Manutenção na Indústria 4.0

Page 1

CASE STUDY

Manutenção na Indústria 4.0 Sergio Muiña Simón ƣƒŇķ±ƒĞŇĻƐ ±ĮåžƐ)ĻďĞĻååŹƐa±Ļ±ďåŹƐxƐ %aƐa±ÏĚĞĻåŹDžƐŦX aƐa±ÏĚĞĻåŹDžƐxƐ8ĞåĮÚƐ ƣŤŤŇŹƒƐ)ĮåσŹŇĻĞÏžŧ

e FĹÚƜŸƋųĜ± ĉţLj ĜĹƴ±ÚĜƚ ±Ÿ ĹŅŸŸ±Ÿ ü´ÆųĜϱŸ å ģ´ åƻĜŸƋåĵ ĵƚĜƋŅŸ ƚƋĜĬĜDŽ±ÚŅųåŸ ŧƚå åŸƋÅŅ ± ±Ú±ŞƋ±ų ±Ÿ Ÿƚ±Ÿ ĜĹŸƋ±Ĭ±ÓŝåŸ ± åŸƋ± ųåƴŅĬƚÓÅŅ industrial. Esta revolução baseia-se no facto dos dados de TI e OT se reunirem e no desaparecimento da pirâmide clássica da automaƋĜDŽ±ÓÅŅ ƚĵ± ƴåDŽ ŧƚå Ņ Ƌų´üåčŅ Úå ĜĹüŅųĵ±ÓÅŅ āƚĜ åĹƋųå ƋŅÚŅŸ ŅŸ ĹĝƴåĜŸØ åĬĜĵĜűĹÚŅ ±ŸŸĜĵ ±Ÿ ϱĵ±Ú±Ÿ ÚĜüåųåĹÏĜ±ÚŅų±Ÿ ŧƚå åƻĜŸƋĜ±ĵ ±Ƌæ hoje. A questão e a razão deste artigo passam pela questão: e como é que isso afeta a manutenção nas novas instalações?

O

SFNIXMZS TVMRGMTEP HE .RHÅWXVME passa por tornar os nossos procesWSW QEMW IǻGMIRXIW I ǼI\¸ZIMW I E manutenção assume aqui um papel fundamental para o alcançar. Para obter um maior desempenho nas RSWWEW MRWXEPE±ÀIW RIGIWWMXEQSW HI QIPLSVEV E TVSHYXMZMHEHI I TEVE MWWS RIGIWWMXEQSW HI VIKMWXEV S QIRSV RÅQIVS HI TEVEKIRW R­S XIV TEVEKIRW MRIWTIVEHEW EYQIRXEV E WIKYVER±E HEW Q«UYMREW VIHY^MV SW GYWXSW HI QERYXIR±­S HIWRIGIWW«VMSW TVSHY^MV GSQ E QEMSV UYEPMHEHI XSHEW EW TI±EW EYQIRXEV E ZMHE ÅXMP HEW Q«UYMREW I JIVVEQIRXEW ƾ XSHSW estes fatores são muito simples de enumeVEV QEW EPGER±EV YQ ¸RHMGI HI TVSHYXMZMHEHI ideal não é mais uma tarefa meramente trivial. Os avanços da tecnologia de manutenção HIRXVS HE .RHÅWXVME XIQ HI ENYHEV E IJIXYEV TEVEKIRW TVSKVEQEHEW VIEPM^EV EW WYFWXMXYMções dos equipamentos quando chegarem ao ǻREP HE WYE ZMHE ÅXMP I R­S EXVEZ³W HI YQ TVSXSGSPS QSRMXSVM^EV IQ XIQTS VIEP E TVSHYXMZMHEHI HE Q«UYMRE S GSRXVSPS I\EYWXMZS HE UYEPMHEHI reduzir custos de perda de matérias-primas e melhorar a segurança da máquina.

84

MANUTENÇÃO 142/143

SOLUÇÕES DE ACESSO REMOTO PARA A INDÚSTRIA 4.0 Um primeiro passo para digitalizar a nossa instalação é fornecer conetividade a uma linha de produção ou a um sistema através de uma ligação remota. Poder aceder a uma instalação a partir de um PC localizado num qualquer local do mundo é uma realidade e algo muito mais seguro do que muitos utilizadores pensam. Com isso podemos ter um GSRXVSPS MRWXERX¬RIS HE MRWXEPE±­S E UYEPUYIV momento e em qualquer local. Quando damos acesso remoto à nossa instalação devemos ter em mente que a segurança industrial desempenhará um papel fundamental no sucesso ou no fracasso desta decisão. Para começar devemos ter em do nosso lado o Departamento de TI. A TI está ciente de todos os riscos envolvidos no acesso ao nosso sistema através de um canal esTIG¸ǻGS I IQ QYMXSW GEWSW R­S TIVQMXI XIV TSVXEW SY .5W ǻ\SW TSV YQ GYWXS GSRX¸RYS UYI MWWS MQTPMGE 5SV MWWS UYERHS TVSGYVEQSW YQ WMWXIQE HIZIQSW XIV IQ GSRXE UYI WINE YQE solução que não permita nada novo para a TI ou coloca a instalação em risco.

Em segundo lugar necessitamos de proGYVEV WSPY±ÀIW S QEMW WMQTPIW TSWW¸ZIMW I UYI R­S I\MNEQ S GSRLIGMQIRXS MRJSVQ«XMGS uma vez que estes utilizadores não irão ter este conhecimento. Por último temos que trabalhar com uma empresa reconhecida e que passe pelas auditorias externas periódicas de segurança ciFIVR³XMGE UYI GSRǻVQEQ UYI SW RSZSW VMWGSW que aparecem constantemente serão resolvidos por este sistema. A Weidmüller concebeu um sistema de acesso remoto VPN com base no controlo HI GIVXMǻGEHSW RE cloud. Através de uma interface KV«ǻGE QYMXS MRXYMXMZE SW YXMPM^EHSVIW TSHIQ GVMEV S WIY TV¾TVMS WMWXIQE EGIHIRdo através do navegador web e com nome de utilizador e com password. Ao adquirir um router da Weidmüller terá acesso a esta plataforma de forma gratuita. Este router possui YQ G¾HMKS EPJERYQ³VMGS I\GPYWMZS XEP GSQS o utilizador que foi criado. Estes códigos são controlados através da cloud e são criados GIVXMǻGEHSW MQTSVXERXIW TEVE XSVREV IWXE PMKEção totalmente segura.

IoT O IoT (Internet of Things) permite-nos ligar os dados que temos das máquinas com a cloud ou GSQ YQ WIVZMHSV PSGEP 2688 45( 9& &265 61 ƾ W­S XIVQSW N« YXMPM^EHSW TSV IRKIRLIMVSW eletrónicos/programadores de máquinas ou pelos engenheiros (como é o meu caso) que representam marcas que foram originalmente TVSNIXEHEW TEVE E MRHÅWXVME I UYI ZMWEQ ETIREW S R¸ZIP HI GEQTS 5EVE SW X³GRMGSW HI QERYXIR±­S SY QIPLSVME GSRX¸RYE MWWS TIVQMXI IRZMEV IWWIW HEHSW TEVE SRHI JSV RIGIWW«VMS TEVE TSWXIVMSVQIRXI WIVIQ EREPMWEHSW


Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.