Issuu on Google+

M

Progresso e novas soluçþes em mais um PLC – Produtividade, Liderança e Competitividade

114 115

A 7.ª edição do PLC realizou-se a 18 de outubro no Hotel Vila Galé              Phoenix Contact e a M&M Engenharia Industrial organizaram mais uma edição deste evento de referência em Portugal e que este ano adotou um modelo diferente: apresentação de soluções construídas com os produtos das 3 empresas.

        $% para as empresas. A M&M Engenharia Industrial centrou a sua introdução na apresentação de soluçþes e módulos que constituem a plataforma EPLAN e        '   

PLC – Produtividade, Liderança, Competitividade www.plcportugal.eu

REPORTAGEM

de projetos. Para a EPLAN, um software de projeto deve gerir e interligar todos os dados relativos ao mesmo, englobando o desenho esquemåtico de todas as åreas de engenharia (elÊtrica, )   %*  % equipamentos utilizados e respetivas datasheets, as normas utilizadas, os pa +    %  /   relatórios (lista de materiais, listas para a produção de cabos, bornes, listas de   %      *    -

62

mentos complementares ao projeto 0      %     dos e qualquer outra informação rele * 2 4/5 4  6  !O PLC – Produtividade, Liderança e

para quadros elĂŠtricos. O objetivo pas-

cida aplicação para o desenvolvimento

Competitividade fez, mais uma vez, jus

sa, ainda e sobretudo, por estarem

de esquema elĂŠtrico, possui valĂŞncias

ao nome, apresentando soluçþes para

mais prĂłximos dos clientes e dos seus

alĂŠm do desenho esquemĂĄtico. Esta

produzir mais e melhor com menor es-

parceiros de negĂłcio, e do prĂłprio mer-

aplicação facilita e automatiza as ta-

forço, reutilizando meios e eliminando

cado.

refas diĂĄrias de quem projeta, sendo

desperdícios. A organização apresen-

o esquema quase uma consequĂŞncia

tou um formato diferente, sem apre-

       as aplicaçþes da EPLAN. O EPLAN Fluid

tas de soluçþes reais construídas com

PROJETAR O QUADRO ELÉTRICO: PLANEAMENTO, Cà LCULO E ANà LISE DO PROJETO

os produtos das 3 empresas que hĂĄ

<  =   0 *  >  ? 

DIN-ISO 1219-2. AtravÊs da integração

jĂĄ 7 anos organizam este evento. O

04/5 @ =B= 4!   J   *

com o catĂĄlogo da FESTO ĂŠ possĂ­vel

            

'      %  -

importar um â&#x20AC;&#x153;cesto de comprasâ&#x20AC;? com

Portugal para criar criatividade e levar

junto denominada â&#x20AC;&#x153;Ferramentas de

equipamentos e acessĂłrios necessĂĄrios

as pessoas a procurar novas soluçþes e

apoio ao planeamento, cĂĄlculo e anĂĄli-

Ă  sua montagem. Outros fabricantes,

a inovar. O PLC ĂŠ um evento anual, or-

se de projetosâ&#x20AC;?, onde apresentaram os

como ĂŠ o caso da SMC, sĂŁo tambĂŠm

ganizado por trĂŞs empresas de renome

softwares de planeamento, software

suportados, podendo os seus dados

nacional â&#x20AC;&#x201C; M&M Engenharia Industrial,

de cĂĄlculo e anĂĄlise. Foram demons-

ser descarregados diretamente a partir

!"           

tradas as inĂşmeras vantagens na uti-

do EPLAN Data Portal. O EPLAN PPE

que apresenta ao mercado e aos seus

lização destas ferramentas de apoio

concebe projetos de automatização

     #    

ao planeamento, cĂĄlculo e anĂĄlise de

de måquinas e instalaçþes tÊcnicas de

recentes novidades na ĂĄrea da auto-

projeto, nomeadamente a uniformiza-

controlo de processo baseando-se na

mação e comunicação industrial, clima-

ção de mÊtodos, poupança de tempo

ĂĄrea da tecnologia de controlo de me-

tização industrial, datacenters, projeto

no projeto e na montagem, redução

dição e regulação. AtravÊs de um inter-

elÊtrico, e ainda conexþes e marcaçþes

de erros no projeto assim como um

face Ăşnico o utilizador controla toda a

sentaçþes individuais de cada empresa mas atravÊs de apresentaçþes conjun-

permite o desenvolvimento de proje  )     5  


JUNTAR UM SOFTWARE DE AUTOMAĂ&#x2021;Ă&#x192;O E UM SOFTWARE DE PROJETO ELĂ&#x2030;TRICO Carlos Coutinho e JosĂŠ Meireles debruçaram-se sobre a interligação entre o software da Phoenix Contact, o 56179software de automação EPLAN Electric P8 distribuĂ­do em Portugal pela M&M Engenharia Industrial. Durante o evento foi mostrada a compatibilidade entre os dois softwares, a integração dos dois produtos e pontos importantes relativos a processadores

64

REPORTAGEM

e aos seus mĂłdulos de sinais. Estes Compacto com diferentes dimensĂľes

na uma solução que combina um iso-

podem ser pontos muito importantes

em stock        

lamento elÊtrico com proteção contra

para quem projeta automação, sendo

  

sobretensþes, o que Ê segurança intrín-

que os processadores podem ter como

!"##  $  kits de

seca, alĂŠm de cablagens rĂĄpidas entre

mĂłdulos de sinais: entradas e saĂ­das,

uniĂŁo, a entrada de cabos, o punho

um quadro de marshalling e um contro-

mĂłdulos automaticamente reconhe-

para AE, o chassis para instalação inte-

'   (#'   # !# !  

cidos pelos dois softwares, e entre

rior, os suportes de parede, os sistemas

isolamento elĂŠtrico para zonas Ex. No

outros pontos foram falados tĂłpicos

de iluminação LED, o teto para chuva, a

sistema de armĂĄrios modulares hĂĄ in-

de interesse como por exemplo, zo-

ventilação e o interruptor de porta. As

terfaces2##4#&! ## 

nas Ex, controlo de posição, comando

caixas de campo são outra das soluçþes

de comando, armårios PC, estaçþes de

de vĂĄlvulas proporcionais, registo da

com uma caixa de junção com uma cai-

trabalho industriais, sistemas de braços

temperatura, controlo da temperatu-

xa de bornes, havendo ainda bornes

articulados e painĂŠis de comando. Nes-

ra, contactores, comunicaçþes sÊrie,

para caixas de campo com parafuso,

te caso hĂĄ sistemas de armĂĄrios modu-

gerador de gerador, segurança funcio-

mola, push-in, QTC. Estas sĂŁo todas so-

lares, desenhados para se adequarem Ă 

nal, entradas e saĂ­das, e outros. Foram

luçþes direcionadas para a indústria de

produção alimentar na årea alimentar,

ainda efetuadas exportaçþes online du-

processo que podem responder a vĂĄ-

facilitando o trabalho de limpeza. O

rante o evento para demonstrar a real

rias necessidades dos clientes.

sistema de controlo de climatização,

integração destas duas ferramentas

os sistemas de TI ou sistema de moni-

de projeção de automação. A apresen-

As ferramentas e marcaçþes são outras

torização, os sistemas de armårios mo-

tação conjunta foi ainda de extremo

das soluçþes para organizar um siste-

dulares, os sistemas de climatização, os

interesse por parte dos participante

ma de armĂĄrios compactos tornando-

sistemas de distribuição de energia e

que demonstraram haver ainda pouco

#  %&'& (  '  

ainda os sistemas IT foram outras das

conhecimento na integração destes

montagem, e a entrada de cabos ĂŠ efe-

soluçþes apresentadas como indica-

  !    '  !  #

tuada com diferentes possibilidades.

das para a indĂşstria de processos. No

dar mais atenção a este tipo de inter-

As caixas para zona de risco de explo-

meio de tantas soluçþes, haverå uma

face por forma a reduzir os tempos de

são foi outra das soluçþes para a indús-

que responderĂĄ Ă  necessidade de cada

processo numa cadeia de produção de

tria de processos com junta de vedação

'#   !    /

extrema exigĂŞncia tecnolĂłgica.

em silicone, cantos dobrados como canal de esquamento, uma temperatura ambiente de -30º a +80º C, compatível com todos os acessórios e uma placa de montagem com marcaçþes. A transmissão de sinais e a transmissão por  #'#!   '!    #!   )!    *    )  $   !     #     #  /1!tras soluçþes apresentadas foram os sistemas de armårios modulares, o quadro de marshalling, os bornes de passagem, proteção contra sobretensþes e isolamento elÊtrico para a transmissão de sinal para um circuito elÊtrico isolado. TambÊm explicaram como funcio-

M


Progresso e novas soluções em mais um PLC - Produtividade, Liderança e Competitividade