Issuu on Google+

Aumento da disponibilidade, diminuição dos custos

M

Joachim Kaiser Administrador do Departamento de LogĂ­stica e GestĂŁo de Materiais Rutronik Elektronische Bauelemente GmbH

CASE STUDY

112

Atualmente existem no mercado mais de dois milhĂľes de  

                       

     ! 

"         #    $%  $     &  $%       os vĂĄrios envolvidos na cadeia de fornecimento, o fabricante     '       '   '         (     ' atempadamente aquilo de que necessitam acaba por ser um jogo   

sionamento e a sua transmissĂŁo para o       Por outro lado, no topo da lista de prioridades encontramos atualmente critĂŠrios como a garantia do fornecimento

66

         A quantidade exata de componentes com os seus derivados e a tendĂŞncia      

  das e terceiras fontes de fornecimento tornam o aprovisionamento adaptado às necessidades uma verdadeira exi"  /      mas de logística atuais têm na sua base um intercâmbio de informaçþes tão atempado, preciso e exaustivo quanto       +    Os atuais sistemas de logística ba-

ALARGAMENTO DOS LIMITES

   '+ 

'   -

seiam-se, portanto, num trabalho de

 

   $    

buidor valores de planeamento a longo

cooperação entre as empresas e os

cada limite de uma empresa represen-

   %       -

fornecedores muito maior do que se

ta tambĂŠm um limite para as cadeias

gem, todos os dados ao nĂ­vel dos pro-

       

-

         

        0" 

peração inclui-se uma relação de con-

Em regra, entre fornecedor, fabricante

exercida sobre fatores que possam fa-

       

e cliente, os processos sĂŁo descoorde-

 '        

        

nados e a comunicação sofre interrup-

a acarretar posteriormente problemas

mais aqueles que reconhecem as van-

) *  $    

$    

tagens desse tipo de sistemas e que

de decisĂŁo que vĂĄ para alĂŠm dos limi-

tiram partido de uma segurança de for-

     #    

       

entanto, para garantir o prĂłprio for-

Efeito colateral positivo: as empresas

necimento, cada um dos envolvidos

INTERCÂMBIO ELETRÓNICO DE INFORMAÇÕES

         

 +     .

      1 ' -

seus processos e, ao mesmo tempo,

principal motivo para a introdução de

trónico de informaçþes, estão disponí-

diminuir os custos e aumentar a quali-

sistemas de logística Ê a redução dos

veis diversos sistemas IT com variados

    

         -

formatos de dados que os distribuido-


com uma segurança de fornecimento        tinuam a ser assegurados mesmo em situações inesperadas de adiamentos                conjuntura económica atípica deixam de gerar um clima de medo, pelo me         !      sistema logístico deste tipo, os limites das empresas são permeáveis e o planeamento envolve tanto o fabricante como o distribuidor e o cliente, basta uma única reserva de segurança para  " #     

68

CASE STUDY

custos menores em termos de compro 

 # #  -

redução, os custos processuais e de

   %  -

tribuidor mantĂŠm na reserva de segu-

aprovisionamento tambĂŠm diminuem

  

 4

rança um stock  #

$

$  1    

estas experiências e à constatação de

para dar resposta Ă s necessidades do

a qualidade dos processos sofre uma

que hoje em dia sĂŁo praticamente im-

cliente nos prĂłximos um a dois meses,

melhoria, na medida em que o risco



*       3

de modo a poder colmatar ao longo de

da introdução de dados incorretos ou

em situaçþes de quantidades crescen-

semanas, eventuais necessidades adi-

   .$      #

tes de componentes com os mais va-

cionais ou falhas de produção inespe-

 #

         

 %

longos, desenvolveu-se uma cultura Para alĂŠm disso, os sistemas de logĂ­s-

 $     

tica modernos baseiam-se nos trĂŞs sis-

o cliente e o fornecedor trabalham em

PROCESSOS MELHORES E MAIS SIMPLES

temas clåssicos: consignação, Kanban

 

A base para este tipo de trabalho de

#    # $3 

Uma outra consequĂŞncia destes desen-

cooperação na cadeia de fornecimen-

com base nas particularidades e na re-

#   

 # #

to Ê o intercâmbio eletrónico de infor-

levância de uma sÊrie de fatores para

da empresa em menos fornecedores,

& '(

 )

*# 

o mesmo, como por exemplo, o espaço

  0  5 " %  

os valores de planeamento de modo

disponĂ­vel na entrada de mercadorias

custos processuais do cliente que nĂŁo

exaustivo, com antecedĂŞncia, regulari-

    )      # 

pode ser subestimada: cada parceiro

 #

$+#) 

 '

   -

de fornecimento tem ciclos processu-

da garantia do fornecimento, tambĂŠm

damente interpretados, o cliente tem

  (      *$

se omitem desta forma muitas etapas

à sua disposição o sistema que cumpre

com o qual sĂŁo discutidas questĂľes

do processo de aprovisionamento, de

 

 

  #

como a encomenda, o fornecimento

 #    1 #2

um modo totalmente automĂĄtico e

    4     #

 .# 



do fornecedor preferencial permite nĂŁo sĂł ganhar tempo como tambĂŠm

     /    

-

A CONFIANÇA É O PONTO DE PARTIDA PARA TUDO O RESTO

   "   0 #  

AtĂŠ agora, o medo de divulgarem de-

#  6  7    

pedidos ou exigĂŞncias no momento da

masiadas informaçþes e de se compro-

taxa de necessidades que um parceiro

compra, a transação não necessita de

meterem com os fornecedores tem

de logĂ­stica conseguir cobrir, menos

ser sujeita a concursos e ao pagamen-

vindo a refrear a adesĂŁo a este tipo

fornecedores serĂŁo necessĂĄrios para

to das encomendas, no momento da

de sistemas de logĂ­stica por parte de

  8   -

entrada de mercadorias dispensa-se

#       '%    

minui tanto o tempo necessĂĄrio como

 $  %#    -

do boom da Internet, era prĂĄtica co-

  

  #    # 

tĂŁo da mercadoria e o trabalho de re-

      $

 

$   #-

gisto, ou seja, a submissĂŁo da nota de

    2       

te e o fornecedor ou distribuidor, com

entrega, da fatura e dos processos de

a qualidade ou a disponibilidade do

um vĂ­nculo contratual constitui uma

encomenda torna-se completamente

    %-

base sĂłlida para uma parceria estreita

 

.       

 

gente trouxe consigo mĂşltiplos proble-

com a qual todos os envolvidos saem

em atividades manuais sofrem uma

mas de qualidade e falhas de produção

#  M

facilita a comunicação com cada um


Aumento da disponibilidade, diminuição dos custos