Issuu on Google+

1

_______________________________________________________________________Por Carlos Coléct O Governo de Deus ( Yhwh) não é imposto com autoritarismo _____________________________________________________________________________________ “Porque o reino de Deus(Yhwh) consiste não em palavras, mas em poder.” 1Co 4.20 Gostaria de propor uma outra possível leitura deste verso acima, usando a interpretação contextual, e não apenas a crença "religiosa" ou adquirida a partir do ensino de algum grupo . A crença ,interpretação ou uso " religioso" mais conhecido atualmente deste verso talvez esteja ligado à um agir sobrenatural acerca do Reino de Deus, ou seja, resumindo, a ideia seria de que deve haver prática ( curas,milagres, mover) e não apenas palavras.Não que não possa haver prática, mas estou falando do uso do verso em específico. Mas enfim, o contexto no qual Paulo está falando aos Coríntios pode nos indicar uma nova perspectiva.O Capítulo 4 de I Co , relata uma "defesa" de Paulo quanto a sua autoridade e legitimidade como despenseiro e ministro de Deus, e desta forma, no final do capítulo , Paulo declara que em sua ausência na comunidade alguns estavam usurpando de uma autoridade, estavam inchados( soberbos, fermentados), e assim usaram de PALAVRAS como se tivessem legitimidade para com os corintios, porém, não tinham virtude, não tinham "dunamis" (palavra grega usada para "virtude e poder", a qual significa " poder adquirido de forma legítima, por meio de um processo experimentativo") . Seria como um residente de medicina que abre um consultório, porém não tem o diploma ainda e nem o registro no conselho de Medicina. 1Cor 4:18 Alguns se ensoberbeceram, como se eu não tivesse de ir ter convosco; E neste contexto, Paulo fala : "... irei ter convosco, se o Senhor quiser, e então conhecerei, não as PALAVRAS dos que andam inchados, mas a virtude ( autoridade e legitimidade)....(1 Co 4.19) Outro ponto que podemos notar, e que pode ajudar nesta nova leitura, é o fato de que a palavra usada para o "Reino" no verso em questão, é " Basileia " , que não significa apenas "reino", mas também " poder real, governo", ou seja, Paulo pode estar falando de um GOVERNO imposto pelas palavras daqueles INCHADOS ( soberbos, fermentados).Em outras palavras, os inchados estavam querendo impor um autoridade e um governo de Deus aos corintios usando palavras de domínio, ou seja, estavam sendo AUTORITÁRIOS, e nisto Paulo diz : “Porque o reino de Deus consiste não em palavras, mas em poder... Que quereis? Irei ter convosco com VARA ou com amor e espírito de MANSIDÃO? ”1 Co 4.20,21


2 Logo, notamos que Paulo ao declarar estas palavras, pode estar falando o seguinte : " O governo de Deus( Yhwh) não é imposto com palavras, com vara, mas é preciso que aquele quem fala tenha legitimidade, e autoridade experimentada " E assim Ele conclui dizendo que vai ter com eles com mansidão e não com vara, pois ele tem autoridade (poder-dunamis), isto é, foi experimentado para adquirir tal autoridade, ele tem o diploma de conclusão de curso.

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


O Governo de Deus ( Yhwh) não é imposto com autoritarismo