Page 1

JUVENTUDE COMUNICA DIREITOS apresenta:

QUE DIREITOS VOCÊ TEM?


Direitos da Criança, do Adolescente e da Mulher Autores: José Arildo Soares e Juliana Anjos Assentamento Maceió – Itapipoca – (CE)

Foi nos dada à missão De um tema abordar Sobre direitos sociais Muito se tem pra falar Este aqui e agora Sem pressa e sem demora Vamos juntos ques�onar Direitos da criança Adolescente e mulher Alguém ai já ques�onou, Se funciona, e como é? Essa é nossa meta Ver como isso afeta Sociedade qualquer

1


Quem pensa que não, Esta muito enganado Afinal direito é lei Isso não pode ser negado É o que faz o mundo girar E bem poder funcionar Da lei, esse é o legado

É dever de todo mundo Prevenir a ocorrência De violação de direitos Da infância e adolescência. (já que em nossa sociedade Com tamanha crueldade encontramos tal tendência.)

2


Toda criança precisa De saúde e moradia Boa alimentação Educação e alegria Isso é essencial E também fundamental Pra se ter cidadania Criança quer ser criança Com sorrisos e travessuras Não que ser vista como Um adulto em miniatura É a fase mais importante Da construção constante Dessa linda criatura Já o adolescente Merece muita atenção É a fase mais complicada Que se tem um cidadão É o descobrimento do mundo Onde em cada segundo Chega muita informação

3


É dever da família Governo e sociedade Assegurar a estes Absoluta prioridade Na efe�vação de direitos Convivência e respeito Cultura e dignidade Quando se fala em direitos Igualdade e liberdade Logo se vem na cabeça A mulher na sociedade Que luta e sempre lutou E seu espaço conquistou Para ter dignidade Mãe, filha, esposa Execu�va e amante Mulher é joia rara Vale mais que diamante Tem direito de viver Ser o que quiser ser Isso é o mais importante.

4


Por isso caros leitores Viemos aqui pra falar Juventude comunica O direito de informar Só queremos entender Os direitos conhecer Pra poder reivindicar Vivenciar experiências Pautadas pelo respeito Onde exista liberdade Igualdade de direitos Isso é o que merecemos Todos nos que vivemos Nesse mundo imperfeito. Para finalizar Queremos agradecer Através desse cordel Nós mostramos o poder De jovens com informação Que usam a comunicação Pra informar e aprender.

5


A Todos Quero Clamar Autora: Daiane da Guia de Sousa Barra do Córrego – Assentamento Maceió

Esses versos eu começo Pra dum assunto falar Que é o estatuto do ECA Que existe pra ajudar A todos que precisam Seus direitos conquistar O ECA tem o obje�vo De os direitos defender Da Criança e do adolescente Que quer sua vida viver Mesmo sendo uma vida simples Mas o direito tem que ter Espero das autoridades Mais a�tudes tomar Devido às consequências Que as violações vêm a causar A todas as pessoas Que por isso vem a passar Eu espero que todos

6


Venham se conscien�zar Pois é ao longo da vida Que conseguimos conquistar Os nossos direitos Para poder melhorar Chegando ao fim desses versos A todos quero clamar Gritem a favor da vida Precisamos nos juntar Pois era sobre o ECA e seus direitos Que eu �nha a comentar. FIM.

7


O ECA de Nojento Nada Tem Autor: José Arildo Soares Sí�o Coqueiro – Assentamento Maceió – Itapipoca (CE)

Vejam meus amigos Ouçam bem com atenção O assunto abordado Que muito traz reflexão Está na lei então é lei Regida a todo cidadão Como ECA é chamado De nojento nada tem Estatuto da criança e do adolescente Nome a qual lhes convém Que vem a nos proteger De todos que os faz reféns

8


Este órgão inteiro tem Tudo por obrigação Assessorar todos os direitos Destes pequenos cidadãos Saúde, esporte e lazer E principalmente educação Um dos pontos abordados Que muito tem a se pensar

É o direito a liberdade Que o sujeito deve portar Pena que não é total a realidade Que no mundo se tem a mostrar

9


Direito de ir e vir Liberdade de expressão Brincar e diver�r-se Ter refúgio e orientação Tudo isso e muito mais Para todos é obrigação Estatuto da criança e do adolescente Muito se tem a falar Direitos de deveres de todos Ar�gos a se ques�onar O que para muitos é exagero Para muitos veio salvar Finalizando estas rimas Digo pra você que me ouviu Proteja adolescentes e crianças Eduque-as sendo gen�l Educando e protegendo estes Não puniremos os homens do Brasil. FIM.

10


Que Direitos Você Tem? Letra: Arildo Soares | Música: Samuel Furtado Intérprete: Grupo Balanço do Coqueiro Comunidade Sí�o Coqueiro – Assentamento Maceió – Itapipoca (CE)

Que liberdade tenho? Que direitos você tem? Precisamos mostrar voz Não ter medo de ninguém Cadê? Onde foi? Socorro! Alguém? E é por isso que viemos Com barulho e batucada O Balanço do Coqueiro Apresenta essa parada Veja, ouça e sinta A mensagem repassada Minha turma vou levando Como uma rosa perfumada O Balanço agradece e a pergunta foi lançada: Que direitos você tem? Que direitos você tem? Que direitos você tem? 11


Realização:

Financiamento:

Associados: Secretaria Municipal de Educação do Município de Itapipoca e de Trairi.

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher do Município de Itapipoca

Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social do Município de Trairi

Conselho Tutelar do Município de Itapipoca e de Trairi

Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) do Município de Itapipoca e de Trairi

Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social do Município de Itapipoca

Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ceará (CEDCA)

Cordel | Que direitos você tem?  

O cordel "Que direitos você tem?" é um produto do projeto Juventude Comunica Direitos, realizado pelo CETRA e financiado pela União Europeia...

Cordel | Que direitos você tem?  

O cordel "Que direitos você tem?" é um produto do projeto Juventude Comunica Direitos, realizado pelo CETRA e financiado pela União Europeia...

Advertisement