Page 1

| Arte: Alessandra Pin


Daiane Eilert, natural de Porto Alegre, residente em Vitória desde 2008. Participou das oficinas de ‘Iniciação Teatral’ e ‘Teatro Avançado’ com Nieve Matos, ‘A Poética do Figurino em Cena’ com Antônio Apolinário e ‘Técnica Vocal’ com Priscila Reis. Atualmente cursa o último módulo do Curso Técnico de Teatro na Escola Técnica Música de Teatro, Dança e Música FAFI.

Integrante do projeto ‘Outras Tramas’, coordenado por Nieve Matos, que resultou em um livro com dramaturgias escritas por e para mulheres, publicado no ano de 2019, sob o selo da Editora Maré.


Iniciação Teatral. Nieve Matos da Silva. Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música - FAFI. Vitória, ES, 2017. 27 horas.


Teatro Avanรงado

.

Nieve Matos da Silva. Mรก Companhia. Vitรณria, ES, 2018. 30 horas.


Liberdade InCômodos. Criação coletiva. Personagem: Liberdade. Direção: Nieve Matos. Casa Má Companhia, Vitória, ES. 2018. | Foto: Joca Simonetti


| Foto: Joca Simonetti


A poética do Figurino em cena: o pensar/fazer a segunda pele. Antônio Apolinário. Centro Cultural Sesc Glória. Vitória, ES, 2018. 40 horas.


Técnico em Teatro. Escola Municipal de Teatro Dança e Música - FAFI. Vitória, ES. Início 2018. Módulo 4/4. 900 horas


Em 2018 inicia seus estudos no ‘Curso Técnico em Teatro’ na Escola Técnica Municipal de Teatro, Dança e Música FAFI. Cursa as disciplinas ‘Técnica de Interpretação’, ‘Linguagens do Corpo’, ‘Técnicas de Voz’ e ‘Exercício Cênico’ entre outras. Participou das montagens dos Exercícios Cênicos: ‘Será que eu sou Gente?’ – baseado na obra de Plínio Marcos, ‘Flores para os Vivos’ - coletânea de vários autores com foco no Teatro Dramático e ‘Ciranda no Front’ - inspirado na Obra de Bertold Brecht e outros autores com foco no Teatro Épico. Atualmente cursa o último módulo do curso onde se dará a montagem final.


Será Que Sou Gente? Texto: fragmentos das obras ‘Abajur Lilás’, ‘Dois Perdidos numa Noite Suja’, ‘Querô’, ‘A Mancha Roxa’ e ‘Navalha na Carne’ de Plínio Marcos. Direção: Antônio Apolinário. Personagem: Professora. Escola de Teatro, Dança e Música FAFI. Vitória, ES, 2018.


| Arte: Alessandra Pin


Será Que Sou Gente? A Mancha Roxa | Plínio Marcos |Personagem:Professora

| Foto: Bruno Lopes


| Foto: Bruno Lopes


Flores para os Vivos. Texto: ‘Bodas de Sangue’ de Federico García Lorca. Direção: Antônio Apolinário. Personagem: Mãe. Escola de Teatro, Dança e Música FAFI e Palácio de Cultura Sônia Cabral. Vitória, ES, 2019.

| Fotos: Heytor Gonçalves


Ficha Técnica

Elenco: Carlos Rosado | Daiane Eilert | Danielen Brandão | Helena Ferreira | Heytor Gonçalves | Indra Fairbank | Jamili Saade | João Victor | Joca Simonetti | Juliana Corona | Karolina Lopes | Marianna Eilert | Martha Caliari | Norrayne Lyrio | Tayna Francisca Concepção de Luz: Mariana Eilert Iluminação e operação de luz: Thila Lenk Orientação Dramatúrgica: Nieve Matos Preparação Corporal: Roberta Portela Preparação Vocal, Arranjos e Piano: Priscila Reis Figurino Morte: Antônio Augusto Sousa Figurinos, Direção de Arte e Direção Geral: Antônio Apolinário Material gráfico: Alessandra Pin Fotografias para material gráfico e imprensa: Heytor Gonçalves Registro Fotográfico: Julio Gabriel Captação em Vídeo: Marcela Mantovaneli Produção: Antônio Apolinário, Carlos Rosado, Daiane Eilert, Indra Fairbank e Marianna Eilert e elenco Assessoria de Imprensa e Produção executiva: Karolina Lopes Arte: Alessandra Pin |


| Foto: Julio Gabriel


Bodas De Sangue | Federico Garcia Lorca Personagem: MĂŁe

| Foto: Julio Gabriel


| Foto: Julio Gabriel


Flores para os Vivos. Exercício Cênico II. Click no ícone para o vídeo .


Ciranda no Front. Textos: ‘Mãe Coragem’ e ‘Sapatos Pretos’ de Bertolt Brecht. Direção: Antônio Apolinário. Personagens: Mãe Coragem/Mãe. Escola de Teatro, Dança e Música FAFI. Vitória, ES, 2019.


| Foto: Tom Fonseca


Mãe Coragem / Sapatos Pretos | Bertold Brecht | Personagem: Mãe Coragem / Mãe

| Foto: Tom Fonseca


Outras Tramas


“Sou gaúcha, nascida em Porto Alegre, de uma família tradicional brasileira, tenho 37 anos, uma filha de 21 anos. Fui casada por boa parte da minhavida,desdeos meus 15 anos,doiscasamentosmausucedidos. Hoje gerencio uma loja de chocolates, estudo à noite, faço curso Técnico de Teatro,naFafi. Mudei para o Espírito Santohádezanos,hoje sou moradora do Centro de Vitória. Sempre gostei de escrever, textos, cartas,poesias, confissões, mas tinha deixado um pouco de lado esse hábito por achar não ter espaço nessa “vida de verdade" que vivemos, acreditava ser um pouco sonhador demais escrever. Outras Tramas me reaproximou desse desejo da escrita, esse universo amplo, queespero nunca mais me afastar."


| Arte: Alessandra Pin

Outras Tramas – Dramaturgias escritas por e para mulheres é uma coletânea composta por quinze textos teatrais de linguagens diversas. Foi escrito em processo colaborativo por mulheres residentes no Espírito Santo, a partir de laboratórios criativos orientados por Nieve Matos, que coordena o projeto ao lado de Alessandra Pin Ferraz. Sua produção contou com o apoio do Edital de PROJETOS CULTURAIS SETORIAIS DE TEATRO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Nº023/2018, por intermédio da SECRETARIA DA CULTURA – SECULT e FUNCULTURA.

https://elastramam.files.wordpress.com/2019/12/outrastramas__ebook.pdf


| Arte: Alessandra Pin


https://elastramam.wordpress.com/2019/08/20/outras-tramas-a-filha-do-soroco-daianeeilert/?fbclid=IwAR1sbZmC4NRJ7FfuxxKQAfkY2F82NrqStGwtFNfWtBeC2wRJNAK0aNb8M28


Daiane Eilert (27) 99574-6951 eilertdai@gmail.com | Arte: Alessandra Pin | Diagramação: Carlos Rosado

Profile for Carlos Torres

Portfólio - Daiane Eilert  

Portfólio - Daiane Eilert  

Advertisement