Issuu on Google+

33612

33493

Av. D. João II Buarcos | 3080-601 Figueira da Foz Telefone: 233 421 997/8/9 | Fax: 233 421 067 | www.atlantida-sol.com info@atlantida-sol.com

ESTE CADERNO FAZ PARTE INTEGRANTE DA EDIÇÃO 691 DE 26 SETEMBRO DE 2013 E NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE

Rua Fonte Cabanas-Brenha 3080-438 FIGUEIRA DA FOZ Telef.: 233 917 580 - Telem.: 966 346 277 Fax: 233 917 589 FRVWD¿JXHLUHGR#PDLOWHOHSDFSW

33619

DIRECTORA LINA VINHAL

Rua 1º de Maio nº 4 - 3090-446 Ferreira-a-Nova Telef.: 233 927 000 - Fax: 233 927 009 Tv. da Rua do Viso nº. 2 - Cave Esq. - 3080-175 Fig. da Foz Telf. 233 429 824 - Fax 233 428 460 Apartado 1018 - 3081-501 Figueira da Foz helenos@helenos.com.pt - www.helenos.com.pt

33610

INFRA-ESTRUTURAS E INSTALAÇÕES ELÉCTRICAS, TELEFÓNICAS, ÁGUAS, GÁS E SANEAMENTO COMERCIALIZAÇÃO DE MATERIAIS

250 maiores empresas da Figueira da Foz

Negócios cresceram 38 milhões de euros

33525

PUBLICIDADE


II

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26 QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

No ano de 2012 venderam mais 38 milhĂľes do que em 2011

Volume de negĂłcios ĂŠ de 2,26 mil milhĂľes de euros As 250 maiores empresas do concelho da Figueira da Foz alcançaram, em 2012, um volume de negĂłcios que ascende a 2,265 mil milhĂľes de euros, um acrĂŠscimo de 38 milhĂľes de euros em relação a 2011. A subida do total de negĂłcios continua a demonstrar que a grande base industrial, de comĂŠrcio e serviços continua com solidez, na Figueira da Foz, continuando a resistir Ă  crise portuguesa e europeia durante o ano passado, quer atravĂŠs das exportaçþes, quer dos padrĂľes de qualidade alcançados. A listagem das 250 maiores empresas do concelho da Figueira da Foz (que publicamos nas pĂĄginas IX, X e XI deste caderno) ĂŠ ordenada segundo o volume de negĂłcios e foi elaborada para o “CampeĂŁo das ProvĂ­nciasâ€?

SĂł as empresas ligadas ao sector da celulose ultrapassam mil milhĂľes de euros de vendas

pela credenciada Informa D&B, líder no mercado de dados (tem uma quota de 55 por cento) económicos, ÀQDQFHLURVHGHPDUNHWLQJ e com uma carteira de mais de 12 000 clientes empresariais. Numa anålise comparada quanto ao montante WRWDOGHYHQGDVYHULÀFDVH que esse valor foi de 2,227 mil milhþes em 2011 (1,902 mil milhþes de euros em 2010) e ainda subiu para 2,265 mil milhþes no ano

passado, o que traduz um resultado positivo no desempenho empresarial. Na liderança das empresas do concelho da Figueira da Foz continua a Soporcel – Sociedade Portuguesa de Papel, SA, um “giganteâ€? na fabricação de papel e cartĂŁo, que em 2012 totalizou 550,3 milhĂľes de euros, menos 69 milhĂľes que em 2011. Mas o grupo possui, em terceiro lugar, a Soporcel Pulp – Sociedade Portu-

PUBLICIDADE

33272

Distribuíção Gås Propano granel | GPL auto Gasóleo rodoviårio - Aquecimento - Agrícola

Postos de Abastecimento CombustĂ­vel | GPL auto

Morraceira - Gala - Ap. 140 - Bairro da Estação 3081-081 Figueira da Foz Telef.: 233 430 017 | Fax: 233 430 041 geral@gasprocar.pt | www.gasprocar.pt

guesa de Celulose, dedicada à fabricação de pasta de papel, a qual regista 251,1 milhþes de euros de volume de negócios (mais 15 milhþes do que em 2011), a que se junta, ainda, na sexta posição, a Soporgen - Sociedade Portuguesa de Geração de Electricidade e Calor, situada tambÊm no edifício fabril da Soporcel, com um total de vendas de 62,5 milhþes de euros. Na segunda posição das maiores empresas continua consolidada a Celbi – Celulose da Beira Industrial, SA, do grupo Altri e do sector da pasta de papel, que fechou o ano passado com 351,9 milhþes de euros de volume de negócios (mais 15,1 milhþes do que em 2011) resultados que continuam a espelhar o êxito dos investimentos realizados na fåbrica da Leirosa, após a conclusão do projecto de expansão e modernização. Nesta listagem assinala-se, tambÊm, a Altri Florestal (ex-Silvicaima), empresa do mesmo grupo da Celbi que passou a ser o fornecedor maioritårio e adquirindo a restante madeira a fornecedores externos, a qual surge na sÊtima posição, com um volume de negócios de 48,1 milhþes de euros, registando um acrÊscimo de 19,5 milhþes de euros em relação a 2011, quando surgiu na 9.ª posiomR GR UDQNLQJ FRP  milhþes de euros. Na quarta posição continua a Lusiaves, empresa de abate e produção de carnes de aves, sediada na Marinha das Ondas, a qual fechou 2011 com 198,6 milhþes de euros, com um acrÊscimo de assinalåvel de 17,7 milhþes em relação a 2011. Muito sustentåvel, no quinto lugar, Ê, tambÊm, o desempenho da Saint-Go-

bain Mondego, da Fontela, de fabricação de vidro de embalagens, com um volume de negĂłcios total de 93 milhĂľes de euros, facturando mais de 6,6 milhĂľes de euros em relação a 2011. TambĂŠm a Sorefoz, empresa de comĂŠrcio por grosso de electrodomĂŠsticos, aparelhos de rĂĄdio e televisĂŁo, localizada no Parque Industrial, manteve-se nos lugares cimeiros da listagem, surgindo na oitava posição com um volume de negĂłcios de 45,5 milhĂľes de euros, mas com menos 16,1 milhĂľes do que no ano anterior. Um dos destaques ĂŠ a empresa que surge em 9.Âş OXJDU D &RĂ€VD  &RQVHUYDV de Peixe da Figueira, com 34,7 milhĂľes de euros, mais 7,7 milhĂľes de euros do que em 2011 e que lhe permitiu subir mais duas posiçþes. A fechar o “top 10â€? estĂĄ a Canas - Electro-montagens, sediada no PaiĂŁo, que facturou 32,2 milhĂľes de euros, superando em trĂŞs milhĂľes o volume de vendas de 2011. Fora da primeira dezeQD GH HPSUHVDV Ă€FRX HP ž D 3ODVĂ€O VHGLDGD QR Parque Industrial, com um volume de negĂłcios de 28,7 milhĂľes de euros, a qual teve, em relação ao ano anterior, um decrĂŠscimo na facturação de 2,5 milhĂľes, e a MicroplĂĄsticos, com instalaçþes na Cova da Serpe, Quiaios, uma empresa de fabrico e comercialização de plĂĄsticos tĂŠcnicos industriais, que no ano passado teve 27,6 milhĂľes de euros de volume de negĂłcios, sensivelmente igual a 2011. SĂŁo 129 empresas com os milhĂľes

Ainda dentro da casa das duas dezenas de milhĂľes de euros de volume de negĂłcios temos, em

13.º lugar, a United Resins - Produção de Resinas, que facturou 23,1 milhþes de euros, enquanto que na dezena de milhþes de euros estå Portucel/Soporcel Serviços Partilhados (19,6 milhþes), a Nova FigueiraDis – Sociedade de Distribuição (18,7 milhþes), a Sociedade Figueira-Praia, detentora do Casino, que baixou a facturação para 17,7 milhþes de euros, a Ernesto Morgado (16,6 milhþes), de descasque e branqueamento de arroz, do Alqueidão, a Speciality Minerals (13,9 milhþes), de Lavos, a Centro-Cerro - Empresa de Construção Civil e Obras Públicas (13,5 milhþes) e a Gåsprocar – Distribuição de Combustíveis (12,4 milhþes). Com 10,8 milhþes de euros de vendas aos 10,1 milhþes temos a Vidrociclo - Reciclagem e Resíduos, a à guas da Figueira, a Cliper Cerâmica e a Somitel. Entre nove milhþes e um milhão de euros são 105 as empresas constantes na tabela referente ao ano de 2012. Registe-se que existem 129 empresas no concelho da Figueira da Foz a facturarem na casa dos milhþes de euros, com as do grupo Portucel/Soporcel e Celbi/ Altri a ultrapassarem mil milhþes de euros, metade do total de volume de vendas das 250 maiores empresas. A primeira empresa a ter um volume de negócios abaixo de um milhão de euros (995 018) Ê a transportadora Alfredo Farreca Rodrigues, na 130.ª posição GR UDQNLQJ HP  D empresa com semelhante facturação estava no lugar 147), enquanto a empresa que fecha esta listagem (a 250) Ê a Tranquiaios – Transportes, com 428 370 euros de facturação.


26

QUINTA-FEIRA

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ

III

www.campeaoprovincias.pt

Comemoraçþes de 27 a 29 de Setembro

Dia Mundial do Turismo sob o signo da ĂĄgua “Turismo e Ă gua – Protegendo o nosso Futuroâ€? ĂŠ o tema das celebraçþes que irĂŁo decorrer na Figueira da Foz, de amanhĂŁ (dia 27) a domingo (dia 29), com entradas gratuitas em vĂĄrios espaços museolĂłgicos, passeio de bicicleta e de barco, assim como uma feira de artesanato e de produtos tradicionais. A 27 de Setembro assinala-se o Dia Mundial do Turismo e a Câmara Municipal associa-se Ă s comemoraçþes da efemĂŠride, pretendendo alertar para a importância que o turismo

tem, no âmbito económico e como forma de divulgar a cultura de um povo, os seus håbitos quotidianos e a qualidade de vida. O conjunto de actividades dinamizadas tem a Feira de Artesanato e Produtos Tradicionais, que funcionarå durante os três dias (sexta, das 17h00 à meia-noite, såbado e domingo a partir das 10h00), no pavilhão multiusos junto ao Parque das Gaivotas. Durante o certame haverå demonstração gastronómica com Rosa Rodrigues e a Casa do Sal,

actuando, no såbado, à tarde, o grupo de cantares Terra Nostra (GR Vilaverdense) e, à noite, o grupo de dança BWS (ARC do Bom Sucesso). Em exposição e venda vão estar muitos artigos de artesanato, prendas e lembranças, de salsicharia tradicional, licores e de produtos de agricultura biológica. Nas actividades propriamente dedicadas à efemÊride, a Câmara convidou Isabel Simþes, professora e investigadora de história local, para orientar um encontro com alunos de

O rio e o mar, que em tempos se juntavam no Forte de Santa Catarina, sĂŁo um dos atractivos turĂ­sticos

escolas do 1.Âş ciclo do ensino bĂĄsico do concelho, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal, sobre turismo e turistas que visitam a Figueira da Foz. Na sexta-feira e no sĂĄbado haverĂĄ visitas com entradas gratuitas ao Museu Municipal e ao nĂşcleos

museológicos do sal e do mar, assim como à Casa do Paço (sexta-feira, das 10h30 às 12h30 e das 14h30 às 18h00). O passeio de bicicleta à descoberta da cidade partirå, no såbado, pelas 09h30, da praça da Europa, passando pela Marina,

Forte de Santa Catarina, Sweet Hotel, capela de N.ª S.ª da Conceição e Núcleo Museológico do Mar. O passeio de barco serå no såbado, pelas 10h00, no rio Mondego, com inscriçþes (Posto de Turismo) limitadas a 19 participantes.

Para alĂŠm de Agosto hĂĄ o ano todo

Sector hoteleiro e da restauração queixa-se de falta de promoção As entidades privadas ligadas ao sector do turismo, hotelaria e restauração, assim como o comÊrcio, queixam-se de falta de promoção da Figueira da Foz, com a Êpoca balnear quase reduzida a um mês (Agosto) e a terem de sobreviver todo o resto do ano penosamente. As críticas, feitas em conferência de Imprensa promovida pela associação Figueira com Sabor a Mar, destinam-se essencialmente à autarquia e a outras públiFDVHQWLGDGHVTXH´HQÀHPD carapuça�. É que, como foi referido, são as associaçþes,

A gastronomia tem sido uma aposta

como a que reĂşne restaurantes, a do Bairro Novo, entre outras, assim como o Casino Figueira e a hotelaria, que tĂŞm promovido mais iniciativas com o objectivo de divulgar este destino

turĂ­stico em Portugal e no estrangeiro. Neste perĂ­odo eleitoral, os empresĂĄrios consideram que nem tudo ĂŠ permitido dizer, como as palavras de um autarca (o vereador An-

tĂłnio Tavares, na edição de 10 de Setembro do DiĂĄrio As %HLUDV RTXDODĂ€UPRXTXH “quem devia tratar da praia ĂŠ quem recebe as receitasâ€?. A resposta surgiu, da seguinte forma: “A praia da Figueira, considerada a nĂ­vel nacional como a Praia da Claridade, com os seus parques, ruas, jardins e praças, sĂŁo do domĂ­nio pĂşblico, como tal compete Ă  Câmara Municipal, eleita pelos contribuintes, a respectiva manutenção e preservaçãoâ€?. Como referiu Paula Costa, “o turismo nĂŁo gera receita sĂł para a hotelaria e restauração‌ as pessoas

que vĂŞm fazem compras, utilizam serviços, ĂŠ toda uma economia que mexe, e ĂŠ triste e ĂŠ grave que quem tem responsabilidades nĂŁo perceba istoâ€?. MĂĄrio Esteves, presidente da Direcção da associação Figueira com Sabor a Mar, acrescentou: “Exigimos respeito pelo nosso trabalho e pelo enorme esforço que fazemos para cumprir obrigaçþes: impostos e taxas diversas, segurança social, custos de manutenção dos estabelecimentos e, o mais importante, garantir os saOiULRVQRĂ€QDOGRPrVDVVLP como, no caso da restau-

ração, o aumento do IVA para 23 por cento suportado pelos empresĂĄrios e que reverte a favor do Estado e da autarquiaâ€?. O alerta tambĂŠm foi dado, por parte de Jorge SimĂľes, do Hotel Wellington: “JĂĄ ĂŠ do domĂ­nio pĂşblico que o Grupo Accor (Ibis e Mercure), com duas unidades hoteleiras na Figueira da Foz, estĂĄ desejoso de sair e se isso acontecer ĂŠ todo o turismo que perde, porque as cadeias internacionais promovem, e muito, nĂŁo apenas os seus hotĂŠis mas os destinos turĂ­sticos onde estes se situamâ€?.

PUBLICIDADE

Silva TomĂŠ, IrmĂŁos, Lda.

ZÉ-Gà S

FERNANDO AZENHA & FILHOS, LDA Rua da Antena, n.Âş 32 - 3080-756 Loureiros Bom Sucesso - Telef.: 233 920 223

RUA DE BAIXO N.Âş 9 BRENHA - FIGUEIRA DA FOZ PEDIDO DE GĂ S: Telef.: 233 910 993 / 917 512 565 - MATERIAIS DE CONSTRUĂ‡ĂƒO - PRODUTOS PARA A AGRICULTURA - ADUBOS E FARINHAS - POSTO DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTĂ?VEIS

33541

33609

Rua do Azenha, n.Âş 30 (Estrada de Mira) - Tavarede - 3080-845 FIGUEIRA DA FOZ Telefone: 233 109 458 Fax: 233 428 920

33506

Sociedade Comercial de CombustĂ­veis, Lda.

ComÊrcio e Distribuição de Bebidas e outros Produtos Alimentares

Quinta da FĂ´ja - Santana - 3090-480 Figueira da Foz Telef.: 233 930 114 - Fax: 233 930 124

33502

SOCIEDADE AGR�COLA DA QUINTA DE FÔJA, SA


250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26

IV

QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

JoĂŁo Damasceno, presidente da ACIFF

A necessidade do associativismo Ê premente refere João Damasceno, que foi eleito em Fevereiro para a presidência da ACIFF, num mandato atÊ 2015. Engenheiro electrotÊcnico formado na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, na årea do ambiente, e com um MBA em Economia (FEUC), João Damasceno Ê o director-geral da à guas da Figueira, empresa associada da ACIFF. Conforme destaca, a ACIFF data de 1835 e Ê a terceira mais antiga associação empresarial do país (um ano antes foram

JoĂŁo Damasceno defende uma visĂŁo alargada e integrada das actividades econĂłmicas

constituĂ­das as de Lisboa e do Porto), tem cerca de 900 associados e abraça todos os sectores econĂłmicos - indĂşstria, comĂŠrcio e, serviços, incluindo os sectores do turismo e das pescas, entre outros. ´$TXLVHID]DUHĂ H[mR transversal de toda a actividade econĂłmica e, nos dias que correm, a necessidade do associativismo ĂŠ prementeâ€?, refere, acrescentando que depois de consolidados os objectivos da associação ĂŠ muito natural esperar e desejar que todas as actividades econĂłmicas procurem a ACIFF para que todos juntos façam mais e melhorâ€?. “Relativamente Ă s grandes empresas da Figueira da Foz, que sĂŁo das maiores do distrito, ĂŠ importante que congreguemos na ACIFF DVUHĂ H[}HVHVWUDWpJLFDVGR concelho e da regiĂŁo, que tĂŞm a ver com a problemĂĄtica do porto, as acessibilidades, a drenagem, a ligação ao interlande, a abertura do ramal da Pampilhosa e a relação que acabamos por ter com outros organismos nacionaisâ€?, defende. Para JoĂŁo Damasceno, a ACIFF â€œĂŠ o sĂ­tio certo para discutir e defender os interesses dos empresĂĄrios, quando precisam de melhor infraestruturação do concelho, para desenvolverem a

A ACIFF Ê a terceira associação empresarial mais antiga do país

sua actividade econĂłmica, com mais e melhores zonas industriais, melhores acessosâ€?. O dirigente associativo nĂŁo esquece que “hĂĄ outro tipo de empresas e que o tecido econĂłmico ĂŠ feito pelas PME's, na sua esmagadora maioriaâ€?, e, por isso, a ACIFF tem um tipo de apoio especĂ­fico para as pequenas e mĂŠdias empresasâ€?. Sublinha, igualmente, que a ACIFF esteve sempre presente na discussĂŁo do novo quadro comunitĂĄrio de apoio, apoiando os

PUBLICIDADE

empresårios para poderem fazer candidaturas e a associação possui uma incubadora de empresas, onde os empresårio podem tambÊm desenvolver os seus projectos. Sucesso da incubadora

“A incubadora estĂĄ a funcionar, ĂŠ um projecto de sucesso, estĂĄ pago e disponĂ­vel para incubação de empresasâ€?, sublinha, destacando que a ACIFF “vai tentar que a incubadora seja uma mais-valia para a ĂĄrea do ambiente, nas actividades relacionada com o marâ€?. “O estuĂĄrio do rio Mondego ĂŠ um espaço absolutamente privilegiado para diversas actividades econĂłmicas, como o turismo, o sector primĂĄrio, mas tambĂŠm para o sector secundĂĄrioâ€?, refere. “A incubadora, estando tĂŁo perto do estuĂĄrio, pode ajudar todas as actividades relacionadas com o rio e o mar, nĂŁo esquecemos tambĂŠm a questĂŁo dos desportos nĂĄuticos, ĂĄrea em que pode ser interessante aparecerem alguns projectosâ€?, acrescenta. Para JoĂŁo Damasceno,

relativamente ao comĂŠrcio e aos serviços, com a quantidade de postos de trabalho que as empresas destes sectores tĂŞm, “tambĂŠm ĂŠ importante que as pessoas se relacionem cada vez mais com a ACIFF, porque tudo funciona em redeâ€?. “Muitos dos problemas do comĂŠrcio sĂŁo resolvidos atravĂŠs de outras questĂľes, como o problema do estacionamento, dos acessos, das zonas que estĂŁo mortas, olhando de uma forma mais abrangente para os aspectos estruturantes da cidadeâ€?, refere, acrescentando que “o problema do comĂŠrcio estĂĄ ligado com a regeneração urbana, Ă  forma como as pessoas se movimentam e VHĂ€[DPQDFLGDGHjRIHUWD que existe em termos de hotelaria e restauração e vice-versaâ€?. “NĂŁo adianta muito abrir grandes hotĂŠis, de grande qualidade, se depois a envolvente ĂŠ um sĂ­tio degradado, pouco cuidado, com pouca oferta de restauração e comĂŠrcioâ€?, argumenta, sustentando a necessidade de “uma visĂŁo alargada e integrada, em que as estratĂŠgias estejam unidasâ€?.

PUBLICIDADE

33547

Agora tambÊm com prestação de serviços no ramo agrícola

Rua da Luz, n.Âş 6 - Casais de Cima 3090-472 Maiorca - Telef.: 233 930 021 Telem.: 962 443 212 | E-Mail: p.costasag.lda@hotmail.com

33531

O presidente da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz (ACIFF) exprime a sua satisfação por, em 2012, o volume de negĂłcios das 250 maiores empresas do concelho ter aumentado 38 milhĂľes de euros comparativamente com 2011, conforme os dados que apresentamos nesta edição. “Apesar de todas as contingĂŞncias, por demais conhecidas, os nossos associados e o tecido econĂłmico do concelho da Figueira da Foz acabam por ter um balanço positivo em 2012â€?,


26

QUINTA-FEIRA

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEÃO DAS PROVÍNCIAS

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ

V

www.campeaoprovincias.pt

O primeiro semestre de 2013 foi o melhor de sempre

Exposição no Mercado

Porto de mercadorias cresceu 15 por cento 2 SULPHLUR VHPHVWUH GH  SDVVRX D FRQVWLWXLU R PHOKRU VHPHVWUH GH VHPSUH QR TXH FRQFHUQH j TXDQWLGDGH GH PHUFDGRULDV PRYLPHQWDGDVQR3RUWRGD )LJXHLUD GD )R] FKHJDQGR mesmo a ultrapassar a barUHLUDGRPLOKmRGHWRQHODGDV 2WUiIHJRWRWDOIRLGH WRQHODGDVGHPHUFDGRULDVRTXHUHÁHFWHXPFUHVFLPHQWRGHSRUFHQWR PDLVWRQHODGDV  UHODWLYDPHQWH DR SHUtRGR KRPyORJR GR DQR DQWHULRU 2DXPHQWRPDLVVLJQLÀFDWLYR SRUFHQWRYHULÀFRXVH QD FDUJD JHUDO 1HVWH VHJPHQWRIRUDPPRYLPHQWDGDV   WRQHODGDV PDLV WRQHODGDVGRTXH QRPHVPRSHUtRGRGH 7DPEpPQRVJUDQpLVVyOLGRV VHREWHYHXPFUHVFLPHQWRGH  SRU FHQWR FRUUHVSRQGHQWH D XP WUiIHJR GH   WRQHODGDV PDLV  WRQHODGDVGRTXHQR

SHUtRGRKRPyORJRGH $LQGD UHIHULQGR D FDUJD FRQWHQWRUL]DGD QHVWH SHUtRGR IRUDP PRYLPHQWDGDV   WRQHODGDV R TXH RULJLQD XP DXPHQWR GH  SRU FHQWR PDLV  WRQHODGDVGRTXHQR PHVPR SHUtRGR GH  1RTXHGL]UHVSHLWRDQDYLRV UHJLVWDUDPVH  HQWUDGDV R TXH FRUUHVSRQGH D XPD YDULDomR GH  SRU FHQWR UHODWLYDPHQWH DR PHVPR SHUtRGR QR DQR DQWHULRU RXVHMDPDLVTXDWURQDYLRV 2FRPSULPHQWRWRWDOIRLGH   PHWURV FRP XPD YDULDomR UHODWLYDPHQWH DR SHUtRGR KRPyORJR GR DQR DQWHULRUGHSRUFHQWRRX VHMDPDLVPHWURVRTXH LQGLFDXPDXPHQWRGH SRUFHQWRQRFRPSULPHQWR PpGLRGRVQDYLRVUHFHELGRV QR3RUWRGD)LJXHLUDGD)R] A arqueação bruta acumuODGDpGHWRQHODGDV TXHVLJQLÀFDXPDYDULDomRGH

SRUFHQWRUHODWLYDPHQWH DRDQRDQWHULRUXPDYH]TXH RYDORUDFXPXODGRGH GHVWH LQGLFDGRU IRL GH  WRQHODGDV -RVp /XtV &DFKR SUHVLGHQWH GR &RQVHOKR GH $GPLQLVWUDomR GR 3RUWR GD )LJXHLUD GD )R] IDOD QXP FUHVFLPHQWRGHSRUFHQWR QRV ~OWLPRV WUrV DQRV UHIHULQGRVHLJXDOPHQWHDR ´ERPLQGtFLRµSDUDHVWHDQR HVSHUDQGRSRULVVR´FKHJDU DRV GRLV PLOK}HV GH WRQHODGDVµ R TXH D DFRQWHFHU “ultrapassa em muito o que VHHVSHUDYDSDUDRVSUy[LPRV DQRVµ2IXWXURUHIHUH´VHUi GHFUHVFLPHQWRµHVSHUDQGR DQWHFLSDURREMHFWLYRGH PLOK}HV GH WRQHODGDV HP  23RUWRGD)LJXHLUDGD )R] WHP D iUHD GH FRQWHQWRUHVTXHRIHUHFHXPDOLQKD UHJXODUVHPDQDOFRPGHVWLQR DR 1RUWH GD (XURSD H GH carga geral, que regista um PRYLPHQWRGHFHUFDGH WRQHODGDVHPSURGXWRV ÁRUHVWDLV SDVWD GH SDSHO  FLPHQWRYLGURHGHULYDGRV 2 WHUPLQDO GH JUDQpLV

VyOLGRV WHP  PHWURV GH cais e quatro postos de acosWDJHPjUHDFREHUWDGHDUPD]HQDJHPHWHUUDSOHQRVFRP   PHWURV TXDGUDGRV 23RUWRGD)LJXHLUDGD)R] GLVS}H WDPEpP GH XPD GRFD GH UHFUHLR PRGHUQD que oferece todos os servioRVGHXPD0DULQD 2 SRUWR GH SHVFD WHP um cais de descarga com PHWURVGHFRPSULPHQWR WUrVSRQWHVFDLVSDUDHVWDFLRQDPHQWR GH HPEDUFDo}HV de arrasto, cerco e pesca DUWHVDQDO FRP XPD IUHQWH GH DFRVWDJHP GH  PHWURVPDLVGRLVSRQW}HVSDUD HVWDFLRQDPHQWRGHSHTXHQDV HPEDUFDo}HV GH SHVFD DUWHVDQDO3DUDDOpPGHYiULDV RXWUDVGRFDVSRVVXLRHGLItFLR de lota e serviços de apoio,  DUPD]pQV SDUD FRPHUFLDQWHVHGHDSUHVWRV 23RUWRGD)LJXHLUDGD )R] WHP GLVSRQtYHLV WHUUDSOHQRVFLUFXQGDQWHVjVGRFDV SDUD DFWLYLGDGHV LQGXVWULDLV PHWURVTXDGUDGRV  HSDUDDFWLYLGDGHVLQGXVWULDLV e comerciais de apoio (90 PHWURVTXDGUDGRV 

“Aqui sou feliz” em mostra de fotos “Figueira da Foz, Aqui Sou Feliz” é o tema da exposição colectiva de foWRJUDÀDTXHIRLLQDXJXUDGD GLDGH6HWHPEURQDGDWD HP TXH VH DVVLQDORX  DQRVGHHOHYDomRDFLGDGH QRUHQRYDGR0HUFDGR0XQLFLSDO(QJ6LOYD A mostra, que está paWHQWH DWp  GH 2XWXEUR UH~QHWUDEDOKRVIRWRJUiÀFRV LQGHSHQGHQWHV QXPD

LQLFLDWLYD SURPRYLGD SRU 0DXUR &RUUHLD PHQWRU GD SiJLQDGD)LJXHLUDGD)R]QD rede social Facebook, com o DSRLRGD'LYLVmRGH&XOWXUD GD &kPDUD H GR $UTXLYR )RWRJUiÀFR0XQLFLSDO 2 TXH XQH RV  DXtores das fotografias é a Figueira da Foz, o meio HQYROYHQWHHDSHUVSHFWLYD LQGLYLGXDOVREUHDVSHVVRDV HDVSDLVDJHQV

São 20 olhares sobre a Figueira da Foz

PUBLICIDADE

Nos últimos três anos o Porto da Figueira da Foz cresceu 50 por cento FICHA TÉCNICA COORDENAÇÃO EDITORIAL E TEXTOS Luís Santos

33524

PUBLICIDADE Ivone Crespo

33545

PUBLICIDADE


VI

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26 QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

6RUHIR]&DQDV0LFURSOiVWLFRV*DVSURFDU'63H+HOHQRV

7HFLGRHPSUHVDULDOFRPUDt]HV Quando se fala de Figueira da Foz vem de imeGLDWRjLGHLDRVRODSUDLDH RPDU$RVĂ€PGHVHPDQD e durante os meses de veraQHLR D FLGDGH HQFKHVH GH visitantes para momentos GHOD]HU&RQWXGRGXUDQWH WRGRRDQRHVWHpXPFRQFHOKR EDVWDQWH SURGXWLYR RQGHDLQG~VWULDRFRPpUFLR H RV VHUYLoRV WrP SHVR DV DFWLYLGDGHV OLJDGDV DR PDU SRVVXHP IRUoD H R VHFWRU GR WXULVPR VH DSOLFD SDUD EHPVHUYLU A Figueira da Foz tem VLGR XP ORFDO SULYLOHJLDGR SDUD SRQWR GH HQFRQWUR GH JHUDo}HV VLWXDQGRVH D D DSHQDV  TXLOyPHWURV GH&RLPEUDFRP$YHLURD Norte e Leiria a Sul, a 180 TXLOyPHWURV GH /LVERD H R 3RUWR D  TXLOyPHWURV DJRUD FRP DFHVVLELOLGDGHV por duas auto-estradas (A14 H$  eQHVWHFRQFHOKRTXHVH GHVWDFDPPXLWDVHPSUHVDV FRPDFWLYLGDGHVDQtYHOQDFLRQDOHLQWHUQDFLRQDO8PD GHODVpD6RUHIR]²(OHFWUR-

GRPpVWLFRVHHTXLSDPHQWRV 6$ TXH RFXSD D RLWDYD SRVLomRQRUDQNLQJGRFRQFHOKR WHYH XP YROXPH GH YHQGDVGHPLOK}HVGH HXURV HP   OtGHU QR PHUFDGR QDFLRQDO GH GLVWULEXLomR GH HOHFWURGRPpVWLFRV WHOHFRPXQLFDo}HV H PLFURLQIRUPiWLFDFRQWDQWR FRPPDLVGHFOLHQWHV RSHUDWLYRVSRUDQR De empresa familiar WUDQVIRUPRXVH HP FHQWUDO GH FRPSUDV H VHUYLoRV GH UHGHV GH ORMDV DVVRFLDGDV UHGHÀQLQGR R VHX REMHFWR HVWUDWpJLFR j ´JHVWmR GH FRPSUDV DUPD]HQDPHQWR GLVWULEXLomR FRPHUFLDOL]DomRSURPRomRHDVVLVWrQFLD WpFQLFDFRPHUFLDOHGHPDUNHWLQJQDYHQGDGHWRGRVRV SURGXWRVUHODFLRQDGRVFRP HOHFWURGRPpVWLFRVLPDJHP HVRPFOLPDWL]DomRFRPXQLFDo}HVHOHFWUyQLFDHLQIRUPiWLFDGHXVRVGRPpVWLFRV¾ $ IHFKDU R ´WRS ¾ das maiores empresas do FRQFHOKRGD)LJXHLUDGD)R] HVWiD&DQDV²(QJHQKDULD H &RQVWUXomR 6$ FRP

XP YROXPH GH QHJyFLRV que atingiu no ano passado PLOK}HVGHHXURVVXSHUDQGRHPWUrVPLOK}HVR YROXPHGHYHQGDVGH Mercados internacionais

(QFDUDQGR R IXWXUR FRP D WUDQTXLOLGDGH H D VROLGH]SURSRUFLRQDGDVSRU WUrVGpFDGDVGHH[SHULrQFLD nos últimos anos a Canas, 6$WHPUHIRUoDGRSURJUHVVLYDPHQWHDVXDSUHVHQoDHP PHUFDGRV LQWHUQDFLRQDLV QRPHDGDPHQWHHP)UDQoD $QJROD H 0RoDPELTXH servindo-se, para esse efeito, GDVXDH[SHULrQFLDDFXPXODGDFDSDFLGDGHGHH[HFXomR HSHUtFLDWpFQLFDFRPRXP DFWLYRGHJUDQGHUHOHYR(VWD Ê uma PME líder e tem våULRVFHUWLÀFDGRVGHTXDOLGDGHHGHFHUWLÀFDomRSRVVXL DOYDUiVGHFRQVWUXomRHHVWi TXDOLÀFDGDSHORJUXSR('3 grupo EDF-GDF, ENE, *HQHUJHSHOD'*( 1RžOXJDUGRUDQNLQJ GHHPSUHVDVFRPXPYROX-

PHGHQHJyFLRVGHPLOK}HVGHHXURVHVWiD0LFURSOiVWLFRVORFDOL]DGDQD&RYD da Serpe, Quiaios, que tem XPD ODUJD H[SHULrQFLD QD SURGXomRGHGLIHUHQWHVWLSRV GHSHoDVGRPHUFDGRDXWRPyYHO WpFQLFDV HVWpWLFDV de interiores, de seguranoD H PyGXORV FRPSOHWRV  $0LURSOiVWLFRVFRQVHJXLX tambĂŠm, ao longo dos ĂşltiPRVDQRVXPNQRZKRZ interno no desenvolvimento HSURGXomRGHFRPSRQHQWHV OLJDGRV j LQG~VWULD HOHFWURGRPpVWLFDDVVLPFRPRWHP XPD H[SHULrQFLD QR UDPR HOpFWULFRGHPDLVGHDQRV FRPSURGXomRYRFDFLRQDGD para equipamentos de seJXUDQoDFRPRGLVMXQWRUHV LQWHUUXSWRUHV H SHoDV GH OLJDomR 2XWUR H[HPSOR GH VXFHVVR HPSUHVDULDO QR FRQFHOKRGD)LJXHLUDGD)R]p D*DVSURFDU²'LVWULEXLomR GH&RPEXVWtYHLV/GDTXH VHHQFRQWUDQDÂ?SRVLomR IDFWXUDQGRPLOK}HVGH

euros, tem sede na MorraFHLUD H SRVWRV GH FRPEXVWtYHO *3/ QD 0DULQKD GDV Ondas, Figueira da Foz, Nelas, Bemposta, Leiria, Rio 0DLRUH)DUR $*DVSURFDUIRLIXQGDGDHPFRPHoRXFRPD GLVWULEXLomRGHJiVDJUDQHO XPSRVWRGHDEDVWHFLPHQWR de GPL-auto e a montagem LQGXVWULDOHGRPpVWLFDGHUHVHUYDWyULRVGHJiV(P FRP D QHFHVVLGDGH QDWXUDO GH FUHVFLPHQWR DEUDoRX R QHJyFLRGRVFRPEXVWtYHLVOtquidos, tendo sido a empresa privada pioneira em PorWXJDOQDGLVWULEXLomRGHJiV DJUDQHOFRPIURWDSUySULD 1RXWUD iUHD H[LVWH QR 3DLmRD'63²'LVWULEXLomR 6SRUWVZHDU 3URPRFLRQDO 6$ FRP XP YROXPH GH QHJyFLRV GH  PLOK}HV GHHXURV$WUDYpVGD$PHULFDQ )ODJ WHP  DQRV GH H[SHULrQFLD QD FRPHUFLDOL]DomR H GLVWULEXLomR GH SURGXWRVWr[WHLVSURPRFLRQDLVGHSURWHFomRODERUDOH

VSRUWVZHDUFRPDHPSUHVD a representar quatro das SULQFLSDLVPDUFDVGRVHFWRU % &5XVVHO)UXLWRI WKH /RRPH.DULEDQ 7DPEpP FRPLQVWDODo}HVHP7HOKHLUDV /LVERD RDODUJDPHQWR DRV PHUFDGRV GH $QJROD e Cabo Verde possibilita FRQWLQXDUDFUHVFHUDSUHVHQtar novidades e a preparar QRYRVSURMHFWRV 7DPEpP QR TXH WRFD DR WHFLGR HPSUHVDULDO FRQsolidado temos a empresa +HOHQRV6$HVSHFLDOL]DGD QD FRQVWUXomR H PRQWDgem de infra-estruturas no GRPtQLR GD HOHFWULFLGDGH WHOHFRPXQLFDo}HVHGHJiV TXH Mi FRPSOHWRX  DQRV GH DFWLYLGDGH H SRVVXL R PpULWRGHWHUVLGRUHFRQKHFLGDFRPR30(([FHOrQFLD (P ¾ OXJDU QR YROXPH GH YHQGDV  PLOK}HV GH HXURV  HVWD HPSUHVD FRP LQVWDODo}HV HP )HUUHLUD D Nova e na Figueira da Foz 9LVR WHPPDQWLGRVHPSUH XPSHUFXUVRDVFHQGHQWH

$VIUDTXH]DVLGHQWLĂ€FDGDV

33539

PUBLICIDADE

Ă€ luz da estratĂŠgia de desenvolvimento regional assumida para 2014-2015 IRUDPLGHQWLĂ€FDGDVDVIUDquezas da regiĂŁo Centro, apontando-se, a seguir, algumas das que sĂŁo referidas QRSODQRGHDFomR - Debilidades estruWXUDLV DR QtYHO GR WHFLGR SURGXWLYRFRQVWLWXtGRSRU unidades de reduzida diPHQVmR FRP EDL[D LQWHQVLGDGH HP WHFQRORJLD H LQRYDomR  5HODWLYD GLILFXOGDGH QDDĂ€UPDomRGDFDSDFLGDGH empreendedora, sobretudo jovem, ainda que se estejam a registar progressos atravĂŠs de empresas de nova JHUDomR KDYHQGR QHFHVVLGDGH GH ID]HU FRP TXH DV empresas que jĂĄ apostam QDLQRYDomRDYDQFHPDJRUD para montante, por via de LQYHVWLPHQWRHP, ' &UHVFLPHQWRSUHRFXpante do desemprego (12 SRUFHQWRHP DSHVDU de este ser o valor mais reduzido de todas regiĂľes GH3RUWXJDOFRPSDUWLFXODU LQFLGrQFLDQRVMRYHQV  SRUFHQWR %DL[DTXDOLĂ€FDomRGD SRSXODomR FHUFD GH  SRU FHQWR DSHQDV SRVVXL D HVFRODULGDGH EiVLFD  R TXHGLĂ€FXOWDDREWHQomRGH maiores nĂ­veis de produ-

tividade da mĂŁo-de-obra, EHPFRPRDFDSDFLGDGHGH DGDSWDomR GDV HPSUHVDV D QRYDVUHDOLGDGHVHPFRQVWDQWHHDFHOHUDGDPXGDQoD - Elevado abandono HVFRODUHLQVXĂ€FLHQWHRIHUWD GH IRUPDomR GXDO R TXH SHQDOL]D D FDSDFLGDGH GH LQVHUomR GRV MRYHQV QR PHUFDGRGHWUDEDOKR  ,QVXĂ€FLHQWH QtYHO GH GHVSHVD HP , '  SRU FHQWR GR 3,% HP   HP HVSHFLDO SRU SDUWH GDV HPSUHVDV SRUFHQWR   ,QVXILFLHQWH SUHGLVSRVLomR GRV FLGDGmRV GDV HPSUHVDVGDVRUJDQL]Do}HV S~EOLFDV H SULYDGDV SDUD DSRVWDV PDLV FRQVROLGDGDV em IDI, apesar dos proJUHVVRVUHJLVWDGRV %DL[RQtYHOGHIRUPDomR VXSHULRU GRV MRYHQV ainda muito aquĂŠm dos REMHFWLYRV LQHUHQWHV j (VtratĂŠgia Europa 2020 nesta YHUWHQWH  1~PHUR LQVXĂ€FLHQWH de doutorados e investigadores absorvidos pelas empresas e outras organi]Do}HVTXHQmRDVSUySULDV LQVWLWXLo}HV GH HQVLQR VXSHULRU  %DL[D XWLOL]DomR GDV TIC a nĂ­vel regional, quer pelas famĂ­lias (apenas 52,5 SRU FHQWR XWLOL]DP LQWHUQHW  TXHU SHODV HPSUHVDV

HP SDUWLFXODU QR TXH VH UHIHUH DR FRPpUFLR HOHFWUyQLFR  - Elevados desperdĂ­FLRV GH HQHUJLD DR QtYHO GRV HGLItFLRV H HVSDoRV S~EOLFRV GDV HPSUHVDV H GDV IDPtOLDV H EDL[D SURGXomR GHVFHQWUDOL]DGD GH HQHUJLDV DOWHUQDWLYDV FRP SDUWLFXODU GHVWDTXH SDUD DVRODUHyOLFDHELRPDVVD KDYHQGR QHFHVVLGDGH GH DSRVWDUFUHVFHQWHPHQWHQD HĂ€FLrQFLD HQHUJpWLFD FRP H[HPSORV FRQYLQFHQWHV GDGRVSHOD$GPLQLVWUDomR 3~EOLFD 1tYHOSUHRFXSDQWHGH SRSXODomR HP VLWXDomR GH SREUH]D H H[FOXVmR VRFLDO nomeadamente em resultado do desemprego, do HQYHOKHFLPHQWR SRSXODFLRQDOHGRLVRODPHQWRRX GHVDJUHJDomRIDPLOLDUTXHU em zonas urbanas, quer em ]RQDVUXUDLV - Problemas estruturais graves ao nĂ­vel da gestĂŁo sustentĂĄvel das florestas IDOWD GH FDGDVWUR DEDQGRQR GRV HVSDoRV UXUDLV GLPLQXLomRDEUXSWDGDiUHD GHSLQKRLQVXĂ€FLHQWHVLQVWUXPHQWRV GH SURWHomR H GHIHVD FRQWUD ULVFRV QDWXUDLV HEDL[DUHQWDELOL]DomR HFRQyPLFDGDODUJDPDQFKD Ă RUHVWDOH[LVWHQWHQD5HJLmR &HQWUR


26

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEÃO DAS PROVÍNCIAS

QUINTA-FEIRA

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ

VII

www.campeaoprovincias.pt

Acção da ACIFF com a UBI

Formação abrange 25 empresas Teve início no passado dia 13 de Setembro, junto de 25 empresas da área de intervenção da Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz (ACIFF), mais um projecto de formação-acção, que contempla uma componente de consultoria/aconselhamento e uma componente de formação em sala. Nos próximos meses, em cooperação com a UBI - Universidade da Beira In-

terior (parceira da ACIFF na componente consultoria) promove-se a capacidade de inovação, gestão e modernização das empresas, com UHÁH[RVDRQtYHOGDPRGHUnização do tecido produtivo, da melhoria da qualidade do emprego e do aumento da competitividade. Esta é a 4.ª edição deste projecto, que visa reforçar e desenvolver as competências dos empresários e colaboradores das micro, pequenas

e médias empresas (até 100 trabalhadores), do sector industrial e prestadoras de serviços à indústria da região Centro. Esta edição conta com a participação de: Acesso - Assessoria e Gestão de Negócios, Lda; Adriano Seco Santiago; Aritmosoma - Técnicas de Contabilidade e Gestão, Lda; Carpintaria Foz, Lda; Conductor, Manutenção e Serviços, Lda; Consultraining, Lda; Criatiff,

Lda; Designcorner, Lda; Dionísio Marques Agostinho, Lda; Ernesto Morgado, 6$)R]JUiÀFD6RF*UiÀFD da Figueira, Lda; Herriette Gerda Hiensch – KRIAMISSO; Litoral Coelho, Abate e Comercialização de Coelho, S. A.; M.F. Metalúrgica Figueirense, Lda; Mário Melanda, Unipessoal, Lda (Espaço Obra); Melca - Montag. Eléctricas e Canalizações, Lda; Primelayer, Unipessoal, Lda; Razão - Gabinete

Projecto visa melhorar competências

Estudos e Contabilidade, Lda; Recicom - Reciclagem e Serviços, Lda; Somitel IT Solutions, Lda; SOREB-Soc. Reparações Electromecân. Bobinagem,Lda; Streak -

Engenharia em Automação, Lda; Suporte - Empresa de Trabalho Temporário, as; Toldicentro - Toldos e Encerados, Lda; Transquiaios Transportes, Lda.

Alguns sinais de recuperação

BPI perspectiva melhoria económica “No segundo trimestre deste ano as economias ibéricas deram alguns sinais de recuperação, após diversos meses de contracção agravada pelas políticas de austeridade”, segundo assinala o banco BPI nas conclusões da sua 10.ª conferência dedicada às empresas de Portugal e Espanha, realizada no corrente mês. De acordo com o documento elaborado pelo BPI,

de Abril a Junho de 2012 “o PIB português registou o maior incremento da Zona Euro (1.10 por cento), enquanto que a economia espanhola conseguiu diminuir o ritmo de contracção económica”. Segundo a análise do BPI, “diversos indicadores avançados da economia apontam não só para um regresso do crescimento, na segunda metade deste ano,

como também para uma melhoria do sentimento dos agentes económicos”. Contudo, o banco alerta para o facto de, mesmo assim, “o futuro ainda apreVHQWDUYiULRVGHVDÀRVTXHDV empresas ibéricas terão que enfrentar”, nomeadamente, a nível internacional, quanto à incerteza em relação à política monetária nos EUA, assim como o pós-eleições legislativas na Alemanha, que

deram nova vitória a Ângela Merkel. A nível interno, o BPI assinala que “após as vicissitudes políticas de Julho, Portugal será alvo das inspecções da Troika, enquanto que a execução do plano de redução da despesa pública deverá ser condicionada pela decisão do Tribunal Constitucional”. Mesmo assim, o banco destaca que “as perspectivas económicas de Portugal

registaram uma notável melhoria no 2.º trimestre, após o PIB ter crescido 1.10 por cento, contribuindo, para tal, uma menor quebra do investimento e uma forte aceleração das exportações”. “Adicionalmente assistiu-se a um crescimento da produção industrial e a uma melhoria do sentimento dos empresários e dos consumidores”, refere o BPI. Apesar deste panorama

ainda incerto, o BPI Equity Research acredita que “os

mercados accionistas ibéricos continuam a oferecer oportunidades apelativas”, contudo, ao contrário do que aconteceu nos anteriores documentos de estratégia, o maior destaque vai para a lista de acções preferidas (CoRe List), um portfolio formado por algumas acçõesque têm uma recomendação de compra.

PUBLICIDADE

VHPHQWHV

33491

Sede/Armazém Rua Santo António - apartado 5 3060-156 Cantanhede tel. 231 419 570 fax 231 419 579 HPDLOÀRUD#ÀRUDOXVLWDQDSW ZZZÀRUDOXVLWDQDSW

33509

f lora LXVLWDQD


VIII

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26 QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

Empresa investiu 30 milhĂľes de euros

Ă guas da Figueira, um serviço pĂşblico essencial “a necessidade de interligar estratĂŠgias passa por todas as ĂĄreas dos sectores econĂłmicosâ€?. A Ă guas da Figueira tem uma concessĂŁo do concelho, com todo o ciclo urbano da ĂĄgua, captando, tratando, distribuindo, assim como recolhendo os efluentes e tratando-os. ´$WD[DGHFREHUWXUDDWLQge todas as metas comunitĂĄrias, ĂŠ do melhor que pode haver, e a qualidade da ĂĄgua e o serviço de saneamento sĂŁo do melhor que hĂĄâ€?, sublinha JoĂŁo Damasceno. Para o director-geral da AF, “nĂŁo ser associado Ă  empresa multimunicipal Ă guas do Mondego tem vantagens na gestĂŁo, porque a Ă guas da Figueira, ao ter os dois sistemas, acaba por conseguir custos de produção mais baratosâ€?. “Nas economias de HVFDODH[LVWHXPOLPLWHHWHUD gestĂŁo integral ĂŠ a forma mais sustentĂĄvel, ambientalmente e economicamenteâ€?, refere. Como nĂŁo hĂĄ barreiras administrativas na ĂĄgua e no saneamento, hĂĄ a possi-

A empresa tem a concessĂŁo de todo o ciclo urbano da ĂĄgua no concelho da Figueira da Foz

bilidade de a AF acabar por ter alguma interactividade com outros municĂ­pios. “HĂĄ essa possibilidade e temos infraestruturas para fornecer ĂĄgua a Montemor, enquanto que no saneamento tambĂŠm serĂĄ possĂ­vel ter algumas

PUBLICIDADE

Instrumentação Electricidade Industrial Electrónica Serralharia Automação Hidråulica

que “os valores acabam por ter de ser pagos pelos clientes, VLJQLĂ€FDQGRTXHRSHVRSRU habitante ĂŠ muito elevadoâ€?. “Acresce, ainda, que a Figueira da Foz tem a questĂŁo GDVD]RQDOLGDGHVLJQLĂ€FDQGR que temos as infraestruturas de ĂĄgua e saneamento dimenVLRQDGDV SDUD WHU WUrV YH]HV Valor intermĂŠdio mais ĂĄgua do que estamos a vender, e o pico acontece um A Figueira da Foz com a PrVSRUDQRÂľH[SOLFDDFUHVĂĄgua mais cara do paĂ­s? - “Isso centando que “nesta tentativa jĂĄ nĂŁo ĂŠ verdade, foi um GHSX[DURFXVWRSDUDRPHWUR UyWXORTXHĂ€FRXÂľUHVSRQGH F~ELFRĂ€FDPXLWRPDLVFDUR o director-geral da AF. “Os por ano aos residentesâ€?. Contudo, JoĂŁo Damasindicadores do regulador diceno sustenta que “a Ă guas zem que estamos no valor da Figueira estĂŁo um passo Ă  intermĂŠdio, quer na ĂĄgua, quer frente, por ter a gestĂŁo inteno saneamento, e hĂĄ sistemas gral do ciclo da ĂĄgua, possui muito mais carosâ€?, sustenta. “Na verdade, o impacto XPDJHVWmRHĂ€FLHQWHHFRP do investimento, face ao muita naturalidade, estĂĄ a nĂşmero de utilizadores, foi afastar-se do topo do ranking, de 30 milhĂľes de euros num em todos os anosâ€?. “A concessĂŁo acaba por curtĂ­ssimo espaço de tempo, para se atingir as metas comu- ser um modelo mais transpanitĂĄriasâ€?, refere, adiantando rente para o utilizador, uma ligaçþes com Pombal, Soure e Cantanhedeâ€?, revela JoĂŁo Damasceno, acrescentando que, “provavelmente, a HĂ€FLrQFLD YDL REULJDU D XP entendimento e a prestar um serviço pĂşblico cada vez PDLVEDUDWRHHĂ€FLHQWHSDUDRV utilizadoresâ€?.

IRUPDGHRFRQVXPLGRUĂ€QDO se aperceber dos custos que estĂŁo envolvidos e, assim, tambĂŠm acabamos por ter uma JHVWmRPDLVHĂ€FLHQWHÂľUHIHUH Segundo o director-geral da Ă guas da Figueira, “com a redução contĂ­nua das perdas, na optimização dos recursos humanos, na boa utilização da energia que estĂĄ cada vez mais cara, os preços vĂŁo, com toda a naturalidade, afastando-se do topoâ€?. “JĂĄ tivemos o pico do investimento e a partir de agora estĂĄ-se a transformar em HĂ€FiFLDHHĂ€FLrQFLDÂľGL]-RmR Damasceno, sustentando que “fazendo mais e melhor com menos recursos acaba por se UHĂ HFWLUQDWDULIDÂľ “Passados os 10 primeiros anos de investimento, a HVWUDWpJLD GD HPSUHVD p HĂ€FLrQFLDHĂ€FLrQFLDHĂ€FLrQFLD gerir melhor e fazer mais com menosâ€?, conclui o director-geral da Ă guas da Figueira.

PUBLICIDADE

AlvarĂĄ de Construção nÂş 46683 - EDIFĂ?CIOS (Habitação, EscritĂłrios, HotĂŠis e IndĂşstria); - INFRAESTRUTURAS (Infra-estruturas ElĂŠctricas, Saneamento, Pluviais, Vias de Comunicação Urbanizaçþes e ETAR’s); - RECUPERAĂ‡ĂƒO (EdifĂ­cios, Pontes, Viadutos e PatrimĂłnio) Sede: Rua da Escola, n.Âş 44 – Netos - 3090-446 Ferreira-a-Nova, Figueira da Foz Telf/fax: 233 929 177 - Telm: 968 034 170 - Email: pascoal.venezalda@gmail.com Delegação Norte: Rua Argentat, n.Âş 70 - 4425-170 Maia, Porto - Telf/fax: 220 936 151

33500

33540

Centro Comercial Solmar RogĂŠrio Reynaud, 22 Loja 14 - Buarcos 3080-251 Figueira da Foz Telef.: 233 438 537 Telem.: 966 490 153 Fax: 233 413 743

33546

A empresa Ă guas da Figueira (AF) â€œĂŠ um serviço pĂşblico essencial e acaba por estar ligada ao que se passa no concelhoâ€?, refere ao “CampeĂŁoâ€?, JoĂŁo Damasceno, destacando que foram investidos 30 milhĂľes de euros, num curto espaço de tempo, para se atingir as metas comunitĂĄrias. O director-geral da Ă guas da Figueira revela que, todos os anos, a empresa vende menos cinco por cento de iJXD´RTXHVLJQLĂ€FDH[LVWLU uma poupança por parte das pessoas, com melhor utilização dos recursos hĂ­dricos, mas, tambĂŠm, um decrĂŠscimo da actividade econĂłmica, principalmente no turismo e igualmente na indĂşstria, se bem que, esta, ĂŠ um bom aluno e acaba por optimizar todos os desperdĂ­cios e ser PDLVHĂ€FD]Âľ Engenheiro electrotĂŠcnico, JoĂŁo Damasceno preside, tambĂŠm, Ă  Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz (ACIFF), de quem a Ă guas da Figueira ĂŠ associada, sustentando que


26

QUINTA-FEIRA

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ www.campeaoprovincias.pt

NOME

N.Âş

Listagem elaborado por:

LOCALIDADE

MORADA

ACTIVIDADE

N.Âş TRABA LHADORES

IX VOLUME NEGĂ“CIOS 2012

1

SOPORCEL - SOCIEDADE PORTUGUESA DE PAPEL, S.A.

LAVOS

ARMAZÉNS

Fabricação de papel e de cartão (excepto canelado)

715

550.368.012,86

2

CELULOSE DA BEIRA INDUSTRIAL (CELBI), S.A.

LEIROSA

PRAIA DA LEIROSA

Fabricação de pasta

233

351.990.025,00

3

SOPORCEL PULP - SOCIEDADE PORTUGUESA DE CELULOSE, S.A.

POLO INDUSTRIAL DA SOPORCEL

ARMAZÉNS

Fabricação de pasta

1

251.116.511,82

4

LUSIAVES - INDÚSTRIA E COMÉRCIO AGRO-ALIMENTAR, S.A.

RUA DA FONTE

MARINHA DAS ONDAS

Abate de aves (produção de carne)

965

198.669.088,35

5

SAINT-GOBAIN MONDEGO, S.A.

RUA DA VIDREIRA, 68

FONTELA

Fabricação de vidro de embalagem

238

93.061.084,41

6

SOPORGEN - SOC. PORTUGUESA DE GERAĂ‡ĂƒO DE ELECTRICIDADE E CALOR, S.A.

EDIFĂ?CIO FABRIL DA SOPORCEL

COSTA DE LAVOS

Produção de electricidade de origem tÊrmica

0

62.559.029,00

7

ALTRI FLORESTAL, S.A.

LEIROSA

PRAIA DA LEIROSA

$FWLYLGDGHVGRVVHUYLoRVUHODFLRQDGRVFRPDVLOYLFXOWXUDHH[SORUDomRĂ€RUHVWDO

17

48.112.996,00

8

SOREFOZ - ELECTRODOMÉSTICOS E EQUIPAMENTOS, S.A.

RUA DAS OLAIAS

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio por grosso de electrodomĂŠsticos, aparelhos de rĂĄdio e de televisĂŁo

74

45.533.405,27

9

COFISA - CONSERVAS DE PEIXE DA FIGUEIRA, S.A.

TERRAPLENO DO PORTO DE PESCA

GALA

Conservação de produtos da pesca e da aquicultura em azeite e outros óleos vegetais e outros molhos

191

34.784.408,67

10

CANAS - ENGENHARIA E CONSTRUĂ‡ĂƒO, S.A.

RUA DO FERRADOR, 11

PAIĂƒO

Instalação elÊctrica

420

32.290.204,55

11

PLASFIL - PLĂ STICOS DA FIGUEIRA, S.A.

ZONA INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 6

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricação de outros artigos de plåstico, n.e.

216

28.719.852,42

12

MICROPLĂ STICOS, S.A.

ZONA COVA DA SERPE

COVA DA SERPE

Fabricação de outros artigos de plåstico, n.e.

234

27.658.561,11

13

UNITED RESINS - PRODUĂ‡ĂƒO DE RESINAS, S.A.

PRAÇA DAS OLIVEIRAS, LOTE 126 - PARQUE INDUSTRIAL E EMPRESARIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

ARMAZÉNS

Fabricação de resinosos e seus derivados

41

23.161.288,64

14

PORTUCELSOPORCEL SERVIÇOS PARTILHADOS, S.A.

PĂ“LO INDUSTRIAL DA SOPORCEL

COSTA DE LAVOS

Outras actividades de serviços de apoio prestados às empresas, n.e.

0

19.624.415,00

15

NOVA FIGUEIRADIS - SOCIEDADE DE DISTRIBUIĂ‡ĂƒO, S.A.

QUATRO CAMINHOS

TAVAREDE

ComĂŠrcio a retalho em supermercados e hipermercados

109

18.783.726,65

16

SOCIEDADE FIGUEIRA PRAIA, S.A.

RUA DOUTOR CALADO, 1

FIGUEIRA DA FOZ

Lotarias e outros jogos de aposta

110

17.725.689,84

17

ERNESTO MORGADO, S.A.

BARRA

BARRA

Descasque, branqueamento e outros tratamentos do arroz

58

16.612.296,20

18

SPECIALITY MINERALS (PORTUGAL) - ESPECIALIDADES MINERAIS, S.A.

LAVOS

COSTA DE LAVOS

Fabricação de outros produtos químicos inorgânicos de base

9

13.918.961,00

19

CENTRO-CERRO - EMPRESA DE CONSTRUĂ‡ĂƒO CIVIL E OBRAS PĂšBLICAS, S.A.

RUA DAS ACĂ CIAS, LOTE 34 - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

84

13.599.298,05

20

GĂ SPROCAR - DISTRIBUIĂ‡ĂƒO COMBUSTĂ?VEIS, LDA

MORRACEIRA

GALA

ComĂŠrcio por grosso de produtos petrolĂ­feros

38

12.453.679,63

21

VIDROCICLO - RECICLAGEM DE RESĂ?DUOS, LDA

PARQUE INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 26/27

FIGUEIRA DA FOZ

Valorização de resíduos não metålicos

24

10.826.734,53

22

Ă GUAS DA FIGUEIRA, S.A.

RUA DOUTOR MENDES PINHEIRO

FIGUEIRA DA FOZ

Captação e tratamento de ågua

97

10.774.752,98

23

CLIPER CERĂ‚MICA, S.A.

RUA DAS OLAIAS, 119

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricação de ladrilhos, mosaicos e placas de cerâmica

92

10.234.225,75

24

SOMITEL - TELECOMUNICAÇÕES, S.A.

RUA DAS OLAIAS, LOTE 78 - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

ComÊrcio a retalho de equipamento de telecomunicaçþes, em estabelecimentos especializados

181

10.103.678,13

25

LUSIFROTA - TRANSPORTES, S.A.

RUA DA FONTE

MARINHA DAS ONDAS

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

154

9.843.607,18

26

DSP - DISTRIBUIĂ‡ĂƒO SPORTSWEAR PROMOCIONAL, S.A.

RUA FERRADOR, 4

PAIĂƒO

ComĂŠrcio por grosso de tĂŞxteis

45

9.276.661,37

27

A.V.M.COSTA - COMÉRCIO DE COMBUST�VEIS E PNEUS, LDA

ESTRADA DE COIMBRA - CANIVETA

FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio a retalho de combustĂ­vel para veĂ­culos a motor, em estabelecimentos especializados

9

8.547.250,43

28

SUPERFOZ - SUPERMERCADOS, LDA

ESTRADA NACIONAL 109 - CHĂƒ

CHĂƒ

ComĂŠrcio a retalho em supermercados e hipermercados

37

7.680.822,85

29

SUPERLAVOS - SUPERMERCADOS, LDA

BARROS VERMELHOS

BAIRRO ALTO

ComĂŠrcio a retalho em supermercados e hipermercados

24

7.673.872,18

30

HELENOS, S.A.

TRAVESSA RUA DO VISO, 2 C/V ESQ.

FIGUEIRA DA FOZ

Instalação elÊctrica

165

7.541.328,94

31

SOCORTEL - SOCIEDADE DE CORTE DE PAPEL, S.A.

LAVOS, EDIFĂ?CIO INDUSTRIAL DA SOPORCEL

ARMAZÉNS

Fabricação de papel e de cartão (excepto canelado)

3

7.153.107,92

32

SUBSONIZA, LDA

RUA DA REPĂšBLICA, 15 1Âş

FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio a retalho de combustĂ­vel para veĂ­culos a motor, em estabelecimentos especializados

6

6.341.694,35

33

SOMARO, LDA

PRAÇA 8 DE MAIO, 64 R/C

FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio a retalho de combustĂ­vel para veĂ­culos a motor, em estabelecimentos especializados

33

6.336.277,87

34

TRANSACTOR, LOG�STICA - TRANSPORTES E SERVIÇOS, LDA

RUA MOLEIROS, 35/37

SAMPAIO

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

11

5.849.805,18

35

TRANSPORTES MARIANO & FILHOS, LDA

ESTRADA DE COIMBRA, 52 1Âş

FIGUEIRA DA FOZ

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

53

5.569.911,60

36

LITOFISH, LDA

RUA ANTĂ“NIO SANTOS TRĂ“IA, 4 - CABEDELO

GALA

Congelação de produtos da pesca e da aquicultura

23

5.217.516,70

37

INDĂšSTRIA DE CARNES DA GĂ‚NDARA, LDA

RUA DA SENHORA DA SAĂšDE, 16

QUINTA DOS VIGĂ RIOS

Abate de gado (produção de carne)

35

5.212.786,48

38

NBK IBÉRIA TERRACOTA ARQUITECTÓNICA, UNIPESSOAL, LDA

PARQUE INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ, LOTE L 85

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricação de ladrilhos, mosaicos e placas de cerâmica

29

5.159.920,12

39

CWJ - COMPONENTES, S.A.

RUA DAS ACĂ CIAS, LOTE 75 - PARQUE INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricação de componentes electrónicos

48

5.126.131,49

40

BRIOSA - CONSERVAS DE PESCADO, LDA

PORTO DE PESCA DO CABEDELO

CABEDELO

Conservação de produtos da pesca e da aquicultura em azeite e outros óleos vegetais e outros molhos

58

5.016.278,98

41

LUPABIOLÓGICA - LABORATÓRIOS COSMÉTICA, S.A.

RUA DAS TĂ?LIAS, 85J

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricação de perfumes, de cosmÊticos e de produtos de higiene

46

4.686.403,30

42

VIGIASONDAS , LDA

RUA REPĂšBLICA, 15 1Âş

FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio a retalho de combustĂ­vel para veĂ­culos a motor, em estabelecimentos especializados

8

4.348.325,28

43

ERTECNA - EMPRESA DE REVESTIMENTOS TECNICOS, LDA

ESTRADA NACIONAL 109

ARAĂšJOS

ComĂŠrcio por grosso de outros bens intermĂŠdios, n.e.

32

4.172.876,41

44

ALFARROXO TRADING, LDA

RUA DAS ACĂ CIAS-PARQUE INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ, LOTE 10/13

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio por grosso de madeira em bruto e de produtos derivados

12

4.133.627,65

45

CALDEIRA & CALDEIRA, LDA

ESTRADA DE MIRA, 96 FRACĂ‡ĂƒO A

FIGUEIRA DA FOZ

ComĂŠrcio de veĂ­culos automĂłveis ligeiros

18

4.123.428,66

46

OPERFOZ - OPERADORES DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ, LDA

AVENIDA SARAIVA DE CARVALHO, 58/60

FIGUEIRA DA FOZ

Manuseamento de carga

11

4.111.497,26

47

JTP 2 - CONSTRUĂ‡ĂƒO E PRESTAĂ‡ĂƒO DE SERVIÇOS, LDA

RUA DAS TĂ?LIAS, LOTE 64A - ZONA INDUSTRIAL DE GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Outras actividades de limpeza em edifĂ­cios e em equipamentos industriais

194

4.007.711,20

48

EMPRESA FIGUEIRENSE DE PESCA, LDA

MORRACEIRA

GALA

Salga, secagem e outras actividades de transformação de produtos da pesca e aquicultura

45

3.960.020,45

49

TRANSNIZA - SOCIEDADE DE TRANSPORTES, LDA

RUA DA REPĂšBLICA, 15 1Âş

FIGUEIRA DA FOZ

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

35

3.598.426,01

50

FERNANDO AZENHA & FILHO, LDA

LOUREIROS

LOUREIROS

ComĂŠrcio a retalho de material de bricolage, equip. sanitĂĄrio, ladrilhos e materiais similares, em estab. especializados

7

3.423.954,36

51

LACTIFOZ - PRODUTOS ALIMENTARES, LDA

MATAS

MATAS

ComÊrcio a retalho em outros estab. não especia., com predominância de produtos alimentares, bebidas ou tabaco

15

3.091.034,29

52

FOZ BRICO - SOCIEDADE DE DISTRIBUIĂ‡ĂƒO DE BRICOLAGE, LDA

ESTRADA NACIONAL 109

TAVAREDE

ComĂŠrcio a retalho de material de bricolage, equip. sanitĂĄrio, ladrilhos e materiais similares, em estab. especializados

20

3.042.200,97

53

AGENCIA MARITIMA EUROFOZ, LDA

AVENIDA SARAIVA CARVALHO, 62 3Âş

FIGUEIRA DA FOZ

Organização do transporte

4

2.988.187,26

54

GUILHERME GONÇALVES CORREIA & FILHOS, LDA

RUA MAURĂ?CIO PINTO, 9

FIGUEIRA DA FOZ

Outras actividades especializadas de construção diversas, n.e.

54

2.827.700,94

55

FIGUINVESTE - COMPRA VENDA E ADMINISTRAĂ‡ĂƒO DE IMOVEIS, LDA

ZONA INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 124

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Promoção imobiliåria (desenvolvimento de projectos de edifícios)

0

2.733.029,96

56

A.P.A. - IMPORTAĂ‡ĂƒO E EXPORTAĂ‡ĂƒO, LDA

ZONA INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 123/124

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Aluguer de outras mĂĄquinas e equipamentos, n.e.

13

2.676.402,75

57

FORTRAL - FORNECIMENTO DE PEÇAS PARA TRANSPORTES, LDA

RUA DOS MOLEIROS, 35/37

SAMPAIO

ComÊrcio a retalho de peças e acessórios para veículos automóveis

0

2.664.942,39

58

APFF - ADMINISTRAĂ‡ĂƒO DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ, S.A.

AVENIDA DE ESPANHA, 380

BUARCOS

Actividades auxiliares dos transportes por ĂĄgua

36

2.534.472,34

59

TECMAIS - ENGENHARIA E AMBIENTE, S.A.

RUA DAS OLAIAS, LOTE 7 - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Instalação de måquinas e de equipamentos industriais

44

2.529.606,75

60

REGIVIR - EMPRESA DE TRABALHO TEMPORĂ RIO E FORMAĂ‡ĂƒO DE PESSOAL, LDA

LARGO ALVIDEIRO, 5

PAIĂƒO

Actividades das empresas de trabalho temporĂĄrio

7

2.408.604,28

61

CAVALEIRO & CA., LDA

RUA DO CABECINHO, 30

SERRA DAS ALHADAS

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

19

2.407.357,94

62

RECICOM, LDA

RUA ROGÉRIO REYNAUD, 28

FIGUEIRA DA FOZ

Outras actividades de serviços de apoio prestados às empresas, n.e.

72

2.363.922,02

63

GIL & PEDROSA, LDA

RUA CAPELA, 6

MARINHA DAS ONDAS

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

25

2.270.533,61

64

SILVAS, S.A.

RUA DO CAMARIDO, 27

PORTO CARVALHAL

)DEULFDomRGHRXWUDVPiTXLQDVGLYHUVDVSDUDXVRHVSHFtÂżFRQH

66

2.261.878,08

65

PLASTDIVERSITY - COMÉRCIO DE ARTIGOS DE PLà STICO, LDA

RUA ALENTOJEIROS, 136

MARINHA DAS ONDAS

Valorização de resíduos não metålicos

22

2.208.792,80

66

TRANSPORTES FERREIRA & OLIVEIRA, LDA

RUA DO CEMITÉRIO, 17

SANTANA

Transportes rodoviĂĄrios de mercadorias

28

2.189.516,19

67

FOZTRAFEGO - AGENCIA MARITIMA DA FIGUEIRA, LDA

TRAVESSA RUA FERNANDES TOMAS, 5 1Âş

FIGUEIRA DA FOZ

Organização do transporte

6

2.182.094,30

68

CONDUCTOR MANUTENĂ‡ĂƒO E SERVIÇOS, LDA

RUA 19 DE MARÇO, 4

PAIĂƒO

Outras actividades de serviços de apoio prestados às empresas, n.e.

50

69

SOMISIS - SOCIEDADE DE MANUTENĂ‡ĂƒO DE SISTEMAS INDUSTRIAIS, LDA

RUA ROGERIO REINAUD, 22 LOJA 14 - CENTRO COMERCIAL SOLMAR

FIGUEIRA DA FOZ

Reparação e manutenção de måquinas e equipamentos

2.138.158,65 2.119.899,37

70

FARMĂ CIA SAĂšDE, LDA

ROTUNDA LIMONETE, 7 - EDIFĂ?CIO E’LECLERC ATLĂƒNTICO SHOPPING

TAVAREDE

ComĂŠrcio a retalho de produtos farmacĂŞuticos, em estabelecimentos especializados

13

2.111.128,66

71

FOZNETO - CONSTRUÇÕES, LDA

RUA RANCHO DAS CANTARINHAS, 11

BUARCOS

Construção de edifícios (residenciais e não residenciais)

2

2.085.335,06

72

IRMĂƒOS PAIS ALVES, LDA

LOMBA DO POÇO FRIO

LOMBA DO POÇO FRIO

ComĂŠrcio por grosso de cereais, sementes, leguminosas, oleaginosas e outras matĂŠrias-primas agrĂ­colas

9

2.065.230,61

73

SILVA TOMÉ IRMĂƒOS, LDA

RUA AZENHA, 30

CASAL DA ROBALA

ComĂŠrcio por grosso de bebidas alcoĂłlicas

6

1.982.036,14

74

MAQUITUDO - SOCIEDADE DE MĂ QUINAS E FERRAMENTAS, LDA

RUA PRINCIPAL, 83

CASTANHEIRO

ComÊrcio a retalho de louças, cutelaria e de outros artigos similares para uso domÊstico, em estab. especializados

17

1.968.619,11

75

FIGUEIRA DOMUS - EM. MUN. DE GESTĂƒO DE HABITAĂ‡ĂƒO DA FIG. DA FOZ, E.E.M.

RUA DA FONTE, 54

FIGUEIRA DA FOZ

Arrendamento de bens imobiliĂĄrios

12

1.913.096,95

76

CCEL - CASA DAS CARNES DO ERVEDAL, LDA

RUA DE QUIAIOS, 3 - ERVEDAL

CASAL NOVO

Fabricação de produtos à base de carne

21

1.907.141,94

77

GLOBALMERCIS - SOCIEDADE INTERNACIONAL DE EXPORTAĂ‡ĂƒO, UNIPESSOAL, LDA

RUA DO FERRADOR, 4

PAIĂƒO

ComĂŠrcio por grosso nĂŁo especializado

1

1.898.644,53

78

FACHAIMPER, LDA

RUA ARNALDO SOBRAL, 49 ESCRITĂ“RIO 206 - CENTRO DE ACTIVIDADES

FIGUEIRA DA FOZ

Pintura e colocação de vidros

24

1.896.463,17

79

COSTA & FIGUEIREDO, LDA

RUA DA FONTE NOVA, 88

FONTE NOVA

ComĂŠrcio por grosso de outros produtos alimentares, n.e.

16

1.866.776,10

80

MARIA INĂ CIA CHAVES TELES GRILO, UNIPESSOAL, LDA

RUA JOSÉ INà CIO CASTELO BRANCO, 55

SANTANA

ComĂŠrcio a retalho de produtos farmacĂŞuticos, em estabelecimentos especializados

8

1.836.255,46

81

J.CARDOSO & FILHOS, LDA

COPEIRO

COPEIRO

ComĂŠrcio a retalho de tintas, vernizes e produtos similares, em estabelecimentos especializados

15

1.833.377,26


X

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26

Listagem elaborado por: NOME

N.ยบ

QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

LOCALIDADE

MORADA

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEรƒO DAS PROVรNCIAS

ACTIVIDADE

N.ยบ TRABA LHADORES

51

VOLUME NEGร“CIOS 2012

82

SIMPLESMENTE MAR, LDA

RUA MAJOR SOARES CORREIA, 13 R/C

BUARCOS

Pesca marรญtima

1.798.071,94

83

ALVAMARISPEIXE - COMร‰RCIO DE PEIXE, LDA

RUA RANCHO DAS CANTARINHAS, 103 - BUARCOS

TAVAREDE

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

9

1.780.236,09

84

CENTRO PRAIA - IMOBILIรRIA, S.A.

RUA DA REPรšBLICA, 187 1ยบDTO. FRACร‡รƒO T

FIGUEIRA DA FOZ

Compra e venda de bens imobiliรกrios

0

1.742.194,00

85

SABIR HOTEIS, LDA

RUA LUSรADAS - HOTEL APARTAMENTOS SOTTO MAYOR

FIGUEIRA DA FOZ

Hotรฉis sem restaurante

68

1.715.555,38

86

MANUEL PEDROSA OLIVEIRA & FILHOS, LDA

RUA DA ESCOLA, 47

PORTO GODINHO

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

12

1.711.249,68

87

MARIA MURTA - FARMรCIA, S.A.

RUA DA REPรšBLICA, 116/118

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

10

1.686.193,21

88

MACODAL - COMERCIO E TRANSPORTES DE MATERIAIS DE CONSTRUร‡รƒO, LDA

ERVEDAL

ERVEDAL

Comรฉrcio a retalho de material de bricolage, equip. sanitรกrio, ladrilhos e materiais similares, em estab. especializados

13

1.620.341,49

89

AGRO-MONDEGO - REPRESENTAร‡ร•ES AGRรCOLAS, LDA

ALQUEIDรƒO

ALQUEIDรƒO

Comรฉrcio por grosso de mรกquinas e equipamentos, agrรญcolas

12

1.610.371,18

90

GOLDARCOS - RESTAURAร‡รƒO RรPIDA, LDA

AVENIDA DOUTOR MรRIO SOARES - LUGAR DOS QUATRO CAMINHOS

TAVAREDE

Restaurantes sem serviรงo de mesa

37

1.537.542,12

91

PETROLIVEIRA, SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA

RUA ALHADAS, 14

BRENHA

Comรฉrcio a retalho de combustรญvel para veรญculos a motor, em estabelecimentos especializados

6

1.534.682,42

92

SOMITEL IT SOLUTIONS, LDA

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 78 - PARQUE INDUS

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de consultoria em informรกtica

19

1.505.268,65

93

HABITAFOZ - SOCIEDADE DE CONSTRUร‡ร•ES, LDA

RUA CALVARIO, 14 - COPEIRO

COPEIRO

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

6

1.482.000,00

94

DISTRILAVOS - SUPERMERCADOS, LDA

RUA DAS FLORES

MAIORCA

Comรฉrcio a retalho em supermercados e hipermercados

25

1.474.830,78

95

INTERAGUA - TECNOLOGIA E GESTรƒO DA รGUA, LDA

RUA DAS TILIAS, LOTE 52 - PARQUE INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

COSTA DE LAVOS

Tratamento de รกguas residuais

21

1.469.090,75

96

TRANSPORTES DIOBRUNO, LDA

RUA DOUTOR JOSร‰ MANUEL LEITE, 19

COSTA DE LAVOS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

16

1.459.909,84

97

MARNOBRE, LDA

RUA ANTร“NIO SANTOS TRร“IA, 4 - CABEDELO

GALA

Comรฉrcio a retalho de peixe, crustรกceos e moluscos, em estabelecimentos especializados

4

1.455.589,78

98

REIS PASCOAL - FARMรCIA, UNIPESSOAL, LDA

LARGO GRUPO CARAS DIREITAS, 73

BUARCOS

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

10

1.454.452,68

99

CELIA MARQUES, UNIPESSOAL, LDA

RUA DOS CALDEIREIROS, 43

MARINHA DAS ONDAS

([SORUDomRร€RUHVWDO

12

1.403.880,47

100

CUSTร“DIO GAUDรŠNCIO - TERRAPLENAGENS, UNIPESSOAL, LDA

RUA PROFESSOR JOSร‰ NUNES GONร‡ALVES, 37

PAIรƒO

Preparaรงรฃo dos locais de construรงรฃo

24

1.402.307,00

101

POOLPLACA PORTUGUESA PLรSTICOS, LDA

ZONA INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 61

FIGUEIRA DA FOZ

Fabricaรงรฃo de outros artigos de plรกstico, n.e.

21

1.379.770,00

102

MARPAIXรƒO - PRODUร‡รƒO E COMร‰RCIO DE PEIXE, LDA

RUA LUรS SANTIAGO, 46 4ยบS

GALA

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

4

1.363.069,45

103

FIGUEIRA GLOBAL SUPERMERCADOS, LDA

LARGO CARAS DIREITAS, 69

BUARCOS

Comรฉrcio a retalho em supermercados e hipermercados

5

1.362.960,87

104

COLร‰GIO DE QUIAIOS, S.A.

RUA DOUTOR AFONSO HENRIQUES DE MIRANDA, 70

QUIAIOS

Ensino bรกsico (1ยบ Ciclo)

30

1.357.908,26

105

JOSร‰ FERREIRA & FILHO, LDA

RUA VASCO DA GAMA, 1 A 13

FIGUEIRA DA FOZ

&RPpUFLRSRUJURVVRGHยฟEUDVWr[WHLVQDWXUDLVDUWLยฟFLDLVHVLQWpWLFDV

13

1.331.778,76

106

METALOMECร‚NICA CURADOS, LDA

ZONA INDUSTRIAL DA GALA, LOTE 7C

GALA

Reparaรงรฃo e manutenรงรฃo de mรกquinas e equipamentos

19

1.330.431,13

107

FOZVIAS, UNIPESSOAL, LDA

PRACETA DOM MANUEL I, 6 1ยบDTO.

BUARCOS

Preparaรงรฃo dos locais de construรงรฃo

19

1.319.757,89

108

IRMรƒOS NORINHO, LDA

PORTO LICEIA

PORTO LICEIA

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

6

1.306.989,97

109

DAPAVAL - DISTRI. DE PRODUTOS ALIMENTARES, AZEITES E REFRIGERANTES, LDA

RUA DOUTOR DUARTE SILVA, 69/71

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso de outros produtos alimentares, n.e.

8

1.305.728,10

110

M.F. METALรšRGICA FIGUEIRENSE, LDA

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 32 - PARQUE INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Fabricaรงรฃo de outros produtos metรกlicos diversos, n.e.

42

1.292.401,88

111

FOZPOR - EMPRESA DE TRABALHO PORTUARIO DA FIGUEIRA DA FOZ (E.T.P.), LDA

CAIS COMERCIAL DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades das empresas de selecรงรฃo e colocaรงรฃo de pessoal

99

1.275.031,50

112

TEIXEIRAMAR - COMร‰RCIO DE PEIXE, LDA

CABEDELO, ARMAZร‰M 8 - LOTA DO CABEDELO (PORTO DE PESCA)

CABEDELO

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

6

1.270.265,71

113

GRACINDA MANUELA ANTUNES - FARMรCIA, UNIPESSOAL, LDA

RUA HOSPITAL, 11/13

GALA

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

6

1.250.618,53

114

PLAINUMBER, UNIPESSOAL, LDA

TRAVESSA COIMBRA - QUINTA DA PENHA

FIGUEIRA DA FOZ

Agentes especializados do comรฉrcio por grosso de outros produtos

0

1.237.322,79

115

VIDAS NAVEGANTES, LDA

RUA MAJOR SOARES CORREIA, 13 R/C

BUARCOS

Pesca marรญtima

48

1.229.594,27

116

EUROFOODS PORTUGAL - EXPORTAร‡รƒO, IMPORTAร‡รƒO, LDA

RUA DAS TรLIAS, LOTE 68A - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso nรฃo especializado de produtos alimentares, bebidas e tabaco

2

1.219.763,43

117

RECI 21 - RECICLAGEM DE RESรDUOS INDUSTRIAIS, LDA

ZONA INDUSTRIAL DE FERREIRA-A-NOVA, 10

QUERIDAS

Valorizaรงรฃo de resรญduos metรกlicos

18

1.184.508,90

118

LOOK BIKINI - INDรšSTRIA DE CONFECร‡ร•ES, LDA

RUA CAMร‰LIAS, 22 - BOM SUCESSO

REGATEIROS

Confecรงรฃo de outro vestuรกrio exterior em sรฉrie

46

1.158.046,57

119

FIGรSFOZ - SISTEMAS DE GรS, LDA

RUA DO PINHAL AMARO, 18

TAVAREDE

Comรฉrcio a retalho de combustรญveis para uso domรฉstico, em estabelecimentos especializados

12

1.141.643,54

120

TRANSPRADO - TRANSPORTES NACIONAIS E INTERNACIONAIS, LDA

RUA DO PINHAL, 7 - SANTO AMARO DA BOIร‡A

MAIORCA

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

11

1.126.818,77

121

SOUSA MACEDO, UNIPESSOAL, LDA

RUA DOUTOR ADELINO MESQUITA, 10

PAIรƒO

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

7

1.083.785,72

122

MANUEL SILVA BATATA & FILHOS, LDA

RUA CAPELA, 59

TROMELGO

Outras instalaรงรตes em construรงรตes

84

1.081.102,80

123

QUIAIOS HOTEL - EMPREENDIMENTOS TURISTICOS, S.A.

ALDEAMENTO TORRICENTRO - PRAIA DE QUIAIOS

MURTINHEIRA

Hotรฉis com restaurante

34

1.077.345,53

124

TECIPA - TRANSFORMAร‡ร•ES PAPELEIRAS, LDA

PARQUE INDUSTRIAL DE GALA, ZONA 2, LOTE 11

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso de outros bens intermรฉdios, n.e.

8

1.068.413,03

125

TAVAREDE CAR - CENTRO DE MANUTENร‡รƒO DE VEรCULOS, LDA

ESTRADA NACIONAL 109

CHรƒ

Comรฉrcio a retalho de peรงas e acessรณrios para veรญculos automรณveis

14

1.063.918,11

126

CWJ - PROJECTO, S.A.

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 75 - PARQUE INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

$FWLYLGDGHVGHHQJHQKDULDHWpFQLFDVDยฟQV

28

1.048.905,06

127

FABRICA DA COMIDA - EXPLORAร‡รƒO HOTELEIRA DE RESTAURAร‡รƒO E BEBIDAS, LDA

AVENIDA DE 25 DE ABRIL, S/N - Tร‰NIS CLUBE (JUNTO AO FORTE DE SANTA CATARINA)

FIGUEIRA DA FOZ

Restaurantes tipo tradicional

16

1.025.417,15

128

DIAGNOSTICUM - CLรNICA DE DIAGNร“STICO DA FIGUEIRA DA FOZ, LDA

RUA AFONSO DE ALBUQUERQUE, 76

FIGUEIRA DA FOZ

Outras actividades de saรบde humana, n.e.

24

1.021.773,48

129

AZENHA & GONร‡ALVES, LDA

RUA DAS CAVADAS, 69

SANTANA

Comรฉrcio de veรญculos automรณveis ligeiros

4

1.012.846,01

130

COSTUMES & PALADARES DO ATLร‚NTICO, S.A.

RUA MANUEL SANTOS ALMEIDA, 18 LOTE E 2ยบESQ.

BUARCOS

Comรฉrcio por grosso nรฃo especializado de produtos alimentares, bebidas e tabaco

5

1.011.014,68

131

ALFREDO FARRECA RODRIGUES, LDA

RUA 10 DE AGOSTO, 130

FIGUEIRA DA FOZ

Transportes terrestres, urbanos e suburbanos, de passageiros

26

995.018,24

132

NINHO DA CARRIร‡A - AVICULTURA, LDA

RUA PRINCIPAL, S/N

PORTELA

Avicultura

4

993.446,78

133

MICHAEL FOLKE WIBERG - IMPORTAร‡รƒO E EXPORTAร‡รƒO, LDA

FONTE DO CASAL

FONTE DO CASAL

Comรฉrcio por grosso nรฃo especializado

15

983.580,24

134

MERIDIONAL - COMร‰RCIO DE PESCADO, LDA

PORTO DE PESCA, ARMAZร‰M 6

CABEDELO

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

3

980.765,92

135

POLICLรNICA CENTRAL DA FIGUEIRA DA FOZ, LDA

RUA GONร‡ALO VELHO, 26

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de prรกtica mรฉdica de clรญnica especializada, em ambulatรณrio

14

979.133,17

136

MADIFOZ - FรBRICA DE URNAS PAIONENSE, LDA

PAIรƒO

PAIรƒO

Fabricaรงรฃo de caixรตes mortuรกrios em madeira

28

976.243,73

137

PECUARIA VIEIRA & JESUS, LDA

CASAL NOVO

CASAL NOVO

Suinicultura

4

975.773,76

138

BRAZ & BRAZ, LDA

RUA ร‚NGELO DE CARVALHO, 25 - VARZEA

TAVAREDE

Comรฉrcio por grosso de tรชxteis

10

953.044,37

139

FIGUEIRADIS - SOCIEDADE DE DISTRIBUIร‡รƒO, S.A.

QUATRO CAMINHOS

TAVAREDE

Arrendamento de bens imobiliรกrios

0

950.000,00

140

PONTEFOZ - CONSTRUร‡รƒO CIVIL E OBRAS PUBLICAS, UNIPESSOAL, LDA

PRIMEIRA TRAVESSA DE NOSSA SENHORA DE FรTIMA, 3

TROMELGO

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

47

941.972,06

141

ANACLETO CARDOSO CAร‡รƒO, UNIPESSOAL, LDA

RUA DETRรS DA ESCOLA, 37

BOM SUCESSO

Comรฉrcio a retalho de ferragens e de vidro plano, em estabelecimentos especializados

6

937.266,71

142

SWEETIMPACT GESTรƒO DE SUPERMERCADOS, UNIPESSOAL, LDA

RUA CARLOS SOMBRIO, 6 2ยบESQ.

PRAIA DE BUARCOS

Comรฉrcio a retalho em supermercados e hipermercados

0

924.769,09

143

TESOUROS ESQUECIDOS, UNIPESSOAL, LDA

LADEIRA DO PINHEIRO MANSO, 1C

CACEIRA DE CIMA

Comรฉrcio a retalho de relรณgios e de artigos de ourivesaria e joalharia, em estabelecimentos especializados

6

910.051,85

144

MICRO TOOLS - INDUSTRIA E COMERCIO E MOLDES, LDA

RUA DOS COMBATENTES DA GRANDE GUERRA, 51 1ยบ

FIGUEIRA DA FOZ

Fabricaรงรฃo de moldes metรกlicos

17

894.024,11

145

รREA CELULAR - COMUNICAร‡ร•ES, LDA

RUA DE CANDIDO DOS REIS, 5

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de equipamento de telecomunicaรงรตes, em estabelecimentos especializados

26

885.976,76

146

FOZOVO - AGRO PECUรRIA, LDA

RUA JOSร‰ PINTO, 4.

BARRA

Avicultura

5

881.042,01

147

FOZARCOS - RESTAURAร‡รƒO RAPIDA, LDA

LUGAR DO PATRACOL, LOJA 107 - CENTRO COMERCIAL FOZPLAZA

FIGUEIRA DA FOZ

Restaurantes tipo tradicional

21

879.085,49

148

LITOGESTE - GESTรƒO E INVESTIMENTOS, S.A.

ESTRADA NACIONAL 109

BRENHA

Arrendamento de bens imobiliรกrios

1

877.600,00

149

TRANSPORTES CARAVELA, LDA

RUA ROSSAS, 62

FIGUEIRA DA FOZ

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

3

874.324,02

150

MONDEFOZ TRANSPORTES, LDA

RUA DA ARROTEIA, 7

MAIORCA

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

10

872.018,43

151

CMDI - CENTRO Mร‰DICO E DENTรRIO INTEGRADO, LDA

RUA MIGUEL BOMBARDA, 66

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de medicina dentรกria e odontologia

5

863.478,10

152

DECORMAR - SOCIEDADE TRANSFORMADORA DE MARMORES E GRANITOS, LDA

MATOS

MATOS

Fabricaรงรฃo de artigos de mรกrmore e de rochas similares

22

856.601,40

153

CUSTร“DIO & TOMร‰, LDA

RUA DAS ACรCIAS, 40A

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Instalaรงรฃo elรฉctrica

36

837.205,92

154

FARMรCIA AVOPEL, LDA

BOM SUCESSO

BOM SUCESSO

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

6

831.279,85

155

SNACK - BAR O FERNANDO - HOTELARIA, LDA

AVENIDA DO BRASIL, 57 R/C

PRAIA DE BUARCOS

Restaurantes com lugares ao balcรฃo

17

825.398,10

156

SOCIEDADE AGRรCOLA DA QUINTA DE FOJA, S.A.

QUINTA FOJA - SANTO AMARO DA BOIร‡A

MAIORCA

Agricultura e produรงรฃo animal combinadas

18

816.372,30

157

TRANSPORTES J. CAVALEIRO, LDA

ESTRADA NACIONAL 109, 16

COSTA DE LAVOS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

11

809.307,38

158

TRANSPORTES JOSร‰ MIGUEL SARAIVA, UNIPESSOAL, LDA

RUA DA LIBERDADE, 13

NETOS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

4

783.995,20

159

FOZMAQUINA - SOCIEDADE DE MรQUINAS E FERRAMENTAS DA FIGUEIRA, LDA

RUA FERNANDES TOMรS, 40/46

PRAIA DE BUARCOS

Comรฉrcio por grosso de mรกquinas-ferramentas

6

782.873,02

160

FARMรCIA VAZ VALENTE, LDA

RUA Cร‚NDIDO DOS REIS, 1

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

5

781.164,10

161

QUICARMOTORS, LDA

RUA BELA VISTA

QUIAIOS

Comรฉrcio de veรญculos automรณveis ligeiros

7

764.097,73

162

DESEJO IDEAL - PESCA, LDA

RUA DA FONTE NOVA, 15

FONTE NOVA

Pesca marรญtima

24

762.676,63

163

MARINHEIRO SANTOS & FILHO, LDA

RUA DAS FETEIRAS, 20

CASAL DE ANDRADE

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

1

762.000,00

164

LEIRIRESTE - ACTIVIDADES HOTELEIRAS, LDA

QUINTA SALMANHA

SALMANHA

Restaurantes tipo tradicional

10

761.992,56

165

LUSIAVES - SGPS, S.A.

RUA FONTE

MARINHA DAS ONDAS

$FWLYLGDGHVGDVVRFLHGDGHVJHVWRUDVGHSDUWLFLSDo}HVVRFLDLVQmRยฟQDQFHLUDV

5

757.000,00


26

QUINTA-FEIRA

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEรƒO DAS PROVรNCIAS

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ www.campeaoprovincias.pt

NOME

N.ยบ 166

NOGUEIRAS & SOBRINHO, LDA

167 168 169 170

Listagem elaborado por:

LOCALIDADE

MORADA

ACTIVIDADE

N.ยบ TRABA LHADORES

26

XI VOLUME NEGร“CIOS 2012

AVENIDA 25 DE ABRIL, 62/64

FIGUEIRA DA FOZ

Restaurantes, n.e. (inclui actividades de restauraรงรฃo em meios mรณveis)

755.873,62

FOZ - SOCIEDADE COMERCIAL DE MOTOCICLOS, LDA

AVENIDA SARAIVA DE CARVALHO, 126/130

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso e a retalho de motociclos, de suas peรงas e acessรณrios

5

748.736,58

VILA ELITE - CONSTRUร‡ร•ES, LDA

RUA LIBERDADE, 57

FIGUEIRA DA FOZ

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

3

747.383,00

J.M.S.S. - SERRALHARIA MECร‚NICA E CIVIL, LDA

RUA DO CABEร‡O DOS MOINHOS, 21

BRENHA

Reparaรงรฃo e manutenรงรฃo de mรกquinas e equipamentos

23

745.797,89

FEZEMETAL - SOCIEDADE TUBAGENS INDUSTRIAIS E METALOMECร‚NICAS, LDA

RUA DONA MARIA, 48 - URBANIZAร‡รƒO FOZ VILLAGE

BUARCOS

Fabricaรงรฃo de estruturas de construรงรตes metรกlicas

15

744.504,09

171

FARMAIORCA, UNIPESSOAL, LDA

AVENIDA DO BRASIL, 156

PRAIA DE BUARCOS

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

3

739.500,86

172

Tร‚NIA - TRANSPORTES, LDA

RUA DOS BARRANHOS, 37

REGALHEIRAS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

6

737.114,23

173

FARMรCIA NOBREZA - RODRIGUES & FERREIRA, LDA

RUA FREDERICO AUGUSTO NOBREZA, 3A

QUIAIOS

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

5

736.938,20

174

ELISIO FERREIRA CARDOSO & FILHO, LDA

RUA SรƒO BENTO, 33

PAIรƒO

Instalaรงรฃo elรฉctrica

17

733.832,49

175

ANA PAULA DE OLIVEIRA MELO SANTOS, UNIPESSOAL, LDA

RUA 3 DE NOVEMBRO DE 1975, 43

COSTA DE LAVOS

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

3

731.950,20

176

PORTUCELSOPORCEL LUSA, UNIPESSOAL, LDA

EDIFรCIO FABRIL DA SOPORCEL

COSTA DE LAVOS

Comรฉrcio por grosso de outros bens intermรฉdios, n.e.

6

727.316,87

177

SANDRA OLIVEIRA E SILVA, UNIPESSOAL, LDA

LARGO PROFESSOR ANTร“NIO VITOR GUERRA, 2 SALA 2 - MARINA OFFICES

FIGUEIRA DA FOZ

Compra e venda de bens imobiliรกrios

5

720.391,61

178

SOMAFE - COMERCIO DE ARTIGOS PARA O LAR, LDA

RUA DA REPรšBLICA, 38/40

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de combustรญveis para uso domรฉstico, em estabelecimentos especializados

5

717.442,95

179

A.BRITO FERRรƒO - PROJECTOS E CONSTRUร‡รƒO, UNIPESSOAL, LDA

RUA PAULO MANSO, 12 - URBANIZAร‡รƒO DO PATROL

BUARCOS

$FWLYLGDGHVGHHQJHQKDULDHWpFQLFDVDยฟQV

1

716.855,80

180

ISOCENTRO - ISOLAMENTOS, IMPERMEABILIZAร‡ร•ES E CONSTRUร‡รƒO CIVIL, LDA

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 54

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de colocaรงรฃo de coberturas

22

714.549,97

181

MORTAGUA & SILVA, LDA

RUA Cร‚NDIDO DOS REIS, 65

FIGUEIRA DA FOZ

Restaurantes com lugares ao balcรฃo

11

714.019,53

182

FAIAMร“VEL - ARMAZENS DE Mร“VEIS, LDA

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 38 - ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

CARRITOS

Comรฉrcio a retalho de mobiliรกrio e artigos de iluminaรงรฃo, em estabelecimentos especializados

10

708.761,12

183

VIAGENS LUNAR - SOCIEDADE UNIPESSOAL, LDA

RUA DIREITA DO VISO, 6

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades das agรชncias de viagem

2

707.646,68

184

PAULA ALHINHO MARTINS, UNIPESSOAL, LDA

RUA JOAQUIM SOTTO MAYOR, 135

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

3

698.408,34

185

CIPEF - CENTRO DE INSPECร‡ร•ES PERIร“DICAS DE VEรCULOS, LDA

ARAรšJOS

ARAรšJOS

Actividades de ensaios e anรกlises tรฉcnicas

7

689.336,96

186

MURATUS, LDA

RUA DAS SERRINHAS, 9 - CARVALHAIS

CARVALHAIS

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

12

682.465,25

187

TRANSGร‚NDARA - TRANSPORTES DA Gร‚NDARA, LDA

ESTRADA NACIONAL 109, 390

PEDROS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

1

682.395,82

188

ESTEVES & MARTINS, LDA

RUA BERNARDO LOPES, 85/87/89

FIGUEIRA DA FOZ

Restaurantes com lugares ao balcรฃo

15

671.428,37

189

TRANSPORTES CENTRAIS MARINHA DAS ONDAS, LDA

LUGAR DE MATAS

MATAS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

8

665.071,38

190

รLVARO ALVES BORGES, LDA

ALTO DE BRENHA

BRENHA

Descasque, branqueamento e outros tratamentos do arroz

7

657.340,41

191

COFRAFOZ - CONSTRUร‡รƒO CIVIL, LDA

RUA ALTO DA CARREIRA, 24

FONTE DO RAMILO

Outras actividades especializadas de construรงรฃo diversas, n.e.

21

647.156,00

192

FOZTUBO - MATERIAIS DE CONSTRUร‡รƒO, LDA

RUA QUINTA DO GROU - QUINTA DO GROU

CASAL DA ROBALA

Comรฉrcio por grosso de materiais de construรงรฃo (excepto madeira) e equipamento sanitรกrio

6

642.572,34

193

SIDMOR - SOC. INDUS. DE DECAPAGEM, METALIZAร‡รƒO E OFICINA DE REPARAร‡ร•ES, LDA

AVENIDA CIDADE NEW BEDFORD, 26

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Tratamento e revestimento de metais

22

641.267,40

194

JOSร‰ FIGUEIREDO UNIPESSOAL, LDA

RUA DA CARIDADE, 90

CANOSA

Comรฉrcio por grosso de madeira em bruto e de produtos derivados

2

636.979,15

195

รLVARO JOSร‰ PEREIRA OLIVEIRA, LDA

RUA FONTE DA ROCA, 56

PORTO LICEIA

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

10

634.223,25

196

TORRESPAร‡O - URBANISMO E CONSTRUร‡รƒO, LDA

RUA FLORES DA BEIRA MAR, 11

BUARCOS

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

0

620.000,00

197

ANA ALVES & RODRIGUES, LDA

RUA CONDADOS, 1ยบ PISO, LOJAS 231 E 232 - CENTRO COMERCIAL FOZPLAZA

CONDADOS DE BUARCOS

Comรฉrcio a retalho de produtos cosmรฉticos e de higiene, em estabelecimentos especializados

6

602.361,68

198

SOCIEDADE DE PESCA PEDRO & RENATO, LDA

AVENIDA DE REMIGIO FALCรƒO BARRETO, 90 2ยบ ESQ. - LUGAR DE GALA

COVA

Pesca marรญtima

22

592.799,82

199

SOCIEDADE AGRรCOLA GIL & GIL, LDA

RUA DE SรƒO BENTO

ALHADAS DE CIMA

Criaรงรฃo de bovinos para produรงรฃo de leite

5

591.305,57

200

IDEALMED PONTE GALANTE, S.A.

RUA ALTO DO VISO, 50, FRACร‡รƒO S

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de prรกtica mรฉdica de clรญnica geral, em ambulatรณrio

5

588.169,85

201

PAULA GONร‡ALVES PEREIRA, UNIPESSOAL, LDA

RUA CRISTIANO RIBEIRO DE SOUSA, 48

PRAIA DA LEIROSA

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

3

581.991,52

202

PRIMEIRO DRAGรƒO - COMERCIALIZAร‡รƒO DE ARTIGOS PARA O LAR, LDA

RUA DOUTORA CRISTINA TORRES, 7 R/C DTO.

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de outros produtos novos, em estabelecimentos especializados, n.e.

12

575.478,68

203

SANITAF - SOCIEDADE DE INSTALAร‡ร•ES ESPECIAIS, LDA

RUA FRANCISCO FERREIRA NOBRE JรšNIOR, 14 2ยบESQ, URBANIZAร‡รƒO FOZ VILLAGE

BUARCOS

Instalaรงรฃo elรฉctrica

9

571.825,14

204

ZE-GAZ - JOSE M. F. VICENTE, LDA

RUA DE BAIXO, 9

BRENHA

Comรฉrcio por grosso de produtos petrolรญferos

5

571.319,74

205

SINEIRO C.I. - COMร‰RCIO INTERNACIONAL DE BIOCIDAS, LDA

RUA DOUTOR LUรS CARRIร‡O, 1A 5ยบESQ.

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso de produtos quรญmicos

2

570.876,17

206

FERFIL - SOC. COMERCIAL DE REPRESENTAร‡ร•ES DE FECHOS DE CORRER, LDA

RUA ANTร“NIO PESTANA RATO, 12/14 R/C

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio por grosso nรฃo especializado

5

568.684,18

207

HENRIQUE NOGUEIRA MARIANO & CA., LDA

RUA PAร‡O, 56 R/C DTO.

FIGUEIRA DA FOZ

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

18

561.858,73

208

CLรNICA Mร‰DICA E DENTรRIA DAS ABADIAS, LDA

RUA DOM JOSร‰ I, LOTE 5 R/C FRENTE DTO

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de medicina dentรกria e odontologia

2

559.100,25

209

MEGO - INDรšSTRIA DE MOLDES, LDA

RUA DA VIDREIRA - FONTELA

TAVAREDE

Fabricaรงรฃo de moldes metรกlicos

16

557.812,58

210

LOPES & COUTO, LDA

ARAรšJO-BRENHA

ARAรšJOS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

11

557.661,36

211

MESCLARIGOR, UNIPESSOAL, LDA

RUA MAJOR HUMBERTO DA CRUZ, 43 - MORRACEIRA

GALA

Comรฉrcio por grosso de peixe, crustรกceos e moluscos

3

547.392,30

212

STREAK - ENGENHARIA EM AUTOMAร‡รƒO, LDA

RUA HEROIS DO ULTRAMAR, 14A 2ยบB

FIGUEIRA DA FOZ

$FWLYLGDGHVGHHQJHQKDULDHWpFQLFDVDยฟQV

9

546.625,86

213

PASCOAL & VENEZA, LDA

RUA DA ESCOLA, 44

FERREIRA-A-NOVA

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

12

545.659,47

214

LOPES & GRAร‡A, LDA

RUA DAS ACACIAS, LOTE 68 - ZONA INDUSTRIAL DA GALA

FERREIRA-A-NOVA

Manutenรงรฃo e reparaรงรฃo de veรญculos automรณveis

4

539.069,08

215

FIGUEIRADIESEL - REPARAร‡รƒO DE VIATURAS, LDA

ARAUJOS

ARAรšJOS

Manutenรงรฃo e reparaรงรฃo de veรญculos automรณveis

15

538.034,53

216

HOTELARIA DO CABO MONDEGO, LDA

AVENIDA MARGINAL OCEANICA

BUARCOS

Hotรฉis com restaurante

14

535.999,28

217

ARTESCAN - 3D SCANNING, LDA

TRAVESSA DO MONTE, 6 2ยบA

FIGUEIRA DA FOZ

2XWUDVDFWLYLGDGHVGHFRQVXOWRULDFLHQWtยฟFDVWpFQLFDVHVLPLODUHVQH

8

515.057,12

218

NUNO ALEXANDRE OLIVEIRA LOPES, UNIPESSOAL, LDA

RUA DA REPรšBLICA, 211 R/C

FIGUEIRA DA FOZ

&RPpUFLRDUHWDOKRGHPDWHULDOySWLFRIRWRJUiยฟFRFLQHPDWRJUiยฟFRHGHLQVWUXPHQWRVGHSUHFLVmRHPHVWDEHVSHFLDOL

5

510.368,92

219

GIL DIAS - SOCIEDADE DE CONSTRUร‡รƒO CIVIL, LDA

SERRA DAS ALHADAS

SERRA DAS ALHADAS

Construรงรฃo de outras obras de engenharia civil, n.e.

15

508.290,80

220

SABIR INTERNACIONAL - IMPORTAร‡รƒO EXPORTAร‡รƒO, S.A.

RUA LUSรADAS, HOTEL APARTAMENTOS SOTTO MAYOR

FIGUEIRA DA FOZ

2XWUDVDFWLYLGDGHVGHFRQVXOWRULDFLHQWtยฟFDVWpFQLFDVHVLPLODUHVQH

5

506.076,47

221

PADARIA E PASTELARIA SANTA MARIA, LDA

RUA JOAQUIM SOTTO MAYOR, 120 R/C - COMPLEXO ESTรDIO

FIGUEIRA DA FOZ

3DQLยฟFDomR

20

504.879,71

222

LETIMOS - SOLUร‡ร•ES EMPRESARIAIS, LDA

RUA DAS OLAIAS, LOTE 78 - PARQUE INDUSTRIAL

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Outras actividades de telecomunicaรงรตes

39

503.266,78

223

MALOROLO - SOCIEDADE DE RESTAURAร‡รƒO, LDA

AVENIDA DO BRASIL, 12

PRAIA DE BUARCOS

Restaurantes tipo tradicional

12

502.953,62

224

TRANSMARNOTO - TRANSPORTES, LDA

RUA FONTE DA Mร‰DICA, 1

SANTA LUZIA

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

5

501.402,32

225

FOZQUIOSQUES - PAPELARIA E TABACARIA, LDA

PASSEIO INFANTE DOM HENRIQUE, S/N

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de jornais, revistas e artigos de papelaria, em estabelecimentos especializados

3

496.149,53

226

BRAZ & BARROCA, LDA

RUA ร‚NGELO DE CARVALHO, 33

VILA ROBIM

Construรงรฃo de edifรญcios (residenciais e nรฃo residenciais)

0

492.500,00

227

FIGUEIRA - HEALTH & SPA, LDA

RUA Cร‚NDIDO DOS REIS, 43

FIGUEIRA DA FOZ

Actividades de bem-estar fรญsico

8

480.878,74

228

SORTE DE PRINCIPIANTE, LDA

RUA AGOSTINHO SABOGA, 70 R/C

TAVAREDE

Comรฉrcio a retalho de tรชxteis, em estabelecimentos especializados

8

477.623,81

229

CEFETEST - EMPREENDIMENTOS DE RESTAURAร‡รƒO, LDA

RUA DA REPรšBLICA, 151 1ยบ

FIGUEIRA DA FOZ

Cafรฉs

11

474.844,51

230

COSTA & COIMBRA, LDA

RUA DE FERNANDES TOMAS, 30 R/C

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de jornais, revistas e artigos de papelaria, em estabelecimentos especializados

2

469.498,57

231

ACรšRCIO & FILHOS, LDA

PEDROS

PEDROS

Manutenรงรฃo e reparaรงรฃo de veรญculos automรณveis

3

469.430,98

232

ABRANFINAS - AREIAS PARA FINS INDUSTRIAIS, LDA

RUA PRINCIPAL, 1

CASAL DO GRELO

Extracรงรฃo de saibro, areia e pedra britada

5

468.296,09

233

TESTEMUNHO DA TRADIร‡รƒO, LDA

RUA DO FAROL, 16 - SERRA DE SรƒO BENTO

MAIORCA

Comรฉrcio a retalho em outros estab. nรฃo especi., com predominรขncia de produtos alimentares, bebidas ou tabaco

3

468.131,89

234

ABRANTES, LDA

RUA ARNALDO SOBRAL, 33/35

FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de peรงas e acessรณrios para veรญculos automรณveis

6

467.774,21

235

3 MIL - REPRESENTAร‡ร•ES, LDA

LUGAR DE CHรƒ

CHรƒ

Comรฉrcio por grosso de bebidas alcoรณlicas

7

459.986,58

236

PESCAXICO - SOCIEDADE DE PESCAS, LDA

ESTRADA DE SANTA LUZIA, 30

SANTA LUZIA

Pesca marรญtima

25

459.744,72

237

CENTRO OPTICO DA FIGUEIRA DA FOZ, LDA

RUA DIREITA, 69A

PAIรƒO

&RPpUFLRDUHWDOKRGHPDWHULDOySWLFRIRWRJUiยฟFRFLQHPDWRJUiยฟFRHGHLQVWUXPHQWRVGHSUHFLVmRHPHVWDEHVSHFLDOL

12

454.595,12

238

CONSULTRAINING, LDA

RUA DOS COMBATENTES DA GRANDE GUERRA, 28 1.ยบ ANDAR, SALA 1

FIGUEIRA DA FOZ

$FWLYLGDGHVGHFRQWDELOLGDGHHDXGLWRULDFRQVXOWRULDยฟVFDO

21

453.079,75

239

OFFSETARTE - ARTES GRAFICAS, LDA

RUA MORRACEIRA, S/N

GALA

Outra impressรฃo

13

452.710,21

240

FARMรCIA NOVA DAS ALHADAS, UNIPESSOAL, LDA

RUA MรRIO AUGUSTO, 34/36

ALHADAS DE BAIXO

Comรฉrcio a retalho de produtos farmacรชuticos, em estabelecimentos especializados

3

449.674,79

241

PISCIARTE - EQUIPAMENTOS PARA PISCINAS, LDA

TRAVESSA SEIXAL, 12

NETOS

Comรฉrcio por grosso de outras mรกquinas e equipamentos

8

449.151,91

242

Mร“VEIS SILVร‰RIO - COMร‰RCIO DE MOBILIรRIO E DECORAร‡รƒO, LDA

RUA DAS ACรCIAS, LOTE 79

ZONA INDUSTRIAL DA FIGUEIRA DA FOZ

Comรฉrcio a retalho de mobiliรกrio e artigos de iluminaรงรฃo, em estabelecimentos especializados

5

448.709,58

243

MATERGANDARA - MATERIAIS DE CONSTRUร‡รƒO DA GANDARA, LDA

CASAL NOVO

CASAL NOVO

Comรฉrcio por grosso de materiais de construรงรฃo (excepto madeira) e equipamento sanitรกrio

5

448.216,81

244

ELECTRO - PEร‡AS, LDA

ARAรšJO

ARAรšJOS

Comรฉrcio a retalho de peรงas e acessรณrios para veรญculos automรณveis

5

445.927,89 442.792,64

245

FOZALUGA - ALUGUER DE MรQUINAS, LDA

RUA DA LIBERDADE, 17 - FRANCO

COSTA DE LAVOS

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

12

246

CICLOCEDE, LDA

RUA 1ยบ DE MAIO, 3

SรƒO PEDRO

Actividades de prรกtica mรฉdica de clรญnica geral, em ambulatรณrio

1

441.275,00

247

PINTO COSTA - SOCIEDADE DE AGRICULTURA DE GRUPO, LDA

RUA DA LUZ, 6

MAIORCA

Cultura de arroz

4

439.881,95

248

AMPERPOLO - MONTAGENS ELECTRICAS, LDA

RUA DA TUFEIRA, 22

CARVALHAIS

Instalaรงรฃo elรฉctrica

19

439.804,52

249

TRIBUTMARGEM - TRANSPORTE RODOVIรRIO DE MERCADORIAS, UNIPESSOAL, LDA

RUA RANCHO DAS CAMร‰LIAS, 4F

PAIรƒO

Transportes rodoviรกrios de mercadorias

11

435.875,98

250

ANTร“NIO PERES SANCHES, LDA

AVENIDA DOM JOรƒO II, 70

BUARCOS

Restaurantes tipo tradicional

10

432.047,71


XII

250 MAIORES EMPRESAS DA FIGUEIRA DA FOZ 26 QUINTA-FEIRA

www.campeaoprovincias.pt

DE SETEMBRO DE 2013 CAMPEĂƒO DAS PROVĂ?NCIAS

Novos fundos comunitĂĄrios

RegiĂŁo Centro prepara CRER para 2014-2020 Conforme refere o presidente da CCDRC, Pedro Saraiva, a elaboração do plano de acção regional teve “o envolvimento activo de mais de 300 entidades e 700 pessoasâ€?, que FRODERUDUDP´QDGHĂ€QLomR dos contornos do nosso futuro enquanto regiĂŁo, que depende de todo e cada um dos 2 327 755 habitantesâ€?. A ambição estabelecida para a regiĂŁo Centro ĂŠ de ser “Innovation Leader, alcançar 20 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), esbater em 10 por cento as assimetrias territoriais, ter 40 por cento da população jovem com formação superior e um desemprego inferior a 70 por cento da

A RegiĂŁo Centro no contexto nacional

mĂŠdia nacionalâ€?. Para que isso aconteça foram estabelecidas as seguintes “prioridades nuclearesâ€?: Sustentar e aumentar

a criação de valor; Estruturar uma rede policêntrica de cidades de mÊdia dimensão; Gerar, captar, e reter talento; Reforçar

PUBLICIDADE

a coesão territorial; Dar vida e sustentabilidade às infraestruturas existentes; Consolidar a capacitação institucional. Como domínios diferenciadores da região Centro foram definidos D DJULFXOWXUD D à RUHVWD R mar, o turismo, o TICE, os materiais, a biotecnologia, a saúde e bem-estar, uma produtividade industrial VXVWHQWiYHOPDLVHÀFLrQFLD energÊtica e mais inovação rural. Para a concretização, o plano estabelece cinco eixos de actuação: Promover a internacionalização da economia regional e a afirmação de um tecido económico resiliente, industrializado, inovador e qualificado; Reforçar o potencial humano e a capacitação institucional de entidades regionais; Fortalecer a coesão social e territorial, potenciando a diversidade e os recursos endógenos; Consolidar a atractividade e a qualidade de vida nos territórios; $ÀUPDUDVXVWHQWDELOLGDGH dos recursos.

Rua Dona Maria, 48 - 3080-232 BUARCOS Telef.: 233 430 315 - Fax: 233 430 316 fezemetal@fezemetal.com

33484

Menos de 10 pessoas em 96% das empresas

Em 2011, o PIB gerado na RegiĂŁo Centro foi de 31,8 mil milhĂľes de euros, representando 18,6 por cento do PIB nacional, constituindo-se como a terceira regiĂŁo do paĂ­s, a seguir a Lisboa e ao Norte, em termos do contributo para o PIB nacional. O PIB regional melhorou entre 2009 e 2010 (2,1 por cento e sofreu um agravamento em 2011 (-0,7 por cento, tendo,

no entanto, sido a região com o decrÊscimo menos acentuado no contexto de crise vivido em 2011. O PIB/habitante representa 83 por cento da mÊdia do país (mantendo-se como uma das regiþes mais afastadas da mÊdia nacional), encontrando-se valor equivalente no que diz respeito ao índice de poder de compra, cuja mÊdia na Região Centro corresponde a 84 por cento da mÊdia a nível nacional. Este PIB regional decorre da actividade de 22 por cento das empresas portuguesas, um tecido económico onde a esmagadora maioria das empresas existentes (96 por cento) possui menos de 10 trabalhadores. O Centro de Portugal equivale a uma realidade que representa entre 1/5 e 1/3 de Portugal, dependendo da perspectiva adoptada, tornando-se evidente, segundo o documento da CCDRC, que: - A capacidade de criação de riqueza Ê inferior à que deveria corresponder à respectiva população, sendo premente alcançar uma convergência a este nível (a Região Centro possui 22 por cento da população, mas gera apenas 18,6 por cento da riqueza nacional); - Apresenta uma vocação exportadora situada acima da mÊdia nacional, com um saldo positivo da balança comercial de bens (não são disponibilizados valores regionalizados das importaçþes e exportaçþes de serviços), uma realidade que importa ver ainda mais reforçada e alavancada em 2014-2020.

PUBLICIDADE

33621

Os novos fundos comunitårios que aí vêm são 21 mil milhþes de euros, GH-DQHLURGHDWpÀQDO de 2020, dos quais 19,5 mil milhþes serão destinados a cinco regiþes (Norte, Centro, Alentejo e Açores), com sete por cento reservadas para as que jå são consideradas ricas (Algarve, Lisboa e Madeira). O futuro Quadro de Referência EstratÊgica Nacional (QREN) jå tem um plano de acção desenvolvido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), a que foi dado o nome de CRER (Competitividade Responsåvel, Estruturante e Resiliente).


250 Maiores Empresas Figueira Foz 2013