preconceito. A esquerda brasileira fez a maior semeadura nessa lavoura de inço; agora, ao provar do próprio mal, em vez de autocrítica, faz cena de surpresa. Mas segue disseminando rancor, desta vez retroalimentado por extremistas de outra banda. Não creio, sinceramente, que esse seja um bom modelo. Para ninguém. Precisamos recuperar a temperança, a capacidade de diálogo e a competência para construir pontes. Não porque essa postura seja mais cômoda e politicamente correta, mas porque é mais portadora de futuro. Gera desenvolvimento, produz a paz e traz dividendos. Essa é a identidade do Brasil, nosso caminho mais fértil e rápido para o Primeiro Mundo.

Diretor: Edmundo H. Pochmann Editora: Jocelaine Simão redacao@jornaldamanhaijui.com

Rua Albino Brendler, 122 Centro - 98700-000 IJUÍ/RS Cx. Postal 518 - (55)3331-0300

Jornal da Manhã: (55) 3331-0300 atendimento@jornaldamanhaijui. com Rádio JM: (55) 3331-0301 radio@jornaldamanhaijui.com Representantes Comerciais: Grupo de Diários

www.clicjm.com

Big Brother tributário Marco Aurélio Pitta Professor O ambiente econômico mundial tem se tornado cada vez mais complexo. São muitas variáveis de mercado que influenciam o sucesso de uma organização. Mas no Brasil temos um fator adicional: o ambiente tributário. São diversos motivos que tornam o cenário desafiador para as empresas em nosso país. Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), existem hoje em vigor no Brasil 63 tipos de tributos e quase cem tipos de obrigações acessórias diferentes. Um estudo do Banco Mundial, de 2018, denominado “Doing Business”, aponta que o Brasil é o número 184 quando o tema é “pagamento de impostos”, dentro de um universo de 190 países. Demoramos, em média, mais de 1.950 horas por ano para efetuar este tipo de procedimento para atendimento ao Fisco. Somos os campeões mundiais nesse quesito. Mas os problemas não param por aí. A carga tributária brasileira supera os 32% sobre o PIB, segundo estudos da Receita Federal de 2017. Ou seja, em torno de um terço da geração de riqueza em nosso país é comprometido com os tributos. A nossa sistemática tributária atual prejudica o consumo, principalmente com ISS, ICMS, PIS e Cofins. A tributação sobre o lucro também é alta: este ano, o Brasil se tornará o país que mais tributa os rendimentos das empresas, passando o posto da França. A alta carga tributária se justifica, em parte, pelo fato de haver excesso de concessões de benefícios fiscais e sonegação por parte de alguns contribuintes. Tais situações, se diferentes e bem cuidadas pelo nosso Governo, população e empresários, teriam potencial de redução de carga tributária. Além do mais, a alta sonegação fez com que o Brasil virasse um exemplo quando o tema é “Fiscalização”. Em 2017, a Receita Federal bateu o recorde de autuações: R$ 205 bilhões. E parece ser uma relação de causa e efeito: quanto mais sonegação pelos contribuintes, maior a fiscalização em nosso país. Diante de todos esses pontos, resta ao contribuinte se preparar. Um verdadeiro “big brother fiscal” está por vir. Quem é da área tributária já ouviu falar de um tal de “T-Rex” da Receita Federal: um supercomputador que promete cruzar dados importantes do contribuinte, de maneira efetiva, considerando todo o histórico financeiro, além de dados do Ministério Público, Policia Federal, Juízes e o COAF. Por isso, as empresas precisam tomar um cuidado muito grande. Mesmo que seja um desejo, diante de toda complexidade acima, é muito difícil uma organização passar ileso ao fisco, mesmo que de forma não proposital (um erro pode acontecer). Assim, o termo “Governança Tributária” ganha forças entre as companhias brasileiras. A tecnologia tem ajudado neste quesito. Várias soluções ajudam os contribuintes a monitorar todas as suas entregas fiscais. Robôs ajudam a fazer atividades transacionais. Verdadeiros “workflows” ajudam os responsáveis pelas contabilidades a não passar nada em branco. O segredo é se antecipar. Deixar o Fisco chegar perto da empresa é um erro. Muitas organizações focam em planejamento tributário, mas esquecem dos cuidados acima. A Governança Tributária pode ajudar nisso, principalmente evitando riscos fiscais. Este sim deve ser o primeiro planejamento tributário que todas as empresas deveriam adotar. Tomar todos estes cuidados fazem com que os empresários fiquem mais tranquilos na condução de seus negócios.

Artigos assinados são responsabilidade de seus autores. Para publicação, os artigos devem ser enviados com identificação do autor (nome completo, documento, endereço e fone) em fonte times, corpo 10, entrelinha 11, com até 30 linhas, para o e-mail redacao@jornaldamanhaijui.com

Impressão em Off-Set Rotativa Cia de Arte CNPJ 92.107.978/0001-75 Rua Albino Brendler, 146 - IJUÍ/RS (55) 3331-0318 | 3331-0320 (após às 18h)

ciadearte@jornaldamanhaijui.com

ASSINATURAS E CIRCULAÇÃO: (55) 3331-0315 | 3331-0317 3331-0321 Semestral: R$ 220,00 Anual: R$ 440,00 Correio: R$ 440,00 (semestral); R$ 880,00 (anual)


Jornal da Manhã

QUINTA-feIrA, 9 de mAIo de 2019

ESCOLA ALVORADA

Curiosidade instiga projeto com crianças Uma semente, jogada pela janela, gerou a curiosidade entre os alunos do Maternal 2 da Escola Municipal Infantil Alvorada. A dúvida dos pequenos foi: será que aquela semente germinaria em meio à calçada? Como as plantas de fato se desenvolvem? Estes foram alguns dos questionamentos que levaram ao desenvolvimento de um projeto na turma, “A semente de hoje é a árvore de amanhã”, coordenado pelas professoras Adriana Boniatti e Cássia de Souza. “O plantio de feijão, na areia, na terra e nas pedras, foi a primeira atividade realizada na turma, para que os alunos pudessem entender como acontece o processo de desenvolvimento. E neste mesmo projeto, uma das professoras da turma se vestiu de João, para contar a história de João e o Pé de Feijão”, explicou a coordenadora do educandário, Vera Lúcia Tabile. Pensando que a literatura é o meio mais fácil de vivenciar diferentes tempos e espaços, a professora contou a história de João, um menino que tinha a tarefa de vender uma vaca, a pedido da mãe, e que acabou trocando o animal por cinco

Alunos do Osvaldo Aranha fazem de azulejos telas O projeto O mundo inteiro está em nossas mãos está mobilizando os alunos do Pré B, 1º e 2º Anos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Osvaldo Aranha. As atividades iniciaram com um passeio na Trilha do Lobo, localizada na Escola Estadual Souza Lobo. Foi a partir desta aventura que cada turma realizou atividades na escola.

A turma do 1º Ano, por exemplo, desenvolveu pinturas temáticas nos azulejos existentes na pracinha. Foi assim, com alegria e descontração, que as limitadas folhas de papel foram deixadas de lado e substituídas por novas telas, incentivando os alunos no processo de alfabetização, com a arte de criar e aprender, brincando.

Atividades foram propostas aos alunos depois da visita à Trilha do Lobo Caracterizada de João, professora contou a história do Pé de Feijão

feijões mágicos – que foram jogados pela janela e que acabaram germinando. Eles deram origem a um feijoeiro enorme, habitado por um gigante. A história não só incentivou o gosto pelo mundo do faz-de-conta, como também aguçou ainda mais a curiosidade dos alunos, que foram levados para o pátio para

brincar com pés de madeira. A ideia é que eles sentissem como é ‘ser gigante’, trabalhando, com isso, o equilíbrio e o movimento. A turma, segundo Vera Lúcia, continuará fazendo plantios. E apresentará o resultado deste trabalho na Praça da República, na Semana do Meio Ambiente, em junho.

Cobertura da garagem está em andamento Demanda antiga, a cobertura da garagem municipal saiu do papel. A ação é necessária, uma vez que todo o parque de máquinas do município ficava ao ar livre, sem proteção de chuva, sol e demais intempéries climáticas, gerando prejuízos e degradação de maquinários e, consequentemente, gastos aos cofres públicos. Serão cobertos os quatro pavilhões, que contam com oficina e garagem, e juntos totalizam 2,5 mil metros quadrados. O primeiro já está coberto, e a previsão é de que toda a área esteja concluída no prazo de 20 dias. A parte elétrica está em processo licitatório. "Estamos recebendo maquinários novos, que já estarão protegidos", comemora o secretário municipal de Desenvolvimento Rural (SMDR) e vice-prefeito, Valdir Zardin. Toda a obra estava orçada em R$ 1 milhão, mas a pasta optou por fazê-la de forma fracionada. Primeiro foram adquiridos os materiais e depois licitada a mão de obra, o que, segundo o secre-

7

Área está sendo preparada para a chegada de 11 novos equipamentos

tário, resultou em uma economia de cerca de R$ 300 mil. "E com isso, iremos ganhar um caminhão caçamba. Demorou um pouco, mas foi válido pela economia gerada", destaca. Em 18 meses, Ijuí recebeu seis máquinas novas, via emendas parlamentares - uma pá carregadeira, da ex-senadora Ana Amélia Lemos (Progressistas); um rolo compactor, do deputado federal, Danrlei de Deus (PSD); um trator tracionado, do deputado federal, Giovani Cherini (PR); uma re-

troescavadeira do então deputado federal, hoje senador, Luis Carlos Heinze (Progressistas); e uma retroescavadeira do deputado federal Pompeo de Mattos (PDT). E, o sexto equipamento, trata-se de um caminhão prancha, para transporte de máquinas, destinado pelo deputado federal Jerônimo Goergen (Progressistas). Paralelo a isso, por meio de financiamento via Banco do Brasil, foram adquiridas duas motoniveladoras e três caminhões, totalizando 11 novos maquinários.

Mudas de hortaliças são distribuídas à comunidade A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) deu início a mais uma edição do programa Hortas Comunitárias. Thomé de Souza, Universitário, Osvaldo Aranha e Lulu Ilgenfritz foram os primeiros bairros a receber a ação, na noite de terça-feira. Ontem, foram atendidos os moradores dos bairros Penha, Tiaraju, Independência, São Paulo, Burtet e Hammarstron. Uma novidade deste ano, é a centralização da entrega das mudas, visando facilitar o acesso e dar celeridade ao processo, uma vez que é período de plantio. “Esperamos que as pessoas participem, retirem os kits de sementes, organizem suas hortas, para que tenham um alimento saudável, tendo uma melhor qualidade de vida, pensando também na economia doméstica, porque não haverá necessidade de gastar com a compra de hortaliças”, comenta a secretária municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Romi Rohde. Na próxima quarta-feira, está programada reunião envolvendo instituições e entidades parceiras de edições anteriores da Campanha Municipal do Agasalho, para então definir a data oficial de lançamento e as regras deste ano. No ano passado, foram arrecadadas 20 mil peças, entre cobertas, roupas e calçados. A expectativa, de acordo com Romi, é de arrecadar o mesmo volume. Ela lembra que a

SMDS recebe doações de agasalho durante o ano, que são distribuídos às famílias cadastradas na pasta. “São famílias que têm renda muito baixa, principalmente de idosos e aquelas em que as mães e as avós são responsáveis pelas crianças, e que precisam desse acompanhamento mensal”, acrescenta. Além disso, parte dessas peças recebidas também é direcionada a instituições que realizam o acolhimento de crianças e idosos. “Ijuí sempre foi uma comunidade muito solidária, principalmente as pessoas com maior poder aquisitivo, que, geralmente, quando há troca de estação, organizam seus roupeiros, e sempre doam alguma coisa, e é neste sentido que queremos atingir nossa meta de 20 mil peças.”

Romi Rohde


8

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

EX-PRESIDENTE

Tribunal determina que Temer volte à prisão O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiu ontem, por dois votos a um, que o expresidente Michel Temer (MDB), 78 anos, beneficiado com um habeas corpus ao final de março, voltará para a prisão. A Primeira Turma Especializada, formada pelos juízes federais Abel Gomes, Paulo Espírito Santo e Ivan Athié, julgou o mérito do habeas corpus durante a tarde. A Turma decidiu, ainda, pela manutenção do habeas corpus concedido ao ex-ministro Moreira Franco (MDB) e pela retomada da prisão do coronel João Baptista Lima Filho. O Tribunal determinou que a decisão fosse comunicada imediatamente ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal, restabelecendo as prisões. O prazo para que os envolvidos se apresentem e o local de cumprimento da pena será determinado por Bretas. A expectativa é de que isso ocorra ainda hoje. O advogado de Temer, Eduardo Carnelós, disse que seu cliente se

apresentará hoje. Athié, o relator, confirmou o habeas corpus que havia concedido liminarmente a Temer, Moreira Franco e ao coronel João Baptista Lima. Em seu voto, ele releu a decisão tomada anteriormente e reforçou que avalia não haver contemporaneidade dos fatos que justifique as prisões preventivas. Abel Gomes, presidente da Turma, negou o habeas corpus para Michel Temer e para o coronel João Baptista Lima Filho e autorizou para Moreira Franco. Ele entendeu que as razões para as prisões preventivas dos dois primeiros foram bem fundamentadas. O juiz federal Paulo Espírito Santo também votou pela retomada da prisão de Temer e do coronel Lima. No dia 25 de março, em decisão monocrática, Athié havia concedido liminar para que Temer, preso havia quatro dias, fosse solto. Ele disse que via um atropelo das garantias constitucionais e argumentou que não há antecipação de pena no

Michel Temer

ordenamento jurídico. O Ministério Público Federal pediu a revogação desta decisão. Na sustentação oral, ontem, a procuradora Mônica de Ré defendeu a volta de Temer para a prisão porque, segundo ela, o ex-presidente representa um perigo à ordem pública por "tudo o que fez de mal".

Decreto facilita porte de armas para categorias

Um decreto do presidente Jair Bolsonaro publicado ontem facilita o porte de arma para um conjunto de profissões, como advogados, caminhoneiros e políticos eleitos – desde o presidente da República até os vereadores. O direito ao porte é a autorização para transportar a arma fora de casa. O texto foi assinado por Bolsonaro em cerimônia no Palácio do Planalto na terça-feira, quando ele citou apenas algumas das categorias que teriam o porte facilitado: caçadores, colecionadores e atiradores – conhecidos como CACs. O Estatuto do Desarmamento prevê que, para obter o direito de porte, é preciso ter 25 anos, comprovar capacidade técnica e psicológica para o uso de arma de fogo, não ter antecedentes criminais nem estar respondendo

a inquérito ou a processo criminal e ter residência certa e ocupação lícita. Além disso, é preciso comprovar "efetiva necessidade por exercício de atividade profissional de risco ou de ameaça à sua integridade física". Além do porte, o texto altera as regras sobre importação de armas

Retirada de poderes Parlamentares do Centrão e da oposição assinaram dois requerimentos para tirar o Coaf do Ministério da Justiça e Segurança Pública e recolocar o órgão no Ministério da Economia. Somadas, as bancadas têm 272 deputados federais, suficiente para uma votação em maioria no plenário da Casa.

e sobre o número de cartuchos que podem ser adquiridos por ano – que passam de 50 para 1 mil em caso de armas de uso restrito e 5 mil, nas de uso permitido. O decreto de Bolsonaro altera esse último requisito e afirma que a comprovação de efetiva necessidade será entendida como cumprida para as seguintes pessoas:

"Não estou à vontade no PDT", desabafa Ibrahim El Ammar As atenções do mundo político já começam a se voltar para 2020, quando serão eleitos prefeitos e vereadores. Embora ainda falte pouco mais de um ano para a votação, em Ijuí já são visíveis os primeiros movimentos rumo à corrida pela sucessão de Valdir Heck (PDT). Se a eleição de 2016 entrou para a história pelo confronto entre os dois líderes políticos da história recente do município – Valdir Heck e Bira Teixeira (PT), na época vice-prefeito –, a próxima tende a ser marcada justamente pela renovação. Entre os nomes que despontam nesse cenário está o do médico Ibrahim El Ammar. Em entrevista ao Grupo JM, Ibrahim falou sobre o cenário político local. “Eu vejo a atualidade da política em Ijuí um pouco complicada, nós precisamos, ainda mais hoje com essa mudança a nível federal, de partidos com ideologia determinada. Eu acho que o PDT não está tendo uma linha coerente com aquilo que realmente é o trabalhismo. Daqui a pouco vira um amontoado de gente com interesses diversos, defendendo uma candidatura por diversos motivos. Se somos candidatos, seja a prefeito, deputado ou governador, temos que ter um compromisso com a população, com o bem-estar e o desenvolvimento da região”, declara o médico que é um dos nomes apontados dentro do PDT para concorrer a prefeito no pleito de 2020. Ele também criticou a posição do PDT e afirmou não estar à vontade

Ibrahim El Ammar

no partido. “Nas últimas eleições teve muita divisão, pessoas do meu partido defendendo quem pensa totalmente ao contrário, pessoas do meu partido defendo a tortura, esquecendo que quem começou o PDT foi torturado, exilado, caçado. E hoje nós temos essas pessoas defendendo um governo federal. Que partido é esse? Eu não estou me sentindo à vontade no PDT. O trabalhismo é uma coisa que somos fiéis à vida toda. Agora há esse tipo de interesse momentâneo, porque briguei com partido A e B em Ijuí, esse partido não vale, a ideologia é uma coisa, a briga pessoal é outra. A briga pessoal tem que ser resolvida no campo pessoal. Neste sentido eu vejo muito difícil que possamos desenvolver uma candidatura”, ressalta Ibrahim.

AL pode revogar prisões de deputados estaduais

• Dono de estabelecimento que comercialize armas de fogo ou de escolas de tiro ou dirigente de clubes de tiro • Residente em área rural • Profissional da imprensa que atue na cobertura policial • Conselheiro tutelar • Agente de trânsito • Motoristas de empresas e transportadores autônomos de cargas • Funcionários de empresas de segurança privada e de transporte de valores

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que as Assembleias Legislativas podem revogar ordens de prisão e medidas cautelares (como afastamento de mandato) decretadas contra deputados estaduais, do mesmo modo como o Congresso Nacional pode barrar prisões e medidas cautelares impostas a deputados federais e senadores. Os ministros analisaram três

ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) ajuizadas pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) que questionavam trechos das Constituições dos Estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Mato Grosso. Apesar de a decisão do STF se restringir aos três Estados e ter sido cautelar (não definitiva), ela sinaliza o entendimento da Corte sobre o tema.

Situação estratégica

Votação adiada

Honorários na PGE

Convenção do PP

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu ontem a manutenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) em sua pasta. Segundo ele, o Coaf é ''estratégico'' para o enfrentamento da corrupção e do crime organizado.

Sem acordo entre governo, partidos independentes e de oposição, foi adiada, ontem a votação da MP (medida provisória) do pente-fino do INSS na comissão formada por deputados e senadores para analisar a proposta. Uma nova tentativa de votação está prevista para hoje, às 10h.

Foi protocolado na AL, projeto de decreto legislativo que pretende extinguir o pagamento de honorários de sucumbência aos advogados públicos da PGE. Caso aprovado fica suspenso o bônus, que garantiria um acréscimo de até R$ 6,9 mil para cada procurador ao mês.

O Partido Progressista escolhe o seu diretório no próximo dia 18. Os nomes cotados para assumir a presidência do partido são do atual presidente, o vereador Jorge Amaral, e do empresário João Moura. Existem também outras cogitações, como o presidente do Demei, Ruben Harter.

• Instrutor de tiro ou armeiro credenciado pela Polícia Federal • Colecionador ou caçador com Certificado de Registro de Arma de Fogo expedido pelo Comando do Exército • Agente público • Detentor de mandato eletivo nos Poderes Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, quando no exercício do mandato • Advogado • Oficial de justiça


Jornal da Manhã

Quinta-feira, 9 de maio de 2019

MÃES na Evangélica

Na tarde de ontem foi a vez da Comunidade Evangélica do Centro fazer seu Café das Mães. A tarde teve muitas delícias, sorteios, devoção e reuniu muitas mães com suas famílias.

Iracema e Silvana Barriquelo

9

Momentos da Fenii

Orlando e Evette Bringmann O cantor gospel Chris Durán (centro) se apresentou na noite de sexta-feira, no Palco das Etnias, durante a 11ª Fenii. Durante o dia, ele esteve no Confraria Restaurante, do empresário e produtor cultural Francisco Roloff (à esq.), para prestigiar o cardápio e posou com funcionários e integrantes da União das Etnias. Roloff foi o responsável pelo Arte e Cultura na Fenii, através de sua Impacto Cultural, que trouxe os shows para a feira deste ano.

Tietagem Carol e Vanderleia Mastella Kelm

Inês Fuchs e Asta Schmidt

Momentos dedicados às mamães Amanhã e sábado, a Le Mond, em parceria com a Magrass, vai promover momentos especiais dedicados às mamães. Denominado "Eu mereço Le Mond e Magrass", a programação terá sorteios de presentes e

degustação de produtos. As cliented que forem até a loja nestes dois dias ganham uma avaliação da Magrass. Amanhã, com esta recepção especial, o atendimento da Le Mond se estende até as 20h.

Baile

Mareli Costa, Cleni Bandeira e Emely Bierbach no Clericot Beneficente da Casa da Amizade

No próximo dia 25 acontece o Jantar e Baile de Aniversário do Clube Ijuí, animado pela banda os Caras, a partir das 20h. Os convites custam R$ 100 para o casal e podem ser adquiridos na secretaria do clube, à tarde.

Um dos shows mais aplaudidos desta edição da Fenii foi o do cantor Mano Lima, no feriado de 1º de Maio. Ele posou para fotos com muitos de seus fãs, ente eles, o fotógrafo do Jornal da Manhã Panchinho, prefeito Valdir Heck, presidente do Festival Canto de Luz e cantor nativista Vinicios Hoch e o repórter da Rádio Jornal da Manhã Jânio Fernandes.

Baile no Aimoré A Sociedade Esportiva e Recreativa Aimoré, referência nos bailes aos sábados, promove mais um superbaile da 2ª e 3ª idades, sábado, 11 de maio, com início às 16h até as 23h, e animação de duas bandas: Mensagem, de Augusto Pestana e Quarteto Bom de Festa, de Chiapetta. Ao meio-dia almoço em homenagem às mães, com sorteio de 30 prêmios. Às 21h30 haverá sorteio de prêmios: uma mesa rústica, um sacolão, oito joias, cinco tortas doces, cinco fardos de cerveja latão, uma pizza grande, dois almoços no Hotel 44 e R$ 100,00 em dinheiro. Todos os grupos de Ijuí e região estão convidados.

Almoço das Mães

MULHERES x DINHEIRO - Grupo de mulheres empresárias de setores variados se encontrou para um café da manhã, onde o tema central foi finanças, organizado por Cheila Paschoal (à frente), gerente de negócios do Sicredi das Culturas. O encontro foi esclarecedor sobre vários assuntos financeiros, incluindo poupança, investimentos e seguros.

Neste domingo, Dia das Mães, o Restaurante Don Valentin irá servir um Buffet especial em homenagem às mães, no restaurante da Rua do Comércio com a opção de Buffet livre ou por quilo e no restaurante da Rua 13 de Maio um rodízio de carnes incrementado com Buffet elaborado especialmente para este dia. Ligue e confira. Restaurante da Rua do Comercio, telefone 3333 7653 e Restaurante da Rua 13 de Maio, telefone 3332 8842.


10

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2019

REUNIÃO EM BRASÍLIA

Governadores entregam demandas ao presidente O presidente da República, Jair Bolsonaro, comparou ontem os investimentos no Brasil a um "esporte de altíssimo risco". Em um café da manhã com 25 governadores e senadores na residência oficial da presidência do Senado, Bolsonaro voltou a pedir apoio para aprovação da reforma da Previdência. "Temos que facilitar a vida de quem quer produzir e de quem tem coragem ainda de investir no Brasil, que é um esporte de altíssimo risco dada a situação em que nos encontramos", disse. No encontro, o presidente também disse aos governadores e parlamentares que o governo está aberto ao diálogo e que as ideologias devem ser deixadas de lado neste momento. O governador Eduardo Leite explicou que o fato de o governo federal estabelecer a aprovação da Reforma da Previdência como condicionante à evolução de outras pautas federativas, demandadas pelos governadores, é compreensível. “No RS, também pedimos que

Eduardo Leite esteve reunido com o presidente Jair Bolsonaro

os prefeitos e que a sociedade entendam a importância de reformar o Estado, do ponto de vista estrutural, incluindo a reforma das carreiras do exercício público e do sistema previdenciário, para que o Estado tenha condição de adimplir os compromissos”, detalhou. Mais uma vez, Leite deixou

claro o apoio incondicional à Reforma da Previdência, uma vez que considera que a verba consumida do orçamento federal com o déficit do sistema previdenciário elimina a possibilidade de investimentos em outras áreas. “A reforma, por si só, produz benefícios para o futuro do Brasil, dos brasileiros e dos Estados”, declarou.

Augusto Pestana repara estragos da chuva Devido ao grande volume de chuva registrado em algumas regiões de Augusto Pestana no início desta semana, equipes da Secretaria de Obras estão trabalho para amenizar os estragos causados principalmente nas

estradas. Uma das localidades mais prejudicadas foi Cambará, que registrou cerca de 100 mm de chuva, em 20 minutos. O trabalho está sendo intensificado no trecho próximo à propriedade de Ademar Krombauer,

LICENCIAMENTO AMBIENTAL ALIMENTOS ESTRELA LTDA CNPJ: 04.279.743/0005-27 Torna público que requereu à Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Município de Ijuí, a Licença Ambiental Fabricação de ração balanceada / farinha de osso / pena / alimentos para animais, sem cozimento e/ou sem digestão (somente mistura), para a atividade Codram 2623,20 segundo a Resolução Consema 372/2018, localizada no endereço R. Ernestina Deckmann, S/N, Zona Industrial 2, Ijuí-RS, em área de 6.400 m², segundo Plano Diretor.

LICENCIAMENTO AMBIENTAL PAMPA COMÉRCIO DE MEDICAMENTOS E RAÇÕES LTDA CNPJ 19.905.792/0003-33 Torna público que requereu à Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Município de Ijuí, a Licença Ambiental de operação – regularização – LO, para a atividade 8210-00 Clínica veterinária, localizada na Rua do Comércio, 1137 – térreo, centro, CEP 98700-000, na cidade de Ijuí/RS, em Zona Comercial 2, segundo Plano Diretor.

em Rosário, passando por Cambará até a localidade de Paraíso. Além da limpeza das estradas e sarjetas, as equipes também garantiram o conserto de mais cinco bueiros que necessitavam reparo. De acordo com o secretário de Obras, Arlan Schwerz, o reparo de todos os estragos ainda levará alguns dias. “A condição climática, principalmente a chuva, é o que determina o ritmo do nosso trabalho. Esta última chuva detonou com algumas lavouras e acabou estragando muitas estradas, principalmente a região sul do município. Agora a gente pede a compreensão da comunidade em aguardar o conserto de todas essas vias que estão em situação ruim”, explica.

Estudo do Dnit defende radares em rodovias Contrariando o discurso do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que anunciou nas redes sociais a retirada de radares de rodovias federais, a área técnica do governo levou à Justiça um estudo preliminar, feito em abril, que aponta a necessidade de ampliar os trechos monitorados. Segundo o documento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), 8.031 faixas precisam de monitoramento (radar comum ou lombada eletrônica) nas rodovias federais de todo o país, o que demanda cerca de 4 mil equipamentos. Atualmente, estão em operação 265 aparelhos. Cada radar cobre, na maioria dos casos, duas faixas. O número considera apenas as rodovias federais que não estão concedidas à iniciativa privada. O Dnit já liberou a instalação de mais 516 radares, que vão cobrir outras 1.038 faixas. No entanto, para atingir o total necessário, ainda será preciso cobrir mais cerca de 6,4 mil faixas. É sobre esse "resíduo" que a Justiça pretende chegar a um acordo para garantir a continuidade e a eficiência do monitoramento. Os dados do Dnit, ligado ao Ministério da Infraestrutura, foram

entregues no último dia 30 à juíza Diana Wanderley, da 5ª Vara Federal em Brasília, durante audiência pública no âmbito de uma ação popular que questiona o anunciado fim dos radares. Em 10 de abril, a juíza suspendeu, em decisão liminar, a retirada de radares até que o governo apresente estudos técnicos que embasem uma mudança na política de segurança das estradas. A ação popular foi ajuizada pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e acabou encampada pelo Ministério Público Federal (MPF). O que a motivou foi uma transmissão pelo Facebook, feita em março, na qual Bolsonaro prometeu extinguir o uso dos equipamentos. O presidente Bolsonaro defende a tese da "indústria de multas", embora o governo não disponha de informações. A proposta de conciliação feita ao governo pelo Ministério Público na audiência, considerada "razoável" pela magistrada, prevê que o Dnit instale em até 60 dias ao menos 30% do número de radares que estiver faltando para cobrir as 8.031 faixas. O governo tem até amanhã para responder se aceita ou não.

Santo Ângelo recebe Fórum da Federasul

Criado pela Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) para mapear 10 macro oportunidades de cada região do Estado, o Fórum O Rio Grande em Transformação chega à Santo Ângelo na próxima quinta-feira. Voltado a empresários das regiões Missões e Fronteira Noroeste, será realizado na Associação Comercial Industrial de Santo Ângelo (Acisa). Presidente da Federasul, Simone Leite fará abertura oficial do Fórum. Na sequência, o vicepresidente de Integração, Rafael Goelzer, apresentará o projeto às lideranças locais. A seguir, serão apresentados os dados e estatísticas da região. O vice-presidente e coordenador da Divisão de Economia

da Federasul, Fernando Marchet abordará as Perspectivas Econômicas do RS e do Brasil. Logo após, serão apresentadas às lideranças locais as 10 macro oportunidades para melhorias da região das Missões e da Fronteira Noroeste. O fórum encerra com palestra Um olhar sobre o novo tempo, ministrado pela presidente da Federasul, Simone Leite. A conclusão dos estudos sobre as oportunidades de desenvolvimento apresentados no fórum será apresentada no 15º Congresso da Federasul dias 24 e 25 de outubro, em Gramado. O evento é gratuito, com vagas limitadas e as inscrições podem ser realizadas no site forms.gle/ c2boiNzMbuwWrDT18.

Desafios da indústria de alimentos serão debatidos na Amuceleiro

Audiência pública terá apresentação de metas

A Fahor e a Associação dos Municípios da Região Celeiro (Amuceleiro) realizam reunião do Programa de fortalecimento da indústria de alimentos e bebidas do Noroeste gaúcho, na próxima terça-feira, na sede da entidade, em Roque Gonzales. Além da apresentação do programa e encaminhamentos para adesão ao Susaf, serão debatidos os desafios os desafios e as oportunidades para a indústria de alimentos nos municípios. Após apresentação de case do município de Tenente Portela, serão definidas ações conjuntas regionais.

A Câmara de Vereadores de Coronel Barros sedia audiência pública, no dia 29 deste mês, a partir das 13h. Na pauta da audiência, que será realizada na sala de reuniões da Casa, está a demonstração, avaliação e cumprimento das metas fiscais referentes ao primeiro quadrimestre deste ano.


Jornal da Manhã

QUINTA-feIrA, 9 de mAIo de 2019

PORTE DE ARMAS

Novas regras preocupam especialistas em segurança A assinatura do decreto que flexibiliza regras de posse e porte de arma para atiradores desportivos, caçadores e colecionadores, os CACs, amplia os debates sobre o assunto. O decreto oficial foi publicado ontem no Diário Oficial e representantes de instituições que atuam no meio listam prós e contras do documento assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. O comandante Geral da Brigada Militar, coronel Mário Yukio Ikeda, disse que é complicado afirmar que a flexibilização trará mais segurança, até porque o próprio presidente disse que não é um plano de segurança, porém, ele não se preocupa que a população tenha arma. "A população em geral não comete crimes. Então, em relação ao cometimento de crimes por parte da população que portar arma, não há essa preocupação. Mas a partir do momento em que a gente tem um número maior de armas circulando, é natural que aumente o número de furto de armas, a circulação de armas proibidas, e pode também aumentar o número de ocorrências envolvendo armas de fogo." Ikeda afirma ainda que a criminalidade não usa arma com registro, não compra legalmente, e não tira porte e usa armas mais potentes e importadas. “Então eu não vejo essa relação com a criminalidade. Eu vejo sim uma relação com a população. Tivemos um aumento de crimes de feminicídio, que está ligado à violência doméstica. Então a pessoa que não tem controle do armamento nem do emocional, poderá acabar cometendo feminicídio, ao ter acesso

a uma arma de fogo", ressaltou o comandante. Outra preocupação do comandante está relacionada aos suicídios. O Rio Grande do Sul tem um dos maiores índices do País de casos de pessoas que tiram a própria vida. "E tendo o acesso a arma, a pessoa que tem interesse de cometer suicídio vai conseguir concretizar essa ação. Isso também pode aumentar ainda mais os índices de suicídio", pontuou. Para o comandante geral, o crime de latrocínio é outro índice que pode aumentar em caso de mais armas circulando nas mãos da população. "A maioria dos latrocínios que encontramos ocorre porque quando a pessoa vai ser vítima de roubo reage ou esboça reação. E a pessoa armada tende a reagir e isso pode aumentar esse índice", afirma. O delegado de polícia Fabio Mota Lopes, subchefe da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, afirma que estranhou a publicação do decreto de ontem, pois ele revoga o decreto assinado em janeiro pelo presidente Bolsonaro. "Houve uma ampliação expressiva do porte de arma e isso nos preocupa, pois teremos mais armas circulando, o que pode aumentar o número de suicídios, de violência doméstica e de armas nas mãos dos criminosos. É uma certa utopia acharmos que os criminosos somente estarão portando armas de fogo que têm origem ilícita, uma arma trazida do Paraguai, por exemplo. A experiência nos mostra que muitas dessas armas que são apreendidas, num primeiro momento elas tiveram uma comercialização lícita", ressaltou.

Mário Yukio Ikeda

Quem poderá ter armas Instrutor de tiro ou armeiro credenciado pela Polícia Federal; colecionador ou caçador com Certificado de Registro de Arma de Fogo expedido pelo Comando do Exército; agente público, "inclusive inativo", da área de segurança pública, detentor de mandato eletivo nos poderes Executivo e Legislativo; advogado; oficial de justiça; dono de estabelecimento que comercialize armas de fogo ou de escolas de tiro ou dirigente de clubes de tiro; residente em área rural; profissional da imprensa que atue na cobertura policial; conselheiro tutelar; agente de trânsito; motoristas de empresas e transportadores autônomos de cargas; funcionários de empresas de segurança privada e de transporte de valores.

Duas mulheres morrem em acidente Duas mulheres morreram em um grave acidente de trânsito na manhã de ontem, na RSC-287, em Candelária. O caso aconteceu por volta das 8h, no km 138, nas proximidades do trevo de acesso ao município. As vítimas estavam em um veículo Fiesta que invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente em um Volvo C30. Uma idosa faleceu na hora e uma mulher de 54 anos foi levada ao hospital, onde também não resistiu. O motorista também ficou ferido e recebe atendimento. Segundo o Corpo de Bombeiros Voluntários de Candelária, o acidente ainda envolveu um terceiro automóvel, um Cruze, que saiu de pista e capotou em um barranco, à margem da

11

Preso quinto suspeito de participar de assalto a banco Um suspeito de ter participado do assalto a banco em Porto Xavier, no dia 24 de abril, foi preso na manhã de ontem. Segundo a Brigada Militar (BM), Luciano Aguilar de Mattos, conhecido como Lucianinho, 43 anos, foi identificado e detido por um morador local, em Porto Lucena. Com o criminoso foram encontrados um revólver calibre .38, um carregador de fuzil 556 com munição e pequena quantidade de dinheiro. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia (DP) de Porto Xavier. "Agora que o cerco havia sido levantado, e atuamos sob a forma de patrulha, conseguimos cobrir até um local mais extenso que o anterior. E continuamos fazendo várias verificações que a comunidade nos solicita, então foi essencial a participação da comunidade. Sei de certa forma (a presença policial) alterou a rotina deles, mas somos extremamente gratos porque a participação mostrou realmente o valor da comunidade regional", destaca a major Vanessa Peripolli, subcomandante da BM na região. Lucianinho estava foragido desde o início das investigações e teria envolvimento direto no assalto. Ele é natural de Porto Lucena, mas seria morador da Região Metropolitana.

Luciano Aguilar de Mattos

Na noite de terça-feira, foi identificado como Alexandre Pacheco da Silva, 44 anos, o homem encontrado morto nas proximidades de onde policiais fizeram cerco aos assaltantes. O corpo foi localizado caído a cerca de 200 metros da mata, na localidade de Linha 1º de Março, no limite entre Campina das Missões e Porto Lucena. Segundo a Polícia Civil, Silva não estava na lista divulgada de foragidos, mas as autoridades não excluíam a possibilidade de mais envolvidos no caso.

Mulher é detida por ameaça no bairro Getúlio Vargas A Brigada Militar prendeu uma mulher após receber uma denúncia de ameaça de arma de fogo no bairro Getúlio Vargas, em Ijuí. Segundo o boletim de ocorrência, os policiais militares foram informados que uma mulher esteve na residência das vítimas, localizada na Quadra U, bairro Getúlio Vargas, e fez ameaças com um revólver. Segundo as vítimas, a mulher disse que se "eles tirassem ela para boba, iria matar a todos". O motivo das ameaças seria fofocas e mensagens via celular. Em posse das características da suspeita, os policiais se deslo-

caram até a residência da mulher, localizada na Rua Juvenal Leonardo, no mesmo bairro. De acordo com a polícia, a mulher, de 25 anos, foi encontrada sentada em frente à residência. A suspeita foi abordada e revistada e com ela nada foi encontrado. No pátio da residência estava um veículo e no interior do automóvel foi encontrado, atrás do banco do carona, um revólver calibre 32 sem munição. A mulher foi detida e encaminhada para exames na Unidade de Saúde e posteriormente para Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvida e liberada.

Plantão

Colisão entre automóvel Fiesta e caminhão ocorreu na RSC-285, em Candelária

rodovia. Tanto os ocupantes do Volvo C30 quanto os do Cruze

não ficaram feridos. Todos os carros têm placas de Candelária.

PRISÃO

RECAPTURA

A Polícia Civil recapturou na manhã de ontem Carlos Eduardo Gomes Antunes, 24 anos. Ele estava foragido da Justiça. O fato ocorreu na Rua Beno Pereira Gomes, bairro Tancredo Neves. De acordo com o boletim de ocorrência, o cumprimento do mandado de prisão ocorreu na residência da sogra do foragido.

O presidiário Singlair Linhaio, 38 anos, foi recapturado na tarde de ontem ao tentar fugir do Instituto Penal de Ijuí.Ele conseguiu pular o muro, mas acabou sendo detido pela Brigada Militar, que levava outro indivíduo preso. Ele foi encaminhado à Penitenciária Modulada de Ijuí.


12

Jornal da Manhã

QUINTA-FEIRA, 9 dE mAIo dE 2019

Esportes

CIRURGIA

NOVO TREINADOR

A cinco semanas para o início da Copa América, que será sediada no Brasil, o zagueiro Thiago Silva foi submetido a uma artroscopia no joelho direito. O Paris Saint-Germain divulgou a realização do procedimento, porém não informou o tempo de baixa do defensor.

O Vasco apresentou ontem o técnico Vanderlei Luxemburgo. Ele chega com a incumbência de tirar a equipe cruzmaltina da lanterna do Campeonato Brasileiro. Luxemburgo estava longe dos gramados desde 2017.

Campeões com o Juventude

LIGA GAÚCHA 3

Juventude de Caxias do Sul disputou duas competições na França

Dois atletas da região disputaram com destaque uma competição internacional na França. O zagueiro Otávio Coró Zucolotto, de Augusto Pestana, da Escolinha do Esporte Clube São Luiz atuou em um torneio em Tuparendi e foi selecionado para jogar na equipe do Juventude de Caxias do Sul na Europa. Otávio é o sétimo aluno da Escolinha do Rubro que teve a oportunidade de disputar um torneio internacional, além das duas equipes do São Luiz que jogaram torneios na Itália e França. Conforme o coordenador Adilson dos Reis, isso mostra que o trabalho está sendo bem feito e as oportunidades estão surgindo. O jovem de apenas 11 anos embarcou com a delegação rumo à Europa no dia 24 de abril e retornou ao Brasil na última sexta-feira, dia 3 de maio. Durante os 10 dias de viagem, além de participar de duas competições esportivas, Otávio conheceu a cidade litorânea de Brest e a capital francesa, Paris. A delegação esteve hospedada na cidade de Plouguerneau. As competições aconteceram nas cidades vizinhas Guipavas e Lanillis. Otávio treina na AAPF de Augusto Pestana desde os sete anos de idade. O volante e meia-atacante Yago Lena de Godoy, de Bozano,

Otávio Coró Zucolotto

Yago Lena de Godoy

atleta da Escolinha CFE Ijuí também jogou a competição pelo Juventude no mesmo time de Otávio.Disputaram um Mundial com 80 equipes,ficaram entre os 24 clubes, perdendo para o Málaga da Espanha. Jogaram ainda um torneio Lenellis,com 30 equipes e sagraram-se campeões invictos. Na semifinal a decisão foi nos pênaltis e Yago bateu a penalidade que levou o Juventude para a final. Na decisão, o time gaúcho ganhou de 4 a 0 do Plouguerneau da França. Yago Lena de Godoy tem 11 anos e desde os quatro atua na Escolinha CFE. Também treina aos sábados pela manhã na Escolinha de Bozano. No último sábado, Otávio e Yago se enfrentaram pelas semifinais da categoria sub 11 da Copa Ijuí de Futebol de Base no campo da Imasa. O Rubro levou a melhor e venceu por 5 a 0. Yago é filho do desportista e vereador bozanense Paulo de Godoy, que jogou em clubes amadores de Ijuí, Mauá, Ouro Verde, Palestino, Guarani, Avaí e Salto, Saltinho e 15 de Novembro de Santa Lúcia, Bozano. Yago é irmão do zagueiro Manolo Godoy,que atuou nos juniores e profissionais do São Luiz e defendeu o Guarani-VA, Inter-SM, entre outros clubes e joga atualmente no Rio Branco do Acre.

Sogi-EFA Noroeste de Judô disputa Supercopa A equipe Sogi-EFA Noroeste de Judô participou da Supercopa Lajeado no dia 27 de abril.A competição ocorreu no Ginásio Nelson Brancher e serviu como seletiva para o Campeonato Brasileiro da Classe Sub 18 que será realizado em julho no Estado de São Paulo. Participaram mais de 600 atletas das grandes equipes do Estado entre elas, Sogipa, Grêmio Naútico União, Grêmio Náutico Gaúcho, Recreio da Juventude, e Avenida Tênis Clube entre tantas outras equipes.A equipe participou da competição com quinze atletas, conquistando ótimos resultados. seis atletas foram campeões em suas categorias, quatro vice- campeões e dois atletas conquistaram o terceiro lugar. A equipe Sogi-EFA Noroeste de Judô com o apoio do Poder Público Municipal, Associação Noroeste de Judô e a Unijuí realizará no dia 25 de maio a abertura do Circuito Estímulo Noroeste de Judô, evento que está inserido na programação do Parque Ativo, e reunirá mais de 150 alunos dos projetos de Judô da Região Noroeste que fazem parte da equipe.

A equipe Ijuí Futsal joga sábado às 20h no Ginásio Wilson Mânica diante da AEF de Entre-Ijuís pela Liga Gaúcha 3. Com quatro pontos em dois jogos, um empate na estreia diante do AFI em Itaqui e vitória de 3 a 1 diante do AGE de Cândido Godoi no último sábado, o time ijuiense quer um novo triunfo para encaminhar uma boa situação na chave B. Os ingressos antecipados começaram a ser vendidos terça-feira ao preço de R$ 7,00 na Deltasul, em Baterias Goi e com dirigentes da equipe. No sábado na hora da partida o preço será R$ 10,00.

FUTSAL MUNICIPAL O Campeonato Municipal de Futsal de Ijuí tem dois jogos amanhã a partir das 19h no Ginásio Wilson Mânica pela categoria sênior: Amigos do 7 x Fluminense do Alvorada; e Afumisa Climaq x S.E. Ouro Verde.

JUVENIL DO SÃO LUIZ O time juvenil do São Luiz treinou ontem à tarde no campo do bairro Lambari em preparação ao jogo da quarta rodada do Estadual da categoria diante do Ypiranga de Erechim. Pela tabela a partida está marcada para domingo às 15h, mas o São Luiz já solicitou à Federação Gaúcha de Futebol (FGF) a antecipação para sábado para fugir da concorrência do jogo do Inter com o Cruzeiro domingo às 16h pelo Campeonato Brasileiro e em razão do Dia das Mães. O Rubro aguarda a resposta da Federação para esta solicitação. O São Luiz não poderá contar com o zagueiro Gabriel Mello, expulso na derrota de 3 a 1 para o Safurfa em Marau no último domingo.

SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA

Sogi esteve representada na Supercopa de Judô em Lajeado

O treinador da Seleção Brasileira Feminina de Futebol Vadão anunciará no próximo dia 16 de maio, uma quinta-feira, a lista das 23 jogadoras convocadas para a Copa do Mundo da França 2019. O anúncio acontecerá na sede da CBF, no Rio de Janeiro às 11h. Após a divulgação da lista, o comandante concederá uma entrevista coletiva. A Seleção Brasileira fará a preparação para a Copa do Mundo da França em Portimão, na região de Algarve, Portugal. O Brasil está no grupo C, e terá pela frente, além da Jamaica, Austrália e Itália. Para se classificar, a Seleção precisa terminar entre as duas melhores da chave, ou entre as quatro melhores terceiras colocadas.


Profile for clicjm

Jornal da Manhã - quinta-feira - 9.5-2019  

Jornal da Manhã - quinta-feira - 9.5-2019  

Profile for clicjm
Advertisement