Page 1

Reportagem

V Jornadas Técnicas de Elevadores foram uma “reciclagem de conhecimentos” texto e fotos por André Manuel Mendes

Três anos depois da última edição, as 5.ª s Jornadas Técnicas de Elevadores voltaram ao ISEP - Instituto Superior de Engenharia do Porto, para debater durante um dia as novidades do setor da elevação, bem como proporcionar uma atualização de conhecimentos a todos os profissionais presentes. As Jornadas Técnicas de Elevadores são uma iniciativa é promovida pelo ISEP, pela OET – Ordem dos Engenheiros Técnicos (Secção Regional Norte), pela OE – Ordem dos Engenheiros (Região Norte) e pela revista ELEVARE.

Figura 1.

A sessão de abertura esteve a cargo do

vel pelos serviços de engenharia da AIC-

empresas habilitadas para a instalação de

Professor Maurício Dias (Diretor do De-

COPN, que abordou o tema “Reflexões so-

elevadores.

partamento de Engenharia Eletrotécnica

bre a evolução do setor da construção e da

do ISEP e Diretor da revista ELEVARE), do

reabilitação”.

Engenheiro Técnico Sequeira Correia (Pre-

“A formação profissional é uma preocupação muito grande que temos. Nos centros de for-

sidente da Secção Regional do Norte da

Cristina Cardoso iniciou a sua intervenção

mação protocolados, e nós temos um, o CIC-

Ordem dos Engenheiros Técnicos), Ribeiro

com a apresentação da CPCI - Confedera-

COPN, desvirtuou-se um pouco o trabalho que

Fernandes (Coordenador do Colégio de En-

ção Portuguesa de Construção e Imobiliá-

estão a desenvolver. O Instituto do Emprego dá

genharia Eletrotécnica da Ordem dos En-

rio, entidade que reúne 23 associações da

instruções para que os centros apoiem os alu-

genheiros do Norte) e do Professor Roque

fileira da construção – esta agrega todas

nos que estão nas escolas e não conseguem

Brandão (Vice-Presidente do ISEP).

as atividades da cadeia de valor centrada

terminar o 12º ano, e levam-nos para estes

na construção, comercialização e manu-

centros de formação, desvirtuando a sua mis-

“Este é o tema sobre o meio de transporte

tenção de estruturas edificadas, nomeada-

são, que é formar jovens requalificar os traba-

mais seguro do mundo, e é-o porque tem

mente a produção e comércio de materiais

lhadores da construção”, confessou.

profissionais de excelência”, afirmou Roque

de construção, conceção, construção, ma-

Brandão, sublinhando a importância de en-

nutenção, entre outros.

carar este evento como uma “reciclagem de conhecimentos”.

A responsável pelos serviços de Engenharia da AICCOPN considera que um dos fatores

Assim, a definição de atividade de cons-

potenciadores da competitividade e da es-

trução engloba qualquer entidade que

tratégia global da dinamização do setor da

A IMPORTÂNCIA DA CONSTRUÇÃO

faça instalação de elevadores, elétrica,

construção é a questão da sustentabilidade.

E REABILITAÇÃO

painéis solares, canalizações, entre ou-

“A atividade dos elevadores é um setor espe-

O primeiro painel do dia teve como tema

tros. Nesta perspetiva, Cristina Cardoso

cial porque é um setor inovador, que esteve

central as “Perspetivas da construção e da

apresentou números que revelam que se

sempre à frente do resto da atividade da cons-

reabilitação”, e contou com a intervenção

encontram mais de 25 mil empresas regis-

trução. Preocupou-se mais cedo com a parte

central de Cristina Cardoso, responsá-

tadas na área da construção, estando 626

da inovação, da eficiência, da parte ambien-

34

elevare

Profile for cie

V Jornadas Técnicas de Elevadores foram uma “reciclagem de conhecimentos”  

Autor: André Manuel Mendes Revista: elevare nº13

V Jornadas Técnicas de Elevadores foram uma “reciclagem de conhecimentos”  

Autor: André Manuel Mendes Revista: elevare nº13

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded