Page 1

Relatório e Contas Anual 2017 Núcleo Cego do Maio


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

2


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

1- Índice 1. Índice ............................................................................................. 3

2. CN [Chefe de núcleo] .......................................................................4

3. AN [Assistente de núcleo] .............................................................. 6

4. SP [Secretaria Pedagógica] ............................................................. 7 3 5. SCD [Secretaria para a Comunicação e Desenvolvimento] ........... 15

6. SFA [Secretaria de Formação de Adultos] ..................................... 16

7. SA [Secretaria Administrativa] ...................................................... 17

8. SF [Secretaria Financeira] ............................................................. 20 9. Ficha técnica ................................................................................. 31


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

2- Chefe de núcleo cn.cegodomaio@escutismo.pt

Reforçar a identidade

4

”Uma caminhada edificando seria útil, até importante, mas jamais seria completa e plena sem confessar…“ “Confessar como Pier Giorgio Frassati” No ano escutista 2016/2017 vivemos as aventuras de Frassati e a proposta da Igreja de Braga, “Fé Contemplada” com Maria, a primeira discípula: «Feliz de ti que acreditaste...». Nós, escuteiros católicos cristãos, confessamos com a simplicidade do aprender fazendo, e ao jeito de Maria fizemos caminho porque acreditamos ser possível deixar o mundo um bocadinho melhor. Pier Giorgio Frassati foi o nosso guia, este que foi o homem das Bem-Aventuranças, assim chamado pelo Papa João Paulo II. Este jovem tem muito a ver com a frase “Feliz de ti que acreditaste” porque viveu as Bem-Aventuranças levando felicidade aos mais pobres, e mesmo tendo uma vida curta, foi para o mundo um grande exemplo cristão, assim como para todos nós escuteiros. Um pouco ao jeito de Frassati, todos os dirigentes deram o seu melhor num ano de mudança de junta de núcleo, o compromisso de levar a cabo as atividades programadas pela junta anterior, tudo foi cumprido graças ao esforço e empenho de todos. Louvo desta forma a atitude escutista das secretarias de Núcleo, dos chefes de departamentos e das equipas de animação, que contribuíram para que tudo decorresse normalmente. No dia 4 de novembro, em Sta. Marinha de Forjães, foi realizado o conselho da junta de núcleo cessante, com a apresentação do plano e orçamento para 2016/2017. Foi o último conselho de núcleo em que esteve presente o Assistente Sr. Padre Robson, deixando assim a Assistência por voltar ao Brasil, a sua terra natal. Em conselho arciprestal, foi nomeado em Janeiro de 2017 como Assistente de núcleo o sr. Padre Guilherme Peixoto que, em Outubro do mesmo ano, novamente por decisão arciprestal foi substituído pelo Assistente de núcleo sr. Padre Fernando que hoje se encontra, e bem, entre nós. Neste conselho tivemos a presença da equipa Regional, no qual o Chefe Hugo Cunha reconheceu o contributo dos chefes e caminheiros que trabalharam nos serviços do Acareg. Tivemos um ano escutista com eleições: em Dezembro de 2016 realizaram-se as eleições para a Junta Central e Conselho Fiscal e Jurisdicional Nacional. Tivemos ainda a presença da representação das duas equipas candidatas à Junta Central, o Chefe Joaquim Freitas em representação do candidato Chefe Ivo Faria, e o Chefe José Carlos, o Chefe Victor Coelho e a Chefe ……… em representação do Chefe Pedro Duarte Silva. Em 14 de Maio de 2017 seguiram-se as eleições da lista única para a Junta de Núcleo Cego do Maio, e em 2 de Junho a tomada de posse da equipa “rede de afetos”, aceitando os compromissos assumidos pela equipa cessante. Esta equipa “rede de afetos” seguiu as directrizes da Junta Central aceitando o


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

desafio para o triénio com os temas “Viver, Amar, e Servir”. A celebração foi presidida pelo Arcipreste de Esposende, Padre Delfim, e concelebrada pelo Arcipreste de Vila do Conde /Póvoa de Varzim, Padre Manuel Sá Ribeiro. Estiveram também presentes o Chefe Nacional, o Chefe Regional de Braga, a Presidente da Câmara de Vila do Conde e a Vereadora da Póvoa de Varzim. Agosto foi mês de ACANAC, no qual estivemos muito bem representados quer em contingente de escuteiros, quer em adultos nos serviços, onde serviram o C.N.E com muito esforço, empenho, e dignidade. Em 24 de Setembro realizaram-se as eleições para a Junta Regional. O DMF desde Setembro que conta com uma nova equipa. Foram feitas algumas alterações retirando as prateleiras de madeira, porque estavam todas roídas pela traça, e substituídas por estantes de chapa, aumentou-se o número de estantes o que permitiu uma melhor separação dos artigos, e ganhouse um pouco no espaço. Falta agora a livraria. Esta foi muito resumidamente a movimentação entre nós escuteiros do C.N.E., mais propriamente Núcleo Cego do Maio. Quero ainda comentar a ceia de reis em Esposende onde fomos muito bem recebidos e pudemos presenciar um trabalho apresentado pelos escuteiros do agrupamento 301, tivemos a presença do Sr. Padre Viana, Assistente do Agrupamento de S. Bartolomeu do Mar, que já nos habituou à sua presença, e também a visita do Assistente de Esposende Sr. Padre Delfim, e o vice-Assistente Sr. Padre Rui. E estas foram as prioridades: Fortalecer e reforçar a relação com a igreja; Contribuir para a motivação do Dirigente enquanto adulto e educador; Dar mais visibilidade (interna e externa) às boas práticas escutistas. Quanto aos desafios e projectos propostos no ano escutista 2016 e 2017, deixo ao cargo das secretarias.

ACAJUV

Tema anual: Turismo sustentável Tema do acampamento: Rates um mundo de aventuras Data: 16-18 junho de 2017 Local: S. Pedro de Rates Participantes: 62 Escuteiros e Dirigentes, de 11 agrupamentos diferentes 430 Alunos, 110 Professores.

5


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

3- Assistente de núcleo an.cegodomaio@escutismo.pt

6

Um ano escutista volvido tendo como inspiração Pier Giorgio Frassati nascido em Turim, Itália a 6 de abril de 1901 e falecido nas vésperas de concluir o curso de Engenharia Industrial Mecânica, a 4 de julho de 1925. Em tudo igual a qualquer jovem da época, Frassati, amante de montanhismo, distingue-se pelo amor às causas sociais, humanas e religiosas. Inconformado com a realidade que o circundava, enraizado na fé em Cristo e encarnado na comunidade eclesial, Frassati sentiu sempre a necessidade de olhar os pobres, os mais fracos e as pessoas que trabalhavam em condições miseráveis como o foco do seu viver e existir. Que os seus textos e reflexões sirvam de inspiração para os jovens escuteiros que vivem os melhores anos de vida e que nãos os esbanje com coisas supérfluas, mas com boa formação humana, espiritual, pessoal e intelectual. Sangue puro e radical são duas características que encaixam na perfeição deste jovem que não se limitava a dar esmolas aos pobres, mas capaz de doar-se a si mesmo, disponibilizando tempo, palavras e capacidade de escuta. Não se compadecia só das miseráveis e fatigantes condições de trabalho dos mineiros como estava a estudar Engenharia Industrial para depois se entregar à industria mineira. Falava do Evangelho de Cristo com palavras e obras. É este o espírito que cada jovem escuteiro assumiu para o seu dia a dia e perceber que com Cristo nada é impossível. Queres ser radical, viver a vida no limite das forças e possibilidades? Sê santo como Frassati é santo.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

4- Secretaria Pedagógica sp.cegodomaio@escutismo.pt

O ano de 2017, apesar de coincidir com o final de um triénio, foi para a Secretaria Pedagógica um ano de aproximação ao Núcleo, seja para melhor conhecer as suas estruturas locais, como sobretudo para aferir a dinâmica interna dos diversos Departamentos, identificando as suas necessidades e forças. Assim em 2017, a Secretaria Pedagógica procurou: - apoiar e reforçar a dinâmica dos diversos departamentos pedagógicos, a partir destes as diversas unidades pedagógicas locais, motivando-os a fundamentarem a sua ação no envolvimento dos jovens e na dinamização de diversos encontros descentralizados e itinerantes pelo território do núcleo, que permitissem intercalar as grandes iniciativas, ora preparando-as, como avaliando-as; - dinamizar um conjunto de iniciativas para os agrupamentos do núcleo, com efetivo valor pedagógico e formativo, permitindo o reforço da fraternidade e diálogo escutista; - envolver ativamente os jovens e as equipas de animação, em projetos escutistas, orientados para a vivência do Método e progressão escutista; - contribuir para um novo projeto trienal, reformulando equipas e renovando as lideranças, assim como práticas organizacionais e de animação pedagógica; - participar nas diversas atividades do núcleo, regionais e nacionais, mediando e promovendo localmente as diversas oportunidades, com especial enfoque para o ACANAC-2017. Uma palavra final, justa e merecida, a todos aqueles que ao longo do ano de envolveram de forma empenhada e determinante no desenvolvimento das diversas atividades seguidamente descritas, sejam os Chefes de Departamento, sejam as diversas equipas de animação, como parceiros e outros agentes. Estou certo, que o êxito alcançado, sobretudo, a estes se devem! Bem-Hajam ;)

7


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Departamento da I Secção lobitos.cegodomaio@escutismo.pt

O Departamento da I Secção trabalha com alegria e em equipa todos trabalham, por isso é raro encontrar situações difíceis. Agradecemos a todas as equipas de animação por nos terem ajudado a contribuir para o desenvolvimento e crescimento dos nossos Lobitos. •

Durante o ano de 2017 o Departamento reuniu 6 vezes, com as equipas de animação das Alcateias;

Dia do Aquelá 11 de março de 2017 Local: Terroso Tema: “Aquelá a caminho do ACALOB” Nº de Agrupamentos participantes: 12 Nº de Participantes: 30 elementos Conteúdos Pedagógicos/Formativos: Manhã - Formação Enriquecimento Projeto Tarde - Programa e escolha do tema para o ACALOB

ACALOB - Acampamento das Alcateias do Núcleo 1 e 2 de julho 2017 Local: Apúlia Centro Escutista Tema:” Maúgli à descoberta dos oceanos” Nº de Agrupamentos participantes: 11 Nº de Participantes: 127 lobitos Nº de Equipa de animação: 29 elementos Conteúdos: Nesta atividade, além da partilha dum espaço comum de acampamento das Alcateias do Núcleo, os Lobitos experienciaram várias atividades ligadas ao mar – Oceanos – e conheceram locais onde testemunharam ensinamentos e histórias sobre o imaginário da atividade.

8


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

São Francisco de Assis 07 de outubro de 2017 Local: Rates Tema: “São Francisco de Assis ... um menino como tu” Nº de Agrupamentos participantes: 10 Nº Lobitos: 140 Nº de elementos de Equipa de Animação: 35 Conteúdos: Nesta atividade os Lobitos vão aprendendo e valorizando a vida do Patrono da secção, e também convivem e partilham novas experiências com os outros Lobitos do Núcleo.

9

Festa de Natal 10 de dezembro de 2017 Local: Forjães Tema: Tema Livre-Natal Nº de Agrupamentos participantes:13 Nº de Lobitos: 215 Nº de elementos de Equipa de Animação: 29 Conteúdos: Uma atividade tipicamente de partilha e comunhão entre todos os nossos Lobitos. Tendo como “ponto alto” a apresentação de uma representação ligada ao Natal ou ao nascimento de Jesus, todos partilham dum sentimento de união e convívio Natalício.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Departamento da II Secção exploradores.cegodomaio@escutismo.pt

Durante o ano de 2017, o Departamento da II seção, dinamizou as seguintes atividades:

• Encontro de Dirigentes e Eqs. de Animação Data: 14 de janeiro de 2017 Local: Sede do Agr. da Junqueira Contingente: 22 adultos, das diversas expedições do Núcleo; Temas abordados/Conteúdos: Encontro e debate em torno da dinâmica desejada para o Departamento da II seção do Núcleo, assim como definição do modelo de trabalho no departamento e lançamento de um Jogo de Cidade em Vila do Conde. Este foi um momento determinante, no lançar de uma nova dinâmica de trabalho no Departamento. 10

• Grande Jogo de Cidade - Expedições Data: 20 de maio de 2017 Local: Vila do Conde Contingente: cerca de 200 exploradores; 9 agrupamentos; A atividade decorreu em sistema de patrulhas e num jogo de postos temáticos por toda a cidade, abordando desafios técnicos. Culminou numa formação em “Utilização de Extintores”, a cargo dos BV.de Vila do Conde. De referir que durante o ano 2017, o Dep. Procurou dinamizar reuniões com as eqs. de animação com o intuito de estruturar/avaliar os grandes projetos do ano.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Departamento da III Secção pioneiros.cegodomaio@escutismo.pt

O departamento da IIIª em 2017 reuniu por 6 vezes: - 2 (janeiro, fevereiro) avaliação do Curso de Guias de novembro de 2016 e trabalhar a Atividade de Solidariedade; - 1 (março) vez para dar propostas e trabalhar o Dia do Chefe de Comunidade - 1 (outubro) vez quando se alterou o chefe de departamento; - 2 vezes (novembro e dezembro) para a preparação do Encontro de Guias + reuniões de grupo de trabalho para as respetivas atividades do Encontro.

Atividades dinamizadas pelo Departamento em 2017 •

Atividade de Solidariedade: Data: 4 de fevereiro de 2017 Local: Centro de Apoio e Reabilitação de Pessoas com Deficiência Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde Contingente: 11 Agrupamentos - Caxinas, Arcos, Junqueira, Matriz, Terroso, Amorim, Laúndos, Beiriz, Aguçadoura, Esposende, S. Bartolomeu do Mar, (113 pioneiros e 24 elementos das Equipas de animação, num total de 137) Objetivos da Atividade: - Reconhecer que existe diversas sensibilidades estéticas e partilhar os seus gostos; - Agir de forma ponderada e refletida, respeitando os sentimentos dos outros; - Aceitar as limitações, esforçando-se sempre por melhorar; - Encarar os obstáculos sem desistir de encontrar soluções ou alternativas e reconhecer as lições a tirar; - Agir, em cada dia, de acordo com as convicções e referências que vão tomando, tendo consciência do testemunho que são para aos outros.

11


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

• Dia do Chefe de Comunidade 22 de abril de 2017 Locais: Esposende e Caxinas Contingente: 4 Agrupamentos Caxinas, Amorim, Junqueira e Laúndos (6 dirigentes e 1 caminheiro)

12

Objetivos da Atividade: - Apresentar ideias e emoções de forma criativa, explorando diferentes técnicas e meios e adequando-as a quem nos dirigimos; - Avaliar as experiencias que vivo e utilizo o que aprendo de forma criativa nas novas situações que enfrento na Comunidade; - Conhecer as minhas aptidões, ser capaz de optar por uma área profissional ou de estudo e identificar outros domínios de interesse pessoal; - Analisar problemas, propor soluções e escolher a mais adequada; - Participar ativamente nas comunidades em que me insiro, intervindo na promoção de causas comuns; - Identificar situações em que posso ser útil na resolução ou minimização de um problema social; - Valorizar as diferentes funções no grupo e desempenhar o melhor possível aquela que me é confiada; - Conhecer os meus deveres e direitos e promover que, à minha volta, os outros os conheçam; - Reconhecer que cada membro da Igreja é diferente e que isso é importante e enriquece a comunidade; - Saber o que é ser “Sal da Terra e Luz do Mundo” e ponho-me ao serviço dos outros, como chefe de uma Comunidade.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Departamento da IV Secção caminheiros.cegodomaio@escutismo.pt

Durante o ano de 2017 desenvolveram-se, no Departamento da IV Secção do Núcleo Cego do Maio, 3 momentos principais:

Cenáculo Aconteceu de 10 a 12 de março de 2017 em Terroso o IV Encontro do Cenáculo do Núcleo Cego do Maio, que contou com a presença de 38 caminheiros de 12 clãs diferentes. Viveu-se o tema “Encontra a Magia que Há em Ti” e o Imaginário dos filmes da saga ”Harry Potter”, tendo como ponto alto desta edição do Cenáculo a concretização do compromisso da Carta de Cenáculo na Eucaristia da Paróquia que nos acolheu Terroso.

O ponto alto da vivência em departamento da IV Secção do Núcleo foi a ida à Base Nacional da IV Secção – DRAVE. Foi o culminar do triénio quanto a atividades de departamento. Contou com a participação de 39 caminheiros de 10 clãs diferentes e com 3 dirigentes. Sob o imaginário do filme “Capitão Fantástico” viveu-se, na Drave, a oportunidade do desprendimento. Tendo em mente as FACEIS, foram trabalhadas com especial relevo a dimensão Espiritual e a Física. Aconteceu de 28 a 30 de maio e 01 de junho de 2017.

13


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Por fim, houve um Conselho de Clã de Núcleo, que teve como objetivo principal planear o que os caminheiros querem do Departamento para o próximo ano, assim como definir metas e eleger o projeto a desenvolver. Aconteceu no Apúlia Centro Escutista, entre 24 e 25 de novembro de 2017, tendo contado com a presença de 36 caminheiros de 8 clãs diferentes e 5 dirigentes.

Departamento Internacional internacional.cegodomaio@escutismo.pt

14

Ao longo do ano de 2017, o Departamento Internacional, procurou assegurar a sua missão (fundamental) de suporte local e promoção às diversas oportunidades internacionais. Neste âmbito, destacam-se: - o apoio/mediação solicitada, às diversas atividades de âmbito internacional; - a participação de contingentes em EPI dinamizados pela Região; - a promoção de atividades internacionais (Roverway/Jamboree…); Destaque ainda para a promoção local e animação da dinâmica associada à receção e partilha nas diversas comunidades locais da Luz da Paz de Belém , assim como a representação do Núcleo na Cerimónia Regional e organização da Cerimónia de Núcleo em S. Bartolomeu do Mar. Para além de uma grande adesão pelos grupos representantes de todos os agrupamentos, destaca-se a publicação online, da transmissão em direto da cerimónia. A cerimónia, contou com a presença do autarca da União de Freguesias de Belinho e Mar, assim como do Vereador do Pelouro de Juventude da Póvoa de Varzim.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

5- Secretaria de Comunicação e Desenvolvimento scd.cegodomaio@escutismo.pt

Ações desenvolvidas durante o último semestre de 2017, esta Secretaria de Comunicação e Desenvolvimento fez uma aposta forte na: .: Gestão das plataformas de Redes Sociais Um dos métodos de divulgação regular de atividades e interação do núcleo, é a dinamização: das páginas oficiais do: Facebook, Instagram. https://www.facebook.com/nucleo.cegodomaio.escutismo/ https://www.instagram.com/cegodomaio.escutismo/?hl=pt Com a dinâmica levada a cabo, temos tido um aumento contínuo de seguidores e interações. .: Planificação da estrutura do novo site núcleo Para reforçar a dinâmica de comunicação do nosso núcleo, foram dados os primeiros passos para a reestruturação do site, permitindo uma organização mais clara da informação online disponível. O novo site está em fase de produção. .: Criação de conteúdos gráficos e informativos das atividades de núcleo Foram dados passos para a uniformização visual do núcleo. A equipa da comunicação é solicitada regularmente para a criação de conteúdos gráficos e informativos, respondendo dentro do possível, com o plano de cada secretaria. .: Criação e disponibilização de calendário publico das atividades do núcleo Foi disponibilizado o calendário com todas as atividades aprovadas em Conselho núcleo de Nov.2017. https://calendar.google.com/calendar?cid=MHE3dGRjZG1idXE4OG4yczNtazQwdHQ0bGdAZ3JvdXAuY2FsZW5kYXIu Z29vZ2xlLmNvbQ

15


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

6- Secretaria de Formação de Adultos sfa.cegodomaio@escutismo.pt

“A luta é dura, mas precisamos de nos esforçar por vencer e encontrar a nossa pequena estrada de Damasco para podermos caminhar nela em direção à meta que todos devemos atingir.” Pier Giorgio Frassati

16

“O Adulto é um elemento essencial de qualquer pedagogia ou metodologia educativa, pois não há educação sem a sua presença.” (In Manual do Dirigente, p 367). A formação é um instrumento de aquisição, atualização e partilha de conhecimentos, competências e atitudes necessários ao cumprimento da Missão Educativa dos Adultos no Escutismo. A formação constitui uma oportunidade e um meio de desenvolvimento pessoal para o exercício e a vivência da relação educativa, proposta no Método Escutista. Procurando proporcionar uma partilha construtiva, ao longo do ano de 2017, a Secretaria para a Formação de Adultos promoveu as seguintes iniciativas: • Indaba de Núcleo – Dia do Pe. Aurélio e Pe. Fonte – com o tema “Pensar o Futuro”, onde foram trabalhados: aspetos práticos no recrutamento e gestão de adultos, pensar o “Perfil Humano e Cristão do Dirigente do CNE” e recolhidos contributos de metodologias pedagógicas; • Acompanhou com proximidade a realização do Dia do Àquêlá; • Deu inicio à tutória de acompanhamento, na formação dos adultos do Agrupamento em Formação, na Comunidade Paroquial de Balazar-PV; • Realizou 3 Encontro de Tutores Locais, ao nível do Núcleo. O nosso núcleo acolheu, em Laúndos, um encontro de Formadores e Diretores de Formação, promovido pela Secretaria Regional a Formação. Este encontro teve a participação dos Formadores e Diretores de Formação do Núcleo Cego do Maio e do Núcleo de Barcelos. No intuito de ser um elo de ligação entre o nível de formação local – Agrupamento – e o nível de formação regional – Região – participou em todos os Comités Regionais para a Formação de Adultos, convocados.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

7- Secretaria Administrativa sa.cegodomaio@escutismo.pt A Secretaria Administrativa apresenta de seguida dois gráficos que identificam os movimentos de efetivo por seção e por agrupamento:

Efetivo por secção 350

324 300

307 294

250

271

277

273

267

264 244 213

200

150

223 209

162

156 132

100

50

0 Lobitos

Exploradores

Pioneiros 2015

2016

Caminheiros 2017

Dirigentes

17


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Efetivo por Agrupamento 140

121121

120

120

115114 109 99

97

100

92

79 80 65

18

73 68

76

75 68

68

63 59

58

60

78 74

73

59

57

59

51 41 40

41

37

36 31

20 8 0 0

2016

2017


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

Como podemos verificar nos gráficos apresentados temos uma variação negativa dos elementos nas secções dos Lobitos e Pioneiros e um aumento nos Exploradores Caminheiros e Dirigente que resulta no geral num ligeiro aumento do efetivo do Núcleo. Contudo, numa avaliação geral este panorama continua a ser preocupante pois a descida do efetivo nos agrupamentos põe por vezes em causa o funcionamento do sistema de patrulhas devemos por isso, estar mais unidos e atentos a este facto e trabalhar no sentido de podermos criar verdadeiros motivos de interesse, para que mais crianças e jovens possam aderir ao nosso movimento. No que respeita aos processos administrativos de movimentos de dirigentes e alterações nas chefias dos agrupamentos, todos os procedimentos, nomeadamente a inserção dos MAF’s, continuam a ser feitos de forma correta através do sistema integrado de informação escutista (SIIE) que automaticamente comunica aos níveis superiores as alterações efetuadas, podemos dizer que no nosso núcleo tudo foi elaborado em conformidade. Relembramos, contudo os prazos e os tempos para serem feitos. As alterações devem ser enviadas logo após as eleições ou após a promessa de dirigentes, caso não o façam na devida altura devem sempre referenciar os retroativos e a data correta. Se acontecer na altura de entrega dos censos devem ser enviadas sempre dentro do mês de dezembro (dia 15 de preferência), nunca devem ser deixadas para o mês de janeiro. Demos sempre todo o apoio nos pedidos de condecorações / distinções que nos foram chegando. Relembro mais uma vez que todos os pedidos de condecoração devem passar pelo Núcleo, com o preenchimento dos MAF’S, conforme o regulamento, com conhecimento do Chefe de Núcleo, Secretaria de Gestão e DMF. Se os pedidos forem feitos no tempo estipulado, dentro dos trâmites normais, todos beneficiaremos, pois não se corre o risco de haver devoluções por falta de conhecimento da Junta de Núcleo e DMF. Nenhum tipo de documento deve ser requerido sem conhecimento da Junta de Núcleo. De referir ainda que todas as inscrições dos elementos no SIIE devem ser comunicadas a Junta de Núcleo para sua validação e encaminhamentos para os níveis superiores com a devida validação e ativação do seguro escutista. Foi e será propósito desta Secretaria corresponder sempre da forma mais célere a todas as pretensões que foram enviadas. Recordo ainda que mantemos permanentemente o contacto informativo através de circulares/comunicações, ao dar conhecimento de atividades, situações ou informações com os Agrupamentos. O uso do email, ou da mensagem foi muitas vezes utilizado para que mais rapidamente a informação chegasse a todos atempadamente. Como sempre, estivemos e estamos ao dispor, para esclarecer qualquer dúvida que possa prevalecer. Assim, a Secretaria Administrativa também vos lembra que estamos Sempre Alerta para Vos Servir!

19


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

8- Secretaria Financeira sf.cegodomaio@escutismo.pt

Notas ao Relatório de Contas – 2017

20

1 - Os mapas financeiros foram elaborados de acordo com as normas do SNC para as entidades do sector não lucrativo, sendo os modelos os constantes da Portaria nº105/2011, de 14 de Março, com as devidas adaptações. São apresentadas as contas de forma consolidada e de forma autónoma para a Junta de Núcleo (Núcleo) e Depósitos de Material e Fardamento (DMF). São apresentados os seguintes mapas: Mapa de Pagamentos e recebimentos – Núcleo Mapa de Pagamentos e recebimentos – DMF Mapa de pagamentos e recebimentos consolidados (DMF + Núcleo) Mapa comparativo entre o orçamento e as contas finais. Mapa com as contas consolidadas de 2016 e 2017 para comparação de resultados. Mapa com o Inventário/custo das mercadorias vendidas. Mapa do Património Fixo Mapa de Direitos e Compromissos futuros 2 - A Junta de Núcleo fechou o ano de 2017 com um saldo positivo de 1.684,32 €. No entanto, este valor não é um valor que reflete todos os recebimentos/pagamentos do núcleo dado que existe um valor de pagamento de 5.633,30€ que surge na rubrica de pagamentos de atividades do Mapa de Pagamentos e Recebimentos do DMF. Tal facto acontece porque, no mês de Outubro de 2017, foi necessário fazer o pagamento dos calendários encomendados à região e de elementos pós-censos inscritos até então. Como os calendários apenas são cobrados aos agrupamentos no ano seguinte, pela altura da cobrança de censos, o Núcleo adianta sempre o seu pagamento à Região. Assim sendo, para que não fosse necessário utilizar o dinheiro a prazo do Núcleo e, dada a disponibilidade do montante na conta à ordem do DMF, optou-se por fazer este pagamento com a conta do DMF pelo que, no ano de 2018, será devolvido este montante, após o pagamento por parte dos agrupamentos.


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

De salientar na parte dos recebimentos as rubricas: Joias e quotas/Atividades Financeiras – Ambas as rubricas são fontes de rendimentos do Núcleo, para além dos subsídios e doações. Tal facto acontece pela antecipação do pagamento dos calendários à Região de Braga (Pagamento até final de Outubro) e pela comissão (derrama) que a Junta Central paga pelo serviço prestado pelo Núcleo na recolha dos censos.

Subsídios/Doações – O valor de subsídios de 1.272,12 € inscrito nesta rubrica resulta de recebimentos do IPDJ – programa PAJ. No que diz respeito a doações, este ano temos o valor de 5.000,00 € dado que foi transferido, no início do ano o valor de 2.500,00 € por parte do Agrupamento da Matriz referente ao donativo da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim do ano de 2016 e dado também termos recebido por parte direta da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim 2.500,00 € referentes ao ano de 2017. Nos pagamentos salientam-se as seguintes rubricas: Despesas Específicas Atividades – O diferencial entre os valores recebidos e pagos nesta rubrica devem-se ao facto de, no decorrer do ano de 2017, terem sido realizadas atividades de grande investimento para o Núcleo como é o caso da atividade da Iª Secção ACALOB, atividade da IVª Secção a Drave e do ACANAC. Além disso, manteve-se a medida tomada em anos anteriores pela Chefia do Núcleo de financiar, na totalidade, os custos com os Cursos de Guias das Secções que os realizaram, bem como a formação de adultos. Atividades Financeiras – Tal como descrito anteriormente, este valor de 91,00 € é bastante reduzido dado que o restante valor investido pelo Núcleo nesta rubrica foi pago com a conta à ordem do DMF, pelo que aparece discriminado no Mapa de Pagamentos e Recebimentos – DMF. Comparticipação aos Agrupamentos pela Formação de Adultos e participação no ACAREG – Nesta rubrica estão inscritos os restantes valores atribuídos aos Agrupamentos, que não tinham sido atribuídos no ano de 2016, e que foram acertados com os agrupamentos na altura do pagamento dos Censos. 3 – O DMF fechou o ano de 2016 com um resultado negativo de 4.324,49 €, valor que não reflete diretamente o saldo do DMF dado que 5.633,30 € são despesas do Núcleo, tal como referenciado anteriormente. 4 – Como podemos verificar pelas contas consolidadas, no ano de 2017, o saldo final de Núcleo e DMF é de 85.497,65€, tendo apresentado um resultado negativo de 2.640,17€ em relação ao ano de 2016. 5 - O ano foi fechado sem quaisquer valores por liquidar, pelo que o mapa de direitos e compromissos futuros apresenta um valor de 0,00 €. A Secretária para a Gestão, Graciete Silva Santos

21


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

22


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

23


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

24


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

25


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

26


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

27


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

28


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

29


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

30


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

9- Ficha técnica

31

Autoria: Junta de Núcleo Cego do Maio Revisão/Paginação: Secretaria para a Comunicação e Desenvolvimento Coordenação Secretaria para a Comunicação e Desenvolvimento Fotos | Imagens Secretaria Pedagógica; Secretaria para a Comunicação e Desenvolvimento Póvoa de Varzim, 28.fevereiro.2018


Relatório E Contas 2017 _ Junta de Núcleo Cego do Maio

32

Ncdm relatorio2017_vfinal  

Relatório Anual de atividades, do nucleocegodomaio

Ncdm relatorio2017_vfinal  

Relatório Anual de atividades, do nucleocegodomaio

Advertisement