Page 1

Imigrantes têm pouco impacto nos salários dos americanos

Mulher ajuda imigrantes em rodovia no Texas e acaba detida

LOCAL - 03

POLICIA - 26

THE BRAZILIAN NEWSPAPER 10 A 16 DE MAIO DE 2019

EDIÇÃO: 744

Comediante, humorista e ator Lúcio Mauro morre aos 92 anos no Rio de Janeiro

WWW.JORNALASEMANA.COM

Após fazer sexo oral no parceiro, mulher sofre choque anafilático e é hospitalizada

FAMOSOS - 28

A 2ª década perdida da economia brasileira BRASIL - 14

Conheça o serviço de estética automotiva da Campos Auto Detail em Milford

BIZARRAS - 27

“PATRULHAMENTO” Jovens de origem hispânica querem patrulhar a fronteira Foto: Reprodução

DESTAQUE - 06

ESPORTE

Fifa discutedo punições Autoridades México maisimigrantes severas prende para acabarCentral com a da América violência torcidas que tentamnasentrar nos Estados Unidos esporte 19

POLÍCIA POLICIA - 24

Goleiro Bruno e exViver como preso: mulher sãoum julgados a nova proposta no Fórum de do turismo na Flórida Contagem ESPECIAL - 08

A política migratória do governo Trump não afasta latinos do trabalho de impedir a entrada de imigrantes ilegais em solo americano Eles chegaram usando sapato e camisa, botas de vaqueiro e jeans, sandálias e bermudas.

Alguns trabalhavam no varejo, outros como cozinheiros e garçons, e muitos tinham servido

no exército. No dia 13 de abril, mais de 150 homens e mulheres - a maioria de origem hispânica - foram ao quartel-general da Patrulha da Fronteira dos Estados Unidos, no Vale do Rio Grande, sul do Texas. Era um evento de recrutamento para o setor mais movimentado da agência. A Patrulha da Fronteira e a agência da qual ela faz parte, Proteção da Fronteira e Alfândega, têm sido amplamente criticadas por implementar algumas das políticas de imigração mais rigorosas do presidente Donald J. Trump: limitar o número de solicitações de asilo processadas diariamente e, a partir do ano passado, separar membros de uma mesma família. Mas essa não é a narrativa dominante no local. Pouco mais da metade dos agentes é de origem hispânica. IMIGRAÇÃO - 16


2

10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

LOCAL Imigrantes têm pouco impacto nos salários e empregos dos americanos

3

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

O afluxo de imigrantes qualificados pode até empurrar para cima os salários para alguns subgrupos de trabalhadores nativos

Fluxos de imigrantes em geral têm pouco impacto sobre os salários e empregos dos americanos nativos, a menos que es-

tes não tenham o ensino médio completo, de acordo com um estudo publicado na quarta-feira. O relatório da Academia Nacional de Ciências, Engenharia e Medicina americana analisa as tendências econômicas e demográficas nos Estados Unidos ao longo dos últimos 20 anos. Os pesquisadores concluíram que “o impacto da imigração sobre os salários dos trabalhadores nativos em geral é muito pequeno”, particularmente quando analisado ao longo de uma década. “Na medida em que os impactos negativos ocorrem, eles têm

mais chances de afetar os imigrantes anteriores ou os trabalhadores nativos que não concluíram o ensino médio que muitas vezes são os substitutos mais próximos para os trabalhadores imigrantes com qualificações baixas”, disse. O relatório também encontrou “pouca evidência de que a imigração afete significativamente os níveis gerais de emprego dos trabalhadores nativos”. Na verdade, um afluxo de imigrantes qualificados pode até empurrar para cima os salários para alguns subgrupos de trabalhadores nativos, e ao mesmo tem-

po impulsionar a economia. “A imigração tem um impacto global positivo sobre o crescimento econômico de longo prazo nos Estados Unidos”, disse o estudo. Imigrantes de primeira geração tendem a custar aos governos estaduais e locais mais do que os seus filhos. Mas a segunda geração está “entre os mais fortes contribuintes econômicos e fiscais da população dos Estados Unidos, contribuindo mais com impostos do que os seus pais ou do que o resto da população nativa”, disse o relatório. “A análise abrangente do painel revelou

muitos benefícios importantes da imigração - incluindo no crescimento econômico, na inovação e no empreendedorismo - com pouco ou nenhum efeito negativo sobre os salários ou empregos de trabalhadores nativos no longo prazo”, disse Francine Blau, professora de economia da Universidade de Cornell, que presidiu o painel que escreveu o relatório. “Onde os impactos salariais negativos foram detectados, os nativos que abandonaram o ensino médio e os imigrantes anteriores eram os mais susceptíveis de ser afetados”, concluiu.


4

CHARGE - OPINIÃO OPINIÃO

Toninho Mindball

O Jornal A SEMANA é uma publicação semanal e independente. Distribuído gratuitamente em todo o estado de Massachusetts.

As joaninhas vêm ai!

Claudio Santos Presidente / Head of Operation

Sara Santos Diretora de Redação

Tania Jota Diretora Comercial

Diagramação Marcos Soares

Graphic Design Frederico J Dos Santos

Colaboradores Flavia Leal Moda & Beleza

Antônio Machado Ponto de Vista

Eliana Barbosa Alto Astral

Angela Cardoso Fatos & Fotos

Central de Vendas Mônica Prado (617)863-7979 Claudio Santos (617) 417-6006 Escritório Central (617) 955 0043

Impressão Gráfica SMG

Distribuição Guerreiros da Rota DBA

Termos e Responsabilidades A responsabilidade pela qualidade dos produtos, serviços e promoções divulgadas nesse jornal é exclusiva dos anunciantes. As opiniões expressas em artigos publicados são de responsabilidade de autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. Os interessados em publicar seus artigos podem remeter o material para avaliação do editor chefe deste jornal através do email geral asemana@ME.com. Informações adicionais podem ser obtidas pelo telefone (617) 417-6006.

O ciclo do tempo finaliza mais uma vez e a contabilidade destes ciclos registra através das diversas cores os beneficiados para mais uma nova temporada de vida. Existe um ditado popular que diz <Quem Semeia Vento Colhe Tempestade>. Mas por vezes um grande susto é importante. Também passa a ser verdadeiro quando determinadas situações em que os ciclos foram extremamente longos, como é o caso dos corruptos e corruptores. Pela terceira vez, a ação penal do chamado quadrilhão do MDB vai mudar de competência na Justiça Federal do Distrito Federal. A última movimentação foi decidida pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que determinou o retorno do caso para a 12ª Vara da Justiça, retirando o processo da 10ª Vara. O juiz Vallisney Oliveira acaba de receber a denúncia e transformar em réus Lula, Dilma, Palocci, Mantega e Vaccari de atuarem no chamado quadrilhão do MDB na Câmara, o juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, não faz considerações sobre o teor das implicações apresentadas pelo Ministério Público Federal. O magistrado entendeu existirem indícios suficientes para a abertura da ação penal pelo crime de organização criminosa. Neste contexto a curto prazo podemos imaginar que o novo governo vai ter despesas extras na construção de <Presídios para Trabalhadores Brasileiros>PTB ou Penitenciaria da Corrupção do Brasil <PCdoB> do Quadrilhão! Investimento com recursos do <PROPINÃO.> De acordo com o processo, o grupo teria recebido propinas no valor de R$ 1,4 bilhão durante os anos do gover-

no petista - uma quantia que teria sido obtida por meio de danos à Petrobras entre 2003 e 2016. E as joaninhas! Sob a lona do circo mais famoso do mundo, o Brasil brilhou. Pela primeira vez nos 25 anos de história do Cirque Du Soleil, o comando de um espetáculo está nas mãos de uma mulher e brasileira: a coreógrafa carioca Débora Colker. E ela não veio sozinha O cenário de Gringo Cardia reproduz o mundo colorido dos insetos. No palco, o espetáculo “Ovo”. Entre saltos e movimentos arriscados, o “Ovo” conta uma história de amor entre uma Joaninha e um Mosquito. Débora chamou atenção do mundo transformando bailarinos em acrobatas. Para cumprir o desafio de dirigir 53 artistas, em uma superprodução avaliada em R$ 80 milhões, Débora está há dois anos em Montreal, no Canadá. E não era só montar, criar, dirigir, um espetáculo do Cirque Du Soleil. Era preciso também reconhecer o trabalho e o estilo de quem estava por trás de tudo isso e a assinatura inconfundível de Débora Colker estava bem ali. Os insetos voam pela parede de escalada. A celebração final, embalada por ritmos do Brasil, levanta a plateia. Um dos fundadores do Cirque diz que a escolha da coreógrafa não podia ser melhor: “Lindo de ver o público dançando, cantando, batendo palma e a gente aqui, exibimos a dança do Brasil”, afirma a coreógrafa. O “Ovo” deve ficar 15 anos em cartaz, contagiando o mundo com uma alegria genuinamente brasileira. Controle biológico de pulgões parasitam diversas espécies vegetais. Os produtos orgânicos agradecem e a sociedade mais ainda!

10 A 16 DE MAIO DE 2019 Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

5 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


6

10 A 16 DE MAIO DE 2019

DESTAQUE

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006 Fotos: Adson Fernandes

Uma empresa especializada em detailling sobre o comando de Ronaldo Campos

Detailing: conheça o serviço de estética automotiva da Campos Auto Detail em Milford Se você se faz questão de ter um carro perfeito nos mínimos detalhes, então você precisa conhecer os serviços da Campos Detailing Se você faz questão de ter um carro perfeito nos mínimos detalhes, então você precisa conhecer esse tipo de serviço, para poder valorizar o seu carro até na hora de vendê-lo. Atualmente, o trabalho de estética automotiva é chamado de detailing, palavra inglesa que pode ser traduzida como detalhamento, serviço que vai de uma simples lavagem ao martelinho de ouro, e até uma restauração mais profunda. Uma empresa especializada em detailling é a Campos Auto Detailing, que esta no mercado americano desde 1997, na cidade de Milford (MA).

Ronaldo Campos é o proprietário da empresa, e explica que detailling é um conceito e está relacionado às expectativas de cada cliente. Com grande experiência de mercado, Ronaldo começou a trabalhar com 14 anos neste mesmo ofício, e também na parte de Auto peças e som automotivo, o que lhe fez expert em tudo o que diz respeito a automóveis, e isto lhe deixa muito orgulhoso do seu negócio. No ano de 1992, Ronaldo resolveu se mudar para os Estados Unidos, e quando ele chegou aqui, ele logo arrumou emprego na sua área e até hoje ele se dedica com muito afinco em aprender as novidades que surgem no mercado, assim poden-

do oferecer um serviço diferencial para os clientes fiéis que ao longo dos anos, se tornaram amigos. Ronaldo sabe agradar até mesmo os clientes mais exigentes, e ele fala: “Há dois tipos de clientes: os full detailing, que são exigentes e nunca estão contentes, e os detailers, que sempre enxergam alguma imperfeição para poder corrigir, pois gostam de andar com o carro bonito”, afirma ao comentar que há ainda aqueles que pouco se incomodam com a aparência do carro e, quando precisam, fazem apenas uma lavagem simples. Serviços O detailling se caracteriza, no entanto, pela qualida-

de do resultado. Segundo Ronaldo, os serviços mais solicitados são de polimento de pintura e higienização interna, além de lavagem a vapor, espelhamento e vitrificação. Espelhamento é uma técnica de polimento e proteção que transforma superfícies imperfeitas em espelhadas, por meio de um processo que deixa a pintura totalmente plana, sem holografia e riscos. Já a vitrificação é uma forma de proteger a pintura com utilização de produtos de marcas premium que criam uma película sobre a pintura de alta resistência ao clima, raios UV, fezes de aves, seivas vegetais e, ao mesmo tempo, proporcionam mais brilho e maior profundida-

de à cor. São processos mais detalhados que a cristalização. A higienização interna é feita com vapor gerado pelo aumento da temperatura da água e utilizado em alta pressão. Dessa forma, é possível limpar o carro sem a necessidade de produtos químicos que podem ser agressivos ao material. Essa técnica limpa profundamente carpetes, teto e revestimentos de bancos e painéis de porta, seja de tecido ou couro. “Quando a limpeza é feita com vapor, não há desgaste do revestimento de tecido ou de couro, pois a sujeira é removida sem a necessidade de esfregar essas partes. A secagem total ocor-

re em aproximadamente três horas após o serviço, evitando a umidade e garantindo a eficácia da higienização”, diz Ronaldo. Entre os detailers, esses são apenas alguns dos serviços oferecidos entre diversos outros como: som automotivo, remote start, insulfilm ou (window tinting), alarmes, peças automotivas, martelinho de ouro, polimento de farol, limpeza e hidratação de bancos de couro. “O negócio é deixar o carro até melhor do que quando saiu da fábrica, e profissionais qualificados nós temos aqui para poder te oferecer um resultado que você espera, ressalta Ronaldo.”


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

7 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


8

10 A 16 DE MAIO DE 2019

ESPECIAL

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Viver como um preso: a nova proposta do turismo na Flórida

“os usuários estariam participando de uma espécie de acampamento e as pessoas teriam que trazer todo o necessário para passar uma noite aqui” Fotos: Reprodução

Anúncio postado na plataforma Airbnb para ver se realmente haveria interessados em se hospedar na antiga penitenciária por US$ 100 a noite na “cela” Miami, 28 set (EFE).Viver a experiência de ser um detento, pelo menos por um dia e sem qualquer consequência real na Justiça, é o que o empresário Geronimos Dimitrelos propõe aos turistas que visitam a cidade de Vero Beach, na Flórida, no sul dos Estados Unidos. Recentemente, Dimitrelos comprou em um leilão público o antigo presídio do condado de Indian River, que foi fechado pelo estado em 2012 por falta de orçamento. Em princípio, o empresário quer transformar o local na sede da Algae to Omega, sua empresa dedicada à pesquisa científica de algas marinhas para os mercados da nutrição, beleza e saúde. No entanto, agora também cogita usar o

lugar para hospedagem e até para fazer da antiga penitenciária um set de filmagem. Espaço não falta para desenvolver essas e outras ideias que surjam. Divididos em um terreno de mais de 40 hectares estão 17 prédios que chegaram a receber até 484 presos, vigiados por mais de 100 funcionários. “É muito importante continuar pesquisando as propriedades das algas e as capacidades que elas têm para melhorar a vida da sociedade, por isso acho que este lugar é perfeito para continuarmos desenvolvendo a nossa atividade”, explicou à Agência Efe o empresário. as Rob Goodman, um dos melhores amigos de Dimitrelos, teve a ideia de publicar um anúncio na

plataforma Airbnb para ver se realmente haveria interessados em se hospedar na antiga penitenciária por US$ 100 (cerca de R$ 320) a noite na “cela”. “Decidi fazer um teste e coloquei a oferta na internet. Tive várias solicitações, muito mais do que queríamos ter”, relatou. Diante da avalanche de pedidos, Goodman se viu obrigado a retirar o anúncio do ar, já que a antiga prisão, onde jovens com idades entre 14 e 18 anos cumpriram pena, ainda não estava preparada para acolher este tipo de experiência. Goodman disse que continua “recebendo contatos” de gente interessada em passar a noite em um presídio “para ter a sensação de ser um

preso”. “Até ex-detentos me escreveram pedindo para vir aqui com suas famílias e mostrar como era a vida dentro do presídio onde estiveram”, revelou Goodman, que trabalha com produção para cinema e TV. As celas conservam as mesmas camas, feitas de ferro, com a latrina e a pia, enquanto nas laterais dos corredores estão as únicas quatro com vista para a parte externa. Para tornar a cadeia um negócio, os novos donos, na verdade, não vão precisar cumprir com qualquer requisito legal já que, segundo Dimitrelos, “os usuários estariam participando de uma espécie de acampamento e as pessoas teriam que trazer todo o necessá-

rio para passar uma noite aqui”. Algumas áreas do complexo penitenciário estão praticamente intactas, como a biblioteca e a enfermaria, que preserva algumas macas e aparelhos médicos. Poderia ser o lugar perfeito para rodar um filme de terror pelo ambiente assustador e, por vezes, macabro, e é justamente por isso que alguns estúdios já entraram em contato com eles “para transformar o lugar em um parque temático de horror”. “Algumas produtoras também estão interessadas em rodar aqui e isso é incrível”, acrescentou Goodman, enquanto mostrava, orgulhoso, alguns dos espaços mais característicos do lugar. Apesar da popularidade, tanto ele quan-

to o diretor-geral da Algae to Omega insistem que o objetivo principal da compra do imóvel é transformá-lo em um centro de pesquisas científicas pioneiro no mundo, “um negócio multimilionário”. “Levamos muito a sério todas as propostas recebidas, mas nossa prioridade é o desenvolvimento da companhia”, ressaltou. Por isso, o também cineasta adiantou que, no momento em eles que encontrem “o equilíbrio” para desenvolver as duas atividades, começarão a alugar as celas para aqueles que queiram passar uma noite na prisão. Créditos: Antoni Belchi. UOL


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

9 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

10

BELEZA

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

FLÁVIA LEAL

FLÁVIA LEAL INSTITUTE Empresária do setor de estética & Beleza

www.flavialeal.com

Esmaltes 3 ou 5 Free: Entenda a Diferença

Esses esmaltes são livres de certas substâncias que causam alergias ou irritações na pele

Muitas de vocês já devem ter se deparado com rótulos de esmaltes com a descrição “3, 5 ou 7 free”. Você sabe o que isso quer dizer? Esses esmaltes são livres de certas substâncias que causam alergias ou irritações na pele. Os sintomas mais comuns causados por alergia a esmaltes é vermelhidão e coceira no pescoço, rosto e mãos, inchaço nas pálpebras ou coceira nas cutículas. O tratamento mais comum é feito com antialergicos vendidos sem receita, porém em casos mais graves é necessario procurar atendimento medico urgente.

Esmaltes 3 free Não contém a substância chamada DBP (formaldeído + toluenol + dibutilftalato), que são geralmente usados para ajudar na fixação, durabilidade e brilho dos esmaltes.

Esmaltes 5 free Além de ser livre das três substâncias (DBP), ele também não possui em sua composição a resina e a cânfora.

Esmaltes 7 free Não possuem dibutilftalato, toluenol, formaldeído, formaldehyde resin (resina de formaldeído), cânfora, petrolato e outros conservantes. Como saber se tenho alergia ou não? Uma pessoa alérgica a essas substâncias vai notar assim que utilizar ou manter o uso contínuo do esmalte. Alem dos sintomas citados acima, a alergia a esmaltes pode também fazer com que as unhas fiquem finas e frágeis, ou descamadas. Vale lembrar que a cada vez que você tiver uma

reação alérgica e insistir em usar o que causou a alergia, a reação ao alergênico será pior. Caso você perceba qualquer um dos sintomas acima, procure um dermatologista e evite o uso do esmalte imediatamente. Esses esmaltes possuem menos qualidade? Muito pelo contrário: Esmaltes sem estes ingredientes não necessariamente duram menos ou têm pouca qualidade. Possuem a mesma qualidade e durabilidade que um esmalte comum, porém são considerados e chamados hipoalergênicos.

Saiba mais flavialeal.com Na maioria das vezes são mais caros, mas ainda podemos encontrar algumas marcas oferecendo a mesma qualidade por um precinho mais atrativo, como é o caso da nossa marca:)


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

11 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


12

10 A 16 DE MAIO DE 2019

GUIA BOA MESA

Edição # 743 - WWW.JORNALASEMANA.COM

Oasis Restaurante & Oasis Bakery

373 Main Street - Medford, MA 02155 781.396.8337 / 781.396.8303

O tradicional nome Oasis de Medford oferece um restaurante com BBQ, bar completo e também uma padaria lanchonete ao lado. A clientela fiel a opção de uma tradicional churrascaria brasileira seguindo os conceitos de qualidade com excelentes produtos e preços baixos. O ambiente agradável com espaço aconchegante e atendimento personalizado logo atraiu uma grande clientela brasileira e americana ampos abertos ate as 10pm.

Escolha ideal para cozinha brasileira

318 Court St. Plymouth, MA 508-830-6802

No Rio Brazilian Steakhouse, saborei em um buffet em nossa fantástica culinária brasileira. Com a cozinha aberta você pode ver seus pratos sendo preparados e cozidos sobre a nossa grelha e nossos servidores trarão espetos com carnes nobres diretamente à sua mesa. Se está fazendo um evento chame os especialistas em catering do Rio Brazilian Steakhouse para serviços de catering excepcionais! Você pode levar a tradicional experiência brasileira de rodízio

Picanha na chapa é no Central Grill

315 Main St. Woburn, MA 01801 (781) 281-1652

Central Grill serve autênticos pratos brasileiros em um ambiente relaxante e confortável. Uma experiência gastronômica com o melhor da comida brasileira oferecendo pratos exclusivos como o Picanha na tábua ou o Churrasco Misto, bife a cavalo, costeletas de porco, peito de frango e muita mais. Aberto para almoço e jantar todos os dias com Buffet completo. (jantar, take-out e entrega) Venha com a família e os amigos.

Terra Brasilis 14 anos de tradição

480 Shrewsbury St, Worcester, MA (508) 752-0390

Quem não gosta de relembrar os sabores brasileiros tendo um cardápio especialmente elaborado? Se a comida tiver ingredientes mineiros e um mix de sabores, melhora ainda. Com dois restaurantes em Framingham, Bridgeport(CT) e agora também em Worcester o rede Terra Brasilis tem um cardápio específico para cada dia da semana, com 60 funcionários treinados para um atendimento personalizado. Venha conferir!

Brazilian Grill-Hyannis & N.Dartmouth

680 Main Street - Hyannis, MA 464 State Rd.-N.Dartmouth, MA

A churrascaria Brazilian Grill de Hyannys e N.Dartmouth (MA) reúne o melhor da comida mineira, churrasco gaúcho e o típico tempero brasileiro, com centenas de opções. Ambiente estrategicamente planejado, carnes selecionadas, equipe treinada e clima brasileiro do mais alto padrão. Os restaurante já são referência na região, a primeira churrascaria foi inaugurada há 16 anos em Hyannis (MA). Reservas (508) 771-0109

Mineiros Bar e Steak House

371 Union Street - Rockland, MA 02370 (781) 421-3454

No Mineiros Bar e Steak House você vai saborear um delicioso churrasco e aquela comida tipicamente caseira. Venha e traga sua família para curtir momentos agradáveis em um ambiente aconchegante, com bar completo e telões ligados na programação brasileira. Desde já convidamos você para vir conhecer de perto o que ingredientes gastronômicos refinados agregados à experiência no ramo da culinária têm a oferecer.

Panela de Barro é comida caseira

229 Newton St, Waltham, MA (781) 209-1888

Para você que adora comida caseira então venha conhecer o ‘Panela de Barro’, servindo a comunidade brasileira desde 2000 tem como objetivo em oferecer aos seus clientes a qualidade e o sabor tradicional da comida mineira. Ambiente familiar com um Buffet e churrasco todos os dias da semana, sucos naturais, refrigerantes e uma variedade de sobremesas. Venha se juntar a nós para o almoço ou jantar e matar a saudade de Minas.

Royal Catering sua festa em boas mãos

1268 BROADWAY - SAUGUS 01906 (617) 804-7477

Royal Taste Catering é uma empresa especializada em celebrações familiares, casamentos formais e grandes eventos corporativos, café da manhã, almoçar e jantar. Certificamos de que cada detalhe da sua próxima reunião, festa ou evento seja organizada com profissionalismo de alta qualidade. Colocamos todos os nossos esforços para satisfazer os nossos clientes e certifiquemos de que nossos clientes estejam 100% satisfeitos.


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

13 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

14

BRASIL A 2ª década perdida da economia brasileira O Brasil crescerá em torno de 1% pelo 3º ano seguido. Depois de enfrentar duas quedas consecutivas de 3,5% em 201516. O que está acontecendo? O Brasil crescerá em torno de 1% pelo 3º ano seguido. Depois de enfrentar duas quedas consecutivas de 3,5% em 2015-16, não é exatamente uma recuperação invejável. Na história recente brasileira, a média de crescimento pós-recessão foi de 4,2%, enquanto que, neste ciclo, estamos testemunhando uma taxa ao redor de 1%. O gráfico acima é chocante per se. Existem inúmeros motivos conjunturais para

tentar explicar resultado tão pífio do lado da demanda, como a nova desaceleração da Argentina, greve dos caminhoneiros, freio de mão por conta das incertezas eleitorais, Lava-Jato, contração dos recursos parafiscais do BNDES, etc. Mas, o corolário desse gráfico é ainda pior. Como aprendemos em Economia 101, se a demanda está crescendo acima da oferta, o preço sobe. O inverso é verdadeiro. Portanto, o des-

vio da inflação em relação à meta pode nos ser útil para descobrirmos se estamos crescendo mais ou menos do que nosso potencial. A análise da taxa de desemprego também poderia ser útil, mas nesse caso, existem outras forças independentes do ciclo econômico que podem mover a oferta de mão de obra, principalmente aquela fração que está à margem da PEA e decidiu voltar a procurar emprego. Isso afe-

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006 taria o desemprego sem ter um sinal inequívoco sobre o PIB vs. o potencial. Fiquemos com a inflação. Como disse acima, e a literatura econômica é recheada de evidências, se o hiato está aberto (PIB efetivo &gt; PIB potencial), a inflação deve subir em relação à meta (lembram-se da lição de Economia 101?). O inverso é verdadeiro. Podemos usar teses sobre fricções e rigidez de preços para questionar alguns casos em que isso não ocorre, mas deixaria o tema mais complexo e fugiria ao escopo desse artigo. Ao longo do período da recessão de 2015-16, a parte da inflação mais sensível ao ciclo econômico simplesmente desabou. Saiu do patamar de 9-10% para 3%. O IPCA não teve um comportamento tão longe, saindo da faixa de 11%, minguando abaixo de 3% e mais recentemente voltando para o patamar de 4%. A análise sobre a taxa de inflação nesse período de crescimento pífio (2016-2018) diz muito sobre as entranhas da economia brasileira. Para simplificar, ir di-

reto ao ponto e expurgar alguns choques que ocorreram nesse triênio, vou ignorar que a inflação veio abaixo de 3% e que voltou a bater 4,5%. Na média ficou em torno de 3,7%. Portanto, sensivelmente abaixo da meta de 4,5% (ou mesmo de 4,25%). Vamos parar pra pensar. Se a demanda no Brasil cresceu tão pouco, porque a inflação não continuou caindo? Porque ela caiu até a faixa dos 3,5% e ficou? Se quiser ser detalhista, porque ela cedeu até os 3% e depois voltou pra perto dos 4% mesmo com a demanda tão fraca? Nossa tese é: a economia brasileira abriu um hiato de cerca de 4-4,5% nos últimos 5 anos, com forte destruição de capital físico, humano e tecnológico. E o resultado disso é uma queda da taxa de crescimento do produto potencial da economia para cerca de 1-1,5%. Portanto, estamos crescendo nesse triênio exatamente o nosso potencial, o que faz com que a inflação pare de se distanciar da sua meta (repare no gráfico como tivemos uma fortíssima desaceleração da

inflação e ela parou de se distanciar da meta ali pelo final de 2017), mas tampouco tenha forças para voltar para a mesma uma vez que aquele hiato aberto nunca mais foi fechado. A derivada do hiato importa, mas o nível também importa. Para responder a pergunta inicial do artigo, “o que está acontecendo?”, a resposta é simples: Nada. Estamos apenas seguindo a trajetória do que é possível, dadas as nossas possibilidades físicas e humanas. Não é mais possível crescer, como em outrora, na base do estímulo de demanda e do uso dos recursos disponíveis de maneira artificial. A China tampouco será fonte adicional de surpresas positivas. Para não termos a 3ª década perdida em 50 anos, precisamos de muitas reformas do lado da oferta. Do jeito que está, continuaremos batendo a cabeça no teto, que está cada vez mais baixo ou poderemos até voltar a crescer com a morfina dos estímulos públicos e o resultado é um velho conhecido que não morreu, mas está hibernando, a inflação.


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

15 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


16

10 A 16 DE MAIO DE 2019

IMIGRAÇÃO

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Jovens de origem hispânica querem patrulhar fronteira dos Estados Unidos

A política migratória do governo Trump não afasta latinos do trabalho de impedir a entrada de imigrantes ilegais em solo americano Eles chegaram usando sapato e camisa, botas de vaqueiro e jeans, sandálias e bermudas. Alguns trabalhavam no varejo, outros como cozinheiros e garçons, e muitos tinham servido no exército. No dia 13 de abril, mais de 150 homens e mulheres - a maioria de origem hispânica - foram ao quartel-general da Patrulha da Fronteira dos Estados Unidos, no Vale do Rio Grande, sul do Texas. Era um evento de recrutamento para o setor mais movimentado da agência.

no local. Pouco mais rente de um demorada metade dos agen- do processo de verifites é de origem hispâ- cação de antecedentes nica. Faz gerações que testes com detectores o trabalho na Patru- de mentiras que lelha da Fronteira tem vam muitos candidasido uma estável ocu- tos a buscar outras alpação oferecendo um ternativas. A Patrulha salário de classe mé- da Fronteira tem agodia para famílias ame- ra aproximadamente ricanas de origem me- 19.500 agentes, cerca xicana. “Basicamente, de 1.800 a menos do é o emprego mais pro- que o número previscurado no vale”, dis- to pelos recursos do se Andrew Canales, congresso. Assim, a 22, nascido e cresci- Patrulha da Fronteido na região. “O sa- ra ampliou as inicialário é bom”, comple- tivas de recrutamento tou a namorada dele, em todo o país, prinSavannah Reyna, 19. cipalmente no sul do Texas, onde e realizaDesde quando assu- da uma ampla campamiu o cargo, o presi- nha de marketing. dente Trump buscou A Patrulha da Fron- reforçar a fronteira Os anúncios de teira e a agência da sul com mais cercas e contratações são puqual ela faz parte, Pro- policiamento mais in- blicados no Instagram teção da Fronteira e tensivo. Ele assinou e no Twitter, e a agênAlfândega, têm sido uma ordem prevendo cia investiu no cultivo amplamente criticadas a contratação de 5 mil de boas relações para por implementar algu- novos agentes da Pa- mostrar seu papel de mas das políticas de trulha da Fronteira, integrante da comuniimigração mais rigoro- mas a agência enfren- dade do vale, não muisas do presidente Do- ta problemas para re- to diferente da estranald J. Trump: limitar crutar e treinar agen- tégia usada por redes o número de solicita- tes, principalmente locais de supermercações de asilo proces- nos trechos mais re- dos e bancos. sadas diariamente e, motos dos 3.100 quia partir do ano passa- lômetros da fronteira O Vale do Rio do, separar membros com o México. O pro- Grande continua sende uma mesma famí- cesso de contratação do o principal ponlia. Mas essa não é a pode levar quase um to de entrada não aunarrativa dominante ano, lentidão decor- torizada nos EUA,

com mais de 78.900 membros de famílias e 42.300 adultos apreendidos desde 1.º de outubro. Lá, onde a renda média dos lares é de apenas US$ 37 mil anuais, a agência se tornou um importante fator para impulsionar uma economia que também depende muito do comércio com o México, além da agricultura e do turismo. “Se tivermos 3 mil agentes da Patrulha da Fronteira aqui no sul do Texas, isso significa pelo menos 2.500 lares comprados, e provavelmente 5 mil veículos”, disse Rick Cavazos, agente aposentado e atualmente prefeito da cidade de Los Indios, na fronteira. O expressivo comparecimento na feira de empregos da Patrulha da Fronteira parecia sinalizar que a agência goza de apoio nessas comunidades fronteiriças, onde a maioria do eleitorado é democrata. A região foi muito afetada pelo aumento no número de imigrantes chegando da América

Central, mesmo com a agência reforçando a segurança e atraindo críticas de alguns grupos. Um magro venezuelano de 19 anos, Michael Giambra, que vive em Edinburg, disse ganhar US$ 8 por hora trabalhando no drive-thru de uma lanchonete. Uma recrutadora veterana da agência, Maria Guerrero, frequenta a lanchonete, e tem conversado com Giambra há meses. Durante uma visita tardia para buscar o jantar, ela o convidou para a feira de empregos e, para surpresa dela, ele compareceu. “Sei que, antigamente, trabalhar na Patrulha da Fronteira era um ótimo emprego - um salário decente para proteger nosso país”, disse Giambra depois de entregar sua documentação. “Agora a organização é criticada pelos mesmos motivos. Por razões políticas”. Jason Castro, 19, disse que a mãe o incentivou a participar da feira de empregos depois de ver uma pu-

blicação de Maria no Facebook. Castro, que trabalha em uma loja de roupas, disse que muitos de seus parentes trabalharam com policiamento e ele queria fazer o mesmo. As etapas para receber um distintivo incluem um longo período na Academia da Patrulha da Fronteira, no Novo México. Então há testes e treinamento adicional em um campo perto da fronteira. Giambra disse acreditar que conseguirá a aprovação - desde que se dedique aos estudos. Em relação aos exames posteriores ao treinamento, um recrutador disse que os candidatos a agentes têm mais dificuldade com a prova de direito e imigração. Mas Giambra imagina que terá tempo para dominar a matéria. Se a recompensa for um emprego com futuro, ele está disposto a tentar. “Seu empregador é o governo federal americano”, disse. “Não é um trabalho em uma lanchonete qualquer.”


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

17 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

18

PUBLICIDADE

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

ALTO ASTRAL FIQUE DE BEM COM A VIDA ELIANA BARBOSA Escritora / Apresentadora

www.elianabarbosa.com.br

{

CULPA

Você acredita que uma pessoa que se sinta culpada pelos erros passados pode ser feliz? Pois eu creio que sim, desde que ela pegue suas culpas – verdadeiro lixo emocional – e as “envelope” no passado. Como fazer isso? Ao se sentir culpada e arrependida, é hora de começar o exercício do autoperdão, parando de se julgar com tanto rigor e de cobrar perfeição de si própria. Se você carrega culpas em sua história de vida, responda-me: Hoje você faria de novo aquilo que o faz se sentir culpado? Não? Então, desfaça-se da arrogância de querer ser perfeito, e lembre-se de que já é uma pessoa melhor. O autoperdão e o reconhecimento de que ainda somos imperfeitos são caminhos para uma vida mais feliz! Errar faz parte da natureza humana, e a grandeza está em reconhecer os próprios erros, saber pedir perdão e buscar uma trajetória em que você mesmo saia da sua frente e pare de atrapalhar seu crescimento pessoal e profissional. É isso mesmo! A pes-

TERRÍVEL SENTIMENTO DO PASSADO

soa com culpas no coração, pela necessidade de se autopunir, vive doente, não prospera financeiramente, convive mal com os familiares, atrai acidentes, afastando tudo o que pode ser bom para ela, pois, de forma inconsciente, acredita que não merece viver bem e, assim, não se permite ser feliz. E o pior: por nunca estar bem consigo mesma, não consegue fazer nada pela felicidade dos outros também! As doutrinas reencarnacionistas explicam, com sabedoria, o sofrimento presente como o pagamento de dívidas ou erros de vidas passadas. Porém, o grande perigo é que muitas pessoas se apegam tanto às culpas do passado, que perdem a chance de viver um presente com qualidade, união familiar, saúde física e emocional, e, sobretudo, com gestos de generosidade com o próximo atitudes que são muito mais produtivas na remissão de suas culpas. O que passou você não pode mudar, mas você pode fazer muito melhor agora. E este

poder interior que faz parte de seu ser só poderá se manifestar a partir do momento em que você virar as costas para o passado e assumir seu papel de senhor do seu destino, do seu presente e do seu futuro, capaz de contribuir, com seus talentos e boa-vontade, para a evolução deste magnífico mundo em que você vive. Afinal, o tempo é um tesouro precioso que você tem hoje, agora, e é neste momento que a vida acontece de verdade, oferecendo maravilhosas oportunidades de acertos, vitórias e muito sucesso! Como bem disse o notável médium espírita brasileiro Chico Xavier (1910-2002), “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” Portanto, cabeça erguida, sentimentos renovados e muita alegria em seu coração, porque a prosperidade e a felicidade só se manifestam a partir de mentes e ambientes alegres e positivos!

Eliana Barbosa é life coach, psicoterapeuta, articulista de jornais e de revistas de circulação nacional e internacional, autora de vários livros no campo do autodesenvolvimento, apresentadora de programas em TV e rádio, e ministra palestras e cursos transformacionais no Brasil e nos Estados Unidos.

19 Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MAIO DE 2019

20

PUBLICIDADE

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


10 A 16 DE MAIO DE 2019

21

MUNDO

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Alemanha investiga possível seita por trás de mortes misteriosas com armas medievais Cinco pessoas, fãs do mundo medieval e de alquimia, foram encontradas mortas, algumas vítimas de flechas disparadas por uma besta Foto: Reprodução / Internet

A polícia da Alemanha investiga uma pista envolvendo uma seita para explicar a morte misteriosa de cinco pessoas, algumas delas vítimas de flechas disparadas por uma besta, que provavelmente se conheciam e eram fãs do mundo medieval e de alquimia.

Autoridades alemãs retiram um corpo de casa no norte do país

Um dos mortos, Torsten W., um homem de 53 anos encontrado com flechas no crânio e no corpo, tinha uma loja de objetos medievais em Hachenburg, no oeste do país, chamada “Milites Conductius” (“conduta de soldado”, em latim). Na loja ele vendia punhais, espadas, capacetes de armadura e hidromel, uma das primeiras bebi-

das alcoólicas conhecidas. A vítima, que tinha uma longa barba branca, também organizava sessões de combate com espadas. Em um dos braços tinha tatuagens de símbolos de alquimia, uma prática medieval. Os investigadores tentam determinar se os clientes habituais da loja estão envolvidos nas mortes e quais eram as relações entre as vítimas. O jornal Bild afirmou que todos os mortos eram membros de uma liga de torneios de cavaleiros e de combates medievais. A polícia realiza buscas em dois locais. O primeiro deles, um albergue em Passau, na Baviera, onde foram encontrados três corpos

no fim de semana com flechas nos corpos. O segundo, a 600 km de distância, é o apartamento em Gifhorn, na Baixa Saxônia, de um das três vítimas do albergue, onde os corpos de duas mulheres foram encontrados na segunda-feira. Os resultados preliminares das necropsias de Passau, divulgados pela polícia da Baviera, mostram que duas das três vítimas do albergue morreram atingidas por flechas no coração. Os dois mortos, segundo os exames, eram um homem de 53 anos e uma mulher de 33 anos, que estavam com roupas pretas e tinham piercings. Ambos estavam na cama, de mãos dadas.


22

ESPORTE

10 A 16 DE MAIO DE 2019 Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Neymar é suspenso por três partidas por soco em torcedor depois da final da Copa da França Punição começa a valer na próxima semana, e craque brasileiro pode entrar em campo contra o Angers A Federação de Futebol da França (FFF) anunciou nesta sexta-feira que a Comissão Disciplinar puniu Neymar com três jogos de suspensão pelo soco que deu num torcedor depois da final da Copa da França, em 27 de abril passado, quando o Paris Saint-Germain perdeu nos pênaltis para o Rennes. A sanção começa a valer somente a partir da segunda-feira da próxima semana, deixando o brasileiro liberado para entrar em campo pela última vez na temporada neste sábado, contra o Angers, pela 36ª e an-

tepenúltima rodada do Campeonato Francês. Neymar ficará fora das duas rodadas finais da competição nacional, diante do Dijon, em casa, e Reims, fora, e da Supercopa da França, em 3 de outubro, na China. O PSG anunciou que vai recorrer da punição por considerar severa demais, justificando a reação do craque pela provocação do torcedor a ele e outros jogadores do time. Em desacordo com a reação do clube, o técnico Thomas Tuchel disse em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira que é preciso aceitar a sanção. Nesta sexta-feira,

Neymar também apresentou recurso contra a suspensão de três partidas na Liga dos Campeões da próxima temporada, anunciada pela Uefa em 26 de abril passado. O atacante foi punido por insultar a arbitragem em sua conta do Instagram depois da marcação do pênalti com auxílio do VAR que determinou a eliminação do PSG da Champions pelo Manchester United. Lesionado na época, o brasileiro assistiu à partida nas tribunas do Parque dos Príncipes. A data para avaliação final da sanção ainda não foi marcada.

Foto: Reprodução / Instagran

Paris Saint-Germain reuniu vídeos e provas que mostram que o atacante foi provocado


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

23 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


24

POLICIA

10 A 16 DE MAIO DE 2019 Edição # 744 Edição # 540 WWW.JORNALASEMANA.COM asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Autoridades do México prende imigrantes da América Central que tentam entrar nos EUA Mais de 500 pessoas, que fazem parte de caravanas, foram paradas na fronteira mexicana com a Guatemala depois que Trump fez pressão para a repressão aumentar no país vizinho Foto: Reprodução

Polícia mexicana prende centenas de imigrantes ilegais rumo aos EUA A polícia mexicana prendeu centenas de imigrantes ilegais que fazem parte das caravanas que partem de países da América Central e tentam chegar aos Estados Unidos. A criança é o centro de um cabo de guerra entre a força da polícia e o desespero de uma mãe. Mais de 500 pessoas foram presas. “Nos ajudem! Se volto pra casa, matam meu filho”, grita uma mulher. É gente pobre da América Central. Os imigrantes formam caravanas e caminham rumo ao norte pra chegar aos Estados

Unidos. Antigamente, só tinham problema na fronteira americana. Quando o novo presidente mexicano, Andres Manuel Lopez Obrador assumiu, em dezembro, inclusive concedeu mais de mil vistos humanitários, para que essas pessoas pudessem entrar no México. Só que, nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump reclamou. Em fevereiro, aumentou o número de pessoas que chegavam na fronteira pra pedir asilo. E Washington começou a fazer pressão para que a repressão voltasse com

força no vizinho do sul. As prisões acontecem logo no estado de Chiapas, bem ao sul do México, na fronteira com a Guatemala. De acordo com a polícia mexicana, mais de 7.500 pessoas estão presas só ali. Quem consegue escapar da polícia, continua a marcha. Se embrenha na mata. É mais difícil empurrando um carrinho de bebê. Laura Flores, de Honduras, pede: “Deixenos ir em paz. Estamos sofrendo com nossas crianças por um futuro melhor. Não é justo que nos cortem as asas”.


10 A 16 DE MAIO DE 2019

25

POLICIA

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM Foto: Reprodução

Para acessar dados de localização, as autoridades precisam exibir um mandado chamado “geofence”

Polícia tem usado histórico de localização do Google para rastrear suspeitos Reportagem do NYT revelou que consultas policiais ao banco de dados de localização de dispositivos móveis saltou nos últimos meses É notório que o Google tem acesso às informações de localização dos usuários de dispositivos Android. Por isso a polícia tem recorrido a esse arsenal de dados para ajudar na condução de investigações criminais nos Estados Unidos. As informações foram divulgadas por fontes sigilosas da empresa ao The New York Times no sábado. Segundo o veículo, as consultas policiais ao banco de dados de localização de dispositivos móveis (conhecido internamente como Sensorvault) do Google aumentaram significativamente nos últimos seis meses. Existente há quase uma década, o banco de dados concentra registros de localização de milhões de telefones em todo o mundo, que são fornecidos a autoridades de vários países mediante apresentação de mandados de busca. A partir do Sensorvault, seria possível restringir dispositivos

situados em uma determinada localização geográfica em período específico. A reportagem do NYT aponta que esses dados foram utilizados pela primeira vez por agentes federais em 2016 nos Estados Unidos, de modo que o Google chegou a receber 180 pedidos deste procedimento em uma semana. Para acessar dados de localização, as autoridades precisam exibir um mandado chamado “geofence”. Assim, as autoridades apresentam ao Google o mandado com intuito de identificar smartphones que estariam próximo ao local do crime. Posteriormente, a companhia levanta informações no Sensorvault e compartilha dados com os investigadores sem identificar os nomes dos proprietários dos dispositivos. Esses dados, então, são analisados pelas autoridades e quando determinados dispositivos são atrelados a uma atividade suspeita, o Google deve fornecer o nome

real, endereço de e-mail e outras informações relacionadas aos dispositivos específicos. Fontes do Google enfatizaram ao NYT que nem sempre o método mostrou-se eficaz na solução de crimes, já que resultou na acusação e prisão de inocentes que foram localizados próximos a cenas de delitos. É o caso de um homem que chegou a ficar preso equivocadamente por uma semana no ano passado em uma investigação de assassinato e depois foi liberado quando autoridades identificaram outro suspeito. Dessa forma, o Sensorvault endossa a discussão sobre coleta e privacidade de dados dos usuários e esbarra inevitavelmente na possibilidade da tecnologia comprometer inocentes. Uma vez que uma mesma pessoa pode fazer múltiplos logins em dispositivos Android, o banco de dados não garante a exatidão dos registros.


26

10 A 16 DE MAIO DE 2019

POLICIA

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM

Mulher ajuda imigrantes em rodovia no Texas e acaba detida Polícia a prendeu por dar água e comida a jovens que tinham cruzado fronteira ilegalmente Foto: Reprodução

“Tenho dois filhos adolescentes”, disse Todd. “Um de 17 e outro de 15, e ele parecia muito”. “Eu sinceramente não acho que fiz alguma coisa errada: parei para ajudar uns garotos”, disse Todd, 53, que é advogada da Prefeitura de Marfa, no Texas, e secretária de Justiça do Condado de Jeff Davis, um cargo eleito. “Foi muito transformador para mim, para ser bem franca. Ter dedicado minha vida ao serviço público, e então ser detida e investigada como se fosse uma contrabandista de pessoas. Toda a coisa foi muito, muito surreal. Parecia ‘Além da Imaginação’.” Agentes federais na fronteira em alguns casos trabalham em co-

nexão com abrigos sem fins lucrativos e voluntários para coordenar a logística de moradia e transporte de migrantes em cidades de fronteira que recentemente foram libertos pela Patrulha de Fronteiras. Mas com frequência os voluntários que ajudam os migrantes ilegais antes que entrem em custódia são tratados de modo muito diferente. Para Todd, começou por volta das 22h de 27 de fevereiro, perto da comunidade de Marfa, no deserto. Todd estava ocupada naquela noite: tinha participado de uma reunião de planejamento e zoneamento na Prefeitura de Marfa,

teve um jantar tarde no Hotel Saint George e estava voltando para casa na cidade próxima de Fort Davis. De repente, um rapaz de camisa branca saiu correndo de uma vala e acenou para ela. “Tenho dois filhos adolescentes”, disse Todd. “Um de 17 e outro de 15, e ele parecia do mesmo tamanho do meu mais moço, e eu literalmente pensei: ‘Meu Deus, ele parece esse Virei o carro e voltei, porque não posso deixar um menino como aquele na beira da estrada.” Ele era um pouco mais velho, como ela soube depois, e com seus irmãos começaram a lhe contar o tinha acontecido.


27 27 27

10 A 16 DE MAIO DE 2019

BIZARRAS

Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Após fazer sexo oral no parceiro, mulher sofre choque anafilático e é hospitalizada Foto: Reprodução/Facebook

Homem, que havia tomado vacina de amoxicilina clavulânica, transmitiu substância que provocou alergia na companheira Uma mulher não identificada deu entrada no Hospital em Alicante, na Espanha, depois de fazer sexo oral no parceiro. De acordo com o site americano Fox News, a mulher vomitava muito e estava entrando em estado anafilático. Apesar de a paciente ser alérgica a penicilina, ela não havia tomado medicamento com a substância. Aos médicos o homem afirmou que teve

uma infecção de ouvido na noite anterior e precisou tomar uma vacina de amoxicilina clavulânica, uma forma de penicilina. Caso gera alerta - Segundo especialistas do Hospital Geral Universitari d’Alicant, o medicamento fez o caminho até o sêmen do parceiro e chegou ao organismo da moça após o ato sexual. Reportado no British Medical Journal Case

Reports, a médica Susana Almenara fez um alerta aos casais para o uso de camisinha durante o sexo oral, quando um dos parceiros passa por tratamento com substâncias semelhantes ao ilustrado. Segundo a doutora Almenara, este é o primeiro caso noticiado de choque anafilático induzido por amoxicilina em uma mulher depois de ter contato com um homem em tratamento.

A mulher não havia tomado remédio com penincilina


28

10 A 16 DE MAIO DE 2019

FAMOSOS

Edição # 613 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006

Lúcio Mauro morre aos 92 anos no Rio de Janeiro

Ator e comediante enfrentava problemas respiratórios e estava internado há quase quatro meses O ator Lúcio Mauro morreu no sábado, 11, aos 92 anos. Ele estava internado há quase quatro meses na Clínica São Vicente, na zona sul do Rio de Janeiro. O filho e também ator Lúcio Mauro Filho publicou nas redes sociais que seu pai morreu por volta das 22 horas. Prestou homenagem, falou sobre seu trabalho e destacou com orgulho ter atua-

Lúcio Mauro Ator, comediante e humorista

Lúcio Mauro Filho posta foto marcante do pai Foto: Reprodução

Lúcio Mauro Filho no velório do pai Lúcio Mauro Filho postou uma foto marcante do humorista Lúcio Mauro com Luiza Barbalho para fazer uma dupla homenagem ao casal. Na legenda, o artista falou sobre o pai e declarou seu amor. O registro compartilhado foi a última foto tirada antes de o comediante ter o Acidente Vascular Cerebral em 2016 que comprometeu sua saúde nos últimos três anos. O filho do casal homenageado atribuiu a responsabilidade dos cuidado. “Se ele resis-

tiu tanto tempo, foi graças ao amor e dedicação dessa mulher. Minha mãe lutou cada segundo desde então, para que a vida do papai tivesse a melhor qualidade possível. Foram quase 50 anos de amor e amizade”, escreveu. Apesar do sentimento de luto, Luiza estava serena, segundo o filho, que levou os netos para oferecer carinho a avó. Lúcio Mauro filho fez um texto afetuoso terminou com a seguinte frase: “Vamos seguir juntos essa estrada linda que papai pavimentou.”.

do ao lado do pai. O velório do artista será nesta segunda-feira, 13, aberto ao público, das 9h às 14h, no Teatro Municipal do Rio. “Meu amado pai serenou. Ele merecia esse descanso. Lúcio Mauro teve uma vida linda, uma carreira vitoriosa, 5 filhos, 5 netos, dois casamentos, com Arlete e Lu, duas mulheres fan-

tásticas que se tornaram amigas e mantiveram essa família unida. Papai foi um pioneiro, saiu do teatro de estudante lá no Pará, foi pro Recife, fez rádio, inaugurou a televisão no Nordeste e de lá, veio para o Rio de Janeiro pra se tornar um dos maiores artistas deste país. Me influenciou em tudo. O homem que sou, o artista, o pai de família, o ami-

go. Eu nada seria sem seus ensinamentos”, destacou Lúcio Mauro Filho em sua conta no Instagram. “As homenagens que ele recebe hoje são merecidas. Ele fez amigos até o fim da vida. Tivemos a oportunidade de trabalhar no teatro, na TV, na publicidade e no cinema. Ele se tornou amigo dos meus amigos. Uma vida de amizades e de amor à arte.


10 A 16 DE MAIO DE 2019

CLASSIFICADOS

29 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


30

DIVERTIR

10 A 16 DE MAIO DE 2019 Edição # 744 asemana@icloud.com Dept. Comercial: 617-417-6006


10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

31 Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM


32

10 A 16 DE MAIO DE 2019

PUBLICIDADE

Edição # 744 - WWW.JORNALASEMANA.COM

Profile for JORNAL A SEMANA

A SEMANA - The Brazilian Newspaper  

10 a 16 de Maio de 2019

A SEMANA - The Brazilian Newspaper  

10 a 16 de Maio de 2019

Advertisement