Page 1

Consultório técnico

Consultório técnico Eng.o Eduardo Restivo Diretor Técnico da Entidade Inspetora do GATECI – Gabinete Técnico de Certificação e Inspeção, Lda.

© arkown.com

Qual o objetivo da existência da comunicação bidirecional para o exterior, na cabina dos elevadores colocados em serviço após de 1 de julho de 1999? Basicamente é permitir que as pessoas que fiquem fechadas dentro da cabina de forma involuntária consigam pedir ajuda ao exterior para que sejam socorridas. Geralmente a ligação é estabelecida para a central de emergência da empresa

Em sede de inspeção periódica a não

a informação necessária para a ação de

responsável pela manutenção do elevador.

existência

desbloqueio logo que um alarme é recebido,

de

comunicação

bidirecional

na cabina, ou estando inoperacional, deve

tais como:

A comunicação bidirecional com o exterior é

colocar-se a cláusula de tipologia C2 que

a.

obrigatória nestes elevadores ao abrigo da

dá origem à reprovação do elevador.

Diretiva Ascensores?

Caso não exista ou esteja inoperacional,

Sim. Com a publicação do Decreto-Lei

a comunicação bidirecional no poço e na

n.°295/98 que transpôs a Diretiva 95/16/CE,

parte superior da caixa, e haja perigo de

é clara essa obrigatoriedade.

encarceramento, deve igualmente colocar-

Para além da linha fixa já existe a linha

se cláusula de tipologia C2.

móvel ou GSM (Groupe Special Mobile).

essenciais de segurança e saúde) diz-

É necessário a linha telefónica que permite

É necessária a comunicação bidirecional

se: “As cabinas devem ser equipadas com

a comunicação bidirecional para o exterior

no poço e na parte superior da caixa do

meios de comunicação bidirecionais que

estar ativa?

elevador?

permitam obter uma ligação permanente

Sim. No início da aplicação da Diretiva

Pelo ponto 5.10 da NP EN 81-1:2000, “Se

com um serviço de intervenção rápida”. O

95/16/CE em Portugal, a partir de 1 de

existir perigo de encarceramento de pessoas

ponto 4.9 acrescenta que “Os meios de

julho de 1999, os organismos notificados

trabalhando no interior da caixa, sem

comunicação previstos no ponto 4.5 (…)

aceitavam o comprovativo do pedido da linha

estar prevista saída através da cabina ou

devem ser concebidos e fabricados de forma

telefónica (na altura à Portugal Telecom)

pela caixa, deve instalar-se um sistema de

a poderem funcionar mesmo na falta de uma

desde

elevador

alarme nos locais onde esse risco existe, um

fonte normal de abastecimento de energia.

estivessem montados os dispositivos para

dispositivo que deve permitir a comunicação

O tempo de funcionamento autónomo dos

estabelecer essa ligação, quer na cabina,

vocal nos dois sentidos possibilitando um

mesmos deve ser suficiente para permitir a

quer no poço ou na parte superior da caixa

contacto permanente com um serviço de

intervenção normal dos socorros”. A nova

quando necessário. Isto porque não havia

socorro” (14.2.3.3). Portanto, se houver

Diretiva 2014/33/EU mantém os mesmos

infraestrutura criada para uma linha para

risco de encarceramento no poço e na

pontos.

o elevador, que era novidade. Hoje em dia

parte superior da caixa, devem instalar-se

é necessário a comunicação bidirecional

dispositivos de comunicação bidirecional no

estar ativa.

poço e na cobertura da cabina.

reprovação?

Para os elevadores instalados depois de

É preciso testar a comunicação bidirecional

Sendo um requisito essencial de segurança

junho de 2004, o Despacho n.° 10500/2004

do elevador periodicamente?

e saúde relativos à conceção e fabrico

da Direção Geral de Geologia e Energia

Sim. Para os elevadores instalados depois de

dos ascensores, a sua não existência ou

prevê o cumprimento da norma EN 81-28 de

junho de 2004, o Despacho n.° 10500/2004

inoperacionalidade impede uma avaliação

2003 e, para reduzir o tempo de intervenção

da Direção Geral de Geologia e Energia prevê

positiva pelo que o organismo notificado

e aumentar a segurança das pessoas

o cumprimento da norma EN 81-28 de 2003

não emitirá o respetivo certificado de

envolvidas no desbloqueio, o serviço de

que obriga as comunicações bidirecionais a

conformidade.

socorro de emergência deve ter disponível

serem testadas de 72 em 72 horas.

a morada de origem do alarme, incluindo a localização da instalação do ascensor;

b.

a identificação da cabina.

No ponto 4.5 do anexo I (Requisitos

Em sede de inspeção periódica, não existindo

que

internamente

no

ou estando inoperacional, deve dar origem à

68

elevare

Consultório técnico  

Autor: Eduardo Restivo; Revista: elevare n.º9

Consultório técnico  

Autor: Eduardo Restivo; Revista: elevare n.º9

Advertisement