Agenda de Cultura e Eventos - Figueira da Foz - Maio de 2022

Page 1

AGENDA

AGENDA

CULTURA E EVENTOS FIGUEIRA DA FOZ | MAIO 2022


A “Agenda Cultura e Eventos” é uma publicação da Câmara Municipal da Figueira da Foz, a qual se reserva o direito de selecionar as informações a integrar, de acordo com os seus critérios editorais. Para informação atualizada sobre a programação cultural e eventos, siga-nos em: @museu.rocha @P.Fernandes Tomas facebook.com/CAE-Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz caefigueiradafoz www.cm-figfoz.pt www.cae.pt Edição Câmara Municipal da Figueira da Foz Coordenação Departamento de Cultura e Turismo Design Editorial Eduardo Oliveira Lia Lopes Rui Santos Registo ISSN 1646-2602

Alterações no calendário ou local das iniciativas aqui enunciadas são da responsabilidade dos promotores Os agentes culturais interessados na divulgação das sua atividades devem submeter a informação para figueiraturismo@cm-figfoz.pt


MAIO 2022

ESPETÁCULOS


ESPETÁCULOS | 2

07 MAIO 21h30 JORGE PALMA, MARIA ANA BOBONE e PAULO DE CARVALHO são os convidados especiais de UM SÓ DIA - ESPETÁCULO DE HOMENAGEM A MANUEL ALEGRE, a ter lugar no Grande Auditório do CAE, dia 7 de MAIO, pelas 21h30.

UM SÓ DIA junta, assim, grandes nomes da música portuguesa, numa ocasião singular que relembra, em novos arranjos, canções célebres como “Trova do Vento que Passa” ou “Uma Flor de Verde Pinho”, e revela, pela primeira vez, temas inéditos de JOANA ALEGRE musicados a partir da poesia do pai.


|3

MANUEL ALEGRE celebrados em poesia cantada

Com direção artística de André Santos e curadoria de Joana Alegre, chega o momento oportuno de celebrar e homenagear a poesia de um dos poetas portugueses mais cantados de sempre, pela ocasião dos seus 85 anos. Música

M/6

Uma celebração de hoje e para o futuro, na música por dentro da língua-mãe.

15,00€

CAE | Grande Auditório

Bilhetes à venda no CAE e na Ticketline

ESPETÁCULOS

85 ANOS DE


ESPETÁCULOS | 4

CORO PEQUENAS VOZES DA FIGUEIRA DA FOZ

ORQUESTRA FILARMÓNICA DE SANTO ALEIXO - BAJOUCA

Num espetáculo de música, cor e beleza, em palco estarão cerca de 150 elementos, jovens e menos jovens, envolvidos num projeto único que reúne temas musicais de vários géneros, em momentos únicos e inesquecíveis. Neste espetáculo estarão presentes o Coro Pequenas Vozes da Figueira da Foz, com a maestrina Alexandra Curado, a Sociedade Artística e Música

1h15

M/6

Musical da Bajouca, com o seu maestro César Ramos, e o Tenor bem conhecido do público português Carlos Guilherme, por muitos considerado um dos mais talentosos cantores líricos portugueses. Juntos interpretarão “O Sole Mio”, “Funiculi Funicula”, “Caruso”, “Olhos Castanhos” e muitos outros temas. Uma simbiose de sonoridades, num ambiente de festa e alegria! 7,50€

CAE | Grande Auditório


|5

CONCERTO EM FAMÍLIA CONCERTO COMEMORATIVO DOS 40 ANOS DE CARREIRA DE CARLOS GUILHERME Convidado Carlos Guilherme

ESPETÁCULOS

15 MAIO | DOMINGO | 17h00


ESPETÁCULOS | ACOLHIMENTO | 6

PARANORMAL Com Joaquim Monchique

O monólogo mais visto da história do teatro português - com 200 apresentações e 100 mil espetadores - está de regresso numa nova versão. Em “Paranormal”, Joaquim Monchique convida-o a fazer parte de uma sessão espírita coletiva, onde encarna 16 personagens diferentes naquele que é dos maiores êxitos da comédia em Portugal dos últimos anos.

explosão cósmica, perde o controlo das ligações e as personagens começam a sobrepor-se em catadupa ao tentarem entrar em contacto umas com as outras. O resultado é uma hilariante viagem sobrenatural onde Joaquim Monchique se destaca num “one man show” delirante e repleto de ação.

O Professor Adamastor, vulto maior da paranormalidade, também conhecido como Satélite do Além, tem o dom de absorver a energia dos que o rodeiam e encarnar pessoas há muito desaparecidas das suas vidas. Devido a um intenso fluxo energético, e por vias de uma

Autor: Miguel Falabella Encenação: António Pires Cenografia: Joaquim Monchique e Rui Filipe Lopes Música: Hugo Franco Desenho de Luz: Luís Duarte Com: Joaquim Monchique


|7

Teatro

M/14

Duração: 1h30

10,00€

Bilhetes à venda no CAE e na Ticketline

CAE | Grande Auditório

ESPETÁCULOS | ACOLHIMENTO

14 MAIO | SÁBADO | 21h30



DA ESCOLA JOÃO DE BARROS

Pelo 13º ano consecutivo, a Escola Dr. João de Barros promove o seu Festival da Canção, certame de música sobejamente reconhecido pela comunidade educativa e que, ao longo dos anos, tem dado a conhecer alguns dos jovens talentos que se têm afirmado no panorama musical português, numa dinamização do Departamento de Expressões, Grupo de Educação Musical.

ESPETÁCULOS | 9

XII FESTIVAL DA CANÇÃO


ESPETÁCULOS | 10

Autoria: Sérgio Godinho Adaptação e Interpretação: Elsa Galvão Autoria: Sérgio Godinho | Canção “O Pequeno Livro dos Medos”, de Sérgio Godinho | Adaptação, Encenação e Interpretação: Elsa Galvão | Apoio à Encenação: Maria João Luís | Espaço Sonoro: Miguel Fevereiro | Desenho de Luz: Pedro Domingos | Fotografia e Vídeo: Eduardo Breda | Design Gráfico: Jorge Galvão | Direção de Produção: Manuela Jorge | Operação Técnica: Paulo Santos | Coprodução Academia de Produtores Culturais | Minutos Redondos | Financiamento: República Portuguesa – Cultura / DGARTES


O PEQUENO LIVRO DOS MEDOS

Em “O Pequeno Livro dos Medos”, Sérgio Godinho mostra-nos que o medo faz parte de nós, como os ossos e os pulmões, a coragem, o riso ou as lágrimas. É um velho conhecido com o qual temos de saber viver e conviver. O medo é um dos aspetos singulares do ser humano e é desencadeado por uma infinidade de fatores psicológicos complexos, transversais a todas as idades. Existem medos declarados (conscientes), medos ocultos (inconscientes), medos associados ao quotidiano, medos associados a crenças e alimentados por contos, histórias e canções. Teatro

M/6

Duração 40 min.

O medo divide-se em seis fases: o receio e a prudência, na fase menos alarmante, ao pânico e terror, podendo transformar-se numa fobia. Grande parte dos nossos medos está associada à autopreservação, um instinto básico comum a qualquer ser vivo. Quando passamos para o plano espiritual, até da vida depois da morte sentimos medo. O medo está associado a um estado de angústia que castra, tolhe, inibe e reprime, impedindo-nos de avançar. Espetáculo no âmbito do 112º Aniversário da Biblioteca Municipal Pedro Fernandes Tomás. 5,00€

CAE | Grande Auditório

2,50€ para leitores da Biblioteca Municipal e crianças até aos 12 anos (Na bilheteira do CAE) Bilhetes à venda no CAE e na Ticketline

ESPETÁCULOS | 11

21 MAIO | SAB | 17h00



28 de maio, 21h30 | 29 de maio, 16h00

AI A MINHA FILHA

Intérpretes: Erika Mota, Carlos Cunha, Carla Janeiro, Miguel Ribeiro, Lígia Ferreira

Jacinto é um cinquentão a quem a vida sempre correu de feição, até ao momento em que a sua mulher o apanhou, em flagrante, a traí-la. Detentor de uma grande lábia e uma líbido ainda maior, Jacinto sempre teve as mulheres todas a seus pés. Mas a partir desse dia, tudo mudou.... De um momento para o outro, tudo lhe passou a correr mal: passou de dono de restaurante a empregado de mesa, de abastado a remediado, de chefe de família a pai solteiro, e de mulherengo a encalhado. E este é o maior dos seus males: estar há dois anos sem ter uma mulher. A viver com a sua filha desde então, Jacinto fará tudo para voltar a viver um (ou mais) grande amor. E, para isso, tentará de tudo. E tudo é mesmo tudo. Até ajuda profissional. Jacinto está longe é de saber que a raíz de todos os seus problemas dorme debaixo do seu teto: e é nem mais nem menos do que a sua filha. Nota: A sessão do dia 29 de maio realiza-se no âmbito do Encerramento das XLIV Jornadas de Teatro Amador da Figueira da Foz

Teatro

12,50€

CAE | Grande Auditório


23 MAIO SEG | 21h30 Auditório João César Monteiro

CINEMA

Na Nápoles da Belle Époque, dos inícios do séc. XX, um ator criava a personagem burlesca de Felice Mascarpone, e as salas enchiam-se para o ver. Rei do riso e rei das bilheteiras, Eduardo Scarpetta (1853-1925) teve uma história peculiar. Mario Martone, encenador e cineasta, visita as tradições do teatro napolitano e recria aquilo a que ele próprio chama “o romance imaginário de Eduardo Scarpetta e da sua tribo”. Uma “tribo” familiar e teatral, onde se juntavam a mulher e as amantes, os filhos legítimos e os ilegítimos, entre eles o famoso dramaturgo italiano Eduardo De Filippo. Um dia, Scarpetta resolve parodiar um drama de Gabriele D’Annunzio, o “poeta oficial” da época, com a anuência deste. Mas D’Annunzio resolve mudar de opinião...

Realização: Mario Martone Intérpretes: Toni Servillo, Maria Nazionale, Cristiana Dell’Anna Género: Drama Origem: Itália, 2021 Duração: 2h13 M/14



CINEMA

| AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO

Sessões contínuas (sem intervalo) // Sem marcação de lugares Programação sujeita a alterações // Entrada: 4,00 euros

TRAIÇÕES 06 MAIO SEX | 21h30 Philip é um célebre escritor americano exilado em Londres. A amante inglesa visita-o regulamente no seu escritório, uma espécie de refúgio para os dois amantes. Ali fazem amor, discutem, reconciliam-se e falam durante horas a fio. Conversam sobre as mulheres da vida de Philip, sobre o sexo e

a literatura. Sobre o ser-se fiel a si mesmo. Desplechin apoia-se em dois atores imensos e traduz, com subtileza, os diálogos em bruto do romance “Deception”, de Philip Roth, que “Traições” adapta.

Realização: Arnaud Desplechin | Intérpretes: Denis Podalydès, Léa Seydoux, Emmanuelle Devos Género: Drama | Origem: França, 2021 | Duração: 1h45 | M/12

CONTO DE VERÃO

13 MAIO SEX | 21h30 Durante as férias de Verão, Gaspard, aprendiz de guitarra e estudante de matemáticas, espera que Lena, por quem diz estar enamorado, chegue a Dinard, uma pequena cidade balnear na Bretanha. Mas, entretanto, encontra Margot, que se torna sua amiga e confidente. Numa ida com ela à discoteca,

conhece Solène, com quem se cruzará, uns dias depois, na praia. E eis que chega finalmente Lena… Realização: Éric Rohmer Intérpretes: Melvil Poupaud, Amanda Langlet, Gwenaëlle Simon Género: Drama Origem: França, 1996 Duração: 1h53 M/12 | Cópia Digital Restaurada


CINEMA

| AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO

Sessões contínuas (sem intervalo) // Sem marcação de lugares Programação sujeita a alterações // Entrada: 4,00 euros

27 MAIO SEX | 21h30

KM 224 AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO 21H30 | ENTRADA: 4,00 EUROS

Mário e Cláudia atravessam um processo de divórcio conflituoso, marcado pela disputa da guarda dos dois filhos (Mateus de 6 anos e Francisco de 7). Mário é arquiteto e um pai diferente do tradicional, que vê na alegria a principal regra da educação, mas, por incúria ou azar, sujeita os filhos a situações pouco convencionais. Já Cláudia, que tem um lugar de responsabilidade numa rede de hotéis multinacional, é focada no trabalho e obcecada com a estabilidade. As crianças moram alternadamente com os progenitores, mas esse regime tácito é posto em causa quando Cláudia aceita um emprego noutro país.

Realização: António-Pedro Vasconcelos Intérpretes: José Fidalgo, Ana Varela, Gonçalo Menino Género: Drama Origem: Portugal, 2022 Duração: 2h19 M/12


MÁSCARAS DA ÁSIA. ARTES PERFORMATIVAS

DO MUSEU DO ORIENTE

EXPOSIÇÕES

Museu Municipal Santos Rocha Entrada Gratuita


As máscaras desta exposição pertencem à coleção Kwok On do Museu do Oriente, da Fundação Oriente. A coleção foi criada pelo sinólogo francês Jacques Pimpaneau a partir de um conjunto de cerca de 600 objetos que lhe foram doados, em 1971, por Kwok On, um chinês que conheceu em Hong Kong. Em 1999, esta coleção foi doada à Fundação Oriente, que tem vindo a dar-lhe continuidade. Observemos os seres sobrenaturais, divindades, personagens lendárias e animais fantásticos que fazem parte do imaginário das culturas asiáticas, e que estas representam nos seus rituais religiosos e performances de dança e teatro, através das máscaras. A função destas está associada a cerimónias religiosas que têm vindo a cair em desuso, em particular nas grandes cidades. Mas, embora por vezes despojadas do seu contexto ritual e religioso, continuam a fazer parte das manifestações culturais mais populares. À semelhança das estátuas nos templos, as máscaras asiáticas são ainda objetos sagrados nos quais reside a força dos espíritos que representam, expressando o seu poder enquanto os encarnam nos seus vários rituais e tradições teatrais.


EXPOSIÇÕES

22 ABR a 30 MAI

Exposição de ilustração

ILUSTRAÇÃO SUPÕE…, DE JOOHEE CAE | Entrada Livre

A Bruaá e o CAE convidam-vos a visitar a exposição de ilustração Supõe…, de Joohee Yoon, uma mostra das ilustrações realizadas para o livro com o mesmo nome, com texto de Alastair Reid, que estará patente de 22 de Abril a 30 de Maio.

JooHee Yoon trabalha regularmente para publicações como o New York Times e a New Yorker. Para além dos livros, publicidade e outros projetos, lecciona ilustração e gravura na Escola de Design de Rhode Island, e dinamiza oficinas no estrangeiro. Vive actualmente nos EUA, mas gosta de viajar para novos lugares.


EXPOSIÇÕES

07 a 28 de MAIO

AAAGP- Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa

PRÉMIO MÁRIO SILVA SALA ZÉ PENICHEIRO | CAE | Entrada Livre

Edição Aniversário – 10 Anos Exposição dos 3 Artistas Premiados com Prémio Ouro, Prata e Bronze Foi em 2012 que a AAAGP - Associação da Amizade e das Artes Galego Portuguesa implementou o Prémio Mário Silva, em homenagem a este grande artista plástico figueirense. Desde então este prémio tem sido um sucesso, tendo lugar na Sala Zé Penicheiro do CAE, durante o mês de maio, com o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz.

Nesta edição dos 10 anos de Prémio Mário Silva, estarão patentes obras de três artistas premiados no último certame: Ângela Belindro, de Lisboa; Jaime Azedo, de Portalegre; e Maria Guia Pimpão, de Coimbra.


EXPOSIÇÕES

Até 22 MAIO

DETALHES DA AVENTURA RAKO

Sala 2 do CAE

Com referências consistentes, dos anos 1960 até à atualidade, a exposição “Detalhes da Aventura” traça cinco décadas de criação do artista figueirense Rako, reunindo o crème de la crème da sua vasta obra (pintura, escultura, desenho, publicidade). As suas obras servem de pretexto à materialização de uma ideia, onde o subjetivo e o objetivo estabelecem o seu ponto de incidência e de fusão, onde nada pode ser retirado ou adicionado. Cada detalhe torna-se signo.

Rako propõe-nos composições onde a vida, para melhor se afirmar, desvenda uma realidade até aqui desconhecida. É um passeio magistral por um labirinto de palavras e materiais, que faz o visitante dançar num ténue fio entre a memória e o esquecimento, o peso e a leveza. A linguagem desenvolvida por Rako multiplica e cruza os mais variados padrões estéticos, num estilo ao mesmo tempo burlesco, cru e inquietante. Ao ampliar universos radicalmente diferentes, o artista quebra todas as categorizações, dogmas e proibições estabelecidas, e, por ironia, sequestra frequentemente uma sistemática paródia subversiva, objeto de sátira feroz.


EXPOSIÇÕES

Até 22 MAIO

ATMOSFERAS E RESSONÂNCIAS MARÍTIMAS Ensaios foto-poéticos de Elsa Margarida Rodrigues e João Maria André

Sob o título “Atmosferas e ressonâncias marítimas”, expõe-se um conjunto de trabalhos, que têm como referência as atmosferas recortadas em imagens captadas no ambiente marítimo da Figueira da Foz. Partem da característica fundamental de todas as atmosferas: não são nem inteiramente objetivas, nem inteiramente subjetivas, mas situam-se na fronteira da natureza exterior com a mais profunda interioridade. Do espaço de mediação entre uma e outra, e da margem, da pausa, da distância habitada que se estabelece entre o olhar da fotógrafa e a escuta do poeta nascem estes ensaios foto-poéticos. Que são ensaios porque correspondem também a um

jogo conceptual que emerge no intervalo entre a imagem e a palavra, procurando abrir o caminho para uma forma diferente de pensar poeticamente o ser da natureza e o ser humano. E são foto-poéticos porque, neles, os versos dançam ao ritmo das imagens, ao mesmo tempo que as fotografias dançam, serenamente, abraçadas às palavras. “Ensaios foto-poéticos”, em torno de “atmosferas e ressonâncias marítimas”. E num lugar muito específico: Figueira da Foz. Que pode ser, afinal, um lugar percorrido por muitos olhares.

Sala Afonso Cruz | Entrada Livre


EXPOSIÇÕES | 24

1771

1882

FIGUEIRA DA FOZ Exposição patente a partir de março no Hall de entrada Biblioteca Municipal / Museu Municipal e sala de exposição temporária 2 no Museu Municipal Santos Rocha


| 25

Esta exposição é o evento que inaugura um ciclo de iniciativas culturais e desportivas e evocam os 250 anos de vila e os 140 de cidade que se iniciaram no ano transacto e decorrente. A mostra fará menção a documentos e objectos da época patentes no acervo museológico municipal. A programação extender-se-à a áreas distintas da cultura (música, teatro,

literatura, cinema, etc …) e do desporto em íntima relação com os temas do “mar” e da “floresta” culminando com a publicação de uma monografia alusiva aos momentos evocados. Oportunamente será apresentada a programação e esta visa não só o público concelhio mas estende-se também ao público nacional.

EXåPOSIÇÕES

EXPOSIÇÃO EVOCATIVA DA ELEVAÇÃO A CATEGORIA DE VILA EM 1771 O LUGAR DA FIGUEIRA DA FOZ E EM 1882 A CIDADE.


| 26

EXPOSIÇÕES

1889 - 1982 A Intuição da pintura

Quinta das Olaias SEG > SEX 10h00-18h00 SÁB 15h00-19h00


Patente num edifício histórico, a Quinta das Olaias, situado no centro da cidade, esta exposição reúne cerca de oitenta obras de João Reis, o pintor da Figueira da Foz e dos intervenientes na faina marítima. A mesma encontra-se organizada em núcleos específicos, reveladores das suas fases e diversidade artística.

| 27

EXPOSIÇÕES


EXPOSIÇÕES

PARQUE CINE

UM CINEMA PARAÍSO Em “Parque Cine – Um Cinema Paraíso” dá-se a conhecer, através de um vasto espólio documental, constituído por objetos e documentos, a história do Animatógrafo Parque, mais tarde conhecido como Parque-Cine, o qual acolhia mais de mil espectadores e onde tiveram lugar, até meados do século XX, as grandes estreias do grande ecrã, do cinema mudo ao sonoro e do P&B ao Tecnicolor, produções nacionais e internacionais.

QUARTEL DA IMAGEM SEG. > SEX. 10h00 - 18h00

SÁB 15h00 - 19h00

MANUEL SANTOS O FOTÓGRAFO AMADOR

“Manuel Santos – O Fotógrafo Amador” presta homenagem a um dos mais prolíficos fotógrafos que captou, como poucos, a beleza da Figueira da Foz. Da sua longa e profícua atividade, iniciada no dealbar do século XX, resultou um vasto espólio, pertença do Município da Figueira da Foz, que se pretende dar a conhecer à comunidade, historicamente contextualizado e de forma interativa.


EXPOSIÇÕES

A FIGUEIRA EM AGUARELA

VASCO D’OREY BOBONE • Castelo Eng. Silva A presente exposição de aguarelas sobre a Figueira da Foz vem ao encontro da missão delineada para a sala onde agora se expõe, a sala Cores da Cidade. Por ocasião do 1º aniversário da abertura ao público do Castelo Eng.º. Silva, a 27 de setembro, o Departamento de Cultura e Turismo selecionou para apresentar nesta sala um conjunto de aguarelas, da autoria de Vasco d’Orey Bobone, que retratam a Figueira de hoje e de ontem, e ajudam-nos a conhecer e a reviver a cidade. Num traço seguro e uma paleta cromática suave e equilibrada, o artista capta com mestria a luz, a beleza e a atmosfera da Figueira da Foz, conduzindo-nos num percurso pelo património edificado e natural da cidade.

Núcleo de Arte Contemporânea

LARANJEIRA SANTOS Obra Artística, Escultura e Desenho

O Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos apresenta a obra artística do mestre Escultor Laranjeira Santos, doada ao município. Distribuído por dois pisos, apresenta um representativo conjunto de obras modernas e contemporâneas de Laranjeira Santos e do seu intenso percurso artístico de mais de 70 anos, onde a escultura e o desenho se complementam e surpreendem pela forma como nos envolvem e devolvem, a cada instante, afetos, beleza e alegria.


EVENTOS


é maio mu é maio seu!

mu seu! SANTOS ROCHA 2022

SANTOS ROCHA 2022

A 10.ª edição do ciclo de programação cultural «Maio é Museu!», uma iniciativa que é uma referência na programação do Museu Municipal Santos Rocha (MMSR), tem início dia 06 de maio, data em que se comemora o 128º aniversário da fundação do espaço museológico e termina a 29 de maio, dia em que se assinala o 19º aniversário do Núcleo Museológico do Mar.

A programação do «Maio é Museu!» decorrerá, como é habitual, no MMSR, nos Núcleos Museológicos do Mar e do Sal e, este ano, pela segunda vez, no Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos.


FOLCLORE

01 maio 2022

NAS

Figueira da Foz

RUAS PÚBLICO EM GERAL | ENTRADA GRATUITA

Picadeiro Esplanada Silva Guimarães Jardim do Parque Dr. Fernando Traqueia Largo S. João do Vale Coreto do Jardim Municipal


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

128º ANIVERSÁRIO

6 MAIO 15h00

142º ANIVERSÁRIO

Performance musical por

MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

NASCIMENTO DO MAESTRO DAVID DE SOUSA

MARIA CAVALHEIRO Palestra «AS PERIPÉCIAS MUSICAIS NA 1ª REPÚBLICA», pelo professor FÁBIO BATISTA Parceira: Conservatório de Música David de Sousa

Público em geral Gratuito

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha


cnaff 2022 cnaff.pt

XIII Troféu José Mendonça To d a s a s

0 7 D E MAI O escoladevela@cnaff.pt CNAFFescoladevela Organização: Clube Náutico da Figueira da Foz

designcreativewhale.pt

CLASSES


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

Museu Municipal Santos Rocha

CURSO DE CONSTRUÇÃO DE CABEÇUDOS E GIGANTONES 7, 14 e 21 MAI

Dinamização: Gaiteiro da Ponte Velha Inscrições: servico.educativo@cm-figfoz.pt Max 10 pax.

10h00-12h30 / 14h00-16h00

Gratuito Público em geral

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha


| 36

EVENTOS

é maio mu seu!

7 MAIO 15H30 OFICINA DE COLAGEM

SANTOS ROCHA 2022

Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos

DINAMIZAÇÃO FÁTIMA QUINTEIRO Público em geral M/12 anos

Max. 15 pax Inscrição prévia: nucleo.contemporaneo@cm-figfoz.pt

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


| 37

EVENTOS

é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

Auditório Municipal

11, 18 e 25 MAIO Público em geral Gratuito

MÁSCARA Ciclo de Cinema

Comissário: Jorge Seabra | Professor de Estudos Fílmicos

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


14 MAI | 15h00

Auditório Municipal PÚBLICO EM GERAL | GRATUITO

é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

Apresentação do documentário

“A Máscara de Cortiça”

Palestra com o realizador Tiago Cerveira Visita ao Museu Municipal Santos Rocha

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

14 MAIO

NOITE EUROPEIA DOS MUSEUS Museu Municipal Santos Rocha

DAS TREVAS À LUZ VISITA ORIENTADA 21h30 e 22h30 Max. 40 pax/ visita Gratuito Público em geral Parceria: Conservatório de Música David de Sousa

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

Museu Municipal Santos Rocha

18 MAIO | 10h00-12h00

CONTAS-ME O TEU PAÍS?

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS O PODER DOS MUSEUS

1º CEB | Gratuito | Inscrição prévia: servico.educativo@cm-figfoz.pt

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS

OFICINA DE RODILHAS Núcleo Museológico do Sal

18 MAI | 10h00 e 14h30

Dinamização: Aida Antunes e Gilda Saraiva Inscrição prévia: nucleo.sal@cm-figfoz.pt Público em geral

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


Numa coorganização da Bruaá e do CAE, e com a parceria da Loja Sol Engarrafado e do restaurante Olaias, teremos no dia 21 de maio nova sessão de contos, Tintim por Tchim-Tchim, desta feita com a contadora Tâmara Bezerra. Tâmara Bezerra é educadora, artista e investigadora pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Dedica-se à pesquisa e partilha em narração oral de histórias no Brasil e outros países.


Autora de literatura para crianças e jovens, é contadora de histórias profissional com repertório que conta com forte influência da poética do sertão brasileiro. Atua também como formadora de narradores orais e professora do ensino superior. Integra

o grupo de estudos, pesquisas e partilhas com narrativas: Costureiras de Histórias (Brasil), Associada da Ações & Conexões Associação Cultural. Entrada: 5,00€


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

OFICINA DE DANÇAS TRADICIONAIS Museu Municipal Santos Rocha

Dinamização: Gaiteiro da Ponte Velha Inscrições: servico.educativo@cm-figfoz.pt Max 30 pax. Gratuito Público em geral

21 MAI | 14h00 às 16h00

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha


Núcleo Museológico do Sal

PARTILHA DE SABERES E SABORES

é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

Confeção de pão com salicórnia

A esperança é como o Sal não alimenta, mas dá sabor ao pão.

22 MAI | 9h30 às 12h30 Parceria: Mó-Gândara - Associação Cívica de Defesa do Ambiente e dos Moinhos Público em Geral Gratuito

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


COM

BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL PEDRO FERNANDES TOMÁS

Entrada livre, tendo em consideração a lotação da sala e as medidas definidas pela DGS.


24 Maio 21h30 Quinta das Olaias

ANDREIA C. FARIA 1771

1882

FIGUEIRA DA FOZ 2022


­

SÉRGIO GODINHO °


BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL | FIGUEIRA DA FOZ | 2022

­

CLAÚDIA ANDRADE

1771

1882

FIGUEIRA DA FOZ 2022


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

22 MAIO Auditório Municipal Público em geral

Entrada Livre, mediante levantamento de ingresso no Museu Municipal ou no Posto de Turismo informações nucleo.contemporaneo@cm-figfoz.pt tel. 233 209503

16h00 | ESTREIA DA CURTA METRAGEM

Laranjeira Santos, um menino de 91 anos que continua a sonhar

Com a presença do mestre escultor Laranjeira Santos Direção Artística: Guilherme de Bastos Lima Imagem e Montagem: Sérgio Morgado

16h30 | Momento Musical pela Escola de Artes do CAE

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


SAB. 28 MAIO

AS MULHERES NO ASSOCIATIVISMO 15h00-18h00

Auditório Municipal

SESSÃO COMEMORATIVA

DIA NACIONAL DAS COLETIVIDADES FIGUEIRA DA FOZ No âmbito da comemoração do Dia Nacional das Coletividades 2022 o Município da Figueira da Foz vai assinalar a efeméride no dia 28 de maio (sábado) no Auditório do Museu Municipal, das 15h00 às 18h00, com uma sessão solene dedicada “Às MULHERES NO ASSOCIATIVISMO”. Na Figueira da Foz há 25% de mulheres na direção das associações/ coletividades locais, o que é de assinalar, porém, realidade ainda distante em relação à paridade de

liderança com os dirigentes homens. O evento visa justamente ajudar a promover a igualdade de género, valorizando o importante desempenho das mulheres no movimento associativo popular e destacar a sua contribuição para a transformação da sociedade. No mundo de hoje e de amanhã, a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens constitui, sem dúvida, a chave do nosso sucesso económico e social.

Inscrição prévia: https://forms.gle/nGZh5pPWReAgnLck7 Público-Alvo: Associações e Coletividades Locais Gratuito | Programa detalhado brevemente disponível: www.cm-figfoz.pt


CRIANÇAS



LUÍS O POETA E O HOMEM

E T C E T R A T E AT R O

G R AT U I TO COMUNIDADE ESCOLAR PARTICIPAÇÃO MEDIANTE INSCRIÇÃO PRÉVIA:

biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt

5 MAIO 10h30

AUDITÓRIO MUNICIPAL


128º Aniversário do MMSR

DIA NACIONAL DO AZULEJO

6 MAIO | 10h00

Museu Municipal Santos Rocha

Oficina de pintura de azulejo Hora do Conto Puzzle gigante Pré-escolar e 1º CEB Inscrição prévia: servico.educativo@cm-.figfoz.pt Gratuita

é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


SÁBADO A LER NO MUSEU

FAMÍLIAS COM CRIANÇAS DOS 06 AOS 12 ANOS Inscrição prévia: servico.educativo@cm-figfoz.pt | Gratuita

HORA DO CONTO OS MENINOS GORDOS de Isabel Maria Fernandes

O MUSEU de Susan Verde

DO

OFICINA DE PINTURA DE AZULEJO

RA

CRIANÇAS | 56

7 MAIO | 15h30

U S E RV I Ç O E D

www-cm-figfoz.pt

C AT

IVO

IN

www.facebook.com/museu.rocha

TE

G

128

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


SANTOS ROCHA 2022

Iimagens do livro

15 MAI | 15H30 OFICINA DE ARTE E MÚSICA

Famílias com crianças dos 06 aos 10 anos Inscrição prévia: nucleo.contemporaneo@cm-figfoz.pt Gratuito

128 www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

museu municipal SANTOS ROCHA F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2

| 57

QUANDO A MÚSICA TOCA

é maio mu seu!

CRIANÇAS

«Alto, Baixo Num sussuro» de Romana Romanyshyn e Andriy Lesiv | oficina Quando a Música Toca

Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos



O ponto de partida desta oficina é o livro “Poucas letras, tanto mar”, da autoria de João Pedro Mésseder, com ilustrações de Ana Biscaia. A oficina tem como objetivos: Reconhecer o Mar como tópico ou motivo de forte presença na escrita literária de todos os tempos (na lírica, na narrativa, no drama e na arte em geral); Construir um corpus de textos de referências no domínio das escritas do mar, enquanto recurso estético-

pedagógico para públicos de diferentes idades. Compor pequenos textos de tema ou motivo marinho, recorrendo a técnicas e estruturas específicas (tipologias; composição de cariz aliterante e assonântico, caligrama e outro tipo de poemas visuais “enigmas“ e gregueria, haiku, jogo metafórico, quadro ao jeito do cancioneiro, etc); Reconhecer potencialidades pedagógico-didáticas nas técnicas apresentadas.

Gratuita | Inscrições: Até 07 de maio, através de correio eletrónico: servico.educativo@cm-figfoz.pt / flagrantetitulo@gmail.com


CONTO POR CONTO

Sábados

14, 21 e 28 15h30 maio

CONTOS TRADICIONAIS DO MUNDO

CRIANCAS, DOS 6 AOS 12 DE VÁRIAS NACIONALIDADES A RESIDIR NO CONCELHO IRÃO LER OU CONTAR UM CONTO TRADICIONAL DO SEU PAÍS Público em geral e comunidade escolar


Colaboração da Divisão de Eduacação e assuntos sociais


DOMINGO | 15 MAIO AUDITÓRIO JOÃO CÉSAR MONTEIRO 11h00 | M/6

SESSÕES DE CINEMA INFANTIL

O Cinema Infantil chegou ao CAE! Sessões de cinema totalmente dedicadas aos mais novos, com uma seleção de curtas-metragens cheias de diversão para todos. Não vais querer perder esta oportunidade de sair de casa em família. Valor Bilhete: 2,00€ Bilhetes à venda no CAE



DO

RA

U S E RV I Ç O E D

C AT

IVO

IN

TE

G

DIA EUROPEU DO MAR

20 MAI Sessões de leitura 1º e 2º CEB

Inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Gratuito


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

ÚLTIMO SÁBADO DO MÊS GRATUITA MAIO.28 | 15h00

Núcleo Museológico do Mar

O GRANDE MERGULHO de

Famílias (Crianças Dos 3 Aos 12 anos) Máx: 10 crianças/sessão

Lucie Brunellière

Inscrição prévia obrigatória nucleo.mar@cm-figfoz.pt ou 233 413 490/233 433 019


é maio mu seu! SANTOS ROCHA 2022

MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

28 MAI | 15h00 e 15h30 Famílias com crianças dos 4 aos 12 anos Inscrição prévia para a oficina: servico.educativo@cm-figfoz.pt Gratuito

15H00

Visita orientada à Exposição

Máscaras da Ásia Artes Performativas do Museu do Oriente

15H30 Oficina

A Máscara e o Espelho

128

museu municipal SANTOS ROCHA

www-cm-figfoz.pt

www.facebook.com/museu.rocha

F I G U E I R A D A F O Z 1 8 9 4 - 2 0 2 2


DIA INTERNACIONAL DO BRINCAR

30 MAI Pré-escolar e 1º CEB

Inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt Gratuito

RA

DO

Sessões de jogos e brincadeiras

U S E RV I Ç O E D

C AT

IVO

IN

TE

G



TRIM TRIM

historias ao

telefone SERVIÇO EDUCATIVO

Informações e marcações | biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt

EG T

U S E RVI Ç O E D

TI V CA

O

IN

DO

É uma iniciativa que consiste na leitura pelo telefone de histórias e poemas de pequeno formato e que pretende ajudar a quebrar o isolamento e a trazer uma voz amiga que colmate a solidão da população mais envelhecida. Parceria com a Associação Há Baixa / Projecto Saco da Baixa, iniciativa apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian e pela Fundação La Caixa através do programa PARTIS & ARTS FOR CHANGE, e pela República Portuguesa - Cultura / Direcção-Geral das Artes e que reúne diferentes gerações na procura de fortalecer laços entre a(s) comunidade(s) que habitam, trabalham ou usufruem da Baixa, como a população idosa residente do Centro Histórico de Coimbra. Gostaríamos de estabelecer parcerias com outras instituições.

ha muito tempo...

RA

Todo o ano Biblioteca Municipal

Gratuito, mediante inscrição prévia: biblioteca.municipal@cm-figfoz.pt.


A VISITAR MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA Rua Calouste Gulbenkian

40°09’08.0”N 8°51’37.9”W/ 40.152222, -8.860528 VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 402 840 | (e) museu@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha Horário Terça a sexta-feira: 09h30 -17h00 Sábados: 14h00-19h00

ENTRADA GRATUITA

NO MÊS DE MAIO


Fundado em 1894, o Museu Municipal Santos Rocha está instalado desde 1974 num interessante edifício de arquitetura moderna, projetado por Isaías Cardoso, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. O museu apresenta exposições permanentes de arqueologia, escultura religiosa e moderna, numismática, mobiliário indoportuguês e etnografia, bem como exposições temporárias e um Serviço Educativo. Harmoniosamente enquadrado no Parque Verde das Abadias, e tendo como vizinho o Centro de Artes e Espectáculos, esta “pequena Gulbenkian” é um espaço de visita obrigatória.

MUSEU MUNICIPAL SANTOS ROCHA

Um Museu de Coleções para Descobrir!


A VISITAR

VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 413 490 (e) nucleo.mar@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha

NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO MAR

A conhecer por um Mar de Razões!

Horário Segunda a sexta-feira 09h00-13h00 | 14h00-17h00 Entrada Gratuita

29 MAIO

19º ANIVERSÁRIO 14h00 -17h00

NÚCLEO MUSEOLÓGICO DO SAL

Testemunho da relação do Homem com as Salinas

VISITAS GUIADAS MEDIANTE MARCAÇÃO (t) 233 413 490 (e) nucleo.sal@cm-figfoz.pt (f) @museu.rocha

Horário Quarta-feira a domingo / feriados 10h30 - 12h30 | 14h30 - 18h45 Encerra às segundas e terças. Entrada Gratuita


Visitas Segunda a Sexta 10h00 -17h00 Sábados ou Domingos 10h00 - 13h00 Encerra Feriados Visitas guiadas com marcação prévia* (t) 966913607 (e) quinta.olaias@cm-figfoz.pt

A VISITAR QUINTA DAS OLAIAS

Coleção de Pintura de João Reis 1889-1982 | A intuição da pintura

Coleção Rodrigues Caetano em permanência

* 48 horas de antecedência

CASTELO ENG. SILVA

Posto de Turismo e Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos

Para além do Núcleo de Arte Contemporânea que ocupa dois pisos, este edifício acolhe o Posto de Turismo e uma sala de exposições temporárias dedicada à Figueira da Foz. Um espaço voltado ao mar onde, para além de uma vista excecional, se encontra o diálogo perfeito entre a arte e a emoção. Esplanada Silva Guimarães 40°08’59.8”N 8°51’58.5”W /40.149944, -8.866250 Horário: 9h30 às 13h00 / 14h00 às 17h30 (últimas entradas 12h30/17h00) Encerra à terça-feira e feriados. (t) 233 209 500/503 (e) figueiraturismo@cm-figfoz.pt


A VISITAR QUARTEL DA IMAGEM

Onde a imagem ganha outro significado

Horário Segunda > Sexta 10h00 às 18h00 Sábado 15h00 às 19h00 Largo Padre Arménio Marques (t) 233 209 780 (e) arqfoto@cm-figfoz.pt

CENTRO DE ARTES E ESPECTÁCULOS

De segunda a quinta-feira: 09h00 - 23h00 Sexta-feira: 09h00 - 24h00 Sábados e feriados: 10h00 - 24h00 Domingos: 10h00 - 19h00 Em dias de espetáculo, cinema ou outros eventos, o CAE encerra após o seu término

Rua Abade Pedro | 3080-084 Figueira da Foz (t) 233 407 200 | (e) geral@cae.pt www.cae.pt | facebook.com/CAE-Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz


Grande Auditório

Lotação: 832 lugares (4 de mobilidade reduzida)

CONDIÇÕES DE ACESSO AOS ESPETÁCULOS Não é permitida a entrada a menores de 3 anos, exceto nos eventos classificados “Para Todos os Públicos” (DL 23/2014, 14 fevereiro). Bilhete pago a partir dos 3 anos, inclusive. Não é permitida a entrada após o início do espetáculo, e caso seja autorizada, não estão garantidos os lugares marcados. Não é permitida a captação de imagem e som.

Auditório João César Monteiro

Lotação: 197 lugares (2 de mobilidade reduzida)

Não é permitido fumar, consumir alimentos ou bebidas.

SERVIÇOS GRATUITOS:

Estacionamento coberto para 200 viaturas (ver horário CAE)

Serviço de Bengaleiro nos eventos com bilhetes emitidos pelo serviço de bilheteira CAE


21 MAIO | SAB | 17h00

O PEQUENO LIVRO DOS MEDOS