Issuu on Google+

_______________________________________________________________________Por Carlos Coléct

A graça e a misericórdia (chesed) do Eterno


2 Durante a história criou-se a imagem de um “deus” cheio de misericórdia, mas uma misericórdia quase que cega, onde não tem a justiça , verdade e juízo. Mas será que imagem desse “ deus” corresponde a imagem de Elohim, do Eterno de Israel?O Eterno é misericordioso, mas isso não pode estar separado de sua justiça e verdade. Por que pretendo abordar esse assunto? Porque essa visão dessa misericórdia e graça quase que cega pode gerar uma vida sem regras e leis, ou seja, uma vida sem compromisso.Mas com este texto não tenho por intenção trazer um entendimento fechado, mas sim uma ampliação com margem para novos entendimentos. Pois bem, Sabemos que no início do cristianismo houve um teólogo –cristão chamado Marcião26(160 d.C) que dizia que o “Deus” do Velho testamento não poderia ser o mesmo do Novo Testamento, pois o do Velho é ruim e vingativo, criador das leis judaicas e por isso deveria ser rejeitado pelos cristãos.Por sua vez o do Novo é bom, portanto ele dizia e cria que só o Novo Testamento interessava aos cristãos e que nada tinha a ver com a Lei.E assim ele sugere essa falsa dicotomia, ou seja, essa separação entre Novo e Velho testamento. E assim, ocasionou essa visão de um “deus” sem ira, sem leis ou que não consome seus inimigos, mas somente um “ deus” de misericórdia , perdoador , cheio de graça e favor incondicional. Bom, para começar precisamos desfazer este pensamento dentro de nós para compreender um pouco mais o agir do Eterno de Israel, pois Ele não pode ser dividido em seu caráter.Independente da crença do homem Ele permanece o mesmo.Independente daquilo que o homem vê ou entende, Ele é imutável.A sua misericórdia e graça sempre foram , pois o Eterno sempre foi , é e sempre será. Lógico que não podemos conhecer o Eterno plenamente em sua totalidade, mas na Sua misericórdia Ele se deixa ser conhecido em Yeshua, no Filho, e revela seu caráter e sua forma de agir em sua Torah, em seus mandamentos, em Yeshua. Nisto o conhecemos como assim está escrito: 1 Jo 2.3,4 - Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos. 4 Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. Pois bem, o pensamento comum dentro do cristianismo é de um evangelho segundo a graça e não segundo a Lei. E como sabemos pela história, desde que o cristianismo surgiu como religião do Império Romano , houve algumas ações em prol de facilitar a entrada dos grego e pagãos na nova religião, e com isso ocorreu muitos sincretismos e misturas.Um desses acontecimentos foi a introdução de nomes de ídolos gregos nas traduções , misturando os pensamentos a cerca de alguns assuntos específicos.Por exemplo, temos o HADES, o qual é um ser da mitologia grega relacionado ao "LUGAR DOS MORTOS", e quando o grego lia HADES ele tinha mais facilidade para compreender o assunto acerca dos mortos, ele não precisava mudar o pensamento sobre isso, pois conhecia muito bem o HADES.E este entendimento vinculado ao "inferno" HADES percorre na mente de muitos, o qual se distancia do pensamento hebraico das Escrituras. A mesma situação acontece com a GRAÇA, pois GRAÇA em grego é "charis" que na mitologia representa 3 divindades, 3 mulheres chamadas de "CHARITES", as quais estão relacionadas a beleza, encantamento, caridade, doações, felicidade, danças, canções e estavam vinculadas a AFRODITE E EROS, os quais são os ídolos do AMOR.Elas representavam as doações, os dons ou as graças que vinham do céu e das estrelas.Delas se herdou as expressões " ficar em estado de graça" e "graças a deus". 26

Segundo fontes históricas Marcião entendia que a criação de Javé não é uma bênção, mas uma sem-vergonhice! Pois é uma asneira criar o ser humano para depois lançá-lo à perdição com a queda e, finalmente, levá-lo à salvação....Marcião considerou, ainda, o ato de gerar e de parir uma grande indecência de Deus. Referindo-se à localização da vagina, afirmou: ?Nascemos entre as fezes e a urina? (interfaeces et urinam nascimur).


3

Portanto, esse é o pensamento sobre a GRAÇA vinculado aqueles que seguem o Cristo do cristianismo.Ou seja, há um "deus" que trouxe um estado de graça, sem vinculo ao esforço, trabalho, lei ou regra a ser seguido, onde se pode permanecer da maneira que se está .Há uma aceitação por parte desse deus a qualquer pessoa , de qualquer maneira, pois o que importa é o amor incondicional, a beleza, a felicidade, enfim.Algo sem compromisso assim como as GRAÇAS QUE DANÇAM E FICAVAM FELIZES SEM QUALQUER COMPROMISSO. Porém, a GRAÇA em hebraico é "chessed ‫ " דסח‬, o que não é só bondade, fidelidade, benignidade ou favor , mas nessa palavra também temos " reprovação, vergonha ". A graça e misericórdia do Eterno está na oportunidade que Ele me concede em obedecer seu mandamento, quando assim não faço , me torno sem graça e sem favor, pois o favor está na obediência.Ele manifesta sua graça e misericórdia me perdoando para que eu possa novamente obedecer, se assim não faço, continuo sem graça, sem misericórdia e sem favor . Sendo assim , a GRAÇA ou MISERICÓRDIA do Eterno é a chance que Ele nos dá para nos arrependermos, é a expressão da sua bandade para que retornemos a Ele , e caso isso não ocorra, seremos REPROVADOS E ENVERGONHADOS. A Misericórdia do Eterno está para aqueles que O amam e obedecem os seus mandamentos como assim está declarado na Torah do Eterno: Ex 20.5,6 - [...]porque eu sou o Senhor, teu Elohim, Elohim zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem 6 e FAÇO MISERICÓRDIA (CHESED GRAÇA) até mil gerações daqueles que ME AMAM E GUARDAM OS MEUS MANDAMENTOS. A bondade e misericórdia de Elohim se manifesta na oportunidade que Ele nos concede em conhecermos a Verdade e não na nossa desobediência em permanecermos na ignorância.Interessante que Misericórdia em latim é Miseri + cardis que significa "colocar alguém miserável e indigno no coração", ou seja, nesse sentido o Eterno manifesta a sua misericórdia me dando a oportunidade de ser colocado em seu coração, e quando rejeito a oportunidade me torno sem misericórdia.Cabendo assim o juízo. A Misericórdia do Eterno é a chance que o homem tem para se arrepender.Assim como está escrito: Lm 3.22,23

‫ חסדי יהוה כי לא־תמנו כי לא־כלו רחמיו׃‬22 ‫ חדשים לבקרים רבה אמונתך׃‬23 Lm 3.22,23 - As misericórdias do SENHOR 23

‫יהוה‬

é que não nos consome; porque não acaba a

misericórdia. Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.


4

Sendo assim, a cada raiar da luz do dia é nos dada a chance de nos arrependermos e aqueles que se arrependem e obedecem não são consumidos por sua ira. A Misericórdia ou a graça do Eterno não é uma misericórdia sem verdade e justiça, mas como também está escrito: Sl 85.10 - " Encontraram-se a graça(chesed – misericórdia) e a verdade,a justiça e a paz se beijaram.. Mas interessante percebermos algo no texto de Lamentações, o qual diz que “A misericórdia do Eterno é que não nos consome”, isto é, a misericórdia não nos consome, mas a o fogo da ira do Eterno consome., como assim está declarado pela boca do Eterno. Em outras palavras se alguém rejeita a misericórdia do Eterno e não se arrepende e volta a obediência, este receberá a ira do Eterno e o fogo da ira o consumirá. Não que o Eterno tenha prazer nisso, mas é algo inevitável. Em Lamentações mesmo, ao mesmo tempo que Jeremias fala da misericórdia do Eterno que não consome, ele também relata a ira do Eterno que consome. Vejamos: Lm 2.3 - Cortou, no furor da sua ira, toda a força de Israel; retirou para trás a sua destra de diante do inimigo; e ardeu contra Jacó, como labareda de fogo que tudo consome em redor. Lm 3.26 - 66 Na tua ira, os perseguirás, e eles serão desfeitos debaixo dos céus do SENHOR. Jó , David e o autor de Hebreus também falam sobre a ira do Eterno, e assim falam pelo Espírito do Eterno. Jó 4.9 – Com o hálito de Elohim perecem; e com o assopro da sua ira se consomem. Sl 6.1 - SENHOR, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor. Hb 12.29 - 29 porque o nosso Elohim é um fogo consumidor E na Torah assim está decretado: Dt 4.24 - Porque o SENHOR, teu Elohim, é um fogo que consome, um Elohim zeloso. Dt 9.3 - Sabe, pois, hoje, que o SENHOR, teu Elohim, que passa diante de ti, é um fogo que consome, e os destruirá, e os derrubará de diante de ti; e tu os lançarás fora e e cedo os desfarás, como o SENHOR te tem dito. Bom, O Eterno é misericordioso, mas também é um fogo que consome, e isto não pode se separar.Que essa compreensão no ajude a caminharmos em temor e amor, guardando os seus mandamento.Aproveitando a oportunidade e a chance que o Eterno de Israel nos concede toda a manhã, quando Ele faz vir sobre nós a luz do Sol, nos dando a graça de andarmos em uma vida de entendimento e conhecimento Dele. O Sol nasce para todos.Nasce para os bons e os maus.A diferença é que os maus andam nas trevas , buscam as sombras para se esconderem da Luz e do Calor.Recebem o entendimento , mas o rejeitam.Já os bons andam na Luz e desfrutam do Calor.Caminham no entendimento que lhes foi revelado. A LUZ É A ee

9.3: Êx 23.31; Dt 7.24


5 PALAVRA DO ETERNO, QUEM DELA SE ESCONDE TROPEÇA NAS SOMBRAS.E essa Luz veio ao mundo - Yeshua - mas os maus preferiram e preferem mais as sombras(no sentido de um local sem luz) Sal 119:105- Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos Sal 119:165 - Grande paz têm os que amam a tua lei(Torah); para eles não há tropeço. João 3:19- O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más Aqueles que se escondem da misericórdia , rejeitando a luz do amanhecer, se colocam sob o fogo da ira do Eterno que consome. Que em cada amanhecer ofereçamos os sacrifícios ao Eterno, como assim descrito na Sua Torah.Que em cada amanhecer recebamos sua Luz, Sua Palavra e seu entendimento e caminhemos na Luz, na Misericórdia, aceitando a chance de novamente poder obedecê-lo, amando-o guardando seus estatutos, ordenanças e mandamentos , os quais são para uma vida permanente em sua graça e misericórdia.

Shalom Carlos Coléct www.centroteshuva.blogspot.com


A GRAÇA E A MISERICÓRDIA(CHESSED) DO ETERNO DE ISRAEL