Page 1

REVISTA DO

Um campeonato para a

[ Fotos André Nery/Especial ]

HISTÓRIA

[ JEFFERSON BERNARDES/PREVIEW.COM ]

Porto Alegre, Ano 3 –Setembro Edição Março e Abril de 2016 2017 Porto Alegre, Ano 2 – Edição e Outubro


Expediente Presidente do Belém Novo Golf Club (BNGC) Gestão 2017-2018: Maurício Mota Presidente do Conselho de Administração do Condomínio Terra Ville: Luis Binotto Síndico do Condomínio Terra Ville: Celso Schiavon Comunicação/Comercial: Marion Charlau comunicacao@bngc.com.br Ano 3 – Edição Março e Abril de 2017 Coordenação: Eduardo Soeiro Edição: Divulgação Agência de Conteúdo Textos e reportagens: Cláudia Coutinho e Patrícia Lima Revisão: Press Revisão Design gráfico: Carolina Porto Ruwer Impressão: Comunicação Impressa Tiragem: 1.000 exemplares BELÉM NOVO GOLF CLUB Avenida Juca Batista, 8000 Belém Novo – Porto Alegre – RS (51) 3277-8282 bngc@bngc.com.br Ouvidoria: 99318-8134 bngc.com.br Bngc Bngc CONDOMÍNIO TERRA VILLE Avenida Juca Batista, 8000 Belém Novo – Porto Alegre – RS (51) 3277-8000 terraville@terraville.com.br www.terraville.com.br

2

Palavra da Diretoria

Ninguém esquecerá o Sul-Americano Foram seis dias que ficarão eternamente na memória de todos que se envolveram, direta ou indiretamente, com a realização do 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil de Golfe. A nossa responsabilidade em sediar tão importante evento era enorme, até porque esta foi a quinta vez que o torneio aconteceu no Brasil e a primeira longe do eixo Rio-São Paulo. Juntos, Belém Novo Golf Club e Condomínio Terra Ville, não medimos esforços e dedicação para receber a todos com eficiência e muito carinho. Contamos com o empenho de todos os nossos colaboradores para que os times masculinos e femininos dos 10 países participantes se sentissem em casa e pudessem mostrar o seu melhor. Muito nos alegramos

com as famílias que abriram suas casas para receber os atletas, promovendo um intercâmbio fantástico e um congraçamento que encantou a todos. Agradecemos, em especial, a Federação Sul-Americana de Golfe e a Confederação Brasileira de Golfe que nos confiaram a realização deste evento e nos possibilitaram uma experiência que ficará registrada na história de nosso clube. Nossa gratidão a todos que torceram e contribuíram para o sucesso deste evento. E parabéns a todos os jovens atletas que mostraram seu talento e sua determinação nos quatro dias de disputa, servindo de exemplo para os participantes de nossas escolinhas e equipe.


Mural [ Fotos Divulgação BNGC ]

Aguenta, coração! Uma tarde muito especial está sendo preparada para que as mamães e seus filhotes possam celebrar o Dia das Mães. O evento acontecerá no dia 20 de maio, domingo, das 15 horas às 18 horas, na Casa do Barco. Muitas atividades já estão programadas para que todos possam curtir os mais diferentes momentos. Não faltarão apresentações artísticas e um delicioso chá da tarde para deixar o coração de todos ainda mais aquecido e doce.

Coloque na agenda

Coelhinho e diversão O Coelhinho da Páscoa chegou mais cedo ao BNGC. No dia 9 de abril, domingo, a garotada muito se divertiu durante toda a tarde com as atividades que marcaram a celebração da Páscoa. Meninos e meninas tiveram a

oportunidade de colorir ovinhos, desenhar, pintar e participar de brincadeiras ao ar livre. O Coelhinho, que foi de segway até a Casa do Barco, também brincou e distribuiu deliciosos chocolates.

O primeiro evento da Costura Solidária será no dia 27 de maio, sábado, das 14 horas às 18 horas, na Casa do Barco. Uma lista de sugestões de entidades a serem beneficiadas, bem como o item a ser confeccionado, está aberta na secretaria do BNGC. Outra lista também está disponível para que as equipes de apoio possam se inscrever, indicando o que gostariam de fazer, se costurar, passar, embalar, entre outras responsabilidades. O curso “Introdução à costura em máquina”, com a professora Rosana Thomas Gorgiadis, já está em andamento com duas turmas. Informações estão disponíveis na secretaria do Clube.

A vez do vôlei Atenção ao Ninho do Quero-Quero A escultura “Ninho do QueroQuero”, assinada pelo artista plástico gaúcho Keno e feita com sucata, foi inaugurada no dia 8 de abril, último dia de disputa do Sul-Americano Juvenil de Golfe. A obra chama a atenção para as dificuldades impostas pelos buracos 16, 17 e 18, e, portanto, decisivos nos jogos. Durante a cerimônia

de descerramento da placa (foto acima), o presidente em exercício do BNGC, Gilmar Duarte, destacou que a escultura está relacionada com os compromissos do clube “como qualidade de vida, bem-estar, sustentabilidade e competitividade”. O investimento na escultura foi quotizado entre um grupo de associados do BNGC.

As escolinhas esportivas do BNGC ganharam mais uma opção: o vôlei infantil misto. As aulas são realizadas duas vezes por semana, às terças e às quintas. Das 16 horas às 17 horas, as turmas são direcionadas para a garotada dos nove aos 12 anos. Das 17 horas às 18 horas, é a vez da garotada dos 13 aos 15 anos entrar em quadra. As inscrições podem ser feitas na quadra poliesportiva coberta, diretamente com o professor Pablo Espindola, responsável pelas aulas.

3


Condomínio

Assembleia Geral Ordinária elege novos conselheiros A Assembleia Geral Ordinária do Condomínio Terra Ville teve reunião no dia 22 de março deste ano para votar os novos integrantes do Conselho Fiscal visando aos próximos dois anos. O evento ocorreu na Casa do Barco. Na ocasião, também foram definidos os integrantes do Conselho Consultivo e os Subsíndicos. Confira os nomes. [ André Nery/Especial - Arquivo ]

Conselho Fiscal 2017-2018 (*) ∞ Alexandre Teixeira ∞ Caetano Rosito Neto ∞ Lilian Cristina Schwager Preissler ∞ José Horácio Conte Ortega ∞ Marco Antonio Bexiga Obs.: não foram eleitos suplentes para este mandato. (*) Lista em ordem alfabética

Conselho Consultivo 2017-2019 (*) ∞ Eduardo de Azevedo Gonçalves ∞ Eduardo Soeiro ∞ Luis Fernando da Cunha Binotto ∞ Luiz Pedro Salaverry ∞ Marcelo Paiva ∞ Walmir Lanes Bandeira

Conselheiros pelo BNGC ∞ Márcio Carvalho Pereira ∞ Maurício André Madruga Mota ∞ Ricardo Guimarães Kollet Obs.: não foram eleitos suplentes para este mandato. (*) Lista em ordem alfabética

4

Condomínio Terra Ville tem novos conselheiros desde março

Subsíndicos 2017-2019 Vila do Lago...................................................Márcio César Terra Lima Vila do Prado.................................................Fábio Piltcher Vila da Capela...............................................Magda Kealman Vila da Olaria.................................................Roberta Fonini Ebbsen Vila da Nascente..........................................Guilherme Lunardi Vila Canto da Lagoa....................................Luis Fernando Malabarba Vila Las Brisas...............................................Ieda Wolff Vila da Figueira.............................................Cláudio Capelli Vila Buena Vista...........................................Ricardo de Medeiros Vila do Barco.................................................Daniel Jejorschki dos Santos Vila Las Palmas.............................................sem candidato Vila da Querência........................................sem candidato


Trânsito

Obediência às regras garante a segurança de todos Viver em um espaço monitorado e seguro, a salvo das ameaças que rondam no dia a dia da cidade. Esta é, para muitos, a razão principal que motivou a vinda da família para o Terra Ville. Mas, e se a ameaça estiver dentro dos muros, vivendo ao lado, à espreita, esperando por qualquer minuto de desatenção? Pois é justamente isso que acontece quando se desrespeita as regras de trânsito nas vias do Condomínio. O vizinho, o amigo ou o colega de esporte pode se tornar o algoz que, por imprudência, provoca um acidente que pode até vir a ser fatal. Por isso a campanha de conscientização em relação ao trânsito dentro do Complexo, iniciada na temporada de Verão, tem buscado fazer com que todos pensem sobre as atitudes a serem tomadas quando na direção de um veículo. Trata desde questões como “emprestar” o carro para quem não está habilitado à importância de respeitar o limite de 30 quilômetros por hora, velocidade que não pode ser ultrapassada dentro do Condomínio. Além das placas espalhadas por toda a extensão do Terra Ville e dos alertas dados pelos servidores nas portarias para condôminos e visitantes, os registros sobre o excesso da velocidade e outras imprudências continuam frequentes. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que valem para os condôminos as mesmas normas que regem o trânsito normal nas áreas urbanas. Isso quer dizer que dirigir embriagado ou conduzir veículos sem habilitação, por exemplo, também é proibido nas vias internas do condomínio. O

assessor para a Gerência de Fiscalização de Trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre (EPTC), Daniel Denardi, reforça esta determinação: – Dirigir veículo embriagado, por exemplo, é crime dentro ou fora de um espaço privado, previsto na legislação penal. Lesões ou até homicídios provocados por excesso de velocidade também são crimes previstos, dentro ou fora de um condomínio – alertou. Denardi salientou ainda que a obrigação de sinalizar o interior do condomínio é do administrador do imóvel, que também detém a responsabilidade pela fiscalização das normas. Por isso, o respeito a essas regras é imprescindível, observando que “delitos cometidos dentro do espaço privado do condomínio devem receber a devida punição”. [ Divulgação ]

Saiba mais O que diz o Código de Trânsito Brasileiro: Art. 2 - São vias terrestres urbanas e rurais as ruas, as avenidas, os logradouros, os caminhos, as passagens, as estradas e as rodovias (...). Parágrafo único. (...) são consideradas vias terrestres as praias abertas à circulação pública, as vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas e as vias e áreas de estacionamento de estabelecimentos privados de uso coletivo. Art. 24 – Compete aos órgãos e entidades executivas de trânsito dos municípios (...): Inciso 6º - executar a fiscalização de trânsito em vias terrestres (...), autuar e aplicar as medidas administrativas cabíveis e as penalidades de advertência por escrito e multa (...), exercendo iguais atribuições no âmbito de edificações privadas de uso coletivo, somente para infrações de uso de vagas reservadas em estacionamentos.

Limite de velocidade é uma das regras que precisam ser respeitadas

5


Sul-Americano Juvenil [ Fotos André Nery/Especial ]

Cerimônia de encerramento do Sul-Americano Juvenil de Golfe reuniu as equipes de todos os países participantes

Brasil comemora lugar no pódio Se longe do campo o 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil de Golfe foi marcado pelo clima de integração e harmonia, no green, o torneio teve a competitividade e o destacado nível técnico como principais características. Nem poderia ser diferente: de 5 a 8 de abril, o Belém Novo Golf Club recebeu os principais atletas da categoria de 10 países do continente. E todos, sem exceção, mostraram seu talento e jogaram em busca do seu melhor até o último buraco. No final, deu Peru, no masculino, e Colômbia, no feminino. O Brasil conquistou o terceiro lugar por equipe no masculino e também na classificação individual, com Rohan Boettcher. O peruano Julian Perico e a venezuelana Valentina Gilly levantaram o troféu de campeões individuais. As duas primeiras colocações por equipe no Sul-Americano classificaram para a Copa do Mundo Juvenil, em junho deste ano, no Japão. Por

6

Time masculino brasileiro conquista o terceiro lugar

isso, a disputa por uma dessas duas vagas foi intensa até o último dia. O time brasileiro, formado pelos gaúchos Rohan Boettcher e Andrey Xavier e pelo paranaense Daniel Celestino, ficou a apenas duas tacadas da classificação. Lutaram pela medalha de prata até o final. – Queríamos a vitória – afirmou o presidente da Confederação Brasileira de Golfe (CBG), Euclides Gusi. – Mas estamos muito felizes com o pódio conquistado no masculino. Os atletas brasileiros estão de parabéns pela de-

terminação que mostraram durante a competição – completou o dirigente, elogiando e salientando o elevado nível técnico do torneio. O título conquistado pelo Peru, no masculino, se deveu muito ao desempenho de Julian Perico, que completará 18 anos em novembro deste ano e vem somando resultados que o colocam entre as principais revelações do golfe sul-americano. No campeonato disputado na capital gaúcha, o jovem peruano encerrou sua participação com três abaixo do par do campo. Aliás, foi o único competidor que finalizou abaixo do par depois de quatro dias de competição. O Campeonato foi realizado pela Federação Sul-Americana de Golfe e pela Confederação Brasileira de Golfe e teve apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), com recursos da Lei Agnelo Piva, da Federação Riograndense de Golfe, do Belém Novo Golf Club e do R&A.


Quadro de honra Masculino Por equipes 1º lugar – Peru, com 580 tacadas 2º lugar – Colômbia, com 587 tacadas 3º lugar – Brasil, com 589 tacadas 3º lugar – Equador, com 589 tacadas Individual 1º lugar – Julian Perico (PER), com 285 tacadas (68/78/69/70) 2º lugar – Esteban Missura (ECU), com 289 tacadas (75/72/72/70)

Julian Perico (E), Santiago Zubiate (C) e Hubert Nieto Garcia (D) deram o título ao Peru

3º lugar – Rohan Boettcher (BRA), com 294 tacadas (76/75/72/71) 4º lugar – Andrey Xavier (BRA), com 295 tacadas (74/73/75/73) 10º lugar – Daniel Celestino (BRA), com 302 tacadas (77/75/76/74) Feminino Por equipes 1º lugar – Colômbia, com 583 tacadas 2º lugar – Argentina, com 587 tacadas 3º lugar – Paraguai, com 595 tacadas 8º lugar – Brasil, com 625 tacadas Individual 1º lugar – Valentina Gilly (VEN), com 288 tacadas (70/74/70/74) 1º lugar – Ela Belen Anacona (ARG), com 288 tacadas (72/72/70/74) 3º lugar – Maria Jose Bohorquez (COL), com 293 tacadas (70/75/76/72) 11º lugar – Ana Beatriz Cordeiro (BRA), com 309 tacadas (76/75/82/76) 21º lugar – Laura Helena Caetano (BRA), com 316 tacadas (79/78/78/81) 30º lugar – Lauren Grinberg (BRA), 339 tacadas (80/88/83/88)

Equipe colombiana comemora a vitória no feminino

Andrey conquista o quarto lugar

Atual campeão brasileiro pré-juvenil de golfe, Andrey Xavier foi um dos destaques do time brasileiro que participou do Sul-Americano Juvenil, de 5 a 8 de abril, no Belém Novo Golf Club. Atleta da casa, por integrar a equipe de Alta Performance do BNGC desde o início da temporada 2016, o jovem conhecia como poucos as características do campo. Com muita determinação e garra, conquistou a quarta colocação no individual, com uma tacada a menos que o medalha de bronze, seu companheiro de equipe, o também gaúcho Rohan Boettcher. Andrey conquistou vaga no time brasileiro ao vencer a classificatória, também disputada no BNGC, em março. Com essa vitória, juntou-se aos dois primeiros colocados do ranking brasileiro juvenil, o paranaense Daniel Celestino, do Graciosa Country Club (PR), e o gaúcho Rohan Boettcher, do Santa Cruz Country Club (RS). Na seletiva, Andrey somou 221 tacadas (parciais de 73/75/73).

7


Sul-Americano Juvenil

Um campo à altura das grandes Além do desempenho dos atletas e da integração entre jovens e adultos de muitas línguas e culturas, um outro personagem foi destaque durante o 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil de Golfe: o campo. Aclamada por dirigentes e atletas, a cancha entra definitivamente para o circuito internacional, posicionando-se como um dos sítios ideais para a realização de competições de alta performance. Características como a dificuldade técnica e a qualidade agronômica do campo foram destacadas pelos dirigentes do esporte na América Latina, que estiveram presentes na cerimônia de abertura oficial do campeonato. - Seguimos parâmetros muito rígidos para a escolha dos campos para sediar as competições sul-americanas, ainda mais nesta, que está completando 50 edições. A eleição deste clube foi criteriosa, pois ele atende com excelência a todos os requisitos. É um orgulho ver um local como este no sul do Brasil – comentou Cesar Carrasco, Secretário Executivo da Federação Sul-Americana de Golfe.

Campo do BNGC recebeu elogios de atletas e dirigentes por sua qualidade e dificuldade técnica

8

O presidente da Confederação Brasileira de Golfe, Euclides Gusi, estava entusiasmado com a escolha do BNGC para sediar o campeonato. Segundo ele, o local foi uma escolha segura, pois atende com excelência aos critérios de estrutura, dificuldade e agronomia, que são indispensáveis. - Este campo é excepcional em todos os sentidos. Apresenta grande dificuldade técnica, o que valoriza o desempenho dos atletas, tem qualidade no campo, e ainda tem o entorno, que é a receptividade e o engajamento dos moradores do Condomínio, que são apaixonados pelo esporte. Só recebemos competições sul-americanas a cada seis ou sete anos no Brasil, por isso escolhemos as sedes com tanto zelo e cuidado – ressaltou Gusi.


[ Fotos André Nery/Especial ]

disputas - Este campo é difícil, temos que ter muita técnica e concentração – disse o golfista venezuelano Ignácio Arcaya. - Além da dificuldade do campo, ainda tem o vento, que precisamos saber enfrentar – lembrou Pilar Berchot, da Argentina. Dificuldade técnica e componentes como o vento são indispensáveis a uma cancha de nível internacional, especialmente ao sediar competições juvenis. - Este é um campo estratégico, que ensina os jovens a pensar e a planejar o jogo. Uma cancha exigente determina a excelência dos atletas – afirmou o diretor de Campeonatos e Regras da Associação Argentina de Golfe, Daniel Vizzolini.

Berço para o esporte

Cesar Carrasco, da Federação Sul-Americana de Golfe

Euclides Gusi, da Confederação Brasileira de Golfe

Um campo de excelência não serve apenas para fazer brilhar os maiores esportistas: também é palco para a formação de novos atletas, que serão o futuro do esporte. Por isso, os esforços para popularizar o golfe, atrair novos talentos e apostar na formação de jovens jogadores foram destacados pelos dirigentes. Para o presidente da Confederação Brasileira de Golfe, Euclides Gusi, trabalhos de base como a escola de golfe para crianças, que funciona no BNGC, são a chave para fazer crescer o esporte no Brasil e também na América Latina. - As crianças são o pilar do golfe, porque atraem também a família. Por isso, temos uma atuação intensa com os clubes e incentivamos os projetos sociais para descobrir e desenvolver novos talentos – destacou. Para o Secretário Executivo da Federação Sul-Americana de Golfe, Cesar Carrasco, o objetivo da entidade é tornar o golfe um esporte mais acessível a uma parcela maior da população, atraindo os jovens por meio de escolas, campeonatos e canchas públicas. - Ensinar o golfe de forma ampla é o caminho para que o esporte deixe de ser praticado por poucos – completou.

9


Sul-Americano Juvenil

Portas abertas para promover o intercâmbio e a amizade Por Patrícia Lima A noite já caiu completamente, passam das 20h de uma quinta-feira, horário em que o casal Giovana e Plínio Dutra deveria estar jantando com os filhos, que logo após iriam para o quarto, preparando-se para dormir. Mas esta não é uma quinta-feira qualquer. Na churrasqueira, o carvão esquenta a grelha, enquanto Plínio corta e salga as carnes que escolheu cuidadosamente. Giovana prepara queijos e sucos. As crianças, Otávio e Cecília, brincam na volta, à espera. Quem os tirou da pacata rotina da semana foi um grupo dos mais animados, que enche a casa quando cruza a porta de entrada. Inscritos como uma das famílias hospedeiras para os atletas estrangeiros do 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil de Golfe, os Dutra preparam com alegria e entusiasmo o churrasco para receber toda a delegação argentina, que, em troca do delicioso jantar, deixa sorrisos, exemplos e diversidade cultural com os anfitriões. Hospedar os atletas juvenis é uma tradição nas edições do Sul-Americano. Na prática, as famílias engajadas e simpatizantes do esporte abrem suas casas para que os competidores não precisem ficar em hotéis – o que também facilita a organização no que diz respeito especialmente à questão do transporte. O retorno que este intercâmbio cultural deixa nas famílias hospedeiras e também nos atletas, que têm a oportunidade singular de conviver com estrangeiros, submetendo-se a costumes e línguas diferentes. Esta oportunidade ficou clara para os Dutra já na chegada do seu

10

A Família Dutra recebeu um dos atletas argentinos, mas confraternizou com todos

hóspede, um dos meninos da sele- Fizemos intercâmbio quando jovens, ção da Argentina. Para proporcio- então sabemos da importância de nar mais conforto, o casal recebeu conhecer outras culturas. Recebê-los e mostrar nossa somente um atleta. cultura é demais – Mesmo assim, fez diz Giovana. questão de reunir os Foram – Além disso, esseis integrantes das 60 atletas ses meninos são equipes masculina e hospedados, atletas de ponta. feminina do país para 30 meninos e 30 Nossos filhos, que a confraternização. meninas, em casas estão começando, Por isso, também que receberam um, devem se inspirar estava no churrasco dois ou três jovens neles, ver onde eles daquela noite o capodem chegar com sal de vizinhos Neldedicação e disciplison Flores e Karla na – ressalta Nelson. Browers, que hospeNa sala, os meninos comentam a davam mais dois argentinos. – Esta é uma oportunidade incrí- experiência. vel para nós e para os nossos filhos. – Gostamos muito de ficar aqui.


[ Arquivo pessoal ]

Integração e apoio moral

s da equipe

Somos muito gratos às famílias que estão nos recebendo – diz Agustina Gomes Cisterna, de 15 anos. – Ficar com as famílias, dentro do Condomínio, permite que a gente fique sempre concentrado no jogo – afirma Federico Snin, 15 anos. – Não há problema com os costumes diferentes, ao contrário. Estou gostando das novidades, das famílias, de tudo – garante Segundo Oliva Pinto, de 17 anos. É a primeira vez que o BNGC participa de uma experiência como esta, observa a capitã do Golfe Feminino do Clube, Mariângela Cornetet, que organizou, ao lado da equipe de logística da Seleção Brasileira de Golfe, os trâmites por aqui.

Hospedar três meninos da delegação venezuelana foi uma experiência inédita para o casal Andreia Gubert e Ângelo Meneghetti. No começo, ficaram receosos de que atender a três jogadores seria tarefa árdua. Que nada. Ao final do primeiro dia de integração, o casal já se derretia em elogios ao grupo – e já considerava seriamente torcer pela Venezuela, tamanha a simpatia e seriedade dos visitantes. Na rotina da família, o momento de encontro era o café da manhã, que todos procuravam fazer juntos. Em torno da mesa aconteciam a troca de experiências e as conversas no arranhado portunhol que todos tentavam falar. À noite, depois das competições e reuniões da equipe para avaliação do desempenho, os meninos comiam alguma coisa e logo iam para a cama. Tudo para não perder o foco e a concentração. Depois de um dia de resultados ruins para a equipe, os meninos desanimados receberam o apoio do casal. - Tentamos apoiar, encorajar. Eles são prodígios, são exemplo para os nossos filhos, não podem desanimar diante de resultados ruins – afirma Ângelo, cujo

filho Caetano, de 11 anos, já pratica o esporte. Para Andreia, a oportunidade de acolher os atletas foi valiosa, pois mostrou à família como é possível e saudável receber pessoas e também fazer a via inversa, sair para o mundo e conhecer outras famílias. - Sabemos que essa semana vai repercutir no futuro das crianças, eles vão guardar essa lembrança. Queremos que eles sejam cidadãos do mundo e isso foi um passo importante – completa Andreia. A hospitalidade e o apoio foram reconhecidos também pelos atletas, que sentiram o acolhimento da família. - Ficar na casa de famílias como essa é muito melhor, recebemos apoio, carinho, até jogamos melhor – comenta Konrad Brauckmeyer, de 17 anos. - O golfe nos dá essa oportunidade de conhecer outras culturas, de estar com famílias diferentes. Tem sido muito divertido – diz Stefan Holczer, de 16 anos, pela primeira vez representando seu país em um campeonato internacional. [ André Nery/Especial ]

Venezuelanos se sentiram em casa junto à família de Andreia e Ângelo

11


Sul-Americano Juvenil

Nossa casa

é de vocês As boas-vindas deixaram todas as equipes focadas somente em treinar, jogar e aproveitar ao máximo o campo sempre bem cuidado do BNGC

Muitos dos espaços que fazem parte do nosso dia a dia se transformaram em bonitos cenários para os 60 atletas que participaram do Campeonato SulAmericano Juvenil de Golfe. Em 50 edições, esta foi, apenas, a quinta vez que o Brasil recebeu tão importante competição. E nunca o evento havia sido realizado em outro estado que não no Rio de Janeiro ou em São Paulo. Um privilégio para o Belém Novo Golf Club e para o Condomínio Terra Ville.

Luis Carlos Baumgarten, Mariângela Cornetet, Antônio Balestrin e Gilmar Duarte estão entre os organizadores do evento

Durante uma semana, de treinos e jogos, os moradores do Terra Ville conviveram com atletas sul-americanos

12


[ Fotos André Nery/Especial ]

O time brasileiro fez bonito não só na cerimônia oficial de abertura (à direita) do Sul-Americano, mas também durante os jogos e vibrou com a conquista do terceiro lugar

O Belém Novo Golf Club ofereceu todo o seu espaço e também instalou estruturas temporárias para os atletas usufruírem ao máximo, seja na hora da competição, seja na de descansar ou ouvir as orientações dos técnicos

O peruano Julian Perico foi o grande destaque do Sul-Americano ao sagrar-se campeão na individual masculina

13


Esportes

Bom comportamento é bem-vindo [ Fotos André Nery/Especial ]

Até mesmo o público tem que saber se portar durante o jogo de golfe, especialmente em momentos decisivos

É como se fosse um jantar, um baile ou um evento público. Um sujeito que não obedece às regras da educação e do bom comportamento logo torna sua presença intolerável. No campo de golfe funciona do mesmo jeito. Você pode estar jogando ou apenas circulando pela área enquanto ocorre uma disputa, não importa. Saber como se comportar é importante para a prática de um jogo limpo e também para a convivência entre os golfistas e os espectadores. - O golfe é um esporte muito normatizado e as regras, às vezes, são complicadas. Mas é importante que o jogador as aprenda desde cedo, para que melhore o seu jogo e seu desempenho – comentou o diretor de Campeonatos e Regras da Associação Argentina de Golfe, Daniel Vizzolini, que esteve no BNGC para inspecionar a sinalização e a aplicação do regramento no 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil. Mesmo reconhecendo que as regras são complicadas, Vizzolini ressaltou a importância de tê-las em mente em cada etapa do treinamento, para

14

que já façam parte do estilo de jogo dos atletas. Segundo ele, quem não cumpre regras simplesmente não se adapta ao golfe. - Neste campeonato, por exemplo, a maior parte das penalidades aplicadas foi ocasionada por desconhecimento ou desacordo com as normas. Não podemos ser flexíveis com as regras do golfe, pois elas são a alma do jogo – completou. E como seguir as regras de etiqueta é fundamental não apenas para os competidores, mas para todos os que circulam nos arredores de um campo de golfe, é importante que os envolvidos também estejam familiarizados com elas. Para disseminar estas informações, o Diretor de Campo do BNGC, Antônio Carlos Balestrin, preparou uma espécie de compilado com as principais normas. Comportamentos inadequados como som alto, celulares ligados e fumo nos arredores do campo, em dias de competição, devem ser evitados. Durante o desenrolar de uma partida, as regras de convivência estipuladas pela etiqueta facilitam a vida

dos jogadores, minimizam os riscos e estimulam a cordialidade. Você sabia, por exemplo, que nenhum golfista deve efetuar sua tacada enquanto houver, à sua frente, pessoas que possam ser atingidas? E você sabia que qualquer marca de bola, de tacada ou até de sapatos deve ser cuidadosamente removida dos greens? Isso permite que o campo esteja sempre em perfeitas condições para os jogadores que farão os seus movimentos depois de você. Na Escola de Golfe do BNGC, regras de etiqueta são coisa séria. Desde as primeiras lições, os aprendizes tomam contato com as normas e são estimulados a segui-las. A realização do Sul-Americano Juvenil foi uma oportunidade ímpar de contato entre os iniciantes e os atletas experientes, que deram um show de obediência às regras, segundo salientou o coordenador e professor da escola, Wagner Vieira. - Um dos maiores destaques deste campeonato foi o bom comportamento dos jovens atletas – observou Wagner.


Regras básicas de etiqueta no golfe

A palavra do coach Por Wagner Vieira

∞ Não demore para dar sua tacada. Sua rapidez favorecerá todos os jogadores. ∞ Não dê sua tacada enquanto houver outros à sua frente. Lembre-se de que pessoas podem se machucar. ∞ Quando estiver procurando por uma bola perdida difícil de achar, sinalize aos outros para que passem à sua frente. ∞ Não fume e não use o celular em áreas de jogo e arredores. Se não houver campeonato acontecendo, consulte os demais jogadores antes de fumar ou falar ao telefone. ∞ Enquanto um jogador estiver preparando sua tacada, não fale, procure não se mover e afaste-se da linha da bola e do buraco. Assim, ninguém se desconcentra. ∞ Sua tacada produziu uma banca de areia? Então é seu dever repará-la, alisando e nivelando com o rastelo. O mesmo acontece quando você deixa uma marca de pisada no campo. Qualquer marca ou imperfeição causada nos greens deve ser reparada imediatamente, para que o próximo golfista tenha à sua disposição um campo nas mesmas condições que você. ∞ Você, como apaixonado por golfe, já percebeu que a qualidade do gramado é tudo. Por isso, não coloque sua bolsa de tacos e não movimente os carrinhos sobre os greens e ante-greens.

Dicas sobre o chipping Nesta edição, vou passar algumas dicas para que você baixe até seis tacadas do seu resultado. Como? É simples. O chipping é uma tacada frequente entre 10 centímetros e 25 jardas do green. Portanto, se dada a devida atenção, você terá o resultado desejado após alguns treinos.

Equipamento Primeiramente, é importante saber que se pode utilizar diferentes tacos. A escolha depende de quanto de espaço tem do início do green até a bandeira e lie da bola. Os jogadores mais experientes alteram o taco conforme a distância. Mas, aos jogadores iniciantes ou com handicap alto, recomendo a escolha do ferro oito. Compare: - Se usar o sand wedge, a bola sobe mais e rola menos. - Se usar o Ferro 8, a bola sobe menos e rola mais.

Avaliação Após avaliar a distância e o lie, e confiante na escolha feita em relação ao taco, visualize o trajeto da bola e onde ela vai aterrissar no green.

Posição A posição ideal se resume em deixar a bola recuada em relação ao centro dos pés, mãos adiantadas e peso ligeiramente na perna esquerda. Isso irá lhe proporcionar um ângulo de ataque na descendente. O treino dará a sensibilidade para balançar mais ou menos o taco, dependendo da distância que será preciso alcançar.

Cuidado Evite movimentos exagerados com as mãos, porque isso pode modificar a direção e a altura da tacada. Respeito ao adversário é fundamental

Bom treino!

15


Esportes

Novos uniformes fortalecem a imagem da equipe do BNGC Quem circulou pelos campos e vias do Belém Novo Golf Club durante a realização do 50º Campeonato Sul-Americano Juvenil de Golfe já percebeu o estilo exibido pelos integrantes do Projeto Alta Performance do BNGC. Lançados recentemente, os novos uniformes foram elaborados com a tecnologia mais atual em roupas e acessórios esportivos. O novo kit, que já está à venda na Proshop e na secretaria do Clube, é composto por calça, bermuda, camisa de jogo, mochila, abrigo e quebra-vento. Também foi lançado um kit de academia, com calção e camisa de treino. – Todos os anos repaginamos os uniformes como uma forma de aumentar a visibilidade do nosso Clube – explica o presidente do BNGC, Maurício Mota. Para que as peças fossem adequadas ao uso dos atletas de alta performance, a diretoria do Clube foi buscar um fornecedor reconhecido no mercado de roupas esportivas, que também fabrica itens para

[ Divulgação BNGC ]

Time apresenta o novo uniforme do BNGC para a temporada 2017

marcas consagradas como Puma e Topper. Antes da fabricação, os atletas avaliaram a funcionalidade dos uniformes, garantindo a qualidade e a eficiência do material. A primeira rodada de uniformes já foi usada pelos atletas em torneio em Santa Cruz do Sul e pelos amadores em Curitiba, Paraná. - Queremos dar mais visibilidade para a marca e, principalmente,

despertar o espírito de equipe, de fidelidade. Ao unificar a identidade visual, unificamos o nosso sentimento pelo Clube e pelo esporte diz Mota. Quem quiser adquirir os kits completos ou somente alguns itens pode procurar a secretaria do Clube. Algumas peças já estão disponíveis para pronta entrega e, outras, é necessário encomendar.

Herik vence mais dois torneios e sobe no ranking mundial O gaúcho Herik Machado, integrante da equipe de Alta Performance do Belém Novo Golf Club, conquistou mais dois importantes títulos em abril: foi campeão no Aberto Cidade de Curitiba e no de Brasília. Com estas duas vitórias, o jovem atleta subiu 27 degraus no ranking mundial amador masculino, assumindo a posição 167. Em Curitiba, Herik venceu na scratch, com 209 tacadas (68/74/67). Sandro Gonçalves, também da Alta Performance do

16

BNGC, conquistou o quarto lugar, com 219 tacadas (72/74/73). O título feminino ficou com a paulista Lauren Nunes Grinberg, com

235 tacadas (81/77/77). Em Brasília, Herik Machado foi soberano e finalizou a competição com uma vantagem de sete tacadas em relação ao vicecampeão, o sul-coreano Jinbo Ha. Herik somou 208 tacadas (69/66/73), enquanto Ha registrou 215 tacadas (71/74/70). Sandro Gonçalves conquistou a sexta colocação, com 223 tacadas (74/73/76). Entre as mulheres, Lauren Grinberg voltou a vencer, com 233 tacadas (84/77/72).


Sucesso na primeira etapa do Torneio de Duplas Mistas [ Fotos Divulgação BNGC) ]

A primeira etapa do Torneio de Duplas Mistas aconteceu em um sábado ensolarado de março, no dia 18, e contou com a presença de muitos casais, familiares e amigos, que muito se divertiram. Foram disputadas três categorias. Sabrina Aragão e Fábio Ordoque foram os campeões na A, enquanto Nathalie Nahum e Leandro Roisenberg ficaram com o vice-campeonato. Na categoria B (foto), a primeira colocação ficou com Fernanda e Celso Nakatsui, e a segunda, com Chana Manica e Luciano Hoeltz. Na categoria C, Luciana e Lars Knorr foram os vencedores, enquanto Patrícia Gehlen e Fernando Picetti alcançaram o segundo lugar.

Tenistas do BNGC presentes na abertura do Circuito Gaúcho Jovens tenistas do Belém Novo Golf Club participaram da etapa de abertura do Circuito de Tênis Gaúcho, disputada nos dias 25 e 26 de março, no Clube 15 de Novembro, em Campo Bom. Os atletas, acompanhados pelo técnico Giovani Machado, mostraram muita determinação e contaram com o apoio e a torcida de pais e amigos. O torneio reuniu cerca de 90 tenistas de diferentes clubes gaúchos, nas categorias dos 09 aos 16 anos. O BNGC também participou da segunda etapa do Circuito, realizada no segundo fim de semana de abril, na Associação Leopoldina Juvenil. O clube foi representado pelo jovem Pedro Rockenbach.

A palavra da coach Por Niege Dias

Roger Federer, muito além de um campeão Roger Federer. Não tem como não falar dele. Para mim, o melhor e o mais completo jogador de todos os tempos. Não me refiro apenas a suas habilidades tenísticas, mas sim a todos os aspectos que envolvem um grande atleta. Roger soube, desde cedo, administrar sua carreira dentro e fora da quadra. Humilde, lutador, carismático e vencedor. É difícil assistir a uma partida dele e não torcer. Em todos os estádios onde joga, a torcida é sempre a seu favor, bem como é respeitado e admirado por todos os jogadores. Trabalha para o desenvolvimento do esporte, mantendo fundações, fazendo exibições e, quando necessário, posicionando-se publicamente em assuntos polêmicos relacionados ao esporte. Quando todos achavam que Federer iria se aposentar, ele voltou ao circuito. E isso depois de meses parado, devido a lesões. E o melhor: se reinventado. Sou fã assumida deste suíço que tive a oportunidade de assistir em uma final de um Masters 1000 em Cincinnati, contra Novak Djokovic. Confesso que fiquei histérica e emocionada quando ele entrou em quadra. Quem puder vê-lo jogar, vá. O ingresso vale cada centavo deste showman.

17


Esportes BNGC vence Torneio Início das Escolas de Futebol [ Fotos Divulgação BNGC ]

A palavra do coach Por Marcelo Borges

Autoconfiança é fundamental para o bom rendimento

Em um confronto entre equipes do Belém Novo Golf Club e a Escola dos Santos, realizado na manhã do dia 11 de março, o BNGC levou a melhor. Venceu três das quatro partidas disputadas nas diferentes categorias. Além disso, teve três atletas que receberam o destaque de melhor goleiro – João Pedro Garcia, goleador – Douglas Pyerre, e melhor jogador – Frederico Oliveira. Confira os resultados: SUB 15........................................ BNGC 7 x 2 Santos SUB 13........................................ BNGC 4 x 3 Santos SUB 11........................................ BNGC 3 x 5 Santos SUB 9.........................................BNGC 2 x 0 Santos

Equipe Amarela vence Torneio Início O Torneio Início para o Futebol Adultos foi disputado no dia 26 de março. Garra e determinação marcaram o evento. A Equipe Amarela ficou com a taça. Também se destacaram Pedro Franke, como goleador; Adilson Firmino, como melhor jogador, e Carlos Ricardo Silva, como melhor goleiro.

18

Autoconfiança é a convicção que uma pessoa tem de ser capaz de fazer ou realizar alguma coisa, é a crença de que você pode lidar com as demandas e com os desafios e ultrapassar obstáculos baseando-se na experiência pessoal e nas realizações passadas. No futebol, a confiança faz toda a diferença. Com ela, temos tranquilidade para efetuar nossas ações no jogo e arriscar. Quando seguro de si mesmo, você consegue controlar as emoções em situações de maior estresse e ansiedade, elevando as chances de pensar com clareza e obtendo maior probabilidade de sucesso e vitórias em todas as ações e disputas em jogo. Tudo isso depende da sua convicção na capacidade de obter sucesso. Por esses motivos, treinadores e especialistas pensam nas várias formas de encorajar seus atletas. Em um ambiente onde não temos uma atmosfera de confiança, a quebra desta pode contaminar uma equipe inteira, principalmente se essa prática for fomentada pelos líderes de seu time. Já em uma atmosfera de confiança, a satisfação e a motivação aumentam consideravelmente, pois os membros deste grupo podem e desejam contribuir e partilhar seus problemas e ideias. O atual treinador da seleção brasileira de futebol, o gaúcho Tite, é um mestre na arte de motivar e aumentar a autoconfiança de seus atletas e vem conseguindo resultados impressionantes e até inesperados, já que muitos consideravam esta geração fraca tecnicamente. Outro exemplo de gestor de pessoas com sucesso no aumento da confiança de seus comandados é o treinador do Grêmio, Renato Portaluppi. Jogadores de grande sucesso no futebol mundial esbanjam confiança, a cada jogada, drible, conclusão, mostram que confiam e muito no seu potencial. Até mesmo na hora que erram demonstram isso e, na próxima jogada, voltam a arriscar, sem perder a autoconfiança. Assim, cabe ao próprio atleta distinguir como deve controlar a sua mente, ganhar a batalha das vozes internas e acreditar que é capaz de atingir o sucesso. Com um nível de convicção elevado e pensamento positivo, o atleta definirá objetivos desafiadores para si mesmo e reduzirá os níveis de estresse, pois focará em construir soluções para os problemas. Porém, caso esteja estressado e pessimista, poderá perder grandes oportunidades em campo pela alta sensação de tensão que ele estará sofrendo.


Beach tennis invade as quadras do Terra Ville [ Fotos Arquivo Pessoal ] foram realizados a fim de Entre um saque daqui e agilizar a aprendizagem um ponto dali, o beach e aprimorar as jogadas. tennis foi conquistando E mais: além da quadra adeptos no Belém Novo comumente utilizada, ao Golf Club. O que não lado do campo de futepassava de uma nova bol, quatro quadras esmodalidade esportiva a tão disponíveis na Vila do ser descoberta acabou Barco. se transformando em Tulio adianta que o uma ótima oportunidade circuito interno deverá de praticar um esporte, ser disputado a cada encarar novos desafios dois meses, sempre due confraternizar com verante um fim de semalhos e novos amigos. O na. Neste ano, portanto, tênis praticado na areia, A turma do beach tennis invade as quadras da Vila do Barco a ideia é realizar quatro que para os mais desaetapas. Além dos vencetentos pode se parecer dores da cada uma das com o frescobol, cresceu tanto nas dependências do BNGC, Tulio Vinicius Petter. – Por ser etapas, a pontuação permitirá a forClube que, além da realização de um esporte fácil de ser jogado, mes- mação de um ranking que apontará um circuito interno, já em anda- mo por aqueles que nunca pratica- o grande campeão do ano, ou melhor, os campeões. Serão realizadas mento, uma competição valendo ram o tênis, ganhou adeptos. Na base de um convida o outro competições para duplas feminipara a Copa Guga Kuerten está sendo planejada para o segundo para jogar, de vamos formar uma nas, masculinas e mistas. Quanto ao evento da Copa Guga nova dupla e de dar uma dica para semestre deste ano. - O movimento do beach tennis quem estreava no esporte, as par- Kuerten, novidades em breve serão cresceu muito e de forma muito nat- tidas foram se repetindo e se tor- divulgadas. Até lá, vale a pena seguir ural – observa o diretor de tênis do nando mais frequentes. “Aulões” em quadra, treinando.

SUP para encarar todas as estações O Verão foi excelente parceiro para que associados do Belém Novo Golf Club pudessem conhecer os segredos do Stand Up Paddle – SUP. As primeiras aulas ministradas por Eduardo Berger, da BWS Berger Water Sports, começaram a ser realizadas ainda durante o Inverno do ano passado. Mas a chegada do calor fez com que a turma criasse a coragem que faltava para encarar o lago na Vila do Barco. Duas vezes por semana, às terças e às quintas, são formados grupos de remada e realizadas aulas de SUP. O pessoal aprovou e garante que, nem com o frio que está se aproximando, vai deixar de estar na água.

19


Momento do Chef

Vinho, comida e amigos: a melhor receita para o Inverno Poucas coisas combinam tanto com as noites frias como um bom vinho. Os amantes da bebida já dirão que o vinho cai bem em qualquer estação. Porém, é inegável que o Inverno combina perfeitamente com reuniões aconchegantes, na companhia dos amigos, regadas a vinho. Sabendo disso, reunimos algumas dicas para quem quer preparar momentos como este em casa. Quem nos guia neste universo é a turma da Confraria Terra Vinho, que até hoje leva a sério o conceito de beber e comer bem. A Confraria nasceu há aproximadamente 10 anos, a partir do desejo de alguns moradores do Condomínio de se reunirem para conhecer e apreciar vinhos. Era um grupo de amigos, alguns mais, outros menos íntimos do universo da bebida, que se encontrava frequentemente para degustar rótulos garimpados por eles mesmos. Com reuniões cada vez mais animadas, a turma decidiu incluir a gastronomia na brincadeira. - Os encontros sempre foram muito alegres, em que reencontrávamos os velhos amigos e conhecíamos gente nova. O vinho tem essa característica, ninguém fica triste em torno dele – comenta Fábio Piltcher, um dos fundadores da Confraria Terra Vinho ao lado de amigos como Maurício Ribeiro, Antônio Balestrin, Maurício Mota e Luciano Cunha. À medida que o Condomínio crescia, mais gente se encantava com os encontros, que passaram a reunir cada vez mais amigos. Até que a função toda ficou grande demais para o pessoal que organizava a Confraria. Hoje, os mesmos amigos continuam se encontrando em petit comités, mais ou menos a cada dois

20

meses. Às vezes, a função é acompanhada por um jantar, em outras apenas por pães e queijos. - Não importa se os encontros são grandes ou pequenos. Importa que as pessoas estejam felizes e sintam prazer em conhecer e degustar

vinhos. Esse é o espírito da Confraria Terra Vinho – afirma Luciano Cunha. Não é preciso, no entanto, ter uma confraria organizada para reunir os vizinhos e amigos em torno do vinho. Ficou com vontade? Aproveite as dicas e ... saúde!


Dicas para se aventurar em um universo fascinante ∞ Você quer conhecer mais sobre o

universo do vinho? Então comece descobrindo o que você gosta de beber. Teste vinhos mais simples, que sejam agradáveis ao seu paladar. Um malbec argentino, por exemplo, é opção certeira, de ótima relação custo-benefício, para agradar a todo o grupo. ∞ Com o tempo, aventure-se em

vinhos diferentes, de outras regiões do mundo, com paladares mais exigentes. Mas lembre-se: vinho é prazer. Não sinta-se obrigado a gostar de nada. Não é porque você provou que precisa apreciar. ∞ Uma tábua com queijos e pães é

acompanhamento suficiente para uma noite de degustação de vinhos. A simplicidade faz salientar as características das bebidas que estão sendo servidas. ∞ Quando for preparar um jantar,

procure a orientação de pessoas mais experientes ou de profissionais de harmonização, para que o seu cardápio esteja adequado aos vinhos que você vai servir. ∞ A escolha de um cardápio de-

pende de algumas variáveis, como o gosto dos comensais, os custos, o preparo e, claro, a harmonização. Sempre que possível, ofereça algo que os seus convidados não co-

nheçam. Dessa forma, a experiência se torna inesquecível. ∞ A comida pode ser simples ou

supersofisticada, não importa. Há sempre um vinho adequado ao que está sendo servido. Mas é importante que você faça a escolha certa, para que o conjunto esteja equilibrado e harmonioso. ∞ E lembre-se: o objetivo de tudo isso é juntar as pessoas em torno do vinho e da mesa, para que vivam momentos alegres e felizes. Então, mesmo que você não conheça os rituais do vinho ou não seja um expert das panelas, aventure-se, abra-se para este novo universo.

21

As novidades que já são um sucesso no Terra Café!!!! Hamburger Hamburger Australiano Australiano

Caliente Premium !!!

À la minuta de filé ou frango, fritas, arroz e feijão.

Sopas !!!

’’Deliciosas’’

Moranga, Ervilhas Capeletti Feijão Canja

Risotos

acompanhados de salada

Pizzas Salvia !!!

E ainda as conveniências do dia a dia, carnes para churrasco e produtos congelados para levar Baixe nosso aplicativo com o cardápio para seu celular

Condomínio Terraville Lojas3 e 4

http://app.vc/terra_cafe F: 3277 8288


Condomínio

Muito cuidado com nossos pets Nossos animais de estimação fazem parte de nossas famílias e exigem cuidados para que o bem-estar de todos seja assegurado. A médica veterinária Cristina Codorniz, responsável pela Pet Village Clínica Veterinária, presente no Condomínio Terra Ville desde 2003, destaca algumas das atenções que precisam fazer parte da rotina para evitar problemas futuros. “Prevenção, manejo e alimentação são palavraschave no cuidado”, diz. Por ela e por sua equipe já passaram cães, gatos, coelhos, hamsters e chinchilas, entre outros bichos menos comuns. Cada um exige a atenção adequada, de acordo com sua raça e sua idade. Se bem cuidado, o pet será o companheiro de todas horas e por muito tempo.

22

Nunca esqueça de... ∞ Levar seu pet periodicamente ao médico veterinário para receber informações e orientações sobre prevenção ou até mesmo detectar doenças que venham a colocar em risco a saúde e o bem-estar do seu animal de estimação. ∞ Seguir à risca as orientações do médico veterinário, especialmente as que dizem respeito ao calendário de todas as vacinas. E nunca esqueça dos reforços! ∞ Cuidar da alimentação do seu pet. É bom lembrar que as exigências nutricionais variam de acordo com o tipo de animal, com a raça e também com cada uma das fases da vida. ∞ Estar sempre atento à higiene. O banho, por exemplo, é importantíssimo. Mas a frequência é relativa, pois depende da necessidade da raça e também das regras estabelecidas em cada família. Por exemplo, se o cão costuma estar sempre dentro de casa e também de ir para cima da cama, é aconselhável que o banho seja feito uma vez por semana. ∞ Incluir a escovação dentária nos

cuidados de higiene do pet.

∞ Passear, se o pet for um cão. E, neste caso, nunca esqueça de colocar a guia adequada. ∞ Recolher as fezes a fim de evitar a transmissão de doenças. [ Fotos Freepik ]

O que diz o Regimento Interno do Condomínio ∞ Art. 15 - A permanência de animais domésticos será tolerada, devendo seus proprietários mantê-los restritos a seus quintais e, quando a passeio, deverão estar sempre contidos por guias adequadas. Cabe ao proprietário do animal zelar pela higiene e limpeza nas áreas comuns do Condomínio, assim como de seu próprio quintal, evitando a proliferação de insetos e odores indesejáveis que venham a incomodar os vizinhos. Os animais encontrados em estado de abandono serão apreendidos

e seus proprietários advertidos por escrito. Na reincidência haverá nova advertência escrita e na terceira vez será o infrator multado na importância correspondente a 30% da Taxa Condominial, por ocorrência. A penalidade máxima não afasta a possibilidade de o animal vir a ser entregue às autoridades competentes, caso persista a infração, a juízo do Conselho Consultivo. --O mesmo ocorrerá com animais cuja presença seja considerada perigosa ou nociva à segurança e tranquilidade dos demais moradores.


Atividade para prevenir e conscientizar Há cerca de um ano, colaboradores do Complexo Terra Ville participam da Ginástica Laboral, sempre com entusiasmo e ciência da importância de dedicar aqueles poucos minutos do dia para uma atividade tão importante. Além de promover a qualidade de vida no trabalho, a prática incentiva a integração entre os funcionários, inclusive de diferentes setores, e possibilita a divulgação de informações gerais e de interesse de todos. A Laboral é realizada duas vezes por semana, no pátio do prédio da Administração do Condomínio, sendo que cada sessão tem duração de 10 minutos. Não existe distinção entre o exercício a ser praticado pelo colaborador deste ou daquele setor. Todos são convidados e estimulados a participarem de todas as atividades propostas e também a chamar colegas para que participem. A Ginástica Laboral é vista como uma atividade de promoção da saúde e de prevenção de doenças, especialmente porque tende a sensibilizar e a orientar os colaboradores, e, em consequência, seus familiares, sobre a importância da prática regular de exercício físico. Além disso, também permite que o trabalhador tenha melhor consciência de seu corpo e de seus limites, buscando auxílio e orientação quando necessário.

Saiba mais ∞ Os primeiros registros sobre a prática da Ginástica Laboral datam do início do século XX, quando a atividade era conhecida como ginástica de pausa e servia para que o trabalhador da indústria tivesse um repouso ativo durante sua jornada de trabalho. Fonte: Conselho Federal de Educação Física

[ Fotos Arquivo Condomínio Terra Ville ]

Ginástica Laboral tem sido realizada periodicamente há um ano nas dependências do Condomínio Terra Ville

Palestras de capacitação focam nos colaboradores Capacitação tem sido foco em todos os processos de gestão que buscam os melhores resultados e o bem-estar de todos os envolvidos. No Complexo Terra Ville, a preocupação em viabilizar tal capacitação tem sido constante, tanto que, com frequência, palestras são realizadas para todos os colaboradores. Os temas são os mais diversos e focam não só em questões relacionadas à rotina no trabalho, mas que também agregam informações e vivências no dia a dia de cada um. No dia 19 de abril, por exemplo, em parceria com a Universidade Corporativa do Banrisul, foi ministrada uma palestra sobre planejamento financeiro. O objetivo do encontro foi incentivar os funcionários sobre a importância da cultura da organização e do planejamento financeiro tanto na vida familiar como no ambiente de trabalho. Diferentes exemplos foram trabalhados, individual-

mente ou em grupo, a fim de alertar para possíveis armadilhas da gestão financeira e elencar soluções viáveis. O evento contou com a participação de cerca de 30 colaboradores. No dia 03 de maio foi a vez de abordar as questões relacionadas à preparação e à conservação dos alimentos. A palestra foi realizada em parceria com a Sodexo Alimentação.

Atenção é uma constante no Condomínio

23


EM BREVE

24

Revista do Terraville Belém Novo Golf Club  

Projeto gráfico e diagramação da Revista do Terra Ville Belém Novo Golf Club. Trabalho realizado pela Capítulo 1 Conteúdo & Design Editoria...

Revista do Terraville Belém Novo Golf Club  

Projeto gráfico e diagramação da Revista do Terra Ville Belém Novo Golf Club. Trabalho realizado pela Capítulo 1 Conteúdo & Design Editoria...

Advertisement