a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

www.pioneira.org.br1

JORNAL DA CONVENÇÃO BATISTA PIONEIRA DO SUL DO BRASIL Ano 93 | Edição n° 02 | Março/Abril de 2020 Distribuição Gratuita

05 O MOVER DE DEUS: MESQUITAS ESTÃO VAZIAS NO IRÃ ARTIGO

14 FEIRA DA AVENIDA IGREJA

UMA HISTÓRIA CENTENÁRIA - JMM ESPECIAL

PÁGINA 04

16 CRIANÇAS EM PASSO FUNDO JEVAM


2

QUE OS POVOS CELEBREM O REINO DE DEUS Pr. Samuel Esperandio | Diretor Executivo da Convenção Batista Pioneira

“Louvem-te a ti, ó Deus, os povos; louvem-te os povos todos” Sl 67. 3.

T

emos o grande privilégio de celebrar a glória do Reino de Deus de diversas formas, especialmente por estar o nosso nome escrito no livro da vida. Porém, a indizível alegria não deve se transformar em um privilégio exclusivo de quem já teve o oportunidade de crer e testemunhar sua transformação mediante a presença e o selo do Espírito Santo. Embora o povo hebreu tenha muitas vezes se reconhecido como povo de Deus, tantas vezes também teve uma visão equivocada de sua eleição. Em Gênesis 12, quando Abrão recebe a chamada divina, a palavra é enfática ao dizer que “...e em ti serão benditas todas as famílias da terra” Gn 12. 3. Para que as famílias da terra fossem abençoadas através de Abraão, a aliança de Deus com Abraão foi sendo renovada através de Isaque, Jacó, Judá, José, Moisés, Samuel, Davi, Salomão e tantos outros na linhagem abraâmica, ou seja, não necessariamente a linhagem consanguínea, mas a linhagem da fé, como nos atesta Rm 4. 16. No Salmo 67 o salmista convida os povos todos a que louvem a Deus. Para que isso se tornasse possível ele suplica a misericórdia e a bênção de Deus (v. 1), para que se conhecesse na terra as ações de Deus e a Sua salvação. O Antigo Testamento expressa uma visão centrípeta, ou seja, o povo de Deus como o centro ao qual deveriam vir os povos para conhecer as obras grandiosas de Deus. Porém, aos poucos a visão vai se transformando em centrífuga, ou seja, o povo de Deus é instruído pelos profetas e salmistas, a que não esperem que os povos venham, mas que o povo de Deus tome iniciativa de ir aos povos. O mesmo ocorre com a igreja de Cristo. Devemos tomar a iniciativa de ir fazendo discípulos de todas as nações, que louvem a Deus. Isso ocorre, mas não sem grande resistência até mesmo daqueles que recebem uma convocação especial, à semelhança de Jonas. Inicialmente desobedeceu, finalmente obedece, mas ainda assim se entristece com a conversão em

massa do povo ninivita, e por isso recebe severa repreensão do Senhor. Quando obedecemos ao imperativo de celebrarmos a glória do Reino de Deus, somos igualmente desafiados a expandir o convite para que os povos todos louvem a glória do Reino de Deus. Estejam estes povos muito distantes geográfica e culturalmente, ou estejam muito próximos, dentro das nossas fronteiras e até mesmo dentro de nossas casas. Talvez sejam povos considerados não alcançados, que vivem nas longínquas terras do oriente, ou sejam povos ocultos nas selvas amazônicas; mas também podem ser grupos humanos esquecidos em áreas degradadas e da periferia oculta nas grandes cidades; podem ser os povos isolados das massas por causa de suas riquezas ou por causa da fama, ou mesmo de suas enfermidades; ou aqueles que não têm poder nenhum, e compõem um povo chamado “Janela 4/14”, ou seja, crianças muitas vezes tão perto de nós, porém ainda não alcançadas. O convite do salmista se faz ecoar: louvem ti os povos todos. O que estamos fazendo para que os povos todos louvem a Deus? Estamos intercedendo? Estamos investindo em ofertas generosas? Estamos enviando pessoas convictas de um chamado divino? Estamos adotando missionários e missionárias de curto prazo? Ou investindo na vida de missionários que dedicam suas vidas integralmente no estabelecimento de novas igrejas entre não alcançados ou para a tradução da bíblia em línguas nativas? Estamos contribuindo com Missões Mundiais através das agências parceiras? Nos interessamos para que os povos conheçam Jesus Cristo e tenham fortes razões para louvarem a Deus?

Gratidão - Por todas as pessoas e famílias que conseguiram tirar férias e retomar suas atividades em 2020 com energia renovada; - Pela realização do Congresso da JUMAP no ABP nos dias 22 a 25/02/2020; - Pelo início das aulas na Faculdade Batista Pioneira; - Pelas igrejas que estão empossando seus novos pastores neste início de ano; - Pelo ministério do Pr Arnoldo Steffens e irmã Eloá na direção do ACAMPAZ de junho/2017 até fevereiro/2020;

Intercessão - Pelas novas atividades nas Regionais após o período de férias; - Pelo ministério do Pr Sérgio Schulz e Valkíria na direção do ACAMPAZ a partir de março/2020; - Por novos alunos e alunas para a Faculdade Batista Pioneira; - Pela Campanha de Missões Mundiais e pela obra que realizamos em parceria com EBM Internacional e a JMM; - Pela preparação para a 92� Assembleia da Convenção Batista Pioneira, a ocorrer de 10 a 14 de junho em Candeia (RS); - Pela saúde dos líderes da convenção, especialmente nosso presidente;

Presidente: Milton Tehlen

Expediente

Órgão Oficial de Informação da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil

Vamos orar!

A publicação é de responsabilidade da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil. As matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. A redação reserva-se o direito de resumir as matérias. Matérias a serem publicadas devem ser enviadas para o e-mail <secretaria@ pioneira.org.br>.

Vice-Presidentes: Jair Hein Waldi Frey Almir Ademar Seifert Zaira Maria Dhein Conselho Editorial: Pr. Claiton André Kunz Pr. Antônio Renato Gusso Roland Körber Editor Responsável: Pr. Samuel Esperandio

Secretaria: Fabiana Silvestrini, Roberta Tolotti Ernst e Sandra Cledi Johann Redação: Rua Elizeu Faria, 157 - casa 1 | 81720-130 - Curitiba, PR Fone/Fax: (41) 3284.4650 | secretaria@pioneira.org.br Projeto e Diagramação: Kainã dos Santos - (55) 99154-6877 kainã@pioneira.org.br Impressão: Mega Gráfica Editora Ltda. (41) 3598.1113 - (41) 9926.1113


3

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

CONVOCAÇÃO 92ª ASSEMBLEIA DA CBP De acordo com os artigos 7º, 14º e 15º dos Estatutos Sociais da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil e de acordo com o Artigo 6º do Regimento Interno, na qualidade de presidente, CONVOCO todas as Igrejas arroladas na CBPSB para a

ASSEMBLEIA ORDINÁRIA Local: Templo da Igreja Batista de Candeia, Lajeado Candeia, Interior, Santa Rosa, RS Data: 10 a 14 de junho de 2020

Programação: - Início: 10/06 com o jantar (18h) - Realização de 11 (onze) sessões conf. agenda que será aprovada na 1ª sessão; - Encerramento: 14/06 com o almoço (12h30) Assuntos: Relatórios Anuais relativos aos anos de 2018 e 2019; Planejamento para os anos 2020 a 2022; Eleições parciais: nova diretoria e juntas. Tema: Celebrando a Glória do Reino de Deus “Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre” (Apocalipse 11.15b). Preletor Oficial: Carlos Günter Waldow Credenciamento de mensageiros com direito a voz e voto: O Artigo 6º § 2º e seguintes do Regimento Interno determina que: - Cada Igreja poderá credenciar 03 (três) mensageiros. - Igrejas com mais de 100 (cem) membros arrolados podem credenciar mais 01 (um) mensageiro para cada centena de membros ou fração adicional. (Exemplo: Uma Igreja com 140 membros poderá credenciar 05 mensageiros. Uma Igreja com 60 membros poderá credenciar 03 mensageiros). Para efeito desse credenciamento são utilizados os dados da estatística do final do ano imediatamente anterior ao evento. - Cada Igreja pode credenciar 01 (um) mensageiro para cada uma de suas Congregações que tenham pelo menos 20 (vinte) membros nela arrolados, desde que estes não estejam incluídos na contagem do número de membros da Igreja. Outros mensageiros com direito a voz e voto: - Pastores arrolados na Ordem dos Pastores Batistas do Brasil - Seção Pioneira e os obreiros e missionários da JEVAM, membros de uma igreja associada à Convenção, desde que exerçam ministério em uma delas e/ ou nas instituições da convenção; - Componentes do Conselho de Planejamento e Coordenação; - Diretor Executivo da Convenção; - Diretor de Relacionamentos da Convenção; - Diretores/Secretários Executivos das Juntas; - Diretores das instituições da Convenção. Estes casos não serão incluídos na contagem dos membros de cada igreja. Importante: De acordo com o artigo 10º do Regimento Interno, a Assembleia será instalada com qualquer número de mensageiros. Os mensageiros devem trazer uma carta da respectiva igreja, assinada pelo seu presidente, credenciando-os para a Assembleia. Uma carta por igreja com a relação de todos os seus mensageiros é suficiente. O modelo de carta credencial pode ser obtido por e-mail com a Secretaria da Convenção ou pelo site www.pioneira.org.br/assembleia Curitiba, 02 de março de 2020. Milton Tehlen Presidente da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil

ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA Local: Templo da Igreja Batista de Candeia, Lajeado Candeia, Interior, Santa Rosa, RS Data: 12 de junho de 2020 Início: 11h00

Encerramento: 12h00

Assuntos: Alienação patrimonial; Reforma de estatuto; Reforma de regimento interno. Curitiba, 02 de março de 2020. Milton Tehlen Presidente da Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil

Coluna da Educação Cristã

DESEJOS OU NECESSIDADES? Uma distinção necessária na educação de nossas crianças Muito falamos sobre como o comportamento e o desenvolvimento das crianças é influenciado e que a tarefa de educar as crianças é nossa, dos pais. Por isso, acredito que seja um bom momento para nos perguntarmos: do que as crianças precisam para se desenvolverem de forma plena e saudável? Talvez a sua primeira resposta seja: educação, saúde, lazer. Sim, mas precisamos ir um pouco mais a fundo, pensar em necessidades da alma, para uma vida que se prepara para a eternidade, que está em nossas mãos para ser moldada (que responsabilidade!). No entanto, existe muita confusão em torno dos verbos querer e precisar. O que as crianças precisam? O que simplesmente elas querem, mas não é necessidade? É característica da criança buscar suprir suas necessidades e seus desejos. Por isso, faz-se necessário que lhes ensinemos. Aqui faço um destaque, um erro que muitas vezes cometemos, achar que os pequenos devem saber. É nossa função ensiná-los, por palavras, mas principalmente, com as atitudes. Precisamos ensinar que cada coisa tem seu tempo, que não é possível comprar tudo o que se deseja, que precisamos ter prioridades, que para se ter algo é preciso pagar, que o dinheiro vem do trabalho, do esforço. Quando meu filho tinha uns 3 anos falei para ele que naquele momento não tínhamos dinheiro para comprar algo e sua resposta imediata foi: “Usa o cartão!”. Eu disse que o cartão se usa quando tem dinheiro no banco, que o dinheiro vem do trabalho e continuei a explicação. Por outro lado, é preciso deixar claro que necessidades são inegociáveis, não podem ser igno-

radas. John M. Drescher, em seu livro “As Sete Necessidades Básicas das Crianças”, destaca que as crianças, e os adultos também, tem certas necessidades básicas: elas precisam de um sentido de significado; de segurança; de aceitação, de amar e ser amadas; de elogios; de disciplina e de Deus. E elas precisam ser supridas nos primeiros anos de vida sob pena de que, quando cresçam busquem a realização em coisas erradas e prejudiciais. E é sobre isso que vamos falar, mais detalhadamente, nos próximos artigos. O desafio, com certeza, é bastante grande, pois sei que a função de educar os filhos nunca foi fácil. Imagine agora, no mundo que vivemos com tantos desafios, influências, pressões. Sei que educar uma criança satisfazendo todas essas necessidades de forma adequada, com o pouco tempo, muitos compromissos, é uma tarefa árdua, que exige muita paciência e amor envolvidos, no entanto, um privilégio indescritível concedido pelo Autor da vida, não concorda? Drescher diz que “Bons pais são mais necessários do que nunca e que podemos ter duas reações diante dessa grande tarefa: ficar paralisados pelo medo ou sentir-nos fortalecidos pela fé”(p.6). Qual será sua atitude? Quero desafiá-lo a buscar forças em Deus e embarcar nessa privilegiada, mas difícil, caminhada de educar seus filhos e filhas da melhor forma possível, crendo que o que Pv 22.6 diz se cumprirá: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velha, não se desviará dele”.

Sonia Heimann Reinke

Mestre em Teologia – Educação e Religião Missionária da JEVAM


4

ESPECIAL

UMA HISTÓRIA CENTENÁRIA - JMM

Pepe na Venezuela

A obra missionária estava nos planos de Deus antes da fundação do mundo. Na queda do homem, no jardim do Éden, Deus já havia anunciado o PROTO EVANGELHO: “...da semente da mulher há de vir um que esmagará a cabeça da serpente...” (Genesis 3.15). Ao chamar Abraão, Deus confirma o projeto da obra missionária. Deus disse: “Em ti serão abençoadas todas as famílias da terra...” (Genesis 12.3). Mais tarde Lucas confirma a validade da obra missionária: “Todos os profetas falaram a respeito de Jesus, dizendo que os que creem nele recebem, por meio dele, o perdão dos pecados” (Atos 10.43). O próprio Jesus quando veio disse: “O Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido” (Luc 19.10). Aqui estão as boas novas do evangelho, pois o Evangelho é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. Jesus deixou claro que este evangelho precisa alcançar a todos. Por isso disse: “Este evangelho do Reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, então virá o fim...” (Mateus 24.14). O limite que Jesus colocou está nos confins da terra. Onde fica? Eu penso que Jesus não estava se referindo à questão geográfica. Para mim, Ele estava se referindo às pessoas não alcançadas pelo evangelho. Elas estão por toda parte: na sua rua, no seu condomínio, no seu trabalho, na faculdade, etc. O que eu vejo na palavra de Jesus é que não há limite, por isso, Ele começa, dizendo:“...sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia, Samaria e até os confins da terra.” Então a obra missionária começa onde nós estamos (Jerusalém) e vai até os confins da terra. Entendendo que o “IDE” de Jesus teria que alcançar os confins da terra, os poucos batistas que havia se reuniram em Salvador Bahia, em junho de 1907, para organizar a JMM (Junta de Missões Mundiais) que, a princípio, era chamada Junta de Missões Estrangeiras. Foi um tempo difícil e de muito aprendizado, mas quando o Pr Waldemiro Tymchak assumiu a coordenação da JMM, o desenvolvimento veio. Então, o nome foi alterado para Junta de Missões Mundiais. Ele desenvolveu o trabalho de 1979 a 2007, quando faleceu, deixando um grande legado. Em 2010 o Pr João Marcos assumiu a coordenação da JMM. Veio um novo tempo, uma nova dinâmica e um grande desenvolvimento. Estamos presentes hoje em 83 países com 2011 missionários. O grande desafio tem sido as constantes altas do dólar. Apesar de todas as dificuldades Deus tem nos abençoado muito. No último ano alcançamos os seguintes resultados:

ele sobre a família, ele me disse que todos se converteram. Estão firmes na igreja. Muitos outros exemplos nós temos. Outro programa que tem me chamado a atenção é a TENDA DE BRINCAR. Nossa missionária educadora atende crianças de 3 a 6 anos de idade. São crianças refugiadas, fugindo da guerra na Síria. Muitas perderam o pai, a mãe e a família. Vivem nos campos de refugiados, abandonadas e sem esperança, a ponto da ONU chamálas de “A GERAÇÃO PERDIDA”. Estamos atendendo cerca de 160 crianças diariamente, dando a elas dignidade e procurando resgatar a sua infância. A ONU gostou tanto do projeto que nos deu um prêmio, colocando esse projeto entre as dez mais importantes iniciativas do mundo, em relação aos refugiados. Em se tratando de refugiados, temos um excelente trabalho com equipes de voluntários provenientes de nossas igrejas. Há irmãos nossos que quando saem de férias se apresentam na JMM como voluntários, para apoiar os campos missionários, principalmente o de refugiados. Um desses é na Grécia. O nosso projeto fica ao lado do Campo Moriá, onde vivem 8 mil refugiados. Alguns dados sobre este projeto: - Atendemos cerca de 500 mulheres e crianças por dia; - Conseguimos toda a mobília do local (mesas, cadeiras, móveis infantis, máquinas de lavar roupa, chuveiros quentes, cozinha, computadores, etc.); - Foco exclusivo em mulheres e crianças refugiadas; - Oferecemos serviços de beleza, banho, lavagem de roupa, creche, ensino de idiomas, atividades para crianças, distribuição de kits de higiene pessoal, etc; - Estamos nos mobilizando para instalar equipamentos para uma clínica de exames pré-natal; - O projeto fica fora do campo, onde temos total autonomia de trabalho; - Precisamos de cerca de R$50.000,00 por mês para manter esse projeto.

189.443 pessoas beneficiadas; 519 igrejas organizadas; 32.381 pessoas decididas por Cristo; 3.098 batismos. A JMM tem atuado em várias frentes de trabalho. Tem sido muito forte o nosso trabalho na área da educação com vários projetos. O que mais chama minha a atenção é o PEPE, Programa de Educação Pré-Escolar (sigla do PEPE para programas fora do Brasil). Este programa está presente em 30 países, atendendo quase 20.000 crianças por ano. Os resultados têm sido extraordinários. Famílias inteiras se convertendo. Temos um exemplo bem perto de nós. Um jovem que, aos quatro aninhos foi levado ao PEPE. Sua família toda desestruturada, a mãe na prostituição, mas ele levou toda a família a Cristo. Ele está como seminarista na FABAPAR, iniciando o seu quarto ano. Quando perguntei a

Tenda de brincar

Precisamos de voluntários para atender mais pessoas. Este é um espaço incrível de cura. É importante ressaltar que este não é só um lugar onde elas lavam roupas e tomam banho, mas onde se sentem aco lhidas, respeitadas e aceitas como são. Um lugar onde elas podem res-

significar a dor de tantas perdas, e isso é maravilhoso! Na área da saúde temos vários profissionais, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, dentistas e terapeutas. Temos consultório dentário, clínica e mini hospital. Destaco o casal de missionários, Humberto e Elisângela Chagas, questão no Norte da África a quase vinte anos. Ele, ortopedista e ela dentista. Eles têm realizado um trabalho extraordinário. Temos visto milagres acontecendo ali. Aproveitando as mais variadas estratégias, temos treinadores de futebol e ex jogadores para, através do esporte levar o evangelho a países fechados. Outra estratégia que deu certo é a distribuição da Bíblia. Entendemos que a Bíblia, por ser a Palavra de Deus, jamais voltará vazia. Ao perceber que o problema na China era a falta de Bíblias, lançamos uma campanha: “Cem Mil Bíblias para a China”. O sucesso foi tão grande e a liberalidade dos batistas brasileiros tão evidente, que distribuímos mais de 500.000 Bíblias!

Novo Testamento para o povo Iraniano

Com isso resolvemos ampliar o projeto, enviando Bíblias para outras nações. Em alguns países tivemos que capacitar os nossos missionários para a tradução da Bíblia na língua do povo. Queremos encerrar essa década distribuindo mais de um milhão de Bíblias. Há países tão fechados, que a distribuição da Bíblia é uma das melhores estratégias. Este ano vamos completar 113 anos levando o evangelho até os confins da terra. Vamos deixar bem claro que quem faz a obra não é a JMM, é o nosso povo através das nossas igrejas. A JMM apenas coordena o trabalho, mas a base da obra missionária está na igreja. É dela que saem os nossos missionários. Ela os envia através da JMM e os sustenta com suas orações e suas ofertas. Até aqui nos ajudou o Senhor, mas o desafio continua. Temos mais de 3.000 povos não alcançados. É hora de nos unirmos e rogarmos ao Senhor da seara que envie mais obreiros para a Sua seara. Isso implica numa dedicação ainda maior. Vamos intensificar as nossas orações, vamos redobrar os nossos esforços para ampliar a divulgação e conseguirmos mais e mais irmãos para o sustento dessa obra. O tempo é agora, cada um se apresentando para ir como voluntário, para interceder e para contribuir para o sustento financeiro desta obra. Faça a sua parte! Contamos com você! Com gratidão, seu conservo, Pr Claudio Andrade


5

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

“AS MESQUITAS ESTÃO VAZIAS DENTRO DO IRÔ, DIZ LÍDER IRANIANO SOBRE O MOVER DE DEUS

Enquanto a religião islâmica avança em alguns países da Europa, nas principais nações que serviram de berço para o surgimento da religião de Maomé, como o Irã, o islamismo tem sido cada vez mais abandonado. Foi isso o que revelou um líder iraniano que, por razões de segurança, não quis ser identificado. “E se eu dissesse que o Islã está morto? E se eu dissesse que as mesquitas estão vazias dentro do Irã? E se eu dissesse que ninguém segue o Islã dentro do Irã? Você acreditaria em mim? É exatamente isso que está acontecendo dentro do Irã. Deus está se movendo poderosamente dentro do Irã”, disse ele. A declaração foi dada em um documentário produzido pela Frontier Alliance International (FAI), uma organização que trabalha para levar o evangelho de Jesus Cristo aos “não alcançados”. O material explica que grande parte do trabalho missionário realizado no Irã tem sido encabeçado por mulheres, secretamente,

em igrejas pequenas que estão se multiplicando de forma extraordinária, atraindo pessoas que abandonam o Islamismo. “A igreja que mais cresce no mundo se enraizou em uma das nações mais inesperadas e radicalizadas do mundo”, afirma o documentário intitulado “Sheep Among Wolves” (Ovelhas Entre Lobos). Por trás desse crescimento vertiginoso está o discipulado. “O despertar iraniano é um movimento de discipulado em rápida reprodução que não possui propriedades ou edifícios, não tem liderança central e é predominantemente liderado por mulheres”, afirma o material. O líder iraniano que testemunha no filme explica que a perseguição religiosa aos cristãos, em vez de dissolver o número de seguidores de Cristo, fez surgir uma igreja comprometida com o evangelho, fazendo desaparecer apenas os “convertidos” de forma aparente, mas não verdadeiramente. “O que a perseguição fez foi destruir a igreja que não era discípula e destruir a igreja que era sobre convertidos. Todos esses plantadores de igrejas descobriram que os convertidos fogem da perseguição, mas os discípulos morrem pelo Senhor em perseguição”, disse ele. Will R. Filho Escritor, especialista em saúde mental e blogueiro Disponível em: https://noticias.gospelmais.com.br/mesquistas-vazias-ira-lider-iraniano-130749.html. Acesso em: 20/02/2020.

Orientações Coronavírus Medidas de prevenção a serem adotadas: - Cobrir a boca e nariz ao tossir e espirrar; - Evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca; - Não compartilhar objetos de uso pessoal; - Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado; - Lavar as mãos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool, principalmente após estar em locais públicos o uso de elevadores e transporte público. Fonte: g1.globo.com


6

A Ç N A R E ESP IONAL T A N R E T IN a EBM

es d

Missõ e d a h n a p m Ca

2020

© Bettina Frank

Rufus Kamalakar Líder dos Projetos do parceiro ALMA na Índia

Sara Marcos Missionária no Centro Social em Macia, Moçambique Yosvany & Anabel Padrón Missionário para plantação de Igrejas em Cuba Regina Claas Treinamento de líderes no Sul da África

Contamos com suas orações e uma oferta de amor. Obrigado pelo seu apoio!

Adrián Campero Líder dos trabalhos missionários entre os Quechuas no Peru

Anil Benjamin Líder de „Bridge of Hope“ na Índia

Simone Almeida Líder do Centro Social em Diadema, Brasil

Alicia Veloná Diretora do Lar de Crianças „Norberto Haase“ na Argentina

Ertan Cevik Plantação de Igrejas na Turquia

Ore pelos missionários e obreiros nos mais de 300 projetos em 15 países.

www.ebm-international.org


7

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

CUIDADO PATERNAL NO MINISTÉRIO PASTORAL No mundo atual, uma das maiores crises dos seres humanos refere-se à questão tempo. Parece que ninguém mais tem tempo. As respostas devem ser imediatas. Contudo, até por volta da década de 80, alguém escrevia uma carta para familiares ou amigos e esperava tranquilamente por aproximadamente 30 dias ou mais para receber uma resposta e, quando vinha, que alegria! Atualmente, quando não se consegue conversar com três ou quatro pessoas ao redor do mundo ao mesmo tempo, já há motivo para stress. Muitas pessoas ficam ansiosas quando enviam uma mensagem para alguém e não são imediatamente correspondidas. Neste ambiente de agitação e falta de tempo está inserida a imagem do pastor e sua família. A igreja quase que exige dele onipresença, ou seja, estar presente em vários lugares ao mesmo tempo. Num primeiro momento, parece ser bom para o pastor ser requisitado aqui e ali, no entanto, uma coisa é fazer a vontade das pessoas, achando que é vontade de Deus, e outra coisa é fazer a vontade de Deus servindo as pessoas. Cita-se aqui o exemplo de Jacó que disse ao seu sogro: “O pouco que você possuía antes da minha chegada aumentou muito, pois o Senhor o abençoou depois que vim para cá. Contudo, quando farei algo em favor da minha própria família?” Gn 30.30. O contexto desse versículo é o casamento de Jacó. Inicialmente ele deveria trabalhar por sete anos para receber por esposa Raquel. Este era o trato feito com Labão, o pai da moça. Porém, ao final dos sete anos, Jacó exigiu o pagamento, mas recebeu Lia, irmã de Raquel como pagamento. Reclamou com seu sogro Labão e este lhe exigiu mais sete anos de trabalho por Raquel, mulher que ele amava profundamente. Como seu amor era grande por Raquel, novamente trabalhou mais sete anos e finalmente obteve Raquel como esposa. Jacó, porém continuava trabalhando arduamente para o sogro Labão e ao pedir as contas para cuidar da sua família, recebeu uma proposta de aumento salarial. Jacó foi taxativo e disse ao seu sogro: “você já enriqueceu às minhas custas, de agora em diante vou cuidar da minha família”. Pode-se observar que a questão do não ter tempo não é apenas uma circunstância atual, mas já existia há milhares de anos. O que é necessário fazer então? Jacó tomou uma decisão, ele teve prioridade, decidiu ter tempo para sua família. Em outras palavras, quando não se tem tempo, deve-se conseguir de alguma forma. A mesma regra vale também para o pastor.

O pastor deve administrar bem o seu tempo, ter prioridades e ser exemplo. Ele não é pastor somente quando está no púlpito, mas muito mais quando mostra pelo exemplo prático como se faz. No púlpito o pastor deve dizer como as coisas são. Fora dele, deve mostrar como as coisas são através de atitudes práticas na vida cotidiana. Quando o pastor tem tempo para a sua família, ele estará ensinando suas ovelhas a também terem tempo para suas famílias. Desta forma não será cobrado por dedicar tempo à sua família. O pastor deve orientar a igreja a não marcar programações, reuniões ou outras atividades no dia de descanso pastoral. Muitas igrejas apenas cumprem um ritual de programações, às vezes até mesmo sem um objetivo específico. A igreja não se torna mais espiritual com muitas programações e nem menos com poucas. Além do pastor, as famílias da igreja também precisam tempo para estarem reunidas. É necessário lembrar que uma igreja não é mais espiritual que as famílias que a compõem. O pastor também pode e deve mostrar para a igreja que Deus trabalhou apenas seis dias e no sétimo descansou. Se ele quiser trabalhar mais do que seis dias, corre o risco da tentativa da criatura transformar-se em Criador. Nenhum ser humano, mesmo que seja pastor, poderá colocar-se no lugar de Deus. O próprio Jacó teve que dizer isso para sua esposa Raquel, estéril: “Por acaso estou no lugar de Deus, que a impediu de ter filhos?” Gn 30.2. A implicação maior deste princípio é que o pastor deve compreender que não é proprietário da igreja. Esta foi comprada e paga com preço de sangue (At 20.28), logo, pertence a Deus. O pastor é

mero ajudador, embora com grande responsabilidade, porém não mais do que é permitido ao ser humano carregar. Outro aspecto importante que surgiu no casamento de Jacó com Raquel foi a esterilidade, como já mencionado no versículo acima. No entanto, Deus em sua infinita graça permitiu que ela tivesse filhos, amenizando assim a tensão entre o casal. Seu exemplo ensina que o casal pode enfrentar as dificuldades juntos - fato que obviamente demanda tempo – porém, não abre espaço para discussões, evitando mau exemplo para os filhos. Quando os filhos de pastor não se ambientam em seu próprio lar, acabam por compartilhar seus problemas e medos com terceiros porque descobriram um padrão e ambiente melhor do que o próprio lar. Talvez este seja um dos motivos porque muitos filhos de pastores não permanecem na igreja do pai, e pior, nem nos caminhos de Deus. A partir do exemplo de Jacó, entende-se que se o pastor não dedicar tempo de qualidade para sua família, esta será a única família na igreja sem pastor, e pior, sem pai e sem marido, fato que poderá ser altamente prejudicial para o ministério pastoral. Billy Graham, mencionou em sua autobiografia que saiu mais pobre do que entrou no ministério pastoral, tudo porque não deu a devida atenção à família. Portanto, prezado colega, sucesso ministerial não é por acaso, mas resultado de uma vida familiar centrada nos princípios de Deus para a família pastoral. Que Deus nos abençoe. Pr. Vanderlei Schach


8

Mar/Abr Ano 2020

PenseNisso

J

DEUS ESTÁ CHAMANDO!

esus disse que a colheita é grande, mas há poucos trabalhadores (Mateus 9.37). Isso quer dizer que há muitas pessoas que ainda não ouviram falar de Jesus e faltam missionários para fazer esse trabalho. Missionários são as pessoas que dedicam sua vida para falar de Jesus aos outros. Jesus chama todo tipo de pessoas: ricos, pobres, grandes, pequenos, fortes ou fracos. Separamos as histórias de alguns e lembre-se: você pode ser um deles no futuro:

HUDSON TAYLOR

CHARLES STUDD

Hudson Taylor era inglês. Desde pequeno, queria ser missionário na China. Mas era fraco e ficava doente com facilidade. Mesmo assim, estudou medicina e, quando chegou a hora, foi para a China ser missionário. Lá, usou seus conhecimentos de medicina para ajudar muitas pessoas e falar de Jesus. Uma vez, um líder religioso lhe perguntou: - Há quantos anos seu povo conhece Jesus? - Há centenas de anos – respondeu Hudson. - E só agora mandaram alguém para cá para falar conosco? Meu pai procurou este Jesus a vida inteira e morreu sem conhecê-lo! Uma das principais marcas do ministério de Hudson foi a oração. Hudson tinha certeza que Deus atenderia suas orações e pedia para Deus enviar 5, depois 11, 100, até 1000 missionários à China e Deus respondeu a todas as suas orações.

EDITH SCHAEFFER Edith e seu marido, Francis, souberam que deveriam servir a Deus na Suíça. A Suíça é um país na Europa, onde as pessoas normalmente já ouviram falar de Deus. Mas na época em que o casal foi para lá com seus filhos, as pessoas não queriam ouvir mais de Deus e não acreditavam mais na Bíblia. Francis, que era pastor, recebia em casa muitos jovens com dúvidas para conversar com eles sobre Deus. Edith criava material para Escola Dominical e cultos infantis. Cada vez mais jovens os procuravam. O casal precisou comprar as casas vizinhas para poder abrigar todo mundo. O complexo recebeu o nome de l’Abri (O Abrigo). Edith separou um quartinho da casa para ser o quartinho de oração. Ali havia uma lista onde quem quisesse se inscrevia para orar por quinze minutos pelo ministério e por qualquer motivo que a família tivesse (compra de mais uma casa, pelos jovens hospedados, pela saúde de alguém). Assim, sempre tinha alguém na casa orando. Por causa da fé de Edith e Francis, Deus pôde salvar muitos jovens.

Charles Studd nasceu em uma família muito rica e tornou-se um jogador de críquete profissional, o mais famoso da Inglaterra. Ele conheceu a Jesus e passou a ser missionário para outros atletas, que conheceram Jesus através dele. Quando seu pai morreu, deixou-lhe muito dinheiro como herança. Charles resolveu não ficar com o dinheiro para si e deu tudo para a obra missionária. Ele deixou sua fama e sua fortuna, porque Deus era mais importante para ele. Mais tarde, ele foi para a Índia e África.

E EU COM ISSO? Como você pode ajudar na colheita? Ninguém é pequeno demais e Deus quer a ajuda das crianças também. Você pode:

Orar A oração transformou o ministério de Hudson Taylor e também de Edith Schaeffer. Ore para Deus mandar mais missionários para a sua colheita.

Dar Você pode dar dinheiro da sua mesada na igreja, para missões. Mesmo sendo só um pouco, Deus vai abençoar, porque ele ama quem dá com alegria.

Falar Nunca deixe de falar com seus amigos sobre o que Deus fez por você.


9

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

INFANTIL

E disse-lhes: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas." Marcos 16.15


10 92ª Assembleia da Convenção Batista Pioneira

I

Reino deDeus

“Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.”

IB Candeia

Santa Rosa, RS

Apocalipse 11. 15b

10 a 14

de junho de 2020

Preletor Pr Carlos Günter Waldow Representante regional da EBM International para a América Latina

LOUVOR Geração Fiel / Eduardo e Silvana

Participações especiais Grupo Karis e Coral da FBP


11

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

CONGRESSO Multiplique Pioneira 2020 O Multiplique é um movimento de retorno aos princípios de crescimento ensinados por Jesus e vividos de maneira simples e poderosa pela igreja do primeiro século.

dia 13 - sábado Preletor Pr Flávio Lucius

Coordenador do projeto de Igreja Multiplicadora em São Paulo e região sul do Brasil. Atuou por 14 anos como Diretor de Missões e Desenvolvimento de igrejas da Convenção Batista Paranaense.

Preletor Pr. Walmir Andrade

Pastor com mais de 30 anos de experiência ministerial, formador de líderes e autor do livro “Igreja Relacional”.

WORKSHOPS A necessidade da saúde espiritual, mental e física PreletorA MARA LOVERA

Graduada em estética e cosmetologia, pós-graduada em acupuntura, Farmacologia e Clínica Chinesa, Dietoterapia Chinesa e pós-graduanda em Ciência da Homeopatia.

Ajudando os homens a terem sucesso na vida Através do curso "Cada Homem um Guerreiro", desenvolver um ministério de homens que seja relevante para a vida dos homens, de sua família e igreja.

Preletor Pr Erich Luiz Leidner

Professor, Capelão e Coordenador de Estágios na Faculdade Batista Pioneira. Atua também como Diretor Executivo da OPBB-seção Pioneira e Diretor do Ministério de Homens da RTM no Brasil

Despertando a liturgia bíblica e criativa na igreja Preletores Eduardo e Silvana

Com vasta experiência e um ministério sólido, o casal Eduardo e Silvana usa a música para alcançar vidas, seja através de ministrações e workshops. Também ministram palestras para casais e famílias, e workshops na área de canto, louvor e pregação.

WORKSHOPS à confirmar: Lei Geral de Proteção de Dados

Programação para crianças de 03 a 11 anos pela manhã e à noite

Inscrições: www.pioneira.org.br


12 NOVA TURMA DO PROJETO WAKE UP

Ijuí, RS - A Faculdade Batista Pioneira iniciou no dia 10 em fevereiro de 2020 a oitava turma do projeto Wake Up. O projeto tem o objetivo de despertar a juventude para uma vida de compromisso com Jesus. Durante o semestre, os jovens participam das aulas do curso de Teologia e recebem treinamentos práticos

em áreas que incluem evangelismo, teatro, ação social e missões transculturais. Ao longo do projeto, são realizadas diversas atividades práticas em escolas e instituições sociais. Nas escolas, por exemplo, os alunos tratam sobre temas relevantes para a juventude e compartilham a mensagem do Evangelho. Através de obras de teatro, dinâmicas e mensagens, os wakeuppers procuram resgatar o sentido de celebrações cristãs como a páscoa. No mês de julho, os alunos também realizarão uma viagem transcultural. Essa viagem permite aos alunos conhecer outras realidades. Já foram realizadas via-

gens para países como Chile, Argentina, Paraguai, Perú e Bolívia, e para 2020 está sendo planejada uma viagem para o Uruguai. Ore conosco por essa iniciativa. Jovens que desejam saber mais sobre o projeto e os requisitos para participar podem entrar em contato com a Faculdade Batista Pioneira através do website www. batistapioneira.edu.br, ou do telefone (55) 3332-2205. O atendimento da secretaria acontece de segunda a sexta-feira, das 14 às 21h. Gabriel Lauter Coordenador de Extensão e do Projeto Wake Up

ENCONTROS E (RE)COMEÇOS

Ijuí, RS - Se você pensa que início de ano letivo é sempre igual, pode sempre se surpreender. Por exemplo, comparando com o que ocorria há uma década, algumas coisas mudaram. A diferença mais significativa foi a bonita recepção aos novos alunos – após um período um tanto assustador de ameaças de “trote”. Quando eles chegaram ao refeitório do ABP, levados por alunos do 2º ano, após uma longa caminhada noturna pelo acampamento, perceberam uma linda mesa toda decorada e com doces preparados para eles. Uma das alunas veteranas fez uma breve reflexão bíblica, incentivando-os neste início de sua jornada de aprendizagem. Um refrigério já tarde da noite, para compensar as “ameaças” anteriores e permitir um sono mais tranquilo. Foi bom perceber, também, que muitas coisas não mudaram – ainda bem! Tanto o Retiro de Integração quanto a Aula Inaugural tiveram lindos momentos de louvor por meio de cânticos e hinos, orações, mensagens edificantes e muitas oportunidades de conhecer as histórias e experiências dos membros desta família muito especial. PRIMEIROS ENCONTROS: tudo começou com a primeira reunião dos professores, no dia 07 de fevereiro. Em seguida, no dia 11, chegaram os alunos do Projeto Wake Up e realizaram suas primeiras atividades. Nos dias 15 e 16 de fevereiro, toda a comunidade acadêmica e seus familiares puderam se reunir no ABP para o Retiro

de Integração. O Pr. Gabriel Lauter (Coordenador de Extensão e professor da FBP) leu o texto de Cl 3.16-17 como um alvo para este novo ano e coordenou a dinâmica “calmaria e tempestade”, destacando que encarar tempos de “tempestade” é mais fácil quando estamos juntos. De tarde ainda houve gincana, esportes e mais tempo de conversa até a janta. À noite, a programação iniciou com a leitura do Sl 133.1 pelo Pr. Josemar Modes (Coordenador de Graduação e professor da FBP). A seguir, foi apresentado o preletor do evento, o Pr. Marcos Lovera (Diretor de Relacionamentos da Convenção Batista Pioneira). Baseado em Rm 11.33-36, ele falou sobre a necessidade de compreendermos que tudo é de Deus, para que tudo o que for feito seja para Ele e não tenhamos o foco errado. É preciso lembrar que o caminho de Deus é perfeito e quem deve ser engrandecido é o Senhor, não o servo. Também deu vários conselhos práticos para a vida espiritual e o ministério de cada um, destacando que enquanto Jesus não volta ou não nos leva, devemos fazer a diferença na sociedade e servi-lo de todo o coração. Após a mensagem, os novos alunos foram recepcionados, conforme mencionado no início deste relato. Na manhã seguinte, o Diretor e professor da FBP, Pr. Claiton Künz, leu o texto de Jo 13.34-35, afirmando que o amor uns aos outros é muito pertinente para a realidade da Faculdade, com a “novidade” apresentada no texto: como Jesus amou, ou seja, dando a vida uns pelos outros. Em seguida, o Pr. Marcos Lovera pregou sobre o texto de Jo 20.19-23: assim como fez com os dis-

cípulos amedrontados, Jesus vem até nós e nos envia, dando poder para morremos por Ele. Coube ao Pr. Erich Luiz Leidner (Capelão, Coordenador de Estágio e professor da FBP) a ce- lebração da Ceia do Senhor. Após breves reflexões sobre textos de João 13 a 18, afirmou que em família nos conhecemos, às vezes nos machucamos, mas ao redor da mesa nos lembramos do amor de Cristo. Depois disso, o Pr. Claiton Künz deu algumas informações acadêmicas e ocorreu a eleição do Centro Acadêmico. O Retiro terminou com um gostoso almoço e mais oportunidades de conversas e de conhecer uns aos outros. AULA INAUGURAL: foi realizada na noite do dia 17 de fevereiro, no salão de cultos da FBP. O Pr. Claiton saudou a todos com o texto de 2Tm 4.7, dizendo que temos de pensar agora em como será o final deste ano, mudando o que for necessário e lutando os combates que valem a pena, sem jamais comprometer a fé. O Pr. Ricardo Lebedenco, um dos novos professores da Faculdade, falou sobre o que estudou durante seu mestrado, concluído no início deste ano: “Você serve para servir?”. Ele abordou o que é ser voluntário, as motivações ao servir e as causas da rotatividade nos ministérios. Depois, falou sobre o conceito bíblico de serviço, citando termos hebraicos e gregos para mostrar como o sentido foi ganhando complexidade ao longo do tempo. Destacou que a condição para se tornar servo é ter um Senhor (o que muitos não querem) e que é preciso resgatar o princípio bíblico do servir na vida dos voluntários e do povo cristão em geral. Por fim, desafiou todos a que escolham ser escravos de Deus e de tudo o que Ele deseja que façam (servir a Deus e às pessoas). A programação continuou com a posse do Centro Acadêmico e dos líderes dos alojamentos, da cozinha e da lavanderia; a apresentação dos novos alunos e funcionários; alguns avisos e foi encerrada com uma refrescante confraternização. Vanessa Tiede Weiler Ribas Jornalista voluntária


IGREJAS

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

13

BATISMOS NA IBP ESPERANÇA EM IJUÍ 10 ANOS DE MINISTÉRIO PASTORAL

Ijuí- RS - O dia 17 de novembro de 2019 foi mais que especial para a Igreja Batista Pioneira Esperança de Ijuí. Na parte da manhã do dia 10 de novembro, 6 irmãos puderam fazer a sua profissão de fé e foram encorajados pelos demais irmãos da igreja através de palavras de ânimo e orações. No culto da noite do dia 17 de no-vembro, estes irmãos desceram às águas cumprindo à ordenança de Jesus Cristo em Mt 28. 19, 20. O Pr. José Pedro dirigiu a programação, e ao som de cânticos escolhi-dos pelos próprios candidatos, um a um foram batizados os seguintes irmãos (da esquerda para a direita): Sara

Robaert de Souza, Rosângela Arínos Campos, Nicolas Augusto Jahns Wondracek, Cauê Enylson Peno, Joice Borges da Silva Lemos e Tiago Kuenzel Lemos. Após, foram entregues os certificados de batismo e o Pr. Diego Rodrigo da Silva trouxe a mensagem da noite. Em seguida, cada um pode participar pela primeira vez da Celebração da Ceia do Senhor e com a bênção apostólica, seguiu para seu lar com o coração grato pela vida dos novos membros da igreja. Diego Rodrigo da Silva

Porto Alegre, RS - No dia 13 de outubro de 2019, comemoramos 10 anos de ministério do casal pastoral, Pr Sebastião Pinto Moreira e sua esposa, Missionária Shirley Corrêa Peres Moreira. Foi uma manhã festiva, quando pudemos louvar e engrandecer nosso Deus por nos abençoar tanto através deste casal. Adoramos a Deus com a participação do Grupo Geração Fiel. Logo em seguida, uma sequência de homenagens derreteu o coração de ambos, com a presença da família, declarações e uma apresentação das crianças do Programa Social Novos Caminhos, a primeira delas. Este evento não terminou em pizza, mas numa churrascada de costela gaúcha de “lambuzar os bigodes”. Que Deus permita tantas outras décadas desses servos conosco, conforme a sua vontade. Para nós é um privilégio tê-los conosco, pois amamos Pastor Sebastião e irmã Shirley. IB Memorial.

Pastor do Ministério de Jovens e Adolescentes

BATISMO EM BLUMENAU VEM PRA FEIRA DA AVENIDA! Blumenau, SC – No dia 01 de dezembro de 2019 tivemos um culto memorável em que foram batizados os irmãos (na ordem da esquerda para direita): Mateus de Andrade, Gabriel Gobetti Martins, Luciana Schiermer, Ana Lara Willms e Isabel Miranda de Oliveira. Esse momento marcante foi ministrado pelo pastor Alex Sandro do Carmo Nunes de Assis e ouvimos a profissão de fé pública com lindos testemunhos de reconhecimento dos seus pecados e que Jesus Cristo é o único caminho da salvação e Senhor de suas vidas. Foi notável o testemunho dos adolescentes e juniores ao dizerem que suas decisões foram em razão das mensagens que ouviram nos cultos, nas reuniões da escola bíblica dominical e ainda pela influência dos seus pais no ensino sobre Cristo e sua Palavra. Concluído esse lindo momento do batismo, houve o culto de ceia e a alegria foi completa, pois vimos o crescimento da família de Cristo e ouvimos a voz do Senhor dizendo: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”. Somos gratos a Deus por contemplarmos o mover do Seu Espirito, pelo Seu corpo que cresce e testemunhará a Sua salvação, falando a verdade em amor, perseverando na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, no partir do pão, e nas orações. Vanézia de Andrade

Curitiba, PR - Um dos assuntos mais atuais no meio eclesiástico é missões urbanas. Como é possível para uma igreja local conversar com a comunidade local, de modo a ser relevante e suprir as necessidades da mesma? No ano de 2019, a Igreja Batista Avenida dos Estados (IBAE) procurou se tornar conhecida no Bairro Água Verde, em Curitiba, através do serviço. Para ganhar a simpatia do povo, a IBAE utilizou uma ferramenta muito conhecida dos curitibanos: a feira. Na capital paranaense é comum aos sábados pela manhã um passeio em família até uma das muitas feiras da cidade para comer pastel, tomar caldo de cana, comprar artesanato e produtos caseiros. Ciente disso, a IBAE transformou o estacionamento da igreja em uma grande feira livre, para a qual todo o bairro foi convidado a participar através da distribuição de panfletos e faixas de propaganda. Liderados pela juventude, todos os ministérios se engajaram em participar, cada qual organizando uma barraquinha. Além de ofertar e produzir os produtos a serem vendidos, tivemos ainda a oportunidade de comprá-los, contribuindo

assim para aumentar o valor arrecadado, posteriormente ofertado a instituições sociais. Muitas pessoas que sequer sabiam da existência da igreja ou que não se sentiam à vontade para conhecê-la em um momento formal de culto tiveram a oportunidade de entrar em contato com a família IBAE. A Feira da Avenida, que começa a se tornar uma tradição no bairro após duas edições - em junho e novembro -, é uma das muitas estratégias possíveis de missões urbanas para promover integração da igreja e alcançar a vizinhança imediata. Como testemunho, afirmamos que o evento foi uma oportunidade única para todos os membros da IBAE aplicarem seus dons, habilidades e talentos, bem como desfrutar de comunhão, integração e serviço. E em sua igreja, quais estão sendo as estratégias para se tornar relevante em sua comunidade? A mensagem libertadora de Cristo pode e deve ser transmitida de maneira criativa e intencional para que haja transformação de vidas. Não fique fora dessa! Lucas Regeta Líder Ministério de Jovens


14

UFMB PIONEIRA – 60 ANOS UMA HISTÓRIA DE GRAÇA E MISSÃO Há quem diga que chegamos na terceira idade. Afinal, completaremos em junho 60 anos deste ministério. Quando falamos na atual “terceira idade”, somos remetidos a pensarmos na geração que busca novos sonhos e desafios. Já passou o tempo de completar 60 anos e querer uma cadeira para descansar e para sempre ali querer ficar. Completar 60 anos é realmente significativo e inspirador. Há sinais de maturidade. Experiências a serem compartilhadas. Há vida. Há amizades. Há clamor. Há sabedoria. Há esperança. Há desafios. Há história. E é sobre isso que queremos relembrar no dia de hoje: um breve relato da história da UFMBPioneira. Pode-se dizer que há mais de 100 anos, mulheres da Convenção Batista Pioneira se encontram para meditar na Palavra de Deus e compartilhar sua fé. Mas foi no ano de 1957 que um Pastor chamado Horn escreveu uma carta para os grupos de mulheres que já se reuniam há muito tempo na Convenção Batista Pioneira, incentivando

e despertando o interesse delas para organizarem a União Feminina, ou em alemão “Schwesternbund”. Esta foi a primeira semente lançada com muita sabedoria por aquele pastor. No outro lado do oceano, na Alemanha, a irmã Elizabeth Flügge, membro da diretoria da UFM da Europa, tinha em seu coração o desejo de conhecer o trabalho feminino no Brasil. A oportunidade chegou por ocasião da Aliança Batista Mundial realizada no Brasil, onde a irmã Elizabeth veio participar como representante da UFM Europeia. Nesta oportunidade, o Pastor Otto Grellert, organizou um grande encontro das Sociedades de Irmãs, para organizar e oficializar a União Feminina da Convenção Batista Pioneira, conhecida na época como Associação das Igrejas Batistas Teuto – Brasileiras, com a presença marcante da irmã Elizabeth Flügge. O encontro aconteceu no dia 12 de junho de 1960 na cidade de Ijuí, no Rio Grande do Sul, com a presença de 86 irmãs representando as 10 Sociedades existentes na época. O pre-

gador do encontro foi o Pr. Grellert, que usou o tema “Encontro de Irmãs: o que é uma irmã, o que é um encontro e como é possível um encontro de irmãs”. Neste dia 12 de junho de 1960 a UFMBPioneira foi organizada oficialmente e é escolhida a 1º presidente, a irmã Vallerie Stillner (Tante Valli, como todos a conheciam). Além da irmã Vallerie, foram eleitas para compor a diretoria: Ruth Ziegler, Elfried Horn, Herta Grellert, Ella Rühle e Elfriede Rehn. Desde 1960, muitas irmãs serviram ao Senhor neste ministério e milhares de mulheres reuniram-se em suas igrejas, encontros e congressos para crescerem juntas e alcançarem outras pessoas para Cristo. Que completar 60 anos de ministério represente uma renovação do propósito de sermos uma organização comprometida com o crescimento e expansão do Reino de Deus. Que continuemos com alegria e dependência a experimentarmos e espalharmos os frutos deste lindo e inspirador legado. Celebre 2020 conosco, através dos diversos eventos e demais iniciativas! - Livro de Receitas da Pioneira; - Projeto Inspirar: Mulheres que inspiram outras mulheres; - Congresso de Mulheres; - Chega Junto - encontro de capacitação em todas as regionais; - Congresso da Terceira Idade. Ana Cláudia Almeida Christal


15

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

ANOS

PROJETO INSPIRAR: MULHERES QUE INSPIRAM OUTRAS MULHERES

ANUÁRIO 2020

TEMA 2020 CELEBRANDO A GLÓRIA DO REINO DE DEUS DIVISA: “Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.” Apocalipse 11. 15b

Presidente: Vogais:

Suplentes:

LIVRO DE RECEITAS DA PIONEIRA

Iris S. Beuter - Florianópolis Rozinete Castro Silva - Cascavel Marisa Müller - Emanuel/Panambi Jakeline Lopes Preto - Chapecó Loni Doehl Scholl - Tapejara Elda Maria Farias - Diadema Fabiane Silva - Camaquã Joice Dufloth - Erechim

Secretária-Executiva: Marta C. Hoffmann Bueno Secretária-Administrativa: Thalyta Dib Mertens


16 ENCONTROS REGIONAIS Se liga aí, o início de ano será marcado pelos dois encontros regionais realizados pela JUMAP. O Extreme, que é o encontro de Jovens e Adolescentes, e Couple Day o Encontro de Casais, ambos pensados para a integração, comunhão e o fortalecimento dos ministérios nas igrejas. Fale com o seu líder Regional e não fique de fora desse encontro =). Se liga nos encontros já marcados:

• Regional Pioneiros | Líder responsável: Silas Extreme 21/03 – PIB Santo Augusto Couple Day – 25/04 – Emanuel de Panambi • Regional Atlântico | Líder responsável: Mathias Extreme: 28/03 – PIB Blumenau Couple Day: 25/04 - IBAE Curitiba • Regional Centro | Líder responsável: Otávio Extreme: 04 e 05/04 – IBP Chapecó Couple Day: 25/04 – PIB São Miguel do Oeste • Regional Fronteira | Líder responsável: Paola Extreme: 28/03 – PIB Santo Ângelo Couple Day: 25/04 – IBP Tuparendi • Regional Oeste do PR | Líder Responsável: Thiago Extreme: 16/05 – IBP Cascavel Couple Day: 25/04 – PIB Palotina

HANGAR NAS IGREJAS Este ano estamos com novidades e expectativas para a Escola HANGAR. Entendemos que para a maioria da nossa galera é difícil estar viajando e se deslocando muito longe, devido a compromissos de trabalho e até despesas financeiras. Então para o ano de 2020, estaremos levando nossos preletores para algumas regionais, e dando a oportunidade para a liderança poder participar, através de um dia de aula e treinamento. Segue o calendário abaixo para você não ficar de fora! Ore por esse projeto e programe-se para estar participando com a gente.


17

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

CONGRESSO 2020 Dias de Carnaval sempre são os dias mais esperados pelos nossos jovens! Dias de rever a galera, recarregar as energias e voltar animado para o novo ano. Esse ano, nos quatro dias, pudemos ser instigados a viver as coisas do alto. Saímos de lá refletindo sobre a nossa vida, o modo como estamos levando ela e principalmente, como queremos que nosso ano seja: FORA DE SÉRIE. 400 jovens voltaram para casa com muita alegria e empolgação em viver um ano diferente, a sair da zona de conforto e a cada dia mais fazer a vontade de Deus. A programação foi toda voltada para esse foco, os preletores Tiago Abdalla (São Paulo) e Tiago Wagner (Novo Hamburgo) foram muito claros e sábios ao abordarem o tema, deixando a galera munida de conhecimento e inspiração para viver uma vida fora de série. O culto da fogueira também foi uma noite muito impactante com vários testemunhos, nos quais ouvimos várias histórias de dias difíceis, mas mesmo assim, Deus esteve ali. Aprendemos a valorizar o que temos hoje e a viver o melhor que podemos hoje, sem reclamar ou focar naquilo que não temos. Dentro da programação, tivemos o momento “Quatro Encontros” onde representamos e explicamos os encontros que estamos propondo para os ministérios das igrejas locais para que sejam colocados em prática com a sua galera: Diário (devocional), Pequeno (PG, células), Grande (Culto de sábado), Específico (disicipulado, JA, Casais, Área 51). O tema estudado nos quatro encontros foi maturidade na vida cristã.

HANGAR NO CONGRESSO No Congresso também tivemos um tempo da escola Hangar, onde podemos bater um papo sobre: Liderança, Empreendedorismo e Ministério de Juventude. Foram Workshops focados para a nossa galera crescer, viver uma vida diferente no seu trabalho, e desenvolver uma liderança saudável nos seus ministérios. Saímos do Congresso renovados e dispostos a obedecer a Deus e viver uma vida fora de série que só Ele pode nos proporcionar. Agora sim, prontos para o ano de 2020.

ANIVERSÁRIO 95 ANOS DA JUMAP Em 2020 a JUMAP está completando 95 anos, e no CONGRESSO tivemos uma noite especial onde pudemos agradecer por todo esse tempo de ministério que tivemos até aqui. Para nós ver o cuidado e provisão de Deus sobre o ministério nos deixa cheios de gratidão. Somos gratos a Deus por todas as vidas que passaram pela história da JUMAP e nosso desejo é que continuemos a ser um canal de bênçãos para a nossa juventude e liderança.


18

ALEGRIAS NO CAMPO DE GARRAFÃO OBRAS DO ESPÍRITO X OBRAS DA CARNE

Santa Maria de Jetibá, ES - O dia 17 de novembro de 2019 ficou marcado em nossos corações. Realizamos o primeiro batismo como campo missionário. Foi um dia onde pudemos ver o agir e cuidado de Deus em todos os momentos. Lembro que a previsão era de muita chuva e estávamos receosos por causa da estrada, pois o batismo seria realizado em um sítio em Tijuco Preto, mas Deus nos surpreendeu. No domingo não choveu e durante todo o tempo que estivemos juntos Deus cuidou para que não chovesse. Quando retornamos para o Garrafão à noite, é que voltou a chover. Foi uma experiência maravilhosa de cuidado e agir de Deus em meio à sua igreja.

Cinco irmãos testemunharam publicamente que suas vidas pertencem a Jesus: Pâmela Endringer das Neves, Irlani Carla Endringer Schaffelen, Taniese Verdin Guilherme, Tadiane Jonas Brandt e William Cesar Boening. Juntamente com o batismo, tivemos um dia de comunhão como igreja. Estavam também presentes nossa igreja mãe, Igreja Batista Vida e Esperança de Rio Posmoser e os irmãos do campo de Tijuco Preto. Foi um dia muito agradável de comunhão no Senhor. Temos visto o agir de Deus e isso tem sido maravilhoso. Pr. João Marques Missionário do Campo de Garrafão

BATISMOS ENTRE OS POMERANOS Santa Maria de Jetibá, ES - “Ora, Aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a Ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!” Ef 3.20-21. A Igreja Batista Vida e Esperança, no dia 07 de dezembro de 2019, celebrou o batis-

mo de oito irmãos: Elizeu Prasser, Cláudia Shultz Prasser, Juliana Prasser, Angélica Prasser, Antônio Carlos Barbosa, Niliiany de Souza Barboza, Milena Kurth e Carmem Tonoli.. É maravilhoso ver o que Deus tem feito na vida de cada um em seu testemunho público. Glorificamos e exaltamos o nosso Deus pelas suas maravilhas! Sandra Kurth

“Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, amabilidade e domínio próprio. Contra essas coisas não existe lei” Gálatas 5.22,23. Passo Fundo, RS - No período de carnaval “festa da carne”, como igreja, resolvemos investir ainda mais nos adolescentes e crianças da igreja, para que desde cedo venham adorar somente o Deus verdadeiro e a vencer todas as tentações que o mundo lhes venha a oferecer. Para os adolescentes tivemos “13 horas de adoração”, ou seja, na segunda-feira chegaram à igreja às 8 horas da manhã para um delicioso café, seguindo com louvores, Palavra, gincanas, almoço, oficina de evangelismo, evangelismo em volta da igreja, jantar e terminando com um culto de adoração a Deus. Ensinamos sobre as obras da carne X as obras do Espírito e na prática viveram um dia cheio da presença de Deus. Na opinião de todos tudo foi muito bom, comidas, gincanas, mas o evangelismo é que foi impactante para muitos, falar do amor de Deus. Utilizamos uma pulseira das cores do “Livro sem palavras” e abordamos as pessoas dizendo que vale apena ter uma vida com Deus. Tivemos diversas experiências de abraços, de agradecimentos e cremos que os frutos vão chegar. Na terça-feira de feriado, tivemos a “Tarde Alegre” para as crianças, atividades com muita música, história bíblica, orações e brincadeira. As crianças fizeram massinhas coloridas para brincar, seguido de um delicioso lanche e finalizamos com um culto infantil à noite. Com o mesmo tema, para os adolescentes, fizemos uma árvore com bombons, atrás de cada bombom tinha um fruto, se fosse “obra do Espírito” a pessoa que o pegou podia comer, se fosse da “obra da carne” tinha que jogar no lixo e assim, todas as crianças participaram. As que pegaram o bombom com a característica da obra da carne obedeceram e jogaram no lixo. Entendemos que elas aprenderam que devem sempre escolher viver pela orientação do Espírito Santo de Deus, agradando a Jesus. Deus tem usado as crianças da igreja através da oração. Uma das meninas trouxe seu amigo e mãe à igreja, os adolescentes têm levado outros para os pequenos grupos e na reunião que temos aos sábado, e assim temos visto o agir de Deus acontecendo em cada vida. Continuemos em oração para essa geração ser alcançada com o grande amor de Deus. Ore, contribuía para que as crianças e adolescente de Passo Fundo e do Brasil inteiro venham ter oportunidade de adorar o verdadeiro Deus. De seus missionários, Robson, Valdira e Vitoria Oláh.


19

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020

CELEBRAÇÃO NO NÚCLEO SOCIAL DIADEMA Diadema, SP - O mês de dezembro no Núcleo Social Diadema foi de muitas alegrias, trabalho intenso e gratidão. Foram realizadas atividades coletivas para estabelecer uma melhor relação entre os atendidos através da socialização e integração, além de promover um ambiente descontraído. Pelo fato das crianças já estarem de férias da escola, a instituição preparou várias atividades recreativas, promovendo bem estar, lazer e diversão. Assim como todos os anos, realizamos a Campanha de Natal para que pudéssemos presentear nossas 320 crianças e adolescentes atendidos. A campanha foi realizada em parceria com a igreja local, outras igrejas e alguns apoiadores. É muito bom ver toda a igreja envolvida e divulgando o trabalho do Núcleo. O resultado desse engajamento foi uma linda festa de encerramento das atividades e a entrega de sacolas recheada de presentes para todos os atendidos. As crianças e adolescentes, juntamente com os educadores, prepararam para a comunidade, pais, amigos e familiares uma Cantata de Natal com o Título “A Voz”, que contou com teatro, dança e coral, todos protagonizados pelas crianças e adolescentes. Houve uma participação significativa de toda a comunidade. Todos saíram impactados com a apresentação, além de ter sido uma noite linda, quando muitas famílias se emocionaram ao ver seus filhos envolvidos e agradecidos pelo trabalho do Núcleo. Muitos também disseram que “há muito tempo não ouviam a voz de Deus” e naquela noite puderam ouvir, o que para nós foi motivo de gratidão e louvor ao nosso Deus. Terminamos o ano de 2019 imensamente gratos a Deus pelo amor, cuidado e sustento do trabalho. A Ele toda glória e honra. Claudice Calixto Funcionária do NSD

FALECIMENTOS Eva Schulze 26.11.1929 – 31.10.2019 Senador Salgado Filho, RS “Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver” João 14.1-3. Deus chamou para si no dia 31 de outubro do ano de 2019 a irmã Eva Schulze aos 89 anos de idade. Filha de Gotlieb e Leopoldina Lorenz, casou-se com Sieghard Schulze aos 27 dias de outubro de 1956. Desta união nasceram sete filhos: Ilse; Alice; Edemar; Ani; Nelda (in memoriam); Eloni e Erni. A irmã Eva foi obediente ao Senhor Jesus batizando-se no dia 01 de outubro de 1944 pelo Pr. Siegfrid Schmal na Igreja Batista de Linha República. Também testemunhamos que foi uma mulher de muita fé e que confiava plenamente no seu Senhor e Salvador Jesus em todas as situações da vida. Com seu testemunho animava outros a confiarem igualmente suas vidas a Jesus. Quando enferma e debilitada, ainda amava ouvir trechos bíblicos e cantar, mesmo com voz fraca, hinos que fortaleciam e renovavam a sua fé e esperança. Deixa enlutados os filhos, a nora Tereza Bárbara; os netos Arnildo, Rosilene e a bisneta Lauren. À família, pedimos o consolo do Senhor. Pr. Edemar Gundt

Denise Miranda 19/12/1985 + 03/01/2020

COMEMORAÇÕES NO LID Toledo, PR – Sempre primando pelo bem-estar dos residentes, a equipe do Lar Irmãos Dentzer não mediu esforços para proporcionar um final de ano alegre e cheio de mimos aos seus moradores. Como o auxílio dos queridos irmãos Arno Dresch, João Pereira e Valdir Kreve, que por mais um ano contribuíram com o Lar e alegraram nossos residentes entregando presentes na véspera de Natal. Também realizamos uma celebração com um culto religioso e foi organizado um coquetel especial para nossos residentes, seus familiares e todos os integrantes da equipe do Lar. Patrícia Chaves Diretora do LID

Passo Fundo, RS - Denise Miranda experimentou muitos milagres do Senhor Jesus. Quando os médicos previram a data da sua morte, Deus prolongou e nos presenteou com a presença dela por mais tempo! Aprouve que onde foi retirado o tumor no seio direto, a cirurgia foi bem, mas a cicatrização não aconteceu como esperado e apareceu um tumor também no seio esquerdo. Porém, diante de tudo isso, Denise estava confiante em Jesus Cristo. Ela passava por um vale onde a presença do Senhor era evidente. Deus a levou para junto dEle, deixando enlutados a mãe Eunice Martins Vieira, as irmãs Neusa Miranda Pinto, Cleuza Miranda, Cleonice Miranda, Clair Miranda Kohlrausch; cunhados: Eliseu C. Pinto, Marcos L. Zanini. Sobrinhos: Daniel M . Zanini, Pedro M. Kohlrausch. Os familiares compartilharam com os missionários Pr Robson e Valdira que encontraram um caderno de oração da Denise, com vários nomes. Contam que Denise deixou um legado de fé, confiança, amor, adoração em meio à dor e perdão; amou a Deus acima de tudo e de todas as circunstâncias. A família gostaria de expressar gratidão a Deus pela salvação e aos missionários Pr. Robson e Valdira pelo amor e discipulado com a Denise, que realmente foi transformada. Continue orando pela família e pela igreja Batista Pioneira Vida Nova. Pr Robson, Valdira e Vitória Oláh.


20 Juntas com sede em Curitiba, PR Rua Elizeu Faria, 157 - casa 1 81720-130 - Curitiba, PR Fone: (41) 3284.4650 (41) 99290-3093 www.pioneira.org.br/jevam pam@pioneira.org.br secretaria@pioneira.org.br

Fone/Fax: (41) 3376.0271 www.pioneira.org.br/jufemi jufemi@pioneira.org.br

Rua Benjamin Constant, 2080, B. Escola Agrícola 89037-502 - Blumenau, SC Fone: (41) 98791-2585 www.jumap.org.br jumap@jumap.org.br

Rua Dr. Pestana, 1021 98700-000 - Ijuí, RS Fone/Fax: (55) 3332.2205 www.batistapioneira.edu.br faculdade@batistapioneira.edu.br

Rua José Bonifácio, 1623 98700-000 - Ijuí,RS Fone/Fax (55) 3332.1095 www.pioneira.org.br lartabea.iju@terra.com.br

Rua Caminho do Furquim, 275 06720-250 - Cotia, SP Fone/Fax (11) 4616.1107 www.pioneira.org.br larcotia@terra.com.br

Rua Mercúrio, 126 09990-030 - Diadema, SP Fone (11) 4056.7775 www.pioneira.org.br nsdiadema@pineira.org.br

Rua José Bonifácio, 1623 Casa A - Bairro Storch. 98700-000 - Ijuí, RS Fone (55) 3332.8182 www.pioneira.org.br cais@surdoscais.com.br

Largo S. Vicente de Paulo, 1382 85900-215 - Toledo, PR Fone (45) 3277.3227 www.lid.org.br contato@lid.org.br

Rua Benjamim Constant, 339 98280-000 - Panambi, RS Fone/Fax (55) 3375.6150 www.lartabea.org.br lar.panambi@gmail.com

www.pioneira.org.br

Profile for Convenção Batista Pioneira do Sul do Brasil

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020  

O Batista Pioneiro | Março/Abril de 2020  

Profile for cbpsb
Advertisement