Page 1

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Fotógrafos registram simetria das paisagens urbana em Curitiba; Série 'Olhar Curitiba' Na imagem Prédio no Cabral - Curitiba, 25/02/2019

O segredo de beleza das artistas de Hollywood : (Na foto: Jennifer Lopes) CURITIBA | PARANÁ Distribuição Dirigida nos bairros: • Batel • Bigorrilho • Ecoville • Seminário • Centro • Abril 2019 • Ano 18- R$ 1,00

211

Especial Praça General Osório


Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Página 02

General Osório: de soldado a patrono

Edit orial 2 11 Editorial 21

Beleza interior Cuidar da sua aparência é muito importante. Quando você chega a um ambiente, o que chega primeiro é a sua imagem. Uma imagem bem cuidada revela sua autoconfiança, seu amor próprio, sua capacidade de valorizar aquilo que Deus lhe deu: o corpo, os cabelos, os olhos, o sorriso... No máximo, você gastará alguns minutos a mais para dedicar carinho à sua aparência, à sua primeira impressão.E, como diziam nossos avós: A primeira impressão é a que fica! É certo que a realmente beleza vai além das aparências exteriores: a beleza interior conta muito. Como algumas atrizes famosas mesmo dizem: a beleza é interior acima de tudo. Nós, seres humanos, somos construídos dia após dia, e se alguma parte de nós está estagnada, todo o resto será contaminado. Desejo que você cultive-se bem , dia após dia. Que a sua primeira impressão seja bela, perfumada, marcante. E que a sua presença interior seja ainda mais bela, necessária, desejada, reconfortante. Seja uma pessoa completa! Na serie de reportagem quem é quem "conheça seu vizinho " trouxemos nessa edição a Praça Osório Cuja historia surgiu em 1878 com o nome de Largo Oceano Pacífico . No ano seguinte, foi rebatizada como Praça General Osório em homenagem a Manuel Luiz Osório, Marquês do Herval, herói da Guerra do Paraguai e Ministro da Guerra . Hoje, é um local bem arborizado no centro da cidade , ótima área de lazer , com parque infantil, café, relógio , fonte luminosa, banca de flores e jornais , posto policial , em seu entorno estão vários, bares, restaurantes, cafés, lojas de moda Conhecida por suas feiras gastronômicas e de artesanato, como as feirinhas especiais da Páscoa, Pinhão, Primavera e Natal. Será que ela se tornará um Boulevard ? Série 'Olhar Curitiba' Fotógrafos da prefeitura registram simetria das paisagens urbana em Curitiba. Boa Leitura ! Celina Ribello

PRATIQUE O MERECIMENTO! Você é absolutamente DIGNA(o) : não permita que ninguém a diminua. Você merece tudo de melhor. O desafio está na crença de que você é digna. Você, como todos os outros seres no planeta são centelhas de Deus, e dignos de receberem toda a maravilha, a alegria, a abundância, a prosperidade e a felicidade que o Universo Superior tem a oferecer. Saiba que você é amada e apoiada. Acredite nisto com todo o seu coração. DECRETO DE MERECIMENTO Eu Sou digno. Quando acredito em mim mesmo, em meus talentos e habilidades, sou invencível! Sou merecedor. Mereço tudo de bom. Não uma parte, não um pouquinho, mas TUDO DE MELHOR! Afasto-me de todos os pensamentos negativos, restritivos. Liberto e deixo ir todas as minhas limitações. Em minha mente, sou livre. Me transporto para um novo espaço de consciência, onde estou disposto a me ver de maneira diferente. Estou decidido a criar novas crenças sobre mim mesmo e minha vida. Meu novo modo de pensar positivo atrai milagres. Eu sei e afirmo que sou uno com o Poder de Prosperidade do Universo. Assim, prospero de inúmeras maneiras. Estou diante de um campo infinito de possibilidades. Mereço vida, uma boa vida. Mereço amor, uma abundância de amor. Mereço saúde perfeita. Mereço viver com conforto, prosperidade e sucesso. Mereço alegria e felicidade. Mereço a liberdade de ser tudo o que posso e quero ser. O Universo está mais do que disposto a manifestar minhas novas crenças. Aceito essa vida abundante com alegria, prazer e gratidão, pois sou merecedor. Eu a aceito. E assim é. Namaste! Canalizado por Bibba Picheco autora do livro : O Poder da Alegria

Manuel Luís Osório, conhecido também como Marquês do Herval´, nasceu em 10 de maio de 1808, na localidade de Vila de Nossa Senhora da Conceição do Arroio, hoje município que leva seu nome, Osório, no Rio Grande do Sul. Participou dos principais eventos militares do final do século XIX sendo herói da Guerra da Tríplice Aliança. Segundo o historiador e seu biógrafo, Francisco Doratioto, Manuel Luís Osório foi militar contra a vontade, por imposição paterna e pela falta de alternativas para um garoto pobre do interior do Rio Grande do Sul. Mas, com o tempo, simpatizou com a vida e a carreira militar. Ingressou no Exército aos 14 anos e, com 17 anos incompletos, já era alferes. Participou de todas as batalhas ocorridas no sul do continente, como a batalha de Sarandi, na guerra da Província Cisplatina, em 1825. Lutou, ainda, em Passo do Rosário (1828), na Revolução Farroupilha (1835-1845) e na batalha de Monte Caseros (1852), contra o ditador argentino Juan Manuel Rosas. Em 1835, surgia a Guerra dos Farrapos, caracterizada por agitações separatistas que, por 10 anos, ameaçou a unidade do Império. O tenente Osório, à época, servia o 2º Corpo de Cavalaria Ligeira, na Vila de Bagé, onde abandonou a praça e entregou-a aos farrapos. Osório conduziu seu superior até a fronteira e apresentou-se, depois, ao coronel Bento Manoel Ribeiro. De espírito liberal, Osório apoiou a causa farroupilha, combatendo, inicialmente, ao lado dos rebeldes, até a proclamação da República Rio-grandense, em 1836, quando o movimento tomou a causa separatista - o que ele não aceitou -, motivo pelo qual integrou-se ao Exército Imperial, no qual permaneceu até o fim da revolta. Participou, ainda, dos combates contra os rebeldes em Porto Alegre, Caçapava do Sul e Erval. Tornou-se capitão em 1838 e major em 1842. Em 1844, solicitou a sua reforma, mas o Exército, não querendo dispensá-lo, nomeou-o tenente-coronel e comandante do 2º Regimento de Cavalaria de Linha. Auxiliou Caxias na elaboração da paz de Ponche Verde, ocorrida em 25 de fevereiro de 1845. Com o fim da Revolução Farroupilha, o imperador Dom Pedro II, ainda muito jovem, decidira visitar a província com o objetivo de consolidar a paz firmada. Caxias confiou a Osório a delicada missão. Em 1856, tornou-se general e, nove anos depois, marechal de campo, depois de ter organizado, no Rio Grande do Sul, o Exército brasileiro que participou da Guerra do Paraguai (1865-1870). Comandou as tropas

brasileiras que invadiram o Paraguai, em 16 de abril de 1866. Em maio, planejou a estratégia que permitiu ao Brasil vencer a batalha de Tuiuti, a maior do conflito. Recebeu o título de barão e, depois, marquês do Erval. Voltou ao campo de batalha em 1868 e, mais uma vez, demonstrou competência, conquistando a fortaleza de Humaitá e vencendo a batalha de Avaí. Osório era um homem simples, nada aristocrático, que se dava bem com os soldados e, assim como eles, estava sempre pronto para entrar em ação. Mais tarde foi chamado pelo imperador a ocupar uma cadeira no Senado e promovido ao posto de marechal de Exército. Em 1878, foi nomeado ministro da Guerra, com a ascensão do Partido Liberal ao poder. Permaneceu no cargo até a morte. O general Osório conquistou a fama e reconhecimento nacional e até certa fortuna. Morreu no Rio de Janeiro em 4 de outubro de 1879, sendo seu nome homenageado em vários locais do Brasil, entre eles uma avenida importante de Bagé e o nome do município onde nasceu. Hoje, Osório é o patrono da Arma de Cavalaria do Exército brasileiro. Contam os historiadores da época que, certa vez, despachando com outros ministros diante do imperador, percebeu que Dom Pedro II cochilava, sem dar atenção ao que eles diziam. Aborrecido, Osório deixou cair, estrondosamente, seu sabre ao chão. Abruptamente despertado, o imperador o admoestou: "Acredito que o senhor não deixava cair suas armas quando estava no Paraguai, marechal". "Não, majestade", respondeu Osório, "mesmo porque lá nós não cochilávamos em serviço".

Expediente Razão Social: Celina Susy Pires Ribello ME Jornalista Profissional: Celina S. P. Ribello - CRTE /PR | Habilitação: 8221 Diretora Executiva: Celina S. P. Ribello Rua Paulo Gorski, 181 CNPJ: 07478063/0001-05 Fone: 3274- 0104 - Fax: 3402-3721 www.jornalfolhadobatel.com.br | contato@jornalfolhadobatel.com.br. | Diagramação: Tatiana Carla de Souza Distribuição: Dirigida e Gratuita | Periodicidade: Mensal As matérias assinadas não expressam, necessariamente, a opinião do jornal. CNPJ CONTRATADO: 07478063/0001-05


Abril | 2019

COLUNA TIOM KIM

A graciosa Maria Victoria celebrou seus 15 anos em alto estilo no Graciosa Country Club. Em cena com os pais João Renato Bisetto e Audrey Grubba. A produção da festa foi de Rossana Lazzarotto de Oliveira.

Márcio-e-Geisa Miksza, Carlos Massa Ratinho Junior Luciana Massa e Lívia-Rangel. Governador se encontrou com líderes empresariais do LIDE Paraná no dia 15 de abril no Castelo do Batel para falar sobre os primeiros 100 dias de governo, no jantar o debate com os empresários foi sobre o desenvolvimento da economia paranaense.

O fotógrafo Matheus de La Palm exibe gravata borboleta exclusiva da marca Brotto by Raul Kruger. Ele cobriu o desfile da estilista Carol Nogara na Serra Verde Express.

Página 03

FOLHA DO BATEL

A Dra. Lorena Schwartz e o Dr. Ugo Zambon palestraram sobre "Crimes Virtuais" e "Alienação Parental", respectivamente no almoço da Academia de Cultura de Curitiba, presidida por Maria Ines Borges da Silveira. Evento aconteceu no Clube Curitibano. Na foto os advogados com os Drs. Dilani Maiorani (esq.) e Patrick dos Santos (dir)

Vivavinho: da esq. para dir. Rodrigo Bassinelli (Gerente geral do Pestana Curitiba), Renzo Valadares (Proprietário da Vivavinho), Cris Osike (Jornalista e Assessora de Imprensa das duas marcas) e Gustavo Jarussi (Diretor de Operações do Grupo Pestana na América Latina).

O exBBB14 Marcelo Zagonel e Marquinhos Mufs marcaram presença no desfile da estilista Carol Nogara na Serra Verde Express (foto matheus de la palm)

A beleza contagiante da nossa Miss Curitiba 2019 Marcella Kozinski, o prof. de maquiagem do Centro Europeu Pablo Inisio em cena com a estilista Carol Nogara nos bastidores do belo desfile "Roma" na Serra Verde Express. Lente by Matheus de La Palm

Exposição "Luciana" de Victor Sálvaro teve inicio no dia 17 de abril e encerramento no dia 1.º de maio , no Café Mafalda. A mostra foi uma homenagem do produtor de moda, diretor de cena e arte e figurinista curitibano Victor Sálvaro , que esse ano comemora 30 anos de carreira, à sua irmã Luciana Sálvaro.


Fato ou fake? O que é verdade e o que é mentira quando o assunto é gripe Quando se trata de gripe não existe #mimimi. O assunto é sério: só em 2018 foram registradas 1.381 mortes relacionadas à doença no Brasil, segundo Boletim Epidemiológico editado pela Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde. Sul e Sudeste, por sua vez, aparecem como as regiões com maior incidência de Influenza A/H3N2 e A/H1N1. Justamente para prevenir novos casos de gripe a campanha nacional de vacinação do Ministério da Saúde foi antecipada em 2019 e começou já no dia 10 de abril, 15 dias antes da data padrão e oferecerá a vacina trivalente, que protege contra os vírus A/H1N1, A/ H3N2 e um tipo (cepa) B. A rede pública, no entanto, atende apenas profissionais de saúde, crianças de seis meses a cinco anos, idosos, gestantes, portadores de doenças crônicas, puérperas de até 45 dias, detentos, funcionários da rede prisional e indígenas. Contudo, a rede privada dispõe da vacina tetravalente que protege contra as gripes A/ H1N1, A/H3N2 e dois tipos (cepas) B, ou seja é mais completa. Em um cenário como esse, o médico especialista em infectologia Dr. Jaime Luis Lopes Rocha, Diretor de Prevenção e Promoção à Saúde da Unimed Curitiba e responsável pela Unimed Laboratório, ressalta a importância da população não propagar informações incertas sobre o assunto e pede cautela. "Em um contexto de redes sociais, têm se alastrado informações fantasiosas sobre

Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Página 04

a gripe. Isso é muito preocupante, afinal, trata-se de uma doença comum ao dia a dia das pessoas, mas que pode levar a óbito.", afirma. Para ajudar a população, o especialista listou nove mitos e verdades sobre a gripe. Confira! Quem tomou a vacina em 2018 NÃO precisa tomar em 2019. FAKE. A vacina tem validade de seis meses a um ano. Logo, deve ser tomada novamente. A vacina provoca gripe. FAKE. A vacina é composta por fragmentos dos vírus ou por vírus mortos, por isso, não dá gripe. A vacina pode ocasionar febre, dor e mal-estar. FATO. Esta vacina, em geral, não dá sintomas de desconforto depois. As reações são bastante individuais, um número reduzido de pessoas pode apresentar febre, mal-estar e um pouco de dor no local da aplicação. A vacina tem efeito imediato. FAKE. Leva em média de duas a três semanas para fazer efeito. Por isso, é importante tomá-la antes do início dos dias mais frios.

Apenas uma vacina protege contra H1N1. FAKE. Há duas disponíveis: a trivalente, disponível na rede pública, e a tetravalente (ou quadrivalente). A primeira protege contra a gripe A/H1N1, A/H3N3 e um tipo de (cepa) B, enquanto a segunda possui uma cepa B a mais. A proteção contra a A/H1N1 está contida nas duas. Pessoas com febre e/ou tomando antibiótico NÃO podem tomar a vacina. FATO. Recomenda-se que febris aguardem a resolução do processo e quem está tomando antibiótico converse com o seu médico. É importante seguir as orientações específicas para cada caso. A vacina contra a gripe é conta indicada para idosos e grávidas. FAKE. É muito importante que pessoas com mais de 65 anos se vacinem, pois, com o avançar da idade, há um declínio natural da imunidade em nosso corpo. A vacinação das mulheres grávidas é duplamente importante, já que quando a mãe é vacinada, o bebê também fica protegido. A vacina contra a gripe é a única forma de prevenção contra a doença FAKE. A vacina contra a gripe é a melhor e mais segura forma de se proteger contra a gripe, mas dá pra ajudar ainda mais na prevenção com atos simples, como lavar as mãos com frequência, ter uma boa alimentação e beber bastante líquido.

Quem tem direito a pensão por morte? A pensão por morte é um benefício pago aos dependentes do segurado que vier a falecer ou, em caso de desaparecimento, tiver sua morte presumida declarada judicialmente. Quem é dependente para recebimento da pensão? • Cônjuges, Companheiros e o Filho Não Emancipado, de qualquer condição, Menor de 21 anos ou Inválido ou que tenha Deficiência. Importante frisar que para o dependente invalido possuir diretito a pensão, é considerado a invalidez física grave ou a mental, como por exemplo alienação mental, esquizofrenia, etc. • Também pode requerer a pensão o Cônjuge Divorciado, Separado Judicialmente ou de Fato, que comprove dependência econômica do falecido. • No caso de não haver estes dependentes, os pais ou irmãos menores de 21 anos ou inválido, que comprovem a dependência econômica terão direito a esta pensão. No caso de mais de um dependente, como a pensão por morte será divida? • No caso em que haja mais de um dependente com direito ao recebimento a pensão por morte, esta será rateada entre todos, em partes iguais. A quota parte daquele cujo direito à pensão cessar será revertida em favor dos demais. Vale esclarecer que um novo casamento não extingue a pensão por morte. Em 2015 com a publicação da lei 13.135 houve alteração das regras da pensão por morte, agora para os cônjuges e companheiros recebam o benefício por período superior a 4 meses é necessário que o segurado falecido tenha vertido, no mínimo, 18 contribuições para o INSS e também que o relacionamento tenha duração mínima de 2 anos. Portanto, quanto mais novo for o dependente por menos tempo receberá a pensão .A exceção a esta regra será se o óbito do segurado decorrer de acidente de qualquer natureza ou de doença profissional ou do trabalho. O texto da reforma da previdência, endurece muito as regras para a pensão por morte, as regras acima descritas estão em vigor atualmente, caso a reforma seja aprovada da maneira como foi proposta as regras serão outras e o valor irá cair consideravelmente. Autora: Dra. Thaissa Taques: advogada, Especialista em Direito Previdenciário, sócia fundadora da Taques e Paiva Advocacia, Escritório de Advocacia especializado em Direito Previdenciário. thaissa@btconsultoria.com OAB/PR 44.398


Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Uma das técnicas mais utilizadas na odontologia para reposição de dentes é a carga imediata. Esta técnica consiste na colocação de implantes, que são os pinos em titânio, e a reposição dos dentes em curto prazo de tempo que pode variar de 5 a 7 dias se o paciente possuir uma boa estrutura óssea. Para pacientes que usam as dentaduras móveis, são colocados de 5 a 6 implantes na parte superior (maxila) e de 4 a 5 implantes na parte inferior (mandíbula) e, conseguindo realizar a

O que define sua realização é

Para você que gostaria de se

técnica, são confeccionadas as

a quantidade e qualidade óssea

livrar de sua protese móvel, ligue

próteses completamente fixas, re-

durante o procedimento de anco-

e agende sua avaliação na Den-

pondo todos os dentes e sem o

ragem dos implantes.

talimplantes e restabeleça sua

A carga imediata é uma téc-

função mastigatória, garanta um

Este tratamento pode ser rea-

nica segura que traz inúmeros be-

novo e belo sorriso e sua autoesti-

lizado em pacientes completa-

nefícios aos pacientes. além de

ma renovada.

mente desdentados, portadores

um tempo reduzido de tratamen-

Sorria para vida que ela

de dentaduras móveis, pacientes

to, devolve a capacidade mastiga-

sorrirá pra você.

com falhas parciais ou que per-

tória, a estética, a qualidade de

Na Dentalimplantes você

deram apenas um dente.

vida e autoestima.

"céu da boca" na parte superior.

pode mais.

Página 05


Famosas que descobriram o segredo da eterna juventude Dicas de beleza das famosas internacionais. Elas já chegaram ou passaram dos 50 anos mais ainda esbanjam beleza e sensualidade.

Aos 72, Cher assume que não gosta de envelhecer: "Não sei como lidar" Cantora comentou no programa The Today Show que tem dificuldade em aceitar a passagem dos anos e imaginava que estaria morta à essa altura Cher assumiu que não foi fácil notar que já chegou aos 72 anos, a cantora e atriz comentou que lida mal com esse fato e que ainda não encontrou uma forma de aceitar a passagem dos anos. "Eu simplesmente não sei como aceitar [envelhecer]. Eu também não quero, mas eu realmente não sei como lidar. Eu me olho no espelho e vejo essa velha olhando para trás. Eu não tenho idéia de como ela chegou lá. Se eu colocar 70 velas no meu bolo, eu explodiria minha cabeça, entende? ", comentou. Cher usou o bom humor para explicar sua aparência jovem no filme Mamma Mia - Here We Go Again. Aos 72 anos, a atriz comentou para a revista Attitude Magazine que foi a maquiagem que a salvou."Eu usei dois quilos de maquiagem! Maquiagem foi o grande segredo e o diretor também se preocupou em fazer uma iluminação especial para as minhas cenas", explicou. Cher interpretou Ruby, mãe da protagonista Donna (Meryl Streep) no longa. Logo depois, a cantora lançou um disco de covers de músicas do ABBA e vai sair em turnê com o projeto, que está intimamente ligado ao universo de Mamma Mia (que é baseado nos sucessos do grupo sueco). "Elas são

Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Página 06

muito mais difíceis de cantar do que eu imaginava", desabafa. Apesar disso, ela garante que a vida até aqui foi positiva. "Quando penso na minha vida, foi uma vida muito boa. Foi difícil. Foi louco. Foi incrível, traiçoeira e triste, como a vida de todos", analisa. Cher ainda explicou que já fez mais de uma turnê de despedida porque acredita que sempre será a última. "É tão embaraçoso porque eu continuo tendo essas turnês de despedida e eu honestamente acho que nunca mais vou voltar. Tipo, eu tenho 100 anos, quem vai vir e me ver? Minha mãe tem 93 anos e diz, 'Cher, a idade é apenas um número. Se você não se incomodar, isso não vai incomodá-la. E eu continuo dizendo: 'Mãe, você é louca'. A cantora também revelou que não é grande fã das músicas que grava. "Eu não sou uma fã da Cher. Eu só não acho que o meu gosto estético está na direção dela. Eu não gosto de envelhecer. Estou chocada que eu ainda posso correr pelo palco na minha idade. Eu pensei que estaria morta", confessa.

Da dieta ao ritual de cremes: os segredos de beleza de Sharon Stone A atriz Sharon Stone completou 61 anos no último mês de março e está melhor do que nunca! A inesquecível estrela de Instinto Selvagem (1992) está em ótima forma física, o que leva todos a se perguntarem qual o seu segredo. Ela não se priva do chocolate e do açúcar - mas claro, sempre com moderação. Por ser celíaca, Sharon não pode consumir o glúten, então ela sabe que é fácil se manter longe de algumas tentações. Quanto aos exercícios, Sharon Stone não perde nenhuma sessão de Pilates e também encontra o equilíbrio do seu corpo através da meditação. "Para mim, é mais sobre a beleza interior. É importante ter uma filosofia, um modo de vida, para manter o equilíbrio", explica Stone ao The New York Times, "Isso é o que o budismo significa para mim. Ele me traz ao meu centro, e é realmente a chave para a serenidade e a beleza: um senso interior de forma e elegância.", completa. Dona de uma beleza hipnotizante acompanhada pelo mundo todo há décadas, a estrela afirma que não tem lá grandes segredos quando o assunto é rotina e cuidados de beauté - mas os que tem são preciosos! Veja abaixo: Cuidados com a pele "Não faço nada especial pela manhã. Eu lavo meu rosto com água e

escovo meus dentes. Após o banho, eu gosto da usar uma loção corporal hidratante da Shiseido. No pós-banho, depende do clima. Se eu estiver em um local seco, eu uso o Weleda Skin Food no corpo e rosto. Ou o La Mer ou Neutrogena com SPF 15. Eu também uso Eucerin, que é um produto muito bom e fácil de obter". Cabelo "Eu mesma corto meu cabelo. A primeira vez que fiz isso foi quando eu estava com um cabeleireiro francês anos atrás, e eu tinha cabelos longos. Ele me falou que se eu puxasse todos os meus fios para cima e, em seguida, apenas cortasse as pontas teria todas as camadas prontas. De vez em quando, quando corto o cabelo de outra pessoa, os cabeleireiros vão reclamar: "Quem fez este corte de cabelo?" Mas a verdade é que ninguém gosta do corte de outra pessoa. Minha

cor é feita por Kacey Welch. Eu a amo porque ela é muito boa e muito rápida" Dieta e Fitness "Eu não como alimentos processados. Eu não bebo nada com cafeína, e muito raramente refrigerante ou álcool. Mas eu como carne e chocolate amargo. Sou celíaca, então eu não como glúten. Caso contrário, eu comeria uma pessoa - brinco que sempre estou com fome", contou. "Faço Pilates - eu tenho uma máquina na minha casa. Ou vou a uma academia, de acordo com o humor em que estou. Mas eu não sou a pessoa que vai subir em uma esteira e olhar para uma parede todos os dias. Além disso, para mim, é mais sobre a verdadeira beleza interior. É importante ter uma filosofia ou estilo de vida ou fé que o mantenha equilibrado. Para mim, isso tem sido o budismo. É algo que me traz de volta ao centro, e é realmente a chave para a serenidade e a beleza - um senso interno de forma e elegância".

Descubra o segredo de beleza de Julia Roberts Aos 51 anos a atriz continua sendo uma das mulheres mais lindas de Hollywood Considerando que ela é tão popular em 2019 como era em "Uma Linda Mulher", Julia conseguiu se manter à frente das armadilhas do envelhecimento prematuro através de um algumas dicas. Pele: A estrela revelou que entre os cuidados mais específicos estão um creme para a região dos olhos e para o rosto, aplicado todas as manhãs antes da maquiagem. O protetor solar 40 é usado para proteger a pele. "Eu tenho saído muito para jogos de futebol ao ar livre, então tive que levar a sério a proteção contra o sol", disse Júlia.

Cabelo: A atriz revelou que ela mesma faz seus penteados e para os dias em que os fios não estão lavados, o truque é bom e velho coque. A estrela revelou ainda que prefere seu cabelo pintado de loiro, "porque os cabelos brancos ficam imperceptíveis por mais tempo". Alimentação: A sua dieta é baseada em produtos livres de glúten, salmão, frutas e vegetais orgânicos. Beleza: Júlia considera uma das melhores dicas de beleza, o "senta direito, menina" que todas as mães dizem, a melhor delas. Entre as atividades para manter a boa forma estão exercícios aeróbicos, ioga, kickboxing e corridas matinais.

Dona de um largo sorriso no rosto, a atriz também revela que um de seus principais conselhos para dentes brancos é o uso de bicarbonato de sódio na escovação. "Aprendi com meu avô, ele colocava um amontoado sobre sua escova de dentes e teve apenas uma cárie em sua vida inteira", relembrou.


Abril | 2019

Página 07

FOLHA DO BATEL

Segredo de Jennifer Lopez para parecer mais nova "Você tem que manter sua mente, alma, corpo e espírito em sincronia", conta a atrizcontou ao Harper's Bazaar que repete a si mesma a frase 'Sou jovem e atemporal' várias vezes ao dia. "Parece clichê mas não é, a idade está em sua mente. Olhe para Jane Fonda". Se existe alguém que consegue frear o tempo, atende pelo nome de Jennifer Lopez. E, neste ano no dia 24 de julho, a musa completará 50 anos. Essa leonina é cantora, compositora, bailarina, produtora musical, estilista, filantrópica, produtora de TV, e mãe, tem uma vida agitadíssima, mas é uma beauty addict assumida e ama cuidar do corpo e da pele. 1. Ela dedica muito tempo da vida à pele Jennifer tem um cuidado permanente com a cútis, antes de se maquiar, ela prepara a pele com massagem para melhorar a circulação sanguínea e reduzir qualquer inchaço. Quem faz o trabalho é a makeup artist Mary Phililps. A profissional revelou que também aplica um produto anti-idade e um hidratante bem leve no rosto da atriz. J.Lo também tem uma dieta que visa a saúde da pele! "Não bebo álcool nem

cafeína, e não fumo. São coisas que realmente estragam sua pele com o passar do tempo", declarou a musa ao Style.com. 2. Ela aquece a base antes de passar no rosto Outro truque de J.Lo é aquecer a base com as mãos antes de usá-la. Isso porque, ao atingir determinada temperatura, o produto tem melhor adesão e penetração na pele. Depois, para aplicar no rosto da atriz, a beauty artist utiliza um pincel de blush. "Isso permite controle da aplicação ao mesmo tempo em que confere um resultado natural, quase airbrush", entregou a maquiadora. Detalhe: Jennifer nunca vai dormir sem antes usar um bom demaquilante. 3. Ela ama se exercitar Para JLo, o exercício não é um "truque", mas um estilo de vida! A musa mantém seu corpaço se dividindo entre coreografias de dança mescladas a pilates (método da guru fitness Tracy Anderson) e os treinos do personal David Kirsch. Ela malha 6 vezes por semana! "Às vezes, quando chego em casa e não estou me sentindo bem, vou direto para a aca-

demia. Depois de terminar a série, volto para casa, tomo um banho, visto uma roupa incrível e me sinto maravilhosa. É transformador", contou à Redbook Magazine. 4. Ela tem uma alimentação saudável Jennifer não inclui nem sal e nem açúcar na sua dieta, segundo o site POPSUGAR Beauty. Comidas gordurosas e enlatados também estão fora de seu cardápio. Seus ingredientes favoritos são legumes verdes, como aspargos, brócolis e couve. Ela ama salada de couve com queijo e frango grelhado. 5. Ela é a rainha dos lanches Para se manter em forma, Lopez sempre leva snacks saudáveis (como frutas e vegetais) na bolsa. Mas não pense que a cantora não liga para comida. Ela já disse que ama comer! "Eu não me privo de nada, mas aprendi a importância de manter um estilo de vida saudável", disse à People. Quem vê esse abdômen definido e o corpo sem nenhuma gordurinha a mais pensa que JLo vive de salada. Mas ela confessa que em diversos momentos se permite comer besteiras. "Não como tudo certinho", afirma. Entretanto, ela tem um truque para esses momentos de exageros. ", faço um shake de proteína de manhã e outro à noite", detalha para a revista. Ela ainda dá a receita de seu shake favorito: manteiga de girassol, pó de proteína sabor chocolate e banana. Para completar, Jennifer Lopez diz acreditar que mais um segredo para a beleza, além da alimentação e dos exercícios, é cuidar do espírito. Ela é adepta da meditação. "Vou para fora e abro meus braços para o universo, para os céus, para Deus", comenta a diva pop.

Jennifer Aniston 50 anos: segredos de beleza e boa forma da estrela Rotina diária "Lavo meu rosto com o sabonete de limpeza facial da Neutrogena. E depois passou um tônico - qualquer um que estiver usando naquele mês. E serum, dependendo do que eu estiver usando na época". Por fim, ela hidrata com um creme específico da Aveeno (da qual é garota propaganda) que já tem fator de proteção solar 15, com mais uma dose protetor solar fator 30 da mesma marca. Tratamentos de última geração Apesar de procurar manter os cuidados diários na simplicidade, a atriz tem acesso a tratamentos estéticos de última geração e afirma ter testado todo tipo de novidade ao longo dos anos. Entre seus favoritos estão as microcorrentes faciais, que estimulam os músculos, sessões de laser e de radiofrequência, que estimulam a produção de colágeno. Alimentação Jennifer Aniston abdicou das dietas malucas e restritivas. Ela evita comidas ultraprocessadas e procura deixar a geladeira repleta de orgânicos - frutas, legumes e verduras- já lavados e picados ou descascados. Ter uma boa noite de sono é extrema-

mente importante, assim como se hidratar com água, água e água. É importante para conseguir aquele brilho a mais", disse. Atividade física A estrela distribui seus exercícios seis vezes por semana, pelo menos uma horinha por dia. Segundo o site Health.com, ela só tira folga aos domingos. Ela também não inventa muito e mantém a rotina simplificada, ela faz agachamentos e leg press, utiliza elásticos de resistência e aparelhos específicos para os músculos peitorais. Ela malha com personal trainer, mas também frequenta aulas de spinyoga, hit e programas como The Class e Body By Simone.


Página 08

FOLHA DO BATEL

Abril | 2019

"Histórias da velha praça NOSTALGIA Por CID DESTEFANI "Quem transita pela Praça Osório nem imagina quantas histórias curitibanas ali aconteceram, quantas lendas foram criadas ou, então, quantas vezes a prefeitura mexeu e remexeu no ambiente desde 1904, quando o ambiente foi urbanizado. A Osório foi por muito tempo a porta de entrada para o centro da cidade: a passagem que levava todo o movimento para a rua principal, a XV de Novembro. Porta de entrada e de saída. Quem estava no centro se dirigia através dela para a Rua do Mato Grosso, atual Comendador Araújo, com destino aos arrabaldes do Batel e do Seminário ou, então, em viagem aos Campos Gerais. Em 1914 ela recebeu outra reforma, quem sabe a mais importante. Os bondinhos de mulas deixaram de circular pelo seu centro, foram instalados um coreto, um relógio e, em seu centro, construiu-se um repuxo elevado, a vegetação foi toda replantada com mudas arbóreas, que, com o tempo, se transformaram em gigantescas árvores, as quais, em 1971, foram eliminadas. O coreto serviu durante anos para as retretas de bandas militares; e o relógio funcionava mal, a maior parte do tempo parado, peça que não adiantava nada. O repuxo, adornado com esculturas de sereias, sempre atraiu a piazada para se refrescarem em tempos de verão. Era usado como piscina, na década de 1920, pelos filhos do presidente Afonso Camargo, cuja residência ficava numa das esquinas da praça. Com o tempo, o coreto enferrujou e foi demolido; o relógio mudou de formas e, finalmente, foi transferido de lugar para que nele coubessem algumas placas alusivas à vaidade do prefeito que realizou a "obra".O repuxo! Esse mudou várias vezes, antes elevado, foi colocado abaixo do nível do solo; outra vez mexido, suas esculturas foram elevadas e teve o seu interior recoberto de pastilhas azulejadas. Entretanto, não perdeu a sua função maior: a molecada continua usando-o como piscina. Os acontecimentos surgiam e se desenvol-

"A vegetação da Praça Osório, coberta de neve, serve de moldura para o grupo que estava no Bar Stuart, então comandado pelo Ronaldi Abrão, o famoso Ligeirinho. Isso foi há 43 anos, no dia 17 de julho de 1975"

viam na Praça Osório e em seu entorno; os bares mais famosos da cidade estavam por ali; o maior edifício de Curitiba foi construído em uma de suas esquinas, o Edifício Garcez, em 1930. O anúncio luminoso da Caixa Econômica marcou época na embocadura da Avenida Luiz Xavier; os fotógrafos lambe-lambe retratavam as crianças montadas no cavalinho de pau e a marmanjada com a cara na janela do avião pintado numa tela de lona. A onça morta na Praça Osório causou sensação na cidade naquele dia 21 de outubro de 1962. Foi isso mesmo: uma onça-pintada estava, morta, na Praça Osório. A notícia correu pela cidade que nem rastilho de pólvora. Que barbaridade! Como é que foi aparecer tal bicho no Centro de Curitiba? A história mirabolante foi comentada em tudo quanto é boteco e salão de beleza, onde quer que se reunissem pescadores, caçadores e outros mentirosos. Era onça mesmo! Eu mesmo a vi, mortinha da Silva! Afirmava-se em toda a Curitiba,

do Portão ao Bacacheri, do Capanema ao Bigorrilho. Quem duvidasse podia ver a fotografia do bicharão nos jornais do dia seguinte. Eta, Curitiba velha de guerra! As histórias verdadeiras vão sendo distorcidas com o passar do tempo e acabam virando lendas. A história da onça morta na Praça Osório é uma delas. Vamos ao fato verdadeiro. O lavrador Sezinando Armstrong, morador na fazenda Taquari, de propriedade de Flávio Ribeiro e que ficava às margens da antiga BR-2, matou a onça que estava dizimando o gado da fazenda. Com a onça morta nada melhor para exibi-la do que a capital. Tratou de trazer o seu troféu para exibi-lo em praça pública, para tanto contou com a ajuda de dois patrulheiros da Polícia Rodoviária, que, com seu veículo, transportaram o caçador e a dita onça. O local escolhido para a exibição foi a Praça Osório. Assim como surgiram, tanto a onça como o seu algoz, desapareceram. Ficou, entretanto, a lenda da onça morta na Praça Osório."


Abril | 2019

"Praça Osório: um recanto verde na selva de pedra curitibana

Registros históricos do IPPUC e da Fundação Cultural de Curitiba indicam que a preocupação com a estética da Osório vem de longa data. Entre 1900 e 1907 foram plantadas as primeiras árvores alinhadas, algumas espécies nativas e aléias, enquanto que os canteiros elevados vieram em 1913. As referências francesas, principalmente ao movimento art nouveau - estilo marcado pela decoração elaborada e formas curvilíneas ou sinuosas -, são de 1914. A praça ganhou um chafariz, com estátuas de sereias e de um cisne trazidos da França, sem contar o petit-pavé de rosácea paranista (com pinhões nas laterais), baseado no desenho de Lange de Morretes. Reformado nos anos 1960, foi a vez de o repuxo ganhar iluminação e aplicação de pastilhas verdes, conforme o gosto da época. Da origem vêm também os postes e um coreto - demolido no início dos anos 1950.

FOLHA DO BATEL

Página 09

“Boulevard Osório”: uma saída para revitalizar a praça Um espaço com mesas nas calçadas, aonde os frequentadores podem sentar enquanto apreciam algumas das especialidades dos estabelecimentos gastronômicos em volta. No centro da praça, apresentações com músicos locais, grupos de dança, trupes de teatro e agremiações folclóricas. Ao longo de toda a sua extensão, mais de 12 mil metros quadrados, exposições de arte. Esse é o Boulevard Osório, o cenário que um grupo formado por donos de bares e restaurantes, empresários e arquitetos propõem para uma das praças mais tradicionais de Curitiba, a General Osório, como uma forma de revitalizá-la e levar fluxo contínuo de pessoas, sobretudo em horários mais críticos: como durante as noites e fins de semana. Um grupo liderado pelo Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba (Sindiabrabar) - entidade que representa uma série de estabelecimentos, principalmente bares e restaurantes - apresentou a proposta de seu espaço gastronômico-cultural ao prefeito Rafael Greca (PMN), que sinalizou de maneira positiva à idéia, ainda que não tenha se comprometido com prazos ou formatos. Durante a reunião, que teve também a presença de membros do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Greca pediu para que o grupo incluísse em seu estudo outro ponto crítico na cidade: a Praça Eufrásio Correia, em frente ao Shopping Estação, um ponto tido como abandonado e com altos índices de registros policiais. Das 439 praças de Curitiba, pouquíssimas são, de fato, abraçadas pela população. Muito porque o número de eventos que podem movimentá-las é baixo; em muitas delas, inexistente. Uma realidade que não é exclusiva de Curitiba outras cidades brasileiras passam pelo mesmo

problema -, mas que contrasta e muito com a realidade de quem sabe, de fato, aproveitar esse espaço para além de dar um respiro na paisagem urbana. Cidades como Munique e Berlim (Alemanha), Paris (França) ou mesmo as sul-americanas Bogotá (Colômbia), Lima (Peru) e Santiago (Chile), usam suas áreas públicas para criar uma agenda frequente de atrações. São opções a mais de entretenimento para seus moradores. Historicamente, era assim, como relatou o antropólogo Carlos Balhana, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em entrevista à Gazeta do Povo. O auge foram as décadas entre 1920 e 1950. "Os antigos largos da Rui Barbosa e da Carlos Gomes, por exemplo, tinham repuxos com cisnes que eram muito apreciados pelas famílias, além de serem limpos e terem boa luminosidade e belo ajardinamento", contou. Mas, de lá para cá, o curitibano ganhou outras opções de entretenimento, desde á televisão às novas tecnologias, enquanto as praças foram sendo deixadas para depois. Sem modernização, viraram espaços com um tom decadente, pouco atrativos a uma família em busca de descanso no domingo, por exemplo. Sem esse uso, as praças curitibanas começaram a se tornar palco de crimes, principalmente furtos e tráfico de drogas. Em 2017, a pró-

pria Osório chegou a liderar o número de ocorrências registradas pelos órgãos de segurança. A presença da Guarda Municipal 24 horas por dia - uma rotina iniciada no ano passado no local trouxe um pouco mais de paz aos frequentadores. A proposta da Sindiabrabar recebeu o pomposo nome de Boulevard Batel, como virou praxe em projetos do tipo, mas a idéia é mais simples: oferecer condições para que a Osório atraia mais público para a região. "A idéia do boulevard é aproveitar o espaço para uma série de ações. À prefeitura cabe melhorar a iluminação, o embelezamento, a segurança. "Por se tratar de uso do espaço urbano o projeto será avaliado também sob a perspectiva de integração às ações previstas no Rosto da Cidade", explicou o presidente do Ippuc e secretário do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur. Fabio Aguayo da Sindiabrabar sugere uma parceria público-privada, com gasto da prefeitura apenas na iluminação, calçamento. O resto seria bancado por empresários do ramo gastronômico, indústria cervejeira e segmentos dessa afinidade. Apesar de uma identificação com o projeto, a prefeitura deixou claro que terá regras rígidas para os eventos ou funcionamento regular do boulevard. "Essas ações são bem-vindas desde que feitas com segurança e dentro dos horários que respeitem quem mora na vizinhança", disse Rafael Greca no encontro com os idealizadores da proposta. O alerta se dá, sobretudo, para evitar o "descontrole" que ocorre em outras áreas de aglomeração da cidade. Um dos exemplos é a "Prainha da Itupava", nome informal da região da Praça Jardim Poeta Leonardo Henke, no Hugo Lange, local que reúne diversos bares. Fonte: Gazeta do Povo e prefeitura de Curitiba


Página 10

Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

CONHEÇA SEU VIZINHO

Manoel e Sebastião irmãos e proprietários do Maneko's Bar, tradição de 30 anos de funcionamento no almoço e jantar . O casal Ariana e Ailton Freitas são responsáveis pela loja Shop Below na Praça Osório, recentemente inaugurada. Ailton é empresário de varejo de moda há mais de 10 anos na cidade de Curitiba e região. " Enxergo a Praça Osório como um dos maiores corredores comerciais da cidade", enfatiza Ailton

"Escolhemos a Praça Osório porque queríamos um local democrático e acessível a todos. Acreditamos que o centro de qualquer cidade deva ter esse papel, além do mais a Praça Osório tem uma paisagem incrível e inspiradora que combina bastante com a Ben -café. Temos percebido que a Praça vem melhorando nos últimos tempos, principalmente na questão da segurança pública, mas sentimos que muito mais deva ser feito e que ela precisa ser revitalizada pela prefeitura para que possa ser melhor aproveitada pelos cidadãos curitibanos. Curitiba e sua população precisam valorizar mais o centro e a sua história." Bruno Borges, Monique Nomura e Nicolas Nomura sócios

Na tradicional Confeitaria Swisse encontramos Nasser . "Eu jogava futebol aqui na Praça Osório em meados da década de 70, juntamente com os Pequenos Jornaleiros", quanto a confeitaria pretendo manter a referência na excelência de atendimento. " alega Nasser

A empresária Samantha Vilardo de Lima é paulista da região de Registro trocou sua cidade natal para morar e trabalhar no entorno da Praça Osório, ela começou como estagiaria em 2011 , enfermeira de formação em 2015 assumiu o posto de enfermagem na clinica, em 2017 subiu a gerencia e atualmente é Diretora do Centro Dermatológico Pele & Cia. Sob a sua coordenação são mais de 20 pessoas entre médicos e colaboradores. "Essa região da Praça Osório me abençoou com muitos amigos , gosto muito daqui", comentou Samantha

Mariela Delgobbo há 48 anos no entorno da Praça General Osório com a loja Miloka moda feminina . " Depois da gestão do nosso Prefeito Rafael Greca a limpeza e segurança publica da praça melhorou muito por aqui." A feirinha orgânica fixa na sexta feira na rua em frente a Caixa Econômica está dificultando o trânsito, a solicitação é que ela se mude para dentro da praça " reivindica Mariela .

Eloisa Ferreira proprietária do Cantinho da Costura e Sapataria do Edifício Tijucas conheceu o amor da sua vida no corredor do prédio Tijucas o qual está casada há 3 anos , José Natal dos Santos que também é comerciante da região do entorno da Praça Osório.

Nelson Ferri , nascido em Verona - Itália com 2 anos de idade veio para o Brasil, esse atleticano assumiu a quarta geração no do bar Stuart que é tradicional na cidade, com 118 anos de portas abertas sendo 20 anos sob a sua direção . " a Praça General Osório é como se fosse o jardim da minha casa, esse bar é recinto de personalidades , como políticos, artistas, turistas de varias partes do mundo, até Getulio Vargas passou por aqui. Com o projeto Boulevard Osório poderemos melhorar ainda mais para as famílias que aqui já freqüentam " indaga Ferri- ( na foto Nelson e seu filho Carlo Ferri ) Sebastião Pereira popular Mister Sorriso há 35 anos trabalha diariamente no entorno da Praça Osório , auxiliando os motoristas, dando apoio aos comerciantes e informações aos turistas ."Sou o primeiro guardador de veiculo com registro em carteira no Brasil" afirma o pop Mister Sorriso da Osório.

Edson Pedroso é guarda municipal do posto policial 24horas da Praça Osório e o Supervisor Flausino , com uma experiência de 25 anos na profissão é o coordenador do GPEO ( grupo do pronto emprego operacional) responsável pela guarda e segurança da área central da cidade. "sob o meu comando até o momento foram 56 detenções de moradores de rua que estavam com mandatos de prisão em aberto" afirmou Flausino.

Acyr Gabardo há 55 anos se dedica a sua empresa a Copiadora Gabardo localizada no tradicional Edifício Asa , localizada nos arredores da Osório.


Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Página 11

A Ben-Café é uma nova cafeteria localizada na Praça Osório Inaugurada há nove meses, o local foi idealizado por Bruno Borges, Monique Nomura e Nicolas Nomura, seus atuais administradores, que se inspiraram em cafeterias norte americanas para trazer a Curitiba um lugar diferente e interessante. Com ambiente moderno, de arquitetura minimalista, e ao mesmo tempo muito aconchegante, é uma ótima opção para quem deseja passar um tempo descansando, trabalhando ou estudando, com acesso a Wi-Fi e uma boa seleção de música. O atendimento foi pensado para ser prático, atencioso e humanizado com pedidos no balcão. Os sócios têm uma grande paixão pelo café e são bastante cuidadosos quanto a qualidade. A Ben-café utiliza cafés artesanais torrados em parceria com o Moka Clube. Nos preparos à base de expresso tradicional é utilizado um grão mais adocicado com notas de chocolate e caramelo, já nos outros métodos como no V60, Chemex e Aram, o cliente pode escolher outra opção de grão que é oferecida no balcão. Por se tratar de micro lotes, os grãos estão sempre em constante mudança, perfeito para quem gosta de tomar sempre algo novo e diferente. Inclusive, um dos objetivos da cafeteria é incentivar e democratizar o consumo de cafés especiais, colaborando para que as pessoas se permitam experimentar um novo estilo de vida e, assim, vivenciar a paixão pelo café. No cardápio da Ben-Café, além dos cafés especiais, o cliente encontra diversas opções de

doces e salgados, todos sempre frescos e de produção própria (dentre alguns que se destacam estão as empanadas, a chipa, os sanduíches grillé e o alfajor de doce de leite - todos seguindo receita original). Além disso, uma das intenções da Ben-Café é oferecer um ambiente de divulgação da cultura. Por isso, criou a "Mostra Ben", a qual tem por objetivo levar obras de artistas da cena curitibana para dentro da cafeteria. Desde sua abertura com 9 meses de funcionamento já passaram por lá oito exposições diferentes. As obras ficam expostas nas paredes do local por um mês para

apreciação dos clientes, o que confere ao ambiente um aspecto ainda mais bonito e aconchegante. Em pouco tempo de existência, o lugar já agradou o público e recebeu diversos elogios em suas redes sociais sobre ambiente, atendimento e qualidade do café e da comida. A expectativa é de que, neste ano, a cafeteria seja apresentada a um público maior, para que mais pessoas conheçam um ótimo lugar para apreciar um bom café, saborear uma comida gostosa e ter contato com a arte. Serviço de atendimento: Praça General Osório, 205 Centro


Página 12

FOLHA DO BATEL

Abril | 2019

Edifício Asa uma mini cidade O ASA teve sua construção concluída entre 1954 a 1957 e foi o primeiro edifício comercial e residencial da cidade, com 414 unidades. Por dia, circulam pelo prédio cerca de 4 mil pessoas. A planta original se perdeu e há controvérsias sobre quem foi o arquiteto responsável pela construção. Tido como a primeira habitação de Curitiba a oferecer espaços comerciais e residenciais, o Asa mistura diferentes estilos arquitetônicos e tem sua história envolta em mistério" "O Edifício Asa é uma incógnita. Pouco se sabe sobre sua história. Não existe versão oficial. Sua presença é tímida nos registros dos arquivos públicos e arquitetos e historiadores ainda não se interessaram em decifrá-lo. Soma-se a isso o fato de a planta original ter se perdido e ninguém saber exatamente quem foi o arquiteto responsável pelo projeto. Alguns chegam a afirmar que até ferro e cimento desviados da construção de Brasília foram utilizados no Asa. O que se sabe com certeza sobre a habitação é que o nome peculiar vem das iniciais da construtora responsável pelo empreendimento: Aranha S.A. (ASA). O prédio é tido como a primeira habitação da capital paranaense a associar espaços comerciais e residenciais. Cravado no centro da cidade, com saídas para a Praça Osório, a Rua Voluntários da Pátria e a Alameda Dr. Carlos de Carvalho, o edifício reúne 22 andares e 414 unidades, entre lojas e residências. Nas unidades comerciais que se instalaram importantes clientes, na década de 1960, como o Canal 12, que na época alugou dois apartamen-

tos do ASA para realizar uma das primeiras transmissões televisiva do estado, quando Nagib Chede inaugurou a TV Paranaense (canal 12]. Também foi a primeira sede (19° andar) de um cursinho vestibular que mais tarde transformou-se uma das maiores redes de ensino do Paraná:o Grupo Dom Bosco. Quase uma mini-cidade, o Asa não passou despercebido na época, porém. Transformouse em um marco importante da paisagem da cidade, principalmente por ser um gigante. "Na época, os edifícios costumavam ter dez pavimentos, quando muito". No estilo, o edifício se mostra um híbrido de marca maior. Guarda características modernistas, como a clareza estrutural com as colunas circulares e as esquadrias discretas, e, ao mesmo tempo, não abandona elementos da art decó, como a moldura de algumas janelas, o padrão geométrico do piso, os ornamentos do corrimão e das paredes. O hibridismo de estilos do prédio fica claro quando comparadas as duas fachadas: uma tem janelões com esquadrias discretas e a outra é pontuada por molduras arte decó. Essa foi a saída encontrada pela construtora para casar o desejo de fazer algo moderno com o apego das pessoas ao tradicional . As colunas circulares são um elemento tipicamente modernista: concedem clareza visual e autonomia estrutural. Depois do advento do concreto armado (concreto com barras de aço e outros componentes no seu interior), a parede deixou de ser fundamental na estrutura e passou a ser só um componente de vedação. Por isso, começou a ser menos empregada nas fachadas dos prédios da época Pelos corredores, vaga a Noiva Loira do ASA. Ela se jogou do último andar depois de ter sido abandonada no altar. Quando seu corpo caiu, de branco o vestido se transformou em vermelho e a noiva virou lenda urbana. Juram que o espírito pode ser visto entre os andares da construção. Mas a história macabra do edifício não vem apenas de lendas. Os jornais pouco falam dessas quedas, mas elas ocorrem. Acredita-se que

notícias de suicídio encorajem novos suicidas. Despenca do ASA, noticiou o jornal Paraná Online, em 2005, relatando o suicídio de um jovem de 20 anos. Outras mortes soam mais como lendas por causa da ausência de registros públicos sobre as circunstâncias e a identidade dos que por lá passaram (e pularam). Moradores e funcionários falam da moça da copiadora, do paciente psiquiátrico, mas tudo de maneira vaga e lacônica. Curiosa com essas histórias, Gio Soifer fez uma pesquisa imagética, buscando a morte nos espaços, objetos e personagens do ASA. Despenca do Edifício Asa O barulho da quebra de vidros de uma janela seguido de um grande estrondo chamou a atenção de moradores e empregados que trabalham no edifício Asa e de transeuntes que passavam pela Rua Voluntários da Pátria e Praça Osório, centro de Curitiba. De acordo com dados do tenente Rodrigues, do 12.º Batalhão da PM, um jovem de 20 anos se atirou do 20.º andar do edifício, na área comercial, e caiu na sobreloja. Testemunhas falaram ao PM que o rapaz entrou sozinho no edifício e subiu até o 22.º andar, mas como havia muitas pessoas no corredor, desceu dois andares. No 20.º, que estava vazio, ele abriu a presilha de ferro da janela e se jogou. A vítima portava carteira com documentos e estava vestida toda de preto. De acordo com o zelador do prédio, Antônio Muzy, o suicida não era morador e tampouco trabalhava no prédio. Fonte: Curitiba Mil Graus ( Marlon Ramos) e Gazeta do Paraná


Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

Página 13

Gastronomia Torta de batata com presunto e queijo

Bolo de cenoura com pudim de chocolate Por Wesley Sarto Bolos e cupcakes

Rendimento: 8 porções Você vai precisar de: 1¼ xícaras de creme de leite, divididas ½ xícara de leite ¼ xícara de maionese 2 ovos grandes Sal grosso a gosto Pimenta a gosto 4 colheres de sopa de salsinha fresca picada, mais para decorar 6 batatas grandes, cozidas, descascadas e fatiadas 1 xícara de queijo muçarela ralado 6 tiras de bacon, fritas e picadas 8 fatias de presunto 12 fatias de queijo meia cura Modo de preparo: 1. Preaqueça o forno a 180ºC. 2. Em uma tigela média, misture 1 xícara de creme de leite, o leite, a maionese, os ovos, o sal, a pimenta e a salsinha. Reserve.

3. Adicione uma camada de fatias de batata no fundo de uma forma redonda de 30 cm de diâmetro. Cubra com uma camada de muçarela, bacon, 4 fatias de presunto e 6 de queijo meia cura. Disponha uma camada de fatias de batata ao redor da borda do refratário e acrescente depois outra camada de ingredientes sobre a primeira, finalizando com uma última camada de batatas. 4. Despeje a mistura de creme de leite sobre as camadas de batata. 5. Cubra o refratário com papel alumínio. Leve ao forno por 20 minutos, e então remova o papel alumínio e asse por mais 10 minutos, ou até que as batatas estejam bem douradas. 6. Desenforme a torta de batata em uma travessa. Regue com o ¼ de xícara de creme de leite restante e salpique com a salsinha. Fatie e sirva.

INGREDIENTES Calda o 1 xícara de chá de açúcar o 1/4 de xícara de chá de água (60ml) Pudim de chocolate o 1 lata de leite condensado o 1 lata de leite o 3 ovos o 3/4 de xícara de cacau em pó (ou 1 xícara de chocolate em pó) Massa do bolo o 1 xícara de cenoura picada (140g) o 2 ovos o 1/2 xícara de chá de óleo (120ml) o 1 xícara de chá de açúcar o 1 xícara de chá de farinha de trigo o 1/2 colher de sopa de fermento em pó MODO DE PREPARO Calda Em uma forma com furo central, coloque o açúcar e a água e misture levemente sem espalhar pelas laterais. Leve ao fogo e deixe ferver em fogo médio para baixo até que caramelize. Cuidado para não queimar. Quando estiver no ponto, reserve fora do fogo enquanto preparamos o restante da receita. Pudim de chocolate No liquidificador junte os ovos, o leite, o leite condensado, o cacau em pó até que fique bem homogêneo. Reserve. Massa No liquidificador bata os ovos, a cenoura, o açú-

Sacolão da Rui Barbosa Na imagem, Adi Chamulera e Filha Rafaela Nisnievski. Foto Lucilia Guimarães

Aprovado pela freguesia, Sacolão da Praça Rui Barbosa completa um mês O movimento é intenso durante todo o dia no mais novo Sacolão da Família de Curitiba, superando todas as expectativas do comerciante permissionário da Prefeitura. "Diariamente, estamos atendendo cerca de 800 pessoas e vendendo cinco toneladas de frutas e verduras", comemora Ederson Fernandes, proprietário do ponto no Centro. A escolha do permissionário foi feita por licitação, no ano passado, e toda a obra do local foi custeada pelo empresário vencedor da concorrência pública. A consultora de beleza Adi Chamulera, 62 anos, também é freguesa do Sacolão da Rui Barbosa. "Tudo é tão bonito e fresquinho. Estou levando chuchu, alface, cenoura, vagem, brócolis e espinafre. Venho uma vez por semana e me abasteço de tudo um pouco", garante ela, que já trouxe a filha, a professora Rafaela Wisnievski, 28 anos, para fazer compras na unidade do programa da Prefeitura na Rua da Cidadania da Matriz.

Responsáveis pela comercialização de cerca de 1.700 toneladas de frutas e hortaliças por mês, os 16 Sacolões da Família da Prefeitura oferecem hortifrutigranjeiros ao preço máximo de R$ 2,29 o quilo. As unidades servem como reguladores de preços nas regiões onde estão instaladas. "Como os sacolões trabalham valores mais acessíveis que o do comércio próximo, esses estabelecimentos acabam tendo que rever margens de lucro e valores dos produtos. Assim, quem sai ganhando é a população", ressalta o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), Luiz Gusi.

car e o óleo até que fique homogêneo. Em seguida, transfira a mistura para um recipiente e, passando por uma peneira, adicione a farinha de trigo e o fermento e misture até ficar homogêneo. Montagem Quando o caramelo estiver frio na forma, coloque a mistura do pudim e por cima a mistura do bolo. Feche a forma com papel alumínio e leve para assar em forno pré aquecido à 180°C em banho-maria por cerca de 1 hora ou até que espetando seu bolo com uma faca ele saia limpo. Quando estiver no ponto, deixe amornar e passe uma faca pelo meio e laterais. Agora é só desenformar em um prato. Se o bolo estiver grudado, passe o fundo da forma pela chama do fogão rapidamente para soltar.


Página 14

FOLHA DO BATEL

Abril | 2019

Na imagem Rua da Cidadania da Matriz. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Na imagem Bosque Alemão - Curitiba, 25/02/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Fotógrafos registram simetria das paisagens urbana em Curitiba

Rotatória no Centro Civico - Curitiba, 25/02/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Série 'Olhar Curitiba' conta com fotos feitas por três profissionais da prefeitura Na imagem: Predios do centro de Curitiba. Curitiba. 24/01/2019. Foto: Ricardo Marajó/FAZ

Na imagem prédio no Centro de Curitiba - Curitiba, 25/02/2019 Foto: Daniel Castellano / SMCS

Na imagem Jardim Botânico. Foto: Pedro Ribas/SMCS

A cidade vista pelos nossos olhos é diferente daquela que profissionais da Fotografia retratam com seu olhar treinado e, muitas vezes, com a ajuda da tecnologia. Mas nesta semana podemos ver o mesmo que veem três fotógrafos da Prefeitura. A série OIhar Curitiba do site da Prefeitura traz imagens produzidas pelos fotógrafos Pedro Ribas, Daniel Castellano e Ricardo Marajó. O tema desta galeria é Simetria Urbana e as produções mostram formas geométricas diversas e espaços da cidade que vistos de ângulos diferentes ficam até irreconhecíveis, como a Rua da Cidadania da Matriz ou o Edifício Delta fotografados de cima, com o auxílio de drone. Pedro Ribas, coordenador de Fotografia da Secretaria Municipal da Comunicação Social, diz que não faz um trabalho pensando sempre na simetria, mas que acaba observando depois se a imagem registra essa forma. Para ele, o uso do drone não é fundamental nessa busca, mas algumas imagens realmente só acabam sendo produzidas da forma esperada com o auxílio do equipamento. Ricardo Marajó fez uma foto do Memorial de Curitiba com um gari na frente. A composição de cores nessa imagem, para ele, faz com que seja a sua preferida. O fotógrafo conta que passou a pensar na simetria em suas imagens depois de observar as formas geométricas na Rua da Cidadania do Boqueirão. Desde então, procura por essas formas, e sem uso de drone. Daniel Castellano não abre mão da tecnologia nessas produções. Antes de 2017, quando não usava o drone, subia em prédios buscando formas e desenhos diferentes no chão e nos imóveis. Mas nem sempre tinha um local alto por perto para registrar as imagens que desejava. "Locais como o Jardim Botânico, o Cemitério Municipal ou as hortas comunitárias só mostram sua simetria quando o fotógrafo usa o drone", explica Castellano.

Na imagem: estação tubo Praça Rui Barbosa. Curitiba. 24/01/ 2019. Foto: Ricardo Marajó/FA

Na imagem Cemitério Sâo Francisco de Paula - Curitiba, 25/02/ 2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Generoso Marques - Curitiba, 25/02/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS

Praça da Espanha - Curitiba, 25/02/2019 - Foto: Daniel Castellano / SMCS


Abril | 2019

FOLHA DO BATEL

PIADAS DE MÃES • Mãe, achei R$ 50,00. Onde? Na sua bolsa. • • • Quantos anos tem a sua namorada? Tem 43, porque? Hahaha poderia ser sua mãe né? Sim, mas é a sua.

pondi, vou explicar: Estava dando umas voltinhas lá em Paris, depois fui na Roma, depois fui na Disney e depois minha mãe me acordou.

• Filho, você é gay? Não mãe, meu namorado que é.

• • • Mãe, os meninos na escola estão me chamando de gordo. Tá bom, filho, agora vá para seu quarto, mas cuidado para não entalar na porta de novo.

• • • Meninas de 12 anos postando "Hoje eu vou passar o rodo". Será que a mãe dela mandou lavar o chão da cozinha?

• Sua mãe te obriga a arrumar toda a casa para visita, aí quando a visita chega ela diz: "Não repare a bagunça.

• Comemorar Dia do Trabalho num pais com tantos desempregados é o mesmo que comemorar o Dia das Mães num asilo de orfãos...

• • • No dia das mães quem compra presente é o pai. Dia dos namorados é o pai. Dia das crianças é o pai. E no dia dos pais é ele que compra o presente do filho...

• • • Um filho perguntou pra mãe: Mãe, é verdade que a gente é descendente dos macacos? Mãe: não sei filho, seu pai nunca me apresentou a família dele... • Mãe, eu vou sair. Ela me disse: Você esta pedindo permissão ou só esta me avisando? Respondi: Nem uma coisa nem outra, estou pedindo dinheiro... • • • Minha mãe disse que esse ano vai ter que ser o ano da virada pra mim. Vou ter que me virar pra ganhar dinheiro, vou ter que me virar pra arranjar namorada e me virar pra sair de casa. • Minha mãe me perguntou: Filho porque diabos você passa tanto tempo na frente desse computador? Ora, respondi, se ficasse atrás não veria nada...

• Sabe aquele momento que você está triste e sua mãe diz, "filho, pegue esses 10 mil reais e vá gastar, ok?", Nunca aconteceu com você? Pois é, comigo também não... • • • Mãe, vou sair. Tá, mas volte cedo. Pode deixar, vai querer que eu traga o pão? • Se Discutir com a esposa que sabe todos seus podres já é uma discussão perdida, imagina com a mãe... • • • Eu estava fazendo muitas traquinagens quando minha mãe finalmente desabafou: "O quê eu fiz para merecer isso?" Eu respondi: "Sexo!" Apanhei muito naquela tarde • Ora, mãe não é uma só: tem a mãe da minha mãe, a mãe da minha mulher e minha mulher que é mãe...

• • • Que história é essa de bullying com meu filho? Quem é o seu filho, senhora? Aquele magricela quatro olhos ali...

• • • Meu quarto é um lugar sagrado mesmo. Toda vez que minha mãe entra lá ela diz "meu deus".

• Foi minha mãe que estragou meu sonho mais lindo! Disse pra minha amiga. Nossa, mas o que houve? Brigaram vocês duas? Não, res-

• Achei 200 reais no bolso da minha calça e disse: Oba, que sorte danada! Mas no outro tinha outro bilhete dizendo: "Paga as contas pra mamãe que não tive tempo, filha!"

Página 15


Pรกgina 16

FOLHA DO BATEL

Abril | 2019

Profile for Jornal Folha do Batel

Folha do Batel Abril 211  

Especial Praça General Osório , segredo de beleza das famosas, Jennifer Lopes, Serie Olhar de Curitiba, Beauty House, Bibba Pacheco auto me...

Folha do Batel Abril 211  

Especial Praça General Osório , segredo de beleza das famosas, Jennifer Lopes, Serie Olhar de Curitiba, Beauty House, Bibba Pacheco auto me...

Profile for cel_susy
Advertisement