Page 1

Ano XI - Nº 135 - Março de 2012 - Revista Mensal do Sócio Evangelizador

clube.cancaonova.com

ISSN 1806-1494

Palavra da Igreja O glorioso São José

r e v i s t a

Quaresma Tempo privilegiado de conversão


COLETÂNEA DE PREGAÇÕES Irmã Maria Eunice

FALE CONOSCO: Cachoeira Paulista- SP - Brasil Caixa Postal 57 CEP 12630-000 Tel: 55 (12) 3186 2600 www.cancaonova.com revista@cancaonova.com clube.cancaonova.com

T iragem : 447.000 unidades I mpressão : Esdeva Indústria Gráfica S.A. Distribuição gratuita aos sócios evangelizadores

5 6 7 8 10 13 14 15 16 17

palavra do fundador

Deus quis precisar das mulheres Palavra da Igreja O glorioso São JosÉ Palavra em destaque Quem tem Deus nada teme administração e vida

Como São José! matéria especial

Quaresma: Tempo privilegiado de conversão! + vida Dicas de alimentação para diabetes educando

Sobre pessoas, animais e sentimentos ação jovem

Faça valer à pena! A Bíblia foi escrita para você Primeiro Estudo Bíblico formação

Uma nova catequese

Nossas Contas

Fundador da Comunidade Canção Nova: Monsenhor Jonas Abib Presidente: Wellington Silva Jardim Diretor Executivo: filipe Jardim Jornalista Responsável: Osvaldo Luiz/MTB 23094 Coordenação: simone laranjeira Assistente de Coordenação: Vanessa Goto e Joel Prado Produção e Assessoria: Mauricio Moura e aline maria Revisão Ortográfica: Dyrce araújo Direção de Arte: agência de Publicidade Canção Nova Projeto Gráfico: Neli Sestari Diagramação: Neli Sestari, André porte e camila moura Fotos: Andreia Britta, e agência de Publicidade Canção Nova Capa: Neli Sestari

Índice

Expediente

Produtos Canção Nova, Presentes que Transformam Vidas!

BANCO DO BRASIL

Ag.: 3358-8 C/C.: 3689-7 BANESE

Ag.: 028 C/C.: 101368-6 Tipo: 03 BRADESCO

AG.: 3373-1 C/C.: 215-1 BRB - BANCO DE BRASÍLIA

C/C.: 204007584-9 CAIXA

Ag.: 2003 C/C.: 339-1 Tipo: 003 HSBC

Ag.: 1378 C/C.: 0676370 ITAÚ

Ag.: 0247 C/C.: 31453-7 SANTANDER

Ag.: 0164 C/C.: 13-000147-3 “Ajude a Canção Nova a evangelizar.”


carta ao leitor

Caminho de Conversão A Revista Canção Nova deste mês chega junto com um tempo precioso da Igreja e quer ser um instrumento de transformação para sua vida. Nossa matéria principal irá lhe apresentar exercícios quaresmais de conversão: a oração, o jejum e a esmola. Com o apelo do Senhor através do profeta: “voltai a mim de todo o coração”... Luzia Santiago nos apresenta o modelo de fé e providência deixado por Jesus: os passarinhos. Apesar de sofrimentos, perdas, migrações, eles não deixam de cantar. Dom Benedito Beni nos lembra que a Igreja dedica março a São José. O texto do bispo de Lorena-SP - belíssimo - nos traz um rico aprofundamento sobre o pai de Nosso Senhor: “Na Sagrada Escritura, ‘dar nome’ significa tornar-se pai ainda que biologicamente não o seja. Ao tornar-se pai de Jesus segunda a lei, José que era da descendência de Davi, inseriu o Menino Jesus na mesma descendência, a fim de que se cumprisse a Escritura, segunda a qual, o Messias deveria pertencer à descendência de Davi”.

Março das mulheres! Monsenhor Jonas Abib escreve sobre a dignidade feminina: “Deus quer que você mulher se cuide muito bem, porque Ele quer precisar de você como precisou da Virgem Maria”. Em nossas páginas você ainda encontrará professor Felipe Aquino “falando” da necessidade de uma nova catequese. O presidente da Fundação João Paulo II, Wellington Silva Jardim, com transparência, apresentando a prestação de contas anual da Canção Nova. O espaço Mais Vida com dicas de alimentação para os diabéticos: canela e um tipo de batata. Gabriel Chalita alertando: “quem agride um animal é um potencial agressor de uma pessoa”. E Padre Fabrício fazendo com você o estudo bíblico da passagem de Jesus expulsando os vendilhões do templo. Para terminar, a proposta do Adriano no “Ação Jovem”: Retome as metas de ano novo... Faça valer a pena. Afinal, querido sócio, o controle, a direção está em suas mãos: boa quaresma!

osvaldo luiz Jornalista Responsável www.twitter.com/osvaldoluiz_

Serão mais de 15 horas de programação, totalmente ao vivo, na TV Canção Nova. Testemunhos, entrevistas, reportagens... Tudo com muita música, oração e convidados especiais apresentando as ações da família Canção Nova para juntos alcançarmos os 100% de evangelização no Projeto dai-me Almas.

tv.cancaonova.com

Um programa de vida!


testemunho

SEU TESTEMUNHO PODE ESTAR AQUI!

Envie para nós: revista@cancaonova.com O testemunho selecionado será publicado na próxima edição.

?” ça “Tu meTam E as i aer geraco nterev coesc ntar um episódio muito re p m FUI FUMAN ANOS... e vi S sol . Re . e s ho d o un a n tem a id tes n u u me te 7 o e ês om m voc aC NTE 2me é Marcos e queria partilhar co to da minha vida. o drco há quase s Jonoasmeuqu migma DURAMe u para oos res meame u no acontecida n e só nhor c

a ela veio comprar drogas de uranosso queridocMo 27and te qu ersando maio cdo rano, nvnse o poer ume ntededufum é d nte ia aco maca em m dianhaoesp hoceu bo fu n otequ a U i u nh lind . u mi s F na Certo ddo . o s te osa d r. s ê a c to o m aconteceu em mi a v fu eci ) nh ra e ia co a Meu e d d p mu e gas r a a p dro vid ra -l de a ssa iá no m p nte v l,u. Tudo e e fica a n us e n n -tra e Jes d ex a or a u u c e nh So ri e Se d e e o e v m d ta co u e n o o d o ntr (q d v co u mos o nosso en e damn a Canção No e etive çada va e o Pe. Jonas Abib. quio, . Mubé alcanmi isãsotam disseeme vmo . Nunca tiv Deus, ano le i le le um e e e o te u ) id sad q a v à Pas ece a z nh m. ra n o co le g d a e n n rt u e ti com is (Fo ue encontro peasso diaus.q Era pregadsor da Palavra, porém já paeDe Shalom/06 Ele zess oemnoqsso rrinalho” ass na eapó r. v e ig o v c 2 log or e, u s am ra 99 a e a no hamo /19 e n p m fé r i 05 “ a i e m Jesus, comeocei a esf pare que tír nqu fum fuomco e riar is o Senhor im e ia ru il i, e m lo c e eimnão parei desad o p h and inh lm nsa e a a . E amava ma , cam omo. Cheguei a pe briad lhopo o um se enducrec um atem m o tr d b lo n a esf e ra Pas e e a p z ido p e fa o s d ra s a Ressusi v e e e ia de ão hav quede João 21, oil,en chegu ti em toiseostameu coraç sensag asntro de Jesus ugu, spo mco rroa ,pas or, que aasgraem qu mo a étivaAção ia Jo h s íc ig if n hav c va d e não usa S o e o ele d P e it o ava a u o io a m Pedro: “Tu o Jon víc foi va nadgação do Mons. vi que ço nta ergu issaepre s amas?”. Jesus est a eus amigme coom o falou no us faz oupviedum o em d é qu n N pe é u a At g r. u and us. a qu in Jes Q ali n m ia . M s fu . to ido, plo víceioo coração dequPed ia eouqu rei de dizD xem momen s, peaJes gação ele o esua e ro só estava fer pre cairá-lno,o qu ndEm re a r d ro. o e io ã Ped d iu a n m am u a co m de g ri do ra i e do a cita ló s ixa fo p g de e hav rçiaa pre, ava despe onra a fo e ele jamais seomJes na vida e rtando. Chorei muito, araãohde mopri Pedro deagqu , praç useest use, coopró oteco ora me dê Amgor nddoian Dequ m voltar a nce e e m e nve d i e co us e a De s u ia a ç n q d ra e e to o p s a era s o a lear, mas de ração nuerncaté hoje. “Vimum s sair da boca deste deeste asard ardia no co suação Tudad fum r,ver dea ora osa, m a de o na d r e h a ri qu n de a lt o re s e o a m ma ces S v rt : u não a e ia e qu b iz m li m us, a Jes i, v um novo amor ipo e a luz também eu d a sos tentade e ado soaastod e mam rd mreu pa ilhha no seu coração” Teve um pespar e infl m p e te a , d en v s a alm s a it luz tot e a m d fui õ um le re b tin c pro s dmã am não a e os, osNo or em aju sso Sesnh r muitde nhosua te temunse e Já porasesevii paoforça d il o. gad as Abib. Jon m or u tudPre nh h te u querido pai, Mo valcante o CaPa aba/SP quedoesme ro riga Casstr erco d pra ulo ly -CioE – Soroc Pa ar.miEsm.peOb e u . zacín S o Ma fum ç a ri ra rtaletro Ma

m forte ab “cadeias”. U Mande seu testemunho:

O testemunho selecionado será publicado na próxima edição.

Fo

Email: revista@cancaonova.com Carta: Fundação João Paulo II Clube da Evangelização - Revista Canção Nova AV: João Paulo II, S/N CEP: 12630-000 Cachoeira Paulista-SP Caixa Postal 57

Vencendo desafios

Trabalho na obra do Santuário do Pai das Misericórdias há 5 meses, o que para mim é algo gratificante. Aprendo muito com os diversos desafios que vivo todos os dias nesta obra, onde Deus tem agido a cada momento. Agradeço a todos que ajudam nesta construção e reafirmo que é muito importante cada doação realizada. José Rodrigues - Operário Você que visita a Canção Nova, em Cachoeira Paulista, pode compartilhar seu testemunho de vida conosco e contribuir em nosso ponto de doação, Doação em Ouro um lugar especial para acolher você! Envie sua doação com o seu testemunho para nossas casas de missão ou via SEDEX para o endereço: Fundação João Paulo II - CX Postal 57 CEP:12630-000 - Cachoeira Paulista-SP. Doação em Ouro Envie sua doação com o seu testemunho para nossas frentes de missão ou via SEDEX para o endereço: Fundação João Paulo II CX Postal 57 - CEP:12630-000 - Cachoeira Paulista-SP.

Doação Conta Bancária Doação Conta Bancária Banco Bradesco Banco BradescoAg. Ag.3373-1 3373-1––C/C C/C4200-5 4200-5 emem nome dada Fundação nome FundaçãoJoão JoãoPaulo PauloIIII


palavra do fundador

Deus quis precisar das mulheres Um dos maiores dons que Deus concedeu à humanidade foi a capacidade de geração da vida humana. Deus nos fez participantes diretos no lindo processo de trazer ao mundo uma pessoa. E para que essa graça acontecesse, Deus mesmo quis precisar da mulher como uma integrante essencial desse processo vital do ser humano. Desde a criação do mundo, as mulheres fazem parte desse processo de geração dos homens e mulheres que Deus mesmo escolheu que viessem a nascer. Assim são inúmeros os argumentos que podemos apresentar para validar a importância da mulher. Aqui me ative ao valor da geração da vida, mas poderia construir uma lista gigantesca de dons manifestados ao mundo por meio das mulheres. Ainda destaco que essa fecundidade da mulher não se restringe ao útero, pois são inúmeros os filhos gerados também no coração. Elas são parte integrante do projeto de salvação do Senhor. Assim precisam confiar em Deus porque, hoje, existe uma verdadeira guerra velada, uma conspiração contra elas, um grande esforço para desfigurar sua feminilidade. Deus quer que você, mulher, cuide-se muito bem, porque Ele quer precisar de você como precisou da Virgem Maria. Você não pode dar “bobeira”, não pode “cair na cantadinha” do mundo. Deus precisa de você! Seus filhos, seu marido, sua família e toda a sociedade precisam de você. Fixe o seu coração em Deus, ponha a sua meta em Jesus. Você é muito mais do que o sal, a luz e o fermento, dos quais falou Jesus. Por isso, não perca a sua qualidade de “sal”, “fermento” e, principalmente, de “luz” para este mundo. Gostaria que a partir da Virgem Maria e das inúmeras mulheres da Bíblia, que foram instrumento de salvação pra tantos, prestar essa simples e forte homenagem a todas as mulheres do mundo. Quero reconhecer a sua dignidade de mulher a partir da santidade da Virgem Maria. Que essa palavra se cumpra: “Bendita és entre as mulheres”, que Nossa Senhora esteja como um modelo de vida para todas as mulheres e que elas possam com a própria vida bendizer a Mãe de Deus.

Reconheço com alegria que um grande número dos nossos sócios evangelizadores é do sexo feminino. Sem em nada desvalorizar os homens que são nossos sócios, gostaria muito de pedir licença para aqui deixar o meu agradecimento especial a todas as sócias e companheiras de evangelização. A todas vocês, meu muito obrigado e que vocês tenham consciência de que a sensibilidade e inteligência de vocês têm sido usadas por Deus para ser canal de sustento para toda essa nossa obra. Muito obrigado, porque você assumiu conosco essa missão. Quero terminar deixando para todas vocês a minha gratidão e minha benção. março Deus as abençoe!

08

Monsenhor Jonas Abib Fundador da Comunidade Canção Nova www.twitter.com/padrejonasabib www.padrejonas.com

Revista Canção Nova Março 2012

05


palavra da Igreja

O glorioso São Jose A Tradição Católica consagra o mês de março ao Glorioso São José, esposo de Nossa Senhora e pai de Jesus, segundo a Lei. São José é chamado de patriarca. No Antigo Testamento, o patriarca era considerado um amigo de Deus, mas um amigo muito íntimo, pois Deus revelava seus desígnios ao patriarca até mesmo em sonhos. Foi durante um sonho que São José recebeu a revelação de Deus sobre a origem divina da gravidez de sua noiva. Foi durante um sonho que São José recebeu a ordem divina de fugir com sua família para o Egito, pois Herodes procurava o Menino para matá-lo. Foi ainda em um sonho que ele recebeu a ordem de voltar para sua pátria, pois Herodes já havia morrido. São José recebeu de Deus, através do anjo, a ordem para dar nome ao filho de sua esposa, Maria. Na Sagrada Escritura, “dar nome” significa tornar-se pai ainda que biologicamente não o seja. Ao tornar-se pai de Jesus, segundo a Lei, José, que era da descendência de Davi, inseriu o Menino Jesus na mesma descendência, a fim de que se cumprisse a Escritura, segundo a qual, o Messias deveria pertencer à descendência de Davi. Os Evangelhos não registram nenhuma palavra de São José. Registram apenas o seu silêncio. Não se trata de um silêncio qualquer. Trata-se do silêncio de alguém que está sempre atento para ouvir a Palavra de Deus e obedecê-la. Atento para descobrir o desígnio de Deus sobre a própria vida. O silêncio de São José é o silêncio do homem de vida interior, que se curva diante do mistério de Deus. São José é muito querido em toda a Igreja. É invocado como protetor dos trabalhadores, pois ele mesmo foi um operário que manteve, com seu trabalho, a sua família na existência. É invocado como Patrono da Igreja Universal. E com muita razão. A Igreja é a comunidade reunida em torno de Jesus. E a primeira comunidade que se reuniu em torno de Jesus foi a família de Nazaré da qual São José era o chefe. Que, neste mês de março, São José interceda, junto de Deus, por todos os trabalhadores, pelas nossas famílias e pela Igreja presente no mundo inteiro!

06

Revista Canção Nova Março 2012

DOM BENEDITO BENI DOS SANTOS Bispo da diocese de Lorena-SP


palavra em destaque

Quem tem Deus nada teme Neste mês, a equipe da revista pediu-me para escrever sobre o tema do DVD, CD e do acampamento de Oração: “Livrai-nos do Mal”. Meditando sobre isso, veio ao meu coração a importância da nossa confiança absoluta em Deus, que rege todas as coisas para o nosso bem e que está sempre a nosso favor, como aprendemos com os exemplos dos santos. Mons. Brandão diz: “Nosso Senhor nos manda olhar os passarinhos: Olhai os pássaros do céu: não semeiam, nem colhem, nem guardam em celeiros, no entanto, o vosso Pai celeste as alimenta” (Mt 6, 26). Ei-los tão mimosos, a voar descuidados, pela amplidão, a cantar, sempre felizes, glorificando o nome do Senhor. Vem a tempestade e derruba-lhes os ninhos. Eles constroem novas moradas em outros galhos e cantam sempre quando a madrugada desperta. A mão de um perverso rouba-lhes os filhotes. No dia seguinte, ao romper da aurora, cantam de novo, esquecidos da mágoa que os fez piar na véspera, saudosos, de galho em galho à procura dos filhotes. O frio chega, migram para distantes regiões da terra. E cantam no exílio também. Nossos irmãos, os passarinhos, são mestres de abandono e confiança na Divina Providência. Por isso Jesus dizia: “Olhai os passarinhos”. A serva de Deus Madre Tereza dos Anjos, carmelita, que várias vezes foi exilada por perseguições religiosas e conheceu duras provações com sua comunidade, errante e perseguida pela Bélgica, Suíça e França, disse uma vez: “Recebi do céu uma lição, e uma lição que me fez bem. Expulsei de minha cela uma andorinha, que lá fizera o seu ninho, e a este também destruí. Pois ela voltou, cantou alegremente e desapareceu, voando pelo céu azul. Jesus destruiu todos os ninhos que procurei construir. Tirou-me todos os apoios humanos. E que farei? Cantarei seus louvores. É minha missão

cantar. A Providência nutre os passarinhos! Que eu nunca me queixe de Vossa Providência e saiba cantar nas provações”. Ao passar os dias, sou mais ciente que a melhor garantia para vivermos o “livrainos do mal” é a nossa entrega a Deus; n’Ele tudo esperar com uma confiança absoluta, como nos fala Sto. Agostinho: “O Senhor que arrancou vosso pecado e perdoou vossas faltas está disposto a vos proteger e a vos guardar contra os ardis do Diabo que vos combate, a fim de que o inimigo, que costuma engendrar a falta, não vos surpreenda. Quem se entrega a Deus, não teme o Demônio. “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”(Rm 8, 31). Aprendamos com os passarinhos a depender em tudo dos cuidados de Deus.

Luzia Santiago Cofundadora da Comunidade Canção Nova www.twitter.com/luziasantiago www.luziasantiago.com

Revista Canção Nova Março 2012

07


administração e vida

Como

São José!

Um dos modelos para minha vida é a pessoa de São José, homem justo e cheio do temor do Senhor, pois o temor a Deus nos ensina que a vida tem profundo sentido para o homem que crê. Mas e para o incrédulo? Não há paz para o homem mau. Sem fé, não há possibilidade de encontrar sentido na vida humana. A fé é a vitória do otimismo, porque é a vitória do amor; fé é lance total, é arriscar tudo na cartada do amor. Quando na fé dizemos que o nosso destino é o céu, temos que desde agora procurar viver o céu, começando por acabar com as trevas que estão dentro de nós. Isto exige um duplo serviço: pela fé não mais pecar e pela graça vencer em tudo através do amor; abrirse para Deus, entregando-se com toda confiança em suas mãos. É assim que a vida vai se tornando mais iluminada, mais segura, mais repleta de sentido e valores; ao passo que para o incrédulo sempre mais aumentam as trevas, inseguranças, desespero. O homem não consegue se realizar senão abrindo para valores pessoais. Ateísmo é egoísmo congelado, incapacidade de amar e confiar se perde em substância, em sentido e alegria. Pela fé, o homem se abre todo para Deus como fez São José. Por meio deste confiar amoroso, ele vai participando sempre mais da vida divina e, pela graça de Deus, vai sendo arrancada de sua alma a insegurança e limitações próprias. Sem fé o homem fecha a si o acesso a essa fonte de vida e segurança, sempre mais se tranca no calabouço estreito e es-

curo do próprio egocentrismo; desgosto, angústia e desespero serão as consequências e o resultado natural da sua reclusão livremente escolhida. Como São José, o patrono da Família de Nazaré, que nas trevas da noite soube ouvir a voz de Deus, muitos de nós encontramos o sentido da nossa vida e o desejo sincero de fazer a vontade divina ao nos ser anunciado o Evangelho. Saímos da escuridão para a luz de Deus. Este mês faço a prestação de contas da Fundação João Paulo II, e a realizo com toda gratidão, pois é o seu dinheiro que administro para Deus e é com ele que fazemos toda a expansão da Canção Nova. Deus lhe pague por seu gesto com carinho e muito amor. Só me resta dizer a todos: Deus lhes dê em dobro paz, alegria e saúde. Seu irmão que tanto os ama. Wellington Silva Jardim Cofundador da Comunidade Canção Nova e administrador www.twitter.com/etocn blog.cancaonova.com/eto

prestação de contas 2011 CAMPANHA 2011 Valor da Campanha Valor alcançado Valor que faltou/Excedeu Boleto Débito Automático Depósito Total Clube da Evangelização DAVI OUTROS Percentual Alcançado Percentual que faltou

08

Revista Canção Nova Março 2012

JANEIRO 16.518.209,61 14.969.795,79 -1.548.413,82 3.424.893,14 4.503.047,30 783.943,67 8.711.884,11 5.528.936,58 728.975,10 91% -9%

FEVEREIRO 17.572.942,42 14.604.396,43 -2.968.545,99 3.795.327,87 4.498.649,63 883.850,27 9.177.827,77 4.952.060,20 474.508,46 83% -17%

MARÇO 17.198.557,53 14.256.425,46 -2.942.132,07 3.539.281,54 4.967.643,03 866.032,76 9.372.957,33 4.145.024,09 738.444,04 83% -17%

ABRIL 17.551.915,82 13.279.061,70 -4.272.854,12 3.195.402,03 4.452.795,92 696.689,54 8.344.887,49 4.456.120,13 478.054,08 76% -24%

MAIO 16.952.040,60 16.230.186,84 -721.853,76 4.255.130,98 4.930.646,34 843.190,23 10.028.967,55 5.395.383,59 805.835,70 96% -4%

JUNHO 16.832.620,31 14.593.746,94 -2.238.873,37 3.378.031,43 4.520.923,01 756.008,58 8.654.963,02 4.828.576,10 1.110.207,82 87% -13%

JULHO 17.386.007,52 14.947.889,97 -2.438.117,55 3.389.430,03 4.702.479,63 763.378,03 8.855.287,69 4.739.005,15 1.353.597,13 86% -14%

AGOSTO 18.182.144,23 15.511.039,18 -2.671.105,05 3.656.828,49 5.006.498,99 826.775,30 9.490.102,78 4.764.811,46 1.256.124,94 85% -15%

SETEMBRO 18.121.482,96 14.495.170,14 -3.626.312,82 3.167.419,90 4.642.345,92 736.881,60 8.546.647,42 4.915.181,55 1.033.341,17 80% -20%

OUTUBRO 18.675.785,39 14.644.139,41 -4.031.645,98 2.926.644,13 4.796.674,09 856.205,34 8.579.523,56 4.941.757,37 1.122.858,48 78% -22%

NOVEMBRO 19.106.810,00 17.158.876,43 -1.947.933,57 3.417.489,66 4.837.365,07 879.362,24 9.134.216,97 6.608.026,89 1.416.632,57 90% -10%

DEZEMBRO 19.357.386,16 18.558.942,42 -798.443,74 4.338.398,80 4.857.771,16 1.181.749,47 10.377.919,43 6.717.757,15 1.463.265,84 96% -4%


matéria especial

Quaresma Tempo privilegiado de conversão

10

Revista Canção Nova Março 2012

“Agora, diz o Senhor, voltai para mim com todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos; rasgai o coração e não as vestes; e voltai para o Senhor, vosso Deus; ele é benigno e compassivo, paciente e cheio de misericórdia, inclinado a perdoar o castigo”. (Cf. Joel 12, 12-13) A Quaresma foi inspirada numa grande catequese que a Igreja primitiva fazia, que durava quarenta dias, quando os pagãos (catecúmenos) se preparavam para receber o Batismo no Sábado Santo, dentro da Solenidade da Vigília Pascal. Acompanhavam também os irmãos que tinham cometido pecados graves para retornarem à fé. Esse tempo era marcado pela penitência, oração, jejum e escuta da Palavra de Deus, eles eram os “penitentes”, que renovavam a fé e


recebiam o Batismo ou eram reintegrados à comunidade no Sábado Santo. Na quarta-feira de cinzas, iniciamos o Tempo mais rico e profundo da Liturgia, na verdade este Tempo que abrange a Quaresma, Semana Santa e Páscoa até Pentecostes é um grande retiro, centro do Mistério de Cristo e da nossa fé e salvação. Tempo privilegiado de conversão e combate espiritual, de jejum medicinal e caritativo. A Quaresma ainda é, sobretudo, tempo de escuta da Palavra de Deus, de uma catequese mais profunda que recorda aos cristãos os grandes temas batismais, em preparação para a Páscoa. Toda a nossa vida se torna um sacrifício espiritual que apresentamos continuamente ao Pai, em união com o sacrifício de Jesus sofredor e pobre, a fim de que, por ele, com ele e nele, seja o Pai em tudo louvado e glorificado. Por isso, a Quaresma é um caminho bíblico, pastoral, litúrgico e existencial para cada crente pessoalmente e para a comunidade cristã em geral, que começa com as cinzas e conclui com a noite da luz, a noite do fogo e da luz: a noite santa da Páscoa da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os Exercícios Quaresmais de conversão: Vamos refletir sobre os rumos de nossa espiritualidade até a Páscoa de nosso Senhor Jesus, ou seja, a Vida Nova que o Senhor tem para nós, os exercícios quaresmais de conversão. A Liturgia da quarta-feira de Cinzas, que abre o Tempo da Quaresma, manda proclamar o Evangelho em que Nosso Senhor fala da esmola, da oração e do jejum, conforme Mateus 6, 1-8. 16-18. Oração: A Oração é a expressão máxima de nossa fé, não posso pensar na oração como algo que partisse somente de mim, mas quando o homem se põe em oração a iniciativa é de Deus que atingiu com a sua graça o coração do homem que responde à

Sua graça. Toda a nossa vida deveria ser uma oração, ou seja, uma comunicação com o divino em nós. Jejum: Jejuar é abster-se de um pouco de comida ou bebida. É estabelecer o correto relacionamento do homem com a natureza criada. A atitude de liberdade e de respeito diante do alimento tornase símbolo de sua liberdade e respeito para com tudo quanto o envolve e o pode escravizar: bens materiais, qualidades, opiniões, ideias, pessoas apegos e assim por diante. Temos mais. Jejuar significa fazer espaço em si. Esmola ou caridade: O que significa a esmola? Dar esmola significa dar de graça, dar sem interesse de receber de volta, dar sem egoísmo, sem pedir recompensa, em atitude de compaixão. Nisto ele imita o próprio Deus no mistério da criação e a Jesus Cristo, no mistério da Redenção. Oremos: Comecemos alegremente o tempo do jejum e lancemo-nos no combate espiritual, guardemos nossa alma do mal e purifiquemos nossa carne. Jejuemos de toda paixão assim como de alimento e que nossas delícias sejam as virtudes do Espírito. E que as praticando com perseverança e amor, possamos todos nós conseguir ver a venerável Paixão de Cristo e, no júbilo espiritual, a Santa Páscoa nascer de novo com Cristo ressuscitado. Amém Uma feliz e santa Quaresma para você e sua família.

A Quaresma é um tempo bíblico, pastoral, litúrgico e existencial

Padre Luizinho Comunidade Canção Nova. Diretor espiritual do Pré-discipulado. http://blog.cancaonova.com/ padreluizinho/

Revista Canção Nova Março 2012

11


em

maio 2012

Saídas a partir do dia 15 de maio

Encontro Internacional de Pentecostes na Terra Santa Presença: Cardeais Dom Cláudio Hummes e Dom Geraldo Magela, Pe. Fábio de Melo, Pe. Reginaldo Manzotti Pe. Fabrício Andrade, Pe. Aluísio, Prado Flores, Mateo Calisi e Michele Moran do ICRS, Irmã Maria Eunice, Dunga e membros da comunidade Canção Nova

Roteiro especial com vários opcionais. (Itália, Egito, França, Portugal)

s se Quanto ante r ma progra s mais chance . ar aj vi terá de

s:

Informaçõe

oes

peregrinac

onova.com/

blog.canca

Informações:

blog.cancaonova.com/peregrinacoes

s com Deus! s... Encontro en ag vi e qu Mais

* Preço acessível e pagamento facilitado * Incluso café da manhã almoço e jantar * Taxa de embarque * Translado

LANÇAMENTOS

Livro Quem é Jesus? Pe. Rufus Pereira

Livro Livro Aspirai aos Dons Espirituais Fortes na Tribulação Mons. Jonas Abib Pe. Fabrício Andrade

Livro Dons de Fé e Milagres Márcio Mendes Produtos Canção Nova,

Presentes que Transformam Vidas!


+ vida

Dicas de alimentação para

diabetes a canela também. Mas basta colocar todos os dias um pouco de canela em cima de uma fruta como está na receita abaixo. O importante é que haja disciplina e se usem esses alimentos com regularidade para que possa obter bons resultados. Outra grande aliada é a batata yacon, também conhecida como a batata do diabético. Riquíssima em uma fibra chamada inulina, ela retarda o esvaziamento gástrico fazendo com que o alimento demore mais tempo para virar glicose no sangue. A batata yacon tem aspecto de uma batata doce, mas é para ser comida crua e tem a textura de uma pêra. Você deve comer em torno de 100 gramas antes do almoço e do jantar. Pode ser ralada no meio da salada, mas também pode ser tomada na forma de suco, antes das refeições. Mas lembre-se de fazer isso apenas no momento em que for comer, pois ela escurece rapidamente em contato com o oxigênio. Tem uma receita no livro Escolhas e Impactos: Gastronomia Funcional (Ed. Loyola) de minha autoria e do Chef Renato Caleffi de Batata Yacon Sauté. A palavra sauté vem do francês e na culinária significa “saltar” que é colocar a comida numa panela muito quente, com um pouco de azeite e sacudi-la durante todo o processo de cozimento. Assim pode-se cozinhar rapidamente em fogo alto, sem queimar a comida.

Banana ao forno com canela Amasse uma banana e leve ao forno até aquecer. Espalhe por cima sementes de girassol e canela. Excelente lanchinho para noite.

foto ilustrativa

+ dicas

Antes de mais nada, uma pergunta básica: você sabe qual é sua glicemia, isto é, a quantidade de açúcar (glicose) que circula pelo seu sangue em jejum? Estou fazendo esta pergunta, pois as estatísticas mostram que 50% das pessoas não sabem que são portadoras de diabetes. Vão descobrir depois de 10 anos, quando os sinais secundários começam a aparecer, sendo um dos mais comuns os problemas renais, que muitas vezes se tornam irreversíveis depois de tantos anos de sobrecarga. Por isso, a importância de exames de sangue regulares e, sempre que possível, participe das campanhas que o Ministério da Saúde realiza em varias épocas do ano. Quando descoberta a tempo e controlada, o portador de diabetes pode levar uma vida normal e saudável, mas tem que observar alguns detalhes importantes na alimentação. Como não tenho muito espaço, vou me concentrar em dois alimentos que considero muito interessantes: a canela e a batata yacon. A canela tem se mostrado uma grande aliada para baixar os níveis de açúcar no sangue (glicemia). Os estudos mostram resultados positivos a partir de um grama por dia. E sabe quanto é um grama de canela? O que cabe na tampinha daquela famosa caneta esferográfica do tempo da vovó! Essa tampinha cheia de sal, por exemplo, equivale a um grama de sal. Você pode usar essa referência para

Dra. Gisela Savioli Nutricionista clínica, escritora blog.cancaonova.com/maissaude twitter.com/giselasavioli www.giselasavioli.com.br

Revista Canção Nova Março 2012

13


educando

Sobre pessoas, animais e

sentimentos Recentemente, a grande mídia fez várias reportagens sobre espancamento de cachorros. Em um deles, uma mulher afirmou que não aguentava mais os latidos irritantes da filhotinha e, por isso, “batia mesmo”. Bateu até matar. Em outro, um homem cansado de ter que tratar do cão resolveu enterrá-lo vivo, depois de espancá-lo. Disse que descarregava suas energias batendo no cão. Em outra reportagem, um homem amarrou o cachorro em sua camionete, arrastando-o até deixar o pobre animal em carne viva. E o abandonou na rua para que a morte o levasse. Essas histórias acontecem com mais frequência do que a mídia noticia. Fora os rituais macabros que sacrificam animais e até pessoas. Mas vamos ficar apenas nessas histórias. Por que essas pessoas quiseram ter um cão? Por que não deram para alguém em vez de espancar os animais? Por que enterrar vivo um cachorro? O motorista da camionete disse que não viu o cachorro amarrado e, quando percebeu, já sabia que ele iria morrer. Alguém acolheu o cachorro e tratou dele. Apesar das sequelas, o cachorro não morreu. Alguém desenterrou o outro cão depois de receber denúncias de maus tratos e de procurá-lo por toda parte. Vendo a terra remexida, o benfeitor socorreu a cadelinha. Nessas histórias de horror, apenas um filhotinho morreu. Os outros foram acolhidos em algum lar. A dualidade desses fatos nos deixa algum ensinamento. De um lado, os agressores; de outro, os acolhedores. Enquanto alguns demons14

Revista Canção Nova Março 2012

traram ausência de bons sentimentos, outros se agigantaram para cuidar de uma criatura de Deus. Isso mesmo. Os animais são criaturas de Deus. Descarregar a raiva em um animal significa compreender pouco da relação do homem com a natureza. A insensibilidade com os animais se transforma na insensibilidade com as pessoas. Quem agride um animal é um potencial agressor de uma pessoa. E a sensibilidade caminha na mesma direção. Pessoas carinhosas, respeitosas são assim com animais e com pessoas. Não se descarrega energia raivosa em ninguém. Trabalha-se. Busca-se um equilíbrio interior. Não nascemos para espancar nem para agredir nem para matar. Nascemos para a boa convivência, para os bons sentimentos, para o amor. Eu tenho dois cachorros. Um labrador, que ganhei de um amigo e uma vira-lata que adotei. Quando chego em casa, os olhares de amizade desinteressada, de afeto incondicional me fazem muito bem. Quantas vezes vi minha mãe com dor e os cachorros ao seu lado, fazendo companhia. Passando sentimentos. Já vi moradores de rua cuidando de cachorros e querendo continuar a viver pelo vínculo com eles estabelecido. Já vi crianças com deficiência aprendendo a sorrir com seus animaizinhos. Fazemos parte de uma mesma natureza. E é preciso respeitar a nossa casa com as outras criaturas que a habitam. Com sensibilidade. Já nos ensinava Guimarães Rosa: “Se todo animal inspira ternura, o que houve, então, com os homens?”

Gabriel Chalita Professor e escritor twitter.com/gabriel_chalita


ação jovem

Faça valer à pena!

dicas

Meu Deus, um trimestre, praticamente, se foi e os planos e projetos que fizemos podem até agora não ter saído do papel. E aquela famosa frase: “Este ano vai ser diferente” pode ter se tornado, mais uma vez, um clichê de nossas vontades! Calma, calma, nada de desespero e desânimo, como diz o Chapolim Colorado: “Não criemos pânico”. Acredito que um bom projeto de vida precisa constantemente de “análises” e um novo gás. É hora de pararmos e fazer valer à pena. Desafio você a fazer valer à pena cada ação, cada gesto, cada vontade de ser feliz. Recordo aqui a mensagem que o Papa Bento nos enviou no primeiro dia deste ano: “De forma particular, convido os jovens, que conservam viva a tensão pelos ideais, a procurarem com paciência e tenacidade a justiça e a paz e a cultivar o gosto pelo que é justo e verdadeiro, mesmo quando isso lhes possa exigir sacrifícios e obrigue a caminhar contra a corrente. Não são as ideologias que salvam o mundo, mas unicamente o voltar-se para o Deus vivo, que é o nosso criador, o garante da nossa liberdade, o garante do que é deveras bom e verdadeiro (…), o voltar-se sem reservas para Deus, que é a medida do que é justo

livro Quando a família Reza Ricardo, Eliana Sá e Du Este livro busca ajudar cada família a descobrir a melhor pedagogia para se adequar ao plano de Deus e ser, como Ele sempre quis, um lugar de amor.

CD Amor é decisão Ricardo Sá O CD Amor é Decisão de Ricardo Sá lançado pela Canção Nova, reúne quatorze faixas inéditas inspiradas no amor entre os casais, reflexo do grande amor de Deus.

e, ao mesmo tempo, é o amor eterno. E que mais nos poderia salvar senão o amor?” Não corremos atrás de uma ideologia, mas sim atrás de uma pessoa que a todo instante nos pede: “Faça valer à pena”. Busque o verdadeiro amor em cada coisa que faz, em cada pessoa que encontra. Só este amor pode nos salvar. Não tenha receio de começar de novo, de tentar mais uma vez, de dar o primeiro passo, de fazer aquela ligação, de pedir aquele perdão. É tempo de fazer valer à pena! E como diz uma música: “São as águas de março fechando o verão É a promessa de vida no teu coração”. É tempo de fazer valer à pena as promessas que Deus fez ao seu coração e a maior delas é: “No mundo havereis de ter tribulações, mas, coragem, eu venci o mundo”. Não tenha receio, Ele garante a sua vitória, Ele venceu o “mundo de problemas” o mundo de frustrações, o mundo de decepções. Com a certeza da vitória, de nossa parte cabe apenas fazer valer à pena. E pra encerrar nossa conversa, vai mais uma do grande amigo dos jovens, Bento XVI: “Cientes das vossas potencialidades, nunca vos fecheis em vós próprios, mas trabalhai por um futuro mais luminoso para todos. Nunca vos sintais sozinhos! A Igreja confia em vós, acompanha-vos, encoraja-vos e deseja oferecer-vos o que tem de mais precioso: a possibilidade de levantar os olhos para Deus, de encontrar Jesus Cristo”.

adriano gonçalves Comunidade Canção Nova twitter.com/adriano_rvj

Revista Canção Nova Março 2012

15


A Bíblia foi escrita para você

Oração de resposta Oremos: Ó Deus, fonte de toda misericórdia e de toda bondade, vós nos indicastes o jejum, a esmola e a oração como remédio contra o pecado. Acolhei esta confissão da nossa fraqueza para que, humilhados pela consciência de nossas faltas, sejamos confortados pela vossa misericórdia. Amém

sugestão

março 2012

liturgia

Procure se informar dos horários de confissão na sua paróquia e experimente esse sacramento de reconciliação. A boa vivência da espiritualidade da quaresma exige de nós recolhimento e conversão. Que a Palavra de Deus encontre a abertura de sua alma para realizar essa obra.

16

Primeiro Estudo Bíblico Este é o nosso primeiro Estudo Bíblico, onde vamos ouvir Deus a partir da Palavra, de uma forma pessoal e direta, porém sem nunca estarmos fora da comunhão com a Igreja e com aquilo que ela está neste tempo celebrando. Escolhi o evangelho do terceiro domingo da quaresma (11/03/2012). Você precisa de recolhimento e oração nessa preparação para acolher a Palavra. Leia com atenção o texto: Jo 2,13-25. Lembre-se de que daremos cinco passos: promessas de Deus, ordens de Deus, mensagem para mim, como vivenciar esta mensagem e a oração. Jesus está diante de um momento de tensão, pois o seu cuidado com o Templo não tolerava os exageros que os cambistas estavam fazendo na porta da Casa de Deus. O Templo era a instituição mais importante para eles como povo. Ele diz; “Destruí vós este templo e em três dias eu o reerguerei”, faz essa promessa com referência ao seu próprio corpo, realidade que só será compreendida depois da Ressurreição. A ordem que Ele deu aos cambistas, agora dá a nós: “Tirai daqui essas coisas. Não façais da casa de meu Pai um mercado”, precisamos fazer uma limpeza geral no nosso coração, pois afinal nós também somos templos de Deus. Muitas vezes transformamos

nosso corpo num verdadeiro mercado, onde buscamos trocar dores pelos prazeres, sacrifícios por facilidades. Você é livre para colher de Deus qual é a mensagem que Ele está dizendo para você, por isso retome o texto e colha diretamente de Deus. Para mim, sinto Deus me convidando a pôr ordem no meu interior, retirar os exageros e optar pela sobriedade nos sentimentos e reações. Agora precisamos encontrar um meio de aplicar essa mensagem em nossa vida. Quanto à mensagem de Deus para mim, vejo que a forma de vivê-la será numa confissão bem feita, que já vai me deixar preparado para experimentar toda espiritualidade deste tempo quaresmal. E você, como vai colocá-la em prática? Para finalizar esse estudo, convido-o a transformar isso em uma oração de resposta a tudo que Deus falou com você. Deus te abençoe!

Pe. Fabrício Andrade Comunidade Canção Nova Twitter: pefabriciocn Facebook: Fabricio Andrade blog.cancaonova.com/padrefabricio

QUINTA 01 k Est 4, 17 k Sl 137 k Mt 7, 7-12

QUINTA 08 k Jr 17, 5-10 k Sl 1 k Lc 16, 19-31

QUINTA 15 k Jr 7, 23-28 k Sl 94 k Lc 11, 14-23

QUINTA 22 k Ex 32, 7-14 k Sl 105 k Jo 5, 31-47

QUINTA 29 k Gn 17, 3-9 k Sl 104 k Jo 8, 51-59

SEXTA 02 k Ez 18, 21-28 k Sl 129 k Mt 5, 20-26

SEXTA 09 k Gn 37, 3-4. 12-13a. 17b-28 k Sl 104 k Mt 21, 33-43. 45-46

SEXTA 16 k Os 14, 2-10 k Sl 80 k Mc 12, 28b-34

SEXTA 23 k Sb 2, 1a. 12-22 k Sl 33 k Jo 7, 1-2. 10. 25-30

SEXTA 30 k Jr 20, 10-13 k Sl 17 k Jo 10, 31-42

SÁBADO 03 k Dt 26, 16-19 k Sl 118 k Mt 5, 43-48

SÁBADO 10 k Mq 7, 14-15. 18-20 k Sl 102 k Lc 15, 1-3. 11-32

SÁBADO 17 k Os 6, 1-6 k Sl 50 k Lc 18, 9-14

SÁBADO 24 k Jr 11, 18-20 k Sl 7 k Jo 7, 40-53

SÁBADO 31 k Ez 37, 21-28 k Jr 31, 10-13 k Jo 11, 45-56

DOMINGO 04 k Gn 22, 1-2. 9a. 10-13. 15-18 k Sl 115 k Rm 8, 31b-34 k Mc 9, 2-10

DOMINGO 11 k Ex 20, 1-17 k Sl 18 k 1Cor 1, 22-25 k Jo 2, 13-25

DOMINGO 18 k 2Cr 36, 14-16. 19-23 k Sl 136 k Ef 2, 4-10 k Jo 3, 14-21

DOMINGO 25 k Jr 31, 31-34 k Sl 50 k Hb 5, 7-9 k Jo 12, 20-33

SEGUNDA 05 k Dn 9, 4b-10 k Sl 78 k Lc 6, 36-38

SEGUNDA 12 k 2Rs 5, 1-15a k Sl 41 k Lc 4, 24-30

SEGUNDA 19 k 2Sm 7, 4-5a. 12-16 k Sl 88 k Rm 4, 13. 16-18. 22 k Mt 1, 16. 18-21. 24a ou Lc 2, 41-51a

SEGUNDA 26 k Dn 13, 1-9. 15-17. 19-30. 33-62 k Sl 22 k Jo 8, 1-11

TERÇA 06 k Is 1, 10. 16-20 k Sl 49 k Mt 23, 1-12

TERÇA 13 k Dn 3, 25. 34-43 k Sl 24 k Mt 18, 21-35

TERÇA 20 k Ez 47, 1-9. 12 k Sl 45 k Jo 5, 1-16

TERÇA 27 k Nm 21, 4-9 k Sl 101 k Jo 8, 21-30

QUARTA 07 k Jr 18, 18-20 k Sl 30 k Mt 20, 17-28

QUARTA 14 k Dt 4, 1. 5-9 k Sl 146 k Mt 5, 17-19

QUARTA 21 k Is 49, 8-15 k Sl 144 k Jo 5, 17-30

QUARTA 28 k Dn 3, 14-20. 24. 49a. 91-92. 95 k Cânt.: Dn 3, 52-57 k Jo 8, 31-42 (2)

Revista Canção Nova Março 2012

Datas Especiais 8 - Dia Internacional da Mulher 21 - Dia mundial da infância 22 - Dia Mundial da Água 25 - Nossa Senhora da Anunciação 31 - Dia da Saúde e Nutrição

Dia 24 - Dom.: para a Missa vespertina: Lc 24, 13-35


Série O Catecismo e a Nova Evangelização

formação

Uma nova catequese No Jubileu do ano 2000, o Papa João Paulo II pediu à Igreja uma “Nova Evangelização”, com “novos métodos, novo ardor e nova expressão”, a fim de reavivar a fé do povo católico e também para trazer de voltar para a Igreja aquelas ovelhas desgarradas que as seitas levaram embora porque não conheciam a doutrina católica; foram enganados pelos “falsos pastores” que Jesus avisou que viriam como cordeiros, mas que eram lobos ferozes. (cf. Mt 7,15). Nos últimos decênios, a catequese diminuiu muito; em primeiro lugar, por causa da crise da família, provocada pelo divórcio, pela falta de formação dos pais e outros fatores. A catequese das crianças sempre começou no colo dos pais, mais isso diminuiu muito, e, por outro lado, muitos segmentos da Igreja desviaram a catequese quase exclusivamente para o campo social, deixando as crianças e os jovens à mingua de uma catequese completa sobre os Sacramentos, o Credo, a Moral católica e a vida de piedade e oração. Os jovens já não sabem o que são os sacramentos e os mandamentos, não aprenderam a rezar e não conhecem a Bíblia. O povo, então, foi buscar a fé nas outras comunidades. Portanto, urge que se estabeleça uma “nova catequese” para as crianças e jovens de modo especial. O Papa Bento XVI tem estimulado a Nova Evangelização com uma Nova Catequese. Isso deve acontecer nas paróquias, nos lares, nas escolas,

nos grupos de oração, nas comunidades e onde mais for possível. Precisamos tirar um atraso de pelo menos 30 anos. O Concílio Vaticano II convocou de modo especial os leigos para essa urgente retomada na catequese: “Grassando em nossa época gravíssimos erros que ameaçam inverter profundamente a religião, este Concílio exorta de coração todos os leigos que assumam mais conscientemente suas responsabilidades na defesa dos princípios cristãos” (Apostolicam Actuositatem, 6). E o Documento de Santo Domingo, do IV CELAM, insistiu no mesmo ponto: “Instruir o povo amplamente, com serenidade e objetividade, sobre as características e diferenças das diversas seitas e sobre as respostas às injustas acusações contra a Igreja” (n.141). O Catecismo da Igreja lembra que: “Os períodos de renovação da Igreja são também tempos fortes da catequese. Eis por que, na grande época dos Padres da Igreja, vemos Santos Bispos dedicarem uma parte importante de seu ministério à catequese” (§8). Estamos vivendo “períodos de renovação da Igreja”, então, urge que se dê prioridade à Catequese.

Prof. Felipe Aquino Escritor e apresentador na TV Canção Nova blog.cancaonova.com/felipeaquino

Revista Canção Nova Março 2012

17


UMA LOJA CANÇÃO NOVA SÓ PARA VOCÊ!

Produtos católicos para toda a família. Compre o produto que você deseja sem sair de casa. Com toda segurança, acesso rápido e facilidade de pagamento. São CDs, DVDs, livros, pregações, vestuários, acessórios, e muito mais, para você presentear ou ter em casa. Na loja.cancaonova.com você sempre encontra ações promocionais e vantagens, como frete grátis, kits e brindes. Acesse e evangelize conosco.

Quaresma Quaresma

esma Quaresma Quaresma Quares Livro Livro Tu és o Cristo, o Filho do Onde está Deus? Deus Vivo – Retiro Popular 2012 Pe. Reinaldo Cazumbá Dom Alberto Taveira Corrêa

DVD Coletânea de Pregações É tempo de Voltar para Deus Mons. Jonas Abib – Pe. Fabrício Produtos Canção Nova, Presentes que Transformam Vidas!


a

Programação de Abril KAIRÓS DE RAMOS

FESTA DA MISERICÓRDIA

ACAMPAMENTO SEMANA SANTA

KAIRÓS

Dia 1º de Abril

Dia 15 de Abril

Tema: Eis que faço novas todas as coisas. (Ap. 21,5) De 04 a 08 de Abril

Aprofundamento para Militares Tema: “Combati o bom combate” De 20 a 22 de Abril Aprofundamento para Casais De 27 a 29 de Abril

sma

Dia 29 de Abril

Em breve

vem aí

Congresso mariano

ACAMPAMENTO DE PENTECOSTES

De 4 a 6 de Maio

De 25 a 27 de Maio

Venha peregrinar na Canção Nova com a

Mais informações: (12) 3186 - 2055

Cachoeira Paulista/SP Informações: (12)3186 2600 eventos.cancaonova.com

Acompanhe-nos: /eventoscn


Oração a Nossa Senhora da Anunciação

Todas as gerações vos proclamem bem-aventurada, ó Maria! Crestes na mensagem divina e em vós se cumpriram grandes coisas, como vos fora anunciado. Maria eu vos louvo! Crestes na encarnação do Filho de Deus no vosso seio virginal e vos tornastes Mãe de Deus. Que possamos comunicar com a nossa vida a mensagem de Jesus que é o Caminho, a Verdade e a Vida da humanidade. Amém!

Revista Canção Nova de Março 2012  

A revista Canção Nova é, acima de tudo, um instrumento de evangelização. Ela é um canal eficaz de comunicação da Canção Nova com os seus sóc...