Issuu on Google+

A VIDA E OBRA DE AUGUSTE RODIN


Estabelece as diferenรงas entre estas esculturas Cupido e Psique, A. Canova Ugulino, Carpeaux

Cupido e Psique, Rodin


VIDA E OBRA DE RODIN • Rodin, nasceu em Paris em 1840 e morreu em 1917.

• Escultor francês, é considerado um dos maiores e mais influentes artistas europeus da sua época.

• Foi o primeiro escultor a destacar-se após o neoclassicismo; abriu novas possibilidades à sua arte, estando para a escultura, como Van Gogh, Cézanne e Gauguin estão para a pintura.


• Teve um reconhecimento tardio, tendo grande parte da sua formação sido realizada à margem dos circuitos oficiais.

• Foi três vezes rejeitado pela Escola de Belas Artes ( em 1857, 1858 e 1859), tendo trabalhado muitos anos como pedreiro ornamental.

• Formado nos cânones e regras do academismo romântico, teve como professor o escultor romântico Bayre, e trabalhou com Carpeaux.


• Em 1875, deslocou-se a Itália, nomeadamente a Florença e a Roma, em busca da Antiguidade e de Miguel Ângelo, por quem foi profundamente influenciado.

• Escreveu a Bourdelle, “ Miguel Ângelo libertou-me do academismo”. • Sob influência deste escultor, apresentou a sua primeira obra de porte” A IDADE DO BRONZE”, exposta em 1878.


Foi muito influenciado pela obra de Miguel Ă‚ngelo, principalmente pelas esculturas que este deixara inacabadas

O escravo, Miguel Ă‚ngelo


Torso, Rodin

Na contemplação da escultura clássica , Rodin compreendeu até que ponto uma parte da obra era capaz de representar o todo dela. Estas duas obras reflectem essa influência.


A Idade do Bronze, 1877, 1,80x0,80 •Esta obra ao ser apresentada no Salon , foi objecto de polémica devido a um critico ter sugerido que não se tratava de uma escultura mas de um molde retirado directamente de um modelo. •Esta suspeição deveu-se ao tratamento naturalista dado à figura, que a distanciava grandemente das convenções , idealizadas na altura.


• Em 1880, Rodin foi contratado pelo Estado para esculpir uma porta em bronze para um Museu das Artes Decorativas, museu esse que ainda não existia. • Rodin, entusiasmado, lançou-se numa composição grandiosa, a que chamou “ A PORTA do INFERNO”.

• Nunca chegou a terminar esta gigantesca obra ( apesar de nela ter trabalhado intermitentemente , durante 20 anos. •

Na Porta do Inferno, investiu grande parte das suas energias criativas.

Algumas das quase 200 figuras que a compõem, vieram a constituir a base de algumas esculturas independentes, bastante conhecidas, como por exemplo “ O PENSADOR”.


Porta do Inferno, 18801914 Encomendada para o Museu das Artes Decorativas de Paris, foi fundida mas nunca chegou a ser aplicada, assim como está inacabada. Baseou-se na porta renascentista do Baptistério de Florença. Teve como inspiração a Divina Comédia de Dante, embora o escultor tenha posteriormente alterado os planos iniciais e desenvolvido para a porta uma temática baseada num universo de formas atormentadas pelas paixões humanas e pela morte.


As figuras sĂŁo inspiradas na Divina ComĂŠdia, de Dante

Destinava-se ao futuro Museu de Artes Decorativas

Feita em bronze

Nela, Rodin coloca mais de 200 figuras


Porta do Inferno Porta do Paraíso, do Baptistério de Florença


Na Porta do Inferno destacam-se figuras como: O PENSADOR


O Homem que Cai


Ugulino e os Filhos


Paolo e Francesca


CENTAUROS E PARES ENLAÇADOS Para a concepção desta obra fez desenhos, maquetas em gesso e em cera.


OBRAS AUTÓNOMAS NASCIDAS DA PORTA • Na década de 80 e 90 do século XIX ,uma grande parte dos grupos mais importantes esculpidos por Rodin , provém da Porta, seja através da ampliação de um motivo separado do conjunto que recebe autonomia , seja através da elaboração de figuras e de grupos dentro do espírito da narrativa de Dante. • São exemplos representativos deste facto: - O Pensador - Ugulino - Adão e Eva - Danaíde - Fugit Amor - Paolo e Francesca (…)


O PENSADOR, 1880, bronze INICIALMENTE RODIN PENSAVA COLOCAR A FIGURA DE DANTE, NA SUA PORTA. POSTERIORMENTE,RODIN ESCREVE SOBRE ESTE ASSUNTO : “ (…) CRIEI UM OUTRO “PENSADOR”, UM HOMEM NU, INCLINADO SOBRE UM ROCHEDO EM QUE OS PÉS SE CRISPAM. COM A BOCA APIOADA NA MÃO, ELE PENSA. O PENSAMENTO FECUNDO ELABORA-SE LENTAMENTE NO SEU CÉREBRO: NÃO É DE MANEIRA NENHUMA UM SONHADOR. É UM CRIADOR”:

O PENSADOR; PASSA A ENCARNAR A REFLEXÃO DO HOMEM ACERCA DO SEU DESTINO, DO CRIADOR ACERCA DA SUA PRÓPRIA OBRA.


DANAIDE, 1885, mĂĄrmore, Museu Rodin

Camille Claudel, uma das suas colaboradoras posou para DanaĂ­de.


O BEIJO, 1886-1898, mármore, Museu Rodin

As figuras entrelaçadas parecem presas à matéria, que simboliza a paixão.


PAOLO E FRANCESCA, 1887,bronze,Paris, Museu Rodin


FUGIT AMOR


UGULINO E OS FILHOS

ESTE TEMA JÁ TINHA SIDO TRATADO POR CARPEAUX, EXPRIMINDO O HORROR DA FOME. RODIN RETEM A FASE MAIS DRAMÁTICA, NO 7º DIA; QUANDO . UGULINO SE ARRASTA PELO CHÃO COMO UM ANIMAL


CARACTERÍSTICAS DA OBRA DE RODIN • Escultor de mérito, Rodin foi sobretudo um notável modelador, uma vez que esta técnica lhe permitia maior liberdade criativa. • Como escultor , as suas obras caracterizam-se pela junção de formas lisas e polidas e aveludadas, a superfícies rugosas, inacabadas e em bruto, como se pode observar nas obras “ O BEIJO”, “ DANAÍDE”…

• As suas peças modeladas não são lisas nem polidas. Estão cheias de superfícies reentrantes e salientes, concavas e convexas, que absorvem e reflectem a luz, criando uma ilusão de força, dinamismo e vitalidade, como é observável nos “ BURGUESES DE CALAIS”


Na obra são por vezes visíveis as marcas dos dedos fixadas na cera ou no barro, deixando aí os sinais de uma forte personalidade.

Rodin preocupava-se em captar a essência dos seus modelos, nos seus aspectos emocionais, transitórios e fugidios, seja pelo registo do momento que precede a acção, seja pela capacidade de absorção da luz, seja pela emoção.( FUGIT AMOR; BURGUESES DE CALAIS (…)

Grande parte das suas obras que evidenciam estas características .

• Rodin, devido à obra que produziu , tem sido considerado um escultor: - Realista; - Simbolista; -Expressionista e Impressionista.


• Teve como discípulos: Camille Claudelle com quem executou obras em parceria e Antoine Bourdelle que evoluiu no sentido de um maior expressionismo. • Rodin influenciou muitos escultores do seu tempo. • Outra obra significativas de Rodin foi : Os Burgueses de Calais - Foi iniciada em 1884 mas só foi terminada em 1895. - Bronze, 2,31x2,45x2,03m. - Grupo constituído por 6 personagens , descreve um dos episódios marcantes da história de França: a entrega das chaves da cidade a Eduardo III de Inglaterra, para que seja levantado o cerco que, havia 11 meses, atormentava o povo de Calais. Este episódio ocorreu quando da Guerra dos 100 anos.


• Eduardo III, estabeleceu as condições da rendição, pelas quais “ 6 dos burgueses mais ilustres, descalços, e com uma corda ao pescoço e as chaves do castelo e da cidade nas mãos”, se deviam dirigir à sua presença. • Os burgueses representados existiram e ao cumprir o mandato do rei sujeitavam-se a morrer. • Acabaram por ser perdoados devido à intervenção da rainha. • Rodin, fez vários estudos em gesso e maquetas. • Cada personagem foi representada em tamanho natural. Estas figuras são de recorte simbólico-expressionista, pela atitude individualizada e personalizada de cada um destes homens; pés e mãos enormes que expressam os sentimentos. Pés bem assentes na terra e mãos pendentes, acorrentadas, abandonadas e desesperadas.


OS BURGUESES DE CALAIS, 1884-1889


DETALHES DOS BURGUESES DE CALAIS


Obras preparat贸rias para a est谩tua de Balzac


ESTÁTUA DE HOMENAGEM A BALZAC


ESTÁTUA A VICTOR HUGO


OUTRAS OBRAS DE RODIN


AQUELA QUE FOI A BELA MULHER DO FABRICANTE DE ARMADURAS,1894-1895, gesso

Nesta obra Rodin , reflecte a efemeridade da beleza.


Rodin, A CATEDRAL


DanaĂ­de, Rodin


O Homem que Caminha, Rodin

Rodin procurou traduzir nas suas obras o momento da criação , à semelhança do que tinham feito os impressionistas.


A OBRA DE CAMILLE CLAUDEL discípula de Rodin


A onda, C. Claudel


A Valsa, C.Claudel



Vida e obra de Rodin