Issuu on Google+

Quarta-feira – 20/06/12 Grande manifestação interdita trechos das avenidas Presidente Vargas e Rio Branco, no Centro, ao longo desta quarta-feira A Prefeitura do Rio registrou diversas manifestações, ligadas à Cúpula dos Povos, durante a tarde de hoje no Centro da cidade. As concentrações aconteceram a partir das 14h30 e logo tomou as vias do Centro. A principal manifestação interditou a Avenida Rio Branco, a partir da Avenida Presidente Vargas, e a própria Avenida Presidente Vargas, altura da Avenida Rio Branco. Operadores da CET-Rio, guardas municipais e policiais militares atuaram no local auxiliando os motoristas. O trânsito apresentou retenções na Avenida Presidente Vargas, sentido Candelária, até altura do prédio dos Correios. O tráfego foi desviado pelas ruas Carmo Neto, Benedito Hipólito e Marquês de Pombal (sentido Candelária) e pela Avenida Marechal Floriano (sentido Praça da Bandeira). Aproximadamente 100 operadores da CET-Rio foram deslocados para a região. No primeiro dia de feriado escolar e ponto facultativo nas repartições públicas, a Prefeitura do Rio registrou outras quatro manifestações nas ruas da cidade. A primeira delas, também ligada à Cúpula dos Povos, aconteceu na região do Riocentro, nas avenidas Salvador Allende e Embaixador Abelardo Bueno. Como as vias já estavam interditadas, não houve nenhum tipo de impacto no trânsito da cidade. O impacto dessa manifestação foi sentido no entorno do Riocentro, que foi isolado pelas Forças de Segurança para impedir a aproximação dos manifestantes. Ainda durante a manhã, um grupo de manifestantes circulou por vias de Botafogo, Flamengo e Catete. A manifestação também não provocou qualquer problema para os motoristas. No início da tarde, funcionários da Cedae caminharam na pista central da Avenida Presidente Vargas, sentido Candelária, entre o prédio dos Correios e a Praça Pio X. As duas faixas de rolamento do BRS foram interditadas e o trânsito ficou prejudicado no Centro. Pouco depois, a Prefeitura do Rio registrou um grupo se manifestando em frente ao Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), no entanto, o protesto não ocupou faixas de rolamento da Rua Primeiro de Março. Segundo a CET-Rio, no período da manhã (entre 7h e 12h), foram emitidos 42 informes e realizados 22 ajustes de sinais de trânsito. Ao todo, 30 mensagens sobre a Conferência Rio+20 foram veiculadas nos painéis de mensagens variáveis. Num comparativo entre os dias 19 e 20 de junho, entre 7h e 10h, todas as vias apresentaram redução no tempo de deslocamentos: Rebouças – sentido Lagoa – (menos 28%), Aterro do Flamengo – sentido Centro – (menos 17%), Avenida Brasil – sentido Centro – (menos 3%) e Linha Vermelha – sentido Centro – (menos 12%). A ligação entre a Barra da Tijuca e a Zona Sul, apresentou redução de 29% (via Zona Sul) e de 19% (via Linha Amarela). Houve redução média de 19% nos tempos de deslocamento. Nas redes sociais, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio publicou durante todo o dia uma série de informações no Twitter e no Facebook. O alcance foi 55 mil internautas. O Centro de Operações Rio ainda monitorou as manifestações e possíveis impactos por meio de 50 câmeras posicionadas ao longo dos percursos. A CET-Rio reitera o pedido para que a população utilize o transporte público até a próxima sexta-feira, data em que se encerrará a Rio+20.

Suspensão da faixa exclusiva da Linha Vermelha, sentido Centro, e liberação das vias no entorno do Riocentro, na noite desta quarta-feira A Prefeitura do Rio informa que a faixa exclusiva implantada às 5h de ontem na Linha Vermelha, sentido Centro, no trecho entre a Ilha do Governador e a chegada ao Centro do Rio, será suspensa às 21h de hoje (quarta-feira). A faixa segregada foi fundamental para o deslocamento das principais comitivas entre o Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim e os hotéis da Zona Sul. Durante o período, a Prefeitura do Rio intensificou a fiscalização e aumentou o número de operadores de tráfego ao longo da via. Na próxima sexta-feira (22), a CET-Rio voltará a implantar uma faixa exclusiva na Linha Vermelha, das 14h às 21h, no sentido Baixada Fluminense, para a utilização exclusiva dos


comboios no trecho entre São Cristóvão e a Ilha do Governador. Também a partir das 22h de hoje, a CET-Rio irá cancelar as interdições estabelecidas nas avenidas Salvador Allende, Embaixador Abelardo Bueno e Olof Palme, além da Rua Abraão Jabour. A medida foi uma determinação do Comando Militar do Leste (CML). Veja abaixo o esquema que segue em operação até a noite de hoje.

ATENÇÃO: Suspensão de todas as faixas reversíveis e operação especial na Avenida Niemeyer também nesta quinta-feira A Prefeitura do Rio informa que TODAS as faixas reversíveis implantadas na cidade estão suspensas amanhã e no próximo dia 22 (sexta-feira), assim como já ocorre hoje. A Avenida Niemeyer irá operar em esquema especial: das 08 às 12h – sentido São Conrado – e das 15 às 20h – sentido Leblon. Ainda hoje, a Avenida Niemeyer irá operar em esquema especial, sentido Leblon, das 19h às 22h. A medida visa facilitar os deslocamentos das comitivas em direção ao Riocentro. A Prefeitura do Rio recomenda que os motoristas evitem circular pela Avenida Niemeyer, já que a via será uma rota constante de delegações. A opção é seguir pela Autoestrada Lagoa-Barra.

Esquema de Tráfego Especial Para viabilizar a realização do evento, garantir o adequado deslocamento dos participantes e administrar as interferências no trânsito, será implantado esquema especial de tráfego na cidade. A operação de trânsito contará com 905 agentes da Prefeitura do Rio, entre guardas municipais e controladores da CET-Rio, 130 viaturas operacionais e 39 reboques (leves, pesados e superpesados) da CET-Rio para rápida desobstrução das vias em caso de quebra ou acidente de algum veículo. Serão criadas faixas exclusivas na Linha Vermelha e a Avenida Niemeyer vai operar em regime especial. Além disso, estão previstos os cancelamentos das faixas reversíveis da cidade e interdições no entorno do Riocentro.


Serão utilizados 44 painéis de mensagens variáveis, que informarão sobre as condições do tráfego, as rotas a serem seguidas, as restrições de estacionamento e os eventuais fechamentos. O Centro de Operações Rio estará monitorando todos os locais de evento e os trajetos das comitivas e delegações, assim como as rotas alternativas, através de 410 câmeras. Os técnicos da CET-Rio implantarão ajustes na programação dos semáforos, com o objetivo de garantir a melhor fluidez do trânsito, de acordo com as características e necessidades do tráfego ao longo do dia.

Trajetos Durante o evento, haverá intenso fluxo de comitivas/comboios de chefes de Estado/Governo. A movimentação desses comboios será acompanhada por equipes de batedores, que farão o fechamento momentâneo do trânsito durante a passagem desses veículos, com o objetivo de garantir seu deslocamento no menor tempo possível e com maior segurança. Em função dos mais de 130 comboios de autoridades que estarão circulando simultaneamente pela cidade, o trânsito sofrerá sérios impactos em alguns dos principais corredores de tráfego. É MUITO IMPORTANTE QUE OS MOTORISTAS EVITEM CIRCULAR NAS ROTAS QUE SERÃO UTILIZADAS PELAS COMITIVAS, POIS ESTAS SOFRERÃO DIVERSAS INTERRUPÇÕES PONTUAIS DURANTE A PASSAGEM DOS CHEFES DE ESTADO/GOVERNO, O QUE CAUSARÁ TRANSTORNOS NA FLUIDEZ.

Os trajetos a seguir deverão ser evitados: Rota Galeão – Zona Sul: Galeão/ Linha Vermelha/ Gasômetro/ Perimetral/Aterro/Orla da Zona Sul. Rota Zona Sul - Riocentro – Orla da Zona Sul/Av. Niemeyer/Estrada da Gávea/Av. Américas/Av. Salvador Allende. Além dessas, outras vias poderão ser utilizadas, eventualmente pelos comboios: Linha Amarela, Av. Francisco Bicalho, Elevado da Av. Paulo de Frontin, Túnel Rebouças, Av. Epitácio Pessoa, Túnel Zuzu Angel, Av. Ayrton Senna.

Principais Alterações no Trânsito 1 - Faixa Exclusiva na Linha Vermelha Até às 21h de hoje (20), será segregada uma faixa da Linha Vermelha no sentido Centro para utilização exclusiva dos comboios; Na sexta (22), das 14 às 21h, será segregada uma faixa da Linha Vermelha no sentido Galeão, para utilização exclusiva dos comboios; Tal medida se faz necessária pelo fato de que nesses dias e horários ocorrerá a maior concentração de deslocamentos de comboios de autoridades pela Linha Vermelha.

2 - Cancelamento de Reversíveis Hoje, (20), quinta (21) e sexta (22) TODAS as reversíveis da cidade não serão implantadas.

3 - Regime Especial na Av. Niemeyer Com o objetivo de permitir o deslocamento dos comboios em direção ao Riocentro e no seu retorno, nos dias 20, 21 e 22, a Av. Niemeyer funcionará com esquema especial de circulação. De acordo com a expectativa de maior concentração de autoridades em deslocamento, a Avenida funcionará apenas com 1 sentido de tráfego, nos dias e horários abaixo: Quarta – das 13 às 16h – sentido São Conrado das 19 às 22h – sentido Leblon Quinta – das 08 às 12h – sentido São Conrado das 15 às 20h – sentido Leblon Sexta – das 08 às 12h – sentido São Conrado das 12 às 15h – sentido Leblon


Nos demais horários seu funcionamento será como o habitual, em mão dupla.

4 – Interdições no entorno do Riocentro Até às 22h, para o deslocamento dos Chefes de Estado do Riocentro até a Arena da Barra, serão interditadas: - Av. Salvador Allende, em ambos os sentidos, no trecho entre o primeiro retorno após a Av. das Américas até a Estrada dos Bandeirantes; - Av. Embaixador Abelardo Bueno, em ambos os sentidos, entre a Av. Salvador Allende e a Estr. Cel. Pedro Correa. Obs.: O acesso será exclusivo para moradores e deverá ser feito pela Av. Emb. Abelardo Bueno Mesmo fora dos horários programados as vias poderão ser interditadas por batedores na chegada ou saída dos Chefes de Estado/Governo NÃO SERÃO CRIADAS ÁREAS DE ESTACIONAMENTOS PARA PÚBLICO EM GERAL, TANTO NO RIOCENTRO QUANTO NOS DEMAIS LOCAIS DE EVENTO. O ESTACIONAMENTO EM FRENTE AO AUTÓDROMO SERÁ UTILIZADO PELOS ÔNIBUS SHUTTLES E VEÍCULOS DE APOIO E NÃO ESTARÁ ABERTO AO PÚBLICO.

Por conta das alterações no tráfego e do constante deslocamento de comboios de autoridades que farão interdições nas vias, durante todo o período da Rio+20, a CET-Rio recomenda o uso do transporte público. Devido ao fechamento completo da Avenida Salvador Allende e interdição da Av. Embaixador Abelardo Bueno entre a Estrada Coronel Pedro Correa e Av. Salvador Allende, as linhas de ônibus circularão pela Embaixador Abelardo Bueno, Estrada Arroio Pavuna e Estrada dos Bandeirantes no percurso de ida. A volta será feita da seguinte forma: Estrada dos Bandeirantes, Estrada Coronel Pedro Correa e Avenida Embaixador Abelardo Bueno.

Rio +20 terá oferta adicional de ônibus A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) montou esquema operacional com oferta adicional de ônibus durante o período da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio +20. Essa frota especial distribuída em quatro linhas, com um total de 70 ônibus, vai cumprir os seguintes trajetos: Galeão e Santos Dumont - Zona Sul Linha 2018 (Galeão x Alvorada via Zona Sul) - 18 ônibus rodoviários com ar condicionado, tarifa de R$ 12; Galeão - Barra Linha 2918 (Galeão x Alvorada via Linha Amarela) - 13 ônibus rodoviários com ar condicionado, tarifa R$ 12; Zona Sul e Barra - Riocentro Linha especial (Riocentro x Rio Sul) - 10 ônibus convencionais com ar condicionado, tarifa de R$ 5,40; Linha 332 (Taquara x Castelo via Riocentro e orla) - 29 ônibus convencionais com ar condicionado, tarifa de R$ 5,40. As linhas adicionais irão complementar, caso necessário, a frota de ônibus rodoviários fretados pela organização do evento. De acordo com o esquema, serão criados pontos de parada nos principais hotéis da orla da Zona Sul (Copacabana, Ipanema, Leblon) e da Barra, com sinalização específica. A organização do evento deverá identificar e sinalizar o local de parada dessas linhas. A frota poderá sofrer alteração da demanda nos dias do evento. Além disso, a Secretaria Municipal de Transportes determinou que 13 linhas de ônibus convencionais, com a tarifa modal de R$ 2,75, que atendem a região operem com 100% da frota entre os dias 13 e 24. São elas: 308, 318, 348, 352, 368, 382, 524, 736, 747, 757, 758, 831 e 832. As duas últimas farão a ligação circular entre o Terminal Alvorada e o Riocentro. Os ônibus dessas 13 linhas terão adesivos informando que elas circulam na régio onde será realizada a conferência. Outra determinação da SMTR é que as linhas convencionais com ponto final no Riocentro sejam alocadas para Vargem Grande. Isto é, os ônibus continuarão passando pelo Riocentro, mas terão os pontos finais remanejados. As linhas, abaixo, com influência na área do Terminal Alvorada vão operar com, no mínimo, 80% da frota determinada também entre os dias 13 e 24 de junho: 301, 302, 303, 304, 305, 309, 314, 315, 316, 317, 333, 345, 347, 360, 361,


465, 501, 502, 504, 505, 525, 613, 690, 691, 692, 693, 700, 701, 733, 748, 749, 753, 765, 817, 863, 880, 886, 887, 888, 889, 955, 957, 2329, 2330 e 2333.

Previsão para o Município do Rio de Janeiro Noite 20/06/2012

Madrugada 21/06/2012

Manhã 21/06/2012

Tarde 21/06/2012

Céu

Nublado a Encoberto

Nublado a Encoberto

Nublado a Encoberto

Nublado a Encoberto

Precipitação

Chuva Moderada

Chuva Moderada

Chuva Fraca a Moderada Isolada

Chuva Fraca a Moderada Isolada

Vento

Moderado de SW/W

Moderado a Forte de S/SW

Fraco a Moderado de S/SW

Fraco a Moderado de S/SW

Estável

Declínio

Declínio

Estável

Condição do tempo

Temperatura Máxima / Mínima

Dia 20/06/2012 - Máx.: 27°C - Mín.: 20°C Baixa: 0,4m às 22h08min do dia 20/06/2012

Tábua de Marés (fonte: DHN)

Alta: 1,2m às 03h13min do dia 21/06/2012 Baixa: 0,1m às 10h21min do dia 21/06/2012 Alta: 1,2m às 16h06min do dia 21/06/2012

Descrição Sinótica do Dia 20/06/2012 A frente fria que se desloca lentamente de São Paulo em direção ao município do Rio de Janeiro aumentou a instabilidade ao longo do período. O dia foi de céu nublado a encoberto, com chuva fraca e isolada. No período da noite/madrugada esta frente se aproximará ainda mais do Rio de Janeiro, o que provocará aumento da intensidade da precipitação. Temperaturas em declínio acentuado: São Cristóvão (Máxima: 24,9°C e Mínima: 22,5°C); Guaratiba (Máxima: 22,7°C e Mínima: 19,8°C); Alto da Boa Vista (Máxima: 22°C e Mínima: 18,8°C).

Informações do Sistema de Estações de Monitoramento Pluviométrico Remoto da GEORIO A estação Guaratiba registrou 2.4mm nas últimas 24h

Informações do Radar Meteorológico da Cidade do Rio de Janeiro O Radar Meteorológico da Cidade do Rio de Janeiro opera normalmente e não detecta núcleos de chuva no Oceano e na região Metropolitana.

Prefeitura suspende obras em vias públicas durante a Rio+20 Até o dia 24 de junho, conforme determinação da Prefeitura, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, seguem suspensas as obras e reparos em vias públicas. A medida considera o aumento do fluxo de pessoas e veículos nas vias públicas por conta da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que vai acontecer na cidade no mês de junho. Serão interrompidas as intervenções nas regiões do Centro, Zona Sul, Grande Tijuca, Jacarepaguá, Barra da Tijuca e Recreio. Além disso, também estão suspensas as obras na Estrada do Galeão, Avenida Brasil e Linha Vermelha, trecho entre a Ilha do Governador e São Cristóvão.


Até 24 de junho, apenas intervenções emergenciais, devidamente justificadas, serão permitidas. A determinação está baseada numa Portaria da Comissão Coordenadora de Obras e Reparos em Vias Públicas da Secretaria de Conservação. As concessionárias de serviços públicos foram informadas dessa determinação da Prefeitura, mas as equipes de fiscalização da Secretaria de Conservação estarão nas ruas para garantir o cumprimento da Portaria.

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro infracionou 556 veículos nesta quarta-feira e rebocou outros 20 por irregularidades no trânsito. Desde o dia 5 de junho, a GM deu início a Operação Rio +20, que conta com aproximadamente 2.500 guardas (divididos em turnos e de acordo com a programação), atuando nos locais do evento, no entorno dos hotéis e em corredores que registram intenso movimento de veículos. Entre os dias 20 e 22 de junho, quando acontece a reunião dos chefes de Estado, 1.091 guardas atuarão em toda a cidade, exclusivamente para a Rio+20. Os guardas escalados darão apoio às atividades de segurança da Rio +20, coordenados pelo Centro de Coordenação de Operações de Segurança (CCOpSeg) do evento. A operação da GMRio para a Rio+20 vai até o dia 29 de junho. Trânsito – Ao todo, 331 guardas atuam nas interdições e controlam o trânsito, os estacionamentos e o tráfego de pedestres nas imediações dos locais de realização dos eventos, aeroportos, hotéis, estações de trem/metrô e orla marítima de interesse da Rio+20. Além disso, 41 guardas motociclistas batedores fazem a escolta de cinco chefes de Estado durante o evento. Cúpula dos Povos – Uma equipe com 150 guardas fará o patrulhamento no entorno do Parque do Flamengo, onde será realizada a Cúpula dos Povos, diariamente, das 7h às 22h. A partir das 22h, 20 guardas farão o patrulhamento das instalações durante toda a madrugada. Dormitórios – Nos dormitórios utilizados para o alojamento/ acampamentos dos participantes, 50 guardas farão patrulhamento, utilizando cinco pontos fixos. Os postos estão localizados na Quinta da Boa Vista, Sambódromo, Ciep Trancredo Neves (Catete), Ciep Pedro Varela (Centro) e Colônia Juliano Moreira. Um stand da Guarda Municipal também foi montado no local para prestar todo o tipo de apoio em termos de informação. Hotéis e pontos turísticos – No Centro, Flamengo, Botafogo, Leme, Copacabana, Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca, há 62 guardas atuando por dia e 31 viaturas patrulhando o entorno dos hotéis. Além disso, 50 guardas municipais e 10 viaturas atuarão nos principais pontos turísticos da cidade, como Pão de Açúcar e Corcovado. Estes locais também contarão com guardas bilíngues do Grupamento Especial de Apoio ao Turista (GAT). Serviço de inteligência - Além do serviço de inteligência da Guarda Municipal, que estará estrategicamente posicionado, ao todo, 25 guardas foram treinados e realizarão a revista e identificação de suspeitos que tentarem entrar no Riocentro e em outros locais. Cães e reforço de urgência – Uma equipe de 40 guardas do Grupamento de Operações Especiais (GOE), treinados para controle de distúrbio civil, estará de prontidão para ser deslocada de imediato para locais onde possam ocorrer eventos de emergência. Além disso, cães farejadores e de guarda estarão posicionados em locais estratégicos para proteger os participantes do evento. Torre de observação – Para garantir ainda mais a segurança dos participantes, a Guarda Municipal manterá uma torre de vigilância no Parque do Flamengo. O equipamento conta com uma câmera de vigilância digital com visão 360º e capacidade noturna, que alcança até dois quilômetros de distância. No seu interior há ar condicionado, GPS, e vidros fumê (de fora não se vê o lado de dentro da cabine). Com capacidade para abrigar até três guardas municipais, a torre possui também um potente sistema de alto-falantes, além de canhões de luz. Patrulhamento de rotina - Além dos pontos definidos no planejamento da Rio+20, a GM-Rio manterá 2.000 guardas municipais cuidando das atividades de rotina nos mais diversos bairros da cidade, atuando no patrulhamento de praias, praças, trânsito e pontos turísticos, como Corcovado, aeroportos, Píer Mauá e Floresta da Tijuca.


Até a noite de ontem, dia 19 de junho, a Comlurb coletou as seguintes quantidades de lixo: Parque dos Atletas (10,6t), Parque do Flamengo (3,6t), Ciep José Varela (4,16t), Sambódromo (18,02), UFRJ Praia Vermelha (1,55t), Ciep Tancredo Neves (1,12t) e Quinta da Boa Vista (4,6t). A Comlurb segue com planejamento especial de limpeza dos logradouros próximos aos locais da Rio + 20, como: Barra da Tijuca (Riocentro, Parque dos Atletas e Arena da Barra), Parque do Flamengo (Museu de Arte Moderna e Espaço Vivo Rio) e Centro (Píer Mauá e Galpão da Cidadania), Quinta da Boa Vista e Sambódromo. Nestes locais, houve aumento do efetivo e intensificação dos serviços. A Comlurb vai reforçar ainda o atendimento nos pontos turísticos da cidade e na Colônia Juliano Moreira, onde será realizada a coleta diária do lixo produzido. Resumo das principais atividades da Comlurb na Rio + 20: 1 - Manutenção das rotinas operacionais diárias e atendimento regular da coleta domiciliar, limpeza de praias, limpeza de feiras livres, manutenção de limpeza dos logradouros. 2 - Preparação das áreas no entorno dos espaços oficiais e manutenção diária em três turnos, durante o evento com aumento do efetivo de garis. Espaços oficiais: · Barra da Tijuca: Riocentro, Parque dos Atletas e Arena da Barra; · Parque do Flamengo: Museu de Arte Moderna e Espaço Vivo Rio; · Centro: Píer Mauá e Galpão da Cidadania. 3 - Limpeza e manutenção de todo o Parque do Flamengo onde serão montadas Tendas e serão realizados "Fóruns de discussão", com público estimado de 50 mil/dia. 4 - Limpeza e manutenção da Quinta da Boa Vista e Sambódromo, onde serão montados acampamentos para participantes do evento. 5 - Limpeza e manutenção dos espaços públicos com atividades paralelas ao evento (shows, apresentações, exposições, etc.) 6 - Manutenção de limpeza, em três turnos, no entorno dos principais pontos turísticos: - Serviço de rotina com aumento de efetivo de garis; - Planejamentos específicos para cada local.

A Secretaria de Conservação informa que 11.850 pessoas estão distribuídas nos seguintes acampamentos da cidade do Rio de Janeiro: Ciep Tancredo Neves (400), Ciep Rua do Lavradio (600), Sambódromo (8.000), Quinta da Boa Vista (750) e Cúpula dos Povos (2.100).

A Secretaria de Turimo abriu mais um posto de informações turísticas, desta vez no Forte de Copacabana, para atender a demanda do evento Humanidade 2012. Com isso, agora são 8 postos temporários para a Rio+20. Foi ampliado ainda o horário de funcionamento do posto montado no MAM, que passou a abrir às 9h, fechando sempre às 20h. Do material produzido especialmente para a Rio+20, já foram distribuídos 97 mil revistas bilíngue Guia do Rio, 147 mil folhetos Rio Legal e 55 mil mapas turísticos da cidade.


Boletim Especial Rio+20